Você está na página 1de 2

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 17ª VARA CÍVEL DA

COMARCA DE NATAL – RN.

Processo nº. 0804982-34.2017.8.20.5001

MUITOFÁCIL ARRECADAÇÃO E RECEBIMENTO LTDA., já devidamente


qualificada nos autos do processo em epígrafe, que move em face de DROGARIA VIDA 001 LTDA - ME
e OUTROS, também já identificados, vem à presença de Vossa Excelência, por intermédio de seus
procuradores, abaixo assinados, expor e requerer o que segue:

Compulsando os autos, verifica-se que restou infrutífera a pesquisa no sistema


INFOJUD, visto que não foi possível localizar saldo passíveis de bloqueio na última pesquisa realizada na
conta bancária dos Executados.

No recente julgamento do Agravo de Instrumento n. 2167302-93.2018.8.26.0000,


ocorrido em 22/10/2018, a 18ª. Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo,
em acórdão relatado pelo desembargador Roque Antonio Mesquita de Oliveira, decidiu que:

"RECURSO – Agravo de Instrumento – Execução de título extrajudicial – Insurgência


contra o r. "decisum" que indeferiu o pedido de decretação da indisponibilidade de bens
dos executados através da Central Nacional de Indisponibilidade de Bens (CNIB) -
Admissibilidade – Executados que não pagaram o débito nem indicaram bens passíveis
de penhora - Tentativas de localização de bens que resultaram infrutíferas –
Indisponibilidade de bens - Medida que busca assegurar a efetividade do processo, eis
que sua decretação por meio da CNIB visa a localização de bens em todo território
nacional – Precedentes desta Corte de Justiça - Recurso provido."

E ainda:

"MONITÓRIA – Pedido de inclusão da devedora no cadastro da Central Nacional


de Indisponibilidade de Bens (CNIB) – Indeferimento – Inadmissibilidade –
Possibilidade de expedição da ordem de indisponibilidade de bens da agravada

Rua Orestes Lisboa, 316, Pedro Gondim, João Pessoa – PB, CEP 58.031-090.
Contatos: nfcc@nfcc.adv.br - (83) 3508-5585
www.nfcc.adv.br
diante das infrutíferas diligências para localização de bens penhoráveis –
Decisão reformada – Recurso provido.
(TJSP; Agravo de Instrumento 2179367-23.2018.8.26.0000; Relator (a): Álvaro
Torres Júnior ; Órgão Julgador: 20ª Câmara de Direito Privado; Foro de Vinhedo -
1ª Vara; Data do Julgamento: 26/11/2018; Data de Registro: 29/11/2018)"

Nos termos do site: "A Central Nacional de Indisponibilidade de Bens - CNIB é


um sistema de alta disponibilidade, criado e regulamentado pelo Provimento Nº 39/2014, da Corregedoria
Nacional de Justiça e se destina a integrar todas as indisponibilidades de bens decretadas por Magistrados
e por Autoridades Administrativas.

A CNIB foi idealizada a partir de constatações feitas pela Corregedoria Nacional


de Justiça, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que as Ordens de Indisponibilidades de Bens não
chegavam ao conhecimento de todos os cartórios do país. Por isso, imóveis de propriedade de pessoas
físicas e jurídicas que foram atingidas por indisponibilidades permaneciam como patrimônio absolutamente
livre e desembaraçado. E assim, esses bens eram vendidos ou financiados, envolvendo contratantes de
boa-fé, que teriam de peregrinar por Juízos e Tribunais a fim comprovar que os gravames lhes eram
ocultos.

Considerando as várias dificuldades para localização de bens do devedor, com


as pesquisas Bacenjud, Renajud e Infojud restando infrutíferas, a Exequente REQUER pesquisa no CNIB
(Cadastro Nacional de Indisponibilidade de Bens).

Termos em que requer e aguarda deferimento.

É que almejam em nome da Exequente.

Natal (RN), 11 de novembro de 2019.

CARLOS NAZARENO P. DE O. PFEFFER CÂMARA RAPHAEL FELIPPE CORREIA LIMA DO AMARAL


OAB/PB 11.794 OAB/PB 15.535

ANDRÉA FIALHO PESSOA BRUNO AIRES COLAÇO


OAB/PB 10.947 OAB/PB 12.704