Você está na página 1de 162

2.º3.

°
SEMESTRE
BIMESTRE

MARCELO CRIVELLA
PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
TALMA ROMERO SUANE
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
MARIA HELENA DOS SANTOS PRAZERES COSTA
SUBSECRETARIA DE ENSINO
ISAURA FERNANDES BARRETO
COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA
REGINA STHELA PEDROSO PASCHOA
GERÊNCIA DE ENSINO FUNDAMENTAL II

SIMONE CORRÊA DOS SANTOS MEDEIROS


ELABORAÇÃO DE CIÊNCIAS
ANDREIA FERREIRA EDUARDO DA COSTA
VAGNER LÚCIO DE LIMA (REVISÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA)
REVISÃO DE CIÊNCIAS
HAYDÉE LIMA DA COSTA
MARCIA DA LUZ BASTOS
RESPONSÁVEL TÉCNICO

CRISTIANE GÜNTENSPERGER SOUSA


ELABORAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA
GINA PAULA BERNARDINO CAPITÃO MOR
REVISÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA
RESPONSÁVEL TÉCNICO DE LÍNGUA PORTUGUESA

HEITOR BARBOSA DE OLIVEIRA


ELABORAÇÃO DE MATEMÁTICA
GIBRAN CASTRO DA SILVA
MONICA SILVA DE ARAUJO (REVISÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA)
REVISÃO DE MATEMÁTICA
SILVIA MARIA SOARES COUTO
RESPONSÁVEL TÉCNICO DE MATEMÁTICA

LARISSA FERNANDES DOS SANTOS MANHÃES CORRÊA


MARIA DE FÁTIMA CUNHA EDIGRÁFICA
SIMONE CARDOZO VITAL DA SILVA EDITORAÇÃO E IMPRESSÃO
RESPONSÁVEL TÉCNICO (GERAL)
MIGUEL PAIXÃO
SUPERVISÃO GRÁFICA
ANDRÉA DORIA POÇAS CAMARA
DARCI DA CONCEIÇÃO LEITE CORRÊA
DIAGRAMAÇÃO
CONTATOS E/SUBE
Telefones: 2976-2301 / 2976-2302
subesme@rioeduca.net
materialcarioca@rioeduca.net
2.º SEMESTRE
3.° BIMESTRE

Prezado Aluno, Prezada Aluna,


Sejam bem-vindos(as) ao 2.º semestre de 2019!

Apresentamos mais um material que foi preparado com cuidado e carinho


para apoiar seus estudos. Mantenha a responsabilidade, o empenho e o
prazer investidos no 1.º semestre. Lembre-se de que, a cada tarefa realizada,
você estará ainda mais próximo de novas conquistas. Temos certeza de que
você já está colhendo os frutos de sua dedicação.

Permanecemos comprometidos com a oferta de uma educação pública de


qualidade. Para isso, você está recebendo o Material Didático Carioca – 2.º
semestre, composto por atividades que contemplam as diversas áreas do
nosso currículo.

Certamente, você já percebeu as vantagens da dedicação investida, não é


mesmo? Então, no 2.º semestre, continue contando com o apoio do seu
professor ou da sua professora. Estamos preparados para ajudar você a
conquistar o progresso desejado.

A educação carioca investe e acredita no potencial de cada um de vocês.


Juntos, chegaremos ao final desse ano letivo confirmando nossos índices de
qualidade e sucesso. Seu crescimento é o nosso objetivo.

Com carinho,

TALMA ROMERO SUANE


Secretária Municipal de Educação
2.º3.°
SEMESTRE
BIMESTRE

ANOTE AQUI PARA LEMBRAR...


3.° BIMESTRE

SUMÁRIO
CIÊNCIAS – 6.° ANO

ESTUDANDO A ATMOSFERA 6

O AR ESTÁ AÍ! 7

O AR TEM PESO 8

QUANTO MAIS ALTO, MENOS AR 9

A PRESSÃO ATMOSFÉRICA 10

DE QUE O AR É FORMADO? 12

OS SERES VIVOS ALTERAM O AR 16

O AR ESTÁ EM MOVIMENTO 18

TEMPO E CLIMA 20

CONDIÇÕES DO TEMPO 21

CAMADAS DA ATMOSFERA 22

OZÔNIO: MOCINHO OU VILÃO? 23

DOENÇAS TRANSMITIDAS PELO AR 25

5
ESTUDANDO A ATMOSFERA... 3.° BIMESTRE
Depois de estudarmos a litosfera e a hidrosfera, vamos
conhecer um outro ambiente da Terra: a atmosfera.

www.unifal-mg.edu.br
Procure, no dicionário, o significado da palavra
atmosfera e escreva abaixo:

CIÊNCIAS – 6.° ANO


Camada de ar que envolve o planeta Terra;
________________________________________
camada dos gases que estão ao redor de
________________________________________
um planeta.
________________________________________
https://www.dicio.com.br/atmosfera/ (adaptado)
________________________________________

Cite algumas situações do dia a dia em que você


percebe a existência do ar: AMBIENTES DA TERRA
Pipa no ar, avião voando, cabelos ao vento,
________________________________________
O ar ocupa espaço e está por
respiração, folhas voando, ventilador
________________________________________
toda parte. Como ele é invisível,
ligado, barco a vela etc.
________________________________________
você pode até duvidar. Vamos
________________________________________
realizar alguns experimentos para
________________________________________
comprovarmos a presença do ar?
http://www.apoioescolar24horas.com.br//salaaula/estudos/biologia/487_ar/?cod_aula=18721&sNivelEduca=efaf#pag7-tab

Muito cuidado ao manusear materiais nos


experimentos. Toda experimentação deve
contar com a participação do seu
Professor ou de um adulto.

Como fazer?
Coloque o papel no fundo do copo. Em
seguida, encha a tigela de água. Vire o
copo com a abertura para baixo e coloque-
o com cuidado no interior da tigela. Você
deve fazer isso com o copo bem reto.
Materiais: Retire o copo de dentro da tigela. Retire o
▪ uma tigela transparente; papel de dentro do copo.
▪ um copo transparente; Atenção: o papel deve ficar bem seguro no
▪ um pedaço de papel. fundo do copo e não pode cair quando você
virar o copo.

AGORA,
É COM VOCÊ !!! Após a realização do experimento, responda às perguntas:

1- O que aconteceu com o papel que estava no fundo do copo?


O papel permaneceu seco.
_____________________________________________________________________

2- Repita o procedimento e verifique se o resultado é o mesmo. Depois desse


resultado, o que você acha que impediu a água de molhar o papel?
O ar que estava dentro do copo não deixou que a água chegasse até o papel.
_____________________________________________________________________
O ar ficou entre a água e o papel, ocupando esse espaço.
_____________________________________________________________________ 6
_____________________________________________________________________
www.gestaoeducacional.com.br/propriedades-do-ar-caracteristicas/
3.° BIMESTRE O AR ESTÁ AÍ!

AR COMPRIMIDO

A SERINGA ESTÁ VAZIA? Observe a imagem da seringa.

Foto cedida pela prof.ª Simone Medeiros


MATERIAL
CIÊNCIAS – 6.° ANO

• seringa sem agulha


1 2

PROCEDIMENTO

Observe a imagem e faça igual. Tampe bem a


ponta da seringa com o dedo e force o êmbolo,
www.sociobiologia.com.br

Como ficaram as moléculas dos gases do


como se fosse aplicar uma injeção.
ar atmosférico, quando você apertou o
êmbolo (1) e desenhe abaixo:
http://planetabiologia.com/propriedades-do-ar-atmosferico-caracteristicas-gerais/

Chamamos essa arrumação das


1) Descreva o resultado. moléculas de ar comprimido.
Com a ponta da seringa tampada,
_______________________________________
conseguimos empurrar o êmbolo até
_______________________________________ O ar tem propriedade de expandir-se,
certo ponto, não até o final.
_______________________________________ como na situação 2, ou de ser
comprimido, como na situação 1.
2) Você conseguiu empurrar o êmbolo até o final,
com o dedo tampando a ponta da seringa?
Não.
____________________________________

3) O que impediu? O ar existe e ocupa lugar no


O ar, dentro da seringa.
____________________________________ espaço. No nosso planeta, nada está
realmente vazio, mas cheio de ar.
4) De que forma este experimento também pode Existe um processo para se retirar
comprovar a existência do ar? o ar do interior de embalagens. Por
A seringa está cheia de ar. Quando
_______________________________________ exemplo, onde lemos embalados
puxamos o êmbolo da seringa e tampamos
_______________________________________ “a vácuo”, isso significa: sem ar.
a sua ponta, o embolo não consegue
_______________________________________
chegar até o final. O ar, presente no interior
_______________________________________ Depois de ler o “Fique
da seringa, impede que o embolo chegue
_______________________________________ Ligado”, responda: qual
até a ponta da seringa.
_______________________________________ copo está vazio?
___________________
Nenhum dos dois.
5) Escreva outros exemplos que comprovem a ___________________
Um está cheio com
existência do ar. Eles fazem parte da sua vida. ___________________
líquido e o outro
Vamos lá! ___________________
cheio de ar.
https://criatividadeaplicada.com
Presença do vento; quando sopramos uma
_______________________________________ /2007/05/19/exercite-sua- ___________________
mente-o-jogo-dos-copos/
vela...
_______________________________________ ___________________
7
O AR TEM PESO
3.° BIMESTRE
Muito cuidado ao manusear materiais
nos experimentos. Toda
experimentação deve contar com a
participação do seu
Professor ou de um adulto.

Será que o ar tem peso? Vamos experimentar?

CIÊNCIAS – 6.° ANO


www.colegioweb.com.br
MATERIAIS
• 1 espeto de churrasco Você pode não perceber, mas o ar
• 2 bolas de aniversário
• barbante da atmosfera sobre as nossas
• fita adesiva cabeças pesa. E é esse peso do ar

PROCEDIMENTO sobre a superfície do planeta que


produz o efeito que conhecemos
1) Amarre um pedaço de
barbante bem no centro como pressão atmosférica.
do espeto de churrasco e Quando você está no alto de uma
prenda com a fita adesiva,
para o barbante não sair do lugar. montanha, a pressão atmosférica é
menor, porque há menos ar sobre a
2) Depois, pegue as duas bolas e prenda-as nas
pontas do espeto. O espeto deve ficar equilibrado, isto sua cabeça. Quando você está no
é, não deve cair para nenhum dos lados. nível do mar, a pressão é maior,

3) Agora, encha apenas uma das bolas e prenda-a pois há mais ar sobre a sua cabeça.
http://ciencia.estadao.com.br/blogs/herton-escobar/o-
novamente na ponta do espeto. Na outra ponta do peso-do-ar-sobre-nossas-cabecas/
espeto, mantenha presa uma bola vazia.
PRESSÃO ATMOSFÉRICA
4) Levante o espeto pelo barbante, como mostra a
figura acima, e observe. Anote o que aconteceu.

O espeto ficou desequilibrado e caiu para o


____________________________________________
lado da bola cheia._
____________________________________________
https://br.pinterest.com/pin/543457880005570476/

Responda:

a) Após o experimento, qual a sua conclusão?


O ar tem peso.
____________________________________________

b) O que tinha dentro da bola que você encheu?


O ar.
____________________________________________

c) Você poderia citar alguns componentes do ar que Você pode assistir ao vídeo
encheram a bola? O ar tem peso, no canal de
Gás carbônico e vapor d´água que eliminamos
____________________________________________ vídeo da Revista Ciência –
na nossa respiração.
____________________________________________ Hoje das Crianças.
https://www.youtube.com/watch?v=0vHkwbI2yUI
____________________________________________
8
3.° BIMESTRE QUANTO MAIS ALTO, MENOS AR

SAIU NO
JORNAL
Messi vomita durante jogo e reclama da altitude:
CIÊNCIAS – 6.° ANO

'É terrível jogar aqui’


Lionel Messi sofreu com os efeitos da altitude de 3 700 metros, em
La Paz [...]. O camisa 10 da Argentina foi flagrado por uma câmera
de televisão vomitando durante o empate de 1 a 1 com a Bolívia.
– É terrível jogar aqui. Quando você faz um esforço ou uma jogada
de velocidade, demora muito para se recuperar. https://brasil.elpais.com/brasiL
26/03/2013 goo.gl/9izzdx

Você sabe onde fica La Paz? Observe no mapa. Mas o que isso tem a ver com o
Bolívia futebol?
América Latina
Nessa altitude, o ar fica mais
rarefeito, dificultando a respiração dos
jogadores que estão habituados às
cidades que ficam ao nível do mar.
oragoo.net
Além disso, a bola encontra menos
resistência no ar, pois há menos
moléculas e ela fica mais rápida.
La Paz é a capital da Bolívia
uventicus.org

e fica aproximadamente a 3 700


metros de altitude, isto é, está a
3 700 metros acima do nível do Você sabe o que é
mar. RAREFEITO? Vamos
AGORA, procurar no dicionário?
É COM VOCÊ !!! 3 600 m
Pouco denso ou espesso.
____________________
As moléculas se distanciam.
____________________
2 850 m
Ficam mais separadas no ar
____________________
ALTITUDE

rarefeito (pouco oxigênio).


____________________
1 100 m
www.mundoeducacao.com

____________________
https://www.dicio.com.br/rarefeito/

750 m
revistaescola.abril.com.br

0m

1) Observe a imagem acima e responda: LA PAZ

750 m.
a) Em que altitude está a cidade de São Paulo? ___________

b) Onde a coluna de ar é menor: em São Paulo ou em La Paz?


La Paz.
__________________

c) Onde a pressão do ar é menor: São Paulo ou La Paz?


La Paz.
___________________
Veja, na imagem acima, como o
Altímetro arranjo das moléculas do ar está
É o instrumento utilizado para medir menos concentrado no alto.
alturas ou altitudes.
Public domain vectors
Dizemos, neste caso, que o ar
é rarefeito.
9
A PRESSÃO ATMOSFÉRICA
3.° BIMESTRE
Já sabemos que o ar envolve nosso planeta e tudo o que está
na sua superfície.
Todo esse ar, ou melhor, as moléculas dos elementos que formam o ar estão em movimento
e em choque com tudo que existe. Esse bate-bate pressiona tudo e é responsável pela
pressão atmosférica.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


As moléculas de Observe a imagem da Terra
ar estão e as moléculas que formam
representadas o ar, envolvendo-a. Depois,
pelas bolinhas
azuis.
responda:
1- Em que local as moléculas
do ar estão mais próximas:
perto da superfície ou mais
distante?
Esquema autoral cedido pela Prof.ª Simone Medeiros

Perto da superfície.
_________________________

2- Em que local a quantidade


de moléculas do ar diminui:
perto da superfície ou mais
distante?
Mais distante da superfície.
_________________________

A pressão atmosférica,
representada pelas setas azuis,
age, empurrando as moléculas,
que ficam mais concentradas
na superfície da Terra.

VAMOS TESTAR A PRESSÃO ATMOSFÉRICA?

http://www.apoioescolar24horas.com.br//salaaula/estudos/biologia/487_ar/?cod_aula=18721&sNivelEduca=efaf#pag16-tab
MATERIAIS
• dois copos de plástico;
• cartolina;
• água;
• bacia plástica

PROCEDIMENTO
Recorte dois quadrados de cartolina.
Encha bem o copo com água, se possível, até a borda. Coloque, sobre o copo, o pedaço
quadrado de cartolina. Segure o pedaço de cartolina contra a boca do copo. Vire-o de
cabeça para baixo, com bastante cuidado. Retire a mão de debaixo da cartolina.
1) Escreva o que você observou, quando virou o copo: .
________________________________________________________________________
O pedaço de cartolina não caiu e a água continuou no copo.
2) Explique o que você observou.
________________________________________________________________________
A água do copo não saiu, porque a pressão do ar (pressão atmosférica), que
________________________________________________________________________
está agindo de fora para dentro do copo, é maior que a pressão da água, que
________________________________________________________________________
age de dentro para fora do copo.
10
3.° BIMESTRE A PRESSÃO ATMOSFÉRICA

Muito cuidado ao manusear materiais nos


experimentos. Toda experimentação deve contar
com a participação do seu
Professor ou de um adulto.
CIÊNCIAS – 6.° ANO

O CHUVEIRINHO
MATERIAIS
• garrafa de plástico com tampa
• tesoura ou prego; água; bacia

PROCEDIMENTO
Encha a bacia de água.
Fure a base da garrafa com o prego. https://www.altoastral.com.br/faca-com-os-filhos-chuveiro-garrafa/

Coloque, primeiro, a garrafa dentro da bacia com água. Depois, encha a garrafa com
água.
Deixe a garrafa destampada e levante-a.

1) O que você observou?


A água que estava na garrafa saiu pelo buraquinho feito no fundo da garrafa.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________

Agora, coloque a garrafa dentro da bacia.


Coloque água na garrafa e tampe-a, imediatamente, com a tampinha.
Retire a garrafa da bacia, segurando pela tampinha, e, sem APERTÁ-LA, observe.
2) O que você observou?
A água não sai pelo buraquinho feito no fundo enquanto a garrafa está tampada.
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
Fonte: http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/10972

POR QUE ACONTECE?


A pressão dentro da garrafa é menor do que a pressão fora da garrafa e é por isso que a
água não cai, mesmo com a garrafa furada. Quando se tira a tampa, a pressão fora da
garrafa (pressão atmosférica) é maior e empurra a água. A água sai, então, pelos furos da
garrafa.

a) Qual o menino que está em maior altitude?


1 - Observe a imagem e responda: A (860 m).
_____________________________________

b) Qual a cidade que está ao nível do mar?


Santos (0 m).
_____________________________________
www.institutonetclaroembratel.org.br

A
c) Em qual cidade a coluna de ar é maior?
Santos (0 m).
_____________________________________
B
d) Em qual cidade a pressão atmosférica
(pressão da coluna de ar) é maior?
11 Santos (0 m).
_____________________________________
DE QUE O AR É FORMADO?
3.° BIMESTRE
Este gráfico mostra quais são os gases que formam,
atualmente, a atmosfera do planeta Terra. Observe quais são
esses gases e perceba que eles não estão em igual quantidade.
Após a leitura do gráfico,
responda:

CIÊNCIAS – 6.° ANO


er=C&min=1510&orderby=titleA&show=10
http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/mylinks/viewcat.php?cid=0&lett
1- O ar é formado por um único
Não.
gás?______________________
GÁS NITROGÊNIO
78% 2- Quais os nomes dos gases,
apresentados no gráfico, que
estão presentes na composição
GÁS OXIGÊNIO do ar?

21% __________________________
Gás nitrogênio, gás oxigênio,
__________________________
gás carbônico e gás
__________________________
hidrogênio.
GÁS __________________________
GÁS CARBÔNICO HIDROGÊNIO
3- Qual o gás que está em maior
quantidade no ar?
__________________________
Gás nitrogênio.
TUDO JUNTO E MISTURADO
Quem diria que o ar é formado por tantos tipos de
gases misturados, não é mesmo?

No ar, os elementos mais abundantes são o gás


nitrogênio e o gás oxigênio. O gás oxigênio é um
importante componente do ar. A grande maioria dos Para que serve tanto
seres vivos, como nós, seres humanos, outros animais gás nitrogênio!?
e plantas precisam dele para a sua respiração.
Outro componente do ar, que existe em grande O gás nitrogênio é
quantidade, é o gás nitrogênio. Além do gás nitrogênio essencial para a vida. Ele
e do gás oxigênio, o ar é composto de pequenas faz parte de muitas
quantidades dos gases chamados gás carbônico, gás substâncias importantes
hidrogênio, gás argônio, gás neônio, gás hélio e como, por exemplo, todas
gás metano. Além desses gases, o ar contém vapor as proteínas que formam
d’água, poeira e pequenos seres vivos. nosso corpo e o corpo de
Apesar de todos esses gases serem componentes da todos os demais seres
atmosfera, nem todos são benéficos para os seres vivos.
vivos. O gás monóxido de carbono, por exemplo, é
um gás que é muito tóxico para nós, podendo até
causar a morte.

Enumere todos os componentes do ar citados no texto.


___________________________________________________________________________
Gás nitrogênio, gás oxigênio, gás carbônico, gás hidrogênio, gás argônio, gás
gás hélio, gás metano, vapor d’água, poeira, pequenos seres vivos e gás
___________________________________________________________________________
neônio,
___________________________________________________________________________
monóxido de carbono.
___________________________________________________________________________ 12
DE QUE O AR É FORMADO?
3.° BIMESTRE

Vamos modelar alguns componentes da atmosfera?


Agora, responda:
MATERIAIS 1- O que a cor vermelha
• massa de modelar de 4 cores diferentes
CIÊNCIAS – 6.° ANO

representa? Em que modelos


• palitos de dente apareceu essa cor?
___________________________
Oxigênio. Nos modelos da
PROCEDIMENTO ___________________________
água, dióxido de carbono e
___________________________
ozônio.
Molécula da água: faça uma bola maior de cor vermelha
e duas menores de cor preta. A bola vermelha 2- O que a cor preta representa?
representa o oxigênio e as pretas, o hidrogênio. Em que modelos apareceu essa
cor?
H2O Hidrogênio. Nos modelos da
___________________________
água e do metano.
___________________________
___________________________

Molécula do dióxido de carbono: 2


HO
coloque uma bolinha 3- Com o mesmo elemento
amarela no meio e duas bolinhas vermelhas nas vermelho você forma moléculas
extremidades. As bolinhas vermelhas representam o diferentes?
oxigênio e a amarela o carbono. ___________________________
Sim. Água, dióxido de
___________________________
carbono e ozônio.
___________________________
CO2 4- O que a cor amarela
representa? Em que modelos
apareceu a cor amarela?
Molécula do ozônio: faça três bolinhas vermelhas.
Carbono. Nos modelos do
___________________________
Vermelho representa o oxigênio.
dióxido de carbono e
___________________________
O3 metano.
___________________________
5- O que a cor azul representa?
Nitrogênio.
___________________________
___________________________

Metano: coloque uma bola amarela no centro e quatro Nitrogênio: faça duas bolas
bolas pretas, conforme o modelo. A amarela representa de cor azul. Elas representam
o carbono. As pretas representam o hidrogênio. o gás nitrogênio.

CH4 N2

Modelos dos alunos de 6.º ano da E. M. Nerval de Gouveia


13
DE QUE O AR É FORMADO? 3.° BIMESTRE

Será que os gases que compõem o ar são sempre os mesmos?

SAIU NO JORNAL

CIÊNCIAS – 6.° ANO


Erupção do vulcão Kilauea, no Havaí,
ameaça milhares de pessoas

Cerca de 1 500 pessoas foram retiradas da


região e 10 mil estão ameaçadas pela lava e
fumaça.

Notícia publicada em 04/05/2018 Vulcão Kilauea em erupção


no site www1.folha.uol.com.br

“Uma coluna de fumaça de curta duração, produzida por esse evento, se elevou ao céu e se dissipou
para o “sudoeste”, disse o serviço de geologia dos EUA.
https://goo.gl/Kup1LR

1) Lendo a notícia acima, você pode concluir que os vulcões ainda alteram a atmosfera atual?
Sim.
______________________

2) O que foi lançado pelo vulcão?


Lava e fumaça.
__________________________________________________

3) Você considera essa alteração da atmosfera, informada pela notícia, como uma ação natural
Natural.
ou provocada pelo homem? ______________

Mas não só as erupções vulcânicas alteram a atmosfera, o homem também altera a atmosfera
terrestre.
SAIU NO JORNAL
https://www.smartkids.com.br/data/14-agosto-dia-do-combate-a-poluicao

Poluição do ar afeta 95% da população mundial,


diz pesquisa

Poluição causa doenças nos pulmões e


noticias.r7.com
cardiorrespiratórias.
A pesquisa revelou que, em 2016, o problema da
poluição do ar ocasionou 6,1 milhões de mortes.
A poluição torna a vida mais difícil para aqueles
que têm problemas pulmonares, como, por exemplo,
dificuldade para respirar. Causa ainda hospitalizações
e mortes prematuras.
Em 20/04/2018
Adaptado de https://goo.gl/Vxa5n1

4) Que ações do homem alteram a atmosfera?


Queimadas das árvores, queima de combustíveis, fumaça das fábricas...
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
14
3.° BIMESTRE DE QUE O AR É FORMADO?

A COMPOSIÇÃO DO AR ATMOSFÉRICO SEMPRE FOI IGUAL?

Você sabe que nosso planeta já foi muito quente e sem vida. Muito tempo se passou até
CIÊNCIAS – 6.° ANO

que o seu resfriamento formasse a crosta terrestre. Mas não foi só a crosta terrestre do
planeta que se modificou. A sua atmosfera também se transformou ao longo do tempo.
Na formação do planeta Terra e da atmosfera, os vulcões tiveram um papel importante.
O lançamento de gases formou a atmosfera primitiva, que era bem diferente da atual. Ela
era composta por amônia, vapor de água, metano e hidrogênio. Com o surgimento dos
seres vivos, essa atmosfera primitiva foi sendo modificada, atingindo, depois, um
determinado equilíbrio. Porém, o planeta Terra e seus ambientes são dinâmicos, isto é,
estão sempre ativos, em transformação, podendo ser alterados por atividades naturais ou
humanas.

Atmosfera primitiva 1 – Agora, responda:


a) Qual o papel dos vulcões na atmosfera primitiva?
http://biologiaecia.com.br/hipotese-de-oparin-e-haldane/

Lançar gases que constituíram a atmosfera primitiva.


__________________________________________________
__________________________________________________
b) A atmosfera atual tem a mesma composição da atmosfera
primitiva?
Não. Os seres vivos a modificaram até que
__________________________________________________
atingisse o equilíbrio existente atualmente. Mas ela
__________________________________________________
é dinâmica e, portanto, pode ser alterada.
__________________________________________________

c) Quais os gases, em maior concentração, na atmosfera


atual?
__________________________________________________
Nitrogênio e oxigênio.

Atmosfera atual
http://planetabiologia.com/a-atmosfera-terrestre-composicao-camadas-e-gases/

Ache, no caça-conhecimento, os componentes da


atmosfera primitiva apresentados no retângulo abaixo:

F R E D A S C I N T O P A
M U N I H D A S R E T I M
V E R C I A N E S P O L Ô
Z E T Y D U N G R A S O N
V A P O R D’ Á G U A P N I
Q U E N O C E D A N H I A
Z A S I G R O L E D E N H
X S J T Ê X A P O Ç Ã O C
AMÔNIA – VAPOR C I R E N P Ç Õ E S Z A N
D’ÁGUA – METANO –
V I U P I N E T A S U N I
HIDROGÊNIO
F R E T O C D A M Z U J O
F G U M A S L M E T A N O
15
OS SERES VIVOS ALTERAM O AR
3.° BIMESTRE
ÁGUA (H2O) ÁGUA (H2O)

GÁS
CARBÔNICO
(CO2)

GÁS OXIGÊNIO

CIÊNCIAS – 6.° ANO


(O2) GÁS
GÁS OXIGÊNIO CARBÔNICO
(O2) TRANSPIRAÇÃO (CO2)

RESPIRAÇÃO
Montado pelo Elaborador.

www.galeria.colorir.com
FOTOSSÍNTESE

Observe a imagem e escreva os Agora, liste os componentes do ar


processos que alteram a atmosfera e atmosférico que são alterados pelos
são realizados pelos seres vivos: seres vivos:
1- _____________
respiração gás oxigênio
1- _____________
2- _____________
fotossíntese 2- _____________
gás carbônico
3- _____________
transpiração 3- _____________
água
ENTRADA DE
ÁGUA - RAIZ

Alguns processos que os seres vivos realizam estão relacionados ao ar atmosférico:


• a respiração, que é realizada, praticamente, por todos os seres vivos;
• a fotossíntese, que é realizada por organismos como as algas microscópicas e as plantas
(terrestres e aquáticas);
• a transpiração, que é realizada pelos vegetais e pelo uso do gás nitrogênio, por alguns
microrganismos.
Durante a respiração, ocorre uma troca de gases entre o organismo e o ambiente.
Sabemos que os seres vivos, quando respiram, consomem gás oxigênio e devolvem gás
carbônico ao ambiente, que, por sua vez, é utilizado pelos vegetais no processo de realização
da fotossíntese.
Além da respiração, as plantas também realizam outro processo fundamental na
natureza, chamado de fotossíntese.
Nesse processo, que depende da luz, a planta absorve o gás carbônico do ar e devolve
o gás oxigênio, que ela fabrica. Através da fotossíntese, a planta produz alimentos diversos,
como, por exemplo, os açúcares (glicose).
16
3.° BIMESTRE OS SERES VIVOS ALTERAM O AR

Alguns gases, como gás carbônico e metano, eliminados pelos seres vivos em
processos naturais, tais como a respiração e a decomposição, retêm o calor na superfície
da Terra e isso é fundamental para que o nosso planeta tenha uma temperatura adequada
à vida. Porém, algumas atividade humanas, que vêm sendo intensificadas nas últimas
CIÊNCIAS – 6.° ANO

décadas, têm provocado um aumento na liberação desses gases e, consequentemente,


uma maior retenção de calor na Terra. Com isso, o planeta está superaquecendo.

EFEITO ESTUFA E AQUECIMENTO GLOBAL


AQUECIMENTO GLOBAL é o aumento da temperatura média da Terra. Isso acontece
porque várias atividades humanas, como andar de carro, queimar florestas para produzir
alimentos ou colocar uma indústria para funcionar, emitem gases do efeito estufa. Esses
gases, como o gás carbônico e o metano, impedem a saída dos raios infravermelhos da
atmosfera terrestre e, sendo liberados em grande quantidade no ar, acabam provocando
um aumento do efeito estufa, que chamamos de aquecimento global.
Mudar os padrões de consumo e diminuir a liberação desses gases do efeito estufa é muito
importante, pois, apesar dos avanços da ciência, é preciso que cada um faça a sua parte
no esforço de salvar o planeta!
Adaptado de http://chc.cienciahoje.uol.com.br/para-salvar-o-planeta/

EFEITO ESTUFA
Se não fosse essa retenção de calor, a Terra seria muito fria para os seres vivos. O

http://static.publico.pt/fichas/ambiente/efeito_estufa.html
metano também é um gás estufa. Observe o esquema apresentado.

Como já vimos, o gás


carbônico ou dióxido de
carbono é um dos responsáveis
pelo EFEITO ESTUFA, um
fenômeno natural, responsável
pelo aquecimento da superfície
terrestre e pela sobrevivência
dos seres vivos.

Lembre-se! Efeito estufa não é o mesmo que aquecimento global.


O AQUECIMENTO GLOBAL é uma consequência
do aumento do EFEITO ESTUFA.
Nas últimas décadas, a poluição vem aumentando muito e os lançamentos
de carbono na atmosfera estão aumentando o EFEITO ESTUFA.
Com isso, o planeta está ficando mais quente.
17 O AQUECIMENTO GLOBAL está provocando um superaquecimento da Terra.
O AR ESTÁ EM MOVIMENTO 3.° BIMESTRE

Ao observar as imagens ao lado, podemos


em movimento

https://ominho.pt/viana-e-braga-sob-aviso-amarelo-devido-ao-vento-forte/
afirmar que o ar está ___________________.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


SAIU NO
JORNAL
Chuva e vento forte derrubam árvores e deixam bairros sem luz no RJ
A chuva que caiu na noite de domingo (28) no Rio de Janeiro causa transtornos aos
moradores do Rio na manhã desta segunda-feira (29). No Forte de Copacabana, o vento
chegou a mais de 105,5 km/h.
Em 29/04/2019 Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/04/29/chuva-e-vento-forte-ainda-causam-transtornos-para-moradores-do-rj-
nessa-segunda.ghtml

Como vimos na notícia acima, às vezes, os ventos trazem transtornos, mas nem sempre
é assim. O vento também pode ser uma solução! Veja no quadro abaixo:

O homem aprendeu a utilizar a movimentação do ar para produzir energia.


VAMOS VER COMO FUNCIONA A ENERGIA EÓLICA?

A energia eólica é a energia obtida pelo movimento do ar (vento). É uma abundante fonte
de energia, renovável e limpa (não poluente).

http://www.infoescola.com/tecnologia/energia-eolica/
A energia eólica é considerada a
energia mais limpa do planeta e, por estar
disponível em diversos lugares, é uma boa
alternativa às energias não renováveis.

Apesar de não queimarem combustíveis fósseis e não emitirem poluentes, há pontos


negativos relativos à utilização da energia eólica: as fazendas eólicas alteram paisagens com
suas torres e hélices, podem ameaçar pássaros em migração e emitem um certo nível de
ruído (barulho), que pode provocar algum incômodo. Além disso, podem causar interferência
na transmissão dos sinais de televisão.
Adaptado de http://www.fcmc.es.gov.br/download/energia_eolica.pdf

Complete as frases, utilizando as palavras encontradas no BANCO DE PALAVRAS:


EÓLICA – RENOVÁVEL – VENTO – AR – ENERGIA – LIMPA

1- O ar se movimenta e podemos perceber esse movimento através do __________.


vento

2- O homem aproveita a movimentação do ar para gerar _____________________.


energia

3- A energia ______________
eólica é gerada a partir da movimentação do ___________.
ar

4- A energia eólica é _____________________,


renovável _______________
limpa e disponível em diversos
lugares. 18
O AR ESTÁ EM MOVIMENTO
3.° BIMESTRE
Quais os benefícios da energia eólica?
Em 2017, foram instaladas 518 usinas eólicas no Brasil e a quantidade de energia gerada dá
para abastecer 22 milhões de residências, cerca de 67 milhões de habitantes. Mais do que a
população de todo o nordeste. A energia eólica é RENOVÁVEL, NÃO POLUI e não emite CO2.
http://www.abeeolica.org.br/
CIÊNCIAS – 6.° ANO
http://www.aneel.gov.br/aneel-essencial/-/asset_publisher/c4M6OIoMkLad/content/evolucao-da-energia-eolica-no-brasil?inheritRedirect=false

http://www.canalbioenergia.com.br/geracao-de-energia-eolica-no-brasil-cresce-55-em-2016/

SAIU NO
JORNAL

A energia eólica atinge,


pela 1.ª vez, 50% da
geração de energia no
Nordeste
(Bom Dia Brasil).

O jornal Bom Dia Brasil do


dia 27/10/17 exibiu
reportagem sobre o
crescimento da geração
eólica no Brasil, com
destaque para o Nordeste,
1 - Observando o gráfico, responda: região em que a energia
eólica vem sendo utilizada
a) Quais são os três estados que têm maior participação em
com taxas acima de 50%.
geração de energia eólica?
Bahia, Rio Grande do Norte e Ceará.
____________________________________________________
O Nordeste tem
condições favoráveis de
b) Por que alguns estados brasileiros não possuem geração
vento. Por conta disso, é a
eólica?
região onde hoje existe a
maior instalação de
____________________________________________________
Porque se localizam mais no interior do país,
parques eólicos.
____________________________________________________
com condições desfavoráveis em relação ao vento.

c) Os estados que têm participação na geração de energia Adaptado de http://www.abeeolica.org.br/eolica-na-


imprensa/
eólica se localizam no litoral ou no interior do país?
No litoral.
____________________________________________________
19
VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE 3.° BIMESTRE
TEMPO E CLIMA?
Quando falamos em tempo, estamos nos referindo às condições da atmosfera naquele
momento (tempo chuvoso, tempo frio). Quando nos referimos ao termo clima, falamos das
condições num período maior (clima tropical, desértico).
A ciência que estuda as condições do tempo é a METEOROLOGIA. Já a área que estuda

CIÊNCIAS – 6.° ANO


o clima é a CLIMATOLOGIA. Veja alguns exemplos:

“O dia está com “O inverno, no

galeria.colorir.com
sol, algumas hemisfério
nuvens esparsas e norte, foi muito
muito calor.” rigoroso.”
g1.globo.com

TEMPO CLIMA

No site do Instituto Nacional de Meteorologia


(http://www.inmet.gov.br/portal/), você encontrará notícias
Umidade Máx.: 90% sobre as condições climáticas, imagens de satélites,
Umidade Mín.: 55% informações importantes para a agricultura, as estações
do ano e as fases da Lua, além da previsão do tempo.
Direção do vento:
SUDESTE (SE) Se você quer saber mais sobre os dados meteorológicos,
navegue pelo site do Instituto Nacional de Meteorologia e
Intensidade do vento: fracos/moderados
conheça mais sobre o tempo e o clima.
Nublado com possibilidade de chuvisco isolado.

1 – Observe a imagem acima e responda às questões.


a) Que informações sobre o tempo estão disponíveis na imagem da página virtual do INMET?
___________________________________________________________________________
Temperatura máxima e mínima do dia, umidade máxima e mínima do dia, direção do vento,
intensidade do vento, tempo.
___________________________________________________________________________

b) Qual a variação de temperatura prevista para o dia 02/05/2018?


___________________________________________________________________________
Entre 16 ºC e 29 ºC.

c) Qual a previsão do tempo?


Nublado, com possibilidade de chuvisco isolado.
___________________________________________________________________________

Veja a climatologia dos invernos mais severos que se destacaram no Brasil originados de
ondas de frios que atingiram as regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte, nos últimos 100 anos:
- 18 DE JULHO DE 1975 (A MAIS INTENSA: -10,0 °C, em Guarapuava/PR);
- 31 DE MAIO DE 1979 (-0,7 °C, em Orleans/SC);
- 21 DE JULHO DE 1981 (-8,4 ºC, em Maria da Fé/MG);
- JULHO DE 1985 (-4,8 ºC, dia 11/07, em Campos Novos/SC);
- 26 DE JUNHO DE 1994 a 10 DE JULHO DE 1994 (-6,2 ºC, dia 26/06, em Bom Jesus/RS);
- JULHO DE 1999 (-1,5 ºC, dias 05/07 e 31/07, em Bom Jesus/RS);
- JULHO DE 2000 (-9,0 ºC, dia 14/07, em São Joaquim/SC);
- JULHO DE 2017 (-4,0 ºC, dia 19/07, em Irati/PR).
Fonte:http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=noticia/visualizarNoticia&id=128 20
CONDIÇÕES DO TEMPO
3.° BIMESTRE

A meteorologia constitui-se em estudo/pesquisa importante para a sociedade. Por


meio do serviço de meteorologia é possível prever tempestades, furacões, frentes frias,
dentre outras condições do tempo. Também dá apoio às operações de pouso e decolagem
das aeronaves. Auxilia nos transportes marítimos pela previsão de marés e ondas.
CIÊNCIAS – 6.° ANO

Colabora na agricultura, influenciando o plantio e a colheita. Avisa sobre eventos na


atmosfera que podem influenciar as radiocomunicações, além de interferir nas decisões
diárias de muitas pessoas.
Adaptado de http://fisica.ufpr.br/grimm/aposmeteo.

