Você está na página 1de 2

Cumprir a Lei – Mat. 5.

17 1
CUMPRIR A LEI – MAT. 5:17

Uma das afirmações mais absurdas no domínio da exegese de


passagens bíblicas é a referente a Mat. 5:17, última parte:
"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas: não vim para
revogar, vim para cumprir".
Que argumentos podem ser invocados para concluir, que cumprir a
lei, signifique não estar mais em vigor?
Apenas um desconhecimento completo do significado das palavras
pode levar alguém a afirmar que cumprir, signifique apenas cessar,
deixar de vigorar. Embora a palavra tenha também este significado,
qualquer dicionário nos informará que significa também: observar,
obedecer, realizar completar. A prova máxima e que o sentido dado por
Mateus não é o de cessar ou deixar de vigorar se encontra na mesma
passagem e no verso seguinte: "Não penseis que vim revogar a lei ou os
profetas". "Até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais
passará da lei".
Com propriedade escreveu Arnaldo Christianini em Subtilezas do Erro:
"Cumprir não é fazer passar uma lei ou cessar lhe a vigência, por tê-la
satisfeito em exigência ou atendido a seus preceitos, pois se o fosse, então
seria nada menos do que ab-rogá-la pura e simplesmente. Mas, no texto,
Cristo declarou inequivocamente: não vim ab-rogar. Diz o grande lexicógrafo
Webster: 'cumprir é obedecer'. É um atendimento à exigência legal, uma
satisfação ao preceito. Um cidadão cumpre o dever de votar, por exemplo.
Extingue-se a instituição do voto, por ele tê-lo cumprido? Não! A exigência é
permanente; o cumprimento é transiente. O cumprimento afeta a pessoa,
não a exigência; liga a pessoa à exigência, mas não remove a exigência.
Esta só é removível por força de lei superior que expressamente o declare. É
princípio de direito e de doutrina. Cristo cumpriu o batismo mas não o aboliu.
Em Gálatas 6:2, se diz: 'Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis
a lei de Cristo'. Imagine o leitor, se isto significa abolir!"
O que os comentaristas bíblicos disseram sobre esta expressão nos
ajuda a equacionar o problema de acordo com o sentido que Cristo lhe
deu.
Cumprir a Lei – Mat. 5.17 2
J. Broadus explica Mat. 5:17 assim: "Cumprir é a tradução de uma
palavra grega, significando tornar claro, encher... Significa executar
plenamente, realizar, aplicado a qualquer obra ou dever".
Strong, por ser batista, pensa de modo diferente do nosso com
respeito à lei, por isso suas a firmações sobre a lei são valiosas. Em sua
Teologia Sistemática, comentando Mat. 5:17, afirma:
"Jesus devia cumprir a lei e os profetas mediante completa execução
da vontade revelada de Deus ... Desde que a lei é um transcrito da
santidade de Deus, suas exigências como uma regra moral são imutáveis".
Spurgeon, referindo-se a Mateus 5:17, declarou: "Para mostrar que
Ele jamais pensou em ab-rogar a lei, nosso Senhor exemplificou
(cumpriu) todos os preceitos em Sua própria vida".
Jamieson, Fausset e Brown afirmam ser este o sentido de Mateus
5:17: "Não espereis encontrar em meu ensino algo de derrogativo aos
oráculos do Deus vivo. Não vim ab-rogar, mas estabelecer a Lei e os
Profetas".
Não há necessidade de acrescentar mais nenhuma prova.

Você também pode gostar