Você está na página 1de 8

Ano I - Nº 123

11 de Dezembro 2019
Fundador/Diretor : Fernando de Abreu
Periodicidade: Diária dias úteis
Gratuito

Doze distritos do continente sob aviso


amarelo devido à chuva, neve e
agitação marítima
Doze distritos do continente sob Ficha técnica:

Inscrição:127288
aviso amarelo devido à chuva, neve Propriedade: Nodigráfica- Infor-
mação e Artes Gráficas Lda
Periodicidade: Diária dias úteis

e agitação marítima NIF : 501511784


Diretora Adjunta: Anabela
Abreu
Morada : Av. do Convento nº 1 -
Orgens - 3510-674 Viseu
Sócios gerentes :
Graça Maria Lourenço de Abreu
Anabela Lourenço de Abreu
Sede /Redação : Complexo
Conventurispress - Av. do Con-
vento nº 1 - Orgens - 3510 -674
Viseu
Detentores do capital social
com mais de 5 %:
Fernando Mateus Rodrigues de
Abreu
Graça Maria Lourenço de Abreu
Anabela Lourenço de Abreu
Estatuto editorial : http://viseu-
global.pt/sobre-mim/

Doze distritos do conti- Braga vão estar sujeitos ao Os distritos de Castelo


nente vão estar na quinta-feira mesmo aviso amarelo devido à Branco e da Guarda estão tam-
sob aviso amarelo devido à pre- chuva (entre as 09:00 e as bém sob aviso amarelo mas por
visão de agitação marítima 21:00 de quinta-feira), mas tam- causa da queda de neve entre
forte, queda de neve e precipi- bém por causa da agitação 1 entre a 10 centímetros nos
tação, segundo o Instituto Por- marítima (entre as 00:00 de 1.000 a 1600 metros (entre as
tuguês do Mar e da Atmosfera quinta-feira e as 06:00 de 03:00 e as 12:00 de quinta-
(IPMA). sábado). feira).
De acordo com o insti- O IPMA emitiu também O aviso amarelo é o se-
tuto, os distritos de Viseu e Vila aviso amarelo para os distritos gundo menos grave de uma es-
Real vão estar sob aviso de Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, cala de quatro e é emitido
amarelo entre as 09:00 e as Beja e Coimbra, mas só por quando as condições meteo-
21:00 de quinta-feira por causa causa da agitação marítima, rológicas representam um
da previsão de chuva persis- prevendo-se ondas de noroeste “risco para determinadas ativi-
tente e por vezes forte. com 4 a 5 metros (entre as dades”.
Os distritos do Porto, 00:00 de quinta-feira e as 06:00
Viana do Castelo, Aveiro e de sábado).

