Você está na página 1de 24

PUB

Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • •1

PUB
1041
19 dezembro 2019
Ano 19
quinta-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Fundão
IBM instala
Centro de
Pavilhão multiusos da
Inovação
Tecnológica Guarda pode surgir no
Parque Urbano do Rio Diz
Unidade vai desenvolver e gerir
soluções de energia e permitirá
criar pelos menos 30 postos de
trabalho no primeiro ano, de
acordo com o protocolo de par-
ceria celebrado entre a empresa
e o município _ ____________ 9

Trancoso
Moreira de
Rei tem maior
maior necrópole
de sepulturas
antropomórficas
da Península
Ibérica
Arqueólogos descobriram cerca
de 550 sepulturas antropomór-
ficas em redor da Igreja de Santa
FILHOSES
assistenteweb.com
Marinha e estimam que possam
ser reveladas mais nas próximas A polémica está instalada com a mudança da localização do futuro Centro de Exposições Transfronteiriço, que jáRABANADAS
não será construído na
escavações _________________ 12 zona da antiga fábrica Tavares. A desafetação de uma parcela de 10 mil metros quadrados do domínio públicoLAMPREIA
para o domínio
DEprivado
OVOS
do município no parque Polis foi quanto bastou para fazer estalar a contestação. A Sociedade Têxtil Manuel Rodrigues Tavares
FABRICO já reagiu e
PRÓPRIO
acusa a Câmara de não cumprir o acordado, mas mantém disponibilidade para voltar à mesa das negociações Págs 4 e 5

PARA O CLIENTE QUE GOSTA DE PADARIA E PASTELARIA ARTESANAL E TRADICIONAL

Consoada nos hotéis


PUB

BOLO REI ESPECIAL AVENIDA


BOLO REI DE CASTANHAS

quase esgotada
BOLO REI DE CHOCOLATE
FILHOSES - RABANADAS
LAMPREIA DE OVOS
Passar a noite de Natal em hotéis é uma forma alternativa de viver a tradição. Com
preços mais ou menos apelativos, a tendência é de aumento da procura com grande
parte dos hotéis da região lotados para a ceia de Natal Pág.10
PUB

PASTELARIA - PADARIA - CAFETARIA - PIZZARIA - FABRICO PRÓPRIO

Pasteleria Avenida
2• • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Cara
Entrevista
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara

«Acredito ter
Ricardo Nora
Vale do Côa Candidato único à presidência da AAUBI
Idade: 23 anos

as motivações
A classificação do Vale do Côa como
Naturalidade: Sé Nova, Coimbra
Património da Humanidade celebrou o seu
21º aniversário no passado sábado. “As Currículo: Licenciado em Gestão pela UBI,
gravuras que não sabem nadar” sobrevi- mestrado em Engenharia e Gestão Indus-

certas para levar


veram ao projeto da barragem, nos anos trial, presidente da direção do UBIGEST em
90, graças à preserverança de todos os que 2016 e 2017, coordenador geral do Encon-
defenderam um Parque Arqueológico que é tro Nacional de Estudantes de Economia e
Gestão (ENEEG) em 2018 e tesoureiro da
hoje uma referência mundial. Já o Museu
direção da AAUBI em 2019. Foi membro

este projeto a
do Côa assumiu-se como uma obra icónica
do Conselho Geral da UBI e membro do
de arquitetura e repositório da memória da Conselho Pedagógico da Faculdade de
humanidade. Engenharias da UBI, também em 2019.
Livro favorito: “Ensaio sobre a Cegueira”,

bom porto»
de José Saramago
Filme favorito: “Amigos Improváveis”,
de Olivier Nakache e Éric Toledano
Fundão
P - Porque razão decidiu candi- passará por uma análise objetiva e
A multinacional IBM vai instalar um Cen-
datar-se à direção da AAUBI? crítica dos resultados obtidos pelas
tro de Inovação Tecnológica no Fundão. A
R - Uma candidatura desta exigên- equipas nas diferentes modalidades.
atividade terá como foco o desenvolvimento
cia revela a necessidade de alguma Serão tidos em conta parâmetros como
e gestão de soluções de energia e permitirá
ponderação. Com base no trabalho o número de novos atletas que integram
criar pelos menos 30 postos de trabalho
desenvolvido ao longo deste man- a modalidade de ano para a ano, a pro-
no primeiro ano. A cidade da Cova da Beira
dato e acumulando a experiência do jeção de progressão da própria equipa
ganha assim mais uma âncora para a sus-
associativismo, vi-me na obrigação e, naturalmente, os investimentos e
tentabilidade de um concelho que marca a
de avançar com uma candidatura sé- custos associados a cada equipa.
diferença no interior.
ria. Uma candidatura dos estudantes
para os estudantes. A necessidade de P - Como avalia o mandato que
dar continuação a inúmeros projetos agora termina, de Afonso Gomes?
iniciados este ano, como a redução do R - A AAUBI fez no passado mês de
passivo financeiro, a reestruturação e novembro 31 anos de existência, sendo
Guarda Up a aposta no desporto universitário uma estrutura que tem criado impacto
e federado, e a aproximação na comunidade e tem demonstrado
O clube de basquetebol que nasceu há aos núcleos integrantes da ser uma das maiores instituições
um ano conquistou já o seu espaço com AAUBI, foram fatores chave da nossa região! O trabalho con-
resultados acima do previsto. A equipa para avançar. Acredito que tínuo por parte dos estudantes
masculina sub-14 do Guarda Up sagrou-se tenho as motivações cer- nos últimos anos, e no último
campeã distrital no último fim de semana. Os tas para levar este projeto mandato, liderado pelo Afon-
jovens guardenses, que já tinham liderado a a bom porto. so Gomes, não foi diferente,
fase regular, venceram a fase final, que de- têm sido um contínuo cres-
correu na cidade mais alta. A equipa feminina P - Quais as suas pro- cimento e contributo para
do mesmo escalão vai pelo mesmo caminho postas mais relevantes? uma AAUBI cada vez
estando a um jogo de se sagrar campeã R - Os principais focos mais forte e coesa.
regional. Em ambos os casos a aspiração, para o próximo mandato
agora, é chegar ao campeonato nacional. p a s s a rã o p o r u m a re e s - P - Esta não é
truturação e renovação de a sua estreia no
unidades e equipamentos da associativismo
instituição com o intuito de académico. Foi
poder tornar a sede da AAUBI até agora tesou-
num espaço mais atrativo e reiro da AAUBI
atraente para os estudantes. A e, durante dois
aproximação aos núcleos de es- anos, presidiu
tudantes e culturais integrantes ao Núcleo de Es-
da AAUBI, com apoio financeiro tudantes de Gestão
Sérgio Costa e personalizado e formação especí-
fica e adaptada, e a estabilidade
da UBI – UBIGEST. Na sua opi-
nião, de que forma este tipo de
Victor Amaral financeira e a redução do passi-
vo financeiro foram bandeiras
envolvimento pode enriquecer
a experiência dos estudantes?
A Câmara da Guarda tomou, na pas- do atual mandato, no entanto, é P - De que forma pretende fazer É algo que incentiva?
sada sexta-feira, uma das decisões mais necessário continuar esse trabalho e essa «reestruturação» do desporto R - Sim, sem dúvida. O Núcleo de
importantes deste mandato, mas à reunião ambicionar ir mais longe neste aspeto. académico que referiu? Estudantes de Gestão da UBI (UBI-
do executivo faltaram dois vereadores da O ano de 2020 estará marcado pela R - O desporto universitário tem GEST) foi o meu primeiro contacto
maioria. Por muito boas razões que tives- receção nos municípios da Covilhã e sido uma grande marca da nossa direto com o associativismo, passando
sem, Sérgio Costa, que é também vice- Fundão das Fases Finais dos Campeo- academia nos últimos anos, nomeada- no primeiro ano pelo Departamento
presidente da autarquia, e Victor Amaral natos Nacionais Universitários, com a mente com a conquista de medalhas e Cultural do Núcleo e nos dois anos
não participaram na votação da desafe- organização da AAUBI, por isso pare- classificações honrosas em campeona- seguintes como presidente do mesmo,
tação de uma parcela do Parque Urbano ce-me ser o momento adequado para tos nacionais e europeus, e a aposta em valorizo bastante esta passagem e re-
do Rio Diz e, com isso, escapuliram-se da se proceder a uma reestruturação e projetos federados. No nosso mandato comendo todos os ubianos a darem o
polémica que está a engrossar em torno da ao mesmo tempo fazer uma aposta pretendemos continuar o trabalho de seu contributo ao núcleo de estudan-
construção do futuro Centro de Exposições no desporto universitário e federado, excelência que tem vindo a ser feito, tes do seu curso. A experiência como
Transfronteiriço. Foi coincidência ou estra- nomeadamente, com a modernização através de uma organização compe- tesoureiro da “Casa Azul” foi funda-
tégia? O futuro o dirá. dos equipamentos desportivos. O tente e diferenciadora das fases finais mental e bastante enriquecedora ao
próximo ano ficará também marcado dos Nacionais universitários, e preten- nível de competências técnicas e de
pela realização do Encontro Nacional demos ainda proceder a uma “reestru- trabalho em grupo. No fundo, consi-
de Direções Associativas (ENDA), em turação” do desporto académico. Numa dero que nos últimos anos conheci e
março. primeira instância essa intervenção senti a estrutura num todo.
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • •3

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

Estragar o que está bem


ou compor o que está mal?
Há vinte anos, a Guarda teve o período de maior desenvolvimento, a
todos os níveis. Foi um tempo de crescimento urbano (o concelho chegou
aos 44 mil habitantes, hoje tem menos de 38 mil), de dinâmica económica
(assente essencialmente na Reicab/Delphi que chegou aos três mil trabalha-
dores), de obras e infraestruturas públicas (no seguimento da construção da
VICEG, construíram-se as Piscinas Municipais, foi edificado o TMG, avançou
a Biblioteca Municipal, apareceram espaços de lazer e jardins como o dos
Castelos Velhos, requalificou-se a avenida Monsenhor Mendes do Carmo
onde havia uma velha estrada nacional, recuperaram-se alguns edifícios
emblemáticos, como os Paços de Concelho. o Teles de Vasconcelos ou o Paço
da Cultura e Centro Cultural…) e entrou-se no século XXI, no novo milénio,
com uma “certa” modernidade. Ainda nesse tempo, das comemorações dos


800 anos da Guarda, nasceram outros vários projetos que prometiam «pôr
a cidade no mapa» e emergiu o Programa Polis (a nível nacional). Foi assim
que nasceu o melhor parque de lazer do interior do país (o Parque Urbano do Rio
Diz) ou o lançamento da PLIE (que chegou
a ser apadrinhado pelo então Presidente
da República Jorge Sampaio, mas quase
morria à nascença por inépcia dos políti-
cos e gestores da cidade). E até nasceu e
se afirmou o Jornal O INTERIOR….
Por empenho e arte ou pelas cir-
Optar pela cunstâncias do tempo, Maria do Carmo
construção do CET Borges era a presidente da Câmara da
Guarda nesse tempo (foi-o entre 1994 e
numa das zonas 2004). A Guarda teve então a ambição e
A árvore de Natal nunca preferidas dos
guardenses vai
os projetos certos, ainda que por vários
desacertos, muitas coisas teriam uma
opinião
Fidélia Pissarra morre provocar o maior péssima continuidade – em especial
quando o PS entregou a cidade a Joa-
descontentamento quim Valente e Virgílio Bento.
Só muito dificilmente alguém imaginaria que da despensa e o centro da sala, do que qualquer e é intervir num A “revolução” prometida pelo Pro-
daquelas velhas caixas, arrancadas a custo às outra tradição ou adereço natalício.
profundezas da despensa, haveria de sair a árvore É que, sem se dar conta, as deambulações pelas local qualificado e grama Polis (com relógio de contagem
excelente decrescente instalado na rotunda criada
mais bonita dos últimos 20 natais. Há muito que a mercearias e papelarias, a ver de bolas, fitas e sinos
no antigo cruzamento da Avenida da
idade lhe levara os frágeis pés de plástico e, antes de chocolate para o Natal, acabaram. Os pinheiros de
Estação com a EN16 – hoje, avenida de S. Miguel) incluía a intervenção em
de a deixar sair dos bocados de cartão seguros a fita verdade, o musgo e as barracas da praça que vendiam
toda a encosta norte e nordeste da cidade: do Centro Histórico à Estação. Foi
adesiva em que se transformara a velha embalagem as imagens de barro para o presépio também. Sem
uma “festa de arquitetura”, controlada por poucos arquitetos, que prometia
de fábrica, havia que ir buscar o vaso cheio de terra aviso, mas previsivelmente, os pais, depois dos avós,
um “monorail” para ligar a estação dos comboios ao centro da cidade (o antigo
que costumava substituí-los. Depois sim, inicia-se morreram. Os grandes jantares de família também.
quartel do Bombeiros foi demolido para ali instalar a “estação” do “monorail”),
o ritual da montagem, com os ramos a estirarem-se Só o bacalhau com couves e o arroz de polvo, de que
um parque de lazer por toda a encosta do Rio Diz; edifícios modernos por
triangularmente entre os dedos ao ritmo das recor- ninguém gosta, persistem da família que agora se
todo o lado e milhões para mudar o mundo (guardense). Ainda antes da
dações de mais de meio século de natais. Dos natais, mostra ainda mais desconjuntada que o velho pinheiro
Sociedade Polis avançar, a Câmara da Guarda comprou a Fábrica Tavares,
antes das vias rápidas da CEE, lembra do cheiro a a que acrescenta mais uns sinos, umas estrelas e bolas
no Rio Diz, por dois milhões de euros (que tardaria 13 anos a pagar) para
musgo, com que atapetava o presépio, feito com douradas. Nesse instante, lembra-se de se lembrar
onde projetou um museu da água, inserido num parque de lazer que só viria
figuras de barro compradas na praça, misturado de que ainda lhe falta comprar os pinhões e as broas
a acontecer na zona mais húmida e pantanosa da cidade – mas ainda assim,
com o do pinheiro verdadeiro enfeitado com bolas, castelares. Passa pela revisão da lista das prendas,
a melhor intervenção feita na Guarda em muitos anos.
fitas reluzentes e pinhas de chocolate compradas enquanto mete os enfeites que não usou nas caixas e
Vinte anos depois… volta-se à Fábrica Tavares para instalar o Centro de
nas papelarias e mercearias da vizinhança calcor- as arruma, provisoriamente, no cimo da despensa e, a
Exposições (CET)! Porém, a autarquia pagou dois milhões de euros mas os
reada, interruptamente, durantes os quinze dias seguir, esconde atrás do móvel o fio da tripla a que, a
proprietários continuam a ser os anteriores donos (pese embora a Câmara
anteriores. Dos natais, depois das autoestradas da acreditar nos rótulos das embalagens, ligou as mais de
tenha o usufruto desde 2001 do imóvel para armazém, sem pagar IMI, sem
UE, lembra as instruções de montagem do pinheiro quinhentas luzinhas. Mais tarde, há de chegar o marido
fazer obras, sem proceder como proprietário e sem cumprir com o definido
e do presépio de plástico fabricados no outro lado que antes de lhe dizer que esta é a árvore de Natal
contratualmente na aquisição)! A escolha da Fábrica Tavares permitiria que
do mundo e comprados num centro comercial do mais bonita de sempre lhe perguntará se comprou
toda a zona fosse requalificada e, talvez, não fosse errado voltar à origem
Norte. Todos os anos pensa em comprar uma árvore uma árvore nova e, pelo menos até ao Dia de Reis, não
e ponderar a valorização ambiental de toda a encosta, inclusive recuperar
de natal, mas arranja sempre uma desculpa para voltarão a pensar mais no assunto. Por essa altura, à
o projeto do Museu da Água e desenvolver uma nova centralidade (que o
não o fazer. Um ano, porque para o ano já compra. semelhança do que vem sucedendo nos últimos anos,
Plano de Pormenor, entretanto feito, matou). Optar pela construção do CET
Outro, porque há que se ter consciência ecológica. ver-se-á aflita para guardar os ramos velhos, na caixa
numa das zonas preferidas dos guardenses, no Parque Urbano do Rio Diz,
Outro, porque não dá jeito e, de razão em razão, o ainda mais velha, e resmungará durante toda a tarde
vai provocar o maior descontentamento e é intervir num local qualificado e
velho e desconjuntado pinheiro de arame e plástico que a tarefa lhe demorará: “Para o ano, compro uma
excelente (não precisa de ser melhorado neste momento, ao contrário de
tem-se aguentado melhor, nas viagens entre o fundo árvore de Natal nova e deito esta para o lixo”.
muitos outros locais da cidade, da zona da Feira à encosta do Rio Diz), que
PUB até pode ser aceitável, se fosse feito um concurso de ideias para construir
uma obra emblemática, sem mexer demasiado no atual parque, mas se
for executada num contexto de parceria público-privada pode ser um flop
inaceitável, sobre o qual temos o direito a conhecer os contornos, os custos
e as rendas que podem hipotecar o futuro.
A todos os leitores Feliz Natal.
4• • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Câmara da Guarda Pedro Tavares d


