Você está na página 1de 7

Revisão 33 - 36

Miragem
Quando a temperatura do ar aumenta, sua densidade diminui (pV = NRT) e, portanto,
seu índice de refração também diminui.
Em dias quentes e secos, o ar, em contato com o solo, está mais aquecido. Logo o
índice de refração diminui à medida que nos aproximamos do solo.
Olho humano sempre entende que a luz viajou em linha reta

Luz percorre o caminho de menor


tempo, com a mudança de índice de
refração há mudança de velocidade. É
mais rápido a luz curvar-se para baixo
do que ir em linha reta
Exemplo 34.7: Se você olhar diretamente para dentro da água
de uma piscina na parte em que sua profundidade real é 2,00 m,
qual é a profundidade que a água parece ter? R. s’ = 1,50 m

A porção submersa deste canudo


parece estar a uma profundidade
menor (mais perto da superfície) do
que realmente está.
Interferência construtiva
Interferência destrutiva
Q1: Uma fonte de luz emite luz visível de dois comprimentos de onda =400 nm e
'=500 nm. A fonte de luz é usada em um experimento de fenda dupla no qual o
anteparo e a tela estão a uma distância de 2,00 m e a distância entre as fendas é de
0,0350 mm. Encontre a distância de separação entre as franjas claras de primeira
ordem. Qual a razão entre as larguras dos máximos centrais?

Q2: Luz de comprimento de onda 600 nm incide em uma fenda simples de largura
0,100 mm. Quais são as larguras da franja clara central e da franja de ordem 987 em
uma tela situada a 2,00 m da fenda?

Q3: Considere um sistema de fendas dupla cuja largura das fendas é de 7,5 vezes
menor que a separação entre as mesma. Quantas franjas claras existem dentro do
primeiro máximo do envelope de difração?
Q4: Considere duas lentes de distâncias focais 20 cm e -30 cm separadas de 10cm. A
50 cm da lente convergente e a 60 cm da lente divergente tem-se um objeto real. Qual
o aumento linear final da imagem desse objeto? Faça um diagrama mostrando a
posição, tamanho e orientação de cada objeto e de cada imagem. É comum lermos
que “uma lente divergente sempre formará imagens menores, virtuais e direitas”. Mas
note que a lente divergente produziu uma imagem maior que o objeto. Como isso é
possível?

Q5: Considere uma lente convergente e um espelho esférico côncavo de mesma


distância focal f = 20cm. A superfície refletora do espelho aponta para a lente e eles
estão separados de 60 cm. A 50 cm da lente convergente e a 110 cm do espelho
tem-se um objeto real, qual a distância entre esse objeto e sua imagem final?
Faça um diagrama mostrando a posição, tamanho e orientação de cada objeto e de
cada imagem.