Você está na página 1de 32

PUBLICIDADE

QUI19SET
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019
Ano 44 • N.º 15754

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO

ARRANCOU A BIENAL DE LUANDA

Ponte para construção


e preservação da paz DESTAQUE • 2 | 3

MENOS ENCARGOS PARA EMPRESÁRIOS DO INTERIOR

NESTA EDIÇÃO

MANUEL RUI
Luanda e os transportes
Expo-Indústria faz descontos nos stands ECONOMIA • 11

OPINIÃO • 7

COOPERAÇÃO EM QUATRO DIAS CONFERÊNCIA


Sheikh dos Emirados PRESIDENTE DOS EUA
desde ontem em Luanda
POLÍTICA • 5 12 suicídios registados Especialistas
MARCO HISTÓRICO
Kifangondo está a receber no feriado prolongado trocam ideias
sobre a arte
cada vez mais turistas
CULTURA • 29 Os quatro dias de feriado e nove por acidentes de
prolongado foram trági- viação, segundo o Ser- Profissionais e docentes
BEBÉ E PAI cos no país: 12 pessoas viço de Protecção Civil universitários de artes plás-
Angolanos morrem morreram por suicídio e Bombeiros. SOCIEDADE • 27 ticas das universidades
em incêndio no Brasil
ÚLTIMA • 32
dos Estados Unidos, Perú,
Israel e Polónia estão reu-
Donald Trump
REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO
GIRABOLA
nidos desde ontem, em
Luanda, para trocar expe- considera
Petro vence Sagrada
e alivia crise de resultados
Líder rebelde da FDLR riência com os professores
do Instituto Superior de corajosas
DESPORTO • 31 Artes. Denominado “Ponte

CAZOMBO
é morto no Kivu Norte de Arte”, o projecto vem
incentivar os estudantes, reformas
Crónica de uma viagem
ao isolamento
ESPECIAL • 1O
O Exército da RDC anun- litar hutu das Forças nacionais e estrangeiros,
ciou ter morto Sylves- Democráticas para a a explorarem a realidade
tre Mudacumura, o prin- Libertação do Ruanda angolana, nas defesas de
em Angola
POLÍTICA • 4
cipal líder da milícia mi- (FDLR). ÁFRICA • 12 final do curso. CULTURA • 29
2 DESTAQUE Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PRESIDENTE DA REPÚBLICA NA BIENAL DE LUANDA

“Só com a paz se alcança o desenvolvimento”


Sessão de abertura foi marcada por intervenções com apelo à construção de pontes e para uma cultura de paz sólida e que
represente o início de uma jornada para o desenvolvimento do continente africano. A Bienal de Luanda termina domingo
MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Estas ideias, salientou,
concorrem para o progresso
e desenvolvimento de África,
O alerta do Nobel da Paz
mas disse esperar que a Bienal Numa sala repleta de figuras nação inclusiva a favor da maio-
sirva igualmente para atrair que se destacaram nos mais ria e não de minorias, sendo
parceiros, designadamente diversos sectores da vida social, para ele vergonhoso que os
empresas do sector público política e desportiva, o Prémio líderes africanos, até hoje, con-
e privado, organizações filan- Nobel da Paz de 2018, Denis tinuem a não frequentar os
trópicas e fundações, governos Mukwege, lembrou que “a cul- hospitais dos seus próprios
e bancos de desenvolvimento, tura de paz deve ser o centro países e a enviarem os seus
organizações internacionais das nossas atenções”, numa filhos a estudar em universi-
de natureza económicas regio- altura em que o problema do dades na Europa em detri-
nais dispostos a contribuir continente passa pela “clara mento das nacionais.
com fundos e recursos para ineficiência da gestão cultural, Denis Mukwege considera
a cultura de paz em África e importando-a, em muitos casos, que é preciso passar de uma
em várias diásporas. do Ocidente.” cultura de corrupção para
Denis Mukwege reconheceu uma cultura de transparência
Vítima do colonialismo que a África “é a coluna vertebral e reafirmar a dignidade e soli-
O presidente da Comissão da da economia mundial”. Apesar dariedade africana.
União Africana, Moussa Faki, disso, lembrou, “somos relegados O Nobel da Paz mostrou-se
lembrou que a África foi vítima para terceiro plano”. O Nobel preocupado com a instabilidade
do colonialismo e continua a da Paz 2018 alerta para a neces- na região do Sahel, Sudão e
sofrer os seus efeitos até hoje. sidade do continente despertar RDC, mas mais do que isso, a
João Lourenço destacou a importância dos meios de comunicação tradicionais e digitais Por isso, afirmou, continua a sob pena de sofrer uma terceira existência de mais de quatro
precisar de paz. colonização e fala do perigo da milhões de deslocados. "África
“A ambição é, agora, alcan- propagação das empresas asiá- continua a sangrar”, afirmou.
João Dias “A crescente importância e que podem contribuir, não çar uma África íntegra, prós- ticas formadas por grandes
das redes sociais no seio da ju- só para a reafirmação de uma pera e em paz, e que o calar monopólios que exploram sem DR

O Chefe de Estado, João Lou- ventude deve ser aproveitada, personalidade global, mas das armas deve ser um pro- respeitar o Ambiente.
renço, afirmou ontem, em sobretudo, para o reforço da também para a promoção de jecto que a todos nos toque, Na sua opinião, é preciso
Luanda, que “só com paz o cultura da paz e da não vio- valores culturais genuina- numa altura em que o Sahel voltar a olhar para a cultura
continente poderá atingir o lência”, sublinhou João Lou- mente africanos favoráveis à continua a gerar preocupação, e recuperar a identidade afri-
desenvolvimento e imple- renço, para quem uma das paz”, referiu. mas também a situação no cana que respeite os direitos
mentar a Zona Livre de Comér- grandes tarefas reservadas às João Lourenço defende lago do Tchad e o movimento humanos. A par disso, Denis
cio Africano”. lideranças políticas do con- a necessidade de se explo- do Boko Haram, a perpetuação Mukwege reconheceu que o
O Presidente João Lourenço, tinente e actores da sociedade rar, em tempos de profun- de grupos extremistas, jia- continente está longe de satis-
que presidiu a cerimónia de civil passa pelo cumprimento da globalização, o que de me- distas e o crescente movi- fazer as suas necessidades
abertura da Bienal de Luanda dos objectivos da União Afri- lhor se produz e se pratica no mento de xenofobia mortífera mais básicas, o que leva, não
- Fórum Pan-Africano para cana, cuja agenda pretende campo da Cultura, Educação, que continuam a pôr em causa raro, jovens a atravessarem
a Cultura de Paz, reforçou que “silenciar" as armas até o pró- Ciência, das Tecnologias e da a paz preocupam”, realçou o mediterrâneo ou a se entre-
“só com paz o continente ximo ano. Investigação. Moussa Faki. garem a grupos rebeldes. Em Prémio Nobel da Paz 2018,
poderá atrair o investimento “Este objectivo é aparen- “Devemos preservar e ter face disso, defende uma gover- congolês Denis Mukwege
privado estrangeiro, indus- temente difícil de atingir, mas a capacidade de fazer coabitar Paz é comportamento
trializar-se e passar a acres- o legado que nos foi deixado as nossas formas, nossas cul- O Chefe de Estado nami-
centar valor aos seus principais pelos pais fundadores do con- turas e tradições africanas biano, Hage Geingob, defen- O Presidente sublinhou que A paz aceita a diversidade
produtos de exportação.” tinente que ergueram bem com aquilo que todos os dias deu que as crianças devem África deve começar a pensar O Presidente do Mali saudou
Como refere o tema prin- alto a bandeira do pan-afri- recebemos da cultura de ser educadas sobre coisas na 4ª Revolução Industrial e Angola pela paz alcançada com
cipal da bienal, “Construir e canismo (...) constitui, para outros continentes e povos de paz e do amor no processo na economia digital. o seu próprio esforço e mérito,
preservar a paz, um movi- nós, uma fonte de inspiração por intermédio dos diferentes de pacificação. “Como falar de cultura de há 14 anos, mas lembrou que
mento de vários actores”, o pelos esforços que juntos médias”, recomendou o Pre- O estadista alertou para paz, se a África é excluída em nos caminhos da paz por An-
Chefe de Estado angolano lem- temos de empreender para sidente angolano, que afirmou o facto de as pessoas estarem tomar assento como Membro gola passou Alioune Blondin
brou que a paz é um processo pôr termo em definitivo aos que a Bienal de Luanda - famintas e sem emprego e Permanente do Conselho de Beye, cidadão maliano que
inclusivo que exige a partici- conflitos que, lamentavel- Fórum Pan-africano da Cul- que, por isso, os governos afri- Segurança das Nações Uni- morreu ao serviço da conquista
pação consciente de todos que mente, assolam o continente tura da Paz representa um canos deviam ser inclusivos das”, questionou, acrescen- da paz. “A minha saudação a
se preocupam com questões desde o Sahel, África do Oeste, passo importante para apro- económica e politicamente. tando que “vamos todos ca- todos os dirigentes angolanos
candentes que urge resolver. África Central e Grandes Lagos fundar o conhecimento das “Quando uma raça ou etnia se minhar para a mesma direc- que sempre foram exemplo
Na visão do estadista ango- e o Corno de África”, disse. diferentes realidades afri- sente excluída, haverá con- ção.” O mundo deve se unir de resiliência”, destacou.
lano convém, neste sentido, canas e reafirmar a identida- flitos”, disse o Chefe de Estado e caminhar na mesma direc- Alertouparaofactodomundo
dar especial ênfase à promo- Soluções sustentáveis de no campo político, cultural da Namíbia, para quem é pre- ção para fomentar a cultura ser um paradoxo, onde se assis-
ção da cultura, da investigação Aos homólogos do Mali e da e artístico e para uma troca ciso que os governos se guiem de paz”, reforçou o estadista tem a alianças “contra natura”,
e da educação e o papel que Namíbia e representantes de fecunda de ideias. pela transparência e confiança. namibiano. numa altura em que se apregoa
podem desempenhar as orga- organizações internacionais, a aldeia global, marcadas pela
nizações da juventude e das João Lourenço pediu que sejam indiferença e um liberalismo
mulheres nos meios de comu-
nicação tradicionais e digitais
na resolução de conflitos e
encontradas soluções sus-
tentáveis para muitos dos pro-
blemas que África ainda vive,
Acordo com a UNESCO no Ensino Superior que cobrem ilegalidades.
O Presidente maliano aler-
tou também para o perigo do
na promoção de uma cultura com realce para a fome, misé- A UNESCO e o Ministério do contado com o apoio da Rús- vida humana, embora tudo que chama “era dos relati-
de paz. ria, doenças, analfabetismo, Ensino Superior de Angola sia”, disse Audrey Azoulay. isso tenha de estar baseado vismos culturais e da religião”.
as desigualdades sociais, o assinaram ontem um acordo Na sua intervenção, na na tradição, cultura, dança, “Tudo isso demanda tolerân-
Perigo das redes sociais desemprego galopante, ter- no domínio do Ensino Supe- sessão de abertura, a direc- música, uma forma de con- cia e diálogo, solidariedade
No Centro de Convenções de rorismo, o fomento do triba- rior, Ciência, Tecnologia e tora-geral da UNESCO, Audrey trariar as ideologias que moral internacional. O mundo
Talatona e num discurso de lismo e a xenofobia. Investigação Científica. Azoulay, disse que a cultura põem em causa os ideais do vai mal, mas não é uma fata-
dez minutos, João Lourenço Todos estes problemas, Na presença dos Chefes de paz deve ser presidida por povo”, disse. lidade”, disse.
destacou a importância dos realçou, atrasam o desenvol- de Estado de Angola, Namíbia uma cultura de diálogo e deve Em cinco dias, a Bienal de
MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
meios de comunicação tra- vimento dos países africanos e do Mali, a ministra Maria ser nutrida com o tempo, num Luanda deve reflectir temas
dicionais e digitais na difusão e o bem-estar das populações, de Rosária Bragança Sambo momento em que existem como “Confirmação de pro-
e valorização das realizações e que um evento desta enver- foi signatária do acordo e desafios do século por resolver, messas de financiamento para
culturais do países africanos. gadura implica o intercâmbio pela UNESCO a sua direc- como é o caso do aquecimento África”, “Acordos e depoi-
Entretanto, alertou para os de ideias das cabeças pen- tora-geral, Audrey Azoulay. global, fundamentalismo reli- mentos de parceiros institu-
perigos que os mesmos repre- santes e criativas do conti- “A UNESCO está a traba- gioso e o problema dos refu- cionais”, “Compromissos e
sentam, quando utilizadas nente, responsáveis por acções lhar em Angola para a cultura giados. Mas, sublinha que é testemunhas de parceiros do
para desinformar e adulterar de empreendedorismo e de paz, mas também pre- preciso renovar os sistemas sector privado”, “Projectos e
a realidade dos factos com o informação. tende edificar os pilares da educativos, a resiliência e o iniciativas para financiar em
objectivo de criar convulsões “Várias disciplinas artísticas ciência e investigação com diálogo de paz, bem como África”, “Prevenção da vio-
sociais ou usurpação de poder a serem apresentadas na Bie- a formação de pesquisadores olhar para a economia digital. lência e resolução de conflitos
de entidades legítimas e nal são a expressão da cria- angolanos, numa altura em “A cultura não deve ser Directora-geral da através de cultura e da edu-
democraticamente eleitas. tividade dos artistas africanos que todo este processo tem pensada fora do respeito da UNESCO, Audrey Azoulay cação”, entre outros.
DESTAQUE Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 3
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Manuel Albano

