Você está na página 1de 14

COLÉGIO ESTADAL JOÃO CARNEIRO DOS SANTOS

AMANDA KAROLINY FERREIRA DOS SANTOS

AS DEZ CLASSES GRAMATICAIS

GOIÂNIA

2019
COLÉGIO ESTADUAL JOÃO CARNEIRO DOS SANTOS

AMANDA KAROLINY FERREIRA DOS SANTOS

AS DEZ CLASSES GRAMATICAIS

Trabalho sobre as dez classes


gramaticais apresentado ao Colégio
Estadual João Carneiro dos Santos
como método de obtenção do diploma de
Ensino Médio.
Coordenador/Professor: Maria
Conceição

GOIÂNIA

2019
INDICE

INTRODUÇÃO ......................................................................................... 3

AS DEZ CLASSES GRAMATICAIS ....................................................... 4

1. Substantivo ..................................................................................... 4
1.1. Substantivo simples .............................................................. 4
1.2. Substantivos compostos ....................................................... 4
1.3. Substantivos primitivos .......................................................... 4
1.4. Substantivos derivados .......................................................... 5
1.5. Substantivos próprios ............................................................. 5
1.6. Substantivos comuns ............................................................. 5
1.7. Substantivos coletivos ............................................................ 5
1.8. Substantivos concretos .......................................................... 5
1.9. Substantivos abstratos ........................................................... 6
1.10. Substantivos de dois números ................................................ 6

2. ARTIGO ............................................................................................ 6
2.1. Artigo definidos ....................................................................... 6
2.2. Artigos indefinidos ................................................................... 6

3. ADJETIVO ....................................................................................... 7
4. PRONOMES .................................................................................... 7
4.1. Pronomes pessoais retos ...................................................... 7
4.2. Pronomes pessoais oblíquos não reflexivos átonos .............. 7
4.3. Pronomes pessoais oblíquos não reflexivos tônicos ............. 7
4.4. Pronome de tratamento ......................................................... 7
4.5. Pronomes demonstrativos ...................................................... 7
4.6. Pronomes indefinidos ............................................................. 7
4.7. Pronomes interrogativos ......................................................... 7
4.8. Pronomes relativos ..................................................................7

5. NUMERAIS ........................................................................................ 8
6. VERBO ............................................................................................... 8
7. ADVÉRBIO ....................................................................................... 8
8. PREPOSIÇÃO .................................................................................. 9
9. CONJUNÇÃO ................................................................................... 9
10. INTERJEIÇÃO .................................................................................. 10

CONCLUSÃO .............................................................................................. 11

REFERÊNCIAS ........................................................................................... 11
INTRODUÇÃO

O saber português é de suma importância para compreender nossa língua e


nossa nação. Aquele que lê bem e escreve bem está inclinado a se destacar na
sociedade, demonstrando seu domínio do português. Verbo, advérbio,
pronomes, substantivos e mais outros itens que compõe as 10 classes
gramaticais são o que aprenderemos com este trabalho.
AS DEZ CLASSES GRAMATICAIS

Segundo um estudo morfológico da língua portuguesa, as palavras podem ser


analisadas e catalogadas em dez classes de palavras ou classes gramaticais
distintas, sendo elas: substantivo, artigo, adjetivo, pronome, numeral, verbo,
advérbio, preposição, conjunção e interjeição.

1.SUBSTANTIVO

Substantivos são palavras que nomeiam seres, lugares, qualidades,


sentimentos, noções, estre outros. Podem ser flexionados em gênero, número
e grau. Exercem sempre a função de núcleo das funções sintáticas onde estão
inseridos (sujeito, objeto indireto e agente da passiva).

