Você está na página 1de 650

DCT

0RWRUHV 'LHVHO
3RZHU7HFK 3OXVŒ
 O H  O
0RWRU %DVH

0$18$/ 7e&1,&2
0RWRUHV 'LHVHO GH  O H  O
3RZHU7HFKŒ²
0RWRU %DVH
&70 -81 32578*8(6(

3DUD LQIRUPDo}HV FRPSOHWDV VREUH PDQXWHQomR


FRQVXOWH WDPEpP

0RWRUHV 'LHVHO 32:(57(&+Œ²6LVWHPDV $FHVVyULRV GR 0RWRU 2(0 )DEULFDQWH GH


0HFkQLFRV GH &RPEXVWtYHO  &70 (TXLSDPHQWR 2ULJLQDO  &70
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+Œ²6LVWHPDV 'LVSRQtYHO
(OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO 1tYHO  FRP 6RPHQWH HP
%RPED 93 %RVFK &70 ,QJOrV
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+Œ²6LVWHPDV
(OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO 1tYHO  FRP
%RPED '( 6WDQDG\QH  &70
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+Œ²6LVWHPDV
(OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO 1tYHO  FRP
%RPED '3 'HOSKL/XFDV  &70
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+Œ²6LVWHPDV
(OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO 1tYHO  FRP
+3&5 'HQVR  &70
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+ΠH 3RZHU7HFK
3OXVŒ²6LVWHPDV (OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO
1tYHO  FRP +3&5 'HQVR  &70
0RWRUHV 'LHVHO32:(57(&+ΠH 3RZHU7HFK
3OXVŒ²6LVWHPDV (OHWU{QLFRV GH &RPEXVWtYHO
1tYHO  FRP +3&5 'HQVR  &70
$OWHUQDGRUHV H 0RWRUHV GH 3DUWLGD  &70

-RKQ 'HHUH 3RZHU 6\VWHPV


CTM206

/,7+2 ,1 86$
Introdução
Prefácio
Este manual foi escrito para técnicos experientes. As manual técnico da máquina para obter informações sobre
ferramentas necessárias para executar certos trabalhos a remoção e a instalação de componentes e a obtenção
de manutenção são identificadas neste manual e são de acesso aos componentes.
recomendadas para esses fins.
As informações estão organizadas em seções e grupos
Este manual (CTM104) abrange somente o motor base para os diversos componentes que necessitam de
para todos os motores PowerTech de 4,5L e 6,8L, instruções de serviço. A seção 05 apresenta de forma
incluindo o modelo de motor PowerTech ”Plus” e também resumida todas as ferramentas essenciais aplicáveis,
os modelos PowerTech ”E” e PowerTech ”M”. É um dos equipamentos de manutenção e ferramentas, outros
oito volumes sobre os motores 4,5L e 6,8L. Os sete materiais necessários para o trabalho e kits de peças de
manuais a seguir abrangem o sistema de combustível, a serviço. A seção 06 apresenta de forma resumida todas
reparação eletrônica, a operação e os diagnósticos: as especificações, tolerâncias de desgastes e valores
de torque.
• CTM207—Sistemas Mecânicos de Combustível
• CTM170—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível Antes de iniciar a reparação em um motor, limpe o motor
4 com Bomba VP44 Bosch e coloque­o em um suporte para reparações. (Veja Seção
• CTM331—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 02, Grupo 010.)
12 com Bomba DE10 Stanadyne
• CTM284—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível Este manual contém as unidades Métricas do SI,
1 com Bomba DP201 Delphi/Lucas imediatamente seguidas pelas unidades de medida
• CTM220—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível habituais dos EUA. A maior parte das ferragens desses
11 com Common Rail de Alta Pressão Denso motores é dimensionada pelo sistema métrico.
• CTM320—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível Alguns componentes deste motor podem passar por
14 com Common Rail de Alta Pressão Denso manutenção sem a remoção do motor da máquina. Veja
• CTM502—Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível o manual técnico específico da máquina para obter
16 com Common Rail de Alta Pressão Denso informações sobre componentes que podem passar por
Outros manuais serão acrescentados futuramente manutenção sem a remoção do motor da máquina e para
para fornecer informações adicionais sobre sistemas procedimentos de remoção e instalação do motor.
eletrônicos de combustível, conforme necessário. Leia comlpetamente cada bloco do material antes
Viva com segurança: Leia as mensagens de segurança de realizar serviços para verificar as diferenças nos
na introdução deste manual e os cuidados apresentados procedimentos ou especificações. Siga somente os
ao longo do texto do manual. procedimentos que se aplicam ao número do modelo
do motor no qual você está trabalhando. Se somente
um procedimento foi fornecido, ele se aplica a todos os
Este é um símbolo de alerta de segurança. Ao ver motores deste manual.
este símbolo na máquina ou neste manual, fique atento
à possibilidade de lesões pessoais. PROPOSIÇÃO 65 DA CALIFÓRNIA
O escape de motores diesel e de alguns de seus
Use este manual técnico de componentes em conjunto elementos são reconhecidos no Estado da Califórnia
com o manual técnico da máquina. Uma lista de como causadores de câncer, defeitos congênitos e
aplicações, na Seção 01, Grupo 001, identifica a relação outros danos ao sistema reprodutor.
modelo­produto/modelo­tipo de componente. Veja o
DPSG,OUO1004,2767 ­54­28NOV07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=2
Introdução

Registro das Mudanças


Data de Publicação e Tradução
CTM104 _ 18JUN09
Seção­Grupo Título do Grupo Título do Bloco Comentário
01­001 Tabelas de Aplicação e Tabelas de Aplicações do Motor Atualizar com novas aplicações.
Identificação do Motor
02­010 Remontagem do Motor Diretrizes para Aplicação do Adicionar Loctite 609.
Vedante
02­020 Cabeçote e Válvulas do Cilindro Instalação da Tampa do Balancim Atualizar a instalação da junta para
(Motores com Cabeçote de Duas altas temperaturas da proteção do
Válvulas) braço oscilante.
02­021 Cabeçote e Válvulas do Cilindro Instalação da Tampa do Balancim Corrigir declaração importante.
(Motores com Cabeçote de Quatro
Válvulas)
02­030 Bloco, Camisas, Pistões e Hastes Verifique o Desgaste da Ranhura Corrigir o espaçamento entre o
do Cilindro do Anel do Pistão anel do pistão e o sulco.
02­040 Virabrequim, Rolamentos Substituição da Vedação de Óleo e Atualizar procedimento.
Principais e Volante da Luva de Desgaste Dianteiras do
Virabrequim
02­050 Comando de Válvulas, Eixos Medição do Espaçamento e da Corrigir a espessura da placa de
de Balanceamento e Trem da Espessura da Placa de Encosto do encosto do eixo de comando.
Engrenagens de Sincronização Eixo de Comando
Instalação da Engrenagem Adicionar o procedimento para
Intermediária Superior (Motores bomba injetora com sincronização
sem HPCR) do eixo de bloqueio.
Sincronização do Eixo de Adicionar o procedimento para
Comando e da Bomba Injetora de bomba injetora com sincronização
Combustível (Motores sem HPCR) do eixo de bloqueio.
02­060 Sistema de Lubrificação Remova e Instale o Tubo da Vareta Substituir Loctite 271 por 609.
com a Bandeja de Óleo Instalada
02­080 Sistema de Admissão de Ar e de Remoção, Inspeção e Instalação Adicionar informação sobre válvula
Escape da Válvula EGR (Classe 3/Estágio EGR ventilada.
IIIA)
Extensão da Vida Útil do Adicionar informação sobre óleo no
Turbocompressor resfriador do ar de carga.
Reparação do Turbocompressor Atualizar informação.
Remoção e Instalação do Novo bloco
Alojamento da Turbina do
Turbocompressor (Motor de 6
Cilindros)
Remoção e Instalação do Adicionar nota sobre novo tubo de
Resfriador EGR (Classe 3/Estágio saída de líquido de arrefecimento
IIIA) do EGR.
04­150 Testes e Diagnósticos Observáveis 4,5 l ­ 6,8 l ­ L2 ­ Pressão Baixa do Adicionar condição "combustível
Óleo do Motor no óleo"
06­210 Especificações de Diagnóstico Especificações de Pressão do Atualizar com novas aplicações.
Coletor de Admissão (Reserva do
Turbocompressor)

CD03523,00001D2 ­54­18JUN09­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=3
Introdução

Motor de 4,5 LPowerTech™ – Tier 1/Estágio I

RG7636 —UN—23NOV97

RG7638 —UN—23NOV97
3/4 da Vista Traseira Direita 3/4 da Vista Traseira Esquerda
RG7639 —UN—23NOV97

RG7637 —UN—23NOV97

3/4 da Vista Dianteira Direita 3/4 da Vista Dianteira Esquerda

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


DPSG,OUO1004,129 ­54­03DEC07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=4
Introdução

Motor de 4,5 LPowerTech™ – Tier 2/Estágio II

RG11932 —UN—06NOV01

RG11931 —UN—06NOV01
3/4 da Vista Dianteira Direita – Motor de Cabeçote de Duas Válvulas

3/4 da Vista Traseira Esquerda – Motor de Cabeçote de Duas Válvulas

RG13618A —UN—18MAY04
RG13617A —UN—18MAY04

3/4 da Vista Dianteira Direita – Motor de Cabeçote de Quatro Válvulas 3/4 da Vista Traseira Esquerda – Motor de Cabeçote de Quatro Válvulas

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


OUO1080,0000238 ­54­03DEC07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=5
Introdução

Motor de 6,8 L PowerTech™ – Tier 1/Estágio I

RG7641 —UN—23NOV97

RG7640 —UN—23NOV97
3/4 da Vista Dianteira Direita 3/4 da Vista Dianteira Esquerda
RG7643 —UN—23NOV97

RG7642 —UN—23NOV97

3/4 da Vista Traseira Direita 3/4 da Vista Traseira Esquerda

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


DPSG,OUO1004,130 ­54­29NOV07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=6
Introdução

Motor de 6,8 l PowerTech™ – Tier 2/Estágio II

RG11934 —UN—24OCT01

RG11933 —UN—24OCT01
3/4 da Vista Dianteira Direita — Motor de Cabeçote de Duas Válvulas 3/4 da Vista Traseira Esquerda — Motor de Cabeçote de Duas Válvulas

PowerTech é uma marca comercial da Deere & Company


OUO1080,0000239 ­54­09JUN08­1/1

Motor de 6,8 l PowerTech™ com Sistema Eletrônico de Combustível ­ Tier 2/Estágio II


RG12199 —UN—24MAY02

RG12200 —UN—24MAY02

Motor de Quatro Válvulas 6068HF475 (Sistema Eletrônico de Motor de Quatro Válvulas 6068HF475
Combustível Nível 11 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso)

PowerTech é uma marca comercial da Deere & Company


OUO1083,00005FC ­54­09JUN08­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=7
Introdução

Motor de 6,8 L Plus PowerTech™ com Sistema Eletrônico de Combustível ­ Tier 3/Estágio IIIA

RG13546 —UN—11NOV04
RG13547 —UN—11NOV04

6068HF485 Motor Exibido (Sistema Eletrônico de Combustível 6068HF485 Exibido


Nível 11 com Common Rail de Alta Pressão Denso)

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


OUO1083,00005FC ­54­29NOV07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=8
Introdução

PowerTech™ E Motor de 4.5 L com Sistema Eletrônico de Combustível (Sistema de


Combustível HPCR) (Cabeçote de Cilindros de Duas Válvulas)

RG14632 —UN—13APR06

RG14633 —UN—13APR06
Motor 4045HF285
Motor 4045HF285

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


OURGP12,00001EA ­54­29NOV07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=9
Introdução

Motor de 6,8 L PowerTech™ E com Sistemas Eletrônicos de Combustível (Sistema de


Combustível HPCR) (Modelo de Cabeçote de Cilindros de Duas Válvulas)

RG14634A —UN—29NOV07

CD31001 —UN—29NOV07
Motor 6068HF285 (3/4 da Vista Dianteira Direita)
Motor 6068HF285 (3/4 da Vista Dianteira Esquerda)

PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company


OURGP12,00001EB ­54­29NOV07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=10
Introdução

Motor de 4,5 L PowerTech™ M com Sistema Mecânico de Combustível e Injetores de 17 mm

CD31002 —UN—29NOV07
Motor 4045HF280 (3/4 da Vista Dianteira Esquerda)
PowerTech é uma marca registrada da Deere & Company
CD03523,00001B4 ­54­03DEC07­1/1

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=11
Introdução

CTM206 (18JUN09) Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=12
Conteúdo
Seção 01—Informações Gerais
Grupo 000—Regulamentos de Segurança
Grupo 001—Tabelas de Aplicação e Identificação do
Motor
Grupo 002—Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de
Arrefecimento

Seção 02—Reparos e Ajustes


Grupo 010—Remontagem do Motor
Grupo 020—Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores
com Cabeçote de Duas Válvulas)
Grupo 021—Cabeçote e Válvulas (Motores com
Cabeçote de Quatro Válvulas)
Grupo 030—Bloco, Camisas, Pistões e Hastes do
Cilindro
Grupo 040—Virabrequim, Rolamentos Principais e
Volante
Grupo 050—Com. Válvulas, Eixos Balan. e Trem da
Engren. de Sincronização
Grupo 060—Sistema de Lubrificação
Grupo 070—Sistema de Arrefecimento
Grupo 080—Sistema de Admissão de Ar e de Escape
Grupo 090—Sistema de Combustível
Grupo 100—Sistemas de Partida e de Carga

Seção 03—Teoria de Operação


Grupo 120—Operação do Motor Base

Seção 04—Diagnóstico
Grupo 150—Testes e Diagnósticos Observáveis

Seção 05—Ferramentas e Outros Materiais


Grupo 170—Ferramentas de Reparação e Outros
Materiais
Grupo 180—Ferramentas de Diagnósticos
Grupo 190—Ferramentas de Serviço Fabricadas pelo
Concessionário

Seção 06—Especificações
Grupo 200—Reparações e Especificações Gerais
OEM (Fabricantes Orig. de Equip.)
Grupo 210—Especificações de Diagnóstico

Instrução original. Todas as informações, ilustrações e especificações


neste manual são baseadas nas informações mais recentes disponíveis
no momento da publicação. Reservamo­nos o direito de efetuar
alterações a qualquer momento sem aviso prévio.
COPYRIGHT © 2009
DEERE & COMPANY
Moline, Illinois
All rights reserved.
A John Deere ILLUSTRUCTION ® Manual
Previous Editions
Copyright © 1996, 1998, 2000, 2002, 2004, 2005, 2007, 2008

CTM206 (18JUN09) i Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=1
Conteúdo

CTM206 (18JUN09) ii Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=2
Seção 01
Informações Gerais
Conteúdo

Página Página

Grupo 000—Regulamentos de Segurança Instalação das Proteções do


Trabalhe em Área Ventilada ........................ 01­000­1 Ventilador............................................... 01­000­13
Reconheça as Informações de Evite o Contato Com Peças
Segurança ............................................... 01­000­1 Quentes ................................................. 01­000­13
Limpeza da Área de Trabalho ..................... 01­000­1
Descarte Adequado dos Resíduos Grupo 001—Tabelas de Aplicação e
................................................................. 01­000­2 Identificação do Motor
Poeiras de Amianto Prejudiciais.................. 01­000­2 Informações da Placa do Número
Manipulação de Combustível com de Série do Motor .................................... 01­001­1
Cuidado—Evite Incêndios ....................... 01­000­2 Etiqueta de Código de Opção de
Emergências................................................ 01­000­3 Motor OEM .............................................. 01­001­3
Manuseio do Fluido de Partida a Informações Relativas a
Frio com Segurança ............................... 01­000­3 Regulamentos sobre
Manuseio de Fluidos com Cuidado Emissões ................................................. 01­001­3
­ Evite Incêndios ...................................... 01­000­3 Tabelas de Aplicações do Motor.................. 01­001­4
Fluidos de Alta Pressão............................... 01­000­4
Equipamento Adequado Para Grupo 002—Combustíveis, Lubrificantes e
Levantar e Suspender ............................. 01­000­4 Líquidos de Arrefecimento
Iluminação da Área de Trabalho Combustível Diesel...................................... 01­002­1
com Segurança ....................................... 01­000­4 Combustível Biodiesel ................................. 01­002­2
Viva com Segurança ................................... 01­000­5 Minimizar Efeitos do Inverno nos
Manutenção de Máquinas com Motores Diesel......................................... 01­002­3
Segurança ............................................... 01­000­5 Manuseio e Armazenagem do
Manusear os produtos químicos Combustível Diesel.................................. 01­002­4
com segurança ........................................ 01­000­5 Lubricidade do Combustível
Proteção Contra Ruído................................ 01­000­6 Diesel....................................................... 01­002­4
Remova a Tinta Antes de Soldar Teste do Combustível Diesel ....................... 01­002­4
ou Aquecer .............................................. 01­000­6 Informações sobre Óleo para
Mantenha Distância de Eixos em Motores Tier 1 ou não
Movimento ............................................... 01­000­6 Certificados.............................................. 01­002­5
Manutenção com Segurança no Óleo para Motores Diesel............................ 01­002­5
Sistema de Arrefecimento ....................... 01­000­7 Informações sobre Óleo para
Siga as Instruções de Segurança................ 01­000­7 Motores Tier 2.......................................... 01­002­5
Uso de Ferramentas Adequadas................. 01­000­7 Óleo para Motores Diesel............................ 01­002­6
Construção de Ferramentas com Informações sobre Óleo para
Segurança no Concessionário ................ 01­000­8 Motores Tier 3.......................................... 01­002­6
Prática de Manutenção Segura ................... 01­000­8 Óleo para Motores Diesel............................ 01­002­7
Palavras de Aviso........................................ 01­000­9 Óleo para Amaciamento de Motor
Substituir etiquetas com avisos de Diesel....................................................... 01­002­8
segurança................................................ 01­000­9 Filtros de Óleo ............................................. 01­002­8
Evite Explosões da Bateria.......................... 01­000­9 Graxa........................................................... 01­002­9
Proteção Contra Borrifos a Alta Lubrificantes Alternativos e
Pressão ................................................. 01­000­10 Sintéticos ................................................. 01­002­9
Evite Aquecer Áreas Próximas às Armazenamento de Lubrificantes................ 01­002­9
Linhas de Fluido Pressurizado .............. 01­000­10 Mistura de Lubrificantes ............................ 01­002­10
Uso de Roupa de Proteção ....................... 01­000­10 Líquido de Arrefecimento de
Esperar Antes de Abrir o Sistema Motores Diesel de Serviço
de Injeção de Combustível de Pesado .................................................. 01­002­10
Alta Pressão .......................................... 01­000­11 Aditivos Complementares.......................... 01­002­11
Manuseio de Produtos Químicos Operar em Climas de Temperatura
Agrícolas com Segurança ..................... 01­000­11 Quente................................................... 01­002­11
Manuseio Seguro das Baterias ................. 01­000­12

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 01­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=1
Conteúdo

Página

Informações sobre John


Deere LIQUID COOLANT
CONDITIONER e Líq. de
Arrefecimento de Motor Diesel .............. 01­002­12
Líquido de Refrigeração para
Motor a Diesel ....................................... 01­002­13
Testar Líquido de Arrefecimento de
Motor Diesel .......................................... 01­002­13
Intervalos Para Troca do Líquido
de Arrefecimento de Motores
Diesel..................................................... 01­002­14

CTM206 (18JUN09) 01­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=2
Grupo 000
Regulamentos de Segurança

Trabalhe em Área Ventilada


O gás de escape do motor pode causar doenças ou até
mesmo a morte. Na necessidade de ligar um motor
em uma área fechada, remova o gás da área com uma
extensão do tubo de escape.

TS220 —UN—23AUG88
Se você não tiver uma extensão do tubo de escape, abra
as portas para a circulação do ar.

DX,AIR ­54­17FEB99­1/1

Reconheça as Informações de Segurança


Este é o símbolo de alerta de segurança. Ao ver este
símbolo em sua máquina ou neste manual, fique atento a
possíveis ferimentos pessoais.
Siga as precauções e práticas seguras de operação

T81389 —UN—07DEC88
recomendadas.

DX,ALERT ­54­29SEP98­1/1

Limpeza da Área de Trabalho


Antes de começar um trabalho:
• Limpe a área de trabalho e a máquina.
• Certifique­se de que todas as ferramentas necessárias
para seu trabalho estejam disponíveis.

T6642EJ —UN—18OCT88
• Tenha as peças certas à disposição.
• Leia todas as instruções completamente; não tente
simplificar o processo.

DX,CLEAN ­54­04JUN90­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=17
Regulamentos de Segurança

Descarte Adequado dos Resíduos


Descartar os resíduos de forma inadequada pode
ameaçar o meio­ambiente e a ecologia. Resíduos
potencialmente prejudiciais usados com os equipamentos
da John Deere incluem produtos tais como óleo,
combustível, líquido de refrigeração, fluido para freios,

TS1133 —UN—26NOV90
filtros e baterias.
Use vasilhame à prova de vazamento e fugas ao drenar
os fluidos. Não use vasilhame para alimentos ou bebidas,
pois alguém pode enganar­se e usá­los para a ingestão
de alimento ou bebida.
Não despeje os resíduos sobre o solo, pelo sistema de
drenagem e nem em cursos de água.
Pergunte ao seu centro local do meio ambiente ou de
O vazamento de líquidos refrigerantes do ar condicionado
reciclagem, ou ainda ao seu concessionário John Deere
podem danificar a atmosfera da Terra. Os regulamentos
sobre a maneira adequada de reciclar ou de descartar
do governo podem requerer um centro autorizado de
os resíduos.
manutenção de ar condicionado para recuperar e reciclar
os líquidos refrigerantes usados no ar condicionado.
DX,DRAIN ­54­03MAR93­1/1

Poeiras de Amianto Prejudiciais


Evite respirar a poeira que pode ser produzida ao
manusear componentes que contém fibras de amianto.
A inalação das fibras de amianto pode causar câncer de
pulmão.

TS220 —UN—23AUG88
Os componentes de produtos que podem conter fibras
de amianto são as pastilhas dos freios, os calços
e revestimentos dos freios, as placas e discos de
embreagens, e algumas juntas. O amianto usado nestes
componentes normalmente é contido numa resina ou
isolado de alguma maneira. O manuseio normal não é
perigoso desde que não se produza pó de amianto para
o ar.
Evite produzir pó. Nunca use ar comprimido para limpar. disponível, aplique um borrifo de óleo ou água no material
Evite escovar ou moer material que contém amianto. contendo amianto.
Ao fazer a manutenção, use um aparelho respirador Mantenha as pessoas não envolvidas fora da área de
aprovado. Um aspirador de pó especial é recomendado trabalho.
para limpar amianto. Caso o aspirador não esteja
DX,DUST ­54­15MAR91­1/1

Manipulação de Combustível com


Cuidado—Evite Incêndios
Manipule o combustível com cuidado: é altamente
inflamável. Não reabasteça a máquina enquanto
estiver fumando e nem próximo de chamas ou faíscas
descobertas.
TS202 —UN—23AUG88

Sempre desligue o motor antes de reabastecer a


máquina. Encha o tanque de combustível ao ar livre.
Previna incêndios mantendo a máquina limpa e retirando
acúmulos de lixo, graxa lubrificante e resíduos. Sempre
limpe o combustível derramado na superfície da máquina.
DX,FIRE1 ­54­03MAR93­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=18
Regulamentos de Segurança

Emergências
Esteja preparado para qualquer incêndio.
Mantenha um kit de primeiros socorros e o extintor de
incêndio sempre à mão.
Mantenha os números de emergência dos médicos,

TS291 —UN—23AUG88
serviço de ambulância, hospital e bombeiros próximos
do seu telefone.

DX,FIRE2 ­54­03MAR93­1/1

Manuseio do Fluido de Partida a Frio


com Segurança
O fluido de partida a frio é altamente inflamável.
Ao usá­lo mantenha todas as faíscas e chamas afastadas.
Mantenha o fluido de partida a frio longe das baterias e

TS1356 —UN—18MAR92
cabos.
Para prevenir a descarga acidental, ao guardar a lata
pressurizada, mantenha a tampa no contentor e guarde­o
em um local fresco e protegido.
Não incinere ou perfure um contentor com fluido de
partida a frio.
DX,FIRE3 ­54­16APR92­1/1

Manuseio de Fluidos com Cuidado


­ Evite Incêndios
Quando transferir ou utilizar combustível, evite fazê­lo na
proximidade de aquecedores, chamas ou faíscas e não
fumar.

TS227 —UN—23AUG88
Armazene os líquidos inflamáveis em lugar seguro onde
não exista perigo de incêndio. Não perfure nem incinere
vasilhames pressurizados.
Limpe a máquina e retire dela qualquer sujeira, graxas e
outros resíduos.
Não guarde tecidos impregnados de óleo, pois eles
podem inflamar­se espontaneamente.
DX,FLAME ­54­29SEP98­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=19
Regulamentos de Segurança

Fluidos de Alta Pressão


As fugas de fluidos sob pressão podem penetrar na pele
e causar ferimentos sérios.
Evite o perigo diminuindo a pressão antes de desligar
uma tubulação hidráulica ou outras linhas. Aperte todas

X9811 —UN—23AUG88
as ligações antes de aplicar pressão.
Procure fugas com um pedaço de cartão. Protega as
mãos e o corpo dos fluidos a alta pressão.
Em caso de acidente, consulte um médico imediatamente.
Qualquer fluido injetado na pele deve ser removido
cirurgicamente dentro de algumas horas ou poderá
resultar em gangrena. Os médicos com pouca
experiência neste tipo de ferimento devem procurar uma Tal informação pode ser obtida no departamento médico
fonte adequada de conhecimentos médicos nesta área. da Deere & Company em Moline, Illinois, E.U.A.
DX,FLUID ­54­03MAR93­1/1

Equipamento Adequado Para Levantar


e Suspender
Levantar e suspender componentes pesados de maneira
incorreta pode causar ferimentos graves ou danos à
máquina.

TS226 —UN—23AUG88
Siga os procedimentos recomendados no manual para a
remoção e instalação de componentes.

DX,LIFT ­54­04JUN90­1/1

Iluminação da Área de Trabalho com


Segurança
Ilumine sua área de trabalho adequadamente e com
segurança. Use uma luz portátil de segurança para
trabalhar dentro ou sob a máquina. Certifique­se de que
a lâmpada esteja em volta de uma carcaça de arame.
TS223 —UN—23AUG88
O filamento quente ou uma lâmpada acidentalmente
quebrada pode inflamar o combustível ou o óleo em
contato.

DX,LIGHT ­54­04JUN90­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=20
Regulamentos de Segurança

Viva com Segurança


Antes de devolver a máquina ao cliente, certifique­se
de que a máquina esteja funcionando adequadamente,
especialmente os sistemas de segurança. Instale todos
os protetores e blindagens.

TS231 —54—07OCT88
DX,LIVE ­54­25SEP92­1/1

Manutenção de Máquinas com Segurança


Prenda o cabelo longo atrás da cabeça. Não use gravata,
cachecol, roupas soltas e nem colares quando trabalhar
próximo de máquinas, ferramentas ou de peças móveis
de uma máquina. Se estes objetos se prenderem no
equipamento, poderão resultar em graves ferimentos.

TS228 —UN—23AUG88
Remova anéis e outras jóias para prevenir choques
elétricos ou enroscamento em peças móveis.

DX,LOOSE ­54­04JUN90­1/1

Manusear os produtos químicos com


segurança
A exposição directa a produtos químicos perigosos pode
causar graves prejuízos à saúde. Os produtos químicos
potencialmente perigosos usados com o equipamento
da John Deere incluem produtos tais como lubrificantes,

TS1132 —UN—26NOV90
líquidos de refrigeração, tintas e solventes.
Uma publicação de dados de segurança do material
("MSDS") contém detalhes específicos sobre os produtos
químicos: perigos físicos e para a saúde, procedimentos
de segurança e técnicas de atendimento de emergência.
Verificar a MSDS antes de iniciar qualquer trabalho com
um produto químico perigoso. Desta forma você saberá
exactamente quais são os riscos e como fazer o trabalho (Consultar o seu agente John Deere para se obter uma
com segurança. Seguir os procedimentos e equipamento MSDS sobre cada um dos produtos químicos usados
recomendados. com o equipamento da John Deere).
DX,MSDS,NA ­54­03MAR93­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=21
Regulamentos de Segurança

Proteção Contra Ruído


A exposição prolongada ao ruído pode causar danos ou
perda de audição.
Use dispositivos de proteção a audição apropriados,
tais como protetores de ouvidos, para proteger contra

TS207 —UN—23AUG88
barulhos altos ou incômodos.

DX,NOISE ­54­03MAR93­1/1

Remova a Tinta Antes de Soldar ou Aquecer


Evite gases e pó potencialmente tóxicos.
Gases perigosos podem ser gerados quando a tinta é
aquecida por solda ou maçarico.
Remova a tinta antes de aquecer:

TS220 —UN—23AUG88
• Remova a tinta no mínimo a 100 mm (4 in.) da área
a ser afetada pelo aquecimento. Se não for possível
remova a tinta, utilize um protetor respiratório aprovado
antes de aquecer ou soldar.
• Se for lixar ou raspar a tinta, evite respirar o pó. Use
um respirador aprovado.
• Se usar solvente ou removedor de tinta, retire o
removedor com água e sabão antes de soldar. Retire
da área os vasilhames de solvente ou de removedor de Faça todo o trabalho de solda em uma área bem ventilada
tinta e outros materiais inflamáveis. Permita que os para dispersar os gases tóxicos e o pó.
gases se dispersem por pelo menos 15 minutos antes Jogue fora a tinta e o solvente adequadamente.
de soldar ou aquecer.
Não use solvente clorado em áreas onde serão feitas
soldas.
DX,PAINT ­54­24JUL02­1/1

Mantenha Distância de Eixos em Movimento


O enrolamento em eixos e cardãs que estejam em
rotação podem causar ferimentos sérios ou morte.
Mantenha a blindagem do trator e as da transmissão no
lugar certo durante o tempo todo. Certifique­se de que as
TS1644 —UN—22AUG95

proteções do cardã girem livremente.


Use roupa justa apropriada. Desligue o motor e
certifique­se de que a transmissão da tomada de potência
(TDP) esteja parada, antes de sejam feitos quaisquer
ajustes e ligações, ou limpeza de qualquer equipamento
acionado pela tomada de potência (TDP).

DX,PTO ­54­12SEP95­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=22
Regulamentos de Segurança

Manutenção com Segurança no Sistema


de Arrefecimento
O escape de fluidos pressurizados do sistema de
arrefecimento podem causar queimaduras graves.
Desligue o motor. Remova o tampão de enchimento

TS281 —UN—23AUG88
do reservatório de expansão somente quando o motor
estiver suficientemente frio para tocar­lhe com as mãos.
Afrouxe a tampa lentamente até o primeiro batente para
aliviar a pressão antes de removê­la completamente.

DX,RCAP ­54­04JUN90­1/1

Siga as Instruções de Segurança


Leia atentamente todas as mensagens de segurança
neste manual e os avisos de segurança em sua máquina.
Mantenha os avisos de segurança em boas condições.
Substitua avisos de segurança danificados ou perdidos.
Certifique­se de que novos componentes e peças

TS201 —UN—23AUG88
de reposição do equipamento incluam os avisos de
segurança atualizados. Avisos de segurança para
reposição podem ser encontrados no seu concessionário
John Deere.
Pode haver informações de segurança adicionais não
reproduzidas neste manual do operador, contidas em
peças e componentes oriundos de outros fornecedores.
Aprenda como operar a máquina e como usar os podem prejudicar o funcionamento e/ou a segurança e
comandos corretamente. Não deixe ninguém operar a afetar a vida útil.
máquina sem que tenha sido treinado. Caso não compreenda alguma parte deste manual
Mantenha sua máquina em condições de operação e precisar de assistência, entre em contato com seu
corretas. Modificações não autorizadas na máquina concessionário John Deere.
DX,READ ­54­16JUN09­1/1

Uso de Ferramentas Adequadas


Use as ferramentas apropriadas para o trabalho.
Ferramentas e procedimentos improvisados podem
ameaçar a segurança.
Use ferramentas elétricas somente para afrouxar as
TS779 —UN—08NOV89
peças rosqueadas e parafusos.
Para afrouxar e apertar os parafusos, use as ferramentas
de tamanho correto. NÃO use ferramentas de medida
dos E.U.A. em parafusos em milímetros. Evite ferimentos
devido a queda de chaves.
Use somente as peças de manutenção que estão de
acordo com as especificações da John Deere.
DX,REPAIR ­54­17FEB99­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=23
Regulamentos de Segurança

Construção de Ferramentas com Segurança


no Concessionário
Ferramentas defeituosas ou partidas podem produzir
ferimentos sérios. Ao construir ferramentas, use materiais
apropriados de boa qualidade e boas técnicas de trabalho.

LX1016749 —UN—01JUL97
Não solde ferramentas a não ser que tenha equipamento
apropriado e a experiência necessária para executar o
trabalho.

DX,SAFE,TOOLS ­54­10OCT97­1/1

Prática de Manutenção Segura


Compreenda o procedimento de manutenção antes de
executar qualquer trabalho. Mantenha a área de trabalho
limpa e seca.
Nunca lubrifique, ajuste ou faça manutenção na máquina
quando esta estiver em movimento. Mantenha mãos, pés
e vestimentas longe de peças acionadas por potência
elétrica ou hidráulica. Desengate todas as fontes de
potência, e opere os controles para aliviar a pressão.
Baixe o equipamento até ao solo. Desligue o motor.
Remova a chave. Permita que a máquina arrefeça.
Apoie de forma segura quaisquer elementos da máquina
que tenham que ser levantados para que a manutenção
possa ser feita.
Mantenha todas as peças em bom estado e
adequadamente instaladas. Repare danos
imediatamente. Substitua as peças gastas ou partidas.
Remova quaisquer acumulações de massa lubrificante,
óleo ou detritos.

TS218 —UN—23AUG88
Em equipamentos com motor, desligue o cabo terra da
bateria (­) antes de fazer quaisquer ajustes nos sistemas
elétricos ou antes de soldar na máquina.
Em implementos rebocados, desligue o conjunto de
cabos de ligação do trator antes de fazer manutenção
nos componentes do sistema elétrico ou antes de soldar
na máquina.
DX,SERV ­54­17FEB99­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=24
Regulamentos de Segurança

Palavras de Aviso
Uma palavra de aviso—PERIGO, ATENÇÃO OU
CUIDADO—é usada como símbolo de alerta de
segurança. PERIGO identifica os riscos graves.
Avisos de segurança como PERIGO ou ATENÇÃO estão
localizados próximos de perigos específicos. Precauções

TS187 —54—27JUN08
gerais são indicadas nos avisos de segurança de
CUIDADO. A palavra CUIDADO também chama atenção
para as mensagens de segurança neste manual.

DX,SIGNAL ­54­03MAR93­1/1

Substituir etiquetas com avisos de segurança


Substituir etiquetas com avisos de segurança que estão
em falta ou danificados. Consultar o manual do operador
da máquina para a colocação correcta de etiquetas com
avisos de segurança.

TS201 —UN—23AUG88
DX,SIGNS1 ­54­04JUN90­1/1

Evite Explosões da Bateria


Mantenha faíscas, fósforos acesos ou chamas
descobertas longe da bateria. O gás formado pela bateria
pode explodir.
Nunca verifique a carga da bateria colocando um objeto

TS204 —UN—23AUG88
de metal ligando os bornes. Use um voltímetro ou
densímetro.
Não carregue uma bateria congelada; ela pode explodir.
Aqueça a bateria a 16°C (60°F).

DX,SPARKS ­54­03MAR93­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=25
Regulamentos de Segurança

Proteção Contra Borrifos a Alta Pressão


Os borrifos ou spray de bicos de alta pressão podem
penetrar na pele e causar graves ferimentos. Mantenha o
spray longe do contato das mãos e do corpo.
Em caso de acidente, consulte um médico imediatamente.

TS1343 —UN—18MAR92
Qualquer spray de alta pressão injetado na pele deve
ser removido cirurgicamente dentro de algumas horas ou
poderá resultar em gangrena. Os médicos com pouca
experiência neste tipo de ferimento devem procurar uma
fonte adequada de conhecimentos médicos nesta área.
Tal informação pode ser obtida no departamento médico
da Deere & Company em Moline, Illinois, E.U.A.
DX,SPRAY ­54­16APR92­1/1

Evite Aquecer Áreas Próximas às Linhas


de Fluido Pressurizado
A pulverização inflamável pode ser gerada pelo
aquecimento próximo às linhas de fluido pressurizado,
resultando em queimaduras graves para você e outras
pessoas. Não aqueça por soldagem elétrica ou autógena

TS953 —UN—15MAY90
ou com maçarico próximo a linhas de fluido pressurizado
ou outros materiais inflamáveis. As linhas pressurizadas
podem explodir acidentalmente quando o calor se
estender para além da área próxima da chama.

DX,TORCH ­54­10DEC04­1/1

Uso de Roupa de Proteção


Use roupa e equipamento de segurança apropriados ao
trabalho.
A exposição prolongada ao ruído pode causar dano ou
perda de audição.

TS206 —UN—23AUG88
Use dispositivos de proteção da audição apropriados
tais como protetores de ouvidos para proteger contra
barulhos altos ou incômodos.
Operar o equipamento com segurança requer a plena
atenção do operador. Não use rádios nem auscultadores
enquanto estiver operando a máquina.
DX,WEAR ­54­10SEP90­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=26
Regulamentos de Segurança

Esperar Antes de Abrir o Sistema de Injeção


de Combustível de Alta Pressão
O fluido a alta pressão que ficar nas linhas de combustível
pode causar ferimentos graves. Só os técnicos
familiarizados com este tipo de sistema devem efetuar
consertos. Em motores com sistema de combustível de

TS1343 —UN—18MAR92
High Pressure Common Rail (HPCR) (Coletor de Alta
Pressão), espere pelo menos 15 minutos (depois do motor
ter parado) antes de desligar as linhas de combustível,
os sensores ou quaisquer outros componentes entre a
bomba de combustível de alta pressão e os bocais.

DX,WW,HPCR2 ­54­07JAN03­1/1

Manuseio de Produtos Químicos Agrícolas


com Segurança
Produtos químicos usados em aplicações agrícolas
como fungicidas, herbicidas, inseticidas, pesticidas,
rodenticidas e fertilizantes podem ser prejudiciais à sua
saúde ou ao meio­ambiente se não forem utilizados com

TS220 —UN—23AUG88
cuidado.
Siga sempre todas as instruções das etiquetas para usar
os produtos químicos agrícolas de maneira eficaz, segura
e legal.
Para reduzir o risco de exposição e ferimentos:
• Use equipamentos de proteção individual adequados
conforme recomendação do fabricante. Na falta de
instruções do fabricante, siga estas diretrizes:
­ Produtos químicos com etiqueta ’Perigo’: Muito
tóxico. Geralmente exigem o uso de óculos de
proteção, máscara respiratória, luvas e proteção para

A34471 —UN—11OCT88
a pele.
­ Produtos químicos com etiqueta ’Atenção’:
Toxicidade intermediária. Geralmente exigem o uso
de óculos de proteção, luvas e proteção para a pele.
­ Produtos químicos com etiqueta ’Cuidado’: Pouco
tóxico. Geralmente requerem o uso de luvas e
proteção para pele.
• Evite inalar vapores, aerossóis ou poeira.
• Tenha sempre sabão, água e toalha disponíveis ao
• Mantenha os produtos químicos em seus recipientes
trabalhar com produtos químicos. Se o produto químico originais. Não transfira os produtos químicos para
entrar em contato com a pele, mãos ou face, lave recipientes sem identificação nem para recipientes
imediatamente com água e sabão. Se o produto usados para alimentos e bebidas.
químico atingir os olhos, lave imediatamente com água.
• Lave as mãos e o rosto após usar produtos químicos e
• Armazene produtos químicos em uma área segura e
trancada longe de alimentos para gado ou pessoas.
antes de comer, beber, fumar ou urinar. Mantenha afastado de crianças.
• Não fume nem coma durante a aplicação de produtos
• Sempre descarte os recipientes da maneira adequada.
químicos. Lave três vezes os recipientes vazios e perfure ou
• Após o manuseio de produtos químicos, sempre tome esmague­os e descarte­os da maneira correta.
um banho e troque suas roupas. Lave as roupas antes
de vesti­las novamente.
• Procure imediatamente atendimento médico caso
tenha sintomas de doença durante ou logo após o uso
de produtos químicos.
DX,WW,CHEM01 ­54­25MAR09­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=27
Regulamentos de Segurança

Manuseio Seguro das Baterias

CUIDADO: O gás contido na bateria pode


explodir. Mantenha faíscas e chamas longe
das baterias. Use uma lanterna para verificar
o nível de eletrólito da bateria.

TS204 —UN—23AUG88
Nunca verifique a carga da bateria colocando
um objeto de metal entre os pólos. Use um
voltímetro ou um hidrômetro.
Remova sempre a presilha aterrada (–) da bateria
primeiro e recoloque por último.
Explosão

DPSG,OUO1004,2758 ­54­15OCT07­1/2

CUIDADO: O ácido sulfúrico do eletrólito da


bateria é venenoso. Ele é suficientemente
concentrado para queimar a pele, corroer roupas
e causar cegueira se for respingado nos olhos.
Evite o perigo:
1. Carregando as baterias em uma área
bem ventilada.
2. Usando proteção para os olhos e luvas
de borracha.
3. Evitando respirar os gases quando adicionar
eletrólito na bateria.
4. Evitando derramar ou respingar o eletrólito.
5. Usando o devido procedimento de
ligação direta.
Em caso de contato com ácido por derramamento:
1. Lave a pele com água corrente.
2. Aplique bicarbonato de sódio ou cal na área
atingida para neutralizar os ácidos.
3. Lave os olhos com água durante 15
a 30 minutos. Procure atendimento

TS203 —UN—23AUG88
médico imediatamente.
Se houver ingestão de ácido:
1. Não induza o vômito.
2. Beba grandes quantidades de água
ou leite, porém não mais do que 2 L Ácido
(2 quartos de galão).
3. Procure atendimento médico imediatamente.
produtos químicos reconhecidos pelo estado da Califórnia
como causadores de câncer e danos ao sistema
AVISO: Os pólos, terminais e acessórios relacionados
reprodutor. Lave as mãos após o manuseio.
às baterias contêm chumbo e compostos de chumbo,
DPSG,OUO1004,2758 ­54­15OCT07­2/2

CTM206 (18JUN09) 01­000­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=28
Regulamentos de Segurança

Instalação das Proteções do Ventilador


Os ventiladores do sistema de arrefecimento podem
causar sérias lesões quando em rotação.
Mantenha sempre as proteções do ventilador em seus
devidos lugares durante a operação do motor. Use
roupas justas. Desligue o motor e certifique­se de que o

TS677 —UN—21SEP89
ventilador esteja parado antes de fazer ajustes, conexões
ou limpeza próximo à parte dianteira do motor.

Ventilador Giratório
OUO1083,00005FE ­54­15OCT07­1/1

Evite o Contato Com Peças Quentes


Evite o contato da pele com os coletores de escape,
turbocompressores e silenciosos. Mantenha materiais
inflamáveis afastados do turbocompressor.
As peças de escape secas e externas ficam muito

TS271 —UN—23AUG88
quentes durante a operação. O turbocompressor pode
atingir temperaturas de até 500°C (932°F) em carga
total, e coletores de escape aspirados podem chegar
a 600°C (1112°F) em carga total. Isso pode provocar
incêndio em materiais como papel, pano ou madeira.
Peças em motores que estavam em plena carga e foram
reduzidos à marcha lenta sem carga se manterão em
Superfície Quente
aproximadamente 150°C (302°F).
OUO1083,00005FF ­54­22DEC05­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­000­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=29
Regulamentos de Segurança

CTM206 (18JUN09) 01­000­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=30
Grupo 001
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

Informações da Placa do Número


de Série do Motor
IMPORTANTE: A placa do número de série do
motor (A) pode ser facilmente destruída.
Antes da limpeza do "tanque quente" do
bloco, remova a placa.

RG7778 —UN—11NOV97
NOTA: Motores com cabeçote de quatro válvulas
têm "16V" (para as 16 válvulas no motor de
4 cilindros) ou "24V" (para as 24 válvulas no
motor de 6 cilindros) impressos em uma placa
na proteção do braço oscilante.

Número de Série do Motor (B)


Cada motor tem um número de série de motor John Deere
com 13 dígitos identificando a fábrica que o produziu, a

RG13806 —UN—23JAN06
designação do modelo do motor e um número sequencial
de 6 dígitos. Veja o exemplo a seguir:
CD4045L123456
CD ............... Local de Fabricação do Motor
CD .......... Saran, França
T0 ............ Dubuque, Iowa
PE ........... Torreon, México Placa do Número de Série da Saran
J0 ............ Rosario, Argentina
4 ................. Número de Cilindros
045 .............. Cilindrada em Litros (4,5 litros)
L ................. Código de Aspiração (Motores Mais Antigos) ou
Nível de Emissão Tier (Motores Mais Recentes)
D ............ Naturalmente aspirado

RG13716 —UN—23JAN06
T ............. Turbocomprimido, sem resfriamento posterior
A ............. Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a líquido de
arrefecimento
H ............ Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a ar
S ............. Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a água
salgada
B ............. Motor não certificado Placa do Número de Série da Torreon
C, E ou F ... Motor com certificado de emissão Tier 1/Estágio I
G, J ou K ... Motor com certificado de emissão Tier 2/Estágio II
L, M, N ou P Motor com certificado de emissão Tier 3/Estágio IIIA
123456 .......... Número sequencial exclusivo de 6 dígitos

RG9060A —UN—18MAY09
Designação do Modelo do Motor (C)
A segunda linha de informações na placa do número
de série do motor identifica a relação motor/máquina ou
OEM. Consulte mais adiante neste grupo, TABELAS DE
APLICAÇÕES DO MOTOR.

Placa do Número de Série do Motor Dubuque

A—Placa de Número de Série C—Dados de Aplicação do


do Motor Motor
B—Número de Série do Motor D—Vazio, Coeficiente de
Absorção ou identificação
interna da fábrica da Saran

Continua na página seguinte RG19661,0000005 ­54­18MAY09­1/2

CTM206 (18JUN09) 01­001­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=31
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

4045HF485
4 ......................................... Número de Cilindros
045 ...................................... Cilindrada em Litros (4,5 litros)
H ......................................... Código de Aspiração )
D ................................ Naturalmente aspirado
T ................................ Turbocomprimido, sem resfriamento posterior
A ................................ Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a líquido de arrefecimento
H ................................ Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a água
S ................................ Turbocomprimido e pós­refrigerado ar a água salgada
F ......................................... Código do Usuário
AT .............................. Agritalia srl (Vittoria, Sicília, Itália)
BE .............................. Bell Equipment Co. (Richards Bay, África do Sul)
CQ .............................. John Deere Brasil (Horizontina, Brasil)
DW ............................. John Deere Davenport Works (Davenport, Iowa)
E ................................ John Deere Ottumwa Works (Ottumwa, Iowa)
F ................................ OEM (Fabricantes Originais do Equipamento)
FC .............................. Motores OEM­ Aplicação Clarke
FF .............................. Deere­Hitachi (Kernersville, Carolina do Norte)
FG .............................. Goldoni S.P.A. (Modena, Itália)
FJ ............................... Indústrias JLG
FM .............................. Motor Marítimo
FS .............................. Motores OEM­ Aplicação SDMO
FU .............................. Motores OEM ­ Unidade de Potência de Saran para Grupo Gerador
H................................. John Deere Harvester Works (East Moline, Illinois)
KV ............................... John Deere Commercial Worksite Products (Knoxville, Tennessee/Dubuque, Iowa)
L ................................. John Deere Werke Mannheim (Alemanha)
LA ............................... John Deere Werke Manheim (Alemanha) (Motores com Bomba Injetora Bosch VP44)
LV ............................... John Deere Commercial Product (Augusta, Georgia)
N................................. John Deere Des Moines Works (Des Moines, Iowa)
P ................................. Industrias John Deere Mexico S.A. de C.V. (Saltillo/Monterrey, México)
PY ............................... John Deere Pune (Índia)
RW .............................. John Deere Waterloo Tractor Works (Waterloo, Iowa)
T ................................. John Deere Dubuque Works (Dubuque, Iowa)
T8 ............................... Cameco Industries (Thibodaux, Louisiana)
TJ ............................... John Deere Forestry (antiga Timberjack) (Suécia/Finlândia/Canadá/EUA)
WZ .............................. John Deere Fabriek Horst B.V. (Holanda)
YC ............................... John Deere Jialian Harvester Co. Limited (China)
Z ................................. John Deere Werke Zweibrücken (Alemanha)
485 Código da Aplicação Neste exemplo (485), "4" indica 4 válvulas por cilindro e "85" indica motores Tier
3 (Estágio IIIA).

