Você está na página 1de 112
8 permite ifn) iit @ sorcitess \ FICHADIAGNESTICAA FITHA1 Retas, semimetas € segmentos deveta 5 FICHA2 Construgso desetas paralelas & perpendiculares 7 FOCHAS Identificar e compatar anguios. Somade Snguios. Medir amplitude de angus 3 FICHAS Converszes.adicoes e subtractes de medidas de amplitude Br FICHAS Classificagsa de Snguilos 3 FOCHAG Angulosdefinidosporretas, 15 PACHA? = Angulos delados paralelos. Anguios de lados perpendiculares 17 FOCHA Bissetriz deum anguia 18 FICHADIAGNGSTICAB 2 FICHAS Pohgonos, a CHA 10 Angulos intemnos de um trangula. Disssificagso ce tiidnguos 2 PACHA 11 Angulos extemos de um trigngule 25 FOCHA12 Construgaode triangulos. Ciitesias de igualdade de ‘trianqules Hu FOCHA13 Relagfes entre elementos de tniangules u FOGHAT Peralelogramos 5 FICHADGNOSTICAC W FOCHA15 Chitévios de divisibilidade par?, 3.6,5,9e 10 38 FOCHA 15 Propsiedsdes dos divisores 43 FILHA17 Maxima disor comam, Mining maltiglocomum. RelagSo entre omdc. 80 mmc dedo'snomeras 4S FICHA DIAGNOSTICA aT CHA 18 Namera racional a3 CHA 13 Fragbes equivelentes 51 MICHA 20 Comparacdo e ordanaczode nameros racionais 53 CHAZ] Adi¢goe subtrario deniers racionais na negativos ST MICHA 22 Propriedades da adigao. Espresstes numéricas 59 CHA Z3 Numeral eriste a1 CHA Z4 MultiplicaSo de némeras racionais es MICHA 25 Propriedades da eruitiplicagso. Inverso de um namera racional 65 MCHA Z6 Divito de nimerosracionais = 67 CHAZ? Expresstes numéricas n FICHA 28 Valoves aproximados 15 CHA 23 Percentegens 7 (Créficas cartesiznod. ee ed ICH DIAGNGSTICA E 73 FICHASO Referencial cartesiano & giafica cartesiano a1 FACHAS1 Tabeles de frequéncias absolutas erelativas ay FICHA32 Gratico de beeras Grafico de hinhas. Disgramadecaue-e-tolhes 85 FAGHA33 Média antenética ar CHA DIAGNOSTICA F a9 FACHA3& Areadoretanguia. fueado quadrado a1 FCHASS Aveado pataelagremo 35 FACHA6 Ateadotridngulo a7 CHAS? Aseas par decomposigaa 39 ANGULOS, PARALELISMO E PERPENDICULARIDADE Nome: No. Turma @ Indica, em cada caso, a posi¢io relativa das retas. Ji Ne SK aebsio____ cedsio eefsio_____. © Vamos visitar a Maria? A Maria mora na rua do Peter Pan e no domingo vai fazer uma festa em sua casa. Ajuda a Mariaa completara legenda do mapa que vai enviar aos amigos, sabendo que: * A rva Peter Pan é perpendicular & rua dos Sonhos. c ¢ A rua da Fantasia é paralela 4 rua dos Sonhos e vai dar 4 rotunda das Fadas. * Arua do Arco-iris e a rua Encantada sio paralelas e vao dar 4 rotunda das Fadas. Arua do Arco-iris é concorrente a uma rua paralela a rua Peter Pan. © Indica a cor da reta, da semirreta edo segmento de reta. © Considera os pontos A eB assinalados ao lado. 4.1 4.3, 4.4, 5.1. 5.2. 5.3. 54, . Traga trés retas que passem em A. 4.2, Sera que podes tracar ainda mais retas que passem por A? Quantas? Traga duas retas que passem em B. Quantas retas, que passem em A ¢ B, podemos tracar? Observa a figura e completa as frases seguintes com a posicao relativa das retas. tes sao retas seh sao retas kes sao retas hek sao retas Dobra uma folha de papel de qual- quer maneira. © Volta a dobra-la de modo que um dos lados do vinco coin- cida com 0 outro lado. © Vinca bem as dobras do papel. wines * Traca as duas linhas que coincidem com os vincos do papel. Com a ajuda de um esquadro determina o éngulo que as retas formam entre si. Pega numa folha, dobra-a e volta a dobra-la de modo que um dos lados do vinco nao coincida com 0 outro lado. * Vinca bem as dobras do papel. Traga as linhas que coincidem com os vincos. Com a ajuda de um esquadro verifica se os qua- tro angulos em que a folha ficou dividida sio, ou nao, angulos retos. Nome: No. Turma Retas, semirretas e segmentos de reta As semirretas e os segmentos de reta esto contidos em retas. As posicoes relativas das semirretas e dos segmentos de reta sio as mes- mas das retas que os contém. Semiplano — cada uma das partes em que fica dividido um plano por uma reta nele fixada. Duas semirretas com a mesma reta suporte tem 0 mesmo sentido se uma contém a outra (OX ¢ OY tém o mesmo sentido). Duas semirretas com retas suporte distintas t@m @ mesmo sentido se forem parale- las ¢ estiverem contidas num mesmo semiplano determinado pelas respetivas ori- gens (GP e XQ sio diretamente paralelas; OP e YR sio inversamente paralelas). © Na figura observam-se retas, semirretas ¢ segmentos de reta. 1.1. Completa: a) Na figura estao representadas as retas e b) Na figura estao representadas semirretas de origem E. c) Na figura, ED e EB sio semirretas d) Na figura esto representados segmentos de reta: —__, —__, —__, —__ e e) Na figura, BE e EA so semirretas 1.2. Indica, usando as letras da figura: a) duas retas concorrentes perpendiculares; b) duas retas concorrentes obliquas. 2.1. 2.2. 2.3. 41. 4.2. Considera os pontos R, S eT. Traca: o segmento de reta [RT]; areta RS; a semirreta ST. Onde poderd estar o navio? O capitao de um navio dé a sua localizagao por radio dizendo: “Estou a sudeste do Farol, vejo 0 moinho eo relégio da Igreja mesmo por detrés do moinho”. No mapa desta parte da costa tenta localizar 0 navio com as instrugdes do capitio. Um ciclista andou a percorrer de bicicleta as ruas da sua cidade. 0 percurso foi de A para E. Observa o percurso e marca: a agul um percurso perpendicular a0 que 0 ciclista fez. a verde, um percurso obliquo. Observa 0 seguinte conjunto de re- tas e identifica os pontos A, B, Ce De retas a, b,c ed, de acordo com as seguintes indicagdes. * Aretaa eb sho paralelas. « Aretac é perpendicular a retaae a reta b. *0 ponto A pertence a reta @, yetac ea reta d. * O ponto B pertence a retab ed. * As semirretas AC e BD sao inve- samente paralelas. He e ANGULOS, PARALELISMO EPERPENDICULARIDADE 7 Nome: storms. Construcdo de retas paralelas e de retas perpendiculares Dada uma retaY e um ponto A, existe uma tinica reta perpendicular a7 que passa por A. © ponto de intersegiio de uma reta com outra que lhe é perpendicular designa-se por pé da perpendicular. © Observaas figuras. Rei, SS my my ® ® Ordena as figuras, de modo a obteres a sequéncia de passos para a construgao das retas 7,s,feu. 1.2. Faz uma legenda para cada passo. a 22 32 4e 1.3. Indica posigao relativa das retas s, f ¢ 2 tracadas. © Com base nas figuras, completa o texto. Para fazer a construgo, a Maria Joio come- cou por tracar a reta________ coma sua____. Em seguida, deslizouo seu__e utilizando o lado correspondente ao angulo de ° tracou a reta. As retas obtidas — e¢___ so __ em relagdo aretay esio___ entre si. © Consideraa reta s e os pontos Xe G. Com a ajuda da régua e do esquadro traca: x 3.1. uma reta paralela a reta s e que passe por G “G 3.2. uma reta perpendicular a reta s que passe por X. © Indica, para cada caso, 0 ponto que é 0 pé da perpendicular. ANGULOS, PARALELISHO E PERPENOICULARIDADE. Nome: Np. Turma: Identificar e comparar 4ngulos. Soma de angulos Nogio de angulo Duas semirretas com a mesma origem divi- dem o plano em duas regides distintas. Cada uma dessas regides designa-se por angulo. Angulo A cada uma das semirretas OA e OB chama- -se lado do Angulo ¢ a origem das semirretas chama-se vértice do Angulo. Na figura, observamos que as semirretas OA e OB definem dois Angulos: o angulo convexo AOB (< AOB), a verde, e 0 Angulo céncavo BOA, a amarelo. Usa-se Angulo AOB como uma designacao do Angulo convexo AOB. Angulos adjacentes Dois angulos dizem-se adjacentes quando tém em comum 0 vértice e um dos lados e nenhurn outro ponto. Angulos geometricamente iguais Dois angulos com a mesma amplitude sio Angulos geometricamente iguais. Medir amplitude de angulos O grau (°) éa unidade de medida de amplitude de angulo tal que 0 angulo giro tem ampli- tude igual a 360°. Para medir a amplitude de um Sngulo utilizamos um instrumento chamado transferidor: —faz-se coincidir o centro do semicirculo que forma o transferidor com o vértice do Angulo; ~ajusta-se a marca correspondente a 0° sobre um dos lados do angulo; = Ié-se, na escala, o valor correspondente a marca que coincide com o outro lado. @ Qual éa medida da amplitude do Angulo convexo descrito pelos ponteiros de um relégio as 15 horas? @ Observa os desenhos. Completa: vou = . XOY= 2.3. VOZ = © Rafael pretende tracar um Angulo com 60° de medida de amplitude. Comegou por tragar um segmento de reta e colocou o transferidor, como mostra a figura, para marcar o Angulo com 60°de amplitude. Sera que o Rafael esta a marcar bem o Angulo pretendido? Se nao estd, explica o seu erro e realiza a construgao corretamente. © Completa esta série de Angulos e de medidas de amplitudes. i no teu caderno: © Com uma régua ¢ o transferidor, const 5.1. um angulo de 90°; 5.2. um Angulo de 45°; 5.3. um Angulo de 120°; 5.4. um angulo de 128°; 5.5. um angulo de 180°; 6. um Angulo de 0°. © Considera os angulos a, b ec e constréi um Angulo igual & soma: ~N 6.1. do Angulo @ com o Angulo 4; * Angulo 5 6.2. do angulo 6 com o angulo c. Angulo a Angulo ¢ TCS Nome: Ns Turma Conversées, adicées e subtracées de medidas de amplitude Quando, usando o transferidor, medes a amplitude de um Angulo, utilizas 0 grau como unidade de medida. O grau divide-se em duas subunidades: minuto e segundo. dea ‘Um grau correspon {60 minutos (de erau)- 1-60" . dea ‘Um minuto correspon ‘60 segundos (de €rau)- = 60" Para somar ou subtrair Angulos colocamos os dados, fazendo coincidir graus, minu- tos e segundos. Se os segundos ultrapassam sessenta, convertem-se em minutos. Se os minutos ultrapassam sessenta, convertem-se em graus. Exemplo: 16° 48° 73 (60, 53° 73" = 54° 13" + 37°25" 131 53° 73) Para subtrair, quando o aditivo for menor do que o subtrativo temos que juntar 60. Exemplo: 725° 8°53" © Copia e completa a tabela. 445" 136° 40" 13” 66°48 2°85" 40°22’ 30” © Exprime em segundos: 2.1. 75° 2.2. 84" 2.3. 48°4" 95°37" 2.5. 41° 13'57" 2.6, 25°25” © Exprime em graus: 3.1. 3600" 3.2. 11 160° 3.3. 8°960" 3.4, 25200" © Calculaas somas seguintes. 76° 10° 32” 326° 21" 12” 76° 48’ 22” 8 48 48” + 6°25°10" + 57° 35°20” + 37° 45° 30” + 13°33 30” © Calculaas diferencas seguintes. AT’ 32° 14" 35° 357 35” 27° 12°54" — 17°15" 10” — 5° 15°35" — 7 20°50" - © Observaas figuras. 126" 48" 42" 60°15" a> 1B 95° 45" B ee c A Determina: > + o a » > 1 o 6.1. A+B 6.2. Nome: Ne___Turma Classificagao de angulos eed es Nulo Asemirreta OA que passa pelo panto B de- o signa-se por Sngulo nulo AOB. Raso Qs lados da Angulo raso AOB sio duas semit- 70" retas opostas, ON ¢ OB. o Oo. A . | O ngulo giro AOB esté associado ao plano e& . semirreta QA nele fixada. Giro siguals eee Um angulo giro € igual 8 soma de outros dois y se estes forem iguais a dois Angulos nao coin- “f ‘cidentes com os mesmos lados ‘Se se unir um Sngulo reto com umadjacente Reto ch mesma amplitude forma-se um semiplano. 90° Os lados de um 4ngulo reto estio contidas em relas perpendiculares. Aamplitude de um Angulo aguda € menor do Agudo que a de um Angulo reto (96°) e maior do que ade um Angule nulo (0°). Aamplitude de um Angulo obtuso € maior do Obtuse que a de um angulo reto (96°) e menor da que ade um Angulo raso (180°). Dois angules dizem-se suplementares quando a respetiva soma for igual aum Angulo raso. Dois Angulos dizem-se complementares quando a respetiva soma for igual a um Angulo reto. © Classifica 0 angulo com menor medida de amplitude formado pelos ponteiros de cada rel6gio e escreve essas medidas de amplitude por ordem crescente. © Liga, por meio de setas, as frases da coluna A com as da coluna B. Coluna A Colina B Angulos complementzres [Al BD somam 180° Angulos suplementares IB] Bi somam 90° BI Somam 360° © _ Dois angulos séo complementares e um tem de amplitude 60°. Qual é a medida da amplitude do outro? © _ Dois angulos sio suplementares e um tem de amplitude 125°. Qual é a medida da amplitude do outro? © Completa a tabela, de acordo com o exemplo: eee ‘Suplementar 18° 108° a 120 ers? 35°35" 0°45 © Medea amplitude dos angulos seguintes. — ae A Indica, para os angulos A e B, as medidas das amplitudes dos resptetivos angulos complementares. Indica, para os angulos C e D, as medidas das amplitudes dos respetivos angulos suplementares. Nome: Ne Ture. Angulos definidos por retas Dois angulos verticalmente opostos sao iguais. Er rere Pret eS Lees Os dois Angulo estio | Os dois angulos estao Os dois angulos esto do mesmo lado da reta | em lados opastos dareta | em lados opostos da reta secante. Um deles é interno e 0 outro é extemo. secante. secante. Ambos sda internos. | Ambos sio externos. Angulos correspondentes so iguais quando (e apenas quando) as retas m en sio paralelas. Angulos alternos internos sao iguais quando (e apenas quando) as retas m e n sao paralelas. Angulos alternos internos sao iguais quando (e apenas quando) as retas me n sao paralelas. © Pinta de vermelho os pares de angulos adjacentes e de azul os pares de angulos vertical- mente opostos. © Na figura, ri/s. Dos angulos assinalados indica: dois Angulos verticalmente opostos. . dois Angulos adjacentes. 