MAPAS DO TEMPO Com base no mapa do tempo e na legenda,


Ceará qual a previsão do tempo nos estados do
Chuva.
a) Rio de Janeiro? ______________________
Parcialmente nublado.
b) Ceará?_____________________________
c) Rio Grande do Sul? ___________________
Parcialmente nublado.

Essas são imagens que nos ajudam a entender


a previsão do tempo em determinadas regiões.
noticias.r7.com www.simehgo.sectec.go.gov.br

Rondônia
Rio de
Janeiro

www.simehgo.sectec.go.gov.br
Rio Grande
do Sul

Figura 1: Mapa do tempo

TEMPERATURA Figura 2: Legenda

Veja o gráfico abaixo, que compara a temperatura média máxima entre três cidades diferentes:

Responda:

1) Qual dessas cidades apresenta


as maiores temperaturas anuais?
Rio de Janeiro.
___________________________
São Paulo
Rio de
Janeiro 2) Em que mês foi observada a
La Paz
maior temperatura média no Rio
de Janeiro?
Fevereiro.
___________________________
21
CONHECENDO AS CAMADAS DA 3.° BIMESTRE
ATMOSFERA...

É fácil concluir que o ar se movimenta. A observação da pipa no ar, as folhas das


árvores sendo balançadas, os cabelos voando, as folhas secas sendo arrastadas pelo
chão, dentre outros exemplos do nosso dia a dia, nos fazem chegar a essa conclusão.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


A movimentação do ar é importante por dispersar os poluentes e até para a geração de
energia (eólica), como vimos anteriormente. Mas, quando a velocidade de movimentação
do ar é muito grande, pode causar danos e até mortes.

SAIU NO Você sabe onde acontecem os fenômenos meteorológicos


como ventos, chuvas e tornados?
JORNAL
Chuva forte causa deslizamentos, morte e
deixa o Rio em estágio de crise

Pelo menos uma pessoa morreu durante


um forte temporal que causou deslizamentos,
alagou ruas, derrubou árvores e destruiu
carros em vários bairros do Rio nesta
segunda-feira (8).
O Instituto Nacional de Meteorologia
(Inmet) prevê mais chuvas fortes com
trovoadas até as 10 h de terça-feira (9). A
revistaescola.abril.com.br

prefeitura recomenda que a população


somente se desloque "em caso de extrema
necessidade".
08/04/2019

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/04/08/tempo-muda-no-rio-com-previsao-de-chuva-raios-e- CAMADAS DA ATMOSFERA


ventos.ghtml

TROPOSFERA
É na troposfera, camada mais próxima da superfície terrestre, que acontecem os
fenômenos meteorológicos. É a camada que apresenta maior concentração dos gases
importantes para os seres vivos: gás oxigênio (O2), dióxido de carbono (CO2) e gás
nitrogênio (N2). É na TROPOSFERA onde circulam os aviões e nós vivemos.

OUTRAS CAMADAS DA ATMOSFERA


ESTRATOSFERA
É a segunda camada da atmosfera. Ela é muito importante para os seres vivos. A
ESTRATOSFERA possui uma grande concentração do gás ozônio (O3), que forma uma
barreira contra os raios ultravioleta do Sol, que são nocivos aos seres vivos.
22
3.° BIMESTRE OZÔNIO: MOCINHO OU VILÃO?

Você já deve ter ouvido falar da camada de gás ozônio, que protege a Terra dos
raios ultravioletas. Mas já ouviu dizer que o gás ozônio é tóxico? Afinal, o que pensar da
presença desse gás em nosso planeta?
CIÊNCIAS – 6.° ANO

É na estratosfera que está localizada a “camada de ozônio”, responsável pela


absorção de quase 99% dos raios ultravioletas, prejudiciais à vida na Terra. Sem essa
camada de proteção, grande parte dos seres vivos seria afetada pela radiação
ultravioleta (UV) e, como consequência, morreria. A camada de ozônio pode ser destruída
por poluentes, produzidos pelos seres humanos, como os clorofluorcarbonetos (CFC),
usados nos sistemas de refrigeração de geladeiras, congeladores e câmaras frigoríficas.
O ozônio, na estratosfera, bloqueia os raios UV prejudiciais à vida. Porém, na
troposfera, é tóxico para os seres vivos. Então me diga: se fôssemos fazer um filme, você
acha que ele seria o mocinho ou o vilão?
Adaptado: http://chc.cienciahoje.uol.com.br/mocinho-ou-vilao/

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1 – Responda:

a) Qual a importância do gás ozônio?


Ele absorve 99% dos raios UV prejudiciais à
__________________________________________
vida na Terra. CAMADA DE OZÔNIO
___________________________________________

b) Em que camada da atmosfera está concentrado o


CFCs
gás ozônio?
___________________________________________
Na estratosfera.
___________________________________________ AEROSSÓIS

c) Por que grande parte dos seres vivos morreria sem


a camada de ozônio?
___________________________________________
Porque os raios UV, prejudiciais à vida na Terra,
___________________________________________
passariam livremente e chegariam à superfície Buraco na Camada de Ozônio
___________________________________________
do nosso planeta.
___________________________________________

d) Que gás poluente destrói a camada de ozônio?


Onde encontramos esse gás?
CFC, encontrado nos sistemas de refrigeração.
__________________________________________
__________________________________________ Em 1987, foi assinado o Protocolo de
Montreal, um acordo internacional
e) O ozônio pode ser considerado mocinho e vilão? para a redução da emissão de gases
Explique. poluentes, como o CFC.
Mocinho, na estratosfera, por filtrar os raios
___________________________________________ Fonte:
UV. Vilão, na troposfera, por ser tóxico aos
___________________________________________ http://conferenciainfanto.mec.gov.br/images/pdf/ar.pdf
seres vivos.
___________________________________________
23
ATÉ ONDE VAI A ATMOSFERA? 3.° BIMESTRE
Outras camadas

cienciahoje.uol.com.br
da atmosfera
A camada MESOSFERA O Sistema de Posicionamento
Global (GPS) conta com
situa-se acima da informações enviadas por, pelo
ESTRATOSFERA e tem,

CIÊNCIAS – 6.° ANO


menos, 24 satélites em órbita na
como característica principal, Terra. Eles localizam, com
as baixas temperaturas, precisão, qualquer ponto na
pois não absorve bem superfície do planeta (arte: NASA).
as radiações solares.
Acima dessa camada temos a A EXOSFERA é a camada mais externa da atmosfera
TERMOSFERA, que é a terrestre a partir da superfície terrestre. Essa camada é
camada mais extensa e atinge formada de gás hélio e gás hidrogênio. É nela onde
altíssimas temperaturas. acontece o fenômeno da aurora boreal. Também estão,
nessa camada, satélites artificiais de transmissão de
informações.

VOCÊ JÁ ASSISTIU AO FILME CARROS 2?

No filme, a missão dos personagens é salvar o mundo de um


terrível vilão. Na vida real, existem pessoas que brigam contra um
inimigo comum: a destruição do meio ambiente.
Nas cidades, os carros, as motos e outros veículos são Que tal assistir ao filme
responsáveis pela emissão de metade dos gases que prejudica Carros 2?
o ar. Esses gases são responsáveis pelo aumento do efeito Embarque nessa aventura!
estufa. Depois, discuta com seus
Mas será que dá para mudar essa situação? Felizmente, a colegas e com o seu
resposta é… Sim! E uma das coisas que se pode fazer é usar os Professor sobre o
chamados carros ecologicamente corretos. Eles têm como objetivo combustível ALINOL do
não prejudicar o planeta e podem funcionar de diferentes maneiras: filme.
alguns são elétricos, outros, movidos a álcool, à água ou até à
energia solar.
Os combustíveis dos carros ecologicamente corretos liberam
pouco ou nenhum gás carbônico para a atmosfera, reduzindo o
sorocaba.olx.com.br/

consumo de gasolina e outros derivados do petróleo. Já estamos


dando uma grande ajuda para diminuir a quantidade de gás
carbônico no ar, quando optamos por alternativas a esses
combustíveis derivados do petróleo.

Adaptado de http://chc.cienciahoje.uol.com.br/ecologia-em-quatro-rodas/

O Dia Mundial sem Carro foi criado com o


objetivo de incentivar a nossa reflexão Crie uma legenda para a
portaldoprofessor.mec.gov.br

sobre a poluição do meio ambiente que é imagem ao lado. Capriche!


causada pelos automóveis. Também é um ______________________
No Dia Mundial sem
momento de buscarmos soluções para o ______________________
Carro, sinal verde para os
transporte nos grandes centros urbanos: transportes coletivos,
______________________
caminhadas e bicicletas.
______________________
existem outras formas de se locomover.
Participe você também! (Sugestão)
______________________
Dia 22 de setembro,
Dia Mundial sem Carro! 24
3.° BIMESTRE
DOENÇAS TRANSMITIDAS PELO AR

Com a chegada do frio, aumentam os casos de resfriados, gripes e outras doenças


transmitidas pelo ar. Por isso, é necessário conhecer e divulgar, em nossas comunidades, as
formas de prevenção dessas doenças.
CIÊNCIAS – 6.° ANO

A gripe H1N1 ou influenza A é provocada por um vírus e transmitida da mesma forma que
uma gripe comum: por meio da saliva ou da secreção nasal.
Os sintomas são: febre, tosse, coriza e dificuldade para respirar.
A pessoa com esses sintomas deve procurar um posto de saúde.

Encontramos muitos microrganismos no ar.


Veja alguns agentes causadores de doenças.

http://www.saudemedicina.com/tuberculose-sintomas-tratamento-e-causas/
MICRORGANISMO DOENÇA Transmissão da tuberculose

Vírus gripe H1N1, gripe comum,


sarampo, rubéola,
catapora
Bactérias pneumonia, tuberculose

Ácaros rinite, asma alérgica

Fungos alergias, micoses, frieira

Evite locais fechados Mantenha os Evite colocar a Fonte: Médicos e Secretaria de Estado da Saúde. Infografia: Gazeta do Povo
Faça uma boa
ou com aglomerações ambientes mão suja nos
alimentação. de pessoas. arejados. olhos, boca e
nariz.

Não compartilhe Lave as mãos Cubra a boca e o Evite contato direto Mantenha limpas as
objetos de uso com frequência e nariz ao tossir ou com pessoas que superfícies, como
25 pessoal. use álcool gel. espirrar. estejam com doenças mesas.
respiratórias.
4.° BIMESTRE

SUMÁRIO

CIÊNCIAS – 6.° ANO


ESTUDANDO A BIOSFERA 27

ECOSSISTEMAS 28

CADEIA ALIMENTAR 33

TEIA ALIMENTAR 37

DESEQUILÍBRIO NA CADEIA ALIMENTAR 38

BIOMAS BRASILEIROS 39

A MATA ATLÂNTICA AMEAÇADA 40

AMAZÔNIA: A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO MUNDO 41

CAATINGA 42

CERRADO 43

PANTANAL 44

PAMPA 45

PROTEÇÃO AOS BIOMAS BRASILEIROS 46


26
4.° BIMESTRE ESTUDANDO A BIOSFERA

Olá, Aluno! Olá, Aluna! Bem-vindos ao 4.º bimestre! Vamos estudar a BIOSFERA. Você
ainda se lembra do significado desse nome? Biosfera é o conjunto dos seres vivos que
habitam o nosso planeta e o conjunto dos ambientes em que vivem.
A Terra é o único planeta do Sistema Solar, conhecido até agora, que apresenta
CIÊNCIAS – 6.° ANO

condições de abrigar a vida.

Vamos começar nosso estudo pelos ambientes de nossa cidade.

A Baía de Guanabara é
considerada, por muitos, a mais
bela baía do mundo. Ao longo de
seu contorno, estendem-se belezas
naturais de formações únicas, como
o Morro do Pão de Açúcar e o
Morro Cara de Cão.

BAÍA DE GUANABARA
http://www.riodejaneiroaqui.com/portugues/baia-guanabara-vg.htmlar

A Floresta da Tijuca é a maior


floresta urbana do mundo. Ela
continua mantendo muitos de seus
ecossistemas originais, mesmo
tendo sido replantada no século
XIX. O primeiro exemplo de
reflorestamento com espécies
nativas ocorreu na Floresta da
Tijuca.

FLORESTA DA TIJUCA - ALTO DA BOA VISTA

Conhecendo um pouco mais de nossa cidade a partir das Ciências...


As paisagens do Rio de Janeiro não retratam apenas a sua beleza. Elas também
apresentam uma cidade rica em diversidade de ambientes e de seres vivos. Muitas
dessas paisagens podem ser chamadas de ECOSSISTEMAS: elas incluem os seres
vivos, os elementos que não têm vida e as relações entre eles.
O grupo de seres vivos é chamado de BIÓTICO. Os elementos sem vida são
chamados de ABIÓTICOS: radiação solar, temperatura, luz, umidade, ventos e, ainda,
os nutrientes presentes nas águas e nos solos.
É importante saber que, nos ECOSSISTEMAS, os elementos BIÓTICOS e
ABIÓTICOS interagem, isto é, se relacionam entre si.
Glossário:
nativo - próprio do lugar em que nasce;
ecossistema - sistema formado por um meio natural e pela comunidade de organismos animais e vegetais,
assim como as suas inter-relações.
27 dicionariomichaellis.com
ECOSSISTEMAS 4.° BIMESTRE

Em nossa cidade, temos algumas áreas de restingas protegidas. O Parque Chico


Mendes, por exemplo, fica em uma área de restinga. Restinga é o termo utilizado para
indicar o ecossistema localizado em uma faixa de terra que acompanha o litoral. O solo da

CIÊNCIAS – 6.° ANO


restinga é do tipo arenoso.
1 - Agora, complete os textos com os seguintes termos: biosfera, litosfera, atmosfera ou
hidrosfera:
a) O Parque Chico Mendes é uma área de restinga protegida, localizada na planície arenosa
da Baixada de Jacarepaguá, no bairro do Recreio dos Bandeirantes. Os vegetais da restinga
possuem raízes superficiais que se espalham no solo arenoso. A decomposição dos vegetais
e de animais ajuda a enriquecer o solo. Assim, ocorre uma troca entre os componentes
pertencentes à ________________
biosfera litosfera
e o solo, pertencente à ________________.
b) Os peixes, junto com os outros seres vivos, formam a ___________.
biosfera Eles são exemplos de
animais que dependem da água para sobreviver. Alimentam-se de plantas e de outros
animais que vivem na ____________e
atmosfera hidrosfera
respiram o gás oxigênio da ____________, que está
dissolvido na água.

2- Observe a imagem do ecossistema manguezal: 3 - Utilize a legenda para numerar os


fatores abióticos e os fatores bióticos
desse ecossistema:

1 Fatores abióticos

2 Fatores bióticos

1 água
www.ebah.com.br

2 pássaro

2 peixes

1 sol
Obs: as imagens não obedecem as medidas reais.
1 solo

1 nuvens
Os seres vivos compõem a BIOSFERA e interagem com os
ambientes da Terra, formados por elementos abióticos. Os
elementos abióticos constituem o estudo da HIDROSFERA, 2 árvore
ATMOSFERA e LITOSFERA.
Glossário:
restinga protegida – área de preservação permanente. 28
4.° BIMESTRE ECOSSISTEMAS

ECOSSISTEMAS DO RIO: LAGOA RODRIGO DE FREITAS


A Lagoa Rodrigo de Freitas é um exemplo de ecossistema aquático. Ela recebe água
de vários rios e tem comunicação com o mar. Por essa razão, suas águas são levemente
CIÊNCIAS – 6.° ANO

salgadas: são as chamadas águas salobras. É importante saber que o ecossistema de


uma lagoa não é composto apenas de água. Existe vida na Lagoa, vida em abundância.

Este é o robalo. É um tipo de peixe que vive no mar, mas


Ciênciaviva.pt

que também pode ser encontrado em águas salobras, como as


da Lagoa Rodrigo de Freitas. Ele se alimenta de camarões,
ROBALO siris e peixes menores.

CAPIVARA

Esta família de capivaras é


formada de uma fêmea, de um
macho e de seus três filhotes. As
capivaras são mamíferos
herbívoros, ou seja, se alimentam
apenas de plantas.

AVES SEMPRE PRESENTES


É muito difícil fazer um passeio pela Lagoa e não encontrar as belas aves que vivem
ou passeiam por lá. A grande maioria dessas aves, como, por exemplo, a garça e o biguá,
se alimenta de peixes.

Recapitulando...
1 - Marque com um X a opção adequada:
GARÇA
a) A água da Lagoa Rodrigo de Freitas é:

( ) doce. ( ) salgada. ( x ) salobra.

b) O tipo de solo característico da restinga é:

( ) terra roxa. ( x ) arenoso. ( ) argiloso.


BIGUÁ
c) O peixe robalo se alimenta de:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Gar%C3%A7a_e_bigu%C3%A1.JPG ( ) garças. ( ) algas. ( x ) camarões.


29
ECOSSISTEMAS
4.° BIMESTRE
ECOSSISTEMAS DO RIO: BAÍA DE GUANABARA

A Baía de Guanabara é um dos


símbolos mais fortes da cidade do Rio
de Janeiro. Desde a chegada dos

CIÊNCIAS – 6.° ANO


http://multirio.rio.rj.gov.br
primeiros europeus, sua paisagem e
sua natureza foram descritas pelo olhar
dos escrivães das frotas, dos viajantes,
dos cronistas, dos pintores, dos poetas,
dos estudiosos – famosos ou anônimos.
Fonte: http://multirio.rio.rj.gov.br
A cidade do Rio de Janeiro em gravura do final do século XVII
(Crédito: François Froger/Museu Imperial - Iphan)

O boto é o único Responda, de acordo com a imagem à


mamífero que ainda esquerda:
frequenta as águas da a) Qual era a população de botos na
baía. As baleias, que Baía de Guanabara no ano de 1980?
nelas vinham parir _______________________________
Entre 350 e 400 botos.
seus filhotes, há muito
não o fazem, assim b) E no ano de 2016?
como não são mais Cerca de 35 botos.
_______________________________
vistas as tartarugas. c) Por que você acha que isso ocorreu?
_______________________________
Por conta da poluição na Baía de
_______________________________
Guanabara.

2016
Há 44 praias na Baía de Guanabara.
http://istoe.com.br/324235_O+SEGREDO+DOS+35+BOTOS/
Conheça algumas:
SAIU NO Na Ilha do Governador (11 praias):
JORNAL • Galeão,
• São Bento,
• Engenho Velho,
A Baía de Guanabara vem enfrentando • Bica,
graves problemas ligados à ocupação irregular, aos • Ribeira,
aterros e, principalmente, à poluição. Atualmente, • Engenhoca,
são situações importantes que conduzem à • Pitangueiras,
degradação ambiental decorrente do não • Bandeira,
reconhecimento, por muitos, dos valores contidos • Barão de Capanema,
na natureza. Diante de situações tão adversas, • Guanabara,
tornam-se necessárias medidas para prevenir e • Pelônias.
corrigir problemas. Em outros pontos do Rio de
Janeiro (6 praias):
http://multirio.rio.rj.gov.br

Adaptado de http://multirio.rio.rj.gov.br
• Ramos,
• Flamengo,
• Botafogo,
• Urca,
A POLUIÇÃO DA BAÍA • Praia do Forte de São João ,
DE GUANABARA • Praia Vermelha. 30
4.° BIMESTRE ECOSSISTEMAS

ECOSSISTEMAS DO RIO DE JANEIRO: MANGUEZAL


Manguezal
CIÊNCIAS – 6.° ANO

Também chamado de mangue, é um ecossistema costeiro


de transição entre o ambiente terrestre e o marinho. SIRI-AZUL
As vegetações que crescem sobre o solo lamacento
sofrem a influência das águas salgadas, trazidas pelas marés
altas, e, também, das águas doces de rios próximos. É o local
favorável à proteção, alimentação, reprodução e desova de
muitos animais. Três espécies de árvores podem ser Siri é uma palavra
identificadas: o mangue vermelho ou bravo, o mangue branco e indígena da língua tupi
o mangue seriba ou siriúba. e significa “aquele que
Sobre as raízes expostas e troncos baixos das árvores, desliza”, provavelmente
vivem cracas e algas vermelhas. por causa da maneira
Embora as ostras já tenham desaparecido, ainda há ágil que esses animais
outros moluscos e crustáceos, como o caranguejo-do-mangue. deslizam na água
Nas águas rasas, vive o siri-azul. enquanto nadam.
As principais aves do manguezal são a garça-branca- Fonte: http://chc.org.br/deslizando-
grande, a garça-branca-pequena e o guará. pelo-litoral/

Fonte: http://baiadeguanabara.org.br/site/?page_id=4854
http://passarinhando.com.br/index.php/component/k2/item/784-guara-eudocimus-ruber

A vegetação do Manguezal
consegue crescer em solos com alto
teor de sal. Os sais são elementos
abióticos importantes para esse
ecossistema.

GUARÁ

Vamos ver se você leu com bastante atenção:

1- Cite elementos abióticos presentes no manguezal:


__________________________________________________________________________
Solo lamacento, águas salgadas, águas doces.

2- Cite elementos bióticos, encontrados no texto, sobre os manguezais:


Árvores: mangue-vermelho, mangue-branco, mangue-seriba. Animais: moluscos,
__________________________________________________________________________
siris, aves como a graça-branca-grande, cracas. Há ainda algas vermelhas.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

3- Copie do texto um trecho que trata da importância desse ecossistema para a reprodução
de muitos animais.
“É o local favorável à proteção, alimentação, reprodução e desova de muitos
__________________________________________________________________________
animais.”
__________________________________________________________________________
Glossário:
cracas - crustáceos, exclusivamente marinhos que vivem fixados a rochas, conchas, corais, madeiras e
outros objetos flutuantes.
31
ECOSSISTEMAS 4.° BIMESTRE

ECOSSISTEMA DE ÁGUA SALGADA


Vivendo na praia: um pouco sobre a fauna e a flora da

www.turismo.es.gov.br
Praia de Grumari, no Rio de Janeiro

CIÊNCIAS – 6.° ANO


A fauna da praia de Grumari é composta por insetos e
aves, mas existem, também, pequenos mamíferos, anfíbios e
répteis. SALSA-DE-PRAIA
As aves observadas com maior frequência são o tiê-

redeglobo.globo.com
sangue, a saíra, o suiriri, o gavião-carijó, a saracura-do-mato e
o garibaldi, além de aves marinhas migratórias, como as
batuíras e o maçarico.
Entre os anfíbios, destacam-se pererecas, sapos e rãs.
CARANGUEJO MARIA-FARINHA
Os répteis mais representativos são o calango-de-cauda-
verde e serpentes, como a cobra-parelheira e a jararaca.

www.avesderapinabrasil.com
Ainda temos a ameaçada borboleta-da-praia, as libélulas,
o caranguejo maria-farinha, os siris. Esses últimos, no ambiente
marinho costeiro.
Adaptado de http://www.instiguacuambiental.org.br/Parques/grumari.htm

GAVIÃO-CARIJÓ

A flora, na região do Rio de Janeiro, é bem diversificada. Próximo ao mar,


desenvolvem-se plantas que rastejam, como a salsa-de-praia e o feijão-da-praia.
Na região da restinga, encontramos árvores grandes como, por exemplo, o pau-
pombo, a sapotiaba e o abaneiro.
Encontramos, também, bromélias e árvores frutíferas, como a pitangueira.

ECOSSISTEMAS DO RIO: FLORESTA DA TIJUCA

A Floresta da Tijuca faz parte de uma Unidade de


Conservação chamada Parque Nacional da Tijuca. Está, no
interior do Parque, o Cristo Redentor, que fica no morro do
Corcovado. O Parque protege a primeira floresta replantada do
mundo, uma infinidade de trilhas e cachoeiras, além de ruínas
históricas do tempo das fazendas de café. Tudo isso bem no
centro do Rio de Janeiro.
O Parque Nacional da Tijuca é, sem dúvida, fundamental
para fazer do Rio a Cidade Maravilhosa.
Adaptado de http://www.icmbio.gov.br/parnatijuca/guia-do-visitante.html

CRISTO REDENTOR

BIODIVERSIDADE é a
Glossário:
fauna - conjunto de espécies de animais de determinada região. variedade de espécies de seres
flora - conjunto da vegetação de determinada região. vivos de um determinado local.
Observe: bio (vida) + diversidade.
32
4.° BIMESTRE CADEIA ALIMENTAR

Os seres vivos de um ecossistema (animais, vegetais, microrganismos) se relacionam


de várias maneiras.
As relações alimentares, existentes entre os seres vivos, são chamadas de cadeia
CIÊNCIAS – 6.° ANO

alimentar. A cadeia alimentar apresenta uma sequência de seres vivos que se alimentam
uns dos outros, a partir de um ser vivo produtor. Os produtores servem de alimento para
outros seres vivos: os consumidores.

Observe, na imagem, as relações alimentares existentes entre alguns seres vivos de um


ecossistema.

1- As plantas aquáticas (produtores) são a base


dessa cadeia alimentar, pois realizam a fotossíntese.
https://www.querotendencias.biz/wp-content/uploads/2014/10/cadeia-alimentar-aquatica-4.jpg

Elas produzem os seus nutrientes a partir da luz do


Sol. A partir dessas plantas aquáticas, os nutrientes e
a energia serão repassados para todos os outros
seres da cadeia alimentar.

2- Alguns peixes se alimentam das plantas aquáticas.

3- Alguns peixes se alimentam de outros peixes.

4- O ser humano se alimenta de peixes.

Observe: produtor – produzir


consumidor – consumir
decompositor – decomposição

Agora, procure, no dicionário o significado das palavras:


produzir, consumir e decomposição.

Plantas e algas são chamadas de PRODUTORES. Os animais e alguns seres vivos


microscópicos são os CONSUMIDORES. Ainda temos os seres vivos chamados de
DECOMPOSITORES, responsáveis pela decomposição dos seres vivos, quando eles
morrem.
33
CADEIA ALIMENTAR
4.° BIMESTRE
Os pequenos seres vivos da Lagoa Rodrigo de Freitas
Na água, encontramos uma grande variedade de seres Outros consumidores da
vivos bem pequenos, que só podem ser vistos com auxílio Lagoa Rodrigo de Freitas
de microscópio. Esses seres vivos constituem o que

CIÊNCIAS – 6.° ANO


chamamos de plâncton.

chc.cienciahoje.uol.com.br
O plâncton serve de alimento para vários peixes, “filhotes”
de camarões e siris.

meioambiente.culturamix.com6
SIRI

portaldoprofessor.mec.gov.br
CAMARÃO

Basicamente, o plâncton pode ser dividido em dois Tanto os camarões e siris da


grupos: o fitoplâncton, que realiza a fotossíntese e Lagoa Rodrigo de Freitas,
produz seu próprio alimento, e o zooplâncton, que se como o zooplâncton, são
alimenta de outros seres microscópicos. exemplos de CONSUMIDORES.
Eles não fabricam seu
Tipos de PLÂNCTON alimento e, portanto,
dependem de outros seres
PRODUTORES FITOPLÂNCTON vivos para se alimentar.

CONSUMIDORES ZOOPLÂNCTON

Fito - vegetal.
Zoo - animal. O PRODUTOR da
cadeia alimentar é o
Responda às perguntas, com base na cadeia alimentar abaixo: ser vivo que produz
seu próprio alimento.
cobra O ser vivo que se
vegetal gavião
alimenta do produtor é
sapo chamado de
www.lookfordiagnosis.com

CONSUMIDOR
PRIMÁRIO; o que se
se alimenta do
consumidor primário é
lagarta o CONSUMIDOR
SECUNDÁRIO; o que
se alimenta do
consumidor
1- Qual é o produtor dessa cadeia alimentar? ______________.
O vegetal
secundário é o
2- Qual é o animal que: CONSUMIDOR
TERCIÁRIO e, assim,
A lagarta
a) se alimenta do produtor?___________. sucessivamente.
O sapo .
b) se alimenta do consumidor primário?_________
A cobra .
c) se alimenta do consumidor secundário?___________ 34
4.° BIMESTRE CADEIA ALIMENTAR

Nas cadeias alimentares, além dos produtores e dos consumidores, há também o


importante elo dos DECOMPOSITORES. São seres vivos que se alimentam de plantas
e de animais mortos.
CIÊNCIAS – 6.° ANO

Adaptado de: http://chc.cienciahoje.uol.com.br/por-dentro-das-cadeias-alimentares

O esquema, apresentado abaixo, representa uma cadeia alimentar. Nela, estão


presentes os produtores, os consumidores e os decompositores.

CONSUMIDORES
1- Por que todos os seres da cadeia
alimentar se relacionam com os
animais.culturamix.com

decompositores?
Porque todos os seres vivos
_____________________________
serão decompostos por esses
_____________________________
seres vivos (decompositores).
_____________________________
PRODUTORES

DECOMPOSITORES
(FUNGOS)

https://escolakids.uol.com.br/ciencias/alimentacao-dos-animais.htm
Quando você se alimenta diretamente de um
produtor, como, por exemplo, a alface de uma salada
(origem vegetal), você é um consumidor primário.
No entanto, se você se alimenta de outro
consumidor, como, por exemplo, a galinha ou o
peixe (de origem animal), então você é um
consumidor secundário ou terciário, dependendo
Responda:
do que a galinha e o peixe comeram, antes de você
ingeri-los. 1) O que são seres onívoros?
Em uma mesma refeição, temos alimentos de ______________________________
São animais que se
origem vegetal e de origem animal. Por essa razão, ______________________________
alimentam de vegetais e
podemos ocupar mais de um nível na cadeia ______________________________
outros animais.
alimentar. Somos, portanto, seres ONÍVOROS:
2) O que são seres herbívoros?
podemos nos alimentar tanto de produtores quanto ______________________________
São animais que se
de consumidores. ______________________________
alimentam somente de
Os seres que se alimentam somente de ______________________________
vegetais.
produtores são chamados de HERBÍVOROS e os
3) O que são seres carnívoros?
que se alimentam somente de consumidores são
______________________________
São animais que se alimentam
chamados de CARNÍVOROS. ______________________________
somente de animais
35
CADEIA ALIMENTAR 4.° BIMESTRE

1 - Vamos organizar os seres vivos em três grupos: HERBÍVOROS, CARNÍVOROS e ONÍVOROS.

GAFANHOTO – CASCAVEL – GALINHA – HOMEM – RATO – BARATA – JACARÉ –

CIÊNCIAS – 6.° ANO


CAVALO – TUBARÃO – ONÇA – PORCO – CACHORRO – JABUTI – CAPIVARA –
ABELHA – VACA – HIENA – ELEFANTE – JOANINHA

HERBÍVOROS ONÍVOROS
gafanhoto – cavalo – abelha –
___________________________ galinha – homem – rato – barata –
_______________________________
vaca – capivara – elefante
___________________________ porco – jabuti – cachorro
_______________________________

CARNÍVOROS
cascavel – tubarão – joaninha
______________________________
onça – hiena – jacaré
______________________________

Pirâmide de energia
Esta é uma pirâmide de energia que representa os diferentes níveis das cadeias
alimentares (nível trófico). A forma de pirâmide indica que a base, onde estão os
produtores, é o nível que possui a maior quantidade de energia. Ao passar para os outros
níveis, a quantidade de energia vai diminuindo, sendo perdida na forma de calor ou
utilizada pelo próprio ser vivo nas suas atividades.

2- Pinte o nível trófico dos produtores de verde, o nível dos consumidores primários de
vermelho, o nível dos consumidores secundários de azul e o nível dos consumidores
terciários de amarelo.

Níveis tróficos são os


níveis de transferência
onça-pintada de energia em uma
cadeia alimentar.

tamanduá-bandeira
cascavel

tapiti capivara veado-catingueiro


www.vivaterra.org.br

pau-brasil
ipê-amarelo aroeira
36
4.° BIMESTRE
TEIA ALIMENTAR

Pinterest
Quando duas ou mais cadeias
alimentares se ligam, temos uma
CIÊNCIAS – 6.° ANO

TEIA ALIMENTAR. Veja o exemplo


na figura ao lado.
Nessa teia, podemos perceber
várias cadeias alimentares reunidas:

• Plantas terrestres --- gafanhoto --


- musaranho --- gavião
• Plantas terrestres --- patos ---
gavião
• Plantas marinhas --- molusco
marinho --- peixe 2 --- ave
costeira --- gavião

E você consegue citar outras


cadeias dessa teia?

Observe a imagem da teia alimentar e marque um X na tabela abaixo:


1- Todas as cadeias começam com plantas (vegetais).
SIM NÃO
2- O molusco marinho é herbívoro.
1 X
3- Nessa teia, existem peixes herbívoros e carnívoros.
2
X
4- O peixe 2 é um animal carnívoro. 3 X
5- O gafanhoto é um produtor. 4
X
5 X
6- Os patos só se alimentam de plantas.
6 X
7- As aves costeiras podem ser consumidores terciários. 7 X
8- Os ratos são onívoros. 8 X
9 X
9- O musaranho é um consumidor primário.
10 X
10- As plantas são os seres com maior quantidade de energia.
37
DESEQUILÍBRIO NA CADEIA ALIMENTAR 4.° BIMESTRE

Observe a cadeia alimentar


representada abaixo. Se algum ser Atualmente, 16 119 espécies são consideradas
vivo for retirado dela, os outros em perigo de extinção em todo o mundo.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


Sim.
serão afetados? ______________ Diferentemente da extinção dos dinossauros, 65
milhões de anos atrás, o desaparecimento das
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/cadeia-teia-alimentar.htm

espécies atuais é provocado, essencialmente, pela


ação humana.
As espécies deixam de existir por diversos
motivos: a devastação das florestas e matas, caça,
Produtor
poluição, tráfico de animais silvestres e a introdução
Consumidor de animais exóticos pelo homem, que não pertencem
primário originalmente ao habitat natural.
Quando ocorre a diminuição ou a extinção de
Consumidor uma determinada população, geralmente, temos a
secundário diminuição de indivíduos que se alimentam dessa
população e o aumento do número de organismos
Consumidor que serviam de alimento para ela. Isso afeta
terciário diretamente a cadeia alimentar.
Consumidor Adaptado de https://novaescola.org.br/conteudo/1181/os-impactos-da-extincao-
quaternário de-especies-na-cadeia-alimentar

Após a leitura do texto, responda:

1- O que aconteceria com o consumidor primário, da cadeia alimentar apresentada


acima, caso o consumidor secundário desaparecesse do ecossistema?
Aumentaria a sua população, por falta de consumidor secundário (predador).
________________________________________________________________________

2- Nessa situação, o mesmo aconteceria com o consumidor terciário, a cobra? Explique.

http://super.abril.com.br/galeria/conheca-20-animais-que-correm-risco-de-extincao/
Não. Diminuiria a sua população, por falta de consumidor secundário (presa).
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
3- De acordo com o texto, quais são as principais causas do desaparecimento das
espécies dos ecossistemas?
A devastação das florestas e matas, caça, poluição, tráfico de bichos silvestres e a
_________________________________________________________________________
introdução de animais exóticos pelo homem nos ecossistemas.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

O pato-mergulhão é um animal nativo


do Brasil e corre sério risco de
extinção. Existem apenas 250 desses
patos em todo o mundo. A espécie
está desaparecendo por causa do
desmatamento e do assoreamento
dos rios.
38
PATO-MERGULHÃO
4.° BIMESTRE BIOMAS BRASILEIROS

Vamos, agora, estudar os BIOMAS BRASILEIROS e conhecer algumas das muitas


belezas naturais do nosso Brasil. Os ecossistemas da Terra são agrupados em BIOMAS, que
representam um espaço geográfico com características definidas quanto ao clima, vegetação,
CIÊNCIAS – 6.° ANO

tipo de solo, temperatura, regularidade de chuvas, além de outros elementos abióticos e


bióticos. O Brasil é formado por seis biomas com características distintas: Amazônia,
Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal. Vamos conhecê-los?

MATA ATLÂNTICA
O Bioma Mata Atlântica é uma floresta tropical com clima

noticias.band.uol.com.br
quente e úmido. É considerado um dos ambientes com o
maior número de tipos de seres vivos diferentes. Observe a
imagem da Mata Atlântica, à direita. Nela, encontramos uma
quantidade enorme de plantas diferentes. Umas são altas,
outras vivem em lugares baixos e bem úmidos, outras ainda
possuem folhas alongadas, em contraste com aquelas que
possuem folhas curtas e largas.
Adaptado de www.mma.gov.br MATA ATLÂNTICA

1- Quais as características do bioma Mata Atlântica?


Clima quente e úmido. Plantas com aspectos diferentes.
_____________________________________________________________________

2- Por que a Mata Atlântica é considerada o bioma de maior biodiversidade do mundo?


Porque, na Mata Atlântica, encontramos o maior número de tipos de seres
_____________________________________________________________________
vivos diferentes.
_____________________________________________________________________

A Mata Atlântica é considerada o bioma de maior BIODIVERSIDADE do


mundo. Conheça alguns representantes da fauna e da flora.

FLORA: jequitibá, orquídeas, palmeiras, jabuticabas, samambaias, palmitos,


entre outros.

FAUNA: insetos, mamíferos como morcegos, macacos (muriqui, macaco-


prego, mico-leão), roedores, furões, felinos (jaguatirica, onça-parda, gato-do-
mato), canídeos (cachorro-do-mato), muitas espécies de aves
(gavião, joão-de-barro), entre outros.

Uma das árvores existentes no bioma Mata


www.vivaterra.org.br

Atlântica é o pau-brasil, espécie que foi muito


explorada na época do descobrimento do Brasil e
que deu nome ao nosso país. Hoje, o pau-brasil
é encontrado apenas no sul da Bahia.
39 PAU-BRASIL
A MATA ATLÂNTICA AMEAÇADA 4.° BIMESTRE

O mapa ao lado mostra a localização da Mata


Atlântica em nosso país. Todos esses pontos
verdes, no mapa, são locais que possuem esse tipo
de floresta.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


Atualmente, existe muito pouco dessa floresta,
pois grande parte dela foi destruída pela retirada
de suas árvores (desmatamento), para dar lugar a

www.faunaeflorasc.com.br
cidades, à criação de gado e a outras atividades
humanas.
Hoje, só temos uma parte bem pequena desse
bioma.

1- Após a leitura do texto, leia o mapa e responda às perguntas:

a) Ainda existe Mata Atlântica no estado do Rio de Janeiro?____________


Sim.
b) O bioma da Mata Atlântica está situado no litoral do país ou no seu interior?
____________________________________________________________________________
Está localizado no litoral, com uma parte no interior do país.
c) Quais os principais motivos que levaram à destruição de florestas, como a Mata Atlântica?
Desmatamento, criação de gado, ocupação da Mata Atlântica pelas cidades.
_____________________________________________________________________________

A Mata Atlântica, assim como outras florestas brasileiras,


sofre com as queimadas (provocadas pelo ser humano,
www.tomdamata.org.br

inclusive por conta dos balões) para dar lugar a plantações e a


pastos. As queimadas também contribuem para o aquecimento
global e degradam o solo, eliminando sua camada fértil.

