Você está na página 1de 25

ANO XI – Nº 2223 | Campo Grande-MS | terça-feira, 1 de outubro de 2019 – 25 páginas

SUMÁRIO na função de técnico de enfermagem, lotada na Fundação Serviços de


Saúde/MS, por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de
Administração de Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra.
SUMÁRIO ...................................................................... 1 Thie Higuchi Viegas dos Santos, secretária de estado, à época.
ATOS DE CONTROLE EXTERNO ............................................ 1
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária
Juízo Singular .................................................................. 1 (DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7458/2019 (peça 4), manifestou-
Conselheiro Osmar Domingues Jeronymo ............................. 1 se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na
remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.
Decisão Singular .................................................... 1
ATOS PROCESSUAIS ......................................................... 13 O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16307/2019
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
Conselheiro Iran Coelho das Neves ..................................... 13 apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.
Despacho de Recurso ............................................ 13
DA DECISÃO
Conselheiro Waldir Neves Barbosa ..................................... 18
Despacho ............................................................ 18 A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela
Intimações .......................................................... 19 Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a
Conselheiro Ronaldo Chadid .............................................. 20 este Tribunal foi intempestiva.

Despacho ............................................................ 20 A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
Carga/Vista.......................................................... 20 Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 19/2012,
publicado em 31 de janeiro de 2012.
Conselheiro Osmar Domingues Jeronymo ............................ 21
Despacho ............................................................ 21 A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 4.055/2013, publicado
em 15 de outubro de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público,
Conselheiro Marcio Monteiro ............................................ 22

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


tendo tomado posse em 8 de novembro de 2013.
Despacho ............................................................ 22
Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
Conselheiro Flávio Kayatt .................................................. 23
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Despacho ............................................................ 23 adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.
ATOS DO PRESIDENTE ...................................................... 24
Atos de Pessoal .............................................................. 24 Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
Portaria .............................................................. 24
registro.

ATOS DE CONTROLE EXTERNO Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e,
parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
Juízo Singular (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:

Conselheiro Osmar Domingues Jeronymo 1. pelo registro do ato de admissão da servidora Marcilena Rodrigues Garcia,
para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de técnico de
enfermagem, lotada na Fundação Serviços de Saúde/MS, por meio de
Decisão Singular concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art.
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12293/2019 34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de
2012;
PROCESSO TC/MS: TC/01582/2017
PROTOCOLO: 1784281 2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;
RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA 3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
INTERESSADA: MARCILENA RODRIGUES GARCIA
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.

ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO. Relator

DO RELATÓRIO DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12308/2019

Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, PROCESSO TC/MS: TC/01594/2017
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. PROTOCOLO: 1784300
160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
Marcilena Rodrigues Garcia, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS

Conselho Deliberativo: Auditoria: Ministério Público de Contas: Diário Oficial Eletrônico


Presidente – Iran Coelho das Neves Auditor – Leandro Lobo Ribeiro Pimentel Procurador-Geral de Contas – João Antônio de Oliveira Martins Júnior Coord. – Assessoria de Comunicação Social
Vice-Presidente – Flávio Esgaib Kayatt Coordenador da Auditoria Procurador-Geral-Adjunto de Contas– José Aêdo Camilo Parque dos Poderes – Bloco 29
Corregedor-Geral – Ronaldo Chadid Auditor – Célio Lima de Oliveira CEP 79031-902
Conselheiros: Subcoordenador da Auditoria Campo Grande – MS – Brasil
Osmar Domingues Jeronymo (Ouvidor) Auditora - Patrícia Sarmento dos Santos Telefone – (67) 3317-1536
Waldir Neves Barbosa e-mail: doe@tce.ms.gov.br
Jerson Domingos http://www.tce.ms.gov.br
Marcio Campos Monteiro
Pág.2
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.


ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
INTERESSADA: NEUZA DE MORAES SOUZA DA SILVA CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Relator

ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12311/2019
REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
PROCESSO TC/MS: TC/01607/2017
DO RELATÓRIO PROTOCOLO: 1784319
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA
160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Neuza de ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
Moraes Souza da Silva, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na INTERESSADA: SANDRA BARRIOS CARVALHO
função de técnico de enfermagem, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de
Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra. Thie Higuchi Viegas ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA
dos Santos, secretária de estado, à época. REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.

A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária DO RELATÓRIO


(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7211/2019 (peça 4), manifestou-
se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal. conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Sandra
O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16671/2019 Barrios Carvalho, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em de técnico de enfermagem, lotada na Fundação Serviços de Saúde/MS, por
apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa. meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de
Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra. Thie Higuchi Viegas
DA DECISÃO dos Santos, secretária de estado, à época.

A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa, A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela (DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7240/2019 (peça 4), manifestou-
Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


este Tribunal foi intempestiva. remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.

A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16315/2019

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012, (peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
publicado em 31 de janeiro de 2012. apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.

A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 1.573/2013, publicado DA DECISÃO
em 18 de abril de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público,
tendo tomado posse em 15 de maio de 2013. A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela
Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a este Tribunal foi intempestiva.
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto. A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012,
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão publicado em 31 de janeiro de 2012.
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
registro. A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 4.055/2013, publicado
em 15 de outubro de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público,
Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e, tendo tomado posse em 6 de novembro de 2013.
parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
DECIDO: prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.

1. pelo registro do ato de admissão da servidora Neuza de Moraes Souza da Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
Silva, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de técnico atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
de enfermagem, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por meio de registro.
concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art. Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e,
34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
2012; 11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas; 1. pelo registro do ato de admissão da servidora Sandra Barrios Carvalho, para
o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de técnico de
enfermagem, lotada na Fundação Serviços de Saúde/MS, por meio de
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art.
Pág.3
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e,
2012; parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;
1. pelo registro do ato de admissão da servidora Vanessa Francisca da Silva,
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de técnico de
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. enfermagem, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por meio de concurso
realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato Grosso do Sul,
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019. em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art. 34, I, ambos da
Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de 2012;
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Relator 2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;

DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12319/2019 3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
PROCESSO TC/MS: TC/01613/2017
PROTOCOLO: 1784330 Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA Relator
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
INTERESSADA: VANESSA FRANCISCA DA SILVA DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12358/2019
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
PROCESSO TC/MS: TC/09198/2017
ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA PROTOCOLO: 1814687
REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO. ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GABRIEL DO OESTE
RESPONSÁVEL: ADÃO UNÍRIO ROLIM
DO RELATÓRIO CARGO: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, INTERESSADA: IDIONE BORTOLINI LOPES
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Vanessa
Francisca da Silva, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA
de técnico de enfermagem, lotada na Secretária de Estado de Saúde, por meio REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
Grosso do Sul, constando como responsável a Sra. Thie Higuchi Viegas dos DO RELATÓRIO
Santos, secretária de estado, à época.
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7272/2019 (peça 4), manifestou- 160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Idione
se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na Bortolini Lopes, para o cargo de assistente de serviço, na função de agente
remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal. comunitário de saúde, por meio de concurso realizado pela Prefeitura
Municipal de São Gabriel do Oeste/MS, constando como responsável o Sr.
O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16394/2019 Adão Unírio Rolim, prefeito municipal, à época.
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa. A Inspetoria de Controle Externo de Atos de Pessoal (ICEAP), por meio da
Análise ANA-ICEAP-14706/2018 (peça 4), manifestou-se pelo registro do ato
DA DECISÃO de admissão, ressalvando a intempestividade na remessa dos dados
eletrônicos a este Tribunal.
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16423/2019
Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a (peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
este Tribunal foi intempestiva. apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.

A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição DA DECISÃO
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012,
publicado em 31 de janeiro de 2012. A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35, de 14.12.2011,
A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 2.789/2013, publicado alterada pela Instrução Normativa TC/MS n. 38, de 28.11.2012, vigentes à
em 16 de julho de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público, época, e sua remessa a este Tribunal foi intempestiva.
tendo tomado posse em 31 de julho de 2013.
A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n.
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a 002.12/2012, publicado em 3 de julho de 2012.
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto. A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 431/2013, publicado em
29 de agosto de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público,
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão tendo tomado posse em 21 de outubro de 2013.
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
registro. Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
Pág.4
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

adoção da recomendação ao jurisdicionado para observância rigorosa dos A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 3.137/2013, publicado
prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto. em 6 de agosto de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público,
tendo tomado posse em 27 de agosto de 2013.
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
registro. ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da ICEAP e, prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.
parcialmente o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
11, I e o art. 186, III, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO: atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
registro.
1. pelo registro do ato de admissão da servidora Idione Bortolini Lopes, para o
cargo de assistente de serviço, na função de agente comunitário de saúde, por Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da ICEAP e,
meio de concurso público realizado pela Prefeitura Municipal de São Gabriel parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
do Oeste/MS, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art. 11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
2012;
1. pelo registro do ato de admissão da servidora Bruna Rodrigues Marques,
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de assistente de
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas; serviços de saúde, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por meio de
concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art.
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. 34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de
2012;
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;
Relator
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12327/2019 o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.

PROCESSO TC/MS: TC/09228/2017 Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


PROTOCOLO: 1814722
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS Relator

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12287/2019
INTERESSADA: BRUNA RODRIGUES MARQUES
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO PROCESSO TC/MS: TC/09234/2017
PROTOCOLO: 1814729
ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO. RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA
DO RELATÓRIO ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
INTERESSADA: DAYSE DAIANY DE OLIVEIRA CHAVES
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Bruna
ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA
Rodrigues Marques, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na
REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
função de assistente de serviços de saúde, lotada na Secretaria de Estado de
Saúde, por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de
Administração de Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra. DO RELATÓRIO
Thie Higuchi Viegas dos Santos, secretária de estado, à época.
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
A Inspetoria de Controle Externo de Atos de Pessoal (ICEAP), por meio da conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
Análise ANA-ICEAP-5669/2018 (peça 4), manifestou-se pelo registro do ato de 160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Dayse
admissão, ressalvando a intempestividade na remessa dos dados eletrônicos a Daiany de Oliveira Chaves, para o cargo de assistente de serviços de saúde I,
este Tribunal. na função de assistente de serviços de saúde, lotada na Secretaria de Estado
de Saúde, por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de
O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16321/2019 Administração de Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra.
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em Thie Higuchi Viegas dos Santos, secretária de estado, à época.
apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária
DA DECISÃO (DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7529/2019 (peça 4), manifestou-
se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa, remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela
Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16326/2019
este Tribunal foi intempestiva. (peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.
A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012,
DA DECISÃO
publicado em 31 de janeiro de 2012.
Pág.5
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa, se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.
Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a
este Tribunal foi intempestiva. O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16329/2019
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 19/2012,
publicado em 31 de janeiro de 2012. DA DECISÃO

A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 4.679/2012, publicado A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
em 22 de novembro de 2012, dentro do prazo de validade do concurso conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela
público, tendo tomado posse em 14 de dezembro de 2012. Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a
este Tribunal foi intempestiva.
Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 19/2012,
prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto. publicado em 31 de janeiro de 2012.

Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão O servidor foi nomeado por meio do Decreto “P” n. 194/2014, publicado em
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu 24 de janeiro de 2014, dentro do prazo de validade do concurso público,
registro. tendo tomado posse em 13 de fevereiro de 2014.

Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e, Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art. ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO: prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.

1. pelo registro do ato de admissão da servidora Dayse Daiany de Oliveira Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
Chaves, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
assistente de serviços de saúde, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por registro.
meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de
Mato Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e,
do art. 34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


janeiro de 2012; 11, I e o 186, III, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas; 1. pelo registro do ato de admissão do servidor Mauro Luís da Silva, para o
cargo de auditor de serviços de saúde, na função de auditor de serviços de
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme saúde – ciências contábeis, lotado na Secretaria de Estado de Saúde, por meio
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato
Grosso do Sul, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art.
Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019. 34, I, ambos da Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de
2012;
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Relator 2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe, com maior rigor,
os prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12356/2019
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme
PROCESSO TC/MS: TC/09252/2017 o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
PROTOCOLO: 1814749
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO Relator
INTERESSADO: MAURO LUÍS DA SILVA
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12335/2019

ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA PROCESSO TC/MS: TC/09264/2017


REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO. PROTOCOLO: 1814761
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO
DO RELATÓRIO RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. INTERESSADA: SUZANE COSTA ARRIVABENE
160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão do servidor Mauro RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Luís da Silva, para o cargo de auditor de serviços de saúde, na função de
auditor de serviços de saúde – ciências contábeis, lotado na Secretaria de ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA
Estado de Saúde, por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
Administração de Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra.
Thie Higuchi Viegas dos Santos, secretária de estado, à época. DO RELATÓRIO

A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7567/2019 (peça 4), manifestou- conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
Pág.6
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora Suzane ATO DE ADMISSÃO. CONCURSO. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA
Costa Arrivabene, para o cargo de especialista em serviços de saúde, na REMESSA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
função de farmacêutico-bioquímico, lotada na Secretaria de Estado de Saúde,
por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de Administração de DO RELATÓRIO
Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra. Thie Higuchi Viegas
dos Santos, secretária de estado, à época. Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária 160/2012, de 2 de janeiro de 2012, do ato de admissão da servidora
(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7328/2019 (peça 4), manifestou- Yndianara Pastorello, para o cargo de assistente de serviços de saúde I, na
se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na função de assistente de serviços de saúde, lotada na Secretaria de Estado de
remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal. Saúde, por meio de concurso realizado pela Secretaria de Estado de
Administração de Mato Grosso do Sul, constando como responsável a Sra.
O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16487/2019 Thie Higuchi Viegas dos Santos, secretária de estado, à época.
(peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa. A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária
(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7394/2019 (peça 4), manifestou-
DA DECISÃO se pelo registro do ato de admissão, ressalvando a intempestividade na
remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-2ª-PRC-16588/2019
Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a (peça 5), opinando favoravelmente pelo registro do ato de admissão em
este Tribunal foi intempestiva. apreço e pela aplicação de multa devido à intempestividade da remessa.
A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012, DA DECISÃO
publicado em 31 de janeiro de 2012.
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa,
A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 2.164/2013, publicado conforme definido na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, alterada pela
em 5 de junho de 2013, dentro do prazo de validade do concurso público, Instrução Normativa TC/MS n. 38/2012, vigentes à época, e sua remessa a
tendo tomado posse em 18 de junho de 2013. este Tribunal foi intempestiva.

Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha A presente admissão foi realizada nos termos do art. 37, II, da Constituição
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a Federal, sendo o concurso devidamente homologado pelo Edital n. 24/2012,
adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos publicado em 31 de janeiro de 2012.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.
A servidora foi nomeada por meio do Decreto “P” n. 3.710/2013, publicado
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão em 20 de setembro de 2013, dentro do prazo de validade do concurso

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu público, tendo tomado posse em 5 de novembro de 2013.
registro.
Embora a remessa dos documentos relativos à admissão em exame tenha
Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e, ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art. adoção da recomendação ao jurisdicionado para a observância rigorosa dos
11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de admissão
1. pelo registro do ato de admissão da servidora Suzane Costa Arrivabene, atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu
para o cargo de especialista em serviços de saúde, na função de farmacêutico- registro.
bioquímico, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por meio de concurso
realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato Grosso do Sul, Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e,
em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art. 34, I, ambos da parcialmente, o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, e no art.
Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de 2012; 11, I e o art. 186, III, do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, DECIDO:
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas; 1. pelo registro do ato de admissão da servidora Yndianara Pastorello, para o
cargo de assistente de serviços de saúde I, na função de assistente de serviços
de saúde, lotada na Secretaria de Estado de Saúde, por meio de concurso
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme realizado pela Secretaria de Estado de Administração de Mato Grosso do Sul,
o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. em razão de sua legalidade, nos termos do art. 21, III, e do art. 34, I, ambos da
Lei Complementar Estadual (LCE) n. 160, de 2 de janeiro de 2012;
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas;
Relator
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, conforme
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12274/2019 o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.

PROCESSO TC/MS: TC/09270/2017 Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.


PROTOCOLO: 1814767
ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
RESPONSÁVEL: THIE HIGUCHI VIEGAS DOS SANTOS Relator
CARGO DA RESPONSÁVEL: SECRETÁRIA DE ESTADO, À ÉPOCA
ASSUNTO: ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL - CONCURSO DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12074/2019
INTERESSADA: YNDIANARA PASTORELLO
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO PROCESSO TC/MS: TC/16938/2017
Pág.7
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

PROTOCOLO: 1835883 DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12070/2019


ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS
JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS PROCESSO TC/MS: TC/16944/2017
CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PROTOCOLO: 1835889
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS
INTERESSADO: RICARDO ALVES BATISTA JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO
ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E INTERESSADA: VANESSA APARECIDA DUARTE
REGULARIDADE. REGISTRO. RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO

DO RELATÓRIO ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E


REGULARIDADE. REGISTRO.
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. DO RELATÓRIO
160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Ricardo
Alves Batista, para exercer o cargo de coordenador do Programa Mais Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
Educação, no período de 20/4/2017 a 21/12/2017, no Município de conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra. Denize Portolann de Moura 160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de
Martins, secretária municipal de educação. Vanessa Aparecida Duarte, para exercer o cargo de coordenador do Programa
Mais Educação, no período de 20/4/2017 a 21/12/2017, no Município de
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP) Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra. Denize Portolann de Moura
por meio da Análise ANA-DFAPGP-6109/2019, manifestou-se pelo não registro Martins, secretária municipal de educação.
do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de excepcional
interesse público. A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP)
por meio da Análise ANA-DFAPGP-6118/2019, manifestou-se pelo não registro
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16655/2019, do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de excepcional
opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço. interesse público.

DA DECISÃO O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16681/2019,


opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço.
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi
enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1, DA DECISÃO

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016,
vigente à época. A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi
enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1,

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
A convocação foi legal e regularmente formalizada por meio da Resolução n. subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016,
42/SEMED/2017, com fulcro na Lei Municipal n. 118/2007 e por excepcional vigente à época.
interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88.
A convocação foi legal e regularmente formalizada por meio da Resolução n.
Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme 42/SEMED/2017, com fulcro na Lei Municipal n. 118/2007 e por excepcional
esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece: interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88.

“São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme
atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece:
em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e
segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e “São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para
face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
direitos”.(grifo nosso) em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e
segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e
Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles
admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o direitos”.(grifo nosso)
seu registro.
Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de
Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o
DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento seu registro.
Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS
n. 98/2018, DECIDO: Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da
DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento
1. pelo registro da convocação de Ricardo Alves Batista, para exercer o cargo Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS
de coordenador do Programa Mais Educação, no período de 20/4/2017 a n. 98/2018,
21/12/2017, no Município de Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos
termos do art. 34, I, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos DECIDO:
do RITC/MS;
1. pelo registro da convocação de Vanessa Aparecida Duarte, para exercer o
2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com cargo de coordenador do Programa Mais Educação, no período de 20/4/2017
fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. a 21/12/2017, no Município de Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos
termos do art. 34, I, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos
Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019. do RITC/MS;

CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO 2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com
Relator fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
Pág.8
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019. do RITC/MS;

CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO 2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com
Relator fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.

DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12073/2019 Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019.

PROCESSO TC/MS: TC/16950/2017 CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


PROTOCOLO: 1835895 Relator
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS
JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12068/2019
CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO PROCESSO TC/MS: TC/16986/2017
INTERESSADA: ANA MARIA LUNA PROTOCOLO: 1835931
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS
JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS
ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
REGULARIDADE. REGISTRO. ASSUNTO: CONVOCAÇÃO
INTERESSADA: MARLUCI DE ALMEIDA
DO RELATÓRIO RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO

Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E
conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n. REGULARIDADE. REGISTRO.
160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Ana
Maria Luna, para exercer o cargo de coordenador do Programa Mais DO RELATÓRIO
Educação, no período de 20/4/2017 a 21/12/2017, no Município de
Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra. Denize Portolann de Moura Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
Martins, secretária municipal de educação. conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Marluci
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP) de Almeida, para exercer o cargo de professor, no período de 1°/4/2017 a
por meio da Análise ANA-DFAPGP-6126/2019, manifestou-se pelo não registro 31/12/2017, no Município de Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra.
do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de excepcional Denize Portolann de Moura Martins, secretária municipal de educação.
interesse público.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP)
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16683/2019, por meio da Análise ANA-DFAPGP-6195/2019, manifestou-se pelo não registro
opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço. do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de temporariedade

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
na relação jurídica.
DA DECISÃO
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16687/2019,
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço.
enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1,
subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016, DA DECISÃO
vigente à época.
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi
A convocação foi legal e regularmente formalizada por meio da Resolução n. enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1,
42/SEMED/2017, com fulcro na Lei Municipal n. 118/2007 e por excepcional subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016,
interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88. vigente à época.

Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme A convocação, para ministrar aulas, foi legal e regularmente formalizada por
esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece: meio da Resolução n. 37/SEMED/2017 com fulcro na Lei Municipal n.
118/2007 e por excepcional interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da
“São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para Constituição Federal/88.
atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme
segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece:
face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles
direitos”.(grifo nosso) “São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para
atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e
admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e
seu registro. face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles
direitos”.(grifo nosso)
Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da
DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de
Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o
n. 98/2018, seu registro.

DECIDO: Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da


DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento
1. pelo registro da convocação de Ana Maria Luna, para exercer o cargo de Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS
coordenador do Programa Mais Educação, no período de 20/4/2017 a n. 98/2018, DECIDO:
21/12/2017, no Município de Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos
termos do art. 34, I, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos 1. pelo registro da convocação de Marluci de Almeida, para exercer o cargo
Pág.9
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

de professor, no período de 1°/4/2017 a 31/12/2017, no Município de 1. pelo registro da convocação de Maria Lúcia da Silva Giacometti, para
Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 34, I, da LCE n. exercer o cargo de diretor escolar na Escola Municipal “Geraldino Neves
160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos do RITC/MS; Corrêa”, no período de 10/5/2017 a 31/12/2017, no Município de
Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 34, I, da LCE n.
2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos do RITC/MS;
fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com
Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019. fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.

CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019.


Relator
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12083/2019 Relator

PROCESSO TC/MS: TC/17010/2017 DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12082/2019


PROTOCOLO: 1835955
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS PROCESSO TC/MS: TC/17906/2017
JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS PROTOCOLO: 1839516
CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO JURISDICIONADA: DENIZE PORTOLANN DE MOURA MARTINS
INTERESSADA: MARIA LÚCIA DA SILVA GIACOMETTI CARGO: SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO ASSUNTO: CONVOCAÇÃO
INTERESSADO: CLEBER MARTINS NUNES
ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
REGULARIDADE. REGISTRO.
ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E
DO RELATÓRIO REGULARIDADE. REGISTRO.

Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, DO RELATÓRIO


conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Maria Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
Lúcia da Silva Giacometti, para exercer o cargo de diretor escolar na Escola conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
Municipal “Geraldino Neves Corrêa”, no período de 10/5/2017 a 31/12/2017, 160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Cleber

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


no Município de Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra. Denize Martins Nunes, para exercer o cargo de coordenador do Programa Mais
Portolann de Moura Martins, secretária municipal de educação. Educação, no período de 27/3/2017 a 27/11/2017, no Município de
Dourados/MS, sob a responsabilidade da Sra. Denize Portolann de Moura

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP) Martins, secretária municipal de educação.
por meio da Análise ANA-DFAPGP-6527/2019, manifestou-se pelo não registro
do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de excepcional A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP)
interesse público. por meio da Análise ANA-DFAPGP-6293/2019, manifestou-se pelo não registro
do presente ato de convocação, tendo em vista a ausência de excepcional
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16711/2019, interesse público.
opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço.
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR - 3ª PRC - 16712/2019,
DA DECISÃO opinando pelo não registro do ato de admissão em apreço.

A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi DA DECISÃO


enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1,
subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016, A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa e foi
vigente à época. enviada tempestivamente, conforme definido no Anexo V, Seção I, item 2.1,
subitem 2.1.4, A, da Resolução TCE/MS n. 54, de 14 de dezembro de 2016,
A convocação foi legal e regularmente formalizada por meio da Resolução n. vigente à época.
42/SEMED/2017, com fulcro na Lei Municipal n. 118/2007 e por excepcional
interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88. A convocação foi legal e regularmente formalizada por meio da Resolução n.
37/SEMED/2017, com fulcro na Lei Municipal n. 118/2007 e por excepcional
Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme interesse público, nos moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88.
esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece:
Registro que as convocações na área da educação são legítimas, conforme
“São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n. 52, que assim estabelece:
atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e “São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para
segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e
direitos”.(grifo nosso) segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e
face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles
Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de direitos”.(grifo nosso)
admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o
seu registro. Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de
admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o
Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da seu registro.
DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento
Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da
n. 98/2018, DECIDO: DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento
Pág.10
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n.
n. 98/2018, DECIDO: 98/2018, DECIDO:

1. pelo registro da convocação de Cleber Martins Nunes, para exercer o 1. pelo registro da convocação de Juliana Alves de Souza, para exercer o
cargo de coordenador do Programa Mais Educação, no período de 27/3/2017 cargo de professor no Município de Costa Rica/MS, no período de 13/2/2017 a
a 27/11/2017, no Município de Dourados/MS, em razão de sua legalidade, nos 11/12/2017, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 34, I, da LCE n.
termos do art. 34, I, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos 160/2012, c/c o art. 11, I e o art. 186, III, ambos do RITC/MS;
do RITC/MS;
2. pela recomendação ao responsável pelo órgão para que observe, com
2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com maior rigor, os prazos para a remessa de documentos obrigatórios a esta
fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. Corte de Contas;

Campo Grande/MS, 19 de setembro de 2019. 3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com
fulcro no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Relator Campo Grande/MS, 23 de setembro de 2019.

DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12219/2019 CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


Relator
PROCESSO TC/MS: TC/18373/2017
PROTOCOLO: 1841592
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE COSTA RICA/MS DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12329/2019
JURISDICIONADO: WALDELI DOS SANTOS ROSA
CARGO: PREFEITO MUNICIPAL PROCESSO TC/MS: TC/7704/2014
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO PROTOCOLO: 1493577
INTERESSADA: JULIANA ALVES DE SOUZA ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE ANTÔNIO JOÃO/MS
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO ORDENADOR DE DESPESAS: SELSO LUIZ LOZANO RODRIGUES
CARGO DO ORDENADOR: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA
ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE E ASSUNTO: CONTRATO ADMINISTRATIVO N. 62/2014
REGULARIDADE. INTEMPESTIVIDADE NA REMESSA DOS DOCUMENTOS. EMPRESA CONTRATADA: LOOK MERCADO LTDA ME
RECOMENDAÇÃO. REGISTRO. PROCEDIMENTO LICITATÓRIO: PREGÃO PRESENCIAL N. 34/2014
OBJETO: AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PERECÍVEIS E NÃO PERECÍVEIS, CARNE
DO RELATÓRIO BOVINA FRESCA E PRODUTOS DE HIGIENE E LIMPEZA

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


VALOR INICIAL: R$ 39.287,02
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
160/2012, do ato de admissão de pessoal, por meio da convocação de Juliana CONTRATO ADMINISTRATIVO. EXECUÇÃO FINANCEIRA. ATOS IRREGULARES.
Alves de Souza, para exercer o cargo de professor no Município de Costa AUSÊNCIA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS. MULTA. REMESSA
Rica/MS, no período de 13/2/2017 a 11/12/2017, sob a responsabilidade do INTEMPESTIVA DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
Sr. Waldeli dos Santos Rosa, prefeito municipal.
DO RELATÓRIO
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP)
por meio da análise ANA-DFAPGP-6784/2019 manifestou-se pelo registro do Tratam os autos da apreciação da regularidade da execução financeira do
presente ato de convocação, observando ainda, a intempestividade na Contrato Administrativo n. 62/2014 (3ª fase), celebrado entre o Município de
remessa. Antônio João/MS e a empresa Look Mercado Ltda ME, decorrente do Pregão
Presencial n. 34/2014, constando como ordenador de despesas o Sr. Selso
O Ministério Público de Contas emitiu o Parecer PAR-3ªPRC-16810/2019, Luiz Lozano Rodrigues, prefeito municipal, à época.
opinando pelo registro do ato de admissão em apreço.
O objeto do contrato é a aquisição de alimentos perecíveis e não perecíveis,
DA DECISÃO carne bovina fresca e produtos de higiene e limpeza, para atender às
necessidades do programa PETI (Programa de Erradicação do Trabalho
A documentação relativa à admissão em exame apresentou-se completa, Infantil) do Município, no valor global de R$ 39.287,02 (trinta e nove mil,
conforme definido no Anexo V, Título 2, Item 2.1, Subitem 2.1.1, da Resolução duzentos e oitenta e sete reais e dois centavos).
TC/MS n. 54, de 14/12/2016, vigente à época. Porém, sua remessa se deu
intempestivamente. O procedimento licitatório, na modalidade Pregão Presencial n. 34/2014, e a
formalização e o teor do Contrato Administrativo n. 62/2014 foram julgados
A convocação para ministrar aulas, temporariamente, foi legal e regularmente legais e regulares por meio da Decisão Singular DSG-G.ODJ-3752/2017,
formalizada por meio da Resolução n. 4529/SEMED com fulcro na Lei prolatada no presente processo.
Complementar Municipal n. 33/2010 e por excepcional interesse público, nos A 4ª Inspetoria de Controle Externo (4ª ICE) realizou a Análise ANA-4ICE-
moldes do art. 37, IX, da Constituição Federal/88. 16260/2018, entendendo pela irregularidade e ilegalidade da execução
financeira, observando, ainda, a remessa intempestiva dos documentos
Examinando o processo, constata-se que, de fato, houve a remessa obrigatórios a esta Corte de Contas.
intempestiva da documentação. Entretanto, diante da legalidade dos
procedimentos em exame, entendo que tal irregularidade deve ser relevada, Ato contínuo, o Ministério Público de Contas (MPC) emitiu o Parecer PAR-
aplicando, como medida suficiente ao caso concreto, a recomendação ao 2ªPRC-15767/2019, opinando pela ilegalidade e irregularidade da execução
gestor do órgão para que observe, com maior rigor, as normas regimentais. do contrato e pela impugnação do valor de R$ 3.980,37, sugerindo, ainda, a
aplicação de multa ao jurisdicionado por grave infração à norma legal e em
Portanto, analisadas as peças que instruem os autos, concluo que o ato de razão da remessa intempestiva dos documentos a este Tribunal.
admissão atendeu aos ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o
seu registro. DA DECISÃO

Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e o A execução financeira do contrato em análise não atendeu aos ditames da Lei
parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento Interno n. 4.320/64, e restou assim demonstrada:
Pág.11
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Valor inicial do contrato R$ 39.287,02 ATO DE ADMISSÃO DE PESSOAL. CONVOCAÇÃO. LEGALIDADE. REGISTRO.
Valor total empenhado R$ 39.287,02 INTEMPESTIVIDADE NA REMESSA. RECOMENDAÇÃO.
Notas fiscais R$ 35.306,65
Ordens de pagamento R$ 35.306,65 DO RELATÓRIO

Como se vê, os estágios da despesa não se equivalem, quais sejam, empenho, Trata o presente processo da apreciação e julgamento coletivo para fins de
liquidação e pagamento, circunstância que revela a incorreta execução do registro, conforme determina o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual
objeto. (LCE) n. 160/2012, dos atos de admissão de pessoal por meio da convocação
de Kristhyan Almeida Rodrigues, para o cargo de professor, no período de
Os responsáveis foram devidamente intimados, por meio dos Termos de 17.3.2014 a 9.2.2014, formalizada por meio da Resolução n. 3697/2014, tendo
Intimação n. 7219/2018 e n. 7220/2018, para apresentarem a documentação como responsável o Sr. Waldeli dos Santos Rosa, prefeito municipal.
referente à execução financeira do contrato.
Os atos de admissão de pessoal abaixo identificados estão autuados neste
A Sra. Marceleide Hartemam Pereira Marques e o Sr. Selso Luiz Lozano processo:
Rodrigues, atual e ex-prefeito municipal, respectivamente, responderam à
Resolução
intimação (peças 34 e 36), no entanto, deixaram de encaminhar os Nome Cargo Período Remessa
n.
documentos faltantes, necessários para a correta instrução processual. 5.2.2014 a
1 Glaucia Jeni da Cruz 3663/2014 professor intempestiva
12.12.2014
A remessa obrigatória acerca da execução financeira foi realizada Jaqueline Fernanda 5.2.2014 a
2 3622/2014 professor intempestiva
intempestivamente a esta Corte de Contas, infringindo o prazo estabelecido de Campos Matos 9.12.2014

na Instrução Normativa TC/MS n. 35/2011, vigente à época, atraindo a


imposição de multa. Entretanto, tal conduta não trouxe danos ou prejuízos ao A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária (DFAPGP)
erário, devendo tal medida ser convertida em recomendação ao responsável por meio da Análise ANA-DFAPGP-7260/2019, manifestou-se pelo não registro
pelo órgão para que observe, com rigor, os prazos de remessa da das presentes convocações, tendo em vista a ausência de temporariedade na
documentação obrigatória das futuras contratações a este Tribunal, previstos relação jurídica.
na Resolução TCE/MS n. 88/2018 (Manual de Peças Obrigatórias).
O Ministério Público de Contas emitiu o PAR-3ª PRC-16584/2019, opinando
Assim, acolho o entendimento da equipe técnica da 4ª ICE e, parcialmente, o pelo não registro dos atos de admissão em apreço, pugnando, ainda, por
parecer ministerial, DECIDO: multa devido à intempestividade nas remessas.

1. pela irregularidade da execução financeira do Contrato Administrativo n. DA DECISÃO


62/2014 (3ª fase), consoante dispõe o art. 59, III, da Lei Complementar
Estadual (LCE) n. 160/2012, c/c o art. 121, III, do Regimento Interno deste As documentações relativas às admissões em exame apresentaram-se

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018; completas, conforme definido no Anexo I, Capítulo II, Seção I, item 1.5, letra
“b”, da Instrução Normativa TC/MS n. 38, de 28 de novembro de 2012,
2. pela aplicação de multa ao Sr. Selso Luiz Lozano Rodrigues, ex-prefeito vigente à época. Porém, suas remessas se deram intempestivamente.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
municipal, inscrito no CPF sob o n. 254.559.901-87, no valor correspondente a
15 (quinze) UFERMS, em razão da não comprovação da anulação do empenho Registro que as convocações na área de educação são legítimas, mesmo sem
não utilizado, com supedâneo no art. 42, II, IV e IX, e art. 44, I, ambos da LCE lei específica, conforme esta Corte de Contas já definiu na Súmula TC/MS n.
n. 160/2012, c/c o art. 185, I, “b”, do RITC/MS, por infringência aos ditames da 52, que assim estabelece:
Lei n. 4.320/64;
“São legítimas e indispensáveis as contratações temporárias para
3. pela concessão do prazo de 45 (quarenta e cinco) dias úteis (art. 54 da atendimento a situações que, apesar de não bem definidas ou estabelecidas
LCE n. 160/2012) para que o responsável acima nominado recolha o valor da em lei específica, coloquem em risco os setores de saúde, educação e
multa imposta no item 2 ao FUNTC, comprovando-se nos autos, conforme o segurança, dada a relevância das respectivas funções para a comunidade, e
estabelecido no art. 83 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 185, § 1º, I e II, do face à obrigação do Poder Público de assegurar ao cidadão aqueles
RITC/MS, sob pena de cobrança executiva, nos moldes do art. 77, § 4º, da direitos”.(grifo nosso)
Constituição Estadual;
Examinando o processo, constata-se que, de fato, as remessas se deram
4. pela recomendação ao atual responsável pelo órgão para que observe, intempestivamente. Entretanto, diante da legalidade dos procedimentos em
com rigor, os prazos de remessa dos documentos obrigatórios das futuras exame, entendo que tal irregularidade deve ser relevada, aplicando, como
contratações a este Tribunal, previstos na Resolução TCE/MS n. 88/2018 medida suficiente ao caso concreto, a recomendação ao gestor do órgão para
(Manual de Peças Obrigatórias); que observe, com maior rigor, as normas regimentais.

5. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, Pelo exposto, deixo de acolher o entendimento da unidade técnica da
conforme o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do DFAPGP e o parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento
RITC/MS. Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS
n. 98/2018,
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
DECIDO:
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Relator 1. pelo registro das convocações acima descritas, em razão de sua
DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12016/2019 legalidade, nos termos do art. 34, I, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art.
186, III, ambos do RITC/MS;
PROCESSO TC/MS: TC/9024/2019
PROTOCOLO: 1991215 2. pela recomendação ao responsável pelo órgão para que observe, com
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE COSTA RICA/MS maior rigor, os prazos para a remessa de documentos obrigatórios a esta
RESPONSÁVEL: WALDELI DOS SANTOS ROSA Corte de Contas;
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL
ASSUNTO: CONVOCAÇÃO 3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados,
SERVIDORES: KRISTHYAN ALMEIDA RODRIGUES E OUTROS conforme o disposto no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO RITC/MS.
Pág.12
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Campo Grande/MS, 18 de setembro de 2019. 2. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com fulcro
no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS.
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Relator Campo Grande/MS, 23 de setembro de 2019.

DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12212/2019 CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


Relator
PROCESSO TC/MS: TC/9438/2018
PROTOCOLO: 1925782 DECISÃO SINGULAR DSG - G.ODJ - 12241/2019
ÓRGÃO: AGÊNCIA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DE MATO GROSSO DO SUL
RESPONSÁVEL: JORGE OLIVEIRA MARTINS PROCESSO TC/MS: TC/958/2018
CARGO: DIRETOR-PRESIDENTE PROTOCOLO: 1884405
ASSUNTO: CONCESSÃO DE APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA ÓRGÃO: AGÊNCIA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DE MATO GROSSO DO SUL
INTERESSADA: MARLENE CARMONO LEMOS RESPONSÁVEL: JORGE OLIVEIRA MARTINS
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO CARGO: DIRETOR-PRESIDENTE
ASSUNTO: CONCESSÃO DE APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA
CONCESSÃO DE APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA. PROVENTOS INTEGRAIS. INTERESSADA: APARECIDA LOURDES LEITE
LEGALIDADE E REGULARIDADE. REGISTRO. RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO

DO RELATÓRIO CONCESSÃO DE APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA. PROVENTOS INTEGRAIS.


LEGALIDADE E REGULARIDADE. REGISTRO. INTEMPESTIVIDADE NA REMESSA
Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro, DE DOCUMENTOS. RECOMENDAÇÃO.
conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
160/2012, da concessão da aposentadoria voluntária por tempo de DO RELATÓRIO
contribuição, com proventos integrais, a servidora Marlene Carmono Lemos,
matrícula n. 72139023, ocupante do cargo de perito oficial forense, na função Trata o presente processo da apreciação da legalidade, para fins de registro,
de perito médico legista especial, símbolo 194/321/B4, código 40295, conforme dispõe o art. 21, III, da Lei Complementar Estadual (LCE) n.
pertencente ao quadro permanente de pessoal do Estado de Mato Grosso do 160/2012, da concessão da aposentadoria voluntária por tempo de
Sul, lotada na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, constando contribuição, com proventos integrais, à servidora Aparecida Lourdes Leite,
como responsável o Sr. Jorge Oliveira Martins, diretor-presidente da Ageprev. matrícula n. 31888021, ocupante do cargo de assistente de atividades
educacionais, classe F, nível VIII, código 60008, pertencente ao quadro
A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária permanente de pessoal do Estado de Mato Grosso do Sul, lotada na Secretaria
(DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7280/2019 (peça 15), de Estado de Educação, constando como responsável o Sr. Jorge Oliveira

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


manifestou-se pelo registro da presente aposentadoria. Martins, diretor-presidente da Ageprev.