já não quer pavilhão para «continuar
multiusos na antiga
«Soube pelos jornais que o em nove parcelas, sendo que, des-
Centro de Exposições poderia já tas, quatro foram pagas em 2002,
não ser construído nos terrenos duas em 2003, uma em 2005,
da fábrica». A afirmação é de outra no ano seguinte e a última

fábrica Tavares
Pedro Tavares, membro da ad- em junho de 2013, «exatamente
ministração da Sociedade Têxtil no final do mandato do presiden-
Manuel Rodrigues Tavares, que te Joaquim Valente» - dez anos
convocou uma conferência de depois da data limite - revelou
A polémica está instalada com a possível mudança da imprensa a propósito da possível Pedro Tavares. A empresa nunca
construção do CET no Parque solicitou indeminização nem
localização do futuro Centro de Exposições Transfronteiriço para Urbano do Rio Diz. pagamento de juros de mora à
o Parque Urbano do Rio Diz A empresa mostrou-se indig- Câmara, afirmou o administrador,
AR nada com esta mudança, uma vez que recordou que durante estes
que estava acordado ser constru- anos a autarquia tem usufruído
ído nos terrenos da antiga fábrica do espaço como armazém.
têxtil no Rio Diz. Pedro Tavares Desde essa época foram
entregou aos jornalistas os mapas mantidas conversações com o
e documentos comprovativos do executivo liderado por Álvaro
contrato promessa de compra e Amaro, que se prolongaram
venda estabelecido entre a em- até julho deste ano. Nesse mês
presa e a autarquia guardense e a autarquia, já presidida por
considerou que «houve o dito por Carlos Chaves Monteiro, enviou
não dito» neste negócio. uma carta à Sociedade Têxtil
Entre os documentos apre- Manuel Rodrigues Tavares, onde
sentados, a Sociedade Têxtil é mencionado que «já foram ou-
destacou o contrato de promessa torgadas as escrituras públicas
de compra e venda celebrado de compra e venda dos prédios
com a autarquia – e aprovado descritos» (algumas casas ane-
pelo executivo municipal a 12 de xas à fábrica) e que, por isso, a
Área junto ao iglódromo é «uma possibilidade, não é a localização definitiva», disse o presidente da autarquia, dezembro de 2001 – que oficializa empresa ficava «intimada para
Carlos Chaves Monteiro a aquisição da “Quinta do Rio Diz”, o cumprimento» desse acordo
Luis Martins Têxtil Manuel Rodrigues Tavares solário, que «não tem utilização na Guarda, num valor total de 400 no prazo de 30 dias. A esta
à Segurança Social por 800 mil pelos utentes», acrescentou Car- mil contos, cerca de 2 milhões de missiva a empresa respondeu
euros. Sem escritura, sem o visto los Chaves Monteiro. euros. «com desagradável surpresa»
A Câmara da Guarda tem do Tribunal de Contas ao negócio A construção deste equipa- «A pedido da Câmara Mu- – conforme é mencionado na
«base jurídica, financeira e téc- e com aquele ónus, tornou-se mento irá «satisfazer os interes- nicipal foi-nos dito para não resposta – e justifica que, de
nica» para poder construir o inviável uma solução naquele ses e as necessidades da Guarda reconstruirmos a fábrica após todas as obrigações acordadas,
futuro Centro de Exposições terreno», afirmou o autarca aos e dos guardenses», considera o o incêndio», recordou Pedro «o município ainda não cumpriu
Transfronteiriço (CET) na zona jornalistas. presidente da Câmara, mas tam- Tavares. Na altura, «para não o que se obrigou» relativamente
do parque urbano do Rio Diz, na Chaves Monteiro disse-se bém «modernizar e valorizar» a inviabilizarmos o projeto Po- ao destacamento da parcela de
Guarda-Gare. A decisão ainda não «perplexo» com esta situação e in- cidade. O edifício será ainda apro- lis», foi estabelecido o referido terreno, «nem poderá já fazê-lo,
está tomada, mas a desafetação sistiu que não há «objetivamente» veitado para ali instalar o futuro contrato no âmbito do qual era pois alterou, unilateralmente, o
de uma parcela de 10 mil metros decisão da Câmara para construir Centro Tecnológico Fernando «paga a área toda de construção plano de pormenor para o local,
quadrados do domínio público o pavilhão multiusos no parque Carvalho Rodrigues. «Temos que que estava na antiga fábrica», tornado impossível, assim, cum-
para o domínio privado do mu- urbano. «É uma possibilidade, ser audaciosos, mas com respon- além das casas localizadas na prir esta obrigação contratual».
nicípio naquele espaço verde foi não é a localização definitiva. Hoje sabilidade», especificou. Nesse mesma zona. Antes do contrato Em suma, a empresa ar-
quanto bastou para fazer estalar [sexta-feira] houve apenas um ato sentido, é intenção da Câmara ser celebrado, a 27 de dezembro gumenta que, não tendo sido
a polémica e a contestação. formal para ampliar as hipóteses celebrar um contrato de direito de 2001, «tivemos de, durante um feito o «destaque e muito me-
A deliberação foi tomada na do CET poder ser construído na de superfície com um privado, ano e meio, laborar numa fábrica nos a aprovação de qualquer
sexta-feira numa reunião extra- zona de estacionamento junto ao selecionado através de concurso em Espanha» mantendo os 50 loteamento» ou os acessos e
ordinária do executivo, em que iglódromo. Se for esta a solução, público, para construir o pavilhão trabalhadores. «Não despedimos infraestruturas a que a Câmara
não participaram os vereadores o Plano de Pormenor do parque e arrendá-lo posteriormente à ninguém até ao arranque da nova da Guarda estava obrigada, «nos
da maioria Sérgio Costa e Victor urbano terá que ser alterado», autarquia. «Esta solução liberta- fábrica», lembrou o empresário. termos contratuais, não se pode
Amaral, bem como o socialista disse, anunciando que «esta e nos do ponto de vista financeiro Com o dinheiro obtido «tivemos fazer a escritura». «Estivemos
Eduardo Brito. Votaram a favor outras localizações» constantes porque a Câmara não tem meios de comprar um terreno para sempre dispostos a fazer um
o presidente e as vereadoras do estudo realizado por uma próprios para concretizar a obra», edificar a nova fábrica» e todas acordo», reafirmou Pedro Ta-
Cecília Amaro e Lucília Monteiro, empresa do Porto serão coloca- disse o edil guardense. A constru- as infraestruturas necessárias ao vares, segundo o qual «durante
enquanto a socialista Cristina das em discussão pública. O edil ção do CET no Parque Urbano do seu funcionamento. De acordo 20 anos a Câmara não foi capaz
Correia votou contra. No final, acrescentou que esta localização, Rio Diz foi criticada pela verea- com o contrato celebrado, «a nos- de legalizar o terreno e cumprir
Carlos Chaves Monteiro justificou a segunda melhor a seguir à an- dora do PS Cristina Correia: «Já sa fábrica estava num terreno que o que estava no contrato». Por
a decisão dizendo que a autarquia tiga fábrica Tavares apresentada estragaram que chegue aquele a Câmara tinha que desanexar, esta razão, a sociedade não acei-
desistiu da construção do CET na no referido estudo, é vantajosa em espaço, que não se deve desca- fazer as infraestruras e legalizar tou fazer a escritura dos artigos
antiga fábrica Tavares, no Rio Diz, termos de «preço» e por ser um racterizar ainda mais. Se há mais o terreno para que pudéssemos remanescentes.
porque a empresa não escriturou espaço do município. «O facto de opções, há que pensar seriamente construir 162 apartamentos, isto Na carta de resposta, a em-
os terrenos em nome do municí- integrar a zona de Reserva Eco- nessas localizações», afirmou a há 20 anos», acrescentou o res- presa solicitava ainda o agen-
pio apesar deste já ter pago dois lógica Nacional (REN) é o único eleita da oposição. Cristina Cor- ponsável. «Demorámos 13 anos a damento de uma reunião com
milhões de euros de acordo com ponto fraco de uma análise SWOT reia adiantou aos jornalistas que receber a totalidade do dinheiro», o executivo, o que acabou por
um contrato promessa de compra realizada», revelou o autarca, para o assunto seria levado à sessão que, de acordo com o contrato, acontecer. Nessa reunião, que
e venda celebrado em 2001 pelo quem o CET irá «complementar da Assembleia Municipal desta deveria ser pago até 10 de junho decorreu em outubro passado,
executivo então liderado por o parque urbano em termos de quarta-feira, mas na véspera o de 2003. Segundo os documentos «foi-nos oferecido o valor de 600
Maria do Carmo Borges. «Verifi- fruição, pois vamos manter as ponto foi retirado da ordem de a que O INTERIOR teve acesso, mil euros pela compra do terre-
cámos, entretanto, que uma área funções daquele espaço verde trabalhos com o presidente da o pagamento do valor acordado no» adjacente à fábrica, ao invés
de 50 mil metros quadrados tinha e de lazer». Já o iglódromo será autarquia a garantir que o mesmo com o município – que ronda os de uma indeminização. Segundo
sido hipotecada pela Sociedade deslocalizado para a zona do «nunca chegou» a estar incluído. dois milhões de euros – foi feito Pedro Tavares, «nós pedimos um
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • •5

disponível UBI
AAUBI vai hoje a votos com candidato
único
r a negociar» SC
As eleições para o novo
presidente da Associação Aca-
démica da Universidade da Bei-
ra Interior (AAUBI) decorrem
ção aos núcleos de estudantes
e culturais integrantes da AAU-
BI», nomeadamente através
de formação e «a estabilidade
hoje. Ricardo Nora é o único financeira» da associação. Ricar-
candidato à sucessão de Afonso do Nora é o atual tesoureiro da
Gomes. O candidato tem como AAUBI e membro do Conselho
bandeiras «a reestruturação e Pedagógico da Faculdade de
renovação de unidades e equi- Engenharias da UBI. Veja a en-
pamentos da instituição», para trevista ao candidato na página
melhorar a sede, «a aproxima- 2, na rubrica “Cara a Cara”.

Pinhel
Feira das Tradições e Atividades
Económicas com inscrições abertas DR

milhão de euros, mas acabámos terreno onde se encontra a antiga tasse», sublinhou Pedro Tavares,
a reunião a apertar a mão ao pre- fábrica têxtil para construção do asseverando que essa aceitação
sidente e a fechar o negócio por novo Centro de Exposições, sob se concretizou. No entanto, o que
O município de Pinhel tem Tradições; 250 anos de história,
800 mil euros», afirmou o admi- condição de pagar a hipoteca do aconteceu na semana passada
a decorrer, até 24 de janeiro, as 25 anos de emoções”. A Feira das
nistrador. «Desses 800 mil euros mesmo à Segurança Social (que «surpreendeu» o empresário,
inscrições para a 25ª Feira das Tradições “tem vindo a crescer
não iríamos receber o valor do foi aplicada como garantia de que se diz «aberto» a continuar a
Tradições e Atividades Econó- e a afirmar-se pela qualidade
IMI que pagámos durante todos dívidas tributárias da empresa), negociar: «Se a Câmara cumprir o
micas, que terá lugar no fim de com que brinda os milhares de
estes anos», num valor total de 49 num valor que atingiria os 800 contrato – desanexarem, fizerem
semana de Carnaval. visitantes que anualmente pas-
541 mil euros, referentes a uma mil euros. «Foi isso que ficou acor- as infraestruturas e nos derem
Segundo a edilidade, o cer- sam pelo recinto daquele que é
propriedade de que a empresa dado e, nessa reunião, eu próprio o índice de construção dos 162
tame anual irá decorrer nos dias já considerado o maior certame
não usufruiu. frisei ao presidente da Câmara apartamentos – nós fazemos a
21, 22 e 23 de fevereiro de 2020, de inverno da Beira Interior”,
Neste acordo previa-se que que o negócio estaria fechado escritura dos terrenos», garante
com o tema “Pinhel e a Feira das refere a fonte.
a autarquia ficava na posse do desde que a Segurança Social acei- o empresário.

PUB

• Materiais
de Construção
• Bricolage
• decoração
Santiagos • jardim

Feliz Natal
PUB

e
Próspero Ano Novo
PUB

Santiago & Ca, Lda Avenida da República, nº 14


Apartado 8 • 6420-108 Trancoso

«Muito mais do que ferro e cimento...» www.gsantiago.com


geral@gsantiago.com

T: 271 811 293 • F: 271 812 118

Grupo Santiago
desde 1925
Ferro • Materiais de Construção • Produtos Alimentares
6• • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Bispo da Guarda diz que


PUB

é «obrigação» do Estado
apoiar IPSS
LM

O Governo deve «dialogar a sério»


com as instituições de apoio social
que estão a «passar por dificuldades
acrescidas» e ajudá-las a encontrar «ca-
minhos de sustentabilidade», apelou na
quinta-feira o Bispo da Guarda na sua
Mensagem de Natal.
Segundo Manuel Felício, as IPSS
com acordos de cooperação com a ad-
ministração pública são importantes
por apoiarem «as populações mais en-
velhecidas e serem, em muitos casos, «a
única oferta de emprego» existente nas
localidades. «Mas a verdade é que estão
a passar por dificuldades acrescidas,
principalmente devido às exigências
da legislação em vigor e porque as re-
formas dos seus utentes, em geral, são
muito reduzidas e têm diminuído no «onde eles já não existem ou estão em
seu poder de compra», referiu o prelado perigo». «O Natal e a mensagem de
na mensagem de Natal que divulgou Belém, ao colocar os mais pobres no
aos jornalistas. D. Manuel alertou que centro das nossas atenções, exige que
muitas das instituições «estão hoje a não fiquemos parados mas nos esfor-
viver de poupanças próprias, que pude- cemos conjuntamente por procurar as
ram fazer quando os apoios eram mais soluções mais ajustadas», acrescentou
significativos». D. Manuel. Questionado se o facto de a
Na sua opinião, chegou «o mo- Guarda acolher a Secretaria de Estado
mento» do Estado «dialogar a sério» da Ação Social poderá significar uma
com estas instituições para «ajudar a mudança de paradigma, D. Manuel
encontrar caminhos de sustentabilida- Felício respondeu ser «mais uma razão
de» para a prestação desses serviços de esperança».

