Você está na página 1de 76

RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.

php

HOME | SEARCH | REGISTER RSS | MY ACCOUNT | EMBED RSS | SUPER RSS | Contact Us |

epRapBR - Grupo de Estudo


http://reprapbr-ge.blogspot.com/feeds/posts/default?alt=rss

Are you the publisher? Claim or


Browsing the Latest Browse All Articles (25 Live
contact us about this channel
Snapshot Articles) Browser

Embed this content in


your HTML
02/21/11--08:26: Novo Trator 0 0
para a Extruder
Search
Na sexta feira eu consegui fazer um novo trator para a extruder, parece
Report adult content:
que é um prograsso, não sei se é a solução definitiva. Os motivos da
melhoria são simples:

click to rate
Eu usei um parafuso com aço comum (aço 1020) em vez
de um super-hiper-parafuso. Para isso bastou usar um
Account: (login) Parafuso sextavado 5/16" x 2 1/2" que tenha o corpo
liso. As dimensões são quase iguais (7,94 x 8mm)
Usei um Macho de 6mm. isso me deu dentes duas vezes
maiores e mais profundos, a tração melhorou por causa
disso
More Channels Usei um método tosco para fabricação e com isso a
forma dos dentes ainda deixa a desejar. Acho que uma
versão feita com ferramentas adequadas ainda seria
muito melhor

Showcase Prendi o
parafuso
numa
morsa
Channel Catalog com dois
Subsection Catalog

Articles on this Page


(showing articles 1 to 25 of 25)

02/21/11--08:26: _Novo Trator para


a ...
02/22/11--18:12: _Encontro do dia
20/...
03/14/11--14:48: _Encontro do dia
13/...
06/13/11--09:33: _Mesa está
Montada
06/28/11--09:27: _Encontro do dia
19/... rolamentos, um está preso por dois parafusos e o outro

1 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

07/06/11--13:17: _Ajustes na está solto, dois pedaços de madeira mole evitam


máquina destruir os rolamentos. O parafuso gira livre.
07/06/11--17:15: _Primeiras
As arruelas e uma porca maior servem de apoio e
impressões ajuste de posição e dispensam a ranhura prévia. Com a
07/11/11--10:29: _Mesa aquecida furadeira em baixa rotação, logo o parafuso começa a
08/02/11--10:13: _Imprimindo com girar sob efeito da rosca.
Os dentes
algu...
se
09/07/11--09:13: _Encontro do dia formam
21/...
09/19/11--18:21: _Completando a
Mesa ...
10/03/11--17:56: _Correias X
Barras R...
10/25/11--11:01: _Encontro de
rapidamente.
Prusas,...
Um pouco
11/15/11--13:23: _Montagem do de
Bloco A...
12/22/11--08:39: _Encontro dia
17/12/...
01/30/12--14:55: _Encontro dia
29/1/2012

02/20/12--12:04: _Bico do extruder


- ...
04/28/12--19:21: _Refazendo o
Trator ...
05/31/12--16:12: _Placa para
RepRap -...
06/04/12--15:49: _Retorno dos

Testado...
acabamento, senão nem o rolamento sai mais...
07/04/12--19:27: _Sensor ótico -
Lindo...
Opto...
07/10/12--16:00: _Revista info
08/15/12--15:07: _Placa Gen7BR
progre...
08/28/12--15:50: _Placa para
RepRap G...
01/29/13--05:17: _AJGW - Extruder
apr...
(showing articles 1 to 25 of 25)

Montado no lugar. O alinhamento não está perfeito,


seriam necessárias arruelas de diversas espessuras
para um ajuste fino.

2 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

E finalmente dá para ver que as marcas do trator no


plástico são bem mais profundas que anteriormente.
Veremos ainda como que isso se comporta na prática...

Novo: veja a continuação com detalhes em Refazendo


o Trator da Extruder. Tive que refazer e aproveitei
para icluir um video do processo.

02/22/11--18:12: Encontro do dia 0 0


20/fevereiro/2011 (08)

Este foi um ótimo encontro,


estavam presentes: Jorge L.,
Alain Mouette, Luis Viola,
André Oliveira e Pedro Melo.

Este foi mais um encontro de


trabalho que de conversa, e
tudo com grandes sorrisos
:)

Finalmente eu levei a Eletrônica toda montada. Está


sobre uma base que vai ficar atrás da estrutura do
conjunto. Ali estão: a Motherboard do RepRap, a Placa
do Extruder, o conversor USB - Serial TTL, um driver
extra para o aquecedor da extruder e o conector para o

3 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Driver padrão PC / CNC.

Agora com o conjunto todo pronto, o novo bico da


extruder e o novo trator, nós conseguimos fazer a
extruder funcionar!

Instalamos também o motor mais forte mas ainda há


alguma coisa a ajustar.
Mesmo depois de abaixar a velocidade de extrusão,
ainda falhava às vezes...

Antes disso, passamos um bom tempo ligando o


Driver GLB à mesa XYZ, a dificuldade maior foi a
qualidade da documentação chinesa. Depois de testar
no PC com o TurboCNC, ligamos direto na eletrônica da
RepRap:

4 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Conseguimos movimentara mesa algumas vezes pelo


Software da RepRap.

Mas agora falta fazer tudo isso funcionar


harmoniozamente, agora vem a parte
interessante
A extruder ainda não nos deu aquela sensação de
confiança que precisamos, falta compreender muita
coisa que está acontecendo ali

O controle dos drivers da mesa funcionou e depois


parou
O Software da RepRap está muito instável, já saiu uma
versão nova que precisamos instalar

O próximo encontro promete...

03/14/11--14:48: Encontro do dia 0 0


13/março/2011 (09)

O encontro foi agradável, com altos e baixos. Estavam presentes: Jorge


L., Alain Mouette, Luis Viola, André Oliveira, Pedro Melo e Rodrigo Reis.

O Jorge terminou de montar um novo eixo Z que tinha


montado nestes últimos dias.

Ficou muito melhor, na verdade o outro estava


realmente insatisfatório...

5 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Foram usados dois guias e rolamentos lineares, é


interessante o acoplamento flexível feito com duas
polias. A base é feita com outra tampa de motor.

Mas o importante é que ficou muito bom, estável e


rígido.

Infelizmente na hora de testar o conjunto, a placa de


eletrônica não funcionou. Como já tinha recebido chips
ATmega644 novos, trouxe comigo para arrumar a
eletrônica de novo...

O Jorge tabém andou estudando uma alternativa que


parece interessante: usar o EMC2 controlando direto a
RepRap, já existe toda uma comunidade trabalhando
nessa alternativa. Espero ter informações mais
objetivas em breve. O interessante é eliminar o
programa original que é muito buggado...

6 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

06/13/11--09:33: Mesa está 0 0


Montada

Após dois dias de trabalho contínuo na Masmorra, apenas eu e o Jorge,


conseguimos terminar a montagem da mesa com a Extruder. Agora
começa a parte interessante que é a integração para conseguirmos
imprimir uma peça...

(click para ampliar)


Ficou Linda! O Jorge deu uma super caprichada no
acabamento com um pintura preta.

Fizemos uma base ampliada para reposicionar a mesa


em relação ao bico da extruder, novos pontos de
fixação e etc...

Tudo funcionando corretamente, lógico, pois com o


Jorge fazendo não podia ser diferente!
(Novo) Como estava um pouco difícil de compreender
a foro acima, O Jorge fez esta foto lateral.

A Extruder está fixada no carro do eixo Z que tem um


curso maior que o necessário.

A mesa tem movimento XY e é um bloco de alumínio


fundido. Os motores não são visíveis porque estão por
dentro e têm acionamento por cremalheira de latão.

A peça branca é a base na qual vamos imprimir...

7 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

(click para ampliar)


eletrônica está toda fixada atrás, isso já estava, mas foi
re-arranjado.

O driver da mesa está separado, conforme a nossa


filosofia de que a mesa tem que ser uma CNC padrão.
Dá para ver até o cabo de PC usado para interligar.

Essa eletrônica foi comprada "aos pedaços" e é uma


versão original da RepRap. Um dia teremos a nossa,
menos confusa...

Começamos a interconectar com o Software da

8 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

RepRap, cada coisa em separado já funcionou: o


acionamento dos 3 eixos e a extruder. mas não
conseguimos comandar uma impressão.

Porém ainda falta muito a fazer, e precisamos testar


outras interfaces de software e versões mais novas.
Dentro do que testamos até hoje, nada agradou...

06/28/11--09:27: Encontro do dia 0 0


19/junho/2011

Este encontro foi marcado pela ausência em massa, estavam presentes


apenas o Jorge, o Fabio Gilii, e Alain.

Em vários finais de semana, houveram trabalhos na Masmorra na nossa


Impressora 3D. Algumas vezes só Alain e Jorge, algumas vezes com o
Viola e conseguimos muitos avanços.

Ainda não conseguimos imprimir uma peça, mas estamos quase lá... O
que nós fizemos:

A mecânica está ok, instalamos os sensores de margem


(deu trabalho, mas *eu* acho que valeu a pena, mas o
Jorge não gosta).
o Viola encontrou um firmware que funciona na nossa
eletrônica. As versões mais novas não deram certo.
Ainda existem problemas pontuais, mas agora é mais
fácil trabalhar neles.
calibramos os eixos e conseguimos movimentos
confiáveis.
a extruder está funcionando, parece que corretamente.
Conseguimos enviar diretamente os comandos gcode via
HiperTerminal, parece que o firmware responde bem
Testamos os vários programas de controle: RepRap,
ReplicatorG, Repsnapper, TODOS têm problemas :(
Editando os gcode gerado e mais alguns truques,
conseguimos produzir os movimentos esperados na
Impressora. Aparentemente ajustando as velocidades e
distancias deveríamos conseguir imprimir peças :) :) :)

Uma das maiores dificuldades é compreender os


parâmetros e configurá-los. Acho que aí vamos precisar
de muito estudo, principalmente para o Skeinforge.

