Você está na página 1de 39

HEIMAN

ONLINE MALL

3°SIMULADO
PCERJ
Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

CARGO: INSPETOR DE POLÍCIA

Siga-nos!

Vá e Vença!

Acesse:
www.somostodosconcurseiros.net
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Gabarito Rápido
1-E 2-A 3-D 4-A 5-B 6-B 7-C 8-B 9-C 10-A
11-E 12-B 13-D 14-C 15-B 16-D 17-E 18-C 19-A 20-A
21-D 22-E 23-D 24-C 25-E 26-E 27-A 28-D 29-A 30-C
31-C 32-E 33-A 34-A 35-A 36-C 37-D 38-C 39-A 40-D
41-C 42-B 43-C 44-D 45-D 46-A 47-C 48-E 49-E 50-E
51-E 52-E 53-B 54-B 55-B 56-E 57-D 58-A 59-D 60-D
61-B 62-D 63-C 64-A 65-C 66-E 67-C 68-B 69-C 70-E
71-D 72-C 73-A 74-C 75-B 76-D 77-B 78-E 79-B 80-D
81-D 82-A 83-C 84-B 85-E 86-A 87-E 88-B 89-E 90-C
91-B 92-D 93-C 94-D 95-C 96-B 97-A 98-B 99-E 100-C

Gabarito Comentado

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 1
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

LÍNGUA PORTUGUESA algumas instituições sugerem a retirada do conteúdo mediante o


simples pedido de um interessado, sem que o responsável pela
FALTA DE NEUTRALIDADE NA WEB FARÁ plataforma tenha segurança de estar agindo da forma justa e
INTERNAUTA PAGAR correta.
É como se a editora de livros fosse obrigada a retirar partes
“MAIS PEDÁGIOS” de uma publicação mediante a simples comunicação por um
Após tantos anos de debate, deve ser finalmente votado o interessado que sequer precisa ter qualquer relação de
projeto do Marco Civil da Internet. Ao longo das discussões, propriedade intelectual com a matéria publicada. É necessário,
tornou-se ainda mais óbvia a importância da internet como meio de neste ponto, aprofundar a discussão dos requisitos mínimos para
expressão social: são 105 milhões de internautas no Brasil e cerca retirada de um conteúdo
de dois bilhões no mundo. antes que passe a vigorar tal dispositivo, de modo a não colocar
Um dos pontos básicos do projeto – e o que mais está em risco em risco valores sociais inegociáveis, como a liberdade de
refere-se à neutralidade de rede. Parece um conceito reservado expressão.
apenas à compreensão dos técnicos, distante dos interesses dos Espera-se que a Câmara exerça a sua função de forma
tantos milhões de internautas, mas é o oposto. Esta é a chave para a independente de interesses econômicos desmesurados, de modo
manutenção da internet livre e aberta como tem sido até agora. que tal lei represente a vontade da sociedade, especialmente dos
Se o tratarmos como um tema para experts, sem decifrar este internautas, em prol da neutralidade. Só assim teremos a proteção
“enigma”, corremos o risco de deixar os detentores da de todos contra interferências das operadoras de
infraestrutura de banda larga (as empresas telefônicas) intervir telecomunicações no conteúdo que acessamos, sejam jornalísticos
como quiserem no livre fluxo de criação de sites e dados, mudando ou vídeos, redes sociais,
assim o espírito da igualdade dos conteúdos, serviços e negócios e-mails, comércio eletrônico etc. Não vamos deixar que as
inovadores na rede. empresas de telecomunicações restrinjam o desenvolvimento da
Não é tão complicado como parece. Os serviços e redes de internet.
telecomunicações funcionam como uma malha de ruas e estradas, EDUARDO F. PARAJO
por onde trafegam os “carros” (os internautas) por todos os sites (Adaptado http://tecnologia.uol.com.br/)
disponíveis (conteúdos jornalísticos, de entretenimento, além de 01. A neutralidade a que se refere o texto corresponde a:
serviços como e-mails, redes sociais etc.). As empresas telefônicas
cobram dos internautas para trafegarem na internet em diferentes A) necessidade de vigilância de todos os dados de navegação
velocidades, de acordo com o plano que cada um quer ou pode
B) possibilidade de controle das corporações pelos internautas
pagar.
Segundo pesquisa da Mesuring Information Society, hoje 45% C) comportamento esperado dos parlamentares na votação
dos lares brasileiros pagam mensalidades a estas empresas de banda das leis
larga. Até aí, tudo bem: atualmente, após pagar o “pedágio”, o D) atitude dos internautas em relação às empresas de
internauta pode trafegar livremente pelas “estradas” que preferir, telecomunicações
com acesso a todos os serviços e conteúdos. A regra da E) condição de acesso a qualquer página eletrônica sem
neutralidade de redes garante que as condições de acesso aos sites
limitação
sejam iguais, sem privilégio a nenhum serviço ou conteúdo.
A única limitação é o limite de velocidade contratado. Gabarito “E”
Mas as empresas telefônicas, além de cobrarem dos usuários Há trechos no texto que evidenciam o gabarito mencionado.
pelo limite de velocidade, querem cobrar em função de onde e o “A regra da neutralidade de redes garante que as condições de
que o carro está fazendo, ou seja, querem poder intervir também na acesso aos sites sejam iguais, sem privilégio a nenhum serviço
navegação dos internautas e na sua liberdade de escolha dos ou conteúdo”.
conteúdos, favorecendo os seus parceiros ou os que puderem pagar
mais. “A única limitação é o limite de velocidade contratado”.
Por meio de mudanças aparentemente sutis no texto original “ Mas as empresas telefônicas, além de cobrarem dos
do relator, buscam alterar radicalmente o espírito da internet livre. usuários pelo limite de velocidade, querem cobrar em função de
Impor barreiras ou prioridades para o acesso a determinados onde e o que o carro está fazendo, ou seja, querem poder
conteúdos é limitar a liberdade de acesso à informação. É tornar a intervir também na navegação dos internautas e na sua
internet uma rede limitada. Com a neutralidade é possível ao liberdade de escolha dos conteúdos, favorecendo os seus
internauta alugar um “carro” com o tamanho e potência de motor
parceiros ou os que puderem pagar mais”.
que escolher, sendo-lhe reservado o direito de ir e vir. Se o lobby
das empresas telefônicas prevalecer, o carro alugado circulará
apenas 02. De acordo com o autor, a possibilidade, prevista no projeto
por determinados locais definidos por elas, ou então mediante o de lei, de retirada de conteúdos da internet por qualquer
pagamento de mais pedágios. interessado, não apenas por seu autor representa:
Convém não esquecer também de outra questão colocada no A) restrição à livre expressão das ideias
Marco Civil, que é a retirada dos conteúdos da internet. Hoje, quem
produz e divulga conteúdos responsabiliza-se por eles, inclusive em B) avanço importante no combate à pedofilia
juízo. C) adequação ao princípio da liberdade do mercado
Quando se trata de inserção de conteúdos em plataformas de D) interesses duvidosos do governo federal aos usuários
terceiros, o responsável pela plataforma é obrigado a retirar do ar E) limitação à inconsequente ação das grandes corporações
um conteúdo tão logo receba uma ordem judicial com esta
determinação ou, mesmo sem ordem judicial, por violação de suas
Gabarito “A”
políticas de uso, como é o caso de conteúdos postados que tenham
conotação evidentemente criminosa, como pedofilia. Mas

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 1
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

A questão é de compreensão textual, pois o comando dela malha de ruas e estradas, por onde trafegam os “carros” (os
apresenta “ de acordo com o texto”. Neste caso, exige-se uma internautas ).
informação que está explícita no texto.
“É necessário, neste ponto, aprofundar a discussão dos requisitos 06. No quarto parágrafo, a expressão “até aí, tudo bem”
mínimos para retirada de um conteúdo sugere o seguinte posicionamento do autor:
antes que passe a vigorar tal dispositivo, de modo a não colocar A) concordância integral com o projeto de lei
em risco valores sociais inegociáveis, como a liberdade de B) concessão para apresentar crítica à restrição de acesso
expressão”. C) adesão à restrição da conexão de criminosos à internet
D) discordância da interferência dos deputados no livre
03. Após a leitura global do texto, percebe-se que o emprego comércio
do futuro do presente, no título, indica: E) neutralidade em relação à contradição exposta
A) uma possibilidade futura pouco provável Gabarito “B”
B) uma hipótese pouco provável As palavras mencionadas indicam uma relação de concessão
C) uma vontade imperativa em relação às mensalidades cobradas. Porém, perceba que lodo
D) um fato possível depois o autor faz críticas às empresas de telecomunicações. Até
E) um desejo improvável aí, tudo bem: atualmente, após pagar o “pedágio”, o internauta
Gabarito “D” pode trafegar livremente pelas “estradas” que preferir, com
É preciso que o candidato considere a leitura global do texto. acesso a todos os serviços e conteúdos. A regra da neutralidade
Apesar de o futuro do presente indicar um aspecto semântico de de redes garante que as condições de acesso aos sites sejam
certeza, é preciso que o candidato perceba, no texto, que existe iguais, sem privilégio a nenhum serviço ou conteúdo.
um fato possível de ser realizado. Para corroborar esse fato, A única limitação é o limite de velocidade contratado.
perceba o trecho abaixo. Mas as empresas telefônicas, além de cobrarem dos
“Espera-se que a Câmara exerça a sua função de forma usuários pelo limite de velocidade, querem cobrar em função de
independente de interesses econômicos desmesurados, de modo onde e o que o carro está fazendo, ou seja, querem poder
que tal lei represente a vontade da sociedade, especialmente dos intervir também na navegação dos internautas e na sua
internautas, em prol da neutralidade. Só assim teremos a liberdade de escolha dos conteúdos, favorecendo os seus
proteção de todos contra interferências das operadoras de parceiros ou os que puderem pagar mais.
telecomunicações no conteúdo que acessamos, sejam jornalísticos
ou vídeos, redes sociais,e-mails, comércio eletrônico etc. Não 07. No sexto parágrafo, o uso das aspas em “carro” se justifica
vamos deixar que as empresas de telecomunicações restrinjam o por indicar:
desenvolvimento da internet”. A) fragmento de citação do texto do projeto de lei
B) metáfora oriunda de obra literária conhecida
04. No primeiro parágrafo, os dois-pontos podem ser C) uso de uma palavra no lugar de outra
substituídos por um conectivo com o valor semântico de: D) relativização de um ponto de vista
A) causa E) marca de linguagem coloquial
B) comparação Gabarito “C”
C) consequência A palavra CARRO está empregada com o sentido ampliado. Ela
D) adversidade se refere à possibilidade de o internauta navegar da forma que
E) concessão quiser, em qualquer site.
Gabarito “A”
Os dois- pontos empregados no trecho podem ser substituídos 08. A palavra “infraestrutura” é formada pelo seguinte
por um conectivo causal em decorrência da relação de processo:
causa/consequência. A) sufixação
Conectivos causais ( porque, visto que, uma vez que, já que...) B) prefixação
C) parassíntese
05. A estratégia argumentativa utilizada no terceiro parágrafo se D) justaposição
sustenta em: E) aglutinação
A) exemplo histórico Gabarito “B”
B) analogia Os afixos se dividem em prefixo e sufixo.
C) dilema Quando houver um afixo antes de um radical, dar-se-á o nome
D) ideias contraditórias de prefixação ou derivação prefixal. Quando houver um afixo
E) argumento de autoridade após um radical, dar-se-á o nome de sufixação ou derivação
Gabarito “B” sufixal. Na palavra mencionada , ocorre prefixação.
A analogia é um recurso baseado numa comparação. É uma INFRAestrutura.Mais exemplos: Infeliz, DESleal, BISneto.
estratégia utilizada compreender algo mais complexo. No
parágrafo mencionado, o autor faz uma comparação com uma

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 2
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

09. “Um dos pontos básicos do projeto – e o que mais está em falando de Minas, do tempo em que lá viveu, observava o recato,
risco – refere-se à neutralidade de rede”. A mesma regra para o a quase avareza com que os mineiros tratam o forasteiro. Talvez
emprego do acento grave é observada em: por isso nunca se esqueceu de um almoço em Caeté, que lhe deu
uma página antológica do ponto de vista das duas artes − a
A) O funcionário chegou às sete horas no trabalho. culinária e a literária. Sendo de um temperamento encolhido,
B) A cliente pagou à vista por todas as encomendas. sobretudo na mocidade, gostava desse clima de intimidade que
C) Os alunos assistiram integralmente à aula inaugural. cria laços de confiança e amizade para sempre.
D) O projeto de trabalho foi concluído à custa de muito esforço. À primeira vista, ou de longe, parecia, sim, o que os
E) Um dos convidados saiu à francesa da festa. franceses chamam de um urso. Sempre metido consigo mesmo,
fabricava o seu próprio mel. Espécie de ruminante, que se
Gabarito C.
alimentava da matula que traz de nascença. Fugia da cilada
Crase- consiste na contração da preposição A com o artigo sentimental, ou da emoção, pelo atalho do senso de humor. Sabia
definido A. Quando houver um termo regente (verbo) que exige a manejar a lâmina da ironia, nunca a usava a seco. Sempre
preposição A, o acento grave decorrerá da regência verbal. compensada por uma tirada de forte teor humano. Horror ao
O acento grave empregado no enunciado foi utilizado em pedantismo, à afetação. Não impostava a voz, nem a pena.
decorrência da regência verbal. Talvez tivesse qualquer coisa de bicho, esse homem
sensível à beleza fugaz deste mundo. Na sua relação com a
natureza, não havia intermediação de ordem intelectual. O
Letra A- o acento grave foi empregado para indicar hora (locução coração da vida pulsava no seu coração. Era um ser livre e lírico.
adverbial indicativa de hora). Seu claro olhar de sabedoria espiava o Brasil com algum tédio.
Letra B – o acento grave foi empregado para indicar uma locução País sem jeito, que trata mal as crianças e os pobres. O sentimento
adverbial de modo de base feminina. de justiça sem apelo ideológico. Muito antes do modismo
Letra C – O verbo assistir, no sentido de ver/presenciar, exige a conservacionista, pleiteou a causa do macaco carvoeiro e de todo
preposição A, gerando a contração com o substantivo de base e qualquer ser ameaçado. Tinha uma disponibilidade
fundamental para ver e escrever. Um senhor poeta, o cronista
feminina. O acento grave foi empregado em decorrência da
Rubem Braga.
regência verbal. (Adaptado de: Otto Lara Resende. Bom dia para nascer: crônicas
Letra D – o acento grave foi empregado em decorrência da publicadas na Folha de S.Paulo. São Paulo: Cia. das
Letras, 2011, p. 259 e 260)
locução prepositiva de base feminina.
Letra E- o acento grave foi utilizado em decorrência da expressão 11. Do contrário, a vida é só enfado e mormaço. (1o parágrafo)
à moda de / à maneira de, que está subentendida. A palavra empregada no texto que tem o mesmo sentido da
grifada na frase acima é:
10. A palavra “conteúdo” recebe acentuação pela mesma razão (A) recato.
de: (B) emoção.
A) juízo (C) pedantismo.
B) espírito (D) simulação.
C) jornalístico (E) tédio.
D) mínimo Gabarito “E”
E) disponíveis Sinônimos de Enfado
Gabarito “A” Semântica- parte da gramática que analisa o sentido e o
Hiatos. Acentuam-se o "i" e "u" tônicos, quando significado das palavras.
formam hiato com a vogal anterior, estando eles sozinhos na A palavra destacada possui o sentido de algo que indica TÉDIO.
sílaba ou acompanhados apenas de "s". Mais exemplos: saída,
balaústre, baú, saíste. 12. Se considerarmos a substituição dos elementos grifados
Dica ! pelos elementos entre parênteses ao final da frase, o verbo
Faça a divisão silábica. que deverá permanecer no singular está em:
Exceções: Se o hiato vier seguido de NH ou ocorrer repetição, não A) Essa graça espontânea que a tudo dá gosto. (Esses
haverá acento. divertimentos espontâneos)
Ex: rainha, bainha, xiita , sucuuba. B) Na sua relação com a natureza, não havia intermediação
de ordem intelectual. (interferências do intelecto)
O texto abaixo é para responder às questões de números 11 a 19, C) Incapaz de simulação, ou até, em certos casos, de
considere uma ponta de hipocrisia que se debita à polidez social.
Um ano de ausência (das tendências hipócritas)
A porta aberta, você dava logo de cara com um azulejo D) Seu claro olhar de sabedoria espiava o Brasil com
na parede: “Aqui mora um solteiro feliz”. Uma pitada de humor
algum tédio. (Seus olhos cheios de sabedoria)
com um toque popular. Essa graça espontânea que a tudo dá gosto.
Do contrário, a vida é só enfado e mormaço. Era de fato um E) “Aqui mora um solteiro feliz”. (pessoas felizes)
solitário. Precisava de ser só. Nisso, sua personalidade era feita de Gabarito “B”
uma peça só. Incapaz de simulação, ou até, em certos casos, de uma O verbo HAVER, no sentido de existir, é impessoal, ou seja, não
ponta de hipocrisia que se debita à polidez social. possui sujeito, exigindo o uso da concordância verbal no
Nunca vi solitário de porta tão aberta. Nesse sentido, singular.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 3
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

A) foram pleiteados.
13. Rubem Braga é caracterizado pelo autor como um B) foi pleiteada.
A) verdadeiro urso, a ponto de viver isolado dos homens, C) foi pleiteado.
preocupado apenas com a natureza e com a D) pleitearam-se.
preservação do meio ambiente, tornando-se o grande E) era pleiteada.
inspirador do movimento conservacionista no Gabarito “B”
Brasil. Para fazer a transposição da voz passiva ativa para a voz
B) homem extremamente engraçado, a ponto de fazer passiva, basta transformar o objeto direto da voz ativa em
piada da própria solidão, mas que se deixava levar sujeito da voz passiva. Vale ressaltar que o tempo verbal deve
por momentos de tristeza e abatimento ao experimentar ser mantido.
uma de suas diversas desilusões amorosas. Ex: ...pleiteou a causa.../ a causa foi pleiteada...
C) poeta que acabou se tornando cronista, o que fez
com que seu lirismo e sensibilidade dessem lugar à 16. ( Fugia )da cilada sentimental, ou da emoção, pelo atalho do
ironia dirigida contra a sociedade e à recusa a agir senso de humor.
de acordo com as normas e convenções sociais. O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o
D) homem tímido e solitário, que não abria mão da franqueza verbo entre parênteses acima está em:
sob o pretexto de guardar as conveniências, e A) ... uma ponta de hipocrisia que se debita à polidez
ao mesmo tempo uma pessoa acolhedora e capaz social.
de amizades duradouras, sendo ainda grande amante B) Nunca vi solitário de porta tão aberta.
da natureza. C) ... a quase avareza com que os mineiros tratam o forasteiro.
E) homem que nasceu em Minas Gerais e detestava D) ... você dava logo de cara com um azulejo na parede...
os mineiros e um brasileiro que não gostava do E) Talvez tivesse qualquer coisa de bicho...
Brasil, aspectos de sua personalidade que Otto Lara Gabarito “D”
Resende lamenta, por mais que pudessem ter origem Quando o verbo terminar em IA/AVA , haverá o pretérito
em justas preocupações. imperfeito do modo indicativo.
Gabarito “D” A forma verbal FUGIA está no pretérito imperfeito do modo
Há elementos textuais que corroboram o gabarito mencionado. indicativo.
”Era de fato um solitário. Precisava de ser só”. “Na sua relação Letra A – DEBITA, presente do indicativo.
com a natureza, não havia intermediação de ordem intelectual. O Letra B – VI, pretérito perfeito.
coração da vida pulsava no seu coração. Era um ser livre e lírico. Letra C- TRATAM, presente do indicativo.
Seu claro olhar de sabedoria espiava o Brasil com algum tédio. Letra D – DAVA, pretérito imperfeito do modo indicativo.
País sem jeito, que trata mal as crianças e os pobres. O Letra E – TIVESSE, pretérito imperfeito do modo subjuntivo.
sentimento de justiça sem apelo ideológico. Muito antes do
modismo conservacionista, pleiteou a causa do macaco carvoeiro 17. A substituição do elemento grifado pelo pronome
e de todo e qualquer ser ameaçado”. correspondente, com os necessários ajustes, foi realizada
corretamente em:
14. Considerado o contexto, o segmento cujo sentido está A) tratam o forasteiro = tratam-lo (2o parágrafo)
adequadamente expresso em outras palavras é: B) espiava o Brasil = espiava-lhe (4o parágrafo)
A) manejar a lâmina da ironia (3o parágrafo) = lidar com C) que cria laços = que nos cria (2o parágrafo)
o cortante da blasfêmia D) Não impostava a voz = Não lhe impostava (3o parágrafo)
B) sem apelo ideológico (4o parágrafo) = desprovido de E) manejar a lâmina = manejá-la (3o parágrafo)
ideias revolucionárias Gabarito “E”
C) se alimentava da matula (3o parágrafo) = se nutria da Quando o verbo transitivo direto terminar vogal, o seu
provisão complemento deverá ser substituído por O A OS AS.
D) pelo atalho do senso de humor (3o parágrafo) = através Quando terminar em R S Z, o seu complemento deverá ser
de um muxoxo substituído por LO LA LOS LAS.
E) tratam o forasteiro (2o parágrafo) = referem-se ao Quando terminar em ditongo nasal, o seu complemento deverá
Salteador ser substituído por NO NA NOS NAS.
Gabarito “C”
O sentido é mantido na letra C, pois os verbos alimentar e nutrir Correção!
possuem o mesmo sentido e a palavra MATULA indica um Letra A- tratam-no.
alimento. Letra B – espiava-o.
Letra C- que os cria.
15. Muito antes do modismo conservacionista, pleiteou a causa Letra D- não a impostava.
do macaco carvoeiro e de todo e qualquer ser ameaçado. Letra E- manejá-la.
A transposição para a voz passiva da frase acima resultará
na forma verbal:
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 4
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

18. ... clima de intimidade que (cria) laços de confiança e amizade uma evolução natural do Festival. Estas inovações serão
para sempre. discutidas ao longo do desenvolvimento da nona edição, cuja
O verbo que exige o mesmo tipo de complemento que o data de realização já foi definida para o período de 19 de janeiro
a 1o de fevereiro de 2014 − as inscrições para as turmas de
Verbo entre parênteses acima está empregado em: alunos serão abertas no dia 15 de agosto deste ano.