Coeficiente de Absorção (D) — (Motores Mais Antigos de absorção para emissões de fumaça ou, para motores
Fabricados em Saran ­ Motores Mais Recentes, mais recentes, um número de identificação interno da
Identificação Interna da Fábrica) fábrica.
A segunda linha de informação da placa de número de
série de Saran também pode conter o coeficiente do valor
RG19661,0000005 ­54­18MAY09­2/2

CTM206 (18JUN09) 01­001­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=32
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

Etiqueta de Código de Opção de Motor OEM

RG13717 —UN—25JAN05
Etiqueta de Código de Opção de Motor OEM
A—Código do Motor Básico

Uma etiqueta de código de opção está fixada sobre a reposição. Os manuais do operador e os catálogos de
tampa da válvula e identifica as opções instaladas em peças fornecem as listas de opções.
cada motor OEM para assegurar a aquisição das peças
corretas. NOTA: Antes da limpeza "tanque quente", assegure que
os códigos de opções estejam registrados
Sempre forneça a informação do código da opção e em outro lugar.
o código do motor básico ao encomendar peças de
RG41183,00000ED ­54­04AUG07­1/1

Informações Relativas a Regulamentos sobre Emissões


Dependendo do destino final, os motores podem estar componente cujo principal efeito é fazer um atalho,
em conformidade com os regulamentos de emissões, inutilizar ou tornar inoperante qualquer componente do
de acordo com a Agência de Proteção do Ambiente motor ou dispositivo que afete a conformidade do motor
dos E.U.A. (EPA), a Comissão de Recursos Aéreos com os regulamentos de emissão. Resumindo, é ilegal
da California (CARB) e, para a Europa, a Diretiva qualquer operação à exceção da devolução do motor
97/68/EC, relacionada com as medições de emissões às especificações originais publicadas.
de partículas e gases poluentes a partir de motores de
combustão interna. Tais motores são designados por Lista de componentes relacionados com emissões:
”CERTIFICADOS” e recebem uma etiqueta de emissão • Sistema de injeção de combustível
no motor. • Coletor de admissão
Os regulamentos proíbem a alteração de componentes • Turbocompressor
relacionados com a emissão listados em seguida, que • Resfriador da EGR
tornaria esse componente inoperativo ou a realização de • Válvula da EGR
qualquer ajuste no motor para além das especificações • Sistema de refrigeração de ar
publicadas. Também é ilegal instalar uma peça ou • Pistões
OUO1080,0000035 ­54­29AUG01­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­001­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=33
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

Tabelas de Aplicações do Motor


EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE
Modelo da Máquina Modelo do Motor
Equipamento de Colheita de Cana
Carregadeira 100/Colheitadeira (Kanaf) PE6068TT850
Trator para Cana 110 PE4045TT851
Trator 215 4x4 PE6068DT850
Trator 220 PE6068TT851
Trator/Colheitadeira de Abacaxi/Pulverizador 220 4x4 PE6068TT850, PE6068DT850
Pulverizador de Vegetais 404 T04045TT850, T04045TT801, PE4045TT850
Carregadeira de Cana 884 CD4045TBE50 (Tier 1)
Trator Carreta 904 CD4045TBE51 (Tier 1)
Trator Carreta 1266 CD6068TBE50 (Tier 1)
Trator Carreta 1866 CD6068TBE51 (Tier 2)
Trator Carreta 2256 CD6068HBE50 (Tier 1)
Colheitadeira S30 PE6068DT850
Carregadeira de Cana SP1800 PE6068DT850
Carregadeira de Cana SP1850 PE4045TT852
Carregadeira de Cana SP2252 PE6068TT850
Carregadeira de Cana SP3000 PE6068DT850
Colheitadeira
Colheitadeira 1075 CD6068TYC50, J06068TYC50
Colheitadeira 1165 J06068TCQ11
Colheitadeira 1170 CD6068TCQ50
Colheitadeira 1175 J06068TCQ12
Colheitadeira 1450 J06068TCQ01
Colheitadeira 1450 CWS/WTS CD6068HCQ60
Colheitadeira 1450 CWS CD6068HCQ82 (Tier 3)
Colheitadeira 1470 J06068TCQ18
Colheitadeira 1550 CWS/WTS CD6068HCQ61, JO6068ACQ04 (Tier 2)
Colheitadeira 1550 CWS CD6068HCQ81 (Tier 3)
Colheitadeira 1570 J06068HCQ06
Colheitadeira 1650 CTS J06068HCQ02
Colheitadeira 2254 CD6068HZ050
Colheitadeira 3518 CD6068TYC51, CD6068HYC50, J06068TYC51
Colheitadeira 9400 T06068HH050
Colheitadeira 9410 T06068HH051
Colheitadeira 9450 T06068HH052, PE6068HH052
Colheitadeira Hillmaster 9540/9540 CD6068HZ060
CD6068HZ480 (4 Válvulas) (Tier 3)
Colheitadeira 9540 WTS CD6068HZ480 (Tier 3)
Colheitadeira 9550 (Baixa Potência) PE6068HH054 (4 Válvulas) (Tier 2)
Colheitadeira 9550/9550SH (Alta Potência) PE6068HH055 (4 Válvulas) (Tier 2)
Colheitadeira 9560 (Baixa Potência) PE6068HH054 (4 Válvulas) (Tier 2)
Colheitadeira 9560 (Alta Potência) PE6068HH055 (4 Válvulas) (Tier 2)
PE6068HH058 (4 Válvulas) (Tier 3)
Colheitadeira 9560/9560HM CD6068HZ470 (4 Válvulas) (Tier 2)
CD6068HZ481 (4 Válvulas) (Tier 3)
Colheitadeira 9560 STS PE6068HH058 (Tier 3)
Colheitadeira 9560 STS CD6068HZ482 (Tier 3)
Colheitadeira 9560 WTS CD6068HZ480 (Tier 3)
Colheitadeira 9570 STS PE6068HH061 (4 Válvulas, Tier 3)
9570 STS Export PE6068HH062 (4 Válvulas, Tier 3)

Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­1/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=34
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
9570 Exportação PE6068HH059 (4 Válvulas, Tier 0)
Colheitadeira 9650 J06068HCQ01
Colheitadeira de Amendoim 9965 PE6068HH057
Colheitadeira Amadas PE6068HH060 (4 Válvulas, Tier 3)
Colheitadeira T550 CD6068HZ482 (Tier 3)
Colheitadeira T550 CD6068HZ483 (Tier 2)
Colheitadeira W330 CD6068HCQ82
Colheitadeira W540 CD6068HZ480 (Tier 3)
Colheitadeira W540 CD6068HZ483 (Tier 2)
Colheitadeira W550 CD6068HZ482 (Tier 3)
Equipamento de Colheita de Algodão
Recolhedora de Algodão 7455 T06068TN051, PE6068TN051
Recolhedora de Algodão 7460 PE6068TN054
Recolhedora de Algodão 7460 PE6068HN055 (2 Válvulas, Tier 3)
Colhedora de Algodão 9935 T06068TN051, PE6068TN051
Colhedora de Algodão 9970 PE6068HN052
Equipamento de Feno e Forragem
Enleiradeira 4890 T04045TE050, PE4045TE050
Enleiradeira 4895 T04045TE051, PE4045TE051
Enleiradeira 4896 PE6068HE050 (2 Válvulas, Tier 3)
Enleiradeira 4990 T06068TE050, PE6068TE050
Enleiradeira 4995 PE6068TE051
Enleiradeira 4996 PE4045HE050 (2 Válvulas, Tier 3)
Equipamento para Manuseio de Material
Telehandler 3200/3400 CD4045TZ250
Telehandler 3215/3415 (Versão Europeia) CD4045HZ275, CD4045TZ270
Telehandler 3215/3415 (Versão Norte­americana) CD4045HZ275, CD4045TZ270
Telehandler 3220/3420 (Versão Europeia) CD4045HZ275
Telehandler 3220/3420 (Versão Norte­americana) CD4045HZ275
Telehandler 3800, Articulado CD4045HZ050, 4045HZ060
Pulverizador
Pulverizador 4700 (138 kW) T06068TN050, PE6068TN050, T06068TN053, PE6068TN053
Pulverizador 4700 (149 kW) PE6068TN052
Pulverizador 4710 PE6068TN052
Pulverizador 4720 PE6068HN051 (Tier 2)
Pulverizador 4730 PE6068HN053
Pulverizador 4730 (Exportação para o Brasil) PE6068HN056 (Tier 0)
Pulverizador 4830 PE6068HN053
Pulverizador 5430i CD6068HWZ80
Pulverizador 6700 T04045TN050, PE4045TN050
Trator
Trator 3210 CD4045DRT50
Trator 3310 CD4045DRT51
Trator 3410 CD4045TRT50
Trator 5070M CD4045HL286 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5075M (fabricado em Saltillo) PE4045TP076 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5080M CD4045HL286 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
5080M (Fabricado em Saltillo) PE4045TP078 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5080R CD4045HL284 (Tier 3, HPCR/2V)
Trator 5085M (fabricado em Saltillo) PE4045TP075 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5090M CD4045HL286 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­2/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=35
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Trator 5090M (fabricado em Saltillo) PE4045TP077 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5090R CD4045HL284 (Tier 3, HPCR/2V)
Trator 5095M (fabricado em Saltillo) PE4045TP074 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5100R CD4045HL284 (Tier 3, HPCR/2V)
Trator 5403/5605 J04045DCQ01
Trator 5415 (fabricado em Saltillo) PE4045DP052, PE4045DP057, PE4045DP060
Trator 5425 (fabricado em Saltillo) PE4045DP057
Trator 5425 (Trator Hornet, fabricado em Saltillo) PE4045TP072
Trator 5425 (fabricado em Saltillo, Exportação África do Sul) PE4045TP079 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5525 (Trator Hornet, fabricado em Saltillo) PE4045TP072
Trator 5615 (fabricado em Saltillo) PE4045DP053, PE4045DP058
Trator 5615 (fabricado em Saltillo, Exportação­Turquia) PE4045DLV51 (Tier 1), PE4045DP054 (Tier 1)
Trator 5620 CD4045DL270
Trator 5625 (fabricado em Saltillo, Exportação África do Sul) PE4045TP080 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5705 J04045TCQ02
Trator 5715 (fabricado em Saltillo) PE4045TP059, PE4045TP066
Trator 5715 (fabricado em Saltillo, Exportação­Turquia) PE4045TLV51 (Tier 1), PE4045TP062 (Tier 1)
Trator 5620 CD4045DL270
Trator 5720 CD4045TL273
Trator 5725 (fabricado em Saltillo, Exportação África do Sul) PE4045TP081 (sistema mecânico de combustível, Tier 3)
Trator 5820 CD4045TL274
Trator 6010 CD4045DL050
Trator 6020 CD4045DL070
Trator 6020SE CD4045TL270 (Tier 2)
Trator 6100D PE4045TP070 (Tier 1), PE4045TP060 (Tier 1)
Trator 6103 PE4045TP055
Trator 6110 (Acionamento Direto do Ventilador, EMEA) CD4045TL058
Trator 6110 (Acionamento Viscoso do Ventilador, EMEA) CD4045TL050
Trator 6110/6110L (Versão Norte­americana) CD4045TL063
Trator 6110D PE4045TP071 (Tier 0)
Trator 6115D PE4045HP052 (Tier 3)
Trator 6120 (EMEA) CD4045TL070
Trator 6120 (Premium, EMEA) CD4045TL271
Trator 6120SE (EMEA) CD4045TL271
Trator 6120 (Versão Norte­americana) CD4045TL070
Trator 6120/6120L (Versão Norte­americana) CD4045TL271 (Tier 2)
Trator 6125D CD4045HP053 (Tier 0)
Trator 6130 CD4045HL282 (Tier 3)
Trator 6203 PE4045TP056
Trator 6130D PE4045HP052 (Tier 3)
Trator 6140D PE4045HP052 (Tier 3)
Trator 6205 CD4045TL064
Trator 6210/6210L (Versão Norte­americana) CD4045TL054
Trator 6210 (Acionamento Direto do Ventilador, EMEA) CD4045TL059
Trator 6210 (Acionamento Viscoso do Ventilador, EMEA) CD4045TL051
Trator 6215 (Advantage) CD4045TL071 (Tier 1), CD4045TL272 (Tier 2)
Trator 6215 (Classic) CD4045TL072
Trator 6215 (Classic) CD4045TL071
Trator 6215 (Classic) CD4045TL272 (Tier 2)
Trator 6220 CD4045TL071

Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­3/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=36
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Trator 6220 (Premium) CD4045TL272 (Tier 2)
Trator 6220S CD4045TL272 (Tier 2)
Trator 6220SE CD4045TL272
Trator 6225 CD4045HL282 (Tier 3)
Trator 6230 CD4045HL282 (Tier 3)
Trator 6230 (Premium, EMEA) CD4045HL480 (Tier 3)
Trator 6230 (Premium, Versão Norte­americana) CD4045HL280 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), CD4045HL480 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 6230 (Advantage) CD4045HL282 (Tier 3)
Trator 6310 (Acionamento Direto do Ventilador, EMEA) CD4045TL060
Trator 6310 (Acionamento Viscoso do Ventilador, EMEA) CD4045TL052
Trator 6310 (ECU Nível 4, EMEA) CD4045TLA50
Trator 6310/6310L/6310S (Versão Norte­americana) CD4045TL055
Trator 6320 (EMEA) CD4045HL072
Trator IVT 6320 (EMEA) CD4045HLA70
Trator 6320 (Premium, EMEA) CD4045HL472
Trator 6320SE (EMEA) CD4045TL073, CD4045HL270 (Tier 2)
Trator 6320 (Versão Norte­americana) CD4045TL074, CD4045HL073
Trator IVT 6320 (Versão Norte­americana) CD4045HLA71, CD4045HL472
Trator IVT 6320 (Versão Norte­americana) CD4045HL476 (Tier 2)
Trator 6320/6320L/6320S (Versão Norte­americana) CD4045HL470, CD4045HL472, CD4045HL270 (Tier 2)
Trator 6325 CD4045HL283 (Tier 3)
Trator 6330 CD4045HL283 (Tier 3)
Trator 6330 (Premium, EMEA) CD4045HL480 (Tier 3)
Trator 6330 (Premium, Versão Norte­americana) CD4045HL281 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), CD4045HL480 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 6330 (Advantage) CD4045HL283 (Tier 3)
Trator 6400 (fabricado em Saltillo) PE4045TP054
Trator 6403 (fabricado em Saltillo) PE4045TP057 (Não Certificado)
PE4045TP063 (Não Certificado)
Trator 6403 (fabricado em Saltillo, Exportação­EUA) PE4045TP060 (Tier 1)
PE4045TP064 (Tier 1)
Trator 6403 (fabricado em Augusta) CD4045TL062
Trator 6405 (Advantage) CD4045TL062
Trator 6405 (fabricado em Horizontina) J04045TCQ01
Trator 6410 (Acionamento Direto do Ventilador, EMEA) CD4045TL061
Trator 6410 (Acionamento Viscoso do Ventilador, EMEA) CD4045TL053
Trator 6410 (ECU Nível 4, EMEA) CD4045TLA51
Trator 6410/6410L/6410S (Versão Norte­americana) CD4045TL056
Trator 6415 (Advantage) CD4045TL075, CD4045HL272 (Tier 2)
Trator 6415 (fabricado em Horizontina) J04045TCQ03
Trator 6415 (fabricado em Saltillo) PE4045TP061 (Tier 2)
Trator 6420 (EMEA) CD4045HL070
Trator IVT 6420 (EMEA) CD4045HLA72
Trator 6420 (Premium, EMEA) CD4045HL473 (Tier 2)
Trator 6420S (EMEA) CD4045HLA73 (Tier 2)
Trator 6420SE (EMEA) CD4045HL271 (Tier 2)
Trator 6420 (Versão Norte­americana) CD4045HL070
Trator IVT 6420 (Versão Norte­americana) CD4045HLA72
Trator 6420/6420L/6420LS (Versão Norte­americana) CD4045HL271 (Tier 2)
Trator IVT 6420 (Versão Norte­americana) CD4045HL473 (Tier 2)
Trator 6425 CD4045HL283 (Tier 3)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­4/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=37
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Trator 6430 CD4045HL283 (Tier 3)
Trator 6430 (Premium, EMEA) CD4045HL480 (Tier 3)
Trator 6430 (Premium, Versão Norte­americana) CD4045HL281 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), CD4045HL480 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 6430 (Advantage) CD4045HL283
Trator 6505 CD6068DL051
Trator 6510 CD6068DL050
Tratores 6510L/6510S CD4045TL057
Trator 6515 (Clássico) (77 kW) CD6068DL071
Trator 6515 (Clássico) (85 kW) CD6068DL070
Trator 6515 (Classic) CD6068HL270 (Tier 2)
Trator 6520 (EMEA) CD6068DL070
Trator 6520SE (EMEA) CD6068TL073
Trator 6520 (Premium, EMEA) CD6068HL470 (4 Válvulas) (Tier 2), CD6068HL475 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 6520 (Versão Norte­americana) CD4045HL071
Trator 6520L/6520S (Versão Norte­americana) CD4045HL273 (Tier 2)
Trator 6525 CD6068HL280 (Tier 3)
Trator 6530 CD6068HL282 (Tier 3)
Trator 6530 (Premium, EMEA) CD6068HL480 (Tier 3), PE6068HL480 (Tier 3)
Trator 6603 (fabricado em Saltillo) PE6068TP053 (Não Certificado)
PE6068TP061 (Não Certificado)
Trator 6603 (fabricado em Saltillo, Exportação­EUA) PE6068TP054 (Tier 1)
PE6068TP062 (Tier 2)
Trator 6605 (Advantage) CD6068TL053
Trator 6605 (fabricado em Horizontina) J06068TCQ02
Trator 6610 CD6068TL050
Trator 6610 (ECU Nível 4) CD6068TLA50
Trator 6615 (Advantage) CD6068TL071
Trator 6615 (Advantage) CD6068HL271 (Tier 2)
Trator 6615 (fabricado em Horizontina) J06068TCQ13
Trator 6620 CD6068HLA70
Trator 6620 (Premium) CD6068HL471
Trator 6620SE CD6068HL272
Trator 6630 CD6068HL280 (Tier 3)
Trator 6630 (Premium) CD6068HL480 (Tier 3), PE6068HL480 (Tier 3)
Trator 6715 (Advantage) CD6068TL072
Trator 6715 (Advantage) CD6068HL273 (Tier 2)
Trator 6810 CD6068TL051
Trator 6810 (ECU Nível 4) CD6068TLA51
Trator 6820 CD6068HLA71
Trator 6820 (Premium) CD6068HL472 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 6830 CD6068HL281 (Tier 3)
Trator 6830 (Premium) CD6068HL481 (Tier 3), PE6068HL481 (Tier 3)
Trator 6910 (99 kW) CD6068TL052
Trator 6910 (107 kW) CD6068TL054
Trator 6910 (107 kW) (ECU Nível 4) CD6068TLA52
Trator 6910S (ECU Nível 4) CD6068TLA53
Trator 6920 CD6068HLA72
Trator 6920 (Premium) CD6068HL473 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 6920S CD6068HLA73, CD6068HL474 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 6920SE (Exportação­Rússia) CD6068TL074
Trator 6925 CD6068TL074 (Tier 1)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­5/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=38
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Trator 6930 CD6068HL281 (Tier 3)
Trator 6930 (Premium) CD6068HL481 (Tier 3), PE6068HL481 (Tier 3)
Trator 7130 (Advantage) CD6068HL280 (Tier 3)
Trator 7130 (Premium, Versão Norte­americana) PE6068HRW72 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), PE6068HRW73 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
7210 (SYNCROPLUS™) T06068TRW53
7210 (POWRQUAD™) T06068TRW50, PE6068TRW50
Trator 7220 (fabricado em Waterloo) CD6068TRW01, PE6068TRW01, PE6068HRW59
Trator IVT 7220 (fabricado em Waterloo) PE6068HRW61
Trator 7220 (fabricado em Saltillo) PE6068TP055
Trator 7230 (Advantage) CD6068HL280 (Tier 3)
Trator 7230 (Premium, Versão Norte­americana) PE6068HRW72 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), PE6068HRW73 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7320 (fabricado em Waterloo) CD6068HRW01, PE6068HRW01, PE6068HRW59
Trator IVT 7320 (fabricado em Waterloo) PE6068HRW61
Trator 7320 (fabricado em Saltillo) PE6068TP056 (Tier 2)
Trator 7330 (Premium, Versão Norte­americana) PE6068HRW74 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), PE6068HRW75 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7405 (Advantage, fabricado em Saltillo) CD6068TP051, PE6068TP051
7410 (SYNCROPLUS™) T06068TRW54, PE6068HRW54
7410 (POWRQUAD™) T06068TRW51, PE6068TRW51
Trator 7410 (fabricado em Saltillo) CD6068TP052
Trator 7420 (fabricado em Waterloo) CD6068HRW01, PE6068HRW01
Trator 7420 (fabricado em Saltillo) PE6068TP057 (Tier 2)
Trator 7430 (Versão Norte­americana) PE6068HRW74 (Tier 3, 2 Válvulas com cilindro), PE6068HRW77 (Tier
3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7430 (Premium, EMEA) CD6068HL482 (Tier 3), PE6068HL482 (Tier 3)
Trator Premium 7430 E CD6068HL483 (Tier 3)
Trator 7500 (fabricado em Saltillo) PE6068TP052
Trator 7505 (fabricado em Horizontina) J06068TCQ03
7510 (POWRQUAD™) T06068TRW70, PE6068TRW70
Trator 7515 (fabricado em Horizontina) J06068TCQ14
Trator 7520 CD6068HRW01, PE6068HRW01
Trator 7520 (fabricado em Saltillo) PE6068TP058 (Tier 2)
Trator 7530 (Premium, EMEA) CD6068HL482 (Tier 3), PE6068HL482 (Tier 3)
Trator Premium 7530 E CD6068HL483 (Tier 3)
Trator 7610 (105 kW) T06068TRW52, PE6068TRW52
Trator 7610 (110 kW) T06068TRW72, PE6068TRW72
Trator 7630 (Versão Norte­americana) PE6068HRW64 (Tier 3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7715 (fabricado em Horizontina) J06068HCQ01
Trator 7720 (Transmissão Auxiliar) PE6068HRW54 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 7730 PE6068HRW64 (Tier 3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7810 (Exportação para o Brasil) PE6068TRW73
Trator 7815 (Exportação para o Brasil) PE6068HRW63
Trator 7820 (Transmissão Não­Auxiliar) PE6068HRW54 (4 Válvulas) (Tier 2)
Trator 7830 PE6068HRW65 (Tier 3, 4 Válvulas com cilindro)
Trator 7930 PE6068HRW65 (Tier 3, 4 Válvulas com cilindro)

SYNCROPLUS é uma marca registrada da Deere & Company


POWRQUAD é uma marca registada da Deere & Company
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­6/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=39
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS COMERCIAIS E AO CONSUMIDOR JOHN DEERE


Tratores 5080G, GF, e GV (fabricados em Agritalia) CD4045HAT80 (Tier 3)
Trator 5083E (fabricado em Augusta) PE4045TLV53 (Tier 2)
Trator 5085M (fabricado em Augusta) PE4045HLV53 (Tier 3)
Tratores 5090G, GF, GH e GV (fabricado em Agritalia) CD4045HAT81 (Tier 3)
Trator 5093E (fabricado em Augusta) PE4045TLV54 (Tier 2)
Trator 5095M (fabricado em Augusta) PE4045HLV52 (Tier 3)
Tratores 5100GF e GV (fabricados em Agritalia) CD4045HAT82 (Tier 3)
Trator 5101E (fabricado em Augusta) CD4045TLV56 (Tier 2)
Trator 5105M (fabricado em Augusta) PE4045HLV50 (Tier 3)
Trator 5410 (fabricado em Augusta) CD4045DLV50, PE4045DLV50, PE4045DLV51
Trator 5410 (fabricado em Agritalia) CD4045TAT50
Trator 5415 (fabricado em Agritalia) CD4045DAT70
Trator 5420/5420N (fabricado em Augusta) PE4045DLV50, PE4045DLV51
Trator 5425 (fabricado em Augusta) PE4045TLV53
Trator 5510/5510N (fabricado em Augusta) CD4045TLV50, PE4045TLV50, PE4045TLV51
Trator 5510 (Opção de Embreagem LUK, fabricado em Augusta) PE4045TLV52
Trator 5510 (fabricado em Agritalia) CD4045TAT50
Trator 5515 (fabricado em Agritalia) CD4045TAT70
Trator 5520/5520N (fabricado em Augusta) PE4045TLV50, PE4045TLV51
Trator 5520 (fabricado em Augusta) PE4045TLV52
Trator 5525 (fabricado em Augusta) PE4045TLV54
Trator 5615 (fabricado em Agritalia) CD4045TAT71

Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­7/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=40
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS FLORESTAIS E PARA CONSTRUÇÃO JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Retroescavadeira, Carregadeira
Retroescavadeira 210LJ PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira 310E T04045DT055, T04045TT056
Retroescavadeira 310E (Alt Comp) T04045TT056
Retroescavadeira 310SE T04045TT050
Retroescavadeira 310G (Nº de Série —910005) T04045DT056, PE4045DT056
Retroescavadeira 310G (Nº de Série —910006) T04045DT058, PE4045TT058 (Tier 2)
Retroescavadeira 310G (Alt. Comp.) (Nº de Série —910007) T04045TT080, PE4045TT080 (Tier 1)
Retroescavadeira 310G (Alt. Comp.) (Número de Série 910057— ) PE4045TT088 (Tier 2)
Retroescavadeira 310J AC PE4045TT094 (Tier 2)
Retroescavadeira 310J PE4045TT094 (Tier 2), PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira 310J SJ­EH PE4045TT094 (Tier 2)
Retroescavadeira 310SG (Alt. Comp.) (Número de Série 909514— ) T04045TT080
Retroescavadeira 310SG (Nº de Série —910004) T04045TT081, PE4045TT081 (Tier 1)
Retroescavadeira 310SG (Nº de Série 910056— ) PE4045TT089 (Tier 2)
Retroescavadeira 310SJ PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira TMC 310SJ PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira 310SJ (Exportação) PE4045TT094 (Tier 2)
Retroescavadeira 310SJ (Exportação) PE4045TT094 (Tier 2)
Retroescavadeira 315SE T04045TT060
Retroescavadeira 315SG (Nº de Série —909995) T04045TT081, PE4045TT081
Retroescavadeira 315SG (Nº de Série 910069— ) PE4045TT089 (Tier 2)
Retroescavadeira 410E T04045TT053
Retroescavadeira 410G T04045TT082, PE4045TT082,
PE4045TT093 (Tier 2) PE4045HT055 (Tier 3)
Retroescavadeira 410J PE404TT095 (Tier 2), PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira TMC 410J PE4045HT054 (Tier 3)
Retroescavadeira 410J (Exportação) PE4045TT095 (Tier 2)
Retroescavadeira 710D (Nº de Série —834729) T06068TT050, PE6068TT050
Retroescavadeira 710D (Nº de Série 834730— ) T06068TT055, PE6068TT055
Retroescavadeira 710G T06068TT057, PE6068TT057
Retroescavadeira 710J PE4045TT061 (Tier 2)
Retroescavadeira 710J EH PE6068TT061 (Tier 2), 6068HT067 (Tier 3)
Enfardador
Enfardador 1190E CD6068HTJ88 (Tier 3)
Enfardador 1490D CD6068HTJ85 (Tier 3)
Trator de Esteiras, Carregadeira de Esteiras
Trator de Esteiras DX75 (Japão) T04045DT006, T04045DT052
Trator de Esteiras DX75 HST (Japão) T04045TT070, PE4045TT070
Trator de Esteiras 450G (Acionamento Direto) (Nº de Série 840528 T04045DT004, T04045TT005 (Não Certificado)
– 840890)
Trator de Esteiras 450G (Acionamento Direto) (Nº de Série 841246 T04045TT061, PE4045TT061 (Tier 1)
– 879425)
Trator de Esteiras 450G (Conversor de Torque) (Nº de Série 840529– ) T04045TT013 (Não Certificado)
Trator de Esteiras 450G (Conversor de Torque) T04045TT067, PE4045TT067
Trator de Esteiras 450H, 450HLT T04045DT053
Trator de Esteiras 450H (Nat. Asp.) T04045DT057, PE4045DT057 (Tier 2)
Trator de Esteiras 450H LGP T04045TT058, PE4045TT058
Trator de Esteiras 450H LGP T04045TT085, PE4045TT085, PE4045TT090 (Tier 2)
Trator de Esteiras 450H (Alt. Comp.) T04045TT057, PE4045TT057
Trator de Esteiras 450H (Alt. Comp.) T04045TT084, PE4045TT084, PE4045TT090 (Tier 2)

Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­8/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=41
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS FLORESTAIS E PARA CONSTRUÇÃO JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Carregadeira de Esteiras 455G (Transmissão Direta) T04045TT061, PE4045TT061 (Tier 1)
Carregadeira de Esteiras (Conversor de Torque) 455G T04045TT067, PE4045TT067
Trator de Esteiras 550G T04045TT006, T04045TT014, T04045TT062
Trator de Esteiras 550G (Conversor de Torque) T04045TT062, T04045TT068
Trator de Esteiras 550H (Nº de Série —909830) T04045TT064, PE4045TT064
Trator de Esteiras 550H (Nº de Série 910019— ) PE4045TT086, PE4045TT090 (Tier 2)
Arado para Incêndio Florestal 550H (Nº de Série 898487—909788) T04045TT083, PE4045TT083
Trator de Esteiras 550H LGP (Nº de Série —909667) T04045TT065, PE4045TT065
Trator de Esteiras 550H LGP (Nº de Série 910017— ) PE4045TT087, PE4045TT090 (Tier 2)
Carregadeira de Esteiras 555G (Acionamento Direto) (Nº de Série T04045TT063, PE4045TT063
840461— )
Carregadeira de Esteiras 555G (Conversor de Torque) T04045TT069, PE4045TT069
605C Carregadeira de Esteira CD4045TF278
Carregadeira de Esteiras 605D CD4045HT280 (Tier 3)
Trator de Esteiras 650G (Transmissão Direta) T04045TT007, T04045TT063, PE4045TT063
Trator de Esteiras 650G (Conversor de Torque) T04045TT015, T04045TT063, PE4045TT063, T04045TT069,
PE4045TT069
Trator de Esteiras 650H T04045TT066, PE4045TT066
Trator de Esteiras 650H PE4045HT050 (Tier 2)
Arado para Incêndio Florestal 650H—71 kW (95 hp) PE4045HT051 (Tier 2)
Arado para Incêndio Florestal 650H—85 kW (114 hp) T04045TT091, PE4045TT091
Trator de Esteiras 700H T06068TT056, PE6068TT056
Trator de Esteiras 700H PE6068TT060 (Tier 2)
Trator de Esteiras 700J PE6068HT066
Trator de Esteiras 750C (Nº de Série —831315) T06068TT007
Trator de Esteiras 750C (Nº de Série 831316— ) T06068TT052, PE6068TT052
Trator de Esteiras 750J PE6068HT063 (Tier 3, HPCR/2V)
755D Carregadeira de Esteira CD6068HT480 (Tier 3)
Trator de Alta Velocidade 764 PE6068HT077 (Tier 3, HPCR/4V)
Escavadeira
Escavadeira 690D T06068TT051, PE6068TT051
Escavadeira 690ELC (Nº de Série 559603— ) T06068TDW56
Escavadeira 110 T04045TT054, PE4045TP052
Escavadeira 110C PE4045TP058
Escavadeira 110CFX PE4045TP058
Escavadeira Militar HYEX PE4045TT050
Escavadeira 120 T04045TT052, PE4045TP051
Escavadeira 120C PE4045HP050 (Tier 2)
Escavadeira 120D PE4045HT061 (Tier 3)
Escavadeira 160CLC PE4045HP051 (Tier 2)
Escavadeira 160D PE4045HT056 (Tier 3)
Escavadeira 160LC T04045TT055, PE4045TP053
Escavadeira 200LC T06068TT051, PE6068TT051
Escavadeira 200CLC PE6068HT053, PE6068HT059 (Tier 2)
Escavadeira 200D PE6068HT069 (Tier 3)
Escavadeira 230LC, 230LR T06068HT051, PE6068HT051
Escavadeira 230CLC PE6068HT054 (Tier 2)
Escavadeira 240D PE6068HT061 (Tier 3)
Escavadeira 240DLC PE6068HT061 (Tier 3)
Escavadeira 270CLC PE6068HT055 (Tier 2)
Escavadeira 270LC T06068HT052, PE6068HT052

Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­9/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=42
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS FLORESTAIS E PARA CONSTRUÇÃO JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Escavadeira 270DLC PE6068HT062 (Tier 3)
Escavadeira 790ELC T06068TT005
Escavadeira CFX270CLC PE6068HT055 (Tier 2)
Escavadeira CFX270LC T06068HT052, PE6068HT052
Feller Buncher
Feller Buncher 643G T06068TT053, PE6068TT053
Feller Buncher 643H PE6068TT058
Feller Buncher 643J PE6068HTJ55 (4 Válvulas) (Tier 2)
Feller Buncher 643K PE6068HTJ55 (4 Válvulas) (Tier 2)
Feller Buncher 653E T06068TT053, PE6068TT053
Feller Buncher 653G—120 kW (160 hp) T06068TT053, PE6068TT053, PE6068TT059
Feller Buncher 653G—140 kW (188 hp) PE6068HT057
Feller Buncher 843G T06068HT050, PE6068HT050
Feller Buncher 843H PE6068HT056
Feller Buncher 843J PE6068HT056, PE6068HTJ54 (Tier 2)
Feller Buncher 843K PE6068HTJ54 (4 Válvulas) (Tier 2)
Empilhadeira
Empilhadeiras 485E, 486E, 488E T04045DT050, PE4045DT050
Forwarder
Forwarder 810 CD4045HTJ75
Forwarder 810D CD4045HTJ85 (Tier 3)
Forwarder 810E CD4045HTJ86 (Tier 3)
Forwarder 1010D CD4045HTJ76 (Tier 2), CD4045HTJ85 (Tier 3), CD4045HTJ05 (Tier 0)
Forwarder 1010E CD4045HTJ87 (Tier 3)
Forwarder 1110D CD6068HTJ75, CD6068HTJ85 (Tier 3)
Forwarder 1110E CD6068HTJ88 (Tier 3)
Forwarder 1210E CD6068HTJ88 (Tier 3)
Forwarder 1410D CD6068HTJ77 (Tier 2), CD6068HTJ85 (Tier 3), CD6068HTJ05 (Tier 0)
Forwarder 1510E CD6068HTJ88 (Tier 3)
Motoniveladora
Motoniveladora 670C, 670C Série II T06068HDW53, PE6068HDW53
Motoniveladora 670CH, 672CH T06068HDW55, PE6068HDW55
Motoniveladora 670CH Série II, 672CH Série II (Nº de Série —589368) T06068HDW58, PE6068HDW58
Motoniveladora 670CH Série II, 672CH Série II (Número de Série PE6068HDW61 (Tier 2)
589369— )
Motoniveladora 670D PE6068HDW61 (Tier 2)
Niveladora 670G PE6068HDW75 (Tier 2, HPCR/4V)
Motoniveladora 672G PE6068HDW75 (Tier 2, HPCR/4V)
Colheitadeira, com Rodado
Colheitadeira com Rodado 770D CD4045HTJ77
Colheitadeira com Rodado 1070D CD6068HTJ76, CD6068HTJ86 (Tier 3)
Colheitadeira com Rodado 1170E CD6068HTJ89 (Tier 3)
Carregadeira de Jardinagem
Carregadeira de Jardinagem 210LE T04045DT050, PE4045DT050, PE4045DT059 (Tier 2), PE4045TT092
(Tier 2)
Carregadeira de Toras, tipo Knuckleboom
Carregadeira de Toras tipo Knuckleboom PE6068TTJ50
330, 330B, 430, 430B
Carregadeira de Toras tipo Knuckleboom PE6068TTJ51
335B, 335C, 435B, 435C, 437C
Carregadeiras de Toras
Carregadeira de Toras 2054 PE6068HT053, PE6068TT053, PE6068HT059 PE6068HT065 (Tier 2)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­10/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=43
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS FLORESTAIS E PARA CONSTRUÇÃO JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Carregadeira de Toras 2154 PE6068HT072 (Tier 3)
Carregadeira de Toras 2554 PE6068HT054, PE6068HT064 (Tier 2)
Carregadeira de Toras 2954 PE6068HT070 (Tier 3)
Carregadeira, Tração nas Quatro Rodas
Carregadeira LX80 T04045HDW51
Carregadeira LX100 (Máquina de Construção Hitachi) T06068TDW53, PE6068TDW53
Carregadeira LX100­3 (Máquina de Construção Hitachi) T06068TDW50, PE6068TDW50
Carregadeira LX120 (Máquina de Construção Hitachi) T06068HDW52, T06068HDW70, PE6068HDW70
Carregadeira 324H CD4045DF153
Carregadeira 344H CD4045TF152
Carregadeira 344H CD4045TF273 (Tier 2)
Carregadeira 344J CD4045TF273 (Tier 2), CD4045HT281 (Tier 3)
Máquina Portadora de Implementos TC44H T04045TDW50, PE4045TDW50
Carregadeira 444H T04045TDW50, T04045HDW50, PE4045TDW50
Carregadeira 444J PE4045HDW52 (Tier 2), PE4045HDW53 (Tier 3)
Carregadeira 444K PE4045HDW54 (Tier 3)
Máquina Portadora de Implementos TC54H T06068TDW50, PE6068TDW50
Carregadeira 524K PE6068HDW74 (Tier 3)
Carregadeira 544H T06068TDW50, PE6068TDW50
Carregadeira 544J PE6068HDW56 (Tier 2), PE4045HDW70 (Tier 3)
Carregadeira 544K PE6068HDW74 (Tier 3)
Máquina Portadora de Implementos TC62H T06068HDW50, PE6068HDW50
Carregadeira 624G T06068TDW010
Carregadeira 624H T06068HDW50, PE6068HDW50
Carregadeira 624J PE6068HDW57 (Tier 2), PE6068HDW67 (Tier 3)
Carregadeira 624K PE6068HDW67 (Tier 3)
Carregadeira 624K PE6068HDW79 (Tier 3)
Carregadeira 624KR PE6068HDW73 (Tier 3)
Carregadeira 644K PE6068HDW69 (Tier 3)
Carregadeira 644K PE6068HDW80 (Tier 3)
Carregadeira 1204C (Bell Equipment) CD4045TBE52 (Tier 2)
Carregadeira 1706C (Bell Equipment) CD6068TBE53 (Tier 1)
Carregadeira 1806C CD6068TBE52 (Tier 2)
Motoniveladora
Motoniveladoras 670G PE6068HDW75 (Tier 2)
Motoniveladora 672G PE6068HDW75 (Tier 2)
Carregadeira de Esteiras
Carregadeira de Esteira JD7 PE4045DKV50, PE4045DKV51
Carregadeira de Esteira 270 (Transmissão Auxiliar) PE4045DKV50
Carregadeira de Esteira 270 (Transmissão Não Auxiliar) PE4045DKV51
Carregadeira de Esteiras 280 PE4045TKV50
Skidder
Skidder 360D (Timberjack) T06068TDW54, PE6068TDW54
Skidder 360D (Timberjack) (Número de Série 589337— ) PE6068TDW58 (Tier 2)
Skidder 460D (Transmissão Direta) (Timberjack) T06068TDW55, PE6068TDW55
Skidder 460D (Transmissão Direta) (Timberjack) (Nº de Série PE6068HDW60 (Tier 2), PE6068HDW65 (Tier 3)
589337— )
Skidder 460D (Conversor de Torque) (Timberjack) (Nº de Série T06068TDW57, PE6068TDW57
—586336)
Skidder 460D (Conversor de Torque) (Timberjack) (Nº de Série PE6068HDW59 (Tier 2)
589337— )
Skidder 460D (Conversor de Torque) (Timberjack) (Europa) PE6068HDW63 (Tier 2), PE6068HDW64 (Tier 3)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­11/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=44
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

EQUIPAMENTOS FLORESTAIS E PARA CONSTRUÇÃO JOHN DEERE


Modelo da Máquina Modelo do Motor
Skidder 540G, 548G (Nº de Série 558205—565684) T06068TDW51
Skidder 540G­II, 548G­II (Nº de Série 565685—576602) T06068TDW54, PE6068TDW54
Skidder 540G­III, 548G­III (Nº de Série 576603—586336) T06068TDW54, PE6068TDW54
Skidder 540G­III, 548G­III (Número de Série 586337— ) PE6068HDW58 (Tier 2)
Skidder 560 PE6068HDW66 (Tier 3)
Skidder 640G, 648G (Nº de Série 558205—565684) T06068TDW52
Skidder 640G­II, 648G­II (Nº de Série 565685—576602) T06068TDW55, PE6068TDW55
Skidder 640G­III, 648G­III (Acionamento Direto) (Nº de Série T06068TDW55, PE6068TDW55
576603—586336)
Skidder 640G­III, 648G­III (Transmissão Direta) (Número de Série PE6068HDW60 (Tier 2)
589337— )
Skidder 640G­III, 648G­III (Conversor de Torque) (Nº de Série T06068TDW57, PE6068TDW57
—586336)
Skidder 640G­III, 648G­III (Conversor de Torque) (Número de Série PE6068HDW59 (Tier 2)
586337— )
Skidder 640G­III, 648G­III (Conversor de Torque) (Europa) PE6068HDW63 (Tier 2)
Skidder 640H PE6068HDW64 (Tier 3), PE6068HDW65 (Tier 3)
Skidder 648H PE6068HDW64 (Tier 3), PE6068HDW65 (Tier 3)
Skidder 748 (Transmissão Direta) PE6068HDW66 (Tier 3)
Skidder 748H PE6068HDW71 (Tier 3)
Skidder 848H PE6068HDW66 (Tier 3)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­12/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­15 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=45
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

JOHN DEERE OEM (FABRICANTES ORIGINAIS DE EQUIPAMENTOS)


Modelo do Motor Aplicação
4045DF120 Tier 0
4045DF150 Tier 1
4045DF151 Tier 1
4045DF152 Tier 1
4045DF153 Tier 1
4045DF154 Tier 1
4045DF157 Tier 1
4045DF158 Tier 1
4045DF159 Tier 1, aplicação Clarke
4045DF270 Tier 2
4045DF270 Tier 2
4045DFG70 Tier 2, aplicação Goldoni
4045DFM50 Marítimo
4045DFM70 Tier 2 Marítimo
4045HF120 Tier 0
4045HF150 Tier 1
4045HF157 Tier 1
4045HF158 Tier 1
4045HF252 Tier 1
4045HF254 Tier 1, aplicação Clarke
4045HF275 Tier 2
4045HF279 Estágio II, Grupo Gerador
4045HF280 Tier 3 (Mecânico)
4045HF285 Tier 3 (HPCR/2V)
4045HF475 Tier 2 (HPCR/4V)
4045HF485 Tier 3 (HPCR/4V)
4045HFC28 Tier 3 (HPCR/2V), aplicação Clarke
4045HFG80 Tier 3, (Mecânico), aplicação Goldoni
4045HFJ85 Indústrias JLG
4045HFS73 Estágio II, Grupo Gerador
4045HFS80 Estágio II, Grupo Gerador
4045HFS82 Estágio II, Grupo Gerador
4045HFS83 Estágio II, Grupo Gerador
4045HFU79 Estágio II, Grupo Gerador
4045TF120 Tier 0
4045TF120 Tier 0
4045TF150 Tier 1
4045TF151 Tier 1
4045TF152 Tier 1
4045TF154 Tier 1
4045TF155 Tier 1
4045TF157 Tier 1
4045TF158 Tier 1
4045TF161 Tier 1
4045TF162 Tier 1
4045TF220 Tier 0
4045TF250 Tier 1
4045TF251 Tier 1
4045TF252 Tier 1
4045TF253 Tier 1
4045TF254 Tier 1
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­13/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­16 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=46
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

JOHN DEERE OEM (FABRICANTES ORIGINAIS DE EQUIPAMENTOS)


Modelo do Motor Aplicação
4045TF257 Tier 1
4045TF258 Tier 1
4045TF270 Tier 2
4045TF271 Tier 2
4045TF275 Tier 2
4045TF280 Tier 3 (Mecânico)
4045TF281 Tier 3 (Mecânico), aplicação Agrícola
4045TF285 Tier 3 ((HPCR/2V))
4045TFG80 Tier 3, (Mecânico), aplicação Goldoni
4045TFM50 Marítimo
4045TFM50 Marítimo
4045TFM75 Tier 2, Marítimo
6068AFM75 Tier 3 ((HPCR/4V)), Marítimo
6068DF150 Tier 1
6068HF120 Tier 0
6068HF150 Tier 1
6068HF157 Tier 1
6068HF158 Tier 1
6068HF250 Tier 1
6068HF252 Tier 1
6068HF254 Tier 1, aplicação Clarke
6068HF258 Tier 1
6068HF275 Tier 2
6068HF279 Estágio II, Grupo Gerador
6068HF285 Tier 3 ((HPCR/2V))
6068HF475 Tier 2 (HPCR/4V)
6068HF485 Tier 3 (HPCR/4V)
6068HFC28 Tier 3 (HPCR/2V), aplicação Clarke
6068HFC48 Tier 3 (HPCR/4V), aplicação Clarke
6068HFS73 Estágio II, Grupo Gerador
6068HFS82 Tier 3, Grupo Gerador
6068HFS83 Tier 3, Grupo Gerador
6068HFS89 Tier 3, Grupo Gerador
6068HFU79 Estágio II, Grupo Gerador
6068SFM50 Marítimo
6068SFM75 Tier 2, Marítimo
6068TF120 Tier 0
6068TF150 Tier 1
6068TF151 Tier 1
6068TF152 Tier 1
6068TF157 Tier 1
6068TF158 Tier 1
6068TF159 Tier 1
6068TF220 Tier 0
6068TF250 Tier 1
6068TF251 Tier 1
6068TF254 Tier 1, aplicação Clarke
6068TF257 Tier 1
6068TF258 Tier 1
6068TF275 Tier 2
6068TF485 Tier 3 (HPCR/4V)
Continua na página seguinte RG19661,0000008 ­54­13MAY09­14/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­17 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=47
Tabelas de Aplicação e Identificação do Motor

JOHN DEERE OEM (FABRICANTES ORIGINAIS DE EQUIPAMENTOS)


Modelo do Motor Aplicação
6068TFM50 Marítimo
6068TFM75 Tier 2, Marítimo
6068TFM76 Tier 2, Marítimo
RG19661,0000008 ­54­13MAY09­15/15