Ainda temos alguns truques a testar, vamos continuar


trabalhando... mais notícias em breve.

9 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Warnning: Do NOT Get Caught While


Searching!!
Your IP : 187.2.226.1 - Country : Brazil - City: Taubate
Your ISP TRACKS Your Online Activity! Hide your IP
ADDRESS with a VPN!
Before you searching always remember to change your
IP adress to not be followed!
PROTECT YOURSELF & SUPPORT US! Purchase a VPN
Today!

07/06/11--13:17: Ajustes na 0 0
máquina

Nas últimas semanas fizemos alguns ajustes, acho interessante


documentá-los.

Cooler para a
Extruder:o
stepper que
usamos é de
2,5kgf.cm,
enquanto que o
original RepRap
é 4,5kgf.cm.
Para conseguir
a força
razoável,
estamos com
uma corrente
alta no motor.

O aquecimento
estava
excessivo e
chegou a
amolecer o
corpo da
Extruder, com
um pequeno cooler ficou bem frio. Um problema
resolvido.
(Nova foto)

Apesar da relutância de alguns, o Sensor de Margem da


mesa foi conectado. Esse é um dos sensores que já
existiam, depois de reparado pelo Jorge.

Eu particularmente acho sensores muito importantes, o


sistema reposiciona automaticamente a mesa a cada
impressão.

10 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O sensor do Z é
para saber a
altura da mesa.
Também é feita
uma
recalibração de
posição antes
de cada peça.

Este talvez
ainda sofra
alterações, o
ajuste é muito
crítico e afeta a
primeira camada
impressa. Seria
interessante um
ajuste
micrométrico
por parafuso.

Esta adaptação, bem no estilo Masmorra, merece ser


registrada. Prendendo um paquímetro digital ao eixo Z
ele se tornou um DRO (Digital Read-Out) perfeito.

Foi útil para calibrar o avanço do eixo Z e a placa driver


que está mal documentada.

11 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

07/06/11--17:15: Primeiras 0 0
impressões

Sucesso, finalmente.. ou quase isso...

Neste domingo conseguimos algumas peças com aspecto decente, ainda


não saíram inteiras mas já nos animou muito. Na verdade ficamos
espantados quando começou a sair corretamente, até então só saiam
bolotas disformes e "de-repente" começou a sair como deveria ser! Mas
vamos começar do começo:

Antes que perguntem: não foi um encontro, apenas estavam na Masmorra


Jorge, Alain, Viola e Diógenes (que foi embora cedo e não viu nada).

Esse foi o primeiro "Quase-Objeto" que o Jorge


conseguiu alguns dias antes. a forma até que lembra
vagamente o original do Thingiverse.

Fizemos contas, planilhas e muitos e muitos testes, até


que, sem aviso...

foi como
mágica,
ficamos um
tempo até
recuperar a fala

Tudo havia sido


verificado,
recalculado.
Então
resolvemos
experimentar o
adesivo dupla
face (sugestão
do Hradec) e o filamento aderiu à mesa e os seguintes
foram se alinhando como era esperado.

A peça não foi até o fim, mas várias camadas deram


certo.

E continuou imprimindo. Esta é a mesma peça :)

12 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Então nos animamos e mudamos algumas


configurações.

Nesta peça usamos um "Raft" com a intenção de


diminuir o entortamento dos cantos da peça.

Infelizmente não produziu o resultado esperado e


prejudicou um pouco a forma da própria peça.

O
funcionamento
da mecânica foi
tranquilo, como
pode ser visto
aqui. A mesa
tem a
assinatura de
Sir Jorge, então
isso era de se
esperar...

Essa é uma
peça de teste,
pegamos do Thingiverse 9820, é interessante porque
tem furo, um canto é chanfrado e outro é redondo.

13 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

E a mesma peça com uma vista por baixo.....

Mas nem tudo deu certo, os principais problemas


foram:
Falhas na comunicação, esse é um problema muito
comum nas RepRaps. "Parece" que é um problema do
firmware...
Os cantos levantaram muito, chegando a bater no bico
extrusor.

Estamos já analisando como fazer uma mesa aquecida


porque isso parece ser essencial.

O maior problema agora é o Software do PC, temos que


aprender a usar o Skeinforge e existem poucos
tutoriais para isso. Se alguém souber ou tiver
informações, por favor ajudem!!!

Softwares do PC que nós testamos:


RepRap, é em java, tem horas que trava e só
reiniciando o Windows. Até que a tela ficou com o fundo
preto e nem reiniciando, nunca mais funcionou
RepSnapper, foi com esse que fizemos as peças acima.
A versão que funcionou para Windows não tem mais
desenvolvimento, a versão para Linux não funciona
ReplicatorG, usado pela MakerBot. Nem tem
configuração de Baud-rate, então não conseguimos
usar. Parece que se usar um firmware próprio casado
fica bom.
Pronterface, esse é um script Python, bem leve e usa o
Skeinforge para gerar o Gcode.

Também estamos cogitando de usar outros firmwares:


Sprinter, totalmente diferente e não roda no nosso
hardware
versão do RepRap da MendelParts.com, parece
promissor e mais completo.
Teacup firmware, não estudei mas parece interessante

14 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

07/11/11--10:29: Mesa aquecida 0 0

Neste fim de semana estivemos na Masmorra preparando a mesa


aquecida, apenas Luis Viola, Jorge e Alain.

Ao fazer as primeiras peças percebemos que o empenamento é um


problema muito mais sério do que imaginávamos. O bico chega a bater
na peça e consegue provocar perda de passo nos motores. O Jorge na
verdade já estava a todo vapor fazendo uma mesa nova!

(A mesa não está concluída, mas estas são as primeiras imagens, depois
publico o resto aqui mesmo)

Flagrante do Jorge com a mão na massa, como de


costume...

Cortamos um outro robô para fazer o nosso, a serra


circular ajudou.
Até o Luis Viola pôs a mão no hardware, aqui está ele
prendendo os resistores de aquecimento no verso da
mesa.

15 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Estes eram os resistores que tínhamos: 5 peças de 10R


5W. Fixados provisoriamente para dimensionar e
avaliar as características.

Fixamos também um termopar de um multímetro para


facilitar o acompanhamento da temperatura. Mas na
verdade fizemos a maioria das medições com este kit
da Microchip.
E a mesa montada no seu devido lugar.

16 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Fizemos um encaixe com o mesmo formato da outra


mesa de PVC, mas com espaçadores para segurar a
plataforma aquecida.

Ela encaixa na mesa XY e fica presa pelos dois


parafusos frontais para fácil remoção manual.

Medições na mesa
Fizemos uma série de medições na mesa para
determinar o aquecimento necessário para a versão
definitiva.
Dimensões: 145 x 196 x 5 mm de alumínio
Depois de ligada com a fonte menor que só fornecia 3A
e 7,1V, a temperatura estabilizou em 58,5°C com 20°C
ambientes. Portanto temos uma constante de
dissipação de (58,5-20)/(3*7,1) = 1,8°C/Watt.
Para alcançar mais 110°c como o Nophead está usando
vai dissipar (110°C-15°C)*1,8 =52W só de perdas para
o ambiente.
Os resistores de 5W pois eles estão montados em um
grande dissipador então podem dissipar muito mais que
o especificados para convecção livre. Testamos com 10
Watts e a temperatura no lado oposto à mesa estava em
130°C e um diferencial de 70°C, isso durante o
aquecimento que é a parte mais crítica. Isso parece
bem razoável e vamos usar assim. (tivemos de fixar sob
pressão durante esta medida, a fita adesiva não foi
eficaz)
Velocidade de aquecimento: deixamos esfriar e
alimentamos, com uma fonte maior, com 50W. Aqueceu
de 24°C a 52.5°C em 410s ou seja: (53.5-24)/410 =
0,07°C/s.
Esperamos com 150W aquecer de 20° a 60° em 5

17 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

minutos (a dedução disto fica como exercício...)

Mais informações aqui mesmo assim que montarmos


uma versão com os resistores definitivos.

08/02/11--10:13: Imprimindo com 0 0


alguma Repetibilidade

Neste domingo fomos muito animados para a Masmorra! O Jorge tinha


mandado uma foto de uma peça impressa sem interrupção do começo ao
fim, e sem erro!

O que permitiu que tudo isso funcionasse foi o Software para PC


Printrun/Pronterface, veja aqui e aqui.

É um
software
simples, em
Python, roda
bem no
Windows e no
Linux. A
grande
vantagem é o
que ele não
faz.

Ele só imprime e usa o Skeinforge para fazer o


fatiamento e geração do gcode e não interfere na
configuração.

E não deu erro de comunicação nenhuma vez! O


firmware usado foi o RepRap 20100806 que
corresponda à nossa eletrônica.

Quando cheguei a máquina já estava trabalhando,


imprimindo uma caixinha de testes! Mas vamos por
partes...

Esta peça nos pareceu que vale a pena conservar


documentada. Isso é um Raft, impresso bem devagar e
portanto com bastante material. Porém a distancia da
mesa ao bico estava muito grande. essas ondinhas em
espiral acontecera porque o ABS não estava sendo
suficiente para preencher o espaço.

É possível que também a forma se deva à temperatura


de 225°C ser um pouco baixa.

18 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

"
Raft" é uma camada
extra que vai por baixo e
tem por finalidade aderir
bem à mesa e corrigir
qualquer irregularidade.
É impressa bem devagar
e com muito plástico
ABS. Depois ainda existe
uma camada opcional
intermediária
"interface" antes da
peça.
(clique para ampliar)

Estas peças que já estavam saindo da máquina quando


eu cheguei!
Temperatura do Extrusor a 225°C e da mesa a 80°C,
também havia um problema com a altura da primeira
camada que estava levantando mais que deveria. A da
esquerda é com Raft e dá para ver 2 camadas de
"interface", porem a interface prejudicou a adesão da
primeira camada da peça.