A) Era um ser livre e lírico. (Adaptado de: Ronaldo Corrêa, 07/02/2013, disponível em
www.femusc.com.br/2013/02/07/sucesso-renovado/)
B) Fugia da cilada sentimental, ou da emoção, pelo atalho
do senso de humor.
20. A afirmação que está de acordo com o que informa o
C) Não impostava a voz, nem a pena.
texto é:
D) Talvez por isso nunca se esqueceu de um almoço
A) O 8o Festival de Música de Santa Catarina teve um
em Caeté...
público maior do que aquele esperado pelos organizadores,
E) Essa graça espontânea que a tudo dá gosto.
fato que, entretanto, não foi capaz de surpreendê-
Gabarito “C” los.
No enunciado, há um verbo transitivo direto, ou seja, exige um B) A 8a edição do Festival de Música de Santa Catarina
complemento verbal sem o uso de uma preposição obrigatória. foi marcada por reclamações relacionadas à comodidade
Na letra C, a forma verbal IMPOSTAVA possui a mesma do público presente nos concertos.
transitividade. C) O 8o Festival de Música de Santa Catarina teve um
público muito maior do que aquele inicialmente esperado
19. Talvez tivesse qualquer coisa de bicho, esse homem sensível à pelos organizadores do evento, que foram
(beleza fugaz deste mundo.) pegos de surpresa.
A crase empregada acima pode ser corretamente mantida D) O 8o Festival de Música de Santa Catarina transcorreu
caso, sem qualquer outra alteração da frase, o segmento entre sem surpresas, pois o público foi exatamente
parênteses seja substituído por: aquele que era esperado pelos organizadores do
A) efêmera graciosidade das formas. evento.
B) tudo o que é fugazmente formoso. E) As mudanças previstas para o próximo Festival de
C) muitas formas belas e efêmeras. Música de Santa Catarina, que já estão em discussão,
D) toda sorte de formas belas e fugazes. incluem grande aumento do público presente
E) determinada categoria de beleza. nos concertos.
Gabarito “A” Gabarito “A”
Crase- consiste na contração da preposição A com o artigo A questão é de compreensão textual , pois há o uso do verbo
definido A. INFORMAR. Neste caso, exige-se uma informação que está
Na letra A, é possível a contração da preposição A com o artigo A. explícita no texto. “ A previsão inicial de movimentar um público
Nas outras opções, não é possível a referida contração . de 45 mil espectadores foi superada pelo FEMUSC”. “Para o
Letra B- pronome indefinido de base masculina. diretor executivo do Instituto FEMUSC, o resultado não chega a
Letra C- não é possível a contração quando o A ( estiver no surpreender”.
singular) e a palavra seguinte estiver no plural).
Letra D- Toda é um pronome indefinido que não admite a 21. O emprego das aspas no 2o parágrafo indica:
anteposição do artigo A, inviabilizando a contração. A) realce irônico atribuído ao segmento.
Letra E- há um aspecto semântico genérico, inviabilizando a B) valor particularmente significativo da expressão.
contração com o artigo definido A. C) síntese das ideias principais do texto.
D) citação das palavras de outra pessoa.
Atenção: Para responder às questões de números 20 a 22, E) ressalva ao que foi dito anteriormente.
considere o texto abaixo. Gabarito “D”
Sucesso renovado As aspas foram empregadas para indicar a citação de outra
A previsão inicial de movimentar um público de 45 mil
pessoa. Percebe-se , no texto, a fala do diretor executivo do
espectadores foi superada pelo FEMUSC − 8o Festival de
Música de Santa Catarina. Na avaliação final realizada pela Instituto FEMUSC.
organização, chegou-se ao total de 50 mil e 100 pessoas
durante os 13 dias de realização do evento (20 de janeiro a 22. Estas inovações serão discutidas ao longo do
2 de fevereiro) nos palcos fixos da programação, no Centro desenvolvimento da nona edição, (cuja) data de realização (já
Cultural de Jaraguá do Sul, e nos espaços alternativos. foi definida...)
Para o diretor executivo do Instituto FEMUSC, o resultado
Mantém-se a correção da frase acima caso, sem qualquer
não chega a surpreender. “Estamos satisfeitos com a resposta do
público, que este ano lotou todas as noites dos concertos, nos outra alteração, os segmentos em parênteses sejam
teatros da Sociedade Cultura Artística, mas também marcou substituídos, respectivamente, por:
presença em outros ambientes do Centro Cultural”, assinala. A) na qual −− se divulgou
Para o próximo, a organização já prevê mudanças no B) a cuja −− foi noticiada
sentido de oferecer maior comodidade ao público, seguindo C) pela qual -- foi feita divulgação

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 5
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) a qual −− se noticiou Esses elementos são fatores imediatos na massa de detalhes que
E) de cuja −− foi dada notícia nos ajudam a determinar como se formam o estilo e a linguagem
musical.
Gabarito “E” O que se denomina estilo de uma época resulta de
O pronome relativo CUJO deve ser utilizado entre dois uma combinação de estilos individuais, uma combinação
substantivos, havendo entre eles uma ideia de posse. Vale dominada pelos métodos dos compositores que exerceram
ressaltar que ele não admite o uso de artigos ( cujo o, cuja a , influência preponderante em seu tempo.
cujos os, cujas as). Podemos notar, voltando ao exemplo de Mozart e
Ele não aceita a troca por nenhum outro pronome relativo. Pode Haydn, que eles se beneficiaram da mesma cultura, beberam nas
mesmas fontes, e aproveitaram as descobertas um do outro. Cada
vir antecedido de preposição. O gabarito é a letra E , pois a
um deles, entretanto, efetua um milagre totalmente pessoal.
regência da oração subordinada adjetiva iniciada pelo pronome
relativo exige a preposição DE. ( ...foi dada notícia DE...) (Adaptado de: Igor Stravinsky. Poética musical em 6 lições.
Trad. de Luiz Paulo Horta. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.
p. 70)
23. O diretor artístico ressalta a qualidade que o Festival alcançou
em sua oitava edição, e diz que o projeto pedagógico, a exemplo
24. De acordo com o texto,
dos anos anteriores, _____grandes talentos.
A) o estilo de época impõe-se indistintamente a todos
Segundo ele, há alunos que _____ ao FEMUSC com o os compositores de um determinado período, e independe
objetivo específico de serem ouvidos pelos mestres e assim da vontade de cada um deles o fato de, por um verdadeiro
poderem concorrer a bolsas. O diretor artístico estima
milagre, encontrarmos em sua música marcas pessoais e
que, somados os valores das bolsas dos mais de 30 alunos
intransferíveis.
do FEMUSC,_____ a algo em torno de 3 a 4 milhões de
B) a composição musical de cada época está inextricavelmente
dólares.
ligada à produção da moda do mesmo período, o que faz com
(Adaptado de: Ronaldo Corrêa, 07/02/2013, www.femusc.com.br
que as duas artes, a indumentária
/2013/02/07/sucesso-renovado/) e a musical, não possam ser compreendidas uma sem a outra.
C) o estilo de um compositor, sem deixar de ser original,
Preenchem corretamente as lacunas do texto acima, na está intimamente ligado ao estilo da época em
ordem dada: que viveu, que por sua vez é constituído pela reunião
A) mostraram −− vem -- chegam-se dos estilos individuais dos principais compositores
B) mostrou −− vem -- chegam-se do período.
C) mostraram – vêm -- chega-se D) a produção de compositores contemporâneos pode
D) mostrou −− vêm −− chega-se ser tão semelhante que se torna difícil, mesmo para
E) mostrou −− vem −− chega-se os especialistas, diferenciar o que foi criado por um
Gabarito “D” grande compositor e o que foi criado por um compositor
A forma verbal MOSTROU concorda com o seu sujeito PROJETO menor do mesmo período.
PEDAGÓGICO. E) Haydn e Mozart só teriam se tornado grandes compositores
A forma verbal VÊM deve ter acento circunflexo quando o seu por terem sido beneficiados pela riqueza
sujeito estiver no plural. O sujeito, neste caso, são OS ALUNOS. cultural do período em que viveram, o que é comprovado
No último caso, há o uso do pronome SE como índice de pela presença na música de ambos das mesmas
indeterminação do sujeito, exigindo a concordância verbal no fontes que os teriam inspirado.
singular. Gabarito “C”
Esta é uma questão de compreensão textual, devido ao
Atenção: Para responder às questões de números 24 a 30, comando utilizado ( de acordo com o texto). Neste caso, exige-
considere o texto abaixo. se uma informação que está explícita no texto. Veja o trecho
O estilo é o modo particular com que um compositor organiza abaixo!
suas concepções e fala a linguagem de sua arte. Essa linguagem “ O que se denomina estilo de uma época resulta de uma
musical é o elemento comum a compositores de uma determinada combinação de estilos individuais, uma combinação dominada
escola ou época. Certamente as fisionomias musicais de Mozart e
pelos métodos dos compositores que exerceram influência
Haydn são bem conhecidas, e esses compositores estão obviamente
vinculados um ao outro, embora seja fácil aos que estão preponderante em seu tempo” .
familiarizados com a linguagem do período distingui-los.
A indumentária que a moda prescreve aos indivíduos 25. O estilo é o modo (particular) com que um compositor
de uma mesma geração impõe a seus usuários um modelo especial organiza suas (concepções) e fala a linguagem de sua arte.
de gestos e uma determinada postura que são condicionados pelo (1o parágrafo)
corte das roupas. Da mesma maneira, a indumentária musical
De acordo com o contexto, os elementos entre parágrafos na
utilizada por uma época deixa sua marca na linguagem e, em
sentido figurado, no gestual dessa música, assim como na atitude frase acima têm, respectivamente, o sentido de:
do compositor em relação ao material sonoro. A) habitual −− percepções
B) privativo −− influências
C) especial −− inspirações

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 6
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) oculto −− composições havendo um aspecto semântico genérico. Quando estiver sem


E) singular −− ideias vírgulas, será classificada como oração subordinada adjetiva
Gabarito “E” restritiva, havendo um valor semântico específico. A colocação
As palavras destacadas pode ser substituídas , sem alteração de ou retirada das vírgulas não acarreta prejuízo para a correção
sentido, pelas palavras SINGULAR e IDEIAS , respectivamente. gramatical, porém sempre haverá mudança de sentido.
Portanto, a afirmação está incorreta , pois haverá mudança de
26. ... e esses compositores estão obviamente vinculados um ao sentido.
outro, (embora )seja fácil aos que estão familiarizados 3- A vírgula pode ser suprimida sem prejuízo para a correção
com a linguagem do período distingui-los. gramatical e para o sentido do texto, pois o sujeito de ambas as
orações é o mesmo (ELES). A vírgula foi utilizada para dar
Sem qualquer outra alteração da frase, o elemento entre ênfase à oração posterior, mas pode sem retirada sem prejuízo
parênteses acima pode ser corretamente substituído por: para a correção e para o sentido.
A) visto que
B) à medida que 28. A frase que NÃO admite transposição para a voz passiva é:
C) de modo que A) Cada um deles (...) efetua um milagre totalmente
D) desde que pessoal.
E) ainda que B) ... a indumentária musical (...) deixa sua marca...
Gabarito “E” C) ... com que um compositor organiza suas concepções...
A palavra EMBORA é uma conjunção subordinativa adverbial D) ... eles (...) beberam nas mesmas fontes...
concessiva. Para que não haja alteração semântica, basta E) ... compositores que exerceram influência...
substituir por uma conjunção ou locução conjuntiva concessiva. Gabarito “D”
( embora, posto que, ainda que, mesmo que, apesar de , apesar Para que haja a transposição da voz ativa para a voz passiva, é
de que, conquanto, não obstante, malgrado...) preciso que o verbo seja transitivo direto ou bitransitivo, pois o
objeto direto da voz ativa vira o sujeito paciente da voz passiva.
27. Atente para as afirmações abaixo sobre o emprego da Ex: O rapaz comprou o carro.
vírgula. Voz passiva- O carro foi comprado pelo rapaz.
I. Em Certamente as fisionomias musicais de Mozart Na letra D, o verbo é intransitivo, inviabilizando a transposição
e Haydn são bem conhecidas... (1o parágrafo), uma para a voz passiva.
vírgula poderia ser colocada imediatamente depois
de Certamente, sem prejuízo para o sentido e a 29. O que se denomina estilo de uma época resulta de uma
correção. combinação de estilos individuais, uma combinação dominada
II. Em uma combinação dominada pelos métodos dos pelos métodos dos compositores que exerceram influência
compositores que exerceram influência preponderante preponderante em seu tempo.
em seu tempo (3o parágrafo), uma vírgula poderia Uma redação alternativa para a frase acima, em que se
ser colocada imediatamente depois de compositores, mantêm a correção e a clareza, está em:
sem prejuízo para o sentido e a correção. A) Ao resultado de uma combinação de estilos individuais,
III. Em Podemos notar, voltando ao exemplo de Mozart na qual prevalecem os métodos dos compositores que
e Haydn, que eles se beneficiaram da mesma cultura, exerceram maior influência em seu tempo, chama-se estilo de
beberam nas mesmas fontes, e aproveitaram as uma época.
descobertas um do outro (4o parágrafo), a vírgula B) Uma combinação dos métodos dos compositores
colocada imediatamente depois de fontes poderia que exerceram a maior influência em seu tempo geram
ser retirada, sem prejuízo para o sentido e a correção. estilos individuais que são designados estilo de época.
Está correto o que se afirma em: C) A soma de estilos individuais resultam no que se
A) I e III, apenas. chama estilo de uma época, porém, devem prevalecer
B) I, II e III. os métodos dos compositores que exerceram mais influência
C) II, apenas. em seu tempo.
D) III, apenas. D) O que resulta dos estilos individuais combinados é o
E) II e III, apenas. que chamamos estilo de uma época, todavia, prevalecem
Gabarito “A” os métodos dos compositores cuja influência tinha-se
1- Quando um adjunto adverbial de pequeno corpo( até duas conhecimento.
palavras) estiver deslocado, ou seja , no início ou no meio da frase E) Estilo de uma época é o que designa uma combinação
, o uso da(s) vírgula(s) é facultativo. Vale ressaltar que de estilos individuais, aonde os métodos dos compositores
CERTAMENTE é um advérbio. definem uma maior influência em seu tempo.
2- O pronome relativo( que) inicia uma oração subordinada Gabarito “A”
adjetiva. Quando a oração adjetiva estiver entre vírgulas, será Letra B – há um erro de concordância verbal, pois a forma
classificada como oração subordinada adjetiva explicativa, verbal GERAM deveria estar no singular par
a concordar com sujeito ( uma combinação...)
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 7
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Letra C- a forma verbal RESULTAM deveria estar no singular para desconectado ou apresente algum defeito, toda a rede
concordar com o sujeito ( a soma...) deixará de funcionar.
Letra D- há uma incoerência em relação ao uso do conectivo E) USB, PS/2, SMTP e HDMI são padrões de conexão de
adversativo TODAVIA entre vírgulas, pois ele está iniciando uma hardware utilizados para conectar periféricos ao
oração coordenada e, neste caso, não deveria estar entre vírgulas. computador.
Além disso, também há um erro de regência de pronome relativo,
pois a conjunção CUJO deveria estar antecedida de preposição Gabarito “C”
em decorrência da oração subordinada adjetiva( ...tinha A) A memória é a área de armazenamento temporária em que
conhecimento DE...) os programas são mantidos quando estão sendo executados e
Letra E- O pronome relativo AONDE é utilizado em frases que que contém os dados necessários para os programas em
possuem verbos que indicam noção de movimento, exigindo a execução. A capacidade de armazenamento de uma memória é
preposição A. medida em hertz (Hz) ou megahertz (MHz).
ERRADO: A capacidade de uma memória é medida em Bytes,
30. Essa linguagem musical (é )o elemento comum a Kilobyte (1 KB = 1024 Bytes), Megabyte (1 MB = 1024 KB),
compositores de uma determinada escola ou época. Gigabyte (1GB = 1024 MB) e Terabyte (1TB = 1024GB).
... embora (seja) fácil aos que estão familiarizados com a B) O chipset é um conjunto de componentes eletrônicos de alta
linguagem do período distingui-los. capacidade em um circuito integrado (ou chip) que interpreta e
executa as instruções de um programa de computador, tais
Os verbos que estão conjugados na terceira pessoa do singular como aritmética básica, lógica e entrada/ saída de dados.
e nos mesmos tempos e modos em que o verbo “ser” aparece ERRADO: Chipset é um conjunto de componentes eletrônicos de
entre parênteses nas frases acima são, respectivamente: baixa capacidade, em um circuito integrado, que gerencia
A) deixe − deixou o fluxo de dados entre o processador, memória e periféricos. É
B) saía − saia normalmente encontrado na placa mãe. Chipsets são
C) faz − faça normalmente projetados para trabalhar com uma família
D) tem − tivesse específica de microprocesadores. Devido a ele controlar as
E) pôde − puder comunicações entre o processador e dispositivos externos, o
Gabarito “C” chipset desempenha um papel crucial na determinação do
É- indica que o verbo SER está no presente do indicativo. desempenho do sistema.
SEJA- indica que o verbo FAZER está no presente do subjuntivo. C) O modem é um dispositivo eletrônico que modula um sinal
FAZ- verbo fazer no presente do indicativo. digital numa onda analógica, pronta a ser transmitida pela
FAÇA- verbo fazer no presente do subjuntivo. linha telefônica, e que demodula o sinal analógico e reconverte-
o para o formato digital original.
CORRETO.
Informática D) O hub é um dispositivo eletrônico que tem a função de
31 - A interação entre hardware e software em diversos níveis interligar os computadores de uma rede local. Ele recebe os
oferece uma estrutura para se entenderem os fundamentos da dados vindos de um computador e transmite às outras
computação. A respeito da organização básica de um máquinas. Caso o cabo de rede de uma máquina seja
computador, assinale a alternativa correta. desconectado ou apresente algum defeito, toda a rede deixará
A) A memória é a área de armazenamento temporária em que de funcionar.
os programas são mantidos quando estão sendo ERRADO: No hub, caso o cabo de rede de uma máquina seja
executados e que contém os dados necessários para os desconectado ou apresente algum defeito, a rede não deixa de
programas em execução. A capacidade de armazenamento funcionar, pois é o hub que a "sustenta".
de uma memória é medida em hertz (Hz) ou megahertz
E) USB, PS/2, SMTP e HDMI são padrões de conexão de
(MHz). hardware utilizados para conectar periféricos ao computador.
B) O chipset é um conjunto de componentes eletrônicos de alta ERRADO: Simple Mail Transfer Protocol (abreviado SMTP.
capacidade em um circuito integrado (ou chip) que
Traduzido do , significa "Protocolo de transferência de correio
interpreta e executa as instruções de um programa de simples") é o protocolo padrão para envio de emails através
computador, tais como aritmética básica, lógica e entrada/
da internet. É um protocolo relativamente simples, em texto
saída de dados. plano, onde um ou vários destinatários de uma mensagem são
C) O modem é um dispositivo eletrônico que modula um sinal especificados (e, na maioria dos casos, validados) sendo, depois,
digital numa onda analógica, pronta a ser transmitida pela
a mensagem transferida.
linha telefônica, e que demodula o sinal analógico e
reconverte-o para o formato digital original.
32-Com relação ao uso de computadores e Internet, assinale a
D) O hub é um dispositivo eletrônico que tem a função de
alternativa correta.
interligar os computadores de uma rede local. Ele recebe os
A) Em uma mensagem de correio eletrônico, o campo Cópia
dados vindos de um computador e transmite às outras
Simples (CC) criptografa o conteúdo da mensagem,
máquinas. Caso o cabo de rede de uma máquina seja
garantindo a privacidade entre as partes.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 8
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