PUB

Edifícios e Obras Públicas das Beiras, Lda

Funcionários
admitem-se
• Engenheiros •
• Encarregados •
• Pedreiros •
• Serventes •

A Edibeiras deseja a todos


um Feliz Natal
e Próspero Ano Novo
tel.: 271 084 134 • fax.: 271 084 135
edibeiras@gmail.com
Plie - Plataforma Logística de Iniciativa Empresarial
Lote 58 - Casal de Cinza • 6300-071 Guarda
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • •7

Aldeia Viçosa PUB

“Maior presépio tradicional” já pode ser visitado DR

«O motivo bíblico deu o mote para mergulho, que estão lá representadas. Mais
a montagem de um autêntico museu em de duzentas peças e figuras foram aliadas
miniatura, com mais de 100 m2, que vai a duas dezenas de espaços construídos
muito além dos espaços de Natal», segundo manualmente pelo “Mestre Ezequiel”,
a Junta de Freguesia de Aldeia Viçosa. e podem ser visitados diariamente no
O “Maior Presépio Tradicional” já está Salão Cultural de Aldeia Viçosa, entre
exposto na aldeia guardense e inclui, além as 9h00 e as 19h00, até dia de Reis. Aos
da Sagrada Família, uma Gruta, Pastores domingos o espaço encerra às 17 horas,
de Nazaré, a Estrela do Oriente e os Reis sendo que para entrar, «basta dirigir-se
Magos. O cenário permite «recordar mo- à Mercearia Viçosa para a abertura das
mentos, espaços e tradições da nossa Beira portas», segundo a freguesia. A entrada
Alta mais tradicional», nomeadamente a é gratuita, mas convida a donativos que
picota, a matança do porco ou as fontes de revertem a favor do autor.

Manteigas
Pavilhão Municipal reabre após requalificação
O município de Manteigas anunciou destacando-se a construção de novos bal-
que concluiu a empreitada de requalifi- neários, a melhoria na circulação, um novo
cação do pavilhão gimnodesportivo do mobiliário (para atletas e espetadores),
Centro Cívico. a aplicação de guardas de segurança e a
«Mais de três décadas após a sua cons- realização de pinturas interiores e exte-
trução, milhares de utilizadores depois e riores», refere a autarquia. A reabertura
de terem acontecido centenas de eventos do equipamento aconteceu no último fim
desportivos e culturais, o pavilhão mereceu de semana, com um jogo do Sameiro para
extensas obras de manutenção e renovação, o Nacional de Futsal da IIª Divisão.
PUB
8• • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Vila Nova de Foz Côa

Hotel Casa do Rio com menção honrosa no Prémio Arquitetura do Douro


DR
O projeto da Casa do Rio, dese- nação e Desenvolvimento Regional do
nhado pelo arquiteto Francisco Vieira Norte (CCDR-N) para promover boas
de Campos, localizada na freguesia de práticas de arquitetura no Património
Castelo Melhor (Vila Nova de Foz Côa) Mundial. A cada dois anos, o galardão
e pertencente à Quinta do Vallado, ob- distingue “intervenções de constru-
teve uma menção honrosa no Prémio ção, conservação ou reabilitação de
Arquitetura do Douro. edifícios ou conjuntos arquitetónicos”
Este Hotel Rural da Casa do Rio, construídos após a classificação pela
que venceu recentemente o Prémio UNESCO.
Nacional de Arquitetura em Madeira, Este ano, o vencedor foi o arquiteto
tem apenas seis quartos, mas localiza- Souto Moura com a obra da Central
se estrategicamente entre as vinhas Hidroelétrica do Tua, que ficou quase
e o rio Douro, tendo sido construída integralmente subterrânea para har-
totalmente em madeira e suspensa sob monizar a edificação com a paisagem
uma linha de água onde ainda existe um do Douro Património da Humanidade.
antigo pomar de laranjeiras. O Prémio O júri do prémio foi composto por re-
Arquitetura do Douro foi criado e lança- presentantes da CCDR-N, da Ordem dos
do em 2006 pela Comissão de Coorde- Arquitetos Secção Regional Norte, da
Entidade Regional do Turismo Porto e
PUB Norte e pelo arquiteto Álvaro Andrade,
vencedor da última edição com o Centro
de Alto Rendimento do Pocinho.

Celorico da Beira
Feira à Moda Antiga
A Praça da República, em Celorico
da Beira, acolhe no fim de semana a
segunda edição da Feira à Moda Antiga,
promovida pela Câmara Municipal.
Segundo a autarquia, a iniciativa
pretende animar a vila nesta quadra
natalícia e «proporcionar aos celori-
censes e visitantes a oportunidade de
adquirirem produtos hortícolas e agrí-
colas locais ou produtos caseiros» tra-
dicionalmente consumidos nesta época.
Durante o fim de semana, residentes
e visitantes serão presenteados com
encenações teatrais, visitas guiadas,
“workshops” com artesãos a laborarem
O Restaurante AQUÁRIU’s ao vivo e momentos musicais (cantares
populares, cantares ao desafio e fado).

deseja a todos os Amigos Almeida


Feliz Natal e Próspero 2020 Presépios para ver no
Turismo Municipal
O posto de turismo municipal de
PUB Almeida recebe até 10 de janeiro uma
exposição de presépios da autoria do
ceramista Franclim Caetano.
Segundo a Câmara local, a mostra é
constituída por «uma série de escultu-
ras em barro» da autoria do ceramista e
professor que já realizou várias exposi-
ções coletivas e individuais e participou
em diversas feiras de artesanato.

Pinhel
Concerto de Natal no
Centro Logísitico
O Centro Logístico de Pinhel acolhe
este sábado (21 horas) um Concerto
de Natal organizado pela Academia de
Música.
Para além da participação de pro-

Concessionário Mazda e Kia do Distrito da Guarda


fessores e de alunos da Academia de
Música de Pinhel, está anunciada a pre-
sença da jovem acordeonista Flávia Cas-
Deseja a todos os seus colaboradores, Elpídio & Horácio - Comércio e Reparação Automóvel, Lda tro e do Grupo de Música Tradicional
Trovas da Beira. Segundo a autarquia,
clientes e amigos, um Feliz Natal Estrada Nacional 16 • 6300-383 GUARDA
Telefone: 271 239 428 • Telefax: 271 230 961 naquele dia os habitantes do concelho
e um Próspero Ano Novo elpidio.horacio@mail.telepac.pt • www.elpidioehoracio.com terão «oportunidade de assistir ao ta-
lento dos jovens pinhelenses».
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • •9

Fundão UBI

IBM cria 30 postos de Criado prémio para melhor tese de


doutoramento em e-saúde

trabalho em Centro de
A Universidade da Beira «muito relevante no serviço de
Interior (UBI) e a VitalMobile telemonitorização em saúde»,
vão premiar a melhor tese justificam os promotores. A

Inovação Tecnológica
de doutoramento na área da iniciativa resulta de uma par-
e-saúde. ceria celebrada entre a UBI e
Apresentado na semana a VitalMobile, que opera nesta
DR passada, o “Prémio VitalMo- área e possui desde 2003
bile – Gonçalo Belo” homena- uma plataforma própria para
geia o engenheiro falecido em telemonitorização de doentes
2017 e que teve um contributo crónicos.

Guarda
Passagem de Ano Académica
esta quinta-feira
Esta quinta-feira é dia de mento deslocalizado no tempo
Passagem de Ano Académica que permitirá que os estudantes
na Guarda. A festa de fim de possam ter o seu “réveillon” em
ano dos estudantes do Insti- conjunto», segundo os promo-
A multinacional IBM vai ins- com «a aposta da cidade na para «Portugal e para o mundo». tuto Politécnico local decorre tores. O programa inclui uma
talar um Centro de Inovação Tec- atração e captação de empresas O centro ficará inicialmente na Alameda de Santo André. mega aula master fitness, con-
nológica no Fundão. A atividade no setor da tecnologia» e com instalado no edifício do mercado O evento, organizada pela certos com os grupos Republika
terá como foco o desenvolvimento «os esforços da autarquia para abastecedor, na zona industrial, Associação Académica da Guar- e 100 Ensaios e os DJ Rafa e
e gestão de soluções de energia e afirmar o território como um mas a autarquia já está a traba- da e pelo IPG, «é um aconteci- TwoBrother´s.
permitirá criar pelos menos 30 “hub” tecnológico para o mundo lhar para a sua transferência
postos de trabalho no primei- global». Outro fator decisivo foi a para o centro da cidade. Para
ro ano, segundo anunciado na existência na região dos Politéc- o presidente do município, a
Guarda
segunda-feira, na assinatura do nicos da Guarda e Castelo Bran- opção de fixar este laboratório Mercado municipal reabriu DR
protocolo de parceria entre a co, bem como da Universidade no concelho é «um importante
empresa e o município. da Beira Interior, e a facilidade contributo» para afirmar os
O presidente da IBM Por- para interagir com os outros territórios de baixa densidade
tugal, António Raposo Lima, dois centros descentralizados e ajudar a acabar com o estig-
adiantou que o centro será do grupo (em Tomar e Viseu). ma do interior. «Seguramente,
gerido pela Softinsa (empresa António Raposo Lima referiu decisões como esta são, talvez,
do grupo IBM), que iniciou ati- que a empresa já está a recrutar o que de melhor se pode fazer
vidade antes do planeado para jovens qualificados da área das para acabar com esse estigma
dar resposta às necessidades. novas tecnologias de informa- e colocarmos todo o território
O responsável afirmou que a ção e que este laboratório de nacional a criar valor», disse
escolha do Fundão prende-se competências prestará serviços Paulo Fernandes.
O mercado municipal da ção mais aprofundada, e no
Guarda reabriu no sábado, dia da reabertura foi visitado
Política numa manhã marcada pela pre- pelo presidente do município.

PSD diz que políticas de coesão


sença de centenas de clientes. Carlos Chaves Monteiro foi
O espaço está a funcionar auscultar a opinião dos ven-
na totalidade, com exceção da dedores e só ouviu elogios. O
territorial são «uma farsa» zona onde eclodiu o incêndio,
que será alvo de uma interven-
mercado estava fechado desde
29 de novembro.
A Distrital do PSD da Guarda artífices que ostracizam, esque- responsáveis políticos, coadjuva-
considera que as políticas de co- cem e indignam grande parte dos pela hipocrisia política e pela
esão territorial do atual Governo do interior do país», criticam os incoerência dos representantes
socialista são «um “flop” e uma
desilusão».
socias democratas da Guarda.
No mesmo documento a Distrital
do PCP e do BE, acabaram de dizer
ao país, com o seu voto contra, Agradecimento
A estrutura liderada por questiona ainda «o que interessa que não querem que nas ex-SCUT
Carlos Peixoto refere, em comu- ter uns gabinetes na Guarda para (A23, A24, e A25, entre outras), os
nicado, que a coesão territorial é a Secretaria de Estado, num ato de portugueses do interior - aque-
«uma farsa sem limites». «O PS, o mera simulação em que é lá que se les que resistem estoicamente
Governo e a esquerda parlamen- tratam as questões da ação social?». a uma série de adversidades -,
tar fingem ser sérios quando é a Entre outras questões, o PSD não devem pagar menos 50 por
brincar, e não são sérios quando guardense assinala ainda: «O que cento de portagens (75 por cento
é a sério. Nos programas, nas pro- interessa termos a ministra da em carros elétricos), nem devem
messas e nas palavras, dizem-se Coesão Territorial a intitular-se beneficiar de 50 por cento de
acérrimos defensores da coesão “embaixadora” da redução das redução do preço dos comboios,
e do equilíbrio territorial. Nas portagens e uma fiel representan- como já acontece nas grandes
ações, nas políticas e nas decisões, te desta região, que é a sua?». Para áreas metropolitanas de Lisboa
são um “flop”, uma desilusão, uns os sociais-democratas, «estes e do Porto». Joaquim dos Santos Jesus
------
06/12/1935 • 11/12/2019
Manteigas
------
Município dinamiza Natal e Passagem de Ano
A família de Joaquim dos Santos Jesus, na
O município de Manteigas Entre quarta-feira e o dia tal”, que inclui várias iniciativas
impossibilidade de o poder fazer pessoalmente,
vai promover na quadra natalí- 30, a autarquia promove a Aca- natalícias e de animação. Na
vem agradecer a amizade e o conforto que todos
cia e de fim de ano um conjunto demia de Férias - Eco Natal (para Passagem de Ano o programa
lhes deram neste momento de grande dor.
de iniciativas que têm como crianças e jovens com idades inclui o lançamento do fogo-de-
público-alvo os residentes e os entre os 6 e os 17 anos) e de 21 artifício, um espetáculo musical
turistas que visitam a Serra da a 23 e de 26 a 31 de dezembro pela Banda Ministério e a atua- Missa de 7º dia: 18 de dezembro, 18 horas,
Estrela. a atividade “A Natureza do Na- ção de um DJ. na igreja de S. Vicente
10 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Hoteís da região Seia


Conhecidos projetos vencedores do
Orçamento Participativo Escolar

com grande As escolas de Tourais/Para-


nhos, Guilherme Correia de
Carvalho, Secundária de Seia e o
olhedor, nomeadamente com a
aquisição de mobiliário, registou
a segunda maior votação (660),

procura para a
jardim de infância da Misericór- seguido de “Aprender na e com
dia de Seia são as vencedoras do a Natureza II”, proposta para
Orçamento Participativo Escolar criação de um anfiteatro ao ar
2019/20. livre nos espaços e logradouro
Os projetos escolhidos da EB 2,3 Dr. Guilherme Correia

Consoada
foram anunciados pelo mu- de Carvalho (542 votos).
nicípio na segunda-feira. A quar- Foi igualmente validada
ta edição desta experiência de pela comunidade (com 476 vo-
cidadania participativa ao nível tos) o projeto para a instalação
DR
das escolas registou «um forte de uma cobertura na Entrada
envolvimento da comunidade», Principal da Creche e Jardim de
tendo sido validados 3.387 Infância da Santa Casa da Mi-
votantes. Dos nove projetos sericórdia de Seia. O OP Escolas
propostos, “Brincar na Escola destina cinco mil euros a cada
c/+ Segurança”, que contempla um dos projetos vencedores,
a alteração de vidros e colocação num total de 20 mil euros. Trata-
de vedação externa na Escolas se de um incentivo ao envolvi-
de Tourais – Paranhos, foi a pro- mento dos alunos nas decisões
posta mais votada (687 votos). que afetem os seus interesses e os
Já o “Polivalente + Atraente”, da escola, fomentando o espírito
que visa tornar o polivalente cívico e o sentido democrático nos
da secundária de Seia mais ac- mais novos.