Então nós resolvemos aumentar a temperatura como


está sendo usado por algumas pessoas como nophead.

Aquecemos a mesa a 110°C (o controle automático


ainda não estava montado, então controlamos
manualmente.

Trocamos o adesivo dupla-face pelo Kapton próprio


para alta temperatura.

19 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

A impressão
agora foi
tranquila até o
fim com um
mínimo de
deformação.

Então aumentamos também a temperatura da


Extruder para 240°C.

Também fizemos ajustes empíricos no Skeinforge


verificando o Gcode criado para eliminar o problema
das camadas inferiores mais altas que deveriam.

O resultado foi uma peça sem deformação e muito


sólida.

Foi usado Raft e não a camada intermediária. Foi difícil


retirar o Raft, a adesão está realmente boa.
Podemos dizer que agora estamos conseguindo fazer
peças! Ainda não compreendemos como configurar os
parâmetros mais importantes do Skeinforge, falta muito
o que pesquisar.

O sistema está se comportando de maneira


consistente e finalmente sentimos confiança para ir
adiante. Agora precisamos apenas arrumar um pouco

20 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

as coisas, fixações, fios e fontes.

Consultei com um amigo que trabalha com injeção de


plástico, ele achou normal essa temperatura de 240°C.
A explicação é que o ABS para extrusão tem indice de
"fluidez 4" enquanto que o que é usado para injeção
tem "fluidez 12" e portanto precisa ser mais aquecido
para ter um bom comportamento. Nós não
constatamos nenhum cheiro anormal durante a
operação.

09/07/11--09:13: Encontro do dia 0 0


21/agosto/2011

Este foi um ótimo encontro, estavam presentes o Rodrigo Reis, André


Oliveira, Fábio Gilii, Fábio Serrão, Pedro Cardoso, além do Jorge e eu
(Alain). Faltaram notadamente o Taba e o Pedro Melo portanto sobraram
as respectivas costelinhas encomendadas com tanto carinho...

Nos dias antes deste encontro, o Jorge(+), eu e o Viola trabalhamos com


bastante regularidade na impressora do grupo. Tivemos umas surpresas,
uma vez a fonte explodiu e demoramos para conseguir outra, outra vez o
bico começou a desmontar mas essa o Jorge arrumou na hora, uma hora
funcionava, depois nada mais dava certo... ficamos até preocupados de
não ter uma impressora para mostrar.

Finalmente as nuvens se dissiparam e a máquina estava rodando bem no


dia marcado!!!

Fizemos algumas impressões interessantes:

Essa peça é bastante complexa, serve para eliminar as

21 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

vibrações de uma outra Mesa XYZ, veja a descrição da


versão anterior aqui.

Essa peça ficou realmente funcional, já está montada e


ficou boa.

Depois fizemos o famoso apito.

Observem que a bolinha está sendo feita o mesmo


tempo, dentro do apito.

Mas na hora que o apito começou a fechar com as


camadas suspensas no ar, ficamos todos sem fala.

Veja mais fotos do Rodrigo aqui.


Mas isso não que dizer que todos ficaram sem fôlego...

O Jorge foi bem rápido em fazer o apito funcionar!!!

22 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O Jorge
também
apresentou
uma
invenção
muito

interessante. Isto é um dispensador automático de


filamento.

Ele fornece o plástico para a impressora sem precisar


alimentar manualmente.
Vejam como é simples!

Em cima ele está pendurado por um rolamento de


motor de passo, em baixo tem um furo no centro e o
filamento de ABS vai saindo.

Muito bem bolado!

23 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Estas imagens são do final de semana seguinte, mas


acho que vale a pena preservá-las aqui:

Depois de passar um bom tempo quebrando a 3


cabeças juntos, Jorge, viola e eu, estamos
compreendendo um pouco mais sobre o Skeinforge.

Esta piramide foi feita como está na foto, sem nenhum


retoque manual!!!

Ah, e tem mais, foi usado o novo extruder abaixo...

24 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

E isto é o que acontece se deixar um cara trancado na


Masmorra por tempo demais...

O Jorge terminou um outro Extruder, versão

25 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

personalizada. Apenas o conjunto do bico é o mesmo.

O extruder antigo estava "desmelingüindo" e este ficou


muito resistente e com mais força. A operação ficou
tão semelhante ao anterior que bastou um leve ajuste
nos parâmetros para imprimir a pirâmide acima.

Agora sentimos que o funcionamento básico da


impressão 3D já é conhecido. Estamos avaliando quais
serão os próximos passos:

Estudar o Skeinforge
Aumentar a velocidade
Estudar o Skeinforge
Estudar melhor o sistema de controle de temperatura
que deixa a desejar
Estudar o Skeinforge
???

Warnning: Do NOT Get Caught While


Searching!!
Your IP : 187.2.226.1 - Country : Brazil - City: Taubate
Your ISP TRACKS Your Online Activity! Hide your IP
ADDRESS with a VPN!
Before you searching always remember to change your
IP adress to not be followed!
PROTECT YOURSELF & SUPPORT US! Purchase a VPN
Today!

09/19/11--18:21: Completando a 0 0
Mesa aquecida

English version here

Durante alguns dos últimos finais de semana o Jorge,


Viola e eu (Alain) estivemos na Masmorra e
trabalhamos bastante, entre outras coisas, terminando
de montar a Mesa Aquecida.

26 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Medições na mesa
As medições já haviam sido feitas e estão
documentadas no Blog de 11/julho. Estou repetindo
aqui apenas os resultados:
Dimensões: 145 x 196 x 5 mm de alumínio

Depois de ligada com a fonte menor que só fornecia 3A


e 7,1V (resistores menores) a temperatura estabilizou
em 58,5°C com 20°C ambientes. Portanto temos uma
constante de dissipação de (58,5-20)/(3*7,1) =
1,8°C/Watt.
Para alcançar mais, 110°C ou mais, como o Nophead
está usando, vai dissipar (110°C-15°C)*1,8 =52W só
em perdas para o ambiente.
Velocidade de aquecimento: deixamos esfriar e
alimentamos, com uma fonte maior, com 50W. Aqueceu
de 24°C a 52.5°C em 410s ou seja: (53.5-24)/410 =
0,07°C/s.

Dimensionamos a potencia total para 150 Watts,


deveria ser tranquilo para uma fonte de PC.

Montagem

Aqueles resistores de teste foram substituídos por


resistores maiores. Cada Resistor é de 10 Watts

27 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

(Ohmega R$1,50), colado à mesa por baixo com


Araldite. Cada um de 6R8 com 12 Volts dissipa em
torno de 20W, por estarem fixados em um enorme
dissipador funcionam adequadamente.

A potência total de 150 Watts permite atingir 60°C


em 3 minutos e 110°C em 5 minutos. Depois de
aquecido consome aprox. 50W para manter 110°C.
O

sensor de temperatura foi fixado depois. Ficou


razoavelmente próximo ao centro e um pouco mais
próximo da origem onde se imprimem mais peças.

A placa de suporte está colada com Araldite. O Jorge


fez um pequeno furo (não passante) e o sensor foi
inserido com pasta térmica.

Usamos o Termistor Murata de 100k 1% achado na


Mouser por $0.79.

Eletrônica
Novo: Observe que estávamos usando placas Gen3.
Para as placas mais novas como Gen6/Gen7/Ramps
/Sanguinololu, um driver adequado já existe nas placas.

Montei um pequeno driver com um MosFet que seja


capaz de aguentar a corrente: IRFZ48 que custou
apenas R$1,80 na Dabi.

Usei um driver TC4427 porque esse MosFet é acionado


por 12V. Encontrei na Farnell.

28 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

(Clique para ampliar esquema)


Esta é a
plaquinha do
driver,
provisória,
por isso em
placa padrão.
As trilas de
potencia
estão
reforçadas
por trás com
fio rígido.

Como
estamos
alimentando
tudo com
uma fonte de PC, aproveitei o conector de e 4 fios que
vai à MotherBoard para entrada de 12V.

O dissipador EletroService 180.008 25°C/W está no


limite. A tensão no MosFet (Rdson=17mOhms) foi
medida em 0,2V gerando 2,5W durante o aquecimento
a frio.
Aquele
dissipador
esquentou
demais, então
fiz uma rápida

adaptação. Ficou até um pouco mais frio que o


necessário.

Segundo o manual da HS dissipadores, a resistência


térmica deveria ser 15°C/W.

29 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

A entrada foi
prevista para
ligação direto
no pino do
controlador,
então foi
preciso fazer
uma conexão
na entrada no
MosFet da
placa do
extruder.

Problemas e Soluções
Um dos problemas que encontramos foi que a fonte
explodiu! Isso falando literalmente, era uma fonte sem
marca mas que já havia prestado anos de bons serviços
mas com uma carga real de 150W a mais ela não
aguentou. Felizmente, o Jorge encontrou uma fonte Dell
com as mesmas especificações e agora está
funcionando perfeitamente.

Temos em vista fazer uma versão alimentada direto da


rede AC, 110/220V. Isso é mais delicado e por motivos
de segurança, eu pessoalmente acho que pode ser feita
numa chapa de vidro em vez de alumínio.

Mas o resultado funcional foi muito bom, fizemos


muitas impressões a 120°C e o empenamento
encontrado anteriormente incomodou muito pouco.
Ainda faltam testes com peças maiores, veremos no
futuro.