B) POP3 é um protocolo de correio eletrônico utilizado para


enviar e-mail, enquanto SMTP é um protocolo usado para A) F, F, V, V.
transferir as mensagens contidas numa caixa de correio B) V, F, V, F.
eletrônico para um computador local. C) F, V, F, F.
C) Uma rede social é uma estrutura social composta por D) V, F, F, V.
pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos E) V ,V,V,F
de relações, que partilham valores e objetivos comuns. São
exemplos de redes sociais na Internet: Facebook, LinkedIn e Gabarito “A”
Dropbox. a) Central de Ações — a Central de Ações envia mensagens
D) Bluetooth é um protocolo padrão de comunicação projetado importantes acerca de segurança e manutenção do
para conectar e trocar informações entre dispositivos, como computador. Ela ainda coloca estas notificações na área de
telefones celulares, computadores e impressoras. Os notificação da barra de tarefas, por meio de uma bandeira
dispositivos usam um sistema de comunicação via rádio de (flag), quando existe alguma mensagem para o usuário. Basta
alto alcance (dependendo da potência: 1 quilômetro, 10 ir ao Painel de Controle -> Sistema de Segurança -> Central de
quilômetros, 100 quilômetros), por isso não necessitam estar Ações.
na linha de visão um do outro. b) Uma das formas mais simples e rápidas de fazer um backup
E) Rede privada virtual, do inglês Virtual Private Network (VPN), é com mídia física, gravando os dados em CD, DVD e Blu-ray.
é uma rede de comunicações privada construída sobre uma
rede de comunicações pública – como, por exemplo, a 34 - A Internet dispõe de uma grande quantidade de serviços,
Internet – que utiliza protocolos de criptografia e em que a maioria das ações dos usuários é executada pelo
tunelamento para manter os dados seguros através de uma acesso a páginas Web. Para atender à grande demanda,
rede insegura. incorporar maior funcionalidade e melhorar a aparência das
Gabarito “E” páginas Web, novos recursos de navegação foram
A) CC: Com Cópia, apenas envia uma cópia da mensagem de e- desenvolvidos e novos serviços foram disponibilizados.
mail para os destinatários em seu campo. Já, para criptografar
uma mensagem é necessária uma certificação digital. A tabela a seguir apresenta uma lista de recursos/extensões e
B) Pop3: Recebe o e-mail e o baixa para o computador. SMTP: suas definições.
Envio de E-mail.
C) Dropbox: Serviço de armazenamento e partilha de arquivos Recursos:
na Nuvem. I. Adware
D) O Bluetooth estabelece uma conexão em pequenas II. JavaScripts
distâncias, alguns metros. III. Cookies
IV. Janelas de pop-up
33-Em relação ao uso do software MS Windows 7, marque (V) V. Plug-ins
para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.
( ) A central de ações do Windows oferece informações Definições
importantes sobre seu computador como: status do antivírus, ( ) Aparecem automaticamente e sem permissão, sobrepondo
atualizações, solução de problemas, além de fornecer um a janela do navegador Web, após acessar uma determinada
recurso de agendamento de backup. Para acessar, vá até "Painel página web ou um hiperlink específico.
de Controle > Contas de usuário > Central de Ações". ( ) Pequeno fragmento de dados que um servidor envia para
( ) Para realizar um backup dos dados atuais como medida de o navegador do usuário. O navegador pode, assim, armazenar
precaução, pode-se usar a Central de Backup e Restauração do esses dados e enviá-los de volta com a próxima requisição
Windows 7. O backup de dados pode ser realizado em mídias para o mesmo servidor.
removíveis, exceto em unidades de CD/DVD. ( ) Pequenos programas que podem ser instalados em seu
( ) No Windows 7, ao se desejar compartilhar uma pasta com navegador Web para prover funcionalidades extras. Muitos
outro usuário remoto, isto é, logado em outra máquina, deve-se deles são confiáveis, mas há possibilidade de alguns
criar uma outra conta de usuário no computador local para o executarem atividades maliciosas.
usuário remoto, depois, dar a esse usuário permissões de acesso ( ) Recurso projetado especificamente para apresentar
à pasta. propagandas. Pode ser usado para fins legítimos ou para fins
( ) O Windows 7 permite usar a Criptografia de Unidade de maliciosos.
Disco com a ferramenta BitLocker. Quando se adiciona novos ( ) Código móvel utilizado por desenvolvedores para
arquivos a uma unidade criptografada, o BitLocker os criptografa incorporar maior funcionalidade e melhorar a aparência de
automaticamente. Por sua vez, os arquivos criptografados, salvos páginas Web.
em unidade não criptografadas são descripotografados.
Correlacione a sequência de recursos com suas respectivas
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de definições, e assinale a alternativa que apresenta a sequência
cima para baixo. correta, de cima para baixo.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 9
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

A) IV, III, V, I e II. 37 - Considere Microsoft Word 2010 versão Português (Brasil).
B) III, II, V, IV e I. Qual a funcionalidade do botão ?
C) V, III, IV, I e II. A) Criar um indicador para um ponto específico do
D) II, III, V, I e IV. documento.
E) III, IV, I, II e V B) Inserir símbolos que não constam no teclado.
C) Inserir equações matemáticas usando uma biblioteca de
Gabarito “A” símbolos matemáticos.
Questão autoexplicativa, sem comentários. D) Mostrar/ocultar marcas de parágrafo e outros símbolos de
formatação.
35 - Programa de computador pré-gravado em memória E) Formatar o parágrafo selecionado com Estilo Normal.
permanente (ROM), executado por um computador quando
ligado, responsável pelo suporte básico de acesso ao hardware, Gabarito “D”
bem como por iniciar a carga do sistema operacional, recebe o
Botão : ( / P ) mostrar/ ocultar marcas
nome de:
A) BIOS de PARÁGRAFO e outros símbolos " " de formatação
B) USB ocultos
C) HDMI
D) Boot 38 - Considere que Fábio, Policial Civil do Rio de Janeiro,
E) Reste receba um e-mail, supostamente enviado pelo grupo de
suporte da empresa que faz os programas da Delegacia que
Gabarito “A” ele trabalha, informando que sua caixa postal está cheia e que
BIOS é a abreviação de "Basic Input / Output System", sistema será necessário o recadastramento. Para isso, é preciso que ele
básico de entrada e saída. atualize seus dados pessoais clicando no link fornecido. Esse
O BIOS contém todo o software básico, necessário para inicializar tipo de golpe com o intuito de enganar e tirar proveito é
a placa-mãe, checar os dispositivos instalados e carregar o conhecido como:
sistema operacional, o que pode ser feito a partir do HD, CD- A) Ransomware.
ROM, pendrive, ou qualquer outra mídia disponível. O BIOS inclui B) Rootkit.
também o Setup, o software que permite configurar as diversas C) Phishing.
opções oferecidas pela placa. O processador é programado para D) Cavalo de troia.
procurar e executar o BIOS sempre que o micro é ligado, E) NCE.
processando-o da mesma forma que outro software qualquer. É
por isso que a placa-mãe não funciona "sozinha", você precisa ter Gabarito “C”
instalado o processador e os pentes de memória para conseguir Phishing é uma maneira desonesta que cibercriminosos usam
acessar o Setup. :) para enganar você a revelar informações pessoais, como senhas
Por definição, o BIOS é um software, mas, como de praxe, ele fica ou cartão de crédito, CPF e número de contas bancárias. Eles
gravado em um chip espetado na placa-mãe. Na grande maioria fazem isso enviando e-mails falsos ou direcionando você a
dos casos, o chip combina uma pequena quantidade de memória websites falsos.
Flash (256, 512 ou 1024 KB), o CMOS, que é composto por de 128
a 256 bytes de memória volátil e o relógio de tempo real. Nas 39 - Utilizando um computador com Windows 7 instalado em
placas antigas era utilizado um chip DIP, enquanto nas atuais é sua configuração original, Victor, Escrivão de Polícia, criou um
utilizado um chip PLCC (plastic leader chip carrier), que é bem arquivo de valores separados por vírgula (extensão.csv). Depois
mais compacto. de algum tempo ele decidiu abri-lo novamente e, para isso,

clicou no botão como se observa na figura a seguir:


36 - A função =SOMA(A1 :A8), quando executada,
A) somará todos os valores das oito primeiras linhas.
...
B) dividirá a célula A1 pela célula A8.
C) somará todos os valores entre A1 e A8.
D) multiplicará a célula A1 pela célula A8.
E) mostrará a porcentagem existente na coluna A.
...
Gabarito: C
A função =SOMA(parâmetro) somará tudo o que estiver como
parâmetro dentro dos parênteses. Detalhe: Os dois pontos[:]
ligando os parâmetros tem a função de “Até”. Ex.: =SOMA(A1 :
(até) A8). Ou seja, Soma tudo que estiver desde a célula A1 até
...
A8.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 10
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

A)7.
B)6.
C)5.
D)4.
E)3.
Gabarito “D”
As aplicações abertas: Excel, Word, PowerPoint e Google
Chrome. Não importa a quantidade de planilhas, páginas,
apresentações ou guias abertas, a questão pede “aplicativos”
em execução.
O escriturário ESTÁ TRABALHANDO com 1 pasta de trabalho do
excel contendo 3 planilhas (PRIMEIRO APLICATIVO); com 1
documento word(SEGUNDO APLICATIVO); 1 apresentação
do power point (TERCEIRO APLICATIVO) e uma sessão do
google chrome com 2 guias (QUARTO APLICATIVO)

Administrativo

41 - O Estado brasileiro pode transferir o exercício de certas


atividades que lhe são próprias por meio da desconcentração
administrativa. Sobre o assunto, assinale a alternativa correta.
A)A desconcentração é um instrumento exclusivo previsto para
ser utilizado por Estados e Municípios.
Para encontrar seu arquivo, o escriturário deve clicar na B)A desconcentração também pode ser denominada de
delegação.
seta à frente da opção C) A desconcentração não implica a criação de um novo ente
A) Microsoft Excel 2010. com personalidade jurídica.
B) Ponto de Partida. D)A transferência de atividades para o terceiro setor é um
C) Microsoft powerpoint 2010. exemplo clássico de desconcentração administrativa.
D) Internet Explorer. E)A transferência de atividades pela desconcentração
E) Microsoft Word 2010. administrativa se dá por meio de contratos públicos previstos
na legislação de parcerias público-privadas.
Gabarito “A”
Diferença Entre Excel e CSV: A diferença entre os formatos de Gabarito “C”
arquivo CSV e XLSX é que o formato CSV é um formato de texto Descentralização cria entidades.
simples em que os valores são separados por vírgulas. Desconcentração cria órgãos.
... CSV significa Comma Separated Values.
42 - “Não são poucas nem simples as interpretações dadas ao
Como abrir um arquivo CSV no Excel? princípio da moralidade, insculpido na Constituição da
Formas de abrir arquivos. CSV República de 1988 como um princípio geral de direito
1. Abra uma planilha nova em seu no Excel (em branco). Clique administrativo. As dificuldades interpretativas que circundam o
em Dados, depois em Importar Dados Externo ou, ainda, De tema decorrem, primariamente, da abertura semântica dos
Texto, e então abrirá uma caixa de Importar Dados; vocábulos envolvidos na expressão e, ainda, da ausência de
2. Selecione o arquivo CSV que você quer abrir e clique em vínculos juspositivos evidentes entre o princípio geral e seus
Importar; mecanismos de densificação” (MARRARA, 2012). Levando em
3. Aparecerá uma caixa de diálogos de 3 passos. consideração a posição do autor, assinale a alternativa correta.
A) Não é possível a concretização do princípio da moralidade
40 – Victor, Escrivão de Polícia, está trabalhando em um no Brasil sem lei que o regulamente.
computador com Windows 7 instalado na sua configuração B) Apesar das dificuldades hermenêuticas, resta indiscutível a
original, na Delegacia de São Gonçalo, com uma pasta de vinculação da moralidade administrativa com o dever de
trabalho do Excel contendo 3 planilhas, um documento do probidade dos agentes públicos e também dos particulares em
Word, uma apresentação do PowerPoint e uma sessão do colaboração ou parceria com o Estado.
Google Chrome com 2 guias abertas. Assinale a alternativa que C) Moralidade administrativa é um princípio expresso da
contém a quantidade de aplicativos em execução no momento Administração Pública na Constituição brasileira, ainda que não
descrito.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 11
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

esteja previsto em outros diplomas legais infraconstitucionais Anulação: Pode ser feita pela administração, de ofício ou
que tratam da matéria. provocada, ou pelo Judiciário (se provocado somente)
D) Moralidade administrativa não é um conceito jurídico, e sim Revogação: Só pode ser feita pela administração que praticou o
um valor prático, que varia conforme a aspectos subjetivos do ato
intérprete. CONVALIDAÇÃO: Só pode ser feita pela administração que
E) Moralidade administrativa é o princípio constitucional de praticou o ato
maior hierarquia no sistema constitucional vigente. 25 ed - pg 590
Súmula 473 STF: A administração pode anular seus próprios
Gabarito “”B” A lei 9784 no seu texto diz que IV - atuação atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque
segundo padrões éticos de probidade, decoro e boa-fé e no deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de
princípio da moralidade a Administração deve praticar seus atos conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos
com boa-fé, ética e honestidade (vedação ao nepotismo). Este adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação
princípio está relacionado a probidade no serviço público, tanto judicial.
para agentes públicos ou privados. O mérito administrativo consiste, conforme Hely Lopes “na
A - Errada - moralidade é um princípio constitucional, assim, não valoração dos motivos e na escolha do objeto do ato, feitas pela
precisa estar necessariamente regulado em LEI para surtir efeitos, Administração incumbida de sua prática, quando autorizada a
pois princípios servem para nortear a conduta do estado como decidir sobre a conveniência, oportunidade e justiça do ato a
um todo. Princípios são os "pilares da adm. pública". realizar”.
C - Errada - Tal princípio tem previsão constitucional e legal: O Poder Judiciário não poder rever mérito/conveniência e
(Lei 8.429/92 - Art. 4º - Os agentes públicos de qualquer nível ou oportunidade. Além disso, o Judiciário não pode revogar atos de
hierarquia são obrigados a velar pela estrita observância dos outros poderes.
princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade
no trato dos assuntos que lhe são afetos.); 44 - De acordo com a Lei nº 8.429/1992, considera-se ato de
(Lei 9.784/99 - Art. 2º - A Administração Pública obedecerá, improbidade administrativa que causa lesão ao erário a
dentre outros, aos princípios da legalidade, finalidade, motivação, conduta consistente em:
razoabilidade, proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, A) Receber, para si ou para outrem, bem imóvel, de quem
contraditório, segurança jurídica, interesse público e eficiência). tenha interesse, direto ou indireto, que possa ser atingido ou
D - Errada - Como visto, MORALIDADE é um princípio que rege amparado por ação ou omissão decorrente das atribuições do
as atividades de toda a Adm. Pública e seus agentes. agente público.
E - Errada - Não existe "HIERARQUIA" com relação aos princípios, B) Perceber vantagem econômica para intermediar a liberação
visto que todos são importantes e formam um conjunto norteador ou aplicação de verba pública de qualquer natureza.
das atividades estatais. C) Transferir recurso à entidade privada, em razão da
prestação de serviços na área de saúde sem a prévia
43 - Considere o seguinte conceito de ato administrativo: celebração de contrato, convênio ou instrumento congênere,
“manifestação unilateral de vontade da Administração Pública, na forma da legislação específica.
ou de quem lhe faça as vezes, que produz efeitos jurídicos, no D) Agir negligentemente na celebração, fiscalização e análise
exercício de suas prerrogativas, com o fim de atender ao das prestações de contas de parcerias firmadas pela
interesse público” (SANTANNA, Gustavo. Direito Administrativo. administração pública com entidades privadas.
4ª ed. Porto Alegre: Verbo Jurídico, 2015, p. 117). Diante dessa E) Deixar de cumprir a exigência de requisitos de acessibilidade
definição, no que diz respeito à extinção dos atos previstos na legislação.
administrativos, assinale a alternativa correta.
A) É dever da Administração Pública revogar os seus atos Gabarito “D”
administrativos, por motivo de conveniência ou oportunidade, O macete é se ligar que enriquecimento ele recebe, na maioria
quando eivados de vício de legalidade. das vezes, mas
B) O ato administrativo que possui algum vício de legalidade A “C” pode confundir, veja:
comporta revogação pelo Poder Judiciário.
C) A revogação do ato administrativo, por motivo de C)
conveniência ou oportunidade, implica na revisão do mérito ATENTAM CONTRA OS PRINCÍPIOS DA ADMINSITRAÇÃO
administrativo. PÚBLICA
D) A Administração Pública pode, por motivo de conveniência X - transferir recurso a entidade privada, em razão da prestação
ou oportunidade, anular atos administrativos que não importem de serviços na área de saúde sem a prévia celebração de
em direitos adquiridos. contrato, convênio ou instrumento congênere, nos termos do
E) Os atos administrativos que apresentarem defeitos sanáveis parágrafo único
podem ser convalidados pela Administração Pública ou, no Do art. 24 da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. (Incluído
exercício da função jurisdicional, pelo Poder Judiciário. pela Lei nº 13.650, de 2018)

Gabarito “C”
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 12
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Dos Atos de Improbidade Administrativa que Causam Prejuízo Assim, em regra, para que seja configurado antecedente
ao Erário criminal, é necessário o trânsito em julgado.
XIX - agir negligentemente na celebração, fiscalização e análise STJ. 2ª Turma. Agrg no aresp 418.345/DF, Rel. Min. Og
das prestações de contas de parcerias firmadas pela Fernandes, julgado em 05/12/2017.
administração pública com entidades privadas; (Incluído pela STJ. 2ª Turma. Agrg no RMS 39.580-PE, Rel. Min. Mauro
Lei nº 13.019, de 2014, com a redação dada pela Lei nº 13.204, de Campbell Marques, julgado em 11/2/2014 (Info 535).
2015).

45 - O artigo 37 da Constituição Federal de 1988 lista os II- Segundo Hely Lopes Meirelles, o princípio da impessoalidade,
princípios inerentes à Administração Pública, que são: legalidade, referido na CF/1988 (Art. 37, caput), nada mais é que o clássico
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. A princípio da finalidade, o qual impõe ao administrador público
incumbência desses princípios é dar unidade e coerência ao que só pratique o ato para atingir o objetivo indicado expressa
Direito Administrativo do Estado, controlando as atividades ou virtualmente pela norma de direito, de forma impessoal.
administrativas de todos os entes que integram a federação
brasileira. Tendo por base essa ideia inicial, julgue os itens Gabarito Certo
subsequentes:
III- Segundo o jurista Alexandre de Moraes, o princípio da
I-Não viola o princípio da presunção de inocência a exclusão de moralidade é o que impõe à administração pública direta e
certame público de candidato que responda a inquérito policial indireta e a seus agentes a persecução do bem comum, por
ou ação penal sem trânsito em julgado da sentença meio do exercício de suas competências de forma imparcial,
condenatória. neutra, transparente, participativa, eficaz, sem burocracia e
sempre em busca da qualidade, primando pela adoção dos
II- Segundo Hely Lopes Meirelles, o princípio da impessoalidade, critérios legais e morais necessários para melhor utilização
referido na CF/1988 (Art. 37, caput), nada mais é que o clássico possível dos recursos públicos, de maneira a evitarem-se
princípio da finalidade, o qual impõe ao administrador público desperdícios e garantir-se maior rentabilidade social.
que só pratique o ato para atingir o objetivo indicado expressa Gabarito Errado, A definição utilizada é cópia literal do princípio
ou virtualmente pela norma de direito, de forma impessoal. da eficiência (MORAES. Alexandre de. Direito constitucional. 32.
Ed. São Paulo: Atlas, 2016. P. 354). Pelo princípio da moralidade,
III- Segundo o jurista Alexandre de Moraes, o princípio da para Alexandre de Moraes, "não bastará ao administrador o
moralidade é o que impõe à administração pública direta e estrito cumprimento da estrita legalidade, devendo ele, no
indireta e a seus agentes a persecução do bem comum, por exercício de sua função pública, respeitar os princípios éticos de
meio do exercício de suas competências de forma imparcial, razoabilidade e justiça" (op. Cit., p. 349).
neutra, transparente, participativa, eficaz, sem burocracia e IV- Os atos administrativos não são passíveis de controle de
sempre em busca da qualidade, primando pela adoção dos mérito, bem como de legalidade pelo Poder Judiciário.
critérios legais e morais necessários para melhor utilização Gabarito Errado, Segundo a clássica doutrina de Seabra
possível dos recursos públicos, de maneira a evitarem-se Fagundes, a legalidade é o único espectro do ato administrativo
desperdícios e garantir-se maior rentabilidade social. passível de sindicância pelo Poder Judiciário. É bom tomar
IV- Os atos administrativos não são passíveis de controle de cuidado com esse tipo de questão, porque há doutrina que
mérito, bem como de legalidade pelo Poder Judiciário. sustenta ser a proporcionalidade em sentido amplo elemento
componente do próprio mérito do ato administrativo e, não
Estão INCORRETOS obstante, reconhece-se ao Poder Judiciário a competência para
A) I II IV analisar também a proporcionalidade dos atos administrativos.
B) II Isso não significa, em absoluto, que o Judiciário possa se
C) III imiscuir no mérito administrativo; não pode.
D) I III IV
E) II III IV 46 - Acerca dos temas “atos administrativos” e “poderes
Gabarito “D” administrativos’, assinale a alternativa INCORRETA:
I-Não viola o princípio da presunção de inocência a exclusão de A) Porque submetidos ao regime jurídico de direito público, os
certame público de candidato que responda a inquérito policial ou atos administrativos não podem ser praticados por pessoas
ação penal sem trânsito em julgado da sentença condenatória. que não integram a Administração Pública em sentido formal
Gabarito Errado ou subjetivo.
O fato de haver instauração de inquérito policial ou B) Embora se distingam quanto ao grau de liberdade conferido
propositura de ação penal contra candidato, por si só, não pode pela lei ao administrador para a prática de determinado ato
implicar a sua eliminação. administrativo, tanto o poder vinculado como o poder
A eliminação nessas circunstâncias, sem o necessário trânsito em discricionário estão sujeitos ao controle jurisdicional.
julgado da condenação, violaria o princípio constitucional da C) A exigência de prévia autorização judicial para a quebra da
presunção de inocência. inviolabilidade da comunicação telefônica constitui exemplo de

