Você está na página 1de 2

Teste de avaliação de Biologia e Geologia – 11.

o ano
Critérios de correção e cotações

Critérios de correção Cotação


Grupo I
1. Opção (A) 5
2. Opção (C) 5
3. Opção (A) 5
4. Opção (D) 5
5. Opção (C) 5
6. Opção (D) 5
7. Opção (B) 5
8. – Relação entre a universalidade do código genético e a possibilidade de efetuar
testes com genes humanos (ou introduzir genes humanos) noutros seres vivos.
– Relação entre a ausência de processamento na síntese proteica dos procariontes
e a formação de mRNA distinto do dos eucariontes. 10
– Relação entre o modo de atuação dos miRNA regenerativos (ligação ao mRNA-
alvo por complementaridade) e a garantia de validade dos resultados, utilizando
apenas organismos eucariontes.
9. – Referência à necessidade de transcrição do gene localizado no cromossoma
17 responsável pela produção de miRNA.
– Relação entre a administração de miRNA-21 na cartilagem dos pacientes com 10
osteoartrite com a sua regeneração, devido à formação de depósitos de proteínas
de colagénio.
Grupo II
1. Opção (C) 5
2. Opção (B) 5
3. Opção (C) 5
4. Opção (A) 5
5. Opção (B) 5
6. Opção (A) 5
7. (a)(3); (b)(4); (c)(1). 5
8. – Relação entre a disjunção dos cromossomas que ocorrem nas anáfases da
meiose com a produção de gâmetas com dois cromossomas 21 e com um
cromossoma 21. 10
– Relação entre a formação de 50% dos gâmetas com um cromossoma 21 com a
possibilidade de ter filhos com um cariótipo normal.
Grupo III
1. Opção (A) 5
2. Opção (C) 5
3. Opção (B) 5
4. Opção (C) 5
5. Opção (B) 5
6. Opção (A) 5

1
7. E – A – D – B – C. 5
8. (a)(4); (b)(5); (c)(2). 5
9. – Relação entre as boas condições ambientais (temperatura, humidade relativa
do ar, precipitação e matéria orgânica disponível) e a reprodução assexuada de
Cladosporium cladosporoide, que promove a manutenção da informação genética.
– Relação entre a impossibilidade de utilização da reprodução sexuada por parte
da Cladosporium cladosporoide, quando as condições ambientais são
10
desfavoráveis, e a incapacidade de adaptação às novas condições do meio.
– Relação entre a variabilidade genética introduzida pela reprodução sexuada
praticada pelos restantes Ascomycota (crossing-over; separação aleatória dos
cromossomas homólogos; fecundação) e a possibilidade de ocorrência de
características mais bem adaptadas ao meio ambiente.
Grupo IV
1. Opção (A) 5
2. Opção (C) 5
3. Opção (A) 5
4. Opção (B) 5
5. Opção (C) 5
6. Opção (D) 5
7. Opção (C) 5
8. D – C – E – B – A. 5
9. – Referência ao aparecimento de células eucarióticas a partir de invaginações
que armazenaram o material genético para formar o núcleo, a partir do qual se
destacaram algumas vesículas com porções do material genético que evoluíram
para os restantes organelos. 10
– Referência ao desenvolvimento de associações coloniais entre eucariontes.
– Relação entre a progressiva diferenciação celular nos seres coloniais e o
aparecimento da multicelularidade.
TOTAL 200