O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-4ª PRC-16819/2019 A Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
(peça 16), opinando favoravelmente pelo registro do ato de concessão em (DFAPGP), por meio da Análise ANA-DFAPGP-7160/2019 (peça 14),
apreço. manifestou-se pelo registro da presente aposentadoria, ressalvando a
intempestividade na remessa dos dados eletrônicos a este Tribunal.
DA DECISÃO
O Ministério Público de Contas emitiu o parecer PAR-4ª PRC-16855/2019
A documentação relativa à concessão em exame apresentou-se completa, (peça 15), opinando favoravelmente pelo registro do ato de concessão em
conforme definido no Anexo V, item 2, da Resolução TCE-MS n. 54, de 14 de apreço.
dezembro de 2016, vigente à época, e sua remessa a este Tribunal foi
tempestiva. DA DECISÃO

A aposentadoria voluntária por tempo de contribuição, com proventos A documentação relativa à concessão em exame apresentou-se completa,
integrais, ora apreciada, foi concedida por meio do Decreto “P” Ageprev n. conforme definido no Anexo V, item 2, da Resolução TCE-MS n. 54, de 14 de
1.200/2018, publicado no Diário Oficial do Estado n. 9.706, edição do dia 27 dezembro de 2016, vigente à época, e sua remessa a este Tribunal foi
de julho de 2018, fundamentada no § 1º do art. 41 e art. 78 da Lei n. 3.150, de intempestiva.
22 de dezembro de 2005, c/c o § 1º do art. 147 da Lei Complementar n. 114,
de 19 de dezembro de 2005, c/c o art. 1º, inciso II, alínea “b”, da Lei A aposentadoria voluntária por tempo de contribuição, com proventos
Complementar Federal n. 51, de 20 de dezembro de 1985, com redação dada integrais, ora apreciada, foi concedida por meio do Decreto “P” n. 4.987/2017,
pela Lei Complementar n. 144, de 15 de maio de 2014. publicado no Diário Oficial do Estado n. 9.516, edição do dia 20 de outubro de
2017, fundamentada no art. 73 e art. 78, ambos da Lei Estadual n. 3.150, de
Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que a concessão da 22 de dezembro de 2005.
presente aposentadoria voluntária por tempo de contribuição atendeu os
ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu registro. Embora a remessa dos documentos relativos à concessão em exame tenha
ocorrido de forma intempestiva, a legalidade dos atos praticados permite a
Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e o adoção da recomendação ao jurisdicionado para observância rigorosa dos
parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento Interno prazos de remessa a este Tribunal, como medida suficiente ao caso concreto.
deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n.
98/2018, DECIDO: Analisadas as peças que instruem os autos, concluo que a concessão da
presente aposentadoria voluntária por tempo de contribuição atendeu os
1. pelo registro da concessão da aposentadoria voluntária por tempo de ditames legais e regimentais pertinentes, merecendo o seu registro.
contribuição, com proventos integrais, a servidora Marlene Carmono Lemos,
matrícula n. 72139023, ocupante do cargo de perito oficial forense, na função Pelo exposto, acolho o entendimento da unidade técnica da DFAPGP e o
de perito médico legista especial, símbolo 194/321/B4, código 40295, parecer ministerial, e com fulcro no art. 4º, III, “a”, do Regimento Interno
pertencente ao quadro permanente de pessoal do Estado de Mato Grosso do deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n.
Sul, lotada na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, em razão 98/2018,
de sua legalidade, nos termos do art. 34, II, da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I,
e o art. 186, III, ambos do RITC/MS; DECIDO:
Pág.13
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

1. pelo registro da concessão da aposentadoria voluntária por tempo de 35385/2019, com o prazo de 05 (cinco) dias úteis para providenciar a
contribuição, com proventos integrais, à servidora Aparecida Lourdes Leite, regularização processual.
matrícula n. 31888021, ocupante do cargo de assistente de atividades
educacionais, classe F, nível VIII, código 60008, pertencente ao quadro DELMIR ERNO SCHWEICH
permanente de pessoal do Estado de Mato Grosso do Sul, lotada na Secretaria Chefe II
de Estado de Educação, em razão de sua legalidade, nos termos do art. 34, II, CARTÓRIO
da LCE n. 160/2012, c/c o art. 11, I, e o art. 186, III, ambos do RITC/MS;
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35539/2019
2. pela recomendação ao jurisdicionado para que observe com maior rigor os
prazos para a remessa obrigatória de documentos a esta Corte de Contas; PROCESSO TC/MS : TC/25092/2017/001
PROTOCOLO : 1994573
3. pela intimação do resultado deste julgamento aos interessados, com fulcro ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE IVINHEMA
no art. 50 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 70, § 2º, do RITC/MS. JURISDICIONADO E/OU : EDER UILSON FRANÇA LIMA
INTERESSADO (A)
Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019. ASSESSORA JURÍDICA : QUEILA FELICIANO ALVES DA SILVA – OAB/MS
12.646
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
Relator RELATOR (A) :

ATOS PROCESSUAIS Vistos, etc.

Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12363/2018, proferida


Conselheiro Iran Coelho das Neves nos autos TC/25092/2017, O Município de Ivinhema e Eder Uilson França
Lima, apresentam Recurso Ordinário, conforme razões e documentos
Despacho de Recurso protocolizados sob o n. 1994573.

Em primeiro lugar, é de se apreciar que o Município de Ivinhema é parte


DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35385/2019
ilegítima para a propositura do recurso mas, como no preâmbulo das razões
constam como recorrentes a unidade gestora e o jurisdicionado apenado,
PROCESSO TC/MS : TC/15658/2014/001
entendo que as razões tenham valor em relação a este último, caso seja
PROTOCOLO : 1993949
recebido o Recurso Ordinário.
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE IVINHEMA
JURISDICIONADO E/OU : EDER UILSON FRANÇA LIMA
Todavia, e não menos importante processualmente, a advogada signatária das
INTERESSADO (A)

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


razões, é mandatária da Unidade Gestora, qual seja, o Município de Ivinhema
ASSESSORA JURÍDICA : QUEILA FELICIANO ALVES DA SILVA – OAB/MS
e não da pessoa física do jurisdicionado, devendo por isso ser regularizada a
12.646
representação processual.
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
RELATOR (A) :
Concedo o prazo de 05 (cinco) dias para a juntada de mandato outorgado pelo
recorrente Eder Uilson França Lima, para o que deve ser intimada a advogada
Vistos, etc.
subscritora do recurso.
Inconformado com os termos do r. Acórdão n. 2223/2018, proferido nos autos
Findo o prazo, regularizada ou não a representação processual, tornem-me os
TC/15658/2014, O Município de Ivinhema e Eder Uilson França Lima,
autos para a apreciação geral de admissibilidade.
apresentam Recurso Ordinário, conforme razões e documentos
protocolizados sob o n. 1993949.
Ao Cartório para as providências.
Em primeiro lugar, é de se apreciar que o Município de Ivinhema é parte
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
ilegítima para a propositura do recurso mas, como no preâmbulo das razões
constam como recorrentes a unidade gestora e o jurisdicionado apenado,
Cons. Iran Coelho das Neves
entendo que as razões tenham valor em relação a este último, caso seja
Presidente
recebido o Recurso Ordinário.
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I, 54 e 55, I da Lei
Todavia, e não menos importante processualmente, a advogada signatária das
Complementar nº 160/2012, fica a Sra. Queila Feliciano Alves da Silva –
razões, é mandatária da Unidade Gestora, qual seja, o Município de Ivinhema
OAB/MS 12.646 intimada do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-
e não da pessoa física do jurisdicionado, devendo por isso ser regularizada a
35539/2019, com o prazo de 05 (cinco) dias úteis para providenciar a
representação processual.
regularização processual.
Concedo o prazo de 05 (cinco) dias para a juntada de mandato outorgado pelo
DELMIR ERNO SCHWEICH
recorrente Eder Uilson França Lima, para o que deve ser intimada a advogada
Chefe II
subscritora do recurso.
CARTÓRIO
Findo o prazo, regularizada ou não a representação processual, tornem-me os
Recursos Indeferidos
autos para a apreciação geral de admissibilidade.
Recurso(s) indeferido(s) pelo Cons. Presidente do Tribunal de Contas,
conforme estabelecido no art. 9,VIII, a, da Lei Complementar nº 160 de 02 de
Ao Cartório para as providências.
janeiro de 2012, c/c o art. 150, IV e V, b, do Regimento Interno, aprovado
pela Resolução Normativa nº 76 de 11 de dezembro de 2013.
Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.

Cons. Iran Coelho das Neves


DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35321/2019
Presidente
PROCESSO TC/MS : TC/12744/2015/001/002
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I, 54 e 55, I da Lei
PROTOCOLO : 1986079
Complementar nº 160/2012, fica a Sra. Queila Feliciano Alves da Silva –
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE TERENOS
OAB/MS 12.646 intimada do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-
Pág.14
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

JURISDICIONADO E/OU : CARLA CASTRO REZENDE DINIZ BRANDÃO DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35378/2019
INTERESSADO (A)
ADVOGADO : LEONARDO NICARETTA – OAB/MS 13.106 PROCESSO TC/MS : TC/15310/2016/002
TIPO DE PROCESSO : EMBARGOS DECLARAÇÃO PROTOCOLO : 1993483
RELATOR (A) : ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES
Vistos, etc. INTERESSADO (A)
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
Inconformada com os termos do r. Acórdão nº 3345/2018, proferido nos TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
autos TC nº 12744/2015/001, de relatoria do Conselheiro Iran Coelho das RELATOR (A) :
Neves, Carla Castro Rezende Diniz Brandão apresentou embargos de
declaração consoante razões e documentos protocolizados sob o n° 1986079. Vistos, etc.

As razões recursais não foram assinadas pelo advogado identificado ao final Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12950/2018, proferida
da peça que, por outro lado, e não menos importante, deixou de juntar o nos autos TC 15310/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
mandato que o credenciaria a representar a embargante. conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993483.

No despacho de f. 05, foi oportunizada a correção das irregularidades A peça recursal remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua intimação
apontadas, mas, às f.6-7, através da CER – CARTÓRIO – 24221/2019, foi sobre o julgamento do processo ocorreu em 10 de junho de 2018. O prazo
certificado o não atendimento da regularização oportunizada. recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.

Ante o exposto, por faltarem pressupostos de constituição e de Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
desenvolvimento válido e regular aos presentes embargos de declaração, Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
deixou de recebe-los e determino seja dado conhecimento aos interessados. determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.

Ao Cartório para providências. Ao Cartório para providenciar.

Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019. Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.

Cons. Iran Coelho das Neves Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente Presidente

Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Leonardo Nicaretta – OAB/MS 13.106 Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35321/2019. 19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35378/2019.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
DELMIR ERNO SCHWEICH DELMIR ERNO SCHWEICH
Chefe II Chefe II
CARTÓRIO CARTÓRIO

DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35589/2019


DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35523/2019
PROCESSO TC/MS : TC/9820/2016/001
PROTOCOLO : 1989874 PROCESSO TC/MS : TC/20658/2016/002
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BANDEIRANTES PROTOCOLO : 1993655
JURISDICIONADO E/OU : MARCIO FAUSTINO DE QUEIROZ ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
INTERESSADO (A) JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO INTERESSADO (A)
RELATOR (A) : ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
Vistos, etc. RELATOR (A) :

Inconformado com os termos do r. Acórdão n. 468/2018, proferido nos autos Vistos, etc.
TC 9820/2016, Marcio Faustino de Queiroz apresenta Recurso Ordinário,
conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1989874. Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12380/2018, proferido
nos autos TC 20658/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
A peça recursal foi protocolizada em 02 de agosto de 2019, sendo que a sua conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993655.
intimação sobre o julgamento do processo que foi disponibilizada
eletronicamente no dia 20/05/2019, através de e-mail previamente A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua
cadastrado. O prazo de interposição do recurso, então começou a correr no intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio
dia 03 de junho de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 06 de junho
portanto, decorrido. de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.

Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.

Ao Cartório para providenciar. Ao Cartório para providenciar.

Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019. Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.

Cons. Iran Coelho das Neves Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente Presidente
Pág.15
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei Ao Cartório para providenciar.
Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35523/2019. Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.

DELMIR ERNO SCHWEICH Cons. Iran Coelho das Neves


Chefe II Presidente
CARTÓRIO
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35525/2019 Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35528/2019.
PROCESSO TC/MS : TC/20664/2016/002
PROTOCOLO : 1993652 DELMIR ERNO SCHWEICH
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA Chefe II
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES CARTÓRIO
INTERESSADO (A)
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331 DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35530/2019
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
RELATOR (A) : PROCESSO TC/MS : TC/23300/2016/002
PROTOCOLO : 1993304
Vistos, etc. ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES
Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12384/2018, proferida INTERESSADO (A)
nos autos TC 20664/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso, ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993652. TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
RELATOR (A) :
A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio Vistos, etc.
de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido. Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 175/2019, proferida
nos autos TC 23300/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993304.
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio
Ao Cartório para providenciar. de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Cons. Iran Coelho das Neves Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
Presidente determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.

Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei Ao Cartório para providenciar.
Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35525/2019. Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.