CTM206 (18JUN09) 01­001­18 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=48
Grupo 002
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Combustível Diesel
Procure o seu distribuidor local de combustível para se
Teor de Enxofre para Motores Interim Tier
informar sobre as propriedades do diesel disponível em
4 e (UE) Stage IIIB
sua área.
De um modo geral, o diesel é combinado para satisfazer • A qualidade e o teor de enxofre do diesel devem
às exigências de baixa temperatura da região na qual estar de acordo com todas as normas de emissões
são comercializados. existentes para a região em que o motor vai operar.
• Use SOMENTE diesel com teor ultra­baixo de enxofre
Os combustíveis diesel recomendados são os (ULSD) com teor inferior a 0,0015% (15 ppm).
especificados segundo as normas EN 590 ou ASTM
D975. Diesel renovável produzido por hidrotratamento de Teor de Enxofre para Outros Motores
gordura animal e óleos vegetais é basicamente idêntico
a diesel de petróleo. Diesel renovável de acordo com a
• A qualidade e o teor de enxofre do diesel devem
estar de acordo com todas as normas de emissões
norma EN 590 ou ASTM D975 é aceitável para uso em existentes para a região em que o motor vai operar.
todos os níveis de percentual de mistura.
• Recomenda­se EXPRESSAMENTE o uso de diesel
Propriedades Exigidas do Combustível com teor de enxofre menor que 0,10% (1000 ppm).
• O uso de diesel com teor de enxofre entre 0,10% (1000
Em todos os casos, o combustível deve estar de acordo ppm) e 0,50% (5000 ppm) pode REDUZIR os intervalos
com as seguintes propriedades: de manutenção de filtro e óleo. Consulte a tabela em
Intervalos de Manutenção de Filtro e Óleo do Motor
Índice de cetano mínimo de 45. É preferível um Diesel.
índice de cetano maior que 50, especialmente para • ANTES de usar diesel com teor de enxofre superior a
temperaturas abaixo de ­20° C (­4° F) ou elevações acima 0,50% (5000 ppm), consulte seu concessionário John
de 1500 m (5000 ft). Deere.
Ponto de Entupimento do Filtro a Frio (PEFF) pelo IMPORTANTE: NÃO misture óleo do motor ou
menos 5° C (9° F) abaixo da temperatura mínima prevista qualquer outro tipo de lubrificante com diesel.
OU Ponto de Névoa (Turvação) abaixo da temperatura
mínima prevista. O uso impróprio de aditivo pode danificar
o equipamento de injeção de combustível
Lubricidade do combustível deve passar um diâmetro dos motores diesel.
de marca de desgaste máximo de 0,45 mm conforme
medido segundo a norma ASTM D6079 ou ISO 12156­1.
DX,FUEL1 ­54­28APR09­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=49
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Combustível Biodiesel
O biodiesel é um combustível constituído de ésteres o armazenamento e o desempenho com combustíveis
monoalquílicos de ácidos graxos de cadeia longa de óleos biodiesel.
vegetais ou gordura animal. As misturas de biodiesel são
misturas de biodiesel com combustível diesel de petróleo Ao usar combustível biodiesel, o nível de óleo do motor
numa base de volume. deve ser verificado diariamente. Se o óleo se diluir com
o combustível, reduza os intervalos de troca do óleo.
Os usuários de biodiesel nos Estados Unidos são Consulte Intervalos de Manutenção de Óleo para Motor
enfaticamente encorajados a comprar misturas de Diesel e Filtro para mais detalhes a respeito de biodiesel
biodiesel de comerciantes com Certificado BQ­9000 e intervalos de troca de óleo.
e originados de produtores com Credencial BQ­9000
(conforme certificado pelo National Biodiesel Board). Os O seguinte deve ser considerado ao usar misturas de
comerciantes certificados e os produtores credenciados biodiesel até B20:
podem ser encontrados no seguinte site da web: • Diminuição de fluxo por clima frio
http://www.bq­9000.org. • Problemas de estabilidade e armazenamento (absorção
Embora as misturas de 5% (B5) são preferidas, de umidade, oxidação, desenvolvimento microbiano)
concentrações de mistura de biodiesel de até 20% (B20) • Possível restrição e obstrução do filtro (normalmente
no combustível diesel de petróleo podem ser usados em um problema na primeira mudança para biodiesel nos
todos os motores John Deere. As misturas de biodiesel motores usados).
até B20 podem ser usadas SOMENTE se o biodiesel • Possível vazamento de combustível pelas vedações e
(100% de biodiesel ou B100) satisfazer a ASTM D6751 mangueiras
(EUA), EN 14214 (UE), ou especificação equivalente. • Posível redução da vida útil dos componentes do motor
Espera­se uma redução de 2% na potência e um redução O seguinte também deve ser considerado ao usar
de 3% na economia de combustível ao usar o B20. misturas de biodiesel acima de B20:
Os condicionadores de combustível aprovados pela John • Possível carbonização e/ou obstrução dos bicos
Deere, contendo aditivos detergentes/dispersantes, são injetores, resultando em perda de potência e falha
recomendados ao usar misturas de biodiesel mais baixas, de ignição do motor, se não forem usados os
mas são necessários quando usar misturas de B20 ou condicionadores de combustível aprovados pela John
maiores. Deere, contendo aditivos detergentes/dispersivos
Os motores John Deere podem também operar com • Possível diluição do óleo do cárter, necessitando trocas
misturas de biodiesel acima de B20 (até 100% de de óleo mais freqüentes
biodiesel) SOMENTE se o biodiesel satisfazer a • Possível corrosão do equipamento de injeção de
especificação EN 14214 (disponível principalmente combustível
na Europa). Os motores que operam com misturas • Possível laqueação e/ou entupimento dos componentes
de biodiesel acima de B20 podem não satisfazer internos
completamente todos os regulamentos de emissões • Possível formação de borra e sedimentos
aplicáveis. Espera­se uma redução de até 12% na • Possível oxidação térmica do combustível em
potência e uma redução de 18% na economia de temperaturas elevadas
combustível ao usar 100% de biodiesel. São necessários • Possível degenaração de vedação em elastômero e
condicionadores de combustível aprovados pela John material de gaxeta (um problema principalmente com
Deere, contendo aditivos detergentes/dispersantes. motores mais antigos)
• Possíveis problemas de compatibilidade com outros
A porção de diesel de petróleo das misturas de biodiesel materiais (incluindo cobre, chumbo, zinco, estanho,
devem satisfazer os requisitos das normas comerciais latão e bronze) usados nos sistemas de combustível e
ASTM D975 (EUA) ou EN 590 (UE). equipamentos de manuseio de combustível
As misturas de biodiesel até B20 devem ser usados
• Possível redução na eficiência do separador de água
dentro de 90 dias da data da fabricação do biodiesel. As
• Níveis de acidez potencialmente altos dentro do
sistema de combustível
misturas de biodiesel de B21 a B100 devem ser usados
dentro de 45 dias da data da fabricação do biodiesel.
• Possíveis danos à pintura se exposta ao biodiesel
IMPORTANTE: Os óleos vegetais prensados a frio
Solicite um certificado de análise do seu distribuidor de NÃO são aceitáveis para utilização como
combustíveis para assegurar que o combustível esteja combustível em nenhuma concentração
conforme as especificações acima. em motores John Deere. O uso deles
Consulte a sua concessionária John Deere a respeito de pode causar falha de motor.
condicionadores de combustível biodiesel para melhorar
DX,FUEL7 ­54­01OCT07­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=50
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Minimizar Efeitos do Inverno nos Motores Diesel


Os motores Diesel John Deere são projetados para ARREFECIMENTO PARA MOTORES DIESEL nesta
trabalhar eficazmente durante o Inverno. seção.)
Contudo, para o arranque e funcionamento eficazes Aditivo de Circulação do Diesel
no inverno, são necessários alguns cuidados
complementares. A informação dada em baixo descreve Use John Deere PREMIUM DIESEL FUEL
os passos que podem minimizar o efeito do Inverno CONDITIONER (fórmula de inverno) contendo
sobre o arranque e o funcionamento do motor. Consulte anti­congelante ou condicionador equivalente para tratar
o concessionário John Deere para mais informações e combustível de clima quente (Nº 2­D na América do
disponibilidade local sobre os cuidados no tempo frio. Norte) durante o inverno. Isto geralmente estende a
operacionalidade em cerca de 10°C (18°F) abaixo do
Usar Combustível de Inverno ponto de névoa do combustível. Para operacionalidade
em temperaturas inferiores, use combustível de inverno.
Quando a temperatura é inferior a 0°C (32°F), o
combustível de inverno (Grau 1­D na América do Norte) é IMPORTANTE: Trate o combustível quando a
o mais adequado para o funcionamento em clima frio. O temperatura exterior estiver abaixo dos 0°C
combustível de inverno tem um ponto inferior de névoa (32°F). Para melhores resultados, usar com
e de fluidez. combustível não tratado. Seguir todas as
instruções recomendadas no rótulo.
O ponto de névoa é o ponto em que se começa a formar
parafina no combustível que causa o entupimento dos Biodiesel
filtros do combustível. Ponto de fluidez é a temperatura
mais baixa em que o movimento do combustível é Ao operar com misturas ("blends") de biodiesel, pode
observado. ocorrer formação de cera em temperaturas quentes. Use
John Deere PREMIUM BIODIESEL FUEL CONDITIONER
NOTA: Em média, o diesel de inverno tem a taxa de
(fórmula de inverno) a 5°C (41°F) para tratar biodiesel
BTU (conteúdo de calor) inferior. A utilização do
durante o inverno. Use B5 ou misturas mais baixas em
combustível de inverno pode reduzir a potência
temperaturas abaixo de 0°C (32°F). Use somente diesel
e a eficiência do combustível, mas não afeta
de petróleo de inverno em temperaturas abaixo de ­10°C
o desempenho do motor. Verificar o tipo de
(14°F).
combustível usado antes de procurar pequenas
avarias por baixa potência no inverno. Dianteiras de Inverno
Aquecedor da Admissão de Ar O uso de dianteiras de inverno de tecido, papelão
ou sólidas não é recomendado para nenhum motor
O aquecedor da admissão de ar é um opcional disponível John Deere. Seu uso pode resultar em temperaturas
para auxiliar a partida em clima frio. excessivas do ar de carga, óleo e líq. de arrefecimento.
Isto pode reduzir a vida útil do motor, a potência e
Éter
aumentar o consumo. Dianteiras de inverno também
Há um bocal de éter na admissão disponível para auxiliar podem impor carga excessiva ao ventilador, levando a
a partida em clima frio. falhas prematuras.
Se usar dianteiras de inverno, elas nunca devem fechar
CUIDADO: Não use éter quando: totalmente a grade dianteira. Aprox. 25% de área no
centro da grade deve permanecer sempre aberta. Os
• Arrancar motor com vela de pré­aquecimento dispositivos de bloqueio de ar nunca devem ser aplicados
• Arrancar com aquecedor da admissão de ar diretamente no núcleo do radiador.
Aquecedor do Líq. de Arrefecimento Cortinas de Radiadores
O aquecedor do bloco do motor (aquecedor do líq. de Se equipado com sistema de cortina de radiador
arrefecimento) é um opcional disponível para auxiliar a controlado por termostato, este sistema deve ser regulado
partida em clima frio. de maneira que as cortinas estejam completamente
abertas quando o liq. de arrefecimento atingir 93°C
Óleo de Viscosidade Sazonal e Concentração (200°F) para evitar aquecimento excessivo do coletor de
Adequada de Líq. de Arrefecimento admissão. Sistemas manualmente controlados não são
Use óleo para motores com grau de viscosidade recomendados.
sazonal, com base na variação da temperatura Se for usado pós resfriamento ar­ar, as cortinas devem
esperada entre as trocas de óleo, e uma concentração ser completamente abertas quando a temperatura do
adequada de anticongelante com baixo teor de ar do coletor de admissão atingir a máx. temperatura
silicato, conforme recomendado. (Veja os requisitos de permitida fora do resfriador do ar de carga.
ÓLEO PARA MOTORES DIESEL e de LÍQUIDO DE
Continua na página seguinte DX,FUEL10 ­54­03NOV08­1/2

CTM206 (18JUN09) 01­002­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=51
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Para mais informações, consulte seu concessionário


John Deere.
DX,FUEL10 ­54­03NOV08­2/2

Manuseio e Armazenagem do Combustível Diesel

CUIDADO: Manuseie o combustível com cuidado. Verifique diariamente o nível de óleo do motor antes de
Não encha o tanque de combustível quando ligar o motor. Um aumento no nível de óleo pode indicar
o motor estiver em funcionamento. diluição do óleo do motor pelo combustível.
NÃO fume ao encher o tanque de combustível ou IMPORTANTE: O tanque de combustível é
fazer manutenção do sistema de combustível. ventilado através da tampa de enchimento.
Se for necessária uma nova tampa de
Encha o tanque de combustível no final de cada operação enchimento, sempre substitua por uma
diária para evitar condensação de água e congelamento tampa original com respiro.
em baixas temperaturas.
Quando o combustível for armazenado durante um
Mantenha todos os tanques de armazenagem sempre longo período ou se o consumo de combustível for
cheios para evitar condensação. lento, adicione um condicionador de combustível para
Verifique se todas as tampas e coberturas dos tanques de estabilizar o combustível e para impedir a condensação
combustível estão corretamente instaladas para impedir a de água. Contate o seu fornecedor de combustível para
entrada de umidade. obter recomendações.

Monitore regularmente o teor de água do combustível.


Ao usar o combustível bio­diesel, o filtro de combustível
pode exigir uma substituição mais freqüente devido ao
entupimento prematuro.
DX,FUEL4 ­54­19DEC03­1/1

Lubricidade do Combustível Diesel


A maioria dos combustíveis diesel fabricados nos
Estados Unidos, no Canadá e pela União Européia Se for usado um combustível de lubricidade baixa
têm lubricidade adequada para garantir a operação e a ou desconhecida, adicione PREMIUM DIESEL FUEL
durabilidade corretas dos componentes do sistema de CONDITIONER (CONDICIONADOR DE COMBUSTÍVEL
injeção de combustível. Entretanto, os combustíveis DIESEL PREMIUM) John Deere (ou equivalente) na
diesel fabricados em algumas partes do mundo podem concentração especificada.
não ter a lubricidade necessária. Lubricidade do Combustível Biodiesel
IMPORTANTE: Certifique­se de que o combustível A lubricidade do combustível pode melhorar
diesel usado em sua máquina demonstre significativamente com misturas de biodiesel até B20
boas características de lubricidade. (20% de biodiesel). Aumento adicional na lubricidade é
limitada para misturas de biodiesel maiores que B20.
A lubricidade do combustível deve passar um diâmetro
máximo de cicatriz de 0,45 mm conforme medido pela
ASTM D6079 ou ISO 12156­1.
DX,FUEL5 ­54­29OCT07­1/1

Teste do Combustível Diesel o teor de água, a adequação para operação em baixas


temperaturas e se o combustível está dentro das
DIESELSCAN™ é um programa de análise de especificações.
combustível da John Deere que pode ser usado para
monitorar a qualidade do seu combustível. A análise Verifique se seu concessionário John Deere tem
DIESELSCAN verifica o tipo de combustível, a limpeza, disponibilidade de kits DIESELSCAN.
DIESELSCAN é uma marca registrada da Deere & Company
DX,FUEL6 ­54­14NOV05­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=52
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Informações sobre Óleo para Motores


Tier 1 ou não Certificados
As seguintes informações sobre óleo (DX,ENOIL)
aplicam­se aos motores que não são certificados ou
atendem às normas para emissão Tier 1.
DM80898,000021D ­54­28SEP07­1/1

Óleo para Motores Diesel 50 o C 122o F


Use óleo com viscosidade apropriada, baseado na faixa
esperada de temperaturas do ar, durante o período entre 40 o C 104o F
as trocas de óleo.

SAE 40
30 o C 86 o F
O óleo PLUS­50™ John Deere é preferido.

SAE-15W-40

SAE 30
SAE 10W-40
20 o C 68 o F
Óleos que estejam conforme uma das seguintes

SAE 10W-30
especificações também são recomendados:

SAE 5W-30

SAE 0W-40
10 o C 50 o F
• Óleo ACEA Classificação E7
• Óleo ACEA Classificação E6 0o C 32 o F
• Óleo ACEA Classificação E5
• Óleo ACEA Classificação E4 -10 o C 14 o F
Intervalos de manutenção estendidos podem se
-20 o C -4 o F

TS1687 —UN—18JUL07
aplicar quando se usam os óleos de motor John Deere
PLUS­50, ACEA E7, ACEA E6, ACEA E5 ou ACEA E4.
Consulte o seu concessionário John Deere para maiores -30 o C -22 o F
informações.
-40 o C -40 o F
Podem ser usados outros tipos de óleo se preencherem
um ou mais dos seguintes requisitos:
Viscosidades de Óleo para Faixas de Temperatura do Ar
• John Deere TORQ­GARD SUPREME™
• API Classificação de Serviço CJ­4
• API Classificação de Serviço CI­4 PLUS A qualidade do combustível diesel e o teor de
• API Classificação de Serviço Cl­4 enxofre devem estar em conformidade com todas as
• API Classificação de Serviço CH­4 regulamentações existentes sobre emissões para a área
• API Classificação de Serviço CG­4 em que o motor será usado.
• API Classificação de Serviço CF­4
• Óleo ACEA Classificação E3 Se for usado combustível diesel com teor de enxofre
• Óleo ACEA Classificação E2 superior a 0,50% (5.000 ppm), reduza o intervalo de
manutenção em 50%.
Se forem usados óleos conforme a API CG­4, API CF­4
ou ACEA E2, reduza o intervalo de manutenção em 50%. NÃO use combustível diesel com teor de enxofre acima
de 1,00% (10.000 ppm).
Utilizar preferencialmente óleos de multi­viscosidade
para motores diesel.
PLUS­50 é uma marca registrada da Deere & Company
TORQ­GARD SUPREME é uma marca registrada da Deere & Company
DX,ENOIL ­54­06APR07­1/1

Informações sobre Óleo para Motores Tier 2


As seguintes informações sobre óleo (DX,ENOIL7)
aplicam­se aos motores que atendem às normas para
emissão Tier 2.
DM80898,000021E ­54­28SEP07­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=53
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Óleo para Motores Diesel


Use óleo com viscosidade apropriada, baseado na faixa
esperada de temperaturas do ar, durante o período entre 50 o C 122o F
as trocas de óleo.
40 o C 104o F
O óleo John Deere PLUS­50™ é preferido.
30 o C 86 o F
Óleos que estejam conforme uma das seguintes

SAE 15W-40
especificações também são recomendados:

SAE 10W-40
20 o C 68 o F

SAE 10W-30
• Óleo ACEA Classificação E7

SAE 0W-40
SAE 5W-30
• Óleo ACEA Classificação E6 10 o C 50 o F
• Óleo ACEA Classificação E5
• Óleo ACEA Classificação E4 0o C 32 o F

Intervalos de manutenção estendidos podem se


-10 o C 14 o F
aplicar quando se usam os óleos de motor John Deere
PLUS­50™, ACEA E7, ACEA E6, ACEA E5 ou ACEA E4.
-20 o C -4 o F

TS1689 —UN—18JUL07
Consulte o seu concessionário John Deere para maiores
informações.
-30 o C -22 o F
Podem ser usados outros tipos de óleo se preencherem
um ou mais dos seguintes requisitos: -40 o C -40 o F

• John Deere TORQ­GARD SUPREME™


• API Classificação de Serviço CJ­4 Viscosidades de Óleo para Faixas de Temperatura do Ar
• API Classificação de Serviço Cl­4 PLUS
• API Classificação de Serviço Cl­4 regulamentações existentes sobre emissões para a área
• API Classificação de Serviço CH­4 na qual o motor será usado.
• Óleo ACEA Classificação E3
Utilizar preferencialmente óleos de multi­viscosidade NÃO use combustível diesel com teor de enxofre acima
para motores diesel. de 1,0% (10.000 ppm).

A qualidade do combustível diesel e o teor de


enxofre devem estar em conformidade com todas as
PLUS­50 é uma marca registrada da Deere & Company
TORQ­GARD SUPREME é uma marca registrada da Deere & Company
DX,ENOIL7 ­54­06APR07­1/1

Informações sobre Óleo para Motores Tier 3


As seguintes informações sobre óleo (DX,ENOIL11)
aplicam­se aos motores que atendem às normas para
emissão Tier 3.
DM80898,000021F ­54­28SEP07­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=54
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Óleo para Motores Diesel 50 o C 122o F


Use óleo com viscosidade apropriada, baseado na faixa
esperada de temperaturas do ar, durante o período entre 40 o C 104o F
as trocas de óleo.
30 o C 86 o F
O óleo John Deere PLUS­50™ é preferível.

SAE 15W-40
SAE 10W-40
Os óleos que estejam conforme uma das seguintes 20 o C 68 o F

SAE 10W-30
especificações também são recomendados:

SAE 0W-40
SAE 5W-30
10 o C 50 o F
• Óleo ACEA Classificação E7
• Óleo ACEA Classificação E6 0o C 32 o F
Intervalos de manutenção prolongados podem se
aplicar quando se usam os óleos de motor John Deere -10 o C 14 o F
PLUS­50™, ACEA E7 ou ACEA E6. Consulte o seu
concessionário John Deere para maiores informações. -20 o C -4 o F

TS1691 —UN—18JUL07
Podem ser usados outros tipos de óleo se preencherem -30 o C -22 o F
um ou mais dos seguintes requisitos:
• John Deere TORQ­GARD SUPREME™ -40 o C -40 o F
• API Classificação de Serviço CJ­4
• API Classificação de Serviço Cl­4 PLUS Viscosidades de Óleo para Faixas de Temperatura do Ar
• API Classificação de Serviço Cl­4
• Óleo ACEA Classificação E5
• Óleo ACEA Classificação E4 regulamentações existentes sobre emissões para a área
na qual o motor será usado.
Utilizar preferencialmente óleos de multi­viscosidade
para motores diesel. NÃO use combustível diesel com teor de enxofre acima
de 1,0% (10.000 ppm).
A qualidade do combustível diesel e o teor de
enxofre devem estar em conformidade com todas as
PLUS­50 é uma marca registrada da Deere & Company
TORQ­GARD SUPREME é uma marca registrada da Deere & Company
DX,ENOIL11 ­54­06APR07­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=55
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Óleo para Amaciamento de Motor Diesel


Os motores novos são abastecidos na fábrica com o • Óleo ACEA Classificação E1
ÓLEO DE AMACIAMENTO DE MOTORES (ENGINE
BREAK­IN OIL) da John Deere. Durante o período de Após o período de amaciamento, use o óleo PLUS­50 ™
amaciamento, adicione o ÓLEO DE AMACIAMENTO DE John Deere ou um outro óleo para motor diesel, conforme
MOTORES da John Deere conforme for necessário para recomendado neste manual.
manter o nível do óleo especificado. IMPORTANTE: Não use óleo PLUS­50 ou óleos de
Troque o óleo e o filtro após as primeiras 100 horas motor de acordo com os seguintes requisitos
de operação de um motor novo ou de um motor durante as primeiras 100 horas de operação
recondicionado. de um motor novo ou recondicionado:
API CJ­4 ACEA E7
Após a retificação de um motor, encha o motor com
API CI­4 PLUS ACEA E6
o ÓLEO DE AMACIAMENTO DE MOTOR (ENGINE
BREAK­IN OIL) da John Deere. API CI­4 ACEA E5
API CH­4 ACEA E4
Se o ÓLEO DE AMACIAMENTO DE MOTOR (ENGINE
API CG­4 ACEA E3
BREAK­IN OIL) John Deere não estiver disponível,
API CF­4
durante as primeiras 100 horas de operação use um
óleo para motor diesel que cumpra pelo menos uma das API CF­2
seguintes especificações: API CF

• API Classe de Serviço CE Esses óleos não permitem que o motor


• API Classe de Serviço CD amacie devidamente.
• API Classe de Serviço CC
• Óleo ACEA Classificação E2
PLUS­50 é uma marca registrada da Deere & Company
DX,ENOIL4 ­54­13SEP06­1/1

Filtros de Óleo Use filtros que cumpram com as especificações de


A filtragem dos óleos é muito importante para uma performance da John Deere.
lubrificação adequada.
Substitua sempre os filtros regularmente conforme
especificado neste manual.
DX,FILT ­54­18MAR96­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=56
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Graxa
Use uma graxa baseada nos números de consistência
NLGI e na variação esperada da temperatura do ambiente
durante o intervalo de manutenção.
Prefere­se a John Deere SD POLYUREA GREASE.
As seguintes graxas também são recomendadas:
• John Deere HD LITHIUM COMPLEX GREASE.
• John Deere HD WATER RESISTANT GREASE.
• John Deere GREASE­GARD.™
Podem ser usadas outras graxas se elas estiverem de
acordo com o seguinte:
NLGI Classificação de Desempenho GC­LB

TS1673 —UN—31OCT03
IMPORTANTE: Alguns tipos de graxas não são
compatíveis com outros. Consulte o seu
fornecedor de graxa antes de misturar
diferentes tipos de graxas.

GREASE­GARD é uma marca registrada da Deere & Company


DX,GREA1 ­54­07NOV03­1/1

Lubrificantes Alternativos e Sintéticos

As condições em certas áreas geográficas podem


requerer recomendações de lubrificantes diferentes das Os limites de temperatura e os intervalos de manutenção
descritas neste manual. descritos neste manual aplicam­se tanto aos óleos
convencionais como aos óleos sintéticos.
Alguns dos líquidos de refrigeração de marca e
lubrificantes da John Deere podem não estar disponíveis Os produtos base de refinaria, refinados pela segunda
na sua região. vez podem ser usados se o lubrificante acabado cumprir
com os requisitos de performance.
Consulte o seu concessionário John Deere para obter
informações e recomendações.
Os lubrificantes sintéticos podem ser usados se estiverem
de acordo com as especificações de eficiência descritas
neste manual.
DX,ALTER ­54­15JUN00­1/1

Armazenamento de Lubrificantes
O seu equipamento só funcionará com a máxima e de outras contaminações. Armazene os recipientes
eficiência se forem usados lubrificantes limpos. deitados, para evitar a acumulação de água e de pó.
Use recipientes limpos para manusear todos os Certifique­se de que todos os recipientes estão
lubrificantes. corretamente marcados para identificar o seu conteúdo.
Sempre que possível, guarde os lubrificantes e os Descarte de forma correta todos os recipientes velhos e
recipientes numa área protegida do pó, da humidade quaisquer restos de lubrificantes que eles possam conter.
DX,LUBST ­54­18MAR96­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=57
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Mistura de Lubrificantes
De um modo geral, evite misturar marcas ou tipos de
Consulte o seu concessionário John Deere para obter
óleos diferentes. Os fabricantes de óleo misturam aditivos
informações e recomendações específicas.
nos óleos para que estejam de acordo com certas
especificações e requisitos de performance.
A mistura de óleos diferentes pode interferir com o
funcionamento adequado destes aditivos e degradar o
desempenho do lubrificante.
DX,LUBMIX ­54­18MAR96­1/1

Líquido de Arrefecimento de Motores Diesel de Serviço Pesado


O sistema de arrefecimento do motor é abastecido
Se estes líq. de arrefecimento não estiverem disponíveis,
para o proteger durante todo o ano contra a corrosão e
use um líq. de arrefecimento concentrado ou pré­diluído
escoriações das camisas dos cilindros, e para proteção
para uso em motores diesel de serviço pesado com as
anti­congelamento no inverno até ­37°C (­34°F). Para
seguintes propriedades físicas e químicas:
proteção a temperaturas inferiores, consulte seu
concessionário John Deere. • Formulado com um conjunto de aditivos livres de
nitritos.
John Deere COOL­GARD™ II Premix é preferido.
• Garante proteção contra cavitação na camisa do
John Deere COOL­GARD II Premix está disponível em cilindro de acordo com o Método de Teste de Cavitação
uma concentração de 50% de etilenoglicol. John Deere ou um teste de frota acima de 60% da
capacidade de carga.
Líq. de Arrefecimento Adicionalmente Recomendados • Protege os metais do sistema de arrefecimento (ferro
fundido, ligas de alumínio e ligas de cobre como latão)
Os seguintes líq. de arrefecimento também são contra corrosão.
recomendados:
O conjunto de aditivos deve fazer parte de uma das
• John Deere COOL­GARD II Concentrate em uma seguintes misturas de líq. de arrefecimento:
mistura de 40% a 60% de concentrado com água de
qualidade. • líq. de arrefecimento de serviço pesado com base de
• John Deere COOL­GARDI Premix (disponível em uma etilenoglicol ou propilenoglicol pré­diluído (40% to 60%)
concentração de 50% de etilenoglicol). • concentrado de líq. de arrefecimento com base em
• John Deere COOL­GARD Concentrate em uma mistura propilenoglicol em uma mistura de 40 a 60% de
de 40% a 60% de concentrado com água de qualidade. concentrado com água de qualidade
• John Deere COOL­GARD PG Premix (disponível em
Qualidade da Água
uma concentração de 55% de propilenoglicol).
John Deere COOL­GARD II Premix e COOL­GARD A qualidade da água é importante para o desempenho do
II Concentrate não exigem o uso de aditivos sistema de arrefecimento. A água destilada, desionizada
complementares. ou desmineralizada é recomendada para a mistura com o
líq. de arrefecimento concentrado à base de etilenoglicol
John Deere COOL­GARD Premix, COOL­GARD ou propilenoglicol para motores.
Concentrate, e COOL­GARD PG Premix não exigem o
uso de aditivos complementares, exceto para a reposição IMPORTANTE: Não use aditivos de vedação
periódica de aditivos durante o intervalo de troca. para o sistema de arrefecimento nem
anticongelantes que os contenham.
Use John Deere COOL­GARD PG Premix quando uma
fórmula não­tóxica for exigida. Não misture líq. de arrefecimento com base
em propilenoglicol e etilenoglicol.
Outros Líq. de Arrefecimento
Não use líq. de arrefecimento que
É possível que John Deere COOL­GARD II, COOL­GARD, contenha nitritos.
e COOL­GARD PG estejam indisponíveis na região onde
a manutenção for efetuada.

COOL­GARD é uma marca registrada da Deere & Company


DX,COOL3 ­54­03NOV08­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=58
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Aditivos Complementares
Alguns aditivos gradualmente se esgotam durante a
operação do motor. Para John Deere COOL­GARD™
• John Deere COOL­GARD II
Premix e o Concentrado COOL­GARD II, reponha os
• John Deere COOL­GARD
aditivos do líq. de arrefecimento entre os intervalos de
• John Deere COOL­GARD PG
troca adicionando um aditivo conforme determine o teste Se outros líq. de arrefecimento forem usados, consulte o
de líq. de arrefecimento. fornecedor e siga as recomendações do fabricante para
O John Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER é uso de aditivos complementares.
recomendado como aditivo complementar para John O uso de aditivos complementares não recomendados
Deere COOL­GARD Premix, COOL­GARD Concentrate, pode resultar em deterioração e coagulação do aditivo.
e COOL­GARD PG Premix.
Adicione a concentração recomendada pelo fabricante
John Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER não é de aditivo complementar. NÃO adicione mais do que a
especificado para uso com COOL­GARD II Premix ou quantidade recomendada.
COOL­GARD II Concentrate.
IMPORTANTE: Não adicione um aditivo complementar
quando o sistema de arrefecimento for drenado
e reabastecido com um dos seguintes:
COOL­GARD é uma marca registrada da Deere & Company
DX,COOL4 ­54­03NOV08­1/1

Operar em Climas de Temperatura Quente


Os motores John Deere são concebidos para funcionar IMPORTANTE: Pode­se usar água como líq.
usando líq. de arrefecimento de motor à base de glicol. de arrefecimento mas somente em
Use sempre um líq. de arrefecimento de motor à base de situações de emergência.
glicol, mesmo quando trabalhar em regiões em que não Quando for usada água como líq. de
seja necessária a proteção contra congelamento. arrefecimento, ocorrerão espuma, corrosão
John Deere COOL­GARD™ II Premix está disponível nas superfícies quentes de alumínio e ferro,
em uma concentração de 50% de etilenoglicol. Porém, oxidação profunda e cavitação, mesmo quando
há situações em climas quentes nas quais um líq. de forem adicionados condicionadores.
arrefecimento com baixo teor de glicol (aprox. 20% de Drene o sistema de arrefecimento e encha
etilenoglicol) foi aprovada. Em tais casos, a fórmula com novamente logo que possível com o líq. de
baixo glicol foi modificada para o mesmo nível do inibidor arrefecimento recomendado à base de glicol.
de corrosão do John Deere COOL­GARD II Premix
(50/50).

COOL­GARD é uma marca registrada da Deere & Company


DX,COOL6 ­54­03NOV08­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=59
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Informações sobre John Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER e Líq.


de Arrefecimento de Motor Diesel

Os líq. de arrefecimento são uma combinação de três


componentes químicos: etilenoglicol ou propilenoglicol Evitar Líq. de Arrefecimento Automotivo
(anticongelante), aditivos inibidores e água de boa Nunca use líq. de arrefecimento automotivo (como os de
qualidade. acordo com ASTM D3306). Estes líq. de arrefecimento
Especificações do Líq. de Arrefecimento não contêm os aditivos corretos para proteger os motores
diesel de serviço pesado. Eles muitas vezes contêm uma
Alguns produtos, incluindo o líq. de arrefecimento concentração elevada de silicatos e podem danificar
pré­diluído COOL­GARD John Deere™, são líq. de o motor ou o sistema de refrigeração. Não trate um
arrefecimento totalmente formulados que contêm todos os líq. de arrefecimento de motor automotivo com aditivos
três componentes em suas concentrações corretas. Não complementares porque a alta concentração de aditivos
adicione uma carga inicial de aditivos complementares ou causará a deterioração dos aditivos.
água no John Deere COOL­GARD Premix.
Qualidade da Água
O John Deere COOL­GARD II Concentrate contém
etilenoglicol e aditivos inibidores. Misture COOL­GARD A qualidade da água é importante para o desempenho do
Concentrate com água de boa qualidade, mas não sistema de arrefecimento. A água destilada, desionizada
adicione uma carga inicial de aditivos complementares. ou desmineralizada é recomendada para a mistura com o
líq. de arrefecimento concentrado à base de etilenoglicol
Repor Aditivos de Líq. de Arrefecimento ou propilenoglicol para motores. Toda a água usada no
sistema de arrefecimento deverá estar de acordo com as
Alguns aditivos gradualmente se esgotam durante a seguintes especificações de qualidade:
operação do motor. É necessário repor os inibidores
Cloretos <40 mg/l
periodicamente, mesmo quando se usar John Deere
COOL­GARD Premix, COOL­GARD Concentrate, ou Sulfatos <100 mg/l
COOL­GARD PG Premix. Siga as recomendações Total de sólidos dissolvidos <340 mg/l
indicadas neste manual para o uso de aditivos Dureza total <170 mg/l
complementares. pH 5,5 a 9,0
Por que usar John Deere LIQUID COOLANT
CONDITIONER? Proteção Anti­Congelamento

A operação sem os aditivos apropriados resultará em As concentrações relativas de glicol e água no líq. de
aumento da corrosão, da erosão e de escoriações nas arrefecimento determinam o seu limite de proteção contra
camisas dos cilindros e outros danos ao motor e ao o congelamento.
sistema de arrefecimento. Uma mistura simples de Etilenoglicol Limite de Proteção
etilenoglicol ou propilenoglicol e água não fornecerá uma Anti­Congelamento
proteção adequada. 40% ­24°C (­12°F)
50% ­37°C (­34°F)
O John Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER
é um sistema de aditivos projetado para reduzir a 60% ­52°C (­62°F)
corrosão, erosão e escoriações quando usado com líq. Propilenoglicol Limite de Proteção
de arrefecimento contendo nitrito como John Deere Anti­Congelamento
COOL­GARD Premix, COOL­GARD Concentrate, e 40% ­21°C (­6°F)
COOL­GARD PG Premix. Manter líq. de arrefecimento 50% ­33°C (­27°F)
John Deere COOL­GARD com John Deere LIQUID 60% ­49°C (­56°F)
COOLANT CONDITIONER garante a melhor proteção
para até 5 anos ou 5000 horas de operação. NÃO usar mistura de líq. de arrefecimento­água superior
a 60% de etilenoglicol ou a 60% de propilenoglicol.
COOL­GARD é uma marca registrada Deere & Company
DX,COOL7 ­54­03NOV08­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=60
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Líquido de Refrigeração para Motor a Diesel


O sistema de refrigeração do motor é abastecido para Uma mistura de 50% de líquido de refrigeração de motor
proporcionar proteção durante o ano todo contra a à base de propileno­glicol em água proporciona proteção
corrosão e erosão das camisas dos cilindros e no inverno contra o congelamento até ­33°C (­27°F).
a proteção contra o congelamento até ­37°C (­34°F).
Se for necessária uma proteção a temperaturas mais
O COOL­GARD da John Deere é preferível para a baixas, consultar a sua concessionária John Deere para
manutenção. obter recomendações.
Se o COOL­GARD da John Deere não estiver disponível, Qualidade da água
usar um concentrado de líquido de refrigeração à base
de etileno­glicol ou propileno­glicol com baixo teor de A boa qualidade da água é importante para a eficiência do
silicatos, numa mistura de 50% de concentrado com água sistema de refrigeração. Recomenda­se água destilada,
de boa qualidade. desionizada ou desmineralizada para a mistura com o
concentrado de líquido de refrigeração do motor à base
Uma das qualidades que o concentrado de líquido de de etileno­glicol ou propileno­glicol.
refrigeração deverá ter é a de proteger as peças de ferro
fundido e de alumínio, que fazem parte do sistema de IMPORTANTE: Não usar aditivos vedantes para o
refrigeração, contra a cavitação. O COOL­GARD da John sistema de refrigeração ou anticongelante
Deere preenche este requisito. que contenha aditivos vedantes.
Proteção contra o congelamento IMPORTANTE: Não misturar líquidos de refrigeração
Uma mistura de 50% de líquido de refrigeração de motor à base de etileno­glicol e propileno­glicol.
à base de etileno­glicol em água proporciona proteção
contra o congelamento até ­37°C (­34°F).
DX,COOL8 ­54­16NOV01­1/1

Testar Líquido de Arrefecimento de Motor Diesel


Manter as concentrações adequadas de glicol e aditivos da fita de teste indicar que é necessário aditivo, adicione
inibidores no líq. de arrefecimento é vital para proteger o John Deere COOL­GARD II COOLANT EXTENDER
motor e o sistema de arrefecimento contra congelamento, conforme orientado.
corrosão, e erosão e escoriações da camisa do cilindro.
Adicione somente a concentração recomendada do John
Teste a solução de líq. de arrefecimento a cada 12 meses Deere COOL­GARD II COOLANT EXTENDER. NÃO
ou menos e sempre que houver perda excessiva de líq. adicione mais do que a quantidade recomendada.
de arrefecimento por vazamentos ou superaquecimento.
Quando Usar John Deere COOL­GARD
Fitas de Teste de Líq. de Arrefecimento
Compare os resultados da fita de teste com a tabela
As fitas de teste de líq. de arrefecimento estão disponíveis de aditivos complementares (SCA) para determinar
no concessionário John Deere. Estas fitas de teste a quantidade de aditivos inibidores em seu líq. de
permitem um método simples e eficaz para verificar o arrefecimento e se é necessário adicionar mais John
ponto de congelamento e os níveis de aditivo do líq. de Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER.
arrefecimento do motor.
Adicione somente a concentração recomendada do John
Quando Usar John Deere COOL­GARD II Deere LIQUID COOLANT CONDITIONER. NÃO adicione
mais do que a quantidade recomendada.
John Deere COOL­GARD™ II Premix e o Concentrado
COOL­GARD II são líq. de arrefecimento livres de CoolScan e CoolScan PLUS
manutenção por até 6 anos ou 6000 horas de operação,
desde que o sistema seja completado com somente com Para uma avaliação mais completa do seu líq. de
John Deere COOL­GARD II Premix. Teste as condições arrefecimento, execute uma análise CoolScan™
do líq. de arrefecimento anualmente com as fitas de teste ou CoolScan PLUS™ se disponível. Consulte seu
projetadas para John Deere COOL­GARD II. Se a tabela concessionário John Deere p/ mais informações.

COOL­GARD é uma marca registrada da Deere & Company


CoolScan é uma marca registrada da Deere & Company
CoolScan PLUS é uma marca registrada da Deere & Company
DX,COOL9 ­54­03NOV08­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=61
Combustíveis, Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento

Intervalos Para Troca do Líquido de Arrefecimento de Motores Diesel


Drene e lave o sistema de arrefecimento e reabasteça não tiver sido testado OU os aditivos não forem repostos
com um novo líq. de arrefecimento no intervalo indicado, adicionando­se aditivo complementar, o intervalo de troca
que varia conforme o líq. de arrefecimento. é de 4 anos ou 4000 horas de operação. Este intervalo
de troca se aplica somente a líq. de arrefecimento
John Deere COOL­GARD™ II Premix e o Concentrado COOL­GARD II mantido com proporção de 40% a 60%
COOL­GARD II são líq. de arrefecimento livres de de concentrado com água de qualidade.
manutenção por até 6 anos ou 6000 horas de operação,
desde que o sistema seja completado com somente com Se forem usados o John Deere COOL­GARD Premix,
John Deere COOL­GARD II Premix. Teste as condições COOL­GARD Concentrate, ou COOL­GARD PG Premix,
do líq. de arrefecimento anualmente com as fitas de teste mas o líq. de arrefecimento não tiver sido testado OU
projetadas para John Deere COOL­GARD II. Se a tabela os aditivos não forem repostos adicionando­se aditivo
da fita de teste indicar que é necessário aditivo, adicione complementar, o intervalo de troca é de 3 anos ou
John Deere COOL­GARD II COOLANT EXTENDER 3000 horas de operação. Este intervalo de troca se
conforme orientado. aplica somente a COOL­GARD Premix, COOL­GARD
Concentrate, e COOL­GARD PG Premix mantido com
Quando o John Deere COOL­GARD Premix, proporção de 40% a 60% de concentrado com água de
COOL­GARD Concentrate ou John Deere COOL­GARD qualidade.
PG Premix forem usados, o intervalo de troca pode ser
estendido para 5 anos ou 5000 horas de operação, desde Se utilizar outro líq. de arrefecimento que não o
que o líq. de arrefecimento seja testado anualmente COOL­GARD II, COOL­GARD, ou COOL­GARD PG, o
E os aditivos sejam repostos, conforme necessário, intervalo de troca é de 2 anos ou 2000 horas de operação.
adicionando um aditivo complementar.
Se forem usados o John Deere COOL­GARD II Premix ou
COOL­GARD II Concentrate, mas o líq. de arrefecimento
COOL­GARD é uma marca registrada da Deere & Company
DX,COOL11 ­54­03NOV08­1/1

CTM206 (18JUN09) 01­002­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=62
Seção 02
Reparos e Ajustes
Conteúdo

Página Página

Grupo 010—Remontagem do Motor Inspecione e Meça as Molas de


Instruções para Reparação do Válvulas ................................................. 02­020­15
Motor ....................................................... 02­010­1 Inspecione os Rotadores de
Suporte de Reparação do Motor ................. 02­010­1 Válvula................................................... 02­020­15
Precauções de Segurança do Limpe as Válvulas ..................................... 02­020­15
Suporte do Motor..................................... 02­010­2 Inspecione e Meça as Válvulas ................. 02­020­16
Instale os Adaptadores no Suporte Esmerilhe as Válvulas ............................... 02­020­17
de Reparo do Motor................................. 02­010­3 Inspeção da Junta do Cabeçote e
Procedimento de Levantamento do Seqüência do Reparo............................ 02­020­18
Motor ....................................................... 02­010­4 Inspecione e Limpe o Cabeçote de
Limpeza do Motor........................................ 02­010­4 Cilindros................................................. 02­020­19
Desconecte a Linha de Entrada de Verifique a Planicidade do
Óleo do Turbocompressor ....................... 02­010­5 Cabeçote de Cilindros ........................... 02­020­19
Monte o Motor no Suporte de Meça a Espessura do Cabeçote de
Reparo..................................................... 02­010­6 Cilindros................................................. 02­020­20
Motor Montado no Suporte de Remoção das Luvas dos Injetores
Reparo..................................................... 02­010­7 de Combustível (Motores com
Seqüência de Desmontagem do Cabeçotes de 2 Válvulas
Motor ....................................................... 02­010­8 com Sistema de Combustível
Diretrizes para Aplicação do HPCR) ................................................... 02­020­21
Vedante ................................................. 02­010­11 Remoção das Luvas dos Injetores
Seqüência de Montagem do de Combustível (Motores com
Motor ..................................................... 02­010­13 Cabeçotes de duas Válvulas
Instruções para Amaciamento do com Sistema de Combustível
Motor ..................................................... 02­010­15 HPCR) usando a Ferramenta
Execute o Amaciamento do JDG10631 ............................................. 02­020­22
Motor ..................................................... 02­010­16 Instalação das Luvas dos Injetores
de Combustível (Motores com
Grupo 020—Cabeçote e Válvulas do Cilindro Cabeçotes de duas Válvulas
(Motores com Cabeçote de com Sistema de Combustível
Duas Válvulas) HPCR) ................................................... 02­020­23
Informações Gerais ..................................... 02­020­1 Limpe as Guias de Válvula........................ 02­020­23
Verificação e Ajuste da Folga da Meça as Guias de Válvula......................... 02­020­24
Válvula..................................................... 02­020­1 Estrie as Guias de Válvula ........................ 02­020­24
Medição da Elevação da Válvula ................ 02­020­4 Limpe e Inspecione as Sedes de
Remover a cabeça do cilindro ..................... 02­020­5 Válvula................................................... 02­020­25
Desmonte e Inspecione o Conjunto Esmerilhe as Sedes de Válvula................. 02­020­25
do Eixo do Balancim................................ 02­020­8 Remova os Insertos das Sedes da
Monte o Conjunto de Balancins................... 02­020­9 Válvula................................................... 02­020­27
Inspecione, Meça e Instale a Meça o Furo da Sede da Válvula
Haste de Impulso da Bomba de no Cabeçote de Cilindros ...................... 02­020­30
Abastecimento de Combustível Instale os Insertos das Sedes da
(Se Aplicável) .......................................... 02­020­9 Válvula................................................... 02­020­30
Inspecione, Meça e Monte os Instalação das Válvulas............................. 02­020­31
Seguidores de Came............................. 02­020­10 Inspecione os Parafusos do
Meça o Recesso da Válvula no Cabeçote do Cilindro ............................. 02­020­31
Cabeçote de Cilindros ........................... 02­020­12 Inspecione e Limpe o Coletor de
Verificações Preliminares da Escape................................................... 02­020­32
Válvula e do Cabeçote de Limpe e Inspecione a Superfície
Cilindros................................................. 02­020­13 Superior do Bloco de Cilindros .............. 02­020­32
Remova o Conjunto de Válvulas ............... 02­020­14

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 02­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=1
Conteúdo

