Você está na página 1de 5

FACULDADE METROPOLITANA UNIDA

CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA CIVIL

APS obras de terra e contenção


Manta geotêxtil

Leandro Teixeira Lopes – RA 7363251

Aline Bandeira Pereira - RA 6829914

Prof.ª Paulo Antônio Martins Filho


Manta Geotêxtil

Os Geossintéticos são produtos poliméricos e industrializados desenhados para cumprir as mais


diversas funções dentro de uma obra geotécnica. Dentre todas as utilizações de um
Geossintético, estão impermeabilização e controle de erosão superficial, reforço, filtração,
separação, drenagem e proteção. Além de tudo isso, os Geossintéticos atuam também na
distribuição de tensões, evitando possíveis deformações em maciços de solo.

A Manta Geotêxtil, fabricada basicamente com fibras de alta tenacidade de poliéster ou


polipropileno, possui propriedades físicas, hidráulicas e mecânicas que garantem durabilidade e
qualidade à sua obra. Apresenta elevada resistência à tração e porosidade, a sua suscetibilidade a
fluência é baixa suscetibilidade e é imputrescível.

A manta geotêxtil é um material extremamente útil à construção civil. Devido a sua capacidade
de adaptação à diversos ambientes e o desempenho de diversas funções importantes tornou-se
um material indispensável na construção de drenagens, estruturas de contenção, reforço de
aterros e outras várias aplicações.

Por se tratar de um material simples de manusear e aplicar a manta geotêxtil é ideal para obras
de diversas dimensões, pois não há segredo em sua utilização. Pode ser adotada em grandes
obras ou em pequenas obras, como a construção de um pequeno muro de arrimo ou um sistema
de drenagem simples. É de grande importância estar atento às especificações de projeto, pois as
mantas podem variar suas características conforme o tipo, espessura e aditivos.

Abaixo, veja as especificações técnicas de uma manta com 100% poliéster:


Tipos de manta geotêxtil
O geotêxtil pode ser dividido em dois tipos:
Geotêxtil tecido;
Geotêxtil não tecido.
O que diferencia estes dois tipos de material é a forma como as fibras são distribuídas e
o seu
processo de fabricação.

 Geotêxtil Tecido:
O geotêxtil tecido é composto pelo entrelaçamento perpendicular de filamentos
contínuos (ou fibras), de forma a constituir um plano. A resistência do material a ser
aplicado, a abertura da malha e seu revestimento são adotados de acordo com a função a
ser desempenhada. Na maioria dos casos é fabricado com 100% de polipropileno.
Este material, é comumente utilizado em:
Controle de erosão em margens de rios e encostas vegetadas;
Drenagem subterrânea;
Revestimento de reservatórios.
Suas principais características são:
Resistência à tração elevada;
Baixa deformação;
Boa permeabilidade;
Resistente a ataques químicos.
 Geotêxtil Não Tecido:
O geotêxtil não tecido é composto por filamentos contínuos interligados por agulhagem.
São fabricados pelo processo de extrusão. Devido ao seu processo de fabricação, este
material possui ótima resistência à tração, ao rasgo e à punção. Na maioria dos casos é
fabricado com 100% de poliéster.
Este material, é comumente utilizado em:
Estabilização de subleito;
Recapeamento de rodovias com pavimento asfáltico;
Reforço de muros e taludes;
Reforço em aterros de solo mole;
Ampla utilização em drenagem e filtragem;
Como proteção de geomembrana.
Suas principais características são:
Baixo consumo de materiais granulares;
Maior resistência à ruptura;
Facilidade e rapidez na execução;
Baixo custo de implantação;
Excelente resistência à tração, rasgo e punção.

Principais funções da manta


A manta geotêxtil pode ser aplicada de diversas formas afim de atender à diferentes
necessidades. As principais funções deste material são:
1 – Filtragem:
Tem a função de filtrar quando é utilizada com intuito de reter o solo, ou qualquer outra
partícula sólida, em um determinado fluxo de líquido pela manta. Exerce esta função
quando utilizado no lugar de filtros granulares na construção de gabiões ou trincheiras
drenantes.
2 – Drenagem:
Também tem a capacidade de drenar, quando utilizada para recolher e transportar a água
pluvial ou subterrânea. Pode ser utilizada como interceptor de fluxo horizonta, dreno de
líquidos e gases e entre geo membranas de aterros sanitários.
3 – Separação:
Funciona como uma barreira flexível para materiais de características diferentes. É
utilizado em rodovias e aeroportos na separação de sub leito e base granular. Em
ferrovias é utilizado para separar o sub leito do lastro. A vantagem é que esta separação
garante a preservação das características de cada camada de material.
4 – Reforço:
Pode ser utilizada como reforço do solo, afim de aumentar a capacidade de suporte do
solo. A manta geotêxtil confere ao meio ao qual é inserida características que faltavam,
como a resistência à tração. É adotada sobre solos moles em estradas, pavimentos,
aterros e paredes reforçadas.
5 – Proteção:
É também utilizada como proteção e outros elementos geossintéticos. Pode ser adotada
como proteção das membranas geossintéticas de PEAD.
6 – Recuperação de pavimento:
Outra funcionalidade é sua utilização na recuperação de pavimentos. A manta é utilizada
entre o antigo e o novo pavimento. Confere maior vida útil ao novo pavimento, pois
retarda o processo de abertura de fissuras.
7 – Absorção acústica:
Uma funcionalidade que foge do convencional, pois não está relacionada com a parte
geotécnica. Pode ser utilizada para a absorção acústica em coberturas com telhas
metálicas, a manta geotêxtil é fixada no fundo das telhas metálicas com cola específica.

Referências Bibliográficas
O conteúdo desta pesquisa foi extraído das seguintes fontes:
Blog Engenharia Concreta – Eduardo Daldegan – Engenheiro Civil pela PUC-MG
Site Geofoco Brasil – Geofoco explica