Você está na página 1de 56

Italiano

Manual de Instalação

INSTALAÇÕES
q HOME LIFT

PAR 10991045

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 2
Doc. n° 10991045 PT
Parte geral Rev.0.1.8 - 22.04.2008

ÍNDICE
0 PARTE GERAL 2 4.2.1 CORRIMÃO 6
4.2.2 AVENTAL 6
0.1 INFORMAÇÕES INTRODUTÓRIAS 2
0.1.1 DOCUMENTAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO 2 5 PORTAS DE PATAMAR 2
0.1.2 TERMINOLOGIA E SÍMBOLOS UTILIZADOS 2 5.1 INSTALAÇÃO 2
0.2 SEGURANÇA DURANTE A INSTALAÇÃO 2 6 MATERIAL ELÉCTRICO 2
0.2.1 RECOMENDAÇÕES DURANTE A INSTALAÇÃO 2 6.1 QUADRO DE MANOBRA 2
0.2.2 EQUIPAMENTO 2
6.2 BOTONEIRAS 2
0.3 OPERAÇÕES PRELIMINARES 3
0.3.1 PREPARAÇÃO DA INSTALAÇÃO 3 6.3 LINHAS ELÉCTRICAS DA CAIXA 2
0.3.2 CONFORMIDADE DAS DIMENSÕES 3 6.3.1 LIGAÇÕES ELÉCTRICAS 2
0.3.3 DESCARGA E ARMAZENAMENTO DOS MATERIAIS 3 6.3.2 CABOS FLEXÍVEIS 2
0.3.4 ANDAIMES 3 6.3.3 CABOS DE CONEXÃO 2
6.3.4 ILUMINAÇÃO DA CAIXA 3
1 MATERIAL DA CAIXA 2
7 DISPOSITIVOS E PROCEDIMENTOS 2
1.1 FIXAÇÕES 2
1.1.1 LANÇAMENTO DAS PRUMADAS 2 7.1 ENCHIMENTO DEFINITIVO DA CENTRAL HIDRÁULICA 2
1.1.2 MONTAGEM DAS FIXAÇÕES 2 7.2 DISPOSITIVOS PARA HL 2
1.2 ACESSORIOS DAS GUIAS 3 7.2.1 ÁREA DE TRABALHO NO POÇO 2
7.2.2 ÁREA DE TRABALHO NA TESTEIRA 3
1.3 GUIAS 3
1.4 ELEMENTOS DO FUNDO DO POÇO 3 8 REGULAÇÕES 2
1.4.1 PILAR DE APOIO DO PISTÃO 3 8.1 PISTÃO 2
1.4.2 SUPORTES GUIA DO PISTÃO 3 8.1.1 VALVULA DE BLOQUEIO 2
2 MATERIAL HIDRÁULICO 2 8.2 CENTRAL 3
8.2.1 REGULAÇÃO DA PRESSÃO MÁXIMA - VÁLVULA DE SEGURANÇA 4
2.1 PISTÃO 2 8.2.2 REGULAÇÃO DA ACELERAÇÃO DE SUBIDA 4
2.1.1 INTRODUÇÃO DO PISTÃO NA CAIXA 2
8.2.3 REGULAÇÃO DA ACELERAÇÃO DE DESCIDA 4
2.1.2 POSICIONAMENTO DO PISTÃO NA CAIXA 2
8.2.4 REGULAÇÃO DA PRESSÃO DA HASTE 4
2.1.3 INSTALAÇÃO DO PISTÃO 3
8.3 LUBRIFICAÇÃO E ENCHIMENTOS 5
2.2 CENTRAL 4 8.3.1 ENCHIMENTO DE ÓLEO 5
2.2.1 POSICIONAMENTO DA CENTRAL NO LOCAL DAS MÁQUINAS 4
8.3.2 ESTADO ENERGÉTICO ZERO 5
2.2.2 FIXAÇÃO DA CENTRAL MRL 4
2.2.3 LIGAÇÃO DOS TUBOS OLEODINÂMICOS 5 9 CONTROLOS E PROVAS 2
2.2.4 PRIMEIRO ENCHIMENTO DA CENTRAL 5 9.1 CONTROLOS 2
3 ARCADA E CABOS 2 9.2 PROVAS NO POÇO 2
3.1 ARCADA 2 9.2.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA 2
3.1.1 PARTES DA ARCADA 2 9.2.2 ELEMENTOS DE SUSPENSÃO 2
3.1.2 DEPÓSITO DE RECOLHA DO ÓLEO 2 9.3 PROVAS NA CAIXA 2
3.1.3 TRAVE DO FUNDO DO POÇO 3 9.3.1 DISPOSITIVOS DE BLOQUEIO DAS PORTAS 2
3.1.4 PILAR DE APOIO DO PISTÃO 3 9.3.2 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA 2
3.1.5 SUPORTES GUIA DO PISTÃO 3 9.3.3 LIMITADOR DE VELOCIDADE (VÁLVULA DE BLOQUEIO) 2
3.1.6 PISTÃO 4 9.3.4 PÁRA-QUEDAS DE CABINA 3
3.1.7 ARCADIHA 4 9.4 PROVAS NA TESTEIRA 3
3.1.8 TUBO DO ÓLEO 4 9.4.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA 3
3.1.9 INSTALAÇÃO DOS CABOS 5 9.5 PROVAS NA CABINA 3
3.1.10 COLUNAS 5 9.6 PROVAS NO LOCAL DAS MÁQUINAS 3
3.1.11 ALAVANCAS DE ACCIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA 6 9.6.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA 3
3.1.12 CONTACTO ELECTRICO DE SEGURANÇA 6 9.6.2 MEDIÇÃO DA VELOCIDADE 3
3.1.13 PÁRA-QUEDAS 6 9.6.3 INSTALAÇÃO ELÉCTRICA 3
3.1.14 ESQUADROS DE FIXAÇÃO DA CABINA 6 9.6.4 PROVAS DE PRESSÃO 3
3.1.15 REGULAÇÃO DOS CALÇOS 7 9.6.5 MANOBRA DE EMERGÊNCIA NA DESCIDA 4
3.1.16 VERIFICAÇÕES 7
9.7 PROVAS NA INSTALAÇÃO 4
3.2 CABOS 7 9.7.1 DISPOSITIVOS INTERNOS DE ALARME 4
3.2.1 MONTAGEM DOS CABOS NA INSTALAÇÃO 7 9.7.2 DISPOSITIVOS DE EMERGÊNCIA 4
3.2.2 AJUSTE DA TENSÃO DA INSTALAÇÃO 8
9.8 CONTROLOS E PROVAS PARA INSTALAÇÕES DE HL 4
3.2.3 DISPOSITIVO DE AFROUXAMENTO DO CABO 8
9.8.2 PORTAS DE PATAMAR 4
4 CABINA 2 10 OPERAÇÕES FINAIS 2
4.1 INSTALAÇÃO DA CABINA 2
10.1 RECOMENDAÇÕES 2
4.1.1 SEQUÊNCIA 2
10.2 OPERAÇÕES FINAIS 2
4.2 ACESSÓRIOS 6

1
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 3
Doc. n° 10991045 PT
Parte geral Rev.0.1.8 - 22.04.2008

Reprodução proibida. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte do presente documento pode ser reproduzida ou difundida
com quaisquer meios, fotocópias, microfilmes ou outros, sem a autorização escrita da GMV Spa.
A GMV Spa, caso venham a surgir melhores técnicas, de construção ou de produção, reserva-se o direito de modificar o
produto e/ou o presente documento, parcial ou completamente, sem algum aviso prévio.
Os desenhos, as descrições e as características indicadas no presente documento são puramente indicativos.
Para todos os dados não incluídos no presente documento, consulte a documentação de cada componente.
Com o objectivo de preservar a segurança do produto, é aconselhável não utilizar partes ou peças sobresselentes não originais
e, em todo o caso, não aprovados pela GMV Spa
A GMV Spa declina toda e qualquer responsabilidade caso não sejam respeitadas as indicações do presente documento.