1.1. SUBSTANTIVOS SIMPLES


 Casa
 Amor
 Roupa

1.2. SUBSTANTIVOS COMPOSTOS


 Passatempo
 Arco-íris
 Beija-flor
 Segunda-feira
 Malmequer

1.3. SUBSTANTIVOS PRIMITIVOS


 Folha
 Chuva
 Algodão
 Pedra
 Quilo
1.4. SUBSTANTIVOS DERIVADOS
 Território
 Chuvada
 Jardinagem
 Açucareiro
 Livraria

1.5. SUBSTANTIVOS PRÓPRIOS


 Flávio
 Brasil
 Carnaval
 Nilo
 Serra da Mantiqueira

1.5. SUBSTANTIVOS COMUNS

 Mãe
 Computador
 Papagaio
 Uva
 Planeta

1.6. SUBSTANTIVO COLETIVO


 Rebanho
 Cardume
 Pomar

1.7. SUBSTANTIVO CONCRETO


 Mesa
 Cachorro
 Samambaia
1.8. SUBSTANTIVO ABSTRATO
 Beleza
 Pobreza
 Crescimento

1.9. SUBSTANTIVOS DE DOIS NUMEROS


 O lápis
 O tórax
 A práxis

2. ARTIGO

Artigos são palavras que antecedem os substantivos, determinando a definição


ou a indefinição dos mesmos. Sendo flexionados em gênero e número. Indicam
também o gênero e o número dos substantivos que determinam.

2.1. ARTIGOS DEFINIDOS


 o
 a
 os
 as

2.2. ARTIGOS INDEFINIDOS


 Um
 Uma
 Uns
 Umas
3. ADJETIVO

Adjetivos são palavras que caracterizam um substantivo, conferindo-lhe


uma qualidade característica, aspecto ou estado. Podem ser flexionados em
gênero, número e grau. Exemplos:
 A casa colorida deu alegria ao condomínio
 As flores perfumadas enfeiam o jardim
 As crianças chatas brincavam e faziam barulho

4. PRONOMES

São classificados de acordo com a função na frase. Podem ser pronomes


adjetivos ou pronomes substantivos. Para estabelecer a diferença, na análise
morfológica, verifica-se que os pronomes substantivos são os que aparecem
isolados na frase, enquanto os pronomes adjetivo aparecem acompanhando os
substantivos, caracterizando-os. Os pronomes podem ser:

4.1. Pronomes pessoais retos: eu,, tu, ele, nós, vós, eles.
4.2. Pronomes pessoais oblíquos não reflexivos átonos: me, te, o, a, lhe, nos,
vos, os, as, lhes
4.3. Pronomes pessoais oblíquos não-reflexivos tônicos: mim, comigo, ti,
contigo, ele, ela, nós, conosco, vós, convosco, eles, elas
4.4. Pronome de tratamento: você, senhor, senhora, vossa excelência
4.5. Pronomes demonstrativos: este, esse, aquele, esta, essa, aquela, isto,
isso, aquilo
4.6. Pronomes possessivos: meu, minha, teu, tua, seu, sua, nosso, nossa,
vosso, vossa.
4.7. Pronomes indefinidos: algum, nenhum, todo, outro, misto, pouco, certo,
vários, tanto, qualquer (todos esses admitem formas femininas e plurais).
Os invariáveis: alguém, ninguém, outrem, tudo, nada, cada, algo.
4.8. Pronomes interrogativos: qu, quem, qual e quando
4.9. Pronomes relativos: o qual, os quais, cujo, quanto, a qual, as quais, cuja,
quantas, que, quem, onde
5. NUMERAIS

Numerais são a palavras que indicam quantidade ou o lugar que um


substantivo ocupa em uma série numérica. Possuem algumas
subclassificações: cardinais (um, dois, três); ordinais (primeiro, segundo,
terceiro); multiplicativos (dobro, triplo); fracionários (metade, terço); coletivos
(dezena, dúzia).

6. VERBO

Este é palavra variável que indica ação estado ou fenômeno da natureza.


Flexionam em número, pessoa, voz, modo, formas e tempo.