Veja também:
Mesa aquecida da mina MesaXYZ com 500W para
aquecer rápido,
Mesa do Paulo Fernandes que foi inspirada nestas
duas, é mais leve com alumínio de 3mm para uma
Prusa

10/03/11--17:56: Correias X 0 0
Barras Roscadas

Este post começou como uma simples pergunta na nossa lista de


discussão. Eram apenas umas respostas simples e conforme as dúvidas

30 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

continuava e cresciam, também apareceram acréscimos sugestões e


correções.

Vale a pena preservar isto aqui, críticas e mais perguntas são bem vindas
e que vamos procurar complementar onde necessário.

Correias X Barras Roscadas

A polia vai produzir maior velocidade e a barra


roscada vai dar maior resolução.

Correia

Usando Correia, o acionamento do carro é mais direto,


polias menores produzem maior resolução. Na Prusa,
por exemplo, a resolução é 0,13mm/meio_passo. O
cálculo é simples:
passo_da_correia*número_de_dentes_na_polia/400_meio_passos

Micro passo não melhora muito (veja abaixo). Essa


resolução é ok para peças grandes, algumas pessoas
tentaram fazer placas PCI ou peçinhas menores e não
dá um bom resultado.

Barra Roscada
Usando Barra Roscada há uma grande desmultiplicação,
isso dá uma resolução maior. Por exemplo, na minha
mesa XYZ eu tenho 1,27/200=0,006mm/passo, a
fórmula é: avanço_da_rosca/200_passos. Isso é mais
que suficiente para qualquer operação, inclusive para
fazer placas SMD. Essa resolução é grande demais,
porém não existe uma solução barata intermediária.

O ideal seria o passo da rosca entre 3 e 5mm, nas


máquinas profissionais isso é feito usando fuso de
esferas recirculantes ou rosca trapezoidal que são
beeeem mais caros. Reduções/multiplicações com
engrenagens/correias para acionar a barras roscada
são complexas para equipamento simples porque
produzem atrito e/ou folga e acabam se tornando caras
para um desempenho razoável.

Na Barra Roscada, realmente é necessário usa uma


porca "tira-folga". Depois de uma ampla pesquisa
(perguntei ao Jorge...) cheguei numa solução simples e
adequada para pequenas implementações como
RepRaps, veja aqui (3ª parte).

Força

31 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

A barra roscada tem muito mais força devido à grande


redução, por isso é frequentemente usado no eixo Z
que precisa levantar peso. Uma barra roscada bem
amaciada tem um eficiência mecânica de no máximo
20% enquanto que os sistemas de polias "devem" ter
um eficiência em torno de 80%.

Para um motor de 4kgf.cm (40kgf.mm) com uma barra


roscada de 1/4" com passo de 1,27mm a força
disponível é:
eficiência*2pi*torque/passo=20%*2*pi*40
/1,27=39.6kgf

Paro o mesmo motor de 4kgf.cm com polia de 10


dentes e passo da correia XL de 5,08mm (como na
Prusa), o "raio primitivo" é:
n_dentes*passo/(2pi)=10*5,08/2/pi=8,1mm, a força
disponível é: eficiência*torque/raio=80%*40
/8,1=3,95kgf.

Mecânica
As duas soluções são razoavelmente simples, mas
ambas tem seus problemas.
A barra roscadaé simples de implementar e uma vez
alinhada funciona bem e é repetitiva mesmo nas
versões mais simples, porém para desempenho
razoável precisa ter eliminação de folga axial. Quase
todos os motores de passo têm um eixo que se
movimenta longitudinalmente cerca de 1,5mm.
Já com correia dentada os problemas são geralmente
causados pelo atrito que é gerado devido às elevadas
forças radiais, se a correia não estiver bem esticada fica
mole/folgado mas se esticar bem fica duro e difícel de
movimentar, isso é agravado pela menor força
disponível. As polias também podem ter folga com os
dentes da correia e o projeto é difícil de ajustar.
Nas versões profissionais usam-se fuso de esfera e
polias comerciais de precisão com rolamentos
adequados, lógico que tudo é caro.

Velocidade
Motores de passo têm uma limitação natural de
velocidade que é medida em
numero_de_passos/segundo ou kHz, isso se manifesta
como uma diminuição do torque quando a velocidade
aumenta. Para contornar esse problema é preciso de
um driver muito melhor e que utilize uma tensão muito
maior. Hoje, na minha mesa XYZ, com barra roscada e
um driver chines barato com 24V, eu consegui
aproximadamente 20 a 25mm/s (6kHz). Os drivers
usados pelas diversas RepRaps são mais simples e
usam 12V, com certeza as velocidades seriam menores.

32 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Micro-passo
Estes poderiam teoricamente melhorar a resolução do
sistema que usa correias e conseguir velocidade e
resolução simultaneamente, porém na prática não é
bem assim, existem muitas limitações. Nem todos os
drivers são bons para micro-passo, alguns motores são
otimizados para micro-passo mas não é o caso desses
comuns que conseguimos comprar. Mas o pior
problemaé que o erro de posicionamento de um motor
de passo é grande e não melhora com micro-passo,
isso é medido como o erro da posição do eixo relativo à
posição desejada e é causado pelo atrito e pela
inércia.

Drivers Melhores
Estes são bem mais caros mas podem acionar o
motores em velocidades maiores.
Não pretendo explicar como um bom driver pode usar
uma tensão alta para melhorar o desempenho de um
motor de passo, mas é interessante notar que os
fabricantes não especificam mais a tensão dos motores
e sim Corrente e Resistência. Digamos apenas que a
bobina de um motor de passo tem uma indutância
muito alta e que esta precisa ser comutada/invertida
muitas vezes por segundo (kHz), isso não é fácil mas
pode ser feito. Esta é uma das grandes limitações do
uso de motores de passo pois o limite da rotação é
medido na capacidade de comutar as correntes nas
suas bobinas. Isso não é ineficiente porque esses
drivers são semelhante a fontes chaveadas.

10/25/11--11:01: Encontro de 0 0
Prusas, dia 23/outubro/2011

Ontem tivemos um encontro muito interessante na Masmorra, além de 3


Prusas presentes estavam: Alexandre "Tabajara" Souza, Anderson Cunha,
Josenivaldo Benito Jr., Eduardo Montanaro, Fábio Gilii, Francisco
Rodrigo, Henrique Muringa, João Paulo Claro (JotaPê), Jorge Lourenço
Jr., Kiko Escultor, Luis Viola, Guilherme Alaia e eu, Alain Mouette.

Aguardo os links das fotos dos outros participantes que tiraram fotos para
postar aqui...

Fotos do Taba: aqui, inclusive uns filmes muito interessantes...


Vídeos do Benito: aqui do Motor V8 com movimento (impressão do
Henrique), e aqui do apito,

33 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Esta foto tipo panorâmica mostra um pouco o tinhamos


lá, de baixo (perto) para cima (longe). A foto está em
alta resolução, clique para ampliar:

A Prusa do Henrique, que estava funcionando legal,


essas peças todas laranja que estão sobre a mesa
foram impressas por ele.

A Prusa do Gulherme, que foi pego de surpresa no meio


de uma reforma geral e não estava completa.

Depois, está de lado a do Anderson, que ainda Motor


V8está numa fase final de montagem, começando a se
movimentar. Ele está usando motores comprados na
Sta.Efigênia, estou curioso para ver os resultados.

Ao fundo, em azul tão criticado estava a minha mesa


XYZ apenas para os que não conheciam.

34 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Lá no fundão, não visível, está a impressora do grupo


de estudos. Depois de alguns percalços como fonte
queimada, pudemos mostrar ela funcionando.

Eu achei muito interessante conhecer essa máquina que


é comparativamente mais simples e produz resultados
muito bons.

Parabéns a todos os Pruseiros...

11/15/11--13:23: Montagem do 0 0
Bloco Aquecedor

Desde o primeiro bico do Extruder que nós fizemos, fiquei devendo os


detalhes da montagem do Bloco Aquecedor. Veja a fabricação do bico
aqui.

A montagem é extremamente simples, basta colocar o resistor e o


Termistor... mas como tudo isso vai operar a 240°C, fica bem mais
complicado, por isso este tutorial que pode evitar muita dor de cabeça.

AVISO: 240°C é muito quente, CUIDADO!

Preparação dos Componentes

Resistor 5R6 5W, não é o mesmo que o inglês, este é


muito mais fácil de comprar. A maioria das pessoas usa
6R8, só use o menor se tiver certeza que a fonte e o
circuitos aguentam.
Termistor 100k 1,5mm. Este da Mouseré bom e barato
$0.79, além do que nós levantamos a curva dele para
maior precisão.
Espaghetti de fibra de vidro: esse resiste a muito mais
altas temperatura que o necessário, mas não existe
alternativa mais prática no nosso mercado. Foi
comprado na Casa Ferreira e também é barato.

35 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Esse espaghetti de fibra de vidro desfia completamente


quando é cortado, então a primeira coisa a fazer é
medir e enrolar um pedaço de fita Kapton onde será
cortado. A fita vem da china, da DX.

Cortando no meio da fita, as duas pontas ficam


protegidas.

Lembre-se que essa fita é a única que resiste às


temperaturas elevadas do Extruder, nem a cola
deteriora! Em combinação com a fibra de vidro, temos
uma solução que vai durar para sempre, por isso vale a
pena caprichar...

Coloque os espaqhettis preparados com cuidado nos


componentes, girando devagar.
Atenção: o fio do Termistor vem protegido por um
verniz que provavelmente não vai resistir muito tempo.

Montagem

36 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Como o resistor e o furo do bloco não têm o mesmo


diâmetro exato, é preciso preencher o espaço com
algo que transmita co calor.

O resistor é usado 12V²/5R6=26W, ele só resiste se


essa potencia toda for transferida para o metal.