2.3. dois angulos alternos internos. 2.4, dois Angulos adjacentes e suplementares. 2.5. dois angulos suplementares, mas nio adjacentes. 2.6. a medida da amplitude de e ef sabendo que d = 35° e @ = 100°. © sem utilizar o transferidor, calcula a medida das amplitudes dos Angulos indicados em cada figura. ty _ ae @ B) © © Na figura, AB e CD sio retas paralelas, intersetadas pela reta ST. Determinaa medida da amplitude do Angulo y. Nome: Angulos de lados paralelos Dois angulos convexos de lados dois a dois dirctamente paralelos ou de lados dois a dois inversamente paralelos so igunis. Angulos convexos que tenham dois dos lados diretamente paralelos e os outros dois inversamente paralelos sido suplementares. Angulos de lados perpendiculares Se forem da “mesma espécie” (ambos agudos ou ambos obtusos) os angulos de lados perpendiculares sao iguais. Se forem de “espécies diferentes” (um obtuso e 0 outro agudo) os angulos de lados perpendiculares sao suplementares. @ As ruas Barroco e Classico sio paralelas. A= 115° e M= 80°. Qual é a medida da amplitude de cada um dos Angulos assinalados? Rua Barroco 8 c J K +Rua Classico @ _ Escolhe, em cada caso, a resposta correta. 2.1. As retas a e¢ 6 so paralelas. A medida da amplitude o do angulo da figura é: (A) 40° (B) 50° (C) 140° (D) 130° 2.2. As retas p eg sdo paralelas. A medida da amplitude B do angulo da figura é (a) 20° (B) 40° (c) 60" (D) 70° © _ Determina a medida de amplitude x do Angulo assinalado na figura. / @ ® © Assinala com um V as frases verdadeiras e com um F as frases falsas. (A) Angulos que tenham dois dos lados diretamente paralelos e os outros dois inversamente paralelos sio suplementares. (B) Angulos verticalmente opostos so geometricamente iguais. (C) Dois angulos agudos podem ser suplementares. (D) Se dois angulos suplementares tém a mesma amplitude, entdo so Angulos retos. (E) Se dois angulos so complementares, entio so ambos agudos. (F) Dois angulos de lados dois a dois diretamente paralelos ou de lados dois a dois inversamente paralelos sio iguais. ANGULOS, PARALELISMO E PERPENDICULARIDADE 18 Cy lo Nome: Ne. Tura. Bissetriz de um angulo Bissetriz de um Angulo é a semirreta contida no Angulo de origem no vértice e que forma com cada um dos lados angulos iguais. © Constréi, coma régua e o compasso, a bissetriz de cada um dos angulos seguintes. aif a <= oO @ « @ © © © A Joana esté a colocar arame no seu quintal de modo a separar dois canteiros e quer fazé-lo pela bissetriz do Angulo assinalado. 2.1. Mede, com o tranferidor, a amplitude do angulo referido no enunciado e regista-a. 2.2. Tracaa bissetriz do angulo assinalado e indica onde a Joana pode colocar o arame. 2.3. Indica a medida da amplitude de cada Angulo obtido apés teres tragado a bissetriz do angulo. 3.1. 3.2. ads 4.2, 43. 5.1. 5.2. A linha a tracejado representa um eixo de simetria de reflexzio do qua- drilétero [ABCD]. 0 angulo ADC mede 75°. x c DB éa bissetriz do Angulo ADC? Porqué? Quanto mede, em graus, o angulo BDC? Adaplado de Prove de Meriedo de Matematica ~2.° ciclo - 2010. Constréi a bissetriz ‘ A dos angulos: x XAB B AOB ¥ YBA Na figura, esto tracadas as semirretas VR, VS e VT. RVS = 40° e SVT = 70°. Determina a medida da amplitude do angulo RVT. Que nome se dé as semirretas VC e VD? FICHA DIAGNOSTICA: Nome: Ne. Turma. @ Faz grupos com as figuras seguintes de acordo com o namero de lados. @ 0 José desenhou na casa ao lado vérias figuras geométricas. Identifica as figuras geométricas assi- naladas. SN ep ew ee © Observao boneco construido com o Tan- gram. Que poligonos encontras no boneco? © Pinta as figuras da imagem que nio sio poligonos. ~ it elt 7 © Na figura est4 representado um poligono. 5.1. Une, por meio de setas, cada letra a respetiva designacio. Coluna A Coluna B Angulo Ba vertice Bl Bp» Lado Be Diagonal Ba 5.2. Classifica 0 poligono quanto ao nimero de lados, ———_____ 5.3. Usando uma régua, justifica se 0 polfgono é regular ou nao. © Indica a caracteristica comum a todos os poligonos da figura. Nome: No. Turma. Poligonos Poligono Nao poligano Hi figuras que sao poligonos e outras que nao 0 sio. Num poligono, para além dos lados, podemos considerar os vértices e os Angulos. Dois poligonos dizem-se geometricamente iguais se tiverem os lados e os angulos cor- respondentes geometricamente iguais. Num poligono, chama-se Angulo externo a um Angulo formado por um lado com o profongamento um lado consecutivo. Os poligonos podem classificar-se de acordo com o ntimero de lados. Um poligono que tem todos os Iados ¢ todos ¢ 0s angulos internos geometricamente iguais diz-se um poligono regular. © Considera as seguintes figuras. (a) (B) (C) (D) (E) LL. Indica qual das figuras nao € um poligono. (F) 1.2. Classifica, quanto ao néimero de lados, cada um dos poligonos. 1.3. Recorrendo ao teu material de medicao, diz quais dos poligonos anteriores so regulares. ® A figura representa dois quadriléteros teus 4. B conhecidos. Indica as caracteristicas que Ihe sio comuns e as que os distinguem. H Cc D 41. 42. 6.1. 6.2. 6.3. 6.4. 6.5. TAL 7.2. 7.3. TA. Considera os azulejos da figura. Descobre poligonos que aparecem na figura, desenha-os, no teu caderno, e classifica cada um deles quanto ao ndmero de lados. Observa a caixa de bolachas ao lado. Que sélido te faz lembrar a caixa de bolachas? Qual é 0 poligono da base desse sélido? Esta figura € formada por 5 quadrados geome- tricamente iguais. Muda de lugar trés palitos de modo a obteres uma figura formada por 4 qua- drados geometricamente iguais e por 16 palitos. Indica, usando as respetivas letras: 605 poligonos; 0 octégono; os quadriléteros; §______ amon — _- @ Dy @ © © pentagono. O poligono da figura é regular e tem de lado 4 cm. Pinta de verde 0s angulos internos e de azul os angulos externos. Indica a medida da amplitude dos angulos internos do poligono. Indica a medida da amplitude dos angulos externos do poligono. Determina o perimetro do polfgono. Yome: Ne Turma. Angulos internos de um triangulo c O triaingulo [ABC] é um poligono com trés lados e trés angulos. * Os pontos A, B e C so os vértices do triangulo. * Os segmentos de reta [AB], [BC] e [AC] sio os lados do triangulo. * Os angulos ABC, BCA e CAB sio os Angulos internos do triingulo. o A soma dos trés Angulos internos de um triangulo é igual a um Angulo raso. ABC + BCA + CAB = 180° A soma das medidas das amplitudes dos trés angulos internos de um triangulo é 180°. Classificacao de triangulos Podemos classificar os triangulos atendendo ao comprimento dos seus lados e 4 ampli- tude dos seus angulos internos. Cera core es Triéngulo isdsceles: tem pelo | Triéngulo equildtero: 0s trés Triaingulo escaleno: todos os menos dois lados coma mesma | lados tém a mesma medidade | lados tém medidas de compri- medida de comprimento. comprimento. mento diferentes. Ma ‘Tridngulo retangulo: possui um | Tridngulo acutangulo: todos os | Tridagulo obtusingulo: possui Angulo reto. seus angulos so agudos. um angulo cbtuso. Cee eed Num triangulo retangulo, designa-se por hipotenusa o lado oposto ao angulo reto e por catetos os lados a ele adjacentes. Cateti Hipotenusa Cateto Sem utilizares o transferidor, indica em qual dos tridngulos as medidas das amplitudes dos Angulos internos esto erradas. Mostra como chegaste & tua resposta. (B) (c) Dois 4ngulos internos de um triingulo tém de medida de amplitude 40° e 75°. Calcula a medida de amplitude do outro angulo interno desse triangulo. Dois angulos de um trifngulo medem 40° 35’ ¢ 60° 12”. Qual é a medida da amplitude do terceiro angulo? Um triangulo isésceles tem um Angulo de 20°. Qual é a medida da amplitude dos outros dois angulos? Num triangulo [ABC], A = 99° e B= 58°. Qual é a medida da amplitude do Angulo C? Dois Angulos de um triingulo sio iguais e o terceiro tem 80° de amplitude. Qual € a medida da amplitude de cada um dos outros angulos internos do triangulo? Num triangulo retingulo, a amplitude de um dos Angulos agudos é o quadruplo da ampli- tude do outro. Calcula as medidas das amplitudes dos angulos internos desse triangulo. © Assinala com um Vas frases verdadeiras e com um F as frases falsas. (A) Um triangulo escaleno tem dois lados iguais. (B) Um triangulo isésceles tem dois lados iguais. (C) Um triangulo obtusangulo tem um Angulo reto. (D) Um triangulo retangulo tem um Angulo obtuso. © Classifica cada um dos triingulos quanto & medida do comprimento dos lados e quanto 3 amplitude dos angulos, efetuando as medicbes necessarias. 4 a> A © _ Observa os esquadros da imagem. Se desenharmos os contornos de cada um dos esquadros, que tipo de tridngulos obtemos? © Na figura estio representados oito tridngulos. Observa-os atentamente e preenche a seguinte tabela com os respetivos nameros. JIN BS 2s 27 Tridngulo acutangulo Tridngulo reténgulo Triéngulo obtusngulo © Observaa figura e indica: 5 12.1.2 triangulos isésceles; 12.2.5 triangulos retangulos; § ____ E 12.3.2 triangulos equilateros; 12.4.3 triangulos escalenos. D © Observa o seguinte trifngulo retingulo. 13.1. Faz corresponder a cada vértice do triangulo uma das letras A, B, C, sabendo que: ABC = 27°; BAC = 63°; BCA = 90°. 13.2. Que nome ds aos lados [CB] ¢ [CAI? 13.3.Que nome das ao lado [AB] ? © Num triangulo isdsceles, a medida da amplitude dos dois Angulos iguais 6 50°. Qual é a medida da amplitude do outro angulo? © Num trigngulo isdsceles, um Angulo tem 110° de amplitude. Qual é a medida da amplitude dos outros dois angulos? © 0 perimetro de um triangulo isdsceles € 64 cm e cada um dos dois lados iguais tem 25 cm de comprimento. Calcula a medida do comprimento do outro lado. © OO perimetro de um triingulo é 96 cm. A medida do comprimento dos seus lados, em cm, sao trés naémeros naturais consecutivos. Indica as medidas dos comprimentos dos lados deste triingulo e classifica-o. Nome: ne. Turma Angulos externos de um triangulo Considera o tridngulo [ABC] ¢ os seus angulos exter- nos @, bec. A soma dos trés 4ngulos externos do triangulo é igual a um Angulo giro. Asoma das medidas das amplitudes dos trés angulos externos de um tridngulo é 360°. a+b+c=360° A amplitude de um Angulo externo de um triangulo € igual & soma das amplitudes dos Angulos internos nao adjacentes. d=b+c @ Usando régua e transferidor, constréi, com vértices no ponto O, angulos de la- > dos adjacentes e geometricamente iguais aos Angulos a, b ec. *o 1.1. Que podes concluir sobre a soma das amplitudes destes trés angulos? 1.2. Serd sempre assim? Tenta encontrar uma justificagao desse facto. @ _ Determina o valor da medida da amplitude do angulo @ em cada uma das figuras. ® e © _ Determina o valor da medida da amplitude dos angulos x, y ez em cada uma das figuras. 130° x 118” Construcao de triangulos. Critérios de iqualdade de triangulos Dois triangulos sso geometricamente iguais se tiverem de um para 0 outro... .. 08 tr€s ladas, respetivamente, |... dois ladose oAngulo por |... um lado geometricamente geometricamente iguais. eles formado, respetivamente, | igual e os dois angulos adjacentes geometricamente iguais. acesse lado, respetivamente, geometricamente iguais. A (LLL) [ e NG AB aC BC © Constréi, no teu caderno, com régua, transferidor e compasso: 1.1. um triingulo [ABCI, retangulo em A, sabendo que AB = 5 cme AC = 12 cm. 1.2. um triangulo [PAR], tal que PA = 5,4 cm, AR = 3,8 cme A = 35°. 