Página Página

Verificação da Protuberância da Remoção das Luvas dos Injetores


Camisa do Cilindro (Altura de Combustível (Motores com
Acima do Bloco) .................................... 02­020­33 Cabeçotes de 4 Válvulas
Instalação do Cabeçote do com Sistema de Combustível
Cilindro .................................................. 02­020­33 HPCR) ................................................... 02­021­28
Método de Giro de Torque para Limpe os Furos dos Injetores de
Obter o Torque Correto.......................... 02­020­36 Combustível........................................... 02­021­30
Instalação do Conjunto do Braço Instalação das Luvas dos Injetores
Oscilante................................................ 02­020­36 de Combustível...................................... 02­021­30
Inspecione e Limpe a Mangueira Limpe os Furos da Vela de
de Saída do Ventilador .......................... 02­020­37 Ignição ................................................... 02­021­31
Remova, Inspecione e Instale o Limpe as Guias de Válvula........................ 02­021­31
Sistema de Ventilação do Cárter Meça as Guias de Válvula......................... 02­021­32
Fechado (Se Equipado)......................... 02­020­38 Estrie as Guias de Válvula ........................ 02­021­32
Instalação da Tampa do Balancim.............. 02­020­39 Limpe e Inspecione as Sedes de
Montagem Final Completa ........................ 02­020­41 Válvula................................................... 02­021­33
Esmerilhe as Sedes de Válvula................. 02­021­33
Grupo 021—Cabeçote e Válvulas (Motores Remova os Insertos das Sedes da
com Cabeçote de Quatro Válvulas) Válvula................................................... 02­021­33
Informações Gerais ..................................... 02­021­1 Meça o Furo da Sede da Válvula
Verificação e Ajuste da Folga da no Cabeçote de Cilindros ...................... 02­021­35
Válvula..................................................... 02­021­1 Instale os Insertos das Sedes da
Medição da Elevação da Válvula ................ 02­021­4 Válvula................................................... 02­021­36
Evitar Abrir o Sistema de Injeção de Instalação das Válvulas............................. 02­021­36
Combustível de Alta Pressão .................. 02­021­5 Inspecione os Parafusos do
Remover a cabeça do cilindro ..................... 02­021­5 Cabeçote do Cilindro ............................. 02­021­37
Inspecione e Meça as Pontes de Inspecione e Limpe o Coletor de
Válvulas ................................................. 02­021­14 Escape................................................... 02­021­37
Desmonte e Inspecione o Conjunto Limpe e Inspecione a Superfície
do Eixo do Balancim.............................. 02­021­15 Superior do Bloco de Cilindros .............. 02­021­38
Montagem do Eixo do Braço Verificação da Protuberância da
Oscilante................................................ 02­021­16 Camisa do Cilindro (Altura
Inspecione, Meça e Instale Acima do Bloco) – Cabeçote de
a Haste de Impulso da 4 Válvulas .............................................. 02­021­39
Bomba de Abastecimento Instalação do Cabeçote............................. 02­021­39
de Combustível...................................... 02­021­16 Método de Giro de Torque para
Inspecione, Meça e Monte os Obter o Torque Correto.......................... 02­021­42
Seguidores de Came............................. 02­021­18 Instalação dos Injetores de
Meça o Recesso da Válvula no Combustível........................................... 02­021­42
Cabeçote de Cilindros ........................... 02­021­19 Instalação das Conexões de Fuga
Verificações Preliminares da do injetor (Sistema externo de
Válvula e do Cabeçote de fuga de combustível) ............................. 02­021­42
Cilindros................................................. 02­021­20 Instalação das Velas
Remova o Conjunto de Válvulas ............... 02­021­21 Aquecedoras ......................................... 02­021­43
Inspecione e Meça as Molas de Instalação do Suporte do Braço
Válvulas ................................................. 02­021­22 Oscilante (Sistema externo de
Limpe as Válvulas ..................................... 02­021­22 fuga de combustível) ............................. 02­021­43
Inspecione e Meça as Válvulas ................. 02­021­23 Instalação do Suporte do Braço
Esmerilhe as Válvulas ............................... 02­021­24 Oscilante (Sistema interno de
Inspeção da Junta do Cabeçote e fuga de combustível) ............................. 02­021­44
Seqüência do Reparo............................ 02­021­25 Instalação do Conjunto do Eixo do
Inspecione e Limpe o Cabeçote de Braço Oscilante ..................................... 02­021­45
Cilindros................................................. 02­021­26 Inspecione e Limpe a Mangueira
Verifique a Planicidade do de Saída do Ventilador .......................... 02­021­47
Cabeçote de Cilindros ........................... 02­021­26 Remova, Inspecione e Instale o
Meça a Espessura do Cabeçote de Sistema de Ventilação do Cárter
Cilindros................................................. 02­021­27 Fechado (Se Equipado)......................... 02­021­48
Instalação da Tampa do Balancim.............. 02­021­49
Montagem Final Completa ........................ 02­021­50

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 02­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=2
Conteúdo

Página Página

Meça o Diâmetro Interno da Bucha


Grupo 030—Bloco, Camisas, Pistões e do Eixo Balanceador no Bloco
Hastes do Cilindro (Motores de 4 Cilindros) ........................ 02­030­29
Bielas — Informações Gerais...................... 02­030­1 Meça os Furos das Camisas de
Remova os Pistões e as Bielas ................... 02­030­2 Cilindro e do Bloco ................................ 02­030­29
Remoção das Camisas do Meça a Profundidade do Furo do
Cilindro .................................................... 02­030­5 Flange da Camisa no Bloco .................. 02­030­30
Desmontagem Completa do Bloco Meça a Espessura do Flange da
de Cilindros (Se Necessário)................... 02­030­7 Camisa .................................................. 02­030­30
Verificações Preliminares das Meça a Planicidade do Topo do
Camisas, Pistões e Bielas ....................... 02­030­8 Bloco do Cilindro ................................... 02­030­31
Desmonte o Pistão e o Conjunto Remova, Inspecione e Instale as
de Bielas.................................................. 02­030­8 Pastilhas de Arrefecimento do
Limpe os Pistões ......................................... 02­030­9 Pistão..................................................... 02­030­32
Inspecione Visualmente os Meça o Furo da Vareta Impulsora
Pistões................................................... 02­030­10 da Bomba de Suprimento de
Limpes as Camisas dos Cilindros.............. 02­030­10 Combustível e o Diâmetro
Inspecione Visualmente as Externo da Vareta Impulsora ................. 02­030­33
Camisas de Cilindro .............................. 02­030­11 Medição e Ajuste da Protuberância
Verifique o Desgaste da Ranhura da Camisa do Cilindro (Altura
do Anel do Pistão .................................. 02­030­12 Acima do Bloco) .................................... 02­030­34
Meça o Furo do Pino do Pistão ................. 02­030­13 Instale a Junta na Camisa do
Meça a Saia do Pistão............................... 02­030­13 Cilindro e os Anéis O no Bloco.............. 02­030­35
Meça a Altura do Pistão ............................ 02­030­13 Instale a Camisa do Cilindro no
Determine a Folga entre a Camisa Bloco...................................................... 02­030­36
e o Pistão............................................... 02­030­14 Monte o Pistão e a Biela............................ 02­030­38
Remova a Vitrificação das Camisas Instale os Anéis do Pistão ......................... 02­030­39
de Cilindro ............................................. 02­030­15 Instale o Conjunto de Pistão e
Substitua os Conjuntos de Pistões Biela....................................................... 02­030­40
e Camisas.............................................. 02­030­15 Torque por Giro dos Parafusos da
Inspecione e Meça as Biela....................................................... 02­030­43
Bronzinas(Bielas Removidas do Verifique o Aperto Excessivo pela
Motor) .................................................... 02­030­16 Rotação do Motor .................................. 02­030­43
Inspecione e Meça as Bronzinas Medição da Protuberância do
(Bielas e Virabrequim Pistão..................................................... 02­030­44
Removidos do Motor) ............................ 02­030­17 Montagem Final Completa ........................ 02­030­45
Inspecione a Biela e Capa......................... 02­030­17
Inspecione os Pinos e as Buchas Grupo 040—Virabrequim, Rolamentos
dos Pistões ............................................ 02­030­19 Principais e Volante
Remova as Buchas dos Pinos de Análise de Falhas do Virabrequim
Pistão..................................................... 02­030­20 e do Mancal Principal .............................. 02­040­1
Limpe e Inspecione o Furo do Pino Verificação do Amortecedor de
da Biela.................................................. 02­030­21 Vibração (Motores de 6,8 L) .................... 02­040­1
Instalação da Bucha do Pino do Remova a Polia ou o Amortecedor
Pistão na Haste de Conexão................. 02­030­22 de Vibração e a Polia .............................. 02­040­3
Meça a Distância Entre os Centros Instale a Polia ou o Amortecedor
dos Furos da Biela................................. 02­030­23 de Vibração e a Polia .............................. 02­040­5
Inspecione e Limpe o Bloco de Substituição da Vedação de Óleo e
Cilindros................................................. 02­030­24 da Luva de Desgaste Dianteiras
Limpe o Furo do Anel O da Camisa do Virabrequim ........................................ 02­040­8
do Cilindro ............................................. 02­030­27 Verifique a Folga do Virabrequim .............. 02­040­20
Medição do Orifício do Rolamento Inspecione o Volante ................................. 02­040­20
Principal do Bloco de Cilindros.............. 02­030­27 Verifique a Planicidade da Face do
Meça o Furo Usinado do Seguidor Volante................................................... 02­040­21
de Came no Bloco ................................. 02­030­27 Verifique a Concentricidade do
Meça os Furos das Buchas do Furo do Mancal Piloto............................ 02­040­21
Comando de Válvulas no Remova o Volante ..................................... 02­040­22
Bloco...................................................... 02­030­28 Substitua a Coroa do Volante.................... 02­040­23

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 02­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=3
Conteúdo

Página Página

Substitua o Rolamento Piloto no Remova e Instale o Acionamento


Volante (Se Equipado)........................... 02­040­24 Auxiliar por Engrenagem do
Substitua a Luva no Volante (Se Comando de Válvulas ............................. 02­050­7
Equipado) .............................................. 02­040­24 Meça a Folga do Comando de
Instale o Volante ........................................ 02­040­25 Válvulas ................................................... 02­050­8
Instalação do Adaptador do Volante Meça a Folga do Eixo Balanceador
no Motor CD6068HT480 ....................... 02­040­26 (Se Equipado — Motores de 4
Precauções de Manuseio da Cilindros) ................................................. 02­050­8
Vedação de Óleo Traseira do Meça a Folga da Engrenagem
Virabrequim e da Manga de Intermediária............................................ 02­050­8
Desgaste ............................................... 02­040­26 Medição da Folga da Engrenagem
Remova a Vedação de Óleo de Distribuição......................................... 02­050­9
Traseira e a Manga de Desgaste Remoção do Eixo de Comando................. 02­050­11
do Virabrequim ...................................... 02­040­26 Inspeção Visual do Eixo de
Limpe e Inspecione o Flange do Comando ............................................... 02­050­13
Virabrequim ........................................... 02­040­29 Medição do Espaçamento e da
Instale a Vedação de Óleo Traseira Espessura da Placa de Encosto
e a Manga de Desgaste do do Eixo de Comando ............................. 02­050­13
Virabrequim ........................................... 02­040­30 Inspecione e Meça o Diâmetro
Remova o Alojamento do Volante.............. 02­040­34 Interno da Bucha do Comando
Remoção e Instalação da Roda de de Válvulas e o Diâmetro
Regulagem do Virabrequim (Se Externo do Munhão ............................... 02­050­14
Equipado) .............................................. 02­040­35 Medição da Altura do Ressalto do
Remova os Mancais Principais do Eixo de Comando .................................. 02­050­15
Virabrequim ........................................... 02­040­36 Inspecione a Engrenagem do
Verifique a Folga de Lubrificação Comando de Válvulas ........................... 02­050­15
do Mancal Principal ............................... 02­040­37 Inspecione os Seguidores de
Remova e Instale a Engrenagem Came ..................................................... 02­050­16
do Virabrequim (Virabrequim Inspecione, Meça e Instale
Instalado no Motor)................................ 02­040­37 a Haste de Impulso da
Remova o Virabrequim.............................. 02­040­39 Bomba de Abastecimento
Inspecione o Virabrequim.......................... 02­040­40 de Combustível...................................... 02­050­17
Meça o Diâmetro Interno do Remoção dos Eixos
Mancal Principal e dos Munhões Balanceadores (Se Equipado –
do Virabrequim ...................................... 02­040­41 Motores com 4 Cilindros)....................... 02­050­18
Meça a Largura do Munhão de Inspecione e Meça as Buchas
Encosto Principal e a Largura do Eixo Balanceador e os
dao Mancal de Encosto ......................... 02­040­42 Munhões................................................ 02­050­19
Instruções de Retificação do Remova e Instale as Buchas do
Virabrequim ........................................... 02­040­43 Eixo Balanceador .................................. 02­050­20
Especificações para a Retífica do Inspecione as Engrenagens do
Virabrequim ........................................... 02­040­44 Eixo Balanceador e as Placas
Medição do DI das Tampas do de Encosto............................................. 02­050­21
Rolamento Principal .............................. 02­040­45 Remova e Instale as Engrenagens
Instalação dos Insertos do do Eixo Balanceador ............................. 02­050­21
Rolamento Principal e de Remoção da Placa Dianteira do
Encosto no Bloco................................... 02­040­46 Bloco do Cilindro ................................... 02­050­22
Instale o Virabrequim................................. 02­040­47 Medição da Bucha e do Eixo da
Instale o Alojamento do Volante ................ 02­040­49 Engrenagem Intermediária .................... 02­050­24
Montagem Final Completa ........................ 02­040­51 Remoção das Buchas da
Engrenagem Intermediária .................... 02­050­25
Grupo 050—Com. Válvulas, Eixos Balan. e Instalação das Buchas da
Trem da Engren. de Sincronização Engrenagem Intermediária .................... 02­050­26
Remoção da Tampa da Remoção dos Eixos Intermediários
Engrenagem de Distribuição ................... 02­050­1 Superior e Inferior.................................. 02­050­27
Remoção e Instalação da Bucha Limpe e Inspecione a Placa
do Eixo de Comando com a Dianteira ................................................ 02­050­27
Placa Dianteira Instalada......................... 02­050­4

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 02­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=4
Conteúdo

Página Página

Transfira a Marca de Sincronização Remova e Instale o Adaptador de


da Bomba Injetora de Enchimento de Óleo .............................. 02­060­18
Combustível para a Placa Remova e Instale o Tubo da
Dianteira de Substituição Vareta com a Bandeja de Óleo
(Motores com Cabeçote de Instalada ................................................ 02­060­19
Duas Válvulas com Injeção Remova e Instale o Tubo da Vareta
Mecânica de Combustível) .................... 02­050­28 com a Conexão ..................................... 02­060­20
Instalação dos Pinos Elásticos Remova, Inspecione e Instale o
do Eixo Intermediário (Se Conjunto do Tubo de Captação
Equipado) .............................................. 02­050­28 da Bomba de Óleo................................. 02­060­21
Instalação do Eixo Intermediário Conjunto da Bomba de Óleo do
Superior na Placa Dianteira................... 02­050­29 Motor ..................................................... 02­060­21
Instale o Eixo Intermediário Inferior Remoção da Bomba de Óleo do
na Placa Dianteira ................................. 02­050­30 Motor ..................................................... 02­060­22
Instalação da Placa Dianteira do Inspecione e Meça as Folgas.................... 02­060­23
Bloco do Cilindro ................................... 02­050­30 Desmontagem Completa da
Instalação e Sincronização dos Bomba de Óleo...................................... 02­060­25
Eixos Balanceadores (Se Monte a Bomba de Óleo do Motor.............. 02­060­26
Equipado – Motores com 4 Instale a Bomba de Óleo do
Cilindros) ............................................... 02­050­32 Motor ..................................................... 02­060­27
Instalação do Eixo de Comando................ 02­050­37 Instalação do Cárter de Óleo..................... 02­060­29
Sincronização do Eixo de Comando
e da Bomba Injetora de Grupo 070—Sistema de Arrefecimento
Combustível (Motores sem Remoção do Coletor do Líquido
HPCR) ................................................... 02­050­37 de Arrefecimento/Tampa do
Instalação da Engrenagem Termostato e Termostato ......................... 02­070­1
Intermediária Superior (Motores Instale o Coletor de Líquido
sem HPCR) ........................................... 02­050­43 de Arrefecimento/Tampa do
Sincronização do Eixo de Comando Termostato e o Termostato ...................... 02­070­2
e Instalação da Engrenagem Remova e Instale o Coletor de
Intermediária Superior (Motores Líquido de Arrefecimento/Tampa
com Cabeçote de 4 Válvulas e do Termostato e o Termostato
de 2 Válvulas/HPCR)............................. 02­050­44 (Termostato Único de Alto
Limpe e Inspecione a Tampa da Fluxo)....................................................... 02­070­3
Engrenagem de Sincronização.............. 02­050­45 Remova e Instale o Coletor de
Juntas da Tampa da Engrenagem Líquido de Arrefecimento e
de Distribuição....................................... 02­050­45 os Termostatos (Termostatos
Instalação da Tampa da Duplos) .................................................... 02­070­5
Engrenagem de Distribuição ................. 02­050­46 Remova e Instale o Coletor de
Remova e Instale o Sensor de Líquido de Arrefecimento, os
Aquisição Magnética ............................. 02­050­49 Termostatos e o Pórtico Lateral
Montagem Final Completa ........................ 02­050­50 (Cabeçote de Quatro Válvulas)................ 02­070­6
Remoção e Instalação da Tampa
Grupo 060—Sistema de Lubrificação do Termostato e dos Termostatos
Informações Gerais sobre o (Motores com Resfriador EGR)................ 02­070­7
Sistema de Lubrificação .......................... 02­060­1 Teste o(s) Termostato(s).............................. 02­070­8
Remova, Inspecione e Instale a Remoção da Bomba de
Base do Filtro de Óleo............................. 02­060­1 Refrigeração ............................................ 02­070­9
Remoção, Inspeção e Instalação Conjunto da Bomba de
do Resfriador de Óleo ............................. 02­060­7 Arrefecimento ........................................ 02­070­10
Remova, Inspecione e Instale a Desmonte a Bomba de Líquido de
Válvula de Derivação de Óleo ............... 02­060­13 Arrefecimento ........................................ 02­070­11
Remova e Instale a Válvula de Inspecione, Limpe e Meça as
Derivação do Filtro de Óleo Peças da Bomba de Líquido de
(Filtro de Vida Útil Estendida) ................ 02­060­13 Arrefecimento ........................................ 02­070­12
Remova e Instale a Válvula Monte a Bomba de Líquido de
Reguladora de Pressão de Arrefecimento ........................................ 02­070­13
Óleo ....................................................... 02­060­14 Instalação da Bomba de
Arrefecimento ........................................ 02­070­15

Continua na página seguinte

CTM206 (18JUN09) 02­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=5
Conteúdo

Página Página

Desaeração do Sistema de Remoção e Instalação da


Arrefecimento ........................................ 02­070­16 Articulação do Atuador do
Remoção e Instalação do Turbocompressor (Motor de 6
Tensionador da Correia (Mola) Cilindros) ............................................... 02­080­19
Automático............................................. 02­070­17 Remoção e Instalação do
Como Verificar a Tensão da Alojamento da Turbina do
Mola do Tensor da Correia e o Turbocompressor (Motor de 6
Desgaste da Correia.............................. 02­070­18 Cilindros) ............................................... 02­080­22
Ajuste do Tensionador Manual da Reparação do Turbocompressor............... 02­080­24
Correia Usando Calibrador de Pré­lubrifique o Turbocompressor.............. 02­080­24
Tensão da Correia ................................. 02­070­20 Instalar Turbocompressor.......................... 02­080­24
Ajuste Manual do Tensor da Amaciamento do Turbocompres­
Correia Usando a Ferramenta sor.......................................................... 02­080­27
de Tensão da Correia (Método Recomendações para o Uso do
Alternativo para Motores sem Turbocompressor................................... 02­080­28
Acionamento Auxiliar.)........................... 02­070­21 Remoção, Inspeção e Instalação
Inspecione e Instale o Conjunto do do Coletor de Escape ............................ 02­080­29
Ventilador............................................... 02­070­23 Remova e Instale o Pós­resfriador
Remova e Inspecione o Conjunto Ar­Ar ...................................................... 02­080­30
do Acionamento do ventilador ............... 02­070­24 Remova e Instale o Tubo de
Substitua os Mancais do Conjunto Escape EGR (Classe 3/Estágio
de Acionamento do ventilador IIIA) ........................................................ 02­080­30
Ajustável. ............................................... 02­070­25 Remova e Instale o Tubo de
Substitua os Mancais do Conjunto Entrada de Líquido de
de Acionamento de Serviço Arrefecimento EGR (Classe
Pesado do ventilador Ajustável.............. 02­070­27 3/Estágio IIIA) ........................................ 02­080­31
Instale o Conjunto do Acionamento Remova e Instale o Resfriador
do ventilador .......................................... 02­070­29 EGR (Classe 3/Estágio IIIA) .................. 02­080­32
Remova e Instale o Conjunto Remoção, Verificação e Instalação
do Acionamento do ventilador da Válvula EGR (Classe
(Colheitadeira 2254) .............................. 02­070­32 3/Estágio IIIA) ........................................ 02­080­34
Remoção e Instalação do Remoção e Instalação do Tubo de
Aquecedor do Líquido de Admissão de Ar ..................................... 02­080­35
Arrefecimento (Se Equipado) ................ 02­070­33 Remova, Inspecione e Instale o
Remova e Instale o Interruptor de Coletor de Admissão (Cabeçote
Avanço da Partida a Frio (Se de Quatro Válvulas)............................... 02­080­35
Equipado) .............................................. 02­070­34 Remova, Inspecione e Instale
a Entrada de Ar e a Luva de
Grupo 080—Sistema de Admissão de Ar e de Escape Mistura (Classe 3/Estágio IIIA) .............. 02­080­36
Extensão da Vida Útil do Remova, Inspecione e Instale o
Turbocompressor..................................... 02­080­1 Coletor de Admissão (Classe
Remova o Turbocompressor ....................... 02­080­3 3/Estágio IIIA) ........................................ 02­080­37
Análise de Falhas do Remova e Instale o Aquecedor de
Turbocompressor..................................... 02­080­5 Ar (Se Equipado) ................................... 02­080­38
Inspeção do Turbocompressor.................... 02­080­7 Remova e Instale o Auxílio da
Execução do Teste de Folga do Partida (Se Equipado) ........................... 02­080­39
Rolamento Radial .................................. 02­080­11
Ajuste o Atuador da Válvula de Grupo 090—Sistema de Combustível
Descarga do Turbocompressor Sistema de Combustível.............................. 02­090­1
(Se Equipado)........................................ 02­080­12
Remoção e Instalação do Atuador Grupo 100—Sistemas de Partida e de Carga
do Turbocompressor de Remova e Instale o Motor de
Geometria Variável (Motor de 4 Partida ..................................................... 02­100­1
Cilindros ­ Se Equipado)........................ 02­080­13 Remoção e Instalação do
Remoção e Instalação do Atuador Alternador ................................................ 02­100­2
do Turbocompressor de
Geometria Variável (Motor de 6
Cilindros ­ Se Equipado)........................ 02­080­18

CTM206 (18JUN09) 02­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=6
Grupo 010
Remontagem do Motor

Instruções para Reparação do Motor • For muito difícil dar partida no motor devido à baixa
compressão de arranque.
A vida útil e o desempenho do motor variam dependendo • O motor começar a soltar fumaça, sem falhas aparentes
das condições de operação e do nível da manutenção nos componentes do motor.
regular do motor. Os padrões originais de desempenho
dos motores podem ser recuperados por meio de
• O motor começar a gastar muito óleo. Consulte a
Seção 04 para informar­se sobre o consumo aceitável
procedimentos adequados de revisão e da substituição de óleo.
de peças por peças de serviço originais da John Deere.
Inspecionar o motor antes de uma falha pode evitar
• O motor estiver com um número alto de horas de uso e
o proprietário deseja tomar medidas preventivas para
custos elevados de conserto e tempo de inatividade. evitar consertos de alto custo e tempo de inatividade.
Considere o uso de um kit de inspeção geral da John Os kits de inspeção para os motores John Deere podem
Deere quando: estar disponíveis em sua região.
• O motor começar a ter perda de potência, sem falhas
aparentes nos componentes do motor.
DPSG,OUO1032,3410 ­54­27SEP07­1/1

Suporte de Reparação do Motor


NOTA: Apenas o suporte Nº D05223ST de serviço
pesado de 2722 kg (6000 lb) (A) de reparação
do motor fabricado pela Owatonna Tool Co.,
Owatonna, Minnesota, EUA, é mencionado
neste manual. Quando algum outro suporte de
reparação for usado, consulte as instruções do
fabricante para montar o motor.

Consulte o manual técnico da máquina para informar­se


sobre as etapas para remover o motor da máquina.

RG4929 —UN—05DEC97
A—Suporte de Reparação do
Motor D05223ST

Suporte de Reparação do Motor


RG,01,DT7044 ­54­27SEP07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=69
Remontagem do Motor

Precauções de Segurança do Suporte do Motor


O suporte de reparação do motor deve ser usado somente O centro de equilíbrio de um motor deve estar posicionado
por técnicos de manutenção qualificados familiarizados a 51 mm (2 in) do eixo rotativo do suporte do motor.
com esse equipamento. Em geral, o centro de equilíbrio do motor fica poucos
Para manter as especificações de resistência a cortes, milímetros acima do virabrequim.
devem ser utilizados parafusos de aço liga Classe 12.9 Para evitar acidentes pessoais causados pelo
Grau SAE 8 ou superior para montar os adaptadores deslizamento do motor, verifique novamente para
e o motor no suporte de reparação. Use Trava­rosca certificar­se de que o motor esteja bem instalado antes de
LOCTITE® 242 e Vedante (Resistência Média) nos soltar o suporte do dispositivo de elevação.
parafusos ao instalar as cintas de elevação no motor.
Aperte os parafusos com cabeça de acordo com as Não deixe nenhuma parte do seu corpo sob uma carga
especificações. sendo elevada ou suspensa. O deslize acidental pode
provocar acidentes pessoais.
Para o encaixe completo do parafuso, verifique se os
furos rosqueados nos adaptadores e nos blocos de O macaco de elevação deve ser usado quando necessário
motores estão limpos e sem danos. É necessário engatar para elevar o motor para rotação. Ao trabalhar no motor,
no mínimo um comprimento de rosca igual a 1­1/2 de o macaco deve estar na posição mais baixa para manter
diâmetro dos parafusos para manter os requisitos de baixo o centro de gravidade e diminuir a possibilidade
resistência. de tombamento.
Para evitar danos estruturais ou acidentes pessoais, não Para prevenir possíveis acidentes pessoais devido ao
exceda a capacidade nominal máxima de 2722 kg (6000 movimento súbito do motor, abaixe o motor acionando
lb). A capacidade máxima é determinada com o centro lentamente a válvula de liberação do macaco. Não
do motor posicionado a, no máximo, 330 mm (13 in) da desparafuse o botão da válvula de liberação mais de
superfície do cubo de montagem do suporte do motor. duas voltas de sua posição de fechamento.
LOCTITE é uma marca comercial registrada da Loctite Corp.
RG,RG34710,45 ­54­27SEP07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=70
Remontagem do Motor

Instale os Adaptadores no Suporte


de Reparo do Motor
1. Fixe o D05226ST Adaptador Especial (B) no cubo de
montagem (A) do suporte de reparo do motor, usando
parafusos de cabeça cilíndrica de grau SAE 8 (D) de
acordo com as especificações a seguir.

RG7783 —UN—11NOV97
Especificação
Adaptador Especial
D05226ST aos Parafusos
de Cabeça Cilíndrica
Grau 8 do Cubo de
Montagem. —Torque................................................ 600 N∙m (450 lb­ft).
Adaptadores do Suporte de Reparo do Motor
2. Fixe o 62835 1 Adaptador do Motor (C) até o adaptador
especial, usando quatro parafusos SAE Grau 8 (E) de
acordo com as seguintes especificações.
Especificação
1
62835 Parafusos SAE
Grau 8 do Adaptador do

RG7781 —UN—11NOV97
Motor até o Adaptador
Especial.—Torque..................................................... 135 N∙m (100 lb­ft).

A—Cubo de Montagem D—Parafusos de Cabeça


B—Adaptador Especial Cilíndrica
D05226ST E—Parafusos
C—Adaptador do Motor 62835
Adaptadores do Suporte de Reparo do Motor

RG7938 —UN—13NOV97
Adaptadores do Suporte de Reparo do Motor
1
Parte do Kit Adaptador de Reparo do Motor JT07268
RG,01,DT7049 ­54­07NOV03­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=71
Remontagem do Motor

Procedimento de Levantamento do Motor


CUIDADO: O único método recomendado para
o levantamento do motor é com Dispositivo de
Levantamento do Motor JDG23 e os suportes
de levantamento seguros aprovados que vêm

RG7784 —UN—11NOV97
com o motor. Tome extremo cuidado quando
levantar o motor e NUNCA permita que qualquer
parte do seu corpo esteja posicionada sob o
motor em ascensão ou suspenso.

NOTA: Se os suportes de levantamento do motor


se perderem adquira novas através do
serviço de peças. Levante o Motor com o Dispositivo de Levantamento

1. Aplique TY9370 LOCTITE® Trava­rosca e Vedante A—Dispositivo de B—Suportes de Levantamento


242 nos parafusos dos suportes de levantamento. Levantamento do Motor
Instale os suportes de levantamento (B) e aperte os JDG23
parafusos de acordo com as seguintes especificações.
Especificação bombas hidráulicas e compressores de ar montados
Parafusos do Suporte no acionamento da engrenagem auxiliar do motor,
de Levantamento do ou componentes acionados por correia, tais como
Motor—Torque............................................................ 170 N∙m (125 lb­ft) compressores de ar condicionado e alternadores. Se
IMPORTANTE: Levante o motor com carregamento componentes maiores, tais como TDPs, transmissões,
longitudinal somente com o dispositivo e os geradores ou compressores de ar, forem fixados
suportes de levantamento. O carregamento em outras localizações do motor, os suportes de
angular reduz em muito a capacidade de levantamento fornecidos com o motor não são
ascensão do dispositivo e dos suportes. indicados para este uso. O técnico é responsável por
fornecer os dispositivos de levantamento adequados
O espaçamento da barra é ajustável. Posicione nestas circunstâncias. Consulte o manual técnico
cada ponto de levantamento de modo que o da máquina para obter informações adicionais sobre
motor fique nivelado quando levantado. como remover o motor da máquina.

2. Fixe o Dispositivo de Levantamento do Motor JDG23 NOTA: O uso de um dispositivo de levantamento


(A) nos suportes de levantamento do motor (B) e no (como ilustrado) é o ÚNICO método APROVADO
guindaste suspenso ou no guindaste de solo. para levantar motores.

Os suportes de levantamento são projetados para 3. Levante o motor cuidadosamente e abaixe­o


levantar o motor e pequenos acessórios, tais como lentamente até o local desejado.
LOCTITE é uma marca registrada da Loctite Corp.
RG,03,JW7723 ­54­21NOV03­1/1

Limpeza do Motor IMPORTANTE: Nunca limpe com vapor ou despeje


1. Tampe ou coloque um bujão em todas as aberturas água fria sobre a bomba injetora enquanto
(entrada de ar, escape, combustível, líquido de ainda estiver quente. Fazer isto pode causar
arrefecimento, etc.). o emperramento das peças da bomba. Evite
as bombas de combustível, injetores, mancais,
2. Remova os componentes elétricos (módulo de correias e mangueiras, etc.
controle eletrônico­ECM, motor de partida, alternador,
etc). Cubra os componentes elétricos que não forem 3. Limpe completamente o motor com vapor.
removidos (sensores, chicotes elétricos, conectores
ECM, etc) com plástico e vede com fita firmemente
para evitar danos por umidade.
RG,RG34710,49 ­54­07NOV03­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=72
Remontagem do Motor

Desconecte a Linha de Entrada de Óleo do Turbocompressor

RG7407 —UN—03NOV97
Linha de Entrada de Óleo do Turbocompressor
A—Linha de Entrada de Óleo

1. Drene todo o óleo e o líquido de arrefecimento do é drenado através do turbocompressor, dos


motor, se já não tiver feito isto. coletores de escape e de admissão e em seguida
para dentro do cabeçote do cilindro.
IMPORTANTE: Ao fazer manutenção nos motores
turbocomprimidos em um suporte giratório, Após ligar o motor, o óleo aprisionado
desconecte a linha de entrada de óleo do no coletor e no cabeçote é liberado para
turbocompressor (A) do alojamento do dentro do(s) cilindro(s), enchendo­os e
filtro de óleo ou do turbocompressor antes causando o travamento hidráulico e uma
de girar o motor. Não fazer isso pode possível falha do motor.
causar um travamento hidráulico ao ligar
o motor. O travamento hidráulico pode 2. Desconecte a linha de entrada do óleo do
fazer com que o motor falhe. turbocompressor ou do alojamento do filtro de óleo.
O travamento hidráulico ocorre quando o óleo
aprisionado no alojamento do filtro de óleo
RG,01,DT7046 ­54­29OCT97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=73
Remontagem do Motor

Monte o Motor no Suporte de Reparo

CUIDADO: NUNCA remova os equipamentos


de levantamento superiores até que o motor
esteja montado com segurança no suporte
de reparo e todas as ferragens de montagem

RG9058 —UN—16MAR98
estejam apertadas com o torque específico.
Sempre solte os equipamentos de levantamento
superiores lentamente.

Em motores equipados com turbocompressor de perfil


baixo, remova­o antes de fixar o motor no suporte de
reparo. Motor 4045
Em motores com tubo de enchimento de óleo esquerdo,
remova o tubo antes de montar o motor no suporte de
reparo.
NOTA: Consulte o próximo procedimento para
ver as ilustrações de um motor montado
no suporte de reparo.

RG7787 —UN—11NOV97
Monte o motor no 1 Adaptador de Motor 62835 conforme
descrito abaixo. Uma etiqueta (H) é fixada ao adaptador
do motor para explicar o espaçador usado para cada
modelo de motor.
NOTA: O Espaçador No. 221668 (G) 2 é usado
na parte externa do adaptador do motor nos Motor 6068
Motores 4045 e na parte interna (próximo ao
motor) nos Motores 6088.
Alguns motores mais novos podem não
exigir o espaçador.

Motores 4045

RG8089 —UN—18NOV97
Furo A — (2) no. 214490 1 (M12 x 1,75 x 35 mm)
Furo B — (1) no. 221664 1 (M14 x 2,00 x 35 mm)
Furo C—(1) No. 221665 3 (M14 x 2,00 x 60 mm) com
Espaçador No. 221668 4
Etiqueta de Montagem do Motor
Motores 6068
Furo D — (2) no. 214490 1 (M12 x 1,75 x 35 mm) G—Espaçador no. 221668 H—Etiqueta
Furo E — (1) no. 221664 1 (M14 x 2,00 x 35 mm)
Furo F—(1) No. 221665 3 (M14 x 2,00 x 60 mm) com
Especificação
Espaçador No. 221668 4
Parafusos M12 do
NOTA: Os quatro furos rosqueados no adaptador Suporte de Reparo
de montagem do motor são para armazenar do Motor—Torque....................................................... 140 N∙m (105 lb­ft)
as ferragens de montagem. Parafusos M14 do
Suporte de Reparo
do Motor—Torque....................................................... 225 N∙m (165 lb­ft)

1
Parte do Kit Adaptador de Motor JT07268
2
Parte do Kit Adaptador de Motor
3
Parte do Kit Adaptador de Motor JT07268
4
Parte do Kit Adaptador de Motor JT07268
RG,03,JW7724 ­54­18MAY00­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=74
Remontagem do Motor

Motor Montado no Suporte de Reparo


A—Motor C—Adaptador Especial
B—Adaptador do Motor 62835 D05226ST
D—Suporte de Reparo do
Motor

RG7780 —UN—11NOV97
Motor 6068
RG,03,DT7334 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=75
Remontagem do Motor

Seqüência de Desmontagem do Motor


Sugere­se a seguinte seqüência quando for necessária sobre a remoção, a inspeção e o reparo de componentes
uma desmontagem completa para o recondicionamento. individuais do motor.
Consulte o grupo adequado de reparo para informar­se
SEQÜÊNCIA DE DESMONTAGEM DO MOTOR
Procedimento Referência
Monte o motor em um suporte de reparo aprovado quanto à segurança. Consulte MONTAGEM DO MOTOR NO SUPORTE DE REPARO neste
grupo.
Drene o líquido de arrefecimento e o óleo. Execute a análise OILSCAN Consulte OILSCAN Plus ® e COOLSCAN® na Seção 01, Grupo 002.
Plus ® e COOLSCAN® da John Deere.
Remova as correias do ventilador, o ventilador e o tensor de correia. Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO TENSOR DE CORREIA
AUTOMÁTICO (MOLA) no Grupo 070.
Remova o alternador. Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO ALTERNADOR no Grupo 100.
Remova o turbocompressor (se equipado). Consulte REMOÇÃO DO TURBOCOMPRESSOR no Grupo 080.
Remova o coletor de escape. Consulte REMOÇÃO, INSPEÇÃO E INSTALAÇÃO DO COLETOR DE
ESCAPE no Grupo 080.
Remova a tampa do balancim e o tubo do respiro. Se a etiqueta com Consulte REMOÇÃO DO CABEÇOTE DE CILINDROS no Grupo 020
código de opções estiver localizada na tampa do balancim, tome ou 021.
cuidado para não danificá­la.
Em aplicações onde o coletor de líquido de arrefecimento não é uma Consulte SISTEMA DE ARREFECIMENTO no Grupo 070.
parte integrante do cabeçote de cilindros, remova o coletor de líquido de
arrefecimento ou o alojamento do termostato.
Remova a tubulação do resfriador de óleo e a bomba de líquido de Consulte REMOÇÃO DA BOMBA DE LÍQUIDO DE ARREFECI­
arrefecimento. MENTO no Grupo 070.
Remova a vareta, o filtro de óleo, o resfriador de óleo e o alojamento do Consulte REMOÇÃO, INSPEÇÃO E INSTALAÇÃO DO RESFRIADOR
adaptador (se equipado). DE ÓLEO no Grupo 060.
Remova o conjunto do filtro de combustível. Consulte o procedimento adequado:

• SUBSTITUA O FILTRO DE COMBUSTÍVEL FINAL/CÂMARA DE


ÁGUA E O PRÉ­FILTRO/CÂMARA DE ÁGUA no Grupo 090 do
CTM339 (Sistema Eletrônico de Combustível Nível 12 com Bomba
DE10 Stanadyne).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/BASE DO SEPARADOR DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM219
(Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 4 com Bomba Bosch
VP44).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/CÂMARA DE ÁGUA E/OU PRÉ­FILTRO/BASE DA CÂMARA
DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM339 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 12 com Bomba Stanadyne DE10).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/CÂMARA DE ÁGUA E/OU O PRÉ­FILTRO/BASE DA
CÂMARA DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM284 (Sistemas Eletrônicos
de Combustível Nível 1 com Bomba Delphi DP201) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO PRÉ­FILTRO/BASE DA CÂMARA
DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM228 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Linha Comum de Alta Pressão Denso).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/BASE DA CÂMARA DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM228
(Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 11 com Linha Comum
de Alta Pressão Denso).

Continua na página seguinte RG,04,JW7725 ­54­15MAY02­1/3

CTM206 (18JUN09) 02­010­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=76
Remontagem do Motor

SEQÜÊNCIA DE DESMONTAGEM DO MOTOR


Procedimento Referência
Remova a bomba e as linhas de combustível. Consulte o procedimento adequado:

• REMOÇÃO DA BOMBA DE SUPRIMENTO DE COMBUSTÍVEL


LUCAS E STANADYNE no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas
Mecânicos de Combustível) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA DE SUPRIMENTO DE COMBUSTÍVEL EM
LINHA DENSO no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA DE SUPRIMENTO DE COMBUSTÍVEL
MOTORPAL no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA DE SUPRIMENTO DE COMBUSTÍVEL no
Grupo 090 do CTM339 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível
12 com a Bomba DE10 Stanadyne).
• REMOÇÃO DA BOMBA MECÂNICA DE TRANSFERÊNCIA DE
COMBUSTÍVEL no Grupo 090 do CTM228 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Linha Comum de Alta Pressão Denso).
Remova as linhas e a bomba injetora. Consulte o procedimento adequado:

• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA STANADYNE MODELO


DB2 E DB4 no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL LUCAS no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível)
(Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL DENSO no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível)
(Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL
MOTORPAL no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL BOSCH
VP44 no Grupo 090 do CTM219 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 4 com Bomba Bosch VP44).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA no Grupo 090 do CTM339
(Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 12 com Bomba DE10
Stanadyne).
• REMOÇÃO DA BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM284 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 1 com
Bomba Delphi DP201) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL DE
ALTA PRESSÃO no Grupo 090 do CTM228 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Linha Comum de Alta Pressão Denso).
• REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DA LINHA COMUM DE ALTA
PRESSÃO no Grupo 090 do CTM228 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Linha Comum de Alta Pressão Denso).
Retire os bicos injetores. Consulte o procedimento adequado:

• REMOÇÃO DOS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo


090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível) (Somente
Inglês).
• REMOÇÃO DOS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM219 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 4 com
Bomba Bosch VP44).
• REMOÇÃO DOS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM339 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 12 com
Bomba DE10 Stanadyne).
• REMOÇÃO DOS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM284 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 1 com
Bomba Delphi DP201) (Somente Inglês).
• REMOÇÃO DOS INJETORES ELETRÔNICOSno Grupo 090 do
CTM228 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 11 com Linha
Comum de Alta Pressão Denso).
Remova o motor de partida. Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO MOTOR DE PARTIDA no
Grupo 100.
Remova o conjunto do balancim e as varetas impulsoras. Mantenha Consulte REMOÇÃO DO CABEÇOTE DE CILINDROS no Grupo 020
as bielas na ordem. ou 021.
Verifique se há varetas impulsoras empenadas e a condição das
superfícies das almofadas de desgaste dos balancins.

Continua na página seguinte RG,04,JW7725 ­54­15MAY02­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­010­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=77
Remontagem do Motor

SEQÜÊNCIA DE DESMONTAGEM DO MOTOR


Procedimento Referência
Remova o cabeçote de cilindros. Consulte REMOÇÃO DO CABEÇOTE DE CILINDROS no Grupo 020
Verifique a protuberância do pistão. ou 021.
Consulte MEDIÇÃO DA PROTUBERÂNCIA DO PISTÃO no Grupo 030.
Remova os seguidores de came. Mantenha os seguidores na ordem. Consulte INSPEÇÃO DOS SEGUIDORES DE CAME no Grupo 050.
Remova o volante. Consulte REMOÇÃO DO VOLANTE no Grupo 040.
Remova o alojamento do volante. Consulte REMOÇÃO DO ALOJAMENTO DO VOLANTE no Grupo 040.
Remova a bandeja de óleo. Drene o óleo e remova a bandeja de óleo.
Remova a polia do virabrequim. Consulte REMOÇÃO DA POLIA OU DO AMORTECEDOR DE
VIBRAÇÃO E DA POLIA no Grupo 040.
Remova o conjunto da válvula reguladora de pressão de óleo e a tampa Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DA VÁLVULA REGULADORA
(motores mais antigos). DE PRESSÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Remova a tampa da engrenagem de sincronização. Consulte REMOÇÃO DA TAMPA DA ENGRENAGEM DE
SINCRONIZAÇÃO no Grupo 050.
Remova a engrenagem de acionamento da bomba de óleo, o tubo de Consulte REMOÇÃO DA BOMBA DE ÓLEO DO MOTOR no Grupo 060.
saída e o corpo da bomba.
Remova as engrenagens de sincronização e o comando de válvulas. Consulte REMOÇÃO DO COMANDO DE VÁLVULAS no Grupo 050.
Verifique se há desgastes.
Remova os eixos balanceadores, se equipado (motores 4045). Consulte REMOÇÃO DOS EIXOS BALANCEADORES no Grupo 050.
Remova o conjunto de uma peça da válvula reguladora da pressão de Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DA VÁLVULA REGULADORA
óleo (motores mais novos). DE PRESSÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Remova a placa dianteira do motor. Consulte REMOÇÃO DA PLACA DIANTEIRA DO BLOCO DE
CILINDROS no Grupo 050.
Remova a válvula de derivação de óleo. Consulte REMOÇÃO, INSPEÇÃO E INSTALAÇÃO DA VÁLVULA DE
DERIVAÇÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Marque o número do cilindro na biela. Execute as verificações de Consulte INSPEÇÃO E MEDIÇÃO DAS BRONZINAS no Grupo 030.
desgaste com PLASTIGAGE®. Remova os pistões e as bielas.
Execute as verificações de desgaste com PLASTIGAGE®. Remova o Consulte REMOÇÃO DO VIRABREQUIM no Grupo 040.
virabrequim e os mancais principais.
Remova as camisas dos cilindros e marque cada uma com o número Consulte REMOÇÃO DAS CAMISAS DO CILINDRO no Grupo 030.
do cilindro.
Remova as pastilhas de arrefecimento do pistão. Consulte REMOÇÃO, INSPEÇÃO E INSTALAÇÃO DAS PASTILHAS
DE ARREFECIMENTO DO PISTÃO no Grupo 030.
Remova as buchas do eixo balanceador, se equipado (motores 4045) e Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DAS BUCHAS DO COMANDO
a bucha do comando de válvulas. DE VÁLVULAS no Grupo 050.
Consulte REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DAS BUCHAS DO EIXO
BALANCEADOR no Grupo 050.
Remova os bujões do bloco de cilindros e a placa com o número de Consulte INSPEÇÃO E LIMPEZA DO BLOCO DE CILINDROS no
série quando o bloco for colocado em um “tanque quente”. Grupo 030.
Limpe os furos da camisa superior e inferior com um escova de náilon. Consulte LIMPEZA DAS CAMISAS DOS CILINDROS no Grupo 030.
Meça o bloco de cilindros. (Grupos 030, 040 e 050.)

OILSCAN é uma marca registrada da Deere & Company.