A baixa da cidade capital


esteve todo o dia de ontem,
engalanada e bonita, para
acolher as várias culturas dos
países convidados, em espa-
ços criados especificamente
para mostrar a importância
da união na diversidade. Cul-
tura e arte são, até domingo,
as palavras chaves da I Bienal
de Luanda - Fórum Pan-Afri-
cano para a Cultura de Paz.
Os espaços, uns mais ape-
trechados que outros, mas
todos a cumprirem com o
objectivo de promoverem a
unidade africana, atraiu,
desde cedo, o interesse de
adultos, jovens e crianças,
a maioria já mobilizados,
pelas informações postas a
circular, para participar na
“festa da bienal”.
O entusiasmo do público
era visível nas ruas da baixa
da cidade. Mesmo sem o sol
ardente, típico desta época,
o dia estava quente. Mas nem
isso retirou o entusiasmo das
pessoas, dispostas a parti-
cipar nestes cinco dias de BIENAL DA CULTURA DE PAZ
“festa” e partilha de expe-
riências interculturais.
Da gastronomia à dança,
teatro, música, cinema e
audiovisuais, os espaços cria-
dos estão abertos ao público,
Um espaço único
para mostrar a cultura e a arte
dos países convidados. Até
mesmo os expositores, apesar
das reclamações de alguns,
quanto ao credenciamento
para unir a diversidade
atempado, mostraram ter
tudo pronto, para demonstrar CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
que é possível aproximar os
africanos pela cultura de paz.
ção é repetir o mesmo dina-
Cultura maliana mismo apresentado na IX “Queremos
Com um programa bastante edição da Bienal dos Jovens mostrar mais os
intenso para apresentar ao Criadores da CPLP, mas com hábitos e a
longo da bienal, o Mali aposta propostas inovadoras e novos diversidade
na diversidade cultural para intervenientes.
cultural cabo-
mostrar o melhor que se pode Para a Bienal de Luanda,
obter da interacção entre disse, Cabo Verde trouxe um verdiana”,
culturas. A segunda conse- acervo diversificado assente garantiu,
lheira da Embaixada do Mali na literatura, moda, música e acrescentando que
em Angola, Sangare Oumou artes. “Queremos mostrar optaram por um
Kondo, disse que têm agen- mais os hábitos e a diversida- programa mais
dados vários espectáculos, de cultural cabo-verdiana”, interactivo, no qual
com realce para performan- garantiu, acrescentando que vão poder estar em
ces com marionetas e de optaram por um programa contacto directo
danças típicas do país. mais interactivo, no qual vão com a cultura CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Os visitantes, prometeu, poder estar em contacto directo
cabo-verdiana
vão poder estar em contacto com a cultura cabo-verdiana.
com as máscaras, músicas e
as danças tradicionais do Vila marroquina
sétimo maior país de África. Durante cinco dias, o público
Quem visitar o espaço, adian- vai poder apreciar o melhor Para o artesão Hicham
tou, vai conhecer os manus- da diversidade cultural do Essaidi, a participação na
critos de Tombuctu, textos Marrocos, desde as artes plás- bienal é uma oportunidade
seculares. “Uma parte deles ticas à música. Para tal, um do público conhecer a cultura
é sobre arte, medicina, ciência modelo de vila marroquina, marroquina. A ideia, contou,
e caligrafia do antigo Califado com toda a tradição milenar, é mostrar o mais importante
Abássida e traz várias cópias foi montada na Marginal de num único espaço.
antigas, inestimáveis, do Luanda e é das principais atrac-
Alcorão”, disse. ções da bienal. Actividades diárias
Um dos integrantes da Com uma superfície de 800 Varios espaços estão mon-
delegação do Mali, Yaya Sina- metros quadrados e ilustrações tados no interior da antiga
yoko, informou que trou- das variadas facetas da civi- Fortaleza de São Miguel. Ka-
xeram músicos, artesãos, lização marroquina, o espaço yaya Júnior, membro da co- galerias, para as actividades ainda que foi criada uma zona de História Militar, através
pintores, alfaiates tradicio- é uma oportunidade para missão técnica e coordenador diárias, inclusive espectáculos para os visitante degustarem de 8 restaurantes. “As acti-
nais, num total de 50 pessoas. conhecer as contribuições do das actividades culturais, disse de artistas nacionais e dos países o melhor da gastronomia dos vidades são realizadas de
“O melhor do artesanato Reino do Marrocos ao desen- que foram montados cinco convidados. países convidados, em espaços forma rotativa, com intervalos
também vai estar patente na volvimento económico e a palcos e o mesmo número de Kayaya Júnior adiantou localizados à volta do Museu de 15 minutos”, disse.
exposição”, avançou, apesar consolidação da paz em África.
de lamentar o facto de, por Desde a moda, gastrono-
motivos de logística, não mia, artes plásticas, artesa-
poderem mostrar pratos típi-
cos do Mali.
nato e música, o espaço,
montado pela Casa do Arte-
são, explora uma história
Vários países próximos pela cultura
Aposta na diversidade milenar, vinda de séculos A bienal traz a Angola con- pação de representantes (Campeão da União Africana sidente em exercício da
O mais marcante da cultura e de tradição, de uma cultura vidados de 12 países africa- das 18 províncias do país. para a Cultura), Etiópia (a SADC), República do Con-
da arte cabo-verdiana também vibrante, cuja grandeza é nos e dois da diáspora que Os países convidados única mulher Presidente), go (Presidente da Confe-
está entre os destaques das expressa nas festas e rituais. vão partilhar experiências para a I edição da Bienal Namíbia (Presidente ces- rência Internacional da Re-
várias propostas que Cabo O chá de menta, um ritual de resiliência e resolução de Luanda são, entre outros, sante da SADC), Cabo Ver- gião dos Grandes Lagos)
Verde trouxe para Angola. Para de longa tradição, é a primeira pacífica de conflitos. Está o Egipto (actual Presidente de (Presidente em Exercí- e da República Democrá-
a coordenadora da delegação, oferta para quem visitar o prevista também a partici- da União Africana), Mali cio da CPLP), Tanzânia (Pre- tica do Congo.
Luena Correia de Sá, a inten- pavilhão.
4 POLÍTICA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

DR
O Presidente dos Estados
Unidos, Donald Trump, con-
siderou corajosas as reformas
políticas e económicas que
o Presidente da República,
João Lourenço, tem imple-
mentado ao longo dos dois
anos de mandato. Donald
Trump, que falava, terça-
feira, na cerimónia de recep-
ção das cartas credenciais do
novo embaixador angolano
naquele país, Joaquim do
Espírito Santo, encorajou os
esforços do Governo angolano
no combate à corrupção e na
diversificação da economia.
O Presidente norte-ame-
ricano garantiu um "forte
apoio" dos Estados Unidos
da América às reformas polí-
ticas e económicas em curso
em Angola. Donald Trump,
que falava em resposta à
intervenção do embaixador
Joaquim do Espírito Santos,
assinalou que o diplomata
angolano chega num "mo- APOIO GARANTIDO A ANGOLA
mento importante das rela-
ções entre os Estados Unidos
e Angola, após um ano de
troca de visitas de alto nível,
que aprofundaram o relacio-
namento bilateral."
O estadista norte-ameri-
cano recomendou ao Governo
Trump considera corajosas
angolano a acção de "pro-
mover um ambiente atraente
para o investimento estran-
geiro directo e de incentivar
um maior envolvimento das
reformas políticas em curso
empresas americanas, que, democráticas, a fim de melho- Joaquim do Espírito Santo âmbito desta plataforma diplo- O embaixador reconheceu
acreditamos, oferecem valên- rar a defesa dos direitos huma- sublinhou que o Memorando mática consentânea com os que, "não obstante o pro- O Presidente norte-
cias incomparáveis." nos e "governance", reduzir de Entendimento, que esta- actuais interesses e expecta- gresso alcançado nas relações americano disse que está
Donald Trump indicou a pobreza e combater a cor- belece a Parceria Estratégica tivas de ambos os países, seja bilaterais entre Angola e os "ansioso para trabalhar"
que o secretário de Estado rupção, para promover a re- baseada no diálogo, a elegi- cada vez mais intenso, pro- Estados Unidos, ao longo dos com o novo embaixador
norte-americano, Mike Pom- construção nacional e o cres- bilidade de Angola à Lei de dutivo e conducente a níveis anos, muito ainda precisa angolano, para expandir
peo, reafirmou a parceria cimento económico. Oportunidades para o Cres- mais altos de engajamento ser feito." as relações existentes
estratégica durante o encontro "No quadro da sua estra- cimento de África (AGOA), e para criar oportunidades de "Por essa razão, é meu entre os dois países.
que manteve com o ministro tégia de política externa, a assinatura dos Acordos - cooperação bilateral, regional desejo firme concentrar os "Reitero a minha
angolano das Relações Exte- Angola tem sido um parceiro Quadro sobre Investimentos e internacional. meus esforços em acções vontade de trabalhar
riores, Manuel Augusto, em activo e consequente dos em Comércio (TIFA) são o tes- "As reformas económicas positivas que contribuam para fazer avançar a
Agosto passado. Estados Unidos na África temunho do valor da diplo- em curso em Angola estão a para a ampliação e o apro- nossa agenda comum e
No mês passado, o gover- Subsaariana, uma vez que macia e pilares fundamentais dar resultado e uma recupe- fundamento das relações aprofundar os laços
nante angolano manteve um ambos os países comparti- para estimular uma coope- ração, em 2019, está no hori- políticas e económicas entre entre os nossos dois
encontro com o homólogo lham pontos de vista e preo- ração construtiva nos domí- zonte, o que não só vai aliviar os nossos países em ambas países", disse Donald
Mike Pompeo, à margem da cupações comuns sobre nios económico e comercial os seus problemas econó- as esferas, bilateral e multi- Trump.
"The New Angola: A conver- questões relacionadas com e instrumentos para fortalecer micos, como também vai lateral", referiu Joaquim do
sation with Foreign Minister a paz, a segurança e o desen- as nossas relações bilaterais permitir ter mais oportuni- Espírito Santo.
Manuel Augusto”, que acon- volvimento, em especial no existentes. dades para o investimento O diplomata garantiu que que pode ser invocado em
teceu em Washington, a qual respeitante a prevenção e O embaixador disse que é estrangeiro e expandir as nos- o Governo angolano qualifica todos os momentos, na busca
analisou os desafios do país. resolução de conflitos em desejo do Governo angolano sas relações económicas além os Estados Unidos como um da paz, prosperidade e bem-
O Presidente norte-ame- África", disse o embaixador. que o diálogo bilateral, no do sector petrolífero", disse. "parceiro da linha de frente", estar de todos os angolanos.
ricano disse que está "ansioso DR

para trabalhar" com o novo


embaixador angolano, para
expandir as relações exis-
tentes entre os dois países.
"Reitero a minha vontade Analista aborda o “bom momento
de trabalhar para fazer avan-
çar a nossa agenda comum
e aprofundar os laços entre
nas relações bilaterais”
os nossos dois países", disse Perspectivas animadoras abrem-se no relaciona-
Donald Trump. mento entre Angola e os Estados Unidos da América,
num momento em que os dois países apostam no
Ajuda ao Zimbabwe reforço da sua parceria estratégica, avaliou, ontem,
Donald Trump aplaudiu a em Luanda, uma fonte diplomática ligada ao assunto.
liderança de Angola em África, A fonte comentava à Angop sobre a recente apre-
particularmente, o apoio para sentação das cartas credenciais do novo embaixador
a transição pacífica na Repu- angolano nos Estados Unidos da América, Joaquim
blica Democrática do Congo do Espírito Santo, ao Presidente norte-americano,
e a mediação de um conflito Donald Trump.
de longa data entre Uganda De igual modo, chamou a atenção para o facto
e Ruanda. de o Presidente angolano, João Lourenço, ter em
"Insto Angola a ajudar a agenda actividades paralelas, que visam dar a
facilitar também a reforma conhecer ainda mais Angola entre os norte-ame-
política e económica no Zim- ricanos, durante a sua próxima visita aos EUA, onde
babwe", disse o Presidente participará nos trabalhos da Assembleia Geral das
norte-americano. Nações Unidas.
O embaixador Joaquim A mesma fonte admitiu que o Presidente angolano
do Espírito Santos aproveitou poderá manter encontros com diplomatas, empre-
a ocasião para transmitir ao sários, jornalistas e outras personalidades norte-
Presidente Trump uma sau- americanas.
dação "calorosa e cordial" do Donald Trump disse, na cerimónia de apresentação
povo angolano. O diplomata das cartas credenciais do embaixador Espírito Santo,
assegurou ao Presidente que o diplomata angolano chegava num momento
Trump que Angola está actual- “importante” das relações entre os Estados Unidos
mente a desfrutar de divi- e Angola, após um ano de troca de visitas de “alto
dendos da paz e a consolidar nível” que “aprofundaram” o relacionamento entre
a reconciliação nacional, for- os dois países.
talecendo as instituições
POLÍTICA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 5
INVESTIMENTO NA AGRICULTURA COMBATE À CORRUPÇÃO DIFAMAÇÃO
EDIÇÕES NOVEMBRO

Acções de moralização Álvaro Sobrinho


apresenta à PGR
da sociedade na 2ª fase uma queixa-crime
Adelaide Mualimusi | Ondjiva tião Rocha defendeu que, para contra deputado
se poder combater a corrupção
A Delegação Provincial da e a impunidade, é importante O empresário Álvaro Sobri-
Justiça e dos Direitos Huma- que se resgate, primeiro, os nho apresentou uma queixa-
nos do Cunene lançou on- valores morais, uma vez que crime à Procuradoria-Geral
tem, em Ondjiva, a segunda são estes que deram origem da República contra o depu-
fase da campanha de mora- as más práticas que hoje se tado da UNITA Adalberto Cos-
lização da sociedade com vivem na sociedade. ta Júnior por difamação, ca-
vista ao combate à corrupção Outro factor que contribui lúnia e injúrias.
e à impunidade. para as más práticas no país, Em nota à imprensa divul-
Durante o acto de lança- disse, é a falta de aplicação das gada ontem pela Televisão
mento, foram apresentadas leis. Isso, considerou, fez com Pública de Angola, o queixoso
duas palestras dirigidas aos que o nível de corrupção se afirma que o líder da bancada
funcionários da Delegação tornasse cada vez mais elevado. parlamentar da UNITA fez
Provincial da Justiça e dos Na ocasião, o delegado pro- declarações falsas no projecto
Direitos Humanos sobre os vincial da Justiça e Direitos multimédia "Repensar An-
temas “A moralização para o Humanos no Cunene, Adri- gola" do jornalista Miguel
combate à corrupção e à im- ano Ndempomito, lembrou Neto dinfundido na plata-
punidade” e “O código de con- que o combate à corrupção forma electrónica Youtube.
duta dos oficiais de Justiça”. e à impunidade é um dos Álvaro Madaleno Sobrinho
O prelector, Sebastião Ro- objectivos que o Executivo considera que Adalberto
cha, disse que o encontro teve angolano pretende alcançar. Costa Júnior "fez graves afir-
como objectivos capacitar e Admitiu, entretanto, que isso mações que ofendem a honra
actualizar os conhecimentos só será possível com o enga- e consideração do denun-
gerais e específicos dos fun- jamento de todos. ciante e que são totalmente
cionários de Justiça, a fim de “Esta luta passa por mudar falsas”.
corresponderem às exigên- a mentalidade dos cidadãos, No programa, Adalberto
cias actuais. A ideia, segundo daí os esforços do sector da Costa Júnior assume-se como
o prelector, é munir os fun- Justiça e Direitos Humanos em uma "pessoa que investiga
cionários da Justiça de ferra- promover formações, pales- bastante os assuntos e que
mentas para combater a cor- tras e jornadas científicas, deba- é uma voz poderosa naquilo
rupção e outras práticas, pro- tes públicos, entre outros, com que se refere ao combate à
mover o resgate dos valores vista a consciencialização da corrupção."
morais, bem como a promoção sociedade no combate cerrado Na sequência dessa ale-
da cultura de denúncia. Sebas- à corrupção”, esclareceu. gada qualidade de "poderoso
DR
investigador", o deputado da
UNITA afirmou como "muito
dinheiro foi roubado de An-
gola, que existiram muitos
angolanos que roubaram e
como esse dinheiro foi parar
a paraísos fiscais."
Contactado pelo Jornal de
Angola, o líder do Grupo Par-
lamentar da UNITA disse não
Sector da produção agrícola pode ser reforçado para diversificar a economia nacional ter conhecimento da queixa-
crime apresentada contra si
na Procuradoria-Geral da