Como ser voluntário e o incentivo ao crescimento


do voluntariado jovem em Moimenta da Beira
O Dia Internacional dos pal foi a sensibilização aos par- namização dos alunos envolvi-
Voluntários foi comemorado em ticipantes mais jovens para a dos no voluntariado na escola.
Moimenta da Beira, esta terça- prática do voluntariado, como Pelo meio, houve teatro repre-
feira, 10 de dezembro. A cer- um ato de cidadania, e do seu sentado pelos utentes da Arte-
imónia decorreu no auditório da crescimento local. nave com a peça “O
Artenave e juntou alunos, pro- Do Banco Local de Vo- Principezinho”, e a fechar atu-
fessores, técnicos de Ação So- luntariado, Rosa Silva e Alexan- ações musicais pelos alunos do
cial, mais o presidente da dre Monteiro refletiram sobre o “Clube da Voz”.
instituição, José Manuel Fer- conceito do voluntariado, dire- Para os interessados na prática
do voluntariado estão sempre abertas as
reira, o diretor do Agrupamento itos e deveres e sobre como ini- inscrições no Gabinete da Ação Social do
de Escolas, Alcides Sarmento, ciar uma atividade de Município ou através dos contactos tele-
e o presidente da Câmara Mu- voluntariado. E em nome do fónicos 254520074 e 925200200 e ainda
do e-mail bancodevoluntariado@cm-moi-
nicipal, José Eduardo Ferreira. Agrupamento de Escolas, Maria menta.pt .
Nos discursos, o objetivo princi- do Carmo Aires falou sobre a di-
Hugo Viana suspenso um mês por declarações
dirigidas a Artur Soares Dias
O diretor desportivo do 13.ª jornada da I Liga, disputado por uma cotovelada num adver-
Sporting, Hugo Viana, foi ontem no domingo, com o resultado sário, a cumprir dois jogos de
suspenso por um mês por ainda 0-0, num momento em que castigo.
palavras dirigidas ao árbitro Artur Viana se encontrava numa zona No capítulo dos proces-
Soares Dias, que apitou a vitória técnica, questionando depois um sos sumários do relatório, nota
dos ‘leões’ frente ao Moreirense eventual lance de penálti. para a requisição do relatório de
(1-0), em jogo da I Liga de fute- O mapa contém ainda policiamento do Belenenses-FC
bol. uma suspensão de oito dias para Porto (1-1), uma vez que é "indis-
Segundo o mapa de cas- o presidente da SAD do Leixões, pensável esclarecer o conteúdo
tigos do Conselho de Disciplina Paulo Lopo, também por dos relatórios dos árbitros e dos
da Federação Portuguesa de palavras dirigidas à equipa de ar- delegados da Liga Portuguesa
Futebol (FPF), hoje publicado, o bitragem, na derrota caseira com de Futebol Profissional".
antigo jogador vai pagar uma o Académico de Viseu (1-0), na A imprensa desportiva
multa superior a mil euros pelas 12.ª jornada da II Liga. noticiou ontem uma altercação
palavras que dirigiu a Soares Nesse jogo, também o di- entre o treinador dos 'dragões',
Dias, a quem também tocou no retor desportivo, André Castro, Sérgio Conceição, e o da equipa
peito, segundo o relatório. foi punido com 15 dias por de Belém, Pedro Ribeiro, já no
O incidente ocorreu du- protestos junto dos oficiais do en- túnel de acesso aos balneários.
rante o intervalo do encontro da contro, com Luís Silva, expulso

