Você está na página 1de 21

CÁLCULO II

INTEGRAL DE FUNÇÕES DE
VÁRIAS VARIÁVEIS
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS
Nesta disciplina vamos estudar Funções de várias variáveis

CÁLCULO DERIVADAS E INTEGRAIS

O que são “funções de várias variáveis”?


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS
São funções que possuem uma variável dependente e mais de uma
variável independente

Exemplo: z  f ( x, y )  x ²  y ²

Para calcular os valores de f(imagem) precisamos atribuir dois


valores às variáveis do domínio.
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

f ( x, y )  x ²  y ²

f (1,1)  1²  1²  2
f (3,4)  3²  4²  25
f (5,0)  5²  0²  25
f (0,5)  0²  (5)²  25
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Perguntas:

Gráficos?

Derivadas?

Integrais?
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

z
Perguntas: P=(a, b, c)

Gráficos? c

P
b
y
a

x
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Perguntas:

Gráficos?

Superfícies
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Ferramentas gráficas:
- MatLAB
- Mathematica

Software livres:
- Winplot
- Geogebra
- GnuPlot
Superfícies
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Paraboloide de revolução

z  f ( x, y )  x ²  y ²
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Uma função de várias variáveis é uma função


f : DC R²  R (ou R³)

onde D é o domínio de f, e

z = f(x, y) (ou w = f(x, y, z) )


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Exemplo:

z = f(x, y) = x² + y², D = R²

1
𝑧 = 𝑓 𝑥, 𝑦 = , D = R² -{(0,0)}
𝑥 2 +𝑦²

w = f(x, y, z) = sen(xyz²) + x³, D = R³


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Conjunto imagem:

z = f(x, y) = x² + y², I = R+

1
𝑧 = 𝑓 𝑥, 𝑦 = , I = R*+
𝑥 2 +𝑦²

w = f(x, y, z) = sen(xyz²) + x³, I = R


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Uma função é limitada se seu conjunto imagem é um


conjunto limitado em R.

f(x, y) = sen(xy), I = [-1, 1]

𝑥²
𝑓 𝑥, 𝑦 = , I = [0, 1]
𝑥 2 +𝑦²
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

No último exemplo temos:

𝑥²
𝑓 𝑥, 𝑦 = , I = [0, 1]
𝑥 2 +𝑦²

𝑥²
0≤ 2
𝑥 + 𝑦²

2 2 2
𝑥²
𝑥 ≤𝑥 +𝑦 → 2
≤1
𝑥 + 𝑦²
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS
Gráfico

O gráfico de uma função f : DC R²  R é o conjunto.

Graf(f) = {(x, y, z) ∈ R³ | z = f(x, y) e (x, y) ∈ D}


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

O gráfico de uma função f : DC R²  R é o conjunto.

Graf(f) = {(x, y, z) ∈ R³ | z = f(x, y) e (x, y) ∈ D}


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Curvas de nível

f : DC R²  R função de duas variáveis

Dado k ∈ R a curva de nível k da função f é o conjunto


{(x, y) ∈ D| f(x, y) = k}

Uma curva de nível é um conjunto de pontos no domínio


da função onde esta tem valores constantes.
FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Curvas de nível

z = f(x, y) = 4 - x² - y²

f(x, y) = k ⇔ 4 – x² - y² = k ⇔ x² + y² = 4 – k

Vamos descrever estas curvas de nível:


FUNÇÕES DE VÁRIAS VARIÁVEIS

Curvas de nível

k > 4 ⇒ a curva de nível é vazia

k = 4 ⇒ x² + y² = 0 ⇒ (x, y) = (0, 0) ⇒ a curva de reduz


a um ponto

k < 4 ⇒ k a curva de nível k é uma circunferência de


raio 4 − 𝑘
Curvas de nível

z = f(x, y) = 4 - x² - y²