1.3. um triangulo [ABC], tal que AB = 7 cm, BC = 3,5 cme AC = 4,5 cm. 1.4. um triangulo equilétero em que cada lado mede 4 cm. 1.5. um triangulo isésceles [ABC], tal que BC = 6 cm e os outros lados medem 4 cm cada um. @ _ Desenha, no teu caderno, um triingulo [MNP], em que MN = 5 cm, PMN = 50° e PNM 70°. Qual é a amplitude do Angulo MPN? Classifica o triangulo [MNP] quanto a amplitude dos seus angulos internos. © _ Dois triangulos, [ABC] e [DEF], sio tais que: AB = DF e AC=EF. Que outro elemento deverd ser igual, de um triangulo para outro, para garantir a igualdade dos dois triangulos? © identifica o critério que permite afirmar, em cada caso, que os dois triangulos sao iguais e determina os valores de x pedidos. © = 25em azem SS b) oc D a = @ Pretende calcular-se a distincia entre duas 4rvores situadas & beira de um lago nos pon- tos Ae B. Para tal, colocou-se uma estaca num ponto C e outra num ponto D de modo que os pontos B, C ¢ D esto sobre a mesma reta e CD = BC. Colocou-se uma outra estaca em E tal que A, C e E esto também sobre uma mesma reta e AC = CE. Com esta construcdo podemos concluir que a distancia entre as arvores € igual ao comprimento do segmento de reta [DE]? Justifica a tua resposta. Nome: Relacées entre elementos de um triangulo Ne Turma Num triangulo, a medida do comprimento de qualquer lado é menor do que a soma das medidas dos comprimentos dos outros dois. Dy. a lados iguais opdem-se angulos | a0 maior lado. iguais e a angulos iguais opGem-se | Angulo e 20 maior Angulo opie Tados iguais. -se ormiior lado. ao menor lado opde-se 0 me- nor angulo € ao menor angulo ‘opée-se 0 menor lado. Em triangulos iguais, a lados iguais opdem-se Angu- los iguais e a Angulos iguais péem-se lados iguais. @ Observa os desenhos. a c 7 ; : @ , Se ® &B © E 3a 5m: 10 em 42em Them 5,8¢m s 6cm T B 1.1. Sem usares a régua, indica em quallis) dos triangulos as medidas dos comprimentos dos lados estao erradas? 1.2. Desenha, no teu caderno, o(s) triangulo(s) que € possivel construir. Classifica-o(s) quanto & medida do comprimento dos seus lados. © identifica as afirmagées falsas e corrige-as. (A) Existe o triangulo cujos lados medem 12 cm, 9 cm e 8 cm, pois 12< 9 +8. (B) Existe 0 triéngulo cujos lados medem 8 em, 6 cm e2 cm, pois 8 = 6+ 2. (C) Existe o triangulo cujos lados medem 15 cm, 10 cme 4cm, pois 10<15 +4. 3.1. 3.2. 5.L 5.2. 6.1. 6.2. Justifica por que é possivel construire classifica quanto aos lados o trifnguloz cujos lados medem 5 em, 4 cm e3cm. com dois lados iguais que medem 5 cm e cujo terceiro lado mede 6,5 cm. Completa as figuras, indicando em cada tridngulo, a medida da amplitude © ) do Angulo interno desconhecido. aD ‘Tenho todos 08 Gueet'a05 ® Tacos iguais, . Quant®y “Sou um eco? triangulo retingulo. 2) E possivel construir um triangulo: ¢ com dois angulos retos? Justifica. com dois angulos obtusos? Justifica. Propie, para cada caso, as medidas de trés comprimentos AB, AC e BC tais que: os pontos A, Be C sejam vértices de um triangulo. nao seja possivel a constru¢do de um triangulo. Numa floresta existem trés torres de vi- giaA, Be C. De A, observa-se B e C segundo um Angulo de 70°. De B observa-se Ae C segundo um angulo de 60°. Junto de B, subitamente, declarou-se fogo. Imediata- mente, das torres Ae C partem helicépte- ros de socorro, voando em linha reta em direcao a B. Se partiram no mesmo ins- tante e voam ambos com a mesma veloci- dade, qual chega a B mais depressa? Nome: Ne Tuma Paralelogramos Um quadrilitero é um poligono com quatro lados. O paralelogramo é um quadrildtero com os lados opostos paralelos. Propriedades dos paralelogramos — Os lados opostos de um paralelogramo sao iguais. — Os Angulos opostos de um paralelogramo tém a mesma amplitude. D c « B D _c -Num paralelogramo, dois angulos adjacentes ao mesmo lado sao suplementares. A DAB + ABC = 180° @ Quais dos seguintes quadrilateros sio paralelogramos? Justifica. T | cf | | | a } | aN alain | I | 4 © Na figura, esto desenhados dois lados de um paralelo- gramo. Desenha os outros dois lados do paralelogramo, utilizando o lapis e a régua. Os vertices do paralelo- gramo tém de coincidir com pontos da grelha. Prova de Alericto de Matematica do 2.‘ ciclo de 2009 © _ Desenha as seguintes figuras no quadriculado abaixo. (A) Um quadrilitero com quatro lados iguais que nao seja um quadrado. Qual € 0 seu nome? (B) Um quadrilatero com quatro angulos iguais que nao seja um quadrado. Qual é 0 seu nome? (C) Um quadrilatero que tenha somente dois 4ngulos retos. © Determina a medida da amplitude do angulo x, no paralelogramo ao lado. 5.2. Constr6i, no teu caderno, o paralelogramo com as medidas indicadas. © Determina o valor de x sabendo que o quadrilétero [PQRS] ¢ um paralelogramo. @ $ R @ s Wem r @©@S R 5 Bem P P T0em Q P Q FICHA DIAGNOSTICA Nome: Li. 1.2. 2.1. 2.2. Ne. Tura Considera a seguinte lista de nimeros. ofif2]3f4]5]6]7] 8 f9 | [au |x [is fas | is as | 17 | 1s | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 2a | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | a8 | 39 | 40 | a1 | a2 | 43 | 4a | as Circunda os mtiltiplos de 2. Escolhe trés muiltiplos de 2 ¢ divide-os por 2. a) Nas d a b) O ntimero 1118 é multiplo de 2? E 1110? Justifica a tua resposta. es que efetuaste qual é 0 resto? ¢) Indica todos os miiltiplos de 2 maiores do que 1110 e menores do que 1118. Considera a seguinte lista de nimeros. ofif{2]3a]4]s5 {oe [7] s |¢ |i fi |i lis | [as 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 3s | 39 | ao [ai [a2 [as | aa | as Circunda os miiltiplos de 5. Escolhe trés multiplos de 5 ¢ divide-os por 5. a) Nas divis6es que efetuaste qual é 0 resto? b) 0 niimero 3335 é miiltiplo de 5? E 3330? E 3333? Justifica a tua resposta. Utilizando cada um dos algarismos 1465 7 consegues escrever varios mimeros, como, por exemplo, 0 4157. Escreve 0 maior néimero miltiplo de 5, utilizando cada um daqueles algarismos apenas uma vez. a a 6.1. 6.2. 6.3. Escreve quatro miltiplos de 9 maiores do que 20 e menores do que 70. Alguns destes ntimeros sio miiltiplos de 3: 123 236 615 730 Explica o que terias de fazer para descobrires quais destes mimeros sio muiltiplos de 3. Prova de Alerigao do 1.°ciclo do Ensino Basico ~ MatemStica - 2011 A Inés pintou a cinzento alguns dos 100 nime- i]2 3}4|s5|6] 78] 9/10 ros do seguinte quadro. m1 [2/13] 14] 13] 16| 17/18] 19| 20 Completa a frase com o niimero correto: 21} 22| 23| 24 25] 26} 27] 28] 29| 30 Todos os nrimeros pintados pela Inés sio multi [3,) gp] agh ar as] aelar/aa lay a0 plos do ntimero 1 do ntimero___. nlalag|aclasl ac] ar [am ao oo Rodeia, no quadto, todes os niimeros que sto [site] s[s4) 351 56 || sa] s0] en miiltiplos de 5. 61| 62| 63 64] 65 66| 67| 68] 69| 70 © Pedro pensou num nimero menor do que [ral 3) ral al x6] 77/70) 79] a0 208, ave Ei ee ea tem am ewe || 91 92| 93] 94| 95/96] 97| 98 | 99| 109 Em que ntimero pensou o Pedro? Prova ie Afericdo do 1.° ciclo do Ensino Basico ~ Matematica - 2012 Escreve os divisores de 20. O Pedro comprou 18 berlindes e vai distribui-los igualmente por varias caixas sem que sobre algum. Quais dos seguintes valores correspondem ao niimero de caixas que o Pedro pode utilizar? 2 4 5 6 9 12 20 Adaptado de Frava die Aleri¢a do L ciclo do Ensino Bésico ~ Maternitica - 2012 Um niimero inteiro: * esta compreendido entre 199 300; —_* tem como algarismo das dezenas 0 4; + € miiltiplo de 5; + nao é miiltiplo de 2. Qual é esse ntimero? Ne Tura. Critérios de divisibilidade por 2, 3, 4,5,9 e 10 * Um ntimero € divisivel por outro quando a divisao do primeiro pelo segundo é exata. * Um ntimero é divisivel por 2 quando e apenas quando é par, ou seja, quando 0 alga- rismo das unidades € 0, 2, 4, 6 ou 8. Um namero é divisivel por 3 quando e apenas quando a soma dos algarismos que o constituem ¢ um miltiplo de 3. © Um numero é divisivel por 4 quando e apenas quando o ntimero formado pelos seus dois tltimos algarismos (o algarismo das dezenas ¢ 0 das unidades) é divisivel por 4. Um néimero € divisivel por 5 quando e apenas quando o algarismo das unidades € 0 ou 5. + Um niimero é divisivel por 9 quando e apenas quando a soma dos seus algarismos é um divisivel por 9. * Um ndmero € divisivel por 10 quando ¢ apenas quando o algarismo das unidades é 0. Escreve: 1.1. cinco ndmeros divisiveis por 2 mas nao por 3, 1.2. cinco néimeros divisiveis por 3 mas nao por 2; 1.3. cinco ntimeros divisiveis por 6. —__-_-~——— 4 4.2. Um niimero é divisivel por 3 ¢ por 5; é maior do que 30 e menor do que 50. Qual é esse nimero? Quantas somas obtidas no lancamento de dois dados sao ntmeros divisiveis por 4? Quem sou? . Sou um ntimero par menor do que dez e s6 tenho dois divisores. Sou miiltiplo de todos os ntimeros e no posso ser divisor de nenhum. 6 6.1. 6.2. 6.3. 6.4. 6.5. 6.6. A Maria perguntou a av6 quantos anos ela tinha. Aavé respondeu: «O ano em que nasci € miltiplo de 9.» Qual dos ntimeros seguintes pode corresponder ao ano em que nasceu a avé da Maria? C1942 [1944 1946 1948 Prova de Merigdo do 2.‘ ciclo do Ensino Basico, Matemstica - 2009 Considera os seguintes ntimeros. 1 152 } 73 | 15 150 | 5000 Sem efetuar as divisoes, identifica: os ntimeros divisiveis por 2; os ntimeros divisiveis por 5; os nuimeros divisiveis por 10; os ntimeros divisiveis por 9; os ntimeros divisiveis por 3; os niimeros divisiveis por 4. 258 | 500 328 | 855 | —) Assinala com um Vas afirmagées verdadeiras e com um F as afirmagées falsas. (A) 0 4 tem dez miltiplos. (B) 0 100 € miltiplo de 10, 20 30. (C) 0 2 € divisor de todos os ntimeros pares. (D) 0.3 € divisor de todos os nameros fmpares. (E) 0 2 & divisor de todos os nameros naturais. (F) Se um ntimero é divisor de 16 e de 40 entao é também divisor de 8. Escreve um algarismo em cada espaco de modo que 0 nimero obtido seja divisivel por 3. (A) 44 (B) 82 (3301 ww) u03 © Um namero de trés algarismos comega por 3, termina em 7 e nao se conhece o alga- rismo do meio. Indica, se possivel, o algarismo do meio para que o ntimero seja divisivel: 9.1. por 2; 9.2. por 3; 9.3. por 9. © Qual deverd ser o algarismo das unidades para que o némero 123] seja um némero: 10.1. divisivel por 22 ___ 10.2. divisivel por 52 10.3. divisivel por 10? __ 10.4. divisivel por 5 mas nao por 2? ___ 10.5. divisivel por 4? ___ 10.6. divisivel por 32 ____ 10.7. divisivel por 9? 10.8. divisivel por 3 € no por 5? © _ Observa os ntimeros em que a Francisca estd a pensar. Indica, justificando, quais: 11.1. 0s ntimeros divistveis por 2; 11.2. os ntimeros divisiveis por 3; —— 11.3.0s ntimeros divisiveis por 4; —_ 11.4. 0s ntimeros divisiveis por 9; 11.5. 0s ntimeros divisiveis por 5 mas nao por 2. © Completa de modo a obteres afirmagées verdadeiras. 12.1. 0s ntmeros 1, 2, 3, 4, 6, 8, 12 e 24 sao _______ de 24. 12.2. 0s nameros 16, 24, 32, 40, 80 so alguns________de 8. 12.3. Todos os ntimeros que tém como divisor o 2 chamam-se ntimeros 12.4. Se um niimero € divisor de 2 e de 5 entao é também divisor de © Considera os niimeros: 2, 5, 6, 7, 13, 17, 32, 56, 59, 60. Indica os que sao: 13.1. ntimeros pares; 13.2. miiltiplos de 7; 13.4. nimeros divistveis por 5; 13.3. ntimeros divisiveis por 3; 13.4. ntimeros impares; 13.5. multiplos de 10. —— © _ Usando os algarismos 029 5 14.1.escreve 0 menor numero com quatro algarismos que seja divisivel por 2; 14.2.escreve 0 maior ntimero com quatro algarismos que seja divisivel por 5: 14.3.escreve 0 maior numero com quatro algarismos que seja divisivel por 10. © Qual éo menor néimero que se deve adicionar a 64 para obter um niimero divisivel por: 15.1.10? __ 15.2.5? __ 15.3.9? © 0s chocolates CHOCODOCE vendem-se em pacotinhos de 6 unidades. 16.1.Quantos chocolates haveré em 8 pacotinhos? 16.2.Podemos comprar 50 chocolates? Explica porqué. © No quiosque da D. Marta as revistas podem ser dispostas em grupos de 6, de 8 e de 9. Sabendo que a D. Marta tem entre 75 e 150 revistas, indica o niimero exato de revistas de que dispde. Explica a tua resposta. © Indica se as afirmacdes seguintes sio verdadeiras ou falsas. (A) 24 € miltiplo de 3,6e8. J (B) 4 é divisor de 60. (C) 35 nao € maltiplo de 5. (D) 40 é miltiplo de 2, 5 10. (E) 12 é divisivel por 2,34. C] (F) 16 é divisivel por 3 e por 5. (G) 5 ¢ divisor de 135. O (H) 27 € milltiplo de 5. © Completa a tabela, sem efetuares as divi 891 580 87 591 1038 534 486 207 45 60 734 550 jes, com os niimeros: Némeros divisiveis por 2 e por 3 Nameros divisiveis por 2 e por 5 Niimeros divisiveis por 3 e por 5 Nome: ne. Tura. Propriedades dos divisores * Num produto de nameros naturais, um divisor de um dos fatores ¢ divisor do produto. * Se um dado namero natural divide outros dois, entao divide também as respetivas soma e diferenca. * Dada uma divisio inteira, que se um niimero divide o divisor e o resto, entao divide o dividendo. * Dada uma divisao inteira, se um ntimero divide o dividendo e o divisor, entao divide 0 resto. @ Considera a soma 48 + 12 = 60 ea diferenca 48 - 12 = 36. 1.1. Mostra que h4 ntimeros que sao divisores comuns de 12, de 36, de 48 e de 60. 