Polícias de Lisboa querem horário de oito horas


para todos os operacionais
Cerca de meia centena gas que desempenham a função horas por mês.
de polícias concentraram-se de patrulha auto”, disse à agên- No entanto, esta situação
ontem em frente ao Comando cia Lusa Rui Coelho, dirigente da já foi alterada nos comandos de
Metropolitano de Lisboa da PSP ASPP de Lisboa. Coimbra, Viseu, Leiria, Évora,
(Cometlis), em Moscavide, para Segundo o sindicalista, os Faro e Setúbal, existindo “um
reivindicar um horário de trabalho elementos da patrulha apeada silêncio” em Lisboa.
de oito horas diárias para os ele- trabalham seis horas por dia e Segundo a ASPP, os polí-
mentos da patrulha apeada. “só têm direito a um fim de sem- cias "não querem fazer menos ou
A concentração foi convo- ana completo de dois em dois mais horas", reclamam "apenas
cada pela Associação Sindical meses”, totalizando cinco num um horário idêntico" para todos
dos Profissionais da Polícia ano. os operacionais que fazem pa-
(ASPP/PSP), que há mais de um “Aqueles que trabalham trulhamento.
ano exige junto do Cometlis que oito horas têm um fim de semana No final da concentração,
os polícias que fazem o patru- completo por mês e fazem pre- os polícias entregaram no
lhamento a pé tenham um cisamente as mesmas funções, a Cometlis um documento a reivin-
horário idêntico aos elementos única coisa que difere é que uns dicar a aplicação de um horário
da patrulha auto, como acontece andam a pé e outros de carro”, de oito horas para a patrulha
em outros comandos da Polícia frisou. apeada para garantir “um melhor
de Segurança Pública. Rui Coelho afirmou ainda bem-estar dos polícias”, “facilitar
“Os polícias que desem- que esta diferença de horários e melhorar a gestão operacional
penham as funções de patrulha decorre de um despacho de dos meios humanos” e um fim de
apeada esperam que o comando 2012 em que ficou estipulado semana por mês”.
de Lisboa decida por um horário que as funções de patrulha
de oito horas, tal como os cole- apeada têm o horário de seis
EQUI-X, um programa inovador para prevenir a
violência baseada no género
Vai ser lançado, na pró- desenvolvido por uma equipa de mas de género, às expectativas
xima sexta-feira, dia 13 de investigadores do Centro de Es- sociais estereotipadas de
dezembro, em Lisboa, o EQUI-X tudos Sociais (CES) da Univer- género, em relação à igualdade
- um manual de ação que pre- sidade de Coimbra (UC) e do e corresponsabilidade, entre ou-
tende transformar normas rígi- Promundo Portugal e implemen- tras, que foram a bússola desta
das de género, fornecendo tado em três centros educativos intervenção».
novas abordagens para prevenir (Olivais, em Coimbra; Navarro Por exemplo, nas
a violência e promover a igual- de Paiva, em Lisboa; Santa questões de igualdade de
dade entre jovens de diferentes Clara, em Vila do Conde) e em género, tanto os meninos como
idades através da discussão de três escolas do ensino básico e as meninas partilharam atitudes
feminilidades e de modelos não secundário (Infanta Dona Maria, positivas desde o princípio da in-
violentos e equitativos de mas- Coimbra; EB Marquês de Pom- tervenção em questões objeti-
culinidade. bal; Escola Secundária de Pom- vas (divisão de tarefas
O lançamento terá lugar bal). domésticas, decisão sobre ter fil-
no Centro de Informação Urbana A equipa trabalhou direta- hos, uso de preservativos, etc.),
de Lisboa (CIUL), pelas 17 mente com 122 jovens de melhorando em atitudes subjeti-
horas, com a presença da Se- ambos os sexos (63 rapazes e vas: um homem precisa ser
cretária de Estado para a 59 raparigas), com idades com- “duro” (passou de 61,1% para
Cidadania e a Igualdade, Rosa preendidas entre os 12 e os 18 80,6% nos meninos e de 74,1%
