Você está na página 1de 11

Ao projetar a pessoa defende de ver em si mesmo algum aspecto, percepção que seria

dolorosa reconhecer.

Projeção em técnicas projetivas é a expressão do mundo interno.

Sua característica fundamental é a ambiguidade do estímulo, pois favorece a associação livre.

A projeção ocorre devido à relação indivíduo, psicólogo e estímulo.

A natureza seletiva da percepção é condição inerente à natureza humana.

O que e como selecionamos traduz características da personalidade.

Didaticamente podemos dividir o processo perceptivo em: 1) sensação; 2) seleção; 3) fixa a


imagem; 4) recorre à memória; 5) estabelece relação entre a imagem passada e atual e 6)
associa.

E para a percepção ser material projetivo necessariamente o estímulo deverá ser ambíguo.

Associação livre: Anotar tudo o que o examinando falar e fizer e o tempo, sendo:

TR tempo de reação: da entrega da prancha até a primeira resposta

TT tempo total: do momento da entrega da prancha até a última resposta.

Anotar também a posição da prancha em que o examinando deu a resposta.

TR e TT são anotados para cada prancha.

Inquérito: Coleta de informações para classificar a resposta.

Onde viu? O que te fez lembrar?

Anotar a localização da resposta na folha de localização.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Para poder explicar melhor as perguntas feitas no inquérito se faz necessário expor os critérios
de classificação do Rorschach.

1) Modalidades – área ou local que o examinando selecionou para dar a resposta –


corresponde à pergunta feita no inquérito – onde viu?
2) Determinantes – propriedade da resposta – corresponde à pergunta: o que te fez
lembrar?

Os determinantes são:

a) Forma
b) Movimento
c) Perspectiva
d) Cor
e) Luminosidade

3) Conteúdo – a categoria da resposta. Ex. conteúdo animal, humano, etc.


4) Frequência – quanto a resposta é vista pela população.

A segunda pergunta do inquérito ‘o que te fez lembrar’ pesquisa os determinantes, portanto,


enquanto o examinando não der um dos tipos acima mencionado a pergunta tem que
continuar a ser feita.

Se o examinando der somente uma resposta estimulamos dizendo: ‘e o que mais’, se houver
outra resposta anotamos ao lado ‘estimulação’.

R<15 – repassamos todo o teste.

R elevadas – o número médio de respostas esperadas é de 30 a 40 = 3 a 4 por prancha, se


exceder dizemos ‘está ótimo, já é o suficiente’.

Se não houver resposta da prancha I a VII, após a X repassamos. Se de I a VII associar houve
inibição momentânea, se não conseguir associar houve fenômeno de rejeição.

Se não associar frente as três últimas repassamos o teste todo.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Se não associar em mais de três pranchas repassamos o teste todo.

Nessas três situações se associar na repassagem houve inibição, se não associar houve
rejeição.

Perseveração temática: respostas predominantes de uma determinada categoria. Ex. Sexo.


Repassamos todo o teste.

Novas respostas na fase do inquérito: chamamos de respostas adicionais de inquérito. Anotá-


las entre parênteses.

Refere-se a maneira inusual de reagir frente aos estímulos das pranchas.

1- Rejeição: Incapacidade de elaborar qualquer resposta mesmo após a representação


Inibição: Alteração quantitativa ou qualitativa das respostas ou associar apenas após a
reapresentação da prancha.
2- Simetria (SIM): Preocupação com a simetria das manchas.
3- Perseveração: de área (Pers. A.) associa sempre em determinada área. Temática (Pers.
T) resposta predominante de um determinado conteúdo. De resposta (Pers. R)
ocorrência da mesma resposta em diferentes pranchas.
4- Condensação (2 tipos): Sincrética (Cond. S) observa características incompatíveis:
figuras humanas com parte animais. Fabulatória (Cond Fab) relação absurda entre dois
perceptos, irracionalidade das associações entre as figuras. Ex: P1 – Dois caranguejos
fumando o cachimbo da paz.
5- Reversão: Mancha percebida como fundo e espaço como figura. (inversão figura-
fundo).
6- Posição (POS) e Número (N): Posição – baseia-se na localização da área selecionada.
Ex.: coração, pois está no centro. Número – quantificação dos elementos da prancha.
Ex.: Pr IX: uma família, pois tem mulher grávida e aqui o marido.
7- Perplexidade (Ppl): Examinando duvida da própria capacidade de interpretar. Deseja
que o examinador decida por ele.
8- Neologismo: termos individuais criados pelo examinando. É frequente em psicótico.
9- Frases estereotipadas ou automáticas (Etp): O examinando repete muitas vezes a
mesma frase de preenchimento, como um modo de compensar sua dificuldade.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
10- Liberação (Lib): incapacidade em controlar respostas inadequadas mesmo
considerando-as como incorretas. Percebem que a resposta é absurda, mas não
conseguem conter.
11- Descrição: Mera descrição dos estímulos, considerando como resposta.
12- Nomeação de cor – NC: Não integra a cor nas respostas, apenas a identifica.
13- Negação da cor: Menção sobre a perturbação da cor, dificultando a elaboração da
resposta.
14- Projeção da cor: Atribuição arbitrária de cor a um estímulo monocromático.
15- Auto referência: Identifica-se com a figura ou situação.
16- Fabulação (Fb): O examinando é levado por suas associações e conta uma história.
17- Crítica:
a) Interpretações: Resposta em forma interrogativa ou negativa.
b) À mancha: Tendência a mostrar que a mancha seria melhor assim ou assado.
c) Ao examinador: “Os psicólogos inventam cada coisa”

