Você está na página 1de 10

UNIJUI - Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS

DCEEng – Departamento de Ciências Exatas e Engenharias


EGE – Curso de Engenharia Elétrica
PROFESSOR: Sandro Bock
DISCIPLINA: Proteção de Sistemas Elétricos

Trabalho de Proteção de sistemas elétricos

William fernando Borchardt


Alisson Hentges

1 – Valores de Resistências e Reatâncias de Seqüência Positiva e Zero e


Correntes de Curto-Circuito no Ponto de Entrega (Dados fornecidos pela
Concessionária).

Impedância de Thèvenin no ponto de entrega, fornecidas pela concessionária.

Z1=Z2 = 2,3643 l_75,49°Ω


Z0= 5,0320 l_ 79,69°Ω

2 – Valores de Base do Sistema para Cálculo em por unidade (pu) das Correntes
de Curto-Circuito (SB=100MVA; VB=VN; ZB e IB calcular)

Vb = 13,8k
𝟏𝟎𝟎𝑴 𝟏𝟑,𝟖𝑲²
𝑰𝒃𝟏 = = 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕𝟎 𝑨 𝒁𝒃 = = 𝟏, 𝟗𝟎𝟒𝟒
√𝟑×𝟏𝟑,𝟖𝑲 𝟏𝟎𝟎𝑴

3. Cálculo das Impedâncias de Seqüências (+), (-) e (0):

𝟑,𝟕𝟓 𝟏𝟎𝟎𝑴 𝟏𝟑,𝟖𝑲 𝟐


𝒁𝒕𝟎 = 𝒁𝒕𝟏 = 𝒁𝒕𝟐 = × ×( ) = 𝑱. 𝟑, 𝟕𝟓 𝒑. 𝒖.
𝟏𝟎𝟎 𝟏𝟎𝟎𝟎𝑲 𝟏𝟑,𝟖𝑲

𝑹𝒕𝒓 = 𝟎, 𝟐 × 𝒋 𝟑, 𝟕𝟓 = 𝟎, 𝟕𝟓 𝒑. 𝒖.
𝑿𝒕𝒓 = √𝟑, 𝟕𝟓𝟐 − 𝟎, 𝟕𝟓𝟐 = 𝒋𝟑, 𝟔𝟕𝟒 𝒑. 𝒖.

𝒁𝒕𝒓 = (𝟎𝟕𝟓 + 𝒋 𝟑, 𝟔𝟕𝟒)𝒑. 𝒖.

Calculos das impedâncias do sistema.

𝟐,𝟑𝟔𝟒𝟑 𝑳 𝟕𝟓,𝟒𝟗°
𝒁𝟏 = = 𝟏, 𝟐𝟒𝟏𝟓 𝐥 𝟕𝟓, 𝟒𝟗° p. u.
𝟏,𝟗𝟎𝟒𝟒

𝟓,𝟎𝟑𝟐𝟎 𝑳 𝟕𝟗,𝟔𝟗°
𝒁𝟎 = = 𝟐, 𝟔𝟒𝟐 𝐋 𝟕𝟗, 𝟔𝟗° p. u.
𝟏,𝟗𝟎𝟒𝟒

4. Cálculo das Correntes de Curto-Circuito no Ponto de Entrega de Energia em


Média Tensão
4.1 Corrente de curto-circuito trifásico
4.1.1 - Corrente Simétrica

𝟏
𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = (𝟏,𝟐𝟒𝟏𝟓 𝑳 𝟕𝟓,𝟒𝟕°)
× 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕𝟎 = (𝟑𝟑𝟔𝟗, 𝟖𝟕𝟓𝑳 − 𝟕𝟓, 𝟒𝟗°) 𝑨

4.1.2 – Corrente Assimétrica


Tg (75,49) = 3,864
3,09
(− )
𝜆 3Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 3,864 = 1,4616

𝑰𝒂𝒔𝟑∅ = 𝜆 ∗ 𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = 𝟒𝟗𝟐𝟓, 𝟒𝟏∠ − 𝟕𝟓, 𝟒𝟗° 𝑨

4.2 Corrente de curto-circuito bifásico


4.2.1 - Corrente Simétrica

√𝟑
𝑰𝒄𝒄𝟐∅ = × 𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = (𝟐𝟗𝟏𝟖, 𝟒 𝒍 − 𝟕𝟓, 𝟒𝟗°) 𝑨
𝟐

4.2.2 – Corrente Assimétrica


Tg (75,49) = 3,864
3,09
(− )
𝜆 2Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 3,864 = 1,4616

