Você está na página 1de 2

1.

Marque a alternativa incorreta sobre o romance O Quinze, de Raquel de Queiroz:


(A) O sucesso que rapidamente alcançou em todo o país esta obra de uma jovem cearense fez com que O Quinze,
publicado pouco depois de A Bagaceira, de José Américo de Almeida, fosse uma das obras fundamentais na
divulgação do regionalismo de 30.
(B) Escrito por Raquel de Queiroz aos 15 anos, O Quinze apresenta a vida de Conceição, uma jovem normalista
também de 15 anos que se apaixona por seu primo Vicente, pecuarista que procura salvar a fazenda da família
das garras do coronel Chico Bento.
(C) A obra de estreia de Raquel de Queiroz usa a seca de 1915 no Ceará como pano de fundo para revelar o
sofrimento e as angústias tanto dos miseráveis quanto dos proprietários rurais.
(D) Narrado na terceira pessoa, utilizando da onisciência, o romance apresenta dois núcleos dramáticos que se
cruzam: a odisseia de Chico Bento, vaqueiro pobre e desempregado, e sua família, fugindo da seca rumo a
Fortaleza, e os desencontros amorosos entre a professora Conceição e o seu primo e quase namorado, o pecuarista
Vicente.
(E) Conceição leva sua avó, Inácia, da fazenda onde mora, em Quixadá, para ficar em Fortaleza enquanto perdurar
a seca. Na capital, a professora, solteirona (aos 22 anos!), ajuda os miseráveis reunidos no Campo de concentração
e pensa no seu primo Vicente que permanece em Quixadá, cuidando bravamente da fazenda da família. Divididos
tanto no espaço, quanto por interesses diversos e intrigas várias, os primos, incapazes de se comunicar, vão
mesmo se amando, separando-se mais cada dia.
_________________________________________________________________________________________
2. Leia o texto a seguir, extraído do romance "O Quinze", de Rachel de Queiroz, e considere as afirmações que
se seguem.
"O sol poente, chamejante, rubro, desaparecia rapidamente como um afogado no horizonte próximo. Sombras
cambaleantes se alongavam na tira ruiva da estrada, que se vinha estirando sobre o alto pedregoso e ia sumir no
casario dormente dum arruado.
Sombras vencidas pela miséria e pelo desespero que arrastavam passos inconscientes, na derradeira embriaguez
da fome."
I. A descrição da paisagem estabelece uma comparação entre paisagens brasileiras e seus aspectos econômicos.
II. As imagens da terra assolada pela seca constituem um retrato das condições adversas a que estão sujeitos os
habitantes daquela região.
III. A plasticidade da cena, expressa nas imagens de "sombras cambaleantes" e "sombras vencidas", representa a
luta do nordestino com a natureza hostil.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
_____________________________________________________________________________________

Leia o fragmento de texto a seguir para responder a questão a seguir.

Chegou a desolação da primeira fome. Vinha seca e trágica, surgindo no fundo sujo dos sacos vazios, na
descarnada nudez das latas raspadas.
- Mãezinha, cadê a janta?
- Cala a boca, menino! Já vem!
- Vem lá o quê!...
Angustiado, Chico Bento apalpava os bolsos... nem um triste vintém azinhavrado...
Lembrou-se da rede nova, grande e de listras que comprara em Quixadá por conta do vale de Vicente.
Tinha sido para a viagem. Mas antes dormir no chão do que ver os meninos chorando, com a barriga roncando
de fome.
Estavam já na estrada do Castro. E se arrancharam debaixo dum velho pau-branco seco, nu e retorcido, a bem
dizer ao tempo, porque aqueles cepos apontados para o céu não tinham nada de abrigo.
O vaqueiro saiu com a rede, resoluto:
- Vou ali naquela bodega, ver se dou um jeito...
Voltou mais tarde, sem a rede, trazendo uma rapadura e um litro de farinha:
- Tá aqui. O homem disse que a rede estava velha, só deu isso, e ainda por cima se fazendo de compadecido...
Faminta, a meninada avançou; e até Mocinha, sempre mais ou menos calada e indiferente, estendeu a mão com
avidez.
QUEIROZ, Rachel de. O Quinze. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1979, p. 33.

3. "O Quinze", romance de estreia de Rachel de Queiroz, publicado em 1930, retrata a intensa seca que marcou
o ano de 1915 no sertão cearense. Considerando o fragmento apresentado, é CORRETO afirmar.
(A) Ainda que publicado no início da década de 30, momento de intensas mudanças políticas e culturais no país,
o romance liga-se estética e tematicamente às propostas literárias da primeira geração modernista.
(B) Apesar de se referir à seca que marcou o ano de 1915, o romance coloca em primeiro plano a violência e o
desrespeito que marcam as relações sociais, independente das condições climáticas; exemplo disso é a relação de
espoliação entre Chico Bento e o homem da bodega.
(C) A linguagem utilizada pela autora, para construir o romance, aproxima-se da oralidade, conforme se vê no
fragmento. Tal recurso é utilizado para se contrapor à escrita extremamente rebuscada de alguns modernistas da
primeira geração, como Oswald de Andrade.
(D) O fragmento apresenta um discurso moralizante, recorrente nos romances da segunda geração modernista, e
destaca o drama vivido pela família de Chico Bento, diante das dificuldades de sobrevivência.
(E) Na narrativa, estreitamente ligada às propostas de denúncia social dos regionalistas de 30, destacam-se o
drama da seca, a miséria e a degradação humana, marcantes em cenas como a do fragmento citado.

4. Com base na leitura do livro O Quinze, classifique as afirmações seguintes de verdadeiras ou falsas:

( ) Chiquinha Boa contou a Conceição que havia uma moça, a filha do Zé Bernardo, interessada por Vicente.
Desta história despretensiosa nasceu o ciúme que esfriou o interesse da professora pelo vaqueiro.
( ) Uma das passagens mais tristes do livro é a morte de um dos filhos de Chico Bento: o menino morreu
envenenado na estrada, depois de ser picado por uma cobra sem os pais poderem ajudá-lo.
( ) Em Fortaleza, Conceição, com a ajuda do Bispo, conseguiu um trabalho para Chico Bento no açude do
Tauape.
( ) Quando o trabalho no açude escasseou, Chico Bento manifestou sua vontade de ir embora para o Amazonas.
Conceição dissuadiu-o. São Paulo era um destino melhor.
( ) A fome (dele e da família) levou Chico Bento a um desatino: matou o dono de uma cabra que se negava a
dar-lhe um pedaço do animal para amenizar a fome dos menino.
_________________________________________________________________________________________
5. Com base na leitura do livro O Quinze, classifique as afirmações seguintes de verdadeiras ou falsas:

( ) A seca e a miséria dela advinda deixam os personagens insensíveis, destituídos do sentimento de


solidariedade.
( ) O livro não tem a tradicional oposição entre heróis e vilões. A seca vai determinando a vida e o
comportamento das pessoas.
( ) A fome e as necessidades mais elementares da vida vão destruindo a família de Chico Bento. Josias morre
envenenado, Pedro desaparece e Mocinha, sua cunhada, fica para trás, entregando-se à vida fácil.
( ) No final, Conceição e Vicente conseguem vencer a diferença cultural e selar um compromisso de vida feliz.
( ) A diferença cultural entre Vicente e Conceição constitui o principal empecilho para a união dos dois.

Aluno:________________________________________