DELMIR ERNO SCHWEICH Cons. Iran Coelho das Neves


Chefe II Presidente
CARTÓRIO

DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35528/2019 Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei
Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
PROCESSO TC/MS : TC/23294/2016/002 19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35530/2019.
PROTOCOLO : 1993465
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DELMIR ERNO SCHWEICH
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES Chefe II
INTERESSADO (A) CARTÓRIO
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35532/2019
RELATOR (A) :
PROCESSO TC/MS : TC/23306/2016/002
Vistos, etc. PROTOCOLO : 1993295
Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 15/2019, proferida nos ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
autos TC 23294/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso, conforme JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES
razões e documentos protocolizados sob o n. 1993465. INTERESSADO (A)
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio RELATOR (A) :
de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido. Vistos, etc.

Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 178/2019, proferida
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e nos autos TC 23306/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993295.
Pág.16
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio RELATOR (A) :
de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido. Vistos, etc.

Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12771/2018, proferida
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e nos autos TC 26739/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993228.

Ao Cartório para providenciar. A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019. de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.
Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.
Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35532/2019. Ao Cartório para providenciar.

DELMIR ERNO SCHWEICH Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.


Chefe II
CARTÓRIO Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35533/2019
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei
PROCESSO TC/MS : TC/23312/2016/002 Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
PROTOCOLO : 1993282 19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35544/2019.
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES DELMIR ERNO SCHWEICH
INTERESSADO (A) Chefe II
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331 CARTÓRIO
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


RELATOR (A) : DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35545/2019

Vistos, etc. PROCESSO TC/MS : TC/26745/2016/002

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
PROTOCOLO : 1993225
Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 182/2019, proferida ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
nos autos TC 23312/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso, JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES
conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993282. INTERESSADO (A)
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331
A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio RELATOR (A) :
de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido. Vistos, etc.

Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12772/2018, proferida
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e nos autos TC 26745/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso,
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993225.

Ao Cartório para providenciar. A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019. de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.
Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.
Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35533/2019. Ao Cartório para providenciar.

DELMIR ERNO SCHWEICH Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.


Chefe II
CARTÓRIO Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35544/2019
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei
PROCESSO TC/MS : TC/26739/2016/002 Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS
PROTOCOLO : 1993228 19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35545/2019.
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES DELMIR ERNO SCHWEICH
INTERESSADO (A) Chefe II
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331 CARTÓRIO
Pág.17
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35548/2019 PROTOCOLO : 1992482


ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACAJU
PROCESSO TC/MS : TC/26904/2016/002 JURISDICIONADO E/OU : MAURILIO FERREIRA AZAMBUJA
PROTOCOLO : 1993223 INTERESSADO (A)
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
JURISDICIONADO E/OU : REINALDO MIRANDA BENITES RELATOR (A) :
INTERESSADO (A)
ASSESSOR JURÍDICO : GABRIEL BARBOSA RAMOS – OAB/MS 19.331 Vistos, etc.
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
RELATOR (A) : Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12588/2018, proferida
nos autos TC 19066/2016, Maurilio Ferreira Azambuja apresenta Recurso,
Vistos, etc. conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1992482.

Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12773/2018, proferida A peça recursal teve entrada em 16 de agosto de 2019, sendo que intimação
nos autos TC 26904/2016, Reinaldo Miranda Benites apresenta Recurso, sobre o julgamento teve a contagem de prazo iniciada em 17 de junho de
conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1993223. 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.

A peça recursal foi remetida em 21 de agosto de 2019, sendo que sua Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
intimação sobre o julgamento do processo foi disponibilizada em 28 de maio Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
de 2019 e seu prazo para recorrer teve a contagem iniciada em 10 de junho determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.
de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.
Ao Cartório para providenciar.
Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.
Cons. Iran Coelho das Neves
Ao Cartório para providenciar. Presidente
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35481/2019
Cons. Iran Coelho das Neves
Presidente PROCESSO TC/MS : TC/19187/2016/001
PROTOCOLO : 1992481
Pelo presente instrumento, com fulcro nos arts. 50, I e 55, I da Lei ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACAJU

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Complementar nº 160/2012, fica o Sr. Gabriel Barbosa Ramos – OAB/MS JURISDICIONADO E/OU : MAURILIO FERREIRA AZAMBUJA
19.331 intimado do inteiro teor do Despacho DSP-GAB.PRES-35548/2019. INTERESSADO (A)
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
DELMIR ERNO SCHWEICH RELATOR (A) :
Chefe II
CARTÓRIO Vistos, etc.

DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35477/2019 Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 40/2019, proferida nos
autos TC 19187/2016, Maurilio Ferreira Azambuja apresenta Recurso,
PROCESSO TC/MS : TC/19020/2016/001 conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1992481.
PROTOCOLO : 1992479
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE MARACAJU A peça recursal teve entrada em 16 de agosto de 2019, sendo que intimação
JURISDICIONADO E/OU : MAURILIO FERREIRA AZAMBUJA sobre o julgamento teve a contagem de prazo iniciada em 17 de junho de
INTERESSADO (A) 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
RELATOR (A) : Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e
Vistos, etc. determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho.

Inconformado com os termos da r. Decisão Singular n. 12698/2018, proferida Ao Cartório para providenciar.
nos autos TC 19020/2016, Maurilio Ferreira Azambuja apresenta Recurso,
conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1992479. Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019.

A peça recursal teve entrada em 16 de agosto de 2019, sendo que intimação Cons. Iran Coelho das Neves
sobre o julgamento teve a contagem de prazo iniciada em 17 de junho de Presidente
2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, portanto, decorrido.
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35570/2019
Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e PROCESSO TC/MS : TC/29599/2016/001
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. PROTOCOLO : 1990428
ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE TRES LAGOAS
Ao Cartório para providenciar. JURISDICIONADO E/OU : MÁRCIA MARIA SOUZA DA COSTA MOURA DE
Campo Grande/MS, 24 de setembro de 2019. INTERESSADO (A) PAULA
TIPO DE PROCESSO : RECURSO ORDINÁRIO
Cons. Iran Coelho das Neves RELATOR (A) :
Presidente
Vistos, etc.
DESPACHO DSP - GAB.PRES. - 35479/2019
Inconformada com os termos do r. Acórdão n. 1098/2018, proferido nos autos
TC 29599/2016, Marcia Maria Souza da Costa Moura de Paula apresenta
PROCESSO TC/MS : TC/19066/2016/001
Recurso, conforme razões e documentos protocolizados sob o n. 1990428.
Pág.18
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

A peça recursal foi deus entrada neste TCE-MS, em 06 de agosto de 2019, controle prévio do processo licitatório realizado na modalidade Pregão
sendo que a sua intimação sobre o julgamento do processo foi conhecida em Presencial nº 19/2019, instaurado pela Prefeitura Municipal de Figueirão/MS,
06 de junho de 2019 e o prazo para interposição de recurso começou a contar tendo como objeto a contratação de empresa especializada na confecção de
em 07 de junho de 2019, inclusive. O prazo recursal de 60 dias já havia, material gráfico, em atendimento às demandas do gabinete do prefeito.
portanto, decorrido.
A equipe técnica destacou algumas impropriedades, como a irregularidade na
Sendo, portanto, intempestivo nos termos do paragrafo único do artigo 69 da composição do valor de referência da licitação, haja vista que houve envio de
Lei Complementar n. 160/2012, deixo de receber o presente recurso, e e-mail entre as empresas consultadas para formalização do preço, pois “...ao
determino ao Cartório que cientifique o recorrente deste despacho. invés de enviar o orçamento somente para a Prefeitura, como seira o
esperado, as empresas trataram de encaminhar as mensagens para as
Ao Cartório para providenciar. “concorrentes”, (f. 06), o que pode caracterizar conluio entre a Prefeitura e as
empresas que apresentaram orçamento na pesquisa de preços.
Campo Grande/MS, 25 de setembro de 2019.
Foi apontada, também, a existência de indício de relação entre as empresas
Cons. Iran Coelho das Neves Artmidia Comunicação Visual e Inovar Comunicação Visual, ambas
Presidente consultadas na pesquisa de preços, considerando que o endereço de e-mail
informado no cartão CNPJ da empresa Inovar é o mesmo que consta no
Conselheiro Waldir Neves Barbosa cartão da empresa Artmídia, além de possuírem o mesmo telefone de
contato, sendo, ainda, coincidentes os sobrenomes dos proprietários, Fátima
Cândido Ferreira e Sandra Ferreira Cândido, sugerindo parentesco entre eles,
Despacho o que fere o princípio da ampla competitividade.

DESPACHO DSP - G.WNB - 30914/2019 O expediente foi recebido pelo Presidente deste Tribunal e remetido à
Assessoria Jurídica para formalização de parecer prévio, f. 33-34.
PROCESSO TC/MS: TC/8108/2017
PROTOCOLO: 1799974 Após emissão do parecer, os autos foram encaminhados a este Relator para
ÓRGÃO: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BATAYPORA tramitação regular, f. 35-36.
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): PAULO MONTEIRO MINGOTTI
MARCELA LEITE MACEDO As impropriedades elencadas pela Divisão de Fiscalização de Contratações
JORGE LUIZ TAKAHASHI Públicas, Parcerias e Convênios merecem esclarecimentos por parte dos
ALBERTO LUIZ SAOVESSO responsáveis antes da adoção, se for o caso, de qualquer medida cautelar,
TIPO DE PROCESSO: ATA DE REGISTRO DE PREÇO / ADMINISTRATIVO uma vez que a Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (LINDB), com
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA as inovações produzidas pela Lei nº 13.655/2018, aponta a necessidade de se

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


observar o princípio da razoabilidade nas decisões das esferas administrativa,
Vistos, etc. controladora e judicial.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Compulsando-se os autos, verifica-se que o interessado Paulo Monteiro A LINDB, no parágrafo único do art. 20 ressalta que “A motivação
Mingotti foi devidamente intimado para apresentar defesa sobre as demonstrará a necessidade e a adequação da medida imposta ou da
irregularidades apontadas, conforme edital de intimação às fls. 765-768. invalidação de ato, contrato, ajuste, processo ou norma administrativa,
inclusive em face das possíveis alternativas.”
Deste modo, tendo em vista a omissão do jurisdicionado e com fulcro no Art.
113, § 1º da Resolução nº 98, de 05 de dezembro de 2018, declaro a REVELIA. Mais adiante, no § 2º do art. 22 da referida Lei, o legislador estabelece que ao
aplicar sanções “...serão consideradas a natureza e a gravidade da infração
Publique-se. cometida, os danos que dela provierem para a administração pública, as
circunstâncias agravantes ou atenuantes e os antecedentes do agente.”
Ademais, ENCAMINHO os autos a Divisão de Fiscalização de Saúde para
análise no prazo de 30 (trinta) dias, com base no Art. 113, § 2º da Resolução Assim, especificamente o caput do art. 22 da LINDB oferta um parâmetro de
nº 98, de 05 de dezembro de 2018, eis que os jurisdicionados Marcela Leite realidade relevantíssimo em matéria de hermenêutica, qual seja:
Macedo, Jorge Luiz Takahashi e Alberto Luiz Saovesso apresentaram resposta.
“Art. 22. Na interpretação de normas sobre gestão pública, serão
Após, retornem os autos para decisão. considerados os obstáculos e as dificuldades reais do gestor e as exigências
das políticas públicas a seu cargo, sem prejuízo dos direitos dos
Campo Grande/MS, 20 de agosto de 2019. administrados.”

WALDIR NEVES BARBOSA Outrossim, ao analisar os apontamentos da equipe técnica deste Tribunal de
GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA Contas, a própria administração municipal, em sede de autotutela, poderá
determinar as correções no procedimento licitatório.
DESPACHO DSP - G.WNB - 32035/2019

PROCESSO TC/MS: TC/8782/2019 Diante do exposto e pelos fundamentos descritos, no sentido de suscitar e
PROTOCOLO: 1990413 esclarecer os pontos levantados pela Divisão de Fiscalização de Contratações
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE FIGUEIRAO Públicas, Parcerias e Convênios e dar maior efetividade à decisão que
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): ROGERIO RODRIGUES ROSALIN porventura venha a ser proferida por esta Corte de Contas, CONCEDO O
TIPO DE PROCESSO: REPRESENTAÇÃO PRAZO DE 5 (CINCO) DIAS PARA QUE A AUTORIDADE RESPONSÁVEL PRESTE
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA INFORMAÇÕES SOBRE AS QUESTÕES APRESENTADAS OU, EM SEDE DE
AUTOTUTELA, REALIZE DE IMEDIATO AS ALTERAÇÕES NECESSÁRIAS SOBRE O
REPRESENTAÇÃO – CONTROLE PRÉVIO – PREGÃO PRESENCIAL – REQUISIÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 19/2019, com fundamento no art. 4º, I, “c”, do
DE INFORMAÇÃO. RITCE/MS, Resolução nº 98/2018.

Vistos, etc. INTIMEM-SE, com urgência, a Prefeitura Municipal de Figueirão para que
tome conhecimento desta decisão.
Trata-se de Representação formulada pela Divisão de Fiscalização de
Contratações Públicas, Parcerias e Convênios deste Tribunal com relação ao É a decisão.
Pág.19
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Publique-se. Vistos, etc.

Campo Grande/MS, 29 de agosto de 2019. Compulsando-se os autos, verifica-se que os interessados Eder Uilson França
Lima e Ana Claudia Costa Buhler foram devidamente intimados para
WALDIR NEVES BARBOSA apresentarem defesa sobre as irregularidades apontadas, conforme retorno
GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA de AR f. 92 e 94.