A pasta térmica precisa ser misturada com Carbureto


de silício que é condutor térmico e isolante, para melhor
condução de calor com camada espessa. Achei na
Florêncio de Abreu, 296 (Pires Fontoura). Achei na
granulação M320, talvez M1000 (mais fino) fosse
melhor.
Novo: achei na Poligemas com M2500 R$50/1kg.
Eu

misturei o máximo de pó possível, evitando que fique


grosso demais.

É importante inserir o Resistor com pasta antes e


enquanto vai pressionando, para não haver bolhas de
ar.
Todo o espaço interno tem que ser preenchido.
Limpe bem para ter boa adesão. Acomode os fios,
cuidado com a proteção dos fios do Termistor.
Considere que a proteção original dele não é eficaz.

37 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Coloque uma fita Kapton transversal para segurar os


fios do Termistor (precisei fazer 3 vezes para ficar ok).
Depois coloque mais duas fitas longitudinais para que
tudo fique bem firme.

Ao Soldar os fios, passei Fita Kapton (mais larga) por


cima do termo-contrátil porque este não resiste à
temperatura e os fios do resistor são muito curtos.

Como usei Flat, 4 condutores para cada ponta do


Resistor...

Bom, espero que isto ajude algumas pessoas, é um


processo cheio de detalhes mas é rápido para ser feito.

Acho que levou mais tempo para fotografar e fazer o


Blog do que para montar o Bloco :)

38 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

12/22/11--08:39: Encontro dia 0 0


17/12/2011

A turma toda alegre e reunida de novo!


Como não foi possível o encontro na Masmorra, o Alexandre "Tabajara"
Souza conseguiu alugar o salão de seu prédio e foi muito agradável.
Estavam presentes, se bem que não todos juntos: Taba, Alain Mouette,
Guilherme Alaia, Anderson Cunha, André "Renesas" Oliveira, Luis Viola,
Pedro Melo, Rodrigo "Pitanga" do Garoa Hackerspace, Leandro... e Alain
Mouette. Quem era esperado e não apareceu foi o Hradec que tinhamos
grande interesse em conhecer.

Tivemos também a presença do instrutor do Personal Paquera, mas isso


é fofoca...

Conversamos sobre RepRaps, trocamos informações, ajudamos uns aos


outros, nada muito específico, mas foi muito agradável.

Alguns têm o dom de atrair a atenção para o que


fazem... isso acontece naturalmente!
O Anderson, para variar, brigando com ajustes de sua
máquina. Até eu tentei ajudar com o osciloscópio
DSOnano, mas era só um parafuso solte e não achei...

(eu só estava querendo descobrir se esse DSOnano


serve para alguma coisa, até agora nem tanto)

39 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

gente se divertiu bastante, alguns até exageraram!


Acho que ele estava tentando compensar que perdeu o
churrasco porque parou para fazer um lanche no
McDonalds, hehe!

40 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Warnning: Do NOT Get Caught While


Searching!!
Your IP : 187.2.226.1 - Country : Brazil - City: Taubate
Your ISP TRACKS Your Online Activity! Hide your IP
ADDRESS with a VPN!
Before you searching always remember to change your
IP adress to not be followed!
PROTECT YOURSELF & SUPPORT US! Purchase a VPN
Today!

01/30/12--14:55: Encontro dia 0 0


29/1/2012

Foi um ótimo encontro com churrasco, num lugar muito agradável, o


condomínio do Anderson, que se revelou um excelente anfitrião
recebendo o grupo pela primeira vez.
Estavam presentes: Alexandre "Taba" Souza, Anderson Cunha e Fabiane,
André "Renesas" Oliveira e Renata e Aline, Aylons do Garoa-GHC, Fábio
Gilii, Henrique (churrasqueiro) e Sonia, Jorge Lourenço e Ruth, Mauro
Regina, Rodrigo Reis (milhouse) e Juliana, Sergio? (colega do Mauro),
Alain Mouette.
Haviam 6 amigas simpatizantes do grupo, mas na hora da foto uma fez
questão de se esconder atrás da câmera e 3 outras desapareceram...

Vídeo do Rodrigo sobre o encontro, com as máquinas


funcionando.

Veja todas as fotos do Rodrigo.

CNC do André que logo vai virar RepRap :)

Essa mecanica é muito interessante chamada Zen


Toolworks CNC, toda e PVC, veja aqui.
O Rodrigo está começando um Prusa também, e já
está muito boa.

41 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Esta é uma Prusa versão2, e ele comprou as peças do


Muringa...

O pai do Rodrigo trabalha com impressoras 3D


profissionais e ouvi o seguinte comentário dele: "a

42 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

qualidade destas peças já superou a das


a
profissionais...". isso sim que é elogio!!!

O Blog dele está meio atrasado, mas é aqui...

A Prusa do Anderson agora está bem melhor, toda


convertida para versão 2, com RAMPS 1.4.

Quase funcionou, apenas o parafuso tracionador que


estava patinando.

Fotos aqui.
E a minha MesaXYZ (Alain) que finalmente está
imprimindo!

Ela tem seu blog próprio.

43 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

única tristeza é que ficou muito complexa, eu queria


fazer uma coisa simples mas acho que sou incapaz
disso... mas vou continuar tentando.

O Aylons que me ajudou bastante com dicas do


Skeinforge para melhorar a impressão.

Veja abaixo a nossa evolução (não fiz sozinho), a


mesma peça de 6/julho/2011 => 29/jan/2012
Pode não parecer, mas é a mesma peça...

Esta máquina do Mauro que me chamou muito a


atenção. É uma Orca 0.3 que ele fez toda com peças
feitas em sua CNC.

Esse projeto é muito interessante, muito bem


estruturado e fácil de regular.

Tem muitas fotos aqui.

44 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

02/20/12--12:04: Bico do 0 0
extruder - gen4

ATENÇÃO: a parte funcional deste Bico Aquecido já está bem


testada e aprovada, esta é a parte de aquecimento e bloco te PTFE
em contato direto com o filamento.
Porém a estrutura mecânica de apoio ainda é nova e está sendo
testada. Assim que mais informações estiverem disponíveis
informarei aqui mesmo...

O desenho mecânico das peças será divulgado assim que o


protótipo for testado.

O primeiro bico foi comprado


no eBay e funcionou muito mal,
vejam aqui: Encontro do dia
28/novemro/2010. Ao
esfriar, o filamento ficava preso
dentro do bico e não conseguia
mais aquecer. Também em
pouco tempo o bico foi
arrancado do PTFE porque a
pressão é muito grande.

45 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Fizemos um segundo bico, Novo Bico da Extruder -


Atibaia que funcionou, com vários problemas mas
conseguimos fazer as primeiras peças com ele. A
fixação só funcionou com aquela madeira
"Maçaranduba" que não se encontrou nunca mais, além
de outros problemas menores.

O Bloco aquecedor foi definido nessa época,


funcionou bem e continua até a última versão. Apenas
uma pequena melhora foi incluída.

O terceiro bico não ficou bom... nem publiquei blog


com ele. Foi uma tentativa de usar um tubo de PTFE
dentro de uma peça de outro material, substituindo a
barreira térmica.

Este bico gen4, passou por muitas modificações, mas


agora está funcionando bem. Talvez ainda seja
aperfeiçoado, mas já tenho confiança na versão atual.

Descrição simplificada de um Extruder

filamento entra por cima e é empurrado para baixo


pelo tracionador. Esta força é muito grande e ficam
pequenas marcas no plástico ao pressioná-lo contra o
rolamento de apoio.

O filamento entra no bico aquecido frio e deve

46 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

chegar a temperaturas muito altas em pouco tempo. O


mais comum é 0.5mm na saída do bico.

O bloco aquecedor mantém 230°C para ABS e um


pouco menos para PLA.

A barreira térmica tem que evitar que o calor chegue


até o mecanismo do extruder, além de guiar o filamento
e fornecer apoio mecânico.

Ainda deve existir algum outro apoio mecânico. A


pressão interna do bico é muito grande e se não for
bem fixado haverão vazamentos.

Peças do Bico aquecido


O que nós fizemos foi feita apenas adaptar projetos
bem tradicionais de RepRap, principalmente o
extruder do Adrian Bowyer e uma antiga variante
da Mendel Parts. Os desenhos da MendelParts não
estão mais lá, mas é possível ver detalhes aqui.

Foram feitas apenas pequenas alterações, visando


principalmente facilidade de fabricação com os recursos
que temos disponíveis, eliminadas roscas, usados
componentes mais fáceis de encontrar, etc...

O
bico
deve
ser

longo o suficiente para poder esquentar bem e rápido


o plástico.

Bicos muito curtos não são bons para velocidade de

47 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

extrusão maiores. Alguns recomendam até aumentar a


temperatura conforme a velocidade, o que só gera
dificuldades. A temperatura de operação para ABS é
230°C.

A forma foi reduzida ao extremamente simples. Não há


pontas intercambiáveis, o resultado é muito melhor
trocando o bico, o que não é tão difícil de fazer.
A

parte traseira do bico é bem simples, ele apenas


encaixa no bloco de PTFE.

O furo central é de 3,5mm, um pouco mais que o do


PTFE para garantir um fluxo sem problemas. Está
preenchido de plástico preto que foi usado nos testes.

Não é bom ter um tubo de teflon por dentro da parte


onde ocorre o aquecimento pois o PTFE é isolante
térmico prejudica a transmissão de calor.

O bloco de PTFE é conhecido com "Barreira Térmica".


Sua função é apoiar o bico aquecido e evitar que o calor
cheque até o corpo do Extruder.

Na base exite apenas um encaixe para o bico. O furo no


centro é de 3,2mm para garantir que o filamento nunca
fique apertado.

No primeiro extruder que compramos (eBay) os


diâmetros estavam errados e o filamento travava, veja
aqui a explicação.

48 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Fizemos várias experiencias, o latão dentro do


PTFEé mais simples de fazer, menos delicado e mais
estável mecanicamente.