COOLSCAN é uma marca registrada da Deere & Company
PLASTIGAGE é uma marca registrada da DANA Corp.
RG,04,JW7725 ­54­15MAY02­3/3

CTM206 (18JUN09) 02­010­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=78
Remontagem do Motor

Diretrizes para Aplicação do Vedante


Segue, abaixo, a relação dos vedantes testados e usados
Junta Flexível Moldada no Local LOCTITE®
pela fábrica da John Deere para controlar vazamentos
515 (Uso Geral) (Roxo):
e garantir a retenção das ferragens. SEMPRE use
os seguintes vedantes recomendados ao montar seu PM38655, garrafa de 50 ml
motor John Deere para assegurar um desempenho com
qualidade. • Alojamento do volante ao bloco de cilindros.
• Alojamento do volante à bandeja de óleo.
Os vedantes de rosca LOCTITE® são projetados para • Face dianteira e traseira do bloco de cilindros.
funcionar de acordo com as normas de vedação com • Placa dianteira/tampa da engrenagem de sincronização
resíduos de óleo da máquina presentes. Se houver à bandeja de óleo.
excesso de óleo da máquina ou baixa qualidade de
limpeza, limpe com solvente. Consulte o Manual de Vedante de Tubo LOCTITE® 592 com
Vendas de Peças e Mercadorias John Deere para obter TEFLON® (Branco):
informações sobre pedidos.
TY9374, tubo de 6 ml/TY9375, tubo de 50 ml
IMPORTANTE: Os materiais de juntas da LOCTITE®
NÃO foram desenvolvidos para funcionar onde • Bujões dos tubos: bloco do cilindro (coletor de água),
haja resíduos de óleo. É necessário limpar alojamento do termostato, bomba de água, alojamento
os resíduos de óleo das superfícies antes do volante (dreno).
de aplicar o material de juntas. • Conexão da tampa do regulador da bomba injetora
(retorno de combustível).
Trava­Rosca e Vedante LOCTITE® 242 (Média • Unidade de envio de temperatura.
Resistência) (Azul): • Bandeja de óleo (mangueira de dreno, válvula de dreno
e conexão do dreno do cotovelo).
TY9370, tubo de 6 ml/T43512, tubo de 50 ml • Conectores: linha do turbo, dreno do turbo e retorno de
água ao bloco de cilindros.
• Bujões e conexões: base do filtro de combustível, • Conexão adaptadora e bujão para lubrificação do turbo
bomba de transferência de combustível, alojamento na base do filtro de óleo duplo.
da base do filtro de óleo e compartimentos de óleo do • Aquecedor de ar.
bloco de cilindros.
• Parafusos com cabeça: tampa de acesso da bomba Composto de Retenção LOCTITE® 609 (verde)
injetora, tampa do tacômetro eletrônico, entrada de
abastecimento de óleo, volante, bomba de transferência TY15969, garrafa de 50 ml
de combustível, alojamento do resfriador de óleo ao
bloco de cilindros (somente furos abertos) e tampa do
• Tubo da vareta de óleo e conexão.
furo de sincronização. Composto de Retenção de Alta­Temperatura
• Unidade de envio de pressão de óleo. LOCTITE® 620 (Verde Claro):
Trava­Rosca e Vedante LOCTITE® 271 (Alta TY15941, tubo de 50 ml
Resistência) (Transparente):
• Luva do bico injetor de combustível (cabeçote do
TY9371, tubo de 6 ml/T43513, frasco de 50 ml cilindro de 4 válvulas)
• Prisioneiros: bomba de água ao bloco de cilindros, Composto de Retenção de Resistência Máxima
bomba injetora à placa dianteira. LOCTITE® 680 (Verde):
• Niple do filtro de óleo.
TY15969, tubo de 50 ml
Junta Rígida Moldada no Local LOCTITE® 277
(Alta Resistência) (Vermelha): • Luva de desgaste do virabrequim.
• Nariz do comando de válvulas.
T43514, frasco de 50 ml
Vedante de Silicone HYLOMAR 101 (Branco)
• Tampões de aço: bloco do cilindro e cabeçote do
cilindro. PM710XX280, tubo de 85 g
• Anel O adaptador para o tubo de saída da bomba de • Inserto da bomba de líquido de arrefecimento.
óleo.
• Niples e cotovelos pressionados em seus locais, Junta Moldada no Local de Silicone RTV (Azul):1
alojamento da bomba de água e tampa do resfriador
de óleo. TY16021, tubo de 50 ml
• Bujão do furo de acesso do conversor de torque.
• Tampa da engrenagem de sincronização da bomba
injetora SOMENTE quando a junta tradicional não está
disponível.
Continua na página seguinte RG,04,JW7726 ­54­04JUN09­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­010­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=79
Remontagem do Motor

• Parafusos com cabeça: coletor de escape e alojamento


da turbina ao alojamento central.
Composto PT569 NEVER­SEEZ®:
PT569, 227 g escova/PT506, 453 g spray
LOCTITE é uma marca comercial registrada da Loctite Corp.
TEFLON é uma marca comercial registrada da Du Pont Co.
NEVER­SEEZ é uma marca comercial registrada da Em­
hart Chemical Group.
1
Utilize o Vedante Flexível DD15664 LOCTITE 515 ao realizar
a manutenção de um motor dentro do Mercado Europeu/Área
de Serviço. Siga as orientações do fabricante que constam na
embalagem ao utilizar e armazenar o vedante.
RG,04,JW7726 ­54­04JUN09­2/2

CTM206 (18JUN09) 02­010­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=80
Remontagem do Motor

Seqüência de Montagem do Motor


A seguinte seqüência de montagem é sugerida quando de folga, torques, etc., conforme o motor é montado.
o motor for completamente desmontado. Certifique­se Consulte o grupo de reparação adequado quando montar
de verificar as especificações de desvio, as tolerâncias os componentes do motor individuais.
SEQÜÊNCIA DE MONTAGEM DO MOTOR
Procedimento Referência
Instale todos os bujões e a placa do número de série no bloco de Consulte INSPECIONE E LIMPE O BLOCO DE CILINDROS no Grupo
cilindros (se removida). 030.
Instale os orifícios de refrigeração dos pistões. Consulte REMOVA, INSPECIONE E INSTALE OS ORIFÍCIOS DE
REFRIGERAÇÃO DO PISTÃO no Grupo 030.
Instale novas buchas do eixo balanceador, se equipado (motores 4045) Consulte REMOVA E INSTALE AS BUCHAS DO COMANDO DE
e a nova bucha do comando de válvulas. VÁLVULAS COM A PLACA DIANTEIRA INSTALADA no Grupo 050.
Consulte REMOVA E INSTALE AS BUCHAS DO EIXO
BALANCEADOR no Grupo 050.
Instale as camisas dos cilindros sem anéis O. Meça a altura da camisa. Consulte INSTALE AS CAMISAS DOS CILINDROS NO BLOCO no
Instale as camisas dos cilindros com anéis O. Grupo 030.
Instale os mancais principais e o virabrequim. Rolamentos Consulte INSTALE O VIRABREQUIM no Grupo 040.
PLASTIGAGE®.
Instale o alojamento do volante. Consulte INSTALE O ALOJAMENTO DO VOLANTE no Grupo 040.
Instale a vedação de óleo traseira. Consulte INSTALE A VEDAÇÃO DE ÓLEO TRASEIRA DO
Instale o volante. VIRABREQUIM E A MANGA DE DESGASTE no Grupo 040.
Consulte INSTALE O VOLANTE no Grupo 040.
Instale os pistões e bielas. Meça o ressalto do pistão. Consulte INSTALE O PISTÃO E CONJUNTO DE BIELAS no Grupo 030.
Instale a válvula de derivação de óleo. Consulte REMOVA, INSPECIONE E INSTALE A VÁLVULA DE
DERIVAÇÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Instale a placa dianteira. Consulte INSTALE A PLACA DIANTEIRA DO BLOCO DE
CILINDROS no Grupo 050.
Instale a válvula reguladora de pressão de óleo de uma peça (motores Consulte REMOVA E INSTALE A VÁLVULA REGULADORA DE
mais novos). PRESSÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Instale os eixos balanceadores, se equipado (motores 4045). Verifi que Consulte INSTALE E SINCRONIZE OS EIXOS BALANCEADORES no
a folga longitudinal. Grupo 050.
Instale o tubo de saída de óleo, o anel O no bloco e a bomba de óleo. Consulte INSTALE A BOMBA DE ÓLEO DO MOTOR no Grupo 060.
Instale as linhas de injeção e a bomba injetora. Consulte o procedimento adequado:

• INSTALE A BOMBA INJETORA DB2 E DB4 MODELO


STANADYNE no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL LUCAS no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL DENSO no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL MOTORPAL no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL BOSCH VP44 no
Grupo 090 do CTM170 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 4
com Bomba Bosch VP44).
• INSTALE A BOMBA INJETORA no Grupo 090 do CTM331 (Sistemas
Eletrônicos de Combustível Nível 12 com Bomba DE10 Stanadyne).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL no Grupo 090
do CTM284 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 1 com
Bomba DP210 Delphi).
• REMOVA E INSTALE A BOMBA DE COMBUSTÍVEL DE ALTA
PRESSÃO no Grupo 090 do CTM220 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso).
• REMOVA E INSTALE O TRILHO COMUM DE ALTA PRESSÃO no
Grupo 090 do CTM220 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível
11 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso).
• REMOVA E INSTALE O TRILHO COMUM DE ALTA PRESSÃO no
Grupo 090 do CTM320 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível
14 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso).
Instale o comando de válvulas e as engrenagens de sincronização. Consulte INSTALE O COMANDO DE VÁLVULAS no Grupo 050.
Sincronize todas as engrenagens com o cilindro nº 1 no tempo de
compressão PMS.

Continua na página seguinte RG,04,DT7335 ­54­15MAY02­1/3

CTM206 (18JUN09) 02­010­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=81
Remontagem do Motor

SEQÜÊNCIA DE MONTAGEM DO MOTOR


Procedimento Referência
Instale a tampa da engrenagem de sincronização. Consulte INSTALE A TAMPA DA ENGRENAGEM DE
Instale a nova vedação dianteira. SINCRONIZAÇÃO no Grupo 050.
Consulte SUBSTITUA A VEDAÇÃO DE ÓLEO DIANTEIRA DO
VIRABREQUIM E A LUVA DE DESGASTE no Grupo 040.
Instale o conjunto da válvula reguladora de pressão de óleo e a tampa Consulte REMOVA E INSTALE A VÁLVULA REGULADORA DE
(motores mais antigos). PRESSÃO DE ÓLEO no Grupo 060.
Instale a bandeja de óleo. Consulte INSTALE A BANDEJA DE ÓLEO no Grupo 060.
Instale os seguidores de came na mesma ordem em que foram Consulte INSPECIONE, MEÇA E MONTE OS SEGUIDORES DE
removidos. CAME no Grupo 020 ou 021.
Instale a junta da cabeça do cilindro e a cabeça do cilindro. Consulte INSTALE O CABEÇOTE DE CILINDROS no Grupo 020 ou
Instale as hastes de impulso e o conjunto de balancins. 021.
Consulte INSTALE O CONJUNTO DE BALANCINS no Grupo 020 ou
021.
Instale o motor de partida. Consulte REMOVA E INSTALE O MOTOR DE ARRANQUE no Grupo
100.
Instale os bicos injetores. Consulte o procedimento adequado:

• INSTALE OS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo 090


do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível).
• INSTALE OS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM170 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 4 com
Bomba Bosch VP44).
• INSTALE OS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo
090 do CTM331 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 12 com
Bomba DE10 Stanadyne).
• MONTE OS BICOS INJETORES DE COMBUSTÍVEL no Grupo 090
do CTM284 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 1 com
Bomba DP201 Delphi).
• INSTALE OS INJETORES ELETRÔNICOS no Grupo 090 do CTM220
(Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 11 com Trilho Comum
de Alta Pressão Denso).
Instale o conjunto do filtro de combustível. Consulte o procedimento adequado:

• REMOVA E INSTALE O FILTRO DE COMBUSTÍVEL FINAL E/OU


O FILTRO DE COMBUSTÍVEL PRIMÁRIO/BASE DO SEPARADOR
DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível).
• REMOVA E INSTALE O FILTRO DE COMBUSTÍVEL FINAL/BASE
DO SEPARADOR DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM170 (Sistemas
Eletrônicos de Combustível Nível 4 com Bomba Bosch VP44).
• REMOVA E INSTALE O FILTRO DE COMBUSTÍVEL FINAL/CÂMARA
DE ÁGUA E/OU BASE DO PRÉ­FILTRO/CÂMARA DE ÁGUA no
Grupo 090 do CTM331 (Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível
12 com Bomba Stanadyne DE10).
• REMOVA E INSTALE O FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/CÂMARA DE ÁGUA E/OU BASE DO PRÉ­FILTRO/CÂMARA
DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM284 (Sistema Eletrônico de
Combustível Nível 1 com Bomba Delphi DP201).
• REMOVA E INSTALE A BASE DO PRÉ­FILTRO/CÂMARA
DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM220 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso).
• REMOVA E INSTALE A BASE DO FILTRO DE COMBUSTÍVEL
FINAL/CÂMARA DE ÁGUA no Grupo 090 do CTM220 (Sistemas
Eletrônicos de Combustível Nível 11 com Trilho Comum de Alta
Pressão Denso).

Continua na página seguinte RG,04,DT7335 ­54­15MAY02­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­010­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=82
Remontagem do Motor

SEQÜÊNCIA DE MONTAGEM DO MOTOR


Procedimento Referência
Instale a bomba e as linhas de combustível. Consulte o procedimento adequado:

• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL LUCAS E


STANADYNE no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL DENSO
EM LINHA no Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de
Combustível).
• INSTALE A BOMBA INJETORA DE COMBUSTÍVEL MOTORPAL no
Grupo 090 do CTM207 (Sistemas Mecânicos de Combustível).
• REMOVA A BOMBA DE COMBUSTÍVEL no Grupo 090 do CTM331
(Sistemas Eletrônicos de Combustível Nível 12 com Bomba
Stanadyne DE10).
• REMOVA A BOMBA MECÂNICA DE TRANSFERÊNCIA DE
COMBUSTÍVEL no Grupo 090 do CTM220 (Sistemas Eletrônicos de
Combustível Nível 11 com Trilho Comum de Alta Pressão Denso).
Instale o resfriador de óleo, o novo filtro de óleo e a vareta de nível. Consulte REMOVA, INSPECIONE E INSTALE O RESFRIADOR DE
ÓLEO no Grupo 060.
Instale o coletor de refrigerante ou o alojamento do termostato e os Consulte SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO no Grupo 070.
termostatos.
Instale o coletor de escape. Consulte REMOVA, INSPECIONE E INSTALE O COLETOR DE
Instale o turbocompressor. Pré­lubrifique o turbocompressor. ESCAPE no Grupo 080.
Instale o resfriador da EGR e as linhas de líquido de arrefecimento. Consulte INSTALE O TURBOCOMPRESSOR no Grupo 080.
Instale o coletor de admissão. Consulte INSTALE O RESFRIADOR DA EGR no Grupo 080.
Instale o tubo de escape da EGR.
Instale a válvula EGR.
Instale a bomba de arrefecimento e as mangueiras. Consulte INSTALE A BOMBA DE ARREFECIMENTO no Grupo 070.
Instale a polia do virabrequim ou o amortecedor de vibração. Use novos Consulte INSTALE A POLIA OU O AMORTECEDOR DE VIBRAÇÃO
amortecedores. E A POLIA no Grupo 040.
Instale o alternador. Consulte REMOVA E INSTALE O ALTERNADOR no Grupo 100.
Instale o tensionador de correia, a ventoinha e as correias da ventoinha. Consulte REMOVA E INSTALE O TENSIONADOR DE CORREIA
AUTOMÁTICO (MOLA) no Grupo 070.
Ajuste as válvulas. Consulte VERIFIQUE E AJUSTE A FOLGA DA VÁLVULA no Grupo
Instale a tampa do balancim e o tubo do respiro. 020 ou 021.
Consulte INSTALE A TAMPA DO BALANCIM no Grupo 020 ou 021.
Encha o motor com óleo limpo. Seção 01, Grupo 002
Lave o sistema de arrefecimento e reabasteça com líquido de Seção 01, Grupo 002
arrefecimento adequado.
Execute todas as verificações de desempenho em amaciamento e Consulte EXECUTE O AMACIAMENTO DO MOTOR neste grupo.
padrão do motor.

PLASTIGAGE é uma marca registrada da DANA Corp.


RG,04,DT7335 ­54­15MAY02­3/3

Instruções para Amaciamento do Motor • A vedação traseira de óleo do virabrequim e a manga


de desgaste tiverem sido substituídas. (O objetivo
O amaciamento do motor deve ser feito após um principal é ver se a vedação de óleo ainda vaza).
recondicionamento ou quando os seguintes reparos
tiverem sido executados:
• O cabeçote de cilindros tiver sido removido.
• A bomba injetora tiver sido removida ou os ajustes
• Mancais principais, bielas, virabrequim ou qualquer críticos tiverem sido feitos enquanto ela ainda estava
combinação dessas peças tiverem sido substituídas. no motor. (O objetivo principal é verificar a potência).
• Pistões, anéis ou camisas tiverem sido substituídos.
RG,RG34710,1053 ­54­03NOV99­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­010­15 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=83
Remontagem do Motor

Execute o Amaciamento do Motor


IMPORTANTE: Se o motor tiver uma TDP, o 2. Dê partida no motor. Faça­o funcionar nas rotações
amaciamento pode ser feito na TDP se for feito exibidas na tabela seguinte para os limites de tempo
conforme especificado a seguir. Para evitar dados.
possíveis danos à caixa de engrenagens da TDP,
AMACIAMENTO PRELIMINAR DO MOTOR APÓS UM
NÃO aplique carga total através da TDP por mais RECONDICIONAMENTO COMPLETO
do que os 10 minutos especificados a seguir.
Hora Carga Rotação do Motor

Use um dinamômetro para executar os procedimentos 1 minuto Sem carga 850 rpm
preliminares de amaciamento a seguir. Se necessário, o 2 minutos Sem carga Alta Rotação
amaciamento preliminar do motor pode ser executado 10 minutos 1/2 — 3/4 carga 2000 rpm em rotação
sem um dinamômetro se estiver sob condições de nominal
operação controladas. 10 minutos Carga total Rotação nominal

IMPORTANTE: USE SOMENTE o Óleo de 3. Após o amaciamento preliminar, faça o motor


Amaciamento de Motor da John Deere funcionar por 1 — 2 minutos a 1500 rpm sem carga
ou equivalente. NÃO use o óleo PLUS­50 da antes de desligar.
John Deere nem óleos de motor de acordo
com os níveis de desempenho API CI­4, API 4. Verifique e ajuste novamente a folga da válvula
CH­4, API CG­4, API CF­4, API CF­2, API CF, conforme necessário. Não é necessário retorquear
ACEA E5, ACEA E4 ou ACEA E3 durante o o cabeçote de cilindros.
período de amaciamento de um motor que
tenha sofrido um recondicionamento grande. NOTA: Durante as primeiras 20 horas, evite períodos
Esses óleos não permitirão que um motor prolongados de motor em marcha lenta ou
recondicionado seja devidamente desgastado operação constante com carga máxima. Se
durante o período de amaciamento. o motor for funcionar em marcha lenta por
mais de 5 minutos, desligue­o.
Não complete o óleo até que o nível fique
ABAIXO da marca de acréscimo. O Óleo John 5. Com cargas pesadas, opere o motor com o mínimo
Deere para Amaciamento de Motor deve ser de marcha lenta durante o período de amaciamento.
usado para suprir qualquer óleo consumido
durante o período de amaciamento. Se o motor tiver um tempo de operação significativo
em marcha lenta, rotações constantes e/ou uso com
NÃO encha acima do desenho sombreado ou da carga leve, recomenda­se um período de amaciamento
marca FULL (cheio). Níveis de óleo em qualquer adicional de 100 horas, usando uma nova troca de Óleo
ponto dentro da área hachurada são aceitáveis. de Amaciamento de Motores da John Deere e um novo
filtro de óleo da John Deere.
1. Encha o cárter do motor até o nível adequado com
óleo de Amaciamento de Motores da John Deere Verifique o nível do óleo do motor com maior freqüência
durante a operação de amaciamento. Use o óleo de durante o período de amaciamento do motor. Como
amaciamento independentemente da temperatura regra geral, não é necessário acrescentar óleo durante
ambiente. Esse óleo é formulado especificamente o período de amaciamento de 100 horas. Entretanto, se
para melhorar o amaciamento dos motores diesel for necessário acrescentar óleo nas primeiras 100 horas
John Deere. Sob condições normais, não ultrapasse de amaciamento, é necessário um período adicional de
100 horas com o óleo de amaciamento. amaciamento de 100 horas. Use uma nova troca de Óleo
de Amaciamento de Motor e um novo filtro de óleo da
Se o óleo de Amaciamento do Motor da John Deere John Deere.
não estiver disponível, use óleo para motores diesel
que estejam de acordo com a Classificação de Após um máximo de 100 horas, drene o óleo de
Serviços da API CC, CD, CE ou Especificação E1 ou amaciamento e troque o filtro de óleo. Encha o cárter com
E2 da ACEA. PLUS­50® ou TORQ­GARD SUPREME® da John Deere
ou outro óleo de motor diesel de serviço pesado dentro da
IMPORTANTE: Durante o amaciamento preliminar, mesma classificação de serviços conforme recomendação
verifique a pressão de óleo e a temperatura deste manual. Consulte ÓLEO DE MOTOR DIESEL
do líquido de arrefecimento periodicamente. — NÃO CERTIFICADO E MOTORES CERTIFICADOS
Verifique também sinais de vazamento de CLASSE 1 ou ÓLEO DE MOTOR DIESEL — MOTORES
combustível, óleo ou líquido de arrefecimento. CLASSE 2 na Seção 01, Grupo 002, Combustíveis,
Lubrificantes e Líquidos de Arrefecimento.
Não faça o motor funcionar em carga total por
mais de 10 minutos de uma só vez.

Continua na página seguinte RG,100,JW7645 ­54­03JUN04­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­010­16 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=84
Remontagem do Motor

NOTA: Pode­se esperar um certo aumento no consumo Se a temperatura do ar estiver abaixo de —10ºC
de óleo quando for usado óleo de baixa viscosidade. (14ºF), use um aquecedor do bloco do motor.
Verifique regularmente os níveis do óleo.

PLUS­50 é uma marca registrada da Deere & Company.


TORQ­GARD SUPREME é uma marca registrada da Deere & Company.
RG,100,JW7645 ­54­03JUN04­2/2

CTM206 (18JUN09) 02­010­17 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=85
Remontagem do Motor

CTM206 (18JUN09) 02­010­18 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=86
Grupo 020
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Informações Gerais
NOTA: Os motores com projeto de cabeçote de quatro
válvulas são cobertos no Grupo 021.
OUO1089,0000236 ­54­12JUN02­1/1

Verificação e Ajuste da Folga da Válvula

CUIDADO: Para evitar uma partida acidental do


motor ao executar ajustes nas válvulas, sempre
desconecte o terminal NEGATIVO (–) da bateria.

RG7408 —UN—06AUG96
IMPORTANTE: A folga da válvula DEVE SER
verificada e ajustada com o motor FRIO.

1. Retire a proteção do braço oscilante e o tubo de


ventilação do cárter.
NOTA: Nos motores com cabeçotes de duas
válvulas/HPCR, não é necessário remover o chicote Orifícios de Sincronização do Alojamento do Volante
(C) do injetor para ajustar a folga da válvula.

IMPORTANTE: Inspecione as superfícies de contato


das pontas das válvulas e o desgaste nas
lâminas do braço oscilante. Verifique se há
desgaste excessivo, quebras ou rachaduras

CD30944 —UN—19JUL07
em todas as peças. Substitua as peças que
apresentam danos visíveis.
Os braços oscilantes que exibirem uma
folga excessiva nas válvulas devem ser
inspecionados mais profundamente para
identificar as peças danificadas.
Chicote do injetor no motor de cabeçote de 2 válvulas/HPCR
2. Remova os bujões plásticos ou a placa de proteção
do orifício de sincronização/rotação (A) do motor e do
A—Orifício de Sincroni­ C—Chicote do injetor no
orifício do pino de sincronização (B). zação/Rotação motor de cabeçote de 2
B—Orifício do Pino de válvulas/HPCR
NOTA: Alguns motores são equipados com alojamentos Sincronização
de volante que não permitem o uso nenhuma
ferramenta de rotação do volante do motor.
Esses motores com virabrequins de ponta reta
esteja em tempo de compressão do TDC. Insira o Pino
podem ser girados da ponta dianteira do motor
de Sincronização JDG1571 ou JDE81­4 no volante.
usando o Adaptador de Rotação Dianteiro/Traseiro
do Virabrequim JDG966. NOTA: Quando o pistão nº 1 está em TDC no tempo
de compressão, os braços oscilantes do cilindro
3. Usando a Ferramenta de Giro do Volante JDE83 , nº 1 estão soltos. Caso contrário, gire o motor
JDG820 (antigamente JDE81­1) ou JDG10576, gire em uma volta completa (360°).
o volante do motor no sentido do funcionamento
(sentido horário, visto da frente) até que o cilindro nº 1
Continua na página seguinte RG,05,DT7375 ­54­06SEP07­1/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=87
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

4. Com o motor travado no TDC do tempo de


compressão do pistão número 1, verifique a folga da
válvula de acordo com as especificações a seguir.
(Use a seqüência para motores com 4 ou 6 cilindros
conforme descrito na página seguinte.)
Se as válvulas precisarem de ajuste, solte a

RG7409 —UN—06AUG96
contraporca (A) no parafuso de ajuste do braço
oscilante. Gire o parafuso de ajuste até que o
calibrador deslize com um leve arrasto. Evite que
o parafuso de ajuste gire usando uma chave de
fenda e aperte a contraporca de acordo com as
especificações. Verifique novamente a folga após
o aperto da contraporca. Ajuste a folga conforme Ajuste das Válvulas
necessário.
Especificação
A—Contraporca do Parafuso
Folga da Válvula de de Ajuste
Admissão (Braço
Oscilante à Ponta
da Válvula) (Motor
Especificação
Frio)—Folga.............................................................. 0.36 mm (0.014 in.)
Contraporca do Parafuso
Folga da Válvula de
de Ajuste do Braço
Escape (Braço Oscilante
Oscilante—Torque.......................................................... 27 N∙m (20 lb­ft)
à Ponta da Válvula)
(Motor Frio)—Folga................................................... 0.46 mm (0.018 in.) 5. Instale a proteção do braço oscilante e o tubo de
ventilação do cárter.
RG,05,DT7375 ­54­06SEP07­2/4

Motor de 4 Cilindros:
NOTA: A ordem de acionamento é 1­3­4­2.

1. Usando o Pino de Sincronização JDG1571 ou


JDE81­4, trave o pistão nº 1 no tempo de compressão
do TDC (B).

RG4776 —UN—31OCT97
2. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 1 e 3 e nas
válvulas de admissão nº 1 e 2.
3. Gire o virabrequim em 360º. Trave o pistão nº 4 no
tempo de compressão do TDC (C).
4. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 2 e 4 e nas
Ajuste das Válvulas do Motor de 4 Cilindros
válvulas de admissão nº 3 e 4.

A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape


B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
Pistão nº 1
C—Compressão do TDC do
Pistão nº 4

Continua na página seguinte RG,05,DT7375 ­54­06SEP07­3/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=88
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Motor de 6 Cilindros:
NOTA: A ordem de acionamento é 1­5­3­6­2­4.

1. Trave o pistão nº 1 no tempo de compressão do TDC


(B).

RG4777 —UN—31OCT97
2. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 1, 3 e 5 e nas
válvulas de admissão nº 1, 2 e 4.
3. Gire o virabrequim em 360º. Trave o pistão nº 6 no
tempo de compressão do TDC (C).
4. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 2, 4 e 6 e nas
válvulas de admissão nº 3, 5 e 6. Ajuste das Válvulas do Motor de 6 Cilindros

A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape


B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
Pistão nº 1
C—Compressão do TDC do
Pistão nº 6

RG,05,DT7375 ­54­06SEP07­4/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=89
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Medição da Elevação da Válvula


IMPORTANTE: Para uma medida mais precisa,
meça a elevação da válvula em 0,00 mm (in.)
entre a folga do braço oscilante e a ponta
da válvula com o motor FRIO.

RG7410 —UN—23NOV97
NOTA: A medição da elevação da válvula fornece
uma indicação do desgaste nos ressaltos
do eixo de comando.

1. Remova a proteção do braço oscilante.


2. Ajuste o pistão nº 1 no tempo de compressão do
Medição da Elevação da Válvula
TDC e instale um Pino de Sincronização JDG1571
ou JDE81­4, no volante.
3. Ajuste a folga da ponta da válvula ao braço oscilante
a 0.00 mm (0.00 in.) para:
• Válvulas de escape n 1 e 3, e válvulas de admissão
n 1 e 2 nos motores de 4 cilindros.
• Válvulas de escape nº 1, 3 e 5 e válvulas de

RG4776 —UN—31OCT97
admissão nº 1, 2, e 4, nos motores de 6 cilindros.
4. Coloque a ponta do indicador com mostrador na parte
de cima da tampa da mola da válvula (retentora) ou
rotador. Faça uma pré­carga na ponta do indicador e
ajuste o mostrador em 0,0 mm (0,0 in.).
Motor de 4 Cilindros
5. Remova o pino de sincronização do volante e gire
manualmente o motor em uma volta completa (360°)
no sentido do funcionamento usando uma ferramenta
apropriada de giro do volante.
6. Observe a leitura do indicador com mostrador
enquanto a válvula é movida para a posição

RG4777 —UN—31OCT97
totalmente aberta. Registre a leitura máxima e
compare com as especificações fornecidas abaixo.
Todos os Motores com Cabeçote de duas Válvulas,
exceto cabeçotes de duas válvulas/HPCR e motores com
injetores de 17 mm—Especificação
Válvulas de
Admissão—Elevação................................................... 11,77—12,21 mm
(0.463—0.481 in.) Motor de 6 Cilindros
Limite de Desgaste................................................. 11.34 mm (0.447 in.)
Válvulas de A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape
Escape—Elevação....................................................... 11,51—11,94 mm B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
(0.453—0.470 in.) Pistão nº 1
C—Compressão do TDC do
Limite de Desgaste................................................. 11.08 mm (0.436 in.) Pistão nº 6 ou nº 4
Motores "H" com Cabeçote de 2 Válvulas/HPCR—Especificação
Válvulas de
Admissão—Elevação.......................................................8,20—8,64 mm Válvulas de
(0.320—0.340 in.) Escape—Elevação....................................................... 11,51—11,94 mm
Limite de Desgaste................................................... 7.76 mm (0.305 in.) (0.453—0.470 in.)
Válvulas de Limite de Desgaste................................................. 11.08 mm (0.436 in.)
Escape—Elevação....................................................... 11,44—11,88 mm Motores com Cabeçotes de duas Válvulas com Injetores
(0.450—0.468 in.) de 17 mm—Especificação
Limite de Desgaste................................................... 11.0 mm (0.433 in.) Válvulas de
Motores "T" com Cabeçote de 2 Válvulas/HPCR—Especificação Admissão—Elevação................................................... 11,77—12,21 mm
Válvulas de (0.463—0.481 in.)
Admissão—Elevação................................................... 11,77—12,21 mm Limite de Desgaste................................................. 11.34 mm (0.447 in.)
(0.463—0.481 in.) Válvulas de
Escape—Elevação....................................................... 10,61—11,11 mm
Limite de Desgaste................................................. 11.34 mm (0.447 in.)Continua na página seguinte RG,05,DT7374 ­54­14SEP07­1/2
(0.418—0.437 in.)
CTM206 (18JUN09) 02­020­4Limite de Desgaste.................................................
Motores Diesel PowerTech™ 10.17 mm 4,5
(0.400l ein.)
6,8 l
072209

PN=90
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

7. Siga o mesmo procedimento para as válvulas • Tempo de compressão nº 4 do TDC para motores
remanescentes e registre as leituras. de 4 cilindros.
Se a elevação da válvula estiver dentro das • Tempo de compressão nº 6 do TDC para motores
de 6 cilindros.
especificações em todas as válvulas, ajuste
a folga da válvula às medidas especificadas. 9. Ajuste a folga da ponta da válvula ao braço oscilante
(Veja VERIFICAÇÃO E AJUSTE DA FOLGA DA a 0,0 mm (0.0 in.) para:
VÁLVULA anteriormente neste grupo.)
• Válvulas de escape n 2 e 4, e válvulas de admissão
Se a elevação da válvula em uma ou mais válvulas n 3 e 4 nos motores de 4 cilindros.
não estiver de acordo com a especificação, remova • Válvulas de escape nº 2, 4 e 6 e válvulas de
e inspecione todo o trem de válvulas e o eixo de admissão nº 3, 5 e 6, nos motores de 6 cilindros.
comando.
10. Repita as etapas 4 a 7.
8. Gire o motor em uma volta completa (360°). Trave
o motor em:
RG,05,DT7374 ­54­14SEP07­2/2

Remover a cabeça do cilindro


Em algumas aplicações, a remoção do motor da maquina
pode se tornar necessária para reparar o cabeçote NÃO drene o liquido de arrefecimento até que a
do cilindro. Veja o Manual Técnico da Máquina para temperatura dele esteja abaixo da temperatura
informar­se sobre o procedimento de remoção do motor. de funcionamento. Remova a tampa de
abastecimento do radiador somente quando
Antes da remoção, marque todas as peças, de modo que a tampa estiver bastante fria para ser tocada
elas possam ser reinstaladas nas posições originais. com as mãos. Afrouxe a tampa lentamente
até o primeiro batente para liberar a pressão
CUIDADO: Após operar o motor, deixe antes de retirá­la completamente.
que o sistema de exaustão resfrie antes
de trabalhar no motor. 1. Drene o líquido de arrefecimento do motor.
CD30945 —UN—20JUL07

CD30946 —UN—20JUL07
Remova a entrada de ar e o sistema de exaustão. Remova do suporte da polia do ventilador e o alojamento do termostato

A—Tubo de admissão de ar C—Linha de retorno de óleo E—Coletor de escape G—Tubo de derivação do líquido
B—Linha de entrada de óleo D—Turbocompressor F— Alojamento do termostato de arrefecimento
H—Polia do ventilador/conjunto
do suporte do alternador

2. Remova o tubo de admissão de ar (A). 6. Remova o alojamento do termostato (F) e o tubo de


3. Desconecte a linha de entrada de óleo (B) e a linha derivação (G).
de retorno do óleo (C) do turbocompressor. 7. Nos motores com cabeçotes de duas válvulas/HPCR,
4. Remova o turbocompressor (D). remova a polia do velntilador/conjunto do suporte do
alternador (H).
5. Remova o coletor de escape (E).
Continua na página seguinte CD03523,000019A ­54­20JUL07­1/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=91
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

CD30947 —UN—20JUL07

CD30948 —UN—20JUL07
Remova a proteção do braço oscilante Remova o conjunto do eixo do braço oscilante

A—Proteção do braço oscilante C—Conjunto do eixo do braço E—Haste de impulso


B—Bujão oscilante
D—Parafuso especial

8. • CTM502 – Sistema eletrônico de combustível


Nível 16 com HPCR nos motores com
NOTA: Para obter informações sobre os procedimentos cabeçotes de duas válvulas
para a remoção dos componentes do sistema
de combustível (linhas de combustível, filtros de Desconecte os componentes do sistema de
combustível, injetores de combustível...), veja o combustível.
manual apropriado conforme listado abaixo:
9. Remova a proteção do braço oscilante (A) tirando os
• CTM170 – Sistema eletrônico de combustível bujões (B) para acessar as porcas de fixação e os
Nível 4 com bomba injetora BOSCH VP44. anéis O.
• CTM207 – Sistema mecânico de combustível
• CTM284 – Sistema eletrônico de combustível 10. Remova o conjunto do eixo do braço oscilante (C)
Nível 1 com bomba injetora DP201 LUCAS desparafusando os parafusos especiais (D).
• CTM331 – Sistema eletrônico de combustível
11. Remova todas as hastes de impulso (E).
Nível 12 com bomba injetora DE10
CD03523,000019A ­54­20JUL07­2/5

12. Se houver uma falha na junta do cabeçote, verifique


e registre o torque em cada parafuso do cabeçote
antes da remoção.
Para verificar o torque do parafuso do cabeçote:
a. Faça uma marca de referência (na linha) no soquete

RG6310 —UN—03NOV97
(A) e na superfície (B) do cabeçote do cilindro.
b. Afrouxe o parafuso em 1/2 volta pelo menos;
c. Reaperte o parafuso (usando uma chave de torque)
até que as marcas de referência fiquem alinhadas
e registre o torque.
13. Remova todos os parafusos do cabeçote do cilindro e Verifique o aperto do torque dos parafusos do cabeçote do cilindro
descarte­os. Não reutilize os parafusos do cabeçote
do cilindro. A—Marca no soquete B—Marca na superfície do
cabeçote do cilindro

Continua na página seguinte CD03523,000019A ­54­20JUL07­3/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=92
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

14.
IMPORTANTE: NÃO use chave de fenda ou
pés­de­cabra entre o bloco do cilindro e o
cabeçote para soltar a junta. Chaves de fenda
ou pés­de­cabra podem danificar as superfícies
das juntas do bloco e do cabeçote do cilindro.

RG7415A —UN—03NOV97
Levante o cabeçote (A) do cilindro do bloco usando a
Amarra de Suspensão do Motor JDG23, ou correntes
para serviço pesado, e um guindaste. Se o cabeçote
do cilindro aderir, use um martelo macio para bater
o cabeçote.
Remova o cabeçote do cilindro
A—Cabeçote do cilindro

CD03523,000019A ­54­20JUL07­4/5

CD30949 —UN—20JUL07
Remova a junta do cabeçote do cilindro
A—Junta do cabeçote de cilindro

15. Remova a junta do cabeçote (A) do cilindro. Verifique dos cilindros estejam seguras com parafusos e
se há vazamentos de óleo, liquido de arrefecimento arruelas planas grandes. (Veja VERIFICAÇÃO
ou câmaras de combustão. Verifique também quanto DA PROTUBERÂNCIA DA CAMISA DO
ao uso incorreto da junta do cabeçote. CILINDRO (ALTURA ACIMA DO BLOCO),
mais adiante neste grupo).
NOTA: Não gire o virabrequim com o cabeçote do
cilindro removido a menos que as camisas
CD03523,000019A ­54­20JUL07­5/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=93
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Desmonte e Inspecione o Conjunto


do Eixo do Balancim
NOTA: Anote a localização das peças conforme os
braços oscilantes vão sendo desmontados,
para auxiliar na remontagem.

RG7417 —UN—03NOV97
1. Remova os bujões (A) e as arruelas encurvadas (B)
do eixo do balancim.
2. Desmonte e inspecione todas as peças quanto
ao desgaste ou danos. Substitua qualquer peça
danificada ou fora das especificações.
Conjunto de Balancins—Especificação Eixo do Balancim
Altura Comprimida 46
mm (1.81 in.)—Tensão
da Mola.......................................................... 18 — 27 N (4 — 6 lb­força)
Mola—Altura
Comprimida................................................................ 46 mm a 18—27 N
(1.81 in. a 4—6 lb­força)

RG7418 —UN—23NOV97
Eixo—Diâmetro Externo...............................................19,99—20,02 mm
(0.787— 0.788 in.)
Limite de Desgaste................................................. 19,94 mm (0.785 in.)
Suporte do
Eixo—Diâmetro Interno
Máximo.................................................................... 20,17 mm (0.794 in.)
Diâmetro Interno—ID...................................................20,07—20,12 mm
(0.790— 0.792 in.) Diâmetro Externo do Eixo do Balancim
Limite de Desgaste................................................. 20,17 mm (0.794 in.)

A—Bujão B—Arruela

RG7419 —UN—23NOV97
Diâmetro Interno do Suporte do Eixo do Balancim

RG7420 —UN—23NOV97

Diâmetro Interno do Furo do Balancim


RG,05,DT7372 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=94
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Monte o Conjunto de Balancins


1. Lubrifique o diâmetro externo do eixo, os furos do
balancim e o suporte do balancim com óleo de motor
limpo.
IMPORTANTE: O furo de suprimento de óleo (B) do

RG8112 —UN—18NOV97
eixo do balancim deve estar apontando para
a extremidade do volante do motor.

2. Monte as molas, os braços oscilantes e os suportes


dos braços oscilantes no eixo nas mesmas
localizações de que foram removidos.
NOTA: Instale as arruelas encurvadas com o lado em Bujões e Furo do Suprimento de Óleo do Balancim
copo apontando para o lado oposto do bujão.
A—Bujões da Extremidade B—Furo de Suprimento de
3. Instale as arruelas encurvadas e os novos bujões da Óleo
extremidade (A) firmemente na extremidade do eixo.
RG,05,DT7371 ­54­11NOV97­1/1

Inspecione, Meça e Instale a Haste de


Impulso da Bomba de Abastecimento de
Combustível (Se Aplicável)
1. Remova e limpe a haste de impulso (A). Rotule a(s)
extremidade(s) para remontar na mesma orientação.

RG7447 —UN—04NOV97
A—Haste de Impulso

Haste de Impulso da Bomba de Abastecimento de Combustível

RG,05,DT7370 ­54­11NOV97­1/4

2. Meça o diâmetro externo da haste de impulso (B). Se


o diâmetro externo for menor do que a especificação,
instale um novo.
Especificação
Haste de Impulso da
Bomba de Abastecimento

RG7496A —UN—04NOV97
de Combustível—DE..................................................9,891 — 9,917 mm
(0.3894—0.3904 in.)

B—Diâmetro Externo da Haste


de Impulso

Desgaste do Diâmetro Externo da Haste de Impulso

Continua na página seguinte RG,05,DT7370 ­54­11NOV97­2/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=95
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

3. Verifique a coroa das extremidades da haste de


impulso. Se plana ou côncava, substitua a haste de
impulso e verifique se há desgaste no ressalto do
comando de válvulas. (Consulte MEÇA A ALTURA
DO RESSALTO DO COMANDO DE VÁLVULAS no
Grupo 050.)

RG8113 —UN—23NOV97
Desgaste da Haste de Impulso e da Coroa

RG,05,DT7370 ­54­11NOV97­3/4

4. Meça o diâmetro interno do orifício (C) da haste de


impulso do bloco.
Especificação
Orifício da Haste de
Impulso da Bomba
de Abastecimento

RG7495A —UN—04NOV97
de Combustível do
Bloco—DI...................................................................10,00 — 10,05 mm
(0.3937 — 0.3957 in.)

Repare ou substitua o bloco conforme necessário.


5. Lubrifique a haste de impulso com óleo de motor
limpo. Aplique uma pequena quantidade de Graxa de Furo da Haste de Impulso no Desgaste do Bloco
Alta Temperatura TY6333 em ambas as extremidades
da haste e instale em um orifício com a mesma
orientação de extremidade que foi removida. C—Diâmetro Interno do Orifício

RG,05,DT7370 ­54­11NOV97­4/4

Inspecione, Meça e Monte os Seguidores


de Came
1. Remova e limpe os seguidores de came. Rotule para
remontar na mesma localização.
RG7421 —UN—23NOV97

Seguidores de Came

Continua na página seguinte RG,05,DT7369 ­54­11NOV97­1/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=96
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

2. Meça o diâmetro externo do seguidor de came. Se o


diâmetro externo do seguidor de came for menor do
que o especificado, instale um novo seguidor.
Especificação
Seguidor de
Came—Diâmetro

RG7422 —UN—23NOV97
Externo.........................................................................31,61—31,64 mm
(1.245— 1.246 in.)

Desgaste do Seguidor de Came

RG,05,DT7369 ­54­11NOV97­2/3

3. Verifique a coroa da superfície do seguidor. Se plana


ou côncava, substitua o seguidor e verifique se há
desgaste nos ressaltos do comando de válvulas.
(Consulte INSPEÇÃO VISUAL DO COMANDO DE
VÁLVULAS no Grupo 050.)
4. Meça o furo do seguidor de came do bloco e determine

RG7423 —UN—23NOV97
se a folga está dentro da especificação. (Consulte
MEDIÇÃO DO FURO DO SEGUIDOR DE CAME
USINADO NO BLOCO no Grupo 030.)
5. Lubrifique os seguidores de came com óleo de motor
limpo e instale no mesmo furo de que foi removido.
Desgaste da Coroa e do Seguidor de Came

RG,05,DT7369 ­54­11NOV97­3/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=97
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Meça o Recesso da Válvula no Cabeçote


de Cilindros
Meça e registre o recesso da válvula (A) usando um
micrômetro de profundidade, indicador de base magnética
ou um indicador de quadrante com o Indicador de Altura
JDG451 (B). As medidas devem ser feitas a um máximo

RG4756 —UN—31OCT97
de 3,0 mm (0.12 in.) da borda da cabeça da válvula.
Especificação
Válvulas de
Admissão—Recesso do
Cabeçote de Cilindros...................................................... 0,61—1,11 mm
(0.024— 0.044 in.)
Limite de Desgaste .................................................. 1,63 mm (0.064 in.) Medida do Recesso da Válvula
Válvula de
Escape—Recesso do
Cabeçote de Cilindros......................................................1,22—1,72 mm
(0.048— 0.068 in.)
Limite de Desgaste................................................... 2,26 mm (0.089 in.)

Instale novas válvulas e insertos, ou esmerilhe as válvulas

RG7424 —UN—03NOV97
e insertos existentes, conforme necessário, para obter
o recesso adequado da válvula. Esmerilhe os insertos
da sede da válvula conforme necessário. (Consulte
REMOÇÃO DAS SEDES DA VÁLVULA mais adiante
neste grupo.)

A—Recesso da Válvula B—Indicador de Quadrante Medida do Recesso da Válvula

RG,05,DT7368 ­54­03FEB04­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=98
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Verificações Preliminares da Válvula e do Cabeçote de Cilindros


Faça uma inspeção preliminar do cabeçote de cilindros e Sedes da Válvula Desgastadas ou Quebradas:
do conjunto das válvulas durante a desmontagem.
Procure as seguintes condições:
• Válvulas desalinhadas.
• Cabeçote de cilindros empenado.
Válvulas Emperradas: • Depósito de carbono nas sedes devido à combustão
incompleta.
• Depósitos de carbono na haste da válvula. • Tensão da mola da válvula muito baixa.
• Guias de válvulas desgastadas. • Aquecimento excessivo.
• Hastes de válvulas marcadas. • Folga indevida na válvula.
• Hastes de válvulas retorcidas. • Sincronização inadequada na válvula.
• Molas das válvulas desalinhadas ou quebradas. • Válvula ou sede incorreta instalada.
• Sedes das válvulas desgastadas ou torcidas.
• Lubrificação Insuficiente. Válvulas Queimadas, Com Oxidação Localizada,
Desgastadas ou Quebradas:
Guias das Válvulas Retorcidas, Desgastadas ou
Tortas: • Sedes das válvulas desgastadas ou torcidas.
• Sedes da válvula soltas.
• Falta de lubrificação. • Guias de válvulas desgastadas.
• Empenamento do cabeçote de cilindros. • Arrefecimento insuficiente.
• Aquecimento excessivo. • Molas das válvulas quebradas ou deformadas.
• Parafusos do cabeçote de cilindros apertados de • Operação inadequada do motor.
maneira não uniforme. • Sincronização inadequada das válvulas.
Cabeçote de Cilindros Empenado e Vazamento da • Rotadores de válvula com defeito.
Junta: • Hastes de válvula retorcidas ou empenadas.
• Válvulas “esticadas” devido à tensão excessiva da
• Perda do torque dos parafusos do cabeçote de mola.
cilindros. • Cabeçote de cilindros retorcido.
• Parafuso(s) do cabeçote de cilindros quebrado(s). • Varetas impulsoras empenadas.
• Superaquecimento devido ao funcionamento com baixo • Acúmulo de carbono nas sedes das válvulas.
nível de líquido de arrefecimento. • Falha do balancim.
• Ressalto insuficiente da camisa. • Válvula ou sede incorreta instalada.
• Vazamento de líquido de arrefecimento para dentro do • Folga incorreta entre válvula e pistão.
cilindro causando falha hidráulica da junta.
Folga Inadequada da Válvula:
• Aftercooler com vazamento.
• Cabeçote de cilindros trincado. • Uso ineficiente do combustível.
• Camisa de cilindros trincada. • O motor dá partida com mais dificuldade.
• Junta incorreta ou danificada. • A potência máxima do motor não será alcançada.
• Excesso de potência ou de combustível. • Vida útil mais curta das válvulas.
• Superfícies do bloco ou cabeçote de cilindros • Maior chance de superaquecimento do motor.
danificadas.
• Acabamento inadequado da superfície do cabeçote de Recesso Excessivo:
cilindros.
• Parafusos do cabeçote de cilindros apertados
• Guias de válvulas desgastadas.
incorretamente.
• Válvulas empenadas.
• Instalação errada da junta (desalinhada).
• Detritos passados através do conjunto de válvulas.
RG,05,DT7367 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=99
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Remova o Conjunto de Válvulas


NOTA: Pode ser usado um pequeno imã para auxiliar na
remoção das travas do retentor da válvula.

1. Uso do Compressor de Mola de Válvulas JDE138,


comprima as molas da válvula o suficiente para

RG7425 —UN—23NOV97
remover as travas retentoras (D).
2. Solte a tensão da mola e remova o rotador da válvula
(C) e a mola da válvula (B).
3. Remova as válvulas do cabeçote de cilindros.
NOTA: Identifique todas as peças para montá­las Ferramenta de Remoção da Mola da Válvula
no mesmo local.

4. Remova as vedações da haste da válvula (A) (se


equipado) da torre da guia da válvula.

A—Vedação da Haste da C—Rotador da Válvula


Válvula D—Travas do Retentor

RG7426 —UN—03NOV97
B—Mola da Válvula

Mola da Válvula e Componentes


RG,05,DT7366 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=100
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Inspecione e Meça as Molas de Válvulas


1. Verifique o alinhamento, o desgaste e os danos das
molas de válvula.
2. Uso do Testador de Compressão de Mola D01168AA,
verifique a tensão da mola da válvula. A altura

RG2732 —UN—04DEC97
comprimida deve estar dentro das especificações
dadas abaixo.
Molas de Válvula—Especificação
Comprimento Livre
da Mola 0 N (0
1
lb­força) —Altura...................................................... 54,0 mm (2.125 in.)
Mola Comprimida 240 Mola da Válvula
— 280 N (54 — 62
lb­força)—Altura.......................................................... 46,0 mm (1.81 in.)
Mola Comprimida 590
— 680 N (133 — 153
lb­força)—Altura.......................................................... 34,5 mm (1.36 in.)