UMA GRANDE AMEAÇA:


AS QUEIMADAS.

Esse é o muriqui-do-norte: o maior macaco da América. Esse


animal, hoje, só é encontrado em algumas matas dos estados de
www.serradobrigadeiro.com.br

Minas Gerais e do Espírito Santo.


A maior ameaça ainda é a destruição das matas.
O muriqui vive isolado e não tem encontrado outro grupo, da
mesma espécie, para se reproduzir. Os animais que ainda existem
envelhecem e morrem, sem deixar filhotes.
MURIQUI-DO-NORTE

O primeiro parque nacional brasileiro foi criado em uma área de Mata Atlântica, em
14 de junho de 1937: o Parque Nacional de Itatiaia. Ele fica entre os estados do Rio de
Janeiro e Minas Gerais e abriga 360 espécies de aves (incluindo gaviões, codornas e
tucanos), além de 67 espécies de mamíferos (como a paca, macacos e preguiças).
Adaptado de: http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/biomas/bioma_cerrado/bioma_cerrado_curiosidades / 40
4.° BIMESTRE AMAZÔNIA: A MAIOR FLORESTA TROPICAL DO MUNDO

O bioma Amazônia é o maior bioma do Brasil e a maior floresta tropical do mundo. O


clima é quente e úmido, com chuva durante o ano todo. Um verdadeiro mundo úmido que
abriga uma enorme variedade de plantas (2 500 tipos de árvores), animais, cogumelos e
outros seres vivos. Um mundo repleto de água, formado por mais de 1 100 rios. Somente o
CIÊNCIAS – 6.° ANO

rio Amazonas lança, por segundo, milhões de litros de água no mar!


Esse bioma apresenta uma grande variedade de ambientes, com matas de terra firme,
matas de igapós, matas de várzea e outros ambientes.
Adaptado de Probio II/2007(http://www.mma.gov.br/biomas/amaz%C3%B4nia)

Observe, no mapa, a localização O mapa, apresentado abaixo, mostra os pontos


da Floresta Amazônica. Ela ocupa de desmatamento da Floresta Amazônica até 2016.
a região Norte, partes das regiões Observe os pontos marcados em vermelho.
Centro-Oeste e do Nordeste do
Brasil.

Norte
www.ecoa.unb.br

Nordeste

Centro-
Oeste

http://ipam.org.br/bibliotecas/desmatamento-em-terras-indigenas-na-amazonia-ate-2016/

A Amazônia abriga uma variedade de seres vivos. Muitos são utilizados na alimentação e
na medicina. Vamos conhecer alguns desses seres vivos?

O pirarucu vive nas águas calmas dos rios. Ele é chamado de


“gigante dos rios”, pois um pirarucu adulto pode chegar a medir de
2 a 3 metros e pesar 100 a 200 quilos. Ele se alimenta,
principalmente, de outros peixes menores. É muito apreciado
como alimento e conhecido como bacalhau da Amazônia.
PIRARUCU
Outros representantes do Bioma
O ipê-roxo é uma árvore que
Amazônia são: o tucano, a onça-
existe nas matas de terra
http://www.infoescola.com/plantas/ipe-roxo/

pintada, a bromélia e o guaraná.


firme da Amazônia. Essa
árvore pode atingir 35
metros de altura. O seu
www.vivaterra.org.br

tronco é utilizado para a


fabricação de remédios e,
também, na carpintaria. O
seu uso medicinal está IPÊ-ROXO
sendo motivo de estudos e
41 pesquisas.
CAATINGA
4.° BIMESTRE
A caatinga é um bioma brasileiro localizado, principalmente,
na região Nordeste. O clima é seco e quente, com escassez de
chuva. Caatinga quer dizer “mata branca” na língua do povo
indígena tupi-guarani. Os animais da caatinga têm hábitos
noturnos, para escapar do intenso calor do dia.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


http://www.herpetofauna.com.br/LagartosBrasil.htm
Em comparação à Floresta Amazônica, a biodiversidade é
menor nesse bioma. Cada vez mais, as pesquisas estão
revelando tipos de seres vivos que só existem na caatinga. No
entanto, só uma pequena parte da caatinga é protegida por CARCARÁ
Unidade de Conservação.
Os lagartos são muito comuns na região: entre eles estão o
calango-verde e o calanguinho. Ainda entre os répteis, também
se destacam as serpentes. A cascavel é uma das cobras mais
vistas na caatinga. Entre as aves desse bioma, temos o
carcará, a asa-branca e a gralha-canção.
CALANGO-VERDE
Adaptado de www.mma.gov.br e
http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=962&sid=2

Observe as imagens. Elas apresentam a mesma paisagem: a primeira, no período da seca,


a segunda, no período das chuvas.
IMAGEM 1 IMAGEM 2

http://www.comciencia.br/comciencia/
Caatinga do Parque Estadual do Morro do Chapéu, durante a estação seca e na estação chuvosa.

Após a observação das imagens, responda:


1- Qual a principal diferença, entre as duas imagens?
As plantas da imagem 1 perderam suas folhas.
_________________________________________________________________________________________

A perda das folhas, no período da seca, evita que as


plantas percam água para o ambiente (pela transpiração),
pois, como sabemos, é através das folhas que as plantas
transpiram.
www.biblioteca.ifc-camboriu.edu.br -

http://www.fumdham.org.br/o-parque.

O Parque Nacional da Serra da


Capivara, no Piauí, faz parte
desse bioma. Nele foram
encontrados registros rupestres
dos grupos pré-históricos que
habitaram a região do parque. PINTURA RUPESTRE
PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE http://www.fumdham.org.br/o-parque. 42
4.° BIMESTRE CERRADO

É o segundo maior bioma do Brasil. Localiza-se na Conheça algumas plantas e


região central do país. A região é quente, com longos animais típicos do CERRADO:
períodos de seca. A vegetação que encontramos no
CERRADO é rasteira, com algumas árvores baixas e
CIÊNCIAS – 6.° ANO

www.vivaterra.org.br
troncos retorcidos.
Adaptado de www.mmma.gov.br

www.vivaterra.org.br
https://www.todoestudo.com.br/geografia/cerrado

LOBO-GUARÁ

www.brasilescola.com
IPÊ- AMARELO

CERVO

O bioma Cerrado é responsável por


cerca de 70% da produção agrícola
Observe esse mapa. A parte colorida indica onde do Brasil. Os principais produtos
encontramos o bioma Cerrado no nosso país. cultivados são o milho, a soja, a
Após a observação do mapa, responda: cana-de-açúcar e o algodão.
Encontramos o bioma Cerrado em nosso estado?

www.tvrioverde.com.br
Não.
_________________________________________

Escreva o nome de dois estados brasileiros que


Tocantins, Bahia,
apresentam esse bioma: ____________________
Maranhão, Piauí, Minas Gerais, Goiás, Mato
_________________________________________
Grosso, Mato Grosso do Sul.
_________________________________________
_________________________________________
Que tal assistirmos a um VÍDEO
Encontramos esse bioma na capital do nosso país sobre o bioma Cerrado? Visite o site
Sim.
(Brasília)? ________________________________ abaixo e aproveite:
(Título: Você conhece o cerrado?)
https://www.youtube.com/watch?v=orG
hCBbK4Iw

1. O espaço ocupado pelo Cerrado equivale à soma das áreas da Espanha, França,
Alemanha, Itália e Inglaterra.
2. O número de insetos, na região do Cerrado, é surpreendente: apenas na área do
Distrito Federal, há 90 espécies de cupins, 1 000 espécies de borboletas e 500 tipos
diferentes de abelhas e vespas.
3. A ocupação do Cerrado iniciou-se no século XVIII, com a mineração, que se
desenvolveu num rápido ciclo de exploração intensiva.
Fonte:http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/biomas/bioma_cerrado/bioma_cerrado_curiosidades /
43
PANTANAL
4.° BIMESTRE

O Pantanal são áreas de terra cobertas de água. Isso ocorre, de tempos em tempos, em
grande parte das terras baixas que formam esse bioma.
Tempo de cheia de outubro a abril, tempo de seca no restante do ano. Sempre é tempo de
vida no Pantanal!

CIÊNCIAS – 6.° ANO


TERRAS ALAGADAS NA OS IPÊS FLORESCEM NA
ÉPOCA DAS CHEIAS. ÉPOCA DAS SECAS.

www.jornaloeste.com.b
www.icmbio.gov.br

Toda essa variedade de ambientes dominados pela água sustenta uma grande
diversidade de peixes de pequeno e grande porte, aves e mamíferos.

www.sospantanal.org.br/arquivos/blog/tuiuiu-ave-simbolo-do-pantanal
Fauna do Pantanal
www.guiadapesca.com.br

www.brasilescola.com

Pt.wikipedia.org

DOURADO CAPIVARA JABURU OU TUIUIÚ


https://chicomarchese.wordpress.com/material-para-aulas/biomas-brasileiros/pantanal/

Observe o mapa ao lado.


A parte colorida indica onde encontramos
o bioma Pantanal em nosso país.
Agora, responda:
Encontramos o bioma Pantanal nos
estados de
__________________________________
Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
__________________________________

Toda a vida existente no Pantanal


depende das suas águas. O Pantanal é
cercado por uma série de serras, onde
nascem os rios que vão inundá-lo. Assim,
se não nos preocuparmos em cuidar das
Glossário: nascentes dos rios que abastecem o
florescer – florir.
CUNHA, Antônio Geraldo da - Dicionário etimológico da Língua Portuguesa, 2010.
pantanal, esse bioma poderá desaparecer. 44
4.° BIMESTRE PAMPA

A vegetação do bioma Pampa é caracterizada


por vastos campos que crescem no clima mais frio
do Brasil. É no sul do país onde as geadas
ocorrem com mais frequência.
CIÊNCIAS – 6.° ANO

Quando olhamos os Pampas, temos a falsa


escola.britannica.com.br

impressão de que, nesse bioma, encontramos o


mesmo tipo de plantas. Quanta grama, não é
mesmo? Na verdade, encontramos mais de 3 000
tipos de plantas e, desses, 400 são tipos diferentes
de gramas ou gramíneas, como são chamadas
pelos cientistas. Com tanto tipo diferente de
BIOMA PAMPA: RESTRITO AO grama, a pecuária sempre foi uma atividade muito
ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. desenvolvida nesse bioma.

O bioma Pampa apresenta uma grande diversidade de animais. Seu Professor


ou sua Professora ajudará você a escrever, abaixo, os nomes de alguns deles:
https://educacao.uol.com.br/disciplinas/ciencias/Pampa-regiao-se-caracteriza-pelas-pastagens-com-grandes-rebanhos.htm

A parte escura do mapa indica onde encontramos os


Pampas no nosso país.
Em que estado este bioma está presente?
Rio Grande do Sul.
________________________

Fauna dos Pampas


Veja alguns representantes da fauna do Bioma Pampa,
inclusive os ameaçados de extinção:

- roedor: tuco-tuco (ameaçado de extinção).


- aves: ema, perdigão, perdiz.
- mamíferos: veado-campeiro (ameaçado de extinção),
graxaim, furão, preá, cervo-do-pantanal (ameaçado de
extinção)...
escola.britannica.com.br

http://g1.globo.com/rs
http://g1.globo.com

ATIVIDADE DE PECUÁRIA VEADO-CAMPEIRO TUCO-TUCO


A MARMOTA DOS PAMPAS
45
PROTEÇÃO AOS BIOMAS BRASILEIROS 4.° BIMESTRE

As Unidades de Conservação são áreas de proteção ambiental. O Parque Nacional da


Tijuca é uma Unidade de Conservação que fica em nossa cidade. Essa Unidade de
Conservação protege o bioma Mata Atlântica.

CIÊNCIAS – 6.° ANO


Vamos conhecer as Unidades de Conservação que protegem outros biomas no Brasil.
Pela localização no mapa ou pelo tipo de vegetação, você poderá saber que tipo de bioma
está sendo protegido.
Complete com o nome de cada bioma e aproveite para colorir o mapa do Brasil.
http://planetabiologia.com/os-principais-biomas-brasileiros-resumo/2/

http://www.icmbio.gov.br/
BIOMA
Cerrado
____________

PARQUE NACIONAL DA
CHAPADA DOS GUIMARÃES

Amazônia
BIOMA ______________

BIOMA
http://www.icmbio.gov.br/

_____________
Caatinga
http://www.icmbio.gov.br/

PARQUE NACIONAL MONTANHAS DO


TUMUCUMAQUE

BIOMA ____________
Pantanal ÁREA DE PROTEÇÃO
AMBIENTAL DO ARARIPE
www.ibge.com.br
http://www.icmbio.gov.br/

Mata Atlântica
BIOMA _______________
PARQUE NACIONAL PANTANAL
MATOGROSSENSE

Pampa
http://www.icmbio.gov.br/

BIOMA _______________
http://www.icmbio.gov.br/

PARQUE NACIONAL DA BOCAINA

ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL


DE IBIRAPUITÃ 46
3.° BIMESTRE

SUMÁRIO
TEXTO 1: O OLIMPO 49

TEXTO 2: HÉRCULES 51

TEXTO 3: LEITE HÉRCULES – ANÚNCIO PUBLICITÁRIO 52

TEXTO 4: OS ESTÁBULOS DE AUGIAS 54

TEXTO 5: MEDUSA: GELATINA COM VENENO 57

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


TEXTO 6: ECO 59

TEXTO7: ECO E NARCISO 61

TEXTO 8: A CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO OS EGÍPCIOS 63

TEXTO 9: ÁFRICA 64

TEXTO 10: A DANÇA DO ARCO-ÍRIS 67

TEXTO 11: COMO SE FORMA O ARCO-ÍRIS? 70

TEXTO 12: COMO FAZER UM ARCO-ÍRIS 71

TEXTO 13: FALANDO TUPI 72

TEXTO 14: SACI – A ORIGEM 73

TEXTO 15: CIGARRO. APAGUE ESSA IDEIA 76

TEXTO 16: E TEM GENTE QUE DIZ QUE CIGARRO NÃO É DROGA 76

TEXTO 17: QUAL É A SUA EXPECTATIVA DE VIDA? 77

48
3.° BIMESTRE Prezado Aluno, Prezada Aluna,
Neste bimestre, vamos continuar nossa viagem
pelo mundo da leitura. Você já ouviu falar em Zeus,
Hades, Hércules ou sobre o Olimpo? Eles fazem parte
da MITOLOGIA GREGA, a qual é formada por histórias
Texto 1 de heróis, mitos e monstros. Vamos conhecê-la?
http://www.historyforkids.net

Professor(a), sobre mitologia, a TV


ESCOLA possui uma série
interessante. Acesse
https://www.youtube.com/watch?
v=tsKVzXJleKE
Olá, Professor(a), neste
bimestre, a prioridade são as O melhor lugar do universo? É o Olimpo. A morada dos deuses
histórias que falam de lendas e
mitos. No entanto, o cardápio fica no topo da montanha mais alta da Grécia. Tão alta que se
de textos permanece variado. confunde com o céu. Como está sempre coberta de nuvens, nós
Destacamos que é não a enxergamos. Mas sabemos que ali vivem criaturas pra lá de
fundamental o diálogo entre
gêneros. Este material estará especiais. São os doze olimpianos.
sempre a serviço do seu Eles têm três características que, nós, os humanos, não
planejamento. Desejamos a temos. Uma delas: a invulnerabilidade. Ninguém os pega. Outra: a
você um bimestre bastante
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

produtivo! eterna juventude. A última: a imortalidade. Zeus e os outros


moradores não envelhecem nunca. Nem morrem. Os anos
Professor(a), seguem
algumas informações: passam, as décadas se vão, mas eles ficam sempre jovens, belos
“Mito: fábula sobre deuses, e saudáveis. Sabe por quê? Por causa da comida e da bebida.
heróis ou seres fantásticos que
representa, de maneira
simbólica, as forças da Eles bebem néctar. É um
natureza e os aspectos da vida

http://www.ice-nut.ru/greece/greece08403.jpg
humana.” (Saraiva Jovem
líquido açucarado tirado das
Dicionário da Língua plantas. Ganimedes se
Portuguesa). encarrega de servir a delícia.
Ressalte a forma como
os mitos eram criados para
Oferece a maravilha na taça
explicar alguns fenômenos que de Zeus. Depois, as
a ciência da época não tinha privilegiadas criaturas
como esclarecer.
“[...] o mito é uma
saboreiam a ambrosia – doce
narrativa de composição feito com ovos e leite cozidos
simples que tem uma em calda de açúcar.
preocupação explicativa,
atendendo a uma necessidade
de darmos um sentido às Deuses e deusas não são melhores nem piores que nós. São
coisas, aos fenômenos que nos iguaizinhos aos seres humanos. Alguns são alegres, pacíficos e
cercam. Enfoca temas que tolerantes. Outros, mal-humorados, violentos e invejosos. Há
tocam nas raízes culturais de
um povo. Desse modo, o mito também os divertidos e os carrancudos. Por isso, as assembleias
constitui um gênero narrativo do Olimpo nem sempre são tranquilas.
que faz parte da construção da Nas reuniões, Zeus se senta num trono de ouro. Os onze
identidade de um povo.”
Adaptado de Gêneros do
olimpianos em torno da mesa. Dali decidem a sorte dos mortais.
discurso na escola: mito, conto, Depois do julgamento, enviam o bem ou o mal para fazer os
cordel, discurso político, homens respeitarem as leis divinas. Às vezes, há confusão. Zeus,
divulgação
científica/Coordenadora
então, põe ordem na casa.
Helena Brandão. São Paulo:
Cortez, 2002.
Sugerimos a leitura
desse livro, caso deseje Adaptado de SQUARISI, Dad. Deuses do Olimpo para gente pequena
aprofundar os conceitos a e gente grande também. 1. ed. São Paulo: Geração Editorial, 2013.
respeito de Mito e Lenda.

49
MULTIRIO
3.° BIMESTRE

O melhor lugar do universo? É o Olimpo. A morada dos deuses fica no topo da


montanha mais alta da Grécia. Tão alta que se confunde com o céu. Como está sempre
coberta de nuvens, nós não a enxergamos. Mas sabemos que ali vivem criaturas pra lá de
especiais: são os doze olimpianos.

1- A que se referem as expressões destacadas no trecho acima?


À morada dos deuses.
__________________________________________________________________________
2- Quem são as criaturas “pra lá de especiais” a quem o texto se refere?
Os doze olimpianos, ou seja, os doze deuses que vivem no Olimpo.
__________________________________________________________________________
3- Reescreva a expressão “pra lá de especiais”, substituindo o trecho destacado por uma
única palavra, sem mudar o sentido do que está sendo dito:
Muito, bastante.
__________________________________________________________________________

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Professor(a), mostre aos alunos que essa expressão é uma gíria, é utilizada em situações comunicativas
informais ou em que o uso da linguagem é menos monitorado.

“Os anos passam, as décadas se vão, mas eles ficam sempre jovens, belos e saudáveis.”

4- A palavra mas introduz um fato que normalmente acontece quando os anos passam ou um
fato contrário ao que geralmente acontece?
Um fato contrário.
____________________________________________________________________________
5- A que características especiais dos deuses esse fato se refere?
À eterna juventude e à imortalidade.
____________________________________________________________________________

“Por isso, as assembleias do Olimpo nem sempre são tranquilas.”

6- Qual a causa de as assembleias do Olimpo nem sempre serem tranquilas?


A causa é que, como seres humanos, os deuses também têm temperamentos muito
____________________________________________________________________________
diferentes.
____________________________________________________________________________

“Às vezes, há confusão. Zeus, então, põe ordem na casa.”

7- O que significa a expressão destacada?


Zeus organiza a reunião.
___________________________________________________________________________

Professor(a), não se prenda a uma única resposta, mas às possibilidades de


encaminhamentos que a situação-problema apresentada nos permite, sempre considerando
o texto como ponto de partida e de chegada. 50
http://pt-br.kingdomhearts.wikia.com
Não só de deuses vive a Grécia!!! De lá também
3.° BIMESTRE
vem a história do mais famoso semideus: Hércules
ou Héracles. O que seria um semideus? É o filho de
um deus com uma mortal. Vamos conhecer melhor
esse garotão?

Texto 2

Hércules nasceu com o destino traçado. Seria o maior herói da Grécia. O pai dele, Zeus,
era imortal. Mas a mãe, Alcmena, era mortal como todos nós. Resultado: o garotão era
semideus – meio mortal, meio imortal. Para não morrer nunca, precisava tomar o leite de
uma imortal. O pai, então, bolou um plano.
Fez com que Hera encontrasse o menino sozinho. Ele chorava de fome. Com pena da
criança faminta, a deusa lhe deu o peito. Ele sugou com tanta força que ela o afastou com
rapidez. Um esguicho de leite se esparramou pelo firmamento. Assim, foi criada a Via Láctea
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

– o caminho que os heróis seguem para entrar no Olimpo.


Nesse momento, apareceu Alcmena. Hera se deu conta de que tinha sido enganada. Ao
alimentar o bebê tornou-o indestrutível. Furiosa, jurou vingança. Perseguiu Hércules sem
pena. Pôs no berço dele duas cobras venenosas para que o picassem. Mas o meninão
pegou uma serpente com cada mão e estrangulou as duas. Foi um show.

SQUARISI, Dead. Deuses do Olimpo para gente pequena e gente grande também.
1ª ed.:São Paulo: Geração Editorial, 2013.

Professor(a), caso deseje passar para a turma o desenho da Disney, este se encontra
disponível em https://www.youtube.com/watch?v=q4KrHtAgfPQ e o podcast com sua história
em http://www.multirio.rj.gov.br/index.php/ouca/webradio/11417-h%C3%A9rcules
MULTIRIO

SUGESTÕES PARA
TRABALHAR E AMPLIAR
1- Releia algumas frases do texto: “O pai então bolou um plano.”; O TEXTO 2:
Explorar a oralidade e
“Mas o meninão pegou uma serpente com cada mão”, “Foi um show.” a habilidade de leitura
expressiva, propondo a
As palavras destacadas são gírias e costumam ser empregadas leitura individual e/ou
coletiva em voz alta.
em textos informais. Sabendo disso, responda: a que faixa etária de Conversar com os alunos
sobre a finalidade e a
leitor o autor, provavelmente, quer atingir? linguagem do texto.
 Explorar as substituições
O autor pretende atingir o público-leitor de crianças e jovens.
________________________________________________________ que contribuem para a
continuidade.
2- O autor emprega diferentes palavras ao longo do texto para se  Reconhecer o efeito de
sentido decorrente do uso
referir ao personagem Hércules. Circule essas palavras. das gírias.
Professor(a), deuses e semideuses possuem características  Identificar os efeitos de
semelhantes às dos humanos? Características positivas ou negativas? ironia ou humor.
 Explorar o uso do itálico.
51 Esse tema/assunto vale uma Roda de Conversa.
3.° BIMESTRE

3- Copie, do 1.º parágrafo, uma frase em que esteja claro que o autor está conversando
com o leitor:
“Mas a mãe, Alcmena, era mortal como todos nós.”
__________________________________________________________________________
4- A galáxia em que vivemos é chamada de “Via Láctea”, ou seja, uma via ou um caminho
de leite. Segundo a história de Hércules, qual a causa da galáxia ter recebido este nome?
__________________________________________________________________________
A causa foi o leite que Hera derramou sobre o firmamento, ou seja, o céu.
5- O texto termina com a frase: “Foi um show!” Por que essa palavra está escrita em
itálico?
Porque é uma palavra de origem estrangeira.
__________________________________________________________________________

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E Texto 3


AMPLIAR O TEXTO 3:
Explorar a linguagem não verbal do

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


texto: as cores utilizadas nas embalagens, as
gotas que caem do título etc.
 Conversar com os alunos sobre a
finalidade e a linguagem do texto.
 Explorar as partes que podem constituir
uma propaganda: slogan, logotipo,
logomarca etc..
 Relacionar o produto leite à história de
Hércules e à Via Láctea.
MULTIRIO

http://www.quest.com.br/

1- Apesar de os dois textos se referirem ao herói “Hércules”, possuem finalidades diferentes.


a) Qual é a finalidade do texto 2?
Contar a história de Hércules e de como ele se tornou indestrutível.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
b) E do texto 3?
Anunciar que o leite Hércules agora tem novas embalagens.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
2- Após você ter conhecido a história de Hércules, infira por que, provavelmente, os
produtores de leite resolveram dar ao seu produto o nome do herói.
Provavelmente, para os consumidores associarem que o leite é tão forte quanto o
__________________________________________________________________________
herói grego.
__________________________________________________________________________
3- Além do nome do leite, que outro elemento da parte verbal do anúncio se relaciona a
Hércules?
52
A palavra “força”.
__________________________________________________________________________
3.° BIMESTRE
Você conhece o jogo Perfil? É um jogo em
que, a cada jogada, uma carta com um perfil
http://www.historyforkids.net

secreto é sorteada. Um de cada vez, os


jogadores vão recebendo dicas sobre o PERFIL
secreto em questão. Quanto menos dicas você
utilizar para acertar, mais pontos irá ganhar.
A palavra PERFIL significa a descrição de
alguma coisa ou pessoa. Nele se destacam os
traços ou características marcantes.
ZEUS Vamos criar um jogo com os perfis dos
1. Sou o maior dos deuses. deuses e criaturas da mitologia grega? Veja o
2. Hera é a minha esposa. exemplo de uma carta sobre Zeus e preencha a
3. Tive muitos filhos e filhas. outra sobre Hércules só para você entender
4. Moro no Olimpo. como são feitas as cartas. Depois, escolha um
5. Lanço raios nas lutas. outro personagem e faça a sua descrição. NÃO
6. Meus irmãos não moram mostre para seus colegas.
comigo.
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

7. Um dos meus filhos é um


semideus.
HÉRCULES ou HÉRACLES
Como jogar:
Após todos da turma terem 1. _____________________________________
Professor(a), antes dos alunos produzirem a
preenchido a carta em branco, um 2. _____________________________________
ficha, analise com eles, a ficha de Zeus. Veja
aluno irá à frente da turma e lerá uma
quais são as dicas mais óbvias (1, 2, 5 e 7) e
3. _____________________________________
dica por vez. Ao final da leitura, a turma
tentará desvendar de que personagem analise o fato de serem fáceis por serem
4. _____________________________________
é aquele perfil. características apenas de Zeus. Veja também
Quanto menos dicas forem 5. _____________________________________
as menos óbvias (3, 4 e 6) por serem comuns a
necessárias para se descobrir de quem 6. _____________________________________
outros deuses.
é o perfil, mais esperta a turma será!!!
Portanto, não facilite! Ao criar o seu Estimule que eles pesquisem outros deuses e
perfil, escolha dicas que não sejam tão criaturas para fazerem suas fichas.
fáceis!!! Lembre-se de que as dicas Dependendo do número de deuses
mais difíceis de se adivinhar são
pesquisados, talvez seja necessário trabalhar
aquelas que são comuns a outros
personagens! em duplas ou grupos. É importante que não
haja dois alunos/duplas/grupos com o mesmo
_____________________________________________________________
Professor(a), lembramos que o jogo é
personagem. Sugerimos que, mesmo que a
1.uma forma lúdica de se abordar um
______________________________________________________________________
conteúdo e uma oportunidade de se reforçar construção da ficha seja em dupla/grupo, as
2.atitudes, como: respeito à fala do outro,
______________________________________________________________________
etapas anteriores – escrita da ficha de
aguardo da sua vez, prática da escuta etc.
3.Portanto,
______________________________________________________________________
não é conveniente que o fim da Hércules e descrição do deus – sejam
atividade seja a competição, mas a
4.cooperação. realizadas individualmente, para servir de base
______________________________________________________________________
As características dos deuses e
à última parte: construção da ficha nova.
5.semideuses
______________________________________________________________________
também merecem uma
6.discussão efetiva sobre valores.
______________________________________________________________________
7. ______________________________________________________________________
53
http://www.historyforkids.net

Ao ficar mais velho, Hércules (no texto com seu


3.° BIMESTRE
outro nome: Héracles) recebeu dos deuses doze
trabalhos que deveria executar.
A seguir, iremos conhecer um deles.

Texto 4

Augias era um rei negligente e preguiçoso. Seu pai, o próprio deus Sol, deu-lhe de
presente estábulos magníficos, repletos de admiráveis cavalos. Esperava que, com esse
patrimônio, o filho obtivesse uma boa renda. Mas o rei se esquecia de cuidar deles.
Por anos e anos, os excrementos dos animais tinham se acumulado nos corredores,
formando montes enormes que obstruíam as baias e quase chegavam ao teto. Os
estábulos exalavam um mau cheiro que começava a alcançar a vizinhança. As pessoas se
queixavam. Além disso, privada desse adubo precioso, a terra produzia menos, e a
miséria espreitava os moradores do lugar.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Héracles se apresentou no palácio e perguntou onde ficavam os estábulos. Quando
anunciou que contava limpá-los num só dia, o rei não parava de rir.
“Seriam necessários cinquenta homens como você para remover todas aquelas
toneladas de esterco, e uma semana seria pouco, acredite!”
. O herói não desanimou e se dirigiu ao local. Não longe dali corria o rio Alfeu. De
pronto, Héracles pôs em prática a ideia que acabava de lhe ocorrer. Abriu uma vala até
os estábulos; por sorte, o terreno era levemente inclinado nessa direção. Interrompeu o
curso natural do rio com pedras enormes e o desviou. Tomando esse novo leito, mais
estreito e em declive, as águas redobraram sua força.
Desembocaram impetuosamente nos corredores
dos estábulos, que foram limpos num piscar de
olhos. Carregado pela correnteza, o esterco se
espalhou pelos campos e fecundou a terra

POUZADOUX, Claude. Contos e lendas da mitologia grega. SP: Cia. Das Letras, 2001.

www.pinterest.com

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR O TEXTO 4:


 Sugerimos que, antes de iniciar a leitura efetiva, trabalhe com os alunos algumas palavras do texto, como: estábulo,
excremento, adubo, esterco. Essas palavras podem não fazer parte do cotidiano deles.
 Conversar com os alunos sobre a finalidade e a linguagem do texto.
 Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que constroem a narrativa.
 Destacar as relações lógico-discursivas marcadas por conjunções, advérbios etc.
 Estabelecer as relações de causa e consequência.
Se quiser ampliar o assunto, solicite que pesquisem a respeito dos outros trabalhos impostos a Hércules.
Relembre que o herói poderia ter nomes diferentes para gregos e romanos. 54
MULTIRIO

https://www.pinterest.com/
3.° BIMESTRE

vickietaylor1vt/animals/
1- “Augias era um rei negligente e preguiçoso.“

Segundo o dicionário Aurélio, negligente é aquele que é desleixado ou pouco cuidadoso.


Que atitude do rei Augias comprova que ele era negligente?
Não limpar os estábulos e deixar os excrementos se acumularem.
__________________________________________________________________________

2- Por que o rei não parava de rir quando Héracles anunciou que limparia os estábulos?
Porque ele não acreditou que Héracles conseguiria executar a tarefa sozinho.
__________________________________________________________________________

3- “Por anos e anos, os excrementos dos animais tinham se acumulado nos corredores [...]”

Qual o efeito de sentido causado pela repetição da palavra “anos” na expressão em


LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

destaque?
Intensificar, ressaltar que o fato aconteceu por durante muitos anos.
__________________________________________________________________________

4- Releia o 2.º parágrafo e escreva, nos quadrinhos, as consequências de cada fato:

O rei Augias não


limpava os estábulos. Os estábulos __________________
As pessoas se
exalavam um mau
cheiro que ________________
queixavam.
começava a __________________
_____________________
Os excrementos se alcançar a
vizinhança. __________________
______________________
acumularam.

“Héracles se apresentou no palácio e perguntou onde ficavam os estábulos. Quando


5-
anunciou que contava limpá-los num só dia, o rei não parava de rir.” (3.º parágrafo)

A que se refere a palavra destacada?


Refere-se aos estábulos.
__________________________________________________________________________

6- “Desembocaram impetuosamente nos corredores dos estábulos, que foram limpos


num piscar de olhos.” (5.º parágrafo)

Qual o significado da expressão destacada?


Rapidamente.
________________________________________________________________________
MULTIRIO

55
3.° BIMESTRE

https://www.pinterest.pt
Que tal você criar um novo desafio para mim? Um 13.º trabalho. Pense
em uma tarefa difícil que só um semideus com a minha grande força possa
executar para melhorar a vida dos moradores da sua cidade. Depois de
pensar nesse grande desafio, siga os passos e conte como consegui dar
conta de tudo, confirmando os meus poderes.

Situação inicial _______________________________________


Conte o que Hércules estava Professor(a), se considerar conveniente, realize, antes da
_______________________________________
produção do texto, uma TEMPESTADE DE IDEIAS com sugestões
fazendo antes de ser convocado
_______________________________________
de tarefas que o herói poderia executar para melhorar a vida nas
para seu 13.º desafio. cidades. Quais são os grandes “monstros” que nos assustam no
_______________________________________
cotidiano?
_______________________________________
Lembre aos alunos que o herói não usa só a força, mas
também a inteligência.
_______________________________________
Esta é somente uma das possibilidades de roteiro. Sugerimos

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


você avalie o roteiro com seus alunos.
_______________________________________
que

_______________________________________
Conflito gerador _______________________________________
Agora, diga qual a nova missão _______________________________________
de Hércules e como ele a
_______________________________________
recebeu. Quem o convocou? O
que ele terá que fazer? A tarefa _______________________________________
exigirá que habilidades do herói? _______________________________________
O que ele sentiu nesse _______________________________________
momento? _______________________________________
_______________________________________
Clímax ______________________________________
Narre como aconteceu o ______________________________________
momento de maior emoção,
______________________________________
suspense ou perigo da história.
______________________________________
______________________________________
______________________________________
Desfecho ______________________________________
Termine contando como tudo ______________________________________
se resolveu. Procure criar um
______________________________________
final bem diferente, bem original,
característico de um herói grego. ______________________________________
______________________________________
______________________________________

Ao terminar seu texto, faça uma revisão: verifique a ortografia e a pontuação.


Reescreva o que achar que não ficou do jeito que você queria e leia mais uma vez.
Após isso, reúna-se com a sua turma para uma Roda de Leitura com as histórias
inventadas por vocês. Vocês vão se divertir com as narrativas uns dos outros!
56
MULTIRIO Combine com o (a) seu (sua) Professor (a).
3.° BIMESTRE

A Medusa era um ser mitológico com cabelos de serpente e


que transformava em pedra quem a olhasse diretamente. Você
sabia que há um ser marinho que também se chama Medusa? MULTIRIO

Texto 5

Por baixo dos magníficos véus coloridos, as medusas escondem


700 milhões de anos de história e milhares de arpões venenosos.
Com eles, matam mais gente que os tubarões.
PNGTree

Elas não têm cérebro, coração, nem pulmões ou ossos. Parecem


mais um punhado de gelatina, com longos cordões pendurados. Mas
as medusas devem ser as campeãs de adaptação e resistência.
Povoam os mares com o mesmo formato e metabolismo de seus
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

ancestrais, surgidos no período Cambriano, há cerca de 700 milhões


de anos.
SUGESTÕES PARA [...]
TRABALHAR E
AMPLIAR O TEXTO 5: O principal segredo do recorde de sobrevivência das medusas
 Explorar a oralidade e está ao longo de seus tentáculos: eles contêm minúsculos arpões
a habilidade de leitura carregados de veneno. A mesma artilharia pesada usada para caçar
expressiva, propondo a
leitura individual e/ou pequenos peixes e plânctons serve de defesa contra seus raros
coletiva em voz alta. predadores: alguns peixes, baleias, caranguejos e tartarugas
 Refletir com a turma: a marinhas. Estas são imunes às ferroadas mortais devido à queratina
que gênero pertence
esse texto? Qual a sua — a proteína que forma a carapaça desses animais e protege
finalidade discursiva? também sua boca e esôfago.
A fonte do texto é Algumas espécies mais evoluídas matam mais gente que os
confiável? Por quê?
Quem é o autor? A que tubarões, que fazem cerca de cinco mortes por ano, no mundo todo.
público se destina? Em Parece pouco, mas comparando o aspecto ameaçador do famoso
que suportes, “assassino dos mares” com as aparentemente inofensivas medusas,
provavelmente,
encontramos este o dado é de assustar.
gênero textual? Que [...]
tipo de linguagem foi Com seu apetite, são capazes de engolir enormes quantidades de
empregada? Qual o
grau de monitoramento água e alimento. E, mesmo quando não aguentam mais comer,
da linguagem? A que continuam matando, o que tem um efeito devastador sobre a vida
área do conhecimento marinha. Uma Aurélia, por exemplo, o tipo mais comum de medusa,
este texto está
vinculado? medindo apenas 25 centímetros de diâmetro, pode abater até dez
 Estabelecer as filhotes de salmão por hora.
relações de causa e Água-má, chora-vinagre, cansação ou mãe-d’água — as medusas
consequência.
Caso deseje ampliar o são conhecidas no mundo inteiro, com os mais diversos apelidos. Os
assunto, pode trazer para biólogos já catalogaram cerca de 9 000 espécies, desde as mais
a turma o pequeno simples, chamadas hidromedusas, até as cifomedusas, bem maiores
documentário (7:15 min)
postado em e um pouco mais complexas. O tamanho pode variar de alguns
https://www.youtube.com/wat centímetros a mais de 2 metros de diâmetro, com tentáculos de até
ch?v=8ep2wTqeNOg
30 metros de comprimento.

https://super.abril.com.br/ciencia/medusa-gelatina-com-veneno/
57 Por Thereza Venturoli. Acessado em 29/04/18
Pixabay
3.° BIMESTRE
MULTIRIO

Professor(a), não se
prenda a uma única
1- Qual a finalidade ou o objetivo do texto?
resposta, mas às
Informar sobre as águas-vivas ou medusas. possibilidades
_________________________________________________________________________ de
encaminhamentos que a
2- “Elas não têm cérebro, coração, nem pulmões ou ossos.
situação-problema
Parecem mais um punhado de gelatina, com longos apresentada nos permite,
cordões pendurados.” sempre considerando o texto
como ponto de partida e de
a) A quem se refere a palavra destacada? chegada.
Às medusas.
_________________________________________________________________________
b) O que o autor do texto espera causar no leitor ao não dizer logo no início do texto sobre
quem ele está falando?
Espera causar um suspense sobre o assunto, aumentando a curiosidade do leitor.
_________________________________________________________________________
3- Qual o tema ou o assunto principal do texto?

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


O que são as medusas.
_________________________________________________________________________
4- “A mesma artilharia pesada usada para caçar pequenos peixes e plânctons serve de
defesa contra seus raros predadores: alguns peixes, baleias, caranguejos e tartarugas
marinhas. Estas são imunes às ferroadas mortais devido à queratina — a proteína que
forma a carapaça desses animais e protege também sua boca e esôfago.”

a) A que se refere a palavra destacada?