Nosso contato em Portugal:

SICMALEVA sa
Rua Fonte da Carreira, 144 - Várzea da Ad roana - 2645-467 Alcabideche
Tel. ++351 21 4489350 - Fax ++351 21 4453069 - e-mail: sicmaleva@mail.telepac.pt

Emitido por - Issued by: Controlado por - Checked by: Aprovado por - Approved by : Data – Date:
DT CR CR 22/04/2008

3
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 3
Doc. n° 10991045 PT
Parte geral Rev.0.1.8 - 22.04.2008

¥"

3
Manual de Instalação

NOTAS DE SEGURANÇA
E DE CARÁCTER GERAL

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 0
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Parte geral
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 0 PT

0 PARTE GERAL
0.1 INFORMAÇÕES INTRODUTÓRIAS
0.1.1 DOCUMENTAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO
A documentação a utilizar para a instalação de um sistema completo é a seguinte:
- DESENHO DE PROJECTO DO SISTEMA
- MANUAL DE MONTAGEM DA ARCADA
- INSTRUÇÕES DO DISPOSITIVO PÁRA-QUEDAS
- INSTRUÇÕES DA VÁLVULA DE BLOQUEIO
- MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA
- MANUAL DE MONTAGEM DA CABINA
- MANUAL DO OPERADOR E PORTAS
- MANUAL DO QUADRO ELÉCTRICO E ACESSÓRIOS
- MANUAL DE INSTALAÇÃO DA PARTE ELÉCTRICA
- ESQUEMAS ELÉCTRICOS
- ESTE MANUAL
Toda a documentação, para uma instalação correcta e segura do elevador, deve ser guardada pelo responsável
da instalação.
Lembramos que esta documentação é considerada parte integrante da instalação e deve estar completa, bem
guardada e íntegra em todas as suas partes.
Para além disso, a fim de preservar a sua legibilidade, não deve ser danificada, apresentar partes ausentes e
as folhas não devem ser rasgadas ou deterioradas durante a consulta.
0.1.2 TERMINOLOGIA E SÍMBOLOS UTILIZADOS
NOTA
Assinala ao pessoal informações cujo conteúdo é de importância relevante.
ATENÇÃO
Assinala que a operação descrita, se não realizada em conformidade com as normas de segurança,
pode provocar danos à instalação ou danos físicos mesmo graves.

0.2 SEGURANÇA DURANTE A INSTALAÇÃO


0.2.1 RECOMENDAÇÕES DURANTE A INSTALAÇÃO
Para uma instalação correcta e segura do sistema, acate as seguintes recomendações de segurança:
• Use sempre os dispositivos de protecção individual (DPI) (Em particular, vide Fig. 0.1)
• Não use acessórios e/ou vestuários esvoaçantes (colares, relógios, gravatas…)
• Mantenho os cabelos compridos presos
• Não guarde objectos cortantes ou pontiagudos (ex. chave de parafusos, tesouras…) nos bolsos.
• Não altere, deteriore ou esconda os cartazes/etiquetas de advertência: em caso de deterioração, solicite a
sua substituição imediata.
• Para a elevação de cargas pesadas, utilize equipamentos adequados para limitar os danos à coluna
vertebral decorrentes do deslocamento manual das mesmas.
ATENÇÃO
Antes de iniciar qualquer operação de instalação
Verifique SEMPRE se todos os dispositivos de segurança, quer mecânicos, quer eléctricos, estão
activos e a funcionar correctamente.
Fig. 0.1 – Dispositivos de protecção individual (DPI)
Fato-macaco fechado nos
Capacete
punhos

Cinto de segurança Luvas

Protectores auriculares Calçado de protecção

0.2.2 EQUIPAMENTO
Para a instalação do sistema, é utilizado o normal equipamento de estaleiro.

4
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Parte geral
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 0 PT

0.3 OPERAÇÕES PRELIMINARES


0.3.1 PREPARAÇÃO DA INSTALAÇÃO
Antes de dar início à instalação, faça os seguintes controlos:
q Verifique se há um sistema de iluminação eficiente na caixa.
q Verifique o estado de limpeza da caixa e do poço.
q Verifique se a instalação eléctrica da rede possui uma ligação à terra adequada (caso contrário, interrompa
a instalação até que o Cliente não tenha providenciado a adaptação).
q Verifique se as entradas para a caixa estão adequadamente fechadas.
q Verifique a possibilidade de entrada do pistão e das peças na caixa, incluídos os meios de levantamento
adequados.
q Verifique se os acessos ao local das máquinas podem ser utilizados em total segurança e em quaisquer
circunstâncias (EN81.2 §6.2), quer para o local das máquinas, quer para o do armário.
q Verifique se os acessos ao local das máquinas estão iluminados correctamente (EN81.2 §6.2). Em
especial, para o local das máquinas em armário, na área de trabalho delimitada pelas portas abertas e pelas
correntes, a iluminação deve estar em conformidade com a norma EN81.2 §6.3.6.
q Verifique se o armário pode ser posicionado consoante o Desenho de Projecto da Instalação, num
ambiente não submetido às intempéries.
q Prepare uma área de depósito do material perto da caixa, de fácil acesso para os montadores e não
exposta às intempéries.
q Verifique se todas as condutas e os furos para os cabos eléctricos estão livres, passíveis de inspecção e
bem acabados.
q Verifique se está presente o furo para a eliminação de fumos.
0.3.2 CONFORMIDADE DAS DIMENSÕES
Execute os controlos das dimensões antes de iniciar a instalação do sistema, verifique se as medidas
levantadas concordam com o desenho de projecto, prestando atenção especial em:
q Largura da caixa (distância entre as paredes laterais).
q Comprimento da caixa (distância entre parede frontal e traseira).
q Profundidade do poço.
q Altura do percurso.
q Altura da testeira.
q Aprumo da caixa.
q Comprimento do pistão.
q Comprimento do pilar.
q Bitola da arcada
q Distância Caixa - Local das máquinas.
q Aberturas para as Portas de patamar.
q Marcar, na altura de cada andar, no interior da caixa, o nível do pavimento acabado.
0.3.3 DESCARGA E ARMAZENAMENTO DOS MATERIAIS
q Verifique se os materiais recebidos correspondem com os encomendados e se estão todos presentes,
usando a lista.
q Controle o estado de todas as peças e materiais no momento da recepção no estaleiro, para verificar eventuais
danos durante o transporte; avise imediatamente a GMV SpA no caso alguma peça falte ou esteja danificada.
q Armazene os componentes eléctricos e electrónicos num lugar fresco e seco, nas suas embalagens originais.
q Se, por algum motivo, não for possível realizar imediatamente a instalação, controle periodicamente as peças
armazenadas para prevenir danos causados por um armazenamento prolongado em condições desfavoráveis.
q Controle se a documentação da instalação está completa.
q Preste atenção especial na descarga de pistões e guias, utilizando os meios adequados.
q Não descarregue os pistões do camião jogando-os para o chão, mas faça-os rolar sobre paus.
0.3.4 ANDAIMES
Para a instalação, utilize andaimes regulamentares.
O andaime terá de ter superfícies de trabalho na altura de cada paragem, previstas a um nível de
aproximadamente 0,5 m abaixo do andar de paragem.
ATENÇÃO
O andaime, se for realizado total ou parcialmente com estruturas metálicas, terá de ser ligado à terra e
estar em conformidade com as normas de segurança em vigor

4
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Parte geral
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 0 PT

¥"

4
Manual de instalação

MATERIAL DA CAIXA

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 1
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Material da Caixa
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 1 PT

1 MATERIAL DA CAIXA
NOTA
O seguinte material NÃO se encontra dentro da caixa do material da caixa, mas está embalado com a
arcada (3.1):
• O depósito de recolha do óleo
• A trave do fundo do poço
• Os suportes guia do pistão (incluídos no fornecimento padrão)

1.1 FIXAÇÕES
1.1.1 LANÇAMENTO DAS PRUMADAS
Para um correcto lançamento das prumadas, consulte
as seguintes instruções e as Fig. 1.2 e Fig. 1.1
• Baixar os fios-de-prumo pelas portas e pelas guias
para verificar se as dimensões na planta e na
vertical da caixa de percurso são coerentes com o
desenho de projecto e marcar eventuais faltas de
aprumo construtivas das paredes.