Angola e Emirados Árabes Província do Cunene mobilizada contra a impunidade República.

subscrevem Memorando DIA DO HERÓI NACIONAL


DR a impunidade e o nepotismo,
lembrando sempre do ensi-
namento do Fundador da
Emirados Árabes Unidos anunciaram um investimento Nação segundo o qual "o mais
importante é resolver os pro-
no valor de dois milhões de dólares para a produção agrícola blemas do povo."
Sianga Abílio incentivou
Angola e os Emirados Árabes da Fazenda Americana na vai permitir reduzir os custos os funcionários da Missão
Unidos (EAU) devem assinar província do Cuanza-Sul, no com a electricidade e apoiar Diplomática a trabalharem
hoje dois Memorandos de município da Quibala. o funcionamento da indústria, afincadamente na implemen-
Entendimento no domínio Os Emirados Árabes Unidos manifestando, também, o tação dos pressupostos da
da Agricultura. propuseram-se, em Julho pas- interesse de trabalhar em pro- diplomacia económica em
O sheik Ahmed Dalmook sado, a investir cerca de dois jectos de dessalinização de busca de investidores com
Al Maktoum está desde on- mil milhões de dólares na ins- água, para beneficiar popu- capital e know-how para o
tem em Luanda, para assinar talação de uma linha de mon- lações carentes, bem como mercado angolano.
os referidos instrumentos tagem de tractores em Angola, em programas que ajudem a Durante a cerimónia, foi
jurídicos de cooperação com na produção de electricidade reduzir o desemprego. ministrada uma palestra sobre
o Ministério da Agricultura, e gás e na agricultura. Angola e os EAU são mem- a "Vida e Obra de António
segundo a Angop, que cita fon- bros da Organização dos Países Agostinho Neto", seguida de
te oficial. O sheik árabe cum- Exportadores de Petróleo momentos de declamação de
pre uma visita de trabalho de Angola e os EAU (OPEP) e rubricaram, em Ju- poemas de sua autoria.
48 horas, visando o reforço são membros da nho de 2015, dois acordos, Angolanos no Quénia relembraram os feitos do poeta
da cooperação bilateral entre Organização dos sendo um de cooperação eco- Portugal
os dois países. Países Exportadores nómica e técnica e outro de O embaixador de Angola em
No Aeroporto Internacio-
nal 4 de Fevereiro, Ahmed
de Petróleo e
rubricaram, em
criação da comissão mista.
Os Emirados Árabes Uni-
Embaixador defende Portugal, Carlos Fonseca, res-
saltou, terça-feira, em Lisboa,
Dalmook Al Maktoum, que dos é uma confederação de que os principais desafios do
se faz acompanhar de uma
delegação de altos dignitários
Junho de 2015, dois
acordos, um deles
de cooperação
monarquias árabes localizada
no Golfo Pérsico e têm a sexta
acções para honrar Neto Estado angolano passam pela
erradicação da pobreza para
daquele país do Golfo, rece- económica maior reserva de petróleo o bem-estar da população.
beu cumprimentos de boas- e técnica do mundo, sendo uma das O embaixador no Quénia, do 17 de Setembro, Dia do Herói Em declarações à impren-
vindas do secretário de Estado mais desenvolvidas econo- Sianga Abílio, defendeu Nacional, o diplomata disse sa, à margem das comemo-
para os Recursos Florestais, mias do Médio Oriente. ontem, em Nairobi, a neces- que o fundador da Nação deve rações do 17 de Setembro, Dia
André de Jesus Moda, dentre À saída de uma audiência O país tem a trigésima sex- sidade de todos os angolanos continuar a ser uma importante do Herói Nacional, o diploma-
outras individualidades. com o Presidente da Repú- ta maior economia a taxas honrarem a memória de Agos- fonte de inspiração para a apli- ta angolano disse que o Exe-
De acordo com a fonte, o blica, João Lourenço, o sheikh de câmbio de mercado do tinho Neto, o Fundador da cação de valores importantes cutivo tem apostado na pro-
primeiro acordo está centrado Ahmed Al Maktoum afirmou, mundo. É um dos países mais Nação e Herói Nacional. Dis- e positivos. O diplomata subli- dução nacional para alavancar
na mecanização agrícola e o na ocasião, que a cooperação ricos do mundo por Produto cursando na sessão de abertura nhou que estes valores passam o desenvolvimento económico
outro sobre o desenvolvimento no sector da produção do gás Interno Bruto. da cerimónia comemorativa pela luta contra a corrupção, e social do país.
6 OPINIÃO Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

EDITORIAL IMAGEM DO DIA

A cultura de paz em África


As construções em lugares inapropriados e inseguros, tal como ilustra a foto tirada no Morro da Samba,
representam uma espécie de teste à capacidade destruidora das chuvas e incentivo às enxurradas
CONTREIRAS PIPAS | EDIÇÕES NOVEMBRO

O usufruto da paz em África, muitas vezes, passa também pela mentalização


de um processo através da cultura, da necessidade e costume de viver em
paz faça parte da vida das comunidades.
A actual conjuntura no continente, em que se caminha para a transformação
de África numa extensa zona de livre comércio, aconselha aos africanos a
uma maior compreensão mútua, troca de experiência e conhecimento das
outras culturas.
Luanda testemunha a partir de hoje e até domingo a Bienal de Luanda –
Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz, uma plataforma criada para promover
a diversidade cultural e a unidade africana.
Aberto ontem pelo presidente da Comissão Executiva da União Africana,
Moussa Faki Mahamat, na presença do Chefe de Estado, João Lourenço, o
evento pretende constituir-se como um veículo transmissor do ideal de paz
em África. O continente precisa de pacificar por completo todas as suas regiões
para permitir que os Estados materializem a agenda da integração económica,
viabilizem a abertura das fronteiras para dar lugar à livre circulação de pessoas
e bens, entre outros passos.
Felizmente as guerras no continente, envolvendo Estados contra Estados,
cessaram por completo e, numa altura em que persistem alguns focos de tensão
resultantes do papel das milícias e rebeldes, nalguns países, o caminho da es-
tabilização está a ser abraçado em muitas parte de África.
A conflitualidade inter-Estados cessou, independentemente dos diferendos
territoriais e fronteiriços. Uma realidade que, felizmente, tem levado os
países africanos a fazer leitura correcta dos ditames da Carta da ONU, rela-
tivamente à resolução pacífica das eventuais divergências.
Os processos de mediação de conflitos, envolvendo a aplicação de soluções
africanas para os problemas africanos está a vingar em todo o continente,
razão pela qual vale sempre a pena “temperar” bem os ingredientes que con-
tribuam para solidificação da cultura de paz.
É também para isso que serve o Fórum Pan-Africano para a Cultura de
Paz, em que as várias delegações presentes, ao longo de toda a bienal, vão
ser capazes de trocar informação, experiência, saberes e conhecimentos
sobre uma das grandes conquistas do mundo moderno : o multiculturalismo.
Hoje, fruto das tecnologias de informação, o mundo tornou-se não apenas
uma aldeia global, mas igualmente tende, cada vez mais, a transformar-se
num espaço pequeno em que a diversidade cultural emerge como grande
trunfo. E nesta bienal, nas suas variadas exposições vai ser possível ver-se
toda a riqueza cultural e artística de um evento com a dimensão que se pre-
tende: agregador de valores, de princípios, estratégias e procedimentos que
aproximem povos e culturas.
Sob o lema “Construir e preservar a paz: um movimento de vários actores”,
esperemos que a Bienal de Luanda constitua de facto a esperada ponte por via
da qual a cultura de paz flua em todo o continente, para bem da actual conjuntura,
com ênfase nos assuntos económicos e comerciais.
Afinal, pretendemos todos que os países africanos façam do actual mo-
mento de relativa estabilização e pacificação um factor para promover a
cultura da paz em África.

CARTAS DOS LEITORES


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior SEDE:
José Alberto Domingos
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26 Jorro de água detectar por via dos seus meca- seja a última para que esses ca-
Caixa Postal 1312 - Luanda
Luena Kassonde Ross Guinapo
Redacção: 222 020 174 Há alguns dias, escreveu-se aqui nismos de controlo. A água dis- maradas da EPAL se mostrem dis-
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073 neste espaço sobre o jorro de água tribuída deve ser monitorada para poníveis a descer a Rainha Ginga
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
que corre na rua rainha Ginga, se saber onde a mesma está a che- no sentido de virem superar o pro-
aqui na baixa de Luanda, na ver- gar e em que condições está a che- blema da fuga de água.
dade, a via onde eu moro, razão gar a quem consome. A EPAL não ANTÓNIO GUIMARÃES
pela qual me leva a escrever estas pode responsabilizar-se da água Marçal
DIRECTOR: Ferraz Neto (subeditor) e Pereira Dinis linhas para reforçar o que se expôs até aos portões e comportar-se
Víctor Silva
DIRECTOR-ADJUNTO:
EDIÇÕES ESPECIAIS: aqui. Não sei se a mensagem che- como Pôncio Pilatus quando o lí-
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
Caetano Júnior
Leonel Kassana e Yara Simão gou ou não à Empresa Pública de quido precioso "faz-se às ruas", Robert Mugabe
DIRECTOR EXECUTIVO:
Guilhermino Alberto Águas de Luanda (EPAL), numa porquanto as tubagens em que Já muito se escreveu sobre o fale-
FOTOGRAFIA:
Francisco Bernardo (editor-chefe), altura em que a água continua a corre a água são da EPAL. Insisto cido ex Presidente do Zimbabwe,
EDITOR EXECUTIVO: José Cola (editor),
Diogo Paixão Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes, jorrar sem fim à vista. que a EPAL deve evoluir para um Robert Mugabe, o conhecido velho
SUB-EDITOR EXECUTIVO: Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
Cândido Bessa Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreira Pipas É muita água que, com certeza, sistema que lhe permita monitorar Bob, uma figura de referência no
custou dinheiro ao Estado para a a água ao ponto de dar conta sem- mundo do pan-africanismo. Que-
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
GRANDE REPÓRTER: Adão Diogo (Lunda Sul), sua produção, e que acaba por pre que ocorrerem fugas ou mesmo ro apenas aproveitar esta oportu-
Luísa Rogério Alberto Coelho (Cabinda),
João Mavinga (Zaire), custar também ao Estado o défice violação das suas condutas. nidade para render a minha sin-
EDITORIAS:
POLÍTICA:
Vladimir Prata (Namibe),
Esídoro Natalício (Cuanza-Norte),
que o seu desperdício tende a pro- Se não é muita água que se vai gela homenagem este combatente
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (sub-editor) e Bernardino Manje (subeditor)
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
Noé Jamba (Bengo),
vocar, além dos estragos que pro- perder e muito dinheiro, numa pela liberdade e enaltecer o sentido
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga
Francisco Curinhingana (Malanje)
Fernando Cunha (Huambo),
voca. Afinal, demasiada água a altura em que essa realidade de Estado do Presidente Emmerson
OPINIÃO: João Constantino (Bié),
José Chaves (Andulo),
escorrer no asfalto vai acabar devia ser já erradicada. Se a EPAL, Mnanguagua que soube desem-
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (subditor)
SOCIEDADE:
Jaime Azulay (Benguela), por efectivar-se o que o ditado como ela própria alega, está penhar o papel de um verdadeiro
Jesus Silva (Lobito),
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor),
Estanislau Costa (Huíla), popular diz, quando se refere que aquém dos níveis de produção e líder. Desde que assumiu o poder
Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes,
Silvino Paulo (Uíge), "água mole bate, bate até que fu- distribuição de água proporcio- soube sempre enquadrar Mugabe
Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha
Quinito Kanhamei (Cunene), ra". Acho que está na hora de se nais aos níveis de consumo em na História do país, chamando-
Samuel António (Moxico),
REGIÕES: criar uma estrutura que ajude a Luanda, como é que ainda se dá o sem qualquer problema de "Pai
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
Béu Pombal (subeditor), PAGINAÇÃO E ARTE:
Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz,
EPAL a identificar os focos em ao luxo de desperdiçar água? Co- da Nação". Espero que depois das
Filipe Eduardo
ECONOMIA:
Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, Alberto que as suas linhas de água co- mo é possível permitir, muitas exéquias fúnebres, o corpo de Ro-
Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Eugénia Silva, António Saldanha,
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (subeditor),
Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, João Mundaka, Ana Paula Dias , nhecem rupturas. Há países que vezes mesmo depois de avisada, bert Mugabe descanse em paz e
Isabel Fragão, Manuel Cassenda, Francisco da Silva, Rui Jacinto, Bruno Bernardo,
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim Luquemba Pedro adoptaram tecnologias inovado- que água jorre horas e dias e se- que os zimbabueanos saibam pro-
MUNDO:
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa CARTOON E ILUSTRAÇÃO: ras relacionadas com o controlo manas sem que se remedeie uma mover um ambiente de reconci-
Armando Pululo e Casemiro Pedro
DESPORTO: por via de sistema de GPS, que situação destas? Espero que esta liação e paz para bem de todos,
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (subeditor), António Cristóvão, COPY DESK:
ajudam no controlo de fuga na dentro e fora do Zimbabwe. Foi
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo, ESCREVA-NOS
António de Brito e Honorato Silva
Rui Ramos, Arlindo Soares e Esperança Vieira Dias tubagem e facilitam a pronta in- também notável a onda de soli-
CULTURA: tervenção da área técnica. Não Cartas recebidas na dariedade por parte dos países vi-
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (subeditor), O Jornal de Angola Rua Rainha Ginga, 12-26
Francisco Pedro (subeditor), utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina faz sentido que determinada con- Caixa Postal 1312 - Luanda zinhos, que se juntaram às auto-
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva
GENTE E FIM-DE-SEMANA: PUBLICIDADE: duta de água esteja a jorrar dias ou por e-mail: ridades zimbabueanas.
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor)
(+244) 937 550 262 e dias sem que a EPAL, mesmo AMÉRICO LOPES
(+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com escrevaconnoscoJA@gmail.com Lobito
Edna Cauxeiro (subeditora), sem ser avisada, não tenha como
OPINIÃO Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 7
O CÁGADO ESTÓRIAS
E AS PALAVRAS DO SILÊNCIO DE ONTEM E HOJE
Manuel Rui Luciano Rocha
CITAÇÕES