Fundão
“Olival Velho” é nova marca de azeite
da Cooperativa DR

«Os pedidos de consoada nos nossos hotéis têm evoluído positivamente», segundo o grupo IMB

Sofia Craveiro de 35 euros por pessoa. Já no euros por pessoa (preço pode
Puralã - Wool Valley Hotel & SPA variar consoante o tipo de quarto
(na Covilhã) e no H2otel (hotel e número de hóspedes), enquanto
Passar a consoada termal em Unhais da Serra) a no Hotel dos Carqueijais o mesmo
em hotéis é uma lotação também já está esgotada. pacote custa cerca de 140 euros
forma alternativa de Na maioria dos casos as reservas por pessoa. «Penso que a tradição
viver a tradição. Com foram efetuadas por pessoas e experiência (única) de Natal
preços mais ou menos residentes em Portugal, «embora se cumpre sempre na Serra da
apelativos, a tendência existam alguns casos de nacio- Estrela, pois é onde existe neve
A Cooperativa de Oliviculto- de montanha. A marca “Olival
é de aumento da nalidade brasileira», explica Ana e as unidades tem um serviço e
res do Fundão lançou uma nova Velho” já foi registada pelo mu-
procura com grande Morais. (O INTERIOR tentou ob- atenção mais familiar, originan-
marca de azeite denominada nicípio e junta-se a duas outras
parte dos hotéis da ter os preços dos pacotes de Natal do ocupações altas nestas datas
“Olival Velho”. que a cooperativa comercializa,
região lotados na noite nestes hotéis, mas não obteve todos os anos», diz Carlos Santos.
Associado à imagem da ci- o “Fiodore” e o “Cova da Beira”.
de Natal. essa informação em tempo útil). Em Belmonte, embora a pro-
dade, o novo azeite extra virgem Segundo António Amaral, pre-
Na Guarda os alojamen- cura pelo bacalhau natalício não
«de topo» foi criado em parceria sidente da cooperativa, o novo
Embora os menus e paco- tos locais e residenciais ainda seja tão ferverosa, a ocupação
com a autarquia e é fabricado a azeite só deverá começar a ser
tes das estâncias hoteleiras da não estão completos para essa é superior ao habitual. No Bel-
partir de olivais tradicionais e comercializado no próximo ano.
região não estejam acessíveis a noite, mas, no que respeita a monte Sinai Hotel a ocupação – à
todos, a verdade é que o hábito dormidas, grande parte possui data de fecho desta edição – ul-
de comer o bacalhau fora de casa um número reduzido de quartos trapassava os 60%. As reservas já UBI
já não é tão exclusivo como era
antes. «Os pedidos de consoada
disponíveis. A Guesthouse da Sé
e o Hotel Santos já estão lotados,
confirmadas referem-se ao pacote
de Natal que inclui Ceia, Almoço
Alunos vencem concurso da Altran DR

nos nossos hotéis têm evoluído de acordo com o site de reservas de Natal e alojamento com um
positivamente sendo que já existe Booking. Já em plena Serra da preço entre os 200 e os 222 euros,
uma tradição assumida de bem Estrela o cenário é idêntico. para duas pessoas. Já na Pousada
receber nesse período  festivo», Os hotéis do grupo Luna - que Convento de Belmonte, que ape-
afirma Ana Morais, da direção ge- detém o Luna Chalets da Monta- nas possui menu para o jantar
ral de operações do grupo Natura nha, Luna Hotel Serra da Estrela da véspera de Natal, a ocupação
IMB Hotels. e Luna Hotel dos Carqueijais ronda os 80%, um valor superior
Ao que O INTERIOR apurou, – estão lotados para o Natal, ao do ano passado e que «tem
os hotéis do grupo estão prati- uma tendência que se mantém vindo a aumentar de ano para
camente completos para a ceia desde 2018. «No passado as três ano». Nesta unidade hoteleira a
de Natal, embora a ocupação unidades foram vendidas com ceia natalícia custa 36 euros por Três estudantes do mestra- desenvolveram em apenas 40
seja distinta no que respeita ao um pacote de três noites, pois pessoa, sendo que os valores do do em Design e Desenvolvimen- horas uma aplicação para o se-
alojamento na mesma noite. No era fim de semana prolongado. alojamento variam consoante o to de Jogos Digitais da Univer- tor automóvel que saiu vencedo-
Hotel Vanguarda os lugares dis- Este ano a venda realizou-se de quarto, mas situam-se entre os sidade da Beira Interior (UBI) ra da competição realizada nos
poníveis para o pacote especial modo diferente com uma pro- 90 e os 140 euros. conquistaram o primeiro lugar passados dias 7 e 8, no Centro de
de Ceia e Almoço de Natal estão gramação mais simples para não De uma forma geral a ten- no hackathon “CODE RACE”, Negócios e Serviços do Fundão.
preenchidos (embora ainda haja aumentar os preços», explica dência é de aumento. Com ofertas um concurso organizado pela Apoiado pelos Politécnicos da
quartos disponíveis), assim como Carlos Santos, Diretor Geral das mais ou menos acessíveis, passar multinacional Altran Portugal. Guarda e de Castelo Branco, bem
no Lusitânia, também na Guarda. três unidades hoteleiras. fora a data festiva e tornou-se na Janderson Araújo, respon- como pelos Institutos Superiores
Neste último a Ceia de Natal tem No Luna Hotel Serra da Es- tradição de muitas famílias, que sável pelo “back-end” do projeto, de Engenharia de Coimbra e do
um custo de 50 euros por pes- trela o preço para Ceia de Natal preferem só desfrutar sem ter de Breno Ximenes e Larissa Rios, Porto, o concurso reuniu cerca
soa e o almoço do dia seguinte com alojamento ronda os 200 preparar. que trabalharam a “front-end”, de meia centena de participantes.
Cartaz_RESIESTRELA_243*168_curvas.pdf 1 16/12/19 18:05

Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 11

Tradição PUB

Mais um Magusto
da Velha em Aldeia
Viçosa
Reza a lenda que, no século XVII, uma
Velha muito abastada e proprietária da
grande “Quinta do Lagar de Azeite”, na po-
voação de Porco, deixou um Testamento
à Igreja no qual havia a “obrigaçom” de
distribuir castanhas (o alimento principal
à época) e vinho ao povo. Em troca da
dávida o povo tinha que rezar “um Padre
Nosso” na Igreja pela sua alma.
A tradição ainda é o que era e, mais
uma vez, Aldeia Viçosa (antes denomi-
nada Porco) vai receber o tradicional
Magusto da Velha, no dia 26 de dezem-
bro. Na data a seguir ao Natal vão ser
lançados da Torre da Igreja 150 quilos
de castanhas e distribuídos 50 litros de
vinho pelo povo, após a Missa pela Alma
da Velha, às 14h30. O evento é realizado
em parceria com o Município da Guarda. C

Manteigas Y

Ribeiro da Vila CM

requalificado
MY

CY
DR

CMY

Está concluído o projeto de requali-


ficação do Ribeiro da Vila, em Manteigas,
cujas margens acolhem agora a “Platafor-
ma Trilhos Verdes”.
Segundo a autarquia, a empreitada
permitiu disponibilizar «percursos mais
seguros e confortáveis e, ao mesmo
tempo, oferecer ao ribeiro uma nova be-
leza, conferida pela iluminação cénica e
decorativa, mas também pelos materiais
escolhidos para o gradeamento, numa
mescla feliz de madeira e aço “corten”».
O percurso requalificado liga, pedes-
tremente, as principais ruas do núcleo
antigo da vila serrana «de uma forma
expedita, segura e transversal, e encami-
nhar os pedestrianistas para o início de
seis trilhos verdes de Manteigas».

PUB

A BRICOGUARDA, deseja a todos Colaboradores, Clientes


e Fornecedores, um Feliz Natal, e um Excelente Ano Novo!
e-mail: aluminios_ramos1@sapo.pt
Zona Industrial • Estrada da Póvoa Telf.: 271 886 135
6420-734 Vila Franca das Naves Tlm.: 963 050 368
12 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

PUB
PUB Trancoso PUB

Moreira de Rei tem maior necrópole de sepulturas


Boas Festas
antropomórficas da Península Ibérica DR
A aldeia de Moreira de Rei
Carlos Peixoto,tem
(Trancoso) a maior
Ângela Guerra, necró-
António Edmundo e Patrícia Correia
pole de sepulturas antropomór-
Caixilharia • Marquises • Vidros • Gradeamentos ficas da Península Ibérica, tendo
Vidros Temperados • Divisórias • Banheiros • Automatismos sido recentemente descobertas
Portões de Fole Basculantes Seccionados cerca de 550 em redor da Igreja
Redesde Mosquiteiras • PVC
Moreira & Ribeiro, Lda. de Santa Marinha. Luís Veiga e Paulo Fernandes
Rua Alves Roçadas, nº 27 • 6300-663 Guarda • T. 271 214 687 • F. 271 211 768 As escavações foram re-
Largoe-mail: aluminios_ramos1@sapo.pt
João de Almeida, 26-C • 6300-695 Guarda • T. 271 211 069 alizadas por um grupo de
Zona
Av. dosIndustrial • Estrada
Bombeiros Voluntários da Póvoa
Egitanienses Telf.:
• C. C. Vivaci 271
Guarda • T. 886
271 237135
431
arqueólogos, que descobriram
6420-734 Vila Franca das Naves
E. geral@modernajoalheiros.com Tlm.: 963 050 368
• www. modernajoalheiros.com
sepulturas de adultos e de
PUB PUB PUB
crianças
PUB
escavadas na rocha
em redor daquele templo data-
do do século XII e classificado
como Monumento Nacional
desde 1932. Segundo Maria
do Céu Ferreira, arqueóloga da
autarquia, este «grande cemi-
tério medieval» datará entreAvenida São Miguel, nº 46
os séculos VIII-IX e XII-XIII. A 6300-864 Guarda
responsável admite que «ainda www.farmaciaestacao.com
Boas Festas apareçam mais» sepulturas, geral@farmaciaestacao.com
uma vez que as escavações
Luís Veiga e Paulo Fernandes
prosseguem. O seu elevado
número surpreendeu os arque-T +351 271 224 373
11 768

7 431 ólogos, bem como o facto de


ainda existirem no local muitos Luís Baptista-Martins e o escultor Pedro Figueired
vestígios de ossadas humanas.
PUB
PUB As escavações junto à Igreja de
Santa Marinha foram iniciadas
em agosto de 2018 e envolve-
ram quatro arqueólogos e uma
antropóloga, mas o número
de técnicos será reforçado
no início de 2020, quando as
Avenida São Miguel, nº 46
prospeções forem retomadas. de requalificação do largo e da igreja e da área envolvente, bem
6300-864 Guarda A intervenção é da res- igreja, num investimento de como a criação de um Centro de
www.farmaciaestacao.com ponsabilidade do município de 140 mil euros. O plano prevê Interpretação da necrópole no
geral@farmaciaestacao.com Trancoso, no âmbito do projeto o arranjo e a valorização da interior do monumento.

T +351 271 224 373 Almeida


Boas
Festas Campanha promove compras de Natal no comércio local
Luís Baptista-Martins e o escultor Pedro Figueiredo
Está a decorrer em Almeida 2020, Dia de Reis. O objetivo é depois habilitados «a ganhar
uma campanha de sensibiliza- «promover e dinamizar» a eco- “vouchers” em compras, a efetuar
ção da população residente e nomia do concelho, sendo que, na loja de onde provém o “ticket”/
dos visitantes para que façam por cada 10 euros de compras fatura», refere o município. A
as suas compras de Natal no nos estabelecimentos aderentes, campanha tem como prémios
comércio local. os clientes recebem cupões que sete “vouchers” de 25 euros, dois
Promovida pela autarquia, depois depositam em tômbolas de 50 e um de 100 euros. O sor-
a iniciativa denominada “Dina- existentes no Turismo de Almei- teio será realizado no dia 31 de
967 165 139 mizar para aproximar - No Natal da ou no Centro de Desenvolvi- janeiro, na Feira de Caça, Pesca e
compre no Comércio Tradicio- mento Transfronteiriço de Vilar Desenvolvimento Rural, a realizar
nal” decorre até 6 de janeiro de Formoso. Os participantes ficam em Vilar Formoso.

GNR
Pinhel
Albino Tavares à frente do Comando Exposição de
Territorial de Castelo Branco DR presépios no
O coronel Albino Tavares é o
novo comandante do Comando castelo
Territorial de Castelo Branco da O castelo de Pinhel aco-
GNR. A tomada de posse aconte- lhe até 18 de janeiro uma
ceu na segunda-feira, numa ceri- exposição de presépios da
mónia presidida pelo comandan- autoria da artista Ester An-
te-geral da GNR, tenente-general drade.
Luís Francisco Botelho Miguel. Segundo a autarquia, «a
O oficial ingressou nos qua- e de presidente da Autoridade Na- criatividade e as mãos da
dros permanentes da GNR em cional da Proteção Civil (ANPC). escultora dão corpo a múl-
1991 e é doutorado em Ciências Foi ainda diretor do Departamen- tiplas formas de apresentar
da Comunicação, mestre em Di- to de Proteção Civil da Câmara o presépio em materiais
reito e Segurança e licenciado em Municipal de Oeiras, segundo de madeira, argila e xis-
Ciências Militares. É natural do comandante operacional nacional to». Nesta mostra marcam
Pisão-Coja (Arganil) e já desem- da ANPC e comandante dos Des- também presença alguns
penhou os cargos de assessor do tacamentos Territoriais da Lousã presépios do colecionador
comandante operacional da GNR e da Covilhã, entre outros. Ricardo Dourado.
novas, já tenho projetos», afirma Vivaci
Virgínia Almeida, a quem pedem com “S
coisas para senhores, «ainda não e o no
Quinta-feira • 19sei
de o quê mas
dezembro eu chego
de 2019 • lá». Já• os
13 Ribeir

Sabugal PUB PUB

Revista “Sabucale”
chega às dez edições
O Museu do Sabugal apre-
Boas Festas
senta esta quinta-feira o nº10 da
revista “Sabucale”, numa sessão
agendada para as 15 horas no
salão nobre dos Paços do Con- Boas Festas
celho.
Na ocasião vai intervir Pedro
Javier Cruz Sánchez, antropólogo
e investigador da Universidade de
Trás-os-Montes e Alto Douro, um
dos colaboradores desta edição,
que falará sobre “A memória da
fronteira. As paisagens sagradas PUB

deseja a todos
da Raia hispano-portuguesa”.