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 13
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

exceção ao atributo da auto executoriedade do ato receberam a incumbência de exercer, por delegação, função
administrativo. administrativa (função delegada). Resulta daí, por conseguinte,
D) Nos processos perante o Tribunal de Contas da União, que, quando estiverem realmente no desempenho dessa função,
asseguram-se o contraditório e a ampla defesa quando da tais pessoas estarão atuando na mesma condição dos agentes
decisão puder resultar anulação ou revogação de ato da Administração, estando, desse modo, aptas à produção de
administrativo que beneficie o interessado, excetuada a atos administrativos. Estão nesse caso, para exemplificar, os
apreciação da legalidade do ato de concessão inicial de agentes de empresas concessionárias e permissionárias de
aposentadoria, reforma ou pensão. serviços públicos, e também os de pessoas vinculadas
E) A prerrogativa de aplicar sanções pelo descumprimento de formalmente à Administração, como os serviços sociais
determinadas normas administrativas, presente no poder de autônomos (SESI, SENAI etc.). Averbe-se, porém, que, fora do
polícia administrativa, inexiste no poder de polícia judiciária, uma exercício da função delegada, tais agentes praticam negócios e
vez que o campo de atuação desta última diz respeito à atos jurídicos próprios das pessoas de direito privado.
apuração de infrações penais e à execução de medidas que
garantam a efetividade da atividade jurisdicional. FONTE: JOSÉ DOS SANTOS CARVALHO FILHO

Gabarito “A” 47 - Uma equipe da Delegacia de Polícia de Roubos e


Podem ser sim praticados por pessoas que não integram a Extorsões do Departamento Estadual de Investigações
administração Criminais da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, a bordo
Pelo critério subjetivo, orgânico ou formal, ato administrativo é o de uma viatura oficial devidamente caracterizada, na rodovia
que ditam os órgãos administrativos; ficam excluídos os atos BR 101, no sentido Niterói , realiza perseguição a um veículo
provenientes dos órgãos legislativo e judicial, ainda que tenham a tripulado por criminosos que, instantes antes, praticaram um
mesma natureza daqueles; e ficam incluídos todos os atos da assalto a uma agência bancária, com emprego de explosivos.
Administração, pelo só fato de serem emanados de órgãos Ao longo da perseguição, os policiais se veem obrigados a não
administrativos, como os atos normativos do Executivo, os atos parar na praça de pedágio, rompendo a respectiva cancela, de
materiais, os atos enunciativos, os contratos. propriedade de empresa concessionária de serviço público,
como única forma de não perderem os criminosos de vista.
FONTE: Direito administrativo / Maria Sylvia Zanella Di Pietro. – Graças a essa atitude, a equipe se manteve no encalço dos
31. Ed. Rev. Atual e ampl. – Rio de Janeiro: Forense, 2018. criminosos, logrando êxito em prendê-los em flagrante.
Relacionando o caso acima com a responsabilidade
No que se refere ao assertiva: extracontratual do Estado, analise as seguintes assertivas:

SUJEITOS DA MANIFESTAÇÃO DE VONTADE I. O Estado responderá objetivamente pelo prejuízo causado à


empresa concessionária de serviço público.
Não são todas as pessoas que têm competência para II. A equipe de policiais civis será responsabilizada em ação
praticar atos administrativos. Para que o ato assim se qualifique, regressiva, porque agiu com dolo e poderia ter parado na
é necessário que o sujeito da manifestação volitiva esteja, de praça de pedágio, em vez de priorizar a perseguição, evitando
alguma forma, vinculado à Administração Pública. Por esse romper a respectiva cancela de propriedade da empresa
motivo é que, no conceito, aludimos a duas categorias de sujeitos concessionária.
dos atos administrativos: os agentes da Administração e os III. A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal adota, como
delegatários. regra geral, a teoria do risco administrativo para fundamentar
a responsabilidade objetiva extracontratual do Estado.
Agentes da Administração são todos aqueles que integram a
estrutura funcional dos órgãos administrativos das pessoas Quais estão corretas?
federativas, em qualquer dos Poderes, bem como os que A) Apenas I.
pertencem aos quadros de pessoas da Administração Indireta B) Apenas II.
(autarquias, fundações públicas, empresas públicas e sociedades C) Apenas I e III.
de economia mista). O único pressuposto exigido para sua D) Apenas III.
caracterização é que, no âmbito de sua competência, exerçam E) I, II e III.
função administrativa. Estão, pois, excluídos os magistrados e os Gabarito “c”
parlamentares, quando no exercício das funções jurisdicional e I. O Estado responderá objetivamente pelo prejuízo causado à
legislativa, respectivamente; se, entretanto, estiverem empresa concessionária de serviço público.
desempenhando eventualmente função administrativa, também Correta a responsabilidade do estado é objetiva fundamentada
serão qualificados como agentes da Administração para a prática na teoria do risco administrativo. Objetiva significando que o
de atos administrativos. estado responde quando houver nexo causal entre a atividade
administrativa e o dano/resultado.
Os agentes delegatários, a seu turno, são aqueles que, embora II. A equipe de policiais civis será responsabilizada em ação
não integrando a estrutura funcional da Administração Pública, regressiva, porque agiu com dolo e poderia ter parado na praça
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 14
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

de pedágio ,em vez de priorizar a perseguição ,evitando romper a A) I II V VI


respectiva cancela de propriedade da empresa concessionária. B) I IV V
Errado.Art. 37, § 6.º CF/88: As pessoas jurídicas de direito público C) II III
e as de direito privado prestadoras de serviços público D) II III V
responderão por danos que seus agentes, nessa qualidade, E) I II III IV V
causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o
responsável nos casos de dolo ou culpa. Gabarito: Letra E
No caso concreto não cabe regresso do estado em face dos Art. 11 – O policial manterá observância, tanto mais rigorosa
agentes que danificaram (art.163, III, CP) a cancela pois os quanto mais elevado for o grau hierárquico dos seguintes
mesmos estão amparados pela excludente da ilicitude (art. 23, III, preceitos de ética:
CP). Cabe ao estado ressarcir a concessionária. I – servir à sociedade como obrigação fundamental;
III. A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal adota, como II – proteger vidas e bens;
regra geral, a teoria do risco administrativo para fundamentar a III – defender o inocente e o fraco contra o engano e a opressão;
responsabilidade objetiva extracontratual do Estado. IV – preservar a ordem, repelindo a violência;
Correto, a regra geral é a teoria do risco administrativo (art. 37, V – respeitar os direitos e as garantias individuais;
§6º, CF), responsabilidade que é afastada nas hipóteses de não VI – jamais revelar tibieza ante o perigo e o abuso;
existência de nexo causal entre a atividade administrativa e o VII – exercer a função policial com probidade, discrição e
dano, tais como: caso fortuito, força maior, culpa exclusiva da moderação, fazendo observar as leis com clareza;
vítima, fato exclusivo de terceiro; outra exceção está no art.21, VIII – não permitir que sentimentos ou animosidades pessoais
XXIII, d, CF - que aplica a teoria do risco integral - possa influir em suas decisões;
independentemente de culpa do estado. IX – ser inflexível, porém justo, no trato com os delinquentes;

48 - NÃO é característica da administração pública extroversa: 50 – O prejuízo causado à Fazenda Estadual do Estado do Rio
A) O fomento econômico. de janeiro, por Policial Civil, poderá ser ressarcido mediante
B) A intervenção na propriedade privada. desconto em prestações mensais não excedentes da (_______)
C) O exercício do poder de polícia administrativa. parte do vencimento ou remuneração à falta de outros bens
D) A prestação dos serviços públicos. que respondam pela indenização. COMPLETE:
E) A gestão de pessoal. A) vigésima terceira
Gabarito “E” B) décima terceira
A Administração Pública extroversa representa a relação existente C) trigésima
entre a Administração e os administrados, ou seja, diz respeito às D) vigésima
relações externas efetivadas pelo Poder Público, que sempre serão E) décima
pautadas pelos princípios da Supremacia do Interesse Público Gabarito “E”
sobre o privado e da Indisponibilidade, pela Administração, dos Art.15 § 2º - O prejuízo causado à Fazenda Estadual poderá ser
interesses dos administrados. ressarcido mediante desconto em prestações mensais não
Fonte:https://lfg.jusbrasil.com.br/noticias/95610/o-que-e- excedentes da décima parte do vencimento ou remuneração à
administracao-publica-extroversa-e-administracao-publica- falta de outros bens que respondam pela indenização.
introversa-ariane-fucci-wady
51 – Conforme o Decreto Lei nº 3044 de 1980, julgue o item a
Legislação especial respeito das penas aplicadas ao Policial Civil
49 – Considere que Victor seja Policial civil de São Gonçalo. I- Na aplicação das penas disciplinares serão consideradas:
Neste caso, ele manterá observância, tanto mais rigorosa quanto repercussão do fato; danos decorrentes da transgressão ao
mais elevado for o grau hierárquico dos seguintes preceitos de serviço público; causas de justificação; circunstâncias
ética. JULGUE OS ITENS: atenuantes; circunstâncias agravantes;
I – jamais revelar tibieza ante o perigo e o abuso. II- São causas de justificação: motivo de força maior,
II – não permitir que sentimentos ou animosidades pessoais plenamente comprovado; Ter sido cometida a transgressão na
possa influir em suas decisões. prática de ação meritória, no interesse do serviço, da ordem
III – ser inflexível, porém justo, no trato com os delinquentes. ou da segurança pública;
IV – cultuar o aprimoramento técnico-profissional. III- A pena de suspensão não excederá de 60 dias, implicando
V – prestar auxílio, ainda que não esteja em hora de serviço a em perda total dos vencimentos correspondentes aos dias
fim de prevenir ou reprimir perturbação da ordem pública e IV- Quando, para qualquer transgressão, for prevista mais de
quando solicitado por qualquer pessoa carente de socorro uma pena disciplinar, a autoridade competente, atenta às
policial, encaminhando-se à autoridade competente, quando circunstâncias de cada caso, decidirá qual a aplicável.
insuficientes as providências de sua alçada. V- O curso da prescrição começa a fluir da data da prática do
evento punível disciplinarmente e interrompe-se pela abertura
Estão Corretos APENAS os seguintes itens: de sindicância, apuração sumária ou inquérito administrativo.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 15
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Estão CORRETOS 53 - Os princípios constitucionais fundamentais são de


A) I II III natureza variada. Na análise dos princípios fundamentais da
B) I III Constituição de 1988, encontramos uma referência sobre “da
C) III V não-intervenção e da igualdade dos Estados”. Em que
D) II III princípios relativos essa referência está contida?
E) I II IV V A) Prestação positiva do Estado.
Gabarito “E” B) Comunidade internacional.
I- Art. 19 – Na aplicação das penas disciplinares serão C) Regime político.
considerados:I – repercussão do fato;II – danos decorrentes da D) À forma de Estado.
transgressão ao serviço público;III – causas de justificação;IV – E) Á manutenção da Nação.
circunstâncias atenuantes;V – circunstâncias agravantes; Gabarito “B”
II-Art. 19- § 1º - São causas de justificação:1 – motivo de força Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas
maior, plenamente comprovado;2 – Ter sido cometida a relações internacionais pelos seguintes
transgressão na prática de ação meritória, no interesse do serviço, Princípios:
da ordem ou da segurança pública; I - independência nacional;
III- Art. 22 – A pena de suspensão não excederá de noventa dias, II - prevalência dos direitos humanos;
implicando em perda total dos vencimentos correspondentes aos III - autodeterminação dos povos;
dias IV - não-intervenção;
IV- Art. 27-Parágrafo único – Quando, para qualquer V - igualdade entre os Estados;
transgressão, for prevista mais de uma pena disciplinar, a VI - defesa da paz;
autoridade competente, atenta às circunstâncias de cada caso, VII - solução pacífica dos conflitos;
decidirá qual a aplicável. VIII - repúdio ao terrorismo e ao racismo;
V- Art. 28. § 3º - O curso da prescrição começa a fluir da data da IX - cooperação entre os povos para o progresso da
prática do evento punível disciplinarmente e interrompe-se pela humanidade;
abertura de sindicância, apuração sumária ou inquérito X - concessão de asilo político.
administrativo.
54 - O Direito Constitucional apresenta diversos tipos de
52 - Considere as seguintes transgressões disciplinares do classificações das Constituições dos países, entre esses tipos de
Decreto Lei nº 3044 de1980: classificações tem-se aquela que decorre do modo de ser
1-Maltratar preso sob sua guarda ou usar de violência elaborada (modo de elaboração). Assinale a alternativa que
desnecessária no exercício da função policial; contém um tipo de Constituição, classificada em função do
2-Participar de atividade comercial ou industrial exceto como modo de elaboração:
acionista, quotista ou comanditário; A) Promulgada
3-Cometer a pessoa estranha à organização policial, fora dos B) Dogmática
casos previstos em lei, o desempenho de encargos próprios ou C) Rígida
da competência de seus subordinados; D) Prolixa (analítica)
As transgressões disciplinares são classificadas como: E) Formal
A) Grave, Média, Média Gabarito “B”
B) Leve, Leve, Media
C) Leve, Grave, Leve Origem—> Promulgada
D) Média, Grave, Grave Extensão—> Analítica
E) Média, Média, Grave Conteúdo—-> formal
Gabarito “E” Modo—> Dogmática
§ 2º - São de natureza média as transgressões enumeradas nos Ideologia—> Eclética
incisos XIII e XXI do artigo anterior; Alterabilidade—> Rígida
XVII – maltratar preso sob sua guarda ou usar de violência
desnecessária no exercício da função policial; 55 - Considerando os dispositivos constitucionais a respeito do
XIX – participar de atividade comercial ou industrial exceto como Poder Legislativo,
acionista, quotista ou comanditário; A) o Senado Federal compõe-se de representantes dos
§ 3º - São de natureza grave as transgressões enumeradas nos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios, eleitos segundo o
incisos XXII e XXXV do artigo anterior; princípio majoritário.
XXXII – cometer a pessoa estranha à organização policial, fora B) cada unidade da Federação com representação no Senado
dos casos previstos em lei, o desempenho de encargos próprios Federal elegerá 3 Senadores, com mandato de 8 anos.
ou da competência de seus subordinados; C) a Câmara dos Deputados compõe-se de representantes do
povo, eleitos, pelo sistema majoritário, em cada Estado, em
cada Território e no Distrito Federal.
Constitucional
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 16
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) o número de representantes de cada unidade da Federação B) nomear os Ministros de Estado, após aprovação pelo Senado
na Câmara dos Deputados será estabelecido de forma paritária, Federal. (ERRADA. NÃO PRECISA DE APROVAÇÃO).
por meio de lei complementar, no ano anterior às eleições, a fim Art. 84. Compete privativamente ao Presidente da República:
de garantir o equilíbrio da Federação. I - nomear e exonerar os Ministros de Estado;
E) cada Senador será eleito com 3 suplentes. C) editar medidas provisórias e decretos-lei, com força de
lei. (ERRADA. Decretos lei não são privativos).
Gabarito “B” Art. 84. XXVI - editar medidas provisórias com força de lei, nos
A – O Senado Federal compõe-se de representantes dos Estados, termos do art. 62;
do Distrito Federal e dos Territórios, eleitos segundo o princípio D) celebrar tratados, convenções e atos internacionais, sujeitos a
majoritário. referendo do Congresso Nacional, podendo essa atribuição ser
ERRADA – ART. 46 CF: O senado federal compõe-se delegada aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral da
de representantes dos Estados e do Distrito Federal, eleitos República ou ao Advogado-Geral da União, que observarão os
segundo o princípio majoritário. limites traçados nas respectivas delegações. (ERRADA. Não pode
B - Cada unidade da Federação com representação no Senado ser delegada).
Federal elegerá 3 Senadores, com mandato de 8 anos. Art. 84, parágrafo único. O Presidente da República poderá
Certo – Art. 46, parágrafo primeiro: Cada Estado e o Distrito delegar as atribuições mencionadas nos incisos VI, XII e XXV,
Federal elegerão três senadores, com mandato de 8 anos. primeira parte, aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral da
C - A Câmara dos Deputados compõe-se de representantes do República ou ao Advogado-Geral da União, que observarão os
povo, eleitos, pelo sistema majoritário, em cada Estado, em cada limites traçados nas respectivas delegações.
Território e no Distrito Federal. VI – dispor, mediante decreto, sobre:
ERRADA – Art. 45 CF: A câmara dos deputados compõe-se de A) organização e funcionamento da administração federal,
representantes do povo, eleitos, pelo sistema PROPORCIONAL, quando não implicar aumento de despesa nem criação ou
em cada Estado, em cada Território e no Distrito Federal. extinção de órgãos públicos;
D - O número de representantes de cada unidade da Federação B) extinção de funções ou cargos públicos, quando vagos;
na Câmara dos Deputados será estabelecido de forma paritária, XII - conceder indulto e comutar penas, com audiência, se
por meio de lei complementar, no ano anterior às eleições, a fim necessário, dos órgãos instituídos em lei;
de garantir o equilíbrio da Federação. XXV - prover os cargos públicos federais, na forma da lei;
ERRADA – Art. 45, parágrafo primeiro: O número total de
Deputados, bem como a representação por Estado e pelo Distrito 57-Com base na previsão expressa da Constituição Federal
Federal, será estabelecido por lei 1988, assinale a alternativa INCORRETA.
complementar, proporcionalmente à população. A) O lazer, a educação e a assistência aos desemparados estão
E – Cada Senador será eleito com 3 suplentes. no rol nos direitos sociais.
ERRADA – Art. 46, parágrafo terceiro, DOIS SUPLENTES. B) O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será
exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União.
56 - Nos termos da Constituição da República Federativa do C) A pessoa jurídica em débito com o sistema da seguridade
Brasil, compete privativamente ao Presidente da República social, como estabelecido em lei, não poderá contratar com o
A) sancionar, promulgar e fazer publicar as leis e emendas à Poder Público nem dele receber benefícios ou incentivos fiscais
Constituição, bem como expedir decretos e regulamentos para e creditícios.
sua fiel execução. D) É obrigatório aos Estados e ao Distrito Federal vincular
B) nomear os Ministros de Estado, após aprovação pelo Senado parcela de sua receita orçamentária a entidades públicas de
Federal. fomento ao ensino e à pesquisa científica e tecnológica.
C) editar medidas provisórias e decretos-lei, com força de lei. E) Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino
D) celebrar tratados, convenções e atos internacionais, sujeitos a fundamental e na educação infantil.
referendo do Congresso Nacional, podendo essa atribuição ser Gabarito “D”
delegada aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral da A) O lazer, a educação e a assistência aos desemparados estão
República ou ao Advogado-Geral da União, que observarão os no rol nos direitos sociais.
limites traçados nas respectivas delegações. Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação,
E) conceder indulto e comutar penas, com audiência, se o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a
necessário, dos órgãos instituídos em lei. previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a
Gabarito “E” assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.
A) sancionar, promulgar e fazer publicar as leis e emendas à B) O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será
Constituição, bem como expedir decretos e regulamentos para exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União.
sua fiel execução. (ERRADA. A PUBLICAÇÃO SERÁ FEITA PELA Art. 71. O controle externo, a cargo do Congresso Nacional, será
MESA DO SENADO E PELA MESA DA CAMARA). exercido com o auxílio do Tribunal de Contas da União, ao qual
A emenda à Constituição será promulgada pelas Mesas da compete:
Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com o respectivo C) A pessoa jurídica em débito com o sistema da seguridade
número de ordem. social, como estabelecido em lei, não poderá contratar com o
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 17
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Poder Público nem dele receber benefícios ou incentivos fiscais e 59 - De acordo com a Constituição Federal 1988, assinale a
creditícios. alternativa CORRETA:
Art. 195, § 3º A pessoa jurídica em débito com o sistema da A) Invalidada por sentença judicial a demissão do servidor
seguridade social, como estabelecido em lei, não estável, será ele reintegrado, e o eventual ocupante da vaga,
Poderá contratar com o Poder Público nem dele receber se estável, reconduzido ao cargo de origem, com direito a
benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios. indenização, aproveitado em outro cargo ou posto em
D) É obrigatório aos Estados e ao Distrito Federal vincular parcela disponibilidade com remuneração proporcional ao tempo de
de sua receita orçamentária a entidades públicas de fomento ao serviço.
ensino e à pesquisa científica e tecnológica. B) Será reservado até 20%(vinte por cento) dos cargos e
Art. 218, § 5º É facultado aos Estados e ao Distrito Federal vincular empregos públicos para as pessoas portadoras de deficiência e
parcela de sua receita orçamentária a entidades públicas de definirá os critérios de sua admissão.
fomento ao ensino e à pesquisa científica e tecnológica. C) Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder
E) Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino fundamental Executivo não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder
e na educação infantil. Judiciário.
Art. 211, § 2º Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino D) Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público
fundamental e na educação infantil. não serão computados nem acumulados para fins de
concessão de acréscimos ulteriores.
58 - Sobre as competências em matéria legislativa na Federação E) É vedado aos estrangeiros o acesso a cargos, empregos e
brasileira, no que se refere à legislação concorrente, funções públicas.
A) inexistindo lei federal sobre normas gerais, os Estados Gabarito “D”
exercerão a competência legislativa plena, para atender a suas A) Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os
peculiaridades. servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em
B) compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar virtude de concurso público.
sobre jazidas, minas, outros recursos minerais e metalurgia. (...)
C) é de competência da União o estabelecimento de normas § 2º Invalidada por sentença judicial a demissão do servidor
gerais, podendo ainda exercer competência suplementar caso estável, será ele reintegrado, e o eventual ocupante da vaga, se
inexista lei estadual ou distrital sobre a matéria. estável, reconduzido ao cargo de origem, sem direito a
D) a superveniência de lei federal sobre normas gerais revoga a indenização, aproveitado em outro cargo ou posto em
eficácia da lei estadual, no que lhe for contrário. disponibilidade com remuneração proporcional ao tempo de
E) a competência da União para legislar sobre normas gerais serviço.
exclui a competência suplementar dos Estados.
Gabarito “A” B) Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer
A) inexistindo lei federal sobre normas gerais, os Estados dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
exercerão a competência legislativa plena, para atender a suas Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
peculiaridades. impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também,
Correta. Art. 24 - ao seguinte:
§ 3º Inexistindo lei federal sobre normas gerais, os Estados (...)
exercerão a competência legislativa plena, para atender a suas VIII - a lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos
peculiaridades. para as pessoas portadoras de deficiência e definirá os critérios
B) compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal de sua admissão;
legislar sobre jazidas, minas, outros recursos minerais e
metalurgia. C) Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer
Errada - competência legislativa privativa da União - dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Art. 22 XII - jazidas, minas, outros recursos minerais e metalurgia; Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
C) é de competência da União o estabelecimento de normas impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também,
gerais, podendo ainda exercer competência suplementar caso ao seguinte:
inexista lei estadual ou distrital sobre a matéria. (...)
Errada. Competência da união se limita as normas de carater XII - os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder
geral Judiciário não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder
D) a superveniência de lei federal sobre normas gerais revoga a Executivo;
eficácia da lei estadual, no que lhe for contrário.
Lei federal não revoga lei estadual. D) Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público
E) a competência da União para legislar sobre normas gerais não serão computados nem acumulados para fins de concessão
exclui a competência suplementar dos Estados. de acréscimos ulteriores. (GABARITO)
Errada. Conforme a a alternativa A Art. 37.
(...)