Luanda e os transportes “Alguns espaços


Vítimas da fome têm rosto
Fomos, de noite, em cortejo de carros para buscar
o Camarada Neto. Íamos todos vestidos de safari.
das azulinhas poderiam ser preparados para conduzir
os autocarros bem como os jovens revisores, parte
da Baixa
de Luanda vão ser
e os culpados também
O Camarada Neto veio de fato e gravata. Quando dos cupapatas poderiam ser reconvertidos para en- maximizados, As imagens que vemos de todo o país, principalmente do
voltávamos para a cidade, ali, mais ou menos no trega de correio que quase se extinguiu. para criar uma interior, dizem bem do estado em que ele está, mesmo que fi-
território da Mabunda, do lado da encosta, rasgaram Assim, poderíamos ver uma Luanda mais bonita, maior interacção quem aquém da realidade, acima, de tudo, dos dramas, com
no ar disparos tracejantes iluminando o céu, pará- quase sem engarrafamentos e mais calma. Já po- entre os países vítimas e culpados.
mos e alguns de nós até “se placaram” no chão. Al- díamos ir à Casa das Artes em Talatona de machim- convidados e as As vítimas são mulheres, homens, novos e velhos, crianças,
guém avisou que não era nada mais do que a bombo e sem o coração nas mãos, numa cidade jovens, pessoas de meia-idade, todos com rostos quase
alegria de faplitas que nos saudavam. Estavam onde não há policiamento nocturno nem guardas-
comunidades”
iguais na desesperança que os cobre, no desespero que os
atentas e alegremente tensos. Esperavam a pro- nocturnos pagos pelos moradores. De machimbombo, Alexandra Aparício marca, nos olhos, sem brilho, incapazes de enxergar horizontes
clamação da Independência. em Nova Lisboa, íamos da alta para a baixa até ao Coordenadora nacional
da Bienal de Luanda que não sejam vazios de amanhãs preenchidos com aquilo
Hoje, quando me levam de carro a fazer o mesmo liceu que funcionava, provisoriamente na Associação de que nunca ouviram falar, quanto mais experimentar, as
trajecto fico com a sensação de que naquele tempo Comercial e voltávamos para a alta, o meu grupo leis universais que consagram o direito à dignidade humana
seria inimaginável sonharmos com as estradas que tinha uma finta de não pagar e que eu não conto… “Está a ser construída com adobes de saúde, em toda a extensão que
estão no lugar daquela antiga, esburacada, cenário mesmo em tempo de denúncias… preparado um ela encerra, sem fome, nem sede, com escolas, habitação
de sucessivos acidentes mortíferos. Hoje é uma au- Acrescento que (estradas à parte…) poderia haver merecedora do nome que tem, trabalho, luz eléctrica, água
toestrada, com faixas, desvios, travessias para pe- redes de transporte interurbano bem estruturadas
roteiro turístico
especial, que inclui potável, espaços de recreio.
destres, verde com baloiços e diversões. Era bom e as pessoas poderiam ir passear até ao Moxico, por
alguns locais Os culpados também têm rostos, que muitos deles já não
passarem filmes nas escolas com a estrada antiga. exemplo, utilizando o machimbombo. Tudo isto só
o conhecem, porque estão permanentemente encobertos
Mas agora há uma imensidão de com uma exigente fiscalização desde e sítios da capital,
carros, “fórmula1” de azulinhas e acro- as viaturas, passando pelo pessoal e com máscaras afiveladas consoante as conveniências. Os ho-
com realce para rizontes que os movem não têm limites, a abundância jamais
bacias de cupapatas. Aqui, abro um
parêntesis, tanto dissemos e comen-
E que lindo será estaleiros. Impunha-se, portanto, um
órgão institucional, com gente de vá-
os museus, alguns os enfarta, a ganância não lhes tolhe movimentos, pelo
támos sobre cupapatas que agora ver as crianças rias preparações para manter o sis- patrimónios contrário, impulsiona-os na caminhada galopante e feroz que
edificados e os derruba tudo, sem excepções, o que lhes surge como empecilho.
chegaram ao Brasil (não confundir
com moto-boys).
a entrarem nos tema nos carris.
Penso ser urgente, numa altura principais pontos Querem lá saber do povoléu!
Uma imensidão de carros para machimbombos em que ainda não temos um comboio turísticos” Se pensam construir uma pista de aviação particular, piscina,
vivenda de fim-de-semana,
uma cidade cuja população já é de à beira-mar, metropolitano tão pouco
milhões e que, verdadeiramente não que têm paragem e vem aí o novo aeroporto, porque
Idem
seja lá o que for que sacie,
tem um sistema de transportes co- nas escolas. adiar a solução do transporte urbano A maioria anda mesmo que fugazmente, o
prazer animalesco do “posso,
lectivos.Não deixa de ser curioso que colectivo é contribuir para o aumento “Os cidadãos
o transporte urbano foi inventado por Inventar passes da poluição, dos engarrafamentos, devem denunciar
por aí, como se não quero e mando”, mandam
um filósofo e matemático francês, au-
tor de teoremas e obras de filosofia
gratuitos para dos acidentes de viação, da crimina-
lidade na estrada (em cada machim-
os portadores de tivessem a ver derrubar modestas casas, la-
vras, desviar cursos de água,
e a primeira máquina de calcular. Foi crianças, antigos bombo um polícia), do aumento da armas de fogo, com nada cortar caminhos.
Blaise Pascal um dos grandes pensa- despesa familiar em combustíveis e quer sejam As fotografias da menina,
dores de sempre. Paris, em 1662, data combatentes do mal-estar. familiares ou não, a não ser com o que no Bengo, a beber, pela pri-
do início do sistema urbano de trans- e lugares E que lindo será ver as crianças a para que a Polícia amealharam com meira vez na vida, água fil-
portes, já tinha meio milhão de pes- entrarem nos machimbombos que Nacional possa trada, sem riscos de contrair
soas e o sistema de carruagens foi au- para deficientes têm paragem nas escolas. Inventar recolher
a rapina do erário, doenças ou a da mãe, no Bié,
torizado pelo rei Luis XIV.
No tempo do colono, a cidade de
passes gratuitos para crianças, antigos
combatentes e lugares para deficien-
e responsabilizar que, a partir com o riso de alegria a en-
cher-lhe o rosto, ao receber
Luanda tinha uma rede de machimbombos (ónibus tes. Mais, se houver transporte urbano colectivo, au- criminalmente os de determinado momento, a primeira verba trimestral
ou autocarros) cujo ponto central era a Mutamba menta-se o mercado de emprego, e consequente- prevaricadores
onde se podia apanhar transporte para várias rotas, mente, melhora-se a economia. junto da Justiça, transformaram do Programa de Transferên-
cias Sociais Monetárias, que
tudo definido com paragens e até a utilização de Um machimbombo que leve cem pessoas pro- para que sejam em tesouro privado, lhe permite comprar roupas
passes. Os portugueses usavam muito os machim- prietárias de automóveis, são cem automóveis que julgados para o bebé que segurava
bombos, funcionários de bancos, da fazenda, médicos deixam de emitir CO2. E tem a parte social. As pessoas e condenados” propriedade ao colo, não existiam se não
e advogados, às vezes para chegarem mais depressa,
usavam esse transporte urbano colectivo.
que, por exemplo, saem da Maianga para irem tra-
balhar na baixa, conversam fazem amizade e a “mu-
Orlando Bernardo de uma cáfila que, houvesse culpados. Gente
Porta-voz do Comando Geral sem escrúpulos, com o mun-
Nos dias que correm, se entendermos a cidade jimbo press” passa a ter outra dinâmica. da Polícia NacionaL embora minoritária, do centrado no umbigo, in-
como um sistema, o transporte público é uma Por isso, cantou assim o Ouro Negro:
das suas principais estruturas que mexe com (…) “A maior
se imaginou acima sensíveis ao sofrimento de
um povo do qual vieram, ape-
tudo, envolvendo uma multidisciplinaridade com Quero chegar de madrugada preocupação do da maioria sar de fingirem que não.
economia, geografia, sociologia, engenharia, po- Para ver o sol raiar
litica e bem-estar. (…) sector agrícola dos angolanos, Os culpados pela fome,
sede, doenças, da falta de
centra-se na
No caso da nossa capital, seria conveniente estu-
dar-se o transporte urbano colectivo, com linhas
Vou andar por aí, com o meu violão
Vou à Mutamba, tomo um machimbombo superação do espezinhando escolas, emprego, em sínte-
se, do básico para a sobrevi-
bem definidas de forma a cobrir a mobilidade das qualquer défice alimentar tudo e todos que lhes vência minimamente digna
pessoas sem atropelos e sufocos. Seria conveniente Por “ma curia a naqui”, sou igual a toda a
desenhar faixas do lado direito para uso exclusivo gente
que Angola regista, não sirvam os apetites de milhões de angolanos,
mas este problema também, têm rosto e nome.
dos machimbombos. Por poupança e comodidade, Na linha da terra nova, só paro lá no
não está a ser A maioria anda por aí, como
a população detentora de transporte individual, guar- musseque
daria o automóvel para fins-de-semana ou outras Com a minha gente, entre mufete e conversa resolvido por se não tivessem a ver com nada a não ser com o que amealharam
variantes. As emissões de carbono diminuiriam, tam- E de madrugada, com Catembe vou prá Puíta causa dos parcos com a rapina do erário, que, a partir de determinado momento,
bém os acidentes de viação. Também os condutores (...) transformaram em tesouro privado, propriedade de uma cáfila
recursos que, embora minoritária, se imaginou - actuou e actua - acima
financeiros da maioria dos angolanos, espezinhando tudo e todos que
DR
disponíveis” lhes não sirvam os apetites, os vassalos, alguns dos quais lhes
José Fernandes seguiram os trilhos criminosos.
Director-geral adjunto Parte destes impostores, apesar de identificados, continuam
do Instituto de
Desenvolvimento por aí - lá fora e cá dentro, alguns por falta de tempo para se
Agrário (IDA) porem “ao fresco” - a pavonearem-se, de nariz empinado, como
se fosse a maioria que lhes devesse justificações e não eles os
“A esquerda não responsáveis pela situação em que está o país. Por isso, o an-
quis enfrentar golano comum, mesmo habituado a todas incongruências que
o problema lhe cercam o quotidiano, abre a boca e os olhos de espanto
por haver quem advogue, em nome da “reconciliação nacional”,
durante décadas. o perdão dos causadores de tanto mal, tanta miséria. Assim,
As classes ao jeito do detergente que apenas com uma lavagem deixa
populares imaculada toalha de mesa e guardanapos cheios de nódoas
aderiram à gordurosas e nojentas.
extrema-direita” Os angolanos são, por natureza, compreensivos, tolerantes,
Emmanuel Macron capazes de perdoar, mas não lhes peçam tanto, não queiram
Presidente da República continuar a abusar da paciência que têm tido. Até por ser a
Francesa maioria deles quem está a pagar a roubalheira de uma minoria.
8 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

À PROCURA DE UM
NOVO DESAFIO?

Requisitos Profissionais:
Olympia Rig Angola, um membro do grupo Transocean, independente- • Assegurar que são postas em prática medidas para evitar qualquer reincidência. ganização local;
mente da incerteza em torno de contratos futuros, a Companhia receberá • Dirigir a preparação de propostas de trabalhos dentro das capacidades
e analisará candidaturas com qualificações específicas e que poderão • Boa capacidade de comunicação oral e escrita nas línguas inglesa e por- da área, desenvolver e administrar orçamentos e exercer o controlo de
abraçar os nossos valores, oferecendo experiências para construir uma tuguesa; custos dentro da organização;
carreira de mudança de vida. • Curso de NEBOSH ou equivalente a cursos técnicos de segurança ocu- • Manter o controlo de todas as operações dentro da área da região, asse-
pacional e industrial; gurando a aplicação dos padrões e políticas relativas à gestão da segu-

www.deepwater.com/careers para apresentação de candidatura. Requisitos Profissionais:


rança, operações, contabilidade, pessoal e inventário.
Qualificações e Experiência
Cidadãos angolanos interessados devem visitar: • Bons conhecimentos em Informática em especial no domínio do Microsoft Office.

• Nível de ensino médio ou equivalente; • Fluência na Língua Inglesa falada e escrita e bons conhecimentos de In-
Posições disponíveis: • Mínimo de 6 anos de experiência na posição. formática;
• Possuir habilidades de liderança para desenvolver indivíduos dentro das
ENGENHEIRO DE SALA DE MÁQUINAS TÉCNICO DE GESTÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS equipes da plataforma e do escritório;
(2nd & 3rd Eng) (Snr Materials Coordinator) • Familiarização com uma ampla gama de normas de operações de sonda;
Principais Responsabilidades: Principais Responsabilidades: • Excelente conhecimento e compreensão das operações e as expectati-
• Supervisionar a manutenção e a reparação de equipamentos mecânicos, • Responsável pela gestão de inventários do material e equipamento de vas da Empresa;
pneumáticos e hidráulicos a bordo do navio para um funcionamento eficaz, perfuração; • Capacidade de supervisionar os planos orçamentais em linha com a es-
tendo em conta a segurança do pessoal, o equipamento e a protecção do • Compras de material; tratégia e objectivos de longo prazo bem como boa compreensão dos re-
ambiente; • Receber materiais, equipamentos e consumíveis para o inventário da sultados financeiros da empresa;
• Coordenar e assegurar que toda a manutenção e reparação dos equipa- • Capacidade de priorizar e gerir situações quotidianas relacionadas com
Sonda e fazer entrega aos departamentos conforme necessário;
Qualificações e Experiência:
mentos mecânicos, pneumáticos e hidráulicos sejam feitas de forma se- operações, pessoal, cliente e questões trabalhistas locais.
• Preparar os manifestos de material/equipamento de e para Sonda bem
gura e prudente; como das Empresas terceiras;
• Licenciatura em Engenharia, Finanças ou Administração de Empresas.
Requisitos Profissionais:
• Supervisionar as equipas de manutenção preventiva diária.
Requisitos Profissionais:
• Preparar relatórios periódicos para a Direcção de Sonda na base em Onshore.
• Pós-Graduação ou MBA em gestão de empresas ou finanças.
• Fluência na língua inglesa falada e escrita; • Mínimo de 10 anos de experiência na indústria petrolífera (perfuração);
• Fluência na língua inglesa falada e escrita;
• Certificações lntemacionais relacionadas com área de actividade; • Mínimo de 8 anos de experiência como director de departamento (Ope-
• Bons conhecimentos em Informática em especial no domínio do Microsoft
• Licença Ilimitada de 2.º Engenheiro válida (Classe 2 Motor acima de rações, Recursos Humanos, Marketing ou Finanças).
Qualificações e Experiência:
Office bem como programas de base de dados;
DIRECTOR DE PLATAFORMA (Rig Manager)
3000kW);