Fig. 1.1 - Lançamento das prumadas Fig. 1.2 - Levantamento da esquadria da caixa

1.1.2 MONTAGEM DAS FIXAÇÕES


Para uma instalação correcta e segura das esquadros,
consulte o seguinte procedimento e a Fig. 1.3:
• Os esquadros são acoplados e preparados para a
bitola das guias.
• Posicione os esquadros nas paredes da caixa
tendo como referência o aprumo (Fig. 1.1).
• Fure a parede e instale os esquadros a partir de
baixo usando o material de fixação fornecido
(buchas e parafusos ref. Fig. 1.3).
• Instale os esquadros tendo como referência as
posições indicadas no desenho de projecto da
instalação.
• Instale os esquadros de encosto usando o
respectivo material de fixação.
Fig. 1.3 - Montagem esquadros/esquadros de encosto

5
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Material da Caixa
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 1 PT

1.2 ACESSORIOS DAS GUIAS

Para uma instalação correcta e segura das guias, consulte o seguinte


procedimento e a Fig. 1.4:
• Fixe a respectiva placa de ligação aos troços de guia do lado onde
está presente a parte “macho” do encaixe.

Fig. 1.4 - Junção entre placa e guia

1.3 GUIAS
Para uma instalação correcta e segura das guias e das partes mecânicas, consulte o seguinte procedimento e
as Fig. 1.6 e Fig. 1.5:
• Posicione o depósito de recolha do óleo e a trave no
fundo do poço ou na base de cimento preparada e
nivele-o utilizando um nível de bolha, respeitando as
indicações do desenho de projecto.
• Instale as guias, a partir do fundo do poço
posicionando para cima a parte “macho” do encaixe.
• Ligue os troços de guia uns aos outros utilizando a
respectiva placa de ligação (Fig. 1.5).
• Fixe as guias nos esquadros de encosto usando o
respectivo material de fixação.
• Prossiga com o mesmo procedimento até completar
a instalação de todas as guias e dos esquadros.
• Controle as distâncias tendo como referência o
desenho de projecto e verifique o aprumo das guias,
em relação a fios-de-prumo e gabaritos de posição.
• Aperte todos os parafusos. Limpe as guias e
lubrifique-as.

Fig. 1.5 - Junção entre troços de guia Fig. 1.6 - Posicionamento das guias na caixa

1.4 ELEMENTOS DO FUNDO DO POÇO


1.4.1 PILAR DE APOIO DO PISTÃO
• Vide parte 3 - Arcada e cabos

1.4.2 SUPORTES GUIA DO PISTÃO


• Vide parte 3 - Arcada e cabos

5
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Material da Caixa
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 1 PT

¥"

5
Manual de instalação

MATERIAL HIDRÁULICO

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 2
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 6

Material Hidráulico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 2 PT

2 MATERIAL HIDRÁULICO
2.1 PISTÃO
2.1.1 INTRODUÇÃO DO PISTÃO NA CAIXA
A introdução do pistão na caixa pode ser realizada nas seguintes formas:
A) Introdução na caixa com tecto aberto.
B) Introdução por uma porta do elevador.
ATENÇÃO
Recomenda-se que os operadores utilizem os cintos de segurança durante essas operações.
2.1.1.1 INTRODUÇÃO NA CAIXA COM TECTO ABERTO
Se a caixa que abrigará o elevador estiver com o tecto aberto:
• Utilize um guindaste.
• Amarre o pistão com os dois cabos e enfie-o na caixa.
• Execute as operações descritas no parágrafo § 2.1.2.
2.1.1.2 INTRODUÇÃO POR UMA PORTA DO ELEVADOR
• Posicione o pistão de maneira que a testeira fique orientada para o acesso à caixa.
• Levante-o sobre dois blocos de madeira e passe por baixo os cabos.
• Dado que o pistão, uma vez no interior da caixa, será colocado no chão, coloque, na zona de apoio, uma
tábua ou um outro material para proteger a sua parte terminal.
• Verifique se, no interior da caixa, há as predisposições necessárias para colocar e fixar correctamente o
pistão (pilar, suportes-guia, etc.).
• Execute as operações descritas no parágrafo § 2.1.2.
2.1.2 POSICIONAMENTO DO PISTÃO NA CAIXA
• Posicione o cadernal na posição recomendada pelo
construtor da caixa e certifique-se de que os cabos e o
cadernal são capazes de suportar o peso do inteiro
pistão.
• Pegue dois cabos ou correias de capacidade adequada e
comprimento mínimo de 1,5 m.
• Amarre o pistão com os dois cabos, como mostrado na
Fig. 2.1.
• Enganche as quatro extremidades dos cabos no gancho
de segurança do cadernal.
• Amarre a cerca de 50 cm da extremidade inferior do
cilindro os cabos de controlo.
• Os encarregados das operações seguintes devem ser
pelo menos dois: um técnico que supervisiona, que é Fig. 2.1 – Lingagem do pistão
responsável pelas actividades executadas (a) e um ou
mais ajudantes (b) (Fig. 2.2).
• O técnico (a) acciona o cadernal até os cabos de
levantamento ficarem quase esticados, de maneira que o
pistão não possa cair na caixa.
• O ajudante (b) pega a extremidade do cabo de controlo
não amarrado ou enrolado em partes do corpo, de
maneira que, em situações de perigo, possa soltá-lo.
• Levante lentamente o pistão até que a parte inferior se
erga do seu suporte.
• Gradualmente, o técnico (a) ergue o pistão na caixa
enquanto o ajudante (b), permanecendo a uma devida
distância da caixa, mantém sob tensão a parte terminal
do pistão e faz com que deslize sobre a protecção, de
maneira que não seja danificado nem o pistão, nem o
pavimento, até chegar perto da soleira da caixa. Pare o Fig. 2.2 – Introdução do pistão na caixa
técnico (a), para que não deixe cair o pistão na caixa.
• Solte o pistão segurado por (b) na caixa evitando rotações.

6
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 6

Material Hidráulico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 2 PT

2.1.3 INSTALAÇÃO DO PISTÃO


• Insira o pistão na base do suporte-guia inferior (Fig. 2.4)
e mantenha os cabos de levantamento em ligeira tensão.
• Fixe e aprume o pistão consoante o desenho de projecto.
• Prestando atenção para que não entre sujidade no furo
do parafuso central, remova o esquadro de retenção.
• Volte a aparafusar os parafusos laterais de aperto da
testeira e o central (Fig. 2.3)
• Verifique se todos os parafusos de aperto da testeira
estão bem apertados.
• Verifique se o pistão está aprumado e fixe-o.
• Bloqueie o pistão com abraçadeiras nos suportes guia
(Fig. 2.4).
• Tire os cabos de levantamento e leve o gancho do
cadernal para fora da área de trabalho.
• No caso de pistão em várias peças, execute as junções
consoante as indicações contidas na embalagem e
aguarde pelo menos 4 horas antes do enchimento com Fig. 2.3 – Operações finais
óleo.

Fig. 2.4 – Instalação das abraçadeiras do pistão

6
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 6

Material Hidráulico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 2 PT

2.2 CENTRAL
2.2.1 POSICIONAMENTO DA CENTRAL NO LOCAL DAS MÁQUINAS
O local das máquinas, além de da opção em alvenaria, também pode
ser:
• MRL (Sem local de máquinas)
• Em armário Tipo HL (Fig. 2.5)
As portas abertas do armário não delimitam uma área de trabalho
suficiente, portanto, é necessário delimitar a área de trabalho com as
devidas correntes de segurança.
• Monte os painéis do armário seguindo as instruções presentes na
embalagem do mesmo

2.2.2 FIXAÇÃO DA CENTRAL MRL

• Fixe o depósito de recolha do óleo nas guias


• Apoie a central, provida de amortecedores de borracha, dentro do
depósito
• Fixe a central na guia utilizando o esquadro de fixação superior

Fig. 2.5 – Armário local das máquinas (tipo HL)

6
Manual de Instalação HL Pág. 5 de 6

Material Hidráulico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 2 PT

2.2.3 LIGAÇÃO DOS TUBOS OLEODINÂMICOS


2.2.3.1 LIGAÇÃO COM MANGUEIRA

• Tire da união terminal do silenciador a virola e o anel cortante. (Fig.


