Você está na página 1de 7

O Santo da Semana

- João de Deus -

“Fazei o bem
por amor a Deus,
meus irmãos”
O Santo da Semana
- João de Deus -
Quem foi?
João Cidade (São João de Deus) nasceu no dia 8 de março de 1495 em Montemor-
o-Novo.

Os seus pais, André Cidade e Teresa Duarte, desde cedo educaram o pequeno
João segundo os valores cristãos.

Aos 8 anos, foi para Espanha, em circunstâncias ainda hoje pouco conhecidas.
Trabalhou como guardador de rebanhos, lutou no exército espanhol contra os
franceses e contra os turcos. Depois de várias dificuldades retornou à sua casa,
mas, encontrando os seus pais mortos decide voltar a partir para Ceuta.
O Santo da Semana
- João de Deus -
Quem foi?
Ao ouvir um sermão do Pe. João de Ávila, a 20 de Janeiro de 1539, tomou uma atitude radical contra
a hipocrisia que se vivia na sociedade granadina de então. Repartiu entre os pobres o que tinha e
começou a andar pelas ruas da cidade pedindo misericórdia a Deus por todos os seus pecados.

Pelas atitudes que tomou foi dado como louco e internado no Hospital Real,
onde sofreu na pele os tratamentos dados na época a este tipo de pacientes.

Um sonho louco o assaltou então, fundar um Hospital, onde pudesse tratar devidamente aqueles
que sofrem. O sonho tornou-se realidade, João percorreu as ruas de Granada ajudando e
transportando os que não conseguiam valer-se sozinhos e levando-os para o seu hospital, onde,
separando-os por doenças, lhes tratou das feridas "do corpo e da alma". João calcorreou as ruas
da cidade proclamando o singular pregão: "Irmãos, fazei o bem a vós mesmos, dando aos pobres!".
O Santo da Semana
- João de Deus -
Quem foi?
Um episódio marcante na sua vida foi o incêndio no Hospital Real de Granada em 1549.
João, com bravura, salvou muitos doentes e combateu as chamas. Toda a cidade de
Granada lhe prestou reconhecimento, chamando-o já João de Deus, o Santo de
Granada.

Até a sua morte foi causada pelo bem que fazia: para salvar uma criança de se afogar
no rio Genil, João atirou-se àgua, contudo não conseguiu salvar a criança e apanhou
uma broncopneumonia que o levaria à morte. Morreu no dia em que nasceu.

São João de Deus foi um homem que, vivendo no seu tempo, soube ser inovador e
projectar-se para o futuro. Foi, por isso, considerado o fundador do Hospital moderno,
Santo, protector do doentes, bombeiros e enfermeiros. Um homem que encontrou
Deus no amor aos seus irmãos.
O Santo da Semana
- João de Deus -
Quem foi?
João Cidade foi beatificado pelo Papa Urbano VIII dia 28 de outubro
de 1630 e canonizado dia 16 de outubro de 1690, pelo Papa
Alexandre VIII, sendo no entanto a sua bula expedida após a sua
morte, pelo sucessor Papa Inocêncio XII.

São João de Deus é o padroeiro dos hospitais, dos doentes e dos


enfermeiros. A sua memória litúrgica é celebrada a 8 de março (data
em que nasceu e morreu).
O Santo da Semana
- João de Deus -
Oração

Senhor, nosso Pai, quantos males atingem a humanidade,


quantos são os desvalidos que sofrem, são tão desprezados e
muitos até excluídos. Perdoa nossa omissão, nossa falta de
sensibilidade, nossa ignorância por separarmos a doença de
vós. Sabemos que a falta de amor agrava muitas doenças, por
isso pedimos, pelos méritos de São João de Deus, o dom da
compaixão, da paciência para com os doentes e acima de
tudo, que tenhamos um grande amor por eles. Amém.
O Santo da Semana
- João de Deus -
Padroeiro dos hospitais, dos doentes e dos enfermeiros

Interesses relacionados