RG7427 —UN—21MAY98
Testador de Compressão da Mola da Válvula
1
O comprimento livre pode variar entre as molas da válvula.
RG,05,DT7365 ­54­11NOV97­1/1

Inspecione os Rotadores de Válvula


Os rotadores de válvula não podem ser reparados.
Substitua os rotadores de válvula quando as válvulas
forem substituídas ou desbastadas novamente.
Assegure­se de que os rotadores de válvula giram

RG7428 —UN—23NOV97
livremente nas duas direções. Substitua­o se defeituoso.

Rotador da Válvula

RG,05,DT7364 ­54­11NOV97­1/1

Limpe as Válvulas parte galvanizada da haste da válvula. Faça o


polimento da haste da válvula com palha de aço
1. Segure cada válvula firmemente contra uma escova ou um pano abrasivo para remover qualquer
giratória macia em um esmeril de bancada. marca deixada pela escova giratória.f
IMPORTANTE: O carbono remanescente na haste
afetará o alinhamento no recondicionamento 2. Certifique­se de retirar todo o carbono da cabeça da
da válvula. NÃO use escova giratória na válvula, da face e da parte não galvanizada da haste.
RG,05,DT7363 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­15 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=101
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Inspecione e Meça as Válvulas


1. Limpe e inspecione as válvulas, as hastes, as pontas
das hastes e a canaleta de trava do retentor (A).
Substitua as válvulas desgastadas ou danificadas.
Especificação

RG7429 —UN—03NOV97
Cabeçote da Válvula de
Admissão—Diâmetro
Externo.........................................................................46,47—46,73 mm
(1.830— 1.840 in.)
Cabeçote da Válvula
de Escape—Diâmetro
Externo.........................................................................42,37—42,63 mm
(1.668— 1.678 in.) Hste da Válvula

NOTA: A válvula de admissão tem um diâmetro externo


da cabeça maior e também é identificada com
uma ondulação (B) na cabeça.

A—Canaleta de Trava do B—Ondulação


Retentor

RG7759 —UN—10NOV97
Identificação das Válvulas de Admissão/Escape
RG,05,DT7362 ­54­11NOV97­1/3

2. Meça o diâmetro externo da haste da válvula. Registre


as medidas e compare com o diâmetro interno da
guia de válvula. (Consulte MEDIÇÃO DAS GUIAS DE
VÁLVULA mais adiante neste grupo.)
Especificação
Haste da Válvula de

RG7430 —UN—23NOV97
Admissão—Diâmetro
Externo.........................................................................7,864—7,884 mm
(0.3096— 0.3104 in.)
Haste da Válvula de
Escape—Diâmetro
Externo.........................................................................7,848—7,874 mm
(0.3090— 0.3100 in.)
Medição da Haste da Válvula

Continua na página seguinte RG,05,DT7362 ­54­11NOV97­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­16 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=102
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

3. Usando um centro de inspeção de válvulas, determine


se as válvulas estão ovalizadas, empenadas ou
retorcidas.
Especificação
Face da Válvula—Desvio
Máximo (Admissão e

RG4234 —UN—05DEC97
Escape)................................................................. 0,038 mm (0.0015 in.)

Centro de Inspeção de Válvulas

RG,05,DT7362 ­54­11NOV97­3/3

Esmerilhe as Válvulas
IMPORTANTE: NÃO entalhe o raio da cabeça à haste
ao esmerilhar as válvulas. Um entalhe pode
fazer com que a válvula se quebre. Elimine

RG4755 —UN—31OCT97
todos os cantos vivos após o esmerilhamento.

Retifique as válvulas que podem ser usadas com o ângulo


especificado (A).
Especificação
Válvulas—Ângulo da
Face.................................................................................. 29,25° ± 0,25° Como Verificar o Ângulo da Face das Válvulas

A—Ângulo da Face das


Válvulas

RG,05,DT7361 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­17 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=103
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Inspeção da Junta do Cabeçote e Seqüência do Reparo

RG8117 —UN—15JAN98
Inspeção da Junta do Cabeçote
A—Vedações da Combustão C—Pórtico de Óleo do Balancim E—Frente do Motor
(Flanges) D—Filete de Elastômero
B—Corpo da Junta

Os procedimentos de inspeção a seguir são


recomendados sempre que ocorrer uma falha na junta do
• Caminhos de erosão de gás de combustão ou
depósitos de fuligem originados nas vedações de
cabeçote ou quando desmontar a junta. combustão.
1. Reveja o histórico que relata a operação da máquina, • Descoloração/endurecimento/fragilização excessiva
a manutenção e os reparos junto com as observações em áreas localizadas.
de diagnóstico. Anote todas as áreas que precisam • Anel O ausente/danificado na área do pórtico (C).
de mais inspeção e análise. • Elastômero ausente/danificado na área do pórtico
(D).
2. Remova a tampa dos balancins e verifique a presença • Caminhos do óleo ou líquido de arrefecimento das
de líquido de arrefecimento no óleo. áreas do pórtico.
3. Registre os torques dos parafusos do cabeçote • Áreas localizadas de baixa compressão.
antes de remover. Durante a remoção, verifique as 6. Antes de limpar os componentes, verifique se há
diferenças de comprimento dos parafusos. sinais de gás de combustão e vazamento de fluido no
cabeçote, no bloco e nas camisas. Verifique se há
4. Remova o cabeçote de cilindros usando os
depósitos incomuns nos cilindros e nas portas das
dispositivos de levantamento adequados para evitar
válvulas.
danos à junta do cabeçote. (Consulte REMOÇÃO DO
CABEÇOTE DE CILINDROS neste grupo.) 7. Limpe o bloco, o cabeçote, as camisas e os parafusos.
(Consulte os Grupos 020 e 030.)
5. Observe as superfícies da junta do cabeçote
removida. 8. Prossiga com as seguintes verificações dimensionais
e inspeções visuais:
Verifique se há o seguinte nas vedações de
combustão (A): Cabeçote de Cilindros (Consulte o Grupo 020.)
• Flange cortado/expandido/trincado/deformado. • Verifique o acabamento/planicidade da superfície.
• Área adjacente ao corpo queimada/erodida. • Verifique se há danos na superfície.
• Anel de fogo cortado/deslocado/ausente. • Verifique a espessura do cabeçote de cilindros, se
• Padrão de vedação do flange excêntrico/contém retificar.
vazios.
• Descoloração do flange e áreas adjacentes ao Bloco de Cilindros e Camisas (Montados e
corpo. Fixados) (Consulte o Grupo 030)
• Superfícies do flange irregulares/arranhadas/cane­
• Verifique o ressalto das camisas em quatro lugares
ladas. em cada camisa.
Verifique se há o seguinte no corpo da junta (B): • Verifique a diferença de ressalto das camisas entre
os cilindros.
Bloco de Cilindros (Consulte o Grupo 030.)
Continua na página seguinte RG,105,JW7656 ­54­24MAY00­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­020­18 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=104
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

• Verifique o acabamento/planicidade da superfície. Parafusos do Cabeçote de Cilindros (Consulte o


• Verifique se há danos na superfície. Grupo 020.)
• Verifique a profundidade do furo da camisa (se a • Verifique se há danos por corrosão.
camisa for removida).
• Verifique a dimensão da linha de centro do • Inspecione a condição das roscas.
virabrequim até a superfície superior. • Inspecione a retilinidade.
• Inspecione as bossas dos parafusos; devem estar • Verifique o comprimento.
limpas/intactas. 9. Quando tiver concluído as inspeções e medidas
Camisa de Cilindros (Consulte o Grupo 030.) determine as causas mais prováveis da falha da junta.
Faça todos os reparos necessários nos componentes
• Verifique o acabamento/planicidade do flange da da junta, no sistema de arrefecimento e no sistema
camisa. de injeção de combustível.
• Verifique a espessura do flange da camisa (se a 10. Monte novamente o motor de acordo com os
camisa for removida).
procedimentos e especificações nos grupos de
• Verifique se há danos no flange.
reparação deste manual.
RG,105,JW7656 ­54­24MAY00­2/2

Inspecione e Limpe o Cabeçote de Cilindros 3. Limpe o cabeçote de cilindros em um tanque quente


químico, ou com solvente e com uma escova.
1. Verifique se há sinais de danos físicos, vazamento
de líquido de arrefecimento ou de óleo ou falha 4. Seque com ar comprimido e sopre todas as
na junta da face de combustão antes de limpar o passagens.
cabeçote de cilindros. Repare ou substitua o cabeçote
de cilindros se houver sinais de danos físicos, tais IMPORTANTE: O bujão da entrada localizada
como trinca, abrasão, distorção ou a sede da válvula abaixo da admissão de ar pode ter usado,
“chamuscada”. Verifique se há restrições em todas as originalmente, somente vedante líquido. Ao
passagens do cabeçote de cilindros. reinstalar o bujão, este deve ter uma vedação
com anel O instalado. Consulte o catálogo de
2. Raspe o material da junta, óleo, carbono e ferrugem peças para saber a vedação correta.
do cabeçote. Use uma escova giratória elétrica para
limpar as superfícies de vedação. 5. Execute a limpeza e a inspeção de todos os
componentes antes de instalar os novos bujões no
IMPORTANTE: Certifique­se de remover todos os cabeçote de cilindros.
bujões antes de limpar o cabeçote pois as
peças podem ser danificadas ou destruídas
pelas soluções do tanque quente.
RG,05,DT7360 ­54­25NOV03­1/1

Verifique a Planicidade do Cabeçote


de Cilindros
Verifique a planicidade do cabeçote de cilindros usando o
Esquadro de Precisão de “Borda Chanfrada” D05012ST
e o calibre de lâminas. Verifique em vários pontos no
sentido do comprimento, da largura e diagonalmente.
RG7645 —UN—23NOV97
Especificação
Planicidade do Cabeçote
de Cilindros—Desnivela­
mento Máximo Aceitável
para o Comprimento ou
Largura Total ............................................................ 0,08 mm (0.003 in.)
Verificação da Planicidade do Cabeçote de Cilindros
Desnivelamento Máximo
Aceitável para Cada 150
mm (5.90 in.) ........................................................... 0,03 mm (0.001 in.) substituído. (Consulte MEDIÇÃO DA ESPESSURA DO
CABEÇOTE DE CILINDROS mais adiante neste grupo.)
Se o desnivelamento ultrapassar as especificações,
o cabeçote de cilindros deve ser recondicionado ou
RG,05,DT7359 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­19 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=105
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Meça a Espessura do Cabeçote de Cilindros


Meça a espessura do cabeçote do trilho da junta da
tampa de válvula à face de combustão.
Se a espessura do cabeçote de cilindros for menor do
que a espessura mínima permissível, NÃO tente retificar.

RG7432 —UN—23NOV97
Instale um novo cabeçote de cilindros.
Quando retificar o cabeçote de cilindros, remova APENAS
o necessário para restaurar a planicidade.
Especificação
Novo Cabeçote de
Cilindros—Espessura...............................................104,87—105,13 mm
Verificação da Espessura do Cabeçote de Cilindros
(4.129— 4.139 in.)
Espessura Mínima
Aceitável ............................................................... 104,24 mm (4.104 in.) IMPORTANTE: Após a retífica do cabeçote de
Acabamento da cilindros, verifique a planicidade como descrito
Superfície da Face anteriormente. Verifique também o acabamento
de Combustão (Somente superficial da face de combustão do cabeçote.
Esmerilhe a Superfície)
(AA) .......................................................................0,7—3,2 micrômetros Meça e registra o recesso da válvula no
(31—125 micro­in.) cabeçote de cilindros. (Consulte MEDIÇÃO
Profundidade Máxima da DO RECESSO DA VÁLVULA NO CABEÇOTE
Onda .................................................................... 0,012 mm (0.0005 in.) DE CILINDROS neste Grupo.)
Remoção Máxima
de Material para
Refaceamento .......................................................... 0,76 mm (0.030 in.)
RG,05,DT7358 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­20 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=106
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Remoção das Luvas dos Injetores de


Combustível (Motores com Cabeçotes de 2
Válvulas com Sistema de Combustível HPCR)
NOTA: Diferentes métodos podem ser usados para
extrair a luva do injetor dependendo do espaço

CD30950 —UN—25JUL07
sobre do motor. Abaixo está um método para
as áreas restritas, mas a haste rosqueada pode
ser substituída por um extrator de rolamentos de
furo cego. Veja também REMOÇÃO DA LUVA
DO INJETOR DE COMBUSTÍVEL USANDO
A FERRAMENTA JDG10631.
Orifício da luva do macho de tarraxa
IMPORTANTE: Se remover a luva com o cabeçote
do cilindro no motor, cubra um pedaço de
pano com uma grande quantidade de graxa e
coloque­o dentro da luva para evitar a entrada
de fragmentos de metal no cilindro. Aplique
graxa sobre a extremidade do macho de tarraxa.

CD30951 —UN—25JUL07
1. Rosqueie três a quatro roscas no diâmetro interno da
luva com um macho de tarraxa (A) M22 (ou 7/8 in.).
2. Parafuse uma haste rosqueada (B) correspondente
ao tamanho do macho de tarraxa.
3. Passe um espaçador (C) de fabricação própria pela
haste rosqueada. Instale a haste rosqueada e o espaçador

4. Instale a arruela (D) e a porca no tamanho apropriado,


e depois aperte a porca até que a luva (E) esteja
extraída.

A—Macho de Tarraxa (M22 ou D—Porca e arruela


7/8 in.) E—Luva do injetor

CD30952 —UN—25JUL07
B—Haste rosqueada
C—Espaçador de fabricação
própria

Instale a arruela e a porca

CD30953 —UN—25JUL07

Luva do injetor removida


CD03523,000019B ­54­13MAY08­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­21 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=107
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Remoção das Luvas dos Injetores de


Combustível (Motores com Cabeçotes de
duas Válvulas com Sistema de Combustível
HPCR) usando a Ferramenta JDG10631
1. Coloque um parafuso forçador (A) dentro da luva do

RG15754 —UN—09MAY08
bico injetor. Certifique­se de que a parte do expansor
da ferramenta esteja instalada para que o expansor
se assente com firmeza sobre o diâmetro interno da
luva. Use uma chave reserva para apertar o parafuso
forçador.
2. Instale o espaçador (B) no parafuso forçador.
Posicione o espaçador com o corte voltado para Ferramenta de Remoção da Luva do Bico Injetor JDG10631
dentro do cabeçote do cilindro.
3. Instale a arruela plana (C) e a porca sextavada (D).
Gire a porca sextavada até que a luva esteja solta.
4. Remova a ferramenta com a luva.

RG15755 —UN—09MAY08
A—Parafuso Forçador C—Arruela Lisa
B—Espaçador D—Porca Sextavada

Instalação do Parafuso Forçador

RG15756 —UN—09MAY08
Ferramenta JDG10631 na Posição
RG15757 —UN—09MAY08

Remoção da Luva do Injetor


CD03523,00001BC ­54­09JUN08­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­22 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=108
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Instalação das Luvas dos Injetores de


Combustível (Motores com Cabeçotes
de duas Válvulas com Sistema de
Combustível HPCR)
IMPORTANTE: Se instalar a luva com o cabeçote

CD30956 —UN—25JUL07
do cilindro no motor, certifique­se de que
o pistão NÃO esteja perto do centro de
topo morto (TDC) para prevenir danos a
ferramenta de instalação do pistão.

1. Aplique LOCTITE® 620 (TY15941) completamente ao


redor da borda externa da luva (A). Instale a luva do injetor
2. Lubrifique o anel O (B) com sabão líquido e deslize a
luva para dentro do cabeçote do cilindro.
3. Usando o Instalador da Luva do Injetor JDG1649A
(C), instale a luva até ela se assentar.

CD30957 —UN—25JUL07
A—Luva do injetor C—Instalador da luva do injetor
B—Anel O JDG1649A

Uso da ferramenta de instalação JDG1649A

LOCTITE é uma marca registrada da Loctite Corp.


CD03523,000019D ­54­11FEB08­1/1

Limpe as Guias de Válvula


Limpe as guias de válvula com uma escova plástica antes
de inspecionar ou reparar.
NOTA: Algumas gotas de óleo fino ou querosene
auxiliarão na limpeza das guias.

RG7434 —UN—23NOV97
Limpeza das Guias de Válvula

RG,05,DT7356 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­23 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=109
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Meça as Guias de Válvula


Usando um aferidor telescópico, meça o desgaste das
guias de válvula.
Especificação
Furo da Guia de Válvula

RG7435 —UN—23NOV97
(Novo)—ID...................................................................7,912—7,938 mm
(0.312— 0.313 in.)
Guia de Válvula à
Haste da Válvula
(Nova)—Folga..................................................................0,05—0,10 mm
(0.002— 0.004 in.)
Limite de Desgaste................................................... 0,15 mm (0.006 in.)
Desgaste das Guias de Válvula
NOTA: As válvulas estão disponíveis com hastes maiores
de 0,38 mm (0.015 in.) e 0,76 mm (0.030 in.).
válvula com tamanho extra. (Consulte ESTRIAGEM DAS
GUIAS DE VÁLVULA mais adiante neste grupo.)
Se a folga do óleo entre a guia de válvula e a haste
exceder o limite de desgaste, válvulas com haste com IMPORTANTE: As guias de válvula de produção têm
tamanho extra estão disponíveis. Alargue as guias de uma rosca interna modificada de 5/16­24NF no
válvula em uma oficina qualificada para assegurar que a comprimento inteiro da guia com diâmetro maior
folga entre a guia e a haste fique dentro da especificação. de 8,052 — 8,128 mm (0.3170 — 0.3199 in.). Faça
as roscas das guias de válvula adequadamente
Se a folga do óleo entre a guia da válvula e a haste
em uma oficina qualificada após alargar para
ultrapassar o limite de desgaste mas for menor do
as hastes das válvulas com tamanho extra.
que 0,20 mm (0.008 in.), é aceitável estriar as guias e
alargá­las. Entretanto, é preferível instalar hastes de
RG,05,DT7355 ­54­11NOV97­1/1

Estrie as Guias de Válvula


IMPORTANTE: A estriagem das guias de válvula só
deve ser feita por pessoal com experiência e
familiarizado com os equipamentos e capaz
de manter a especificação necessária.

RG7437 —UN—23NOV97
SEMPRE estrie as guias de válvula antes de
alargá­las para assegurar a folga adequada
entre a guia de válvula e a haste.

1. Use o Kit de Estriagem da Guia da Válvula JT05949


para estriar as guias da válvula. Use o kit exatamente
como instruído pelo fabricante.
Como Estriar as Guias de Válvula
2. Após a estriagem, alargue a guia de válvula até o
tamanho acabado para fornecer a folga especificada
entre a haste e a guia.
RG,05,DT7354 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­24 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=110
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Limpe e Inspecione as Sedes de Válvula


1. Use uma furadeira elétrica manual com Escova
D17024BR para remover todo o carbono das sedes
das válvulas.
2. Verifique se há desgaste excessivo, trincas ou danos

RG7438 —UN—23NOV97
nas sedes de válvula.
3. Verifique se há ferrugem, marcas, corrosão localizada
ou trincas na face de combustão.

Limpeza e Inspeção das Sedes de Válvula


RG,05,DT7379 ­54­11NOV97­1/1

Esmerilhe as Sedes de Válvula


IMPORTANTE: O esmerilhamento das sedes
da válvula só deve ser feito por pessoal
com experiência e familiarizado com
os equipamentos e capaz de manter a
especificação necessária. SEMPRE mantenha

RG7439 —UN—03NOV97
as guias de válvula e a área de trabalho limpas
ao esmerilhar as sedes da válvula para manter o
desvio entre o furo da guia de válvula e a sede.
Esmerilhar as sedes de válvula aumenta
a largura da sede e o recesso da válvula
no cabeçote de cilindros. NÃO esmerilhe
Piloto de Esmerilhamento da Sede de Válvula
excessivamente. Somente alguns segundos
são necessários para recondicionar a
sede da válvulas média. Alinhe o rebolo A—Piloto
conforme necessário para manter o ângulo
especificado da sede.
para obter uma vedação mais eficaz entre
Apóie o peso do esmeril para evitar pressão a face da válvula e a sede.
excessiva no rebolo.
Quebre ou faça um raio em todos os cantos 1. Instale o piloto adequado (A) no furo da guia de
vivos após esmerilhar as sedes de válvula válvula.
Continua na página seguinte RG,05,DT7353 ­54­11NOV97­1/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­25 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=111
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

2. Instale o rebolo apropriado (B) no mandril (C) e


posicione sobre a sede da válvula.

B—Rebolo C—Mandril

RG7440 —UN—03NOV97
Rebolo da Sede da Válvula

RG7441 —UN—03NOV97
Mandril de Esmerilhamento da Sede da Válvula

RG,05,DT7353 ­54­11NOV97­2/4

3. Usando a broca do JT05893 Conjunto do Esmeril das


Sedes de Serviço Pesado, esmerilhe as sedes das
válvulas de acordo com as seguintes especificações:
Especificação
Esmerilhamento da Sede

RGT88832 —UN—19NOV97
da Válvula—Ângulo da
Sede (D)..............................................................................................30°
Largura da Sede da
Válvula (E) ......................................1,50— 2,00 mm (0.059 — 0.079 in.)
Desvio Máximo da Sede
da Válvula (F) ........................................................... 0,08 mm (0.003 in.)

4. Use um paquímetro ou escala para medir a largura da


Especificações de Esmerilhamento da Sede da Válvula
sede. Se a sede da válvula estiver muito larga, reduza
a largura com um rebolo.
D—Ângulo da Sede da Válvula F— Desvio da Sede da Válvula
NOTA: O rebolo alterará o ângulo superior e reduzirá E—Largura da Sede da Válvula
o diâmetro externo da área de sede da válvula.
Variar a largura altera o contato fino entre a face da
válvula e a sede. Se a largura da sede for muito
estreita, a válvula pode se queimar ou se erodir.
Continua na página seguinte RG,05,DT7353 ­54­11NOV97­3/4

CTM206 (18JUN09) 02­020­26 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=112
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

5. Se a válvula não se assentar corretamente, use um


excentrímetro (A) para verificar o desvio da sede da
válvula. Use uma válvula nova ou retificada e tinta
azul para verificar o contato entre a sede da válvula
e a face. Se necessário, esmerilhe a válvula em sua
sede usando uma ferramenta de polimento e um
composto de polimento.f Substitua as válvulas e os

RG6318 —UN—03NOV97
insertos conforme necessário.
6. Instale uma válvula nova ou retificada e verifique seu
recesso no cabeçote de cilindros após esmerilhar.
(Consulte MEDIÇÃO DO RECESSO DA VÁLVULA
NO CABEÇOTE DE CILINDROS anteriormente neste
Grupo.)
Excentrímetro
A—Excentrímetro

RG,05,DT7353 ­54­11NOV97­4/4

Remova os Insertos das Sedes da Válvula


IMPORTANTE: Cuidado para não danificar o cabeçote
de cilindros ao remover as sedes da válvula.
A remoção das sedes da válvula só deve
ser feita por pessoas com experiência e
familiarizadas com os procedimentos.

RG7816 —UN—13NOV97
NÃO use maçarico de oxiacetileno para remover
os insertos das sedes da válvula pois ele altera
a dureza do cabeçote de cilindros.

Os insertos da sede da válvula são feitos de metal


sinterizado (em pó). Remova os insertos com um dos
Rebarbador de Carboneto
seguintes métodos:
Rebaixo de Levantamento do Inserto da
Sede da Válvula
1. Usando um rebarbador de carboneto (A), faça um
rebaixo (B) na parte inferior do inserto da sede da
válvula.

RG7817 —UN—13NOV97
A—Rebarbador B—Rebaixo

Sede da Válvula

Continua na página seguinte RG,05,DT7352 ­54­11NOV97­1/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­27 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=113
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

2. Proteja a superfície do cabeçote de cilindros com


papelão ou pano. Usando uma talhadeira com
a extremidade esmerilhada (C), bata no cabo da
talhadeira com um martelo até que o inserto da sede
da válvula (D) saia.

RG7818 —UN—13NOV97
C—Talhadeira Esmerilhada D—Inserto da Sede da Válvula
Especial

Talhadeira para Remoção do Inserto da Sede da Válvula

RG7760 —UN—10NOV97
Remoção do Inserto da Sede da Válvula

Continua na página seguinte RG,05,DT7352 ­54­11NOV97­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­28 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=114
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Uso de uma Soldadora a Arco Elétrico


1. Proteja a guia de válvula dos respingos de solda
instalando um parafuso ou tarugo.
2. Proteja a superfície do cabeçote de cilindros com
um tecido para solda não inflamável (A). Aplique um

RG7761 —UN—10NOV97
filete fino de solda (B) ao redor do diâmetro interno do
inserto da sede da válvula. Espere o inserto esfriar
e use uma chave de fenda (C) ou uma ferramenta
similar e cuidadosamente extraia o inserto do furo.
3. Após a remoção dos insertos, limpe totalmente a área
ao redor do furo da sede da válvula e verifique se há
danos ou trincas. Substitua o cabeçote de cilindros Filete de Solda para Remoção do Inserto da Sede da Válvula
conforme necessário.

A—Tecido para Solda C—Chave de fenda


B—Filete de Solda

RG7813 —UN—13NOV97
Localização do Filete de Solda

RG7763 —UN—10NOV97
Remoção do Inserto da Sede da Válvula
RG,05,DT7352 ­54­11NOV97­3/3

CTM206 (18JUN09) 02­020­29 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=115
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Meça o Furo da Sede da Válvula no

RG9101 —UN—27MAR98
Cabeçote de Cilindros
Se as dimensões do furo não estiverem dentro da
especificação, usine o cabeçote com as seguintes
especificações:
Especificações do Furo do Inserto da Sede da Válvula de Escape:
A ........................... 42,987— 43,013 mm (1.6924 — 1.6934 in.)
Furo da Sede da Válvula do Cabeçote de Cilindros
B ........................... 3,82 mm (0.150 in.) Referência
C ........................... 9,936— 10,064 mm (0.3912 — 0.3962 in.) Especificações do Furo do Inserto da Sede da Válvula de
D ........................... 38—42° Admissão:

E ........................... Raio Máximo 0,5 mm (0.019 in.) A ........................... 47,104— 47,130 mm (1.8545 — 1.8555 in.)
B ........................... 3,45 mm (0.136 in.) Referência
Acabamento da C ........................... 9,936— 10,064 mm (0.3912 — 0.3962 in.)
superfície máximo 0,00158 mm D ........................... 38—42°
do furo “A” ............... (0.000062 in.)
E ........................... Raio Máximo 0,5 mm (0.019 in.)

Acabamento superficial 0,00158 mm


máximo do furo “A” .... (0.000062 in.)

Substituição do Diâmetro Externo do Inserto da Sede da Válvula:


Entrada ................... 47,155— 47,181 mm (1.8565 — 1.8575 in.)
Escape ................... 43,038— 43,064 mm (1.6944 — 1.6954 in.)
RG,05,DT7351 ­54­11NOV97­1/1

Instale os Insertos das Sedes da Válvula


1. Use o Acionador da Sede da Válvula JDG676 (A) e
o Adaptador de Instalação do Inserto da Sede da
Válvula JDG675 (B) para instalar os insertos das
sedes da válvula no cabeçote de cilindros.
Use uma extremidade do Adaptador JDG675 para
instalar os insertos das sedes das válvulas de
admissão e a outra extremidade para instalar os
insertos das sedes das válvulas de escape.

RG5653 —UN—31OCT97
2. Instale as válvulas e meça o recesso. (Consulte
MEDIÇÃO DO RECESSO DA VÁLVULA NO
CABEÇOTE DE CILINDROS anteriormente neste
Grupo.)
3. Esmerilhe as sedes da válvula conforme exigido
para manter o recesso de válvulas correto e
a vedação entre a face da válvula e a sede. Instalação do Inserto da Sede da Válvula no Cabeçote de Cilindros
(Consulte ESMERILHAMENTO DAS SEDES DA
VÁLVULA anteriormente neste grupo.)
A—Acionador da Sede da B—Adaptador
Válvula

RG,05,DT7350 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­30 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=116
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Instalação das Válvulas


1. Lubrifique as hastes e guias da válvula com óleo de
motor limpo.
NOTA: As válvulas devem se mover livremente na
guia e assentar corretamente no cabeçote

RG5654 —UN—31OCT97
para criar uma vedação eficaz.

2. Monte as válvulas no cabeçote (se as válvulas forem


reutilizadas, instale no mesmo local de onde foram
removidas).
3. Use o Instalador da Vedação da Haste da Válvula
JDG678 (A) para deslizar as vedações (B) da haste Ferramenta de Instalação da Vedação da Haste de Válvula
da válvula sobre a hastes de válvula e na torre guia
(C) da válvula. A—Instalador de Vedação C—Torre Guia da Válvula
B—Vedações das Hastes das
NOTA: O instalador JDG678 também pode ser usado Válvulas
para instalar vedações das hastes das válvulas
grandes nas hastes das válvulas.
Dependendo das aplicações, a vedação (B) da haste 4. Instale as molas e rotadores da válvula.
da válvula pode ser diferente. Verifique o número da
peça de vedação no Catálogo de Peças apropriado.
RG,05,DT7349 ­54­27JUL07­1/2

5. Comprima as molas de válvula usando o Compressor


de Molas de Válvula JDE138 (A) e instale travas de
retenção (B) nas hastes das válvulas.
6. Bata na extremidade de cada válvula três ou quatro
vezes com um macete (não metálico) suave para
garantir o posicionamento adequado das travas de

RG7425A —UN—03NOV97
retenção.
7. Verifique novamente o recesso da válvula. (Veja
MEDIÇÃO DO RECESSO DA VÁLVULA NO
CABEÇOTE DO CILINDRO, mais acima neste grupo).

A—Compressor de Mola B—Travas de Retenção


Compressor de Mola de Válvula e Travas de Retenção

RG,05,DT7349 ­54­27JUL07­2/2

Inspecione os Parafusos do Cabeçote


do Cilindro
Inspecione os parafusos quanto à corrosão, dano e
condição geral das roscas para indicação de outros
problemas.NÃO REUTILIZE PARAFUSOS.
RG6319 —UN—23NOV97

Parafuso do Cabeçote do Cilindro

RG19661,0000019 ­54­29JUN05­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­31 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=117
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Inspecione e Limpe o Coletor de Escape 2. Verifique se há trincas ou danos no coletor de escape.


1. Limpe totalmente todas as passagens e superfícies da Substitua as peças conforme necessário.
junta no coletor de escape e no cotovelo de escape.
RG,05,DT7347 ­54­11NOV97­1/1

Limpe e Inspecione a Superfície Superior


do Bloco de Cilindros
1. Remova o material da junta, a ferrugem, o carbono e
outros materiais estranhos da superfície superior. A
superfície da junta deve ser limpa.

RG7444 —UN—23NOV97
2. Limpe os furos rosqueados do bloco de cilindros
usando o Macho JDG680 ou qualquer macho de
1/2­13 UNC­2A com cerca de 76 mm (3.0 in.) de
comprimento. Use ar comprimido para remover
detritos e fluidos dos furos dos parafusos. Substitua
o bloco se houver sinais de danos.
3. Use ar comprimido para remover todo o material Como Limpar os Furos Rosqueados do Bloco de Cilindros
estranho solto dos cilindros e superfície superior.
IMPORTANTE: Todos os detritos devem ser limpos do
seguidores de came antes de montar o motor.

4. Se não tiver feito isto anteriormente, remova os


seguidores de came do bloco e lave em solvente.

RG7421 —UN—23NOV97
Lubrifique com óleo de motor limpo e instale no
mesmo furo.
5. Inspecione a planicidade e as condições de uso
da superfície superior. (Consulte MEDIÇÃO DA
PLANICIDADE DA SUPERFÍCIE SUPERIOR DO
BLOCO no Grupo 030.)
Limpe e Lubrifique os Seguidores de Came

RG,05,DT7346 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­32 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=118
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Verificação da Protuberância da Camisa do


Cilindro (Altura Acima do Bloco)
1. Prenda as camisas utilizando parafusos e arruelas
planas. As arruelas planas devem ter uma espessura
mínima de 3 mm (1/8 in.). Aperte os parafusos com

RG6439 —UN—03NOV97
torque de 70 N∙m (50 lb­ft).
2. Usando a ferramenta JDG451 (B) e D17526CI ou o
Indicador com Mostrador (C) D17527CI, meça a altura
da camisa (A) nas posições do relógio 1, 5, 7, e 11
com a visão a partir do da extremidade do volante
do motor. Registre todas as medições pelo número
do cilindro. Protuberância da Camisa do Cilindro (Acima do Bloco)
Especificação
Camisa do
Cilindro—Altura acima do
Bloco............................................................................0,030—0,100 mm
(0.001—0.004 in.)
Diferença de Altura

RG7445A —UN—03NOV97
Máxima Permissível no
Ponto Mais Próximo
de Duas Camisas
Adjacentes, ou Dentro de
Uma Única Camisa................................................... 0.05 mm (0.002 in.)

3. Remova e calce, ou substitua, cada camisa que não


atender as especificações de altura. (Veja MEDIÇÃO Medição da Protuberância do Cilindro (Acima do Bloco)
E AJUSTE DA PROTUBERÂNCIA DA CAMISA DO
CILINDRO (ALTURA ACIMA DO BLOCO), no Grupo
A—Altura da Camisa C—Indicador Tipo Quadrante
030.) B—Medidor

RG,05,DT7345 ­54­06SEP07­1/1

Instalação do Cabeçote do Cilindro


1. Mergulhe a haste (A) do atuador da bomba de
alimentação de combustível (se equipada) em óleo de
motor limpo e instale cuidadosamente no bloco de
cilindros antes de instalar o cabeçote de cilindro.

RG7447 —UN—04NOV97
A—Haste do Atuador da
Bomba de Alimentação de
Combustível

Haste do Atuador da Bomba de Alimentação de Combustível

Continua na página seguinte RG,05,DT7344 ­54­27JUL07­1/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­33 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=119
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

2. Reinstale dois pinos tarugos (B) no bloco de cilindros


nos orifícios localizadores, se removidos.
IMPORTANTE: SEMPRE inspecione detalhadamente
a junta do cabeçote para verificar possíveis
imperfeiçoes de fabricação. Devolva qualquer
junta que não for aprovada na inspeção.

RG7446 —UN—03NOV97
3. Coloque uma nova junta do cabeçote no bloco de
cilindros. Não use vedante; instale­a seca.

B—Pinos Tarugos

Pinos Tarugos do Cabeçote do Cilindro

RG,05,DT7344 ­54­27JUL07­2/5

IMPORTANTE: A junta do cabeçote pode se


danificar se o cabeçote for reposicionado
enquanto estiver apoiado no bloco do motor.
Instale e use prisioneiros de guia (A) para
posicionar o cabeçote no bloco.

RG13377 —UN—10DEC03
4. Posicione o cabeçote do cilindro sobre os prisioneiros
de guia e abaixe sobre o bloco de cilindros.

A—Prisioneiro de Guia

Prisioneiros de Guia

RG7415 —UN—23NOV97

Cabeçote do Cilindro à Instalação do Bloco

Continua na página seguinte RG,05,DT7344 ­54­27JUL07­3/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­34 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=120
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

IMPORTANTE: Nos motores com cabeçotes de duas


válvulas com sistema de combustível HPCR,
os dois parafusos (A) frontais do cabeçote
do cilindro são 26 mm mais longos (1.02
in.) (138 mm [5.43 in.] versus 112 mm [4.41
in.]). NÃO misture os parafusos.

CD30958 —UN—27JUL07
5.

A—Parafusos do cabeçote do
cilindro mais longos

Parafusos do cabeçote do cilindro mais longos nos mo­


tores HPCR/ de duas válvulas
RG,05,DT7344 ­54­27JUL07­4/5

6. Mergulhe o parafuso inteiro em óleo de motor limpo.


Remova o excesso do parafuso.
7. Remova os prisioneiros de guia.
IMPORTANTE: Sempre use parafusos de
cabeçote novos.

8. Instale novos parafusos de cabeça flangeada.


9. Aperte todos os parafusos conforme torques
especificados (na seqüência mostrada, começando
com o nº 1), seguindo os passos 1 – 4 abaixo. Então,
dê torque nos parafusos.

RG7646 —UN—22MAY00
Parafusos do Cabeçote do Cilindro—Especificação
Etapa 1 –
Inicial—Torque.............................................................. 100 N∙m (75 lb­ft)
Etapa 2 –
Segunda—Torque.......................................................150 N∙m (110 lb­ft)
Seqüência de Aperto dos Parafusos do Cabeçote do Cilindro
Etapa 3 –
Verificação (Após 5
Minutos)—Torque........................................................150 N∙m (110 lb­ft) A—Motor de 4 Cilindros C—Orifícios de Localização
Etapa 4 – Final—Giro de B—Motor de 6 Cilindros (Localização dos
Prisioneiros de Guia)
Torque...................................Aperte cada parafuso com mais 60° ± 10°.
D—Seta em Direção à Frente
(Veja MÉTODO DE GIRO DE TORQUE PARA do Motor
O TORQUE APROPRIADO neste grupo.)

O reaperto dos parafusos do cabeçote do cilindro não é


necessário depois do amaciamento do motor quando usar
o procedimento de torque recomendado com parafusos
de cabeça flangeada.
RG,05,DT7344 ­54­27JUL07­5/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­35 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=121
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Método de Giro de Torque para Obter


o Torque Correto
Após apertar os parafusos com 150 N∙m (110 lb­ft), use
Indicador de Ângulo de Torque JT05993 ou o método de
fazer uma linha abaixo para apertar cada parafuso por

RG5698 —UN—05DEC97
60° adicionais.
Método de fazer uma linha:
1. Faça duas marcas (A e B) no soquete com uma
diferença de 1/6 de volta (60º±10º) entre elas.
2. Coloque o soquete no parafuso e faça uma marca
no cabeçote de cilindros (C) alinhada com a primeira Aferidor de Ângulo de Torque
marca (A) no parafuso.
3. Aperte todos os parafusos (na seqüência ilustrada
na página anterior) até que a segunda marca (B) no 1 60˚
soquete se alinhe com a marca (C) no cabeçote de
cilindros. A B
O retorqueamento dos parafusos do cabeçote de cilindros
após o amaciamento do motor não é necessário quando
se usa o procedimento de torque recomendado junto com
parafusos de cabeça flangeada.

A—Primeira Marca no Soquete C—Marca na Superfície do 2 3


B—Segunda Marca no Soquete Cabeçote de Cilindros
60˚

RG11798 —UN—25OCT01
A A B

C C

Procedimento de Aperto do Giro de Torque


RG,05,DT7343 ­54­11NOV97­1/1

Instalação do Conjunto do Braço Oscilante


NOTA: Dependendo da aplicação, as hastes de
impulso podem ser ocas ou sólidas.

1. Instale as hastes de impulso no mesmo local de que


foram removidas.
RG7448 —UN—23NOV97

NOTA: As pontas das hastes das válvulas são


especialmente endurecidas; não são necessárias
tampas de desgaste.

IMPORTANTE: Alivie a tensão do parafuso do braço


oscilante para evitar danos ao eixo do braço
Instalação das hastes de impulso
oscilante durante a instalação.

2. Posicione o conjunto do braço oscilante no motor.


Continua na página seguinte RG,05,DT7342 ­54­21AUG07­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­020­36 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=122
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

NOTA: De acordo com a altura do suporte (A) do eixo


do braço oscilante, a arruela (B) pode ser ou
não necessária. Para suporte de altura de 43
mm (1.69 in.) (alumínio), use a arruela. Para
suporte de altura de 45 mm (1.77 in.) (ferro
fundido), não use a arruela.

3. Lubrifique todos os braços oscilantes com óleo


de motor e certifique­se de que eles se movam
livremente. Aperte os prisioneiros do suporte do braço
oscilante em uma seqüência cruzada de acordo com
as especificações.
Especificação
Prisioneiros do
Suporte do Braço

CD30959 —UN—21AUG07
Oscilante—Torque.......................................................... 60 N∙m (44 lb­ft)

4. Ajuste a folga da válvula. (Veja VERIFICAÇÃO E


AJUSTE DA FOLGA DA VÁLVULA anteriormente
neste grupo.)

A—Altura do suporte do eixo B—Arruela


do braço oscilante Instalação do suporte do braço oscilante

RG,05,DT7342 ­54­21AUG07­2/2

Inspecione e Limpe a Mangueira de


Saída do Ventilador
NOTA: Se a mangueira do ventilador ou o tubo estiver
dobrado ou restringido de qualquer forma, a alta
pressão do óleo ou a possível perda de óleo
pode resultar em danos ao motor.

RG7941 —UN—13NOV97
1. Verifique se há dobras ou danos na mangueira
de saída do ventilador (A) na tampa do balancim.
Substitua, se necessário.
2. Limpe o tubo e a mangueira do ventilador se estiverem
restringidos. Inspeção da Mangueira de Saída do Ventilador

A—Mangueira de Saída do
Ventilador

RG,05,DT7341 ­54­11NOV97­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­37 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=123
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Remova, Inspecione e Instale o Sistema de


Ventilação do Cárter Fechado (Se Equipado)
NOTA: A válvula CCV pode ser montada no motor
(como exibido) ou montada remotamente.
Verifique se a linha de centro da válvula
CCV montada está entre 350 mm a 450 mm
(13.78­17.22 in.) acima da linha de centro do
virabrequim. Em motores com a opção de vareta
dupla, a válvula CCV deve ser montada a uma

RG12426 —UN—20NOV03
altura mínima de 420 mm (16.54 in.). Corrija a
localização de montagem se não estiver correta.

1. Remova as peças (A­H).


2. Verifique se há dobras, bloqueio ou outros danos nas
mangueiras (C, D e G).
3. Com a válvula de retenção (H) conectada à mangueira
(G), segure a mangueira pela extremidade oposta
à da válvula de retenção, deixando a válvula de
retenção pendurada.
4. Coloque óleo na extremidade aberta da mangueira. O
óleo deve passar através da válvula de retenção antes
que a mangueira fique cheia. Se isto não ocorrer,
verifique o seguinte:
­ Se o comprimento da mangueira é de pelo menos
275 mm (10.83 in.).
­ Se a mangueira não está entupida.
­ Se a válvula de retenção está instalada com a
extremidade preta voltada para o cárter.
­ Se a válvula de retenção funciona corretamente.
5. Verifique se o tubo de drenagem de óleo do cárter (I)
não está entupido.
NOTA: Se a válvula CCV não tem peças internas
que podem passar por manutenção.

6. Verifique a existência de trincas ou outros danos na


válvula CCV (A).
7. Substitua as peças conforme necessário.

RG12427 —UN—03FEB04
8. Instale as peças (A—H).

A—Válvula (CCV) de Ventilação F— Parafuso, Válvula CCV até


do Cárter Fechada o Suporte
B—Mangueira, Válvula da CCV G—Mangueira de Dreno do
até o Coletor de Admissão Óleo
C—Mangueira, Tampa da H—Válvula de Retenção
Válvula até a Válvula CCV I— Tubo de Drenagem de Óleo
D—Conexão do Respiro da do Cárter
Tampa da Válvula
E—Conexão do Coletor de
Admissão

OUO1083,00005FB ­54­24NOV03­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­020­38 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=124
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Instalação da Tampa do Balancim


IMPORTANTE: Substitua a junta (A) toda a vez que a
proteção do braço oscilante for removida.

O seguinte procedimento deve ser usado para instalar

RG7450B —UN—04NOV97
uma nova junta (A):
• Retire com cuidado a junta antiga da proteção do braço
oscilante. Não use nenhuma ferramenta cortante que
possa danificar a proteção.
• Limpe o sulco com acetona. Seque com ar comprimido.
• Limpe a superfície casada do cabeçote do cilindro.
Junta da Proteção do Braço Oscilante
A—Junta

RG,05,DT7340 ­54­05JUN09­1/5

Junta da Proteção do Braço Oscilante Padrão


1. Instale uma nova junta no sulco, inicie pelas
extremidades e trabalhe em direção ao centro da
proteção. Não use vedante na junta.
2. Instale a proteção do braço oscilante com a junta.

RG7451 —UN—04NOV97
3. Instale os anéis O (B) e as porcas.
4. Aperte todas as porcas conforme a especificação,
comece no centro e alterne os lados até alcançar as
extremidades. NÃO APERTE EXCESSIVAMENTE.
Porcas da Proteção do Braço Oscilante—Especificação
Motores sem Anéis O da Proteção do Braço Oscilante
HPCR—Torque............................................................... 35 N∙m (26 lb­ft)
HPCR/Cabeçote de 2
B—Anéis de Vedação
Válvulas—Torque............................................................. 10 N∙m (8 lb­ft)

RG,05,DT7340 ­54­05JUN09­2/5

5. Instale os bujões (C) da cobertura do braço oscilante.

C—Bujões

RG7815 —UN—13NOV97

Bujões Inferiores da Proteção do Braço Oscilante

Continua na página seguinte RG,05,DT7340 ­54­05JUN09­3/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­39 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=125
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

Junta para Altas Temperaturas da Proteção


do Braço Oscilante Estendido (Opcional) —
Motores que não são HPCR
NOTA: O kit opcional da junta (RE534755) está
disponível para prevenir vazamentos de óleo
entre o cabeçote e a tampa das válvulas, na área
acima dos pórticos de escape e/ou diretamente
abaixo do turbo, resultado de uma operação
prolongada em alta temperatura.

1. Instale a proteção do braço oscilante sem a


junta. Aperte as porcas da proteção conforme a

RG12435 —UN—01DEC03
especificação.
Especificação
Porcas da Proteção
do Braço Oscilante
(Cabeçote de Duas
Válvulas)—Torque.......................................................... 35 N∙m (26 lb­ft)

2. Use um calibrador para medir a folga (B) entre a


proteção (A) do braço oscilante e o cabeçote do
cilindro (C).
3. Remova a proteção do braço oscilante do motor.
4. Se a folga (B) medida na Etapa 2 for menor do que
1,5 mm (0.059 in), instale um calço (E) em cima de
cada prisioneiro de fixação (D) da proteção do braço
oscilante.

RG12436 —UN—01DEC03
5. Se a folga medida na Etapa 2 for maior do que 1,5
mm (0.059 in), não instale nenhum calço.

A—Proteção do Braço D—Prisioneiro de Fixação


Oscilante E—Calço
B—Espaço
C—Cabeçote

Continua na página seguinte RG,05,DT7340 ­54­05JUN09­4/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­40 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=126
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

NOTA: Para facilitar a instalação e prevenir o


estiramento da junta, arranque a junta em
várias partes dos sulcos.

6. Instale a nova junta (A) da proteção do braço oscilante


empurrando para dentro do sulco (B) da proteção do
braço oscilante.
7. Instale a proteção do braço oscilante e as porcas de
fixação. Aperte as porcas de fixação de acordo com a

RG12437 —UN—01DEC03
especificação.
Especificação
Porcas da Proteção
do Braço Oscilante
(Cabeçote de Duas
Válvulas)—Torque.......................................................... 35 N∙m (26 lb­ft)

A—Junta da Proteção do Braço C—Proteção do Braço


Oscilante Oscilante
B—Ranhura da Tampa

RG,05,DT7340 ­54­05JUN09­5/5

Montagem Final Completa


NOTA: Para obter informações sobre os procedimentos
para a instalação dos componentes do sistema
de combustível (linhas de combustível, filtros de
combustível, injetores de combustível...), veja o

RG7452B —UN—04NOV97
manual apropriado conforme listado abaixo:
• CTM170 – Sistema eletrônico de combustível
Nível 4 com bomba injetora BOSCH VP44.
• CTM207 – Sistema mecânico de combustível
• CTM284 – Sistema eletrônico de combustível
Nível 1 com bomba injetora DP201 LUCAS
• CTM331 – Sistema eletrônico de combustível Linhas de Combustível e Bicos Injetores
Nível 12 com bomba injetora DE10
• CTM502 – Sistema eletrônico de combustível
Nível 16 com HPCR nos motores com A—Linha de Fuga de C—Bicos Injetores
cabeçotes de duas válvulas Combustível D—Pinos­Guia
B—Linhas de Injeção
1. Instale os componentes do sistema de combustível.
2. Instale pinos­guia (D) no cabeçote do cilindro para
auxiliar na instalação do coletor de escape.
Continua na página seguinte CD03523,000019E ­54­21AUG07­1/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­41 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=127
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

NOTA: Em alguns motores, o alojamento do


termostato/coletor do líquido de arrefecimento
faz parte do cabeçote do cilindro.