𝐼𝑎𝑠2Ø = 1,4616 × 𝑰𝒄𝒄𝟐∅ = (𝟒𝟐𝟔𝟓, 𝟓𝟑∠ − 𝟕𝟓, 𝟒𝟗°) 𝐴

4.3 Corrente de curto-circuito monofásico


4.3.1 - Corrente Simétrica

𝟑
𝑰𝒄𝒄𝟏∅ = 𝟐∗( 𝒁𝟏𝑺𝒊𝒔𝒕.)+( 𝒁𝒐𝑺𝒊𝒔𝒕.)
× 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕 = (𝟐𝟒𝟓𝟎, 𝟔𝟒 𝒍 − 𝟕𝟕, 𝟔𝟓°) A

4.3.2 – Corrente Assimétrica


Tg (77,65) = 4,569
3,09
(− )
𝜆 1Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 4,569 = 1,52

𝐼𝑎𝑠1Ø = 1,52 × 𝑰𝒄𝒄𝟏∅ = (𝟑𝟕𝟐𝟒, 𝟗𝟕∠ − 𝟕𝟕, 𝟔𝟓°) 𝐴

4.4 Corrente de curto-circuito monofásico-terra


4.4.1 - Corrente Simétrica
Zf = (3 * 33,3) / 1,9044 = 52,457

𝟑
𝑰𝒄𝒄𝟏∅𝒇𝒕 = 𝟐∗( 𝒁𝟏𝑺𝒊𝒔𝒕.)+( 𝒁𝒐𝑺𝒊𝒔𝒕.)+𝒁𝒇
× 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕 = (𝟐𝟑𝟑, 𝟑𝟔 𝒍 − 𝟓, 𝟑𝟒°) A

4.4.2 – Corrente Assimétrica


Tg (5,34) = 0,0935
3,09
(− )
𝜆 1Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 5,34 = 1,022

𝐼𝑎𝑠1Ø𝑓𝑡 = 1,52 × 𝑰𝒄𝒄𝟏∅𝒇𝒕 = (𝟐𝟑𝟖, 𝟒𝟕𝟒∠ − 𝟓, 𝟑𝟒°) 𝐴

5. Cálculo das Correntes de Curto-Circuito no Secundário do Transformador 1 e


do Transformador 2:
5.1 Corrente de curto-circuito trifásico
5.1.1 - Corrente Simétrica
𝟏
𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = = ( 𝟎, 𝟐𝟎𝟏 𝑳 − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐°) 𝒑. 𝒖.
(𝟎, 𝟕𝟓 + 𝒋𝟑, 𝟔𝟕𝟒) + (𝟏, 𝟐𝟒𝟏𝟓 𝑳 𝟕𝟓, 𝟒𝟕°)

𝟏
𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = (𝟎,𝟐𝟎𝟏∠−𝟕𝟕,𝟕𝟐°)
× 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕𝟎 = (𝟖𝟑𝟖, 𝟒𝟐∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐°) 𝑨

5.1.2 – Corrente Assimétrica

Tg (77,72) = 4,59
3,09
(− )
𝜆 3Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 4,59 = 1,5211

𝑰𝒂𝒔𝟑∅ = 𝜆 ∗ 𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = 𝟏𝟐𝟕𝟓, 𝟐𝟏∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐° 𝑨

5.2 Corrente de curto-circuito bifásico


5.2.1 - Corrente Simétrica
√𝟑
𝑰𝒄𝒄𝟐∅ = × 𝑰𝒄𝒄𝟑∅ = ( 𝟎, 𝟏𝟕𝟑𝟓 𝑳 − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐°) 𝒑. 𝒖.
𝟐

𝑰𝒄𝒄𝟐∅ = 𝟎, 𝟏𝟕𝟑𝟓∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐 × 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕𝟎 = (𝟕𝟐𝟓, 𝟖𝟖∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐°) 𝑨

5.2.2 – Corrente Assimétrica

Tg (77,72) = 4,59
3,09
(− )
𝜆 2Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 4,59 = 1,5211

𝑰𝒂𝒔𝟐∅ = 𝜆 ∗ 𝑰𝒄𝒄𝟐∅ = 𝟏𝟏𝟎𝟒, 𝟏𝟒∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐° 𝑨