18) Contaminação: Uma mesma área da mancha pode sugerir duas ou mais associações
...........diferentes, mas que se fundem em um conceito único.

19) Respostas alternativas – ou – Ex.: Um morcego ou uma borboleta ou...

20) Respostas pedantes: resposta prolixa, com cuidadosa descrição de todos os detalhes
..........possíveis.

21) Respostas infantis: Letras, números, elementos da natureza, o uso do diminutivo.

22) Valorização: Ex.: essa prancha é muito mais bonita que a outra.

23) Acentuação do centro: Destaca especialmente as áreas centrais.

24) Ilusão de semelhança: acha que várias pranchas são semelhantes.

25) Ângulo de visão (AV): O examinando coloca-se acima, ou abaixo da imagem percebida
.........avaliando segundo um plano de superioridade ou inferioridade.

26) Referência de tamanho (Ref. T): implica na impressão de força, peso, tamanho.

27) Comentários e associações paralelas: durante a fase da associação livre, o examinando


........faz comentários sobre seu problema ou outro assunto.
Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
A classificação de respostas no método de Rorschach obedece a 4 critérios: modalidades,
determinantes, conteúdos e frequência.

MODALIDADES PRINCIPAIS: são as mais frequentes. Podem ser globais ou pormenor.

1) Resposta Global – G- envolvem a mancha toda. Podem ser:


Global imediata simples – Gi – envolve a mancha toda, com apenas um conteúdo. Ex.:
uma borboleta.
Global imediata combinada – Gc- o examinando percebe dois ou mais elementos
combinados entre si. Ex.: Dois homens brincando de bater as mãos.
Global combinatória sucessiva: Gcs: abrange a mancha toda, sendo que a observação é
feita por partes que se relacionam formando uma cena. Ex.: Dois ursos fugindo do fogo
para o topo da montanha.

2) Pormenores: envolvem parte da mancha. Podem ser:


Pormenor primário – P – vista por pelo menos 4,5% da população.
Pormenor secundário – p – vista por menos de 4,5% da população.

Obs: O que diferencia um pormenor de outro é o critério estatístico. Deve-se consultar


o mapa de localização, todos os pormenores primários constam no mapa, no entanto
devido a sua frequência reduzida nem todos os pormenores secundários constam. Se a
parte da mancha não constar no mapa a modalidade será ‘p’ sem ser tabelado e sem
número.

MODALIDADES SECUNDÁRIAS

1) Resposta de espaço – E – o examinando seleciona a parte mancha da prancha, há


interesse pelo fundo da figura.
2) Resposta Global com Espaço – GE – resposta que envolve a mancha toda mais o
espaço em branco. Ex I: Uma máscara (G) e aqui os olhos (E) – a modalidade será
GE.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
OBS.: O examinando pode também combinar parte da mancha com espaço. Assim podemos
ter 4 tipos:

Pormenor primário mais espaço – P (E)

Pormenor secundário mais espaço – p (E)

Espaço com Pormenor Primário – E (P)

Espaço com pormenor Secundário – E (p)

A primeira modalidade será a que o examinando der mais ênfase na resposta.