2.6)
• Certifique-se de que a união terminal está bem fixada no silenciador.
• Limpe e lubrifique as roscas e os alojamentos.
• Fixe a mangueira tendo o cuidado de apertar bem.

Fig. 2.6 – Ligação com mangueira


ATENÇÃO
Certifique-se de que não há sujidade dentro do tubo. Estas impurezas poderiam danificar as juntas do
pistão e do bloco das válvulas e prejudicar o funcionamento correcto do sistema.

2.2.4 PRIMEIRO ENCHIMENTO DA CENTRAL

Para um enchimento correcto e seguro da central, siga o procedimento


abaixo:
• Tenha consigo uma quantidade suficiente de óleo (veja o esquema ou
o Desenho de projecto da instalação, procurando, se necessário,
entre os dados técnicos da instalação o tipo de óleo a utilizar).
• Remova a tampa vermelha.
• Verifique visualmente se o depósito está limpo e sem corpos
estranhos ou depósitos de condensação.
• Caso contrário, remova a tampa e limpe com cuidado sem usar
solventes ou álcool, mas exclusivamente panos secos e limpos.

NOTA
Para o enchimento do depósito, utilize apenas óleo novo e limpo
e certifique-se de que não há água no óleo. Se houver água, o
óleo torna-se turvo e opaco.
NOTA
A quantidade de óleo necessária está indicada nos dados
técnicos da instalação

• Deite a quantidade de óleo necessária para cobrir o motor e a bomba.


• Coloque e feche a tampa no depósito para impedir que nele entrem
impurezas.
• O primeiro enchimento de óleo está concluído.

ATENÇÃO
Suspenda as operações de enchimento e faça a instalação da arcada e do quadro de manobra.

6
Manual de Instalação HL Pág. 6 de 6

Material Hidráulico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 2 PT

¥"

6
Manual de instalação

ARCADA
q TIPO HL

CABOS

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 3
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3 ARCADA E CABOS
3.1 ARCADA
Para a montagem, consulte os parágrafos a seguir.

3.1.1 PARTES DA ARCADA

• A arcada é composta pelas partes indicadas na


Fig. 3.2
• Os elementos no poço estão indicados na Fig. 3.1.

Fig. 3.1 – Elementos do Fundo do Poço Arcada HL Fig. 3.2 – Partes da Arcada

3.1.2 DEPÓSITO DE RECOLHA DO ÓLEO

ATENÇÃO
O depósito de recolha do óleo não é
simétrico. Instale-o mantendo o engate dos
cabos do lado direito, olhando do centro do
poço para a parede.

ATENÇÃO
Coloque o depósito de recolha do óleo no
pavimento o poço antes de instalar as guias.

7
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.1.3 TRAVE DO FUNDO DO POÇO

• Nas arcadas HL, a trave do fundo do poço e o


depósito de recolha do óleo são uma peça única e
não é necessário montá-los.

Fig. 3.3 - Trave do Fundo do Poço Arcada HL

3.1.4 PILAR DE APOIO DO PISTÃO

• Verifique as medidas do pilar com as indicações do


desenho de projecto.
• HL:
- Apoie o pilar sobre o suporte quadrado do
elemento fixo de engate dos cabos (já presente
na trave do fundo do poço) e fixe-o (Fig. 3.4).

Fig. 3.4 - Posicionamento do pilar para HL

3.1.5 SUPORTES GUIA DO PISTÃO


• Instale o suporte-guia do pistão superior (Fig. 3.5), a usar para fixar a parte alta do cilindro, na posição
indicada no desenho de projecto.
• No caso de pistões de comprimento acima de 5 metros, instale um outro suporte (Fig. 3.5) na metade do
comprimento do cilindro.
• Instale o suporte-guia do pistão inferior (Fig. 3.6) apoiando-o sobre o pilar.
• O pistão é fixado com um parafuso de centragem. Não é necessário usar a abraçadeira.

Fig. 3.5 - Suporte-guia do pistão superior Fig. 3.6 - Suporte-guia do pistão inferior

7
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.1.6 PISTÃO
• Insira o parafuso de cabeça cilíndrica com
sextavado interior no fundo do pistão
• Insira o pistão na base de centragem do suporte-
guia inferior mantendo os cabos de levantamento
em ligeira tensão.
• Aprume o pistão consoante o desenho de projecto.
• Verifique se todos os parafusos de aperto da testeira
estão bem apertados.
• Verifique se o pistão está aprumado e fixe-o.
• Bloqueie o pistão com a abraçadeira nos suportes
guia.
• Remova os cabos de levantamento e leve o gancho
do cadernal para fora da área de trabalho.
• No caso de pistão em várias peças, execute as
junções consoante as indicações contidas na
embalagem e aguarde no mínimo 4 horas antes de
fazer o enchimento com óleo (deixe secar a cola).
Fig. 3.7 - Instalação das abraçadeiras do pistão

3.1.7 ARCADIHA

Para instalar a arcadinha, siga o procedimento abaixo:


• Desaperte os parafusos de fixação dos cursores
• Remova o parafuso central de fixação do pistão
• Insira a travessa entre as guias de cabina de
maneira que a base da arcadinha fique alinhada
com o pistão
• Apoie a base da arcadinha sobre o pistão
• Insira novamente o parafuso na testeira do pistão
• Aperte o parafuso central do pistão
• Empurre os cursores contra as guias e aperte os
parafusos de fixação.
Fig. 3.8 - Arcadinha HL

Fig. 3.9 - Arcadinha HL instalação

3.1.8 TUBO DO ÓLEO

• Ligue a válvula ao pistão seguindo as instruções de


instalação do material hidráulico
• Ligue o tubo do óleo à válvula de queda no pistão
seguindo as instruções de instalação do material
hidráulico
• Rode o pistão de maneira que a válvula e o tubo não
interfiram com cabos e arcada.

Fig. 3.10 - Ligação do tubo ao pistão

7
Manual de Instalação HL Pág. 5 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.1.9 INSTALAÇÃO DOS CABOS

• Coloque o centro dos cabos nas gargantas da polia sem conectar as


extremidades aos tirantes
• Não remova eventuais protecções.

Fig. 3.11 - Instalação dos cabos

3.1.10 COLUNAS

Para inserir as colunas entre as guias, siga o


procedimento abaixo:
• Remova os dois esquadros antidescarrilamento, os
dois calços de contraste superiores e o dispositivo
pára-quedas do lado direito da arcada (Fig. 3.12)
• Apoie a coluna com o pára-quedas na guia (Fig. 3.13)
• Insira o pára-quedas na guia, mantendo-o a uma
altura compreendida entre os dois calços (Fig. 3.14).
• Coloque a arcada na posição correcta entre as guias
fazendo-a rodar (Fig. 3.15)
• Fixe na coluna o pára-quedas, os calços e o esquadro
antidescarrilamento nos furos dos quais tinham sido
removidos e fixe-os nas colunas (Fig. 3.16).
Fig. 3.12 - Predisposição

Fig. 3.13 - Introdução na guia Fig. 3.14 - Segundo pára-quedas na guia

Fig. 3.15 – Instalação da arcada Fig. 3.16 - Instalação das partes removidas
ATENÇÃO
Verifique se a arcada está no esquadro.
Aperte todos os parafusos (também os pré-montados), eliminando quaisquer folgas nos furos

7
Manual de Instalação HL Pág. 6 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.1.11 ALAVANCAS DE ACCIONAMENTO DOS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA

• Instale as alavancas de accionamento do pára-


quedas como mostrado na Fig. 3.17.

Fig. 3.17 - Instalação das alavancas


ATENÇÃO
As alavancas devem ficar livres para se moverem.