Às tartarugas.
________________________________________________________________________
b) Qual a causa das tartarugas não serem atingidas pelo veneno das medusas?
Elas têm uma carapaça formada por queratina, além da boca e do esôfago que
_________________________________________________________________________
também são protegidos por essa proteína.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
5- Que expressão a autora do texto emprega para se referir ao tubarão? Por que ele
recebe esse título?
O assassino dos mares. Porque ele é o animal que mais mata outros bichos e
_________________________________________________________________________
pessoas.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
6- Ao terminar a leitura do texto, podemos entender melhor o significado do título. Explique
por que o título do texto é “MEDUSA: GELATINA COM VENENO”.
Porque as medusas parecem uma gelatina e têm um veneno poderoso em seus
_________________________________________________________________________
tentáculos.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________ 58
Você sabe o que é uma ninfa?
3.° BIMESTRE As ninfas eram espécies de deusas-espíritos da natureza. Os
gregos acreditavam que elas habitavam os campos, lagos,
montanhas e bosques, sendo responsáveis por levar alegria e
felicidade às pessoas. Vamos conhecer uma história sobre a ninfa
Eco.

Texto 6

Eco era uma ninfa da floresta, bonita e gentil. Ártemis, deusa da lua, a estimava muito
e, quando ia caçar na floresta, sempre a chamava para lhe fazer companhia.
Eco, no entanto, tinha um defeito. Gostava muito de falar. Não lhe importava que as
pessoas não ouvissem o que dizia. Quando começava a tagarelar, era difícil fazê-la parar.
Certa vez, Hera, rainha dos deuses, foi visitar Ártemis. As duas mal conseguiam
conversar, pois Eco as interrompia a todo instante. Ártemis a advertiu, pedindo que se
calasse, mas a ninfa não lhe deu atenção. Ela falava tanto que Hera acabou perdendo a
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

paciência.
– Já que gosta de falar, então fale. Só que nunca mais poderá começar uma conversa.
Já que gosta de ter a última palavra, você a terá sempre. Mas nunca mais dirá palavras suas.
Eu a condeno a sempre repetir as palavras de outras pessoas.
– Palavras de outras pessoas – disse Eco – ... pessoas.
De fato, a partir de então a ninfa Eco já não conseguia dizer suas próprias palavras.
KIMMEL, Eric A., Mitos gregos; Tradução Monica Stahel. 3. ed. –
São Paulo: WMF Martins Fontes, 2013.
MULTIRIO

Ártemis, deusa da lua, a estimava muito e, quando ia caçar na


floresta, sempre a chamava para lhe fazer companhia.

1- De acordo com o texto, o sentimento que Ártemis tinha por Eco


carinho.
era de ___________________________________
2- Qual era o defeito de Eco que irritava Ártemis?
Eco adorava falar. Quando começava a tagarelar, era difícil
_______________________________________________________
fazê-la parar.
_______________________________________________________

3- “Quando começava a tagarelar, era difícil fazê-la parar.” A quem se refere a palavra em
destaque?
À Eco.
___________________________________________________________________________
59
3.° BIMESTRE

4- “Certa vez, Hera, rainha dos deuses, foi visitar Ártemis. “

Observe que a expressão destacada aparece entre vírgulas. As vírgulas, nesse trecho,
servem para introduzir uma explicação sobre qual personagem?
Uma explicação sobre Hera.
_________________________________________________________________________

5- Complete o quadro com as ações de Eco que ocasionaram os fatos narrados:

Causas Consequências

Eco interrompia Hera e Ártemis a todo Hera e Ártemis mal conseguiam conversar.
instante.
Ártemis a advertiu, pedindo que se Hera acabou perdendo a paciência.
calasse, mas a ninfa não lhe deu atenção.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


6- Qual foi o castigo recebido por Eco por não ter atendido aos pedidos de Ártemis?
Hera condenou Eco a sempre repetir as palavras de outras pessoas.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

7- “ ─ Palavras de outras pessoas – disse Eco. - ...pessoas.“

Qual o efeito de sentido do uso das reticências nesse trecho?


As reticências introduzem a repetição, por Eco, da fala de outra pessoa.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
8- Qual a finalidade desse texto?
Contar ou narrar a história de Eco, de maneira a explicar de forma fantasiosa a
_________________________________________________________________________
origem do eco.
_________________________________________________________________________
9-
“Já que gosta de ter a última palavra, você a terá sempre.”
A que se refere a palavra destacada?
À última palavra.
_________________________________________________________________________

A história de Eco ainda não terminou. Ela conhece um


belíssimo jovem chamado Narciso e...
O que será que acontece?

60
MULTIRIO
3.° BIMESTRE

Texto 7

Então Eco deixou as outras ninfas e foi viver numa região da floresta onde raramente
chegava alguém. Ela passou muito tempo sem falar nada. Um dia, um jovem caçador vagava
por aquele lugar. Era um rapaz lindíssimo, chamado Narciso. Escondida atrás das árvores,
Eco o observava. Ficou morrendo de vontade de falar com Narciso, mas seria incapaz de
dizer uma só palavra antes que ele falasse.
E Eco o seguiu através da floresta. Depois de um tempo, Narciso a notou e, com um
sorriso, chamou.
– Olá? Quem é você? Como é seu nome?
– Como é seu nome... seu nome... seu nome... – disse Eco.
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

– Meu nome é Narciso – ele respondeu. – Vim à floresta para caçar. Agora é sua vez,
diga seu nome.
– Diga seu nome... nome ... nome ... – disse Eco.
– Eu já disse meu nome. Eu me chamo Narciso. Você não ouviu?
– Não ouviu... ouviu... ouviu... – Eco respondeu.
Narciso começou a se irritar.
– Está querendo brincar? Não gosto que zombem de mim. Se quiser conversar,
responda direito. Senão vá embora.
– Vá embora... embora... embora... – disse Eco.
A pobre ninfa não sabia o que fazer. Como poderia explicar a Narciso que só conseguia
repetir as palavras dele? Eco saiu de trás da árvore e, de braços abertos, correu ao encontro
do rapaz. Queria que ele compreendesse que desejava ser sua amiga. Mas Narciso
continuou achando que Eco estava zombando dele.
– Não me mande embora. Vá embora você! – ele disse.
Narciso derrubou a ninfa com um empurrão. Caída no chão, ela começou a chorar.
Lágrimas rolavam por seu rosto, mas nenhuma palavra saía de seus lábios.
– Pode chorar à vontade – disse Narciso –, suas lágrimas não me comovem. Cada um
tem o que merece.
E Narciso foi embora, carregando nos ombros o arco e as flechas. Eco tentou chamá-lo
de volta, mas só conseguia dizer:
– Tem o que merece... o que merece...
61
3.° BIMESTRE

Com o coração dilacerado, Eco foi murchando. Foi sumindo devagarzinho, até se tornar
apenas uma sombra no meio das folhas da floresta. Por fim, a sombra desapareceu. De Eco
só restou a voz, sempre repetindo o que dizemos.
KIMMEL, Eric A., Mitos gregos; Tradução Monica Stahel.
3. ed. – São Paulo: WMF Martins Fontes, 2013.
MULTIRIO

1- Sublinhe, no início do primeiro parágrafo, a palavra que indica que esse trecho é uma
continuação do texto 6. Então
2- As palavras destacadas foram empregadas para evitar a repetição. Escreva o nome dos
personagens a quem elas se referem.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


a) “E Eco o seguiu através da floresta. Depois de um tempo, Narciso a notou e, com um
sorriso, chamou.”

Narciso.
o- _________________________ Eco.
a- _____________________________
b)
“Meu nome é Narciso – ele respondeu. – Vim à floresta para caçar. Agora é sua vez,
diga seu nome.”

de Narciso.
meu - _______________________ de Eco.
seu- ___________________________
3- “Narciso começou a se irritar.”
Qual era o motivo da irritação de Narciso?
Eco não dizer para Narciso qual era o nome dela, apenas repetir o que ele perguntava.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

4- “Por fim, a sombra desapareceu.”

Reescreva a frase, trocando a expressão destacada por uma só palavra:


Finalmente, a sombra desapareceu.
___________________________________________________________________________
5- “Narciso derrubou a ninfa com um empurrão. Caída no chão, ela começou a chorar.
Lágrimas rolavam por seu rosto, mas nenhuma palavra saía de seus lábios.
─ Pode chorar à vontade ─ disse Narciso ─, suas lágrimas não me comovem. Cada um
tem o que merece.”

De acordo com as atitudes de Narciso em relação à Eco, que características você


atribuiria a ele para descrever seu comportamento?
Espera-se que o aluno conclua que Narciso era egoísta, severo, impiedoso.
___________________________________________________________________________
62
http://hypescience.com
3.° BIMESTRE
Sugerimos que proponha aos alunos que
leiam o texto em voz alta. A opção pode ficar a
critério deles: leitura individual ou coletiva.

Não são apenas os gregos que veneram os seus mitos, os antigos egípcios também
possuíam a sua própria mitologia, composta de deuses e lendas, para explicar os
fenômenos da natureza. Um dos deuses se chamava Rá e foi ele que, segundo os
egípcios, criou o mundo.

Texto 8
A criação do mundo segundo os egípcios
No princípio havia apenas as profundas e escuras águas de Nun.
Então das águas surgiu uma ilha.
Sobre a ilha estava Rá, o Brilhante.
Rá foi o primeiro deus na terra do Egito.
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

Rá tinha um Nome Secreto, que lhe concedia o poder de dar a vida a


qualquer coisa com apenas uma palavra ou um olhar!
Primeiro Rá criou Shu, o deus do ar, e Tefnut, a deusa da chuva. Depois
vieram Geb, o deus da terra, e Nut, a deusa do céu. Em seguida, ele deu o
nome a Hâpi, o grande rio Nilo que atravessa o Egito. Depois disso, Rá
deu vida a homens e mulheres e a todas as coisas na Terra, grandes e
pequenas.
Então Rá assumiu a forma de um homem e se tornou o primeiro faraó
do Egito. E todos os anos o rio Nilo subia e inundava os campos para
ajudar a plantação a crescer. Assim havia paz e abundância no governo de
http://nova-acropole.pt/a_ra_isis.html
Rá.
Williams, Márcia. Egito Antigo: contos de deuses e faraós. Professor(a), não se prenda a uma
[tradução: Adriana Scwartz], 1ª ed. SP. Ática, 2012. única resposta, mas às possibilidades de
encaminhamentos que a situação-
problema apresentada nos permite,
sempre considerando o texto como ponto
MULTIRIO

de partida e de chegada.

1- De acordo com o terceiro parágrafo, com que astro celeste o deus Rá se parece? Por quê?
Com o sol. Porque ambos são brilhantes e estão sobre a ilha.
____________________________________________________________________________
2- Podemos dizer que o primeiro faraó do Egito era divino? Por quê?
Sim. Porque o primeiro faraó foi o próprio deus Rá.
____________________________________________________________________________
3- O 6.º parágrafo fala sobre as criações de Rá. Circule, no parágrafo, as palavras ou
expressões que dão ideia de tempo e de que as criações ocorreram em sequência, ou seja,
63 uma após a outra.
Você sabia que o Egito se localiza na África? Procure no mapa onde
está a sua localização. A África é um continente muito rico, tanto em relação 3.° BIMESTRE
à sua natureza quanto ao que se refere à sua cultura.

Texto 9

Quem não sabe onde é o Sudão Entre o Oriente e Ocidente


saberá Onde fica?
A Nigéria, o Gabão, Qual a origem da gente?
Ruanda Onde fica?
Quem não sabe onde fica o Senegal, África fica no meio do mapa do
A Tanzânia e a Namíbia, mundo do
Guiné Bissau atlas da vida
Todo o povo do Japão Áfricas ficam na África que fica lá e
Saberá aqui
África ficará
De onde veio o
Leão de Judá Basta atravessar o mar
Alemanha e Canadá pra chegar

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Saberão Onde cresce o Baobá
Toda a gente da Bahia pra saber
sabe já Da floresta de Oxalá
De onde vem a melodia E Malê
Do ijexá Do deserto de Alah
o sol nasce todo dia Do Ilê
Vem de lá Banto mulçumanagô
SUGESTÕES PARA TRABALHAR E Yorubá Fonte: ufsc/2015
AMPLIAR O TEXTO 9:
 Explorar a oralidade e a habilidade
de leitura expressiva, propondo a Peres, Sandra; Tatit, Paulo. CD Pé com Pé, 2006. Palavra Cantada.
leitura individual e/ou coletiva em
voz alta.
 Refletir com a turma: a que gênero
pertence esse texto? Qual a sua BAOBÁ
finalidade discursiva?
Professor(a), se julgar
 Convidar os alunos a encontrarem,
interessante, forme um
no mapa, os países citados.
jogral para recitar a letra
Relacione a África à Bahia. Lembre
da canção, dividindo a
aos alunos que o sol nasce no
turma em diferentes
oriente e se põe no ocidente.
grupos de leitura. Essa é a
 Destacar o jogo de sons formado
letra de uma canção de
pelas palavras “África/ficará” na 3ª
autoria do grupo Palavra
estrofe, pois ambas são formadas
Cantada. Ela se encontra
pelas mesmas letras, criando um
disponível em
anagrama.
https://www.youtube.com
 Falar sobre a multiplicidade de
/watch?v=kKjsfsuxhsk.
idiomas e religiões presentes no
continente africano. https://br.pinterest.com/pin/300333868885631201/?lp=true

Glossário
Ijexá: povo descendente dos iorubás, trazido como escravo para o Brasil, especialmente para a Bahia.
Baobá: árvore de grande porte, originária das estepes africanas, de tronco relativamente baixo, mas de
grossura extraordinária, chegando muitas vezes a atingir 9 m de diâmetro.
Malê: povo muçulmano do noroeste da África, trazido como escravo para o Brasil.
Oxalá: orixá supremo, responsável pela criação do mundo.
Alah: designação de Deus para os muçulmanos.
Banto, Nagô e Yorubá: povos que habitavam a África e foram trazidos como escravos para o Brasil. 64
http://michaelis.uol.com.br
3.° BIMESTRE

MULTIRIO
Professor(a), sugerimos que comente, com os alunos, que, segundo algumas
pesquisas, a ancestral mais antiga dos seres humanos foi encontrada na Etiópia, na
África. Ver https://seuhistory.com/hoje-na-historia/descoberto-o-esqueleto-de-
lucy-que-teria-vivido-ha-32-milhoes-de-anos

1- A letra da canção apresenta vários nomes de países africanos. Sublinhe, no texto, cada um
deles.
2- Releia os versos destacados no texto. Por que será que, na letra da canção, aparecem
vários nomes de países africanos?
Porque o assunto da letra de canção é a África e, assim, contribui para que se tornem
____________________________________________________________________________
conhecidos aos outros países.
3- Qual a resposta às perguntas feitas na 3.ª estrofe: “Qual a origem da gente? / Onde fica?” ?
Pesquise!
Segundo estudos científicos, a origem do homem estaria na África.
____________________________________________________________________________
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

4- Copie do texto o nome de tribos africanas que foram trazidas como escravas para o Brasil.
Consulte também o glossário.
Ijexá, Ilê, Malê, Banto, Nagô, Yorubá.
____________________________________________________________________________
5- Na letra da canção, também é citado o nome de deuses, um de origem africana e outro
originário da Península Arábica. Quem são eles? Consulte também o glossário.
Alah e Oxalá.
____________________________________________________________________________
6- Explique o trecho “Áfricas ficam na África”.
A África é um continente formado por diferentes países e culturas.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
7- “Áfricas ficam na África que fica lá e aqui / África ficará”.
A que lugares se referem as palavras em destaque?
Lá- na África. Aqui- No Brasil.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
8- Por que o texto diz que a África também fica no Brasil?
Porque, durante o período da escravidão, muitos africanos vieram escravizados para
____________________________________________________________________________
o Brasil. Professor(a), uma boa Roda de Conversa contribuirá para ativar os
____________________________________________________________________________
conhecimentos de mundo e ajudará na construção de hipóteses de leitura.
____________________________________________________________________________

A Sala de Leitura está cheinha de histórias


sobre a África.
Faça uma visita e pegue livros para ler e
compartilhar com seus colegas.
65 Procure a MALETA LIA. Você vai gostar!
MULTIRIO
A riqueza cultural do continente africano é bastante
significativa. Isso nos permite dar asas à imaginação e criar 3.° BIMESTRE
muitas histórias incríveis. Por exemplo: histórias sobre uma
aventura na savana africana envolvendo animais ferozes,
histórias de mistério nas pirâmides do Egito ou, ainda, um final de
semana muito divertido em Madagascar. Escolha a “viagem” que
você preferir e conte para seus colegas!

__________________________________________
Situação inicial __________________________________________
Conte quem está
__________________________________________
participando desta aventura Professor(a), se considerar conveniente, realize, antes da
e onde os personagens __________________________________________
produção do texto, uma TEMPESTADE DE IDEIAS com
__________________________________________
estão. Diga o que estavam
fazendo antes de acontecer __________________________________________
palavras e expressões do campo semântico de “viagem”.
o fato que dá origem ao __________________________________________
Isso ajudará os alunos a enriquecer o vocabulário a ser
conflito da história. __________________________________________
empregado.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


________
Esta é somente uma das possibilidades de roteiro.
Conflito Gerador Sugerimos que você avalie o roteiro com seus alunos.
__________________________________________
Conte onde, como e o que __________________________________________
aconteceu para dar início às
__________________________________________
aventuras dos personagens.
Lembre-se de dizer como __________________________________________
eles(as) se sentiram __________________________________________
naquele momento. Conte __________________________________________
como as ações se __________________________________________
desenvolveram. __________________________________________
________
__________________________________________
Clímax __________________________________________
Narre como aconteceu o
__________________________________________
momento de maior emoção,
suspense ou perigo da __________________________________________
história. __________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
Desfecho __________________________________________
Termine contando como
__________________________________________
tudo se resolveu. Procure
criar um final bem diferente, __________________________________________
bem original. __________________________________________
__________________________________________
Ao terminar seu texto, faça uma revisão: verifique a ortografia e a pontuação.
Reescreva o que achar que não ficou do jeito que você queria e leia mais uma
vez. Agora, troque com um colega para que vocês possam realizar as últimas
correções. Após isso, reúna-se com a sua turma para uma Roda de Leitura com
MULTIRIO

as histórias inventadas. Vocês vão se divertir com as histórias uns dos outros!
66
Os indígenas contavam suas histórias e
3.° BIMESTRE mitos a fim de não permitir que sua
memória se perdesse, ao mesmo tempo
em que buscavam explicação para tudo o
que havia ao redor. Você já reparou que o
arco-íris surge logo depois da chuva e vai
do céu até a terra? Os indígenas têm uma
lenda que tenta explicar este fenômeno.
MULTIRIO

Texto 10 A DANÇA DO ARCO-ÍRIS


Há muito e muito tempo, vivia, sobre uma planície de
nuvens, uma tribo muito feliz. Como não havia solo para
plantar, só um emaranhado de fios branquinhos e fofos como
algodão-doce, as pessoas se alimentavam da carne de aves
abatidas com flechas, que faziam amarrando, em feixe, uma
porção dos fios que formavam o chão. De vez em quando, o
chão dava umas sacudidelas, a planície inteira corcoveava e
diminuía de tamanho, como se alguém abocanhasse parte
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

dela.
Certa vez, tentando alvejar uma ave, um caçador errou
https://br.freepik.com/vetores-premium/arco-iris-
e-nuvens-no-fundo-do-ceu_3851538.htm a pontaria e a flecha se cravou no chão. Ao arrancá-la, ele viu
que se abrira uma fenda, através da qual pôde ver que lá
embaixo havia outro mundo.
Espantado, o caçador tampou o buraco e foi embora. Não contou sua
descoberta a ninguém.
Na manhã seguinte, voltou ao local da passagem, trançou uma longa corda com
os fios do chão e desceu até o outro mundo. Foi parar no meio de uma aldeia onde
uma linda índia lhe deu as boas-vindas, tão surpresa em vê-lo descer do céu quanto
ele de encontrar criatura tão bela e amável. Conversaram longo tempo e o caçador
soube que a região onde ele vivia era conhecida por ela e seu povo como "o mundo
das nuvens", formado pelas águas que evaporavam dos rios, lagos e oceanos da terra.
As águas caíam de volta como uma cortina líquida, que eles chamavam de chuva. "Vai
ver, é por isso que o chão lá de cima treme e encolhe", ele pensou. Ao fim da tarde, o
caçador despediu-se da moça, agarrou-se à corda e subiu de volta para casa. Dali em
diante, todos os dias ele escapava para encontrar-se com a jovem. Ela
descreveu para ele os animais ferozes que havia lá embaixo. Ele disse a ela que lá no
alto as coisas materiais não tinham valor nenhum.
Um dia, a jovem deu ao caçador um cristal que havia achado perto de uma
cachoeira. E pediu para visitar o mundo dele. O rapaz a ajudou a subir pela corda. Mal
tinham chegado lá nas alturas, descobriram que haviam sido seguidos pelos parentes
dela, curiosos para ver como se vivia tão perto do céu.

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR O TEXTO 10:


 Explorar a oralidade e a habilidade de leitura expressiva, propondo a leitura individual e/ou coletiva em
voz alta.
 Identificar o tema do texto.
 Refletir com a turma a que gênero pertence o texto e qual a sua finalidade discursiva.
 Identificar o conflito gerador e os elementos que constituem a narrativa.
 Estabelecer relações lógico-discursivas, marcadas por conjunções, advérbios etc.
 Estabelecer relações de causa/consequência entre as partes e elementos do texto.
 Identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras notações.
67  Identificar as repetições ou substituições que contribuem para a continuidade do texto.
3.° BIMESTRE

Foram todos recebidos com uma grande festa, que selou a amizade entre as duas
nações. A partir de então, começou um grande sobe e desce entre céu e terra. A corda não
resistiu a tanto trânsito e se partiu. Uma larga escada foi então construída e o movimento se
tornou ainda mais intenso. O povo lá de baixo, indo a toda a hora divertir-se nas nuvens, deixou
de lavrar a terra e de cuidar do gado. Os habitantes lá de cima pararam de caçar pássaros e
começaram a se apegar às coisas que as pessoas de baixo lhes levavam de presente ou que
eles mesmos desciam para buscar.
Vendo a desarmonia instalar-se entre sua gente, o caçador destruiu a escada e fechou a
passagem entre os dois mundos. Aos poucos, as coisas foram voltando ao normal, tanto na
terra como nas nuvens. Mas a jovem índia, que ficara lá em cima com seu amado, tinha
saudade de sua família e de seu mundo. Sem poder vê-los, começou a ficar cada vez mais

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


triste. Aborrecido, o caçador fazia tudo para alegrá-la. Só não concordava em reabrir a
comunicação entre os dois mundos: o sobe e desce recomeçaria e a sobrevivência de todos
estaria ameaçada.
Certa tarde, o caçador brincava com o cristal que ganhara da mulher. As nuvens
começaram a sacudir sob seus pés, sinal de que lá embaixo estava chovendo. De repente, um
raio de sol passou pelo cristal e se abriu num maravilhoso arco-íris que ligava o céu e a terra.
Trocando o cristal de uma mão para outra, o rapaz viu que o arco-íris mudava de lugar.
─ Iuupii! ─ gritou ele. ─ Descobri a solução para meus problemas!
Daquele dia em diante, quando aparecia o sol depois da chuva, sua jovem mulher
escorregava pelo arco-íris abaixo e ia matar a saudade de sua gente. Se alguém lá de baixo se
metia a querer visitar o mundo das nuvens, o caçador mudava a posição do cristal e o arco-íris
saltava para outro lado. Até hoje, ele só permite a subida de sua amada. Que sempre volta,
feliz, para seus braços. Lenda indígena recontada por João Anzanello Carrascoza, ilustrada por Alarcão.
In: https://novaescola.org.br/conteudo/4282/a-danca-do-arco-iris
http://www.guiairlanda.com.br/noticia/45/os-principais-mitos-da-irlanda-/

Você sabia que, na Irlanda, o Leprechaun é um mito que


esconde um tesouro no arco-íris?
O Leprechaun é, provavelmente, o mito mais conhecido da Irlanda,
https://www.diariopopular.com.ar

sendo famoso desde os tempos medievais.


Tradicionalmente, duendes são fadas, mais altas que as normais, e
muitas vezes aparecem para os seres humanos na forma de um
velhinho. Assim como reza a lenda, os Leprechauns adoram colecionar
ouro, que eles armazenam em uma grande espécie de panela e
escondem no final do arco-íris. Caso um humano seja sortudo o
suficiente para capturar um desses pequenos seres, o Leprechaun
deverá conceder três desejos antes que possa ser libertado. 68
MULTIRIO 3.° BIMESTRE

1- Para mostrar a sequência dos fatos contados na história, foram empregadas várias
expressões de tempo no início dos parágrafos. Circule-as no texto.
2- Por que as pessoas que viviam na planície de nuvens se alimentavam da carne de aves
abatidas com flechas?
Porque o solo era formado de nuvens fofas como algodão e não servia para o plantio.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
3- Como o caçador descobriu que havia um outro mundo além do seu?
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

Ao arrancar uma flecha do chão, abriu-se um buraco e ele pôde ver um outro
____________________________________________________________________________
mundo abaixo do seu.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
4- Para evitar a repetição, empregamos palavras e expressões que substituem as que já
foram ditas. No trecho abaixo, sublinhe as palavras e expressões que se referem à índia:

“[...] Foi parar no meio de uma aldeia onde uma linda índia lhe deu as boas-vindas, tão surpresa
em vê-lo descer do céu quanto ele de encontrar criatura tão bela e amável. Conversaram longo
tempo e o caçador soube que a região onde ele vivia era conhecida por ela e seu povo como "o
mundo das nuvens", formado pelas águas que evaporavam dos rios, lagos e oceanos da terra.”

5- “[...] uma linda índia lhe deu as boas-vindas, [...]” Reescreva esse trecho, trocando a
palavra destacada por uma expressão que tenha o mesmo sentido. Dica: Você deve mudar a
posição da nova expressão para o final da frase.
Professor(a), sugerimos que aproveite
...uma linda índia deu as boas-vindas para ele. para lembrar aos alunos que o pronome
____________________________________________________________________________
lhe significa “para alguém”, a ele, a ela.
____________________________________________________________________________
6- “[...] Foram todos recebidos com uma grande festa, que selou a amizade entre as duas
nações. A partir de então, começou um grande sobe e desce entre céu e terra.”

A que momento se refere o trecho sublinhado?


A partir da grande festa que selou a amizade entre as nações.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
69
3.° BIMESTRE

7- “Uma larga escada foi então construída e o movimento se tornou ainda mais intenso” (6.º
parágrafo).
Quais foram as consequências do intenso movimento de sobe-e-desce
a) para o povo lá de baixo?
O povo lá de baixo deixou de lavrar a terra e de cuidar do gado.
_____________________________________________________________________________
b) para o povo lá de cima?
Os habitantes lá de cima pararam de caçar pássaros.
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
8- O caçador decidiu destruir a escada e acabar com a ligação entre os dois mundos.
Conte, com suas palavras, qual foi a solução encontrada pelo caçador para continuar a ver a
sua amada.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Nos dias de chuva, quando o arco-íris se forma, a índia pode subir por ele até o céu .
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
Professor(a), o importante é que os alunos tentem contar, com suas próprias
palavras, sem copiar do texto. Esta é apenas uma sugestão de resposta.

Professor(a), faça uma comparação entre os três textos desta sequência,


Texto 11 destacando a diferença de finalidade comunicativa: o texto 10 conta uma
história, já o 11 e o 12 informam.

COMO SE FORMA O ARCO-ÍRIS?


Professor(a), o texto 11 é um texto informativo científico: sua finalidade é informar sobre um determinado assunto: a
formação do arco-íris. Para isso, apresenta dados científicos e a fala de um especialista.

A mitologia grega diria que ele aparece sempre que a deusa Íris deixa um rastro colorido no
céu, para transmitir aos homens as mensagens de Zeus, o todo-poderoso do Olimpo. A explicação
científica é bem menos romântica. O arco-íris surge quando o Sol ilumina a umidade suspensa no
ar, após uma chuvarada, por exemplo. Quando um raio bate na borda de uma gotinha de água ou
de vapor, a luz branca do Sol é desviada e se decompõe nas sete cores que compõem seu
espectro: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. É o mesmo efeito do prisma, que
aprendemos na escola: cada cor é refletida em um ângulo diferente e muda de direção ao retornar
para a atmosfera. A cor vermelha é a que se propaga mais rápido, formando a faixa superior do
arco-íris. A violeta, a mais lenta, aparece na parte inferior.
O fenômeno é tão comum que os cientistas acumulam alguns recordes coloridos. “Em
’água”, afirma o físico
laboratório, foram observados mais de 12 arco-íris a partir de uma única gota d’
José Pedro Rino, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR).

http://mundoestranho.abril.com.br/ambiente/como-se-forma-o-arco-iris/
70
Professor(a), como você sabe, este é um texto instrucional. Ele tem a finalidade de
3.° BIMESTRE fornecer instruções ou o passo a passo de uma determinada tarefa a ser executada. Destaque
os verbos que indicam ordem, fala direta com o leitor e enumeração dos passos.

Texto 12

1- Pegue um pedaço 2- Encha um copo com


de folha branca. água.
Dobre a folha ao meio Um aquário
e corte um pequeno (arredondado) ou outro
triângulo com uma recipiente transparente
tesoura. também trará um bom
resultado.

3- Passe uma 4- Segure a


lanterna pelo furo lanterna com a
da folha e prenda lâmpada virada
a folha com fita para baixo.
adesiva.
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

5- Acenda a
6- Shazam! Você
lanterna e aponte-
verá um arco-íris.
a para o copo
com água.

Adaptado de http://pt.wikihow.com

Os três textos apresentados têm como tema “o arco-íris”. No entanto, cada um trata o
assunto de um modo diferente. Utilize cada um dos símbolos, abaixo, de acordo com as
características do texto correspondente:

- característica do texto 10 ⧫ - característica do texto 11


 - característica do texto 12

( ⧫ ) Tem a finalidade de informar, cientificamente, como se forma um arco-íris.

(  ) É uma ficção, ou seja, apresenta fatos imaginados, não reais.

(  ) Fala mais diretamente com o leitor.

(  ) É formado por ordens ou passos que o leitor deve seguir.

( ⧫ ) Apresenta a fala de um especialista no assunto.

(  ) É uma lenda.

(  ) Tem a finalidade de contar uma história imaginária sobre como as pessoas utilizavam o
71
arco-íris.
3.° BIMESTRE

Texto 13 Nde rekuab ma’ã-pe y será?

Você sabia que as letras i e u significam rio?


FALANDO TUPI Assim, Piauí, Sergipe, Piragibe, Uberaba,
Iguaçu e Jacuí
Xe rera Yaguarê, xe amazunaguára. Significam: rio do piau, rio do caranguejo, rio
do peixe, rio brilhante, rio grande e rio do
Meu nome é Yaguarê, sou do Amazonas. jacu.

Mbaé-etá nde re kuáb pamé.


Iké Amazonas-pe, yra-etá o nhe’eng tupi. Nde re kuáb ikobé m’baé.
Pindorama-pe myra-etá o nhe’eng tupi i
kuáb’ima. Muitas coisas você precisa conhecer. E
saber das coisas o porquê.
Aqui no Amazonas, muita gente ainda fala tupi.
No Brasil muitas palavras são faladas em tupi

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


sem que saibam disso. Nde re kuab oré ikobé katupyri supé,
Nde re valorizar yané r’etama ikusaba
Yawá marã-pe: yakaré, ta’tu, ipê, urubu... supé.

Alguns exemplos são: jacaré, tatu, ipê, urubu... Para entender melhor nosso viver,
valorizando a cultura do país.
YAMÃ, Yaguarê. Falando Tupi. RJ: Pallas, 2012.
MULTIRIO

Professor(a), consideramos interessante conversar com


os alunos sobre a diferenciação entre autor e narrador:
autor é quem escreve a história e narrador é quem conta
1- Quem é o narrador do texto? E o autor? a história.
Yaguaré Yamã é o narrador e o autor do texto.
_________________________________________________________________________
2- Qual é o assunto principal do texto?
_________________________________________________________________________
A importância de conhecermos a influência da língua tupi na nossa língua e
_________________________________________________________________________
valorizarmos a cultura do nosso país.
3- Quem são os falantes de “palavras em língua tupi”, no Brasil?
Todos os brasileiros.
_________________________________________________________
4- Por que é importante os brasileiros conhecerem a cultura dos povos indígenas?
Para sabermos a origem das palavras da nossa língua e valorizarmos a memória do
___________________________________________________________________________
nosso país. Professor(a), pode-se aproveitar a oportunidade para trabalhar a diferença de uso dos porquês.
____________________________________________________________________________
SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR O TEXTO 13:
 Explorar a oralidade e a habilidade de leitura expressiva, propondo a leitura individual e/ou coletiva em
voz alta.
 Identificar o tema do texto.
 Refletir com a turma: a que gênero pertence este texto? Qual a sua finalidade discursiva?
 Reconhecer o efeito de sentido causado pelo uso das palavras em tupi.
 Se julgar conveniente, proponha uma pesquisa sobre as palavras de origem tupi presentes no nosso
idioma. Pode-se organizar um mural ou uma exposição com tudo o que for pesquisado. 72
3.° BIMESTRE

Todo mundo já ouviu falar do menino de uma perna só, que anda por aí

MULTIRIO
com seu gorro vermelho e um cachimbo, pregando peças em todo mundo.
Neste texto, vamos descobrir como ele surgiu.
Segundo um de nossos mais importantes folcloristas, Luís da Câmara
Cascudo (1898-1986), a história do Saci teria surgido no final do século XVIII
ou no início do século XIX. Cascudo afirma que há muitas controvérsias sobre
a origem e a disseminação desse extraordinário mito. De acordo com ele,
algumas características do Saci, como o fato de dar ouro para reaver sua
carapuça, revelam influências claras de mitos portugueses. Ao mesmo tempo, SUGESTÕES
PARA
o Saci também aparece nas culturas indígena e afro-brasileira.
TRABALHAR E
AMPLIAR O
Texto 14 TEXTO 14:

Explorar a
Em uma manhã ensolarada de verão, um bambuzal não parava de balançar oralidade e a
com o vento. Lá perto, uma pequena onça mordiscava um broto de bambu e, habilidade de
numa dessas mordidas, alguém começou a gritar: leitura
expressiva,
─ Ai! Ai! Ai!
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

propondo a
A oncinha parou de morder o broto e viu sair de lá de dentro um menino de leitura individual
pele negra, pelado e com cara de bravo: e/ou coletiva em
voz alta.
─ Então era você que estava mordendo a minha casa? Identificar o
A onça fez cara de quem não estava entendendo nada. tema do texto.
─ Estou aqui há quase sete anos e você me acordou! Refletir com a
Ao falar aquilo, o menino se deu conta de que havia finalmente nascido: olhou turma a que
gênero pertence
para a floresta com empolgação, cheirou a terra e tocou em tudo o que podia. A o texto e qual a
onça ficou confusa com a reação do menino e foi embora. Então ele se pôs a sua finalidade
explorar o lugar, as cores das árvores, os cantos dos pássaros, as cachoeiras... discursiva.
Identificar o
O tempo foi passando e o menino começou a ficar com fome. De repente,
conflito gerador e
sentiu um cheiro gostoso vindo de uma caverna. Sem medo, entrou e viu uma os elementos
velha índia fazendo um ensopado. que constroem a
─ Estava te esperando, meu pequeno Saci – disse a velha, com ar de mistério. narrativa.
Estabelecer
─ Saci? Esse é o meu nome? E quem é você? relações lógico-
─ Sim, o seu nome é Saci, nunca se esqueça disso. Eu sou uma velha discursivas,
feiticeira e vou te ensinar a ser o que você é! marcadas por
─ E o que eu sou? conjunções,
advérbios etc.
─ Você é um menino lindo, cheio de vida, que fará todo mundo falar sobre Estabelecer
você. relações de
O Saci ficou envergonhado com os elogios, mas queria saber mais. causa/consequên
cia entre as
─ Por que as pessoas vão falar de mim? partes e
─ Porque você fará travessuras mil, muitos vão ficar bravos, mas logo depois elementos do
vão cair na risada. texto.
Você será a alegria de crianças e adultos por todo o Brasil. Identificar o
efeito de sentido
─ E como tudo isso será possível se sou apenas um menino? decorrente do
A feiticeira não respondeu à pergunta dele, só pediu que se aproximasse e uso da
sentasse ao seu lado. Deu a ele um prato de ensopado e os dois comeram até pontuação e de
outras notações.
não poder mais.
Identificar as
De barriga cheia, o menino sentiu um peso nos olhos; um sono irresistível repetições ou
tomou conta dele. Ao acordar, percebeu que havia dois objetos ao seu lado: um substituições que
CACHIMBO e um GORRO VERMELHO. contribuem para
a continuidade
Aqueles objetos deixaram o menino hipnotizado. Quando os pegou, a feiticeira do texto.
73 apareceu como por encanto:
3.° BIMESTRE

─ Tome cuidado! Principalmente com o gorro vermelho! Ele é especial.


Foi só ouvir a palavra “especial” para o menino enfiar o gorro vermelho na cabeça. No mesmo
instante, o mundo começou a girar, a girar e a girar, mas tão rápido que ele virou um redemoinho e
começou a quebrar tudo que havia dentro da caverna. A feiticeira, tão veloz como o Saci, pegou uma
peneira e jogou em cima do redemoinho: na mesma hora, o Saci caiu no chão.
A cara do menino era de dar dó: ele estava completamente atordoado, tonto e enjoado depois de
tantas voltas.
─ Você foi muito precipitado ao colocar o gorro vermelho na cabeça – disse a feiticeira.
─ Nunca mais quero saber de nenhum gorro vermelho na vida.
A feiticeira deu uma risada bem alta e disse:
─ Você só precisa conhecê-lo melhor, controlá-lo, e ele será seu melhor amigo. Com ele você
conseguirá aparecer nos lugares e desaparecer dele sempre que quiser!
─ Mas como você me fez parar de girar? Eu não consegui de jeito nenhum – falou tristemente o
Saci.
─ Não fique assim, meu menino. Eu juro que você vai aprender, é apenas uma questão de prática.
E, quando quiser parar o redemoinho, basta jogar uma peneira em cima dele. Mas não conte esse
segredo para ninguém!
─ E o cachimbo? – perguntou o menino, já com medo da resposta da velha.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


─ É apenas um cachimbo. (...), mas achei que combinava com o gorro vermelho. Então você pode
usá-lo e as pessoas não vão saber se você é menino ou adulto.
[...]De repente, o menino olhou para baixo e disse, envergonhado:
─ Estou pelado!
Ele correu para trás de uma grande pedra dentro da caverna. A feiticeira começou a rir, pôs a mão
dentro de uma sacola velha e tirou um short vermelho de lá.
─ Tome, Sacizinho, vista isto.
O Saci pegou o short que a velha arremessou, vestiu e saiu todo orgulhoso com sua nova roupa.
Os dias foram passando e o Saci começou a aprender a controlar seu gorro vermelho. Agora, ele
só virava redemoinho quando queria e também aprendeu os segredos das ervas da floresta. A
feiticeira lhe contou todos os seus mistérios e disse que ele seria o protetor das plantas, das águas e
dos animais.