3) Resposta Global a partir de um Pormenor – PG – a partir de um detalhe o


examinado infere o sentido global. Ex. Um morcego só po que tem anteninhas.
4) Global com valor pormenor – GP – Resposta abrange a mancha toda, cujo
conteúdo é parte humana ou parte animal, uma vez que esta resposta não é
frequentemente vista pela população. Ex. IV Tórax de macaco (nessa prancha é
comum ver o macaco inteiro)
5) Pormenor Inibitório – p` - resposta de pormenor primário ou secundário
anormalmente destacado como parte humana ou parte animal, isto é, parte da
mancha é interpretada isoladamente ao passo que em condições normais aparece
integrada em uma interpretação mais ampla. Ex. Pr I: P2 ou P5 vistos como asas.
Metade superior de P4 atípico – seios. p 31 – pés sem ver o corpo.

Os determinantes correspondem a propriedade da resposta.

Enquanto as modalidades indicam a área que o examinando selecionou para dar a


resposta, os determinantes mobilizam as funções psicodinâmicas que levaram a
associar tal resposta.

Os determinantes dividem-se em: FORMA (RF); MOVIMENTO (RM); PERSPECTIVA


(RPs); COR (RC) e LUMINOSIDADE (RL).

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
DETERMINANTES DE FORMA

No universo tudo tem forma, menos emoções e sentimentos.

Classificaremos como determinante de forma quando a propriedade da resposta for


somente a forma, abrevia pela letra F.

A forma muitas vezes vem acompanhada de outros determinantes, como movimento,


cor, etc. Mas para ser determinante de forma o examinando deverá fazer menção
somente a forma pura (F).

DETERMINANTE DE MOVIMENTO

Definem-se as respostas de movimento como respostas de forma mais sensação de


movimento.

Para ser um determinante de movimento a ação deve estar ocorrendo.

As RM se dividem em: M (movimento humano); m (movimento animal) e m’


(movimento subjetivo).

M – Movimento Humano: Movimento de seres humanos.

Ex.: Um homem acenando – M Uma mão acenando – Não é M (é parte humana)

m – Movimento Animal: Movimento de animais de corpo inteiro em ação.

Ex.: Borboleta voando, batendo as asas – RM Borboleta que voou não é RM, voou,
passado. Inquérito: Porque está com as asas abertas – Não é RM, é postura.

m`- Movimento Subjetivo: Movimento de objeto, bola rolando, forças da natureza


como água escorrendo.

DETERMINANTES DE PERSPECTIVA

Permitem avaliar a esfera intelectual extrínseca.

O sujeito projeta uma terceira dimensão, profundidade ou distância.

Há três determinantes: Ps; ps; ps`.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Ps – Noção de terceira dimensão ou profundidade com forma delineada e precisa.

Ex. I Uma mulher bem distante. I: (P4) é uma mulher que está bem distante, longe
mesmo.

ps – Noção de terceira dimensão ou profundidade com forma vaga e imprecisa. Neste


determinante a participação da forma é secundária.

Ex. II Um buraco fundo. I: (E5) parece um buraco bem fundo.

ps`- Noção de terceira dimensão ou profundidade com ausência da forma.

Ex. VII O abismo. I: (E) como se não tivesse fim.

DETERMINANTE DE COR

Permitem avaliar a afetividade.

São cinco pranchas cromáticas: II; III; VIII; IX e X.

Tipos: FC; CF; C; nC; e proj C.

FC – considera a forma da figura e também sua cor. A forma é definida e exerce papel
principal na construção da resposta.

Ex. Pr III Uma gravata borboleta vermelha. I: (P3) tem o formato exato de laço e é
vermelha.  P3 FC vst V

CF – a cor tem importância primordial. E a forma secundária, em geral vaga e difusa.

Ex. VIII Uma flor. I: (P4) pelo colorido, não sei que flor, mas parece uma flor.  P4 CF
bt. Se o tipo de flor fosse especificado seria FC.

C – atribui um significado exclusivamente pela cor, ignora a forma.

Ex. II Sangue. I: (P2), pois é vermelho, só por isso.  P2 C sg

nC – nomeação de cor – o examinando apenas nomeia a cor da prancha. Ex. X Este é o


azul, verde, aqui é o amarelo.

