Você está na página 1de 2

Morfologia (147290) turma A

Ter 19-20h40, BSA S B1 54/10, 2º semestre de 2019

Profa. Flávia de Castro Alves – flaviacastro@unb.br


ICC Sul Mezanino, sala B1-090/65
Horário atendimento: Seg 18-19h (agendar antecipadamente por e-mail)

Ementa Conceito básicos: morfe, morfema e alomorfe. Procedimentos morfológicos:


depreensão e classificação de morfemas. Morfofonemas: problemas especiais de
análise morfológica. Processos de criação lexical.

Objetivos Apresentar a língua(gem) como uma atividade humana passível de ser analisada e
como objeto estruturado passível de ser descrito e explicado. Levar a/o aluna/o a
entender e a operar com alguns conceitos básicos da teoria linguística. Estudo dos
elementos básicos nível morfológico da descrição linguística.

Programa
• O que é Morfologia?
• Palavras e Formação de Palavras: A natureza do léxico
Introduzir a ideia de que as palavras podem ter sua própria estrutura interna e discutir
a representação de diferentes morfemas e processos morfológicos;
• Processos Morfológicos
Introduzir vários processos pelos quais flexão e derivação podem ser realizadas
• Tipos Morfológicos de Línguas;
Mostrar várias maneiras pelas quais as línguas do mundo fazem uso de processos
morfológicos;
• A estrutura hierárquica de palavras derivadas
Concentrar-se no processo de afixação, explorando com mais detalhes o modo como
as palavras multimorfêmicas são reunidas;
• Análise Morfológica
Fornecer uma maneira de identificar e diferenciar as informações sobre a estrutura
morfológica das línguas;
• Prática
Fornecer exercícios, questões de discussão, atividades e leituras adicionais
relacionadas à morfologia.

Bibliografia básica
Mihalicek, V., & Wilson, C. (eds.). (2011). Language Files: Materials for an Introduction to
Language and Linguistics (11th ed.). Columbus: Ohio State University Press. [trechos
traduzidos por Flávia de Castro Alves, manuscrito].
Payne, T. (2006). Exploring Language Structure: A Student's Guide. Cambridge: Cambridge
University Press. [trechos traduzidos por Flávia de Castro Alves, manuscrito].
Avaliação Método: presença, leitura e discussão dos textos, exercícios e provas.

Critério Capacidade de operar com os diversos conceitos estudados, avaliada por meio de
prova e exercícios de análise linguística.

Pontuação Exercícios = 25%; Avaliação = 75%.

Expectativas A leitura deve ser feita antes da aula para a qual foi indicada.
Exercícios – entregues no horário de aula, salvo indicação em contrário. Serão
avaliados pela clareza da escrita, argumentação clara em apoio às suas conclusões e
precisão nas mesmas.

Outras Informações
– Desonestidade acadêmica, tal como plágio, receberá nota zero. Desonestidade acadêmica
nunca é uma boa maneira de aprender coisa alguma, frustra o objetivo da verdadeira
educação e é injusto para com os seus colegas.
– Nos exercícios, os alunos são incentivados a discutir e resolver problemas em conjunto, mas
devem escrever o seu próprio trabalho *sozinhos*. Trabalhos iguais receberão nota zero.
– A aprovação na disciplina inclui a obrigatoriedade de 75% de frequência mínima às
aulas. Quem ficar abaixo desta porcentagem será imediatamente reprovado.
– Não existem provas substitutivas. Casos excepcionais, previstos abaixo, serão resolvidos
junto à docente responsável:
a) por motivo de saúde, devidamente comprovado com atestado médico.
b) por motivo jurídico (testemunha em processos, membro de júri popular e outras
obrigações junto à Justiça) devidamente atestado pelas autoridades competentes;
c) luto pela morte de familiares próximos (pais, filhos ou irmãos). Mesmo neste caso é
necessário atestar a causa.
– A/o aluna/o que faltar a qualquer uma das avaliações tem o prazo de uma semana a partir da
data da avaliação para comunicar suas razões e apresentar seus atestados ao professor (em
pessoa ou por intermédio de um representante).

Material do curso Disponível eletronicamente em aprender.unb.br: (i) cadastrar-se como


usuário; (ii) buscar disciplina pelo nome; (iii) em autoinscrição
(estudante), entrar com a chave de inscrição 147290