Gouveia
Plataforma de
estimulação cognitiva os seus leitores, Promo
BOUTIQUE Rua Mouz

clientes e amigos
apresentada
O município de Gouveia e a
empresa siosLIFE apresentaram,

um FELIZ NATAL!
na sexta-feira, um projeto de es-
timulação física e cognitiva para
a população sénior do concelho.
Considerado pioneiro em
Portugal, o Sistema Interativo
siosLIFE tem três plataformas
«com propósitos diferentes para
cada grupo (idoso, instituição e
família) e assenta no desenvolvi-
mento e integração de tecnologias
de interação para a inclusão social
da população idosa».
PUB
14 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Museu do Côa ap
PUB

Feliz Natal e Próspero Ano Novo


na renovação dig
271 221 171 - 965 241 069
SC

ourivesariamiranda@hotmail.com R. Vasco da Gama, 10-27 • 6300-722 Guarda


4 Especial NATAL Quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Cabeça
PUB PUB
PUB

BOAS FESTAS
volta a ser
BOAS FESTAS
“Aldeia
Boas Festas

Largo de S. Vicente, nº 1 e 2 • 6300-600 Guarda


Natal”
Telf.: 271 211 454 Até 6 de janeiro, a localidade
serrana de Cabeça (Seia) está
PUB
PUB decorada com cenários inspirados
no imaginário de Natal para atrair
visitantes, que são convidados a
Sofia Craveiro realidade virtual e aumentada Portugal)
«passear epela de apoio
também à Moder-
primeira
que contribuem para criar uma nização Administrativa.
“Aldeia Led” do país e que Napossui
ses-
experiência museológica mais são de apresentação estiveram
uma beleza única pela predomi-
Deseja a todos os clientes e amigos Observar as gravuras imersiva. «Esse é o nosso obje- também a secretária de Estado
BOAS
um Feliz Natal e Próspero Ano Novo rupestres em tivo declarado», afirma Bruno
nância do xisto, a que se conjuga
do Turismo, Rita Marques, a
uma decoração ecológica alusiva
movimento, perceber Navarro, presidente da Funda- vice-presidente da Comissão
FESTAS a sua sucessão e ção Côa Parque. «Já não estamos ao Natal, onde apenas
de Coordenação e Desenvolvi- prevalece
«compreender o no tempo em que os museus a tradição
mento do presépio
Regional do Norte, religioso,
Célia
Cidade Doce 2 quotidiano» do estavam repletos de vitrines Ramos, e o presidente do anuncia
sem alusão ao Pai Natal» Turis-
Homem da Pré- com materiais sem informação. a organização.
mo do Porto e Norte de Portugal,
Pastelaria e Pão Quente, Lda
Largo João de Almeida, nº 26 B história. Tudo isto está A nova realidade das experiên- Luís Segundo os promotores,
Pedro Martins, entre outrasos
6300-695 Guarda integrado nas novas cias museológicas propõe que cenários que decoram a aldeia
individualidades.
estruturas digitais se promova a interatividade de «são inspirados no imaginário de
disponibilizadas conteúdos com as pessoas para 21
Natalanos de património
na montanha, na natureza,
PUB
pelo mais recente que elas possam criar empatia preservado
biodiversidade pela luta pelo
e respeito
programa museológico com os mesmos», acrescenta dos
meiolocais
ambiente». Grinaldas de
do Museu do Côa, o responsável. Os novos con- folhas, corações concebidos com
que foi apresentado teúdos e estruturas digitais musgoA classificação
e lã da SerradodaVale do
Estrela,
na data em que permitem – através da projeção Côa como Património
estrelas feitas de desperdícios da Hu-
se celebrou a de animações luminosas em manidade só foi possível pela
das florestas e a própria árvore
Avenida São Miguel, nº 46 classificação do réplicas das pedras gravadas – preserverança dos municípes
de Natal revestida a pinheiro
6300-864 Guarda Vale do Côa como observar as gravuras rupestres que, nos anos 90, lutaram e pro-
Património Mundial, “em movimento” tornando mais natural econtra
testaram pinhas,a construção
são alguns de dos
www.farmaciaestacao.com trabalhos que os visitantes podem
há 21 anos atrás. clara (e de fácil compreensão) a uma barragem no mesmo local.
geral@farmaciaestacao.com situação que se pretendia retra- encontrar.
No programa Durante a quadra,
comemorativo doa
visita a sábado
Cabeça, foicom cerca de
BOAS T +351 271 224 373
O programa era extenso e
prolongou-se durante grande
tar na pedra.
Há animações digitais, pai-
passado
200 habitantes,
versão
exibida
reduzida doéúltimo
uma
aindadocu-
com-
FESTAS parte do dia. Após a inaugura-
ção de uma exposição de arte
néis informativos interativos e
“óculos” de realidade virtual,
plementada
mentário com tasquinhas
do realizador
produtos Bouvret,
Jean-Luc regionais,“La
francês
artesanato,
bataille
de

contemporânea organizada entre outros novos elementos. animação


du Côa - Une de leçon
rua e portugaise”.
experiências
PUB
PUB
pela Universidade de Valladolid Os sistemas são intuitivos e Oinspiradas
filme, narrado pelo jornalista
na história, saberes
(Vaccearte) e de um concerto permitem ao visitante do Mu- Fernando
e saboresAlves, retratadaoEstrela.
movi-
FELIZ
NATAL
Guardapeças
PRÓSPERO
ANO NOVO
– muito aplaudido – dos Alma
Nuestra, foram apresentadas
seu do Côa descobrir de forma
autónoma todos os pormenores
mento
das
de
da Serra
luta pela
gravuras rupestres
preservação
O evento “Cabeça: Aldeia Natal”
do Vale
é promovido pela Comissão de
as novas estruturas digitais do das gravuras paleolíticas, assim do
Baldios da localidade, emâmbito
Côa, descobertas no parceria
Acessórios Auto, Lda Museu do Côa. No sábado, os como compreender os seus dos trabalhos de construção
com a ADIRAM - Associação de
21 anos da inscrição da Arte significados e contextos. Esta de uma nova barragem da EDP
Desenvolvimento Integrado da
Pré-Histórica do Vale do Côa na renovação teve um custo de que acabou por ser cancelada.
Rede de Aldeias de Montanha, o
lista do Património Mundial da «cerca de 150 mil euros», que «Quisemos prestar homenagem
Boas Festas UNESCO foram o pretexto para abrangem «a aquisição do “har- amunicípio
quem lutou
Freguesias
depara
de
Seiaaepreservação
Vide e
a União das
Cabeça.
apresentar a modernização dware” necessário» e a «produ- deste património», justifica Bru-
tecnológica do espaço. ção de conteúdos», adianta o no Navarro.
PUB
O programa – que estará em presidente da Côa Parque, que O vídeo – e a história que
Av. de S. Miguel, 120 • 6300-864 Guarda
Tlms. 964031270 • 962446403 • 966929739
Tlfs. 271238900
271238945
vigor durante os próximos dez BOAS FESTAS
refere que o financiamento foi regista – remete para janeiro de
anos – é pautado pela interati- recebido no âmbito dos progra- 1996, altura em que o Governo
guardapecas@gmail.com Fax 271238854
vidade, incluindo elementos de mas “Valorizar” (do Turismo de de António Guterres suspende

PUB
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 15

posta
Vila Nova de Foz Côa

Salvador Sobral e Alma Nuestra


encantaram Museu do Côa
gital SC

os trabalhos de construção da
barragem de Foz Côa. O motivo
não reunia consenso: o empre-
endimento iria submergir o
maior núcleo de arte rupestre
paleolítica ao ar livre, mas pará-
lo implicava a perda de milhões
já investidos pela EDP. A polé-
mica instalou-se, refletindo as
opiniões divididas da população
local e do país. Enquanto os es-
tudantes da Escola Secundária
de Foz Côa reclamavam o valor
das gravuras descobertas, os
mais velhos queriam ver reco-
nhecido o valor económico da
nova barragem, que, segundo
diziam, traria mais desenvol-
vimento à região. Depois de
meses de discussão, protestos e A data dos 21 anos da in- Nélson Cascais (contrabaixo) e cal «visceral», afirmou o próprio logia, etnografia e arte”, a mostra
revolta, personificada principal- scrição da arte pré-histórica do André Sousa Machado (bateria) – Salvador Sobral. Antes, foi inau- reúne 38 obras e cerca de meia
mente pelos jovens de Vila Nova Vale do Côa na lista do Património encheu o auditório do Museu do gurada a 10ª edição da exposição centena de réplicas “vacceas”
de Foz Côa, “as gravuras que não Mundial da UNESCO foi assinala- Côa num concerto pautado pela Vaccearte – Arte contemporânea preparadas por 37 artistas espan-
sabem nadar” acabaram por da com música no sábado. boa disposição do cantor. A banda de inspiração Vaccea, organizada hóis e portugueses. Estão ainda
sair preservadas e mais tarde O grupo Alma Nuestra – o interpretou conhecidos temas pelo Centro de Estudios Vacceos patentes peças etnográficas origi-
reconhecidas. mais recente projeto de Salva- da música latino-americana com da Universidade de Valladolid. nais da coleção José Ramón Cid,
Em agosto de 1996 foi inau- dor Sobral, que canta acompan- arranjos de jazz, numa sessão Com o tema “Excisão em claro- de Ciudad Rodrigo. A exposição
gurado o  Parque Arqueológico hado de Victor Zamora (piano), intimista de interpretação musi- escuro. Luzes e sombras. Arqueo- pode ser visitada até 8 de março.
do Vale do Côa, após a confirma-
ção da importância histórica das
gravuras. Foram criadas todas as Cinema
infraestruturas técnicas, cien-
tíficas e humanas necessárias Três filmes da UBI distinguidos nos Prémios Sophia Estudante
para dar cumprimento e justi- Três curtas-metragens re- “Da Capo”, de Mário de Minute Show Time”, de Maria categorias a concurso estão au-
ficar a decisão política tomada, alizadas por alunos da Universi- Oliveira, venceu a categoria de Clara Norbachs e Marisa Alves tomaticamente nomeados para
sendo estabelecidos circuitos dade da Beira foram distinguidas Ficção, enquanto “O Presidente Pedro, obteve o terceiro lugar. o Prémio Sophia Estudante, no
de visita, definidas equipas de na edição deste ano dos Prémios Veste Nada”, de Clara Borges Este ano concorreram 83 filmes valor de 5.000 euros, que será
investigadores e construídos Sophia Estudante, atribuídos e Diana Agar, foi considerada de 18 escolas de Cinema de entregue na cerimónia dos
centros para visitantes. Dois pela Academia Portuguesa de a melhor de Animação. Ainda todo o país. Os três primeiros Prémios Sophia, a realizar no
anos depois a arte rupestre do Cinema na passada quinta-feira. nesta categoria, o filme “One classificados nas diferentes Casino Estoril a 22 de março.
Vale do Côa foi classificada como
Património Mundial da Unesco.
Após tempos conturbados, Música Teatro
atravessados pela Fundação Côa Orquestra sem Fronteiras leva Serenatas de Natal Calafrio encena Dostoiévski
Parque – criada em 2011 para
gerir os núcleos culturais do a Figueira e Foz Côa no TMG
Museu e Parque Arqueológico A Orquestra Sem Fronteiras vai serão interpretadas sob o comando do O Teatro do Calafrio regressa aos palcos esta
– que esteve mesmo em risco realizar esta sexta-feira e no sábado maestro convidado Diogo Costa. Em quinta-feira (21h30) no TMG com a peça “Coração
de se extinguir, o Vale do Côa duas Serenatas de Natal, em Figueira de Figueira de Castelo Rodrigo o espetá- Débil”, de Fiódor Dostoiévski.
atinge agora «a segunda maio- Castelo Rodrigo e Vila Nova de Foz Côa, culo terá lugar na Igreja Matriz da vila, A encenação é de Luciano Amarelo, que tam-
ridade», nas palavras de Bruno respetivamente. enquanto em Foz Côa decorrerá no Au- bém interpreta com Ana Couto, Ana Monteiro,
Navarro, que destaca que esta Os concertos estão agendados para ditório do Centro Cultural. A iniciativa Carlos Morgado, Francisco Pais e Francisco Poppe.
entidade «dá sinais de estar a as 21h30 e têm entrada livre. O programa é promovida em colaboração com os O espetáculo repete amanhã e no sábado, à mesma
consolidar-se». inclui obras de Mozart e Strauss, que respetivos municípios. hora.

Cupão de Anúncios Classificados


Envie o seu anúncio classificado para Jornal O Interior, Rua da Corredoura, 80 R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Condições gerais dos classificados
Localização Identificação
do anúncio
1. Preencha o cupão com texto em maiúsculas,
deixando um espaço entre cada palavra. Nome: __________________________________________________________________
Grátis

2. O preço é acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Imobiliário


*

3. É obrigatório o envio do número de contribuinte (NIF).


4. A identificação é um campo de preenchimento
Vende-se Aluga-se Morada: ________________________________________________________________
obrigatório. A falta de elementos pode implicar a não Trespassa-se Diversos
publicação do anúncio.
5. A “O Interior” reserva-se o direito de rejeitar a
Emprego Código Postal: ________ - _____ Localidade: ___________________________
Euros
2,50

publicidade que não esteja de acordo com a sua Oferece-se Precisa-se


orientação editorial.
6. A recepção de anúncios para cada edição Veículos Contribuinte nº: _________________ Contacto: ______________________
termina 72 horas antes da data da publicação. Vende-se Procura-se
7. Não se aceitam cópias, faxes ou emails deste cupão. Assinatura ________________________________ Data ___/___/______
Euros
4,00

Diversos
* Grátis até à 2ª publicação, a partir
da qual acresce um custo de 2 euros. Para esclarecimentos pode contactar-nos através do telefone 271212153 ou para ointerior@ointerior.pt

Modo de Pagamento: O recibo ser-lhe-á enviado posteriormente


Transferência Bancária (forma mais rápida e vantajosa) Transferência Avulsa Transfira o valor em questão para o NIB indicado e junte
Autorização de pagamento: Exmos Senhores, por crédito na conta abaixo indicada, queiram proceder,
até nova comunicação aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo Jornal O Interior. IBAN: PT50 001000002256785000177 a este cupão o talão comprovativo da transferência.

Banco _____________ Balcão _____________ NIB _________________________ Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________
Nome do Titular _______________________________________________________ Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Numerário
16 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 Publicidade

PUB

Odontopediatria - Medicina dentária para crianças :)

MEDICINA DENTÁRIA | Drª. Rita Vilar | Dr. Alexis Oliveira | Drª. Soraia Rocha
ODONTOPEDIATRIA | Drª. Rita Vilar

GINECOLOGIA / OBSTETRÍCIA | Drª. Cremilda Sousa PODOLOGIA | Dr. Cristóvão Polónio


CIRURGIA GERAL | Dr. Pedro Caldes MEDICINA CHINESA | Drª. Celina Barreto
ENDOCRINOLOGIA | Drª. Daniela Guelho PSICOLOGIA CLÍNICA | Drª. Maggie Vaz
MEDICINA GERAL E FAMILIAR | Drª. Ana Isabel Santos EXAMES PSICOTÉCNICOS | Drª. Liliana Tavares
PNEUMOLOGIA | Drª. Rita Gomes TERAPIA DA FALA | Drª. Ana Rita Gonçalves
PSIQUIATRIA | Dr. João Campos Mendes ENFERMAGEM | Enf. David Centeio
UROLOGIA | Dr. Gustavo Gomes NUTRIÇÃO CLÍNICA | Drª. Inês Costa
PEDIATRIA | Drª. Rita S. Oliveira OSTEOPATIA | Dr. João Araújo
REUMATOLOGIA | Drª. Joana Ferreira MEDICINA INTEGRATIVA | Drª. Sandra Grilo
ORTOPEDIA | Dr. António Mendes | Dr. Eduardo Ferreira COACHING | Drª. Susana Menoita
ACORDOS - Consulte as especialidades abrangidas
CHEQUE DENTISTA | ADVANCECARE | TRANQUILIDADE | SANTANDER TOTTA | ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA MONTEPIO | SSCGD | SAMS CENTRO
SAMS QUADROS | MEDICARE | GENERALI CARE | FUTURE HEALTHCARE | SAÚDE PRIME|VICTÓRIA | EDP MAIS | DECO+ | DENTALREDE

