Você está na página 1de 2

Fundamento de Porteira

Material​:
Cruz de ferro;
Vaso que comporte a cruz;
Óleo de arruda;
Marafo;
Pimenta da costa,
7 imãs;
Massa de cimento;
Pó de basalto;
14 tridentes (7 receptivos e 7 ativos);
½ de corrente de ferro;
7 cadeados com chaves;
Terra de cemitério;
Pó da cruz das almas;
Sal marinho;
Areia da praia;
Pó de carvão,
Pó de pemba (branca, vermelha e preta);
Casca de cebola roxa;
Enxofre;
Pimenta fresca,
Pó de tijolo, dendê;
Melaço; 2 charuto;
21 búzios africanos;
14 figas;
7 velas vermelhas,
7 velas pretas e
7 velar vermelho com preta;
1 vela de sete dias vermelha e 1 vela de sete dias vermelha com preto;
1 muda de comigo ninguém pode macho e 1 muda de comigo ninguém pode
Fêmea;
2 vasos que caibam os bichos enterrados,
Terra adubada;
Morim preto e vermelho;
1 galo vermelho e uma galinha vermelha,
2 alguidar (0);
1 kg de farinha de mandioca grossa,
Pimenta malagueta;
Pimenta dedo de moça;
1 espumante rosé;
1 copo de vidro;
1 taça de vidro;
1 maço de cigarro,
7 rosas vermelhas.

Procedimento:

I - Arria o padê de Tranca Rua e 7 Saias sobre o morim. Deitar a cruz a frente das
oferendas e acender as velas de 7 dias ja na oferenda.
II - Descarregar a cruz com marafo.
III - Besuntar com óleo de arruda.
IV - Traçar com pemba preta os tridentes na cruz (receptivo nas extremidades
superiores e ativos para baixo).
V - Ritual de lealdade (papel, alfinete e pemba); queimar o ponto.
VI - Passar as cinzas na cruz.
VII - Soprar marafo com 7 pimenta da costa dentro do vaso da cruz.
VIII - Bater a massa de cimento com basalto (cimento de secagem rápida).
IX - Colocar circularmente os 7 ímãs no fundo do vaso, colocar a cruz e fixar com
cimento.
X - Fixar os tridente na marra encostando nas bordas.
XI - Circular a corrente e trancar com os 7 cadeados estourando as chaves dentro.
XII - Bater a massa de terra; pó da cruz das almas; 7 pitadas de sal marinho; areia
de praia; pó de carvão;; pó de pemba (branca, vermelha, preta); casca de cebola; 7
pitadas de enxofre; pimentas malagueta, pó de tijolo; 100ml de dendê; 1 dose de
marafo, 1 colher de melaço. Acenda o charuto e fume enquanto mexe a massa.
XIII - Tendo a massa homogênea, preencha o vaso e alise até ficar bem lisa.
XIV - Disponha os sete búzios de forma circular em sentido anti-horário.
XV - Corte bicho macho na direita do cruzeiro e a fêmea no lado esquerdo, escorra
a menga para seus respectivos pratos.
XVI - Desmonte as aves e monte nos pades sem retirar os axés; o restante deve ser
enterrado nos vasos com as mudas de comigo ninguém pode.
XVII - O cruzeiro vai comer por três dia e depois disso os bichos devem ser
enterrados na mata.
XVIII - Quando o cruzeiro for levado pra porteira o chão deve estar descarregado
com marafo e coberto com 7 folhas de mamona. A porteira receberá o cruzeiro e as
velas de sete dias.

*Em todos os trabalhos a porteira deve receber pades, fumo, velas e marafo.

Interesses relacionados