3. Instale o alojamento do termostato/coletor do líquido


de arrefecimento (A). (Veja INSTALAÇÃO DO

RG7615A —UN—06NOV97
COLETOR DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO,
TAMPA DO TERMOSTATO E TERMOSTATO no
Grupo 070.)

A—Alojamento do
Termostato/Coletor do
Líquido de Arrefecimento
Alojamento do Termostato/Coletor do Líquido de Arrefecimento

CD03523,000019E ­54­21AUG07­2/5

4. Instale o alojamento do termostato ao(s) tubo(s) (B)


da bomba do líquido de arrefecimento.

B—Alojamento do Termostato
ao(s) Tubo(s) da Bomba do
Líquido de Arrefecimento.

RG7795 —UN—11NOV97
Alojamento do Termostato ao Tubo da Bomba do Lí­
quido de Arrefecimento.

CD03523,000019E ­54­21AUG07­3/5

5. Usando prisioneiros de guia, instale o coletor de


escape (B) com junta(s) (A). (Veja REMOÇÃO,
VERIFICAÇÃO E INSTALAÇÃO DO COLETOR DE
ESCAPE no Grupo 080.)

A—Junta de Aço Inoxidável B—Coletor de Escape

RG7625A —UN—06NOV97
Mostrada

Juntas de Aço do Coletor de Escape.

Continua na página seguinte CD03523,000019E ­54­21AUG07­4/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­42 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=128
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

6. Se equipado, instale o turbocompressor (A), o cotovelo


de escape (mostrado removido) e as linhas (C) de
entrada e drenagem de óleo do turbocompressor (C).
(Veja INSTALAÇÃO DO TURBOCOMPRESSOR no
Grupo 080.). Instale o tubo de admissão de ar (B).
(Veja REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO TUBO DE

RG10376 —UN—26JUN02
ADMISSÃO DE AR no Grupo 080.)
7. Instale o alternador se estiver removido. (Veja
REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO ALTERNADOR no
Grupo 100.)
8. Se o óleo do motor foi drenado do carter, instale um
novo filtro de óleo e encha o motor com óleo limpo de
grau e viscosidade corretos. (Veja Seção 01, Grupo Turbocompressor
002.)
A—Turbocompressor C—Linhas de Entrada de Óleo
9. Encha o sistema de arrefecimento com líquido de B—Tubo de Admissão de Ar do Turbocompressor de
arrefecimento limpo. (Veja Seção 01, Grupo 002.) Drenagem de Óleo.
10. Execute o amaciamento do motor. (Veja
AMACIAMENTO DO MOTOR no Grupo 010.)
CD03523,000019E ­54­21AUG07­5/5

CTM206 (18JUN09) 02­020­43 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=129
Cabeçote e Válvulas do Cilindro (Motores com Cabeçote de Duas Válvulas)

CTM206 (18JUN09) 02­020­44 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=130
Grupo 021
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Informações Gerais
NOTA: Os motores com projeto de cabeçote de duas
válvulas são cobertos no Grupo 020.
OUO1089,0000231 ­54­10JUN02­1/1

Verificação e Ajuste da Folga da Válvula

CUIDADO: Para evitar uma partida acidental do


motor ao executar ajustes nas válvulas, sempre
desconecte o terminal NEGATIVO (–) da bateria.

IMPORTANTE: A folga da válvula DEVE SER


verificada e ajustada com o motor FRIO.

1. Retire a proteção do braço oscilante e o tubo de


ventilação do cárter.

RG12168 —UN—03JUL02
IMPORTANTE: Inspecione visualmente as superfícies
de contato das pontas das válvulas, pontes
e lâminas de desgaste do braço oscilante.
Verifique se há desgaste excessivo, quebras
ou rachaduras em todas as peças. Substitua
as peças que apresentam danos visíveis.
Orifícios de Sincronização do Alojamento do Volante
Os braços oscilantes que exibirem uma
folga excessiva nas válvulas devem ser
inspecionados mais profundamente para A—Orifício de Sincroni­ B—Orifício do Pino de
zação/Rotação Sincronização
identificar as peças danificadas.
Substitua as válvulas, assentos, molas e
retentores em pares por cilindro se forem 3. Usando a Ferramenta de Giro do Volante JDE83 ,
encontrados danos. Substitua também a ponte JDG820 (antigamente JDE81­1) ou JDG10576, gire
se qualquer uma dessas peças for substituída. o volante do motor no sentido do funcionamento
(sentido horário, visto da frente) até que o cilindro nº 1
2. Remova os bujões plásticos ou a placa de proteção esteja em tempo de compressão do TDC. Insira o Pino
do orifício de sincronização/rotação (A) do motor e do de Sincronização JDG1571 ou JDE81­4 no volante.
orifício do pino de sincronização (B).
Se os braços oscilantes do cilindro nº 1 estiverem
NOTA: Alguns motores são equipados com alojamentos frouxos, o motor está na compressão do TDC nº 1.
de volante que não permitem o uso nenhuma
Se os braços oscilantes do cilindro nº 1 não estiverem
ferramenta de rotação do volante do motor.
frouxos, gire o motor em uma volta completa (360º)
Esses motores com virabrequins de ponta reta
até a compressão do TDC nº 1.
podem ser girados da ponta dianteira do motor
usando o Adaptador de Rotação Dianteiro/Traseiro
do Virabrequim JDG966.
Continua na página seguinte OUO1089,0000208 ­54­06SEP07­1/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=131
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

4. Com o motor travado no TDC do tempo de


compressão do pistão número 1, verifique a folga da
válvula de acordo com as especificações a seguir.
(Use a seqüência para motores com 4 ou 6 cilindros
conforme descrito na página seguinte.)
Se as válvulas precisarem de ajuste, solte a
contraporca (A) no parafuso de ajuste do braço
oscilante. Gire o parafuso de ajuste até que o
calibrador deslize com um leve arrasto. Evite que
o parafuso de ajuste gire usando uma chave de
fenda e aperte a contraporca de acordo com as

RG12169 —UN—03JUL02
especificações. Verifique novamente a folga após
o aperto da contraporca. Ajuste a folga conforme
necessário.
Especificação
Folga da Válvula
de Admissão (Braço
Oscilante até a Ponte) Ajuste das Válvulas
(Motor Frio)—Folga................................................... 0.36 mm (0.014 in.)
Folga da Válvula de
A—Contraporca do Parafuso
Escape (Braço Oscilante de Ajuste
até a Ponte) (Motor
Frio)—Folga.............................................................. 0.46 mm (0.018 in.)
Contraporca do Parafuso
de Ajuste do Braço
5. Instale a proteção do braço oscilante e o tubo de
Oscilante—Torque.......................................................... 27 N∙m (20 lb­ft)
ventilação do cárter.
OUO1089,0000208 ­54­06SEP07­2/4

Motor de 4 Cilindros: A
4 3 2 1
NOTA: A ordem de acionamento é 1­3­4­2. E I E I E I E I

1. Usando o Pino de Sincronização JDG1571 ou


JDE81­4, trave o pistão nº 1 no tempo de compressão B

RG12357 —UN—29MAY02
do TDC (B).
4 3 2 1
2. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 1 e 3 e nas E I E I E I E I
válvulas de admissão nº 1 e 2.
3. Gire o virabrequim em 360º. Trave o pistão nº 4 no
C
tempo de compressão do TDC (C).
4. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 2 e 4 e nas Ajuste da Válvula de 4 Cilindros
válvulas de admissão nº 3 e 4.
A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape
B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
Pistão nº 1
C—Compressão do TDC do
Pistão nº 4

Continua na página seguinte OUO1089,0000208 ­54­06SEP07­3/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­2 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=132
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Motor de 6 Cilindros: A
6 5 4 3 2 1
NOTA: A ordem de acionamento é 1­5­3­6­2­4. E I E I E I E I E I E I

1. Usando o Pino de Sincronização JDG1571 ou


JDE81­4, trave o pistão nº 1 no tempo de compressão B

RG12170 —UN—21MAY02
do TDC (B).
6 5 4 3 2 1
2. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 1, 3 e 5 e nas E I E I E I E I E I E I
válvulas de admissão nº 1, 2 e 4.
3. Gire o virabrequim em 360º. Trave o pistão nº 6 no
C
tempo de compressão do TDC (C).
4. Ajuste a folga nas válvulas de escape nº 2, 4 e 6 e nas Ajuste da Válvula de 6 Cilindros
válvulas de admissão nº 3, 5 e 6.
A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape
B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
Pistão nº 1
C—Compressão do TDC do
Pistão nº 6

OUO1089,0000208 ­54­06SEP07­4/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­3 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=133
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Medição da Elevação da Válvula


IMPORTANTE: Para uma medida mais precisa,
meça a elevação da válvula em 0,00 mm (in.)
entre a folga do braço oscilante e a ponta
da válvula com o motor FRIO.

NOTA: A medição da elevação da válvula fornece uma


indicação do desgaste nos ressaltos e seguidores
do eixo de comando ou hastes de impulso.

RG12165A —UN—03JUL02
1. Remova a proteção do braço oscilante.
2. Usando a ferramenta de Giro do Volante JDE83,
JDG820 (antigamente JDE81­1) ou JDG10576 e
o Pino de Sincronização JDG1571 ou JDE81­4
inserido no volante, trave o pistão nº 1 no tempo de
compressão do TDC. Medição da Elevação da Válvula
A
3. Ajuste a folga da ponta da válvula ao braço oscilante 4 3 2 1
a 0.00 mm (0.00 in.) para: E I E I E I E I

• Válvulas de escape n 1 e 3, e válvulas de admissão


n 1 e 2 nos motores de 4 cilindros.
• Válvulas de escape nº 1, 3 e 5 e válvulas de B

RG12357 —UN—29MAY02
admissão nº 1, 2, e 4, nos motores de 6 cilindros. 4 3 2 1
E I E I E I E I
4. Coloque a ponta do indicador com mostrador em cima
da ponte da válvula. Faça uma pré­carga na ponta do
indicador e ajuste o mostrador em 0,0 mm (0,0 in.).
C
5. Remova o pino de sincronização do volante e gire
manualmente o motor em uma volta completa (360°) Motor de 4 Cilindros
no sentido do funcionamento usando uma ferramenta A
apropriada de giro do volante. 6 5 4 3 2 1
E I E I E I E I E I E I
6. Observe a leitura do indicador com mostrador
enquanto a válvula é movida para a posição
totalmente aberta. Registre a leitura máxima e
B
compare com as especificações fornecidas abaixo.

RG12170 —UN—21MAY02
6 5 4 3 2 1
Motores com Cabeçote de 4 Válvulas com Número de Série do E E E E E E
Motor xx4045Lxxxxxx ou xx6068Lxxxxxx—Especificação I I I I I I
Válvulas de
Admissão—Elevação.......................................................9,37—9,77 mm
(0.369—0.385 in.) C
Limite de Desgaste................................................... 9.05 mm (0.356 in.)
Válvulas de Motor de 6 Cilindros
Escape—Elevação.........................................................9,78—10,18 mm
(0.385—0.401 in.) A—Parte Dianteira do Motor E—Válvula de Escape
Limite de Desgaste................................................... 9.46 mm (0.372 in.) B—Compressão do TDC do I— Válvula de Admissão
Pistão nº 1
Outros Motores com Cabeçote de 4 Válvulas—Especificação C—Compressão do TDC no
Válvulas de pistão nº 4 (Motor de 4
Admissão—Elevação.......................................................9,03—9,43 mm Cilindros) ou nº 6 (Motor de
(0.356—0.371 in.) 6 cilindros)
Limite de Desgaste................................................... 8.70 mm (0.343 in.)
Válvulas de
Escape—Elevação...........................................................9,32—9,72 mm Se a elevação da válvula estiver dentro das
(0.367—0.383 in.) especificações em todas as válvulas, ajuste
Limite de Desgaste................................................... 9,00 mm (0.354 in.) a folga da válvula às medidas especificadas.
7. Siga o mesmo procedimento para as válvulas (Veja VERIFICAÇÃO E AJUSTE DA FOLGA DA
remanescentes e registre as leituras. VÁLVULA anteriormente neste grupo.)

Continua na página seguinte OUO1089,0000209 ­54­14SEP07­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­4 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=134
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Se a elevação da válvula em uma ou mais válvulas 9. Ajuste a folga da ponta da válvula ao braço oscilante
não estiver de acordo com a especificação, remova a 0,0 mm (0.0 in.) para:
e inspecione todo o trem de válvulas e o eixo de
comando. • Válvulas de escape n 2 e 4, e válvulas de admissão
n 3 e 4 nos motores de 4 cilindros.
8. Gire o motor em uma volta completa (360°). Trave • Válvulas de escape nº 2, 4 e 6 e válvulas de
o motor em: admissão nº 3, 5 e 6, nos motores de 6 cilindros.
• Tempo de compressão nº 4 do TDC para motores 10. Repita as etapas 4 a 7.
de 4 cilindros.
• Tempo de compressão nº 6 do TDC para motores
de 6 cilindros.
OUO1089,0000209 ­54­14SEP07­2/2

Evitar Abrir o Sistema de Injeção de


Combustível de Alta Pressão
O fluido a alta pressão que ficar retido nas linhas de
combustível pode causar ferimentos graves. Em motores
com sistema de combustível de High Pressure Common
Rail (HPCR) (Coletor de Alta Pressão), não desligue nem

TS1343 —UN—18MAR92
tente efetuar consertos nas linhas de combustível, nos
sensores ou em outros componentes situados entre a
bomba de combustível de alta pressão e os bocais.
Só os técnicos familiarizados com este tipo de sistema
podem efetuar consertos. (Consulte a sua concessionária
John Deere quanto a consertos).
DX,WW,HPCR1 ­54­07JAN03­1/1

Remover a cabeça do cilindro

Em algumas aplicações, a remoção do motor da maquina


pode se tornar necessária para reparar o cabeçote
do cilindro. Veja o Manual Técnico da Máquina para
informar­se sobre o procedimento de remoção do motor.

CUIDADO: Após operar o motor, deixe

CD30954 —UN—27AUG07
que o sistema de exaustão resfrie antes
de trabalhar no motor.
NÃO drene o liquido de arrefecimento até que a
temperatura dele esteja abaixo da temperatura
de funcionamento. Remova a tampa de
abastecimento do radiador somente quando
a tampa estiver bastante fria para ser tocada Desconecte as conexões elétricas e remova o coletor de entrada
com as mãos. Afrouxe a tampa lentamente
até o primeiro batente para liberar a pressão A—Coletor de entrada de ar
antes de retirá­la completamente.

1. Drene o óleo e o liquido de arrefecimento do motor. 3. Remova a linha de escape do turbo compressor.
2. Desconecte todas as conexões elétricas e remova o
coletor de entrada de ar (A).
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­1/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­5 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=135
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30955 —UN—27AUG07
RG12166 —UN—03JUL02
Turbocompressor de Geometria Variável (VGT)

Turbocompressor padrão.

A—Linha de Entrada de Óleo B—Linha de Drenagem de Óleo C—Linhas de líquido de D—Conexões elétricas
arrefecimento do atuador

NOTA: Se desejado, o turbocompressor pode ser do coletor de escape. (Veja REMOÇÃO DO


removido do motor enquanto estiver montado TURBOCOMPRESSOR no Grupo 080.).
ao coletor de escape.
Nos motores com Turbocompressor de Geometria
4. Em motores turbocomprimidos, desconecte a linha de Variável (VGT), desconecte também as linhas do
entrada de óleo (A) e a linha de drenagem de óleo líquido de arrefecimento do atuador (C) e as conexões
(B) do turbocompressor. Remova o turbocompressor elétricas (D).
CD03523,000019F ­54­27AUG07­2/14
CD30960 —UN—27AUG07

CD30961 —UN—27AUG07

Remoção os tubos do líquido de arrefecimento e de escape do EGR Remoção do resfriador do EGR

A—Tubo de Escape do EGR B—Tubo do Líquido de C—Resfriador do EGR


Arrefecimento do EGR

5. Remova o tubo de escape (A) do EGR.


7. Remova o resfriador (C) do EGR.
NOTA: Veja o Grupo 080 para remover os
componentes do EGR.

6. Remova o tubo do líquido de arrefecimento (B) do


EGR.
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­3/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­6 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=136
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30962 —UN—27AUG07
RG12167 —UN—03JUL02
Remoção da luva do pórtico de escape

Remoção do Coletor de Escape, da Linha de Retorno do Óleo


do Turbocompressor e do Anteparo Corta­Fogo

A—Coletor de escape C—Anteparo corta­fogo E—Junta do coletor de escape


B—Linha de drenagem de óleo D—Luva do pórtico de escape
do turbocompressor

8. Remova o coletor de escape (A). 10. Quando equipada, remova a luva (D) de cada pórtico
NOTA: Veja o Grupo 080 para remover os componentes de escape.
do sistema de exaustão. NOTA: Os motores podem ter as juntas (E) do coletor de
escape encaixadas nas luvas do pórtico de escape.
9. Remova a linha (B) de drenagem de óleo e o anteparo
corta­fogo (C), se equipados.
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­4/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­7 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=137
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30963 —UN—27AUG07
Remoção das velas aquecedoras e do alojamento do termostato
A—Linha do chicote da vela C—Linha de combustível de alta E—Coletor do líquido de
aquecedora pressão arrefecimento
B—Vela aquecedora (uma por D—Alojamento do termostato
cilindro)

11. Remova a linha (A) do chicote da vela aquecedora. (Veja REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO COLETOR DO
LIQUIDO DE ARREFECIMENTO, TERMOSTATOS
12. Remova todas as velas aquecedoras (B). E PÓRTICO LATERAL (CABEÇOTE DE QUATRO
13. Remova as linhas de combustível de alta pressão (C). VÁLVULAS) no Grupo 070.)

14. Remova o alojamento do termostato (D), o coletor


(E) do liquido de arrefecimento e o pórtico lateral.
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­5/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­8 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=138
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30965 —UN—27AUG07
CD30964 —UN—27AUG07
Sistema externo de fuga de combustível Sistema interno de fuga de combustível

A—Sistema externo de fuga de C—Linha de fuga de combustível E—Porca da conexão de fuga de


combustível D—Porca da linha de fuga de combustível
B—Sistema interno de fuga de combustível F— Conjunto da linha de fuga de
combustível combustível

15. NOTA: Para outros componentes do sistema de


NOTA: O sistema de fuga pode ser externo combustível (filtros do combustível, injetores
(A) ou interno (B). do combustível... ), veja o manual adequado
conforme está listado abaixo:
• No sistema interno de fuga de combustível (B), • CTM220 – Sistema Eletrônico de Combustível
desconecte a linha de fuga de combustível (C). Nível 11 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
• No sistema externo de fuga de combustível (A),
• CTM320 – Sistema Eletrônico de Combustível
desconecte a porca da linha de fuga de combustível Nível 14 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
(D) e a porca da conexão (E) a cada conexão em
T. Então remova todo o conjunto de linhas de fuga
combustível (F).
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­6/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­9 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=139
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

RG12173 —UN—03JUL02
RG12172 —UN—03JUL02
Remoção da Placa de Montagem da Polia do Ventilador

Remoção da Polia e da Correia do Ventilador

A—Braçadeira B—Correia do Ventilador C—Parafusos (4 usados) D—Placa

16. Solte os parafusos (C), remova a correia (B) do 18. Remova a placa (D) do motor.
ventilador e remova os parafusos (C) com a polia.
19. Remova o alternador. (Veja o Grupo 100.)
17. Remova a braçadeira (A) do motor.
CD03523,000019F ­54­27AUG07­7/14
RG12177 —UN—03JUL02

CD30966 —UN—27AUG07
Proteção do Braço Oscilante Parafusos da Proteção do Braço Oscilante

A—Parafuso com anel O B—Bujão Inferior

20. Remova os bujões inferiores (B) da proteção do braço


oscilante. 21. Remova os parafusos com anéis O (A) e a proteção
do braço oscilante.
Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­8/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­10 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=140
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

RG12178 —UN—03JUL02

RG12360 —UN—03JUL02
Remoção do Chicote dos Bicos Injetores de Combustível Remoção do Eixo do Braço Oscilante
22. Remova dois parafusos (B) e porca (A) em todos os
injetores de combustível. Remova o chicote do bicos
injetor de combustível
NOTA: Para obter informações sobre a remoção dos
injetores de combustível e chicote, veja o manual
apropriado conforme está listado abaixo:
• CTM220 – Sistema Eletrônico de Combustível
Nível 11 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)

RG12445 —UN—03DEC03
• CTM320 – Sistema Eletrônico de Combustível
Nível 14 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)

Remova os injetores de combustível.


NOTA: Solte todos os parafusos de ajuste do braço
oscilante antes de remover o conjunto.
Para auxiliar na remoção do conjunto do eixo Suporte do Braço Oscilante
do braço oscilante, use os suportes do braço
oscilante (E) conforme mostrado.

23. Remova as braçadeiras (D) das extremidades (D), as


braçadeiras (C) e conjunto do eixo do braço oscilante.

A—Porca do prisioneiro do E—Suporte do Braço Oscilante


injetor F— Diâmetro de 3 mm (0.12 in.)
B—Parafuso do chicote do G—Largura de 50 mm (1.97 in.)
injetor H—Comprimento de 15 mm
RG12446 —UN—03DEC03
C—Braçadeira do eixo do (0.59 in.)
braço oscilante
D—Braçadeira da extremidade
do eixo do braço oscilante

Instalação do Suporte do Braço Oscilante

Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­9/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­11 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=141
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

24. Remova todas as hastes de impulso (A) e


identifique­as para a remontagem no mesmo local.
Limpe e inspecione as hastes de impulso.
25. Remova todas as pontes (B) e identifique­as para a
remontagem no mesmo local.

A—Haste de Impulso B—Ponte

RG12361 —UN—31MAY02
Remoção das Hastes de Impulso e Pontes

CD03523,000019F ­54­27AUG07­10/14

26. Remova os parafusos (B) e o suporte (A) do braço


oscilante.

A—Suporte do Braço Oscilante B—Parafuso

RG12362 —UN—03JUL02
Remoção do Suporte do Braço Oscilante

Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­11/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­12 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=142
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

27. Se houver uma falha na junta do cabeçote, verifique


e registre o torque em cada parafuso do cabeçote
antes da remoção.
Para verificar o torque do parafuso do cabeçote:
a. Faça uma marca de referência (na linha) no soquete
A
(A) e na superfície (B) do cabeçote do cilindro.
b. Afrouxe o parafuso em 1/2 volta pelo menos;

RG12375 —UN—11JUN02
B
c. Reaperte o parafuso (usando uma chave de
torque) até o alinhamento das marcas e referência.
Registre o torque.
28. Remova todos os parafusos do cabeçote do cilindro e
descarte­os. Não reutilize os parafusos do cabeçote
do cilindro. Parafusos do Cabeçote do Cilindro

A—Marca no Soquete B—Faça uma Marca na


Superfície do Cabeçote

CD03523,000019F ­54­27AUG07­12/14

IMPORTANTE: NÃO use chaves de fenda ou


pés­de­cabra entre o bloco do cilindro e o
cabeçote para soltar a vedação da junta do
cabeçote. Chaves de fenda ou pés­de­cabra
podem danificar as superfícies das juntas do
bloco e do cabeçote do cilindro.

29. Levante o cabeçote (A) do cilindro do bloco usando a


Amarra de Suspensão do Motor JDG23, ou correntes
para serviço pesado, e um guindaste. Se o cabeçote

RG12369 —UN—03JUL02
do cilindro aderir, use um martelo macio para bater
o cabeçote.

A—Cabeçote do Cilindro

Cabeçote do Cilindro

Continua na página seguinte CD03523,000019F ­54­27AUG07­13/14

CTM206 (18JUN09) 02­021­13 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=143
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

30. Remova a junta do cabeçote (A) do cilindro. Verifique


se há vazamentos de óleo, liquido de arrefecimento
ou câmaras de combustão. Verifique também quanto
ao uso incorreto da junta do cabeçote.
NOTA: Não gire o virabrequim com o cabeçote do
cilindro removido a menos que as camisas
dos cilindros estejam seguras com parafusos e
arruelas planas grandes. (Veja VERIFICAÇÃO DA
PROTUBERÂNCIA DA CAMISA DO CILINDRO
(ALTURA ACIMA DO BLOCO) – CABEÇOTE DE
QUATRO VÁLVULAS, mais adiante neste grupo.)

RG12370 —UN—03JUL02
A—Junta do Cabeçote

Junta do Cabeçote do Cilindro

CD03523,000019F ­54­27AUG07­14/14

Inspecione e Meça as Pontes de Válvulas


1. Limpe as pontes de válvula e verifique se há danos.
2. Meça as cavidades das pontes de válvula (A) e
certifique­se de que a variação de cavidade a
cavidade esteja dentro das especificações.

RG12405A —UN—03JUL02
Especificação
Ponte de
Válvula—Variação de
Cavidade a Cavidade
(Máxima)..................................................................... 0,1 mm (0.004 in.)

A—Cavidades das Pontes de Inspecione e Meça as Pontes


Válvulas

OUO1089,0000237 ­54­13JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­14 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=144
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Desmonte e Inspecione o Conjunto


do Eixo do Balancim
NOTA: Anote a localização das peças conforme os
braços oscilantes vão sendo desmontados,
para auxiliar na remontagem.
A remoção dos bujões (A) somente é necessária
ao limpar o eixo do balancim.

1. Remova o bujão (A) das duas extremidades do eixo

RG12372A —UN—05JUN02
do balancim.
2. Desmonte e inspecione todas as peças quanto
ao desgaste ou danos. Substitua qualquer peça
danificada ou fora das especificações.
Conjunto de Balancins—Especificação
Altura Comprimida 46
mm (1.81 in.)—Tensão Bujões do Eixo do Balancim
da Mola.......................................................... 18 — 27 N (4 — 6 lb­força)
Mola—Altura
Comprimida................................................................ 46 mm a 18—27 N
(1.81 in. a 4—6 lb­força)
Eixo—Diâmetro Externo...........................................19,962—20,038 mm
(0.786— 0.789 in.)
Limite de Desgaste................................................. 19,91 mm (0.784 in.)

RG7418 —UN—23NOV97
Furo do Balancim—ID.............................................. 20,065—20,115 mm
(0.790— 0.792 in.)
Limite de Desgaste................................................. 20,16 mm (0.794 in.)

A—Bujão da Extremidade

Diâmetro Externo do Eixo do Balancim

RG12373A —UN—05JUN02
Diâmetro Interno do Furo do Balancim
OUO1089,000020B ­54­04JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­15 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=145
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Montagem do Eixo do Braço Oscilante

CD30967 —UN—29AUG07

CD30968 —UN—29AUG07
Localização do bujão na extremidade dianteira Localização do bujão na extremidade traseira

IMPORTANTE: Limpe imediatamente o excesso de


LOCTITE® 277 do eixo do braço oscilante para
evitar ligação com o braço oscilante.

1. Aplique o trava­rosca de alta resistência LOCTITE


277 às bordas externas dos bujões (A) e instale­os

CD30969 —UN—29AUG07
com firmeza em ambas as extremidades do eixo do
braço oscilante (D).
NOTA: Nos motores mais recentes, a localização do
bujão (A) é depois do orifício (B) do parafuso
de fixação na extremidade dianteira, e diante do
orifício (C) na extremidade traseira.
Montagem do eixo do braço oscilante (4 Cilindros exibidos)
2. Lubrifique o diâmetro externo do eixo e os orifícios do
braço oscilante com óleo de motor limpo.
A—Bujão da extremidade F— Braço oscilante do escape
3. Monte as molas e os braços oscilantes sobre o eixo B—Orifício do parafuso de G—Mola
fixação dianteiro H—Parafuso especial com
na mesma localização exibida. C—Orifício do parafuso de braçadeira
fixação traseiro I— Braçadeira da extremidade
D—Eixo do braço oscilante dianteira
E—Braço oscilante da entrada J— Braçadeira da extremidade
traseira

LOCTITE é uma marca registrada da Loctite Corp.


OUO1089,000020C ­54­28AUG07­1/1

Inspecione, Meça e Instale a Haste de Impulso


da Bomba de Abastecimento de Combustível
1. Remova e limpe a haste de impulso (A). Rotule a(s)
extremidade(s) para remontar na mesma orientação.
RG7447 —UN—04NOV97

A—Haste de Impulso

Haste de Impulso da Bomba de Abastecimento de Combustível

Continua na página seguinte OUO1089,0000212 ­54­06JUN02­1/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­16 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=146
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

2. Meça o diâmetro externo da haste de impulso (B). Se


o diâmetro externo for menor do que a especificação,
instale uma nova haste de impulso.
Especificação
Haste de Impulso da
Bomba de Abastecimento

RG7496A —UN—04NOV97
de Combustível—DE..................................................9,891 — 9,917 mm
(0.3894—0.3904 in.)

B—Diâmetro Externo da Haste


de Impulso

Desgaste do Diâmetro Externo da Haste de Impulso

OUO1089,0000212 ­54­06JUN02­2/4

3. Verifique a coroa das extremidades da haste de


impulso. Se plana ou côncava, substitua a haste de
impulso e verifique se há desgaste no ressalto do
comando de válvulas. (Consulte MEÇA A ALTURA
DO RESSALTO DO COMANDO DE VÁLVULAS no
Grupo 050.)

RG8113 —UN—23NOV97
Desgaste da Haste de Impulso e da Coroa

OUO1089,0000212 ­54­06JUN02­3/4

4. Meça o diâmetro interno do orifício (C) da haste de


impulso do bloco.
Especificação
Orifício da Haste de
Impulso da Bomba
de Abastecimento

RG7495A —UN—04NOV97
de Combustível do
Bloco—DI...................................................................10,00 — 10,05 mm
(0.3937 — 0.3957 in.)

Repare ou substitua o bloco conforme necessário.


5. Lubrifique a haste de impulso com óleo de motor
limpo. Aplique uma pequena quantidade de Graxa de Furo da Haste de Impulso no Desgaste do Bloco
Alta Temperatura TY6333 em ambas as extremidades
da haste e instale em um orifício com a mesma
orientação de extremidade que foi removida. C—Diâmetro Interno do Orifício

OUO1089,0000212 ­54­06JUN02­4/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­17 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=147
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Inspecione, Meça e Monte os Seguidores


de Came
1. Remova e limpe os seguidores de came. Rotule para
remontar na mesma localização.

RG7421 —UN—23NOV97
Seguidores de Came

OUO1089,0000213 ­54­06JUN02­1/3

2. Meça o diâmetro externo do seguidor de came. Se o


diâmetro externo do seguidor de came for menor do
que o especificado, instale um novo seguidor.
Especificação
Seguidor de
Came—Diâmetro

RG7422 —UN—23NOV97
Externo.........................................................................31,61—31,64 mm
(1.245— 1.246 in.)

Desgaste do Seguidor de Came

OUO1089,0000213 ­54­06JUN02­2/3

3. Verifique a coroa da superfície do seguidor. Se plana


ou côncava, substitua o seguidor e verifique se há
desgaste nos ressaltos do comando de válvulas.
(Consulte INSPEÇÃO VISUAL DO COMANDO DE
VÁLVULAS no Grupo 050.)
4. Meça o furo do seguidor de came do bloco e determine

RG7423 —UN—23NOV97
se a folga está dentro da especificação. (Consulte
MEÇA O FURO DO SEGUIDOR DE CAME USINADO
NO BLOCO no Grupo 030.)
5. Lubrifique os seguidores de came com óleo de motor
limpo e instale no mesmo furo de que foi removido.
Desgaste da Coroa e do Seguidor de Came

OUO1089,0000213 ­54­06JUN02­3/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­18 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=148
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Meça o Recesso da Válvula no Cabeçote


de Cilindros
1. Meça e registre o recesso da válvula (A) usando
um micrômetro de profundidade, indicador de base
magnética ou um indicador de quadrante com o
Indicador de Altura JDG451 (B). As medidas devem

RG4756 —UN—31OCT97
ser feitas a um máximo de 3,0 mm (0.12 in.) da borda
da cabeça da válvula.
2. Compare as medidas entre ambas as válvulas de
admissão para cada cilindro e certifique­se de que
a diferença esteja menor do que a variação máxima
permitida. Repita o procedimento para ambas as
Medida do Recesso da Válvula
válvulas de escape de cada cilindro.
3. Se houver desgaste irregular de válvula por cilindro,
B
verifique a variação de cavidade a cavidade da
ponte da válvula. (Consulte INSPEÇÃO E MEDIÇÃO
DAS PONTES DAS VÁLVULAS anteriormente neste
grupo.)
Especificação
Válvulas de
Admissão—Recesso do
Cabeçote de Cilindros......................................................0,77—1,27 mm
(0.030— 0.050 in.)

RG12374 —UN—11JUN02
Limite de Desgaste .................................................. 1,77 mm (0.070 in.)
Válvula de
Escape—Recesso do
Cabeçote de Cilindros......................................................0,81—1,31 mm
(0.032— 0.052 in.)
Limite de Desgaste................................................... 1,81 mm (0.071 in.)
Válvulas de Admissão Como Medir o Recesso das Válvulas
e Escape—Variação
Máxima para um Par de
Válvulas (Por Cilindro)................................................. 0,3 mm (0.012 in.) A—Recesso da Válvula B—Indicador de Quadrante

IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,


os insertos das sedes da válvula, as molas
Instale novas válvulas e/ou insertos da sede da válvula,
e os retentores devem ser substituídos em
conforme necessário, para obter o recesso correto da
pares para manter o alinhamento adequado da
válvula.
ponte da válvula. Substitua também a ponte se
qualquer uma dessas peças for substituída.
OUO1089,000020D ­54­28JAN04­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­19 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=149
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Verificações Preliminares da Válvula e do Cabeçote de Cilindros


Faça uma inspeção preliminar do cabeçote de cilindros e Sedes da Válvula Desgastadas ou Quebradas:
do conjunto das válvulas durante a desmontagem.
Procure as seguintes condições:
• Válvulas desalinhadas.
• Cabeçote de cilindros empenado.
Válvulas Emperradas: • Depósito de carbono nas sedes devido à combustão
incompleta.
• Depósitos de carbono na haste da válvula. • Tensão da mola da válvula muito baixa.
• Guias de válvulas desgastadas. • Aquecimento excessivo.
• Hastes de válvulas marcadas. • Folga indevida na válvula.
• Hastes de válvulas retorcidas. • Sincronização inadequada na válvula.
• Molas das válvulas desalinhadas ou quebradas. • Válvula ou sede incorreta instalada.
• Sedes das válvulas desgastadas ou torcidas.
• Lubrificação Insuficiente. Válvulas Queimadas, Com Oxidação Localizada,
Desgastadas ou Quebradas:
Guias das Válvulas Retorcidas, Desgastadas ou
Tortas: • Sedes das válvulas desgastadas ou torcidas.
• Sedes da válvula soltas.
• Falta de lubrificação. • Guias de válvulas desgastadas.
• Empenamento do cabeçote de cilindros. • Arrefecimento insuficiente.
• Aquecimento excessivo. • Molas das válvulas quebradas ou deformadas.
• Parafusos do cabeçote de cilindros apertados de • Operação inadequada do motor.
maneira não uniforme. • Sincronização inadequada das válvulas.
Cabeçote de Cilindros Empenado e Vazamento da • Rotadores de válvula com defeito.
Junta: • Hastes de válvula retorcidas ou empenadas.
• Válvulas “esticadas” devido à tensão excessiva da
• Perda do torque dos parafusos do cabeçote de mola.
cilindros. • Cabeçote de cilindros retorcido.
• Parafuso(s) do cabeçote de cilindros quebrado(s). • Varetas impulsoras empenadas.
• Superaquecimento devido ao funcionamento com baixo • Acúmulo de carbono nas sedes das válvulas.
nível de líquido de arrefecimento. • Falha do balancim.
• Ressalto insuficiente da camisa. • Válvula ou sede incorreta instalada.
• Vazamento de líquido de arrefecimento para dentro do • Folga incorreta entre válvula e pistão.
cilindro causando falha hidráulica da junta.
Folga Inadequada da Válvula:
• Aftercooler com vazamento.
• Cabeçote de cilindros trincado. • Uso ineficiente do combustível.
• Camisa de cilindros trincada. • O motor dá partida com mais dificuldade.
• Junta incorreta ou danificada. • A potência máxima do motor não será alcançada.
• Excesso de potência ou de combustível. • Vida útil mais curta das válvulas.
• Superfícies do bloco ou cabeçote de cilindros • Maior chance de superaquecimento do motor.
danificadas.
• Acabamento inadequado da superfície do cabeçote de Recesso Excessivo:
cilindros.
• Parafusos do cabeçote de cilindros apertados
• Guias de válvulas desgastadas.
incorretamente.
• Válvulas empenadas.
• Instalação errada da junta (desalinhada).
• Detritos passados através do conjunto de válvulas.
OUO1089,0000214 ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­20 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=150
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Remova o Conjunto de Válvulas


NOTA: Identifique todas as peças para montá­las
no mesmo local.
Pode ser usado um pequeno imã para auxiliar na
remoção das travas do retentor da válvula.

1. Uso do Compressor de Mola de Válvulas JDE138,


comprima as molas da válvula o suficiente para

RG12378A —UN—07JUN02
remover as travas retentoras (A).
2. Solte a tensão da mola e remova o retentor da válvula
(B) e a mola da válvula (C).
3. Remova as válvulas do cabeçote de cilindros.
4. Remova a vedação da haste da válvula (D) das torres
da guia de válvula. Ferramenta de Remoção da Mola da Válvula

A—Travas do Retentor C—Mola da Válvula


B—Retentor de Válvula D—Vedação da Haste da
Válvula

RG12379A —UN—07JUN02
Mola da Válvula e Componentes
OUO1089,0000210 ­54­05JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­21 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=151
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Inspecione e Meça as Molas de Válvulas


IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,
os insertos das sedes da válvula, as molas
e os retentores devem ser substituídos em
pares para manter o alinhamento adequado da

RG2732 —UN—04DEC97
ponte da válvula. Substitua também a ponte se
qualquer uma dessas peças for substituída.

1. Verifique o alinhamento, o desgaste e os danos das


molas de válvula.
2. Usando o Testador de Compressão de Mola
D01168AA, verifique a tensão da mola da válvula. Mola da Válvula
A altura comprimida deve estar dentro das
especificações dadas abaixo.
Molas de Válvula—Especificação
Comprimento Livre
da Mola 0 N (0
1
lb­força) —Altura...................................................... 46,15 mm (1.82 in.)

RG7427 —UN—21MAY98
Mola Comprimida 166 N
(37.32 lb­força)—Altura............................................. 37,21 mm (1.46 in.)
Mola Comprimida 356 N
(80.03 lb­força)—Altura............................................. 27,01 mm (1.06 in.)

Testador de Compressão da Mola da Válvula


1
O comprimento livre pode variar entre as molas da válvula.
OUO1089,000020F ­54­04JUN02­1/1

Limpe as Válvulas polimento da haste da válvula com palha de aço


ou um pano abrasivo para remover qualquer
1. Segure cada válvula firmemente contra uma escova marca deixada pela escova giratória.
giratória macia em um esmeril de bancada.
IMPORTANTE: NÃO use escova giratória na parte 2. Certifique­se de retirar todo o carbono da cabeça da
galvanizada da haste da válvula. Faça o válvula, da face e da parte não galvanizada da haste.
OUO1089,0000215 ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­22 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=152
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Inspecione e Meça as Válvulas


IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,
os insertos das sedes da válvula, as molas
e os retentores devem ser substituídos em
pares para manter o alinhamento adequado da
ponte da válvula. Substitua também a ponte se

RG7429 —UN—03NOV97
qualquer uma dessas peças for substituída.

1. Limpe e inspecione as válvulas, as hastes, as pontas


das hastes e a canaleta de trava do retentor (A).
Substitua as válvulas desgastadas ou danificadas em
pares.
Especificação Haste da Válvula
Cabeçote da Válvula de
Admissão—Diâmetro
Externo.........................................................................36,87—37,13 mm
(1.452— 1.462 in.)
Cabeçote da Válvula
de Escape—Diâmetro
Externo.........................................................................35,87—36,13 mm
(1.412— 1.422 in.)

RG12380A —UN—07JUN02
NOTA: A válvula de admissão tem um diâmetro externo
da cabeça maior e também é identificada com uma
letra em relevo “I” na cabeça da válvula.
A cabeça da válvula de escape não é magnética.

A—Canaleta de Trava do B—Letra em Relevo “I”


Retentor
Identificação das Válvulas de Admissão/Escape
OUO1089,0000216 ­54­10DEC03­1/3

2. Meça o diâmetro externo da haste da válvula. Registre


as medidas e compare com o diâmetro interno da
guia de válvula. (Consulte MEDIÇÃO DAS GUIAS DE
VÁLVULA mais adiante neste grupo.)
Especificação
Haste da Válvula de

RG7430 —UN—23NOV97
Admissão—Diâmetro
Externo.........................................................................6,987—7,013 mm
(0.2750— 0.2761 in.)
Haste da Válvula de
Escape—Diâmetro
Externo.........................................................................6,984—7,000 mm
(0.2749— 0.2756 in.)
Medição da Haste da Válvula

Continua na página seguinte OUO1089,0000216 ­54­10DEC03­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­23 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=153
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

3. Usando um centro de inspeção de válvulas, determine


se as válvulas estão ovalizadas, empenadas ou
retorcidas.
Especificação
Face da Válvula—Desvio
Máximo (Admissão e

RG4234 —UN—05DEC97
Escape)................................................................. 0,038 mm (0.0015 in.)

Centro de Inspeção de Válvulas

OUO1089,0000216 ­54­10DEC03­3/3

Esmerilhe as Válvulas Não esmerilhe as válvulas. Se a face da válvula estiver


IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape, retorcida, com corrosão localizada, desgastada ou
os insertos das sedes da válvula, as molas danificada, substitua as válvulas de admissão ou de
e os retentores devem ser substituídos em escape em pares.
pares para manter o alinhamento adequado da
ponte da válvula. Substitua também a ponte se
qualquer uma dessas peças for substituída.
OUO1089,000020E ­54­04JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­24 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=154
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Inspeção da Junta do Cabeçote e Seqüência do Reparo

RG8117 —UN—15JAN98
Inspeção da Junta do Cabeçote
A—Vedações da Combustão C—Pórtico de Óleo do Balancim E—Frente do Motor
(Flanges) D—Filete de Elastômero
B—Corpo da Junta

Os procedimentos de inspeção a seguir são


recomendados sempre que ocorrer uma falha na junta do
• Caminhos de erosão de gás de combustão ou
depósitos de fuligem originados nas vedações de
cabeçote ou quando desmontar a junta. combustão.
1. Reveja o histórico que relata a operação da máquina, • Descoloração/endurecimento/fragilização excessiva
a manutenção e os reparos junto com as observações em áreas localizadas.
de diagnóstico. Anote todas as áreas que precisam • Anel O ausente/danificado na área do pórtico (C).
de mais inspeção e análise. • Elastômero ausente/danificado na área do pórtico
(D).
2. Remova a tampa dos balancins e verifique a presença • Caminhos do óleo ou líquido de arrefecimento das
de líquido de arrefecimento no óleo. áreas do pórtico.
3. Registre os torques dos parafusos do cabeçote • Áreas localizadas de baixa compressão.
antes de remover. Durante a remoção, verifique as 6. Antes de limpar os componentes, verifique se há
diferenças de comprimento dos parafusos. sinais de gás de combustão e vazamento de fluido no
cabeçote, no bloco e nas camisas. Verifique se há
4. Remova o cabeçote de cilindros usando os
depósitos incomuns nos cilindros e nas portas das
dispositivos de levantamento adequados para evitar
válvulas.
danos à junta do cabeçote. (Consulte REMOÇÃO
DO CABEÇOTE DE CILINDROS anteriormente neste 7. Limpe o bloco, o cabeçote, as camisas e os parafusos.
grupo.) (Consulte os procedimentos neste grupo e no Grupo
030.)
5. Observe as superfícies da junta do cabeçote
removida. 8. Prossiga com as seguintes verificações dimensionais
e inspeções visuais:
Verifique se há o seguinte nas vedações de
combustão (A): Cabeçote de Cilindros (Consulte os procedimentos
neste Grupo)
• Flange cortado/expandido/trincado/deformado.
• Área adjacente ao corpo queimada/erodida. • Verifique o acabamento/planicidade da superfície.
• Anel de fogo cortado/deslocado/ausente. • Verifique se há danos na superfície.
• Padrão de vedação do flange excêntrico/contém • Verifique a espessura do cabeçote de cilindros, se
vazios. retificar.
• Descoloração do flange e áreas adjacentes ao
corpo. Bloco de Cilindros e Camisas (Montados e
• Superfícies do flange irregulares/arranhadas/cane­ Fixados) (Consulte o Grupo 030)
ladas.
• Verifique o ressalto das camisas em quatro lugares
Verifique se há o seguinte no corpo da junta (B): em cada camisa.

Continua na página seguinte OUO1089,0000217 ­54­06JUN02­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­25 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=155
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

• Verifique a diferença de ressalto das camisas entre • Verifique se há danos no flange.


os cilindros.
Parafusos do Cabeçote de Cilindros (Consulte os
Bloco de Cilindros (Consulte o Grupo 030) procedimentos neste Grupo)
• Verifique o acabamento/planicidade da superfície. • Verifique se há danos por corrosão.
• Verifique se há danos na superfície. • Inspecione a condição das roscas.
• Verifique a profundidade do furo da camisa (se a • Inspecione a retilinidade.
camisa for removida). • Verifique o comprimento.
• Verifique a dimensão da linha de centro do 9. Quando tiver concluído as inspeções e medidas
virabrequim até a superfície superior.
determine as causas mais prováveis da falha da junta.
• Inspecione as bossas dos parafusos; devem estar
Faça todos os reparos necessários nos componentes
limpas/intactas.
da junta, no sistema de arrefecimento e no sistema
Camisa de Cilindros (Consulte o Grupo 030) de injeção de combustível.
• Verifique o acabamento/planicidade do flange da 10. Monte novamente o motor de acordo com os
camisa. procedimentos e especificações nos grupos de
• Verifique a espessura do flange da camisa (se a reparação deste manual.
camisa for removida).
OUO1089,0000217 ­54­06JUN02­2/2

Inspecione e Limpe o Cabeçote de Cilindros IMPORTANTE: Certifique­se de remover todos os


1. Verifique se há sinais de danos físicos, vazamento bujões antes de limpar o cabeçote pois as
de líquido de arrefecimento ou de óleo ou falha peças podem ser danificadas ou destruídas
na junta da face de combustão antes de limpar o pelas soluções do tanque quente.
cabeçote de cilindros. Repare ou substitua o cabeçote
de cilindros se houver sinais de danos físicos, tais 3. Limpe o cabeçote de cilindros em um tanque quente
como trinca, abrasão, distorção ou a sede da válvula químico, ou com solvente e com uma escova.
“chamuscada”. Verifique se há restrições em todas as 4. Seque com ar comprimido e sopre todas as
passagens do cabeçote de cilindros. passagens.
2. Raspe o material da junta, óleo, carbono e ferrugem
do cabeçote. Use uma escova giratória elétrica para
limpar as superfícies de vedação.
OUO1089,0000218 ­54­06JUN02­1/1

Verifique a Planicidade do Cabeçote


de Cilindros
Verifique a planicidade do cabeçote de cilindros usando o
Esquadro de Precisão de “Borda Chanfrada” D05012ST
e o calibre de lâminas. Verifique em vários pontos no
sentido do comprimento, da largura e diagonalmente.
Especificação
Planicidade do Cabeçote
de Cilindros—Desnivela­
mento Máximo Aceitável
RG12376 —UN—11JUN02

para o Comprimento ou
Largura Total ............................................................ 0,08 mm (0.003 in.)
Desnivelamento Máximo
Aceitável para Cada 150
mm (5.90 in.) ........................................................... 0,03 mm (0.001 in.)