DESPACHO DSP - G.WNB - 32876/2019 Deste modo, tendo em vista a omissão da jurisdicionada Ana Claudia Costa
Buhler e com fulcro no Art. 113, § 1º da Resolução nº 98, de 05 de dezembro
PROCESSO TC/MS: TC/1931/2019 de 2018, declaro a REVELIA.
PROTOCOLO: 1961520
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAÍSO DAS ÁGUAS Ademais, ENCAMINHO os autos ao Ministério Público de Contas para emissão
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): IVAN DA CRUZ PEREIRA de parecer no prazo de 30 (trinta) dias, com base no Art. 113, § 3º da
TIPO DE PROCESSO: ADMISSÃO Resolução nº 98, de 05 de dezembro de 2018.
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA
Após, retornem os autos para decisão.
Vistos, etc.
Publique-se.
Compulsando-se os autos, verifico que o interessado, conforme fls. 61-62,
ofereceu resposta à intimação. Campo Grande/MS, 06 de setembro de 2019.

Tendo em vista que a resposta apresentada não trouxe documento ou fato WALDIR NEVES BARBOSA
novo a estes autos, com base no Art. 4º, III, parágrafo único, II do da GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA
Resolução nº 98, de 05 de dezembro de 2018, ENCERRO a instrução
processual. DESPACHO DSP - G.WNB - 31832/2019

Às filas de DECISÃO deste gabinete. PROCESSO TC/MS: TC/7043/2019


PROTOCOLO: 1983826
Publique-se. ÓRGÃO: FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE MIRANDA
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): MARLENE DE MATOS BOSSAY
Campo Grande/MS, 05 de setembro de 2019. TIPO DE PROCESSO: REVISÃO
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA
WALDIR NEVES BARBOSA

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA Vistos, etc.

DESPACHO DSP - G.WNB - 32906/2019 Trata-se de Pedido de Revisão formulado por Marlene de Matos Bossay, às fls.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
2-140 e 142-144, admitido pela Presidência deste Tribunal, que insurge-se
PROCESSO TC/MS: TC/3993/2018 contra o Acórdão nº 1184/2015, nos autos nº TC/5949/2013.
PROTOCOLO: 1879830
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADÃO DO SUL Vieram-me para apreciação conforme dispõe o art. 73 da Lei Complementar n.
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): JOAO CARLOS KRUG 160/2012.
TIPO DE PROCESSO: CONTRATO DE CREDENCIAMENTO
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA No caso em análise, a exposição fática e as circunstâncias jurídicas, evidenciam
por completo a existência da fumus boni iuris a justificar o pedido liminar.
Vistos, etc. Visualiza-se também o periculum in mora, haja vista a possibilidade de dano
de difícil reparação, se deflagrada a execução judicial em razão da Decisão que
Verifica-se que à f. 83, foi requerido a prorrogação de prazo para ora se questiona.
apresentação de documentos. DEFIRO o pedido, com base no art. 202, V da
Resolução nº 98, de 05 de dezembro de 2018, que ficou prejudicado tendo em Diante do exposto, com fulcro no art. 74 da Lei Complementar n. 160/2012,
vista às respostas apresentadas pelo interessado às fls. 83 e 85-96. concedo liminarmente efeito suspensivo ao presente Pedido de Revisão, a
fim de suspender o Acórdão nº 1184/2015 de fls. 188-195, proferido nos autos
Publique-se. nº TC/5949/2013.

Ademais, ENCAMINHE-SE os autos ao Ministério Público de Contas para Encaminhe-se à Diretoria-Geral para as cautelas de praxe com base no Art.
emissão de parecer, com base no Art. 113, §3º da Resolução nº 98, de 05 de 175, § 3º da Resolução nº 98, de 05 de dezembro de 2018.
dezembro de 2018.
Após, ao Cartório para as devidas providências, encaminhando a Divisão de
Após, dê-se prosseguimento na forma regimental. Fiscalização de Contas de Governo e de Gestão para manifestação no prazo de
05 (cinco) dias, conforme previsto no art. 176, § 1º da Resolução nº 98, de 05
Cumpra-se. de dezembro de 2018.
Campo Grande/MS, 05 de setembro de 2019.
Cumpra-se.
WALDIR NEVES BARBOSA
GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA Campo Grande/MS, 28 de agosto de 2019.

DESPACHO DSP - G.WNB - 33036/2019 WALDIR NEVES BARBOSA


GAB. CONS. WALDIR NEVES BARBOSA
PROCESSO TC/MS: TC/4322/2014
PROTOCOLO: 1483905 Intimações
ÓRGÃO: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE IVINHEMA
JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): ANA CLAUDIA COSTA BUHLER
EDITAL DE INTIMAÇÃO DE MARTA MARIA DE ARAÚJO, com prazo de
TIPO DE PROCESSO: CONTRATO ADMINISTRATIVO
30(trinta) dias.
RELATOR: Cons. WALDIR NEVES BARBOSA
Pág.20
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

O Conselheiro-Relator, WALDIR NEVES BARBOSA, no uso de suas atribuições Assim sendo, nos termos do art. 186, inciso V, “a”, do Regimento Interno,
legais, aprovado pela RTC/MS n. 98/2018, DETERMINO a remessa do presente autos
cartório para que promova a sua extinção.
Faz saber aos que o presente EDITAL virem ou dele conhecimento tiver,
expedido nos autos do Processo TC/MS nº 12869/2017 – Auditoria, que se Cumpra-se.
processa perante o Tribunal de Contas/MS, que, em seu cumprimento e
atendendo ao mais que dos autos consta, fica INTIMADA, pelo presente Campo Grande/MS, 16 de agosto de 2019.
Edital, no diário oficial eletrônico do Tribunal de Contas do Estado de Mato
Grosso do Sul e publicado na forma da lei, a Sr.ª MARTA MARIA DE ARAÚJO, Ronaldo Chadid
que se encontra em lugar incerto e não sabido, para que informe a este Conselheiro Relator
Tribunal de Contas, no prazo de 30 (trinta) dias, quais as medidas que foram
tomadas para sanar as irregularidades apontadas no Termo de Intimação INT- DESPACHO DSP - G.RC - 26432/2019
2ICE-13376/2017, sob pena de não o fazendo, ser considerado revel no
processo acima mencionado. PROCESSO TC/MS: TC/3980/2019
PROTOCOLO: 1967112
Dado e passado nesta cidade de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do ÓRGÃO: FUNDO MUNICIPAL DE APOIO À CULTURA DE AGUA CLARA
Sul, aos vinte e sete dias de setembro de 2019, eu, Ana Cláudia Pilla, o digitei. JURISDICIONADO: EDVALDO ALVES DE QUEIROZ
TIPO DE PROCESSO: REVISÃO
Campo Grande, 27 de setembro de 2019. RELATOR: CONS. RONALDO CHADID

Cons. WALDIR NEVES BARBOSA Vistos, etc.


Relator
Trata-se de Pedido de Revisão, encaminhado como pedido atípico de
EDITAL DE INTIMAÇÃO DE LEANDRO PERES DE MATOS, com prazo de Incidente de Nulidade c/c Pedido de Efeito Suspensivo, formulado pelo ex-
30(trinta) dias. Prefeito Municipal de Água Clara/MS, Sr. Ésio Vicente de Matos, visando
impugnar ato praticado nos autos TC nº 15055/2003.
O Conselheiro-Relator, WALDIR NEVES BARBOSA, no uso de suas atribuições
legais, O presente pedido foi recebido pelo Presidente desta Corte de Contas como
Pedido de Revisão e distribuído a esta Relatoria, conforme Juízo de
Faz saber aos que o presente EDITAL virem ou dele conhecimento tiver, Admissibilidade de fls. 21-22. Após, os autos foram enviados a este gabinete
expedido nos autos do Processo TC/MS nº 12857/2017 – Auditoria, que se para análise de eventual concessão de efeito suspensivo.
processa perante o Tribunal de Contas/MS, que, em seu cumprimento e
atendendo ao mais que dos autos consta, fica INTIMADO, pelo presente Analisando os termos do pedido proposto, bem como os fatos e fundamentos

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Edital, no diário oficial eletrônico do Tribunal de Contas do Estado de Mato da decisão, vislumbro relevância no fundamento do pedido, e ainda risco de
Grosso do Sul e publicado na forma da lei, o Sr. LEANDRO PERES DE MATOS, lesão irreparável ou de difícil reparação, visto que o requerente poderá ser
que se encontra em lugar incerto e não sabido, para que informe a este compelido ao ressarcimento e pagamento da multa imposta durante a

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Tribunal de Contas, no prazo de 30 (trinta) dias, quais as medidas que foram tramitação destes autos.
tomadas para sanar as irregularidades apontadas no Termo de Intimação INT-
2ICE-14593/2017, elaborado pela 2ª Inspetoria de Controle Externo, sob pena Por esse motivo concedo o efeito suspensivo ao pedido, e DETERMINO:
de não o fazendo, ser considerado revel no processo acima mencionado.
1. A Diretoria Geral, que adote as providências cabíveis para a suspensão de
Dado e passado nesta cidade de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do qualquer procedimento visando à exigência da multa imposta à requerente,
Sul, aos vinte e sete dias do mês de setembro de 2019, eu, Ana Cláudia Pilla, o até o julgamento final deste feito;
digitei.
2. A remessa dos autos ao Ministério Público de Contas para emissão de
Campo Grande, 27 de setembro de 2019. parecer, uma vez que o requerente não colacionou nenhum documento a
justificar, a meu ver, manifestação da equipe técnica desta Corte de Contas.
Cons. WALDIR NEVES BARBOSA
-Relator- Publique-se. Cumpra-se.

Campo Grande/MS, 18 de julho de 2019.

Conselheiro Ronaldo Chadid Ronaldo Chadid


Conselheiro Relator
Despacho
Carga/Vista
DESPACHO DSP - G.RC - 30567/2019
PROCESSOS DISPONÍVEIS EM CARTÓRIO PARA CARGA/VISTA
PROCESSO TC/MS: TC/23695/2016
PROTOCOLO: 1748163 PROCESSO TC/MS: TC/10489/2015
ÓRGÃO: INSTITUTO DE PREVIDENCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DO MUNICIPIO PROTOCOLO: 1608501
DE DOURADOS ÓRGÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO E
JURISDICIONADO: LAERCIO ARRUDA DESBUROCRATIZAÇÃO
TIPO DE PROCESSO: CONCESSÃO JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): CARLOS ALBERTO DE ASSIS
RELATOR: CONS. RONALDO CHADID TIPO DE PROCESSO: CONCESSÃO
RELATOR (A): RONALDO CHADID
Diante da informação apresentada pela Equipe Técnica da Divisão de ADVOGADAS: CRISTIANE LIMA MACIEL NUNES E RENATA RAULE MACHADO.
Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária - DFAPGP-
23799/2019, peça n. 11, considerando que o presente processo já havia sido PROCESSO TC/MS: TC/13421/2016
encaminhado anteriormente e gerado o processo TC/20862/2015, que se PROTOCOLO: 1688013
encontra finalizado nesta Corte de Contas, sugeriu a extinção do presente ÓRGÃO: AGÊNCIA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DE MATO GROSSO DO SUL
processo na forma do art. 85, do Regimento Interno TC/MS, com a finalidade JURISDICIONADO E/OU INTERESSADO (A): JORGE OLIVEIRA MARTINS
de evitar uma segunda apreciação do referido Ato. TIPO DE PROCESSO: CONCESSÃO
Pág.21
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

RELATOR (A): RONALDO CHADID TC/MS n. 57/2006, vigente à época), conforme a informação prestada no
ADVOGADOS: PEDRO NAVARRO CORREIA E GUILHERME VAZ LOPES LINS. Despacho DSP-DFAPGP-34767/2019 (peça 4).

CAMPO GRANDE, 01 de outubro de 2019. Dessa forma, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1, do Regimento Interno deste
Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018,
DELMIR ERNO SCHWEICH determino ao Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste feito,
Chefe II haja vista que a legalidade deste processo seletivo será apreciada nos
respectivos atos de admissão dele provenientes.
Conselheiro Osmar Domingues Jeronymo Cumpra-se.

Despacho Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019.