Adaptado de BRENMAN, Ilan. Saci: a origem; ilustrações de Guridi. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2016.
MULTIRIO

1- O tempo e o lugar fazem parte dos elementos que formam as narrativas. Copie do texto as
expressões do 1.º parágrafo que marcam esses dois elementos na história:
Tempo: “Em uma manhã ensolarada de verão” Lugar: um bambuzal
_________________________________________________________________________________

2- De acordo com o início da história, quantos anos tem o saci?


Sete anos: esse foi o tempo em que ele permaneceu preso no broto de bambu.
_________________________________________________________________________________

3- “[...] Então ele se pôs a explorar o lugar, as cores das árvores, os cantos dos pássaros, as
cachoeiras ...” (7.º parágrafo)

Qual o efeito de sentido causado pelo emprego das reticências no final da frase?
Dá ideia de continuação, que ainda havia muito a ser explorado.
_________________________________________________________________________________

Professor(a), sugerimos que aproveite para lembrar aos alunos que não se usa
“etc.” e reticências juntos. Ou se usa um ou outro. 74
3.° BIMESTRE

4- Na história, depois do encontro com a onça, o Saci dialoga com um outro personagem.
a) Quem é esse personagem?
Professor(a), relembre com os estudantes como se
________________________________________________________________________
A índia feiticeira. constrói o diálogo e se utiliza a pontuação. Você pode
pedir que os alunos pintem as falas de cada personagem
b) Qual o sinal que marca a fala dos personagens no de uma cor, a fim de que percebam que o travessão é
empregado a cada troca de fala do personagem.
diálogo? ___________________________________
O travessão.
5- Circule, no trecho abaixo, a palavra que introduz uma ideia contrária à atitude das pessoas
descrita na parte sublinhada:
“- Porque você fará mil travessuras, muitos vão ficar bravos, mas logo depois vão cair na
risada.”

6- “De barriga cheia, o menino sentiu um peso nos olhos; um sono irresistível tomou conta
dele. Ao acordar, percebeu que havia dois objetos ao seu lado: um CACHIMBO e um
GORRO VERMELHO.

Que efeito de sentido o emprego de letras maiúsculas, na escrita das palavras “cachimbo”
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

e “gorro vermelho”, provoca no texto?


A escrita, em letras maiúsculas, dá destaque, enfatiza as características típicas do Saci.
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

7- “Aqueles objetos deixaram o menino hipnotizado. Quando os pegou, a feiticeira


apareceu como por encanto:”
A que se referem as palavras destacadas?
Referem-se ao cachimbo e ao gorro vermelho.
______________________________________________________________________________
8-
“─ Tome cuidado! Principalmente com o gorro vermelho!”
O ponto de exclamação é usado para dar mais sentimento ou emoção ao que estamos
dizendo. Que sentimento está sendo enfatizado pelo uso desta pontuação na frase?
O sentimento de preocupação da feiticeira em relação ao cuidado que o Saci deve ter
______________________________________________________________________________
com os objetos.
______________________________________________________________________________
9- “Foi só ouvir a palavra “especial” para o menino enfiar o gorro vermelho na cabeça. No
mesmo instante, o mundo começou a girar, a girar e a girar, mas tão rápido que ele
virou um redemoinho e começou a quebrar tudo que havia dentro da caverna [...]:”
Que efeito de sentido é provocado pela repetição da expressão “a girar”?
A repetição da expressão dá ideia da continuidade do movimento de girar, enfatizando-o.
______________________________________________________________________________
10- “A cara do menino era de dar dó: ele estava completamente atordoado, tonto e enjoado
depois de tantas voltas.”

Que palavra poderia substituir os dois pontos sem alterar o sentido do que está sendo dito?
Porque, pois. Professor(a), mostre aos estudantes que os dois pontos introduzem o
______________________________________________________________________________
motivo que deixou o Saci com “cara de dar dó”.
____________________________________________________________________________
75
Leia, neste material, textos que tratam dos malefícios
do uso do cigarro para a nossa saúde. 3.° BIMESTRE

11- “─ Tome, Sacizinho, vista isto.”

Qual o efeito de sentido provocado pela feiticeira em sua fala ao usar o sufixo –inho no nome
do Saci?
Demonstra carinho pelo Saci.
______________________________________________________________________________
12- “─ É apenas um cachimbo. Você ainda é muito menino para fumar, mas achei que combinava
com o gorro vermelho. Então você pode usá-lo e as pessoas não vão saber se você é menino
ou adulto.”

A que se refere a palavra destacada?


Ao cachimbo.
______________________________________________________________________________

O Saci traz sempre consigo um cachimbo, mas nós sabemos que fumar é prejudicial
à saúde.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


MULTIRIO

Vamos conhecer alguns anúncios de campanhas publicitárias antitabagismo?

Texto 15 Texto 16
http://www.tribunahoje.com/noticia/204392/cidades/2017/03/05/tabagism
o-no-trabalho-amigo-dos-fumantes-companhia-indesejada-dos-
passivos.html

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR OS


TEXTOS 15 e 16:
www.inca.gov.br/wcm/dmst/2016/dia-mundial-sem-tabaco.asp Explorar a linguagem não verbal do texto.
Conversar com os alunos sobre a finalidade e a
linguagem do texto. A finalidade do texto publicitário é
chamar a atenção para algum fato ou produto, ao
MULTIRIO

mesmo tempo que tenta persuadir o leitor a tomar uma


atitude que pode ser consumir (no caso do anúncio de
produtos) ou aceitar uma ideologia (no caso das
1- Os textos apresentados fazem parte de campanhas campanhas institucionais). Refletir com os alunos
publicitárias antitabagistas, ou seja, contra o fumo. sobre o objetivo das campanhas apresentadas.
Qual é a finalidade destes textos? Analisar tanto a linguagem verbal quanto a linguagem
Alertar para o fato de que o cigarro faz mal à saúde e não verbal, pois ambas são importantes para o
entendimento do texto. Sugerimos que, antes de os
que pode levar a pessoa à morte.
____________________________________________ alunos responderem às perguntas, seja feita uma
leitura e análise coletiva dos textos em estudo.
Conversas com os alunos no impacto que as
2- “Cigarro. Apague essa ideia.” A palavra “apagar” imagens podem causar no leitor/consumidor.
pode ter dois sentidos nesse trecho. Quais são eles? Identificar as marcas linguísticas que evidenciam o
locutor e interlocutor do texto: a que público as
Apagar = apagar o cigarro. campanhas se dirigem? Que entidades financiam
Apagar = não pensar em fumar.
____________________________________________ estas campanhas? 76
3- No texto 15, que elemento da linguagem não verbal sugere
3.° BIMESTRE
que o ato de fumar pode levar o fumante à morte?
A figura da caveira formada pela fumaça.
_____________________________________________________________________________
4- “E tem gente que diz que cigarro não é droga”. Que elementos presentes no anúncio do
texto 16 provam que as pessoas que afirmam isso estão erradas?
A quantidade de elementos tóxicos ou venenosos que são utilizados na fabricação
_____________________________________________________________________________
do cigarro.
_____________________________________________________________________________
5- Quem são os anunciantes dessas duas campanhas? Podemos dizer então que esses textos
(15 e 16) são de fontes confiáveis?
Concoradium e o Ministério da Saúde. Sim, são fontes confiáveis.
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

Professor(a), sugerimos que mostre para os alunos que, quanto mais


LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

uma pessoa fuma, o cigarro da figura diminui; do mesmo modo a sua


Texto 17 expectativa de vida também diminui.

6- No texto 17, o que representa a escala numérica


localizada no lado esquerdo do anúncio?
Os anos de expectativa de vida de uma pessoa.
_________________________________________________
7- O que representa, na linguagem não verbal, a vida do
fumante?
A imagem do cigarro.
_________________________________________________
8- Qual o número da escala que representa a idade média
https://www.cdc.gov/tobacco

máxima de uma pessoa que não fuma?


60 anos.
_________________________________________________
9- O que acontece com a idade máxima de vida do ser
humano se ele continuar fumando?
Vai diminuindo.
_________________________________________________

ESPAÇO PES UISA


Você pôde conhecer algumas
A partir dessa pesquisa, crie novas
campanhas contra o fumo. Ele
campanhas contra o uso do tabaco. Você e
realmente faz muito mal à nossa
seus colegas podem elaborar cartazes para
saúde. Para enriquecer seus
serem expostos pela escola. A atividade
conhecimentos, faça uma pesquisa
pode ser feita em duplas ou em grupo.
sobre as doenças que o fumo pode
Combine com o seu (sua) Professor(a).
causar em nosso organismo.
77
#EspaçoCulturadePaz
3.° BIMESTRE

Vamos para o 3.º passo na construção


da PAZ. Dessa vez o desafio é SER O(A)
PRIMEIRO(A) A AMAR! Significa NÃO excluir ninguém e
cuidar do meio ambiente.

Este espaço é seu


Escreva seu compromisso para diminuir sua
pegada e pensar nas próximas gerações:
Eu me comprometo a
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


__________________________________________
__________________________________________
_________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________
__________________________________________

www.livingpeaceinternational.org

Todos os nossos hábitos de


© WWF-Brasil
moradia, alimentação, consumo,
Procure identificar vazamentos
locomoção têm relação direta com a
em sua casa ou no seu bairro,
utilização dos recursos naturais,
evite o uso da mangueira para
assim como nossas opções de lazer.
limpar calçadas ou lavar o carro e
junte roupas para lavar e passar.

Alimentação, trigo
Evite alto consumo diário de proteínas (carne animal), de
produtos industrializados e de fast food. Assim, além de
uma dieta mais saudável, você irá evitar a produção de
muitas embalagens, que logo viram lixo.

O aquecimento global é causado, em grande parte, pelos


gases da combustão dos motores dos automóveis. Por
isso, um transporte sustentável tem de levar o máximo de Colaboração: @Glaucya Lino
carga gastando o mínimo de combustível. Coordenadora Pedagógica E.M.
Senador Corrêa

Fonte https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/especiais/pegada_ecologica/sua_pegada/reduza_sua_pegada/ Acesso em 02/12/2018


78
4.° BIMESTRE
SUMÁRIO
TEXTO 1: MIGUILIM 80
TEXTO 2: MIGUILIM – CARTAZ 83
TEXTO 3: MIGUILIM – TEXTO INFORMATIVO 83
TEXTO 4: RECEITA DE OLHAR 84
TEXTO 5: PROBLEMAS DE VISÃO – TIRINHA ARMANDINHO 84
TEXTO 6: RAIVA E TRISTEZA – VERBETE DE DICIONÁRIO 85
TEXTO 7: MANIA DE EXPLICAÇÃO – VERBETE DE DICIONÁRIO 85
TEXTO 8: POEMA COM PENA 86
TEXTO 9: O PATO PATETA 87
TEXTO 10: A ARARA-AZUL 87
TEXTO 11: SAMBA 89
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

TEXTO 12: BICICLETA 90


TEXTO 13: ASSOCIAÇÃO DOS CICLISTAS URBANOS DE SÃO PAULO – GRÁFICO 91
TEXTO 14: PRECISO QUE VOCÊ RESPEITE O MEU ESPAÇO 92
TEXTO 15: DISTÂNCIA QUE APROXIMA 92
TEXTO 16: REGRAS PARA CICLISTAS , CORREDORES E PEDESTRES 92
TEXTO 17: A PRIMAVERA ENDOIDECEU 93
TEXTO 18: POESIA DE CADA DIA 94
TEXTO 19: HORTIFRUTIGRANJEIROS 97
TEXTO 20: DESCOBERTO PLANETA EXTRASSOLAR, “GÊMEO” DE JÚPITER 99
TEXTO 21: UNIVERSO 100
TEXTO 22: CLASSIFICADOS POÉTICOS 101
TEXTO 23: CLASSIFICADOS 102
TEXTO 24: O ASTRONAUTA 102
TEXTO 25: A LUZ DO TEU CAMINHO 103
TEXTO 26: PARA COMPROMISSO SÉRIO 103
TEXTO 27: AI QUE PREGUIÇA! 103
TEXTO 28: CÃO! CÃO! CÃO! 104
TEXTO 29: NÃO DEIXE ESTA TIGELA FICAR VAZIA 106
TEXTO 30: PROCURO UM DONO DE RAÇA 106
TEXTO 31: A AVÓ 107
TEXTO 32: O ANIVERSÁRIO 108
79
Prezado Aluno, Prezada Aluna
4.° BIMESTRE

Professor(a), sugerimos que

http://diariodebiologia.com
solicite aos alunos a leitura
individual ou coletiva dos textos
apresentados neste material.
A leitura fluente é uma das
habilidades importantes a serem
desenvolvidas no cotidiano da
sala de aula.
Texto 1
[...] MIGUILIM
De repente lá vinha um homem a cavalo. Eram dois. Um senhor de fora, o claro de
roupa. Miguilim saudou, pedindo a bênção. O homem trouxe o cavalo cá bem junto. Ele era de
óculos, corado, alto, com um chapéu diferente mesmo.
─ Deus te abençoe, pequeninho. Como é teu nome?
─ Miguilim. Eu sou irmão do Dito.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


─ E o seu irmão Dito é o dono daqui?
─ Não, meu senhor. O Ditinho está em glória.
O homem esbarrava o avanço do cavalo, que era zelado, manteúdo, formoso como nenhum
outro. Redizia:
─ Ah, não sabia, não. Deus o tenha em sua guarda... Mas, que é que há, Miguilim?
Miguilim queria ver se o homem estava mesmo sorrindo para ele, por isso é que o
encarava.
─ Por que você aperta os olhos assim? Você não é limpo de vista? Vamos até lá. Quem
é que está em tua casa?
─ É Mãe, e os meninos...
Estava Mãe, estava Tio Terêz, estavam todos. O senhor alto e claro se apeou. O outro,
que vinha com ele, era um camarada. O senhor perguntava à Mãe muitas coisas do Miguilim.
Depois perguntava a ele mesmo:
─ “Miguilim, espia daí: quantos dedos da minha mão você está enxergando? E agora?”
Miguilim espremia os olhos. Drelina e a Chica riam. Tomezinho tinha ido se esconder.
─ Este nosso rapazinho tem a vista curta. Espera aí, Miguilim...
E o senhor tirava os óculos e punha-os em Miguilim, com todo o jeito.
─ Olha, agora!
Olá, Professor(a)!
Neste bimestre, os gêneros prioritários serão o poema e a notícia. A base narrativa também seguirá sendo foco neste
último bimestre. Destacamos que é fundamental o diálogo com outros gêneros. Ressaltamos que este é um material
que está a serviço do seu planejamento. Sugerimos o livro A produção de textos nas séries iniciais, de Geraldo
Peçanha de Almeida, WAK editora – para estudo. 80
4.° BIMESTRE

Miguilim olhou. Nem não podia acreditar! Tudo era uma claridade, tudo novo e lindo e
diferente, as coisas, as árvores, as caras das pessoas. Via os grãozinhos de areia, a pele da
terra, as pedrinhas menores, as formiguinhas passeando no chão de uma distância. E
tonteava. Aqui, ali, meu Deus, tanta coisa, tudo... O senhor tinha retirado dele os óculos, e
Miguilim ainda apontava, falava, contava tudo como era, como tinha visto. Mãe esteve assim
assustada; mas o senhor dizia que aquilo era do modo mesmo, só que Miguilim também
carecia de usar óculos, dali por diante. O senhor bebia café com eles. Era o doutor José
Lourenço, do Curvelo. Tudo podia. Coração de Miguilim batia descompasso, ele careceu de ir
lá dentro, contar à Rosa, à Maria Pretinha, à Mãitina. A Chica veio correndo atrás, mexeu:
─ “Miguilim, você é Piticégo...” E ele respondeu: ─ “Donazinha...”
Quando voltou, o doutor José Lourenço já tinha ido embora.
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

─ “Você está triste, Miguilim?” ─ Mãe perguntou.


Miguilim não sabia. Todos eram maiores do que ele, as coisas reviravam sempre dum
modo tão diferente, eram grandes demais.
─ Pra onde ele foi?
─ A foi p'ra a Vereda do Tipã, onde os caçadores estão. Mas amanhã ele volta, de
manhã, antes de ir s'embora para a cidade. Disse que, você querendo, Miguilim, ele junto te
leva... ─ O doutor era homem muito bom, levava o Miguilim, lá ele comprava uns óculos
pequenos, entrava para a escola, depois aprendia ofício. ─ “Você mesmo quer ir?”
Miguilim não sabia. Fazia peso para não soluçar. Sua alma, até ao fundo, se esfriava.
Mas Mãe disse:
─ Vai, meu filho. É a luz dos teus olhos, que só Deus teve poder para te dar. Vai. Fim do
ano, a gente puder, faz a viagem também. Um dia todos se encontram...”
ROSA. João Guimarães. Manuelzão e Miguilim. 11. ed. Nova Fronteira, 2001.

Guimarães Rosa foi um dos principais representantes do


regionalismo brasileiro, característica da terceira fase do
Modernismo. Com uma linguagem fiel à popular, o escritor
conseguiu inovar a literatura. Como atuou como médico e
https://www.estantevirtual.com.br

diplomata, Rosa começou a publicar seus textos mais tarde, apenas


com 38 anos.
Na sua obra é possível perceber uma linguagem carregada de
regionalismos, uma linguagem do povo. O texto de Rosa é muito
influenciado pela linguagem popular, ele chegava a inventar
palavras. A linguagem, para o autor, deveria estar muito relacionada
à temática, para permitir que uma deixasse a outra melhor.
81 Adaptado de http://educacao.globo.com/literatura/assunto/autores/guimaraes-rosa.html
4.° BIMESTRE
MULTIRIO

1- Que expressão do 1.º parágrafo indica que esse texto é a continuação de uma parte da
história? Qual o significado dessa expressão?
De repente. Significa “inesperadamente”, “de surpresa” etc.
___________________________________________________________________________

2- “─ E o seu irmão Dito é o dono daqui?


─ Não, meu senhor. O Ditinho está em glória.”

O que significa a expressão destacada?


Significa que o irmão havia falecido, morrido.
___________________________________________________________________________
3- Qual era a causa do menino “apertar os olhos”?
Ele não enxergava bem.
___________________________________________________________________________

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


4-
“E o senhor tirava os óculos e punha-os em Miguilim, com todo o jeito.”

A que se refere a palavra sublinhada?


Aos óculos.
___________________________________________________________________________
5- “[...] Nem não podia acreditar! Tudo era uma claridade, tudo novo e lindo e diferente, as
coisas, as árvores, as caras das pessoas. Via os grãozinhos de areia, a pele da terra, as
pedrinhas menores, as formiguinhas passeando no chão de uma distância. [...]”

a) Por que motivo Miguilim estava tão surpreso?


___________________________________________________________________________
Porque, com os óculos, ele conseguia enxergar melhor e com mais detalhes todas
as coisas.
___________________________________________________________________________
b) Qual a pontuação utilizada pelo autor para reforçar a emoção de Miguilim?
O ponto de exclamação.
__________________________________________________________________________
6- Para que o doutor José Lourenço queria levar Miguilim embora junto com ele?
Para comprar uns óculos para Miguilim e colocar o menino na escola.
___________________________________________________________________________
7- Copie do texto um trecho que mostre a indecisão de Miguilim diante da proposta do doutor:
“Miguilim não sabia. Fazia peso para não soluçar. Sua alma, até ao fundo, se esfriava.”
___________________________________________________________________________
8 – O narrador da história é narrador-observador ou narrador-personagem?
___________________________________________________________________________
Professor(a), sugerimos que marque trechos em que fique claro o narrador-
observador. Sugerimos, ainda, que avance na observação de que esse narrador
___________________________________________________________________________
conhece até mesmo os sentimentos de Miguilim.
___________________________________________________________________________
82
4.° BIMESTRE A história de Miguilim já virou peça de teatro...

Texto 2 Texto 3
O Grupo de Teatro da PUCPR,
Tanahora, estreou no dia 23 de outubro a
peça Miguilim, um conto de Guimarães
Rosa adaptado por Edson Bueno.
E o mais bacana dessa peça é que o
personagem principal é encenado
por um ator mirim.
A peça conta a história de um garoto
pobre, de uma família sofrida do interior
de Minas Gerais. Em meio aos problemas
de educação, miséria e conflitos
familiares, Miguilim mostra a força de
vontade e esperança calcada em sonhos
que vão além das fronteiras. Um monte
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR OS que não poderia ser ultrapassado foi
TEXTOS 2 e 3:
Explorar a oralidade e a habilidade de leitura vencido por Miguilim e ele descobre o que
expressiva, propondo a leitura individual e/ou coletiva em a vida lhe reservava do outro lado.
voz alta.
Conversar com os alunos sobre a finalidade e a
linguagem dos textos. http://blogdovestiba.pucpr.br/2010/11/05/promocao-miguilim/

 Reconhecer as substituições que contribuem para a


continuidade.
 Analisar os recursos verbais e não-verbais: dentro e fora Professor(a), sugerimos que faça uma
das lentes dos óculos. comparação entre como era o mundo que
Miguilim enxergava antes (monocromático,
sem graça) e como passou a ser depois do uso
MULTIRIO

dos óculos (colorido, com mais vida).

1- Compare os textos 1 e 2. A seguir, preencha o quadro com o que você descobriu:

TEXTO 1 TEXTO 2

Qual a finalidade? Contar a história de Informar sobre a peça de teatro:


Miguilim. quando e onde irá acontecer.
Emprega linguagem Verbal. Verbal e não verbal.
verbal e/ou não verbal?

2- Que elemento da linguagem não verbal, no Texto 2, representa o menino Miguilim?


Os óculos.
______________________________________________
3- Por que o cartaz da peça exibe uma paisagem diferente dentro e fora das lentes dos
óculos?
Para mostrar como Miguelim passou a enxergar o mundo de outra maneira depois que
____________________________________________________________________________
pôs os óculos.
____________________________________________________________________________
83
Roseana Murray também nos aconselha a ter
4.° BIMESTRE
MULTIRIO

um olhar diferente sobre tudo o que nos cerca.


O nosso “olhar” pode viajar por tudo o que está
ao nosso redor e podemos descobrir muitas
coisas belas.

Professor(a), antes de iniciar a leitura do texto, sugerimos que explore o título: qual a finalidade de uma receita, quais
são as partes que a compõem. A seguir, infira com o alunos: o que seria uma “receita de olhar”? Comente as metáforas
do texto: “desamarrar o olhar”, “deixar que se derrame”, “fazer do olhar uma imensa caravela”. Questione: Por que o
mundo é sempre novo? Qual a diferença entre “olhar” e “derramar o olhar”?

Texto 4
1- O que significa “desamarrar o olhar”?
RECEITA DE OLHAR
Deixá-lo livre para enxergar novas descobertas.
___________________________________________
Nas primeiras horas da manhã 2- Lembre-se das caravelas de Pedro Álvares Cabral
Desamarre o olhar e pense para que elas eram utilizadas: desbravar
Deixe que se derrame mares, conhecer novos mundos etc. Agora, infira:
Sobre todas as coisas belas com que intenção a poetisa nos aconselha a fazer do

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


O mundo é sempre novo nosso olhar uma imensa caravela?
E a terra dança e acorda ___________________________________________
Para que nosso olhar possa descobrir coisas
Em acordes de sol
novas e belas no mundo.
___________________________________________
Faça do seu olhar imensa caravela ___________________________________________
3- Qual a finalidade desse texto?
MURRAY, Roseana. Receita de olhar. São Paulo:
FTD, 1997. ___________________________________________
Ensinar o leitor, de forma poética, a ver o
mundo com outros olhos.
___________________________________________
Professor(a), lembre aos alunos que,
muitas vezes, estamos tão acostumados ___________________________________________
a olhar tudo o que está ao nosso redor, 4- A quem se dirige o texto quando diz: “Desamarre o
que não percebemos o quanto as coisas
olhar”, “Deixe que se derrame”, “Faça do seu olhar
são lindas e mágicas. Veja também como
imensa caravela”?
o texto mantém características do
gênero receita: o uso dos verbos no Ao leitor.
___________________________________________
imperativo (desamarre, deixe, faça),
indicando uma sequência a ser seguida.

Que tal seguirmos a ideia


de Armandinho e “olharmos”
Texto 5
além das aparências?
ARMANDINHO
Escolha uma pessoa que
você admira e conte um pouco
sobre ela para que os colegas
possam conhecê-la. Descreva-
a fisicamente, diga do que ela
gosta e por que é uma pessoa
que você admira. Procure
também contar algo sobre ela
que as pessoas não costumam
saber, algo que está além da
aparência. 84
4.° BIMESTRE Miguilim passou a ver o mundo com outros olhos e
fez novas descobertas. Assim como ele, quando lemos
um texto, temos que olhar além do que está escrito,
pois as palavras podem ganhar novos sentidos
conforme são utilizadas.
MULTIRIO

Veja o significado da palavra “raiva” no dicionário e


no texto de Adriana Falcão.

Seu desafio, agora, é comparar os textos apresentados a seguir e perceber suas diferenças.

Texto 6

Verbetes de dicionário
rai·va
substantivo feminino
1. Doença própria dos cachorros, caracterizada por acessos
furiosos; hidrofobia. 2. Grande irritação; fúria; ódio.

tris·te·za |ê|
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

substantivo feminino
1. Qualidade ou estado do que é triste.2. Mágoa.3. Aflição.
4. Pena. [...]

In Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-


2013, http://www.priberam.pt/DLPO/raiva [consultado em 01-09-2015].

Texto 7

Trecho do livro Mania de explicação, de Adriana Falcão:

“Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.”

Professor(a), o aluno deve perceber a linguagem figurada no trecho do livro de Adriana Falcão. Sugerimos que, se
possível, leia o livro com a turma. Além disso, sugerimos que você converse com eles sobre o uso figurado da
linguagem no dia a dia, em variados textos e situações.

1- Em qual dos dois textos a palavra tem um sentido objetivo, direto, comum, cotidiano?
No texto 6.
__________________________________________________________________________
2- Em qual dos dois textos a palavra ganha um novo sentido, subjetivo, sobre o qual
No texto 7.
precisamos pensar e imaginar? ________________________________________________

Quando a palavra é utilizada de forma predominantemente artística, subjetiva e


figurada, temos o TEXTO LITERÁRIO.
O texto literário pode ser escrito em forma de prosa, em forma de poema. Siga
aprendendo cada vez mais!

85
Vamos ler um poema de Almir Correia em 4.° BIMESTRE
que o poeta “brinca” com o significado da
MULTIRIO

palavra PENA.

Texto 8

Fiz um poema Mas ainda tem http://galeria.colorir.com

e não sei se vale a pena pena de arara-azul


poemar. pena da galinha sem cabeça
pena do pato pateta.
É um poema com pena
pena do céu Tem tanta pena
pena da terra pena até de travesseiro.
pena do mar.
Só não tem pena nenhuma do burro

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Não tem mais pena de índio porque burro não tem pena.
Porque índio já não se acha em nenhum lugar.

CORREIA, Almir. Poemas Malandrinhos. São Paulo: Atual, 2009.


MULTIRIO

SUGESTÕES PARA
TRABALHAR E AMPLIAR
O TEXTO 8:
Explorar a oralidade
1- Qual o significado da expressão destacada na 1.ª estrofe do e a habilidade de leitura
expressiva, propondo a
poema? leitura em voz alta, seja
individual ou em grupos,
Ser útil, vantajoso, compensar, adiantar.
________________________________________________________ como um jogral.
Conversar com os
2- “Fiz um poema / e não sei se vale a pena/poemar”. alunos sobre a finalidade e
a linguagem do texto.
a) Que palavra pode substituir o vocábulo destacado no trecho  Sugerimos que, antes
de iniciar a leitura,
acima? trabalhe o título: quais
os significados da
Mas, porém.
______________________________________________________ palavra “pena”? Qual
deles será que o
b) “Poemar” é uma palavra inventada. O que ela pode significar? poema aborda? O que
significa a expressão
Escrever poemas.
______________________________________________________ “valer a pena”?
 Após a leitura,
3- Por que o céu, a terra e o mar são dignos de pena? Converse com destaque em que
momentos o poeta
seus colegas e com o seu (sua) Professor(a). emprega cada um
desses significados.
Professor(a), o aluno deve inferir um motivo digno de pena.
________________________________________________________ Destaque que o poeta
criou a palavra
________________________________________________________ “poemar”. Qual seria o
seu significado?
________________________________________________________
________________________________________________________ 86
O texto 8 faz referência a um “pato pateta” e à arara azul.
4.° BIMESTRE Será que é o pato pateta do poeta Vinícius de Moraes? Vamos
ler e conhecer.

Texto 9 O PATO PATETA Texto 10 A ARARA- AZUL


Lá vem o pato As araras-azuis são animais que se destacam pela
Pata aqui, pata acolá
Lá vem o pato beleza, tamanho e comportamento.
Para ver o que é que há. A presença da arara-azul é um importante indicador
O pato pateta de saúde ambiental. A conservação do Pantanal passa
Pintou o caneco pela sua proteção.
Surrou a galinha
MORAES, Vinicius de .A arca de Noé: Poemas infantis. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1991.

Bateu no marreco Contudo, essa bela ave, que encanta a todos com
Pulou do poleiro sua cor vibrante e som alegre e barulhento, vem
No pé do cavalo
Levou um coice sofrendo com a destruição dos habitat e com a captura
Criou um galo ilegal para tráfico de animais silvestres e quase
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

Comeu um pedaço
De jenipapo desapareceu das matas brasileiras.
Ficou engasgado Mas no Mato Grosso do Sul, as aves têm um aliado
Com dor no papo
Caiu no poço importante na luta pela sua preservação: o Projeto
Quebrou a tigela Arara-Azul. Criado pela bióloga Neiva Guedes para
Tantas fez o moço
Que foi pra panela salvar a espécie de extinção, o Projeto teve o apoio do
WWF-Brasil durante 10 anos (1998/2008).
Adaptado de http://www.wwf.org.br

Professor(a), faça uma comparação entre os dois textos, de forma a


diferenciar o texto literário do não literário.
4- Agora que você já obteve mais informações sobre essas aves, releia a estrofe do texto 8
e responda:

Mas ainda tem Nesta estrofe, podemos dizer que a palavra “pena” se
pena de arara-azul refere à cobertura do corpo das aves, mas essa mesma
pena da galinha sem cabeça
pena do pato pateta. palavra também pode significar “dó, piedade”.
Por que podemos sentir pena
a) da arara-azul?
Porque ela corre risco de extinção.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________

b) do pato pateta?
Porque ele levou um coice, criou um galo, ficou engasgado, caiu no poço e,
__________________________________________________________________________
87 por fim, foi parar na panela.
__________________________________________________________________________
O texto a seguir traz mais informações sobre os
MULTIRIO

4.° BIMESTRE
textos que você leu. Siga aprendendo...

POEMA é um texto literário organizado em versos. Há também textos literários em


prosa.
POESIA, de forma geral, pode ser compreendida como tudo o que toca a sensibilidade.
Sugerir emoções através das diferentes linguagens – e não só pela palavra – é poesia.
PROSA é um texto organizado em linhas contínuas e parágrafos. Pode tocar a
sensibilidade, ter poesia, o que se chama prosa poética.
VERSO – Cada linha do poema. Um conjunto de versos forma uma ESTROFE.

No poema, a língua é usada para além da linguagem denotativa, objetiva, direta.


Interessa construir novos sentidos para as palavras, “sacudir a poeira” do modo de dizer
comum, cotidiano. O modo de dizer é pensado, trabalhado, ganhando destaque e instigando o
leitor a ir além do significado óbvio. A palavra é a matéria-prima do poema. Cada palavra é
escolhida e combinada a outras para provocar o leitor.

Então, quando você for ler um poema... desconfie!

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Busque novos sentidos, siga pistas em cada palavra, cada som. Tente desvendar cada
imagem. Aventure-se!

Adaptado do caderno de apoio pedagógico do 9.ºAno, 3.º bimestre / 2015.


MULTIRIO

1- Compare os textos 9 e 10 e, de acordo com as informações do texto acima, diga qual


dos dois textos é escrito
Professor(a), sugerimos que, ao
estudar a atividade com seus alunos,
Texto 9.
a) em versos: _____________________________ volte aos poemas lidos e provoque
associações, retome conceitos. Você,
aos poucos, está construindo saberes
Texto 10.
b) em prosa: ____________________________ fundamentais para a leitura de
poemas e de textos literários em
2- Em qual dos dois textos é utilizada uma linguagem geral.

a) trabalhada em forma de versos, em que foi escolhida cada palavra para provocar o
leitor?

Texto 9.
_________________________________________________________________________

Texto 10.
b) mais direta, objetiva? _____________________________________________________

3- Segundo as características acima, qual dos dois textos é um poema?


Texto 9.
__________________________________________________________________________

88
POESIA TEM TUDO A VER COM RITMO ...
4.° BIMESTRE
O ritmo no poema é um jogo de sons

MULTIRIO
produzido com as palavras e é um elemento
muito importante para esse texto. Vamos ver
como esse jogo rítmico acontece?
Texto 11

freepik.com
Samba
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque
No batuque

Que uma onça te cutuque!

CORREIA, Almir. Poemas sapecas, rimas traquinas. Formato.

Veja como as palavras contribuem para a realização do ritmo no poema, e como são importantes,
também, a sonoridade, a pontuação, o lugar das palavras no espaço da folha e o corte do verso.

1- Neste poema, há apenas duas palavras que rimam. Quais são elas?
“batuque” e “cutuque”.
________________________________________________________________________________

2- Que sílabas permitem essa rima? Quais as consoantes que formam essa sílaba?
“-tuque”. Formada pelas consoantes “T” e “Q”.
________________________________________________________________________________

3- Repare que há vinte versos iguais. Essa construção foi feita, intencionalmente, para reproduzir
que tipo de ritmo musical?
________________________________________________________________________________
O samba.

4- Que verso funciona como um breque, ou seja, um freio, uma parada na batucada?
O último: “Que uma onça te cutuque!”
________________________________________________________________________________

5- Que sinal de pontuação reforça a ideia de breque (freio) no poema?


O ponto de exclamação.
________________________________________________________________________________
89
Vamos ler, agora, uma letra de canção do
4.° BIMESTRE
famoso cantor e compositor da MPB: Toquinho.

Texto 12

Bicicleta ClipartLogo.com

B-I-C-I-C-L-E-T-A B-I-C-I-C-L-E-T-A
Sou eu que te levo pelos parques a correr, Sou sua amiga bicicleta.
Te ajudo a crescer e em duas rodas deslizar. Faz bem pouco tempo entrei na moda pra valer,
Em cima de mim o mundo fica à sua mercê Os executivos me procuram sem parar.
Você roda em mim e o mundo embaixo de você. Todo mundo vive preocupado em emagrecer,
Corpo ao vento, pensamento solto pelo ar, Até mesmo teus pais resolveram me adotar.
Pra isso acontecer basta você me pedalar. Muita gente ultimamente vem me pedalar
Mas de um jeito estranho que eu não saio do
B-I-C-I-C-L-E-T-A lugar.
Sou sua amiga bicicleta.
Sou eu que te faço companhia por aí, B-I-C-I-C-L-E-T-A
Entre ruas, avenidas, na beira do mar. Sou sua amiga bicicleta.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Eu vou com você comprar e te ajudo a curtir
Picolés, chicletes, figurinhas e gibis.
Rodo a roda e o tempo roda e é hora de voltar,
Pra isso acontecer basta você me pedalar. TOQUINHO. Toquinho no Mundo da Criança, 2005.

Sublinhe as palavras que rimam em cada estrofe.

SUGESTÕES PARA TRABALHAR E AMPLIAR O TEXTO 12:


Explorar a oralidade e a habilidade de leitura expressiva, propondo a leitura individual e/ou
coletiva em voz alta, seja individual ou em grupos, como um jogral. Pode-se ainda assistir ao vídeo
com os alunos para que escutem a canção.
https://www.youtube.com/watch?v=3fzZLenJq-c e cantá-la em seguida.
 Identificar o tema e a finalidade do texto.
 Reconhecer o efeito de sentido decorrente da exploração dos recursos ortográficos, como a divisão
da palavra “bicicleta”.

1- Quem é o eu do texto? E a quem ele se dirige?


A bicicleta. Ao proprietário da bicicleta.
________________________________________________________________________________
2- “Pra isso acontecer basta você me pedalar” (7.º verso). A que se refere a palavra destacada?
A tudo que a bicicleta disse que acontece quando o seu dono pedala: correr pelos parques,
________________________________________________________________________________
ter o mundo a sua mercê...
________________________________________________________________________________

3- “Rodo a roda e o tempo roda e é hora de voltar” (14.º verso). Qual o significado das palavras
sublinhadas?
“Rodo a roda” – pneu ; “o tempo roda” – passa.
________________________________________________________________________________

4- Segundo a letra da canção, para que as crianças utilizam a bicicleta? E os adultos?


As crianças a utilizam para se locomover, se divertir. Já os adultos, a utilizam para emagrecer.
_________________________________________________________________________________

5- “Muita gente ultimamente vem me pedalar / Mas de um jeito estranho que eu não saio do lugar.”
(3.ª estrofe)
Por que a bicicleta não sai do lugar?
Porque é uma bicicleta ergométrica, utilizada para exercícios.
_________________________________________________________________________________

6- “Muita gente ultimamente vem me pedalar” Circule, nesse verso, a palavra que indica tempo.
90
4.° BIMESTRE

Leia, a seguir, um gráfico, apresentado em 2015,


pela Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, a
partir de uma pesquisa realizada juntamente com a

MULTIRIO
ONG Transporte Ativo e com o Observatório das
Metrópoles.

Texto 13
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7

http://abicicletanacidade.blogfolha.uol.com.br

1-Quantos dias por semana a maioria das pessoas utiliza a bicicleta?