3.1.12 CONTACTO ELÉCTRICO DE SEGURANÇA

• Instale o contacto de segurança do pára-quedas


come indicado na Fig. 3.18

Fig. 3.18 - Instalação do contacto de segurança

3.1.13 PÁRA-QUEDAS
q Regule o pára-quedas seguindo as instruções do manual de instalação do mesmo.

3.1.14 ESQUADROS DE FIXAÇÃO DA CABINA

• Fixe a cabina utilizando o respectivo par de


esquadros.
- Regule os esquadros consoante o tipo e a
altura da cabina.
- Fixe a cabina inserindo os parafusos nas
aberturas correspondentes (vide Fig. 3.19).
A figura mostra a fixação do lado esquerdo, a fixação
do lado direito é simétrica

Fig. 3.19 – Esquadros de fixação da cabina

7
Manual de Instalação HL Pág. 7 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.1.15 REGULAÇÃO DOS CALÇOS

• Desaperte a porca do lado de dentro da coluna


• Regule a posição do calço rodando a porca
sextavada excêntrica Fig. 3.20
• Alinhe a arcada ao eixo das guias
• Aperte a porca do lado de dentro da coluna

Fig. 3.20 – Regulação dos Calços

3.1.16 VERIFICAÇÕES
• Verifique se o espaço livre entre amortecedor e arcada é o indicado no projecto.

þ • Verifique se a distância entre os calços corresponde com a indicada no projecto.


• Verifique se os amortecedores estão perfeitamente perpendiculares e correspondentes com os
pilars existentes sob a arcada.

3.2 CABOS
3.2.1 MONTAGEM DOS CABOS NA INSTALAÇÃO
Para a montagem correcta e segura dos cabos na instalação,
consulte o procedimento abaixo:
• Passe uma extremidade do cabo no tirante.
• Prenda o cabo com os grampos fornecidos.
• Enganche o tirante ao elemento de engate fixo dos cabos
na trave do fundo do poço.
• Passe a outra extremidade do cabo no tirante e bloqueie
com os grampos.
• Enganche o segundo tirante no engate dos cabos na
arcada.
• Repita o mesmo procedimento para todos os cabos.
• Coloque a placa debaixo dos engates do cabo na posição
horizontal com a cabina vazia. Os engates do cabo devem
tocar a placa, mas não fazer ruído durante o
funcionamento do sistema.
Fig. 3.21 – Engate prova afrouxamento cabos

Fig. 3.22 – Engate dos cabos no poço Fig. 3.23 – Engate dos cabos na arcada

7
Manual de Instalação HL Pág. 8 de 8

Arcada e cabos
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 3 PT

3.2.2 AJUSTE DA TENSÃO DA INSTALAÇÃO


Para um ajuste correcto e seguro da tensão da
instalação, consulte o seguinte procedimento:
• Fixe a botoneira de manutenção na coluna da
arcada.
• Posicione o fundo da cabina ou um estrado
provisório na arcada e fixe-o com os parafusos.
• Carregue o fundo da cabina com no mínimo 200 kg.
• Deixe subir a arcada desenrolando o cabo flexível
• Chegando à metade do percurso, fixe com a
respectiva abraçadeira o cabo flexível nas guias e
desenrole a parte de cabo restante na caixa, de
maneira que possa seguir os deslocamentos para
cima e para baixo sem se enrolar.
• Mande o pistão até ao encosto superior e verifique
as medidas com o desenho de projecto. Meça o
extracurso superior da cabina e regule os cabos de
acordo com esse comprimento.
• Leve a cabina ao andar mais baixo e verifique as
medidas com o desenho de projecto.
• Instale o dispositivo de afrouxamento dos cabos.
Fig. 3.24 – Fixação dos cabos

3.2.3 DISPOSITIVO DE AFROUXAMENTO DO CABO

Fig. 3.25 - Funcionamento normal

Fig. 3.26 - Prova de afrouxamento dos


cabos

Fig. 3.27 – Conexão do cabo de


accionamento

7
Manual de instalação

CABINA
- MODELO HL

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 4
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 6

Cabina
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 4 PT

4 CABINA
Partes da cabina
• A cabina é composta pelas partes indicadas na Fig. 4.1
1. Fundo da cabina
2. Revestimento do pavimento
3. Ângulos traseiros
4. Colunas de entrada
5. Arquitrave
6. Painéis de fundo
7. Painéis laterais
8. Plinto inferior
9. Plinto superior
10. Faixa
11. Faixa da botoneira
12. Tecto
13. Projectores
14. Suporte do paramento
15. Paramento
16. Corrimão
17. Espelho
18. Botoneira tecto cabina*

*fornecida juntamente com a parte eléctrica Fig. 4.1 - Partes da cabina

4.1 INSTALAÇÃO DA CABINA


Para uma montagem correcta, utilize as seguintes instruções seguindo rigorosamente as modalidades e as
sequências indicadas.
ATENÇÃO
Não remova a película de protecção da parte em vista de cantoneiras, colunas, tecto, painéis e acessórios até
que não seja dada a específica indicação de montagem, dado que a película preserva a sua integridade.

4.1.1 SEQUÊNCIA

ATENÇÃO
A soleira e o pavimento
devem estar em superfície
plana.
ATENÇÃO
Cubra de maneira adequada
o pavimento (ex. utilizando
um cartão) para preservar a
sua integridade durante as
fases de montagem.
ATENÇÃO
Verifique a posição correcta
das cantoneiras controlando
as dimensões dos cantos.

8
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 6

Cabina
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 4 PT

ATENÇÃO
Verifique se as faixas
insonorizantes estão
presentes na borda dos
painéis da parede ou na dobra
das colunas.

8
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 6

Cabina
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 4 PT

8
Manual de Instalação HL Pág. 5 de 6

Cabina
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 4 PT

ATENÇÃO
Aprume a cabina e fixe-a na
arcada.
Fixe o tecto e todas as partes
prefixadas anteriormente,
apertando com cuidado todos
os parafusos de bloqueio TE
M8

ATENÇÃO
Aperte os parafusos

8
Manual de Instalação HL Pág. 6 de 6

Cabina
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 4 PT

4.2 ACESSÓRIOS
4.2.1 CORRIMÃO

Fixe o corrimão usando 4


Parafusos TSE 4 x 10

4.2.2 AVENTAL

Fixe o avental usando 3


Parafusos TSE 4 x 10

ATENÇÃO
PELÍCULA PROTECTORA
Remova todas as películas protectoras das partes em vista

¥"

8
Manual de instalação

PORTAS DE PATAMAR
q TIPO COM BATENTE

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 5
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Portas dos andares


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 5 PT

ATENÇÃO
Verifique sempre se o fornecedor das portas não realizou nenhuma modificação no produto fornecido

5 PORTAS DE PATAMAR
5.1 INSTALAÇÃO

• As portas são fornecidas com esquadros


aparafusados Fig. 5.1.
• Faça a montagem das portas sem desmontar a folha.
• Antes de emparedar os esquadros, certifique-se de
que a armação está nivelada Fig. 5.3, mantendo a
folha aberta a 90°; em seguida, feche a folha (calçá-la
como indicado na Fig. 5.5)
• É possível utilizar uma travessa desmontável Fig. 5.2.
Esta solução é muito prática para pavimentos já
acabados, mas requer uma maior atenção nas fases
anteriores.
• Termine a obra de alvenaria
• Posicione um calço de 5/6 mm entre a soleira e a
folha, rigorosamente fechada, na posição indicada na
Fig. 5.5. Isso permite manter inalterada a área
perimetral entre a folha e a armação e conserva o
bom funcionamento das partes mecânicas.
• Para além disso, na Fig. 5.4 está representada a
possibilidade de regulação do contacto e do pontão.

Fig. 5.1 – Porta de andar

Fig. 5.2 - Travessa

Fig. 5.3 – Nivelamento Fig. 5.4 – Contacto e Pontão

9
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Portas dos andares


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 5 PT

Fig. 5.5 - Calçamento

9
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Portas dos andares


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 5 PT

¥"

9
Manual de instalação

MATERIAL ELÉCTRICO

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 6
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Material eléctrico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 6 PT

6 MATERIAL ELÉCTRICO
Para uma instalação correcta e segura, siga as instruções contidas nos ESQUEMAS ELÉCTRICOS anexados,
prestando atenção ao seguinte:

6.1 QUADRO DE MANOBRA


Pendure o quadro nas guias ou fixe-o no local das máquinas pré-fabricado ou armário
ATENÇÃO
A distância entre a borda superior do quadro de manobra e o nível do pavimento no local das máquinas
deve ser menor ou igual a 2000 mm.
ATENÇÃO
Para prevenir qualquer dano a pessoas ou coisas, antes de movimentar a instalação para todas as operações
necessárias, verifique sempre se a portinhola de protecção do quadro de manobra está fechada.