1.2. Verifica se o dobro desses ntimeros também sao divisores comuns de 12, de 36, de 48 ede 60. © Numa divisio, a diferenca entre o dividendo e 0 produto do divisor pelo quociente é dada a pela expressio: 98 - 6 x 16. E falso que: (A) 0 divisor € 98. (B) resto € 2. (C) 0 dividendo € 98. (D) 0 quociente é 16. © Um ntimero é divisor da soma de 35 com 40 e da diferenca entre esses nimeros. De que ntimero se pode tratar? Explica efetuando os célculos. © Na divisio inteira 200:15 0 quociente é 13 € 0 resto é 5. Tendo em atencao esta divisao, qual das seguintes afirmagoes é falsa? (A) O niimero 5 divide o quociente. (B) O néimero 5 divide o resto. (C) 0 niimero 5 divide o dividendo. (D) 0 ntimero 5 divide o divisor. 6.2. 6.3. 6.4. 6.5. 6.6. Apés efetuar uma divisao inteira, verificou-se que o divisor era divisivel por 7. Dividiu- -se 0 resto por 7 e verificou-se 0 mesmo. O que se pode concluir? Explica através das propriedades que estudaste. Efetua a divisio a divisio inteira 564 : 20. . Escreve o resultado na forma: D=dxq+r. Qual é 0 produto do divisor pelo quociente? Calcula a diferenga entre o dividendo e o produto obtido na alinea anterior. Que ntimero obténs? Verifica se o divisor ¢ divisivel por 2 ¢ por 4. Verifica se 0 dividendo € divisivel por 2 € por 4. Podes afirmar que o resto € divisivel por 2 ¢ por 4? Justifica, com base nas proprieda- des que estudaste. Considera o produto 12 x 22 = 264. Quais das seguintes afirmacdes sdo verdadeiras? (A) Se 6 divide 12 entao divide 22. [] —(B) Se 6 divide 12 entao divide 264. (C) Se 11 divide 22 entao divide 264. (D) Se 6 divide 264 entao divide 22. Verifica, com dois exemplos, se a soma de dois nfimeres impares consecutivos é divisi- vel por 4. Verifica, com dois exemplos, se o produto de dois ndimeros consecutivos é divisivel por 2. Explica por que razio isso acontece. Nome: Ne Turma Maximo divisor comum O maximo divisor comum (m.d.c.) de dois ou mais niimeros € 0 maior dos divisores comuns desses néimeros. Dois ou mais ntimeros dizem-se primos entre si quando o seu maximo divisor comum, él. Dividindo dois ntimeros pelo seu maximo divisor comum obtém-se dois ntimeros pri- mos entre si. Minimo miltiplo comum O minimo miltiplo comum (m.m.c.) de dois ou mais ntimeros é 0 menor dos milti- plos comuns, diferente de zero, desses ntimeros. Relagéo entre o m.d.c. e o m.m.c. de dois numeros Sendo a e 6 dois nimeros naturais, m.d.c. (a, 6) xm.mec. (a, 6) =a xb @ Calcul: LL. md.c. (75, 90) 1.2. mad.c. (18, 24) 1.3. mad.c. (15, 48) 1.4. m.d.c. (6, 18) 1.5. m.me. (30, 100) 1.6. m.d.c. (24, 36) 1.7. m.mc. (117, 156) 1.8. m.dic. (12, 24, 48) 1.9. midc. (35, 40) @ Sabes que 8 9 sao niimeros primos entre si. Verifica que m.m.c. (8, 9) = 8 x 9. © Considera a seguinte tabela. G mmc. (a, 6) ew 5 7 20 | 15 1 | 18 23 | 35 3.1. Completa a tabela. 3.2. Verifica, para os valores da tabela, se a afirmago seguinte € verdadeira. Sendo a e 6 dois nimeros naturais, m.d.c. (a, 6) x m.m.c. (@, 6) = a xb © A Leonor quer ficar em forma. De 3 em 3 dias vai ao gindsio, de 4 em 4 dias faz corrida e de 6 em 6 dias faz piscina. Hoje fez as trés atividades. Daqui a quantos dias isso iré acontecer novamente? © 0 némero de alunos da turma do Renato € miltiplo de 9 ¢ inferir a 30. Quando se for- mam grupos de 4 sobram 3, Quantos alunos tem a turma? @ A Inés pode formar grupos de 4, 8 ou 10 Iatas com as latas que tem no armério. Qual é o néimero minimo de latas que poderia estar no armario? @ {um ntimero de 3 algarismos. O algarismo das dezenas é igual ao dobro do das unida- des. A soma dos 3 algarismos 6 11. Est4 compreendido entre 200 e 300. Qual é o ntimero? © Determina, usando o algoritmo de Euclides, 0 maximo divisor comum entre os nimeros: 8.1. 55e77 8.2. 60e 45 8.3. 35e95 © Queremos di uma placa de cartio canelado, de dimensées 80 cm por 48 cm, em quadrados todos iguais e, sem que haja desperdicio de material. Indica qual deverd ser 0 comprimento do lado de cada quadrado, para que a sua area seja a maior possivel? Desta forma, quantos quadrados se conseguem formar? © Sabendo que o méximo divisor comum entre dois ndimeros é 12, que o minimo miiltiplo comum é 144 ¢ que um dos niimeros 72, qual é 0 outro ntimero? Explica a tua resposta. Nome: 6.1. No. Turma. Pinta o correspondente a metade de cada figura e escreve a fragao que representa a parte pintada. Pinta o correspondente & terca parte de cada figura e escreve a fra¢io que representa a parte pintada. S aS S88 S50 ee 02 8 © Dos 12 peixes do aquétio do Pedro, um terco so vermelhos. Diz se sao verdadeiras ou falsas as seguintes afirmacoes. A. Trés peixes séo vermelhos. B. Oito peixes nao sio vermelhos. C. Dito peixes sao vermelhos. D. Quatro peixes so vermelhos. O leite é comercializado em pacotes de um litro e de 200 mf. A que fracio do litro cor respondem dois pacotes de 200 m¢? Descreve 0 processo que utilizaste para responder. Podes fazé-lo utilizando palavras, desenhos, esquemas ou calculos. No sistema métrico, 1 dm é at 1 ao metro. (4 1 ao metro. (€) do metro. (D) sj do metro. Completa: 58 _ 9.56 62. a —_ 6.3. = =0459 6.4. = =05 Representa na forma de dizima: a 10 AL = 2 5 Completa a seguinte tabela. Mil duzentos ¢ cinquenta ¢ sete milésimas Catorze décimas Trinta e cinco centésimas Duas milésimas Dezanove mil seiscentas e treze décimas 153,2, 654,78 10 003,007 9040,07 2,987, Completa as seguintes sequéncias de ntimeros. 173 133 es 9.2.12 14 — — _ __ 05 — — — 25 9.4. 10,2 10,3 — — — —_ pbb OOd ILI Noes Dos ingredientes necessarios para a Beatriz fazer um bolo, quais sio os que pesam 0 mesmo? 4 ; O25kydeacicar 5 kg detarinka “Li dementia G oves ‘A Margarida tinha uma pulseira formada por 24 pecas em forma de estrelas. Acidental- mente a pulseira rebentou e a Margarida s6 conseguiu recuperar Sr das peas. Quantas estrelas perdeu? gindsio onde o Joao treina andebol tem no teto 8 filas com 12 Kampadas eada uma. No més de julho apenas metade das limpadas estavam acesas durante os treinos. Em outu- bro estavam acesas a das lampadas. Qual é a diferenca do ntimero de lampadas acesas nestes dois meses? Ne. Turma Os ntimeros da forma, sendom e 7 ntimeros inteiros, ¢ 0 zero s40 nimeros racionais. O ntimero m diz-se 0 numerador de trago e o ntimero n o denominador. @ 0 Miguel quer pintar trés painéis de diversas cores, mas as tintas nio chegam. Ajuda o Miguel a descobrir a fragao que representa a parte que lhe falta pintar em cada painel. CWEOIRON © observa o cesto de fruta da figura a0 lado. 2.1. Qual € a fracdo do ntimero de pecas de fruta que representa o ntimero de bana- nas no cesto? 2.2. Qual éa fracao do ntimero de pecas de fruta que representa o ntimero de peras no cesto? 2.3. Qual é a fracdo do namero de pecas de fruta que representa a quantidade de fruta do cesto que nao so magas? 2.4. As macas foram igualmente distribufdas por trés amigos. Que parte das magas comeu cada um deles? © 0 Francisco verificou que uma mesa media 5 palmos e que a medida do comprimento do seu palmo é 20 cm. Qual é a fracio que representa a parte do comprimento da mesa cor- respondente ao palmo do Francisco? Quanto media o comprimento da mesa? © Completa a tabela seguinte. ia Sn pera Leitura 3 5 z 7 1 6 Um meio 5 8 Onze tergos rn 1B @ A Rosa corre 5 km por dia. A pista que ela percorre é de km. Quantas vezes a Rosa percorre a mesma pista por dia? Explica a tua resposta. © A turma da Rosa € constituida por 28 alunos. A razio entre o ndmero de raparigas e de sapazes 6 de 4 . Quantas raparigas tem a turma? Explica a tua resposta. @ Para obter uma certa cor de tinta, o Pedro juntou 5 litros de tinta vermelha a 3 litros de tinta azul e a 3 litros de tinta amarela. Qual é a razio entre a quantidade de tinta verme- lha e a quantidade total e tinta? © Representa na reta numérica os seguintes pontos: 3 2 4 9 1 AC aap Boag Clas Daag Boag SLL ne 0 1 © _ Depois de observares a reta numérica seguinte, escreve, na forma fracionria, os néme- tos racionais correspondentes aos pontos indicados pelas letras. Sw Plas Rua Qua Nome: Ne. Turma Fracées equivalentes # Fracées equivalentes sio as que representam o mesmo ntimero. * Para obtermos fragées equivalentes multiplicamos ou dividimos o numerador € 0 denominador de uma fragdo pelo mesmo ntimero diferente de zero. * Fragio irredutavel é uma frac3o com menores termos do que qualquer outra que Ihe seja equivalente. * Se dividirmos os dois termos de uma {ra¢ao pelo seu maximo divisor comum obte- mos uma fracZo irredutfvel. * Uma fracao é irredutivel se o numerador e o denominador sao primos entre si. © Na tabela seguinte esto representados ntimeros racionais. Assinala com uma X no respetivo espaco, os nimeros int \§ @ Os que no 0 si Vi ate 8 Neimero inteiro ‘Neimero racional nio inteiro @ Circunda, em cada linha, as fragdes equivalentes. 3 4 3 7 5) l@SB 6 7 8 L 3 8 2a || 8 8 cen 8 9) 10:12 2 4 6 a 3 4 9 @ BS) 3 2 4 9 6 14 14 8 8 12 _ 8 9 6 7 10 iva © Completa de modo a obteres fracdes equivalentes. aL, 2. 32, 35.2 _ 33, 2 =__ 100 10 100 20 6 30 BAe Bae am; 8 3.6. 60 5 0 2 38. 39, 1 = © Completa cada linha de modo a obteres fragdes equivalentes. @\| ats oes 2 ets a ee i 10 ~ 20 — — ~ 50 ~ 60 @ 2.2 _.__.B__ Lo ~) 5 25 ~ 35 > @| 2-8. —-B_.__B ‘| a F - 5 = ~ 3 F ‘screve uma fracio equivalente a, mas de termos menores. @r fracdo equival a 4 © Determina a fracdo irredutivel equivalente a: 35. > 28 6.1. 0 > 6.2. 97 i 6b @ Obseaa igualdade 73 = = >. As letras @ e b esto em vez de: (A) 12 e 18, respetivamente. (B) 6 ¢ 3, respetivamente. (C) 9e 2, respetivamente. (D) 2 9, respetivamente. © Determina, utilizando a nocao de m.m.c., fragdes equivalentes as dadas, mas com 0 mesmo denominador, em cada uma das seguintes situacdes. Nome: ne. Turma. Comparacio e ordenacao de nimeros racionais Comparacao ¢ ordenacdo de niimeros racionais representados por fracées *Dadas duas fragdes com o mesmo numerador é maior a que tiver 0 menor denominador. *Dadas duas fragdes com o mesmo denominador ¢ maior a que tiver 0 maior numerador. * Se dois numeros racionais esto escritos sob a forma de fragées que nio tém o mesmo numerador nem o mesmo denominador, podemos comparé-las escrevendo fracdes com o mesmo denominador equivalentes as fracoes dadas. Dadas duas fracdes, multiplicando os termos de cada uma pelo denominador da outra obtém-se fracbes com o mesmo denominador que Ihes sio equivalentes. * Uma fracao é: menor do que 1 se o numerador for menor do que o denominador; ~ maior do que 1 se o numerador for maior do que o denominador; — igual a 1 se o numerador ¢ 0 denominador forem iguais. Comparacao ¢ ordenacao de niimeros racionais na forma de dizima + Para compararmos ntimeros racionais escritos na forma de dizima: 18 comparamos a parte inteira de cada ntimero; 2° quando tém a mesma parte inteira, comparamos as décimas; 3° quando t@m o mesmo ntmero de décimas, comparamos as centésimas e assim sucessivamente. * Para ordenarmos nimeros racionais, podemos escrevé-los por ordem crescente, do menor para o maior, ou por ordem decrescente, do maior para o menor. @ _ Distribuiu-se por trés copos parte do contetido de uma jarra de refresco. Um copo ficou com + , outro com aes £0 outro com it f. A quantidade de refresco nos copos, por ordem crescente, é: 1 & i 1 1 1 AW a wu = ) ou = Completa com um dos sinais <, > ou = de modo a obteres afirmacdes verdadeiras. a) 5,665. b) 12,324 __ 12,234 c) 54,4___555,4 d)299,99 __ 299,909 e) 13,41___ 13,408 f) 12,6__ 12,60 Escreve, por ordem crescente, os ntimeros seguintes. BmmE onan Coloca uma virgula em 732003 de modo a obteres: um numero menor do que 10. um ntimero maior do que 100 e menor do que 1000. Escreve um miimero que se encontre entre cada um dos seguintes pares de ntimeros. a) 2,5< <3 b) 12,5< <13 )07< <1 d) 23< <4 e) 7,01 < <7,02 )32< <33 8) 5,03 < <5,04 h) 0,9 < <0,91 i) 1,33 < «1,332 Podemos enquadrar uma fracio entre os dois ntimeros inteiros que lhe so mais préximos. Seleciona que ndimeros inteiros estarao no lugar de a e de b na seguinte expresso: 7 as Uma casa ocupa + de um terreno e um pomar ocupa 4 desse mesmo terreno. A casa € 0 pomar, juntos, ocupam que parte do terreno? 