Cinco dias.
____________________________________________________________________

2- Segundo o gráfico masculino, qual a maior porcentagem de pessoas que utilizam


a bicicleta como meio de transporte?
38,9%.
____________________________________________________________________

3- Observando o gráfico feminino, qual a porcentagem de pessoas que utilizam a


bicicleta todos os dias da semana?
19,3%.
____________________________________________________________________

4- Há mais homens ou mais mulheres que utilizam a bicicleta 6 dias por semana?
Mais homens.
____________________________________________________________________

91
Conheça algumas campanhas publicitárias sobre a utilização
4.° BIMESTRE
das bicicletas nas ciclovias de diferentes cidades brasileiras:

Texto 14 Texto 15 Texto 16


Adaptado de revistabicicleta.com.br

http://www.onibusdaparaiba.com/2012/09/transito-campanha-distancia-que.html SUGESTÕES PARA TRABALHAR


E AMPLIAR OS TEXTOS 14, 15 e
16:
Seja feliz ao lado de um ciclista. Ao Explorar a oralidade e a
ultrapassá-lo, dê, pelo menos, 1,50 m de habilidade de leitura expressiva,
distância lateral. propondo a leitura individual e/ou
coletiva.
Conversar com os alunos sobre a

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


finalidade e a linguagem do texto.
 Identificar a que público cada
Professor(a), a anúncio se dirige.
atividade pode ser  Analisar os recursos verbais e
individual ou em não verbais do texto.
duplas. Sugerimos que
1- No 1.º anúncio, a quem se referem as palavras abaixo destacadas? planeje o texto com os
“Preciso que você respeite o meu espaço.” alunos e, após a escrita
Aos motoristas. meu - ___________________
você - _________________ Aos ciclistas. da primeira versão,
possibilite a troca dos
2- No 2.º anúncio, a que se refere a ilustração do coração entre o automóvel e a textos entre eles com o
bicicleta? objetivo de fazer a
Refere-se à distância mínima que o motorista deve manter ao passar por
________________________________________________________________ revisão e a reescritura.
um ciclista. Estimule os
3- O 3.º anúncio estabelece regras para os ciclistas, os corredores e os pedestres. estudantes a fazerem
comparações e a
a) Por que os ciclistas devem pedalar em baixa velocidade?
utilizarem a linguagem
_______________________________________________________________
Para evitar acidentes ou atropelamento de pedestres.
figurada. Lembre a eles
que o texto irá falar de
b) Por que os pedestres não devem caminhar nas ciclovias? emoções e sensações.
Para não atrapalhar os ciclistas e não correrem risco de atropelamento.
_______________________________________________________________
Professor(a), o objetivo deste texto não é só contar uma história, mas também
falar sobre as emoções e sensações de um passeio de bicicleta. Se julgar conveniente,
Quem não gosta de realize com os alunos, uma “tempestade de ideias”. As palavras que devem estar
andar de bicicleta? Sentir o presentes são as que falam de sentimentos e emoções que esta experiência
proporciona.
vento batendo no rosto,
pedalar, pedalar, pedalar...
Propomos a você que O que você viu?
Comece contando Como o passeio
conte uma experiência – Qual era a sensação
como surgiu a ideia do terminou? Quais as
de pedalar e poder
real ou fictícia - sobre passeio. Você foi impressões e
ver tantas coisas
passear de bicicleta. sozinho ou com imagens que
diferentes? Os
Você será o narrador. alguém? Onde ficaram na sua
pedestres e os
Procure descrever seus começaram a pedalar? memória? Quando
automóveis
sentimentos e emoções, Na ciclovia? Em um pretende pedalar
respeitavam a
parque? Na rua? novamente por aí?
faça comparações. Enfim, bicicleta?
brinque com as palavras!
92
A POESIA TEM TUDO A VER COM AS CORES E AS
4.° BIMESTRE FORMAS...
Agora, você está convidado a ler um texto em que o poeta
utiliza um recurso muito interessante: a disposição das palavras
MULTIRIO

na folha, aproveitando o espaço para a produção de sentidos do


Texto 17 poema. A palavra interage, se relaciona, com a imagem.
1- Observe a colocação das palavras no poema,
formando um desenho.
Qual a relação entre o desenho e o título “a
primavera endoideceu”?
A primavera é a estação do ano em que as
_________________________________________
flores desabrocham.
_________________________________________
_________________________________________
2- Nas pétalas da flor, há a repetição dos versos
“bem me quer”/ “mal me quer”. A que prática de
nossa cultura se refere essa repetição?
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

Refere-se à brincadeira de despetalar a flor, pétala por


_________________________________________
pétala, até a última, para saber se nosso amor nos
_________________________________________
quer bem ou mal.
3- Nos dias de hoje, como esta brincadeira é
avaliada? Justifique a resposta. Converse com
seus colegas.
Resposta pessoal.
________________________________________

4- O que representa a repetição da onomatopeia


“zum zum” no centro da flor?
O zumbido produzido pelas abelhas.
________________________________________

CAPARELLI, Sérgio & GRSZYNSKI, Ana Claudia. Poesia


5- Relacionando os versos “bem me quer”/ “mal
Visual. São Paulo, Global, 2002. me quer” ao verso “Nos meus olhos zumbiam mil
abelhas”, o que podemos concluir sobre o que o eu
Professor(a), sugerimos que visite o site do poético sente nesse momento?
escritor Sérgio Capparelli. Lá, você Espera-se que o aluno conclua que o eu poético está
encontrará materiais interessantes para a sua ________________________________________
apaixonado.
leitura e para o trabalho com seus alunos:
http://www.capparelli. com.br/ 6- Pelo que você analisou até aqui, qual seria o
Para saber mais sobre Poema Concreto: sentido do título “a primavera endoideceu”?
http://www.portugues.seed.pr.gov.br/modules
/galeria/detalhe.php?foto=402&evento=7 Na verdade, o eu poético é que está doido de
_________________________________________
amor, ou seja, apaixonado na primavera.
_________________________________________
http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs/index.php/letras/artic
le/viewFile/19063/12368 7- Indique um trecho do poema em que se percebe
Para saber mais sobre texto literário: que o eu poético se dirige a alguém:
FILHO, Domício Proença. A Linguagem “ ... E me fitavas detrás da cerca dos cílios”.
_________________________________________
Literária. São Paulo: Ática, 1986. Série Professor(a), sugerimos que trabalhe com seus
_________________________________________
Princípios. alunos o conceito de interlocutor.
_________________________________________

ESPAÇO Que tal criar um poema em que você utilize recursos visuais?
CRIAÇÃO Escolha um assunto e o(s) recurso(s) que vai utilizar, ou seja, a forma como vai “brincar”
93 com as palavras. Surpreenda seu (sua) Professor(a) e seus colegas com a sua criação!
A POESIA TEM DIVERSAS FORMAS...
MULTIRIO
4.° BIMESTRE
Agora, você está convidado a conhecer o
HAICAI, ou seja, um poema de origem
japonesa, com apenas três versos curtinhos.

Texto 18 Poesia de cada dia


[...]
─ Você sabe fazer haicais?
Ele olhou para ela com cara de interrogação:
─ Hai o quê?
─ Haicais. São poemas japoneses.
─ Rita, ficou biruta? Desde quando eu sei falar japonês?
─ Dá pra escrever em Português mesmo, bobo. O haicai
tem três versos: o primeiro é curto, o segundo é mais comprido,
o terceiro é curto de novo. Não precisa rimar.
─ Você já fez algum?
─ Um monte. Este eu fiz hoje... RIOS, Rosana. Poesia de cada
Hora do recreio dia. São Paulo: Mundo Mirim,

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


2009.
Criançada esvoaçando
Feito passarinho.

Rui gostou. Mas quando foi tentar escrever um haicai não conseguiu.
─ Isso é difícil demais, Rita! Tem de ser assim curtinho? Eu não consigo escrever com tão
poucas palavras. Posso fazer versos mais compridos ou mais versos?
─ Claro que não! Se for comprido, não vai ser um haicai. O segredo do hacai é usar bem
poucas palavras. Também é legal escrever sobre coisas da natureza.
─ Ah, eu nunca vou conseguir.
─ Consegue sim. Você vai ver.
Rui pensou naquilo o resto do dia. Quando foi dormir, custou a pegar no sono. Olhou para o
relógio e viu que era meia-noite. Sem fazer barulho, levantou-se e abriu a janela do quarto, bem
devagarinho, para não acordar Riana.
Ficou olhando a rua. Ele adorava olhar as luzes das casas e dos apartamentos, ouvir os sons
da cidade que, à noite, pareciam vir de muito longe. E enquanto estava lá, olhando, esperando o
sono chegar foi que a ideia apareceu na sua cabeça.
Correu para pegar o caderno com margem roxa que estava na mochila ao lado da cama. Sob
a luz do abajur, escreveu quase sem pensar:
Tem luzes na noite
A cidade é um céu na terra
brincando de estrelas.

Guardou o caderno na mochila, feliz. Não via a hora de mostrar o haicai pra Rita.
[...]

Professor(a), esse texto introduz uma nova forma de poema: o haicai. O Haicai, também chamado de “Haiku” ou
“Haikai”, é um poema curto de origem japonesa. A palavra haicai é formada por dois termos “hai” (brincadeira,
gracejo) e “kai” (harmonia, realização), ou seja, representa um poema humorístico.
Essa forma poética foi criada no século XVI e acabou se popularizando pelo mundo. Apesar de serem concisos e
objetivos, os haicais são poemas que possuem grande carga poética. Os escritores dos haicais são chamados de
haicaístas. Os haicais são poemas objetivos com uma linguagem simples e podem ou não apresentar um esquema
de rimas e títulos. Os temas mais explorados nos haicais são referentes ao cotidiano e à natureza.
Adaptado de https://www.todamateria.com.br/o-que-e-haicai/
94
4.° BIMESTRE

1- Qual a finalidade do texto?


Contar a história de dois personagens que criam haicais.
_________________________________________________________________________
2- Que fato dá origem à história, ou seja, qual é o conflito da história?
Rui não saber o que é um haicai.
__________________________________________________________________________
3- Que dificuldade Rui encontrou para escrever haicais?
Não conseguir escrever utilizando tão poucas palavras.
______________________________________________________________________
4- “Rui pensou naquilo o resto do dia.” (14.º parágrafo) A que se refere a palavra As Quatro Estações e
Outros Haicais. Simizo,
sublinhada? Massau. Aymara.

A como fazer um haicai.


________________________________________________________________________ Professor(a),
5- Copie do último parágrafo uma expressão que demonstre a ansiedade de Rui: sugerimos
que realize
“Não via a hora de”.
________________________________________________________________________ uma leitura
coletiva dos
6- “Hora do recreio poemas,
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

Qual o sentido da expressão destacada?


Criançada esvoaçando solicitando
As crianças agitadas, correndo de um lado para outro.
_______________________________________________
Feito passarinho.” que a cada
haicai, os
alunos deem
7- Por que, no hacai, Rui comparou a cidade às estrelas? a sua
Porque ambas possuem luz: são iluminadas ou iluminam.
________________________________________________________________________ interpretação
. Mostre a
eles que os
Vamos ler mais alguns haicais? haicais não
contam uma
MULTIRIO

HAICAI 2 história.
HAICAI 1
No verão: que calor! Chuva de verão.
No inverno: que friiio!!! A centopeia se queixa.
Eterna insatisfação... 100 pernas curtas.

HAICAI 3 HAICAI 4 HAICAI 5


Borboletas pousam Lindo arco-íris, Frio intenso.
nos verdes ramos. em pleno céu de outono. Gato e cachorro se juntam,
Floriu o bambu. Ponte para o céu. superando as diferenças.

1- Qual o efeito de sentido provocado pela repetição do “i” na expressão “que friiio!!!”,no Haicai 1?
Reforçar que está muito frio.
_______________________________________________________________________________
PROFESSOR, não se
2- Por que a centopeia, no verão, se queixa de ter pernas curtas? prenda a uma única
resposta, mas às
Como as pernas são curtas, ela se molha na chuva.
_______________________________________________________________________________
possibilidades de
encaminhamentos que a
3- Qual o significado do verso “Floriu o bambu.” , no Haicai 3? situação-problema
As borboletas são coloridas e se assemelham a flores no bambu, que, apresentada nos permite,
_______________________________________________________________________________
originalmente, não possui flores. sempre considerando o
texto como ponto de
4- Por que o arco-íris é comparado a uma ponte para o céu? partida e de chegada.
Porque, visualmente, ele se estende da terra até o céu.
_______________________________________________________________________________
95
5- Com que finalidade os gatos e os cachorros se juntam como nos 4.° BIMESTRE
conta o Haicai 5?

http://jornalggn.com.br/noLeminskiticia/leminski-o-assassino-era-o-escriba
Para se aquecerem.
______________________________________________________

O haicai chegou ao Brasil no século XX, por influência francesa, sendo


também trazido pelos imigrantes japoneses. O teórico literário Afrânio
Peixoto foi um dos primeiros a apresentar essa forma poética no país.
Atualmente muitos escritores aderiram ao estilo, sendo que os nomes
mais representativos de haicaístas no Brasil são: Afrânio Peixoto,
Guilherme de Almeida, Jorge Fonseca Jr., Fanny Luíza Dupré, Paulo
Leminski, Millôr Fernandes, Olga Savary, entre outros.
Adaptado de https://www.todamateria.com.br/o-que-e-haicai/

CARICATURA DE PAULO LEMINSKI


POR LUIZ ANTONIO SOLDA.

O haicai é tão curto que pode parecer fácil escrever um – mas pouca gente imagina o

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


trabalho que é contar uma história com tão poucas palavras. E contar sem nenhuma? É o
que fez o ilustrador Nelson Cruz em “Haicais Visuais”. Ele juntou a tradição da poesia
japonesa à das tirinhas, de onde surgiu um livro de haicais só com imagens. Cada “poema”
é composto por três ilustrações, que funcionam como se fossem versos.

Professor(a), sugerimos que, se possível, apresente para os alunos algumas


ESPAÇO obras do pintor Magritte para que eles percebam a intertextualidade.
CRIAÇÃO Uma fonte para a sua pesquisa pode ser: https://santhatela.com.br/artistas/

MAGRITE AO VENTO

CRUZ, Nelson. Haicais visuais. Editora Positivo. Curitiba: 2015.

Crie um haicai para descrever as imagens acima. Lembre-se de que cada imagem corresponde
a um verso.
Professor(a), sugerimos que, antes de o aluno realizar esta atividade, seja realizada uma
____________________________________________________________________________
leitura/conversa coletiva visando à interpretação das imagens, para, só depois, ele produzir o haicai.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

Vamos fazer uma exposição de haicais?

Pesquisem, na Sala de Leitura de sua escola ou em outras fontes, haicais de autores


diversos. Cada aluno pode escolher dois deles e criar um desenho para ilustrá-lo.
Reúnam os haicais ilustrados e organizem uma exposição. Aproveitem para divulgar
essa forma de poesia para as outras turmas. 96
No texto abaixo, o poeta brinca com algumas expressões
4.° BIMESTRE
populares. Você consegue reconhecê-las?

HORTIFRUTIGRANJEIROS
Texto 19

Ajuntar alface com jaca


Dá pepino por aqui. Professor(a), o poema
trabalha com as palavras
Não somos bananas em seu sentido denotativo
Ou conversamos abobrinha e conotativo. Sugerimos
que estimule os alunos a
E, se quiser saber, plantamos batata, sim,
indicarem, oralmente, os
Mas pra quebrar um galho
dois sentidos,
Ou descascar abacaxi. relembrando o que foi
dito no 1º texto do
Ajuntar alface com jaca caderno sobre “lançar um
Dá pepino por aqui. novo olhar sobre as
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

palavras”.
http://galeria.colorir.com

CAPARELLI, Sérgio. 111 poemas para crianças.


17. ed. Porto Alegre: L&PM, 2011.

1- “Ajuntar alface com jaca / Dá pepino por aqui.”


A que lugar se refere a palavra destacada?
À barraca.
__________________________________________________________________________

2- O verso “Não somos bananas” pode ter dois significados. Quais são?
Não somos a fruta banana e não somos pessoas sem atitude.
__________________________________________________________________________

3- “Mas para quebrar um galho”


A expressão destacada é um exemplo de linguagem informal. Qual é o seu significado?
Fazer um favor.
__________________________________________________________________________

4- Abobrinha é um legume, mas na expressão “conversamos abobrinha”, essa palavra tem


outro significado. Qual é o seu novo sentido?
Bobagens, coisas sem importância.
__________________________________________________________________________

ESPAÇO PES UISA


Além dessas expressões do texto, existem muitas outras, em nossa língua, que
ganharam um novo sentido, por exemplo, “falar pelos cotovelos”, “dar nó em pingo
d’água”, “comprar gato por lebre” etc. Pesquise o significado de cada uma delas e
apresente o resultado para os seus colegas. Vocês descobrirão mais riqueza da nossa
97 língua materna.
Continuando na área dos hortifrutigranjeiros, vamos
conhecer algumas campanhas publicitárias desse setor. Elas 4.° BIMESTRE
também utilizam expressões populares.

Anúncio 1 Anúncio 2
Professor(a), se
julgar conveniente,
http://grandesnomesdapropaganda.com.br

peça aos alunos que


elaborem anúncios
para outras frutas e
legumes. Estimule-
os a “brincar com as
palavras”.

Anúncio 3 Anúncio 4

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Professor(a), sugerimos
explicar o que é cacófato.
“Som desagradável ou
palavra obscena
resultante da união de
sílabas ou palavras
diferentes. In
https://www.priberam.pt/d
lpo/cac%C3%B3fato
[consultado em 13-08-
2018].

1- Quais os dois sentidos da expressão destacada: “Quando mamãe acordar, tô frita.”


A batata frita em óleo ou estar em apuros, numa situação difícil.
____________________________________________________________________________
2- O que significa, no anúncio 2, acordar um bagaço?
Acordar se sentindo mal.
____________________________________________________________________________
3- Em que época esse anúncio foi publicado? Que elemento da linguagem não verbal permite
que o leitor conclua isso?
No Carnaval. As laranjas estarem usando fantasia e haver confetes no ar.
____________________________________________________________________________
4- Qual o trocadilho feito com a expressão “uma mão” no anúncio 3?
A expressão pode ser ouvida como “uma mão”, uma ajuda, ou “um mamão”, fruta.
____________________________________________________________________________
5- No anúncio 4, qual o sentido da expressão destacada: “As ofertas do Hortifruti estão
pipocando”?
Estão surgindo. (milho/pipoca)
____________________________________________________________________________
6- Que elemento da linguagem não verbal, no anúncio 4, permite que a palavra “pipocando”
também possa ter outro sentido?
O milho estourando pipoca, ou seja, pipocando.
____________________________________________________________________________
98
MULTIRIO
4.° BIMESTRE Vamos ler uma notícia? Os cientistas não só fazem
descobertas em nosso planeta como também no espaço!
Texto 20
Descoberto planeta extrassolar, “gêmeo” de
Professor (a),
Júpiter Sugerimos
Na busca por uma “Terra 2”, equipe liderada por que, antes da
brasileiro identificou objeto na órbita de estrela. leitura do
Por Cesar Baima, em 15/07/2015. texto, faça
RIO- Uma equipe internacional de pesquisadores, liderada por um astrônomo uma Roda de
Leitura,
brasileiro, descobriu um planeta extrassolar que pode ser considerado um utilizando
“gêmeo” de Júpiter. Identificado na órbita de uma estrela muito parecida e com diferentes
a mesma idade de nosso Sol, designada HIP 11915, a uma distância notícias. Você
semelhante à que Júpiter está de nossa estrela e com uma massa também pode pedir que
similar à do maior planeta de nosso Sistema Solar, o novo exoplaneta os alunos
tragam
representa um importante passo na busca por um sistema planetário que seja notícias que
similar ao nosso e que talvez abrigue um pequeno mundo rochoso no tamanho chamaram a
e posição certos para ser considerado uma possível “Terra 2”. atenção deles
De acordo com algumas teorias mais aceitas atualmente, a vida só teria ou organizar
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

conseguido se desenvolver e evoluir na Terra graças à influência que o gigante uma pesquisa
na Sala de
Júpiter exerceu na configuração de nosso Sistema Solar. Sua enorme Leitura.
gravidade, por exemplo, teria ajudado a evitar que o Sistema Solar interior Sugerimos que
fosse “invadido” por detritos da formação de nosso sistema planetário, que na os alunos
forma de grandes asteroides poderiam extinguir a vida no planeta diversas apresentem,
vezes, em eventuais colisões, efetivamente “limpando” o caminho para a sua oralmente, os
textos. Você
evolução. pode estimular
[...] Assim, localizar um sistema planetário com um “gêmeo” de Júpiter em que eles
uma órbita afastada similar é um passo significativo no caminho para encontrar apresentem a
um que seja um “espelho” mais próximo do nosso, destaca Jorge Melendez, estrutura da
astrônomo da Universidade de São Paulo (USP) e líder da equipe responsável notícia, para os
colegas,
pela descoberta. respondendo
Adaptado de http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/descoberto-planeta-extrassolar-gemeo-de-jupiter-16761045
às perguntas:
O quê? Como?
1- Que fato está sendo noticiado no texto? Onde? Por
A descoberta de um planeta “gêmeo” de Júpiter. quê? –
_________________________________________________________________ perguntas
2- Em “Descoberto planeta extrassolar, “gêmeo” de Júpiter”, a palavra em básicas para se
destaque significa que esse novo planeta construir uma
notícia.
possui características parecidas com as de Júpiter.
_________________________________________________________________ Compare os
3- “[...] a uma distância semelhante à que Júpiter está de nossa estrela e com diferentes
textos
uma massa também similar à do maior planeta de nosso Sistema Solar”.
literários deste
Que expressão foi utilizada nesse trecho, substituindo o nome do planeta material de
Júpiter, a fim de evitar a repetição? apoio ao texto
“maior planeta de nosso Sistema Solar”. da notícia. Os
_________________________________________________________________
alunos
4- “Assim, localizar um sistema planetário com um “gêmeo” de Júpiter em uma precisam
órbita afastada similar é um passo significativo no caminho para encontrar um reforçar
que seja um “espelho” mais próximo do nosso [...]”. A palavra ou expressão que conceitos que
diferenciam
poderia ser escrita depois das que estão destacadas, sem alterar o sentido do
texto literário
planeta.
texto é __________________________________________________________. de texto não
99 literário.
Por que você acha que essa palavra não foi repetida?
4.° BIMESTRE
Sugerimos que mostre aos alunos que essa foi uma
_____________________________________________________
estratégia para garantir a coesão do texto.
_____________________________________________________

Agora, você vai ler mais um poema.

Texto 21

Universo 1- Qual foi a descoberta feita pelos cientistas?


A ciência descobriu que somos feitos com a mesma
_______________________________________________
A ciência, com muita matéria das estrelas.
poesia, _______________________________________________
descobriu que somos 2- “E até nossos pensamentos / brilham estelarmente” A
feitos palavra “estelar”, segundo o dicionário Saraiva Jovem,
significa “relativo a, formado por estrelas”. Porém, a palavra
com a mesma matéria
destacada no verso do poema foi criada por Roseana
das estrelas, Murray, a partir da palavra “estelar”.
e até nossos pensamentos

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Infira qual poderia ser o seu significado:
brilham estelarmente. Espera-se que o aluno conclua que significa “brilhar
_______________________________________________
como estrelas, grandiosamente”.
_______________________________________________
Por isso convém andar
com delicadeza e cuidado: 3- Dê um exemplo de como nossos “gestos e palavras”
nossos gestos e palavras podem mudar o Universo: conte para os seus colegas e
-- já que também para o (a) seu(sua) Professor (a).
somos estrelas – Resposta pessoal. Espera-se que o aluno conclua que
_______________________________________________
podem mudar o boas ações contribuirão para um mundo melhor.
_______________________________________________
universo. _______________________________________________
Murray, Roseana. Manual da delicadeza de
A a Z.. São Paulo: FTD, 2001.
_______________________________________________

4- Que palavra poderia ser empregada no lugar dos dois pontos, sem alterar o que está sendo
dito?
Porque.
____________________________________________________________________________

5 – Agora, compare o poema Universo e a notícia sobre o planeta “gêmeo” de Júpiter e, com
a ajuda de seu(sua) Professor(a), complete as informações solicitadas a seguir:

POEMA UNIVERSO NOTÍCIA

Finalidade Emocionar o leitor. Informar sobre a descoberta do planeta


“gêmeo” de Júpiter.
Forma da Em verso. Em prosa.
escrita
Descoberta As pessoas serem feitas da Um planeta “gêmeo” de Júpiter.
feita mesma matéria das estrelas.
100
Professor(a), não se prenda a uma única resposta, mas às possibilidades de
4.° BIMESTRE encaminhamentos que a situação-problema apresentada nos permite, sempre
considerando o texto como ponto de partida e de chegada.

Texto 22

Classificados Poéticos 1- Qual é o objetivo do anunciante no

Menino que mora num planeta texto 22?


azul feito a cauda de um cometa Corresponder-se com alguém de
_______________________________
quer se corresponder com alguém de outra galáxia.
Neste planeta onde o menino mora outra galáxia.
_______________________________
as coisas não vão tão bem assim: 2- O eu poético do texto é o próprio
o azul está ficando desbotado
e os homens brincam de guerra. menino? Copie um verso que
É só apertar um botão comprove sua resposta.
que o planeta Terra vai pelos ares...
Então o menino procura com urgência Não. “Menino que mora num
_______________________________
alguém de outra galáxia planeta”, “Neste planeta onde o
_______________________________
para trocarem selos, figurinhas
menino mora”, Então o menino
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

e esperanças. _______________________________
MURRAY, Roseana. Classificados Poéticos. Ed.Moderna. procura com urgência”.

3- Copie do poema os versos que identificam a quem se destina esse classificado.


“alguém de outra galáxia”.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
4- Qual é a causa de as “coisas” não irem tão bem no planeta onde o menino mora?
“O azul está ficando desbotado / e os homens brincam de guerra”.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

5- A que o menino compara a cor azul do planeta?


À cauda de um cometa.
__________________________________________________________________________
_
6- “o azul está ficando desbotado”.

a) O que significa a expressão destacada?


Sem cor ou com a cor fraca.
_________________________________________________________________________

a) Qual seria a provável causa de o azul da Terra estar ficando “desbotado”?


A falta de cuidado dos habitantes com a natureza: poluindo, devastando, depredando...
___________________________________________________________________________
7- Pelas características descritas pelo menino, em que planeta o menino mora?
No planeta Terra.
___________________________________________________________________________
Professor(a), sugerimos que, antes de iniciar a leitura do texto, peça aos alunos que recortem, dos jornais,
anúncios classificados e analisem sua finalidade discursiva e características textuais, como: dados
essenciais do produto anunciado, pouca ou nenhuma ilustração, informações para contato etc.
Analise com a turma no que o classificado poético se diferencia dos outros em relação à linguagem e à
101 ausência de meio de contato.
Agora, você vai ler uma página de classificados. Este é
4.° BIMESTRE
um gênero textual que tem como finalidade anunciar um
produto ou serviço para venda, compra, troca, aluguel... Seu
objetivo é convencer o leitor e possibilitar que entre em contato
com o anunciante, no caso de haver interesse de sua parte.

Texto 23
Molina Imóveis VENDE-SE Luis Fernando 1- Compare o texto 22 e o 23 e
Creci 18.062 Imóveis
Ótimo sítio com ótima casa * Lombas - 20 ha - todo
Vende:
de material a 100 metros da com pastagem, açude, linda
explique a diferença entre eles:
RS 040, área,
200 Hectares várzea albardão
e granja dois açudes, ideal
Km 31, Pda 93 – M. 200 mil Professor(a), o aluno deve
______________________________
Grande - Águas
para pequaria ligue fone
Claras - Viamão.
81438832 -34981177.
Tratar: Manoel Matos
7 HA - Casa de Madeira - perceber a diferença entre o
______________________________
CRECI 18062. Tenho outros Águas - Luz - Campo -
3498-1609
campos de lomba. Mato Nativo - 50 MIL
8102-9653 texto literário, um poema, e
______________________________

http://portaldoProfessor (a).mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=11936
Chacrinha 2.000 metros
* Frente RS 040 - 3 ha - 2 os classificados de jornal,
______________________________
pronta para construir –
pavilhões 20 x 50 + 600 m
R$ 2.000 e saldo em 60 de
300 reais. Confira. BARBADA
de galpão, sede 12 x 50 - textos não literários.
______________________________
açudes para firmas, ponto
3 ha – Casa de Alvenaria comercial 300 mil, aceita
com 3 Dormitórios – ______________________________

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


Vende: 50% imóveis, carros e
Cozinha – Banheiro – Casa outros
Sítio perto do asfalto
de Caseiro – Galpão c/
casa piscina todo mobiliado e
churrasqueira – 3 Baias de ______________________________
barbada
costaneiras – Canil – Açude
R$ 45 MIL AC carro e
– Mata Nativa – Poço 5 ha - Casa Mixta - Campo
facilito.
Artesiano – SÓ - Mato - Linda Área 50
50 Hectares campo de MIL
65 MIL
lomba ideal para
Ligue: Luiz
reflorestamento pecuária e
Fernando Imóveis:
soja R$ 6.500 o hectare. Temos mais de 100 sítios –
3498-1245
Molina. Fones: (51) Casas em Condomínios e
3498 1177 / 8143-8832 Fazendas
LUIZ FERNANDO
Fone: 3498-1245

Texto 24 1- Onde o personagem, provavelmente,


está?
Em outro planeta ou na Lua.
_______________________________
2- Ele está lendo uma reportagem cujo
título é “A Terra é um planeta em
extinção”. O que significa a expressão
destacada?
Acabando, deixando de existir.
_________________________________
3- Segundo o que você leu no texto
“Classificados Poéticos”, qual seria a
razão de o nosso planeta estar entrando
em extinção?
A falta de cuidado dos habitantes com
_________________________________
o nosso planeta Terra.
_________________________________
http://gedbioetica.com.br/gedhumor-a-terra-e-um-planeta-em-extincao/
______________________________

4- Comparando o poema CLASSIFICADOS POÉTICOS com o texto acima, é possível


concluir que os dois têm uma finalidade em comum. Qual?
Alertar sobre a destruição do planeta Terra.
_______________________________________________________________________ 102
4.° BIMESTRE Os bichos também lançaram seus
classificados, ou melhor, seus anúncios amorosos.

Texto 25
Texto 26
A LUZ DO TEU CAMINHO
Vaga-lume solitário PARA COMPROMISSO
deseja iluminar o coração SÉRIO
de uma baratinha de Centopeia de boa família
www.caterpillar.com

armário deseja um grilo namorado


cheinha de paixão. dono de sapataria
e bem apessoado.

Professor(a),
Texto 27
sugerimos que
destaque as rimas e os
sentidos das palavras AI QUE PREGUIÇA!
e expressões que Lesma preguiçooooooosa
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

caracterizam o texto
literário. Sugerimos,
deseja prosa
ainda, que instaure com um bicho preguiça
um clima de troca de também bem bem bem
informações e devagar.
pesquisa, tendo em Tenho casa própria
vista ampliar o
conhecimento de
e telefone celular.
mundo dos alunos.

Professor(a), não se prenda a uma única resposta, mas às


possibilidades de encaminhamentos que a situação-problema
MULTIRIO

apresentada nos permite, sempre considerando o texto como


ponto de partida e de chegada.

1- Que palavra do título do 1.º anúncio se relaciona ao vaga-lume? Por quê?


Luz. Porque o vaga-lume acende e apaga uma luzinha em sua cauda.
____________________________________________________________________________
2- “Vaga-lume solitário deseja iluminar o coração de uma baratinha de armário cheinha de
paixão.” Qual o efeito de sentido provocado pelo uso da terminação –inha na palavra
destacada?
Provoca um efeito de delicadeza e intensidade: muito cheia de paixão.
____________________________________________________________________________

3- O que significa a expressão destacada no título do 2.º anúncio?


“Centopeia de boa família deseja um namorado dono de sapataria e bem apessoado.”
Que tenha uma boa aparência.
_____________________________________________________________________________
4- Qual a provável causa de a Centopeia desejar para namorado um dono de sapataria?
_____________________________________________________________________________
Ela ter muitos pés e , assim, ele poderia fornecer seus sapatos.
5- Que recursos foram utilizados no 3.º anúncio para reforçar a característica de lentidão da
lesma e da preguiça?
103
A repetição da vogal “o” na palavra “preguiçosa” e a repetição da palavra “bem”.
_____________________________________________________________________________
E por falar em animais, esta é a história 4.° BIMESTRE
MULTIRIO

de um cão que causou muita confusão


para dois amigos.

Texto 28 CÃO! CÃO! CÃO!

Abriu a porta e viu o amigo que há tanto não via. Estranhou que ele entrasse com um
olhar sereno e acompanhado de um cão. Cão muito grande, saltitante e com ar agressivo.
Abriu a porta e cumprimentou o amigo, desejando-lhe sinceros votos de boas-vindas.
“Quanto tempo!” “Quanto tempo”, ecoou o outro. O cão aproveitou a saudação e se
embarafustou casa adentro, sem sequer abanar o rabo. Logo um barulho na cozinha
demonstrava que ele tinha virado qualquer coisa. O dono da casa encompridou as orelhas,
aguçou o sentido da audição. O amigo visitante, porém, nem se tocava. “Ora, veja você, a

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


última vez que nos vimos foi em...” “E você casou também? Eu sempre vi com simpatia a
concretização deste seu matrimônio e além do mais o casamento é sinal de união e
símbolo de coesão familiar.”
O cão passou pela sala, entrou no quarto e começou seu serviço e novo barulho,
desta vez de coisa definitivamente quebrada. Houve um sorriso amarelo por parte do dono
da casa, mas singular indiferença por parte do visitante. “Quem morreu foi o... você se
lembra dele? O que mais me sensibilizou no sepultamento foi quando os parentes estavam
dando os sentimentos à viúva...”
O cão saltou sobre um móvel tal qual um serelepe, derrubou o abajur, quebrando-o,
trepou com as patas sujas no sofá e deixou as sensíveis marcas digitais de seu crime. Os
dois amigos ficaram alguns segundos em silêncio. Fingiram não perceber o sinistro ato
canino.
“São dezoito horas, vou-me embora”– despediu-se o visitante com um singelo
sorriso. Já ia seguindo em direção ao semáforo para atravessar a rua, quando o dono da
casa, sentindo grande alívio, emitiu a surpreendente sentença: “Não vai levar seu cão?!” Ao
que o outro respondeu: “Cão? Ah, cão! Oh! Que surpresa! Não é seu?! Também não é meu!
Quando eu entrei, ele simplesmente entrou comigo com tanta naturalidade! Pensei que
fosse seu!”
MORAL: QUANDO NOTAMOS CERTOS DEFEITOS NOS AMIGOS, DEVEMOS SEMPRE
TER UMA CONVERSA ESCLARECEDORA.
FERNANDES, Millôr. Fábulas Fabulosas. Ed. Nórdica. São Paulo: 1973.
104
4.° BIMESTRE

MULTIRIO
1- “Abriu a porta e viu o amigo que há tanto não via.” A quem se referem as duas ações
destacadas?
Ao amigo que era dono da casa.
___________________________________________________________________________
2- Qual o conflito da narrativa, ou seja, o fato que dá início à história?
O cachorro entrar junto com o amigo que chegou para visitá-lo.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
3- O autor não utilizou travessões para indicar os diálogos. Que recurso Millôr Fernandes usou
para representar as falas dos personagens?
As aspas.
___________________________________________________________________________
Professor(a), sugerimos que relembre com a turma que tanto o travessão quanto as aspas podem
indicar a fala de personagens.
4- “Houve um sorriso amarelo por parte do dono da casa, mas singular indiferença por parte
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

do visitante.”
Qual é o significado da expressão sublinhada?
Um sorriso sem graça.
___________________________________________________________________________
5 - “O cão saltou sobre um móvel tal qual um serelepe, derrubou o abajur, quebrando-o [...]”
(4.º parágrafo)
A que se refere a palavra destacada?
Refere-se ao abajur.
___________________________________________________________________________
6 - “Os dois amigos ficaram alguns segundos em silêncio.”
Conforme o tempo ia passando, os amigos foram ficando tensos. Qual era a causa dessa
tensão?
O cachorro estar fazendo uma enorme bagunça pela casa toda.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
7- O humor do texto se dá por conta de um fato inesperado. Que fato inesperado é esse que
acontece no desfecho?
Os amigos descobrem que nenhum dos dois é dono do cachorro.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
8- O que, provavelmente, teria acontecido se os personagens seguissem o conselho da “moral
da história”?
Eles teriam esclarecido logo no início que o cachorro não era de nenhum dos dois e
___________________________________________________________________________
teriam evitado todo o problema causado por ele.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
105
Conheça algumas campanhas de ajuda para os cães. 4.° BIMESTRE

Texto 29

1- Qual a finalidade deste texto?


Incentivar os frequentadores dos
________________________________
torneios de judô a contribuir com
________________________________
a doação de ração.
________________________________
2- Que expressão, na linguagem verbal,
representa o animal da foto?
“um focinho”.
________________________________
http://www.boletimosotogari.com

3- Copie do anúncio duas palavras ou expressões que indiquem um pedido.


“Não deixe”, “Contribua”.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


____________________________________________________________________________

Professor, sugerimos que explore os aspectos não verbais do texto: o significado da tigela na boca do cão e a
magreza do cão do segundo anúncio, deixando claro os maus-tratos.

Texto 30

1- Qual a finalidade deste texto?


Estimular as pessoas a adotarem cães abandonados.
__________________________________________________
__________________________________________________
2- Quem é o locutor da mensagem texto, ou seja, quem é que
está “falando” no cartaz?
O cão.
__________________________________________________
__________________________________________________
3- Que palavras ou expressões do texto, geralmente, são
empregadas para caracterizar os cães?
´ “de raça”, “vira-lata”.
__________________________________________________
__________________________________________________

4- Que novo sentido essas palavras ganharam ao passarem a se referir a seres humanos?
“de raça” – corajoso, comprometido.
____________________________________________________________________________
“vira-lata” – sem vergonha, desajuizado, irresponsável.
____________________________________________________________________________
5- A última frase do cartaz termina com reticências, indicando uma continuidade. Que frase
poderia estar no lugar desta pontuação?
Professor, o aluno deve perceber que o cão foi
“e não deu certo”, “e me abandonou” etc. abandonado, por isso ele procura um novo dono.
____________________________________________________________________________ 106
4.° BIMESTRE
Hora de você utilizar sua criatividade!!!
Crie um cartaz que incentive as pessoas a cuidar melhor de
seus animais. Não se esqueça que deve ter um título que chame

MULTIRIO
a atenção e dicas ou pedidos de como devemos tratar os bichos.
Siga brincando com as palavras... Lembre-se de ilustrar!!!

Não é só nos poemas que encontramos poesia. Há textos em prosa em que os autores
escolhem e utilizam as palavras a fim de nos emocionar.
Veja esses textos da poetisa Roseana Murray, do livro “Retratos”.