6.2 BOTONEIRAS
Execute as ligações eléctricas das botoneiras em conformidade com os ESQUEMAS ELÉCTRICOS.

6.3 LINHAS ELÉCTRICAS DA CAIXA


6.3.1 LIGAÇÕES ELÉCTRICAS
Execute as ligações eléctricas em conformidade com os ESQUEMAS ELÉCTRICOS e com o MANUAL DO QUADRO DE
MANOBRA E ACESSÓRIOS.
• As operações de ligação são extremamente simplificadas: os equipamentos são pré-cablados pelo
fabricante e as saídas estão ligadas a conectores.
• Para fazer as ligações, é suficiente acoplar os conectores com siglas iguais

6.3.2 CABOS FLEXÍVEIS


• Os cabos flexíveis são
utilizados para levar todas
as linhas eléctricas do
quadro de manobra ao
tecto da cabina e devem

ý oõ ý
ser instalados e fixados
com cuidado para evitar
serem danificados. OK
ATENÇÃO OK
Para prevenir
qualquer dano a
pessoas ou coisas,
instale os cabos
flexíveis como
indicado nas figuras
ao lado.

6.3.3 CABOS DE CONEXÃO


• Os cabos de conexão são utilizados para facilitar algumas ligações no tecto da cabina e no local das
máquinas e devem ser instalados e fixados com cuidado para evitar serem danificados.

ANOTAÇÕES
"

10
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Material eléctrico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 6 PT

6.3.4 ILUMINAÇÃO DA CAIXA


• Ligue a iluminação da caixa como mostrado nas figuras

(CV) (QE) Condutas

¥"

10
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Material eléctrico
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 6 PT

¥"

10
Manual de instalação

DISPOSITIVOS E PROCEDIMENTOS
PARA INSTALAÇÕES HL

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 7
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Dispositivos para Home Lift


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 7 PT

7 DISPOSITIVOS E PROCEDIMENTOS
Agora, é necessário fazer a instalação como descrito a seguir:

7.1 ENCHIMENTO DEFINITIVO DA CENTRAL HIDRÁULICA

Depois de ter terminado as ligações eléctricas descritas no ponto anterior, retome


o enchimento do depósito.

A) Tire a tampa vermelha da central


B) Abra a alavanca da válvula de corrediça B.

C) Continue com o enchimento do depósito até alcançar a quantidade indicada nos dados
técnicos do sistema.
D) Realize um movimento de subida até estender completamente o pistão.
ATENÇÃO
Controle para que o nível do óleo nunca desça abaixo do mínimo. Se o óleo descer abaixo
do nível mínimo, pare imediatamente o motor e ateste. O motor deve sempre estar coberto
de óleo, para evitar que se queime.

E) Nessa altura, o circuito oleodinâmico está cheio de óleo.


F) Chame o elevador para baixo e feche novamente a vareta.
G) Controle se o óleo não ultrapassa o nível máximo, caso contrário, consulte o construtor.
H) Feche a tampa do depósito de maneira definitiva.
I) O enchimento definitivo da central está terminado.

7.2 DISPOSITIVOS PARA HL


A instalação do Home Lift possui poço com altura reduzida em relação à norma EN81-2
ATENÇÃO
Para prevenir danos a pessoas ou objectos, devem ser garantidas suficientes áreas de trabalho no
interior do poço durante a instalação do sistema.
Tais áreas de trabalho são obtidas através de dispositivos eléctricos e mecânicos que devem ser,
obrigatoriamente, instalados e activados, quando necessário, com os modos especificados a seguir.

7.2.1 ÁREA DE TRABALHO NO POÇO


Para garantir suficientes áreas de trabalho no poço, é necessário instalar os seguintes dispositivos:
7.2.1.1 DISPOSITIVO MECÂNICO DE PARAGEM DA CABINA
O dispositivo mecânico de paragem da cabina (Escora) é composto por duas
partes principais:
A) O dispositivo de paragem, contendo contactos eléctricos, que é fixado às
guias, como indicado na Fig. 7.2, e apoiado no depósito de recolha do óleo.
B) As charneiras de accionamento que permitem activar ou desactivar o
dispositivo de bloqueio por fora da caixa.

11
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Dispositivos para Home Lift


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 7 PT

Fig. 7.2 - Dispositivo


Fig. 7.1 - Dispositivo mecânico activo
mecânico

7.2.1.2 INSTALAÇÃO CORRECTA DOS DISPOSITIVOS

Para uma correcta instalação dos dispositivos,


siga os procedimentos abaixo:

• O dispositivo mecânico de paragem da cabina


deve ser fixado às guias a partir de baixo:
- A parte inferior é fixada ao depósito de
recolha do óleo através de um esquadro
em L (vide Fig. 7.3).
- A distância entre a parte inferior da
escora e o fundo do poço é fixa Fig. 7.3 – Fixação Inferior
- O esquadro superior do dispositivo deve
ser fixado à guia mantendo a alavanca
em posição não activa (vide Fig. 7.4).

• A alavanca de accionamento está fixada


numa tal posição de maneira que seja fácil de
ser alcançada pelo lado de fora da caixa,
dado que deve ser accionada antes de se ter
acesso ao poço.
o OK
ý
Fig. 7.4 – Fixação superior
7.2.1.3 CONTACTOS ELÉCTRICOS DO DISPOSITIVO
O contacto eléctrico montado na charneira da
escora (…no esquema S.e.a.) está vide (

o o
Fig. 7.5):
- FECHADO durante o funcionamento
normal (dispositivo OFF)
- ABERTO quando a escora é activada OFF ON
(dispositivo ON)

o o
ATENÇÃO
O dispositivo alcança a posição correcta
de activação quando a alavanca superior
está completamente estendida. ON OFF
• é utilizado para:
- sinalizar que a escora está na correcta
posição de funcionamento normal (OFF)
- bloquear totalmente o funcionamento da
instalação quando a escora está activa
(ON) Fig. 7.5 – Contacto eléctrico na charneira

7.2.2 ÁREA DE TRABALHO NA TESTEIRA


ATENÇÃO
Não é possível subir ou permanecer no tecto da cabina.

11
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Dispositivos para Home Lift


Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 7 PT

¥"

11
Manual de instalação

REGULAÇÕES PARA A COLOCAÇÃO EM


SERVIÇO DA INSTALAÇÃO

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 8
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 6

Regulações
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 8 PT

8 REGULAÇÕES
ATENÇÃO
Todas as regulações são definidas na fábrica com base nas características da instalação adquirida.
Proceda como indicado nos parágrafos seguintes somente em caso de comportamentos incorrectos do
sistema.

8.1 PISTÃO
8.1.1 VALVULA DE BLOQUEIO

Fig. 8.1 – Esquema das válvulas da central


Regule a válvula de bloqueio (1) no pistão, seguindo o procedimento abaixo:
A) Leve a cabina, com carga plena, ao andar mais alto
B) Desaparafuse completamente o parafuso (5) da central
C) Chame a cabina ao andar mais baixo
D) Quando a cabina alcança a velocidade de intervenção em descida correspondente à capacidade, a válvula
de bloqueio (1) fecha-se e intervém parando a cabina.
• Se a válvula de bloqueio (1) não intervém e a velocidade de intervenção NÃO foi alcançada, desaparafuse
completamente o parafuso (6) da central, leve novamente a cabina até ao andar mais alto e repita as
operações a partir do ponto C)
• a válvula de bloqueio (1) não intervém e a velocidade de intervenção foi efectivamente alcançada, proceda
da seguinte forma:
E) Tire a tampa (2)
F) Solte a contraporca de retenção (4)
G) Feche o parafuso de regulação (3) cerca de uma volta
H) Leve novamente a cabina até ao andar mais alto
I) Chame-a novamente ao andar mais baixo
J) Repita as operações a partir do ponto G) até quando a válvula de bloqueio (1) intervém parando a cabina
K) Feche completamente o parafuso (5)
L) Leve novamente a cabina até ao andar mais alto
M) Chame-a novamente ao andar mais baixo e certifique-se de que a válvula de bloqueio (1) não intervém
durante o percurso normal de descida
• Se, ao contrário, a válvula de bloqueio intervém
N) Solte de um quarto de volta o parafuso de regulação (3) e repita as operações a partir do ponto L)
• No final
O) Aperte a contraporca de retenção (4)
P) Remonte a tampa de protecção (2) sobre o parafuso de regulação (3)

12
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 6

Regulações
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 8 PT

8.2 CENTRAL
ATENÇÃO
Para todas as operações de regulação da válvula e para o que não estiver incluído no presente capítulo,
consulte o manual da central.