Monteiro, e de outras individual- anos. Ao longo dos últimos dois para 92,6% nas meninas); meni-
idades. anos, foram realizadas 52 nos que se comportam como
Inspirado nos programas sessões educativas dinâmicas, meninas são “fracos” (de 63,9%
H (Homem) e M (Mulher) da or- colocando em prática 34 oficinas para 83,3% nos meninos e de
ganização não-governamental (das 39 que constituem o EQUI- 88,9% para 100% nas meninas).
internacional Promundo, este X) em torno de seis temas prin- Comparando os resulta-
programa resulta de um projeto cipais: relações de género; dos obtidos nas escolas com os
de investigação que juntou 15 in- masculinidades; masculinidades dos centros educativos, verifi-
vestigadores/as e ativistas de e media; saúde sexual e repro- cou-se que, de modo geral, «as
cinco países – Portugal, Ale- dutiva, violência e diversidades; atitudes dos jovens nos centros
manha, Bélgica, Croácia e Es- paternidade e cuidados. Para educativos são menos equitati-
panha – e foi financiado com avaliar o impacto do programa, vas do que nas escolas em geral
cerca de meio milhão de euros isto é, verificar se houve mu- e refletem uma desigualdade
pelo programa “Direitos, igual- danças de atitude com a imple- também no acesso aos direitos
dades e cidadania” da União Eu- mentação do EQUI-X, foi e de uma vida sem violência.
ropeia. aplicado a cada jovem um pré e Sobretudo os meninos nos cen-
Os programas H e M do pós teste. tros educativos têm atitudes
Promundo, reconhecidos pela De uma forma geral, nota marcadamente menos igual-
Organização Mundial de Saúde Tatiana Moura, coordenadora do itárias», afirmam os investi-
(OMS) como programas de boas estudo português, «todos os gadores Rita Santos e Tiago
práticas, baseiam-se em evidên- jovens que participaram na im- Rolino, embora se tenham ob-
cias alicerçadas em abordagens plementação do EQUI-X servado algumas exceções:
pedagógicas transformadoras mostraram mudanças em ter- «por exemplo, nas questões:
de género, que questionam pa- mos de atitudes, valores, com- para ser um homem, é preciso
peis, identidades e normas de portamentos e aprendizagem ser “duro”, que evoluiu de 18,2%
género entre meninas e meni- esperados. O programa con- para 36,4%; o casal deve decidir
nos, mulheres e homens de seguiu proporcionar reflexões junto que tipo de contracetivo
várias idades. sobre algumas atitudes e com- usar, passando de 54,5% para
Em Portugal, o projeto foi portamentos em relação às nor- 81,8%».
Associação Aldeias Humanitar reclama modelo de
cuidador comunitário no interior
A presidente da Aldeias trito de Viseu, pelo seu trabalho e de sonho”.
Humanitar – Humanizar e Estar, humanitário e inovador “na Helena Norinha afirmou
distinguida com o Prémio Direitos prestação de cuidados de saúde aos deputados e convidados que
Humanos 2019 do parlamento, e sociais, no amparo das famílias a região continua a ter uma “na-
reclamou ontem a criação de um e pessoas idosas que vivem em tureza luminosa”, tem caminhos
cuidador comunitário que ajude situação de vulnerabilidade ou bons, luz elétrica, cultura, mas
as pessoas mais isoladas no in- isolamento e abandono, princi- “há cada vez menos sonhos”.
terior do país. palmente no interior do país”. “Aqui há cada vez menos
A apelo à criação deste O projeto piloto iniciou-se sonhos. Há menos gente para
modelo de amparo humano, em 2017 nos concelhos de Ser- sonhar”, descreveu.
como lhe chamou, a par de um nancelhe e Penedono, tendo De seguida explicou a
tom crítico à forma como o Es- sido escolhida pela Agência So- missão da associação de levar
tado dá respostas sociais às pes- cial do Douro a Santa Casa da amparo a quem vive nas aldeias
soas mais afastadas dos centros, Misericórdia de Sernancelhe mais afastadas, na sua maioria