O ideal é que o bico fique bem ajustado ao PTFE


para diminuir vazamentos.
A

parte Superior do PTFE tem um rebaixo para encaixar


no bloco intermediário superior.

O furo de entrada é escariado cônico para facilitar a


entrada do filamento.

49 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O rebaixo intermediário era para encaixar direto no


Extruder, mas assim a fixação era muito mais difícil.

(A peça foi alterada à mão, por isso tantas imperfeições


visíveis)

problema encontrado em muitos Extruders é que o


PTFE se deforma com a temperatura tão alta e
pressão alta.

Para isso foi acrescentado um Tubo de Alumínio na


região crítica. Esse tubo é fácil de comprar como "Varão
de Cortina" com 19mm de diâmetro e parede de
0,8mm.

Muitos já usaram soluções improvisadas para isto, veja


aqui, aqui (tem mais, vou encontrar)

O PTFE precisou ter o diâmetro aumentado e deve


entrar justo, depois ele se expande e se adapta
exatamente, só sai depois porque não há atrito...

Novo: Tem mais gente com a mesma ideia, veja aqui.

O bloco aquecedor foi levemente alterado em relação


àqueles de onde copiamos.
A Rosca foi eliminada, agora ele é prensado sobre o
bico.

50 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

resistor foi alterado para 5W, muito mais fácil de


encontrar por aqui. Pode ser de 6R8 (ou 5R6 para ter
uma reserva). Também o Termistor está do lado
oposto ao resistor, isso melhora o controle PID.
Veja a montagem com instruções detalhadas aqui.

Uma
alteração
que
começou
como

puramente estética, acabou se revelando um recurso


muito útil:

O parafuso é usado para apertar o bloco sobre o


bico. Depois de um tempo de operação o bloco
aquecedor fica grudado no bico.

O parafuso de fixação pode se tornar um extrator. É


só retirar o parafuso e inserir pelo outro lado, com uma
lamina de aço (serra ou estilete) na fenda, então ele
pressiona a lamina sobre o lado oposto, expandindo o
bloco aquecedor. Assim fica fácil a retirada...

51 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Vista das peças funcionais que compõe o Bico...

Detalhe de fabricação os encaixes devem que ser


justos:
* bico => bloco aquecedor
* PTFE => bico
* PTFE => tubo externo
O ideal é usinar o bico ajustado ao bloco e o PTFE
ajustado aos dois outros

Vista do conjunto.

Observe que conectei com um flat, usei 4 fios em


paralelo para o resistor de aquecimento...

O Filamento dentro do Bico

52 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O filamento passa por várias etapas conforme vai sendo


empurrado pelo bico, algumas raras vezes consegui
retirar o plástico inteiro e isso se mostrou muito
educativo, veja por partes:

A: aqui ele ainda está dentro do extruder, dá para ver


as marcas deixadas pelo trator. É muito importante
que o trator tenha bordas bem afiadas para produzir o
máximo de força para baixo com o mínimo de atrito.

B: este é o limite até onde o filamento foi sem


amolecer e portanto, sem aumentar de diâmetro.
Existe apenas uma folga de 0,2mm dentro do PTFE.

C: nesta parte o plástico amoleceu, talvez não


totalmente, mas o suficiente para aumentar de diâmetro
sob pressão. É importante notar que a pressão é tão
grande que pressiona o PTFE para fora. O tubo de
alumínio é necessário para evitar a dilatação, o PTFE
nessas altas temperaturas é bem menos resistente à
deformação. Mesmo com um pouco de dilatação, é
importante que que mantenha o diâmetro inferior ao do
bico para evitar travamento, existe um estudo aqui
sobre isto.

D: é o limite entre o bico de latão e o PTFE.


Sempre haverá alguma descontinuidade aqui, por isso é
importante que o bico não seja refrigerado nesta
região. É por aqui que acontecem os vazamentos, a
pressão do bico contra as partes superiores tem que
ser bem grande para evitá-los.

E: dentro do bico de latão. Aqui o plástico está


completamente derretido, a temperatura vai
aumentando ao longo do caminho. O bico deve ser
longo o suficiente para que a temperatura final seja
sempre a mesma independentemente da velocidade.

F: é a saída do filamento, um furo de 0,5mm é o


mais usado atualmente mas outras alternativas são
possíveis. Para furos bem menores, como 0,25mm
recomenda-se usar filamento de diâmetro menor
(1,75mm) ou as pressões aumentam excessivamente.

53 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Suporte Mecânico
Foi difícil achar um material para fazer o suporte
inferior. O primeiro usou um bloco de madeira
"Massaranduba" que o Fabio Gilii forneceu e ficou bom,
mas essa madeira está extinta. Depois experimentamos
outras madeiras e até Celeron, nenhum resistiu. Um
bloco de "Peroba Rosa" funcionou, mas só com dois
apoios opostos.

Finalmente encontrei um material bom, é um


compensado feito para piso com 8mm. É feito com
madeiras de primeira e colado com adesivo PU (??),
ainda vem laminado com um acabendo muito bonito.
Quem fabrica é a Assoalhos Monet, que me forneceu
um pedaço de amostra (pequeno para eles, enorme
para mim).

Depois de experimentar muitas soluções, a que


funcionou bem foi esta. São vários requisitos difíceis de
conciliar.

* segurar o bico pressionando firmemente para cima


* resistir à temperatura de 230°C do bico
* não transmitir o calor para o extruder que é plástico.
* resistência mecânica e facilidade de manutenção.

a solução final foi inspirada no bico da Lulzbot que é


muito mais complexo, veja as fotos do Anderson.

Esta parte onde ainda tem que evoluir, nem tudo está
bem resolvido, quase...

54 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

disco inferior é o apoio do bico de latão.


Usando 3 parafusos para a fixação fica muito mais
estável e também distribui melhor a força (sugestão do
Anderson, é bom ter um eng. civil entre nós...).

O diâmetro externo é o maior possível mas passa


folgado no furo da mesa padrão.

O furo no centro ficou levemente carbonizado mas isso


estabiliza e não continua.

Dá para ver na foto que furo foi aliviado por


baixo para diminuir a transferência de calor do bico
para o apoio.

suporte superior não é muito comum, mas resolve


vários problemas. Vi pela primeira vez no bico da
Lulzbot, existem vários blocos acopladores semelhantes
no Thingiverse para facilitar oa montagem do extruder
à mesa.

No centro vai o PTFE, ele foi rebaixado para apoiar


firmemente por baixo.

55 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Os 3 furos volta do centro correspondem ao furos do


disco inferior. Os demais furos: C para prender ao
Carro, E para o Extruder, Xé sobra dos testes.
Lembrando que o "Wade's Extruder" tem os parafusos
5mm fora de centro.

Os parafusos têm que ser do tipo "cabeça chata" e a


peça deve ser escariada pois não existe espaço nem em
cima nem embaixo para a cabeça desses parafusos.

OBS: estas peças foram feiras à mão com uma tico-tico e uma furadeira hobby, por isso
têm tantas imperfeições...

parafuso usado não pode ser de uma única peça


devido à cabeça chata no lado superior.
Como eu tinha disponível espaçadores de latão com
rosca interna de 3mm, usei também barra roscada e
parafusos de cabeça chata de 3mm.

Vista do Suporte Montado.

Os 3 parafusos têm que ser bem apertados e depois


travados com as contra-porcas. Se vazar, desmonte e
limpe bem antes de remontar mais apertado.

Desta vez eu montei com uma Arruela M8 a mais para

56 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

distribuir melhor a área de apoio e transferência de


calor. Na próxima vez pretendo incluir também uma
arruela de PTFE com 2mm para melhor isolação
térmica.
O PTFE
atravessa o
Suporte
Superior.

Deveria
ultrapassar
10mm, esse é
o furo que já
existe no
Extruder
Wade. Porém
como este
protótipo foi
sendo
adaptado
progressivamente, isto ficou faltando...
Para guiar o
filamento na
saída do
Extruder, eu
imprimi um
adaptador.
Apenas um
cilindro por
fora de 16mm
x 10mm de
altura. Por
dentro está
adaptado à peça atual.

(Faltou o escariado que fiz à mão depois da foto).


PRONTO!

Finalmente, o conjunto todo!

O Suporte Superior fica na base do Extruder e funciona


como apoio e ele ficará mais alto. Na Prusa é uma
vantagem assim não pega na correia...

Veja que os parafusos de fixação na Mesa já têm que


estar colocados, eles ficarão prensados contra o
Extruder.

Os parafusos aquecem ainda levemente, medi entre 50


e 60°C, mas como não exercem pressão sobre as
peças de plástico do Extruder isso não é problema,
mesmo para o PLA.

57 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Aquecimento
Depois de
algumas
horas
operando e
imprimindo,
anotei as
temperaturas
com um
termopar
(usando pasta
térmica no
local):
215 num furo
ao lado do
termistor
170 na
superfície do
bloco
aquecedor
178 na parte superior do bico
58 no apoio de madeira
66 no parafuso embaixo
55 no parafuso por cima (na cabeça)
62 no PTFE bem em cima
43 no apoio superior

O parafuso a 55°C ou um pouco mais e sob pressão


talvez deformasse o extruder, mas apenas encostado
não pode causar danos.

58 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O PROJETO

Atenção: ainda não foram feitas todas os testes nas


peças definitivas. Assim que estiver disponível uma
versão testada em todos os detalhes eu posto aqui.

Neste desenho há uma arruela de PTFE que deve


melhorar o comportamento térmico, mas eu não tive
ainda a oportunidade de testar.

O Desenho será divulgado assim que o protótipo tiver


sido bem testado. Qualquer um que queira colaborar
na elaboração do protótipo, por favor entre em contato,
ou com comentário ou na nossa lista.

O caminho foi cheio de Erros...