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 18
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

XIV - os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público Art 39 - § 4º O membro de Poder, o detentor de mandato
não serão computados nem acumulados para fins de concessão eletivo, os Ministros de Estado e os Secretários Estaduais e
de acréscimos ulteriores; Municipais serão remunerados exclusivamente por subsídio
fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer
E) Art. 37. gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação
I - os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos ou outra espécie remuneratória, obedecido, em qualquer caso, o
brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, disposto no art. 37, X e XI.
assim como aos estrangeiros, na forma da lei;
III – ERRADO;É vedada a dispensa do empregado sindicalizado
60 - Com base na Constituição Federal de 1988, julgue os itens a partir do registro da candidatura a cargo de direção ou
subsequentes. representação sindical e, se eleito, ainda que suplente, até
I - As funções de confiança, exercidas exclusivamente por 02(dois) anos após o final do mandato, salvo se cometer falta
servidores ocupantes de cargo em comissão, destinam-se grave nos termos da lei.
apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento.
II - Os Ministros de Estado e os Secretários Estaduais serão Art 8 - VIII - é vedada a dispensa do empregado sindicalizado a
remunerados exclusivamente por subsídio fixado em parcela partir do registro da candidatura a cargo de direção ou
única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, representação sindical e, se eleito, ainda que suplente, até um
abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie ano após o final do mandato, salvo se cometer falta grave nos
remuneratória, obedecidas as normas constitucionais termos da lei.
pertinentes.
III - É vedada a dispensa do empregado sindicalizado a partir do IV –ERRADO; A lei não poderá exigir autorização do Estado
registro da candidatura a cargo de direção ou representação para a fundação de sindicato, sendo assegurado ao
sindical e, se eleito, ainda que suplente, até 02(dois) anos após o Poder Público a interferência e a intervenção na organização
final do mandato, salvo se cometer falta grave nos termos da lei. sindical.
IV – A lei não poderá exigir autorização do Estado para a
fundação de sindicato, sendo assegurado ao Poder Público a Art 8 - I - a lei não poderá exigir autorização do Estado para a
interferência e a intervenção na organização sindical. fundação de sindicato, ressalvado o registro no órgão
V – Nas empresas de mais de 100(cem) empregados, é competente, vedadasao Poder Público a interferência e a
assegurada a eleição de um representante destes com a intervenção na organização sindical;
finalidade exclusiva de promover-lhes o atendimento direto com
os empregadores. V – ERRADO;Nas empresas de mais de 100(cem) empregados, é
assegurada a eleição de um representante destes com a
A quantidade de itens INCORRETOS é igual a: finalidade exclusiva de promover-lhes o atendimento direto com
A) 1. os empregadores.
B)2.
C)3. Art. 11. Nas empresas de mais de duzentos empregados, é
D)4. assegurada a eleição de um representante
E)5. Destes com a finalidade exclusiva de promover-lhes o
Gabarito “D” entendimento direto com os empregadores.
I – ERRADO;As funções de confiança, exercidas exclusivamente
por servidores ocupantes de cargo em comissão, destinam-se 61 - Segundo a Constituição Federal de 1988 em seu capitulo V
apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento. que apresenta sobre os Partidos políticos, julgue os itens
subsequentes:
Art. 37 - V - as funções de confiança, exercidas exclusivamente I-Somente terão direito a recursos do fundo partidário e
por servidores ocupantes de cargo efetivo, e os cargos em acesso gratuito ao rádio e à televisão, na forma da lei, os
comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos partidos políticos que alternativamente ,obtiverem, nas eleições
casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, para a Câmara dos Deputados, no mínimo, 3% dos votos
destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e válidos, distribuídos em pelo menos um terço das unidades da
assessoramento; Federação, com um mínimo de 2% (dois por cento) dos votos
válidos em cada uma delas; ou tiverem elegido pelo menos
II –CERTO; Os Ministros de Estado e os Secretários Estaduais quinze Deputados Federais distribuídos em pelo menos um
serão remunerados exclusivamente por subsídio fixado em terço das unidades da Federação.
parcela única, vedado o acréscimo de qualquer gratificação,
adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra II- Ao eleito por partido que não preencher os requisitos
espécie remuneratória, obedecidas as normas constitucionais previstos na Constituição Federal no capitulo V dos partidos
pertinentes. políticos é assegurado o mandato e facultada a filiação, sem
perda do mandato, a outro partido que os tenha atingido, não

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 19
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

sendo essa filiação considerada para fins de distribuição dos A) esses parlamentares, desde a expedição do diploma, serão
recursos do fundo partidário e de acesso gratuito ao tempo de submetidos a julgamento perante o Superior Tribunal de
rádio e de televisão. Justiça.
B) recebida a denúncia contra algum desses parlamentares,
III-É assegurada aos partidos políticos autonomia para definir por crime ocorrido após a diplomação, será dada ciência à
sua estrutura interna e estabelecer regras sobre escolha, Casa respectiva, que, por iniciativa de partido político nela
formação e duração de seus órgãos permanentes e provisórios e representado e pelo voto de dois terços de seus membros,
sobre sua organização e funcionamento e para adotar os poderá, até a decisão final, sustar o andamento da ação.
critérios de escolha e o regime de suas coligações nas eleições C) esses parlamentares não serão obrigados a testemunhar
majoritárias e proporcionais, sem obrigatoriedade de vinculação sobre informações recebidas ou prestadas em razão do
entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital ou exercício do mandato, nem sobre as pessoas que lhes
municipal, devendo seus estatutos estabelecer normas de confiaram ou deles receberam informações, salvo em caso de
disciplina e fidelidade partidária. investigação realizada por comissão parlamentar de inquérito.
D) a incorporação às Forças Armadas de algum desses
Estão corretos APENAS: parlamentares, embora militares e ainda que em tempo de
A) I III guerra, dependerá de prévia licença da Casa respectiva.
B) I II E) as imunidades desses parlamentares serão suspensas
C)II durante o estado de sítio.
D) I
E) II III Gabarito “D”
Gabarito “B” A) esses parlamentares, desde a expedição do diploma, serão
I-§ 3º Somente terão direito a recursos do fundo partidário e submetidos a julgamento perante o Superior Tribunal de
acesso gratuito ao rádio e à televisão, na forma da lei, os partidos Justiça.
políticos que alternativamente: (Redação dada pela Emenda Art. 53. Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e
Constitucional nº 97, de 2017)I - obtiverem, nas eleições para a penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos.
Câmara dos Deputados, no mínimo, 3% (três por cento) dos votos § 1º Os Deputados e Senadores, desde a expedição do diploma,
válidos, distribuídos em pelo menos um terço das unidades da serão submetidos a julgamento perante o Supremo Tribunal
Federação, com um mínimo de 2% (dois por cento) dos votos Federal.
válidos em cada uma delas; ou (Incluído pela Emenda (...)
Constitucional nº 97, de 2017)II - tiverem elegido pelo menos B) recebida a denúncia contra algum desses parlamentares, por
quinze Deputados Federais distribuídos em pelo menos um terço crime ocorrido após a diplomação, será dada ciência à Casa
das unidades da Federação. (Incluído pela Emenda respectiva, que, por iniciativa de partido político nela
Constitucional nº 97, de 2017) representado e pelo voto de dois terços de seus membros,
poderá, até a decisão final, sustar o andamento da ação.
II-§ 5º Ao eleito por partido que não preencher os requisitos Art. 53. (...)
previstos no § 3º deste artigo é assegurado o mandato e § 3º Recebida a denúncia contra o Senador ou Deputado, por
facultada a filiação, sem perda do mandato, a outro partido que crime ocorrido após a diplomação, o Supremo Tribunal Federal
os tenha atingido, não sendo essa filiação considerada para fins dará ciência à Casa respectiva, que, por iniciativa de partido
de distribuição dos recursos do fundo partidário e de acesso político nela representado e pelo voto da maioria de seus
gratuito ao tempo de rádio e de televisão. (Incluído pela Emenda membros, poderá, até a decisão final, sustar o andamento da
Constitucional nº 97, de 2017) ação.
(...)
III-§ 1º É assegurada aos partidos políticos autonomia para definir C) esses parlamentares não serão obrigados a testemunhar
sua estrutura interna e estabelecer regras sobre escolha, sobre informações recebidas ou prestadas em razão do exercício
formação e duração de seus órgãos permanentes e provisórios e do mandato, nem sobre as pessoas que lhes confiaram ou deles
sobre sua organização e funcionamento e para adotar os critérios receberam informações, salvo em caso de investigação
de escolha e o regime de suas coligações nas eleições realizada por comissão parlamentar de inquérito.
majoritárias, vedada a sua celebração nas eleições proporcionais, Art. 53. (...)
sem obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em § 6º Os Deputados e Senadores não serão obrigados a
âmbito nacional, estadual, distrital ou municipal, devendo seus testemunhar sobre informações recebidas ou prestadas em
estatutos estabelecer normas de disciplina e fidelidade razão do exercício do mandato, nem sobre as pessoas que lhes
partidária. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 97, de confiaram ou deles receberam informações.
2017) (...)
D) a incorporação às Forças Armadas de algum desses
62 - A respeito das normas constitucionais que regem a parlamentares, embora militares e ainda que em tempo de
atividade dos Deputados Federais e Senadores, guerra, dependerá de prévia licença da Casa respectiva.
(Gabarito)

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 20
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Art. 53. (...) Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre:
§ 7º A incorporação às Forças Armadas de Deputados e II - desapropriação
Senadores, embora militares e ainda que em tempo de guerra, Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do
dependerá de prévia licença da Casa respectiva. Distrito Federal e dos Municípios:
(...) I - zelar pela guarda da Constituição, das leis e das instituições
E) as imunidades desses parlamentares serão suspensas durante democráticas e conservar o patrimônio público;
o estado de sítio.
Art. 53. (...)
§ 8º As imunidades de Deputados ou Senadores subsistirão
Código Processo Penal
durante o estado de sítio, só podendo ser suspensas mediante o
65 - Em relação aos princípios que regem o processo penal,
voto de dois terços dos membros da Casa respectiva, nos casos
Julgue os itens subsequentes:
de atos praticados fora do recinto do Congresso Nacional, que
sejam incompatíveis com a execução da medida.
I- A Constituição Federal garante expressamente os princípios
da independência e da imparcialidade do juiz.
63 - Daniel, morador do Complexo do Alemão, foi processado e
condenado por prática de crime, por decisão judicial transitada
II-O direito ao julgamento em prazo razoável está previsto na
em julgado, tendo cumprido a respectiva pena de privação de
Constituição Federal e pode ter como termo inicial ato
liberdade. Contudo, a condenação de Daniel se deu por erro
realizado na fase de inquérito policial.
judiciário, pois dizia que ele portava uma pistola, mas foi
comprovado por laudo que era uma máquina de furar e o juiz
III- O art. 20, do CPP, que garante o sigilo das investigações no
errou no julgamento. Diante dessa situação, considerando
inquérito policial, não foi recepcionado pela Constituição
apenas os dados ora fornecidos, Daniel
Federal, que previu expressamente o princípio da publicidade.
A) não poderá pleitear indenização do Estado, pois o
reconhecimento da responsabilidade acarretaria ofensa à coisa
IV- Se necessário à prevenção e à repressão dos crimes
julgada.
relacionados ao tráfico de pessoas, o membro do Ministério
B) não poderá pleitear indenização do Estado, pois o Poder
Público ou o delegado de polícia poderão requisitar, mediante
Judiciário é soberano.
autorização judicial, às empresas prestadoras de serviço de
C) poderá pleitear indenização do Estado pois, de acordo com a
telecomunicações e/ou telemática que disponibilizem
Constituição Federal, este indenizará o condenado por erro
imediatamente os meios técnicos adequados – como sinais,
judiciário.
informações e outros – que permitam a localização da vítima
D) poderá pleitear indenização do Estado, desde que a
ou dos suspeitos do delito em curso.
condenação por erro judiciário tenha sido confirmada pelos
Tribunais Superiores.
Estão corretos APENAS:
E) não poderá pleitear indenização do Estado, pois ao
A) I II III IV
magistrado é assegurada a independência.
B) II III
Gabarito “C” C) II IV
LXXV - o Estado indenizará o condenado por erro judiciário, D) II III IV
assim como o que ficar preso além do tempo fixado na sentença; E) I II IV
Gabarito “C”
64 - De acordo com a Constituição Federal, compete I- A Constituição Federal garante expressamente os princípios
da independência e da imparcialidade do juiz.
I. À União organizar e manter a polícia civil, a polícia militar e o ERRADA, as garantias da imparcialidade taxativa do juiz estão
corpo de bombeiros militar do Distrito Federal. previstas no instituto do impedimento e da supeição dos Art.
II. Privativamente à União legislar sobre direito civil, penal, 134 e 135 do CPC, o ART. 95 da CF. Lá estão as garantias para
eleitoral e do trabalho. assegurar essa imparcialidade;
III. Concorrentemente à União, aos Estados, ao Distrito Federal e
aos Municípios legislar sobre desapropriação. II-O direito ao julgamento em prazo razoável está previsto na
IV. Privativamente à União zelar pela guarda da Constituição Constituição Federal e pode ter como termo inicial ato realizado
Federal. na fase de inquérito policial.
Correto- Correto. Há entedimentos em que a duração razoável
Está correto o que se afirma APENAS em do processo deve incidir também na fase de investigação.
A) I e II. III- O art. 20, do CPP, que garante o sigilo das investigações no
B) II e IV. inquérito policial, não foi recepcionado pela Constituição
C) III e IV. Federal, que previu expressamente o princípio da publicidade.
D) I, III e IV. Errado -O art. 20 do Código de Processo Penal traz a seguinte
E) I, II e III. disposição: “A autoridade assegurará no inquérito o sigilo
Gabarito “A”
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 21
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

