Você está na página 1de 2

Exercício didático para a aula do dia 26/08.

Reunir em equipes de no máximo 5 pessoas.


Ler e enumerar os parágrafos do capítulo 1 do livro :
Skinner, B. F. (1974). About behaviorism.
Discutir e Responder as perguntas abaixo em equipe e entregar na próxima aula.

1. Ao comentar as estratégias na busca da explicação do comportamento o autor


afirma:
“Uma estratégia mais explícita consiste em abandonar a procura de causas e
somplismente descrever o que as pessoas fazem.” (Skinner, 1974, pg. 14)
Quais os problemas do estruturalismo o autor aponta?

2. Na frase:
“A afirmação que os behavioristas negam a existência de sentimentos e sensações,
idéias e outros traços da vida mental precisa ser bem esclarecida. O behaviorismo
metodológico e algumas versões do positivismo lógico excluiam os acontecimentos
privados porque não era possível um acordo público acerca de sua validade.” (Skinner,
1974, pg. 18)
Expliqeu porque o Behaviorismo Radical é diferente quanto aos “traços da vida mental”.

3. Ao comentar a posição do Behaviorismo Radical sobre os eventos “mentais” o


autor afirma:
“Não considera tais acontecimentos inobserváveis e não os descarta como
subjetivos.” (Skinner, 1974, pg. 19)
Com suas palavras explique como é possivel a observação de eventos “mentais”
em uma ciência?

4. Na frase:
“Russel estava certo ao insistir em que todos são dependentes de nossa cultura e
abordamos o estudo do comportamento com preconceitos, (O mesmo ocorre, é claro, com
os filósofos. A descrição que Russel faz de como as pessooas pensam é muito brotânica,
muito russeliana. Os pensamentos de Mao Tse Tung acerca do mesmo assunto são muito
chineses. Como poderia ser diferente?) (Skinner, 1974, pg. 20)
O autor deixa clara sua posição sobre a neutralidade científica, quais as implicações disso
para uma filosofia da ciência?
5. No parágrafo 26, primeiro parágrafo da página 21, o autor comenta o papel da
expeculação e parte da indagação filosófica na produção de conhecimento. Qual a posição
do autor diante dessa estratégia de produção de conhecimento?