Você está na página 1de 12

SEGURANÇA TRANSFUSIONAL

Identificação da amostra

• Nome completo do paciente Amostras que não


• Data de nascimento estejam corretamente
• Prontuário do paciente identificadas não serão
• Data da coleta aceitas pelo banco de
sangue.
• Identificação da pessoa que
realizou a coleta
Segurança no atendimento

• Paciente certo
Protocolo:
• Hemocomponente certo • Dupla checagem antes do
• Hora certa atendimento, à beira do leito.
• Confirmar os dados de
• Via certa identificação do paciente, da
bolsa e prescrição médica.
• Dose certa
• Registro correto
Segurança no atendimento

• Paciente certo
• Hemocomponente certo Protocolo:
• Hora certa • Confirmar a prescrição
• Via certa médica antes da instalação
• Dose certa do hemocomponente.
• Registro correto
Segurança no atendimento

• Paciente certo
Protocolo:
• Hemocomponente certo
• Preencher o formulário de
• Hora certa acompanhamento
• Via certa transfusional (verificar sinais
vitais, no mínimo antes do
• Dose certa início, nos primeiros 10
minutos e ao término).
• Registro correto
Reações transfusionais
• Qualquer intercorrência que • Sinais e sintomas:
ocorra como consequência – Tremores e calafrios;
da transfusão, durante ou – Febre (elevação da
após a administração: temperatura > 1ºC);
– Imediatas: do início até 24 – Prurido, urticaria, eritema
horas após; ou pápulas;
– Tardias: após 24 horas do – Dispneia, taquipneia,
início da transfusão. hipoxia e sibilos;
– Hipotensão ou hipertensão;
– Dor (no tórax, no local da
infusão, no abdome e
flancos);
– Náuseas e vômitos.
Como proceder frente a uma possível
reação transfusional?
• Interromper a transfusão;
• Manter o acesso venoso com soro fisiológico 0,9%;
• Verificar, a beira do leito, se o hemocomponente foi
administrado ao paciente certo;
• Verificar os sinais vitais;
• Comunicar ao medico do paciente;
• Notificar ao serviço de hemoterapia (formulário
próprio);
• Quando necessário, coletar amostras e devolver a
bolsa para o banco de sangue;
• Registrar em prontuário.
· Febre (elevação >1ºC)
Paciente com sinais · Tremores
e sintomas · Calafrios
sugestivos de reação · Alterações de pressão (hipo ou
hipertensão)
transfusional · Urticária
· Prurido
· Desconforto respiratório
· Hipoxemia
· Dor lombar
Interromper a · Dor torácica
transfusão · Náuseas e vômitos

Manter acesso
venoso

Verificar à beiro do
leito se o Devolver a bolsa de
hemocomponente foi hemocomponente ao banco
corretamente de sangue (11ºandar)
administrado

Preencher a Ficha
Comunicar ao Notificar ao
de Investigação de
médico assistente Serviço de
Incidentes
ou plantonista Hemoterapia
Transfusionais (FIT)

Enviar a FIT ao Proceder


responsável pela investigação
Proceder
Hemovigilância - conforme
conduta médica
Hemonúcleo orientação do
(térreo) hemoterapêuta

Registrar em Solicitar exames


prontuário complementares,
se necessário

Complementar o
Preenchimento
da FIT

Notificar a
Gerência de Risco
e à ANVISA
(NOTIVISA)
Ficha de notificação
• Preencher os sinais e sintomas apresentados;
• Indicação da transfusão;
• Local da transfusão;
• Tipo de componente e número da bolsa;
• Dados de identificação do paciente.

Encaminhar a ficha para o banco de sangue.


Descarte
• Bolsas transfusionais Descarte no resíduo
vazias ou com volume infectante
residual < 50 ml:

• Bolsas com volume Devolver para o banco


residual > 50ml: de sangue
Novo formulário
para
acompanhamento
transfusional
Obrigada!!