Principais Responsabilidades:
• Conhecimento de cálculos técnicos de engenharia e bons conhecimentos • Nível de ensino médio ou superior;
de Informática na óptica do utilizador; • Mínimo de 8 anos de experiência comprovada na função em sondas jac-
Qualificações e Experiência: • Responsável pela prestação de Serviços de Perfuração e Execução do
kup, semi¬submersíveis e drilling ships. contrato com o cliente de acordo com os procedimentos da Empresa e pa-
• Nível de ensino médio ou equivalente;
SUPERINTENDENTE TÉCNICO DE PLATAFORMA
• Ensino Técnico concluído na área de marinha mercante; drões de desempenho;

(Assistant Rig Manager)


• Mínimo de 4 anos em posição de Engenharia em offshore. • Responsável pela gestão do Imobilizado de acordo com as políticas e

Principais Responsabilidades:
procedimentos;
SUPERVISOR DE ESTABILIDADE ASSISTENTE
• Aderir aos requisitos da Empresa conforme manuais de Saúde, Segu-
(2nd Mate)
• Responsável pela gestão dos Equipamentos da Sonda de acordo com rança e Meio Ambiente e assegurar que o mesmo é seguido e implemen-
Principais Responsabilidades:
os Procedimentos e Políticas da Empresa; tado pelo pessoal da Sonda;
• Evitar paragem e avarias no equipamento através dos planos de manu- • Assegurar o desenvolvimento dos trabalhadores da sonda gerindo o de-
• Auxiliar o Chefe Imediato e o Capitão no controlo da Operações de Marinha tenção a curto e longo prazo; sempenho e a progressão da carreira;
tendo em conta a segurança das pessoas, do navio e do meio ambiente; • Identificar oportunidades para melhorar o desempenho do ciclo dos equi- • Assegurar o cumprimento das políticas e procedimentos de operações
• Elaborar um plano de distribuição da carga a fim de assegurar a estabi- pamentos pela aplicação de manutenção, reparação, substituição, inspec- (por exemplo, Manuais de Controlo de Poço e Marinha);
lidade da Sonda; ção, programação, ou outros processos de considerar a gestão adequada • Trabalha com o Cliente, Superintendente Técnico de Plataforma e Equipa
• Proceder às necessárias observações astronómicas a partir das quais do risco, recursos e programação operacional; de Projecto para planear as operações de forma a maximizar a eficiência

Requisitos Profissionais:
calcula a posição da Sonda por diversos processos.
Requisitos Profissionais:
• Participar activamente nas atividades da logística e stocks da Sonda; de projectos.
• Preparar o orçamento anual e previsão para o equipamento em consulta
• Fluência na língua inglesa falada e escrita; com o Director de Sonda; • Fluência na Língua Inglesa falada e escrita;
• Certificação internacional actualizada de Controle de Poços;
Requisitos Profissionais:
• Dar assistência ao Director da Sonda a todo o momento. • Bons conhecimentos do mercado petrolífero internacional;
• Certificado de Lifeboatman; • Domínio do mercado petrolífero angolano;
• Licença/Certificado 2ndMate válida; • Fluência na língua inglesa falada e escrita; • Certificados actualizados de Controlo Erupção de Poço (IWCF);
• Licença Ilimitada de Oficial de Vigia válida (STCW II/2 – Local e Estadual); • Bons conhecimentos em Informática em especial no domínio do Microsoft Office; • Conhecimentos profundos de Informática em todos os módulos;
• Conhecimentos de cálculos técnicos para operação segura do Navio e • Bom conhecimento e compreensão dos padrões de operação da Em- • Responsável pela gestão de uma plataforma Offshore;

Qualificações e Experiência
básicos de Informática. presa, em particular manuais das operações, Manual de Controlo de Poço, • Conhecimentos profundos em segurança e técnica operacional;
Manual de Conformidade Marítima, padrões de manutenção e Manual de • Capacidade de liderança;
• Nível de ensino médio ou equivalente; • Responsável por todos os aspectos operacionais da plataforma - Pessoal,
Qualificações e Experiência:
Gestão de Activos;
• 5 anos de experiência comprovada na função ligada a operações de son-
Qualificações e Experiência:
Clientes, Projectos, Planeamento Financeiro e estratégico.
dagem em sondas jackup, semi- submersíveis e drillships. • Ensino médio ou superior na área de Engenharia (ex: perfuração, petró-

DIRECTOR DE INSTALAÇÃO MARĺTIMA/CAPITÃO DE NAVIO


leo, mecânica ou outra); • Licenciatura em Engenharia ou equivalente;

(Master/OIM)
• Capacidade de planear, traçar estratégias e questões operacionais, con- • Experiência anterior comprovada no mínimo de 6 anos na indústria pe-

Principais Responsabilidades:
forme necessário; trolífera, em função equivalente ou similar.

SUPERVISOR DE ESTABILIDADE (Chief Mate)


• 8 anos de experiência na indústria de perfuração como Supervisor, Téc-
Principais Responsabilidades:
• Exerce autoridade e poder (PIC) para tomar todas as medidas necessá- nico de activos Onshore, Assistente de Director de Sonda, Engenheiro de
rias para garantir a segurança da tripulação, do navio de perfuração e do Operações ou Projectos.
ambiente; • Assegurar o controlo do posicionamento dinâmico do navio e movimento em
SUPERINTENDENTE DE PERFURAÇÃO / PLATAFORMA
• Assegurar que o navio esteja sempre em condições de navegar e seja conformidade com as regras, procedimentos e segurança operacional man-
(DRL Superintendent)
mantido/operado de acordo com as directrizes especificadas no Sistema tendo constante comunicação com o Sondador e os Engenheiros de serviços;
Principais Responsabilidades:
de Gestão da Companhia; • Fornecer um controlo efectivo das operações marítimas do navio, tendo
• Planear e supervisionar as várias etapas de movimentação de embarcações em conta a segurança do pessoal, a manutenção do equipamento do navio
• Assegurar um controlo efectivo das operações de perfuração do navio, e a protecção do ambiente;
e operações de manuseio de âncoras entre locais de perfuração e portos; tendo em conta o programa de poços do cliente, a segurança do pessoal,
• Gerir a mão-de-obra e os recursos da Sonda para atingir um óptimo de- • Supervisionar a manutenção dos equipamentos de convés, de combate
a manutenção do equipamento de perfuração e a protecção do ambiente; a incêndios, de salvamento e de içamento;
sempenho, de modo a garantir que todas as operações sejam realizadas • Gerir o planeamento e a execução eficiente do programa de perfuração • Manter a segurança do navio, integridade estanque, carregamento e ar-
Requisitos Profissionais:
de forma segura, eficiente e produtiva; em coordenação com o Capitão do Navio ou Gerente da Instalação mazenamento de consumíveis, operação segura de navios de abasteci-
Marítima, o Representante do Cliente e os Chefes de Departamento de
Requisitos Profissionais:
mento ou helicópteros ou outras operações dentro da zona dos 500m.
• Fluência na língua inglesa falada e escrita; plataformas;
• Licença de Cabotagem internacionalmente reconhecida para movimen- • Gerir a monitorização de todo o equipamento de construção de poços e • Fluência na Língua Inglesa falada e escrita;
tação de navios de grande porte ou sondas; uso de sistemas, supervisionar testes e inspecção de equipamentos e sis- • Licença válida ilimitada de Chefe Imediato;
• Licença válida ilimitada de Capitão; temas críticos relacionados, e garantir que os parâmetros operacionais e • Certificado válido de Posicionamento Dinâmico do Instituto Náutico;
• Licença válida de Gerente de Instalação Marítima com averbamento;
Requisitos Profissionais:
os limites sejam observados. • Licença GMDSS válida;
• Licenças válidas do Oficial de Segurança do navio e GMDSS ; • Bons conhecimentos de Informática;
• Certificado válido de Posicionamento Dinâmico do Instituto Náutico e de • Fluência na língua inglesa falada e escrita; • Conhecimento de todos os cálculos técnicos necessários para a operação

Qualificações e Experiência
Controle de Poço;
Qualificações e Experiência:
• Bons conhecimentos de Informática na óptica do utilizador; marítima da unidade de perfuração;
• Certificado internacional actualizado de Controle de Poços;
• Nível de ensino médio ou equivalente; • Conhecimento de todos os cálculos técnicos necessários para a operação • Ensino Médio em Mecânica/Electricidade/Hidráulica/ Electrónica/Naval
• Bons conhecimentos de Informática na óptica do utilizador; • Mínimo de 2 anos de experiência em posição similar.
Qualificações e Experiência:
segura do equipamento de perfuração.
MECÂNICO NAVAL (Rig Mechanic)
• 10 anos de experiência comprovada na função ligada a operações de

Principais Responsabilidades:
sondagem em sondas jackups, semi- submersíveis e drillships. • Nível de ensino médio ou equivalente;

TÉCNICO SUPERIOR DE SAÚDE, SEGURANÇA E AMBIENTE


• Mínimo de 12 anos em função ligada a operações de sondagem em son- • Realizar inspecções diárias técnicas aos equipamentos de perfuração a fim
(Rig HSE Advisor)
de verificar os seus parâmetros técnicos e de segurança de acordo com os
DIRECTOR GERAL (Operations Director)
das jackup, semi-submersíveis e drillships.

Principais Responsabilidades:
procedimentos;
Principais Responsabilidades:
• Encarregado da manutenção e reparação de equipamentos mecânicos;

Requisitos Profissionais:
• Gestor da política e procedimentos de segurança ocupacional, Saúde, • Investigar falhas e reparar ferramentas hidráulicas e pneumáticas.
• Representa a empresa em todos os assuntos locais e
Segurança & Meio Ambiente na plataforma; internacionais; • Fluência na Língua Inglesa falada e escrita;
• Assegurar que os incidentes e acidentes causados por qualquer tipo de • Responsável geral pelas operações dentro da esfera de autoridade con- • Conhecimentos de cálculos técnicos para operações mecânicas e básicos

Qualificações e Experiência:
danos na integridade física dos funcionários são adequadamente investi- cedida, incumbindo-lhe desenvolver e manter interesses de negócio dentro de Informática.
gados, designadamente os equipamentos e o ambiente utilizando proce- da região sobre a sua responsabilidade, estimular, supervisionar, dirigir e • Nível de ensino médio ou equivalente na área da mecânica;
dimentos sistematizados; avaliar o desempenho de pessoal essencial e administrativo dentro da or- • Mínimo de 4 anos de experiência na posição.
(12.581)
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 9
PUBLICIDADE

(900.001b)

(501.134) (12605)
10 ESPECIAL Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PARECE QUE EM CAZOMBO NADA MUDOU

Crónica de uma viagem ao isolamento


Desembarcámos em Cazombo. A vila regista azáfama jamais vista. A começar pelo tráfego de aviões, que trazem
praticamente tudo: água mineral, pão, artigos de higiene e objectos de decoração. É a agitação provocada pela viagem
do Presidente da República.