Algumas fotos dos erros a acidentes de percurso,


infelizmente a maioria nem saiu na foto...Algumas fotos
dos erros a acidentes de percurso, infelizmente a
maioria nem saiu na foto...

click na imagem...

59 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

© Alain Mouette 2012, soba licença GPLv2.


Resumindo: pode copiar, pode vender, mas o nome do
autor e todos os colaboradores deve sempre ser citado.
Baseado no projeto Adrian's Geared Extruder, que
também é GPL.
Qualquer distribuição com alteração de peças ou
documentação deve ser documentada e estará também
sujeira à GPLv2.
Veja também a Free Software Foundation.

04/28/12--19:21: Refazendo o 0 0
Trator do Extruder na Mesa XYZ

O extruder da minha Mesa XYZ deu problema e tive que reafazer, está no
Blog na minha impressora. Estou apenas postando um lembrete aqui

60 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Aproveitei e acrescentei detalhes e um vídeo.

Vejam em Refazendo o Trator do Extruder.

05/31/12--16:12: Placa para 0 0


RepRap - Gen7 nacional

Muitos perguntaram na lista e mais ainda desejaram...

Esta versão está obsoleta, por favor vejam a versão BR2.

Gen7v1.2-BR1

Não inventamos nada e fizemos do jeito mais fácil. É


uma derivação da Gen7 versão 1.2, por Traumflug,
que até essa versão usava a licença GPL, veja no
site.

O modelo que nós utilizamos não é exatamente aquele,


é um outro trabalho derivado daquele mas feito no
Eagle. O autor dessa versão é desconhecido, se alguém
descobrir informe aqui para dar os devidos créditos.

O Diego Soares editou os arquivos do Eagle e teve


paciência de aguentar meus palpites
O Rodrigo Damasceno achou um arquivo em Eagle
Eu só revisei as Alterações, icentivei e perturbei
bastante. Na verdade eu que menos fiz até agora.

O importante é que fizemos as correções que o próprio


autor indica no site. Infelizmente tem outras
modificações, mas acho que deve ser possível
acompanhar a montagem pela original. Veja os

61 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

detalhes:

A placa é face simples e fácil de fazer. Pode ser feita em


casa.
Usa drivers Pololu ou a variante StepStick encontrável
em outros lugares.
tem a saída de FAN, o cooler para a peça sendo
impressa

Roda todos os firmwares: Marlin, Repetier, Sprinter, etc


Esta variante tem uma entrada extra com um regulador
de 5V que não tem na original.
Existe uma lista de material no GoogleDocs. Os que
forem montar, por favor me peçam para incluí-los e
assim podem participar aprimorando-a.

Eu estou à disposição da primeira pessoa (apenas a


primeira) que aparecer aqui com uma placa montada
para debugar e corrigir o projeto.

ATENÇÂO CUIDADO: Este projeto ainda não foi


completamente conferido e muito menos testado. Para
os mais temerários dispostos a serem cobaias, aqui
está o arquivo do projeto. Aos demais sugiro um
pouco de paciência, em breve teremos uma versão ok
desta placa.

O Diego fez mais algumas adaptações, principalmente


aumentando as ilhas. Aqui está o novo arquivo do
projeto. (imagem abaixo atualizada)

62 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

06/04/12--15:49: Retorno dos 0 0


Testadores do Bico do Extruder -
HotEnd

Depois de algum tempo em teste em vários participantes do nosso grupo,


podemos considerar que o nosso Bico do Extruder foi um sucesso!

Estes bicos foram feitos com a ajuda do Lolata para as peças de madeira
feitas em sua CNC e as demais no "Torneiro de Sorocaba". Eu mesmo
montei cada bico e tive que fazer ajustes individuais pois houve muita
variação nas peças torneadas. Foram feitos 10 bicos e todos ainda não
foram distribuídos.

Os custos destes bicos foram rateados conforme esta planilha.

Os testadores foram:
Paulo Fernandes - montou direto na máquina que estava fazendo pela
primeira vez. Veja o Blog dele aqui.
Anderson - Trocou o Budaschnozzle que ele tinha pelo nosso
Lynx - tem uma SeeMeCNC cujo bico havia derretido
Eu (Alain) - ainda estou com a versão protótipo, idêntica ao novo, mas
feita à mão com peças adaptadas apartir do bico feito pelo Fábio Gilii.
Muringa - novo: já está usando o bico há dias sem problemas no PLA,
precisou de força maior no ABS.
João Paulo - não terminou a máquina ainda
Acompanhe os demais testadores nesta planilha.

Eis um apanhado do que me reportaram sobre o bico:

Filamento na Saída do
Bico: segundo o Anderson,
o filamento sai muito
mais uniforme que
do Budaschnozzle. Isso
provavelmente se deve ao
canal de saída ser mais
comprido, entre 4x e 5x o
diâmetro enquanto o
outro era bem mais curto.

Vazamento: o Paulo
desmontou antes de usar e
não apertou direito,
reapertou e não vazou
mais. O re-aperto é muito
importante e precisa ser
feito depois de algum
tempo de uso porque ocorre
uma acomodação.
Na verdade, o meu é o que
mais deu problemas, as
minhas peças não
encaixavam bem...
NOVO: o Paulo (só ele) teve vários vazamentos com PLA
(não com ABS), ele implementou o anel na traseira do
Bico que se crava no teflon e não vazou mais.

63 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Deformação do Apoio
Inferior: O Paulo foi o
único que reportou
deformação grande e isso
provavelmente está
relacionado à maneira
como ele envolveu o bloco
aquecedor. Com isso o
apoio aqueceu muito
mais.
A nova idéia, do
Roberto(rj), de envolver em Teflon de encanador parece
que funciona muito bem e evita esse problema.
Também ficou claro, pela experiencia do próprio Paulo,
que após uma deformação inicial, a deformação
estabiliza. Portanto pára de deformar.

Montagem: só o Lynx teve


dificuldade, mas o que ele
fez foi um verdadeiro
malabarismo. A máquina
dele é completamente
diferente... Ele também teve
dificuldade para retirar o
bloco aquecedor do bico de
latão porque depois de
algum tempo e devido à
oxidação. Ele não usou o
bloco no modo extrator
(foto) que deveria ajudar
com esse problema. Mas em
todos casos ficou claro que o bico resistiu ao uso da
força...

Fiação: só o Lynx teve problema dos fios desconectarem


ou de-soldarem, pode ter sido azar, mas provavelmente
está relacionado às varias manipulações que ele
precisou fazer.

Força para extrusão: o Anderson precisou trocar o motor


(que era só de 1kgf.cm) por um maior (apenas
1,5kgf.cm), isso é explicado por ter um canal mais
longo e portanto maior atrito. O Lynx também teve que
aumentar a pressão do extruder. Novo: Eu também tive
problemas de força na versão nova, o canal de saída
estava maior que o especificado. Eu furei e reduzi a o
canal de saída para 1mm e reduziu a força a níveis
razoáveis. Os novos serão assim.

Sobre-aquecimento: o Paulo teve um acidente em que a


temperatura indicou 480°C. Mesmo que a temperatura
real não tenha chegado nem perto disso, depois disso o
filamento passou a não fluir tão bem. Já vi referências a
carbonização do plástico e será provavelmente
necessário uma limpeza com uma broca para remover os
resíduos. Fora isso, nada aconteceu!

Suspeitas: muitas foram as suspeitas, mas sempre foi

64 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

encontrado outro culpado que não o bico, ufa...!

E agora?

ainda não foram distribuídos os 10 bicos protótipos,


estão disponíveis para quem estiver em condições de
teste imediato (ou quase) e garantir que faz relatórios
do uso.
Já estamos providenciando juntamente com o LucianoG
e o João Paulo a fabricação de bicos em máquinas CNC
para os próximos interessados. Esses bicos terão as
pequenas melhorias relatadas acima.

Warnning: Do NOT Get Caught While


Searching!!
Your IP : 187.2.226.1 - Country : Brazil - City: Taubate
Your ISP TRACKS Your Online Activity! Hide your IP
ADDRESS with a VPN!
Before you searching always remember to change your
IP adress to not be followed!
PROTECT YOURSELF & SUPPORT US! Purchase a VPN
Today!

07/04/12--19:27: Sensor ótico - 0 0


OptoEndstop 3.2

Como vários amigos estão com problemas de Sensor ótico para suas
RepRaps tipo Mendel e Prusa, aqui está uma solução simples.

O circuito foi modificado do original da RepRap para ter exatamente o


mesmo funcionamento, porém com componentes nacionais fáceis de
encontrar (e mais baratos).

Esta placa foi feita em casa por mim, usando técnica de transferência de
toner e um laminador modificado. Veja as fotos do Laminador e outros
aqui.

Placa OES 3.2

A placa face simples e fácil de montar.

O acoplador ótico é o PHCT203 muito fácil de achar, por


exemplo aqui.
Para facilitar a conexão dos diversos tipos de placas
RAMPS/Sanguinololu/Gen6/Gen7/etc, foi usado um
conector de borne.

A placa é alimentada com

65 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

+VCC = 5Volts,
GND- = Terra = 0 Volts,
E a saída é em OUT

Quando a bandeira do
carro entra no sensor, o
LED acende e a saída vai
para 0V. O sensor então
é "ativo em zero" e o
firmware deve ser
configurado de acordo.

alteração que foi feita no circuito é a inclusão de um


transistor. Isto é aproximadamente o que tem no
sensor de 5 pinos.

Os componentes foram selecionados para que


praticamente qualquer sensor semelhante funcione
bem.

66 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Novo: Esquema ao lado com indicação das tensões


para ajudar no Debug (clique para ampliar).
Eu

imprimi o Silk na placa pela transferência de toner.