Professor(a),
Sugerimos que, antes da leitura, estimule os alunos a falar sobre seus avós e como é o
relacionamento com eles. Peça que se lembrem de coisas que só os avós fazem.
Ressalte, no texto, as comparações. Leve-os a inferir o que elas podem
representar e como são subjetivas.

Texto 31 A AVÓ
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

A avó tem cabelos muito brancos, curtos e lisos. Pouco cabelo. A pele é toda
enrugada. Parece que já está virando árvore. O corpo também é pequeno. Ela toda
parece um pássaro. Usa um xale de renda na cabeça e nas mãos carrega sempre
um livro sagrado e cheiro de cebola. Tem passos miúdos. Às vezes parece orvalho.
Já está quase desaparecendo, dá para notar. Os olhos pousados em coisas
distantes, invisíveis navios, alguma terra do lado de lá?
crv.sistti.com.br
MURRAY, Roseana Kligerman. Retratos.11.ed. Belo Horizonte, 2003.

1- Qual a finalidade do texto?


Descrever a avó, de forma poética.
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
2- “A pele é toda enrugada. Parece que está virando árvore.” O que uma árvore e a pele da
avó têm em comum?
As duas são ásperas.
____________________________________________________________________________
3- O que podemos inferir ao saber que a avó tem cheiro de cebola nas mãos?
Que ela cozinha bastante.
____________________________________________________________________________
4- Por que a avó tem “passos miúdos”?
Porque já é velhinha e não consegue dar passos muito largos.
____________________________________________________________________________
5- A autora compara a avó a vários elementos da natureza. Copie um exemplo de uma dessas
comparações.
Professor, há vários exemplos no texto:”Parece que já está virando árvore”; “Às vezes
____________________________________________________________________________
parece orvalho”...
6- Que tipo de sentimento a leitura desse poema pode despertar no leitor?
Professor, espera-se que o aluno cite sentimentos positivos como carinho, saudade,
____________________________________________________________________________
107 amor etc.
O ANIVERSÁRIO 4.° BIMESTRE

Texto 32

Festa de aniversário é na casa da avó. Todos os primos


juntos e os amigos da rua e da escola. Um bolo enorme, a
roupa mais bonita, o maior sorriso. A avó, como um
passarinho piando, pra lá e pra cá, toda felicidade.
Mães e pais em conversas de gente grande. No final da
festa, as roupas tortas, um cansaço bom, e o corpo indo,
galeria.colorir.com escorregando pro país do sono.
MURRAY, Roseana Kligerman. Retratos.11ª ed. Belo Horizonte, 2003.

LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO


1- Copie do texto um trecho em que fique claro que, para a narradora, a festa é muito
especial.
“Um bolo enorme, a roupa mais bonita, o maior sorriso.”
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
2- “A avó, como um passarinho piando, pra lá e pra cá, toda felicidade. Qual o significado da
expressão em destaque?
Significa que a avó está muito feliz.
___________________________________________________________________________
3- Copie do texto os fatos que indicam que as crianças se divertiram muito na festa.
“as roupas tortas”; “um cansaço bom”.
___________________________________________________________________________
MULTIRIO

RETRATO FALADO
POÉTICO
Ao terminar este material, deixamos para você
Vamos fazer como Roseana um último desafio: escrever uma notícia.
Murray? Usar a poesia? Que tal E essa será uma notícia especial. O ano está
escolher um amigo e criar uma terminando... Que notícia você gostaria de ler no
descrição sobre ele? jornal no começo do próximo ano?
Procure descrevê-lo de forma Planeje seu texto: primeiro, pense no fato a
poética, fazendo comparações, ser noticiado. Depois, escreva pensando em
associações... responder às seguintes perguntas: O quê? Como?
Você pode não escrever o Quando? Onde ? Por quê?
nome de quem descreveu e, ao
final, ler para a turma para ver se Prezado Aluno, Prezada Aluna,
alguém adivinha de quem você está foi uma imensa alegria estar com você!
falando!!! Combine antes com o (a) Um abraço,
seu(sua) Professor(a). Profª Cristiane Sousa
Escola Municipal Cientista Mário Kroeff 108
4.° BIMESTRE Colaboração: @Glaucya Lino
Coordenadora Pedagógica
E.M. Senador Corrêa
www.livingpeaceinternational.org

#EspaçoCulturadePaz
Vamos para o 4º passo na construção da
PAZ! Dessa vez o desafio é SER O(A) Tomar a iniciativa sem
PRIMEIRO(A) A AMAR! esperar do outro a
mesma atitude.

Lili estava jogando bola com o amigo Guilherme e um seu chute resultou num desastre:
vidro, quadro e abajur quebrados na sua casa.
Veja um trecho da história:

[...] – Então, não foi você que fez isso, Lili? – Pergunta meu pai. – Hã...hein... não fui eu,
LÍNGUA PORTUGUESA – 6.° ANO

de forma alguma... por quê?


– Olhe bem pra mim, Lili, e me diga a verdade. Sinto as lágrimas chegando, chegando...
[...] – Bom, então, só pode ter sido um roubo, João Luís – afirma minha mãe. [...] Agora
essa! Pensei em tudo, menos nisso. Um roubo... [...] Meus pais vão perceber que não se
trata de um roubo e aí vou ficar na maior saia justa, porque não só vão saber que fui eu
que fiz essa enorme besteira, mas, além disso, vão ver que menti. Que cilada!
DUTRUC-ROSSET, Florence. Assim é a vida Lili: Juro que não fui eu! Tradução Irami B. Silva. – Vargem Grande Paulista, SP: Editora
Cidade Nova, 2015. P. 13-15.

Lili tentou pedir conselho a Helô e Guilherme, seus amigos. Cada um sugere um modo
de resolver a questão, deixando Lili confusa. Conversou também com a professora de quem
gosta muito e Mônica disse:
[...] -Seja como for, Lili, você precisa dizer a seus pais, senão isso pode ficar pior do que
está. [...] Eu protesto: - Mas eles vão ficar com aquela raiva de mim!!! - Não, claro que
não. Afinal de contas, você não fez de propósito[...]. Procure achar um jeito de confessar
isso a seus pais: com humildade e sinceridade. [...] E, principalmente, não se esqueça de
se desculpar. Eles vão entender, viu! Eles também, com sua idade, devem ter feito
besteiras como essa!
Nesse momento, toca o sinal. Mônica levanta e pisca o olho para mim, dizendo: - Vá,
Lili, coragem!

DUTRUC-ROSSET, Florence. Assim é a vida Lili: Juro que não fui eu! Tradução Irami B. Silva. – Vargem Grande Paulista, SP: Editora
Cidade Nova, 2015. P. 27-28.

Prezado(a) Professor(a),
Os valores em discussão no texto dão a possibilidade de conversar com os alunos sobre a
importância de uma convivência harmoniosa. No livro, Lili escolhe contar o que aconteceu por meio
de uma história em quadrinhos desenhada por ela. No último quadrinho, a menina pede desculpas.

Que tal escrever no seu caderno um final para a história de Lili?


Você percebeu que Mônica dá algumas pistas de atitudes necessárias para que Lili tome
a iniciativa de recomeçar? Qual o significado das palavras: HUMILDADE, SINCERIDADE E
CORAGEM? Que tal pesquisar? O que significam no contexto em que Lili se encontra? No
109 seu final, Lili consegue ter as atitudes sugeridas por Mônica?
3.° BIMESTRE

SUMÁRIO
NO REINO DOS PROBLEMAS 112

CÁLCULO DE POTÊNCIAS E SUAS PROPRIEDADES 114

CÁLCULO DA RAIZ QUADRADA 115

CÁLCULO DO VALOR DESCONHECIDO 116

OS DIVISORES E O MDC 117

MÍNIMO MÚLTIPLO COMUM – MMC 118

PROBLEMAS QUE ENVOLVEM O USO DE MMC E MDC 119

TRANSFORMANDO FRAÇÕES IMPRÓPRIAS EM NÚMEROS MISTOS 120

FRAÇÕES EQUIVALENTES 122

LOCALIZAR FRAÇÕES NA RETA NUMÉRICA 125

FRAÇÃO DECIMAL COMO NÚMERO DECIMAL 127


MATEMÁTICA – 6.° ANO

LOCALIZAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS NA RETA NUMÉRICA 128

MEDIDAS: SITUAÇÕES-PROBLEMA 129

ELEMENTOS DE UM SÓLIDO 130

ÁREA DE FIGURAS PLANAS 131

INTRODUÇÃO À ANÁLISE DAS POSSIBILIDADES 132

VOLUME 134

111
3.° BIMESTRE
NO REINO DOS PROBLEMAS
A Matemática é uma ferramenta muito utilizada na resolução de problemas. Abordamos no
semestre anterior assuntos que ampliam nossas habilidades em resolvê-los. Portanto, nada
mais natural que comecemos o segundo semestre recapitulando os conceitos adquiridos nos
bimestres e anos anteriores. Vamos a eles!

Recapitulando...
Os termos da adição: Os termos da subtração:
87 Parcela 87 Minuendo
+ 42 Parcela ̶ 42 Subtraendo
129 Soma ou Total 45 Resto ou Diferença

1. A soma de dois números é 120. O que acontece com o valor da soma se adicionarmos
20 unidades
Aumentará 20 unidades também. Ficará igual a 140.
a) à 1.ª parcela? __________________________________________________________
Aumentará 20 unidades também. Ficará igual a 140.
b) à 2.ª parcela? __________________________________________________________
c) às duas parcelas?_______________________________________________________
Aumentará 40 unidades. Ficará igual a 160.

2. A diferença entre dois números é 53. O que acontece com essa diferença se
adicionarmos 8 unidades

Aumentará 8 unidades também. Ficará igual a 61.


a) ao minuendo? ___________________________________________________________
Diminuirá 8 unidades. Ficará igual a 45
b) ao subtraendo? __________________________________________________________
A operação manterá seu resultado.
c) ao minuendo e ao subtraendo? ______________________________________________

3. Uma fábrica, para produzir certo modelo de sapato, tem um custo fixo de R$ 10.000,00,
mais um custo de R$ 5,00 a cada par de sapatos produzido. Nessa fábrica, que valor será
necessário para produzir 10 000 pares desse modelo de sapato?

MATEMÁTICA – 6.° ANO


Pixabay.com

(A) R$ 50.000,00.
(B) R$ 60.000,00.
(C) R$ 70.000,00.
(D) R$ 80.000,00. Gabarito: B

4. Para um treinamento militar, foram transportados 25 soldados em cada um dos 28


caminhões e mais 3 sargentos e 1 capitão.
Quantas pessoas, ao todo, foram transportadas para esse treinamento?
Pixabay.com

Foram transportadas 704 pessoas.


112
3.° BIMESTRE
NO REINO DOS PROBLEMAS

5. Um escritor escreveu, em certo dia, as 20 primeiras páginas de um livro. A partir desse dia,
ele escreveu, a cada dia, tantas páginas quanto havia escrito no dia anterior, mais 5 páginas.
Se o escritor trabalhou 4 dias seguidos, então ele escreveu, ao todo,

(A) 80 páginas.
(B) 85 páginas.

Pixabay.com
(C) 95 páginas.
(D) 110 páginas.
Gabarito: D

6. Um pai tem 35 anos e seus filhos 6, 7 e 9 anos. Daqui a 8 anos, a soma das idades dos três
filhos, menos a idade do pai, será de

(A) 2 anos.
(B) 3 anos.
Gabarito: B
(C) 11 anos.
(D) 13 anos.
clipArt

7. Em uma sala de aula, onde todos os lugares se encontram ocupados, os alunos estão
sentados em filas e essas filas possuem, todas, o mesmo número de lugares.

O aluno Roberto tem, apenas,


MATEMÁTICA – 6.° ANO

– um aluno sentado à sua frente;


– dois alunos sentados atrás dele;
– três alunos sentados à sua direita;
– dois alunos sentados à sua esquerda.

Sendo assim, quantos alunos há na sala de Roberto?

(A) 9.
(B) 18.
(C) 24.
(D) 32. Gabarito: C

113 https://en.wikipedia.org/wiki/Eletronics
CÁLCULO DE POTÊNCIAS E SUAS PROPRIEDADES
3.° BIMESTRE

Na multiplicação de potências de mesma base, conservamos a base e adicionamos os


expoentes.
Exemplo: 3² x 3³ = 9 x 27 = 243 e 3² x 3³ = (3 x 3) x (3 x 3 x 3) = 3 x 3 x 3 x 3 x 3 = 35 = 243, logo,
3² x 3³ = 32 + 3 = 35. 2 fatores 3 + 3 fatores 3 = 5 fatores 3

Na divisão de potências de mesma base, conservamos a base e subtraímos os expoentes.


Exemplo: 2³ : 2 = 8 : 2 = 4 e 2³ : 2¹ = (2 x 2 x 2) : 2 = 8 : 2 = 4 = 2 x 2 = 2², logo, 2³ : 2¹ = 2³ - 1 = 2².
3 fatores 2 - 1 divisor 2 = 2 fatores 2

1. Reduza a uma só potência: 3. Reduza a uma só potência:

78
a) 7² . 7⁶ = ____________ 514
a) (5²)⁷= _________ Na potência de uma potência,
26
b) 2² . 2⁴= ____________ 615
b) (6³)⁵= _________ conservamos a base e multiplicamos
os expoentes.
54
c) 5 . 5³ = _____________ a6
c) (a²)³= _________ Exemplo: (7²)³ = (7 x 7)³ = (49)³ = 49 x
83 m8
d) (m²)⁴= ________ 49 x 49 = 117 649 e (7²)³ = (7 x 7)3 =
d) 8² . 8 = _____________
= (7 x 7) x (7 x 7) x (7 x 7) = 117 649,
30
e) 3⁰ . 3⁰ = ____________ m12
e) (m³)⁴= ________
2 fatores 7 + 62 fatores
fatores 77 + 2 fatores 7 = 6 fatores 7
46
f) 4³ . 4 . 4² = __________ x10
f) (x⁵)²= _________
logo, (7²)³ = 7² x ³ = 76.
a6
g) a² . a² . a² = _________
4. Calcule o valor das expressões:
m4
h) m . m . m² = _________
a) 2³+ 2⁴ = _________________
8 + 16 = 24
2. Reduza a uma só potência: Para um número
1 000 – 100 = 900
b) 10³ - 10² = _______________ natural n:

22
a) 2⁵ : 2³ = _____________ c) 80¹ + 1⁸⁰ = _______________
80 + 1 = 81 n¹ = n
75
b) 7⁸ : 7³=______________ 25 – 9 = 16
d) 5² - 3² = _________________
0n = 0, para
93
c) 9⁴ : 9 =______________ e) 1⁸⁰ + 0⁷⁰ = _______________
1+0=1 n≠0
56
d) 5⁹ : 5³ =_____________ nº = 1, para
5. Calcule o valor das expressões: n≠0
84
e) 8⁴ : 8⁰ =_____________
8 . 5 + 9 = 40 + 9 = 49
a) 2³ . 5 + 3² = __________________
MATEMÁTICA – 6.° ANO
70
f) 7⁰ : 7⁰ =_____________ 1n = 1
1+0–1=0
b) 70⁰+ 0⁷⁰ - 1 = _________________

Calcule o valor da expressão: Lembre-se de seguir a ordem de resolução


de expressões numéricas:
70 – [ 5 . (2² : 4) + 3²] = 1.º – Quanto aos sinais de associação →
primeiro os parênteses, depois colchetes e por
último chaves.
70 – [5 . (4 : 4) + 9] = 2.º – Quanto as operações → potências e
70 – [5 . 1 + 9] = raízes, na ordem que estiverem, depois
70 – [5 + 9] = multiplicações e divisões, na ordem que
70 – 14 = estiverem e por último, adições e subtrações,
56 também, na ordem em que estiverem.
114
3.° BIMESTRE CÁLCULO DA RAIZ QUADRADA

- TABELA -
NÚMEROS NATURAIS AO Quadrado Perfeito – é um número natural que se
QUADRADO. obtém da multiplicação de um número natural por ele
n n² mesmo.
1 1 Exemplo: 625, porque 25 x 25 = 625, ou 625 = 25.
2 4
3 9 3. Identifique os números que são chamados de
4 16 quadrados perfeitos:
5 25
6 36 1 9 18 25 32 36 47 49 55 64
7 49
8 64 Gabarito: 1, 9, 25, 36, 49 e 64.
9 81 4. Descubra o número que, elevado ao quadrado, resulta
10 100
3.
a) 9: ____________________________________

5.
b) 25: ___________________________________
A radiciação é a operação
inversa da potenciação! 7.
c) 49: ___________________________________

11.
d) 121: __________________________________
1. Determine a raiz quadrada:

a) 9 = _________________
3 5. Calcule as expressões:

b) 16 = ________________
4 a) 29 – 100 : 2² + 3 . 16 =
c) 25 = ________________
5
29 – 100 : 2² + 3 . 𝟏𝟔 =
d) 81 = ________________
9
29 – 100 : 4 + 3 . 4 =
e) 0 = _________________
0 29 – 25 + 12 =
16
1
f) 1 = _________________
MATEMÁTICA – 6.° ANO

8
g) 64 = ________________
10
h) 100 = _______________
b) ( 17 + 7² ) + ( 42 : 36 ) =
2. Resolva as expressões:
4 + 6 = 10
a) 16 + 36 = ______________
5+3=8 ( 17 + 7² ) + ( 42 : 𝟑𝟔 ) =
b) 25 + 9 = _______________ (17 + 49) + (42 : 6) =
7–2=5
c) 49 – 4 = ________________
66 + 7 =
73
6–1=5
d) 36 – 1 = _______________
3 + 10 = 13
e) 9 + 100 = ______________
2.3=6
115 f) 4 . 9 = __________________
CÁLCULO DO VALOR DESCONHECIDO 3.° BIMESTRE

AGORA,
Uma igualdade ocorre quando duas
operações ou quantidades são iguais entre
É COM VOCÊ !!!
si, ou seja, quando uma e outra têm o 1. Adivinhe quem são!
mesmo número de unidades. Esta
característica é válida para todas as a) Sou um número que multiplicado por
operações aritméticas. 65
2, resulta 130. Então, sou o _______.

Exemplo : 4 + 7 – 3 = 8 b) Sou um número que subtraído de 44,


77
resulta 33. Então, sou o ____________.
11 – 3 = 8
c) Sou um número que somado a 118,
8 =8 tem como resposta 945. Então, sou o
827
________________________________.
Costumamos chamar de 1.º membro o lado
esquerdo do sinal de igualdade e de 2.º d) Sou um número que multiplicado por
membro, seu lado direito. 3 e, em seguida, subtraído de 10, resulta
13
em 29. Então, sou o _______________.
No exemplo, 4 + 7 – 3 = 8 , temos:
2. Descubra o valor desconhecido nas
1.º membro 2.º membro expressões:

Quando somamos ou subtraímos os a) 𝒙 + 17 = 25


membros da igualdade por um mesmo
valor, o resultado permanece verdadeiro. 𝒙 + 𝟏𝟕 = 𝟐𝟓
Continuemos com o exemplo:
Vamos subtrair 4 de ambos os membros. 𝒙 + 𝟏𝟕 – 𝟏𝟕 = 𝟐𝟓 – 𝟏𝟕

4+7–3=8 𝒙 + 𝟏𝟕 – 𝟏𝟕 = 𝟐𝟓 – 𝟏𝟕
4–4+7–3=8–4
𝒙 + 𝟎 = 𝟖
+7–3= 4
MATEMÁTICA – 6.° ANO
0
𝒙 = 𝟖
4 = 4
A igualdade continua verdadeira. Esse é o
princípio de equivalência, que nos garante
essa propriedade das igualdades. Para
calcular valores desconhecidos, basta b) 10 + 𝒙 = 15 𝒙=5
aplicarmos esta propriedade.

Veja outro exemplo: c) 𝒙 – 4 = 12 𝒙 = 16


 – 2 = 12
 – 2 + 2 = 12 + 2
 = 14 d) 15 + 𝒙 = 18 𝒙=3
Descobrimos assim que  vale 14.

Professor(a), sugerimos que reforce os princípios de equivalência.


116
3.° BIMESTRE
OS DIVISORES E O MDC
O Algoritmo* de Euclides ou Método de Divisões Sucessivas, é uma maneira prática
de encontrar o MDC (Máximo Divisor Comum) entre dois números naturais diferentes de
zero, utilizando-se um diagrama semelhante a um “Jogo da Velha ampliado”.
Veja esse exemplo:
Calcule o MDC dos números 125 e 35.
Observe que:
3 1 1 3 → na primeira linha do diagrama, aparecem os
quocientes das divisões efetuadas;
125 35 20 15 5 → na segunda linha do diagrama, aparecem os divisores
e dividendos das divisões efetuadas;
20 15 5 0 → na terceira linha do diagrama, aparecem os restos das
divisões efetuadas.

Pelo diagrama, se pode perceber que o MDC dos dois números em questão (125 e 35)
é o último resto (5) não nulo** do processo das divisões sucessivas.

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. Calcule o MDC dos números através
do Algoritmo de Euclides:
Sou o único Quando o MDC de dois
2
a) 10 e 16 _________________ número primo números for igual a 1,
par! dizemos que esses números
10
b) 30 e 40 _________________ são
PRIMOS ENTRE SI.
c) 12 e 8 4
_________________
Clipart

d) 20 e 10 10
_________________

e) 17 e 32 1
_________________ NÚMEROS PRIMOS
São os números que têm, por
MATEMÁTICA – 6.° ANO

divisores, apenas o 1 e eles


2. Quais dos números abaixo são primos entre si? mesmos.

a) 15 e 24 __________________________________
Não são primos entre si. Exemplos:
2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19...
b) 42 e 41 __________________________________
São primos entre si.

c) 60 e 14 __________________________________
Não são primos entre si. Números primos entre si são
aqueles cujo o único divisor
d) 4 e 9 __________________________________
São primos entre si. comum é o 1.

*Algoritmo: sequência finita de passos, regras ou operações a


Multirio

serem seguidas para resolução de uma tarefa.


**Número não nulo: todos os demais números, exceto o zero.
117
MÍNIMO MÚLTIPLO COMUM – MMC 3.° BIMESTRE

AGORA, O mínimo múltiplo comum (MMC) corresponde ao menor


É COM VOCÊ !!! número natural, diferente de zero, que é múltiplo ao mesmo
tempo de dois ou mais números.

1. Determine o MMC dos números pelo método da *fatoração:

MMC {8, 20} =

Utilizaremos como exemplo, a fatoração simultânea:

8 ; 20 2 → Dividimos o 8 e 20 por 2. O quociente repetimos embaixo.


4 ; 10 2 → Depois, fazemos a mesma coisa com o 4 e o 10.
2; 5 2x → Agora, entre o 2 e o 5.
1; 5 5 → Ficamos com 1 e 5. Como não é possível dividir exatamente por 2,
1; 1 40 repetimos o 1 e dividimos o 5 pelo próximo número primo. Como não podemos
dividir o 5 por 3. passamos para o próximo primo que é 5. Quando o resultado
for uma linha composta apenas por números 1, encerramos a fatoração. O
MMC será o produto dos divisores utilizados. → 2 x 2 x 2 x 5 = 40

a) MMC {15, 12} =_______


60

b) MMC {14, 6} = ________


42
Calcule o MMC através da fatoração:
c) MMC {7, 10} = ________
70
a) MMC {10, 12, 18} = _________________________
180
d) MMC {25, 40} = _______
200
b) MMC {24, 30, 45, 180} = _____________________
360
MATEMÁTICA – 6.° ANO
Multirio

*Fatoração é um processo utilizado na matemática que consiste em representar um número


ou uma expressão como produto de fatores. Quando feita apenas por fatores primos é muito
útil: podemos calcular o MDC, MMC, a raiz quadrada (de quadrados perfeitos), determinar os
divisores de um número, encontrar (principalmente nas operações de adição e subtração)
frações equivalentes, comparar frações etc.

Sempre que resolvermos problemas, devemos focar nas ideias chaves.


→ Quando temos a ideia de máximo possível ou de mesmo tamanho em uma divisão,
associaremos ao MDC.
→ Quando tivermos as ideias de simultaneamente, reencontro e mínimo possível em
uma multiplicação, associaremos ao MMC. 118
3.° BIMESTRE PROBLEMAS QUE ENVOLVEM
O USO DE MMC E MDC

1. Vovó foi viajar com a Turma da Melhor Idade 4. Em uma turma do 6.º Ano com mais de
do bairro. Quantas pessoas havia na 30 alunos, foi distribuído um total de 126
viagem, se podemos contar de 8 em 8 ou de borrachas, 168 lápis, 210 livros e 252
10 em 10, sem sobrar ninguém, e sabemos cadernos. Essa distribuição foi realizada
que não passam de 50? de modo que cada aluno recebesse o
mesmo número de borrachas, de lápis, de

Pixabay.com
livros e de cadernos, sem sobrar nenhum
Havia 40 pessoas.
material. Nesse caso, pode-se estimar que
o número de alunos dessa turma era

(A) 26.

Pixabay.com
2. Um relógio (A) bate a cada 15 minutos, (B) 32.
outro relógio (B) bate a cada 25 minutos e Gabarito: C
(C) 42.
um terceiro relógio C, a cada 40 minutos.
Qual é, em horas, o menor intervalo de (D) 45.
tempo decorrido entre duas batidas
simultâneas dos três relógios? 5. Todos os alunos de uma escola
participarão de uma gincana. Para essa
Pixabay.com

O menor intervalo será de 600


competição, cada equipe será formada por
minutos. Portanto, 10 horas.
alunos de um mesmo ano, com o mesmo
número de participantes. Leia na tabela a
distribuição de alunos por ano:

Ano Número de alunos


3. De um aeroporto partem, todos os dias, três 4.º 120
aviões que realizam rotas internacionais. O
primeiro avião realiza a rota a cada 4 dias, o 5.º 108
segundo a cada 5 dias e o terceiro, a cada 6.º 100
MATEMÁTICA – 6.° ANO

10 dias. Se, hoje, os três aviões partirem


juntos, depois de quantos dias esses aviões Agora, responda às seguintes perguntas:
partirão novamente, em um mesmo dia?
a) Para que tenha o mesmo número de
participantes, qual será o número máximo
4 por equipe.
de alunos por equipe? ________________
Partirão, novamente, em um mesmo
dia, daqui a 20 dias. MDC (100, 108, 120) = 4
b) Quantas equipes serão formadas ao
82 equipes.
todo? _____________________________
120 : 4 = 30 / 108 : 4 = 27 / 100 : 4 =
Pixabay.com

25 / 30 + 27 + 25 = 82

119
TRANSFORMANDO FRAÇÕES 3.° BIMESTRE
IMPRÓPRIAS EM NÚMEROS MISTOS...

FRAÇÃO IMPRÓPRIA → NÚMERO MISTO


Para transformar uma fração imprópria em
número misto, basta efetuar a divisão.
𝟏𝟎
Observe a fração :
𝟖

O quociente (1) é a parte


inteira e o resto (2), o
numerador do número
misto. O divisor (8) se
mantém como denominador.

1 inteiro e 𝟐
𝟖
NÚMERO MISTO → FRAÇÃO IMPRÓPRIA
Para realizar o processo inverso, basta seguir os seguintes passos:

• Multiplique o denominador pela parte inteira.


• Some, a este resultado, o numerador da parte fracionária.
• O numerador da fração imprópria será o resultado encontrado.
• O denominador da fração imprópria será o mesmo do número misto.

Veja:
• 8x1=8
• 8 + 2 = 10 𝟏𝟎
AGORA, • A fração imprópria é:
É COM VOCÊ !!! 𝟖

MATEMÁTICA – 6.° ANO

1. Transforme as frações impróprias 2. Transforme os números mistos em


em números mistos: frações impróprias:

8 1 3/5 1 7/3
a) = a) 2 =
5 3

15 1 2/13 7 15/8
b) = b) 1 =
13 8

10 2 2/4 1 36/7
c) = c) 5 =
4 7

105 26 ¼ 7 52/5
d) = d) 9 =
4 5

120
3.° BIMESTRE

3. Qual das frações a seguir é a maior?

(A) Um inteiro e três quartos


(B) Treze décimos
Gabarito: C
(C) Vinte e cinco décimos
(D) Cinquenta, quarenta avos

4. Numa certa estação de trem, havia uma plataforma especial. Veja a


figura ao lado.

Pixabay.com
Transforme esse número misto em fração imprópria e calcule a soma
do seu numerador com seu denominador. 39/4 Resposta: 43

Elaborado pela equipe CEB/MAT


REVISÃO
1) Circule:
a) o número primo → 1, 4, 12,13,14, 45.
b) o maior número formado pelos algarismos 1,3 e 4 → 134, 413, 143, 431.
c) o MMC {12, 14} → 65, 37, 84, 90, 74.
d) o MDC {36, 24} → 14, 37, 12, 77, 83.

2) Determine o MMC entre os números:


a) 720.
a) 45 e 80 - ________________________________
b) 900.
b) 90 e 100 - _______________________________
c) 750.
c) 125 e 150 - ______________________________

3) Dois rolos de corda, um de 200 metros e outro de 240 metros de comprimento,


precisam ser cortados em pedaços iguais e no maior comprimento possível. Responda:
MATEMÁTICA – 6.° ANO

a) Quanto medirá cada pedaço? 5 cm


b) Quantos pedaços serão obtidos de cada rolo? O 1.º rolo terá 40 pedaços e o 2.º rolo,
48 pedaços.
4) Pedro e José são mecânicos. Pedro folga a cada 6 dias e José tira folga a cada 8
dias. Se hoje folgaram juntos, daqui a quantos dias folgarão juntos novamente? 24 dias.

1 1 1 1
5) (Cefet/RJ – 2012) Qual é o valor da expressão numérica + + + ?
5 50 500 5 000
Gabarito: A
(A) 0,2222.
(B) 0,2323. 1 1x2 2 1 1x2 2 1
= = 10 = 0,2, logo, = = 100 = 0,02, = 0,002 e
(C) 0,2332. 5 5 x 2 50 50 x 2 500
(D) 0,3222. 1
= 0,0002. Assim, 0,2 + 0,002 + 0,0002 + 0,0002 = 0,2222.
5 000
121
FRAÇÕES EQUIVALENTES 3.° BIMESTRE

Habilidades

• Identificar frações
equivalentes.

• Simplificar
frações. Freepik

• Localizar frações Dois jogadores de basquete disputam uma competição de lances livres.
na reta numérica. Até o momento, Luiz acertou 6 dos 8 lançamentos que fez. Já Allan
converteu 9 dos 12 arremessos.
• Comparar
frações com Dessa forma, podemos dizer que:
numeradores
e/ou 6 9
denominadores Luiz converteu e Allan converteu .
iguais. 8 12
• Comparar
frações com
numeradores O juiz da partida resolveu representar as duas frações, por meio de um
e/ou desenho, para poder definir quem é o campeão. Veja:
denominadores
diferentes.
𝟔
• Representar
números 𝟖
fracionários
positivos na 𝟗
forma decimal e
vice-versa. 𝟏𝟐
• Localizar, na reta MATEMÁTICA – 6.° ANO
numérica, os 6 9
números
Observe que =
racionais 8 12
positivos na
forma decimal. Dessa forma, podemos perceber que a competição está
EMPATADA!

A palavra EQUIVALENTE significa


“valer a mesma coisa”. Portanto,
Multirio

FRAÇÕES EQUIVALENTES são frações


que representam a mesma porção.
122
3.° BIMESTRE
FRAÇÕES EQUIVALENTES

Para escrevermos
frações equivalentes,
basta multiplicar ou
dividir o numerador e
o denominador pelo
mesmo número.

MULTIRIO
AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. Numa maratona, Marcos e Paulo não se prepararam o suficiente. Marcos conseguiu
completar 4/8 e Paulo 3/6 do percurso total da maratona. Qual deles teve o melhor
desempenho?

www.pixabay.com
Resposta: Os dois atletas tiveram o mesmo desempenho, pois as frações 4/8 e 3/6 são
equivalentes.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

2. Flávia possui duas caixas com botões verdes e amarelos:


Caixa A Caixa B

a) Represente, numericamente, a quantidade de botões verdes em relação à quantidade de


botões amarelos na caixa A.
Resposta: 6/4.
b) Quantos botões amarelos devem ter na caixa B, para que ambas tenham uma quantidade
de botões amarelos equivalente à quantidade de botões verdes?

Resposta: 2 botões.
123
3.° BIMESTRE

3. Luana, Nicolas e João estudam no Colégio do Trigo e são da mesma turma. Hoje,
cada um deles trouxe uma barra de chocolate do mesmo tamanho e da mesma marca.
Resolveram partilhá-las com os amigos da turma.
‒ Luana partilhou a sua barra com uma amiga (partiu-a em dois pedaços iguais).
‒ O Nicolas partilhou a sua barra com três amigos (partiu-a em quatro pedaços
iguais).
‒ O João partilhou a sua barra com sete amigos (partiu-a em oito pedaços iguais).

Diga o que vale mais:

a) Comer uma parte da barra de Luana ou duas partes da barra do Nicolas?


Representam a mesma quantidade: 𝟏 = 𝟐
______________________________________________________________________
𝟐 𝟒
b) Comer uma parte da barra de Luana ou quatro partes da barra de João?
𝟏 𝟒
Representam a mesma quantidade: =
______________________________________________________________________
𝟐 𝟖
c) Comer duas partes da barra do João ou uma parte da barra de Nicolas?
Representam a mesma quantidade: 𝟐 = 𝟏
______________________________________________________________________
𝟖 𝟒

4. Coloque o sinal = (igual) ou ≠ (diferente) 5. Sou uma fração equivalente a 2/5,


em cada item a seguir: porém meu denominador é 20. Quem
sou eu?
a) 8/20
=

6. Complete com os números que estão


faltando em cada fração equivalente:
b) ≠
2 3

MATEMÁTICA – 6.° ANO


=
c)

7 4

d) ≠

e) = 4 4

124
3.° BIMESTRE LOCALIZAR FRAÇÕES NA RETA NUMÉRICA

2
Vamos localizar a fração na reta numérica?
5

Como essa fração é própria (pois o numerador é menor


que o denominador), ela representa menos que 1 inteiro.

Dessa forma, sabemos que essa fração estará localizada entre os números 0 e 1.

Como o seu denominador 5 representa uma divisão em cinco partes iguais, devemos dividir o
segmento de 0 a 1 da seguinte forma:

2
Após dividir o segmento em 5 partes iguais, fica muito fácil identificar a fração . Observe:
5

Vamos a outro exemplo:


5
3
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Como esta é uma fração imprópria, escreva, primeiro, na forma de número misto.
5 2
A fração pode ser escrita como 1 . Assim, essa fração representa um inteiro e dois terços.
3 3
Portanto, está localizada entre os números 1 e 2 na reta numérica. Para localizarmos esta
fração, repetimos os procedimentos realizados no exemplo anterior. Observe:

Entre os números 1 e 2 da reta numérica, devemos dividir em três partes iguais (pois o
denominador da fração é 3).

125
3.° BIMESTRE
AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. Extraia os inteiros de cada fração. Indique entre que números da reta numérica a fração
está localizada:

a) 15 = ______
7 ½ . O resultado encontra-se entre os números _______
7 e ______.
8
2
b) 9 = ______
2 ¼. O resultado encontra-se entre os números _______
2 e ______.
3
4
c) 15 = ______
0,9375.O resultado encontra-se entre os números _______
0 e ______.
1
16 (fração própria)

d) 8 = ______
2 2/3. O resultado encontra-se entre os números _______
2 e ______.
3
3
e) 23 = ______
11 ½ . O resultado encontra-se entre os números _______
11 e ______.
12
2

2. Em cada uma das retas abaixo, localize a fração 3/10. Repare que em cada reta
numérica, o número 1 foi colocado em uma posição diferente.
3/10

3/10

3/10

Toda fração própria está sempre entre os números 0 e 1.

MATEMÁTICA – 6.° ANO


3. Localize o número 11/5 na reta numérica.
11/5

O número 14/10 está à esquerda ou à


direita do 11/5 na reta numérica?

14/10 está á esquerda de 11/5


126
3.° BIMESTRE FRAÇÃO DECIMAL COMO NÚMERO DECIMAL

Escrita decimal Lê-se: UM DÉCIMO.

Escrita fracionária Observe:

dez - décimo

Escrita decimal

Escrita fracionária
Observe:
Lê-se: UM CENTÉSIMO.
cem – centésimo
mil - milésimo
1
= 0,001 escrita decimal
1 000
escrita fracionária

Lê-se: UM MILÉSIMO.

Para transformarmos uma fração decimal em um número decimal, escrevemos o numerador.


Nele, colocamos uma vírgula, de modo que a quantidade de algarismos da parte decimal,
contando da direita para esquerda, seja igual à quantidade de zeros do denominador.

Exemplos: 45 231 9
= 4, 𝟓 = 2, 𝟑𝟏 = 0, 𝟎𝟎𝟗
𝟏𝟎 𝟏𝟎𝟎 𝟏 𝟎𝟎𝟎
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Para transformarmos um número decimal em uma fração decimal, escrevemos uma fração
em que:
• O numerador é o número decimal sem vírgula.
• O denominador é o número 1 seguido de tantos zeros quantos forem os algarismos da
parte decimal, isto é, os algarismos depois da vírgula

13 68 4 025
Exemplos: 1, 𝟑 = 0, 𝟔𝟖 = 4, 𝟎𝟐𝟓 =
𝟏𝟎 𝟏𝟎𝟎 𝟏 𝟎𝟎𝟎

É correto afirmar que 7,07 e 7,7 representam o mesmo número


decimal? Justifique.
_________________________________________________________
Não. 7,07 representa sete inteiros e sete centésimos, enquanto
_________________________________________________________
que 7,7 é o mesmo que 7,70, sete inteiros e setenta
127 ________________________________________________________
centésimos.
LOCALIZAÇÃO DE NÚMEROS DECIMAIS 3.° BIMESTRE
NA RETA NUMÉRICA

Como podemos localizar


o número 1,3 na
reta numérica?

O número 1,3 possui a parte inteira igual a 1. Isso significa que


1,3 está localizado na reta numérica entre os números 1 e 2.

Ao dividir a unidade entre os pontos 1 e 2 em dez partes iguais, identificamos os décimos.

Assim, o número está localizado na seguinte posição:


1,1
1,2
1,3
1,4
1,5
1,6
1,7
1,8
1,9

1 2
AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. Na reta numérica, determine o número que está indicado pelo ponto de interrogação (?).

a)
?
0,3
0 1 2

b) ? MATEMÁTICA – 6.° ANO


9,96

9,8 9,9 10,0

? 7,88
c)
7,8 7,9 8,0
2. O número decimal correspondente ao ponto assinalado na reta numérica é

0 1 2 3 Gabarito: D

(A) 0,3. (B) 0,23. (C) 2,03. (D) 2,3. 128


3.° BIMESTRE
Habilidade

Resolver situações-problema que envolvam medidas.