Fig. 8.2 - Esquema das válvulas da central

12
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 6

Regulações
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 8 PT

8.2.1 REGULAÇÃO DA PRESSÃO MÁXIMA - VÁLVULA DE SEGURANÇA


Para uma regulação correcta e segura da pressão máxima, consulte o procedimento indicado no manual da
central.
8.2.2 REGULAÇÃO DA ACELERAÇÃO DE SUBIDA

Para uma regulação correcta e segura da aceleração, siga o procedimento abaixo:


- Leve a instalação ao andar mais baixo
- Aparafuse o parafuso torneira (2) até fechar o estrangulamento.
- Remetendo-se ao manual de operação, chame o elevador em subida; ver-
se-á que este não se move.
- Desaperte o parafuso torneira (2) até obter a aceleração desejada.

Fig. 8.3 - Regulação da aceleração

NOTA
Obtém-se a máxima aceleração com o parafuso de regulação da aceleração (2) completamente aberto.

8.2.3 REGULAÇÃO DA ACELERAÇÃO DE DESCIDA

Para uma regulação correcta e segura da aceleração, siga o procedimento abaixo:


- Leve a instalação ao andar mais alto
- Aparafuse o parafuso torneira (5) até fechar o estrangulamento.
- Remetendo-se ao manual de operação, chame o elevador em descida;
ver-se-á que este não se move.
- Desaperte o parafuso torneira (5) até obter a aceleração desejada.

Fig. 8.4 - Regulação da aceleração - diagrama

NOTA
Obtém-se a máxima aceleração com o parafuso de regulação da aceleração (5) completamente aberto.

8.2.4 REGULAÇÃO DA PRESSÃO DA HASTE


Para uma regulação correcta e segura da pressão da haste, siga o
procedimento abaixo:
A) Desaparafuse o parafuso para a regulação da pressão da haste (6).
B) Solte a contraporca do parafuso (6).
C) Feche a torneira de corrediça do silenciador (coloque a alavanca na
posição OFF).
D) Carregue no botão para a descida manual (MM).
E) Verifique no manómetro (MAN) se a pressão é de aproximadamente 5
bars. Se for de 5 bars, passe para o ponto G), se for menos de 5 bars,
proceda como indicado no ponto F).
F) Para pressão abaixo de 5 bars:
- Abra a torneira de corrediça do silenciador (coloque a alavanca na
posição ON).
- Aparafuse 1 volta o parafuso (6).
- Feche a torneira de corrediça no silenciador (coloque a alavanca na
posição OFF).
- Repita os pontos C), D) e E) até a pressão chegar a
aproximadamente 5 bars.
- Alcançada a pressão de cerca de 5 bars, passe ao ponto G). Fig. 8.5 - Regulação da pressão
G) Abra a torneira de corrediça do silenciador (coloque a alavanca na da haste
posição ON).
H) Aperte a contraporca do parafuso (6).

12
Manual de Instalação HL Pág. 5 de 6

Regulações
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 8 PT

8.3 LUBRIFICAÇÃO E ENCHIMENTOS


A central não necessita ser lubrificada, pois todos os seus componentes estão mergulhados no óleo, mas é
necessário efectuar periodicamente o enchimento de óleo.

8.3.1 ENCHIMENTO DE ÓLEO


Para uma execução correcta e segura desta operação, siga o procedimento abaixo:
ATENÇÃO
O enchimento de óleo deve ser feito somente por técnicos previamente treinados.

- Coloque a instalação em estado energético zero (vide 8.3.2).


- Providencie o óleo indicado na placa do óleo (no local das máquinas).
- Observe, através da vareta (F) a quantidade de óleo que falta.
- Remova a tampa do furo (T)
- Através do furo (T), faça o enchimento consoante a necessidade.
- Feche a tampa do furo (T).
- Se for necessário substituir completamente o óleo (lembre-se de que a
tampa para a drenagem (J) está situada na parte inferior da central),
siga, além das indicações do manual da central, também as contidas na
Parte 2 “Material Hidráulico” do presente manual.

Fig. 8.6 - Enchimento de Óleo

8.3.2 ESTADO ENERGÉTICO ZERO


NOTA
Antes de qualquer intervenção de limpeza ou manutenção, é necessário levar a central ao estado
energético zero, seguindo o procedimento indicado abaixo.

- Leve a cabina ao andar mais baixo.


- Remova a tensão com o interruptor geral em “O” (zero).
- Carregue no botão vermelho “MANOBRA MANUAL DE DESCIDA”
(MM), de maneira a levar a cabina ao ponto de “EXTRACURSO
INFERIOR” (amortecedores da cabina completamente
comprimidos).
- Feche a válvula de esfera do filtro FI (coloque a alavanca na posição
OFF) e, para maior segurança, uma vez fechada, remova a
alavanca.
- Descarregue completamente a pressão residual accionando a
electroválvula EMD.
- Respeite as outras precauções de segurança do local das máquinas
do país onde a central está instalada.

¥"

12
Manual de Instalação HL Pág. 6 de 6

Regulações
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 8 PT

¥"

12
Manual de instalação

CONTROLOS E PROVAS
PARA A COLOCAÇÃO EM SERVIÇO DA
INSTALAÇÃO

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 9
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 4

Controlos e provas
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 9 PT

9 CONTROLOS E PROVAS
Uma vez completada a instalação, é necessário fazer os controlos e provas do sistema.

9.1 CONTROLOS
Verifique se tudo foi instalado de acordo com os manuais de instalação do sistema e de cada um dos
componentes, controlando, principalmente, o que está indicado a seguir:

9.2 PROVAS NO POÇO


9.2.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA
q Verifique o funcionamento correcto do dispositivo de paragem no
poço (na figura)
- uma vez activado, o dispositivo deve impedir que a instalação se mova
q Verifique a posição correcta do dispositivo de paragem no poço
- o dispositivo deve ficar acessível pela porta de acesso e pelo
pavimento do poço.
q Verifique o funcionamento correcto do dispositivo de controlo do
afrouxamento dos cabos e do funcionamento do pára-quedas (na figura).
- O interruptor está fechado quando o pára-quedas permite que a
instalação deslize nas guias.
- O interruptor está aberto quando o pára-quedas impede que a
instalação deslize nas guias.

9.2.2 ELEMENTOS DE SUSPENSÃO


q Verifique se os cabos estão fixados correctamente e na posição certa.

9.3 PROVAS NA CAIXA


9.3.1 DISPOSITIVOS DE BLOQUEIO DAS PORTAS

q Verifique o funcionamento correcto do dispositivo de bloqueio das


Portas de patamar (na figura).
- as portas devem ficar fechadas e travadas quando a instalação
se move,
- as portas devem poder ser abertas apenas quando a cabina se
encontra no andar (± 50 mm).

9.3.2 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA


q Verifique o funcionamento correcto do contacto de controlo do fechamento e bloqueio da porta a cada
andar (C).
O contacto, quando está aberto, deve impedir que a instalação se mova.

9.3.3 LIMITADOR DE VELOCIDADE (VÁLVULA DE BLOQUEIO)

• Verifique o funcionamento correcto da válvula de bloqueio (1) no pistão


(vide 8.1.1).

13
Manual de Instalação HL Pág. 3 de 4

Controlos e provas
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 9 PT

9.3.4 PÁRA-QUEDAS DE CABINA


q Verifique o funcionamento correcto do pára-quedas.
ATENÇÃO
Depois da prova, certifique-se visualmente de que não ocorreu nenhuma avaria que possa
comprometer o funcionamento normal do elevador.