Dr. José João Dra Assunção Vaz Patto Prof. Doutor


Garcia Pires L. Taborda Barata
Neurologista
Especialista pelos Hospitais da Universidade de Coimbra
Consultas de Neurologia
Imunoalergologista
ORTOPEDIA Exames: Electromiografia
e Potenciais Evocados
Asma e Doenças Alérgicas
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
Consultas: CLIFIG – Clínica Fisiátrica da Guarda
CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral - Tel: 275334876
Rua Pedro Álvares Cabral, Edíficio Gulbenkian
Edifício Gulbenkian, s/n Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda;
Telef.: 271 231 397 6300-745 Guarda Tel: 271211905

Prof. Celso Pereira


Imuno-Alergologia
(Doenças Alérgicas)
Ass Graduado HU Coimbra /
Filipe Pinto
Fac Medicina UC Fotojornalista

Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela


Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda
Escadas do Quebra Costas, Nº 2 • 6200-170 COVILHÃ
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96 Telef. 275 336 805 • Telem. 919 487 978 • Telem. 964 196 950
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560 E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • fotoacademica@hotmail.com

ADVOGADOS ADVOGADOS
PUB

Vitor Nascimento António Ferreira, Paula Camilo


& Associados
Bárbara Brigas Sociedade de Advogados, RL

Telefone: 271 086 518 Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765
e_mails:
e_mails: antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com
vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt (ao lado da loja MANGO)
Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda 6300-663 Guarda

Médico

Diogo Cabrita
Cirurgião geral
tratamento de varizes e suas
complicações, pequenas cirurgias,
hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
Marcações : (Clínica Cembi)
Telef.: 271213445
Protocolo com a Médis

António Gil Advogado


Tel. / Fax 271 238 344
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda
Contacte-nos!
Tel: 271212153 antonio.gil-5388C@adv.oa.pt
BOAS FESTAS
“A
Na
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 17

Sp. Covilhã em crise


Ficha de Jogo
Árbitro: Hélder Malheiro (AF Lisboa)
Árbitros assistentes: Rui Cidade e At
Hugo Ribeiro
serra

não vence há seis jogos


PUB E. Santos Pinto, decor
Covilhã no im
Sp. Covilhã.................. 1 visitan
Carlos Henriques, Tiago Moreira, «pass
Zarabi, Brendon, Daniel Martins, “Aldei
Serranos foram derrotados na receção à Académica no domingo e desceram Guilherme Rodrigues (Kukula, 81’), uma b
Gilberto, Mica Silva, Adriano, Bonani
para o sétimo lugar da IIª Liga
BOAS
Na sequência de um canto batido
Filipe Pinto - Foto Académica
por Gilberto, Brendon cabeceou
(Santiago da Silva, 78’) e Daffé (De-
ivison, 58’)
nânci
uma d
O Sp. Covilhã está a atraves-
sar ciclo negativo na IIª Liga e no FESTAS certeiro na área. Mas a “briosa” Treinador: Ricardo Soares ao Na
domingo voltou a perder, desta reagiu e chegou à igualdade aos Académica.................. 2 a trad
vez na receção à Académica de 74’, por Traquina, que encostou Mika, Mike, Silvério, Zé Castro, Mauro, sem a
Coimbra. A “briosa” venceu 2-1 e ao segundo poste aproveitando Dias, João Mendes (Marcos Paulo, a orga
um ressalto após o remate de 70’), Leandro (Yuri Matias, 87’), Osei, Se
adensou a crise de resultados dos Traquina e Derik Lacerda (Djousse, 78’)
serranos, que sofreram quatro Osei, num lance muito contestado cenár
Treinador: João Carlos Pereira
derrotas consecutivas nos últimos pelos locais. O treinador covilha- «são
nense estava apostado em ganhar Golos: Brendon (65’), Traquina (74’) e
jogos e não ganham há seis jor-
Djousse (90’+3’).
Natal
nadas ocupando agora o sétimo
PUB
a partida e refrescou o ataque, biodiv
mas sem sucesso. Ação disciplinar: Cartão amarelo para
lugar da classificação. meio
Aos 85’, os “leões da serra” Mauro (61’), Guilherme Rodrigues (74’),
Os locais estiveram em de- Silvério (80’), Mike (81’) e Leandro (87’). folhas
staque durante a primeira parte, reclamaram penálti sobre Adria-
no, mas o árbitro Hélder Malheiro
Cartão vermelho direto para Mike (85’). musg
apresentando um futebol ofensivo
considerou falta fora da área e o resultado final. O campeonato estrel
que originou muitas ocasiões de
expulsou Mike. Na marcação do para este fim de semana para das fl
perigo para a baliza da Académi- Avenida São Miguel, nº 46
Covilhanenses voltaram a perder nos instantes finais da partida de N
ca, mas os serranos voltaram a livre, Gilberto acertou na bar- dar lugar à Taça da Liga, com o
6300-864 Guarda reira e, na recarga, Tiago Moreira Sp. Covilhã a viajar no sábado natura
falhar no momento da finalização. redes visitante. A única jogada de démica, vinda de uma vitória de-
Adriano Castanheira protagoni-
www.farmaciaestacao.com rematou a rasar a trave. Como até Guimarães para defrontar o trabal
perigo dos “estudantes” aconteceu pois de quatro jogos a perder, foi a
zou a primeira situação flagrante, geral@farmaciaestacao.com
perto do final do primeiro tempo, primeira a criar perigo num livre quem não marca sofre, aos 93’, Vitória no último jogo da terceira encon
aos 10’, num cabeceamento que já em tempo de compensação, fase da prova. Os vimaranenses visita
Mika parou. Na outra baliza Mike BOAS
quando Lacerda rematou por cima
da barra. T
cobrado por João Mendes, que
+351
saiu ao 271
lado, 224
e, aos373
60’, Lacerda a Académica marcou o golo da lideram o grupo B com 4 pontos, 200 h
vitória numa jogada rápida: o enquanto os serranos partilham
tentou a sorte, mas a bola saiu
por cima da barra e de seguida foi
FESTAS
O jogo começou com menor
intensidade e ganhou equilíbrio
obrigou à defesa de Carlos Hen-
riques. Contudo, o Covilhã chegou guardião Mika fez um passe longo, o segundo lugar com o Benfica,
pleme
produ
novamente Adriano a assustar. Aos no regresso das cabinas. A Aca- à vantagem cinco minutos depois. Djousse isolou-se e estabeleceu ambos com dois pontos. anima
23’, o esquerdino dos covilhanenses inspir
PUB PUB
tocou de cabeça, Mika não agarrou e sab
JJosé & Luís - Peças, Lda

Ford • Motorcraft
FELIZ PRÓSPERO
Peças Originais
e foi Zé Castro quem evitou o golo O eve
quase em cima da linha. Pouco NATAL ANO NOVO é pro
depois foram Brendon e Bonani
Comércio de Peças Automóveis Baldio
que testaram a atenção do guarda-
com a
Dese
Futebol Deseja a todos os clientes, Rede
Ricardo Soares sai fornecedores e amigos munic
Fregu
do Sp. Covilhã um Próspero Ano Novo
Ricardo Soares, de 45 anos,
vai treinar o Moreirense. A equi-
pa minhota da Iª Liga rescindiu BOAS FESTAS
Tlfs. 271 230 269 | 271 238 949 | 271 237 541 • Fax 271 227 631
Rua da Corredoura - Urb. S. Miguel, lote 4 r/c
esta  segunda-feira o contrato Apartado 1047 • 6300-908 Guarda
com Vítor Campelos.
O até agora técnico dos ser-

Casa da
PUB PUB
ranos negociou a saída durante
esse dia, tendo o presidente do
clube, José Mendes, afirmado
Águas
que não ia colocar entraves à
Cervejas

Esquila
rescisão do treinador. Paulo
Gomes, técnico da equipa B e
dos juniores do Covilhã, vai Refrigerantes
sentar-se no banco dos “leões
da serra” na próxima partida Restaurante Espirituosas
com o Guimarães para a Taça da
Liga, no sábado. Já o substituto Vinhos
de Ricardo Soares só será conhe- BOAS FESTAS
cido depois do Natal. Depois de Alimentar
um bom arranque, o Sp. Covilhã
está a passar por uma crise de Rua da Estrada, n. 74 • 6320-121 Casteleiro Papel
resultados, pois desde o início
de novembro que não vence uma
partida e ocupa agora o sétimo
lugar da geral. O Moreirense será
a terceira experiência de Ricardo
Soares na Iª Liga, depois do De-
sportivo de Chaves, na época de
2016/17, e do Desportivo das
Aves, em 2017/18. No currículo
o treinador tem ainda passagens
por clubes como o Felgueiras,
Ribeirão, Vizela e Académica.
18 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Taça das Regiões UEFA

Guarda tenta apuramento para final nacional


A seleção distrital sénior da AF Guarda de Futebol e da Associação de Futebol de jana. No sábado (15 horas) jogam Portalegre Conceição e André Jesus (todos do Vila Cor-
disputa entre sexta-feira e domingo a fase Portalegre, com o apoio do município local. e Castelo Branco e no domingo (11 horas) há tês); Lucas Coelho (Aguiar da Beira), Marco
zonal da Taça das Regiões da UEFA com as A equipa orientada por Luis Cerqueira dérbi beirão entre a Guarda e Castelo Branco. Marques, Cristiano Costa, André Barra, Diogo
equipas de Castelo Branco e de Portalegre. vai defrontar a formação anfitriã na jornada Os atletas convocados são Joel Santos, Tiago Domingues e Fábio Fernandes (todos do Sp.
O triangular decorre em Castelo de Vide, inaugural do torneio às 17 horas, no estádio Maceiras, Diogo Curto e Gonçalo Estêvão Mêda). Do Sp. Celoricense estão selecionados
numa organização da Federação Portuguesa municipal Manuel Rodrigues, na vila alente- (todos do Manteigas); João Oliveira, António Mahal Bernardinetti, Pedro Amaral e Ander-
son Filho, enquanto João Rebelo (Sp. Vilar
PUB Formoso) e Tiago Liberata, José Tavares e
Ricardo Silva (todos do Trancoso) fecham a
convocatória divulgada pela AF Guarda.
A fase zonal apura apenas uma equipa
para a final nacional desta competição que
se realiza de dois em dois anos e envolve
todas as seleções distritais do país. A final
nacional está agendada para o distrito de
Castelo Branco de 23 a 26 de janeiro, sendo
que o campeão português apura-se para a
final europeia do troféu.

Restaurante
PUB

Alameda

Take Away • Diárias


Alameda de Santo André • Telf.: 271 237 432

PUB
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 19

Futebol distrital Ciclismo

Sp. Mêda é de novo líder isolado


Vuelta passa
na Guarda em
DR
setembro de 2020
liza apenas quatro pontos. A 11ª A Vuelta de 2020, a terceira
jornada terá lugar a 5 de janeiro maior prova de ciclismo do mun-
com os jogos Mêda-Vila Franca, do, vai passar pela região a 4 de
Manteigas-Foz Côa, Gouveia- setembro e subirá à Guarda antes
Celoricense, Almeida-Vilar For- de rumar à fronteira de Vilar
moso, Trancoso-Aguiar da Beira, Formoso e a Ciudad Rodrigo, na
Vila Cortês-Vilanovenses e Soito- província de Salamanca.
Fornos de Algodres. O percurso da 75ª edição da
Volta a Espanha foi apresentado
Freixo e Pinhelenses na segunda-feira, em Madrid, e
lideram IIª Divisão inclui duas etapas em Portugal,
uma com chegada no Porto a 3 de
Na IIª Divisão, o líder Freixo setembro e outra com partida de
de Numão folgou e foi alcançado Viseu no dia seguinte. Esta tirada
pelo Pinhelenses, que foi vencer terá 177 quilómetros e terminará
4-0 ao terreno do Sp. Sabugal. em Ciudad Rodrigo, com o pelotão
Na quarta jornada do es- a passar por Fornos de Algodres,
calão secundário o Paços da Celorico da Beira, Ratoeira, Vila
Serra goleou 8-2 na receção ao Cortês do Mondego, Guarda,
Casal de Cinza e o Guarda FC Pínzio, Almeida e Vilar Formoso,
recebeu e venceu o Nespereira reentrando depois em território
por 4-0. Freixo e Pinhelenses espanhol por Fuentes de Oñoro. A
À décima jornada, a última de com menos dois jogos), ainda em 14º e último classificado, por 4-1 seguem no primeiro lugar, am- subida à Torre ainda chegou a ser
2019, o Distrital da Iª Divisão da consequência do acidente sofrido e o Vila Franca das Naves (6º) bos com 9 pontos, mais três que ponderada pela organização, mas
AF Guarda tem novo líder com o por parte da equipa sénior no venceu em casa o Foz Côa (13º) Nespereira e Paços da Serra. Já o acabou por ser excluída. A Vuelta
Sp. Mêda a regressar ao comando passado dia 8, para se isolarem de por 3-1. Guarda FC é quinto classificado começa a 14 de agosto, na Hol-
do campeonato após vencer 1-0 o novo no primeiro lugar da geral. O Sp. Mêda somou 24 pon- com 4 pontos, o Sp. Sabugal anda, e termina a 6 de setembro,
Sp. Celoricense (12º classificado) Nos restantes jogos, o Trancoso tos, mais um que o Trancoso e é sexto com um e o Casal de contemplando ainda uma pas-
em Celorico da Beira. (2º) venceu 2-1 em Fornos de mais dois que o trio formado Cinza ocupa o último lugar sem sagem por França. Será a terceira
Os medenses aproveitaram Algodres (8º) e o Gouveia (5º) fez por Vila Cortês (menos um jogo), qualquer ponto. A 5 de janeiro vez que a prova passa por território
a derrota do Manteigas (4º) por o mesmo em Vilar Formoso frente Manteigas e Gouveia. No fundo jogam Nespereira-Sabugal, Casal português. Em 1997 começou em
2-0 no Soito (7º) e o adiamento do ao Sporting local (9º). Por sua vez, da tabela, o Estrela de Almeida Cinza-Guarda FC e Freixo-Paços Lisboa, teve uma etapa entre Évora
jogo entre o Vila Cortês do Mon- o Vilanovenses (12º) recebeu e continua sem pontuar, enquanto da Serra, folgando o Pinhel- e Vilamoura e uma partida de Loulé
dego (3º) e o Aguiar da Beira (10º derrotou o Estrela de Almeida, o penúltimo GD Foz Côa contabi- enses. rumo a Huelva.

PUB
20 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

PUB Atletismo
Posto de abastecimento Samuel Barata vence
Av. São Miguel Grande Prémio de Natal
Samuel Barata (Benfica) venceu no
domingo a 60ª edição do Grande Prémio
de Natal, corrido em Lisboa.
Depois da desistência na Maratona
de Valência, no final de novembro, o
atleta natural da Bouça (Covilhã) re-
gressou às vitórias ao terminar os 10
quilómetros da prova em 29m37s, a
um segundo da sua melhor marca na
distância. Fernando Serrão (Sporting)
foi segundo com a marca de 29m39s e
Miguel Ribeiro (CA Olímpico Vianense)
fechou o pódio com 29m42s. Nas sen-
horas venceu a sportinguista Jéssica
Augusto, que cortou a meta em 32m44s,
quase dois minutos antes de Emília
Pisoeiro, segunda classificada.