necessário à elucidação do fato ou exigido pelo interesse da B) Cuidando-se de crime de ação penal privada, pode ser
sociedade”. instaurado de ofício pela autoridade policial, desde que tenha
presenciado a prática da infração penal.
IV- Se necessário à prevenção e à repressão dos crimes Errada. As formas de instauração do inquérito e variável em
relacionados ao tráfico de pessoas, o membro do Ministério ação penal privada deverá ser feita por requerimento de quem
Público ou o delegado de polícia poderão requisitar, mediante tenha legitimidade para ajuizá-la (ofendido ou representante
autorização judicial, às empresas prestadoras de serviço de legal).
telecomunicações e/ou telemática que disponibilizem
imediatamente os meios técnicos adequados – como sinais, C) Tendo sido arquivado por atipicidade penal da conduta
informações e outros – que permitam a localização da vítima ou investigada, não pode ser desarquivado, mesmo se surgirem
dos suspeitos do delito em curso. novas provas do crime
Correto ART 13-B Gabarito: Exemplo jurisprudencial: "O arquivamento do
inquérito policial por ausência de provas suficientes a embasar
66 - Conforme artigo 6º do Código de Processo Penal Brasileiro, a denúncia não constitui óbice para posterior propositura da
logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a ação penal, desde que surjam novos elementos de prova (art.
autoridade policial deverá: 18 do CPP e Súmula 524 do STF). Entretanto, consoante
A) Verificar a possibilidade de haver a infração sido praticada de pacífico entendimento doutrinário e jurisprudencial, o mesmo
determinado modo: a autoridade policial poderá proceder à não acontece quando o apuratório é arquivado em
reprodução simulada dos fatos, desde que esta não contrarie a decorrência da atipicidade do fato, hipótese em que a decisão
moralidade ou a ordem pública. faz coisa julgada material, tornando-se, portanto, imutável.
B) Fornecer às autoridades judiciárias as informações necessárias Precedentes do STF, STJ e desta Corte." (TRF4; HC 18310 PR;
à instrução e julgamento dos processos. Julgamento: 15/08/2007)
C) Realizar as diligências requisitadas pelo juiz ou pelo Ministério
Público. 68-Em tema de ação penal privada, correto afirmar que
D) Nomear testemunha, com indicação de sua profissão e A) o perdão do ofendido independe de aceitação.
residência. B) o requerimento de instauração de inquérito policial não
E) Colher informações sobre a existência de filhos, respectivas interrompe o prazo de oferecimento da queixa.
idades e se possuem alguma deficiência e o nome e o contato C) importa em renúncia tácita ao direito de queixa o fato de o
de eventual responsável pelos cuidados dos filhos, indicado pela ofendido receber indenização do dano causado pelo crime.
pessoa presa. D) admissível o perdão do ofendido mesmo depois que passa
Gabarito “E” em julgado a sentença condenatória.
Art 6º, CPP. E) incabível extinção da punibilidade por perempção.
X - colher informações sobre a existência de filhos, respectivas Gabarito “B”
idades e se possuem alguma deficiência e o nome e o contato de A) ERRADA o perdão do ofendido independe de aceitação.
eventual responsável pelos cuidados dos filhos, indicado pela Os arts. 51, 56 e 55 do CPP deixam claro que o perdão depende
pessoa presa. de aceitação, não operando efeitos para o réu que não o
aceitar.
67 - No tocante ao inquérito policial:
A) É o único instrumento legalmente previsto para a investigação B) CORRETO o requerimento de instauração de inquérito
e apuração de infrações penais. policial não interrompe o prazo de oferecimento da queixa.
B) Cuidando-se de crime de ação penal privada, pode ser O prazo de 6 meses para o oferecimento da queixa-crime, no
instaurado de ofício pela autoridade policial, desde que tenha caso das ações de natureza privada, é decadencial, não
presenciado a prática da infração penal. operando contra ele causas de interrupção ou suspensão como
C) Tendo sido arquivado por atipicidade penal da conduta na prescrição. O prazo decadencial em questão só se extingue
investigada, não pode ser desarquivado, mesmo se surgirem com a ajuização da ação em questão, sendo irrelevantes à titulo
novas provas do crime de prazo a notitia criminis.
D) Não pode ser trancado por meio de Habeas Corpus antes de
concluído o prazo de encerramento previsto em lei. C) ERRADA importa em renúncia tácita ao direito de queixa o
E) Se instaurado para investigar infração penal atribuída a juiz de fato de o ofendido receber indenização do dano causado pelo
direito, é conduzido por Procurador de Justiça. crime.
Gabarito “C” O código penal, no art. 104, afirma que o direito de queixa não
A) É o único instrumento legalmente previsto para a investigação pode ser exercido se o querelante renunciou expressa ou
e apuração de infrações penais. tacitamente, deixando claro que não implica renúncia, todavia,
Errada. Haja vista que também há o termo circunstanciado de o fato de receber o ofendido a indenização do dano causado
ocorrência. Ademais, o inquérito é dispensável podendo o MP pelo crime.
utilizar outros meios para apurar as infrações penais.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 22
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) ERRADA admissível o perdão do ofendido mesmo depois que O titular exclusivo da ação pública é um órgão oficial, que
passa em julgado a sentença condenatória. integra os quadros do Estado: o Ministério Público. Esse
Nos termos do art. 106 do CP, não é admissível o perdão depois princípio é atenuado pela própria Constituição Federal que, em
do trânsito em julgado de sentença condenatória. seu art.5º, LIX, permite que, subsidiariamente, seja oferecida
queixa em crime de ação pública, desde que o Ministério
E) ERRADA incabível extinção da punibilidade por perempção. Público não apresente qualquer manifestação dentro do prazo
A perempção, que é o abandono da ação por parte do que a lei lhe confere. Dentro do prazo legal, contudo, o
querelante, é causa de exclusão de punibilidade sim, inclusive princípio é absoluto.
elencada no rol do art. 107 do CP, sendo suas hipóteses previstas Reis, Alexandre Cebrian Araújo Direito processual penal
no art. 60 do CPP esquematizado / Alexandre Cebrian Araújo Reis e Victor
Eduardo Rios Gonçalves ; coordenador Pedro Lenza. – 2. Ed. –
69 - No que se refere aos princípios da ação penal pública São Paulo : Saraiva, 2013.
incondicionada, assinale a opção correta.
A) O princípio da obrigatoriedade impõe ao MP o dever de 70 - A competência criminal:
promover a ação penal pública incondicionada quando este A) na hipótese de conexão e continência, importarão unidade
considerá-la conveniente para a sociedade. de processo e julgamento salvo no concurso entre jurisdição
B) O princípio da indivisibilidade determina que a ação penal comum e especial.
pública incondicionada abranja todos os crimes praticados em B) pelo lugar da infração, será, de regra, determinada pelo
concurso formal. lugar em que se consumar a infração, ou, no caso de tentativa,
C) O princípio da intranscendência determina que a ação penal pelo lugar em que foi iniciado o ato de execução.
incondicionada seja sempre promovida apenas contra as C) tratando-se de infração continuada ou permanente,
pessoas a quem se impute a prática de uma infração. praticada em território de duas ou mais jurisdições, firmar-se-á
D) O princípio da oficialidade determina que a ação penal pelo local onde se iniciou os atos de execução.
pública incondicionada seja intentada preferencialmente pelo D) Será obrigatória a separação dos processos quando as
MP, órgão oficial do Estado. infrações tiverem sido praticadas em circunstâncias de tempo
E) O princípio da indisponibilidade determina que o MP pode ou de lugar diferentes, ou, quando pelo excessivo número de
desistir da ação penal pública incondicionada até a edição da acusados e para não Ihes prolongar a prisão provisória, ou por
sentença. outro motivo relevante, o juiz reputar conveniente a
separação.
Gabarito “C” E) não sendo conhecido o lugar da infração, será regulada
AÇÃO PENAL PUBLICA pelo único domicílio do réu conhecido.
- Intranscendência Gabarito “E”
- Oficialidade A) na hipótese de conexão e continência, importarão unidade de
-Obrigatoriedade processo e julgamento salvo no concurso entre jurisdição
-Indisponibilidade comum e especial.
-Divisibilidade Art. 79. A conexão e a continência importarão unidade de
AÇÃO PENAL PRIVADA processo e julgamento, salvo:
- Intranscendência I - no concurso entre a jurisdição comum e a militar;
-Indivisibilidade II - no concurso entre a jurisdição comum e a do juízo de
-Disponibilidade menores.
Princípio da obrigatoriedade B) pelo lugar da infração, será, de regra, determinada pelo lugar
De acordo com esse princípio, o promotor não pode transigir ou em que se consumar a infração, ou, no caso de tentativa,
perdoar o autor do crime de ação pública. Caso entenda, de pelo lugar em que foi iniciado o ato de execução.
acordo com sua própria Art. 70. A competência será, de regra, determinada pelo lugar
apreciação dos elementos de prova — pois a ele cabe formar a em que se consumar a infração, ou, no caso de tentativa, pelo
opinio delicti —, que há indícios suficientes de autoria e lugar em que for praticado o último ato de execução.
materialidade de crime que se apura mediante ação pública, C) tratando-se de infração continuada ou permanente,
estará obrigado a oferecer denúncia, salvo se houver causa praticada em território de duas ou mais jurisdições, firmar-se-á
impeditiva, como, por exemplo, a prescrição, hipótese em que pelo local onde se iniciou os atos de execução.
deverá requerer o reconhecimento da extinção da punibilidade Art. 71. Tratando-se de infração continuada ou permanente,
e, por consequência, o arquivamento do feito. (...) praticada em território de duas ou mais jurisdições, a
Princípio da indisponibilidade competência firmar-se-á pela prevenção.
Nos termos do art. 42 do Código de Processo Penal, o Ministério D) Será obrigatória a separação dos processos quando as
Público não pode desistir da ação por ele proposta. Tampouco infrações tiverem sido praticadas em circunstâncias de tempo ou
pode desistir de recurso que tenha interposto (art. 576 do CPP). de lugar diferentes, ou, quando pelo excessivo número de
(...) acusados e para não Ihes prolongar a prisão provisória, ou por
Princípio da oficialidade outro motivo relevante, o juiz reputar conveniente a separação.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 23
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Art. 80. Será facultativa a separação dos processos quando as oralmente, não sendo permitido à testemunha trazê-lo por
infrações tiverem sido praticadas em circunstâncias de tempo ou escrito.
de lugar diferentes, ou, quando pelo excessivo número de Parágrafo único. Não será vedada à testemunha, entretanto,
acusados e para não Ihes prolongar a prisão provisória, ou por breve consulta a apontamentos.
outro motivo relevante, o juiz reputar conveniente a separação.
E) não sendo conhecido o lugar da infração, será regulada pelo (C) INCORRETA. Art. 214 do CPP. Antes de iniciado o
único domicílio do réu conhecido. depoimento, as partes poderão contraditar a testemunha ou
Art. 72. Não sendo conhecido o lugar da infração, a competência argüir circunstâncias ou defeitos, que a tornem suspeita de
regular-se-á pelo domicílio ou residência do réu. parcialidade, ou indigna de fé. O juiz fará consignar a contradita
ou argüição e a resposta da testemunha, mas só excluirá a
71 - Assinale a alternativa correta. testemunha ou não Ihe deferirá compromisso nos casos
A) Aos Deputados Federais e Estaduais é assegurada a oitiva em previstos nos arts. 207 e 208.
seus respetivos gabinetes, comunicando-os previamente a data (E) INCORRETA. Art. 208. Não se deferirá o compromisso a que
e horário designado pelo juiz para realização do ato. alude o art. 203 aos doentes e deficientes mentais e aos
B) A testemunha pode trazer em audiência seu depoimento por menores de 14 (quatorze) anos, nem às pessoas a que se refere
escrito para que seja juntado aos autos. o art. 206.
C) Contraditada a testemunha por ser ela suspeita ou indigna de
fé, o juiz deve realizar a prova acerca dessa alegação, por 72 - No que se refere à comunicação dos atos processuais,
intermédio de outras testemunhas trazidas pela parte que a assinale a alternativa correta.
contraditou e, deferida a contradita, deverá exclui-la do rol, A) A citação por procuração é aceita desde que o procurador
permitindo à parte contrária a substituição da testemunha tenha poderes especiais para tanto.
contraditada. B) Existem três formas de citação: a real, a ficta e a editalícia.
D) A expedição de carta precatória para oitiva de testemunha C) A ausência de citação é causa de nulidade absoluta no
arrolada não suspenderá a instrução criminal e, após o decurso processo, mas a inobservância das formalidades da citação
do prazo nela assinalado, será permitido o julgamento do gera nulidade relativa do ato.
processo. D) Ao verificar que o réu se oculta para não ser citado, dar-se-
E) Aos menores de dezesseis anos e o ascendente ou á a citação por edital.
descendente, o afim em linha reta, o cônjuge, o irmão e o pai, a E) No caso de citação do militar, além do mandado de citação,
mãe do acusado não será deferido o compromisso de dizer a que deverá ser cumprido por oficial de justiça, também é
verdade. necessária a notificação do chefe da repartição pública em que
Gabarito “D” o militar estiver lotado.
Art. 222. A testemunha que morar fora da jurisdição do juiz será Gabarito “C”
inquirida pelo juiz do lugar de sua residência, expedindo-se, para Letra A errada
esse fim, carta precatória, com prazo razoável, intimadas as A citação é sempre na pessoa do acusado, não podendo ser
partes. citado por meio de curador ou representante legal. Todavia, no
§ 1o A expedição da precatória não suspenderá a instrução caso de doente mental, se o incidente insanidade mental tiver
criminal. sido realizado durante o inquérito policial e constatado que
§ 2o Findo o prazo marcado, poderá realizar-se o julgamento, investigado é inimputável, provavelmente antes do ato citatório
mas, a todo tempo, a precatória, uma vez devolvida, será junta do acusado, o juiz já lhe terá nomeado curador, a citação
aos autos. deverá ser feita diretamente ao curador nomeado (CPP, art.
§ 3o Na hipótese prevista no caput deste artigo, a oitiva de 151) - Curso, 2016, página 357.RENATO BRASILEIRO: Ao
testemunha poderá ser realizada por meio de videoconferência contrário do processo civil, que admite que a citação seja feita
ou outro recurso tecnológico de transmissão de sons e imagens pessoalmente ao réu, ao seu representante legal ou ao
em tempo real, permitida a presença do defensor e podendo ser procurador legalmente autorizado (art. 242, caput, in fine, do
realizada, inclusive, durante a realização da audiência de novo CPC), em sede processual penal somente o sujeito passivo
instrução e julgamento. da pretensão punitiva é que pode ser citado. - Manual, 2015,
página 1242.
(A) INCORRETA. Art. 221 do CPP. Art. 221. O Presidente e o Vice- B) A citação poderá ser de duas espécies: real ou pessoal (a
Presidente da República, os senadores e deputados federais, os regra), podendo ser concretizada por mandado, carta
ministros de Estado, os governadores de Estados e Territórios, os precatória, carta de ordem ou por carta rogatória; ficta ou
secretários de Estado, os prefeitos do Distrito Federal e dos presumida (medida excepcional), como a citação por edital e
Municípios, os deputados às Assembléias Legislativas Estaduais, por hora certa.
os membros do Poder Judiciário, os ministros e juízes dos
Tribunais de Contas da União, dos Estados, do Distrito Federal, C) O próprio CPP estabelece que a sua falta (citação) configura
bem como os do Tribunal Marítimo serão inquiridos em local, dia nulidade absoluta, conforme o artigo 564, III, "e" do CPP.
e hora previamente ajustados entre eles e o juiz. Denomina-se citação o ato pelo qual se julga nula ou de
(B) INCORRETA. Art. 204 do CPP. O depoimento será prestado nenhuma eficácia a citação.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 24
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Art. 261. Nenhum acusado, ainda que ausente OU foragido,


D) Verificando que o réu se oculta para não ser citado, o oficial de será processado ou julgado sem defensor.
justiça certificará a ocorrência e procederá à citação com hora
certa. Assim, quando, por duas vezes, o oficial de justiça houver
procurado o réu em seu domicílio ou residência, sem o encontrar,
deverá, havendo suspeita de ocultação, intimar qualquer pessoa
da família, ou, em sua falta, a qualquer vizinho, que, no dia útil
imediato, voltará, a fim de efetuar a citação, na hora que 74 - Em relação à prisão temporária, prevista na Lei n°
designar. 7.960/1989, JULGUE OS ITENS SUBSEQUENTES

E) Estabelece o artigo 358 do CPP que a citação do militar far-se- I- É cabível para os crimes que a admitem, e somente na fase
á por intermédio do chefe do respectivo serviço. Logo, a fim de se pré-processual, desde que em atenção a representação da
preservar a hierarquia e a disciplina militares, evitando-se que o Autoridade Policial ou do Ministério Público, vedada a
Oficial de Justiça ingresse em dependências militares à procura do decretação de ofício.
acusado, o CPP prevê que, em se tratando de militar, o juízo II-É cabível para os crimes que a admitem, tanto na fase pré-
processante deve expedir um ofício ao Comandante da processual quanto na processual, a requerimento da
Organização Militar em que se encontra lotado o acusado. Autoridade Policial ou do Ministério Público, vedada a
Fonte: Renato Brasileiro de Lima - Manual de Processo Penal - 6ª decretação de ofício, por 5 (cinco) dias, prorrogáveis uma vez
Edição (pg. 1.274 e ss.) e pelo mesmo prazo, em caso de extrema necessidade,
devidamente demonstrada.
73 - À luz do que dispõe o Código de Processo Penal sobre os III-É cabível para os crimes que a admitem, e somente na fase
sujeitos da relação processual, pré-processual, sendo imprescindível para a decretação,
A) em todos os termos da ação pública, poderá intervir, como quando requerida pela Autoridade Policial, a concordância do
assistente do Ministério Público, o ofendido ou seu Ministério Público.
representante legal. IV-É cabível para os crimes que a admitem, tanto na fase pré-
B) nos juízos coletivos, não poderão servir no mesmo processo processual quanto na processual, podendo ser decretada de
os juízes que forem entre si parentes, consanguíneos ou afins, ofício, ou a requerimento da Autoridade Policial ou do
em linha reta ou colateral até o quarto grau, inclusive. Ministério Público.
C) as disposições sobre suspeição dos juízes não se estendem
aos serventuários e funcionários da justiça. Estão INCORRETOS:
D) o corréu no mesmo processo poderá intervir como assistente A) II III
do Ministério Público. B) I III IV
E) nenhum acusado, exceto se estiver foragido, será processado C) II III IV
ou julgado sem defensor. D)I IV
Gabarito “A” E) I II III IV
A) em todos os termos da ação pública, poderá intervir, como
assistente do Ministério Público, o ofendido ou seu representante Gabarito “C”
legal. I- É cabível para os crimes que a admitem, e somente na fase
Art. 268 - CERTO ! pré-processual, desde que em atenção a representação da
B) nos juízos coletivos, não poderão servir no mesmo processo os Autoridade Policial ou do Ministério Público, vedada a
juízes que forem entre si parentes, consanguíneos ou afins, em decretação de ofício.
linha reta ou colateral até o quarto grau, inclusive. A "I" Art. 2° A prisão temporária será decretada pelo Juiz, em
Art. 253. Nos juízos coletivos, NÃO PODERÃO servir no mesmo face da REPRESENTAÇÃO da autoridade policial ou de
processo os juízes que forem entre si parentes, consanguíneos ou requerimento do Ministério Público, e terá o prazo de 5 (cinco)
afins, em linha reta ou colateral até o 3º GRAU, inclusive. dias, prorrogável por igual período em caso de extrema e
C) as disposições sobre suspeição dos juízes não se estendem aos comprovada necessidade.
serventuários e funcionários da justiça. II-É cabível para os crimes que a admitem, tanto na fase pré-
Art. 274. As prescrições sobre SUSPEIÇÃO dos juízes estendem-se processual quanto na processual, a requerimento da Autoridade
aos serventuários e funcionários da justiça, no que lhes for Policial ou do Ministério Público, vedada a decretação de ofício,
aplicável. por 5 (cinco) dias, prorrogáveis uma vez e pelo mesmo prazo,
D) o corréu no mesmo processo poderá intervir como assistente em caso de extrema necessidade, devidamente demonstrada.
do Ministério Público. Errada, na processual não cabe Art. 2° A prisão temporária será
Arr. 270. O co réu no mesmo processo não poderá intervir como decretada pelo Juiz, em face da REPRESENTAÇÃO da
assistente do Ministério Público. autoridade policial ou de requerimento do Ministério Público, e
E) nenhum acusado, exceto se estiver foragido, será processado terá o prazo de 5 (cinco) dias, prorrogável por igual período em
ou julgado sem defensor. caso de extrema e comprovada necessidade.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 25
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

III-É cabível para os crimes que a admitem, e somente na fase II- A autoridade policial somente poderá conceder fiança nos
pré-processual, sendo imprescindível para a decretação, quando casos de infração cuja pena privativa de liberdade máxima não
requerida pela Autoridade Policial, a concordância do Ministério seja superior a 2 anos.
Público.
O que tornaria errada a III é que não é necessária a III- Para existir a prisão em flagrante nas hipóteses de
CONCORDÂNCIA do Ministério Público, mas sim, seria perseguição é necessário que o agente seja preso em até 24
necessário, nos termos do §1º, Art. 2º, "ouvir" o Ministério Público. horas após o fato.
IV-É cabível para os crimes que a admitem, tanto na fase pré-
processual quanto na processual, podendo ser decretada de ofício, IV- A atribuição para a lavratura do auto de prisão em
ou a requerimento da Autoridade Policial ou do Ministério flagrante é da autoridade policial do local em que ocorrer a
Público. prisão-captura, mesmo que esta dê-se em local diverso do da
Errado, na processual, não cabe. prática do crime.

75 - Acerca dos Juizados Especiais Criminais, assinale a Estão corretas


alternativa correta. A) II III
A) Os critérios orientadores do processo perante o Juizado B) I IV
Especial previstos na lei são: oralidade, brevidade, C) I II
discricionariedade regrada e mitigação. D) IV
B) Uma contravenção penal cuja pena máxima ultrapasse o E) I II III
patamar de 2 (dois) anos será julgada no Juizado Especial
Criminal. Gabarito “D”
C) A competência do Juizado será determinada pelo lugar em I- Chama-se flagrante impróprio a situação de prisão em que o
que foi praticada ou consumada a infração penal. agente é surpreendido quando acabou de cometer o delito.
D) Segundo prevê a Lei n° 9.099/95, cabem embargos de Errado
declaração quando, em sentença ou acórdão, houver erro, Trata-se de flagrante próprio.
obscuridade, contradição ou omissão.
E) Se não há previsão na Lei n° 9.099/95 sobre o número de II- A autoridade policial somente poderá conceder fiança nos
testemunhas que poderão ser ouvidas, deve ser aplicado, por casos de infração cuja pena privativa de liberdade máxima não
analogia, o quanto previsto para o procedimento ordinário. seja superior a 2 anos.
Errado
Gabarito “B” CPP. Art. 322. A autoridade policial somente poderá conceder
Letra A. Lei 9099 - Art.62 Art. 62. O processo perante o Juizado fiança nos casos de infração cuja pena privativa de liberdade
Especial orientar-se-á pelos critérios da oralidade, simplicidade, máxima não seja superior a 4 (quatro) anos.
informalidade, economia processual e celeridade, objetivando,
sempre que possível, a reparação dos danos sofridos pela vítima e III- Para existir a prisão em flagrante nas hipóteses de
a aplicação de pena não privativa de liberdade. perseguição é necessário que o agente seja preso em até 24
B) Certo. Art. 61. Consideram-se infrações penais de menor horas após o fato.
potencial ofensivo, para os efeitos desta Lei, as contravenções Errado
penais e os crimes a que a lei comine pena máxima não superior Inexiste previsão neste sentido.
a 2 (dois) anos, cumulada ou não com multa.
Crime é diferente de contravenção. IV- A atribuição para a lavratura do auto de prisão em flagrante
C) Errado. Art. 63. A competência do Juizado será determinada é da autoridade policial do local em que ocorrer a prisão-
pelo lugar em que foi praticada a infração penal. captura, mesmo que esta dê-se em local diverso do da prática
D) O “Erro” tornou a assertiva errada Art. 83. Cabem embargos do crime.
de declaração quando, em sentença ou acórdão, houver
obscuridade, contradição ou omissão. Certo
E) Há sim previsão. Art. 34. As testemunhas, até o máximo de três CPP. Art. 290. Se o réu, sendo perseguido, passar ao território
para cada parte, comparecerão à audiência de instrução e de outro município ou comarca, o executor poderá efetuar- lhe
julgamento levadas pela parte que as tenha arrolado, a prisão no lugar onde o alcançar, apresentando-o
independentemente de intimação, ou mediante esta, se assim for imediatamente à autoridade local que, depois de lavrado, se for
requerido. o caso, o auto de flagrante, providenciará para a remoção do
preso.
76 - Em relação à prisão em flagrante, Julgue os itens
subsequentes: Direito Penal
I- Chama-se flagrante impróprio a situação de prisão em que o
77- Uma mulher que, em razão de acordo verbal com os pais,
agente é surpreendido quando acabou de cometer o delito.
cuida de uma criança percebe que esta caiu por caso fortuito