9.4 PROVAS NA TESTEIRA


9.4.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA
q Verifique o funcionamento correcto do contacto de segurança do
alçapão no tecto da cabina.
- uma vez aberto, o dispositivo deve impedir que a instalação se mova
q Verifique o funcionamento correcto do interruptor de extracurso (na
figura).
- exclua o dispositivo de paragem no andar mais alto e deixe a
instalação subir
- depois de ultrapassar alguns centímetros o nível do andar mais alto,
o interruptor de extracurso é accionado, abre o contacto e deve
impedir que a instalação se mova.

9.5 PROVAS NA CABINA


q Verifique o funcionamento correcto de todos os dispositivos da botoneira de cabina
- Controle, principalmente, o funcionamento do botão de paragem

9.6 PROVAS NO LOCAL DAS MÁQUINAS


9.6.1 DISPOSITIVOS ELÉCTRICOS DE SEGURANÇA
q Verifique o funcionamento correcto do interruptor geral de força motriz
- o interruptor deve permanecer estável na posição fechada durante o funcionamento normal
- o interruptor, quando está aberto, deve estar de maneira que impeça accionamentos não desejados.

9.6.2 MEDIÇÃO DA VELOCIDADE


q Verifique se a velocidade da instalação corresponde à especificada na documentação.

9.6.3 INSTALAÇÃO ELÉCTRICA


q Verifique, no quadro de manobra, se a resistência de isolamento dos circuitos, em
relação aos dados da tabela presente nos esquemas eléctricos, está correcta.
q Verifique a continuidade eléctrica da ligação entre a terra do local das máquinas e todos
os órgãos a ela ligados.
q Verifique se a potência consumida e a fornecida concordam com os dados do sistema
indicados na documentação técnica.

9.6.4 PROVAS DE PRESSÃO


q Verifique, no manómetro da central, se a pressão estática máxima
corresponde com a indicada nos documentos
q Verifique, utilizando o manómetro (MAN) da central, a calibração correcta da
válvula de pressão máxima:
- Faça subir a instalação
- Durante a subida, feche lentamente a torneira
- Controle se a válvula limita a pressão ao valor exigido pelas normas
(140% da pressão estática).
- Se a pressão de intervenção não estiver correcta, regule a válvula
seguindo o procedimento indicado no manual da central
NOTA
É recomendado efectuar as provas seguintes com o óleo à temperatura ambiente para evitar quedas de
pressão causadas pelo arrefecimento do próprio óleo.
ATENÇÃO
Depois da prova, certifique-se visualmente de que nenhum tipo de deterioração tenha afectado o
sistema hidráulico.

13
Manual de Instalação HL Pág. 4 de 4

Controlos e provas
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 9 PT

q Verifique o abaixamento lento da cabina


- Mande a cabina, carregada com uma massa equivalente à capacidade, ao andar mais alto
- Deixe a cabina nessa posição por 10 minutos
- Verifique que a cabina não tenha descido por mais de 10 mm

9.6.5 MANOBRA DE EMERGÊNCIA NA DESCIDA


q Verifique se, carregando no botão de descida em emergência da central:
- a cabina desce ao andar mais próximo
- as cordas não se afrouxam.

9.7 PROVAS NA INSTALAÇÃO


9.7.1 DISPOSITIVOS INTERNOS DE ALARME
q Verifique o funcionamento correcto dos dispositivos de alarme.
• Carregue no botão de alarme na cabina:
- A campainha de alarme soa e pode ser ouvida em todos os andares (soltando o botão, a campainha
pára de tocar)
- Os sinais luminosos de alarme nos andares (se instalados) acendem-se (soltando o botão, os sinais
não se apagam)

9.7.2 DISPOSITIVOS DE EMERGÊNCIA

q Verifique, se instalado, o funcionamento correcto do dispositivo de


comunicação bidireccional de emergência seguindo as instruções do
manual do próprio dispositivo.

9.8 CONTROLOS E PROVAS PARA INSTALAÇÕES DE HL


Além dos controlos e das provas dos parágrafos de 9.2 a 9.7, é necessário efectuar as seguintes verificações:
9.8.1.1 DISPOSITIVO MECÂNICO DE PARAGEM DA CABINA

q Verifique o funcionamento correcto do dispositivo mecânico de


paragem da cabina
• Accione o dispositivo mecânico e faça descer o elevador com a
cabina carregada consoante as indicações da norma no ponto o
OFF
o ON

o o
D2.ab)
q Verifique se os espaços e as distâncias exigidos pela norma no ON OFF
ponto 5.7.3.3 são respeitados
q No final da prova, controle visualmente se não ocorreram avarias

9.8.2 PORTAS DE PATAMAR


9.8.2.1 CONTACTO ELÉCTRICO

q Verifique o funcionamento correcto da chave de emergência


- Se o contacto estiver aberto, a instalação não se deve mover
nem em subida, nem em descida

13
Manual de instalação

OPERAÇÕES FINAIS

Empresa
EQUIPAMENTOS FLUIDODINÂMICOS E
Certificada
COMPONENTES PARA ELEVADORES
UNI EN ISO 9001

GMV SpA
Via Don Gnocchi, 10 - 20016 PERO – Milano (Italy)
TEL. +39 02 33930.1 - FAX +39 02 3390379 - http://www.gmv.it - e-mail: info@gmv.it 10
Doc n° 10991045 Rev. 0.1.8 de 22.04.2008 File: HL-MI-05-10991045-PT.doc
Manual de Instalação HL Pág. 2 de 2

Operações Finais
Doc. n° 10991045
Rev.0.1.8 - 22.04.2008 10 PT

10 OPERAÇÕES FINAIS
10.1 RECOMENDAÇÕES
• Verifique que nenhuma pessoa não autorizada tenha acesso ao local das máquinas (mantenha-o sempre
fechado a chave).
• Verifique que a central, quando opera, tenha todas as protecções montadas (cobertura das ligações
eléctricas, depósito).
• Uma vez realizado o enchimento de óleo ou em caso de enchimentos, certifique-se de que não ficam
manchas de óleo ao redor da central.
ATENÇÃO
Nunca apoie as mãos no silenciador, no grupo das válvulas e no depósito do óleo, pois estas partes
podem ultrapassar 70°C (perigo de queimadura).
• Não se apoie ou sente na central.
• Não apoie recipientes com líquidos na central ou na bateria de bornes (perigo de curto-circuito).
• Comunique a própria chegada ao responsável. Antes de desligar a instalação, pendure os cartazes de fora
de serviço na porta de cada andar.
• Não deixe peças, partes, ferramentas, manchas de óleo e massa no pavimento.
• Preste atenção em possíveis contactos quando se opera em órgãos rotativos ou em aparelhos que
eventualmente ficaram sob tensão.
ATENÇÃO
Nunca exclua os circuitos de segurança.
• Antes de mover a cabina, verifique o funcionamento correcto do botão de emergência no tecto.
• Durante o movimento, segure firmemente na coluna ou em outras partes da cabina e, em todo o caso, não
nos cabos.
• Preste particular atenção durante o movimento em subida.
• No final dos trabalhos, certifique-se de que todas as protecções estão montadas e feche à chave o local das
máquinas.

10.2 OPERAÇÕES FINAIS


No final da instalação, é necessário efectuar um ensaio da instalação, de acordo com as normas vigentes.
• Tal ensaio é realizado pelo próprio instalador (se possuir Sistema de Qualidade certificado nos termos das
normas UNI EN ISO 9000) ou por um órgão notificado nos termos da Directiva Elevadores.
Se o ensaio tiver êxito positivo, será necessário comunicar a realização da instalação às autoridades
competentes, comunicando:
- A morada do prédio.
- A velocidade, a capacidade, o percurso, o número de paragens e o tipo de accionamento.
- Nome ou razão social do instalador.
- Cópia da declaração de conformidade.
- Indicação da firma à qual foi confiada a manutenção da instalação.
- Indicação do indivíduo encarregado de efectuar os controlos periódicos da instalação.

¥"

14