Taça de Honra
Cinco jogos entre equipas
da Iª Divisão nos oitavos
de final

A GasComb deseja a todos


Onze equipas da Iª Divisão e três da
IIª vão disputar os oitavos de final da Taça
de Honra da AF Guarda, cujas partidas

os clientes e amigos
estão agendadas para 19 de janeiro.
O sorteio realizado no passado dia
10 na sede da associação guardense di-

BOAS FESTAS
tou cinco jogos entre equipas do escalão
principal: Almeida-Vila Franca das Naves,
Vilar Formoso-Celoricense, Manteigas-
Aguiar da Beira, Vilanovenses-Vila Cortês
do Mondego e Trancoso-Meda. Os res-
tantes três vão opor formações das duas
divisões, a saber Nespereira (IIª)-Foz Coa
(Iª), Pinhelenses (IIª)-Soito (Iª) e Paços
da Serra (IIª)-Gouveia (Iª).

Futsal
Cariense-Fundão este
sábado para a Taça de
Portugal
A UD Cariense, do Nacional da IIª
Divisão, recebe a AD Fundão, da Iª Liga,
este sábado em jogo da quarta elimi-
natória da Taça da Portugal de futsal.
É a primeira fase da prova em que
participam as equipas do campeonato

Posto de abastecimento principal. Na eliminatória anterior a


equipa do concelho de Belmonte afas-
Rotuda Viceg - Parque Industrial tou os Amigos de Cerva, de Vila Real, ao
vencer por 6-3.
PUB
Publicidade Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 21

Basquetebol
Sub-14 do Guarda Up são
campeões distritais
Rua do
do Campo,
Campo, 55 –– 1º
1º Dto
Dto -- 6300-672
6300-672 Guarda Lic.NºNº15550
2890 –– AMI
AMI
A equipa sub-14 do Guarda Up sagrou-se campeã Rua Guarda Lic.
Telefone: 271211730
Telefone: 271 211 730- 967543140
– 967 543 140 www.predialdaguarda.pt
www.predialdaguarda.pt
distrital no último fim de semana. Os jovens guardenses,
VENDE
que já tinham liderado a fase regular, venceram a fase ID:1179 Casa Rústica Zona do Mondego para restaurar com terreno.. .12.500€
final, que decorreu na cidade mais alta.
2
ID:1196 Terreno em Gonçalo Com 1300 m , p/ construção…………….20.000€
ID:1220 Vivenda A 20km da cidade da Guarda, pronta a habitar. Só!.. ..27.000€
No sábado o Guarda Up derrotou a formação Os D:1140B Casa Rústica Em pedra, isolada a 10 minutos do centro……..27.500€
ID:1131 Casas Rústicas A precisar de obras com terreno envolvente.. .29.900€
Sanchos, também da Guarda, por 81-19 e no domingo D:1258 Moradia Para remodelar na zona de Sequeira com terreno…. ..30.000€
venceu o Club Camões por 100-42. A equipa está assim ID:0000 T3 Centro A necessitar obras,3 quartos, sala, cozinha, sala….33.500€
ID:1240 Lote Na Guarda para construção de moradia. OCASIÃO!.… ....35.000€
apurada para a fase prévia de acesso ao Nacional (Regio- D:1143 Casa Rústica Para remodelar com 42.502m² de terreno…..…..35.000€

nal), onde vão defrontar os três primeiros classificados ID:0159 Quinta Com 3 poços, tanques 2 casas de apoio. 8.500m². Só!.45.000€
ID:0000 T3 Centro A precisar algumas obras de remodelação…….… ..46.900€

VIDENTE
da associação de Coimbra (Olivais, Académica e Ginásio ID:1259 T3 Guarda A precisar de algumas obras de remodelação….….63.900€
ID:0361 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, garagem…...79.900€
Figueirense) e os dois primeiros de Viseu (Gumirães ID:1265 T2 Centro Coz. mobilada, roupeiros, 1 wc, despensa, sótão….84.900€

e ACER Tondela). Os três primeiros seguirão para O ID:1253 T3 Guarda Em excelente estado de conservação. Como novo!85.000€
ID:0971 T3 Centro Todo remodelado. Sótão e lugar de garagem….…...95.000€
Nacional, enquanto os restantes vão disputar o torneio ID:0829 T3 Duplex Com lareira, 3quartos, 2wc´s, lugar de garagem… ..95.000€

interassociações. Em femininos, a equipa de sub-14 está Com longos anos de experiência ID:1254 T3 Centro Ocasião! Com sótão e garagem. Bem situado!.…....95.000€
2
ID:0000 Vivenda A 10minutos do centro, c / 2500 m de terreno….…. ...95.000€
a competir no campeonato da Associação de Basquetebol Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios, ID:0000 T3 Guarda Semi-novo, lareira na sala, garagem p/2 carros… .110.000€
ID:1000 V4 Isolada C/4 quartos, 2 wc´s, adega, garagem, quintal ……115.000€
de Viseu devido à falta de equipas no distrito da Guarda. empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc. ID:0545 V4 Guarda Moradia geminada, em aldeia próxima………….. .115.000€

Quando falta realizar um jogo, o Guarda Up ocupa também Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas.
ID:1262 T3 Guarda Aquec.central a lenha, sótão,garagem p/2 carros. 117.500€
ID:0580 Lote Para Construção no Bairro do Pinheiro, c/ 945m²…... ….125.000€
o primeiro lugar com cinco vitórias nos jogos realizados. ID:1155 T3 Guarda Aquec. central,lareira, garagem p/2 carros,sótão...125.000€
Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo ID:1022 V4 Guarda Coz. e sala comum, aquec. central, garagem…… 145.000€
As guardenses deverão assim apurar-se também para a
fase prévia de acesso ao Nacional, onde vão defrontar os corre mal em sua vida? ID:0000 V5 Centro Coz. com lareira, aquec. central,3 wc´s, garagem. 180.000€

ARRENDA
três primeiros classificados da associação de Coimbra Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ: IID:1075B Salas Centro Salas c/ 20 m2, óptimo, para explicações……. ….…90€
ID:0972C Escritório Centro Com 30m², óptimas vistas, 1 wc………… .......150€
(Académica, Sp. Figueirense e Olivais) e os dois primeiros 271238451 ou 969012923 ID:1212B T2 Centro Cozinha mobilada, 2 quartos, 1 wc, arrecadação …....220€
ID:0460 T1 Centro Completamente mobilado e equipado,1 quarto,1 wc… .250€
de Viseu (ASSO Caparrosa e Gumirães). IID:0972B Loja Guarda Com 2 salas, recepção,2 wc´s, bem localizada…...250€
Para Daniel Branquinho, presidente e coordenador Empresa de transportes admite: ID:0653 Escritório Centro Todo remodelado, sala ampla c/varanda,1 wc. .275€
ID:0334 T1 Centro Cozinha mobilada c/ lareira, 2 quartos,1 wc, sótão….. ..300€
técnico do Guarda Up, os títulos alcançados neste primeiro COMERCIAL ID:1264 T3 Guarda Completamente mobilado e equipado, 2wc´s,sótão…..350€

ano de existência do clube resultam do «rigor e qualidade Procuramos profissional com o seguinte perfil: ID:0886 T3 Centro Coz. mobilada e equipada, roupeiro, 2 wc, marquise.. ..350€
2
IID:1240C Loja Guarda Loja para comércio c/ 163 m , 2 wc´s, 2 salas ……350€
de trabalho apresentado pelos seus técnicos, o que permite • Fluente na língua francesa (imprescindível); ID:1246 T2 Centro Completamente mobilado e equipado, 1 wc, marquise .400€
• Conhecimentos de língua inglesa;
que os pais dos atletas confiem na transmissão de valores • Informática na ótica do utilizador; Predial da Guarda deseja a todos Um
e princípios e os levem a optar por este clube apesar da sua • Valorizam-se conhecimentos e relações comerciais feliz Natal e Um Próspero Ano Novo
curta existência». Atualmente, a Escola Desportiva Guarda no setor de transportes;
Up conta com cerca de 65 atletas, dos 3 aos 18 anos. Oferecemos:
• Formação;
PUB • Disponibilização de computador portátil;
• Trabalho a partir de casa;
Enviar Curriculum Vitae para Apartado 196, 6300-909 GUARDA

CARTÓRIO NOTARIAL DA SERTÃ


TERESA VALENTINA SANTOS
JUSTIFICAÇÃO
Certifico que por escritura de cinco de Dezembro de dois mil e dezanove, no Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura, 80 - R/C
Cartório Notarial sito na Sertã, na Rua de Proença-a-Nova, lote cinco, rés-do-chão
Dto - C • 6300-825 Guarda •
esquerdo, da Notária Teresa Valentina Cristóvão Santos, lavrada de folhas doze a ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA
folhas treze verso, do livro de notas para escrituras diversas número duzentos e
CONVOCATÓRIA Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Sofia Craveiro. • Conselho Editorial:
oitenta e quatro - F, compareceram:
JOSÉ GOMES DA COSTA e mulher MARIA DE LURDES LAMAS BRÁS COSTA, António Ferreira, Nuno Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João Canavilhas, José
Ao abrigo do disposto da alínea b) do Artigo 37.º dos Estatutos da Associação
casados sob o regime da comunhão de adquiridos, naturais ele freguesia de Vela, Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.
Humanitária de Bombeiros Voluntários Egitanienses, convoco a Assembleia Geral
concelho da Guarda e ela da freguesia da Guarda (Sé), concelho da Guarda, Ordinária para a Sede da Associação, pelas 20:30 horas do dia 30 de Dezembro de
residentes habitualmente no lugar de Vale Porco, Estrada Nacional 241, -Proença- Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra, António
2019, com a seguinte
a-Nova, freguesia União das freguesias de Proença-a-Nova e Peral, concelho de Costa, António Ferreira, António Godinho, Cláudia Quelhas, David Santiago, Diogo
Proença-a-Nova, contribuintes fiscais, respectivamente, 105.163.619 e 163.414.629, Ordem de Trabalhos: Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira, Fidélia Pissarra, Frederico Lucas,
E DECLARARAM: 1 - Discussão e aprovação do Plano de Atividades e Orçamento, para o exercício Hélder Sequeira, Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana C. Pereira, Joana Dente,
Que são donos e legítimos possuidores, com exclusão de outrem, do prédio urbano, do ano económico de 2020; João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel,
sito na Rua da Igreja, Vela, freguesia de Vela, concelho da Guarda, composto de 2 - Ratificação de atribuição da Medalha de Honra e Mérito da AHBVE a Norbert José Carlos Alexandre, José Carlos Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento,
casa de dois pisos, destinada a habitação, com a superfície coberta de vinte e seis Klein, a título póstumo; Melanie Alves, Miguel Castelo Branco, Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto
metros quadrados, a confrontar do norte e nascente com a Rua, sul com José Maria 3 - Deliberação sobre delegação de competências e poderes para alienação, respetivo
Gonçalves, Nuno Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso. Desporto: António
Coelho e poente com António de Pina, inscrito na matriz sob o artigo 169, omisso procedimento e condições de património imóvel da AHBVE.
Silva, Arlindo Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado
na Conservatória do Registo Predial da Guarda. NOTA: e Rui Geraldes. • Cartoon: Maurício Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto
Que eles justificantes possuem em nome próprio o referido prédio desde mil Se à hora marcada não estiver presente o número legal de associados, a Assembleia Gráfico: Maurício Vieira. • Departamento Comercial: Natalina Martins • Impressão:
novecentos e oitenta, já no estado de casados, por compra meramente verbal a funcionará meia hora depois, com qualquer número de associados. FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano Lucas – 3020-430 Coimbra • Telefone
Conceição do Carmo Barranco, solteira, residente na Rua das Escolas, número 6, Os documentos referentes ao ponto nº. 1 da ordem de trabalhos, encontram-se à
freguesia de Vela, concelho da Guarda, cujo título não dispõem. 239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.pt • Sede, Redação e Publicidade:
disposição dos associados na sede da Associação, na Secretaria da Direção durante Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda N.I.P.C. – P-504847422.
Está conforme. as horas de expediente. • Nº de registo na ERC: 123436 • Depósito Legal:146398/00 • Tiragem desta
Cartório Notarial da Sertã, 5 de Dezembro de 2019. Para constar se passou a presente convocatória e outras de igual teor, que vão ser edição: 5.200 exemplares • Periodicidade: Semanário • Edição Internet: O Interior •
A COLABORADORA, publicadas e afixadas nos lugares do costume, de acordo com o estatutariamente
Propriedade: JORINTERIOR - Jornal • O Interior, Ldª. Detentores com 5% ou mais
exigido.
do capital da empresa: José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.
Guarda, 11 de Dezembro de 2019
(Isabel Maria da Conceição Fernandes, colaboradora nº 322/8 do Cartório Notarial da Sertã, no Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-tecnica/ •
uso das competências conferidas pela Notária Teresa Valentina Cristóvão Santos, através de O PRESIDENTE DA MESA ASSEMBLEIA GERAL
autorização publicitada em 26/01/2017 no sítio da Ordem dos Notários.) Álvaro José da Trindade Pereira Guerreiro Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt
O Interior, nº 1041 de 19/12/2019 O Interior, nº 1041 de 19/12/2019 • publicidade@ointerior.pt

Cupão de Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
22 • • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

Entrementes
opinião opinião
Pedro Narciso Norberto Gonçalves

Pesadelo em POLIS Atualiza-te Santa Claus!