1. Um automóvel tem 4,2 m de comprimento. Se colocarmos 25 automóveis iguais a esse


perfilados, quantos metros de comprimento teria essa fila? Lembre-se:

(A) 10,5 m. Para multiplicar um número


(B) 18,4 m. decimal por um número inteiro,
(C) 84 m. Gabarito: D basta efetuar a multiplicação
normalmente e manter a
(D) 105 m.
quantidade de casas decimais no
(E) 180,4 m. resultado.

2. A distância percorrida pelos atletas na maratona de Atenas, na Grécia, foi de cerca de 42


quilômetros.

cnt.org.br
42 000 m.
a) Quantos metros, aproximadamente, foram percorridos? ______________

4 200 000 cm.


b) Essa distância equivale a quantos centímetros? ___________________

3. Dentre as situações apresentadas, verifique quais medem mais ou menos que 1 km.

a) o raio da Terra: _____________________


Mais. Pixabay.com

b) o comprimento de um caminhão cegonha: ______________________


Menos.

c) a distância do Rio a Niterói: _____________________


Mais.

d) a altura da estátua do Cristo Redentor: ________________________


Menos.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

4. Considere um prédio de 21 andares, incluindo o térreo. A distância do chão ao teto de cada


apartamento é de 2,90 metros.
Faça uma estimativa para determinar a altura mínima, em metros, desse prédio.

60,90 metros.

5. Uma placa de isopor tem 2,3 cm de espessura. Camila empilhou 35 placas como essa. Qual
é a altura dessa pilha de isopor?

(A) 80,5 cm
(B) 81,5 cm
(C) 81 cm Gabarito: A
(D) 82 cm
(E) 83 cm

129
ELEMENTOS DE UM SÓLIDO 3.° BIMESTRE

Os sólidos geométricos são volumes que têm, na sua constituição, figuras geométricas.
São chamados de poliedros, se só tiverem superfícies planas, ou de não poliedros, se
tiverem alguma superfície curva.
Os poliedros possuem os seguintes elementos:
Habilidades

• Identificar os elementos de
um sólido.

• Identificar planificações de
alguns poliedros e as
figuras planas que os
compõem.

1. Observe as figuras:

Imagens do autor
Identifique os sólidos acima representados, através da letra correspondente.
B, C, D
a) Poliedros: _____________________________
A, E, F
b) Não poliedros: _________________________
C, D
c) Prismas: ______________________________
B
d) Pirâmides: _____________________________
A
e) Cones: ________________________________
MATEMÁTICA – 6.° ANO

OBMEP – NÍVEL 1

2. A figura ao lado foi desenhada em cartolina e dobrada, de modo a


formar um cubo.

Qual das opções mostra esse cubo montado?


Gabarito: B

(A) (B) (C) (D) (E)

130
3.° BIMESTRE ÁREA DE FIGURAS PLANAS

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. Qual é a área de uma cartolina quadrada cujo lado é igual a 52 cm?

A área é de 2 704 cm².

2. Um tabuleiro de xadrez possui 32 cm de comprimento.


Determine a sua área.

Pixabay.com
A área do tabuleiro é de 1 024 cm².

3. Um jardim de formato retangular possui área de 54 m². Qual é o comprimento desse


jardim, sabendo-se que a largura mede 3 m?

Pixabay.com
Esse jardim possui, de comprimento, 18 m.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Dália Rosa

4. Mário fez uma horta em um terreno retangular de 7 m de comprimento e 13 m de largura.


Ele plantou cenoura em uma área de 6 m de largura e 7 m de comprimento, tomate em uma
área de 4 m de largura e 7 m de comprimento, e, na área restante, ele plantou repolho.
Mário utilizou quantos metros quadrados para plantar repolho?

Mário utilizou 21 m².


Pixabay.com

131
INTRODUÇÃO À ANÁLISE DAS 3.° BIMESTRE
POSSIBILIDADES

Habilidades

• Analisar situações e perceber possibilidades.

• Contar possibilidades e determinar a probabilidade de um evento na forma


fracionária, avaliando a chance de esse evento ocorrer, a partir da análise de
dados apresentados em tabelas ou gráficos.

Qual a chance de retirarmos uma bola vermelha de uma urna, dentre as bolas destacadas
abaixo?

Para responder à pergunta acima, acompanhe um pequeno roteiro:

10.
a) Qual o total de bolas colocado na urna? __________________

4.
b) Quantas bolas vermelhas há nesta urna? ____________________

4/10 = 2/5.
c) Que fração do total de bolas representa a quantidade de vermelhas? ________________

O dado é um instrumento formado por seis faces numeradas de 1 a 6.


Ele possui o formato de um cubo.
MATEMÁTICA – 6.° ANO
Pixabay.com

1. Agora, responda:

a) Ao lançarmos um único dado, qual a probabilidade de o resultado ser o número 4?


1/6.
________________________________

b) Ao lançarmos um único dado, qual a probabilidade de o resultado ser um número par?


3/6 = ½.
(Lembre-se: 2, 4 e 6) ___________

c) Ao lançarmos um único dado, qual a probabilidade de o resultado ser um número maior que
5/6.
1? (Lembre-se: 2, 3, 4, 5 ou 6) _____________ 132
3.° BIMESTRE

2. Ao arremessar uma moeda, qual é a probabilidade de encontrarmos:

a) cara 1/2

b) coroa 1/2

3. Um dado é arremessado. Qual é a probabilidade de sair:

a) o número 5? 1/6

b) um número par? 3/6 = 1/2

c) um número ímpar? 3/6 = 1/2

d) um número maior que 4? 2/6 = 1/3

Pixabay.com
e) um número menor que 4? 3/6 = 1/2

f) um número primo? 3/6 = 1/2

4. Problemas desafiadores.... Vamos resolvê-los juntos?

a) Em uma urna há 4 bolas, numeradas de 1 a 4. Qual é a probabilidade de sair um número


par?
2/4 = 1/2
Resposta: _______________

b) Em uma urna há 100 bolas, numeradas de 1 a 100. Qual é a probabilidade de sair um


número quadrado perfeito? Veja o quadro da página 115.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

10/100 = 1/10
Resposta: _______________

c) Em uma urna há 25 bolas, numeradas de 1 a 25. Qual é a probabilidade de sair um número


primo? Veja o quadro da página 117.
9/25
Resposta: _______________

d) Em uma urna há 50 bolas, numeradas de 1 a 50. Qual é a probabilidade de sair um número


maior que 18?
32/50 = 16/25
Resposta: _______________

e) Em uma urna há 30 bolas, numeradas de 1 a 30. Qual é a probabilidade de sair um número


múltiplo de 7?
4/30 = 2/15
Resposta: _______________

133
VOLUME 3.° BIMESTRE
Habilidades
• Compreender a ideia de volume.
• Identificar as unidades de medidas de volume.
• Estabelecer relações entre diferentes unidades de medida de volume.
•Interpretar registros de medidas apresentados por símbolos convencionais.

Determine o volume de cada figura:


Figura 3
Figura 1 Figura 2

ALTURA
Para
resolvermos ... precisamos
esse saber que volume
problema... é a quantidade de COMPRIMENTO
espaço que cada ... e que para
figura ocupa... calcular o volume
dessas figuras...
... devemos multiplicar as
três dimensões:
COMPRIMENTO,
LARGURA e ALTURA.
Sendo assim, qual o volume da:

8 cm³.
a) figura 1? __________ 27 cm³.
b) figura 2? __________ 60 cm³.
c) figura 3? __________

MATEMÁTICA – 6.° ANO


UNIDADES DE MEDIDA DE VOLUME
Da direita para esquerda, deve-se dividir por 1 000.

: 1 000 : 1 000 : 1 000 : 1 000 : 1 000 : 1 000

Quilômetro Hectômetro Decâmetro Metro cúbico Decímetro Centímetro Milímetro


cúbico cúbico cúbico m³ cúbico cúbico cúbico
km³ hm³ dam³ dm³ cm³ mm³

X 1 000 X 1 000 X 1 000 X 1 000 X 1 000 X 1000

Da esquerda para direita, deve-se multiplicar por 1 000. 134


AGORA,
3.° BIMESTRE
É COM VOCÊ !!!

1. Qual é o volume de um paralelepípedo cujas dimensões são 30 m, 18 m e 12 m?


6 480m³

2. Determine o volume de um cubo de 2,5 m de aresta.


15,625m³

3. Para o abastecimento de água tratada de uma pequena cidade, foi construído um


reservatório com a forma de um paralelepípedo retângulo, conforme a representação
abaixo.

A capacidade máxima de água desse reservatório é de


(A) 135 m³.
(B) 180 m³.
(C) 450 m³. Gabarito: E
(D) 550 m³.
(E) 900 m³.

4. Um cubo mágico de volume 512 cm³ foi montado com 64 cubos iguais, conforme a
figura abaixo.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

A medida do lado de cada um dos cubos menores, em centímetros, é:

(A) 2. 512 : 64 = 8
(B) 3.
(C) 4. 2³ = 8.
(D) 5.
(E) 6. Logo, gabarito: A

135
4.° BIMESTRE

SUMÁRIO
PROBLEMAS E SOLUÇÕES 137

PENSAMENTO ALGÉBRICO 139

ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE FRAÇÕES COM DENOMINADORES


143
DIFERENTES

MULTIPLICAÇÃO DE FRAÇÕES 144

DIVISÃO DE FRAÇÕES 145

PORCENTAGEM 147

FRAÇÕES, NÚMEROS DECIMAIS E PORCENTAGEM – RECAPITULANDO 148

MEDIDAS DE TEMPO 150

POLÍGONOS 152

TRABALHANDO COM PERÍMETRO, ÁREA E VOLUME 153

FIGURAS GEOMÉTRICAS ESPACIAIS: VOLUME E MASSA 155


MATEMÁTICA – 6.° ANO
TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO 156

136
4.° BIMESTRE PROBLEMAS E SOLUÇÕES

1. Em um show de prêmios, foi apresentado a um dos candidatos o seguinte desafio:


Descubra o maior número de três algarismos, divisível por 3, que pode ser formado com
os algarismos 2, 3, 6 ou 7 sem repetir nenhum deles.
Que resposta dá o prêmio ao candidato?

(A) 632.
(B) 673. Gabarito: C
(C) 762.

Pixabay.com
(D) 763.
Um número é divisível por 3 quando
a soma dos valores absolutos de
seus algarismos for divisível por 3.
Sendo assim, 7 + 6 + 2 = 15 : 3 = 5
resto 0. Portanto, 762 é a única opção
com número divisível por 3.

2. A lesma Fifi foi visitar uma amiga. Andou 3 metros no primeiro


dia. Nos dias seguintes, andou 2 metros a mais do que no dia
anterior. Assim, Fifi levou 4 dias para chegar.

Marque a distância, em metros, que Fifi percorreu para chegar à


casa de sua amiga:

(A) 22 m.
(B) 24 m.
(C) 26 m. 3 + 5 + 7 + 9 = 24
Pixabay.com

(D) 28 m.
Gabarito: B
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Lembre-se: 3. Uma empresa paga R$ 0,80 por peça produzida. Em uma


semana de trabalho, determinado funcionário recebeu R$ 1.200,00.
Para dividir
números Quantas peças deverão ser produzidas por ele, nas próximas três
decimais, iguale semanas, para que o valor total recebido, ao longo de 4 semanas,
a quantidade de seja de R$ 5.200,00?
Freepik.com

casas decimais e,
(A) 3 500. SOLUÇÃO:
assim,
(B) 5 000. Já recebido: 1 200
desconsidere as
(C) 5 500. Ainda receberá:
vírgulas e
(D) 7 000. 5 200 – 1 200 = 4 000
proceda
Total de peças:
normalmente a Gabarito: B 4 000 ÷ 0,80 = 5 000 peças
137 operação.
PROBLEMAS E SOLUÇÕES 4.° BIMESTRE

4. João, Pedro e José compraram


cada qual um livro de mesmo preço. 5. Um homem pagou R$ 60,00 por um
João ficou ainda com R$ 2,00, Pedro certo número de objetos, todos de
com R$ 7,00 e José com R$ 32,00. mesmo preço, que comprou. Se tivesse
Antes da compra, os três juntos comprado mais meia dúzia desses
possuíam R$ 95,00. Qual o preço de objetos, teria pago R$ 90,00. Quantos
cada livro? objetos comprou?

Pixabay.com
Após a compra, os três ficaram com: 2 Meia dúzia de objetos oneram o preço
+ 7 + 32 = 41 reais. Ou seja, gastaram em 90 – 60 = 30 reais. Logo, cada
juntos 95 – 41 = 54 reais, comprando objeto custa 30 : 6 = 5 reais.
três livros de mesmo preço. Logo, cada Assim, com 60 reais pôde comprar
livro custou 54 : 3 = 18 reais. 60 : 5 = 12 objetos.

6. Reparta R$ 200,00 entre três pessoas de modo que a segunda receba R$ 10,00 a
mais do que a primeira e a terceira R$ 40,00 a mais do que a primeira.

Se tirarmos o adicional de cada um, isto é


10 + 40 = 50 reais, sobrariam 200 – 50 = 150 reais a serem distribuídos,
igualmente, entre as três pessoas. Logo: 150 : 3 = 50 reais.
Devolvendo os adicionais:
1.ª pessoa: 50 reais
2.ª pessoa: 50 + 10 = 60 reais
3.ª pessoa: 50 + 40 = 90 reais

8. Comprei 12 metros de tecido. Depois,


7. Em três caixas, há, ao todo, comprei 20 metros do mesmo tecido.

MATEMÁTICA – 6.° ANO


310 botões. Na segunda caixa, Quanto gastei na primeira compra se, na
há 10 botões a mais que na segunda, paguei R$ 280,00 a mais que
primeira. Na terceira caixa, há 20 na primeira?
botões a mais que na segunda.
Pixabay.com5

Quantos botões há em cada


R$ 280,00 é o preço dos 20 – 12 = 8
caixa?
metros de tecido que comprei a mais
do que na primeira vez. Assim, 280 : 8 =
1.ª caixa:  35 reais é o preço de cada metro de
2.ª caixa:  + 10 tecido. Logo, na primeira compra,
3.ª caixa:  + 10 + 20 =  + 30 gastei 12 x 35 = 420 reais.
Se tirarmos o adicional de botões de cada
caixa, teremos: 10 + 30 = 40
310 – 40 = 270 botões divididos, igualmente,
entre as três caixas.
Logo, 270 : 3 = 90 botões. (1ª caixa)
Pixabay.com

90 + 10 = 100 botões (2ª caixa)


100 + 20 = 120 botões (3ª caixa)
138
4.° BIMESTRE PENSAMENTO ALGÉBRICO

1. Com o Material Dourado é possível construir e explorar sequências crescentes


formadas por elementos diferentes. Cada elemento depende do termo anterior e de
sua posição (ordem) na sequência.

a) Represente o próximo elemento da sequência:

b) Complete a tabela de acordo com o número de cubinhos que constam em cada


ordem:

Ordem (n) 1 2 3 4 5 7 12

Número de
1 3 5 7 9 13 23
cubinhos

15.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

c) Quantos cubinhos existirão na posição 8?_________________

d) Qual a propriedade que pode ser percebida nesta sequência?


____________________________________________________
O dobro menos 1.

e) É possível construir um elemento com 6 cubinhos? Explique.


____________________________________________________
Não: a quantidade de cubinhos é sempre ímpar.

f) Qual é a diferença entre o número de cubinhos de duas ordens adjacentes (que


ficam uma ao lado da outra)?
2 unidades.
_____________________________________________________

g) A partir da regularidade observada, determine o termo geral da sequência:


2n – 1. (o aluno pode utilizar palavras para descrever o termo geral: o dobro
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
da ordem, menos 1.
139
4.° BIMESTRE

2. Observe a sequência:

a) Continue a sequência até a décima posição:

_______________________________________________________________________
Um círculo nas ordens ímpares, 4 quadrados na 8.ª ordem e 5 quadrados na
_______________________________________________________________________
10.ª ordem.

b) Que característica você observou na sequência?


_______________________________________________________________________
As ordens ímpares são formadas por círculos e as pares por uma quantidade
_______________________________________________________________________
de quadrados equivalente à metade da sua posição.

c) Quais os números que são representados por círculos?


_______________________________________________________
Os ímpares.

d) Que figuras estão representadas por números pares?


_______________________________________________________
Pilhas de quadrados.

MATEMÁTICA – 6.° ANO


e) Quantos quadrados estarão na oitava posição?
_______________________________________________________
4 quadrados.

f) Quantos quadrados estarão na décima segunda posição?


_______________________________________________________
6 quadrados.

g) Quantos quadrados haverá na 100.ª posição?


_______________________________________________________
50 quadrados.

h) Quantos quadrados haverá na posição n (se n for par)?


_______________________________________________________
n : 2 (a metade de n).

140
4.° BIMESTRE PENSAMENTO ALGÉBRICO

3. Calcule o valor desconhecido nas igualdades:

7 6

14 13

15
10

4. De acordo com as igualdades, qual o valor representado pelos losangos?

4 4 5 5
5
MATEMÁTICA – 6.° ANO

2 2
2 4
4 4
2 2 4 4
2
2 2

141
4.° BIMESTRE
SESSÃO DESAFIOS!!!

Sabendo-se que cada forma geométrica representa um algarismo diferente, calcule o valor
de cada uma delas:

1, 8 e 5 respectivamente.

Calcule o valor de cada figura. Em seguida, determine o valor da soma:

MATEMÁTICA – 6.° ANO


jzjdm.com

Cacho de uva = 12; cacho de banana = 6


maçã + cacho de uva + cacho de banana = 7 + 12 + 6 = 25

142
4.° BIMESTRE ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE FRAÇÕES COM
DENOMINADORES DIFERENTES

Exemplo: AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1 - Calcule as operações com frações:

Precisamos igualar os denominadores, 13 29 𝟒𝟐 𝟐𝟏 5 2 𝟑


utilizando as frações equivalentes. a) + = = b) − =
10 10 𝟏𝟎 𝟓 4 4 𝟒

Para isso, podemos calcular o MMC dos


denominadores.

Através do processo de fatoração, temos que:

6 9 2 11 5 𝟕 4 1 𝟏𝟑
3 9 3
c) − = d) + =
12 8 𝟐𝟒 5 2 𝟏𝟎
1 3 3
1 1
2 x 3 x 3 = 18

MMC {6, 9} = 18
Espaço para Cálculos

Complete com o numerador adequado:

15 4
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Sendo assim,

15 4 19

143
MULTIPLICAÇÃO DE FRAÇÕES 4.° BIMESTRE

AGORA,
Para multiplicarmos uma É COM VOCÊ !!! Podemos
também
fração por um número
natural, basta simplificar as
1- Efetue as multiplicações: frações antes de
multiplicarmos este
número pelo numerador multiplicá-las.
da fração. Observe:

a) 3 1 b) 2 1 8
⋅ = ⋅ ⋅ =
4 2 3 4 5
3 4  3 12
4 = = 𝟑 𝟏𝟔 𝟒
7 7 7 =
𝟖 𝟔𝟎 𝟏𝟓

Mas, para
multiplicarmos duas
ou mais frações, 3
devemos multiplicar c) 9 ⋅ = d) 14 ⋅ 2 ⋅ 49 =
“numerador com 4 5 7 6
numerador” e
𝟐𝟕 𝟏 𝟑𝟕𝟐 𝟗𝟖
“denominador com =
𝟐𝟏𝟎 𝟏𝟓
denominador”. 𝟒
(simplificar por 14)

8 2 8  2 16 6 25 9 147 9 4
 = = ⋅ ⋅ = f) ⋅ ⋅ =
5 9 5  9 45 e)
5 3 2 18 49 21

𝟏 𝟑𝟓𝟎 𝟒𝟓 𝟓 𝟐𝟗𝟐 𝟐
= =
𝟏𝟖 𝟓𝟐𝟐 𝟕
MATEMÁTICA – 6.° ANO
𝟑𝟎 𝟏
(observar a sugestão)

Espaço para seus cálculos

Professor(a), sugerimos trabalhar com a simplificação das frações


antes de efetuar as multiplicações. Tomemos como exemplo o item f:

𝟏𝟒𝟕 𝟗 𝟒 𝟏𝟒𝟕 𝟏 𝟒 𝟕 𝟏 𝟒 𝟏 𝟏 𝟒 𝟏 𝟏 𝟐 𝟐
. . = . . = . . = . . = . . =
𝟏𝟖 𝟒𝟗 𝟐𝟏 𝟐 𝟒𝟗 𝟐𝟏 𝟐 𝟒𝟗 𝟏 𝟐 𝟕 𝟏 𝟏 𝟕 𝟏 𝟕

144
4.° BIMESTRE DIVISÃO DE FRAÇÕES

Quantas vezes cabem em 2 inteiros?

Para responder a essa


2
pergunta, basta efetuarmos
2 =
a divisão de 2 por
2
.
3
3
.

2 3 23 6
Dessa forma, temos: 2 = 2 = = =3
3 2 2 2
𝟐 𝟐 𝟐
fração 𝟑 𝟑 𝟑
invertida
2 inteiros

Para efetuarmos esta divisão, devemos seguir uma regrinha bem simples:

• Repita o primeiro termo (o dividendo).


• Troque o sinal da operação para multiplicação.
• Inverta o segundo termo (o divisor).
• Efetue a multiplicação normalmente.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

Para efetuarmos esta


Observe o exemplo a seguir: 3 ÷ 5 divisão, devemos seguir a
4 mesma regrinha. Mas,
para isso, temos que nos
Assim sendo... 3 ÷ 5 = 3 : 5 = 3 · 1 = 3 · 1 = 3 lembrar de que o número 5
4 4 1 4 5 4 · 5 20
possui denominador 1.

3
20
3
4
145
DIVISÃO DE FRAÇÕES 4.° BIMESTRE

Nas divisões entre frações, mais uma vez, devemos


seguir a mesma regrinha. Observe:

4 9 4 2 42 8
 =  = =
7 2 7 9 7  9 63

Fração invertida.

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
Efetue as divisões:

a) 4 2 𝟏𝟐 𝟔 b) 4 𝟐
: = 𝟏𝟎
=
𝟓
:2 = 𝟓
5 3 5

2 MATEMÁTICA – 6.° ANO


c) 81 27 d)
: = 15 3 = 𝟓
5 25 4 𝟔

4
e) 13 𝟏𝟒𝟕 f) 15 = 𝟐
3: = 𝟏𝟑 2 𝟓
49
3
146
4.° BIMESTRE PORCENTAGEM

✓ “Por cento” significa uma comparação com o


número 100. Isto é, 20% significa 20 num total de
100.
20 1
✓ , , 0,20 ou 20% são símbolos que exprimem a
100 5

Pixabay.com
mesma comparação.
✓ Observe: cem – cento; por cento – porcentagem.

AGORA,
É COM VOCÊ !!!

1. Escreva, na forma de porcentagem, as frações a seguir:

a) 3 Uma maneira simples de transformar fração em


= ________________________%
75
4 porcentagem é transformá-la primeiro em número
decimal. Veja:
b) 2
= ________________________%
40
5 1 pode ser transformado em n.º decimal através
8
c) 9 da divisão 1 : 8 = 0,125
= ________________________%
100
9
40 Para transformar 0,125 em porcentagem, basta
d) = ________________________%
20 reescrever o número com duas casas decimais a
200
menos: 12,5%

2. Represente os números decimais abaixo, utilizando o símbolo %:

a) 0,12 = ______________
12%
MATEMÁTICA – 6.° ANO

b) 0,80 = ______________
80%
c) 0,05 = ______________
5% Utilize a dica anterior para
realizar esta atividade.
13%
d) 0,13 = ______________
160%
e) 1,60 = ______________
70%
f) 0,7 = _______________

3. Em uma escola, há 25 professores: 24% ensinam Matemática. Quantos professores


ensinam Matemática nessa escola?
𝟐𝟒
Calcular a porcentagem de uma
24% de 25 = . 25 = 6 professores quantidade é, em geral, realizar uma
𝟏𝟎𝟎
multiplicação.

147
PORCENTAGEM 4.° BIMESTRE

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
4. Na festa de aniversário do meu sobrinho, derrubei a mesa onde estavam 25 garrafas de
refrigerante. Somente 4% das garrafas não quebraram. Quantas garrafas sobraram e
quantas eu quebrei?

4% de 25 = 1 garrafa.

Pixabay.com
Sobrou 1 garrafa sem quebrar.
24 garrafas quebraram.

5. Em uma turma de 40 alunos, 45% são meninos. Quantos meninos e meninas há nessa
turma?

45% de 40 = 18 meninos
40 – 18 = 22 meninas.

Pixabay.com
18 meninos e 22 meninas.

6. Uma loja de eletrodomésticos dá 10% de desconto para pagamentos à vista. Nesse caso, MATEMÁTICA – 6.° ANO
quanto se paga, à vista, por uma geladeira cujo preço original é R$ 1.200,00?

10% de 1 200 = 120


1 200 – 120 = 1 080
R$ 1.080,00
Pixabay.com

148
4.° BIMESTRE FRAÇÕES, NÚMEROS DECIMAIS
E PORCENTAGEM

Questão 1: Em um sítio, 1/5 do terreno é Questão 2: Eduardo foi comprar um


destinado ao plantio de milho, 7/10 a um casaco de R$ 600,00. Como pagou à vista,
pasto para criação de carneiros e a parte ganhou 5% de desconto. Qual foi o valor
restante é arrendada para o plantio de cana- que Eduardo pagou pelo casaco?
de-açúcar. Qual a fração que corresponde à
parte arrendada desse sítio?

Como 1/5 = 2/10, temos que 2/10 + 7/10 = 0,05 . 600 = 30 e 600 – 30 = 570
9/10. Então, 10/10 – 9/10 = 1/10.

1/10. R$ 570,00.

Questão 3: Em uma revendedora de carro, Questão 4: Na sala de aula, a professora


um cliente comprou um carro a prestação e, descobriu que 40% dos alunos são
por isso, irá pagar um pouco mais caro. Se o flamenguistas, 30% torcem para o Vasco,
carro vale R$ 15.000,00 e o aumento foi de 10% são botafoguenses, 10% torcem para
15%, qual será o valor total pago pelo o Fluminense e o restante não gosta de
cliente? futebol. Sabendo-se que existem 40 alunos
MATEMÁTICA – 6.° ANO

na sala, quantos torcem para o Vasco?

15 000 + 0,15 . 15 000 = 15 000 + 2 250 = 0,3 . 40 = 12


17 250

R$ 17.250,00 12 alunos.

149
4.° BIMESTRE

Questão 5: Três é quantos por cento de Questão 6: No dia 1.° deste mês, um produto
cinco? estava sendo vendido por R$ 400,00. No dia
10, esse produto sofreu uma redução de 50%
no seu preço. No dia 20, foi reajustado com
um aumento de 50%. Escolha a alternativa
3 : 5 = 0,6 = 60% correta:

❑ O produto estava mais barato no dia 1.° do


que no dia 20.

❑ O produto estava mais barato no dia 20 do


X
que no dia 1.°.

❑ No dia 20, o produto estava com o mesmo


preço que ele estava no dia 1.°.

MEDIDAS DE TEMPO

1. As aulas de Paulo têm duração de 3 horas e 50 minutos diariamente. Esse período


é equivalente a
Lembre-se:
(A) 130 min.
(B) 150 min. 1 hora = 60 minutos
(C) 230 min.
(D) 350 min. Gabarito: C

MATEMÁTICA – 6.° ANO


Pixabay.com

2. A aula de Matemática começa às 7 horas e 10 minutos e tem duração de 1 hora e


55 minutos. Essa aula termina às

(A) 8 h e 45 min.
(B) 8 h e 55 min.
(C) 9 h e 05 min.
(D) 9 h e 15 min.
Pixabay.com

Gabarito: C
150
4.° BIMESTRE

3. Roberto correu a Maratona da Pampulha 4. O olho humano enxerga 12 imagens


em 2008. Ele fez o percurso em 1 hora e 47 por segundo. Durante 60 segundos,
minutos. Qual foi o tempo gasto por Roberto, quantas imagens o olho humano
em minutos, para completar essa maratona? consegue enxergar?

(A) 100 minutos. (A) 72.

Pixabay.com
(B) 107 minutos.
Pixabay.com
(B) 180.
(C) 117 minutos. (C) 620.
(D) 147 minutos. (D) 720.

5 . Calcule:
a) Uma hora tem quantos segundos?
3 600 segundos.
b) Um dia tem quantos segundos?
86 400 segundos.
c) Uma semana tem quantas horas?
168 horas.
d) Quantos minutos há em 3 h 45 min?
225 minutos.
e) Uma década tem quantos anos?
10 anos.
MATEMÁTICA – 6.° ANO

f) Quantos minutos há em 5 h 05 min?


305 minutos.

g) Quantos minutos se passaram das 9 h 50 min até as 10 h 35 min?


45 minutos.
h) Quantos segundos há em 35 min?
2 100 segundos.
i) Quantos segundos há em 2 h 53 min?
10 380 segundos.
j) Quantos minutos há em 12 horas?
720 minutos.

151
POLÍGONOS 4.° BIMESTRE

AGORA,
É COM VOCÊ !!!
1. A pizza é uma preferência entre os brasileiros. Nos serviços
de entrega em domicílio, a pizza chega em uma embalagem
que possui a forma de um polígono.
clipArt
Com base, na figura, responda:

8 lados.
a) Quantos lados possui a embalagem dessa pizza? _________

Octógono.
b) Qual é o nome desse polígono? _______________________

2. Complete a tabela: NÚMERO DE NÚMERO DE NÚMERO DE


NOME DO POLÍGONO
LADOS VÉRTICES ÂNGULOS

Eneágono 9 9 9

Pentágono 5 5 5

Heptágono 7 7 7

Quadrilátero 4 4 4

Dodecágono 12 12 12

MATEMÁTICA – 6.° ANO


3. Sir Roger Penrose (1931), físico e matemático inglês, também é professor emérito de
Matemática da Universidade de Oxford, Inglaterra. Penrose é um estudioso dos mosaicos
(em inglês, tilings), figuras compostas por agrupamentos de polígonos, arranjados de acordo
com certas regras. Observe este modelo de tilings:

É possível identificar alguns tipos de polígonos


neste mosaico.
Assinale a alternativa que indica, adequadamente,
Pinterest.com

três polígonos existentes nesse mosaico:

(A) Quadrado, triângulo, pentágono.


(B) Triângulo, pentágono, octógono. Gabarito: D
(C) Triângulo, pentágono, hexágono.
(D) Triângulo, quadrado, dodecágono. 152
4.° BIMESTRE TRABALHANDO COM PERÍMETRO,
ÁREA E VOLUME...

1. Um terreno retangular possui 200 m de comprimento. O


perímetro dele é igual ao de outro terreno quadrado que possui
165 m de lado. Calcule a largura desse terreno retangular:

165 m
200 m

??? m 165 m 165 m

165 m

165 x 4 = 660 m

O perímetro do retângulo é calculado através da soma 200 +


200 + (duas medidas desconhecidas e iguais).
Assim, 660 – 400 = 260 m representará a soma das duas
medidas desconhecidas e iguais. Logo, 260 : 2 = 130 m.

Largura do terreno: 130 m.

2. Possuo um terreno retangular cujo comprimento é igual ao triplo da largura.


Desejando murar esse terreno, consultei um pedreiro para saber quantos
tijolos deveria comprar. Ele me disse que seriam necessários 130 tijolos por
metro. Então, comprei 10 000 tijolos. Sabendo-se que a largura desse terreno
é de 10,8 metros, sobraram ou faltaram tijolos? Se faltaram, quantos faltaram?
MATEMÁTICA – 6.° ANO

10,8 x 3 = 32,4 m de comprimento

32,4 + 32,4 + 10,8 + 10,8 = 86,4 m

86,4 x 130 = 11 232 tijolos

11 232 – 10 000 = 1 232 tijolos

Faltaram 1 232 tijolos.

153
TRABALHANDO COM PERÍMETRO, 4.° BIMESTRE

ÁREA E VOLUME...

3. Calcule, em centímetros, o perímetro do 4. Determine a área da região pintada


polígono: na figura:

(A) 10,48 cm.


(B) 10,8 cm.
(C) 104,8 cm. 84,5 cm².
(D) 108 cm.
Gabarito: C

5. Um sítio possui 117,6 ha (117,6 hm²). 6. Uma imobiliária está vendendo


Reservando um quinto para a área apartamentos a R$ 1.250,00 o metro
verde, o restante será dividido em 48 quadrado. Qual o preço de um
chácaras. Qual a área, em metros apartamento de 96 m²?
quadrados, de cada chácara?

117,6 hm² = 1 176 000 m²


MATEMÁTICA – 6.° ANO
R$ 120.000,00.
4/5 de 1 176 000 m² = 940 800 m²
940 800 : 48 = 19 600 m²

19 600 m².

ha = hectare
unidade de
medida de área

154
4.° BIMESTRE FIGURAS GEOMÉTRICAS ESPACIAIS:
VOLUME E MASSA
1. Veja a imagem deste queijo:

Pixabay.com
Vamos cortá-lo em pedaços, assim:

Imagem do autor
a) Em qual das duas situações você acha que tem mais queijo?
Explique o porquê.
Nas duas situações há a mesma quantidade de queijo: não houve perda de queijo
_________________________________________________________________________
no processo de corte.
_________________________________________________________________________

b) Se cortarmos ao meio cada um desses pedaços, a quantidade de queijo aumenta ou


diminui? Por quê?
A quantidade permanece a mesma: não houve perda de queijo no processo de
_________________________________________________________________________
corte.
_________________________________________________________________________

c) Se juntarmos todo esse queijo com outro que acabamos de comprar, a quantidade:
aumenta ou diminui? Por quê?
Aumentará: houve a junção dos dois queijos.
_________________________________________________________________________

2. Marque um X na unidade de medida que você usaria para verificar a massa:


MATEMÁTICA – 6.° ANO

PRODUTO t kg g

Um frango x

Um sabonete x

Um saco de batatas x t – tonelada


(1t = 1 000 kg)
A carga de um caminhão x
kg – quilograma
Uma balinha x
(1kg = 1 000 g)
A produção de milho numa
x g – grama
fazenda

Um tubo de pasta de dente x


155
TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO 4.° BIMESTRE

1. Leia o gráfico:

QUANTIDADE DE PESSOAS QUE VISITARAM O PARQUE LAJE

900

Elaborado pelo autor


804
800 732
QUANTIDADE DE PESSOAS

700 655
600 491
500 446
400
300
200
100
0
2.ª feira 3.ª feira 4.ª feira 5.ª feira 6.ª feira
DIA DA SEMANA

Agora, de acordo com o gráfico, responda:

6.ª feira.
a) Em qual dia da semana houve a maior quantidade de visitantes? _____________

2.ª feira.
b) Em qual dia da semana houve menos visitantes? __________________________

c) Quantas pessoas, ao todo, visitaram o Parque Laje nos cinco dias?


3 128 pessoas.
____________________________________________________________________

2. (ENEM - adaptada) A figura, apresentada a seguir, representa uma região de ruas de


mão única. O número de carros se divide, igualmente, em cada local onde existem duas
opções de direção. Leia a figura:

De acordo com a figura, responda:

MATEMÁTICA – 6.° ANO


Se 320 carros entram na rua A, quantos
saem na rua B?

(A) 120.
(B) 125.
(C) 130.
(D) 138.

Gabarito: A
156
4.° BIMESTRE TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO

3. (ENEM - adaptada) O tempo que um ônibus gasta para ir do ponto inicial ao ponto final de
uma linha varia, durante o dia, conforme as condições do trânsito, demorando mais nos
horários de maior movimento. A empresa que opera essa linha forneceu, no gráfico
apresentado a seguir, o tempo médio de duração da viagem, conforme o horário de saída do
ponto inicial, no período da manhã.
De acordo com as informações do gráfico, um passageiro que necessita chegar, até as 10h30
min, ao ponto final dessa linha, deve tomar o ônibus no ponto inicial, no máximo, até as:

(A) 9 h 30 min.
(B) 9 h 20 min.
(C) 9 h 00 min. Gabarito: D
(D) 8 h 50 min.
(E) 8 h 30 min.
TEMPO DE PERCURSO (EM MINUTOS)
MATEMÁTICA – 6.° ANO

HORÁRIO DE SÁIDA (MANHÃ)

Espaço para cálculos

Basta somar, em cada opção, o tempo de viagem discriminado no gráfico:

9 h 30 min + 1 h 30 min = 11 h
9 h 20 min + 1 h 30 min = 10 h 50 min
9 h 00 min + 1 h 35 min = 10 h 35 min
8 h 50 min + 1 h 40 min = 10 h 30 min (opção correta)
8 h 30 min + 1 h 45 min = 10 h 15 min

157
TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO 4.° BIMESTRE

4. A tabela, apresentada a seguir, mostra uma pesquisa sobre a quantidade de crianças que
se cadastraram na nova biblioteca pública do bairro:

QUANTIDADE DE
DIA DA SEMANA
CRIANÇAS

Segunda-feira 8

Quarta-feira 14

Sexta-feira 10

Construa um gráfico de barras (na horizontal) que represente o resultado desta pesquisa:

Segunda-feira

MATEMÁTICA – 6.° ANO


Quarta-feira

Sexta-feira

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16
QUANTIDADE DE CRIANÇAS QUE FIZERAM CADASTRO

158
4.° BIMESTRE TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO

5 - (ENEM/2011 – adaptada) Rafael mora no Centro de uma cidade e decidiu se mudar, por
recomendações médicas, para uma das seguintes regiões: Rural, Comercial, Residencial
Urbano ou Residencial Suburbano. A principal recomendação médica foi que ele se mudasse
para as regiões em que as temperaturas das ilhas de calor fossem inferiores a 31°C. Tais
temperaturas estão apresentadas no gráfico a seguir:

De acordo com o gráfico, responda:


Em quais lugares Rafael não poderá escolher sua nova moradia?

Comercial e no Centro: regiões que estão acima da linha de 31 ºC.


__________________________________________________________________________

6 - O gráfico, a seguir, apresenta o valor da contribuição, em reais, e a quantidade de


pessoas que contribuíram para a Feira de Ciências.
Leia os dados do gráfico atentamente:

DOAÇÕES PARA A FEIRA DE CIÊNCIAS


MATEMÁTICA – 6.° ANO

QUANTIDADE DE
CONTRIBUINTES

VALOR DA CONTRIBUIÇÃO (EM R$)

De acordo com os dados apresentados nesse gráfico, o total arrecadado para a Feira de
Ciências foi de

(A) R$ 95,00. 15 x 10 + 20 x 15 + 25 x 20 + 10 x 50 =
(B) R$ 380,00. 150 + 300 + 500 + 500 = 1 450

(C) R$ 950,00.
Gabarito: D
159 (D) R$ 1.450,00.