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 26
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

num poço profundo e, embora esteja viva, precisa ser retirada Se o crime for cometido com o fim de lucro, aplica-se
por adultos. Voluntariamente, a mulher omite dos grupos de também multa.
busca que tem conhecimento de onde se encontra a criança, B) o recebimento de moeda falsa ou alterada, de boa ou má-fé,
que é considerada desaparecida. Passadas algumas horas, a restituindo-a em circulação, conhecendo ou devendo conhecer a
criança morre por falta de alimentação. Assinale a alternativa falsidade, é crime punido com reclusão e multa.
que identifica o crime praticado pela mulher. Art. 293 - Parágrafo 4º - Quem usa ou RESTITUI Á
A) Homicídio doloso por comissão (tipo comissivo). CIRCULAÇÃO, EMBORA RECIBO DE BOA-FÉ, qualquer dos
B) Homicídio doloso por omissão (tipo omissivo impróprio). papéis falsificados ou alterados (inclui a moeda), a que se
C) Homicídio doloso por omissão (tipo omissivo próprio). referem estre artigo e o seu parágrafo 2º, depois de conhecer a
D) Maus-tratos com resultado morte (tipo comissivo ou omissivo falsidade ou alteração, incorre na pena de DETENÇÃO (6 meses
preterdoloso). a 2 anos OU multa).
E) Abandono de incapaz com resultado morte (tipo omissivo C) a falsificação, no todo ou parcialmente, de documento
próprio preterdoloso). público, ou a alteração de documento público ou particular
Gabarito “B” verdadeiro, se o agente for funcionário público e cometer o
Art. 13 - O resultado, de que depende a existência do crime, crime prevalecendo-se do cargo, é causa de aumento de pena
somente é imputável a quem lhe deu causa. Considera-se causa de um a dois terços.
a ação ou omissão sem a qual o resultado não teria ocorrido. Segundo o Art. 297. A falsificação, no todo ou em parte de
(Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984) documento público, ou alteração de documento público
(...) verdadeiro é apenado com Reclusão (2 a 6 anos e multa). + se
§ 2º - A omissão é penalmente relevante quando o omitente o agente é funcionário público e comete o crime prevalecendo-
devia e podia agir para evitar o resultado. O dever de agir se do cargo a pena é aumentada de 6º parte.
incumbe a quem: (Incluído pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984) D) não configura crime, nem mesmo em tese, não autorizando
A) tenha por lei obrigação de cuidado, proteção ou vigilância; nem sequer investigação criminal, a utilização de papel-moeda
(Incluído pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984) grosseiramente falsificado.
B) de outra forma, assumiu a responsabilidade de impedir o Papel-moeda grosseiramente falsificado = ESTELIONATO.
resultado; (Incluído pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984) (Súmula 73 STJ).
C) com seu comportamento anterior, criou o risco da ocorrência E) para fins de tipificação do crime de falsificação de documento
do resultado. (Incluído pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984) particular, equipara-se a documento particular o cartão de
crédito ou débito.
Omissivo impróprio ( comissivo por omissão ) Justo. De acordo com o Art. 298. Parágrafo Único. Equipara-se a
Uma omissão inicial da causa a um resultado posterior que tinha documento particular o cartão de crédito ou débito.
o dever jurídico de evitar
79 - Rafael é servidor público do estado do Rio de Janeiro e
78 - Nos crimes contra a Fé Pública, nas horas de folga auxilia seu irmão, Marcos, em uma pequena
A) se o médico fornecer atestado falso, no exercício de sua gráfica, sem qualquer remuneração. Aproveitando-se dos
profissão, é crime apenado com reclusão; se o crime tiver intuito materiais ali existentes, imprimiu dez passes de transporte
de lucro, considerar-se-á estelionato. público municipal, para usar nos deslocamentos de sua casa
B) o recebimento de moeda falsa ou alterada, de boa ou má-fé, em Bangu para o trabalho no centro da Cidade e vice-versa.
restituindo-a em circulação, conhecendo ou devendo conhecer Ao agir dessa forma, Rafael cometeu o crime
a falsidade, é crime punido com reclusão e multa. A) de falsificação de selo ou sinal público.
C) a falsificação, no todo ou parcialmente, de documento B) de falsificação de papéis públicos.
público, ou a alteração de documento público ou particular C) de emissão de título ao portador sem permissão legal.
verdadeiro, se o agente for funcionário público e cometer o D) de falsificação de documento público.
crime prevalecendo-se do cargo, é causa de aumento de pena E) assimilado ao de moeda falsa.
de um a dois terços.
D) não configura crime, nem mesmo em tese, não autorizando Gabarito “B”
nem sequer investigação criminal, a utilização de papel-moeda Falsificação de papéis públicos
grosseiramente falsificado. Art. 293 - Falsificar, fabricando-os ou alterando-os:
E) para fins de tipificação do crime de falsificação de documento I – selo destinado a controle tributário, papel selado ou
particular, equipara-se a documento particular o cartão de qualquer papel de emissão legal destinado à arrecadação de
crédito ou débito. tributo;
Gabarito “E” II - papel de crédito público que não seja moeda de curso
A) se o médico fornecer atestado falso, no exercício de sua legal;
profissão, é crime apenado com reclusão; se o crime tiver intuito III - vale postal;
de lucro, considerar-se-á estelionato. IV - cautela de penhor, caderneta de depósito de caixa
Art. 302 - Dar o médico, no exercício da sua profissão, atestado econômica ou de outro estabelecimento mantido por entidade
falso: Pena - Detenção (1 mês a 1 ano) de direito público;
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 27
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

V - talão, recibo, guia, alvará ou qualquer outro documento Na hipótese de homicídio culposo, o juiz poderá deixar de
relativo a arrecadação de rendas públicas ou a depósito ou aplicar a pena, se as consequências da infração atingirem o
caução por que o poder público seja responsável; próprio agente de forma tão grave que a sanção penal se torne
VI - bilhete, passe ou conhecimento de empresa de desnecessária
transporte administrada pela União, por Estado ou por Município: 82-Considerando o entendimento sumulado dos Tribunais
Superiores, analise as assertivas abaixo e assinale a alternativa
80 - A frase “O tipo de ação se constitui por meio da I - Fixada a pena-base no mínimo legal, é vedado o
combinação entre uma norma incriminadora da parte especial e estabelecimento de regime prisional mais gravoso do que o
uma norma não incriminadora da parte geral do Código Penal”, cabível em razão da sanção imposta, com base apenas na
corresponde ao conceito de: gravidade abstrata do delito.
A) Tipo penal aberto. II - O aumento na terceira fase de aplicação da pena no crime
B) Norma penal em branco. de roubo circunstanciado exige fundamentação concreta, não
C) Tipicidade direta. sendo suficiente para a sua exasperação a mera indicação do
D) Tipicidade indireta. número de majorantes.
E) Tipo penal de complementação heteróloga. III - É vedada a utilização de inquéritos policiais e ações penais
em curso para agravar a pena-base.
Gabarito “D” IV - É admissível a adoção do regime prisional semiaberto aos
reincidentes condenados a pena igual ou inferior a quatro
A questão em comento pretende aferir os conhecimentos dos anos se favoráveis as circunstâncias judiciais.
candidatos no que tange às formas de tipificação do delito e sua A) Todas as alternativas estão corretas.
nomenclatura. B) Apenas as alternativas I e II estão corretas.
Quando o sujeito comete o crime como descrito no tipo penal, C) Apenas a alternativa II está incorreta.
dizemos que houve uma tipificação direta. A subsunção perfeita D) Apenas as alternativas III e IV estão corretas.
do fato à norma. E) Apenas a alternativa IV está incorreta.
No entanto, em outros casos, é necessário socorrer-se de outra
norma da parte geral para que a tipificação seja realizada Gabarito “A”
corretamente, como, por exemplo, o homicídio tentado (art. 121 I - Fixada a pena-base no mínimo legal, é vedado o
c/c art. 13, inciso II, ambos do CP) ou os crimes omissivos estabelecimento de regime prisional mais gravoso do que o
impróprios, em que é necessário combinar o delito praticado com cabível em razão da sanção imposta, com base apenas na
o art. 13, §2° do CP, que traz as omissões penalmente relevantes. gravidade abstrata do delito. (Correto - Súmula 440 do STJ)
Nestes casos, em que é preciso socorrer-se de outro dispositivo da
parte geral, dizemos que há a tipicidade indireta. II - O aumento na terceira fase de aplicação da pena no crime
de roubo circunstanciado exige fundamentação concreta, não
Autor: Juliana Arruda, Advogada e Pós-Graduada em Ciências sendo suficiente para a sua exasperação a mera indicação do
Penais pela Puc-Minas, de Direito Penal, Legislação do Ministério número de majorantes. (Correto - Súmula 443 do STJ)
Público
III - É vedada a utilização de inquéritos policiais e ações penais
em curso para agravar a pena-base. (Correto - Súmula 444 do
81 - Sobre o Crime de Homicídio, assinale a STJ)
alternativa INCORRETA.
A) Se o agente age sob o domínio de violenta emoção, logo em IV - É admissível a adoção do regime prisional semiaberto aos
seguida a injusta provocação da vítima, ele comete homicídio reincidentes condenados a pena igual ou inferior a quatro anos
privilegiado. se favoráveis as circunstâncias judiciais. (Correto - Súmula 269
B) Sendo doloso o homicídio, a pena é aumentada se o crime é do STJ)
praticado contra pessoa menor de 14 (quatorze) ou maior de 60
(sessenta) anos. 83 - Nilson, na companhia de sua namorada, Ana Paula,
C) No homicídio culposo, a pena é aumentada, se o crime ambos maiores e capazes, subtraem a quantia de R$ 200,00 da
resulta de inobservância de regra técnica de profissão, arte ou carteira do avô de Nilson que, na data do furto, contava 62
ofício, ou se o agente deixa de prestar imediato socorro à vítima, anos de idade. Diante da situação hipotética apresentada,
não procura diminuir as consequências do seu ato, ou foge para A) Nilson ficará isento de pena, em razão do crime ter sido
evitar prisão em flagrante. praticado contra seu ascendente. Contudo, tal isenção não
D) O perdão judicial pode ser aplicado em caso de homicídio alcançará Ana Paula.
culposo ou privilegiado. B) haverá isenção da pena para Nilson, circunstância que
E) A pena do feminicídio é aumentada se o crime for praticado também alcançará sua namorada Ana Paula.
na presença de descendente ou de ascendente da vítima. C) Nilson e Ana Paula responderão pelo crime de furto
Gabarito “D” qualificado, não incidindo a isenção de pena para nenhum dos
PERDÃO JUDICIAL agentes.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 28
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) Nilson responderá por furto qualificado, enquanto que Ana IV - deformidade permanente;
Paula responderá por furto simples. V - aborto ( tem que ser na forma culposa, se não configura
E) a responsabilização penal de Nilson e Ana Paula dependerá crime de aborto )
de queixa-crime.
Gabarito “C” 85 - No que concerne aos crimes contra a honra, considere as
Art. 155, Código Penal afirmativas abaixo:
Furto qualificado I. Não é admissível a exceção da verdade para o delito de
§ 4º - A pena é de reclusão de dois a oito anos, e multa, se o injúria.
crime é cometido: II. A retratação somente é admissível nos casos de calúnia e
II - com abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou difamação.
destreza; III. O juiz pode deixar de aplicar a pena na difamação no caso
IV - mediante concurso de duas ou mais pessoas. de retorsão imediata, que consista em outra difamação.
Art. 181 - É isento de pena quem comete qualquer dos crimes
previstos neste título, em prejuízo: Está correto o que se afirma em
II - de ascendente ou descendente, seja o parentesco
legítimo ou ilegítimo, seja civil ou natural. A) I, II e III.
B) I e III, apenas.
Art. 183 - Não se aplica o disposto nos dois artigos C) II e III, apenas.
anteriores: D) I, apenas.
III – se o crime é praticado contra pessoa com idade igual E) I e II, apenas.
ou superior a 60 (sessenta) anos.
Gabarito “E”
84 - De acordo com o artigo 129 do Código Penal brasileiro e a Exceção da Verdade: Calúnia e Difamação
Doutrina, lesão corporal é a ofensa à integridade corporal ou a Calúnia
saúde de alguém. Ela pode ser classificada em leve, grave ou § 3º - Admite-se a prova da verdade, salvo:
gravíssima, a depender dos comemorativos. Analise as assertivas I - se, constituindo o fato imputado crime de ação privada,
abaixo. o ofendido não foi condenado por sentença irrecorrível;
I. Lesões corporais que causem incapacidade para as ocupações II - se o fato é imputado a qualquer das pessoas indicadas
habituais por mais de 30 dias serão consideradas graves. no nº I do art. 141;
II. Lesões corporais com perda ou inutilização de membro, III - se do crime imputado, embora de ação pública, o
sentido ou função serão consideradas graves. ofendido foi absolvido por sentença irrecorrível.
III. Lesões corporais que causem extrema dor serão consideradas Difamação
gravíssimas. Parágrafo único - A exceção da verdade somente se admite se
IV. Lesões corporais que causem qualquer alteração psíquica o ofendido é funcionário público e a ofensa é relativa ao
serão consideradas leves. exercício de suas funções.

Está correto o que se afirma em Retratação: Calúnia e Difamação


Art. 143 - O querelado que, antes da sentença, se retrata
A) I, II, III e IV. cabalmente da calúnia ou da difamação, fica isento de pena.
B) I, apenas.
C) IV, apenas. Perdão Judicial: Injúria
D) III, apenas. § 1º - O juiz pode deixar de aplicar a pena:
E) I e III, apenas. I - quando o ofendido, de forma reprovável, provocou
diretamente a injúria;
Gabarito “B” II - no caso de retorsão imediata, que consista em
outra injúria.
LESÃO DE NATUREZA GRAVE
I - Incapacidade para as ocupações habituais, por mais de trinta 86 - Rafael, com o intuito de receber o valor do seguro,
dias; escondeu um automóvel de sua propriedade em sua
II - perigo de vida; Residência no Bairro de Realengo em seguida lavrou um
III - debilidade permanente de membro, sentido ou função; boletim de ocorrência na Delegacia do bairro afirmando que
IV - aceleração de parto: havia sido furtado. Tempos depois, Rafael veio a receber o
Pena - reclusão, de um a cinco anos. valor pelo sinistro. Nessa situação hipotética, o crime praticado
DE NATUREZA GRAVÍSSIMA por Rafael é tipificado como:
I - Incapacidade permanente para o trabalho; A) fraude para recebimento indenização ou valor de seguro.
II - enfermidade incurável; B) exercício arbitrário das próprias razões.
III - perda ou inutilização do membro, sentido ou função; C) apropriação indébita.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 29
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) furto simples . C) por rixa e disparo de arma de fogo.


E) furto qualificado. D) por lesões corporais consumadas e disparo de arma de
Gabarito “A” fogo.
Estelionato - Art. 171 - § 2º - Nas mesmas penas incorre quem: E) por lesões corporais gravíssimas consumadas e homicídio
Fraude para recebimento de indenização ou valor de seguro: tentado.

V - destrói, total ou parcialmente, ou oculta coisa própria, ou lesa Gabarito: B.