Vê lá se, de uma vez por todas, te atualizas. Bem Mas não, continuas o mesmo. Mudar, mudar,
Street sei que estás habituado a essa tua imagem de bona-
cheirão que espalha bonomia pela Humanidade uma
mudaste os presentes que trazes. Aí sim atualizaste-os.
São agora os últimos modelos de telemóveis topo de
Caso a locomotiva já estivesse instalada nos carris da rotunda, vez por ano. Nota bem, uma vez por ano, nem mais gama, de jogos eletrónicos, último grito da tecnologia,
ao invés de estar atascada em mais um imbróglio burocrático de uma… Que sovina me saíste, Santa Claus!... televisores de última geração… E depois, Santa Claus,
contornos delirantes, já teria utilidade. Apitar sempre que algum Pois é, atualiza-te homem, atualiza-te! Se não temos os nossos jovens colados aos sofás e lá apare-
eleito municipal tivesse a ideia de concretizar mais uma cicatriz na repara: cem os problemas de obesidade. Mais, ou muito me
imagem da cidade. Na Estação ninguém dormiria. Sem locomotiva, Tu que, vens lá da Lapónia, terra fria de morrer, engano ou foste por eles numa qualquer Black Friday.
teremos a hipótese de colocar um cartaz adjetivando a capacidade continuas a obrigar as coitadas das renas a trabalhos E o comércio tradicional, Santa Claus? E o comércio
de seleção deste executivo. VERGONHOSA! Já que a quantidade forçados sob condições de trabalho no mínimo indig- tradicional?...
de decisões deste nível excedeu claramente a dose máxima reco- nas. Um destes dias ainda te confrontas com um voto Tu que insistes em querer entrar por chaminés que
mendada ao crescimento normal do concelho por mandato. Se o de repúdio em plena Assembleia desta nossa Repúbli- vêm do princípio dos tempos. Talvez devesses encon-
objetivo é ficar na historia como o Freddy Krueger da reabilitação ca. Sim, porque o nosso PAN é grupo atento a estas trar forma de poderes entrar por ares condicionados
urbana, amputando o mais completo parque do concelho, o exe- coisas e não deixa passar uma. Atualiza-te Santa Claus. ou coisa assim. Atualiza-te Santa Claus.
cutivo já está no radar do prémio Pritzker da estupidez. Tu que, lá nos confins da tua terra, não ouves por Tu que continuas a vestir o teu eterno vermelho,
O Parque Urbano do Rio Diz, popularmente conhecido por certo uma tal de Greta e continuas a fazer viagens e não vês que estás a deixar de fora todas as outras
POLIS, é, de forma consensual o projeto de reabilitação urbana mais viagens sem cuidar da pegada ecológica que dei- cores? Estás a excluir sem cuidar que o que está em
com maior sucesso das últimas décadas na nossa cidade. De um xas e do que isso representa no processo de alterações voga são as correntes de pensamento que apelam à
projeto megalómano, com restaurantes panorâmicos, museus climáticas em curso. Ainda por cima deslocas-te num inclusão. Atualiza-te Santa Claus.
da água, monorail Guarda/Guarda-Gare, ficou apenas esta fração trenó feito da madeira das árvores que deitaste abaixo Mas bem sabes, Santa Claus, que isto não
de 21 hectares. Um ex-libris da prática desportiva informal, um contribuindo para a desertificação do planeta. Mais passa de desabafo. Apenas isso, um desabafo. Até
santuário para a diversão dos mais pequenos em forma de parque vale que comeces a pensar em adquirir um veículo porque, Santa Claus, tenho um pedido pessoal a
infantil gigante, um local de observação da natureza, um verdadeiro daqueles de emissões zero construído com materiais fazer-te. Não, não quero nenhum desses objetos
espaço que aumentou a tão propalada autoestima municipal. Um recicláveis. Atualiza-te Santa Claus. tecnológicos que agora deste em distribuir a rodos.
espaço mais polivalente, transversal e aceite que a popularidade Tu que continuas a não fazer dietas, já deverias ter Só quero que me deixes em paz com o meu Menino
de Marcelo Rebelo de Sousa. O local onde se consegue ver o que percebido que essa tua barriguinha proeminente e as nas palhinhas deitado, que no seu dia aquecemos
significa, efetivamente, aumento de qualidade de vida da população. faces coradinhas não são um bom cartão de visita para nas fogueiras que os rapazes prepararam nos adros
Além da magnífica Sé Catedral, a que outro local se leva alguém uma Humanidade que luta contra a obesidade. Talvez das igrejas, como manda a boa tradição deste cantito
que não conhece a Guarda? fosse altura de assumires um corpo assim como que onde vivemos.
Num processo em que foi necessário recorrer a um gabinete de deus grego, muito mais de acordo com os cânones E, já que o tempo é disso, Bom Natal com o muito
de arquitetura do Porto, 50.000 euros acrescidos de IVA, para que de beleza atuais. Atualiza-te Santa Claus. nosso Menino!
indicasse o melhor local para a construção do Centro de Exposi-
ções Transfronteiriço, a escolha foi óbvia. A antiga fábrica Tavares,
propriedade da Câmara Municipal, a necessitar de reabilitação e
numa localização excelente. Absurdo foi ter escolhido sem saber
que a fábrica ocupada – e, segundo as noticias, paga – não se anotações
encontra escriturada. O nível de amadorismo anterior ao atual
opinião
atinge níveis estratosféricos e exige respostas rápidas a questões
Hélder Sequeira
simples. Apressadamente, para contornar este percalço, o exe-
cutivo municipal pretende implodir parte substancial do POLIS
para consumar esta obra. Depois do “lifting” do 10 de Junho, do
“botox” dos acessos de alcatrão, vem a colocação do silicone que
Uma relevante atividade…
desfigurará, ainda mais, a imagem do parque. O último número da Revista Iberografias, re- casal cristão-novo)” (Antonieta Garcia), entre outros
Poupar parece ser a palavra de ordem, perdendo-se a opor- centemente apresentado na Guarda, integra uma excelentes textos.
tunidade de reabilitar ou ocupar espaços vazios da malha urbana série de trabalhos que nos facultam importante Nunca será demais realçar estes importantes
da cidade e aniquilando um parque que cumpre as suas funções. informação para um melhor conhecimento desta e oportunos contributos – assim como empenho
Uma “loose”/ “loose situation” como poucas. As antigas piscinas zona do interior em várias vertentes e temáticas. e profissionalismo colocado nestas edições – que
municipais/ Bairro da Fraternidade necessitam há décadas de uma A título de exemplo poderemos mencionar enriquecem o fundo bibliográfico e documental
solução. A zona do mercado quinzenal, próxima do centro, pode- artigos como “Geografia, literatura, viagem: ler o colocado à disposição de quem queira aprofundar o
ria resolver, também, outras equações complicadas. O mercado território, interpretar a Serra da Estrela” (Rui Jacin- estudo sobre a cidade da Guarda e região envolvente,
municipal/ central de camionagem tiveram uma intervenção de to), “A expedição Científica à Serra da Estrela em sob várias abordagens.
fachada. O pavilhão de S. Miguel não terá capacidade para cres- 1881”. Da aventura ao domínio do território” (He- Contudo julgamos que poderia ser ampliada a
cer? A envolvente da fantasmagórica rotunda da Mão, na principal lena Gonçalves Pinto), “Serra da Estrela: literatura informação sobre os conteúdos destas (como de
entrada da cidade, sem grande movimentação de terras, perto do geográfica” (Cristina Robalo Cordeiro, Rui Jacinto, outras) publicações, através dos canais que as novas
POLIS. A antiga Delphi, se for negociável. A própria Quinta da Duarte Belo) ou “A nova Igreja de São Vicente: tecnologias colocam ao nosso dispor, captando a
Maúnça, deslocada, mas com potencial para outros voos. Temos construção e estética” (António Prata Coelho, Daniel atenção de novos leitores, sobretudo aqueles com
mais opções que Fernando Santos para posições no meio campo, Martins, Antonieta Pinto). ligações (familiares ou afetivas) à Guarda, mas re-
mas convocamos o Ronaldo para a baliza... Tudo será melhor que Por outro lado, no mais recente volume da re- sidindo noutras regiões, ou mesmo no estrangeiro.
a subtração do POLIS. vista “Praça Velha” escreve-se sobre “Do Património É notória, mormente nalgumas redes sociais,
Quem acredita cegamente na regionalização, e delegação de da Guarda. Casas Armoriadas” (Manuel Luiz dos a apetência por documentação e publicações sobre
competências para os municípios, deveria ter este exemplo em Santos), “Eduardo Tracana, do R12 às campanhas a cidade e distrito, remetendo para memórias ou
mente para perceber o quão levianamente se escolhe, mesmo com em África. Roteiro de uma Expedição” (Anabela para o desejo de fazer o confronto entre passado
maior proximidade. Basta pensar na ligeireza de quem se dizia apto Matias), “Uma realidade esquecida – os Médicos e presente.
para receber uma “gigafactory” da Tesla e agora tem que destruir de partido” (Aires Diniz), “Génese do concelho da Sendo certo que é possível a aquisição direta
um parque para construir um pavilhão. Guarda: termo e população” (Francisco Manso), “A ou através de via postal, a agilização da disponibi-
Depois de investir na reabilitação das margens do único ocupação romana e alto medieval do sítio S. Gens lidade dos conteúdos em formato digital, mediante
curso de água com alguma dimensão na cidade, de continuar a (Celorico da Beira)” (António Carlos Marques, Ga- o adequado pagamento, contribuiria, seguramente,
gastar em projetos de reabilitação do lago, de revisão do Plano de briel de Souza, Catarina Tente), “O Primeiro de Maio para uma maior divulgação.
Pormenor, a opção é um verdadeiro vai tudo abaixo. Uma roleta na Guarda, entre a Primeira República e o Estado A relevante atividade que tem sido desenvol-
russa de escolhas que redunda, vezes demais, na incapacidade Novo: uma celebração de Luta, Festa e Propaganda” vida por estas publicações merece ser apoiada e
da sua concretização e que neste caso pode muito bem significar (José Lima Garcia) e “D. Brites do Mercado e Manuel valorizada, em prol da cultura, do conhecimento,
um tiro, não no pé, mas no pescoço, do executivo e do concelho. Henriques do Mercado (fragmentos da vida de um da investigação, do património.
Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019 • • 23

opinião

Inutilidades Observatório de Ornitorrincos


opinião
Todos os anos faço uma sumiço. A maioria das vezes isso deve-se à ligação Nuno Amaral Jerónimo
limpeza a fundo cá por casa emocional que se tem com estes aparelhos, não se extremo.acidental@gmail.com
e chego sempre à mesma aceitando que é tempo de seguir em frente…
conclusão: andei o ano todo
a acumular tralha completa- Cabos de alimentação: às tantas já nem se sabe Elegia da vergonha
mente inútil! para que servem! Ainda assim, não vão fora… “Um
Creio que faz parte da dia ainda posso precisar…”. Um dia… O sem-vergonha do Pêro Vaz escreveu que as índias de Vera
natureza do ser humano Cruz traziam «suas vergonhas tão nuas, e com tanta inocência assim
porque “pode vir a dar jeito” Medicamentos expirados: há quem tenha autên- descobertas, que não havia nisso desvergonha nenhuma».
e ouvimos desde pequenos que “quem guarda tem”, ticas farmácias em casa (eu!), mesmo com medica- O que envergonha é a sem-vergonha de fingir ter vergonha, mas
mas é um facto que muitas coisas que amontoamos na mentos passados da validade (eu!)… Mas nunca se ser desavergonhado.
última gaveta do armário ou na prateleira do fundo do sabe, assim numa urgência posso precisar… Ou até Tenho vergonha do deputado a quem disseram que devia ter
frigorífico deviam ter ido mesmo só para saber o vergonha de dizer “vergonha” no Parlamento. É uma vergonha ainda
fora há muito tempo… nome se quiser comprar haver deputados que usem palavras.
De que falamos? novamente… Quem com Ferro cala, com Ventura se envergonha.
Evidentemente que Botões: têm-se O pai de D. Afonso Henriques veio de Borgonha, que vergonha.
varia muito de pessoa uma coleção gigante e Tenho vergonha de viver a fazer ronha.
para pessoa, mas há um alguns já são autênticas Haja vergonha de quem tanto sonha.
conjunto de artigos que relíquias, mas quase Quem nunca tem vergonha é a malta da Alemonha.
são comuns a qualquer nunca se encontra o A cegonha, no bico esconde a vergonha.
um dos que não tem que se precisa, não é A vergonha pode ser alheia, mas também pode ser farinheia.
coragem para se livrar verdade? É tão vergonhosa a empregada como a patroa é desavergonhada.
deles: Pacotes de condimentos: é uma tentação levar “Posso pôr o hashtag #vergonha?”, “Ora essa, ponha.”
Meias sem par: gosta de manter as meias sem para casa aqueles pacotes com condimentos que são Não gosto de mostrar a fronha porque tenho vergonha.
par na gaveta, na ânsia de resgatar as que faltam? GRÁTIS! Mas, espere lá, quando foi mesmo a última Não me cai bem a palavra vergonha, porque é mais leve do que
Esqueça, isso nunca vai acontecer! Diz a autora Ce- vez que utilizou algum? uma pena. É pena. Mas é uma vergonha.
celia Ahern, no livro “Um lugar chamado aqui”, que Podíamos ainda falar dos obsoletos desperta-
as meias solitárias vão para bem longe e que nunca dores, telefones fixos e máquinas de calcular, ou da * O autor escreve de acordo com a antiga ortografia
mais regressam… #!@*!! dos “tupperwares” sem tampa, das lampas
Maquilhagem antiga: o batom está gasto e já só incandescentes e das amarguradas roupas que já
se conseguem pintar os lábios se se usar o dedo ou não servem…
um cotonete (o que nunca acontece)… E a base? A Pensando bem, já viu a quantidade de coisas
base está seca! E já agora, o protetor solar é do ano dispensáveis que tem em casa?!
passado!
Telemóveis antigos: há quem já tenha uns pou- * @joanadente
cos inutilizados e ainda assim não lhes consiga dar Jurista / Makeup Artist / Fashion Stylist www.facebook.com/ointerior
PUB
24 •
PUB • Quinta-feira • 19 de dezembro de 2019

opinião
O INTERIOR
mais cedo
Em virtude do Dia de
Natal, a próxima edição de O
bilhete postal
rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda

Reencarnação
Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt INTERIOR estará nas bancas
publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt na manhã de terça-feira. dcabrita@iol.pt
Diogo Cabrita
Guarda
Se fosse crente na reencarnação havia gente que eu queria mosca
Médico alerta Assembleia Municipal na próxima vez. Havia tipos que deviam ser formigas, alguns deviam ser
ursos, outros cavalos e montados por gente dura. Esta visão vingativa é

que vários serviços do Hospital estão feia, mas para ser bom não me ocorre ser outro senão pessoa. Interes-
sante que dizem mal desta existência, mas não deve haver quem queira
ser toureado, quem queira ser cabra velha na caçoila, quem deseje ser
«à beira de fechar» lagosta escalfada. Colocar o macho agressor no corpo da mulher ofendida
na próxima vez. Eu, se fosse júri de reencarnar, tinha o corpo humano
A Assembleia Municipal (AM) bilizava um «apoio oftalmológico administração hospitalar e «acal- como cume. Gostas de aborrecer? Eras cão a ladrar com trela no pátio.
da Guarda desta quarta-feira ficou telefónico», mas a administração mar os problemas que existem no Foste mau? Serás gazela com aquele olhar medroso. Alguns cães seriam
marcada pela intervenção do da Unidade Local de Saúde (ULS) hospital». gente, alguns golfinhos seriam pessoas. Muitos que tiveram a sorte de
oftalmologista do Hospital Sousa comunicou-lhe que «deve abster- Nesta sessão, a AM aprovou, ser humano seriam outra coisa qualquer. Alguns seriam lápide anunciando
Martins Henrique Fernandes, que se de iniciar qualquer “projeto- por maioria, um voto de congratu- feitos de outros. Muitos seriam lacraus no deserto, outras rãs nos lagos do
alertou que nesta unidade estão piloto” ou diligência que vise a lação pela instalação da Secretaria hospital. Os dos partidos devem experienciar o efeito da manada – seriam
«vários serviços à beira de fechar» implementação do mesmo». Na de Estado da Ação Social na Guar- zebras ou gnus percorrendo as estepes. Ser elefante seria quase logo
por falta de especialistas. sequência desta intervenção, o da por considerar que a cidade abaixo de humano. Ser orca ou baleia também. Há privilégios que muitos
No período aberto ao públi- presidente da Câmara da Guarda, «adquire uma nova centralidade» não merecem. Um idiota, um prepotente, um ditador, zás – lesma, caracol,
co, o médico também informou Carlos Chaves Monteiro, disse no contexto nacional. O voto mosquito – respetivamente. A magia da decisão sobre a reformulação da
vida. Os que acreditam que repetimos a existência sob formas diferentes
que elaborou um projeto-piloto ser «urgente dar resposta» aos de congratulação, apresentado
são irmãos dos da vida eterna, parentes dos da imortalidade, filhos dos do
para fazer face «à impossibili- problemas existentes no hospital. pelo grupo municipal do PS, foi
céu com virgens à espera. Seria profundamente injusto que não houvesse
dade de existência de Urgência Já o deputado da CDU, Aires Diniz, aprovado com 21 votos a favor
novas existências, novas vidas, novas fórmulas para serem deliciadas. Estes
oftalmológica permanente no propôs que seja criado um grupo (de eleitos do PS, CDS-PP e BE) e seriam borboletas – vidas curtas e voadas, deslumbrantes por instantes. Só!
distrito da Guarda», que disponi- municipal para dialogar com a com 38 abstenções (CDU e PSD).
PUB

guarda

Deseja a todos os seus Cliente, Amigos


e Familiares