5.3 Corrente de curto-circuito monofásico


5.3.1 - Corrente Simétrica
𝟑
𝑰𝒄𝒄𝟏∅ = = (𝟎, 𝟐𝟏𝟖 𝑳 − 𝟕𝟕, 𝟓𝟕° ) 𝒑. 𝒖.
𝟐 ∗ ( 𝒁𝟏𝒔𝒊𝒔𝒕. +𝒁𝟏𝒕𝒓) + ( 𝒁𝒐𝒕𝒓)

𝑰𝒄𝒄𝟏∅ = 𝟎, 𝟐𝟏𝟖∠ − 𝟕𝟕, 𝟕𝟐 × 𝟒𝟏𝟖𝟑, 𝟕𝟎 = (𝟗𝟏𝟐, 𝟎𝟓𝟓∠ − 𝟕𝟕, 𝟓𝟕°) 𝑨

5.3.2 – Corrente Assimétrica

Tg (77,57) = 4,537
3,09
(− )
𝜆 1Ø = [ 1,022 + 0,978 𝑒 4,537 = 1,517

𝑰𝒂𝒔𝟏∅ = 𝜆 ∗ 𝑰𝒄𝒄𝟏∅ = 𝟏𝟑𝟖𝟑, 𝟓𝟖𝟕∠ − 𝟕𝟕, 𝟓𝟕° 𝑨

6. Cálculo do Ajuste para o Relé de Sobrecorrente:


a) Dados do Relé

Relé de Proteção.

Marca: PEXTRON
Modelo: URPE 7104

50/51/50N/51N/51GS/62BF/79
In = 5A – serial RS485 com CSMA – CD

b) Ajuste dos Parâmetros dos Relés de Fase e Neutro:

f = 60 HZ; IN = 5A;

Relé de Fase
• Ajuste da Corrente da Unidade Instantânea de Fase (IINST) Recomendada
(99) x RTC;
• Corrente de Partida da Unidade de Temporização Curva Inversa de Fase
(IPARTIDA) Recomendada (2) x RTC;
• Dial de tempo curva de fase utilizado: 1
• Tipo de curva: Normalmente inversa (N.I.)
Relé de Neutro:

• Ajuste da Corrente da Unidade Instantânea de Neutro (IINST) Recomendada


(75) x RTC;
• Corrente de Partida da Unidade de Temporização Curva Inversa de Neutro
(IPARTIDA) Recomendada (ial0,42 A) x RTC;
• Dial de tempo curva de neutro utilizado = 1
• Tipo de curva: Normalmente inversa (N.I.)

Religador.

Marca: PEXTRON
Modelo: URP 5000

f = 60 HZ; IN = 5A;

• Numero de operações: Duas operações rápidas e uma lenta

• Tempo do primeiro rearme: 0.5 segundos

• Tempo para o segundo rearme: 1 segundo

Parâmetros da curva rápida

Parâmetros de Fase:

• Ajuste da corrente de disparo de fase: 2(A)*RTC

• Dial de tempo da curva: 0,1

• Tipo de curva: Muito inversa (M.I.)


Parâmetros de Neutro:

• Ajuste da corrente de disparo de neutro: 0,42(A) * RTC

• Dial de tempo da curva: 0,1

• Tipo de curva: Muito inversa (M.I.)

Parâmetros da curva lenta

Parâmetros de Fase:

• Ajuste da corrente de disparo de fase: 2(A)*RTC

• Dial de tempo da curva: 0,4

• Tipo de curva: Muito inversa (M.I.)


Parâmetros de Neutro:

• Ajuste da corrente de disparo de neutro: 0,42(A) * RTC

• Dial de tempo da curva: 0,4

• Tipo de curva: Muito inversa (M.I.)


7. Coordenograma contendo as curvas do Religador de saída do alimentador e
do Relé de proteção primária do consumidor.
Coordenograma das Curvas das correntes de fase do religador e do relé.
Coordenograma das Curvas das correntes de fase do religador e do relé.

Relé associado a concessionaria:

Sugere-se que a concessionaria responsável pela rede altere os valores


associados as curvas de fase e neutro para que haja coordenação entre os
equipamentos definidos.

Para as correntes de fase:

• Aumentar o dial de tempo


• Alterar a curva de muito inversa (M.I.) para normalmente inversa (N.I.)
• Aumentar o valor da corrente instantânea de fase para que fique acima
do valor da corrente de fase definido no rele
Para as correntes de Neutro

• Aumentar o dial de tempo


• Alterar a curva de muito inversa (M.I.) para normalmente inversa (N.I.)
• Aumentar o valor da corrente instantânea de neutro para que fique
acima do valor da corrente de neutro definido no rele