Luísa Rogério No dia antes da visita pre- servar o lado bom dos acon- jornalistas e demais visitan- piradores. Faltam janelas no
sidencial ainda se fazem tecimentos. Esta é a única tes. Poucos de nós imagina- quarto. A esta altura do ano
retoques aqui e acolá. É a explicação para não recordar, Desembarcámos em vam quão úteis seriam os aquece. Não precisamos de
“A Ilyushin não voa na Ca- primeira vez, desde 1978, por exemplo, se é a terceira Cazombo. A vila regista colchões trazidos pelos cole- procurar pelo interruptor. As
zomba. A Ilyushin sai do Lueno que um Presidente da Re- ou quarta vez que escalo azáfama jamais vista. A gas da TPA. Volvidas horas lâmpadas conectam-se por
para Luando. A Antonov voa pública se desloca à vila. En- Cazombo. Lembro-me que começar pelo tráfego de de espera no acolhedor Zam- um fio directamente encai-
na Cazomba,” diz o coman- quanto Chefe de Estado, a última foi há exactos 27 aviões, que trazem beze, o diligente José Rufino xado no gerador. A água turva
dante russo. A animada con- Agostinho Neto visitou Ca- anos. Parece que nada mudou. praticamente tudo: água regressa com a boa nova: provém das cacimbas. Não
versa inclui o desempenho zombo duas vezes. Após Cazombo piorou, apesar de mineral, pão, artigos de conseguiu dois quartos numa serve para cuidar da higiene
do 1º de Agosto na Champions regressar ao país, na sequên- o conflito armado ter termi- higiene e objectos de pensão. Os táxis estavam lá pessoal. O Alto Zambeze passa
africana e o poker de Ronaldo cia dos Acordos de Alvor, nado há 17 anos. Com o passar decoração. Nos dias fora. Mas não há um carro a ser cogitação de peso para
feito em Vilnius, capital da fez questão de ir ao Cazombo do tempo, a Sede Municipal anteriores, chegaram parqueado. Os três kupapas tomar banho. São altamente
antiga República Soviética agradecer ao povo da região do Alto Zambeze isolou-se máquinas de diferentes aproximam-se. Antes de providenciais a pequena ba-
da Lituânia, aquando do jogo o apoio prestado ao MPLA do resto do país. Ainda assim, portes e trabalhadores. "esfranzir" a testa, as malas cia e a lanterna compradas
a contar para as eliminatórias na Luta de Libertação Nacio- cresceu de forma desorde- estavam acondicionadas. no Luena, bem como as toa-
do próximo Campeonato nal. Moxico constitui, aliás, nada. Em período recorde, Agarro-me ao condutor. Um lhas e artigos de higiene tra-
Europeu de Futebol. um marco na guerra anti- a população aumentou de camião, em sentido contrá- zidos de casa. Da próxima
Cumpridos os protocolos colonial. E porque História vinte para cerca de setenta rio, deixa densa nuvem de vez, a bagagem deve incluir
e reabastecidas as aeronaves é história, vale recordar que mil habitantes. mentos do género também poeira. Esta, ao contrário de lençóis e, se possível, um
de fabrico russo estacionadas a UNITA nasceu precisa- Entretanto, um carro leva- não têm espaço. tudo o resto, cresceu des- recomendável colchão-ca-
no Terminal Aéreo do Luena, mente em Muangai, na maior nos do aeroporto ao Hotel Conseguir alojamento é mesuradamente. ma. Desdramatizo a possi-
o piloto da terra dos czars província de Angola. Zambeze, que é descrito co- o grande desafio do dia. Entramos na residencial bilidade de dormir ao relento
entra no imponente car- No meio de tanta agitação, mo a melhor unidade hote- Dizem, embora ninguém Alegria a sacudir-nos. As con- ou de não tomar banho. Não
gueiro. O Ilyushin regressou mal consigo accionar recor- leira local. É ponto de aco- saiba precisar quem, que se dições possíveis não permitem seria a primeira vez. De resto,
a Luanda. O Antonov cruza dações, algumas delas estra- modação temporária. Os vai montar “acampamento” falar em alegria. Pelo menos, jornalista que se preze tem que
o céu em direcção ao Alto tegicamente apagadas do onze quartos estão ocupa- numa escola, após o período há uma cama e casa de banho estar preparado para trabalhar
Zambeze. Seguem a bordo cérebro, se calhar para pre- dos. Os demais estabeleci- de aulas, com vista a albergar no quarto desprovido de res- em condições adversas.
militares, pouquíssimos civis
e mercadorias diversas.
Durante os 45 minutos de
voo paira forte tensão no ar.
Literalmente! Só os militares
apa re nta m s e re n i d ad e .
Uma ínfima parte das dificuldades Os governantes locais apresentam
a realidade sob o manto de dificul-
dades inimagináveis. Enquanto a
da Força Aérea Nacional, carregado
de militares e combustível. Hoje,
também penso neles. Recordo pilotos
Quem consegue visualizar A gritante falta de bens materiais retocam aqui e acolá. Apetrecham população aguarda pela concreti- e demais pessoal navegante que não
o exterior anuncia terra à contrasta com a abundância em ter- algumas escolas desprovidas de zação das promessas a vida volta sobreviveu ao conflito armado.
vista. Aumenta a turbulência. mos de valores humanos. Sem mais carteiras há três meses. rapidamente ao normal. Pressiono os Kits de sobrevivência
"A situação está sob controlo nem porquê, um amigo do colega Miúdos e adultos exultam com a De regresso ao Luena, a bordo do contra o peito. Agora são dois. À
da tripulação", diz um gene- Rufino seguiu a “comitiva” de moto- iluminação pública. Por qualquer Beetscraft de 16 lugares, cada pas- inseparável bolsa com artigos de
ral, conhecido de outros tem- táxis. Resgatou-me do lugar. O carro razão, desperto em plena madrugada. sageiro refugia-se nos próprios pen- higiene adicionei outro, contendo
pos, a quem quase me agarro. tem ar-condicionado. A casa tam- A partir do confortável quarto, oiço samentos. Ao sobrevoar o majestoso medicamentos para todo o tipo de
Aterrámos tranquilamente bém. À noite, há diferentes opções o barulho de máquinas de pequeno Zambeze, recuo 30 anos. A então alergias, injecções de adrenalina e
na pista de terra batida. O para o jantar. Mais tarde, chegam porte. Volto a adormecer. A jornada jovem repórter tinha sido escalada comprimidos para as dores do corpo
largo sorriso substitui os quatro hóspedes provenientes do seguinte vai ser longa. No Leste de para cobrir reportagens em Cazombo. e da alma. O levíssimo abanar da
sinais faciais de apreensão. município do Luau. O anfitrião Angola, amanhece cedo. Às 5 da Ainda não tinha vinte anos. Teria pequena aeronave prenuncia a che-
Ninguém mais aplaude. "Os arranja espaço para acomodar todos. manhã há gente nas ruas. O pão, sido o meu baptismo de fogo, típico gada ao Luena. As desterradas popu-
militares não batem palmas", Sintomaticamente, encontramos inexistente na maioria dos lares, é dos duros anos de guerra. O Tico lações de Cazombo ficaram lá no
comenta alguém. solidariedade em doses maiores substituído por iguarias da terra. Ao Costa, de feliz memória, ofereceu- Alto Zambeze. O dia e meio de per-
D e s embarcámo s em em locais de gritantes carências. É caminhar pela vila, as saudações se para me substituir. “A Luísa é manência mostrou uma parte ínfima
Cazombo. A vila regista azá- esse o espírito de Ubuntu, o intra- efusivas fazem esquecer o sofrimento muito miúda para ir ao Cazombo”, do universo de dificuldades. Inevitável
fama jamais vista. A começar duzível valor africano que mistura dilacerante. No cenário condicionado disse. O Policarpo e o Ezequiel, cole- a assumpção de um novo compro-
pelo tráfego de aviões, que calor humano com outras boas prá- pela falta de bens de primeira neces- gas da TPA, morreram num acidente misso de trabalho. É imperioso apurar
trazem praticamente tudo: ticas, personificadas em Cazombo sidade, recorrer aos serviços básicos de helicóptero. O Tico Costa ador- factos centrados na forma como o
água mineral, pão, artigos por seres humanos do tipo do ban- de saúde e até de educação nas vizi- meceu, perdeu a viagem e sobreviveu cidadão comum sobrevive e se movi-
de higiene e objectos de de- cário Paulo Brás. À noite, mulheres nhas RDC e Zâmbia são alternativas à tragédia. Pensava neles quando menta de Cazombo para outros des-
coração. Nos dias anteriores, e homens trabalham na adminis- para quem pode. Finalmente, acon- estive pela primeira vez no Alto Zam- tinos. Há “espécies de vida”
chegaram máquinas de dife- tração de Cazombo. Pintam, ajeitam, tece a almejada visita presidencial. beze. Viajei num helicóptero Mi-8, indecifráveis à primeira abordagem.
rentes portes e trabalhadores.
ECONOMIA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 11
GOVERNO EXPLICA O PROGRAMA FORMAÇÃO
EDIÇÕES NOVEMBRO
MEDIDA REDUZ INCIDÊNCIA DOS ENCARGOS
Jornalistas
económicos
aprimoram Expo-Indústria adopta
conhecimentos
Vinte e cincojornalistas nacio-
nais participam, de ontem até
descontos nos stands
amanhã, em Luanda, numa Expositores que operam fora de Luanda pagam menos
acção de formação ministrada 20 por cento pelos espaços contratados na feira
pelo docente da Universidade
de Barcelona, Espanha, Mário DR
Líderes do Igape (à direita) numa deslocação a Benguela Gajindo, promovida pela Asso-
ciação de Jornalistas Económicos
de Angola (AJECO) e a empresa

Privatizações juntam Sustentare Consultores.


Reflectir sobre formas de
melhorar a compreensão dos

Igape e investidores principais aspectos da con-


juntura económica e as polí-
ticas públicas económicas do
país são os principais objectivos
A Comissão Nacional Inter- de empresas e activos públi- da acção de formação, na qual
ministerial para a Imple- cos modalidades e procedi- são abordadas os temas “Política
mentação do Programa de mentos de privatização e macroeconómica”, “Política
Privatizações (Propriv) reúne, instrumentos. monetária e fiscal”, “Cresci-
hoje e amanhã, em Luanda, A privatização de empresas mento económico”, “Preços e
potenciais investidores para da Sonangol, caracterização Inflação”, “Taxa de Desemprego”
um seminário sobre a alie- e especificidades, plataforma e “Procura e oferta agregada”.
nação de activos do Estado. tecnológica, daa room e leilão Para o responsável, a rea-
Informações divulgadas em bolsa, gestão da relação lização desta acção de formação
pela Comissão indicam que com partes interessadas, ser- coincide com uma fase de rees-
o encontro é presidido pelo viços de consultoria e outros truturação da AJECO e de pre-
ministro de Estado para a são os temas agendados para paração para o relançamento
Coordenação Económica e o dia de amanhã. de actividades públicas da
Coordenador da Comissão Está em curso a liquidação agremiação sócio-profissional. Vista de um pavilhão na Expo-Indústria 2018, quando a feira foi bem concorrida
Nacional Interministerial de 63 empresas três das quais A AJECO, disse, propõe-se
para a Implementação do com comissões liquidatárias desenvolver esforços para a
Programa de Privatizações, criadas pelos ministérios de criação de um prémio Nacional As empresas que operam fora de Luanda vai ser o mesmo e transversal a todas as
Manuel Nunes Júnior, reu- tutela sectorial em que se inse- de Jornalismo Económico, para vão ter 20 por cento de desconto para a feiras realizadas, nos últimos anos pelo
nindo representantes de orga- rem e duas em processo de estimular a actividade. participação na Expo-Indústria 2019, sector industrial, que é “Mais Indústria,
nismos internacionais como dissolução. O Instituto de Ges- Victorino Joaquim que se realiza na Zona Económica Especial Mais emprego, Mais Angola”, um repto
a Corporação Financeira tão de Activos e Participação Luanda-Bengo, de 9 a 12 de Outubro. à necessidade de responder aos desafios
Internacional (IFC), adstrita do Estado (Igape) tem, no seu De acordo com o porta-voz do evento, que se colocam nesta fase muito peculiar
ao Banco Mundial, do sector universo, cinco empresas em CHINA-CPLP Cláudio Moreira, essa medida visa incen- do país, em que se quer relançar a eco-
financeiro, consultoras, asso- liquidação, que não se encon- tivar os industriais e não só que se encon- nomia, potenciar o investimento e o
ciações empresariais, câma- tram formalmente extintas. tram em outros pontos do país, no sentido fomento da produção nacional.
ras de comércio, entre outros. O universo de empresas em Angola adere de reduzir as incidências nos encargos Questionado sobre o número de expo-
Hoje, a agenda está reser- liquidação é constituído por de participação. sitores aguardados, Cláudio Moreira
vada a temas ligados à expe- quatro do sector da Agricultura a plataforma “A Expo-Indústria é a maior montra referiu que a organização ainda não tem
riência mundial no domínio e Florestas, seis do Comércio, da indústria nacional e, assim sendo, um indicador, pois face ao êxito da edição
das privatizações e reforma do dez da Construção e Obras de serviços tem ampla abrangência, pelo que a orga- anterior, as expectativas são animadoras.
Estado, enquadramento legal Públicas, quatro de Recursos nização entende ser oportuno, nesta fase, Referiu que o grande objectivo da orga-
e estratégico, privatização de Minerais e Petróleos, 30 da para empresas dar oportunidade a todos e decidiu atribuir nização é o de proporcionar um espaço
empresas de referência, pre- Indústria, uma da Juventude um desconto de 20 por cento na aquisição onde se possa evidenciar a produção
paração e implementação, bem e Desportos, sete das Pescas e Angola foi convidada a parti- do espaço e montagem de stands para nacional, pelo que augura-se que haja o
como o processo de privatização Mar e uma dos Transportes. cipar na Cimeira sobre Cons- os expositores que operam fora de Luanda maior número de participação possível.
trução da Plataforma de Serviços para facilitar e incentivar a sua participação “No país há muita coisa que já vai sendo
para a Cooperação Empresarial no certame”, informou o também director produzida e há a peremptória necessidade
entre a China e a CPLP, para o de comunicação institucional e imprensa de incentivar e ajudar a maximizar as
PIIM NO MOXICO que é assinado um convénio a do Ministério da Indústria. marcas nacionais para que sejam conhe-
16 de Outubro, em Macau. Cláudio Moreira disse que a Expo- cidas e respeitadas pelo público. Por isso,

Autoridades priorizam A informação foi prestada


pela Câmara de Comércio e
Indústria de Angola, cujo
Indústria 2019 vai ser bastante interactiva,
à medida em que as empresas que assim
o desejarem, terão igualmente espaço
apelamos aos industriais a se fazerem
presentes e dar a conhecer o que de melhor
produzem”, afirmou.

reabilitação de estradas secretário-geral, José Alentejo,


figura entre os subscritores
dessa aliança entre a China e
para o lançamento e activação das suas
marcas, no sentido de dar a conhecer os
seus produtos e serviços da melhor forma
A Expo-Indústria 2019 vai acontecer
num espaço de mais de 28 mil metros
quadrados, onde serão esperadas repre-
Daniel Benjamim | Luena nos dias 12 e 13 deste mês, no a Comunidade dos Países de aos visitantes que se deslocarem à feira. sentações de instituições públicas, pri-
Luena, que, referiu, serviu Língua Portuguesa (CPLP). Quanto ao lema, o porta-voz disse que vadas, bem como de distintas empresas.
O Governo do Moxico prioriza para colher propostas que A Plataforma conta com o
a reabilitação das vias de levam à dinamização do sec- apoio de empresas públicas da
comunicação, o relançamento tor, aproveitando as poten- China, com o acto de assinatura
da agricultura e o escoamento cialidades que a região oferece. a ser auspiciado pelo Instituto
dos produtos para as super- “Foi um fórum bastante de Promoção do Comércio e do TRIBUTAÇÃO burocracia corresponde a
fícies comerciais, ao longo concorrido. Tivemos cá em- Investimento de Macau (IPIM), mais conforto e mais con-
da implementação do Pro-
grama Integrado de Inter-
ve n ç ã o n o s Mu n i c í p i o s
presários de todo país e do
estrangeiro, colhemos expe-
riências boas e vamos aguar-
realizando-se à margem da 24ª
Feira Internacional de Produção
eServiçosdaquelaRegiãoAdmi-
Abre serviço ligado ao IVA fiança para os contribuintes,
uma condição essencial para
melhorar o clima de negócios
(PIIM), anunciou à imprensa dar pelos empresários in nistrativa Especial. O certame Madalena José* mais céleres e eficazes e a 5ª e atrair mais investimento
o governador provincial, Gon- teressados em investir na decorre de 17 a 19 de Outubro, Repartição Fiscal de Luanda, privado,nacionaleestrangeiro.
çalves Muandumba. agricultura no Moxico”, disse. a anteceder a Feira de Cantão, A Administração Geral Tribu- implantada no Palanca, actos A secretária de Estado das
As autoridades do Moxico Lembrou que os resultados que decorre de 23 a 27 de Outu- tária (AGT) abriu ontem, em em que participou a secretária Finanças e do Tesouro con-
vão executar 87 projectos ava- da Expo-Moxico de 2018 já bro em Guangzhou, China, onde Luanda, um Centro de Apoio de Estado das Finanças e do siderou que a Administração
liados em 22 mil milhões de começam a ser visíveis. se prevê a participação de 1 500 ao Contribuinte, também desig- Tesouro, Vera Daves. Geral Tributária tem de elevar
kwanzas em nove municípios, “Neste período recebemos expositores de 16 sectores de nado Contact Center, uma linha A responsável declarou, o investimento em meios
de acordo com o governador, turistas de várias partes do industriais, além de 200 mil directa destinada ao esclare- na abertura do Contact Center, tecnológicos e evoluir tão
que apontou acções a nível mundo e alguns empresários empresários de 210 países. cimento de questões relacio- que a Administração Geral rápido quanto possível para
da agricultura familiar e in- que mostraram interesse em nadas com a entrada em vigor Tributária tem investido em um ambiente em que a sub-
centivo à agricultura comercial voltar para investir”, adiantou do Imposto sobre o Valor Acres- tecnologias de informação missão de declarações, con-
e agro-pecuária, para aumen- Gonçalves Muandumba, centado (IVA), a 1 de Outubro. para tornar os serviços mais sultas tributárias, notificações,
tar os níveis de produção de manifestando a disponibi- Além desse serviço, a Ad- céleres e eficazes, o que se actualizações de cadastro,
bens de consumo”. lidade do Governo Provincial ministração Geral Tributária traduz na simplificação de solicitação de certidões e
Gonçalves Muandumba para facilitar o processo nos inaugurou um Centro de Infor- procedimentos e na redução liquidação de impostos ocor-
destacou o Fórum da Agri- termos da Lei do Investi- mação Tributária, ou BI Sho- de formulários. ram por via electrónica.
cultura do Moxico, realizado mento Privado. wRoom, para tornar os serviços Para Vera Daves, ter menos *Com a Angop
12 ÁFRICA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

