Você está na página 1de 3

OESTECONSULT – Consultadoria de Gestão, Lda.

Tipologia de Intervenção: 31 – Integração de desempregados de longa duração no mercado laboral


Tipologia de Operação: 3.03 – Formação modular para DLD’s
Operação n.º POISE-03-4231-FSE-001951
Formador/a: Susana Santos
Módulo: 8989 – Receção de Mercadorias
Carga horária: 25 horas

Área de Formação (código) 341 – Comércio

Percurso Formativo/Curso (q.a) 3.03- Formação Modular para Desempregados

Unidade Formação (UFCD) 8989 – Receção de Mercadorias

Formador Susana Santos

Formando

Classificação

Assinatura do formador

TESTE DE AVALIAÇÃO

GRUPO 1

1. Indique os dados a recolher na identificação e entrada de veículo nas


instalações.
GRUPO 2 (6 Valores) V A

a)________________________________________________________________________________________
1.À função, receção dos materiais, compete assegurar a conformidade das remessas de
1V
materiais dos fornecedores com os requisitos expressos nas respetivas encomendas e
b)________________________________________________________________________________________
com a legislação e regulamentação aplicáveis.

c)________________________________________________________________________________________
Verdadeiro
Falso
d)________________________________________________________________________________________

2. É fundamental assegurar o controlo das viaturas que chegam às instalações,

garantindo a sua correta sequência de entrada. A sequência deverá ser decidida no


1V
agendamento das entregas e respeitada o mais possível.
2. Existem dois tipos de devoluções. Quais são eles? (4Valores)
Verdadeiro
Falso
1-________________________________________________________________________________________

2-________________________________________________________________________________________
3. O atraso de um fornecedor pode provocar um atraso global na receção de

mercadorias, que perdurará pelo resto do dia. Neste caso, a chegada demasiado

adiantada, pode provocar um embaraço na circulação de viaturas, especialmente se a 1V


área reservada para viaturas em espera não for grande.
Verdadeiro
Falso
OESTECONSULT – Consultadoria de Gestão, Lda.
Tipologia de Intervenção: 31 – Integração de desempregados de longa duração no mercado laboral
Tipologia de Operação: 3.03 – Formação modular para DLD’s
Operação n.º POISE-03-4231-FSE-001951
Formador/a: Susana Santos
Módulo: 8989 – Receção de Mercadorias
Carga horária: 25 horas

4. O planeamento de espaço para a receção e expedição não requer qualquer estudo

prévio para definir as operações que vão decorrer nessas áreas.


Verdadeiro 1V
Falso

Este grupo é composto por 10 questões de verdadeiro e falso. Todas as


questões apresentam a mesma cotação. O único recurso material
disponível é uma esferográfica.
OESTECONSULT – Consultadoria de Gestão, Lda.
Tipologia de Intervenção: 31 – Integração de desempregados de longa duração no mercado laboral
Tipologia de Operação: 3.03 – Formação modular para DLD’s
Operação n.º POISE-03-4231-FSE-001951
Formador/a: Susana Santos
Módulo: 8989 – Receção de Mercadorias
Carga horária: 25 horas

5. A receção de materiais em armazém tem início quando o fornecedor, aquando da sua

chegada, se dirige ao escritório em armazém e entrega a guia de remessa.


1V
Verdadeiro
Falso

6. A conferência da mercadoria tem por objetivo assegurar que a mercadoria entregue está

conforme o que consta no documento do fornecedor (guia de remessa ou fatura) quanto à


1V
quantidade.
Verdadeiro
Falso

7. O tratamento administrativo tem como objetivo não só dar cumprimento a função


1V
administrativa mas também, e dependendo do caso, indicar ao sistema informático a

chegada do artigo deixando que este decida o que será feito com ele.
Verdadeiro
Falso

8. As empresas devem comunicar os documentos de faturação à Autoridade Tributária


1V
todos os anos.

Verdadeiro
Falso

9. A gestão de stocks e, dito de forma simplificada, é o conjunto de ações que visa manter
1V
o stock ao mais baixo nível em termos quantitativos e de custo, garantindo

simultaneamente o fornecimento regular da empresa e a melhor execução das tarefas de

aprovisionamento e armazenagem.

Verdadeiro
Falso

10. A organização de um bom arquivo informático na gestão de stocks permite, não só


1V
inventariar, mas também contabilizar, controlar e gerir. Através dele, os serviços

requisitantes passam a automatizar e normalizar as requisições internas de bens de

consumo ao serviço de armazém.


Verdadeiro
Falso

V=Valoração; A=Avaliação

Você também pode gostar