1 3 2 3 ws ®) > OF 0) No inicio de uma refeigao, estavam numa fruteira seis mags ¢ meia. No final da refeicao, ficaram na fruteira 16. de mac. Quantas magis inteiras sobraram? Que frag representa a parte de macis que $e comeram? A Claudia tinha um rolo de fita. Gastou um sexto do rolo num presente e gastou dois tercos do rolo num outro presente. Que fracio do rolo ainda tem? A In@s levou meia hora a fazer um bolo, um quarto de hora a bordar, trés quartos de hora a jogar computador e duas horas a estudar. Quanto tempo, em horas e munitos, gastou a Inés nas suas atividades? No Coro da Escola do Miguel h4 600 alunos inscritos. Dois tergos dos alunos participa- ram no Sarau e um sexto dos alunos declamou poesia. Que fracdo representa a parte dos alunos que estiveram envolvidos no Sarau? Quantos alunos participaram nas declamagées? Quantos alunos nao participaram no Sarau? FICHA. Nome: Ne. Turma, Propriedades da adicao Ao efetuar calculos, utilizas, mesmo sem te dares conta, algumas das seguintes propriedades. Propriedade comutativa da adigao — a ordem das parcelas nao altera a soma. A, ,7HN 7,4 1 373 ©3t3 Propriedade associativa da adi¢io — podemos substituir duas ou mais parcelas pela sua soma sem que o resultado final se altere. 2,,3,4 ..2,3 ,4 Tilatg Hlet7 ta Existncia de elemento neutro — 0 zero é 0 elemento neutro da adi¢io. Bo 2g BB Expresses numeéricas Numa expresso numérica que apresente apenas adi¢des ¢ as subtragdes, os célculos devem ser efetuados pela ordem em que aparecem. Se a expressio tiver parénteses, 0 calculo dentro de parénteses deve ser efetuado em primeiro lugar. © indica a propriedade da adicio usada em cada caso. 11. 04+75=7,5 1.2. 954+44+105=10549544 1.3. 144 (6,05 + 13) = (1,4 + 6,05) +13 14. 9,9+0=99 1.5. 34+(7+9)=(3+7)+9 © Completa, aplicando as propriedades da adicio. 2 2 2.1. stars 2.2. 44 =17+__=21 2.3. (15 +__) + 25 = 15 +30 2.4, 28+ —=2,8 2.5. 1,75 +__ = 0,75 +__ 2.6. (18+ —_)+2=1,8+ 2,2 © A Maria e a Renata decidiram pintar uma parede do seu quarto de cor diferente. Ao fim de uma hora, a Maria pintou a da parede e a Renata 3 3.1. A expressao 1 -( = + = significa: (A) A parte da parede que a Maria pintou. (B) A parte da parede que a Renata pintou. (C) A parte da parede que falta pintar. (D) A parte da parede pintada ao fim de uma hora. 3.2. Calcula o valor da expressdo numérica 1 — \+ cm : © Resolve as expressées numéricas, apresentando os resultados, sempre que possivel, sob a forma de fracio irredutivel. 41. 3,5 - (2-125) 4.2. 270 + (45 - 16) Ne Turma, Numeral misto Numeral misto é um ntimero racional escrito na forma de soma da sua parte inteira com a sua parte fracionaria. 7 . . Para escrever, por exemplo, <> na forma de numeral misto podemos usar 0 algoritmo da divisao. 713. 12 © Qual é 0 numeral misto que traduz as quantidades representadas na figura? (a) (B) (c) \ ee W @ Para cada figura, escreve 0 numeral misto ¢ a fracdo que representa a parte colorida, 2:5 Numeral misto ___ Fraga 2.3. @oodoO? Numeral misto ———— Fra¢ao —____ 6.1. 6.3. 8.1. 8.3. Qual é a fracio correspondente a cada um dos seguintes numerais mistos? 3 ai gl gt 3t ms 5t 100 4 8 2 9 7 3 Escreve o numeral misto que corresponde a cada uma das seguintes fragies. i 13 9 26 46 23 9 17 4 6 2 5 9 i 4 7 Coloca, na reta numérica, os seguintes néimeros racionais escritos na forma de nume- rais mistos. 3 1 2 4 Ay Bly “TS 5 Escreve os seguintes ndmeros na forma de numeral misto e de fracio. Dois e um meio. 6.2. Trés e oito nonos. Deze dois tercos. 6.4. Seis e quatro sétimos. Quantas meias peras existem no tabuleiro da cozinha da Rosa se ela Id colocou 6.1. de pera? Explica a tua resposta. Calcula o valor numérico das expressoes seguintes. ol od 142 27 +385 8.2. Ne -3y 4 1 1 2 Bot 8s 8489-35 Nome: Ne. Turma. Multiplicacao de nimeros racionais 0 produto de dois néimeros escritos em representacdo fraciondria € uma fracdo em que o numerador € 0 produto dos numeradores e o denominador € 0 produto dos denominadores. axe ave Sendo a, 6, ce d ntimeros naturais, temos que 2 x5 =24" eS bx © Quantos gramas sio: Ll. 3 de 900 gramas?__________ 1.2. metade de meio quilograma? 3 1 1.3. de 1200 gramas?__________ 14, de 1 kg? © Calcula os seguintes produtos. 2.1. $x2 2.2. 2x4 23. $*300 24. 3x2 25. a x06 2.6. axatx2 2.7. Exe K0Ke 2.8. xgxt © Sabendo que {12 X12) (4. 3.1. 12x1,2 3.2. 1,2x 1,2 determina, sem efetuar calculos: 3.3. 0,12 x 12 3.4, 12x 120 © Completa a tabela. ae | [+ ~|+ ele 2 3 21 1 2 © 0 Pedro viu televisio no dia anterior durante -3- de hora e durante 2. 2 desse tempo a mie acompanhou-o. Quantos minutos de televisio viram juntos, o Pedro e a mie? © Cada sala de aula da escola da Joana acupa J da Sxea total. As 24 salas de aula ocu- pam quantos quintos dessa Srea? @ A Catarina prometeu ler a de um livro por dia. Se ela cumprir a promessa, que parte do livro ler em 12 dias? © A Joana, o Filipe e a Andreia repartiram um prémio de 1000 euros: a Andreia recebeu 2, a Joana 0,3 ¢ o Filipe s desse montante. 5 Que auantia recebeu cada um? Ne. Turma, Propriedades da multiplicacéo Propriedade comutativa axb=bxa Propriedade associativa (@xb)xe=ax(b xo) Zero 6 0 elemento absorvente da multiplicacio ax0=0xa=0 Um € 0 elemento neutro da multiplicagio axl=1xa=a ax(b4c)=axb4axe Propriedade distibutiva da multiplicagio em relagdo em relacio a adicdo | (5) ep ya a cxa ax(b-0)=axb-axc Propriedade distributiva da multiplicagéo em relag&o em relago a subtraco (6-0) xa=bxa-cxa Inverso de um nimero racional Um néimero diz-se inverso de outro se o produto dos dois for igual a 1. O inverso de 2 és pois2 x2 =1. 2 + 5.3 9 3 O inverso de> Br ois XE = 1. © Completa cada uma das expresses ¢ indica a propriedade da multiplicagio usada em cada caso. 14a. x $x$ [2x4 x 12. Dx =09x_ 13. o6x( daz = 0,6X__ + 06% __ 14, 3x (12- j= xe x= 15. 3x__=0x_=0 1.6. 12,05 x =1x = 12,05 Completa, pondo em evidéncia o fator comum. 2.1, 2x9742x3=__x G7+3) 2.2. 23x 0,7-1,73x0,7 = (2,3 1,73) x 7 1 2.3, 23x1423%05 =» 4 +05 2h. Xaty F505 = x(t +05 © _Usando as propriedades da multiplicacio, calcula mentalmente o valor numérico das seguintes expressdes. 3 4 BL Px OA KZ 3.2. 2% 1,06 - 2 * 0,06 ll, 12 1 3.8. —G- xx OXS 3.4. — axte 7 7 4 7 3.5. gi -2 xa 3.6. > xIxz © Usaas propriedades das operacdes para efetuares os seguintes cdlculos. L 3 = 4.1, 0,35 +5 + 0,65 +0,5 4.2. 2X25 3 1 201 43. ExX(5-= 4h. Ft © Oinverso de a & at ww (©) 0.58 @1 © Completa, de modo a obteres afirmacées verdadeiras: 6.1. 4x __=1 62. 34x —=1 6.3. 05x =1 65. —x2-1 6.6. 03x—=1 6.7. 0.2x——=1 2 FICHA Nome: Ne Tura Divisdo de nameros racionais Para dividir dois ntimeros racionais multiplica-se o dividendo pelo inverso do divisor. ac d FiG=7x— (sendo a, 6, ced ntmeros naturais). bd bec & ) O inverso do quociente de dois ntimeros racionais positivos é igual ao quociente dos inversos. 24. r _@qxt Dados os mimeros racionais positivos q, r, 5 ¢ f, em-se que — TKS Sendo g, 7,s e £ ntimeros racionais positivos, temos que: GS gxs x= rb xt Dados dois ntimeros racionais positivos q er, 0 inverso de a es @ A figura mostra a divisio de -2. por 2. Qual € 0 sesullado da divisio? = @ calcula: 1, ii i oh 2.1. 7 2.2. 2: 3 2.3. 4: 3 2.4. 6: 5 © Calcula o quociente em cada caso. 4 3.2. 3.4. 03 = 1 1.6 2.7 6 6 3.5. ary 3.6. aS 3.7. 79 3.8. a7 =F 4.6 3 2 3 3.9. 37 3.10.22 3.11.5 203 3.12. 4 7 41. 4.2. 4.3. 8.1. 8.2. Completa o quadro ao lado e diz 0 que acontece ao quo- ciente quando o dividendo é: maior do que o divisor; menor do que o divisor; igual ao divisor. O bar da escola serviu 12 litros de refrigerantes aos alunos do 5.° ano. Cada aluno bebeu 4 de litro. Quantos alunos foram servidos? Comprei um computador. Dei de entrada 2 do seu valor e o restante foi dividido em seis prestaghes iguais. Que parte do valor do computador deverei pagar em cada prestacio? Miguel ea Ana repartiram em partes iguais um quarto de piza. Que porcio de piza comeu cada um? A Cliudia comprou 9 bilhetes para ir ao cinema com a irmi e os primos. Pagou 38,25 € pelos bilhetes. Quanto custou cada bilhete? Trés primos da Claudia esqueceram-se do dinheiro em casa. Calcula o dinheiro que a Claudia nao recebeu. © Una tarte de magi foi dividida em 20 fatias iguais. Das 20 fatias, apenas um quarto foi distribuido igualmente por 5 pratos. Que poreao da tarte contém cada prato? © Caleula o valor numérico de cada uma das seguintes expressies. 2. te 5 4 04 9 10.1. — 10.2.5 10.3. 10.4.—— T 3 5 © Observa a seguinte tabela. Cee eee ee eee olen] |] ole olen] &|~] vole F ee. “6 11.1. Completa a tabela. 11.2. A afirmagao seguinte é verdadeira ou falsa? Explica a tua resposta. Para dividir duas fracdes com denominadores iguais, basta dividir os numeradores. © Considera a seguinte tabela. ‘Transformando em frag lentes UE DoE eee ia 12.1. Completa a tabela da pagina anterior. 12.2. A afirmacao seguinte é verdadeira ou falsa? Explica a tua resposta. Quando temos traces com denominadores dilerentes, podemos transtormd-las em Iragées equivalentes de modo a obtermos rages com denominadores iguais. Depois, basta dividir os numeradores. cozinha. Tem 15 m de tecido. Quantas cortinas poder fazer? © Uma maquina de cortar relva demora 3. 3 de hora a eortar-3- km?. Quanto iré cortar numa hora, se o fizer sempre 4 mesma velocidade? © indica o inverso de: 1 2 15.1. 7 15.2. 3 15.4. — 5 9 s|=|s]- © Calcula o valor numérico das seguintes expressies. 3 a 15 16.4. : 04 ne. Turma Expressées numéricas — Se uma expresséo numérica tiver parénteses, o célculo dentro de parénteses deve ser efetuado em primeiro lugar. Exemplo: 0,8 - (0,3 + 0,4) =0,8-0,7=0,1 — Se uma expresso numérica apresentar adigdes, subtragSes, multiplicagées ¢ divi- ses, 0 calculo dos produtos e dos quocientes tem prioridade em relacao ao calculo das somas e das diferencas e efetua-se pela ordem em que aparecem. Exemplo: 9 + 2,5 x4=9+10=19 — Numa expressao numérica que apresente apenas adigdes e subtragdes, os calculos devem ser efetuados pela ordem em que aparecem, da esquerda para a direita. Exemplo: 0,8 - 0,3 + 0,4 = 0,5 + 0,4 = 0,9 — Numa expresso numérica que apresente apenas multiplicagdes e divisées, os cAl- culos devem ser efetuados pela ordem em que aparecem, da esquerda para a direita. @ Completa o esquema de modo a calculares a érea do retingulo [CHOU] (as medidas do desenho esto em metros). De seguida, escreve e resolve a expressao numérica obtida. © © Coloca os sinais + ou - nos espacos vazios de modo a tornar verdadeiras as afirmagées 2.2. 18__7__8 3=6 3. 13__4__1__7>9 2.4. 15__10__5 = 20 © Calcula o valor das seguintes expressdes numéricas. 3.1. 4x3+412:6 3.4. 29-3x (12-4) © Comprei, na papelaria da minha rua, qua- tro cadernos a 3,20 € cada um, trds caixas 3.2. 74+ (2x3+4) 3.3. 14:2x4 3.5. 12:448 3.6. (12-6) x(7+4) de lipis de cor a7 € e um livro por 15 € w Para calcular a despesa, completa o esquema. De seguida, escreve e resolve a expresso numérica que te permite cal- cular a despesa. © Completa o quadro. ETC) Metade de um meio. A diferenca entre o triplo de um tergo ¢ cinco sextos.. py A Inés, a Sara e a Rita decidiram ir passar 0 dia a0 Parque Bioldgico. Durante a manhi percorreram metade do percurso, depois do almoco mais um quarto. Que percurso lhes falta ainda percorrer? Explica a tua resposta. @ Escreve em linguagem simbélica da Matemitica e calcula o valor numérico das expres- sdes que encontrares em cada caso. 7.1. A diferenga entre cinco ¢ o produto de dois ter¢os por trés quintos. 7.2. O produto da soma de dois com um meio pela diferenca entre um e dois quintos. 7.3. Asoma do quociente de um quarto por dois tergos com cinco dezasseis avos. © Calcula o valor das expresses numéricas seguintes, apresentando o resultado na forma de fracio irredutivel. 8.1. axtt 8.3. 3x[ 9 1 2.3 84. TX Z-3Xe 8.7. ules 3 3,2 9 1.7 4 810.45 x(L+ a7 BILE Xp igel 8.12. —— 3 © OF ilipe comprou dois marcadores a 2 € cada um, trés cadernos a 1,55 € cada um e uma régua por 2,50 €. Pagou com uma nota de 20 €. 9.1. Diz o que representa cada uma das expressies: (D2x2 (I) 3x 1,55 (IM) 2x243% 1,55 42,5 (IV) 20 - (2x2 +3x 1,55 +2,5) 9.2. Qual é0 troco que o Filipe recebeu? Explica a tua resposta. © A Margarida comprou dois cestos de cerejas, com 3. 3 de keg cada, e 6 pacotes de uvas, com 1 deg cada 10.1. Diz o que significa cada uma das expressées: (ayaxe (8) 6x 3 1 ()2xFr6xz 10.2. Quantos quilogramas de fruta a Margarida comprou? © Resolve as expressdes numéricas, apresentando os resultados, sempre que possivel, sob a forma de fracio irredutivel. 3.1 3.4 a WL l4 pig U2( 1+ oy 7 4“ 5.3 5 ol 9 1,3 5 14-3 115. (3+2 \q-y 0 MBG -aXG-F2 1 1 3 5.5 11 W7.(2-5 2[24 5 118.242: 9.29 - Gig 4 i 2 e007 1.5 : 11.12. 2 : (1- 0,75) Nome: No. Turma. Valores aproximados Exemplo: * O valor aproximado as décimas, por defeito, de 1,56 € 1.5; * 0 valor aproximado as décimas, por excesso, de 1,56 ¢ 1,6. Valores arredondados Exemplo: A - arredondamento as centésimas de 24,285 * fixa-se o ntimero de casas decimais pretendido (neste caso sio duas); + se 0 algarismo da casa decimal a seguir a escolhida for igual ou superior a 5, aumenta-se uma unidade ao algarismo da casa decimal escolhida. 