 João comeu muito arroz no almoço (indica ação)


 Ontem choveu até alagar a cidade (fenômeno da natureza)
 Os alunos continuam alegres (indica estado)

7. ADVÉRBIO

São termos que modificam os outros termos tais como o verbo, os próprios
advérbios e adjetivos. Classificam-se em advérbios de:

 Lugar: abaixo, acima, adiante, ali, aqui, ec


 Tempo: agora, ainda, amanhã, antes, breve, depois, cedo, tarde, nunca, etc
 Modo: assim, bem, mau, depressa, melhor, pior, bondosamente,
regularmente, etc
 Intensidade: muito, pouco, bastante, bem, demais, quão, tão, etc
 Dúvida: acaso, porventura, possivelmente, quiçá, talvez
 Afirmação: sim, certamente, efetivamente, realmente, etc
 Negação: não
 Exclusão: salvo, senão, somente, só, unicamente, apenas
 Ordem: primeiramente, ultimamente, depois
 Inclusão: inclusivamente, também, mesmo, ainda
8. PREPOSIÇÃO

Preposições são palavras que estabelecem conexões com vários sentidos


entre dois termos da oração. Através de preposição o segundo termo (termo
consequente) explica o sentido do primeiro termo (termo antecedente). São
invariáveis, não sendo flexionados em gênero e número.

São preposições: a, onde, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para,
perante, por, sem, sob, sobre, trás, etc.

9. CONJUNÇÃO

Conjunções coordenativas (ou não) são palavras utilizadas como elementos de


ligação entre duas orações ou entre termos de uma mesma oração,
estabelecendo relações de coordenação ou de subordinação. São invariáveis,
não sendo flexionadas em gênero e número. Elas podem ser:

 Aditivas: e; comprei banana e maçã


 Adversativas: mas, porém, entretanto, contudo, todavia
 Alternativas: ou, ora, quer, seja, nem, já
 Conclusivas: logo, pois, portanto, por conseguinte, por isso, assim
 Explicativas: que, porque, pois, porquanto
 Causais: porque, pois, portanto, porquanto, como, pois que, por isso que,
uma vez que, visto que, visto como.
 Concessivas: embora, enquanto, ainda que, mesmo que, posto que
 Condicionais: se caso, quando, conquanto que, salvo, se, sem que, desde
que, dado que, etc.
 Conformativas: conforme, segundo, consoante
 Proporcionais: a medida que, ao passo que, a proporção que, mais, quanto
mais, menos, tanto mais, tanto menos
 Temporais: quando antes que, depois que, até que, logo que, todas as
vezes que, cada vez que, mal que.
 Comparativa: assim como, bem como
 Consecutivas: combinação da conjunção “que” com as expressões: tal,
tanto, tão, tamanho, etc
 Integrantes: que, se.
10. INTERJEIÇÃO

Interjeições são palavras que exprimem emoções, sensações, estados de


espírito. São invariáveis e seu significado fica dependente da forma como
as mesmas são pronunciadas pelos seus interlocutores.
Exemplos: Oh! Ah! Oba! Viva! Opa! Vamos! Força! Boa! Bravo! Ai! Ui! Ora!
Psiu! Ufa! Sentido! Etc.
CONCLUSÃO

Com este trabalho podemos apreender um pouco sobre a grandeza de


nossa língua portuguesa, as mil faces da gramática e suas peculiaridades.
Conhecimento este importante para a formação de todo brasileira falante de
nossa língua, que é de grande importância seu estudo desde a primeira
infância. Assim, compreendendo as 10 classes gramaticais podemos
interpretar muitos textos e frases sem grande dificuldade de entendimento.
REFERÊNCIAS

GRAMÁTICA in: www.todamateria.com.br. Acesso em: 09/03/2019

AS10CLASSESGRAMATICAIS in: www.infoescola.com.br. Acesso em:


09/03/2019

Você também pode gostar