foi feito por Helena Norinha, mo- para instituição âncora deste pro- idosos, nos concelhos de Ser-
mentos depois de receber o jeto piloto. Constituiu-se como nancelhe e Penedono, plane-
Prémio Direitos Humanos 2019, instituição em 2018, ano em que ando agora a associação
no salão nobre da Assembleia da iniciou a intervenção humanitária estender o seu trabalho a
República, em Lisboa. de forma consistente e continu- Tabuaço, tudo concelhos do dis-
“Aproveito para reforçar o ada. trito de Viseu.
apelo à urgência de criação de Na cerimónia foram tam- Em tom pausado, afirmou
um novo modelo de resposta de bém atribuídas Medalhas de que, ao receber este prémio, não
amparo humano, o cuidador co- Ouro Comemorativas do 50.º podia deixar de dizer que os
munitário, que esteja presente na Aniversário da Declaração Uni- modelos de apoio às pessoas “já
aldeia, que apoia nas atividades versal dos Direitos Humanos à não são adequados”.
de vida diária que vigia a toma da Crescer – Associação de Inter- As respostas em saúde,
medicação que articula com ou- venção Comunitária, fundada em por exemplo, “são labirínticas
tras respostas, que procura so- 2001, com trabalho na área de para os cidadãos, as instituições
corro em situações de inclusão para sem-abrigo, e à As- sociais estão também muito
emergência”, exemplificou numa sociação Portuguesa de condicionadas com respostas
cerimónia presidida por Ferro Crianças Desaparecidas, criada pré-concebidas pelo Estado sem
Rodrigues. em 2007, com trabalho no auxílio se ter em conta as características
Além do apoio aos mais de crianças desaparecidas. ou território daquela pessoa ou
idosos e pessoas isoladas, este O prémio para assinalar o família em particular”.“Pre-
este modelo poderá também aju- dia dos Direitos Humanos foi cisamos de dar aos cidadãos o
dar a fixar pessoas no interior do criado em 1998 e os galardoados lugar a que tem direito: o centro
país, afetado pela desertificação. são escolhidos por um júri, de das soluções”, disse.
Este cuidador comu- entre deputados da comissão Os responsáveis da
nitário, argumentou, “é uma parlamentar de Assuntos Consti- Crescer – Associação de Inter-
função profissional que, além de tucionais, Direitos, Liberdades e venção Comunitária e da Associ-
ser uma nova solução para as Garantias. ação Portuguesa de Crianças
pessoas, é também uma nova A presidente do conselho Desaparecidas também
oportunidade de emprego e de técnico e científico da associação deixaram alguns alertas à plateia
fixar os mais jovens na aldeia e agradeceu a distinção, que dedi- de deputados.
amparar os mais velhos”. cou aos colaboradores e recor- Patrícia Sousa Cipriano,
O prémio foi atribuído, se- dou Aquilino Ribeiro, no livro da Associação Portuguesa de
gundo uma nota do parlamento, “Cinco Réis de Gente”, que de- Crianças Desaparecidas, alertou
à Aldeias Humanitar, instituição screveu as suas “Terras do que “de nada servem pomposos
sediada em Sernancelhe, no dis- Demo” como de “fantasmagoria e complexos planos de ação”
quando pela sua “morosidade e cracia é “uma ameaça” à rabilidade”
custos” deixam “tantos meninos justiça. “É um mito que haja pes-
sem a proteção que a so- Américo Nave, da Asso- soas que não queiram sair da
ciedade lhes deve por direito”. ciação Crescer, com trabalho rua. Todas as pessoas desejam
A criança, afirmou, “é de- na área dos sem-abrigo, alertou uma há digna e segura, onde
masiado importante para es- que associar “o problema da posam ser tratados como
perar”, defendeu o trabalho de saúde mental ou das adições” é cidadãos”, afirmou, sublinhando
proximidade, de “andar na rua, colocar um estigma em cima de que há quem olhe para os sem-
nas escolas, nos bairros, falar pessoas que já se encontram abrigo como “invisíveis”.
com elas” e alertou que a buro- em situação de extrema vulne-