24,285 —> 24,29 B -arredondamento as décimas de 35,732 * fixa-se 0 ntimero de casas decimais pretendido (neste caso € sé uma); * se o ntimero da casa decimal a seguir & escolhida for menor do que 5, mantém-se 0 algarismo da casa escolhida. 35,732 — 35,7 © Observa as retas numéricas seguintes. < T 2 2 “ T o * ? 48 9 2. ®., * 1.1. Escreve o ntimero que corresponde a cada um dos pontos assinalados. A- B- c- D- E- F- G- H- 1.2. Indica o valor arredondado as décimas dos ntimeros representados pelas letras: E-____ ss F- © A Joana quer fazer 2 melhor opgao de compra de um champé. (A) 500 mé a 2,75 € (B) 1000 mf a4€ (C) 250 m£alJ5€ Qual sera a melhor op¢aio? ; 9 5.1. 5.2. 5.3. A Sénia vai escrever aos 7 amigos 0 que fez nas {érias desportivas. Por este andar vou Calcula um valor aproximado as déci- asicrar a hora mas, por excesso, do niimero de minutos escrever atodocl [ que demoroua escrever a primeira carta. X Circunda 0 mimero que corresponde zo valor aproximado 3s unidades, por defeito, de cada um dos produtos seguintes. (ayesxss 200) BY) 1 (B) 5361 100 | 190 | 180 (C) 1,25 x 255 470 500 ) 318 myx 1) 80) 88) A Rosa vai comprar material escolar. Num catalogo, encontrou os seguintes artigos. Mochila Calculadora ®y Que despesa a Rosa faré se comprar 0 produto mais caro em cada caso? Apresenta esse valor arredondado as décimas. Que despesa a Rosa fara se comprar o produto mais barato em cada caso? Apresenta esse valor arredondado as unidades. Qual é a diferenca entre o custo real dos produtos mais caros ¢ dos mais baratos? Apresenta esse valor arredondado as unidades. Nome: we. Turma, Percentagens Exemplos: = 0,50 = 50% 35% =-35_ = 7. 100 20 35% de 120 6 o mesmo que w de 120, ou seja, 120:20=6 e 7X 6=42 @ Escreve a fracio decimal, 0 numeral decimal e a percentagem que correspondem As se- guintes fracdes. os 12, 1.3, 3. 5 8 4 aL. 15. 3. 1.6. 1 4 8 20 17, 33. 18, 20 1.9, 20_ 5 160 160 © Calcula: 21. 15% de 240. 2.2. 30% de 210. 2.3. 60% de 90. 2.4. 80% de 320. 2.5. 25% de 1010. 2.6. 10% de 33. 2.7. 70% de 456. 2.8. 99% de 100. 2.9. 33% de 50. TE © A Clara foi ds compras. Na loja, fizeram-Ihe um des- conto de 8% em todos estes artigos. 3.1. De quantos euros foi o desconto das compras da Clara? 3.2. Quanto pagou a Clara pelas suas compras? © 0 vencimento da mae da Mafalda era de 1325 €, mas foi aumentado 2,5%, no final do ano. 4.1. De quantos euros foi o aumento? 4.2. Qual passou a ser o vencimento da me da Mafalda? © Um comerciante fez promogées de 15% em alguns dos seus artigos. Modificou as eti- 65 quetas como vés a seguir. @ ® © © 1) COL BO “0s, 20E sl€ 70€ 100 €, 78,5 Verifica se houve algum engano e corrige as respetivas etiquetas. © 0 Luis consegue poupar por més 120 € do seu salario que é de 800 €. Por cada 100 €, quanto consegue poupar? @ A Soana esté na escola 6 horas por dia. Que percentagem do dia passa na escola? FICHA DIAGNOSTICA Nome: ne. Tuma Diagrama de Carroll Um Diagrama de Carroll é uma tabela de 2 linhas por 2 colunas em que cada proprie- dade e a sua negacao sao representadas por filas (linhas ou colunas). Diagrama de Venn Num Diagrama de Venn todos os elementos com a mesma propriedade s4o incluidos no interior duma mesma linha fechada. Moda, Extremos e Amplitude Moda de um conjunto de dados é a categoria/classe com maior frequéncia absoluta. Extremos de um conjunto de dados numéricos sao 0 menor (minimo) eo maior (maximo) valor desse conjunto. Amplitude de um conjunto de dados numéricos € a diferenga entre 0 maximo e 0 minimo desse conjunto de dados. @ A turma da Ana fez um inquérito aos frequenta- dores do bufete da escola sobre algumas das suas preferéncias alimentares e registou os re- Rapaz 50 58 sultados no diagrama seguinte. Rapariga 1.1. Como se chama este tipo de diagrama? 1.2. Quantos alunos responderam ao inquérito? 1.3. Quantas raparigas bebem leite simples? 1.4. Quantos rapazes nao bebem leite simples? © Considera o conjunto dos miltiplos de 2 ¢ dos Maltiplosde3_— Niimeros pares miiltiplos de 3 menores do que 40. 2.1. Completa o diagrama de Venn. 2.2. Indica todos os miltiplos de 3 que séo ntimeros pares. Podes afirmar que também sio miiltiplos de 2? Justifica. 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 5.1. 5.2. 5.3. 5.4 Numa caixa de 60 caramelos, 28 sio redondos e 18 sao de menta. Dos caramelos redon- dos 11 sio de menta. Constr6i um diagrama de Venn que ilustre a variedade de caramelos da caixa. Quantos caramelos redondos nao so de menta? Quantos caramelos de menta nao sao redondos? Quantos caramelos nao sao redondos. Na papelaria do pai do Jodo vendem-se os jornais Matutino, Noticias ¢ Correio. O pai do Joao fez alguns registos sobre os 300 jornais que vendeu num dia: Elabora, no teu caderno, um diagrama de Venn que traduza os habitos de lei- tura dos clientes do pai do Joao. Os alunos da turma da Maria registaram, durante quinze dias, no grafico de caule-e- -folhas 20 lado, o ndimero de alunos que fo- ram, em cada dia, & biblioteca. 77 dlientes comprom 0 jornal Matutino, 85 clientes compra 0 Jornal Noticias, 187 ellentes compram 0 Jomo! Conoio, 20 clientes compram 0 Jornal Noticias @ Comeio, 1S dlieates compram 0 jomal Matutine @ Conere: 10 ellentes compram 0 jona! Noticias e Motte, 2 clientes comprom os trés jamais, Nomero de alunos que foram a biblioteca 117849497 2)01466666 3\12 Qual foi o menor ntimero de alunos que visitaram a biblioteca num dia? Qual foi a moda do ntimero de alunos que foram 4 biblioteca? Indica os extremos deste conjunto de dados. Calcula a amplitude deste conjunto de dados. Nome: Ns Tuma. Referencial cartesiano e grafico cartesiano Para localizar pontos no plano pode utilizar-seum referencial cartesiano. at 34 24 1 Um referencial cartesiano é constituido por duas retas numéricas nao coincidentes que se interse- tam nas respetivas origens. Esse ponto de interse- cao é designado por origem do referencial. 3|-GERetree 4 yp tt Ht 12 it 5* Uma das retas € indicada como “eixo das abcissas”, 1u “eixo dos xx”, ¢ a outra como “eixo das ordena- das” ou “eixo dos yy”. t | ) Se os eixos forem perpendiculares, o referencial cartesiano diz-se ortogonal. y| , ; ; Coordenadas Se a unidade de comprimento for igual em ambos oP teal os eixos, o referencial cartesiano diz-se monomé- Abcissa? “Ordenada trico. Neste referencial cartesiano, a cada ponto P cor- responde um par ordenado de naimeros (x, 4), as coordenadas do ponto. O primeiro ntimero desse par, x, designa-se por abcissa do ponto e corresponde & intersecdo com 0 eixo das abcissas da reta paralela ao eixo das ordenadas que passa por P. O segundo numero, y, designa-se por ordenada do ponto e corresponde a intersecao com 0 eixo das ordenadas da reta paralela ao eixo das abcissas que passa por P. A origem, 0, do referencial tem de coordenadas (0, 0). © Considera a figura ao lado. B| | | 1.1. Escreve as coordenadas dos vértices do A poligono representado. at ed M—,—) BL_) ft 3 I CH) bee) [12 345 6 7] 1.2. Classifica 0 poligono representado quanto ao numero de lados. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4, 2.5. Observa a figura ao lado. O que podes encontrar no ponto (7, 4)? Quais so as coordenadas do Hospital? 0 que podes encontrar no ponto (7, 1)? Quais sao as coordenadas da Farmacia? A Inés quer ir 4 Biblioteca. Quais sao as coordenadas da entrada? Representa um referencial cartesiano no teu caderno e traca o poligono que tem como vérlices os pontos de coordenadas E(1, 3), F(6, 3), (4, 1). Classifica-o quanto 20 né- mero de lados. Escreve as coordenadas dos pontos A, B, C, D e E marcados no referencial. CLEA AAE A Na tabela seguinte estao registados a medida do lado, em centimetros, de um quadrado © 0 respetivo perimetro, em centimetros. Lado do quadrado(em) | 1 | 2 | 3 Perimetro (em) 8 16 Completa a tabela e constr6i, no teu caderno, o grafico cartesiano correspondente a esta tabela No. Turma Tabelas de frequéncias absolutas e relativas A frequéncia absoluta de uma categoria (ou classe) de determinado conjunto de dados corresponde ao ntimero de dados que pertencem a essa categoria (ou classe). A frequéncia relativa de uma categoria (ou classe) de determinado conjunto de dados corresponde ao quociente entre a frequéncia absoluta dessa categoria (ou classe) € 0 numero total de dados. @ A médica escolar escolheu uma amostra de alunos com 12 anos, nascidos no mesmo més. Mediu as suas alturas, em centimetros, e fez o seguinte registo. 143 | 137 [ 133 | 136 [ 138 | 139 | 137 [ 132 | 138 | 143 142 | 139 [144 | 135 [ 136 | 135 [140 [ 143 | 144 [143 133 [43 [136 | 337 [145 | a2 | aa3 [a3 | 133 [aaa 1.1. Completa a seguinte tabela de frequéncias absolutas e relativas. ‘Altura (em) 132 133 135 136 137 138 139 140 142 143 144 145 Frequi 1.2. Indica a altura mais frequente. 1.3. Quantos alunos tem a amostra? LA. Qual é a percentagem de alunos com 1,4 m de altura? L5. Qual a percentagem de alunos com uma altura menor do que 1,35 m? 1.6. Quantos alunos tém altura maior do que 140 cm? © Para conhecer melhor os hébitos de leitura dos aura ee prota try alunos da sua escola, a Sofia fez um inguérito com a seguinte questao: Romance “Qual é o género de livros que mais requisitaste Contos 6 na Biblioteca no periodo pasado?” Aventura 30 Os dados recolhidos esto registados na tabela Banda desenhada 6 ao lado. Poesia 3 Pega de teatro 3 2.1. Indica os dois tipos de livros mais requisitados. Ficedo cientifica w Outros 6 2.2. Indica os dois tipos de livros menos requisitados. 2.3. No total, quantos livros foram requisitados naquele periodo? 2.4. Qual é a percentagem de alunos que requisitou livros de contos? 2.5. Qual éa frequéncia relativa do ntimero de livros de ficcéo cientifica que foram requi- sitados nesse periodo? © Naescola da Ana existe o Clube de Linguas Estrangeiras. Nele pode-se aprender Espa- nhol ou Japonés, mas sé uma das linguas. O diagrama seguinte mostra-nos como os alunos esto distribuidos pelo ensino destas linguas. ‘Rapazes | 11 7 “Raparigas; 9 10 Quantos alunos frequentam o Clube? Quantos sao 0s rapazes? E quantas sao as raparigas? Quantas raparigas estao a aprender Espanhol? —————_______ 3.4. Qual é a percentagem de alunos do Clube que esto a aprender Japonés? 3.5. Qual é a frequéncia relativa do nimero total de raparigas? ——______ 32 FICHA Nome: Ne Tuma Grafico de barras. Grafico de linhas. Diagrama de caule-e-folhas Para elaborar graficos de barras: *# deve escrever-se 0 titulo do grafico; ‘as barras devem ter todas a mesma largura; a altura das barras corresponde a frequéncia; a distancia entre as barras deve ser sempre a mesma; * deve escolher-se uma unidade gréfica de acordo com os dados. Os graficos de linha sao geralmente utilizados para representar dados que evoluem com 0 tempo. Para organizar dados pode usar-se um diagrama de caule-e-folhas. Para isso, traga-se uma linha vertical e escreve-se do seu lado esquerdo os digitos dominantes (caules) que correspondem por exemplo aos algarismos das dezenas. Do lado direito da linha vertical, registam-se os sucessivos digitos das unidades (folhas). Habitualmente apresentam-se as folhas ordenadas por ordem crescente. © 0 Professor de Educagio Fisica [Natagao [Karaté | Basquetehal [Karaté__| Futebol da Mariana fez a recolha de al- | Xataczo [Natacao | Futebol __ | Basquetebol | Futebol Suns dados relativos ao des- Ti, _[andebot [Natagio [Andebol | Natagio porto favorito de cada um dos alunos da furma, Cada aluno sé [Futebol [Nenhum |Andebol | Basquetebol | Bacmington podia referir um desporto. Judo _[Andebol |Andebol | Nenhum _| Natacao 1.1. Organiza os dados na tabela de Ta frequéncias ao lado. Lite rake Peni) ee nad 1.2. Quantos alunos tem a turma? 1.3. Constréi, no teu caderno, um Srfico de barras com os dados da turma. e 2.1. 2.2. 2.3. 3.1. 3.2. 41. 4.2. 4.3, O grafico representa uma etapa da volta a um pais em bicicleta. Quantos quilémetros foram percorridos ao todo? Quantos quilémetros foram percorridos das 14 horas as 16 horas? Entre que horas consideras que os ciclistas tive- ram de percorrer a parte mais dificil da etapa? Na escola da Sofia, os alunos de Jardinagem estio a fazer um trabalho de recolha das alturas, em centi- metros, de algumas espécies plantadas nos canteiros da escola. Os dados por eles recolhidos sio apresen- tados no diagrama de caule-e-folhas ao lado. Quantas foram as espécies medidas? Concordas com a afirmacao: “A maioria das espé- cies mede menos de 40 cm”? Justifica. Um grupo de cientistas recolheu as alturas de algu- mas espécies gigantes de arvores. Os dados por eles recolhidos, em metros, sio apresentados a seguir. 