CENÁRIO DE GUERRA EM MOÇAMBIQUE ELEIÇÕES NA GUINÉ-BISSAU LIBÉRIA


DR
DR

Domingos Simões
formaliza candidatura
O líder do Partido Africano o candidato apoiado pelo
da Independência da Guiné PAIGC respondeu que a
e C a b o Ve rd e ( PA I G C ) , Guiné-Bissau tem soluções
Domingos Simões Pereira, próprias. “Este país tem remé-
formalizou, terça-feira, no dio para isso tudo, porque é
Supremo Tribunal de Justiça, um país viável, basta que seja-
o dossier de candidatura às mos capazes de colocar os Chefe de Estado liberiano
presidenciais de 24 de No- recursos lá onde eles são enviou carta ao Parlamento
vembro, noticiou a Lusa. necessários, a favor dos mais
“Em todos os pontos onde desfavorecidos”, defendeu
passei falei com pessoas hu-
mildes, pessoas que sofrem,
Domingos Pereira, para quem
a pluralidade étnica não deve
Weah quer
falei com mulheres que não
conseguem mandar os filhos
ser vista como um problema,
mas uma vantagem.
julgar crimes
para a escola, falei com gente
que passa fome, falei com
Domingos Simões Pereira
defendeu, igualmente, que a
de guerra
gente que fica ao sol para sua candidatura representa O Presidente da Libéria,
poder vender o pouco que a estabilidade e a “garantia George Weah, apoia a cons-
tem para sustentar a família. de que a Guiné-Bissau se vai tituição de um tribunal para
A todos eles eu prometi ser reencontrar”, a partir do dia julgar os crimes de guerra
um Presidente que os repre- 24 de Novembro. cometidos durante o conflito
sente”, disse Domingos Até agora foram já anun- que abalou o país entre 1989-
Forças de defesa moçambicanas chamadas a garantir a circulação segura de pessoas e bens Pereira na altura da entrega ciadas as seguintes candida- 96 e 1999-2003, noticiou a
da documentação. turas: do Presidente cessante, Lusa. A informação foi divul-
O dirigente também disse José Mário Vaz, de Umaro Sis- gada ontem através de um

Grupo armado assalta que pretende ser um Presi-


dente que irá emprestar a sua
voz aos desfavorecidos e pre-
dispor-se a construir um país
soko, do Movimento para a
Alternância Democrática
(MAD), Iaia Djalo (PND),
Idrissa Djalo (PUN), Baciro
comunicado de várias orga-
nizações nacionais e inter-
nacionais, entre as quais a
Human Rights Watch.

camião com mercadorias diferente com todos. Ques-


tionado sobre se já tem ideia
de como resolver os proble-
mas que identificou no país,
Dja (FP) e dos independentes
Carlos Gomes Júnior (antigo
Primeiro-Ministro) e de Vla-
dimir Deuna.
Em carta dirigida ao Parla-
mento, datada de 12 de Setem-
bro, Weah escreveu: “Apelo
ao Parlamento que aconselhe
e oriente todas as medidas
Em plena campanha eleitoral, o ataque perpetrado terça- DR
legislativas e outras que sejam
feira ao cair da noite por um grupo armado a um camião de necessárias para a aplicação
do relatório CVR (Comissão
mercadorias numa região onde outrora as forças para a Verdade e a Reconci-
governamentais e os rebeldes da Renamo se envolviam em liação), incluindo o estabele-
sangrentos confrontos, faz reacender no país o cenário de cimento do Tribunal para os
Crimes de Guerra e Económi-
uma guerra que parecia estar definitivamente terminada cos”. Adama Dempster, de
uma plataforma de defesa dos
Um grupo armado, munido manecem ainda guerrilheiros do outro pesado, mesmo ferido, direitos humanos, afirma que
de metralhadoras AK47, ata- da Renamo, em número continuou a marcha até parti- o apoio do Presidente a um tri-
cou, terça-feira à tarde, dois incerto, que contestam a lide- cipar o caso às autoridades poli- bunal para julgar crimes de
camiões de mercadorias, rança do partido e que têm ciais, que destacaram um guerra é um passo importante
ferindo quatro ocupantes em ameaçado recorrer às armas contingente para o local. para as vítimas e para ajudar
Zimpinga, centro de Moçam- caso não sejam ouvidos, mas Armando Amadeu, direc- a garantir que a violência que
bique, disseram à Lusa, no que, por sua vez, também se tor do Hospital distrital de trouxe tanta dor e perda à Libé-
local, uma das vítimas e as dizem perseguidos por outros Gondola, disse à Lusa que os Político tem apoio do PAIGC para estabilizar a Guiné-Bissau ria não volta a acontecer”.
autoridades. Os dois condutores elementos desconhecidos. dois condutores sofreram
foram alvejados e ficaram feri- “Uma pessoa disparou, traumatismos diversos, com
dos com gravidade, enquanto parada, na berma da estrada”, projécteis nas pernas e braços.
dois ajudantes escaparam com disse à Lusa um dos condu- Quando a Lusa estava no local
ferimentos ligeiros. tores, Ernesto Salomão, cuja do ataque, uma equipa de REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO
O local onde se deu este viatura ficou imobilizada no observação de cessação das
ataque, até 2016 era frequen- local e onde era possível contar hostilidades militares chegou
temente cenário de sangrentos
confrontos entre as forças
governamentais e os rebeldes
sete perfurações de balas na
cabine. O ataque ocorreu num
troço da estrada nacional 6
para averiguar o incidente,
mas não prestou declarações.
Mário Arnança, porta-voz
Exército congolês anuncia morte
da Renamo, uma situação que
apenas terminou em 2016
depois de ter sido obtido um
junto a uma zona de colinas
no distrito de Gondola, Manica.
Trata-se do principal corredor
do comando provincial da Polí-
cia em Manica, confirmou o
ataque à Lusa e assegurou que
do líder da rebelião das FDLR
cessar-fogo que em Agosto rodoviário do centro de Moçam- uma equipa foi destacada para As Forças Armadas da Repú- Norte, no Nordeste do país. DR

último se transformou em bique, ligando a cidade da Beira, investigar o incidente. Não há blica Democrática do Congo Segundo o porta-voz das
acordo de paz selado entre os no oceano Índico, aos países informações sobre quem são (FARDC) anunciaram, ontem, FARDC, que falou de uma
beligerantes. Nesta zona per- africanos do interior. O condutor os possíveis autores do ataque. que “neutralizaram perma- grande vitória para o Exército
nentemente” o principal líder congolês, Sylvestre Muda-
militar da milícia hutu das cumura foi morto com vários
Forças Democráticas para a dos seus colaboradores.
Encerrado centro de apoio para vítimas da xenofobia Libertação do Ruanda (FDLR),
Sylvestre Mudacumura.
Entretanto, Léon Richard
Kasongo não deu mais deta-
As autoridades moçambicanas Negócios Estrangeiros e Coo- em regressar”, concluiu. De acordo com as FARDC, lhes sobre esta operação mili-
encerraram ontem o centro de peração (Minec) moçambicano, O Fundo das Nações Unidas este é um novo duro golpe tar e desmentiu informações
trânsito de Muamba, a 60 qui- mais de 400 moçambicanos para a Infância (Unicef) alertou para as milícias hutus ruan- que circulam nas redes sociais,
lómetros de Maputo, que desde manifestaram interesse em ontem que Moçambique desas das FDLR que com- que atribuem esse facto à
há uma semana acolheu 138 regressar ao país natal depois poderá ter 38 mil crianças mal- batem no leste da RDC há milícia do general Guidon.
vítimas de xenofobia na África da onda de violência contra nutridas em risco de vida no mais de duas décadas. Sylvestre Mudacumura e
do Sul, disse fonte oficial à Lusa. estrangeiros que eclodiu desde próximo ano, sendo que cerca O porta-voz do Exército seus colaboradores estavam
“Não temos mais ninguém o início do mês na África do de um milhão de moçambica- congolês, general Léon Richard escondidos há anos no Parque
lá, o grupo dos 138 que chegou Sul, que provocou 12 mortos. nos estão, actualmente, em Kasongo, garantiu à RFI que de Virunga, localizado na
já foi transportado até aos seus No entanto, apenas 138 recor- “crise alimentar”. uma unidade especial do Exér- região de Rutshuru, onde
destinos. Não temos ninguém reram ao apoio do Estado para Em comunicado a que a Lusa cito congolês “localizou e neu- viviam do tráfico de madeira
no centro de trânsito à espera voltar a Moçambique. teve acesso, a Unicef divulgou tralizou permanentemente” e caça furtiva. Perseguido
de acompanhamento”, disse Segundo Geraldo Saranga, que 160 mil crianças menores o líder militar das FDLR, pelo Tribunal Penal Inter-
Geraldo Saranga, responsável há a impressão de que, à medida de cinco anos estão a enfrentar Sylvestre Mudacumura, na nacional (TPI) por supostos
pelo espaço. que a situação fica mais calma, uma crise alimentar e nutricional noite de 17 para 18 de Setembro, crimes contra a humanidade
O centro fica junto à estrada os moçambicanos ficam mais e de falta de alimentos, com durante uma operação reali- desde 2013, Sylvestre Muda-
que liga Maputo à fronteira de encorajados em permanecer uma expectativa negativa de zada em Bwito, na região de cumura sempre escapou Sylvestre Mudacumura foi
Ressano Garcia. De acordo na África do Sul. “Nunca mais que os números se agravem Rutshuru, província do Kivu daqueles que o procuravam. morto na região de Rutshuru
com dados do Ministério dos ninguém manifestou interesse nos próximos meses.
MUNDO Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 13
TENSÃO NO GOlFO PÉRSIcO bRASIl

Teerão avisa que vai Breves


ATENTADO bOMbISTA
NO AFEGANISTÃO
Temer usa palavra “golpe”
responder a ataque PROVOcA TRêS MORTOS

O Governo iraniano advertiu,


ontem, oficialmente, os Esta-
beu ainda visto de entrada
nos Estados Unidos, podendo
E 12 FERIDOS GRAVES