DESPACHO DSP - G.ODJ - 35709/2019 CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


Relator
PROCESSO TC/MS: TC/05073/2012
PROTOCOLO: 1321727 DESPACHO DSP - G.ODJ - 35790/2019
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GABRIEL DO OESTE
RESPONSÁVEL: SÉRGIO LUIZ MARCON PROCESSO TC/MS: TC/101771/2011
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA PROTOCOLO: 1216908
ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO – EDITAL N. 2/2012 ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE BATAYPORÃ
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO RESPONSÁVEL: EDSON PERES IBRAHIM
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA
Vistos, etc. ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS – EDITAL N. 1/2010
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Trata-se do Concurso Público – Edital n. 2/2012 - realizado pela Prefeitura
Municipal de São Gabriel do Oeste, para o provimento do cargo de agente Vistos, etc.
comunitário de saúde da Secretaria Municipal de Saúde, sob a
responsabilidade do Sr. Sérgio Luiz Marcon, prefeito à época. Trata-se do Concurso Público de Provas e Títulos – Edital n. 1/2010, realizado
pelo Município de Batayporã, para o provimento de cargos dos quadros
A documentação constante dos autos foi encaminhada para compor o banco funcionais do executivo e do legislativo municipal, sob a responsabilidade do
de dados do SICAP, visando subsidiar a análise das admissões dela Sr. Edson Peres Ibrahim, prefeito à época.
provenientes, cuja apreciação e posterior julgamento não tinham previsão

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


regimental, ficando o processo sobrestado na Divisão de Fiscalização de Atos Manuseando os autos, verifica-se que os documentos que os compõem estão
de Pessoal e Gestão Previdenciária (art. 326, I e III, da Resolução Normativa em duplicidade aos constantes do Processo TC/101768/2011.
TC/MS n. 57/2006, vigente à época), conforme a informação prestada no

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Despacho DSP-DFAPGP-33851/2019 (peça 58). Assim, visando regularizar a autuação indevida, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1,
c/c o art. 85, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
Dessa forma, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1, do Regimento Interno deste (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, determino ao
Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste processo.
determino ao Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste feito,
haja vista que a legalidade deste processo seletivo será apreciada nos Cumpra-se.
respectivos atos de admissão dele provenientes.
Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019.
Cumpra-se.
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019. Relator

CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO


Relator DESPACHO DSP - G.ODJ - 35807/2019

DESPACHO DSP - G.ODJ - 35752/2019 PROCESSO TC/MS: TC/101779/2011


PROTOCOLO: 1216922
PROCESSO TC/MS: TC/101768/2011 ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE BATAYPORÃ
PROTOCOLO: 1216904 RESPONSÁVEL: EDSON PERES IBRAHIM
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE BATAYPORÃ CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA
RESPONSÁVEL: EDSON PERES IBRAHIM ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS – EDITAL N. 1/2010
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS – EDITAL N. 1/2010
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Vistos, etc.

Vistos, etc. Trata-se do Concurso Público de Provas e Títulos – Edital n. 1/2010, realizado
pelo Município de Batayporã, para o provimento de cargos dos quadros
Trata-se do Concurso Público de Provas e Títulos – Edital n. 1/2010, realizado funcionais do executivo e do legislativo municipal, sob a responsabilidade do
pelo Município de Batayporã, para o provimento de cargos dos quadros Sr. Edson Peres Ibrahim, prefeito à época.
funcionais do executivo e do legislativo municipal, sob a responsabilidade do
Sr. Edson Peres Ibrahim, prefeito à época. Manuseando os autos, verifica-se que os documentos que os compõem estão
em duplicidade aos constantes do Processo TC/101768/2011.
A documentação constante dos autos foi encaminhada para compor o banco
de dados do SICAP, visando subsidiar a análise das admissões dela Assim, visando regularizar a autuação indevida, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1,
provenientes, cuja apreciação e posterior julgamento não tinham previsão c/c o art. 85, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas
regimental, ficando o processo sobrestado na Divisão de Fiscalização de Atos (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, determino ao
de Pessoal e Gestão Previdenciária (art. 326, I e III, da Resolução Normativa Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste processo.
Pág.22
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Cumpra-se. PROTOCOLO: 1984443


Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019. ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNDO NOVO/MS
ASSUNTO: PEDIDO DE REVISÃO
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO REQUERENTE: VALDOMIRO BRISCHILIARI
Relator DECISÃO RECORRIDA: ACÓRDÃO AC00-1289/2018 (TC/1757/2003)
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
DESPACHO DSP - G.ODJ - 35820/2019
Vistos etc.
PROCESSO TC/MS: TC/101784/2011
PROTOCOLO: 1217056 Tratam os autos do pedido de revisão interposto por Valdomiro Brischiliari,
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE BATAYPORÃ prefeito do Município de Mundo Novo/MS, contra a Deliberação AC00-
RESPONSÁVEL: EDSON PERES IBRAHIM 1289/2018, proferida no Processo TC/1757/2003, que aplicou a penalidade de
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA multa no valor correspondente a 300 (trezentas) UFERMS por
ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS – EDITAL N. 1/2010 descumprimento de obrigação determinada no art. 78, § 1º, I e II, da Lei
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Complementar Estadual (LCE) n. 160/2012, c/c o art. 4º, VIII, do Decreto-Lei n.
201/67.
Vistos, etc.
O presente pedido foi recebido pelo Presidente desta Corte de Contas, por
Trata-se do Concurso Público de Provas e Títulos – Edital n. 1/2010, realizado meio do Despacho DSP-GAB.PRES.-24832/2019 (peça 2), nos termos do art. 73
pelo Município de Batayporã, para o provimento de cargos dos quadros da LCE n. 160/2012.
funcionais do executivo e do legislativo municipal, sob a responsabilidade do
Sr. Edson Peres Ibrahim, prefeito à época. Com fulcro no art. 74 da LCE n. 160/2012, c/c o art. 175, § 2º, do Regimento
Interno deste Tribunal de Contas (RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS
Manuseando os autos, verifica-se que os documentos que os compõem estão n. 98, de 5 de dezembro de 2018, concedo, liminarmente, o efeito suspensivo
em duplicidade aos constantes do Processo TC/101768/2011. ao presente pedido de revisão.

Assim, visando regularizar a autuação indevida, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1, Encaminhem-se os autos à Diretoria-Geral para providências, nos termos do
c/c o art. 85, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas art. 175, § 3º, do RITC/MS.
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, determino ao Após, ao Cartório para intimar o requerente acerca do teor desta decisão e
Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste processo. publicação.

Cumpra-se. Por fim, retorne o processo a este Gabinete para conclusão do feito.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019. Cumpra-se.

CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Campo Grande/MS, 02 de agosto de 2019.

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
Relator
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO
DESPACHO DSP - G.ODJ - 35821/2019 Relator

PROCESSO TC/MS: TC/101893/2011


PROTOCOLO: 1217746
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE BATAYPORÃ Conselheiro Marcio Monteiro
RESPONSÁVEL: EDSON PERES IBRAHIM
CARGO DO RESPONSÁVEL: PREFEITO MUNICIPAL, À ÉPOCA Despacho
ASSUNTO: CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS – EDITAL N. 1/2010
RELATOR: CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO DESPACHO DSP - G.MCM - 33982/2019
Vistos, etc. PROCESSO TC/MS: TC/7715/2019
PROTOCOLO: 1983310
Trata-se do Concurso Público de Provas e Títulos – Edital n. 1/2010, realizado ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOIS IRMAOS DO BURITI
pelo Município de Batayporã, para o provimento de cargos dos quadros ORDENADOR DE DESPESAS: WLADEMIR DE SOUZA VOLK
funcionais do executivo e do legislativo municipal, sob a responsabilidade do CARGO DO ORDENADOR: PREFEITO MUNICIPAL À ÉPOCA
Sr. Edson Peres Ibrahim, prefeito à época. ADVOGADA: RENATA CRISTINA R.S.M. DO AMARAL OAB/MS Nº. 20.716
TIPO DE PROCESSO: PEDIDO DE REVISÃO
Manuseando os autos, verifica-se que os documentos que os compõem estão RELATOR: Cons. MARCIO MONTEIRO
em duplicidade aos constantes do Processo TC/101768/2011.
Vistos, etc.
Assim, visando regularizar a autuação indevida, com fulcro no art. 4º, I, “f”, 1,
c/c o art. 85, ambos do Regimento Interno deste Tribunal de Contas Concedo liminarmente o efeito suspensivo ao presente pedido de revisão, nos
(RITC/MS), aprovado pela Resolução TCE/MS n. 98/2018, determino ao moldes do artigo 175, §2º da RITCE/MS nº 98/2018 e do artigo 74 da Lei
Cartório que proceda à extinção e ao arquivamento deste processo. Complementar n.º160/2012.
Cumpra-se. Comunique-se à Diretoria Geral para a adoção das providências necessárias à
suspensão dos atos de cobrança eventualmente promovidos para o
Campo Grande/MS, 26 de setembro de 2019. recebimento de dívida (RITCE, art. 175, § 3º).
CONS. OSMAR DOMINGUES JERONYMO Após, remetam-se os autos ao Ministério Público de Contas para emissão de
Relator parecer.
DESPACHO DSP - G.ODJ - 28505/2019 Registro que, não vislumbro a necessidade da manifestação da unidade de
auxílio técnico e administrativo competente, uma vez que a decisão recorrida
PROCESSO TC/MS: TC/7274/2019 versa exclusivamente sobre aplicação de multa por intempestivamente.
Pág.23
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

Cumpra-se. Publique-se. DESPACHO DSP - G.FEK - 34120/2019

Campo Grande/MS, 13 de setembro de 2019. PROCESSO TC/MS: TC/2514/2019


PROTOCOLO: 1963022
Cons. MARCIO MONTEIRO ÓRGÃO: FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MATO GROSSO DO SUL
RELATOR PETICIONÁRIO: RUDINEY DE ARAÚJO LEAL, DIRETOR-PRESIDENTE À ÉPOCA
TIPO DE PROCESSO: PEDIDO DE REVISÃO DA DS N. 1431/2017
DESPACHO DSP - G.MCM - 34191/2019 RELATOR: CONS. FLÁVIO KAYATT

PROCESSO TC/MS: TC/21315/2015 Concedo liminarmente o efeito suspensivo, com fundamento na regra do
PROTOCOLO: 1655684 art. 74 da Lei Complementar (estadual) n. 160, de 2 de janeiro de 2012.
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SONORA
ORDENADOR DE DESPESAS: YURI PEIXOTO BARBOSA VALEIS Em função disso, determino o envio destes autos à Diretoria Geral, nos
CARGO DO ORDENADOR: PREFEITO MUNICIPAL Á ÉPOCA termos do art. 175, § 3º, do Regimento Interno (aprovado pela Resolução n.
ASSUNTO DO PROCESSO: ADMISSÃO – CONTRATO POR PRAZO 98, de 5 de dezembro de 2018), para a suspensão dos atos a que se referem
DETERMINADO as citadas disposições.
DELIBERAÇÃO: ARQUIVAMENTO
RELATOR: CONS. MARCIO MONTEIRO Na sequência, tendo em vista que o pedido de revisão formulado compreende
somente matéria de direito, autorizo aquela Diretoria a enviar os autos
Vistos, etc. diretamente ao Ministério Público de Contas, para a emissão de parecer, com
fundamento na regra do art. 175, § 5º, I, do Regimento Interno.
Cuida-se do Contrato Temporário, celebrado pela Prefeitura Municipal de
Sonora e a Sra. Lucinete Silveira Moreira, para exercer a função de Assistente Campo Grande/MS, 16 de setembro de 2019.
Educacional, com a vigência entre 22/07/2014 a 12/12/2014.
Conselheiro FLÁVIO KAYATT
Acolho a manifestação da Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Relator
Previdenciária e do Ministério Público de Contas, considerando que se trata
de Contrato com prazo de vigência não superior a 06 (seis) meses, determino, DESPACHO DSP - G.FEK - 26446/2019
em atenção ao princípio da economicidade, e com fulcro na hipótese prevista
no art. 146, §3º, do RITCE/MS, o arquivamento do processo. PROCESSO TC/MS: TC/3023/2018
PROTOCOLO: 1893092
Ao Cartório, para as providências cabíveis. ÓRGÃO: MUNICÍPIO DE COXIM
PETICIONÁRIO: ALUÍZIO COMETKI SÃO JOSÉ, PREFEITO MUNICIPAL À ÉPOCA

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Campo Grande/MS, 16 de setembro de 2019. TIPO DE PROCESSO: PEDIDO DE REVISÃO DA DS N. 6972/2017
RELATOR: CONS. FLÁVIO KAYATT
CONS. MARCIO MONTEIRO

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
RELATOR Vistos etc.

Conselheiro Flávio Kayatt Concedo liminarmente o efeito suspensivo, com fundamento na regra do
art. 74 da Lei Complementar (estadual) n. 160, de 2 de janeiro de 2012.

Despacho Em função disso, determino o envio destes autos à Diretoria Geral, nos
termos do art. 175, § 3º, do Regimento Interno (aprovado pela Resolução n.
DESPACHO DSP - G.FEK - 31110/2019 98, de 19 de dezembro de 2018), para a suspensão dos atos a que se referem
as citadas disposições.
PROCESSO TC/MS: TC/1837/2018
PROTOCOLO: 1888279 Na sequência, autorizo aquela Diretoria a enviar os autos diretamente à
ÓRGÃO: MUNICÍPIO DE NAVIRAÍ Divisão de Fiscalização de Educação-DFE, para a análise das razões e dos
PETICIONÁRIO: ZELMO DE BRIDA, PREFEITO MUNICIPAL À ÉPOCA demais elementos integrantes do pedido de revisão formulado, com
TIPO DE PROCESSO: PEDIDO DE REVISÃO DA DS N. 2757/2017 fundamento na regra do art. 176, § 1º, do Regimento Interno.
RELATOR: CONS. FLÁVIO KAYATT
Campo Grande/MS, 18 de julho de 2019.
Vistos etc.
CONSELHEIRO FLÁVIO KAYATT
Concedo liminarmente o efeito suspensivo, com fundamento na regra do RELATOR
art. 74 da Lei Complementar (estadual) n. 160, de 2 de janeiro de 2012.
DESPACHO DSP - G.FEK - 26445/2019
Em função disso, determino o envio destes autos à Diretoria Geral, nos
termos do art. 175, § 3º, do Regimento Interno (aprovado pela Resolução n. PROCESSO TC/MS: TC/3160/2019
98, de 19 de dezembro de 2018), para a suspensão dos atos a que se referem PROTOCOLO: 1966361
as citadas disposições. ÓRGÃO: FUNDAÇÃO SERVIÇOS DE SAÚDE DE MATO GROSSO DO SUL
PETICIONÁRIO: RUDINEY DE ARAÚJO LEAL, DIRETOR-PRESIDENTE À ÉPOCA
Na sequência, autorizo aquela Diretoria a enviar os autos diretamente à TIPO DE PROCESSO: PEDIDO DE REVISÃO DO ACÓRDÃO N. 360/2017
Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária-DFAPGP, RELATOR: CONS. FLÁVIO KAYATT
para a análise das razões e dos demais elementos integrantes do pedido de
revisão formulado, com fundamento na regra do art. 176, § 1º, do Regimento Vistos etc.
Interno.
Concedo liminarmente o efeito suspensivo, com fundamento na regra do
Campo Grande/MS, 21 de agosto de 2019. art. 74 da Lei Complementar (estadual) n. 160, de 2 de janeiro de 2012.

