Você está na página 1de 4

DOENÇA

DE CHAGAS

MÓDULO 4 | MICROBIOLOGIA
DOENÇA
DE CHAGAS
A doença de Chagas (ou chagase, ou ainda mal
de Chagas) é uma doença que afeta muitas pessoas
no Brasil e em toda a América do Sul. Seu agente
etiológico (isto é, o agente causador) é um proto-
zoário flagelado chamado Trypanosoma cruzi. O
vetor da doença (aquele que transmite o T. cruzi)
é o barbeiro, um inseto triatomíneo (percevejo).

A doença de Chagas afeta principalmente as


pessoas que vivem em casas de pau-a-pique, onde o
barbeiro pode se esconder. Durante a noite, enquanto
a pessoa dorme, o barbeiro pica o rosto da vítima
para se alimentar e, ao mesmo tempo, defeca, elim-
inando o protozoário nas fezes. A pessoa normal-
mente coça o local da picada, levando o Trypano-
soma para dentro da corrente sanguínea.
No corpo da pessoa, o T. cruzi procura o esôfago,
o coração e o intestino, causando os sintomas de
megaesôfago, cardiomegalia e megacólon. O proto-
zoário se reproduz dentro das células nestes órgãos
e vai para a corrente sanguínea para ser sugado
pelo próximo barbeiro, podendo assim ser levado
para novos hospedeiros.
A chagase tem tratamento, mas não tem vacina.
Para prevenir a infecção, é recomendada a substi-
tuição de moradias de pau-a-pique por moradias de
alvenaria, o uso de mosquiteiros na hora de dormir
e/ou a eliminação do triatomíneo.

w w w.mund oe d u. c om. b r
EXERCÍCIOS
DOENÇA DE CHAGAS

1. (USS) 2. (PUC-SP) Recentemente, foram relatados no


estado do Pará, casos de pessoas que contraíram
doença de Chagas por ingestão de açaí. O fruto,
muito utilizado na elaboração de sucos, foi trit-
urado juntamente com insetos conhecidos por
“barbeiros” ou “chupanças”, que se esconderam em
cestos cheios de açaís. As pessoas que adoeceram
foram infectadas pelo
a) protozoário Plasmodium falciparum.
b) protozoário Triatoma infestans.
c) protozoário Trypanosoma cruzi.
d) vírus Plasmodium falciparum.
e) vírus Trypanosoma cruzi.
A doença de chagas é causada por um protozoário
parasita e é transmitida por um inseto hematófago.
3. (UFCG) A doença de chagas é uma parasitose
As áreas escuras da figura acima ilustram as áreas
que mata cerca de 30.000 brasileiros por ano, caus-
de incidência de tal doença, que acomete entre 16 e
ando prejuízos de aproximadamente dois bilhões
18 milhões de pessoas. Esse padrão de distribuição
de dólares anuais ao país.
geográfica se justifica porque o ciclo de transmissão
para humanos é favorecido em: Sobre esta doença é incorreto afirmar que

I.  Regiões de floresta tropical úmida densa; a)  É causada por protozoário, assim como a leish-
maniose, giardíase, malária e toxoplasmose.
II.  Assentamentos humanos próximos a ambientes
com vegetação esparsa; b)  Existem várias espécies de triatomídeos que
podem transmitir o Trypanosoma cruzi, sendo a prin-
III.  Zonas altamente urbanizadas;
cipal espécie o Triatoma infestans.
IV.  Regiões onde há outros vertebrados hospedeiros
c)  O principal órgão parasitado pelo Trypanosoma
como gambás, guaxinins e animais domésticos.
cruzi é o coração.
Estão corretas somente as afirmativas:
d)  A principal forma de prevenção da doença é
a)  I e III através da vacinação.
b)  I e IV e)  Melhoria de habitações constitui uma medida
c)  II e IV profilática.
d)  I, II e III
e)  II, III e IV

w w w.mund oe d u. c om. b r
4. (ENEM) A doença de Chagas afeta mais de oito II.  Os indivíduos que sobrevivem à fase aguda
milhões de brasileiros, sendo comum em áreas assintomática ou sintomática evoluem para a fase
rurais. É uma doença causada pelo protozoário crônica e podem permanecer assintomáticos ou
Trypanosoma cruzi e transmitida por insetos conhe- com infecção latente por vários anos ou durante
cidos como barbeiros ou chupanças. Uma ação do toda a sua vida.
homem sobre o meio ambiente que tem contribuído
III.  A profilaxia da doença de chagas pode se dar
para o aumento dessa doença é
pela melhoria das habitações, com adequada higiene
a)  o consumo de carnes de animais silvestres que e limpeza da mesma, combate ao “barbeiro” por
são hospedeiros do vetor da doença. meio de inseticidas e outros métodos auxiliares e
b)  a utilização de adubos químicos na agricultura a identificação e seleção dos doadores de sangue.
que aceleram o ciclo reprodutivo do barbeiro. IV.  A espoliação sanguínea realizada pelas fêmeas
c)  a ausência de saneamento básico que favorece dos “barbeiros” é tão marcante, que ocasiona inter-
a proliferação do protozoário em regiões habit- namentos de pessoas e afastamento de profis-
adas por humanos. sionais da agricultura e pecuária. Neste aspecto,
o estado do Paraná, por ser predominantemente
d)  a poluição dos rios e lagos com pesticidas que
agrícola, concentra a maioria dos casos da doença
exterminam o predador das larvas do inseto trans-
de chagas no país.
missor da doença.
Assinale a alternativa que contém todas as afirma-
e)  o desmatamento que provoca a migração ou o
desaparecimento dos animais silvestres dos quais tivas corretas.
o barbeiro se alimenta. a)  I e II.
b)  II e IV.
5. (UEL) A doença de Chagas, segundo a organi- c)  III e IV.
zação mundial da saúde, constitui uma das prin- d)  I, II e III.
cipais causas de morte súbita na fase mais produ-
e)  I, III e IV.
tiva do cidadão. No Brasil, esta doença atinge cerca
de 6 milhões de habitantes, principalmente popu-
lações pobres que residem em condições precárias.
Muitas vezes, não é dada uma possibilidade de
emprego, ao chagásico, mesmo que adequado à sua
condição clínica, que quase sempre não é devida-
mente avaliada [...].
Adaptado de: NEVES, D. P. et. al. Parasitologia humana.
São Paulo: Atheneu, 2005. p. 86.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o


tema, analise as afirmativas a seguir:
I.  A transmissão da doença de chagas pode se dar
por via oral em várias situações como, por exemplo:
amamentação, pois o Trypanosoma cruzi já foi encon-
trado em leite materno na fase aguda da infecção;
pessoas ingerindo alimentos contaminados com
fezes ou urina de “barbeiros” infectados. GABARITO: 1C; 2C; 3D; 4E; 5D.

w w w.mund oe d u. c om. b r