Você está na página 1de 23

Curso de

Aconselhamento no Luto
A técnica de Grief Counselling

#formação
#DoLutoàFelicidade
7. O LUTO: a técnica de Aconselhamento
O Luto: a Técnica de Aconselhamento no Luto

1. O que é?
2. Quando se faz?
3. Como se faz?
A Técnica Aconselhamento no Luto

O Quê? Quando? Como?


• É uma forma de apoio
terapêutico prestado a
uma pessoa, família ou
grupo, que tenha sofrido
uma perda emocional
profunda, com o objetivo
de facilitar o processo de
luto saudável

#Aconselhamento no Luto
Quando se faz o Aconselhamento no Luto

■ Quando a família e os
amigos já não
conseguem ajudar
■ Quando a pessoa procura
ajuda especializada
■ Quando o véu do choque
já não esconde a
realidade da perda
Como?
Se faz o
Aconselhamento
no Luto?
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Num ESPAÇO adequado:


■ Temperatura agradável
■ Cadeiras confortáveis
■ Cores suaves, claras, em tom
pastel
■ Mesa de apoio com lenços de
papel
■ Relógio posicionado
estrategicamente na sala
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Num ambiente de SEGURANÇA:

■ Apresentação de cada um: pessoa e


conselheiro

■ Definição de formas de tratamento

■ Abordar a confidencialidade da
sessão

■ Esclarecer forma como a sessão vai


ser conduzida e duração

■ Pergunta de partida: o que a traz


aqui
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

A contar HISTÓRIAS

■ A primeira sessão é a introdução ao


luto daquela pessoa

■ Deve ser dado o tempo necessário


para que a sua história seja contada

■ É uma narrativa. Com todas as


armadilhas do luto (glorificação,
tempo afetivo, traços de caracter)
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

A descobrir PONTAS SOLTAS:

■ Nas sessões seguintes a pessoa


traz as suas agonias

■ Não dirigimos a sessão: deixamos a


pessoa esgotar todas as suas
angústias

■ A conversa pode ser repetitiva, mas


para a pessoa não o é – cada vez
que diz a sua angustia em voz alta é
mais um bocadinho das emoções
que saem da caixa prontas para
serem arrumadas
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Seguindo as pontas para DESATAR O NÓ

Devolvendo
■ a pessoa é o ator principal da sua
história. Perde a noção da sua narrativa.
Quando devolvemos à pessoa o que
acabamos de ouvir, ela passa a ser
omnisciente da sua história.

■ É um reposicionamento na sua perda


O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Seguindo as pontas para desatar o nó:

Validando
■ Lá fora a vida continuou. A solidão
impôs-se. E a boca do povo está cheia
de “conselhos” sobre o que é melhor
para a pessoa em luto.

■ A pessoa fica só, na dúvida se o


caminho que está a percorrer é o certo,
mesmo sentindo como tal.

■ O conselheiro valida o que lhe faz


bem. Só ela sabe o que é melhor para
ela.
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Seguindo as pontas para desatar o nó:

Confrontando
■ O momento é de Descrença- a
necessidade primária de manter o
passado no presente.

■ Cabe ao conselheiro, manter a


realidade no presente, com a maior
candura e gentileza possível.

■ Estar atento ao tempo do verbo usado


no discurso.
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?
Seguindo as pontas para desatar o nó:

Descansando
■ A Descrença rouba muita energia. A
realidade é só uma e está-se sempre a
impor. Consome a pessoa em luto que
se esforça por manter o passado no
presente.

■ Por vezes, surge uma sessão onde a


pessoa não traz agonias, mas sim
histórias antigas, pedaços de doces
memórias, que podem, ou não estar
relacionadas com a pessoa em luto.

■ É uma sessão de carregar baterias.


O Aconselhamento no Luto: Como se faz?

Seguindo as pontas para desatar o nó:

Reconhecendo
■ Com pequenos reconhecimentos,
dolorosos, onde a pessoa procura o
conforto e segurança que a sessão de
aconselhamento dá.

■ Com o reconhecimento final, onde a


pessoa fica em paz, depois de uma
catarse emocional.
O Aconselhamento no Luto: Como se faz?
Dicas a ter presente numa sessão:

■ Postura corporal afável e recetiva à


comunicação

■ Olhos nos olhos

■ Escuta efetiva

■ Ter a matriz do processo de luto


(identificar as vivências através dos
sintomas)

■ Ter noção dos fatores internos e


externos que influenciam o luto da
cada pessoa, tornando-o único e
individual
O conselheiro apenas mostra o mapa, a pessoa que sofreu
a perda é que percorre o seu próprio caminho…
desatamos NÓS
devolvemos LAÇOS
Follow us

www.cfeliz.pt
Visite-nos
 info@cfeliz.pt
 234 781 076
 964 272 847
 www.cfeliz.pt

Interesses relacionados