CONSELHEIRO FLÁVIO KAYATT Em função disso, determino o envio destes autos à Diretoria Geral, nos
RELATOR termos do art. 175, § 3º, do Regimento Interno (aprovado pela Resolução n.
Pág.24
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

98, de 19 de dezembro de 2018), para a suspensão dos atos a que se referem 2445 DANIELE SANTOS DA SILVEIRA 2ª PARCELA 27/02/2020 à 17/03/2020
as citadas disposições. 2724 SEBASTIÃO MARIANO SERROU 1ª PARCELA 14/10/2019 à 23/10/2019
2438 DIOGO SANT’ANA SALVADORI 2ª PARCELA 04/05/2020 à 13/05/2020

Na sequência, tendo em vista que o pedido de revisão formulado compreende


Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.
somente matéria de direito, autorizo aquela Diretoria a enviar os autos
diretamente ao Ministério Público de Contas, para a emissão de parecer, com
Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES
fundamento na regra do art. 175, § 5º, I, do Regimento Interno.
Presidente
Campo Grande/MS, 18 de julho de 2019.
PORTARIA ‘P’ Nº 463/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019.
CONSELHEIRO FLÁVIO KAYATT
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO
RELATOR
SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
conferida no inciso I do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro de
ATOS DO PRESIDENTE 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII, do art. 20 do Regimento
Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 5 de dezembro de
2018;
Atos de Pessoal
R E S O L V E:
Portaria
Designar o servidor RAFAEL FERREIRA RIBEIRO LIMA, matrícula 2926, Auditor
PORTARIA ‘P’ Nº 462/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019. Estadual de Controle Externo, símbolo TCCE-400, para, sem prejuízo de suas
atribuições, responder interinamente pelo cargo em comissão de Chefe II,
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO símbolo TCDS-102, da Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão
SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência Previdenciária, no interstício de 18/11/2019 à 02/12/2019, em razão do
conferida no inciso I do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro de afastamento legal da titular, CLAUDIA MAZZA ANACHE, matrícula 840, que
2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII, do art. 20 do Regimento entrará em gozo de férias.
Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 5 de dezembro de
2018; Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.

R E S O L V E: Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES


Presidente
Art.1º Autorizar a escala de férias dos servidores abaixo relacionados,
referente ao exercício 2018, nos termos dos Artigos 1°, 14 e 15 da Resolução PORTARIA ‘P’ Nº 464/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


n° 100, de 27 de fevereiro de 2019, como segue.
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO
0589 PEDRO EDUARDO ALVES 2ª PARCELA 30/09/2019 à 14/10/2019 SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
2976 FABIANO BEZERRA NOLETO MEIRA 1ª PARCELA 02/12/2019 à 21/12/2019 conferida no inciso I do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro de
2452 MARICELLE SANCHES DOS SANTOS 2ª PARCELA 20/09/2019 à 09/10/2019
2449 GEANLUCAS JULIO DE FREITAS 1º PARCELA 30/09/2019 à 09/10/2019 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII, do art. 20 do Regimento
2322 MAHARA PEREIRA HANSON MARINHO 2ª PARCELA 21/10/2019 à 04/11/2019 Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 5 de dezembro de
2645 SILMARA SALAMAIA GONÇALVES 2ª PARCELA 18/11/2019 à 07/12/2019 2018;
2978 ANDRÉ EUSTÁQUIO BUZETTI DE SÁ 1º PARCELA 31/10/2019 à 14/11/2019
2502 CARLOS ALBERTO NEGREIROS SAID MENEZES 2ª PARCELA 31/10/2019 à 19/11/2019
2355 EDNA NASCIMENTO DOS ANJOS 2ª PARCELA 25/09/2019 à 09/10/2019
R E S O L V E:
2233 BRUNO BARBOSA ARAÚJO 1ª PARCELA 25/09/2019 à 09/10/2019
2722 FRANCINEIDE ALVES PEREIRA 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019 Designar a servidora CLAUDIA CORRÊA ROSA PIRES, matrícula 2918, Auditora
0621 ROSEMEIRE CORDEIRO DA SILVA KHAN 2ª PARCELA 02/09/2019 à 21/09/2019 Estadual de Controle Externo, símbolo TCCE-400, para, sem prejuízo de suas
2793 CARLA MARIA CALIL MAGALHÃES 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019
atribuições, responder interinamente pela função de Supervisor I, símbolo
2920 GUILHERME MAGRÃO DE FRIAS 2ª PARCELA 21/10/2019 à 04/11/2019
2969 RODRIGO ARGUELO DE MORAES 1ª PARCELA 22/01/2020 à 10/02/2020 TCFC-301, da Coordenadoria de Contas dos Municípios, da Divisão de
2935 EURICO ELESBÃO TEIXEIRA CAMPOS JUNIOR 2ª PARCELA 14/10/2019 à 28/10/2019 Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária, no interstício de
0706 MARILZA MAIDANA 2ª PARCELA 01/11/2019 à 20/11/2019 07/10/2019 à 26/10/2019, em razão do afastamento legal da titular, CAMILA
2422 NIVALDO CRUZ BARBOZA 2ª PARCELA 18/11/2019 à 02/12/2019 VIDAL CARDOSO DE FIGUEIREDO, matrícula 2460, que entrará em gozo de
2873 GISELE PEIXOTO LIMA 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019
2590 ANDERSON REGIS PASQUALETO 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019 férias.
0017 CARLOS ALBERTO CORREA DE SOUZA 2ª PARCELA 03/02/2020 à 22/02/2020
1537 ANDREA XAVIER LETTERIELLO 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019 Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.
2963 ADRIANO PEREIRA DE CASTRO PACHECO 1ª PARCELA 30/09/2019 à 09/10/2019
1372 PLINIO TERRA CASTILHO 2ª PARCELA 14/10/2019 à 28/10/2019
0840 CLAUDIA MAZZA ANACHE 2ª PARCELA 18/11/2019 à 02/12/2019
Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES
2977 JULIANO DIAS 1ª PARCELA 18/11/2019 à 02/12/2019 Presidente
2977 JULIANO DIAS 2ª PARCELA 06/07/2020 à 20/07/2020
2282 PATRICIA LORENA DE ANDRADE BARBIERI 1ª PARCELA 07/01/2020 à 21/01/2020 PORTARIA ‘P’ Nº 465/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019.
0608 TATIANA MACHADO NOGUEIRA RINALDI 2ª PARCELA 22/01/2020 à 10/02/2020
2460 CAMILA VIDAL CARDOSO 2ª PARCELA 06/07/2020 à 25/07/2020
0867 SIMONE APARECIDA CABRAL DE AMORIM 2ª PARCELA 14/10/2019 à 02/11/2019 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO
2683 ROBERTO SILVA PEREIRA 2ª PARCELA 07/01/2020 à 21/01/2020 SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
2966 THAIS DE MATTOS BUFFA TOLENTINO 1ª PARCELA 07/01/2020 à 21/01/2020 conferida no inciso I do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro de
2886 MARCELO ESAKI 1ª PARCELA 07/01/2020 à 21/01/2020 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII, do art. 20 do Regimento
2890 MAITÊ ARÉVALO NUNES DA CUNHA PERON 1ª PARCELA 07/01/2020 à 26/01/2020
2796 JANAINA CAVALARI NOVAIS COELHO 2ª PARCELA 07/01/2020 à 26/01/2020 Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 5 de dezembro de
0809 SONIA BENITEZ DE OLIVEIRA 2ª PARCELA 25/10/2019 à 08/11/2019 2018;
2690 DIOGO BRASIL PRADO MARTINS 2ª PARCELA 02/12/2019 à 21/12/2019
2917 LUCIANO DE BARROS MANDETTA 2ª PARCELA 18/11/2019 à 07/12/2019 R E S O L V E:

Art.2º Autorizar a alteração da escala de férias dos servidores abaixo Designar o servidor SÉRGIO KALIL GEORGES, matrícula 2459, Auditor Estadual
relacionados, referente ao exercício 2018, nos termos dos Artigos 9º e 11, da de Controle Externo, símbolo TCCE-400, para, sem prejuízo de suas
Resolução n° 100, de 27 de fevereiro de 2019, como segue. atribuições, responder interinamente pelo cargo em comissão de Chefe II,
símbolo TCDS-102, da Divisão de Fiscalização de Contas de Governo e de
2435 HERBERT COVRE LINO SIMÃO 2ª PARCELA 07/01/2020 à 16/01/2020
2810 LUCIANA DE SÁ EARP MACHADO 2ª PARCELA 21/10/2019 à 09/11/2019
Gestão, no interstício de 14/10/2019 à 23/10/2019, em razão do afastamento
Pág.25
| Nº 2223
TERÇA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2019

legal do titular, SEBASTIÃO MARIANO SERROU, matrícula 2724, que entrará O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO
em gozo de férias. SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
conferida no inciso IV do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro
Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019. de 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII do art. 20 do Regimento
Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 05 de dezembro de
Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES 2018.
Presidente
RETIFICAÇÃO
PORTARIA ‘P’ Nº 466/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019.
Retifica-se por incorreção a Portaria “P” TC/MS 462/2015, publicada no DOE
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO nº 1198, de 8 de outubro de 2015.
SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
conferida no inciso IV do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro ONDE SE LÊ: “...fundamentação nos artigos 82, incisos I e II, da Lei nº
de 2012, c.c. alínea ‘b’ do inciso XVII do art. 20 do Regimento Interno, 3.150/2005...”
aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 5 de dezembro de 2018.
LEIA-SE: “...fundamentação no artigo 82, inciso I, da Lei nº 3.150/2005...”
R E S O L V E:
Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.
Nomear ROBERTA BARBETA DOS RIOS DE MATOS para exercer o cargo em
comissão de Assessor de Gabinete II, símbolo TCAS-205, com efeitos a contar Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES
da data da publicação. Presidente

Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO
SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES conferida no inciso IV do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro
Presidente de 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII do art. 20 do Regimento
Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 05 de dezembro de
PORTARIA ‘P’ Nº 467/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019. 2018.

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO TORNAR SEM EFEITO a publicação da Portaria “P” TC/MS 456/2019, no Diário
SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência Oficial Eletrônico nº 2217 de 26 de setembro de 2019.
conferida no inciso IV do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro
de 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII do art. 20 do Regimento Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.

Para validar a assinatura acesse o site https://ww4.tce.ms.gov.br/assinador/conferencia e informe o código: 8F14A830E3AA


Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 05 de dezembro de
2018. Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES
Presidente

Este documento é copia do original assinado digitalmente por: ROBERTO MANVAILER MUNHOZ - 30/09/19 13:48
R E S O L V E:

Conceder Aposentadoria Voluntária ao servidor APARECIDO PATROCÍNIO DA


SILVA, matrícula 579, ocupante do cargo de Agente de Apoio Institucional,
símbolo TCAS-800, classe “Especial”, padrão “III”, do Quadro de Pessoal do
Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, com paridade total e
proventos integrais fundamentada no artigo 73 e reajustes de acordo com o
estabelecido no artigo 78, ambos da Lei Estadual nº 3.150/2005. (Processo
TC/8482/2019)

Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.

Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES


Presidente

PORTARIA ‘P’ Nº 468/2019, DE 30 DE SETEMBRO DE 2019.

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO DO


SUL, CONSELHEIRO IRAN COELHO DAS NEVES, no uso da competência
conferida no inciso IV do art. 9º da Lei Complementar nº 160, de 2 de janeiro
de 2012, c.c. o disposto na alínea ‘b’ do inciso XVII do art. 20 do Regimento
Interno, aprovado pela Resolução Normativa nº 98, de 05 de dezembro de
2018.

R E S O L V E:

Conceder Aposentadoria Voluntária à servidora NADIA FERREIRA PEREIRA,


matrícula 338, ocupante do cargo de Técnico de Apoio Institucional, símbolo
TCAD-700, classe “Especial”, padrão “III”, do Quadro de Pessoal do Tribunal de
Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, com paridade total e proventos
integrais fundamentada no artigo 73 e reajustes de acordo com o
estabelecido no artigo 78, ambos da Lei Estadual nº 3.150/2005. (Processo
TC/8725/2019)

Campo Grande/MS, 30 de setembro de 2019.

Conselheiro IRAN COELHO DAS NEVES


Presidente