Você está na página 1de 9

Tipo 5 no Eneagrama

Focado nos fatos, objetivo e analítico.


Tem fascínio pela informação,
especialmente nas suas áreas de
interesse. O conhecimento é também seu
refúgio pessoal, um lugar simbólico ou
concreto, onde pode ficar sozinho,
longe das exigências externas.
Normalmente anseia por privacidade, uma
vez que assim recarrega suas baterias,
preparando-se para interagir com os
outros. De um lado, pode ser um
eremita, levando uma vida mental
reclusa. De outro, pode assumir funções
públicas, desde que sejam claras e
muito bem definidas, permitindo manter
as emoções controladas e em patamar
mínimo. Pode confiar em algumas poucas
pessoas, mas espera que elas protejam
zelosamente as suas confidências.
Apresenta o padrão de distanciar-se
automaticamente de suas emoções para
depois, mais tarde, reviver os seus
sentimentos quando está sozinho e em
segurança. Com freqüência, percebe que
suas emoções lhe são mais disponíveis e
acessíveis quando não há ninguém por
perto observando-as e diz precisar
desse tempo a sós para ordenar os seus
sentimentos e pensamentos.
Costuma compartilhar ou separar as
diferentes partes da sua vida.
Faz suas pesquisas e tende a ser
analítico, orientado para o
planejamento e organizado. Em função
disso, cria planos de trabalho
sistemáticos, específicos e práticos e
monitora os resultados para assegurar
que o produto final esteja de acordo
com as especificações determinadas.
Ademais, costuma também ter grande
sensibilidade para a alocação de
recursos, sabendo exatamente qual é a
quantidade de tempo necessária para
cada passo do projeto e, assim
raramente desperdiçando-o.
Numa situação de crise, tende a se
manter frio calmo e controlado,
adotando uma abordagem analítica para a
solução do problema, a remoção dos
obstáculos, a reformulação do trabalho
e qo que quer que seja necessário para
que o trabalho seja bem feito e dentro
do prazo. Conhece a importância de se
ter um propósito claro e funções e
atribuições bem definidas, esse
conhecimento, juntamente com a sua
capacidade de manter o foco e de
organizar b em, ajuda-o a alcançar
excelentes resultados. Como gosta de
pesquisar e analisar, muitas vezes
analisa e avalia um projeto já
concluído para aplicar suas lições a
projetos futuros.
Suas qualidades podem também se tornar
um complicador, dependendo da forma
como as administra. Por exemplo, com a
sua obsessão por análise, pesquisa e
planejamento, pode às vezes interromper
abruptamente um projeto porque quer
antes reunir todos os dados, considerar
todas as contingências e analisar
corretamente todas as informações antes
de agir – em outras palavras, pode
despender tempo dizendo “preparar,
mira/preparar, mirar...” que nunca
chega a disparar o tiro realmente e
partir para a ação concreta.
O foco prolongado no desenvolvimento de
estratégias e planos é outra das suas
qualidades que, quando abusada, pode se
tornar uma fraqueza. Por exemplo, pode
confundir uma estréia ou tática
específica com a visão mais ampla e a
missão.
Outrossim, enquanto normalmente
propende para o planejamento,
acompanhamento e a avaliação de
projetos, tem de estar sempre lembrando
a si mesmo que precisa obter o apoio de
outras pessoa tanto no plano cerebral
quanto emocional, uma vez que tende a
supervalorizar o plano cerebral,
Finalmente tem de dar atenção à
necessidade de manter uma comunicação
de mão dupla com os membros da sua
equipe, seus clientes e colegas durante
todo o processo de execução do projeto.
Acredita que a função do líder é
desenvolver uma organização efetiva por
meio da pesquisa, deliberação e
planejamento, para que todas as partes
se encaixem e as pessoas trabalhem pela
realização de uma missão comum.
Como tem uma imensa curiosidade
intelectual, sente-se estimulado a
conhecer o negócio tanto da perspectiva
do ambiente quanto da organização. Não