68, 72, 64, 63, 59, 80, 64, 71, 69, 72, 80, 71, 59, 72, 71, 72 Constréi, no teu caderno, um diagrama de caule-e- -folhas para estes dados. Quantas arvores fizeram parte deste estudo? Qual é a percentagem de drvores com altura maior do que 70 m? 1/00758 2)1267 3/0456 4) 234 s|0122 Nome: Ne Tura. Média aritmética A média aritmética de um conjunto de dados numéricos é 0 quociente entre a soma dos respetivos valores e o ntimero total de dados. Representa-se por X. A média aritmética e a moda auxiliam-nos na anilise e interpretagéo da informacdo recolhida. © Observa as massas de seis ces diferentes. 1.1. Escreve as massas dos caes por ordem decrescente. 1.2. Qual é a média das massas destes caes? 1.3. Indica a moda das massas dos ces. © Miguel registou na tabela seguinte os eon NICE) gastos feitos em telefone, noanode 2012, | Janeiro | 31:55 | Julho | 33,44 pela sua familia. Fevereiro Agosto | 30,09 ays Margo. Setembro | 36,94 2.1. Quanto gastou em telefone, em média, a rasa oxmirl| 40.13 familia do Miguel no primeiro semestre i Noemie] 45.10 de 2012? Junho Dezembro| 34,83 2.2. Quanto gastou, em média, em telefone por més a familia do Miguel no segundo semestre de 2012? 2.3. 2.4. 3.1. 3.2. 3.3. 4.1. 6.1. 6.2. 6.3. Em que semestre a média dos gastos foi maior? Quanto gastou, em média, em telefone a familia do Miguel, em 2012? Lancou-se um dado com as faces numeradas u Nucor) 2lalalsle de 1 a 6. Os resultados foram organizados na face : ’ seguinte tabela de frequéncias. Gor sjwi7|sis Quantas vezes foi langado 0 dado? Qual é a moda? Paz, no teu caderno, um grafico de barras correspondente a esta tabela. Calcula a média: dos 10 primeiros niimeros pares; 4,2. dos 10 primeiros néimeros impares. A média de trés ntimeros é 12. Dois desses ntimeros sio 3 ¢ 20. Qual é 0 outro ntimero? Explica a tua resposta. A Diretora de Turma do Anténio perguntou aos alunos quantas horas costumavam dor- mir por dia, aproximadamente. Completa 0 grifico de barras, com a informacio da tabela ao lado onde esto as respostas de todos os alunos da turma. Quantos alunos (rapazes ¢ raparigas) da turma dormem 9 horas por dia? Calcula a média do ntimero de horas de sono por dia dos rapazes da turma do Antonio. Completa o grafico de barras. Ne. Turma © Observaas figuras a0 lado. | 2.1. Indica um par de figuras geometricamente iguais. | | tia | ANE B 2.2. Quais sdo as figuras equivalentes? ! | Gg So I 2.3. Indica um par de figuras equivalentes, mas nao geo- =§-— | ae -|— metricamente iguais. |p © Afrea da figura , tendo como unidade é& (ay2 (B) 15 (cyl (D) 3) © Scjam A, Be Cas figuras a0 lado. 4.1, Determina a medida da rea das figuras B e C, tomando para unidade a area de A. 4.2. Calcula a medida da area das figuras A e C, tomando para unidade a rea de B. 5.1. 5.2. 6.1 6.3. Cada uma das figuras abaixo so constituidas por seis quadrados geometricamente iguais. @ ® Calcula o perimetro de cada uma das figuras, tomando como unidade o comprimento do lado de um quadrado. Perimetro A__ Perimetro B___ Perimetro C__ Calcula a area de cada uma das figuras, tomando como unidade a area um quadrado. Que podes concluir? Completa, atendendo as unidades: 85m? = 62. 12km? = hm? - = dam? - = m? 2,65 cm? = m 7 mm” = cm? = m = mm? Completa as tabelas, tendo em atencio as unidades. x5 x2 2cm? m? 36m cm. 13 dm? m* 10m cm 7m? m? 27m cm 1,5 km? m? 7m cm 42 hm? m? 9m cm 10m? m? 03m, cm Nome:. Area de um retangulo No. Turma, A medida da 4rea, em unidades quadradas, de um retangulo de lados consecutivos de medidas 6 e a (sendo 6 e a niimeros racionais positivos), em determinada unidade, € igualab xa. Ac = b xa Area de um quadrado A medida da drea, em unidades quadradas, de um quadrado dada a medida do com- primento ¢ (sendo c um néimero racional positivo) dos respetivos lados, em determi- nada unidade, é igual a c’ (Ié-se, “cao quadrado”). Ag=exe=0 © Calcula a drea dos retangulos da figura e apresenta o resultado em dm’. ® Tim ® TZ dam © Um quadrado tem 36 cm? de 4rea. 2. Qual € 0 seu perimetro? Qual é a medida do lado desse quadrado? 25mm ® 5mm 35mm 35 mm © 0 chio do quarto da Sara é retangular e tem as dimensées indicadas na figura. '5 metros 3.1. Que quantidade de alcatifa, em metros quadrados, vai ser necesséria para forrar o cho? 3.2. Se a Sara quiser colocar uma faixa de papel a todaa volta do quarto, de quantos metros vai precisar? © Calcula, em em?, a 4rea de um quadrado com 18 cm de perimetro. © 0s poligonos L, M, N, O sio retingulos. Completa a tabela seguinte. ee eet ede ona A oe 3 4 L em 7m n 6 cm? Quadrado 9 26 cn 36 cm? 24cm © Determina a Area, em decimetros quadrados, de um: 6.1. retdngulo com 8 dm de comprimento e 50 cm de largura. 6.2. quadrado com 15 cm de lado. 8.1. 8.2. A turma do Tomis fez um painel retangular com 1,65 m de comprimento e 75 cm de lar gura. Na construcio desse painel, foram utilizados azulejos quadrados com 15 em de lado. Quantos azulejos foram necessdrios para construir o painel? Explica como chegaste & tua resposta. Podes {azé-lo utilizando palavras, desenhos ou cileulos. Prova de Alericdo de Matemitica do 2.° Ciclo do Ensina Basic - 2003 O pai da Ana é colecionador de selos. Costuma con- servar os selos em bolsas de plistico com 15 cm de largura e 20 em de comprimento. Um selo tem 2,5 cm de largura e 4 cm de comprimento. Quantos selos cabero em cada bolsa se no os qui- ser sobrepor? De quantas bolsas vai precisar se quiser guardar 100 selos? O Anténio esté a colocar fatias de pio num tabuleiro, em filas, como mostra a figura. O interior do tabuleiro é um retngulo com 42 cm de comprimento e 33 em de largura. As fatias sio todas do mesmo tamanho e a sua base tem a forma de um quadrado com 5 cm de lado. No final, todas as filas vio ter o mesmo nimero de fatias inteiras. Qual é 0 néimero maximo de fatias inteiras de pao que 0 Anténio vai conseguir colocar no tabuleiro, sem as sobrepor? © 0 futebol de 7 é um jogo de iniciagdo ao futebol cujas regras sio idénticas as do futebol de 11. Uma das adaptagoes € o tamanho do campo que é cerca de metade do campo de futebol de 11. Assim: + comprimento maximo — 70 m * comprimento minimo - 50 m * largura maxima -— 55 m + largura minima - 40 m 10.1. Calcula a area maxima e a 4rea minima que o campo de Futebol de 7 pode ter. 10.2. A baliza tem também adaptacées: comprimento ~ 15 m; largura — 4,5 m. Calcula a Area da baliza. © Pretende-se semear relva num jardim retangular 30m como o da figura. 11.1. Calcula a medida do perimetro do jardim. 11.2. A semente de relva é vendida em sacos, dando cada saco para semear 100 m”. Quantos sacos so necessdrios para colocar relva no jardim? © A tnés recebeu pelos anos uma moldura quadrada. 12.1. Qual é a medida da area ocupada pela parte de madeira? 12.2, A fotografia tinha a forma retangular ¢ media 10 cm por 15 cm. Qual é a medida da area da fotografia que teve que ser cortada? Laima Nome: No. Turma. Area do paralelogramo Ajaraleograme = base altura Asaraeograme = 0 @ (sendo 6 e a ntimeros racionais positives) © Observa os paralelogramos. 1.1. Destaca os segmentos de reta que iv sao alturas dos paralelogramos. S / CG 1.2. Qual éa distancia entre as retas AB e DC? Utiliza a régua. 1.3. Qual é a distancia entre as retas EH e FG? Utiliza a régua. D c © _ Determina a érea dos seguintes paralelogramos: EH 27dm G FP=1,4dm E F 1 © Calcula a medida da érea de um paralelogramo com 3 cm de altura e 8 cm de base, de- pois de fazeres 0 seu esboco. © Determina, mentalmente, a medida da 4rea de um paralelogramo que tem 11 cm de base e 6 cm de altura. —8cm—. —6em— 0 avd do Marco trabalha numa indistria metalome- 2a cfnica que faz pecas como a da figura. Ajuda 0 Marco a calcular a medida da area da peca. Observa os paralelogramos A, B e C da figura. CI | A aa [TT RIT TI Traca uma altura em cada um dos paralelogramos. Calcula a medida da 4rea dos paralelogramos A, B e C, sabendo que cada quadricula tem 2 cm de lado. Calcula a medida do comprimento da base do H . paralelogramo [ABCD], sabendo que a sua NY £ area 6 943 cm? e a sua altura é 230 mm. x B Completa a tabela relativa a um eonjunto de quatro paralelogramos. A 12cm | 4cm B 0,12 m 6 dm? c 45cm| 18dm* D 2 dm? O Sr. Joio trocou um terreno retangular, de 100 metros por 80 metros, pelo terreno com a forma de um paralelogramo representado na figura. Tendo em atencio a medida da rea do terreno, ganhou ou perdeu com a troca? Jus- tifica a tua resposta. Nome: ne. Turma, Area do triangulo A — base X altura triangulo Atriingulo = bxa 2 (sendo 6 e@ ntimeros racionais positives) © Observa o tridngulo [ABC] da figura. A L.1. Com a ajuda da régua e do esquadro, traca uma altura do triangulo. 1.2. Marca o ponto H que € o pé da perpendicular tragada de A para CB. 1.3. Qual éa distancia do ponto Aa reta CB? Usaa régua. 1.4, Calcula a medida da area do triangulo, apés efetuares ¢ B as medigdes necessarias. © Determina a medida da drea dos triingulos retingulos seguintes. 21, 2.2 10cm 2 cm. 6 em} 5a 13cm Scm 3 =m 2.3. 2.4. 24cm es Won Fazendo as medicées necessirias, determina, em cm?, a medida de érea do seguinte triangulo. Apresenta os cdlculos que efetuares. Area do triangulo =___ em’. Adaptado da Frovu de Alericifo de Matematica -2.° Ciclo do Ensino Bésica ~ 2003 Completa a tabela referente a um conjunto de oito tridngulos. er) G D Ly G Base van 32mm] 3m | 27cm | 100mm] 2dm Altura gem | Adm | 9mm 3em | 10mm 08m Area Adm? 30m? 10.dm? | 16 dm? 0 Pedro quer construir um canteiro com a forma de um triingulo. Qual serd a medida da area desse canteiro se a base do triangulo medir 1,5 mea altura 1 m? Determina a medida da dea do qua- 18cm drilatero da figura. 13cm 17,2 14,1 ew O Luis ¢ a Inés esto a construir um papagaio de papel para um concurso i na sua escola. Que quantidade de papel de cada cor 50cm vio necessitar? 60 cm: 20 Ne. Turma, Areas por decomposicao Por vezes, temos de determinar a drea de uma figura da qual nao possuimos nenhuma formula para o fazer. Entao, recorre-se a decomposicao da figura em triangulos e quadrilateros. A soma das dreas é igual & drea total da figura. © Quanto custa cada la 90m um dos terrenos, A S eB, sabendo que 30m i” por cada metro quadrado pagare- mos 92,50 €? }—25 m—| 90m in| © Observaa planta da sala da Marta. 05| Quantos metros quadrados de alcatifa Pal 2m, sao necessarios para alcatifar a sala? am 5m © _Determina a medida da drea de cada uma das figuras seguintes (A) (B) © Oauulejo quadrado que o Carlos decorou tem 144 cm de perimetro. Calcula a medida da Area da parte verde do azulejo. © Na figura esté representado um espelho com uma moldura de madeira. Calcula a medida da area do es- pelho ea medida da drea da moldura. © O retingulo [ABCD] foi dividido em quatro partes. © quadrado x tem 81 m de area, o quadrado y tem 144 m? de rea ¢ o triangulo tem 102 m? de area Qual é a medida da drea do retingulo [ABCD]. Sem Zen Gem 4 Wem x w v z B Teo ya hes) Ficha diagnéstica A 4. aeb doretas paralelas; ced fo retas perpendiculares; e¢ #80 retas obliques i a aed wVSIBZz a 3. Reta —vermelta; semineta- prea; segmento de eta — aru 4.2. Sim. Paderos raga um nimera init de rots. (AA, Poderos rag uma ria. SA. tessioretasparalelas. 52. sehsio retas perpendiculares. 53. ke ssio retascbliquas 5A. heksoretas obliquas 6 oF 7. Nao zo ngulos ret Ficha 1 1. alae EDeBD bd ©) imersamente paral 5... [AE [EB [ED] e [60 ). ditarente parle. 12 a)ACeDD.pe. by 8080, pe. Ficha 2 At, BAD,C 12. 1 Tagararetar, 2° Manteno a réqua fa sobre a feta. apoar 0 esquadro sobre aréguar 32 Tiacara elas, 4° Desizand o ésquadio sobre a réque, tracar as elas Leu 13. Asretass, te wsé0 paraklas. 2 rn régua. esquadto...60° 5 5, teu... oblquas parleles x c 4 Ficha 3 1. oF 2 24.VOJ=28 22.102-5¥ 23.02 118" 2A, XOY = 35° 25.x0T = 115° 26. f£G= 130" Nao, o Rafe! deve le a escle superior do transeridor 120", 96¢ Ficha 4 * Minates og SoS #45031" 23531" wine e403" | azor 3" 23" cor as" 3008" 240 480" 285 5" 205 25" 12305" ao 230" | 2422"30 145 350" 2 24.270000" 22.5040" 233.17340" 24 344220" 235148437" 26.80 025" 3 32.186 BAT 4 anar ar oa 42. 