Proj. C – projeção de cor a uma área não colorida. Numa prancha monocromática.
Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Ex. Pr V Uma borboleta verde. I: (G) tem a forma de uma borboleta e é verde.  Gi
projC A

USO DE (FC) NA CLASSIFICAÇÃO DA RESPOSTA – Em dois casos

1) CONDENSAÇÃO DE COR OU COR FORÇADA – quando a cor usada não é do objeto


em seu estado natural.
Ex. Caranguejo azul. I: (P1) tem o formato de caranguejo e é azul.
P1 F+(C) A V
(Se fosse caranguejo de brinquedo seria FC)

2) EMOÇÃO, OU SIGNIFICADO ABSTRATO MAIS PERCEPÇÃO DA FORMA OBJETIVA.


Quando atribui emoção.
Ex. Um felino com muita raiva, pois está rosa.

*Toda vulgar é F+, porém nem toda F+ é vulgar.

DETERMINANTES DE LUMINOSIDADE

Envolve diferentes empregos da tonalidade das manchas ou utilização das cores


..........branca, preta e cinza. Pode-se encontrar em qualquer uma das dez pranchas.

Temos quatro tipos: L; C`; l e l`

L – por meio da diferença de tons o examinando seleciona uma forma definida em uma
...........área interna da mancha que não consta no mapa de localização.

C`- utilização do preto, branco e cinza tanto como forma vaga quanto definida.

Ex. V morcego preto. I: (G) tem forma de morcego e é preto.  Gi C`A V elab 1,0

l – sensação de relevo e texturas causada pela diferença de tons com participação da


...........forma vaga (liso, crespo, áspero).

Ex. Pr V Um animal qualquer bem peludo. I: (G) é mais um pedaço de pele, pois não sei
...........que animal é. Essa diferença de tons faz lembrar pelo.

l`- há ausência completa da forma.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Somente diferença de tons. Ex. algo manchado, mesclado, desbotado, etc.

Sensação de brilho e transparência.

Sensação tátil. Ex. pesado, leve.

Utilização do preto, branco e cinza ligado a respostas abstratas. Ex. Paz, pois é branco.

nC`- é semelhante ao nC (das respostas de cor), onde o sujeito nomeia as cores. No


............nC`nomeia os tons acromáticos (preto, branco e cinza).

DETERMINANTES ADICIONAIS

Combinação de dois determinantes. O examinando atribui duas propriedades a


mesma resposta.

Determinante principal: Veio em primeiro momento na resposta.

Determinante adicional: Veio em segundo momento e deverá sempre ser indicado


entre parênteses.

Existem regras para atribuir as determinantes adicionais na mesma resposta:

1- Nunca podemos ter mais de duas determinantes na mesma resposta. Adicional


significa dois determinantes. Assim daremos prioridade aos dois primeiros
determinantes e desprezaremos os demais.

Ex. Pr III Uma borboleta vermelha voando I: (P3) tem o formato exato de uma
borboleta, é vermelha, está voando, batendo as asas e se distanciando cada vez mais.

1- Determinante que aparece: RC – no caso FC


2- Determinante que aparece: RM – no caso m
3- Determinante que aparece: RPs – no caso Os

Como a RPs apareceu em terceiro será desprezada, ficando:

P3 FC (m) A V

2- Regra: Estudo do determinante de forma nas respostas adicionais. Determinante


de forma jamais será adicional
Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.
Sabemos que a percepção da forma antecede as demais, é o elemento objetivante
e organizador do meio, portanto, seria impossível aparecer como adicional.
A maioria dos determinantes já possui a participação da forma pela própria
definição.

Não podemos ter dois determinantes da mesma categoria na mesma resposta.


Porém, no determinante da forma muitas vezes o examinando consegue unir dias
propriedades na mesma resposta. Se tiver mais de duas determinantes, por
exemplo quatro, deve-se fazer a exclusão de acordo com o nível superior.

Resumo elaborado a partir da apostila RORSCHACH de Maria Ângela Colombo Rosseto, Tânia Marlene
Magarian e Lilian de Souza Rocha Skawinski .
ATENÇÃO! Não consta no resumo: TABELA DE CONTEÚDOS, FREQUÊNCIA, LISTA DE RESPOSTAS
VULGARES, ÍNDICE DE ELABORAÇÃO, QUADROS DE FÓRMULAS E EXPECTATIVAS; ÍNDICE DE PERCEPÇÃO
– PERC, DINAMISMOS PSICOLÓGICOS DAS MODALIDADES, RESUMO DOS ÍNDICES SOBRE O ESTUDO DO
TRABALHO MENTAL, RESUMO SOBRE OS ÍNDICES DO FEITIO DE PERSONALIDADE, TABELA DE
CONTAGEM, TABELA – ÍNDICES CALCULADOS e Exercícios corrigidos.