Você está na página 1de 2

COMARCA DE ABAETETUBA

JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DE ABAETETUBA

PROCESSO: 0802618-38.2019.8.14.0070

CLASSE: PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (436)

REQUERENTE: MARCELO FONSECA BARBOSA

REQUERIDO: BANPARA

Endereço: Av. Dom Pedro II, 1406, Santa Rosa, ABAETETUBA - PA - CEP: 68440-000

DECISÃO INTERLOCUTÓRIA

Vistos etc.

Recebo a inicial.

Dispenso o relatório nos termos do art. 38 da Lei nº 9.099/95.

Dispõe o art. 300 do Código de Processo Civil que a tutela de urgência será concedida
quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano
ou risco ao resultado útil do processo.

Conforme narra a inicial, a parte autora vem sofrendo descontos decorrentes de


empréstimos consignados e crédito pessoal que ultrapassam, em muito, o limite de 30 %
de sua renda.

Apesar das alegações da parte autora, não verifico a presença cumulativa dos requisitos
indispensáveis à concessão da tutela antecipada.

De fato, não vejo a plausibilidade do direito, na medida em que, por meio do REsp
1.586.910 - SP, o Superior Tribunal de Justiça perfilhou o entendimento de que:

"a) não há supedâneo legal para a adoção da mesma limitação, referente a empréstimo para desconto em
folha, para a prestação do mútuo firmado com a instituição financeira administradora da conta-corrente; b)
o contrato de conta-corrente é modalidade absorvida pela prática bancária, trazendo praticidade e
simplificação contábil, da qual dependem várias outras prestações do banco e mesmo o pagamento de
obrigações contratuais diversas com terceiros, que têm, nessa relação contratual, o meio de sua
viabilização; c) o art. 6º, parágrafo 1º, da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro confere
proteção ao ato jurídico perfeito e, consoante os arts. 313 e 314 do CC, o credor não pode ser obrigado a
receber prestação diversa da que lhe é devida, ainda que mais valiosa; d) o ordenamento jurídico já prevê a
medida específica do instituto da insolvência civil, de que pode lançar mão o devedor, em caso de
superendividamento; e) é o legislador democrático que está devidamente aparelhado para a apreciação das
limitações necessárias à autonomia privada em face dos outros valores e direitos constitucionais."

Diante disso e com fulcro no artigo 300 do CPC, indefiro o pedido de antecipação da
tutela.

Considerando a hipossuficiência do(a) autor(a), defiro a inversão do ônus da prova (art.


6º, VIII do CDC) para que a reclamada comprove que os descontos são legítimos.

Designo audiência UNA (conciliação, instrução e julgamento) no dia 02/04/2020


15:20.

Cite-se a parte requerida para comparecer à audiência acima designada, advertindo-a que
deverá juntar a contestação, documentos e habilitações no sistema até a data da audiência,
sob pena de preclusão, bem como que o não comparecimento ao ato poderá configurar os
efeitos da revelia, nos termos do art. 20 da Lei 9.099/95.

Intime-se a parte autora para comparecer à audiência, advertindo-a que a ausência ao ato
ocasionará a extinção do processo sem julgamento de mérito (art. 51, I, da Lei 9099/95).

Cumpra-se, servindo a presente como mandado/ofício/carta precatória, nos termos


do Prov. 003/2009 - CJCI.

Abaetetuba, 29 de outubro de 2019.

ADRIANO FARIAS FERNANDES


Juiz de Direito

Você também pode gostar