A linha pretaé um Jumper de fio,

O + do Ledé o fio mais comprido,

O sensor ótico tem uma dessas marcações AK/EC ou


+E/D+

Lista de Material se encontra aqui no


GoogleDOCS com links aos fornecedores.

Os Arquivos estão disponíveis para download aqui.


Estão incluídos arquivos do KICAD e PDFs de tudo.
Também incluí um conjunto de arquivos com 3 placas
juntas para facilitar a fabricação, já que sempre são
utilizadas 3 a mesmo tempo.

Conexões dos Sensores


Como as pinagens das diferentes placas é diferente,
aqui estão as informações de algumas delas.

RAMPS (página):

67 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

O pino GNDé no centro, marcado apenas "-" na placa,


o VCCé o de baixo marcado "+" e "S" é ou OUT do
sensor.

Os conectores da Ramps
ficam muito próximos, o
conector tem que ser do
tipo "MODU" (pretinho).

Da esquerda para a direita


os sensores são:
Xmin, Xmax, Ymin, Ymax, Zmin, Zmax

GEN7 (página):

Os

conectores da Gen7 têm as mesmas pinagens da


Ramps, mas os conectores são diferentes.

Os conectores são do tipo KK (branquinhos).

O centro (azul) é GND, o de baixo (verm.) é o VCC.

Sanguinololu (página):

Cuidado! a pinagem é diferente das outras. O VCC é no


centro, indicado com "+V" apenas.

Existe um problema extra aqui, o Jump SJ100 deve


estar do lado 5V para não sobrecarregar o Sensor e a
entrada da CPU.

Este jump fica por baixo baixo da placa e é


identificado como "STOP VOLT", fazer uma conexão de
solda entre os dois marcados "5V".

O jump errado vai queimar a CPU e não o sensor!!!

68 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Somente existem os pinos do Home, os de máximo não


têm conector.

Cuidado (de novo): o pino "1" aqui é em baixo. O


"SIG" é entrada de sinal, conectado ao OUT do sensor.

Licença
Este projeto é fornecido soba a licença GPL.
Copyright (c) 2012 Alain Mouette.
Você pode copiar, vender e incluir em outro projeto
aberto.
Se modificar deve publicar a documentação. Se
distribuir não pode eliminar o Copyright acima que deve
constar no manual, nem pode remover o nome
"bonseletrons.com" da placa.

Se ganhar dinheiro com este projeto, retribua!

69 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

07/10/12--16:00: Revista info 0 0

Na semana passada fizemos parte da reportagem da Revista Info sobre


RepRap.

Corram para as bancas ante que os RepRapers


comprem todas... vejam a página online aqui.

O Maurício entrou em contato conosco através da Lista


e conversou longamente com várias pessoas. Já
estávamos até ansiosos pela reportagem que foi adiada
duas vezes.

A reportagem é
excelente, agradou
muito às várias pessoas
com quem conversei.

A reportagem é clara,
informativa, citou as
fontes e também citou
nomes vários
participantes de nosso
grupo.

Veja a chamada na Capa


para a reportagem,
marcado com círculo
vermelho em cima à
esquerda.

Muito obrigado a Maurício Moraes, excelente repórter


(coisa rara hoje em dia).

Não sei quanto tempo depois de publicada a matéria


pode ser incluída aqui, mas quando e se isso for
possível, criarei um link.

Novo: leia a reportagem integral no site.

08/15/12--15:07: Placa Gen7BR 0 0


progredindo

Depois de aguardar bastante, eu resolvi fazer eu mesmo a primeira placa


Gen7v1.2-BR1. Foi muito bom porque pude verificar mais de perto todos

70 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

os problemas na fabricação e na montagem.

A placa como um todo está com trilhas boas e ilhas adequadas para uma
placa face simples. Apenas dois componentes precisam de retoques nas
ilhas.

Por falta de revisão detalhada, algumas conexões não correspondem à


pinagem original e foi preciso configurar no firmware, mas isso já está
sendo corrigido pelo Diego.

A parte que mais deixou a desejar foi o Driver da Mesa que aquece muito
e tem muitas perdas nas trilhas e nos conectores. Estou estudando
algumas pequenas alterações para melhorar isto.

Primeiro tive almas dificuldade com a programação do


BootLoader.

Meu programador USBasp parou de funcionar (bem na


hora...) então usei um "Arduino as ISP".

Ainda mais problemas eram causados pelo Ressonador


cerâmico. O Taba confirmou que no AVR é necessário
uma outra configuração, então está descartado.

Esta é a
placa

71 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

montada na impressora do Paulo Fernandes que teve a


paciência de vir aqui e trocar a placa dele pela nova e
ficar horas testando comigo.

E já funcionou com o Firmware Repetier com um


ATmega1284!

Foi um trabalho bem passo a passo, um dispositivo de


cada vez, configurando e testando...

SUCESSO!

Conseguimos fazer tudo funcionar e até imprimir uma


peça. Como toda primeira peça nos deixou muito
satisfeitos.

08/28/12--15:50: Placa para 0 0


RepRap Gen7BR2 - nacional

O nome oficial é Gen7v1.2BR2, segunda versão brasileira da versão 1.2


da placa Gen7. As versões posteriores da Gen7 não têm uma licença livre
para ser copiada e revendida.

NOTA: A Placa Gen7BRsubstitui ambas a Ramps e o Arduino. Não é a


única com essa filosofia, também são assim a Saguinololu, Gen6,
Printrboard entre outras. O enfoque da Gen7BR também é ser uma placa
fácil de fazer e de montar, com o máximo de componentes nacionais e
facilmente encontráveis.

NOTA2: A qualidade dos circuitos e os recursos desta placa são os


mesmos da RAMPS ou outra. A placa é dirigida para impressoras com
recursos padrão, isso permitiu um projeto apenas mais dirigido. Algumas
expansões como Sdcard e LCD são possíveis, mas não são padrão.

Veja o Blog da primeira versão e a página do original.

Quem fez todo o trabalho de lay-out foi o Diego Soares, eu só dei as


orientaçãoes mais conhecidas como palpites...

72 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Gen7BR2 funcionando (clique para ampliar)


Primeiro fizemos uma montagem completa da versão
BR1, A máquina está funcionando, com alguns ajustes.
Encontramos alguns problemas:

*) 4 pinos do chip estavam trocados, isso não permitia


usar a configuração padrão para Gen7
=> mudamos para a pinagem padrão para usar
qualquer firmware sem alteração.

*) O conector de HD é muito ruim de manipular e não


suporta a corrente da mesa
=> mudamos para o conector de 6 pinos de vídeo
PCI.

*) As trilhas não aguentavam a corrente


=> o conector de potência agora está encostado no
driver da mesa e as trilhas bem maiores

E mais:
*) A placa agora tem um regulador interno de 5V, e
pode operar com fonte de PC ou com uma fonte apenas
de 12 Volts.
*) A saída para a mesa aquecida usa um MosFET
muito mais potente que mal aquece com a mesa de
150W. Tecnicamente: tem um conversor de nível de
gate para 12V e o MosFET é um IRF1404 de 0,004
Ohms.

73 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Novo visual da Placa, já na revisão Gen7v1.2BR2b

Mais algumas mudanças com relação á BR1:

o conector dos Steppers é do tipo KRA, que parafusa e


encaixe, mas o mini-KREtambém serve.
Os conectores da Mesa e do bico são KRE, não
recomenda-se o KRA para a mesa aquecida.
o FAN (cooler) usa um driver mais adequado, BD137
que dá conta tranquilamente de 2 fans.
Tem duas saídas extra para coolers com tensão reduzida
para diminuir o barulho, coisa que incomoda a todos.
A Entrada de 12 Volts de potencia fica embaixo, bem
separada e tem duas alternativas de conectores.
O Mosfet da Mesa agora é muito maior e não aquece
tanto. Pode ser o IRF1404 ou o IXTP220N04T2, ambos
com fornecedor no Brasil. O conversor para 12V facilita
a escolha.

Os arquivos Eagle e todas as vistas em PDF (inclusive


negativo e gerbers...) podem ser baixados
aqui (versão Gen7v1.2BR2b).

A Lista de Material OnLine preliminar está nesta


planinha. Agradeçam também ao Cássio Santos pelas
atualizações.

O primeiro protótipo já está funcionando, estas são as


alterações da nova versão:

Gen7v1.2BR2b
corrigidos diâmetros de furos de alguns componentes
Resistor R14 tocava no dissipador e foi movido

74 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

várias indicações novas na serigrafia: polaridade dos


leds e eletrolíticos, jumpers, conectores e etc.
Regulador 7805 com dissipador fixados horizontalmente
na placa, ficou mais rígido

Montagem alternativa dos conectores para os FANs


(coolers) para KKzinho

01/29/13--05:17: AJGW - 0 0
Extruder aprimorado

Faz muito tempo que não escrevo... mas andei trabalhando na minha
MesaXYZ e na Tantillus.

Eu gostaria de postar para os amigos que seguem esta lista o link para o
re-projeto do Extruder que está no outro Blog, não deixem de ver:

AJGW - Extruder Aprimorado, na MesaXYZ

O projeto está publicado no Thingiverse


em http://www.thingiverse.com/thing:40642

75 of 76 02/10/2019 00:07
RepRapBR - Grupo de Estudo http://reprapbr1.rssing.com/chan-10619929/latest.php

Warnning: Do NOT Get Caught While


Searching!!
Your IP : 187.2.226.1 - Country : Brazil - City: Taubate
Your ISP TRACKS Your Online Activity! Hide your IP
ADDRESS with a VPN!
Before you searching always remember to change your
IP adress to not be followed!
PROTECT YOURSELF & SUPPORT US! Purchase a VPN
Today!

HOME | ABOUT US | CATALOG | SHOWCASE | CONTACT US | © 2019 http://www.rssing.com

76 of 76 02/10/2019 00:07

Você também pode gostar