apenas se interessa pela análise das
últimas tendências e das necessidades
dos clientes, mas ele próprio constitui
um verdadeiro reservatório de
informações sobre produtos,
tecnologias, serviços, estrutura, e
finanças da organização. Vê o negócio
todo quase como um gigantesco quebra-
cabeça, por cujas peças e suas
interligações sente-se fascinado. A
empresa em si pode ser considerada um
projeto para alguém com esta dinâmica
de personalidade. O que pode trazer
alguns complicadores, porque uma
organização ou uma unidade estratégica
da empresa é muito mais em termos de
abrangência e complexidade do que um
projeto, por mais complexo que ele
seja, e existem muito mais variáveis
imprevisíveis e inconstantes envolvidas
na administração de uma empresa e que
precisam ser reconhecidas e ponderadas.
Em termos de relacionamento
interpessoal, é capaz de criar relações
respeitosas, onde a privacidade é
preservada, até porque é isso que quer
para si. Cria relações intelectuais com
outras pessoas, oferecendo-lhes os seus
pontos de vista bem pensados e estímulo
intelectual.
Busca ter relações mais profundas com
as pessoas nas quais confia e é
altamente seletivo na sua disposição de
formar vínculos mais estreitos. Em
consequência desse seu jeito cauteloso
de se relacionar, pode parecer distante
no início, o que pode ser um problema
para quem procura relações mais
afetuosas. Tem pouca paciência com o
que lhe parece conversa fiada, já que
considera a frivolidade um desperdício
de energia. E se há alguma coisa que
tem medo é o de sentir-se “roubado” em
sua energia.
É um bom ouvinte, na maioria das vezes,
interessando-se pelo conteúdo
intelectual da conversa e não pelos
sentimentos de seu interlocutor. Se,
para seus parâmetros, a conversa está
emocional demais ou a pessoa lhe parece
próxima demais, acaba por encerrar a
conversa, podendo dar a impressão de
que não quer ouvir.
É capaz de reportar com precisão,
transmitindo as informações exatamente
como foram ditas.
Investe na tendência de analisar sua
equipe estabelecendo metas precisas e
concretas, atribuindo função específica
e responsabilidade definida para cada
um de seus membros. Gosta de cercar-se
de pessoas ágeis e mentalmente
inteligentes, discute projetos como um
quebra-cabeça e gosta de desafios
intelectuais, identificando problemas e
buscando soluções. Promove a visão
sistêmica em sua equipe, autonomia e
especialistas competentes. Em sua
visão, os membros de sua equipe não
devem se envolver emocionalmente com
seus colegas e tende a ficar fora dos
problemas emocionais pertinentes à
dinâmica normal do ser humano.
Aborda a tomada de decisão de uma
perspectiva analítica, acumulando dados
e encanixando-os numa perspectiva
lógica. Suas decisões são em geral bem
pensadas, porque ele leva tempo fazendo
as pesquisas necessárias, avaliando os
prós e os contras, bem com o possível
impacto de cada alternativa antes de
tomar uma decisão definitiva. Aqui, a
atenção deve recair sobre a velocidade
necessária ao processo decisório em
relação ao contexto dado.
Tende a tomar sozinho suas decisões,
mais com base nos seus próprios
conhecimentos e análises do que pelo
envolvimento de outros nos vários
estágios do processo decisório. Aqui
temos tanto uma vantagem como uma
desvantagem, no sentido de que, ao
mesmo tempo em que assume a
responsabilidade por suas decisões,
poderá perder a visão geral e de
variáveis que certamente impactarão no
resultado final, por perder a
contribuição de fontes diversas e a
riqueza que isto é capaz de trazer à
solução.

Pontos Fortes

 Analítico
 Criterioso
 Objetivo
 Sistemático
 Planeja detalhadamente
 Excelente em situações de crise
 Persistente
 Especialista

Aspectos a serem desenvolvidos

 Distante
 Reservado
 Excessivamente independente
 Não diz o que pensa
 Subestima as relações
 Não troca informações
 Teimoso
 Crítico dos outros

Você também pode gostar