Se o desnivelamento ultrapassar as especificações,


o cabeçote de cilindros deve ser recondicionado ou Verificação da Planicidade do Cabeçote de Cilindros
substituído. (Consulte MEDIÇÃO DA ESPESSURA DO
CABEÇOTE DE CILINDROS mais adiante neste grupo.)
OUO1089,0000219 ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­26 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=156
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Meça a Espessura do Cabeçote de Cilindros


Meça a espessura do cabeçote do trilho da junta da
tampa de válvula à face de combustão.
Se a espessura do cabeçote de cilindros for menor do
que a espessura mínima permissível, NÃO tente retificar.
Instale um novo cabeçote de cilindros.
Quando retificar o cabeçote de cilindros, remova APENAS
o necessário para restaurar a planicidade.

RG12377 —UN—11JUN02
Especificação
Novo Cabeçote de
Cilindros—Espessura...............................................104,87—105,13 mm
(4.129— 4.139 in.)
Espessura Mínima
Aceitável ............................................................... 104,24 mm (4.104 in.)
Acabamento da
Superfície da Face Verificação da Espessura do Cabeçote de Cilindros
de Combustão (Somente
Esmerilhe a Superfície)
anteriormente. Verifique também o acabamento
(AA) .......................................................................0,7—3,2 micrômetros
superficial da face de combustão do cabeçote.
(31—125 micro­in.)
Profundidade Máxima da Meça e registra o recesso da válvula no
Onda .................................................................... 0,012 mm (0.0005 in.) cabeçote de cilindros. (Consulte MEDIÇÃO DO
Remoção Máxima RECESSO DA VÁLVULA NO CABEÇOTE DE
de Material para CILINDROS anteriormente neste Grupo.)
Refaceamento .......................................................... 0,76 mm (0.030 in.)

IMPORTANTE: Após a retífica do cabeçote de


cilindros, verifique a planicidade como descrito
OUO1089,000021A ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­27 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=157
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Remoção das Luvas dos Injetores de


Combustível (Motores com Cabeçotes de 4
Válvulas com Sistema de Combustível HPCR)
NOTA: Diferentes métodos podem ser usados
para extrair a luva do injetor dependendo

RG12396A —UN—13JUN02
do espaço sobre do motor.

Remoção da Luva do Injetor de Combustível com


Macho de Tarraxa e Extrator de Rolamentos
de Furo Cego
1. Rosqueie o diâmetro interno da luva com um macho
de tarraxa M22­1,0 (7/8 in.­9) (A). Remoção da Luva do Bico Injetor de Combustível

2. Insira o extrator de rolamentos de furo cego (B)


e o pino do atuador do Conjunto Extrator de Furo
Cego D01061AA no orifício da luva do injetor de
combustível.
3. Remova cuidadosamente a luva do injetor utilizando

RG14514 —UN—03OCT05
um martelo deslizante.

A—Macho de tarraxa M22­1,0 B—Extrator de Rolamentos de


(7/8 in.­9) Furo Cego

Extrator de Rolamentos de Furo Cego

RG14515 —UN—03OCT05
Puxe a Luva do Injetor
Continua na página seguinte OUO1089,0000234 ­54­13MAY08­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­28 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=158
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Remoção da Luva do Injetor de Combustível


com a Ferramenta JDG10631
IMPORTANTE: Se remover a luva com o cabeçote
do cilindro no motor, certifique­se de que
a área ao redor da luva esteja limpa e sem
detritos que possam entrar no sistema de

RG15754 —UN—09MAY08
combustível ou no cilindro.

1. Coloque um parafuso forçador (A) dentro da luva do


bico injetor. Certifique­se de que a parte do expansor
da ferramenta esteja instalada para que o expansor
se assente com firmeza sobre o diâmetro interno da
luva. Use uma chave reserva para apertar o parafuso Ferramenta de Remoção da Luva do Bico Injetor JDG10631
forçador.
2. Instale o espaçador (B) no parafuso forçador.
Posicione o espaçador com o corte voltado para
dentro do cabeçote do cilindro.
3. Instale a arruela plana (C) e a porca sextavada (D).

RG15758 —UN—09MAY08
Gire a porca sextavada até que a luva esteja solta.
4. Remova a ferramenta com a luva.

A—Parafuso de Extrator C—Arruela Plana


B—Espaçador D—Porca Sextavada

Instalação do Parafuso Forçador

RG15759 —UN—09MAY08
Ferramenta JDG10631 na Posição

RG15760 —UN—09MAY08

Remoção da Luva do Injetor


OUO1089,0000234 ­54­13MAY08­2/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­29 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=159
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Limpe os Furos dos Injetores de Combustível


Limpe os furos dos injetores de combustível com uma
escova plástica antes de inspecionar ou reparar.
NOTA: Algumas gotas de óleo fino ou querosene
auxiliarão na limpeza dos furos.

RG12385A —UN—12JUN02
Limpe o Diâmetro Interno do Bico Injetor de Combustível
OUO1089,0000232 ­54­11JUN02­1/1

Instalação das Luvas dos Injetores A


de Combustível B
IMPORTANTE: Se instalar uma nova luva do bico
C
injetor de combustível com o cabeçote de
quatro válvulas fixado no bloco, certifique­se
de que o pistão NÃO esteja próximo ao centro
de ponto morto (TDC). Gire o motor até que
o pistão fique no ponto morto inferior (BDC)
ou ocorrerão danos ao pistão.

RG12406 —UN—18JUN02
1. Apóie o cabeçote de quatro válvulas de modo que a
superfície inferior do cabeçote fique aproximadamente
50 mm (2.0 in.) acima da bancada de trabalho.
2. Aplique LOCTITE® 620 (TY15941) completamente D
ao redor da borda inferior externa da luva (C) do bico
injetor de combustível.
Luva do Bico Injetor de Combustível
IMPORTANTE: Não remova ou misture os anéis O
da luva. A luva de serviço é fornecida com
os anéis O instalados. O anel O superior
é compatível com o combustível diesel
enquanto o inferior é compatível com o líquido
de arrefecimento. Ambos os anéis O são
identificáveis pela cor diferente e não estão
disponíveis como peças de reposição.
Não use nenhum produto à base de petróleo RG12386A —UN—19JUN02

para lubrificar os anéis O da luva do injetor de


combustível ou os anéis O incharão.

3. Lubrifique os anéis O com sabão líquido.


4. Ajuste a luva (C) do bico injetor de combustível sobre
o orifício e coloque o Instalador de Luva do Injetor
JDG1649A (E) dentro da luva.
Instalação da Luva do Bico Injetor de Combustível
5. Usando um martelo, bata na ferramenta de instalação
do bico cuidadosamente para guiar a luva totalmente A—Anel O Superior D—Vista em Corte da Luva do
para dentro do orifício. B—Anel O Inferior Injetor de Combustível
C—Luva E—Instalador da Luva do
Injetor JDG1649A

LOCTITE é uma marca registrada da Loctite Corp.


OUO1089,0000235 ­54­29AUG07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­30 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=160
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Limpe os Furos da Vela de Ignição


Limpe os furos da vela de ignição com uma escova
plástica antes de inspecionar ou reparar.
NOTA: Algumas gotas de óleo fino ou querosene
auxiliarão na limpeza dos furos.

RG12400A —UN—12JUN02
Limpe os Furos da Vela de Ignição
OUO1089,0000233 ­54­11JUN02­1/1

Limpe as Guias de Válvula


Limpe as guias de válvula com uma escova plástica antes
de inspecionar ou reparar.
NOTA: Algumas gotas de óleo fino ou querosene
auxiliarão na limpeza das guias.

RG12388A —UN—07JUN02
Limpeza das Guias de Válvula

OUO1089,000021C ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­31 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=161
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Meça as Guias de Válvula


Usando um aferidor telescópico, meça o desgaste das
guias de válvula.
Especificação
Furo da Guia de Válvula

RG12383A —UN—07JUN02
(Novo)—ID...................................................................7,025—7,051 mm
(0.276— 0.277 in.)
Guia de Válvula de
Admissão à Haste da
Válvula (Nova)—Folga.................................................0,012—0,064 mm
(0.0005— 0.0025 in.)
Guia de Válvula de
Escape à Haste da Desgaste das Guias de Válvula
Válvula (Nova)—Folga.................................................0,025—0,077 mm
(0.0010— 0.0030 in.)
IMPORTANTE: As guias de válvula de produção
Guia de Válvula de
têm uma rosca interna modificada M7­1 no
Admissão e Escape à
comprimento inteiro da guia com diâmetro maior
Haste da Válvula (Limite
de 7,172—7,248 mm (0.2823—0.2853 in.). As
de Desgaste)—Folga................................................................. 0,15 mm
roscas devem abranger toda a circunferência de
(0.0059 in.)
todo o comprimento e um pino de 7,016 x 75 mm
Se a folga do óleo entre a guia da válvula e a haste (0.2762 x 2.95 in.) deve passar livremente através
ultrapassar o limite de desgaste mas for menor do de todo o comprimento da guia. Peça que uma
que 0,20 mm (0.008 in.), é aceitável estriar as guias oficina mecânica qualificada rosqueie as guias
e alargá­las. (Consulte ESTRIAGEM DAS GUIAS DE de válvula corretamente após alargá­las.
VÁLVULA mais adiante neste grupo.)
OUO1089,000021D ­54­15DEC03­1/1

Estrie as Guias de Válvula


IMPORTANTE: A estriagem das guias de válvula só
deve ser feita por pessoal com experiência e
familiarizado com os equipamentos e capaz
de manter a especificação necessária.

RG7437 —UN—23NOV97
SEMPRE estrie as guias de válvula antes de
alargá­las para assegurar a folga adequada
entre a guia de válvula e a haste.

1. Use o Kit de Estriagem da Guia da Válvula JT05949


para estriar as guias da válvula. Use o kit exatamente
como instruído pelo fabricante.
Como Estriar as Guias de Válvula
2. Após a estriagem, alargue a guia de válvula até o
tamanho acabado para fornecer a folga especificada
entre a haste e a guia.
OUO1089,000021E ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­32 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=162
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Limpe e Inspecione as Sedes de Válvula


1. Use uma furadeira elétrica manual com Escova
D17024BR para remover todo o carbono das sedes
das válvulas.
2. Verifique se há desgaste excessivo, trincas ou danos

RG12384A —UN—07JUN02
nas sedes de válvula.
3. Verifique se há ferrugem, marcas, corrosão localizada
ou trincas na face de combustão.

Limpeza e Inspeção das Sedes de Válvula


OUO1089,000021F ­54­06JUN02­1/1

Esmerilhe as Sedes de Válvula ponte da válvula. Substitua também a ponte se


qualquer uma dessas peças for substituída.
IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,
os insertos das sedes da válvula, as molas Não esmerilhe as sedes da válvula. Se a sede da
e os retentores devem ser substituídos em válvula estiver com corrosão localizada, queimada,
pares para manter o alinhamento adequado da desgastada ou danificada substitua as sedes das válvulas
de admissão ou de escape em pares.
OUO1089,0000220 ­54­06JUN02­1/1

Remova os Insertos das Sedes da Válvula


IMPORTANTE: Cuidado para não danificar o cabeçote
de cilindros ao remover as sedes da válvula.
A remoção das sedes da válvula só deve
ser feita por pessoas com experiência e

RG12398A —UN—12JUN02
familiarizadas com os procedimentos.
NÃO use maçarico de oxiacetileno para remover
os insertos das sedes da válvula pois ele altera
a dureza do cabeçote de cilindros.

Os insertos da sede da válvula são feitos de metal


sinterizado (em pó). Remova os insertos com um dos
Rebarbador de Carboneto
seguintes métodos:
Rebaixo de Levantamento do Inserto da
Sede da Válvula
1. Usando um rebarbador de carboneto (A), faça um
rebaixo (B) na parte inferior do inserto da sede da
válvula.

A—Rebarbador B—Rebaixo
RG12397A —UN—12JUN02

Sede da Válvula

Continua na página seguinte OUO1089,0000221 ­54­06JUN02­1/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­33 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=163
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

2. Proteja a superfície do cabeçote de cilindros com


papelão ou pano. Usando uma talhadeira com
a extremidade esmerilhada (C), bata no cabo da
talhadeira com um martelo até que o inserto da sede
da válvula (D) saia.

RG7818 —UN—13NOV97
C—Talhadeira Esmerilhada D—Inserto da Sede da Válvula
Especial

Talhadeira para Remoção do Inserto da Sede da Válvula

RG12399A —UN—12JUN02
Remoção do Inserto da Sede da Válvula

Continua na página seguinte OUO1089,0000221 ­54­06JUN02­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­34 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=164
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Usando uma Soldadora a Arco Elétrico


1. Proteja a guia de válvula dos respingos de solda
instalando um parafuso ou tarugo.
2. Proteja a superfície do cabeçote de cilindros com
um tecido para solda não inflamável (A). Aplique um

RG7761 —UN—10NOV97
filete fino de solda (B) ao redor do diâmetro interno do
inserto da sede da válvula. Espere o inserto esfriar e
use uma chave de fenda ou uma ferramenta similar e
cuidadosamente extraia o inserto do furo.
3. Após a remoção dos insertos, limpe totalmente a área
ao redor do furo da sede da válvula e verifique se há
danos ou trincas. Substitua o cabeçote de cilindros Filete de Solda para Remoção do Inserto da Sede da Válvula
conforme necessário.

A—Tecido para Solda B—Filete de Solda

RG7813 —UN—13NOV97
Localização do Filete de Solda
OUO1089,0000221 ­54­06JUN02­3/3

Meça o Furo da Sede da Válvula no

RG9101 —UN—27MAR98
Cabeçote de Cilindros
Se as dimensões do furo não estiverem dentro da
especificação, usine o cabeçote com as seguintes
especificações:
Especificações do Furo do Inserto da Sede da Válvula de Escape:
A ........................... 36,436— 36,462 mm (1.4344 — 1.4355 in.)
Furo da Sede da Válvula do Cabeçote de Cilindros
B ........................... 2,34 mm (0.092 in.) Referência
C ........................... 8,715— 8,785 mm (0.3431 — 0.3458 in.) Especificações do Furo do Inserto da Sede da Válvula de
D ........................... 38—42° Admissão:

E ........................... Raio Máximo 0,5 mm (0.019 in.) A ........................... 37,436— 37,462 mm (1.4738 — 1.4748 in.)
B ........................... 2,8 mm (0.110 in.) Referência
Acabamento superficial C ........................... 9,215— 9,285 mm (0.3627 — 0.3655 in.)
máximo do furo “A” .... 3,2 (mícrons) D ........................... 38—42°
E ........................... Raio Máximo 0,5 mm (0.019 in.)

Acabamento da
superfície máximo
do furo “A” ............... 3,2 (mícrons)

Substituição do Diâmetro Externo Inserto da Sede da Válvula:


Entrada ................... 37,487— 37,513 mm (1.476 — 1.477 in.)
Escape ................... 36,487— 36,513 mm (1.436 — 1.437 in.)
OUO1089,0000222 ­54­10DEC03­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­35 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=165
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Instale os Insertos das Sedes da Válvula


IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,
os insertos das sedes da válvula, as molas
e os retentores devem ser substituídos em
pares para manter o alinhamento adequado da
ponte da válvula. Substitua também a ponte se
qualquer uma dessas peças for substituída.

1. Use o Acionador da Sede da Válvula JDG1653­1 (A) e


o Instalados de Sede de Válvula JDG1653­2 (B) para

RG12381A —UN—07JUN02
instalar os insertos das sedes da válvula no cabeçote
de cilindros.
Use uma extremidade do Instalador de Sedes das
Válvulas JDG1653­2 para instalar os insertos das
sedes das válvulas de admissão e a outra extremidade
para instalar os insertos das sedes das válvulas de
escape.
Instalação do Inserto da Sede da Válvula no Cabeçote de Cilindros
2. Instale as válvulas e meça o recesso. (Consulte
MEDIÇÃO DO RECESSO DA VÁLVULA NO A—Acionador da Sede da B—Instalador da Sede da
CABEÇOTE DE CILINDROS anteriormente neste Válvula JDG1653­1 Válvula JDG1653­2
Grupo.)
OUO1089,0000223 ­54­06JUN02­1/1

Instalação das Válvulas


IMPORTANTE: As válvulas de admissão, de escape,
os insertos dos assentos de válvula, as molas
e os retentores devem ser substituídos em
pares para manter o alinhamento adequado da
ponte da válvula. Substitua também a ponte se
qualquer uma dessas peças for substituída.

RG12382A —UN—07JUN02
1. Lubrifique as hastes e guias da válvula com óleo de
motor limpo.
NOTA: As válvulas devem se mover livremente na
guia e assentar corretamente no cabeçote
para criar uma vedação eficaz.

2. Monte as válvulas no cabeçote (se as válvulas forem


reutilizadas, instale no mesmo local de onde foram Ferramenta de Instalação da Vedação da Haste de Válvula
removidas).
A—Instalador de Vedação de C—Torre Guia da Válvula
NOTA: Dependendo das aplicações, a vedação Válvula JDG1651
(B) da haste da válvula pode ser diferente. B—Vedação da Haste da
Verifique o número da peça de vedação no Válvula
Catálogo de Peças apropriado.

3. Aplique óleo de motor limpo na vedação da haste


da válvula e use o Instalador de Vedação de Válvula NOTA: As molas das válvulas DEVEM ser instaladas
JDG1651 (A) para deslizar a vedação da haste da com a extremidade de diâmetro pequeno da
válvula (B) sobre a haste e sobre a torre da guia (C) mola afastada do cabeçote do cilindro.
de válvula.
4. Instale as molas e retentores da válvula.
Continua na página seguinte OUO1089,0000211 ­54­29AUG07­1/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­36 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=166
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

5. Comprima as molas de válvula usando o Compressor


de Molas de Válvula JDE138 (A) e instale travas de
retenção (B) nas hastes das válvulas.
6. Bata na extremidade de cada válvula três ou quatro
vezes com um macete (não metálico) suave para
garantir o posicionamento adequado das travas de
retenção.
7. Verifique novamente o recesso da válvula. (Veja

RG12387A —UN—07JUN02
MEDIÇÃO DO RECESSO DA VÁLVULA NO
CABEÇOTE DO CILINDRO, mais acima neste grupo).

A—Compressor de Mola B—Travas de Retenção

Compressor de Mola de Válvula e Travas de Retenção

OUO1089,0000211 ­54­29AUG07­2/2

Inspecione os Parafusos do Cabeçote


do Cilindro
Inspecione os parafusos quanto à corrosão, dano e
condição geral das roscas para indicação de outros
problemas.NÃO REUTILIZE PARAFUSOS.

RG6319 —UN—23NOV97
Parafuso do Cabeçote do Cilindro

RG19661,000001A ­54­27SEP05­1/1

Inspecione e Limpe o Coletor de Escape 2. Verifique se há trincas ou danos no coletor de escape.


1. Limpe totalmente todas as passagens e superfícies da Substitua as peças conforme necessário.
junta no coletor de escape e no cotovelo de escape.
OUO1089,0000225 ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­37 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=167
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Limpe e Inspecione a Superfície Superior


do Bloco de Cilindros
1. Remova o material da junta, a ferrugem, o carbono e
outros materiais estranhos da superfície superior. A
superfície da junta deve ser limpa.

RG7444 —UN—23NOV97
2. Limpe os furos rosqueados do bloco de cilindros
usando o Macho JDG680 ou qualquer macho de
1/2­13 UNC­2A com cerca de 76 mm (3.0 in.) de
comprimento. Use ar comprimido para remover
detritos e fluidos dos furos dos parafusos. Substitua
o bloco se houver sinais de danos.
3. Use ar comprimido para remover todo o material Como Limpar os Furos Rosqueados do Bloco de Cilindros
estranho solto dos cilindros e superfície superior.
IMPORTANTE: Todos os detritos devem ser limpos do
seguidores de came antes de montar o motor.

4. Se não tiver feito isto anteriormente, remova os


seguidores de came do bloco e lave em solvente.

RG7421 —UN—23NOV97
Lubrifique com óleo de motor limpo e instale no
mesmo furo.
5. Inspecione a planicidade e as condições de uso da
superfície superior. (Consulte MEÇA A PLANICIDADE
DA SUPERFÍCIE SUPERIOR DO BLOCO no Grupo
030.)
Limpe e Lubrifique os Seguidores de Came
OUO1089,0000226 ­54­06JUN02­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­38 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=168
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Verificação da Protuberância da Camisa


do Cilindro (Altura Acima do Bloco) –
Cabeçote de 4 Válvulas
1. Prenda as camisas utilizando parafusos e arruelas
planas. As arruelas planas devem ter uma espessura

RG6439 —UN—03NOV97
mínima de 3 mm (1/8 in.). Aperte os parafusos com
torque de 70 N∙m (50 lb­ft).
2. Usando a ferramenta JDG451 (B) e D17526CI ou o
Indicador com Mostrador (C) D17527CI, meça a altura
da camisa (A) nas posições do relógio 1, 5, 7, e 11
com a visão a partir do da extremidade do volante
do motor. Registre todas as medições pelo número Protuberância da Camisa do Cilindro (Acima do Bloco)
do cilindro.
Especificação
Camisa do
Cilindro—Altura acima do
Bloco............................................................................0,030—0,100 mm
(0.001—0.004 in.)

RG7445A —UN—03NOV97
Diferença de Altura
Máxima Permissível no
Ponto Mais Próximo
de Duas Camisas
Adjacentes, ou Dentro de
Uma Única Camisa................................................... 0.05 mm (0.002 in.)

3. Remova e calce, ou substitua, cada camisa que não Medição da Protuberância do Cilindro (Acima do Bloco)
atender as especificações de altura. (Veja MEDIÇÃO
E AJUSTE DA PROTUBERÂNCIA DA CAMISA DO A—Altura da Camisa C—Indicador Tipo Quadrante
CILINDRO (ALTURA ACIMA DO BLOCO), no Grupo B—Medidor
030.)
OUO1082,00002AB ­54­06SEP07­1/1

Instalação do Cabeçote
1. Mergulhe a haste de impulso da bomba de combustível
(A) em óleo limpo de motor e instale cuidadosamente
no bloco de cilindros antes de instalar o cabeçote.

A—Haste de Impulso da Bomba

RG7447 —UN—04NOV97
de Combustível

Haste de Impulso da Bomba de Combustível

Continua na página seguinte OUO1089,0000228 ­54­26MAY06­1/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­39 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=169
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

2. Reinstale dois pinos guia (B) no bloco de cilindros nos


orifícios localizadores, se removidos.
IMPORTANTE: SEMPRE inspecione detalhadamente
a junta do cabeçote para verificar possíveis
imperfeiçoes de fabricação. Devolva qualquer
junta que não for aprovada na inspeção.

3. Coloque uma nova junta no bloco de cilindros. Não


use vedador; instale­a seca.

RG12389A —UN—03JUL02
B—Pinos Guia

Pinos Guia do Cabeçote

OUO1089,0000228 ­54­26MAY06­2/4

IMPORTANTE: O anel O de vedação na junta do


cabeçote pode se danificar se o cabeçote é
reposicionado enquanto apoiada no bloco do
motor. Instale e use pernos de guia (A) para
posicionar o cabeçote no bloco.

RG13377 —UN—10DEC03
4. Posicione o cabeçote sobre os pernos de guia e
abaixe sobre o bloco de cilindros.

A—Perno de Guia

Pernos de Guia

RG7415 —UN—23NOV97

Instalação do Cabeçote no Bloco

Continua na página seguinte OUO1089,0000228 ­54­26MAY06­3/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­40 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=170
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

5. Remova os pernos guia.


6. Mergulhe o parafuso de fixação por inteiro em óleo
limpo de motor. Remova o excesso de óleo do
parafuso.
IMPORTANTE: Sempre use parafusos de fixação
de cabeçote novos.

7. Instale parafusos de fixação de cabeçote flangeados.


8. Aperte todos os parafusos de fixação conforme
torques especificados (na sequencia mostrada,
começando com o No. 1), seguindo os passos 1­4

RG12401 —UN—12JUN02
abaixo. Em seguida, aperte os parafusos de fixação
com torque, obedecendo o procedimento na página
seguinte.

Parafusos de Fixação do Cabeçote—Especificação


Etapa 1—Inicial—Tor­
que.............................................................................. 100 N?m (75 lb­ft) Sequencia de Aperto dos Parafusos do Cabeçote.
Etapa 2—Segunda—Tor­
que.............................................................................150 N?m (110 lb­ft) A—Motor de 4 Cilindros C—Seta em Direção à Frente
Etapa 3—Verificar (Após B—Motor de 6 Cilindros do Motor
5 Minutos)—Torque....................................................150 N?m (110 lb­ft)
Etapa 4—Final—Aperto
de Torque..............................................................................Aperte cada o procedimento de torque recomendado com parafusos
parafuso com mais 60° ± 10°. (Veja MÉTODO de fixação de cabeça flangeada.
DE APERTO DE TORQUE PARA O TORQUE
APROPRIADO neste grupo.)

O reaperto dos parafusos de fixação do cabeçote não é


necessária depois do amaciamento do motor quando usar
OUO1089,0000228 ­54­26MAY06­4/4

CTM206 (18JUN09) 02­021­41 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=171
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Método de Giro de Torque para Obter


o Torque Correto
Após apertar os parafusos com 150 N∙m (110 lb­ft), use
Indicador de Ângulo de Torque JT05993 ou o método de
fazer uma linha abaixo para apertar cada parafuso por

RG5698 —UN—05DEC97
60° adicionais.
Método de Fazer Uma Linha:
1. Faça duas marcas (A e B) no soquete com uma
diferença de 1/6 de volta (60º±10º) entre elas.
2. Coloque o soquete no parafuso e faça uma marca
no cabeçote de cilindros (C) alinhada com a primeira Aferidor de Ângulo de Torque
marca (A) no parafuso.
3. Aperte todos os parafusos (na seqüência ilustrada
na página anterior) até que a segunda marca (B) no 1 60˚
soquete se alinhe com a marca (C) no cabeçote de
cilindros. A B
O retorqueamento dos parafusos do cabeçote de cilindros
após o amaciamento do motor não é necessário quando
se usa o procedimento de torque recomendado junto com
parafusos de cabeça flangeada.

A—Primeira Marca no Soquete C—Marca na Superfície do 2 3


B—Segunda Marca no Soquete Cabeçote de Cilindros
60˚

RG11798 —UN—25OCT01
A A B

C C

Procedimento de Aperto do Giro de Torque


OUO1089,0000229 ­54­06JUN02­1/1

Instalação dos Injetores de Combustível • CTM220 – Sistema Eletrônico de Combustível


NOTA: Para obter informações sobre a instalação Nível 11 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
dos injetores de combustível, veja o manual • CTM320 – Sistema Eletrônico de Combustível
apropriado conforme está listado abaixo: Nível 14 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
CD03523,00001A0 ­54­29AUG07­1/1

Instalação das Conexões de Fuga do injetor


(Sistema externo de fuga de combustível)
Se removida, aplique a Trava Rosca Pequena (TY24311)
LOCTITE 222 nas roscas da conexão (A) de fuga do
injetor e aperte conforme as especificações.
CD30970 —UN—31AUG07

Especificação
Conexão de fuga do
injetor sobre o cabeçote
do cilindro—Torque..................................................... 18 N∙m (13.3 lb­ft)

A—Conexão de fuga do injetor


Instalação das conexões de fuga do injetor

CD03523,00001A1 ­54­30AUG07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­42 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=172
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Instalação das Velas Aquecedoras


NOTA: Ao substituir velas aquecedoras, assegure­se
de que as novas velas aquecedoras têm a tensão
adequada (12 ou 24 volt). Verifique o número da
peça no Catálogo de Peças apropriado.

CD30971 —UN—31AUG07
Instale a vela aquecedora (A) e aperte conforme a
especificação.
Especificação
Vela Aquecedora—Tor­
que..................................................................................15 N∙m (11 lb­ft)
Instalação das velas aquecedoras
A—Vela Aquecedora

CD03523,00001A2 ­54­30AUG07­1/1

Instalação do Suporte do Braço Oscilante


(Sistema externo de fuga de combustível)
1. Instale uma nova junta (C) dentro do suporte (A)
conforme segue:

CD30972 —UN—31AUG07
• Remova cuidadosamente a junta antiga do suporte
do braço. Não use nenhuma ferramenta cortante
que possa danificar o suporte.
• Limpe o sulco com acetona. Seque com ar
comprimido.
• Quando instalar uma nova junta no sulco, comece
pelas extremidades e trabalhe em direção ao centro
da tampa. Não use vedante na junta. Instalação da junta no suporte do braço oscilante

2. Instale um anel O (D) de abastecimento de óleo novo.


3. Aplique o composto vedador (Hylomar 760) em ambos
os parafusos do suporte (B).
4. Instale o suporte (A) do braço oscilante e aperte os
parafusos (B) conforme a especificação.
Especificação
Parafusos do
Suporte do Braço
Oscilante—Torque.......................................................... 60 N•m (44 lb­ft)

RG12362 —UN—03JUL02
A—Suporte do braço oscilante C—Junta do suporte
B—Parafusos do suporte (um D—Anel O de abastecimento
em cada extremidade) de óleo

Instalação do suporte do braço oscilante

CD03523,00001A3 ­54­31AUG07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­43 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=173
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Instalação do Suporte do Braço Oscilante


(Sistema interno de fuga de combustível)
1. Instale uma nova junta (C) dentro do suporte (A)
conforme segue:
• Remova cuidadosamente a junta antiga do suporte

CD30973 —UN—31AUG07
do braço. Não use nenhuma ferramenta cortante
que possa danificar o suporte.
• Limpe o sulco com acetona. Seque com ar
comprimido.
• Quando instalar uma nova junta no sulco, comece
pelas extremidades e trabalhe em direção ao centro
da tampa. Não use vedante na junta. Instalação da junta no suporte do braço oscilante

2. Instale um anel O (D) de abastecimento de óleo novo.


3. Se removido, instale o pino da mola (E) em ambas as
extremidades do suporte do braço oscilante.
4. Instale um anel O (F) novo em cada orifício (G) de

CD30974 —UN—31AUG07
fuga de combustível.
5. Aplique o composto vedador (Hylomar 760) em ambos
os parafusos do suporte (B).
6. Instale o suporte (A) do braço oscilante e aperte os
parafusos (B) conforme a especificação.
Especificação
Instalação o anel O de fuga de combustível (um por cilindro)
Parafusos do
Suporte do Braço
Oscilante—Torque.......................................................... 60 N•m (44 lb­ft)

A—Suporte do braço oscilante E—Pino da mola (um em cada


B—Parafusos do suporte (um extremidade)
em cada extremidade) F— Anel O de fuga de
C—Junta do suporte combustível (um por
D—Anel O de abastecimento cilindro)
de óleo G—Orifício de fuga de
combustível (um por
cilindro)

RG12362 —UN—03JUL02

Instalação do suporte do braço oscilante


CD03523,00001A4 ­54­31AUG07­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­44 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=174
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Instalação do Conjunto do Eixo do Braço Oscilante

CD30975 —UN—04SEP07

CD30976 —UN—05SEP07
Instalação das hastes de impulso Instale as pontes da válvula

A—Haste de impulso B—Ponte da válvula

1. Instale as hastes de impulso (A) no mesmo local do 2. Instale as pontes (B) da válvula no mesmo local e
qual foram removidas. direção do qual foram removidas.
OUO1089,000022A ­54­04SEP07­1/3

RG12445 —UN—03DEC03

RG12446 —UN—03DEC03
Suporte do Braço Oscilante Instalação do eixo do braço oscilante

E—Suporte do Braço Oscilante F— Diâmetro de 3 mm (0.12 in.) G—Largura de 50 mm (1.97 in.) H—Comprimento de 15 mm (0.59
in.)

IMPORTANTE: Alivie a tensão dos parafusos de 3. Posicione o conjunto do eixo do braço oscilante no
ajuste do braço oscilante para evitar danos ao motor.
eixo do braço oscilante durante a instalação.
Para auxiliar na instalação do conjunto do eixo
do braço oscilante, use os suportes do braço
oscilante (E) conforme mostrado.
Continua na página seguinte OUO1089,000022A ­54­04SEP07­2/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­45 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=175
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30978 —UN—04SEP07

CD30977 —UN—04SEP07
Braçadeira da extremidade traseira com passagem de óleo Braçadeira da extremidade
4.
NOTA: Nos motores com sistema interno de fuga de
combustível, a braçadeira (A) da extremidade
traseira tem uma passagem de óleo para lubrificar
o eixo do braço oscilante. Nos motores com

CD30979 —UN—05SEP07
sistema externo de fuga de combustível, a
braçadeira (C) da extremidade é a mesma
em ambas as extremidades.

Nos motores com sistema interno de fuga de


combustível, instale um anel O (B) de abastecimento
de óleo novo.
instalação da braçadeira do eixo do braço oscilante
5. Lubrifique todos os braços oscilantes e empurre os
soquetes da haste de impulso com óleo de motor, e
assegure­se de que eles se movimentam livremente. A—Braçadeira da extremidade D—Braçadeira do eixo do
Aplique LOCTITE® 242 Trava­rosca e Veda­rosca nos traseira com passagem de braço oscilante
óleo E—Parafuso especial
parafusos de aperto da braçadeira da extremidade. B—Anel O de abastecimento
Aperte ambas as extremidades das braçadeiras de óleo
do eixo do braço oscilante (A e C) conforme a C—Braçadeira da extremidade
especificação.
Especificação
Braçadeiras da 7. Instale o chicote do injetor. Veja o manual adequado
Extremidade do conforme listado abaixo:
Eixo do Braço
Oscilante—Torque.......................................................... 30 N•m (22 lb­ft)
• CTM220 – Sistema Eletrônico de Combustível Nível
11 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
6. Instalação das braçadeiras (D) do eixo do braço • CTM320 – Sistema Eletrônico de Combustível Nível
oscilante. Aperte os parafusos especiais (E) de 14 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
acordo com a especificação.
8. Ajuste a folga da válvula. (Veja VERIFICAÇÃO E
Especificação AJUSTE DA FOLGA DA VÁLVULA anteriormente
Parafusos da Braçadeira neste grupo.)
do Eixo do Braço
Oscilante—Torque.......................................................... 60 N∙m (44 lb­ft)

LOCTITE é uma marca registrada da Loctite Corp.


OUO1089,000022A ­54­04SEP07­3/3

CTM206 (18JUN09) 02­021­46 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=176
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Inspecione e Limpe a Mangueira de


Saída do Ventilador
NOTA: Se a mangueira do ventilador ou o tubo estiver
dobrado ou restringido de alguma forma, a alta
pressão do óleo ou a possível perda de óleo
pode resultar em danos ao motor.

1. Verifique se há dobras ou danos na mangueira

RG12393A —UN—10JUN02
de saída do ventilador (A) na tampa do balancim.
Substitua se necessário.
2. Limpe o tubo e a mangueira do ventilador se estiverem
restringidos.

A—Mangueira de Saída do
Ventilador
Inspeção da Mangueira de Saída do Ventilador

OUO1089,000022B ­54­11OCT05­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­47 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=177
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Remova, Inspecione e Instale o Sistema de


Ventilação do Cárter Fechado (Se Equipado)
NOTA: A válvula CCV pode ser montada no motor
(como exibido) ou montada remotamente.
Verifique se a linha de centro da válvula
CCV montada está entre 350 mm a 450 mm
(13.78­17.22 in.) acima da linha de centro do
virabrequim. Em motores com a opção de vareta
dupla, a válvula CCV deve ser montada a uma

RG12426 —UN—20NOV03
altura mínima de 420 mm (16.54 in.). Corrija a
localização de montagem se não estiver correta.

1. Remova as peças (A­H).


2. Verifique se há dobras, bloqueio ou outros danos nas
mangueiras (C, D e G).
3. Com a válvula de retenção (H) conectada à mangueira
(G), segure a mangueira pela extremidade oposta
à da válvula de retenção, deixando a válvula de
retenção pendurada.
4. Coloque óleo na extremidade aberta da mangueira. O
óleo deve passar através da válvula de retenção antes
que a mangueira fique cheia. Se isto não ocorrer,
verifique o seguinte:
­ Se o comprimento da mangueira é de pelo menos
275 mm (10.83 in.).
­ Se a mangueira não está entupida.
­ Se a válvula de retenção está instalada com a
extremidade preta voltada para o cárter.
­ Se a válvula de retenção funciona corretamente.
5. Verifique se o tubo de drenagem de óleo do cárter (I)
não está entupido.
NOTA: Se a válvula CCV não tem peças internas
que podem passar por manutenção.

6. Verifique a existência de trincas ou outros danos na


válvula CCV (A).
7. Substitua as peças conforme necessário.

RG12427 —UN—03FEB04
8. Instale as peças (A—H).

A—Válvula (CCV) de Ventilação F— Parafuso, Válvula CCV até


do Cárter Fechada o Suporte
B—Mangueira, Válvula da CCV G—Mangueira de Dreno do
até o Coletor de Admissão Óleo
C—Mangueira, Tampa da H—Válvula de Retenção
Válvula até a Válvula CCV I— Tubo de Drenagem de Óleo
D—Conexão do Respiro da do Cárter
Tampa da Válvula
E—Conexão do Coletor de
Admissão

OUO1082,00002AD ­54­01JUL04­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­021­48 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=178
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Instalação da Tampa do Balancim


IMPORTANTE:
Substitua a junta (A) toda a vez que a proteção
do braço oscilante for removida.

O seguinte procedimento deve ser usado para instalar


uma nova junta (A):
• Retire com cuidado a junta antiga da proteção do braço
oscilante. Não use nenhuma ferramenta cortante que
possa danificar a proteção.
• Limpe o sulco com acetona. Seque com ar comprimido.

RG12394A —UN—10JUN02
• Quando instalar uma nova junta no sulco, comece
pelas extremidades e trabalhe em direção ao centro da
tampa. Não use vedante na junta.
IMPORTANTE: Certifique de que a fiação do
chicote do injetor de combustível estejam
fixadas adequadamente. A fiação que
não estiver adequadamente fixada será Junta da Proteção do Braço Oscilante
apertada pelas molas da válvula com do
motor em funcionamento.
A—Junta
1. Instale a proteção do braço oscilante com a junta.
OUO1089,000022C ­54­28MAY09­1/2

RG12177 —UN—03JUL02
CD30966 —UN—27AUG07

Instalação do parafuso com anel O Proteção do Braço Oscilante

A—Parafuso e Anel O B—Tampa­botão

2. Instale os parafusos e os anéis O (A). Aperte todas


3. Instale os bujões inferiores (B).
os parafusos conforme a especificação, iniciando
no centro e alternando os lados até alcançar as
extremidades. NÃO APERTE EXCESSIVAMENTE.
Especificação
Parafusos da Proteção
do Braço Oscilante
(Cabeçote de Quatro
Válvulas)—Torque........................................................11 N∙m (100 lb­in)
OUO1089,000022C ­54­28MAY09­2/2

CTM206 (18JUN09) 02­021­49 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=179
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

Montagem Final Completa

CD30965 —UN—27AUG07
CD30964 —UN—27AUG07
Sistema externo de fuga de combustível Sistema interno de fuga de combustível

A—Sistema externo de fuga de C—Linha de fuga de combustível E—Porca da conexão de fuga de


combustível D—Porca da linha de fuga de combustível
B—Sistema interno de fuga de combustível F— Conjunto da linha de fuga de
combustível combustível

NOTA: Para obter informações sobre os procedimentos


de instalação das linhas de retorno de combustível • CTM220 – Sistema Eletrônico de Combustível
e outros componentes do sistema de combustível Nível 11 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
como linhas de combustível de alta pressão, • CTM320 – Sistema Eletrônico de Combustível
filtros de combustível, bomba de abastecimento Nível 14 (Cabeçotes de 4 válvulas/HPCR)
de combustível..., veja o manual apropriado
conforme listado abaixo: 1. Instale as linhas de fuga de combustível
Continua na página seguinte CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­1/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­50 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=180
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

2. Instale o alternador se tiver sido removido. (Veja


REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO ALTERNADOR no
Grupo 100.)
3. Instale a placa (D) de montagem da polia do ventilador
no motor.
4. Instale a braçadeira (A).
5. Instale a polia com parafusos (C).
6. Instale a correia (B) do ventilador.

RG12172 —UN—03JUL02
A—Braçadeira C—Parafuso
B—Correia do ventilador D—Placa de montagem da
polia do ventilador

RG12173 —UN—03JUL02
Instalação da placa de montagem da polia do ventilador

Continua na página seguinte CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­2/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­51 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=181
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30963 —UN—27AUG07
Instalação das velas aquecedoras e do alojamento do termostato
A—Linha do chicote da vela C—Linha de combustível de alta E—Coletor do líquido de
aquecedora pressão arrefecimento
B—Vela aquecedora (uma por D—Alojamento do termostato
cilindro)

7. Instalação do alojamento (D) do termostato, do coletor


Especificação
do liquido de arrefecimento (E) e do pórtico lateral.
Parafusos da Linha
(Veja REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DO COLETOR DO
do Chicote da Vela
LIQUIDO DE ARREFECIMENTO, TERMOSTATOS
Aquecedora—Torque................................................... 10 N•m (90 lb­in.)
E PÓRTICO LATERAL (CABEÇOTE DE QUATRO
VÁLVULAS) no Grupo 070.)
8. Instale a linha (A) do chicote da vela aquecedora.
Aperte o parafuso de acordo com a especificação.
Continua na página seguinte CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­3/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­52 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=182
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30962 —UN—27AUG07
RG12167 —UN—03JUL02
Instalação das luvas do pórtico de escape

Instalação do coletor de escape

A—Coletor de escape C—Anteparo corta­fogo E—Junta do coletor de escape


B—Linha de drenagem de óleo D—Luva do pórtico de escape
do turbocompressor

9. Anteparo Corta­fogo
aos Parafusos da
NOTA: Os motores podem ter as juntas (E) do coletor de Proteção do Braço
escape encaixadas nas luvas do pórtico de escape. Oscilante—Torque........................................................ 10 N•m (88 lb­in.)

Instale as luvas (D) em cada pórtico de escape. 11. Instale a linha (B) de drenagem de óleo do
turbocompressor.
10. Instale o anteparo corta­fogo (C), se equipado, e
aperte conforme especificação. 12. Instale o coletor de escape (A) com juntas. (Veja
REMOÇÃO, INSPEÇÃO E INSTALAÇÃO DO
Especificação
COLETOR DE ESCAPE no Grupo 080.)
Anteparo Corta­fogo aos
Parafusos do Cabeçote
do Cilindro.—Torque....................................................... 60 N•m (44 lb­ft)
Continua na página seguinte CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­4/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­53 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=183
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CD30960 —UN—27AUG07

CD30961 —UN—27AUG07
Instalação dos tubos do líquido de arrefecimento e de escape do EGR Instalação do resfriador do EGR

A—Tubo de Escape do EGR B—Tubo do Líquido de C—Resfriador do EGR


Arrefecimento do EGR

13. 14. Instale o tubo (B) do líquido de arrefecimento do EGR.


NOTA: Veja o Grupo 080 para instalar os componentes 15. Instale o tubo de escape (A) do EGR.
do sistema EGR (se equipado).

Instale o resfriador (C) do EGR.


CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­5/7

CD30955 —UN—27AUG07
RG12166 —UN—03JUL02

Turbocompressor de Geometria Variável (VGT)

Turbocompressor padrão.

A—Linha de entrada de óleo B—Linha de drenagem de óleo C—Linhas de líquido de D—Conexões elétricas
arrefecimento do atuador

16. Instale o turbocompressor e conecte as linhas de óleo as conexões elétricas (D). (Veja INSTALAÇÃO DO
e de líquido de arrefecimento (A, B, C) bem como TURBOCOMPRESSOR no Grupo 080.)
Continua na página seguinte CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­6/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­54 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=184
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

17. Instale o coletor (A) de entrada de ar. (Veja o Grupo


080.)
18. Faça as conexões elétricas.
19. Se o óleo do motor foi drenado do carter, instale um
novo filtro de óleo e encha o motor com óleo limpo de

CD30954 —UN—27AUG07
grau e viscosidade corretos. (Veja Seção 01, Grupo
002.)
20. Encha o sistema de arrefecimento com líquido de
arrefecimento limpo. (Veja Seção 01, Grupo 002.)
21. Execute o amaciamento do motor. (Veja
AMACIAMENTO DO MOTOR no Grupo 010.) Instale o coletor de entrada e faça as conexões elétricas

A—Coletor de entrada de ar

CD03523,00001A5 ­54­05SEP07­7/7

CTM206 (18JUN09) 02­021­55 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=185
Cabeçote e Válvulas (Motores com Cabeçote de Quatro Válvulas)

CTM206 (18JUN09) 02­021­56 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=186
Grupo 030
Bloco, Camisas, Pistões e Hastes do Cilindro

Bielas — Informações Gerais


Os motores anteriores têm a conexão com lingüeta e
canaleta entre a biela e a capa (A). Motores mais novos
têm biela e capa PRECISION JOINT™ (B).
As bielas e capas PRECISION JOINT™ foram

RG9447 —UN—27JUL98
introduzidas conforme segue:
Fabricados por Dubuque
Motores de 4,5 l (N.S. 793938 —)
Motores de 6,8 l (N.S. 794055 —)

Fabricados por Saran


Bielas
Biela RE500002 (N.S. 554036 —)
Biela RE500608 (N.S. 553937 —)

Fabricado por Torreon


Biela RE500002 (N.S. 039708 —)
Biela RE500608 (N.S. 036628 —)

RG9556 —UN—02JUL98
Para criar a PRECISION JOINT™, a biela é entalhada
com laser. Em seguida um mandril de precisão no furo
da biela é energizado para separar a capa da biela pelas
juntas (C).
Ambos os tipos de biela fornecem juntas fortes e o torque
nos parafusos é o mesmo. A remoção e a instalação são Junta de Precisão™ da Biela
similares, com diferenças indicadas. Consulte INSPEÇÃO
DA BIELA E DA CAPA e INSTALAÇÃO DO CONJUNTO
DO PISTÃO E DA BIELA mais adiante neste grupo. A—Biela com Lingüeta C—Detalhes PRECISION
e Canaleta (Motores JOINT™
Anteriores)
B—Biela PRECISION JOINT™
(Motores mais Novos)

PRECISION JOINT é uma marca registrada da Deere & Company


DPSG,OUO1004,165 ­54­28SEP99­1/1

CTM206 (18JUN09) 02­030­1 Motores Diesel PowerTech™ 4,5 l e 6,8 l


072209

PN=187
Bloco, Camisas, Pistões e Hastes do Cilindro

Remova os Pistões e as Bielas


Se o motor tiver que ser removido da máquina, consulte o
manual técnico da máquina.

RG3819 —UN—07DEC88
CUIDADO: Não drene o líquido de arrefecimento
do motor até que ele esfrie abaixo da temperatura
de trabalho. Afrouxa vagarosamente a válvula de
drenagem do bloco para aliviar a pressão.

1. Drene o líquido de arrefecimento e o óleo do motor.