Você está na página 1de 4

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

PROVA DE SELEÇÃO – 1ª FASE


Ensino Básico
Os da Minha Rua de Ondjaki

_________________________________________________________________

Nome_______________________________ Nº______ Ano/Turma_______

Grupo I (50 pontos)

Assinale com verdadeiro ou falso (V/F) as seguintes afirmações: V/F

1. Ndalu convidava, frequentemente, Jika para almoçar em sua casa.

2. Os dois amigos, Jika e Ndalu, fizeram um voo com um guarda-chuva.

3. O que havia de surpreendente em casa do Lima era uma televisão.

4. A televisão não era a preto e branco.

5. O Kazukuta era um cão bem tratado e muito acarinhado por todos.

6. O Tio Joaquim deu um banho demorado ao Kazukuta antes de dar uma triste notícia.

7. Ndalu foi ao cinema pela primeira vez com Mateus e Irene.

8. O pai de Irene nunca soube que a sua filha tinha ido ao cinema com o namorado.

9. As filhas do Sr. Tuarles viam muito mal, por isso todas usavam óculos.

10. Quando viam televisão, as filhas do Sr.Tuarles passavam os óculos entre elas.

11. Namibe é uma cidade de Angola.

12. Na quinta do primo Beto, o narrador arrancava tomates do chão, comia batata doce crua e
“dava corrida” aos perus.

13. Enquanto permaneceu na quinta do primo Beto, o narrador leu um livro de aventuras.

14. Tchi era o nome da menina a quem o narrador pediu namoro.

15. O Vaz era, provavelmente, o homem mais magro de Luanda.

16. O Vaz partiu as costelas ao cair no quintal do Tio Chico.


17. No Carnaval, Ndalu e os seus primos tinham por hábito desfilar no bairro, durante 45
minutos, ao som de um apito estridente.

18. Os dois jacós da avó Nhé eram dois cães.

19. O Tio Victor era uma pessoa reservada, triste e que quase nunca ria.

20. O Tio Victor disse às crianças que tinha uma piscina cheia de coca-cola.

21. Os “quedes” vermelhos eram os laçarotes da Tchi.

22. O narrador preparou-se para um comício do Dia Internacional do Trabalhador.

23. O mausoléu que estavam a construir para o presidente Neto parecia um foguetão.

24. Os rapazes deliciaram-se a comer mangas verdes com açúcar.

25. Quem deu o açúcar aos miúdos foi a tia Rosa.

26. Madalena foi castigada porque Ndalu desvendou o segredo.

27. O “bilhete com foguetão” era um recado.

28. O recado era para a delegada de turma.

29. A delegada leu o bilhete em voz alta para a turma.

30. Ndalu tinha escrito “foguetão” corretamente.

31. As festas em casa do Bruno Viola eram recheadas de coisas boas.

32. O Bruno Viola tinha umas primas muito antipáticas.

33. Ninguém gostava das primas do Bruno.

34. Lara, uma jovem que estava na festa, era bastante atrevida.

35. O bolo de aniversário do Bruno era delicioso.

36. Quem salvou o narrador da situação embaraçosa com Lara foi a mãe do Bruno.

37. A tia Rosa era a madrinha de Ndalu (narrador).

38. O narrador, ao visitar a casa da tia Rosa, recorda as brincadeiras de infância.

39. Bruno andava sério e triste porque ia mudar de escola.

40. Romina rasgou a carta que Bruno lhe tinha escrito.

41. O professor de Geografia era um homem alto, magro e com barba.

42. O professor tinha desenhado nas costas da camisa suada o mapa de África.

43. O professor de Geografia excedeu-se completamente ao repreender os alunos.

44. Charlita foi a Portugal para visitar a família.

45. Quando regressou, vinha radiante.


46. Charlita e Ndalu gostavam de se refugiar num celeiro abandonado.

47. Na sua nova turma, Ndalu era o número 51.

48. Sankarah era o nome do professor de Inglês.

49. A leitura do texto “Nós matámos o Cão Tinhoso” despertou nos alunos um sentimento de
revolta.

50. O último capítulo remete para um determinado tempo: o tempo da partida.

Grupo II

Nestes 22 contos , lançados em 2007, Ondjaki recorda o seu passado na Luanda dos anos 80 e 90,
evocando amigos, familiares, festividades, amores, entre outros.

Dos temas abaixo apresentados, desenvolva apenas UM (50 pontos):

Tema A

Num texto de 120 a 220 palavras, refira os dois contos que mais lhe agradaram, justificando a sua
escolha.

Tema B

Na obra Os da Minha Rua, o escritor angolano rememora momentos da infância.

Num texto de 120 a 220 palavras, recorde um episódio da sua infância que o tenha marcado
positivamente ou negativamente.

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Você também pode gostar