30°20 43, 19° 52'08" 44.20" 07 58° 5 51,8235'02" 52,263 56 22" 53.114" 33°52" 5A 2°20" 18" 6 61182827" 62, 187° 0342" 63.658 33' 42" 6A, 199° 39 27" Fda 1. .t.Anguloreto;90° 12. Angie obtuso; 120° 113.Anguo aguo; 60"; 60° < 90% 120° 2 A-2:B-1 3 r ais 5% er cy oF a 0 ao 130 or 30 120° ais 245 or Se 25 35°35 2538 aris ae 50 a5 6 61.5% 76 62.0°e38" Fick 6 1 @ B a) yy B a ) » G © 0 2 21eeape 22.9e4,p.€ 2aceape 2aLben.p.e, 2s.aehpe 26.8235 ef = 45° 3. AW152°;B~ 70"; 110%; 70°; C~ 159%; 36°; D- 73° 4 yeti Ficha 8 2 21.150" 23.75 3. 34.Sim. 32.00¢ =37,5° 5. SARVT= 110° 5.2. Bissetriz do angulo Ficha diagnéstica B 4. Tranguios:2, 8; Quadtiaters: 1,3, 4,5, 8: Pertégoros: 67. 2 41,5, 6 quadiléteros 2 -tranguio 3.7 -dreuies <4 pertagono 8 -hexageno| 2 quadiléters (peralelograrmo e quacrado) eS trianguios. A-3,8-1,C-2,D-4 Hexagena Sim, porque tem es lados eas angulos igus. 6. Todos tem quatro iados (s40 quadrizters) Ficha 9 F nia 6 poligano ‘A quectado, B -hexagono, C - retangulp; D- tiangulo, E- pentigono. 13. ABE 2. Caracersticas comuns:lados iquas¢ paraelos dais 2 dois; qua- ‘tro &ngulos internos retos. Caradteristeas distintas: © quacrado tem os lados todos iguais; ‘ retangulo tem as lados quai dois a dois Tridngules, quedrlteros e hexégonos. Prisma hexagonal Hexagena INS vertices 12; Né arestas~ 18; N? faces 8 6 61.AB,.CEFeEG 626 63.BeC 64.EeF 65.A Ficha 10 LA 2 3715 4. 80% ou 120° 5. 2? 6 50° 7 1877 eor & WF @-VO-F0)-F 9. [BAC] Widnguloiséscoesreténgulo. [DEF] TiSrgul escalene obtusingulo ING] Tigrgulo equlétew ecuténgulo 40, Esquadro rosa ~ Tinguloisésceles etngulo Esquadro verde ~Triéngulo escaleno reténguio 1. a mis | ES coe ES | Eas ianguio acuténgulo 3.67 Trangule rerangulo Tangulo obtusinguo 4g 121, [ABD] e [BCD] p.e 422 [AB], [BCL (ADI), [CDI [ABI pc 123, [ABC e ACD} 124. [ABI], [CDe AEl, pe BL A c B 13.2. Catetos, 14 80° 15. 35° 16. dom 7, 31.cm,32cme 33cm. Tanguib excaleno, 133. Hipotenuse Ficha 11 1, atb4c= 360" 20 a= 140;B:a= 120° 3 Ax AS®y = 35°; Bex 70% y= 130° ‘ A 60" 10" B as 9) 7 c ae es @ o ar 50" oO" Ficha 12 2, MNP-= 60° Iangulo acutangulo. 3, TB=DE ou énguo Ae 0 énguio Figuzs. 4, ALAL.x=486n B) UL x= 32 QUAL x=25en D)uL x= 50° E)LAL x= 12cm 6 Sim. Citerio ALA, 7. Sim. Citério LAL Ficha 13 1 1A AeC. 12, Tringula escaleno. 2. (@)—F:Exste o manguocujes das mecem 7 cm, 6cme 2m, pos 7<6+2. (O)-F; Nao existe « tringulo cus lados medam 15 em, 10¢m e4cm, pos 15> 1044 3. B41, Tingulo escaleno 3.2, Tringula iséscoles 4 @A=59%8 60° e=60 wc=1s 5. SALNao 5.2. Neo 6 GAA ~AC~8C~ 6m, pe. 62.75 =AC=6on,BC= 13em,pe. 7. Oque partu de A Ficha 14 1 23,526 2 3. (A)Losango; (8) Retingulo Axe 51. BAD=25° 6 Wx=3?,(0)x=8em, x= 22° Ficha diagnéstica C 1.4. Circundar todos os nimetos pares: 0. 2,4, 6.8, 10,12. 14, 16. 18, 20, 22, 24, 25, 28, 30, 32, 34, 36,38, 40, 42, 44 12. 20 ) Sim. Sim, Sao ambos niimeros pares. 1412; 1914; 1116, 2. Circundar os ntmetos cu algarisma das unidades ¢ 0 0u 5:0, 5, 10, 15, 20,25, 20, 35, 40,45, a)o b) Sim. Sim. Nao. S20 miltplas de 5 apenas os ndmeres cujo algarsmo das unidadas é 0 cu. 3 7415 4, 27,36; 45;54(p.0) 22. 5. Adicionar os algarismas e verfcar sa a soma dos algarismos ¢ malo de 3. 6A. 3 Rodear os que terrinam em 0 ou 5: 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45,50, 58, 60, 65, 70, 75, 80, 85, 90, 95, 100. 63. 75. 2 Dg (1,2,4,5, 10, 20} a 269 3. 245 Ficha 15, 1A. 4,8 10, 14,16 po 12. 3.9,15,21.27.p.2 13. 6,12, 18,24,30, pe 2 4 2 8 a 44.2 42.0 5. 1948 150; 152; 258; 328; 500; 5000 1-15; 150; 500; 855; 5000 150, 500, 5000 1. 855 15, 150, 258, 855 3.152, 328, 500, 5000 2. W-F(8)-F(0-¥.0)-F O-60-F 8&4, (6)2,(C)0;(0)1 8. 91. Nioeiite 92.2,p-2 93.8 10. Ad. pe. 102.5.p.e 103.0 10.4.5 105.2.p2 108.0,p.e 107.3. pe 108.6p.¢ M1, 114.142; 170, 548 1122.21, 279, 945 113,548 114.279, 945 115.945 12124... dhiscres 122. _-miliplos 123... pares. 124.10. 12 1341.2, 6.37, 56,60 132.7;55 123.6,60 134.560, 935.557; 13; 17,58. 136. €0, 14. 141.2590 142.5520 143. 9520 15. 151.6 152.1 153.8 16.1. 48 chocolates 16.2. Nio, porque $0 nio é mitipo de6. 17, 144 rit. 18. (A-V; 8)~¥5(C)~F(0) - - VIF, (G)-V, HF 18. For2e3~ 1038,534;160 Por 2e 5-60; 550 Per 35-60; 45 Ficha 16 4 44.1,2,3,4,6,12 12.Néo. 20 BOS 4 5. Odicendo também ¢ dviswe por 7(Pop.3) 6 64.564=20%28+4 6.2. 560 6A. Sim. Prop.) 6.5m 2 we. & 134 19=28; 174 19=36.Sim. 9, No, porque a soma ésempre um nimro impar Ficha 17 4. A.mde (5,90) = 15 13.mde(15, 48) =3 415. mme (20, 100) = 300 47.mme (11,15 13.mdc G5, 40)=5 Seo méitro disor comum ¢ 1,0 minimo mattpio comum é0 Droduto entre ees 12.mde (18, 24 1A.md.c (6, 18)=6 1.6, ma.c (24, 36) = 12 1.8, mace (12, 24, 48) =12 baw aL 3.2. Everdad: SPE ee fe Ficha diagnéstica D 14,.3,2 oa 2 ¢ e &, 5 62.77 -73 10 0.459 64.2 =05 70 0,8; 0.75:0,6: 1.5:0.4 24.1,257 83.0,35 85, 196,13 86. Quatro mi quinhentas e tina 2 duas décimas. 87. Sesenta e cca mi quetrocenas eseenta ecto centésimas. 88, Dez mile tes unidades o sate milésiras. 83, Novem e quaenta uniades e sete centesimes. £8.10. Duas nil novecentaseoitenta e sete milésimas 94.193;203,213;223 92.16; 18,222 8214 84..0,002 93.1; 1,5; 94. 10,4; 10,5; 10,6; 10,7 10. 0 acticar e amanteiga pesam o mesmo. 11, Perdeu 16 estrelas. 12. A ciferenca é de 24 lampades. Ficha 18 1 ad 3 a 2 214 223 23.4 24 8 3 3, Ltd0cnoutm “ 2 3 5 “res quintos 4 2 7 Deis sétimos + 1 5 | umseds + 1 2 Um meio 3 5 8 Cinco oitaues 4 " 3 Onze tercos ‘catorze Bio 3 [fees 5. 20veres. 6. Tem 12 aparigas 22 1 Be é ABE ebi 1 1 5 15 = sojtoe jt RS 48 wi Per Pg Ce Fidia 19 x x x x x x 6.8 gl 2 o> 12 9 14 3 32300 aka 3.5.2 36.8 pal ast ai 23 awd 41s. 22.4 70 “30 “a0 5 _18 2 0 “25 “90 6 92 10° 15 20 5. 2, por exempl, a «612 62.4 8 7 an) & 81.210 a2 od 135 135 126 126 Ficha 20 1 O 5 4 z 2 ae pst pe ag ds oF 2 5 3 ad age 3 5 1G MS Bas > ax a> > = 41, 0,913< 9,135 < 91,35< 91,53 42, 0,9.<0,989 <0,098 < 1,1 5 5.1.7.32003 5.2. 732.003 6 a)27,p.e. b) 12,53 pe 90.71.p.2 d)235.p.e. ) 7,019, pe. 325,p.e. 19) 5.035, p.& 1) 0,908, p. 1,331, pe 2 ® a 10.1. 4 ea fracio que representa uma fia da pica repical t 6 a fracgo que representa uma fata da piza camponesa, 14 10.2. 0.030, pas 1 > 1. eS 14.4, Na mesa das 15 sandes. 11.2. Quer estiver na mesa dos 6 menines. 12, Oatleta com o nimero 17 na carisola 13, Nameros menores do que 1:4; 5; 2, 567 A 7 Nameros igus a 2 mers mains do que 1:2; 5 22,15 25 Ficha 21 6 Ainda tem doroio de ita, 7. Gastou 3h 30 min. a2 82. 100alunos. 83. 100aluncs. Fidha 22 41.1. Propriedade do elemento neutva da adigéo. 12. Propriedade comutativa da ediggo. 113, Propriedade associativa da atigao. 14. Prepriedade do elemento neurra da adic. 15. Propriedade associativa da adigao. 116 Propriedade comutativa da adiczo. 117. Propriedade associativa da aicao. 2 24.0 22.17;4 23.5 24.0 25.0,75;1,15 6 642b-5 22 63.102 = 32 33 7. Dozemsias peras. & 81.6 272 6 a3. sacl 9 10 Ficha 28 4. 144.6009 1.2.250g 13.500g 1.4.250g 2 2.2 22d 5 9 23.100 24.2, 3 25.2 26,22 30 5 27.0 2ad 16 21a 3a. 1440 7 3]+)4]2]2 ai(7|3|3 slzlalalsl, s(|s [Bl sl[s 3/3]/3/3 5 T\|2 [eB | w]e 2|,/4/2/4] 29 = vl|al sia i l2l4{a 5 z|3|uls|e 5. 30minutos. 6 2. 5 rd 2 8. Andrea - 400 euros; Joana ~ 300 euros; Filipe - 300 euros. Ficha 25 14. 2,4 Popiaideaacava da mutase 12. asl Propriedade comutatva da muitiplicacgo 13. 2:2. Propriedade dstibutiva da multpicacao em relacio 8 7 edgic. 2-3. propiedade drut da multpcxso em rolagio a subtracio. 43x12-3 2 a 0:8 Pepi deena dente de mula 16 1205 eoresse co enue recrcamues 2 a2 22.07 23.23 za BR 3404 322 33.0 ut 355 361 2 4 442 42.6 a2 44.2 5 @ 6 61d 63.2 64.5 3 63.2 62.5 oat 3 ia Ficha 26, 23 3 aad ome aaa a 348 322 gat aad 75 a 35.16 36.5 and 3.1 HG aa 310.18 an a28 a Oamcmeéunnimomn doce! 22 Ofumereeumnnen ewan 1h Sdeomeeunaneogulet foams dies 6. Em cede prestaséo, pega do vor do computador. 7. Cadaum comea-L de pen 2 Kchuloomata ase 2 Galpin dee toa, 2 102.6 ; 3a. 2 al 3° 8 a a 2 7 7 7 5 5 z z 11.2, Verdadeic. 2 1 ay Sees 1 1 4 A 3 3 5 i m ® 122, Veidadsia 43, Pode fazer 12 corinas 14. Cort 1k? de oka 15. 15.1.7 152.3 2 153.0 15.4.5, 9 18 155.2 156,21 2 0 16. 161.4 162.22, 2 Fr 16.3.3 164,23 2 3 165.38 166.318 ° ae Ficha 27 1 40] [a1 40|[ 15 AE 6 2 2. 72. 2a aad 32.17 33.28 BAS 35.11 36.66 43,204 3x74 15 21280421 + 15 = 33,804 15 = 4880 + O dobre de soma de urn meio com un tere, 14 waxi 8 36 + Metade da ciferenga entte dois « um quarto. taeespecore | space 5 1 2 (ed xi = 16 and sad 3 2 sel sad 2 3 361 9 310.251 and 14. ().0 prego dos 2 marcadares. (1) 0 custo dos 3 adernas. Ail) © custo total da compra que o Flige efetuau. (0M) Otraco queo Flpe recebeu. 92. Owece que. Filpe recebeu fei 8 85€. 10.1. (A) Quantidode de cxrejas que a Margarida comprou. (8) Guantidade de uvas que a Margerida compro (c) Quantidade de fruta que a Margarida comprou. 10.2. A Margarida comprou 3 kg de fruta 1 14.7 112.14 113.9 nad 15.22 116.2 117.2 3 2 3 19.3, 1.10.1 1111.8 2 Fidia 28 1A. A-03;8-15:C- 30-49; £-451;F- 455; 6-470; H-478 12. -45F-47 2 6 3 -M3mingos 4. (A) 22, (8) 180, (Q 318, (0) 37 5 SASUMOE 52386 $3,136 Ficha 29 2 236 25.2525 29.165 22.6 26.33 23.04 27.318.2 24.256 28.99 BA. Odesconio ci de 8216 3.2. A Cara pagou 94,45€ 44. Oaumento foi de 33,13 € 42. Ovencimanto passou aser 1358,13€ 5. Houve engeno nas etiquetas Be C. B-68€ C-102€ 6. Oluis conseque poupa 15 € 7. Aoana passa 25% ce dia na escola Ficha diagnéstico E 1A. Diageama de Carol 4112. Respeneram an inquétita 209 aluncs 13. 45 rpargas. 4A. S8rapazes. 2a. 22. 0, 6,12, 18, 24, 30, 36. Sao mips de 2, pos saa numeres pare, 3“ Caramelos Caramelos vedondos’ de menta 25} 321. 337. 34.2, 4 Matuting loticias Correio 5 5a.17 52.26, 5.3, Minima: 17; maxima: 32.5.8, Ampito: 15 Ficha 30 1A. A16, 3:85, 4);C.2, 2:01) 1.2 Quadriatero. 2 == 2.1. Parque autormovel. 22.8.3) 23. Umparque 2.01) 25.(3, 0) 3. Cumtrangue exdeno Ficha 32 Te eT " a ee 2 | Judo = 0,08 r | I Futebol 4 016 Pte a bee Karte 2_|_008 ‘Andsbal 5 [020 A A0.48(0,2;C8. 9:06, 1,680) Gaxquetetal | 3] 0.12 Badmringion | 1 | 004 5 aha Nerhum 2_| 008 i 2 1.2. A turma tem 25 alunes. eed * | 8 [2/6 2 a Ficha 31 Modalidade desportiva 1. 24. foram percoridos 210 km EXE) Cone LD 22. foram percorricas 95 km. 132 1 1 | 003 |] 23° bas 13 hers is theres 133 i 4 | 013 || a4. focanmadides 20 especies 135 nl Pa ee 136 iL > [ot || ay 37 tl 3 | ot a) aasea 13a 1 2 [008 = 1 Ton 2| sn2222 140 I 1 0.03 s]o 142 1 2 008 || 42. 16anares. 143 Kl 7 023 | | 43: 5625%. 14a 1 2 [005 || Ficha 33 145 T 1 [003 || a1, s4>40>30>25>20 12. F-231 12. 1430 13,3025. 14.3% 13. 5a 15. 16%. 1.6, 12 alunos. 2.4. A familia do Miguel gastou, em média, 36,24 € 2.1, foram mais requiitados os los de aventura ederomance, | 22. fami do Miguel gastou, em média, 2675 € 212. foram menos requbstados os tos 2 poesiae depaasde | 23. No 1 semeste teat, 2A, Gastou,em més, 36,79 € 2.3. foram requisites 98 ius. 3.1. O dado foi lancado 50 vezes. 2a. 153%. Dor 25. 0,13 42, Amodae 3.1. frequentam c clube 37 alunos. 3.2. frequertanc cube 18 repazes e 19 repariges 33. 9 wpatgas 3.4. 46%. 3.5. Afrequénciarelatva€ 0,51 33. Lanamento de um dado Sutin aie soe T2345,6 AS aeface 4A, Amedaes. 2. Amédaé 10. 53 6A. S alunos 62. 95hotas 2 As figuras 1ém todas a mesma dtea, mas Ae = 6: a= 6; Ae perietros dilerentes, 85 dant? = 0,0085 him? 12000 darv? = 1 200 00m? 0,0265 ein = 265 mu? = 0,000265 m? G4. 05d? = 0005 m= 50 cr? = 50 000 me? % [goat RO ea 065 mF 2000 m 360 Stan 7500 000 nF 1400 cm 20000? 1800 cm c0n? dem Ficha 34 A= 8100 dn? e025 dn 22,24cm 3 34.15 m? 3.2.16m 4a 2025cr 5 3 4 12 | 82 den | Sen [Bor] Ben] retinue 4cn | 4am | 16cm? | 16cm | Quadrado can | acm | sear | Joc | Retnguc écm | Gem | 36am’ | 24cm] Quadrado 6 6.1.40d0? 622,25 dn? 2, Salen 8 84.30seos 32.dbobes 9. aatatas 10.1. Area maxima: 2850 m?; Area minima: 2000 m? 102. 67,5m° M M14.7280m 112.3 sos 12. 12.4. 224 cm’ 12.2. 50 cm? Ficha 35 4 12.516 13.2300 2 2 178 da? 22A=2080° 3B Astor A 66cn? ‘S. A=64cm? 6 ABO cm’; B. 28a; C20 cm? 2. Rixttem 7 Base ey) alr [aon | asean? B | 012m osm 6em «| 400 45cm 18cm? D[sanpe) [3umipe) [2a 9. Perdeu drea de terreno com a troca. Ficha 36 Weta 4 c H B 13. Son 14. 0c? 2 2A.As24c 23.A=icm 7 Bo Astor 30 cm 28cm : ira A trom 19cn 161,5 erm? 8 |2¢n Adm Adm! ¢[32mm — [omm 4A ma? p|3m 20m 30m E | 27cm 3m 40,5 cr? F [100mm — | 10mm 500 ram? 6 |2an toa 10 da? H | 4an om 16 da? 5. Amedida da area 60,75 0? 6 A=23826cn! 2. Vermatha ~ 250 er?; Amarelo ~ 250 cr; Azul - 750 crn?, Vorde - 750 err? Ficha 37 A= 1008 em? Ave = 009 TF ‘So necesstios 23,4 i? de aeaifa (A= 275 ar; 8) 285 cx? Acocte = 0 6? Again = 72.01? ( terrena A custa 93 425 €¢ 0 ferreno B custa 777 000 €.