Associações de doentes e de profissionais de


saúde lançam campanha “Hipoglicemia. Uma
já pode ser demais”
Mais de metade das quência natural da diabetes, no sangue que pode ser provo-
pessoas com diabetes e seus mas sim como algo que se cada por erros na alimentação,
familiares temem as hi- pode prevenir e lidar através de utilização de alguma medicação
poglicemias uma boa gestão da diabetes e oral para a diabetes ou excesso
Associações de doentes da sua terapêutica, devendo as de insulina, exercício físico não
e de profissionais de saúde pessoas que vivem com dia- programado e sem suporte ali-
lançam campanha “Hi- betes estar alerta para as suas mentar e/ou consumo exces-
poglicemia. Uma já pode ser consequências a curto e longo sivo de álcool.
demais” prazo. Também em Portugal
“Hipoglicemia. Uma já Até agora tem havido está demonstrada a importân-
pode ser demais” é o nome da pouca investigação sobre o im- cia de evitar e tratar adequada-
campanha lançada hoje que pacto das hipoglicemias nos fa- mente estes episódios de
pretende alertar as pessoas miliares das pessoas com hipoglicemia. Num estudo re-
com diabetes, respetivos famil- diabetes, mas um novo estudo, cente realizado pela APDP, ver-
iares e toda a sociedade civil o TALK-HYPO, demonstra que ificou-se que mais de 3 em
para os perigos das hi- até 64% dos familiares das pes- cada 10 pessoas com diabetes
poglicemias. soas com diabetes sentem tipo 2 a fazer insulina comu-
A Campanha “Hi- preocupação e ansiedade rela- nicaram a ocorrência de hi-
poglicemias. Uma já pode ser tivamente aos riscos associa- poglicemias num curto período
demais” é uma iniciativa da As- dos à baixa de açúcar no de tempo e 6 em cada 10 episó-
sociação Protetora dos Diabéti- sangue, realçando o impacto dios não foram tratados ade-
cos de Portugal, da Federação que isto tem na família. O es- quadamente.2 As hipoglicemias
Portuguesa de Associações de tudo demonstra também a im- são a segunda maior causa de
Pessoas com Diabetes, da So- portância de ter mais conversas ida às urgências hospitalares
ciedade Portuguesa de Dia- sobre as hipoglicemias com a das pessoas com diabetes em
betologia e da Sociedade família e com o médico assis- Portugal.3 Ao mesmo tempo, os
Portuguesa de Endocrinologia tente, pois 76% acredita que custos associados ao seu trata-
Diabetes e Metabolismo, com o estas conversas podem levar a mento são significativos. O
apoio da Novo Nordisk, que melhorias na vida das pessoas tratamento de uma hipoglicemia
pretende sensibilizar as pes- com diabetes.1 grave tem um custo superior a
soas com diabetes para as hi- As hipoglicemias resul- 1.450 €/episódio.4 Esta é a
poglicemias. Estas não devem tam de uma baixa concentração principal preocupação das pes-
ser vistas como uma conse- dos níveis de glicose (açúcar) soas com diabetes a fazer in-
sulina e dos seus familiares, de com diabetes e os seus com recurso a anti-diabéticos
acordo com o estudo DAWN 2, cuidadores não se apercebem não-insulínicos e, em casos
realizado em Portugal.5 do que está a acontecer. “Se mais avançados, insulina.
Mais de metade das um indivíduo estiver a ter uma Isabel Videira, diagnosti-
pessoas que vivem com dia- hipoglicemia e não for tratado, cada com diabetes tipo 2 há
betes (55%) raramente ou a falta de glicose no cérebro nove anos e a fazer terapêutica
nunca informam o seu médico pode levar à morte. Hi- com insulina há seis meses ex-
acerca dos episódios de hi- poglicemias repetidas podem plica: “se a pessoa se conhecer
poglicemia e muitos, com levar à instalação de quadros muito bem, bem como a reação
medo, acabam por reduzir a de demência, de perturbações do seu organismo aos alimen-
sua dose de insulina sem con- mentais e alterações cognitivas tos, consegue fazer uma boa
sultar o médico, o que compro- profundas e, por isso, as hi- gestão, mas há momentos em
mete o controlo glicémico. A poglicemias devem ser evi- que as coisas fogem ao nosso
campanha “Hipoglicemia. Uma tadas”, explica Davide controlo e que nós não temos
Já pode ser demais” pretende Carvalho, médico endocrinolo- noção do que se está a passar
sensibilizar a população para gista e presidente da Sociedade porque o organismo reage de
que se informe junto dos médi- Portuguesa de Endocrinologia formas diferentes.”
cos ou outros profissionais de Diabetes e Metabolismo “Já tive alguns episódios
saúde sobre como podem pre- (SPEDM). Assim, o especialista de hipoglicemias que se
venir, detetar e gerir da forma afirma categoricamente que traduzem em sintomas de mal-
mais adequada os episódios de “não há um número ótimo de hi- estar e tremores, inclusive hi-
hipoglicemia. poglicemias, o número ótimo de poglicemias noturnas que só
Quando não são devida- hipoglicemias é não ter”. dou conta porque ficam regis-
mente detetadas e geridas, as Na diabetes tipo 2, numa tadas nos dispositivos ”, afirma
hipoglicemias podem ter um im- fase inicial, é possível alcançar Isabel Videira.
pacto negativo na qualidade de o controlo glicémico com a al- Para saber mais sobre
vida das pessoas com diabetes teração de estilos de vida esta campanha, sobre as hi-
tipo 1 e tipo 2 e podem trazer (prática de exercício regular e poglicemias e conhecer outros
complicações de saúde que au- uma alimentação saudável), testemunhos de pessoas com
mentam o risco de morte car- sendo sempre necessário o diabetes e profissionais de
diovascular. As mais graves são apoio de um profissional de saúde visite o https://www.uma-
as hipoglicemias noturnas, que saúde para otimizar este con- japodeserdemais.pt .
ocorrem quando as pessoas trolo. Na maior parte das vezes