o próprio corpo ou a saúde, ou agrava as conseqüências da lesão Princípio da Consunção; O crime Meio absorve o crime Fim
ou doença, com o intuito de haver indenização ou valor de Então o Paulo não responderá pelo crime de lesão corporal,
seguro. mas sim pelo crime de Homicídio tentado.
A letra “E”, não pode ser, pois também não diz que tipo de lesão
87 - Mário e Mauro combinam a prática de um crime de furto a ele provocou em Joel, mesmo sendo o caso de lesão corporal
uma residência no Condomínio vivendas do Paraíso na Barra da Conflito Aparente de Normas
Tijuca . Contudo, sem que Mário saiba, Mauro arma-se de um
revólver devidamente municiado. Ambos, então, ingressam na Princípio da consunção ou absorção: um fato mais amplo e
residência escolhida para subtrair os bens ali existentes. mais grave, consome, isto é, absorve, outros fatos menos
Enquanto Mário separava os objetos para subtração, Mauro é amplos e graves, os quais funcionam como preparação ou
surpreendido com a presença de um dos moradores que, ao execução ou como mero exaurimento. É muito tênue a linha
reagir a ação criminosa, acaba sendo morto por Mauro. Nesta diferenciadora que separa a consunção da subsidiariedade.
hipótese Aqui, compara-se os fatos, verificando-se que o mais grave
A) Mário e Mauro responderão pela prática de latrocínio. absorve todos os demais e na subsidiariedade, se compara as
B) Mário e Mauro responderão pela prática de furto. normas. Hipóteses em que se verifica a consunção:
C) Mário responderá pela prática de furto simples e Mauro
responderá pela prática de furto qualificado. Crime progressivo: ocorre quando o agente, objetivando, desde
D) Mário responderá apenas pelo furto e Mauro responderá pela o início, produzir o resultado mais grave, pratica, por meio de
prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, furto e atos sucessivos, crescentes violações ao bem jurídico. Há uma
homicídio. única conduta comandada por uma só vontade, mas
E) Mário responderá pela prática de furto e Mauro pelo crime de compreendida por diversos atos (crime plurissubsistente).
latrocínio.
Legislação penal especial
Gabarito “E”
Aplica-se ao caso narrado no enunciado da questão, a regra 89 - NÃO constitui causa de aumento da pena prevista para o
estabelecida no artigo 29, §2º, do Código Penal, que trata da crime de tortura ser este cometido
cooperação dolosamente distinta nas hipóteses de concurso de A) contra portador de deficiência e adolescente.
pessoas. Tal fenômeno ocorre quando um dos que concorrem B) contra criança, gestante e maior de sessenta anos.
para a prática do crime desejava, na verdade, praticar um C) mediante sequestro.
determinado delito, sem ter condição de prever que outro(s) D) por agente público.
concorrente(s) tinham a intenção de praticar um crime mais E) contra pessoa sob custódia do Estado.
grave. É o que a doutrina denomina de desvios subjetivos entre os
Gabarito “E”
co-autores e partícipes. O agente que quis praticar crime menos
§ 4º Aumenta-se a pena de um sexto até um terço:
grave deve responder apenas por ele, sob pena de incidir a
I - se o crime é cometido por agente público;
responsabilidade objetiva, não admitida em nosso ordenamento
II – se o crime é cometido contra criança, gestante, portador de
jurídico-penal. Sendo assim, Mário responderá apenas pelo crime
deficiência, adolescente ou maior de 60 (sessenta)
de furto, enquanto Mauro responderá pelo crime de latrocínio,
anos; (Redação dada pela Lei nº 10.741, de 2003)
previsto no artigo 157, §3º, II, do Código Penal. Com efeito, a
III - se o crime é cometido mediante seqüestro.
resposta correta é a que se encontra no item (E).
90 - De acordo com a Lei nº 8.137/90, são circunstâncias que
88 - Paulo decide agredir fisicamente Joel, seu desafeto, que
podem agravar as penas previstas para os crimes contra a
está em um bar tranquilamente tomando sua cerveja e ouvindo
Ordem Tributária, a Economia e as Relações de Consumo,
uma “sofrência”. Paulo, então, provoca vários ferimentos em
praticados por particulares, dentre outras,
Joel. Porém, durante a luta corporal, Paulo resolve matar Joel,
A) valer-se de posição dominante no mercado para elevar,
realizando um disparo de arma de fogo contra a vítima, sem
sem justa causa, o preço de bem ou serviço.
contudo, conseguir atingi-lo. A polícia militar de Bangu é
B) estabelecer monopólio com a finalidade de eliminar a
acionada, separando os contendores. Diante do caso hipotético,
concorrência.
Paulo responderá
C) praticar o crime em relação à prestação de serviços
A) apenas por lesões corporais.
essenciais à vida ou à saúde.
B) apenas por tentativa de homicídio.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 30
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) cometer o crime em detrimento de pessoa maior de 70 emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que
(setenta) anos. utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do
E) ocasionar prejuízo à sociedade controlada pelo Poder Público. nazismo.
Gabarito “C”
Art. 12. São circunstâncias que podem agravar de 1/3 (um terço) III. A suspensão do funcionamento do estabelecimento
até a metade as penas previstas nos arts. 1°, 2° e 4° a 7°: particular pelo prazo de três meses constitui efeito automático
I - ocasionar grave dano à coletividade; da condenação por crime resultante de preconceito de raça ou
II - ser o crime cometido por servidor público no exercício de suas de cor praticado por seu responsável.
funções;
III - ser o crime praticado em relação à prestação de serviços ou Está correto o que se afirma em:
ao comércio de bens essenciais à vida ou à saúde. A) III.
B) I e II.
91 - No crime de tráfico de drogas, NÃO constitui causa de C) I e III.
aumento da pena D) II .
A) a transnacionalidade do delito. E) Nenhuma.
B) o concurso de pessoas. Gabarito “D”
C) o emprego de arma de fogo. ALTERNATIVA I - Art. 16. Constitui efeito da condenação
D) o transporte entre Estado da Federação e o Distrito Federal. a perda do cargo ou função pública, para o servidor público, e a
E) o custeio da prática do delito. suspensão do funcionamento do estabelecimento particular por
Gabarito “B” prazo não superior a três meses.
Art. 40. As penas previstas nos Arts. 33 a 37 desta Lei são Art. 18. Os efeitos de que tratam os arts. 16 e 17 desta
aumentadas de um sexto a dois terços, se: Lei não são automáticos, devendo ser motivadamente
I - A natureza, a procedência da substância ou do produto declarados na sentença.
apreendido e as circunstâncias do fato evidenciarem a trans (ERRADA)
nacionalidade do delito;
II - O agente praticar o crime prevalecendo-se de função pública ALTERNATIVA II - Art.20, § 1º Fabricar, comercializar, distribuir
ou no desempenho de missão de educação, poder familiar, ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou
guarda ou vigilância; propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins
III – A infração tiver sido cometida nas dependências ou de divulgação do nazismo.
imediações de estabelecimentos prisionais, de ensino ou Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.
hospitalares, de sedes de entidades estudantis, sociais, culturais, (CORRETA)
recreativas, esportivas, ou beneficentes, de locais de trabalho
coletivo, de recintos onde se realizem espetáculos ou diversões de ALTERNATIVA III - Art. 16. Constitui efeito da condenação a
qualquer natureza, de serviços de tratamento de dependentes de perda do cargo ou função pública, para o servidor público, e a
drogas ou de reinserção social, de unidades militares ou policiais suspensão do funcionamento do estabelecimento particular por
ou em transportes públicos; prazo não superior a três meses.
IV - O crime tiver sido praticado com violência, grave ameaça, Art. 18. Os efeitos de que tratam os Arts. 16 e 17 desta
emprego de arma de fogo, ou qualquer processo de intimidação Lei não são automáticos, devendo ser motivadamente
difusa ou coletiva; declarados na sentença.
V - Caracterizado o tráfico entre Estados da Federação ou entre (ERRADA)
estes e o Distrito Federal;
VI - Sua prática envolver ou visar a atingir criança ou adolescente 93 - Constitui crime funcional contra a ordem tributária, dentre
ou a quem tenha, por qualquer motivo, diminuída ou suprimida a outros,
capacidade de entendimento e determinação; A) negar ou deixar de fornecer, quando obrigatório, nota fiscal
VII - o agente financiar ou custear a prática do crime. ou documento equivalente, relativo à venda de mercadoria ou
Abraços à prestação de serviço efetivamente realizada, ou fornecer a
nota em desacordo com a legislação.
92 - A respeito da Lei nº 7.716, de 05/01/1989 e alterações B) fraudar a fiscalização tributária, inserindo elementos
posteriores, que define os crimes resultantes de preconceito de inexatos, ou omitindo operação de qualquer natureza, em
raça ou de cor, considere: documento ou livro exigido pela lei fiscal.
C) exigir, solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou
I. A perda do cargo constitui efeito automático da condenação indiretamente, ainda que fora da função ou antes de iniciar seu
por crime resultante de preconceito de raça ou de cor praticado exercício, mas em razão dela, vantagem indevida; ou aceitar
por servidor público. promessa de tal vantagem, para deixar de lançar ou cobrar
tributo ou contribuição social, ou cobrá-los parcialmente.
II. Constitui crime punido com reclusão de dois a cinco anos e
multa, fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos,
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 31
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) falsificar ou alterar nota fiscal, fatura, duplicata, nota de C) os crimes previstos no artigo 33 desta lei são suscetíveis de
venda, ou qualquer outro documento relativo à operação liberdade provisória, de acordo com orientação do Supremo
tributável. Tribunal Federal.
E) omitir informação, ou prestar declaração falsa às autoridades D) o pedido de restituição de bem apreendido em razão da
fazendárias. prática de crime previsto nesta lei será conhecido
independentemente do comparecimento pessoal do acusado.
Gabarito “C” E) o indiciado ou acusado que colaborar voluntariamente com
a investigação policial e o processo criminal na identificação
Art. 3° Constitui crime funcional contra a ordem tributária, além dos demais coautores ou partícipes do crime e na recuperação
dos previstos no Decreto-Lei n° 2.848, de 7 de dezembro de 1940 total ou parcial do produto do crime, no caso de condenação,
- Código Penal (Título XI, Capítulo I): terá pena reduzida de um terço a metade.
I - extraviar livro oficial, processo fiscal ou qualquer documento, Gabarito “C”
de que tenha a guarda em razão da função; sonegá-lo, ou STF declara inconstitucional artigo da Lei das Drogas
inutilizá-lo, total ou parcialmente, acarretando pagamento O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucional um
indevido ou inexato de tributo ou contribuição social; artigo da Lei das Drogas que proíbe os acusados por tráfico de
II - exigir, solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou entorpecentes responderem ao processo em liberdade. A
indiretamente, ainda que fora da função ou antes de iniciar seu definição relativa à necessidade ou não de se manter preso ,os
exercício, mas em razão dela, vantagem indevida; ou aceitar acusados, se dará caso a caso, baseando-se nos argumentos
promessa de tal vantagem, para deixar de lançar ou cobrar apresentados ao juiz responsável.
tributo ou contribuição social, ou cobrá-los parcialmente. Pena -
reclusão, de 3 (três) a 8 (oito) anos, e multa. O artigo 44 da Lei das Drogas prevê que importar, exportar,
III - patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante produzir, cultivar, vender, transportar ou oferecer drogas, ainda
a administração fazendária, valendo-se da qualidade de que gratuitamente, são crimes que não têm direito à fiança,
funcionário público. Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, liberdade provisória, anistia ou indulto. A pena prevista de
e multa. prisão varia três a 15 anos, de acordo com o tipo de crime
praticado.

94 - Considere que Samuel foi acusado da prática de crime de Na opinião de oito dos ministros do Supremo, no entanto, a
extorsão mediante sequestro em sua forma qualificada. Neste Constituição proíbe a restrição da liberdade enquanto o
caso, ele estará impedido de obter, durante o processo ou após acusado não for julgado e condenado. "Trata-se de uma
a condenação transitada em julgado, afronta descarada aos princípios constitucionais da presunção
A) cumprimento de pena sob regime progressivo. da inocência e da dignidade da pessoa humana", afirmou o
B) fiança e liberdade provisória. ministro Gilmar Mendes, relator da ação, que foi acompanhado
C) apenas liberdade provisória. pelos ministros Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski,
D) anistia, graça e indulto. Cezar Peluso, Joaquim Barbosa, Celso de Mello e pelo
E) livramento condicional. presidente da Corte, Ayres Britto.
Gabarito “D”
O crime de extorsão mediante sequestro na forma qualificada é Os únicos ministros contrários ao pedido foram Luiz Fux e
hediondo (art. 1º, IV, da Lei nº8.072/90) Marco Aurélio Mello, o qual defendeu que o artigo em discussão
Os crimes hediondos e os equiparados a hediondos são deveria ser declarado constitucional.
insuscetíveis de ANISTIA, GRAÇA, INDULTO e FIANÇA.
Art. 2º Os crimes hediondos, a prática da tortura, o tráfico ilícito Entretanto, ainda que tenha defendido a constitucionalidade do
de entorpecentes e drogas afins e o terrorismo são insuscetíveis artigo, Mello votou favoravelmente ao pedido de habeas-corpus
de: solicitado pelo réu Marcio da Silva Prado, preso em agosto de
I - Anistia, graça e indulto; 2009, e que solicitou ao Superior Tribunal de Justiça a soltura,
II - Fiança. no caso que levantou a discussão sobre o artigo da lei.

95- De acordo com a Lei no 11.343/06, Ao final do julgamento, o presidente Ayres Britto reafirmou a
A) o perito que subscrever o laudo de constatação da natureza e necessidade de cada juiz analisar os devidos casos ao conceder
quantidade da droga, em razão da prisão em flagrante, ficará o pedido de liberdade provisória.
impedido de participar da elaboração do laudo definitivo.
B) em qualquer fase da persecução criminal relativa aos crimes Fonte: Portal Terra
previstos nesta lei, é permitida, em razão da urgência e por isso ERRO DA A:
independentemente de autorização judicial, a infiltração por
agentes de polícia, em tarefas de investigação, constituída pelos ART 50
órgãos especializados pertinentes. § 2o O perito que subscrever o laudo a que se refere o §
1o deste artigo não ficará impedido de participar da elaboração

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 32
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

do laudo definitivo. Sansão civil


- Indenização
ERRO DA B:
Art. 53. Em qualquer fase da persecução criminal relativa aos Sansão Penal:
crimes previstos nesta Lei, são permitidos, além dos previstos em - Multa
lei, mediante autorização judicial e ouvido o Ministério Público, os - Detenção de 10 dias a 06 meses
seguintes procedimentos investigatórios: - Perda do cargo e inabilitação para o exercício de até 3 anos.
I - a infiltração por agentes de polícia, em tarefas de investigação, Letra “E! É no município da culpa, § 5º Quando o abuso for
constituída pelos órgãos especializados pertinentes; cometido por agente de autoridade policial, civil ou militar, de
qualquer categoria, poderá ser cominada a pena autônoma ou
ERRO DA D acessória, de não poder o acusado exercer funções de natureza
ART 60 policial ou militar no município da culpa, por prazo de um a
§ 3o Nenhum pedido de restituição será conhecido sem o cinco anos.
comparecimento pessoal do acusado, podendo o juiz determinar
a prática de atos necessários à conservação de bens, direitos ou 97 - Considere a seguinte situação hipotética: Joãozinho,
valores. menor de 12 anos, apoderou-se da arma de fogo,uma Pistola
Glock, que estava em sua residência, de propriedade da Polícia
ERRO DA E: Civil do Estado do Rio de Janeiro, e disparou contra dois
Art. 41. O indiciado ou acusado que colaborar voluntariamente colegas durante uma aula, no colégio em Bangu, por vingança
com a investigação policial e o processo criminal na identificação por causa de um “Bullying” que sofreu. Ambos os colegas
dos demais coautores ou partícipes do crime e na recuperação faleceram. Seu pai, Thiago, que exercia atividades na Polícia
total ou parcial do produto do crime, no caso de condenação, terá Civil, tinha a posse do aludido armamento em razão de suas
pena reduzida de um terço a dois terços. funções e não adotou a devida cautela para impedir o acesso
do menor ao armamento. Considerando a Lei n° 10.826/2003,
96 - A Lei Federal nº 4.898, de 9 de dezembro de 1965, regula o no tocante a posse do armamento, Thiago, sem prejuízo de
direito de representação e o processo de responsabilidade outras sanções, estará sujeito ao crime de
administrativa, civil e penal, nos casos de abuso de autoridade. A) omissão de cautela.
Tal lei estatui que B) homicídio culposo na condição de partícipe.
A) dentre as penas cominadas no âmbito administrativo, está a C) homicídio doloso na condição de partícipe.
de multa, limitada ao valor máximo de 90 (noventa) dias de D) conduta atípica.
remuneração. E) incitação ao crime praticado pelo menor.
B) o processo administrativo de apuração de abuso de Gabarito “A”
autoridade não poderá ser sobrestado para o fim de aguardar a Art. 13. Deixar de observar as cautelas necessárias para impedir
decisão da ação penal ou civil. que menor de 18 (dezoito) anos ou pessoa portadora de
C) o direito de representação, no tocante à apuração da deficiência mental se apodere de arma de fogo que esteja sob
responsabilidade administrativa, será exercido por meio de sua posse ou que seja de sua propriedade:
petição à Chefia do Poder ao qual está subordinada a Pena - detenção, de 1 (um) a 2 (dois) anos, e multa.
autoridade administrativa representada.
D) constitui abuso de autoridade impedir o gozo, pelo cidadão, 98 - A Lei dos Crimes Ambientais foi a primeira legislação que
de serviços públicos essenciais. criminalizou a conduta praticada pelas pessoas jurídicas, a
E) quando o abuso for cometido por agente de autoridade despeito de toda a discussão que envolve a responsabilização
policial, civil ou militar, de qualquer categoria, poderá ser penal de entidade que, por ficção, adquire personalidade
cominada a pena autônoma ou acessória, de não poder o jurídica, nos termos do que prescreve o artigo 3° da Lei n°
acusado exercer funções de natureza policial ou militar no estado 9.605/1998. Com base nessas informações:
da culpa, por prazo de um a cinco anos. A) A pena aplicada para a pessoa jurídica, de proibição de
Gabarito “B” contratar com o Poder Público, não poderá exceder 10 anos,
Art 6°- §3°- O Processo administrativo não poderá ser sobrestado prorrogáveis por mais 10 anos, a critério do juiz da execução
para o fim de aguardar a decisão da ação civil ou penal. criminal.
B) A pessoa jurídica constituída ou utilizada,
Sanções Administrativas: preponderantemente, com o fim de permitir, facilitar ou ocultar
- Advertência a prática de crime definido nesta Lei terá decretada sua
- Repressão liquidação forçada, seu patrimônio será considerado
- Suspensão do cargo - 5 a 180 dias com perda dos vencimentos instrumento do crime e como tal perdido em favor do Fundo
- Destituição Penitenciário Nacional.
- Demissão C) A responsabilidade das pessoas jurídicas exclui a das
- Demissão a bem do serviço público pessoas físicas, autoras, coautoras ou partícipes do mesmo
fato.
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 33
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

D) É incabível a fixação de prestação de serviços à comunidade D) atípico, tendo em vista que, tanto a Constituição Federal
pela pessoa jurídica, cuja pena criminal só se limita a penas quanto a Lei de Crimes Ambientais, protegem apenas os
restritivas de direito. animais integrantes da fauna silvestre brasileira.
E) A ação penal é pública incondicionada, quando o réu for E) típico e antijurídico, segundo os ditames da Lei de Crimes
pessoa física, e pública condicionada a representação do Ambientais.
Ministério da Justiça ou órgão estadual similar, para as pessoas Gabarito: E
jurídicas. "Briga de galo": O STF já declarou inconstitucionais algumas
leis estaduais que buscavam regulamentar o costume popular
Gabarito “B” denominado “briga de galos”. STF. ADI 1856, Rel. Min. Celso de
Art. 21. As penas aplicáveis isolada, cumulativa ou Mello, julgado em 26/05/2011.
alternativamente às pessoas jurídicas, de acordo com o disposto
no art. 3º, são: Lei 9.605/98. Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou
I - Multa; mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos
II - Restritivas de direitos; ou exóticos:
III - prestação de serviços à comunidade. Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.
Art. 22. As penas restritivas de direitos da pessoa jurídica são: § 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência
I - Suspensão parcial ou total de atividades; dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos
II - Interdição temporária de estabelecimento, obra ou atividade; ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
III - proibição de contratar com o Poder Público, bem como dele § 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre
obter subsídios, subvenções ou doações. morte do animal.
§ 1º A suspensão de atividades será aplicada quando estas não
estiverem obedecendo às disposições legais ou regulamentares, 100 - A interceptação de comunicações telefônicas pode ser
relativas à proteção do meio ambiente. realizada
§ 2º A interdição será aplicada quando o estabelecimento, obra A) mesmo que a prova possa ser feita por outros meios
ou atividade estiver funcionando sem a devida autorização, ou disponíveis.
em desacordo com a concedida, ou com violação de disposição B) por ato fundamentado de Delegado de Polícia no curso do
legal ou regulamentar. inquérito policial em caso de crime hediondo ou equiparado.
§ 3º A proibição de contratar com o Poder Público e dele obter C) pelo prazo de quinze dias, que só pode ser prorrogado por
subsídios, subvenções ou doações não poderá exceder o prazo de igual prazo em caso de indispensabilidade do meio de prova.
dez anos. D) pela autoridade policial em caso de prisão em flagrante
Art. 23. A prestação de serviços à comunidade pela pessoa jurídica apenas para acesso de dados de aplicativos como “whatsapp”
consistirá em: e Facebook, independentemente de ordem judicial.
I - Custeio de programas e de projetos ambientais; E) para apurar crime de ameaça quando esta estiver sendo
II - Execução de obras de recuperação de áreas degradadas; cometida por meio de ligação telefônica.
III - Manutenção de espaços públicos; Gabarito “C” Baseado na Lei 9296/96
IV - Contribuições a entidades ambientais ou culturais públicas. Art. 5° A decisão será fundamentada, sob pena de nulidade,
Art. 24. A pessoa jurídica constituída ou utilizada, indicando também a forma de execução da diligência, que não
preponderantemente, com o fim de permitir, facilitar ou ocultar a poderá exceder o prazo de quinze dias, renovável por igual
prática de crime definido nesta Lei terá decretada sua liquidação tempo uma vez comprovada a indispensabilidade do meio de
forçada, seu patrimônio será considerado instrumento do crime e prova.
como tal perdido em favor do Fundo Penitenciário Nacional. Resumo: Fonte Internet
I - Dependerá de ordem do juiz da ação principal, sob segredo
99 - Diante de comunicação apresentada perante a Delegacia de justiça.
de Polícia Civil do Rio de Janeiro, denunciando a realização de
rinha de galos em propriedade rural do município de Volta II - Não cabe:
Redonda, se está diante de fato: A) se não houver indícios razoáveis de autoria ou participação
A) típico e antijurídico, estando o Estado, entretanto, impedido em infração penal;
de exercer o jus puniendi, em razão de a rinha de galos ser B) a prova puder ser feita por outros meios
reconhecida, no meio rural brasileiro, como uma prática C) o fato constituir no máximo pena de detenção
costumeira.
B) típico, porém juridicamente válido, desde que haja norma III - Pode ser de Ofício pelo juiz (no processo), requerimento MP
municipal que reconheça a rinha de galos como patrimônio (no I.P e no Processo), Delegado (no I.P.)
cultural imaterial.
C) atípico, pois a Constituição Federal de 1988 protege IV - Excepcionalmente o juiz pode admitir pedido verbal, mas
expressamente as manifestações culturais que portem referência concessão está condicionada a redução a termo
à identidade dos diferentes grupos formadores da sociedade
brasileira. V - Juiz prazo máximo de 24 horas pra decidir,
WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 34
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

VI - Não pode exceder o prazo de 15 dias, renovável por igual


período, comprovada indispensabilidade da prova. (pode ser
renovada várias vezes, mas sempre de 15 em 15)

VII - se possibilitar gravação, será determinada sua transcrição

VIII - autos apartados, para sigilo.

IX - Gravação que não interessar inutilizada por decisão juiz, em


qualquer fase até após sentença, requerimento MP ou parte
interessada. (incidente de inutilização será assistido pelo MP,
facultada presença do acusado ou representante legal)

X- É crime realizar interceptação sem autorização ou com


objetivos não autorizados em lei, ou quebrar segredo de justiça.
Reclusão de 2 a 4 anos.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 35
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

38. 86.

Cartão Resposta 39.


40.
87.
88.
N° de Acertos: ___. 41. 89.
42. 90.
N° de Erros: ___.
43. 91.
Minha Nota: ___. 44. 92.
45. 93.
*Nota do último simulado: ___.
46. 94.

Minha meta: ___. 47. 95.


48. 96.
49. 97.
1.
50. 98.
2.
51. 99.
3.
52. 100.
4.
5. 53.

6.
7.
54.
55.
Não desista, Futuro
8.
9.
56.
57. Papa-Charlie!
58.
10.
11. 59.

12. 60.

13. 61.

14. 62.
63.
15.
16. 64.

17. 65.

18. 66.

19. 67.
68.
20.
21. 69.

22. 70.

23. 71.

24. 72.

25. 73.

26. 74.

27. 75.
76.
28.
29. 77.

30. 78.

31. 79.

32. 80.

33. 81.
82.
34.
35. 83.

36. 84.

37. 85.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 1
PCERJ - Cargo: Inspetor de Polícia

Aviso sobre Rateio de material

Lei 9.160/98: Art. 22. Pertencem ao autor os direitos morais e patrimoniais sobre a obra que criou.
Art. 28. Cabe ao autor o direito exclusivo de utilizar, fruir e dispor da obra literária, artística ou
científica.
Art. 29. Depende de autorização prévia e expressa do autor a utilização da obra, por quaisquer
modalidades (…)

O que o Código penal diz sobre isso: Violação de direito autoral

Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos:(Redação dada pela Lei nº 10.695, de
1º.7.2003)
Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.

E quem apenas participa dos rateios? também responde? O código penal diz isso:
Receptação
Art. 180 – Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que
sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte:
(Redação dada pela Lei nº 9.426, de 1996)
Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.

E o mais trágico para todos os concurseiros?

Ser reprovado em investigação social, pois é uma etapa importantíssima dos concursos para a
segurança pública, e mais, isso é comum acontecer com quem se envolve com rateio de materiais.
Portanto, galera, para o bem de vocês e de algum conhecido, evitem participar destes grupos, até
porque é muito fácil para o curso descobrir os rateios e mover ação contra os envolvidos.

Propriedade do Grupo SomosTodosConcurseiros.

WWW.SOMOSTODOSCONCURSEIROS.NET 1

Você também pode gostar