Três atacantes morreram e


12 outras pessoas ficaram
na destituição de Dilma
dos Unidos de que vai res- estar em risco a participação feridas num atentado Em entrevista a uma televisão brasileira, ex-Presidente nega
ponder de forma “imediata” de Hassan Rohani na Assem- ocorrido ontem num
a qualquer agressão, reagindo bleia-Geral das Nações Uni- edifício governamental, na
ter apoiado o “golpe” e diz nunca ter desejado a Presidência
assim à posição de Washing- das, noticiou ontem a agência província de Nangarhar, no DR
ton sobre eventuais represálias de notícias estatal daquele Afeganistão, um dia depois
contra Teerão na sequência país. dos talibãs terem
dos ataques à petrolífera sau- De acordo com a agência reivindicado dois atentados
dita Aramco. Irna, a delegação escolhida com quase 50 mortos.
“Caso venha a ser levada para o evento anual da Orga- “O ataque em Nangarhar
a cabo qualquer acção contra nização das Nações Unidas acabou ao fim de cinco
o Irão haverá uma resposta ainda não saiu do Irão por horas, depois dos
imediata e o alcance da res- falta de vistos das autoridades atacantes terem sido
posta não se vai limitar a uma dos Estados Unidos. eliminados pelas forças de
ameaça”, refere uma nota O ministro dos Negócios segurança”, disse o porta-
oficial publicada na imprensa E s t ra n g e i ro s i ra n i a n o , voz do governador da
iraniana. O documento foi Mohammad Javad Zarif, deve- província, Attaullah
enviado na segunda-feira ria viajar na sexta-feira para Khogyanai.
pelas autoridades de Teerão Nova Iorque, adiantou a agên- Segundo um porta-voz da
à representante dos interesses cia de notícias. Polícia de Nangarhar, no
norte-americanos na Embai- O Presidente, Hassan ataque ao escritório de
xada da Suíça na capital do Rohani, deve partir na se- distribuição do novo
Irão, visto que os Estados Uni- gunda-feira, dia em que documento nacional de
dos não têm relações diplo- começa a Assembleia-Geral identidade electrónico,
máticas com a República das Nações Unidas. A reunião ficaram feridas 12 pessoas
Islâmica. Na carta, o Governo das Nações Unidas foi apre- que foram transportadas
iraniano sublinha que os ata- sentada como um possível para o hospital.
ques contra a Aramco “não local de encontro entre os Pre- As autoridades relataram
foram obra do Irão”, conde- sidentes norte-americano e apenas a morte dos três
nando e desmentindo as acu- iraniano, para debater a tensão atacantes, mas o número Declarações do antigo vice de Dilma Rousseff são alvo de reacções nas redes sociais
sações do Presidente norte- entre os dois países, agravada de vítimas pode aumentar
americano, Donald Trump, e no fim-de-semana passado nas próximas horas.
do secretário de Estado, Mike na sequência dos ataques a O ex-Presidente brasileiro destituição de Dilma Rousseff “Recentemente, o jornal
Pompeo. instalações da empresa petro- surpreendeu tudo e todos e, consequentemente, à sua Folha de S. Paulo citou um
No sábado, logo após os lífera saudita Aramco. TRuMP DESIGNA ao referir-se, pela primeira chegada ao poder, desen- telefonema que recebi do
ataques com aparelhos voa- Sem excluir por completo NOVO cONSElhEIRO vez, ao processo de desti- cadeou inúmeras reacções ex-Presidente Lula (ante-
dores não tripulados (drones), a possibilidade, Donald Trump DE SEGuRANÇA tuição da sua antecessora, nas redes sociais. cessor de Dilma Rousseff),
Pompeo acusou as forças ira- afirmou ontem, no entanto, NAcIONAl Dilma Rousseff, como um O nome “Temer” surgiu pedindo-me para convencer
nianas. Os ataques foram rei- que prefere não se encontrar “golpe”, negando ter apoiado de imediato nos principais o PMDB (Partido do Movi-
vindicados pelos rebeldes com o homólogo iraniano à O Presidente dos Estados o processo. tópicos da rede social Twit- mento Democrático Brasi-
iemenitas huthis que ante- margem da ONU. Unidos, Donald Trump, “Nunca apoiei o golpe e ter, seguido de perto pela leiro, partido de Temer) a
riormente já tinham lançado “Não excluo nada, mas anunciou ontem a nem fiz nada para que isso palavra “golpe”. votar contra o 'impeachment'
vários ataques contra a Arábia preferia não o encontrar na designação de Robert acontecesse”, disse Temer, “O Temer já reconheceu (processo de destituição) e
Saudita como retaliação pela Assembleia-Geral das Nações O'Brien, o seu enviado que chegou ao poder em que foi golpe. E você?”, eu tentei”, revelou Temer.
intervenção da coligação lide- Unidas”, em Nova Iorque, especial para a libertação 2016, após o processo de questionou a ex-deputada “O telefonema do ex-Pre-
rada pelos sauditas na guerra afirmou Trump em resposta de reféns, para o posto destituição de Rousseff, comunista Manuela D'Avila, sidente Lula revela, exacta e
que o país enfrenta desde a um jornalista. estratégico de conselheiro numa entrevista à emissora candidata a vice-Presidente precisamente, que eu não era,
2015. A resposta de Donald de segurança nacional, TV Cultura. do Brasil nas eleições do digamos, adepto do golpe. (...)
Entretanto, o Presidente Trump, durante um voo do após o afastamento de Reconhecido como um ano passado, ao lado do Mas, naquela época, a pressão
do Irão, Hassan Rohani, disse Air Force One (avião presi- John Bolton. influente parlamentar de cabeça de lista do Partido popular era forte demais e as
que os ataques que atingiram dencial) com destino à Cali- “Estou feliz por anunciar centro-direita durante várias dos Trabalhadores (PT), Fer- partes já haviam pensado na
as infra-estruturas petrolíferas fórnia, foi dada numa altura que vou nomear Robert C. décadas, Michel Temer, de nando Haddad, derrotados destituição, mas, até ao último
sauditas foram um “aviso” em que Washington se diz O'Brien, que garantiu 78 anos, foi vice-Presidente pelo actual Chefe de Estado, momento, eu não era a favor
lançado pelos rebeldes ieme- “seguro” de que Teerão é o numerosos sucessos na de Dilma Rousseff, de 2011 Jair Bolsonaro. do golpe”, frisou.
nitas e que Riade deve apren- autor do ataque com drones qualidade de enviado a 2016, mas substituiu-a no Visado em graves acusa- Diante da repercussão
der “a lição”. que, no sábado, atingiu o campo especial presidencial para a cargo de Chefe de Estado ções de corrupção durante desencadeada pelas suas
“Eles (rebeldes iemenitas) petrolífero na Arábia Saudita. libertação dos reféns, para após a controversa destitui- o seu mandato, Michel Temer declarações, Temer tentou,
não atingiram nenhum hos- Por seu lado, o líder supremo o Departamento de Estado, ção pelo Congresso, por irre- foi detido provisoriamente depois, recuar no uso da
pital (...) não atingiram iraniano, Ali Khamenei, des- como novo conselheiro de gularidades fiscais. por duas vezes, após deixar expressão “golpe”, numa
nenhuma escola (...) eles sim- cartou a possibilidade de nego- segurança nacional. Vou Durante todo o período o poder, em Março e Maio entrevista à Rádio Gaúcha.
plesmente atingiram um ciações “a qualquer nível” com trabalhar longamente e em que Michel Temer ocupou últimos, acabando por ser “Quando digo que não
ponto industrial. Devem tirar os Estados Unidos da América. duramente com Robert. Vai a Presidência do Brasil, a libertado alguns dias depois. sou a favor do golpe, é porque
as lições sobre o aviso”, disse “Negociar significa a impo- fazer um grande trabalho!”, oposição de esquerda sempre Durante a entrevista de as pessoas o chamam de
Rohani na reunião do Con- sição das exigências dos Esta- referiu o Presidente dos o apelidou “golpista”. O facto segunda-feira, o ex-Chefe golpe”, afirmou o ex-Pre-
selho de Ministros realizada dos Unidos à República Estados Unidos em de o antigo Presidente bra- de Estado brasileiro garantiu sidente, referindo que “só
ontem em Teerão. Islâmica e é uma manifestação mensagem na rede social sileiro ter usado a palavra que “nunca mirou (dese- seria golpe se a Constituição
da vitória da campanha de Twitter. Donald Trump “golpe”, para referir-se à jou)” a Presidência. fosse golpista”.
hassan Rohani sem visto ‘máxima pressão’ dos Estados anunciou na terça-feira a
para ir à Assembleia da ONu Unidos” contra o Irão, con- demissão de John Bolton,
O Presidente do Irão não rece- siderou Ali Khamenei. o seu conselheiro de
DR
segurança nacional,
alegando fortes IMPASSE NA FORMAÇÃO DO GOVERNO
discordâncias “com muitas
das suas sugestões”.
O chefe da Casa Branca
também comunicou a
Netanyahu anula deslocação à ONU
demissão de Bolton na sua
conta pessoal da rede
social Twitter,
devido à situação política em Israel
agradecendo-lhe os
préstimos, mas O Primeiro-Ministro israelita, um claro vencedor entre Ben- seguiu 32 deputados, mais
reconhecendo a Benjamin Netanyahu, anulou jamin Netanyahu e o seu rival um do que o Likud (direita)
incapacidade para a sua deslocação à Assem- Benny Gantz, ameaçando de Netanyahu. Em terceiro
continuar a lidar com os bleia-Geral das Nações Uni- assim o futuro político do Pri- lugar aparece a Lista Árabe
desencontros de ideias. das, devido ao “contexto po- meiro-Ministro israelita, há Unida (coligação de quatro
“Discordo totalmente de lítico” em Israel, disseram uma década no poder. partidos árabes israelitas)
muitas das suas sugestões”, ontem fontes oficiais à agência De acordo com dados di- com 13 lugares, seguida do
escreveu Trump, no France Press. vulgados pelo jornal israelita Israel Beiteinu (direita nacio-
Twitter. Bolton era o seu O anúncio ocorre um dia Haaretz, contados 91 por cento nalista secular, dirigido pelo
terceiro conselheiro de depois de eleições legislativas dos votos, a coligação centrista ex-ministro da Defesa Avigdor
hassan Rohani fez advertência aos EuA e à Arábia Saudita segurança nacional. que não permitem distinguir Azul e Branco de Gantz con- Lieberman) com nove.
14 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 8h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS
PUBLICIDADE

HYUNDAI SANTA FÉ, 0Km,


TRESPASSE por Akz: 17.900.000. Telefones:
994748758, 937978828. ALUGA-SE
IMOBILIÁRIO APARTAMENTO T3, na Cen-
(9405a)

tralidade do Kilamba. Telefo- ELANTRA 4.400.000Kz, Su-


nes: 941525719, 937871116. zuki Celerio, 2.500.000, auto-
(12.653) MÁQUINA Manithur, caterpiler,
mático, A/C, discutíveis. Telfs:
VENDE-SE 918334404, 925003482 GERADORES Perkins, 13 a 4000.000Kz, negociável no
Camama. Terminais tlfs:
D&A DESINFESTAÇÃO sem
cheiro, anti-alérgica, não pre-
DESINFESTAÇÃO sem cheiro,
eliminamos Ratos, Baratas e
(12.537) 1000 KVA, peças, óleo Shell
924388930/992342750.
VIVENDA 4 suites, 2 quartos,
2 salas, 2 cozinhas e quintal
ARRENDA-SE TUCSON 4V, azul, manual,
e viaturas. Telefs: 923320418,
943499777. (12.359)
(12.593a)
cisa sair de casa ou desarru-
mar. Terminal telefónico:
outros insectos. Telefones:
927825963, 917825963 MESA, cadeira, para festas e
AC, Akz 1.480.000, negociá- 938133343. (9.993) (12.583) vendemos Mobiliário de Escri-
no Lar do Patriota. Telefone:
CASA T4, 3 quartos, 1 suite, vel. Telefone: 943383856 ou FAZENDAS de 100, 400, 1000, tório. Telefones: 923452188,
937997523. (12.389)
wC, duas salas, duas varan- 914333000 (12.596) 3000, 5000 e 7000 hectares, CONTABILISTA c/ 15 anos de CONSTRUÍMOS piscinas, 937493599 (12610d)
das, quintal p/5 viaturas. nas Províncias do Bengo, Uíje, experiência, presta serviço muros 15x20 a 2.500.000Kzs,
CASA no Zango T3, T5, no
Telef.: 924824236. (12.693) HYUNDAI Creta, 0 Km, Akz Cuanza Sul e Lunda Sul. Tele- em Apuramento e Regulari- casas T2, T3, placas 10x15 a
valor de Akz 5.000.000,00.
Telef.: 922011744 (12.441) APARTAMENTO T1, T2 e T3
10.500.000.00. Terminais tlfs:
994748758, 937978828
fone: 923646572 (12.551c)
zação de imposto e fecho de 3.000.000,00Kzs. Telefones: OFERECE-SE
c/ ou S/ mobília em prédios LOTES de Terrenos c/ direito contas Tel: 912313276 993409384 (12.669)
CASAS T3, P/ acabar a Akz (94.05) CAMPAS granito e mármore,
novos e antigos. Telefones: de superfície em condomínio (12060) AUDITOR Indenpendente e/
montagem, gravação, cabe-
2.500.000, Zango 3 e Engevia 912513166, 923461890. em Viana, pagamento durante SOFTWARE de Gestão Comer- Consultor Tributário com 12
TOYOTA Hiace, 0 Km, por ceiras, fotos. Casa dos Gra-
e terrenos 20x20, 60x60. Telf: (12.679c) 3 anos. Telefones: 941828183 nitos. Telefs.: 921662309, cial para talho, certificado pela anos de experiência na área.
923532124. (12.472) 14.000.000.00 Akz. Telefones: (12.544) AGT. Restauração, minimercados Telef: 935064050. (12619a)
990591646. (12.517)
APARTAMENTOS T1, T2, na 994748758, 937978828 e oficina auto. Telf.: 923574054,
VIVENDAS T3, T4 e T6, Tala- Cidade e Marginal vivendas (9405a) TERRENO Agrícola, 100 hec- VESTIDOS de noiva c/ aces- JOVEM c/ experiência 3 anos,
990574054 (12.604a)
tona, Patriota e Projecto Vila Alice Alvalade e lojas. tares, próximo ao Rio, com sórios 2019, alta costura pela Gestão de R.H, Gestão Admi-
Nova Vida Telef: 923646572 telef: 923674951. (12.700) HYUNDAI i10, motor 1.2 A/c, documentação - excelente medida, fatos, convites, brin- nistração. Quer trabalhar.
(12.551) 90 mil km, automático por investimentoTelef: 948399762, des. Telefs.: 923304541, telef: 938541829/923607835.

APARTAMENTOS T3, T4 e T5,


1.650.000,00. Terminal telef.:
990328181 (12446)
912350634. (12.630) 917300410 Liuba (12.600)
CURSOS Práticos CCTV, Pri- PRECISA-SE (12707)

Kilamba e Condomínio Vida mavera, Contabilidade, R. COZINHEIRA profissional c/


GERADOR PERKINS 22 Kva
Pacífica, no Zango 0. Tele- FORD EVEREST, Cx. manual Humanos, G. Comercial, Macu- AGENTES de Marketing. Telef: experiência e como babá
c/4600 horas como novo.
A/c 130 mil, Km, 9 lugares lusso. Telef: 924093660, 942934975, 994575322. interna quer trabalhar. Tele-
fone: 923646572 (12.551a)
VIATURAS por 1.800.000,00 990328181
Telef: 927823491 (12.621)
914922284 (12629) (12471) fone: 949381659. (12.730)
CASASinacabadas no Zango I, (12446a) UNIFORMES, Pólos, Tshirts,
T3 económico a 1.650.000,00Kzs,
T3 suite 2.500.000,00Kzs. Tele-
VENDE-SE HYUNDAI Galloper, familiar,
equip. segurança a preço de
fábrica. Telef: 927823491. PADARIA Kit, forno, 3 gavetas,
fones: 993945738, 936168547 bom estado. 1.850.000, nego- (12.621a) gás, estufa, amassadeira 50L,
PROCURA DE PARADEIRO
(12636) CAMIÃO Mercedes Benz, caixa ciável Telef.: 940645250
batedeira 20L, carrinho/pão,
fechada, 8.000.000.00, Akz, dis- (12.524) Desapareceu desde o dia 11 de Setembro de 2019, o maior
balança, tabuleiro. Terminais
VIVENDA T4 C/ Piscina, lugar cutíveis. Telef: 923265350.
(12.352)
telefs: 936196882, 917747359. de 21 anos de idade, de nome ANANIAS DOS SANTOS
p/ 7 carros, escritura pública, MITSUBISHI L200, (12.408)
74.000Km, 6.000.000,00Kz. DOMINGOS, quando fazia o trajecto do Golf II para a Faculdade
na rua Cabral Moncada. Telfs.:
912513166, 923461890 (12.679) Telefone: 923324514 (12665) de Ciências, na Marginal. Pede-se a quem souber do seu para-
deiro, o favor de ligar para os terminais telefónicos: 923479130,
APARTAMENTO T3, reparado, CHEVROLET N300, vulgo
921462333, 992233924, ou ainda conduzí-lo a uma Esquadra
c/escritura pública, e esta- (agarra Bebé), usado. Telef: KIT de talho, S. ossos, ser-
cionamento na Vila Alice, a 923537899, 993607250. pentina, fogão, gelado, balde, de Polícia mais próxima. (700.090)
55.000.000z. Telef: 912513166, (12699) balança, F. hambúrguer. Tlfs: PUBLICIDADE
923461890. (12.679a) 937493599, 222773455
NISSAN PATROL V8, 49.000 IX35, 5.100.000 Akz, Hyundai MOINHO de fuba de bombó
(12.610)
Km, 16.000.000 Akz. Telefs: Terracan, Tundra 1º modelo e milho, diesel, C/ ignição e
APARTAMENTO T1, T2 e T3
c/escritura pública, no Centro,
924348222, 936056777,
922125446. (12.407)
1.400, 000 Suzuki k10
1.250.000. Celerio. Telefone:
manivela, 25 sacos/hora,
novo. Telefones: 936196882,
VENDE-SE/ALUGA-SE
Talatona e Nova Vida. Telefs: 922799624 (12.408a)
912513166, 923461890. 939735505. (12.704)
(12.679b) – TERRENO de 90x98m Vedado.
APARTAMENTOS T1, T2, Ap.
para escritório na Marginal,
COMPRA-SE – TERRENO de 75x75m Vedado.
Vivendas, Quifica, Alvalade e PADARIA, B. maria, salgadi-
CARROS, usados, avariados nhos, cubas, fiambreira, gelo,
Maianga. Telef: 913739310
(12.700) ou em bom estado, marcas cubo, escama. Telefone: Auto Estrada, Vila Flor - Bita/Viana
RANGE ROVER, Autobiograph
Hyundai, Kia e Toyota. Tele-
Sport, V8, turbo, 52.000 Km,
fone: 927414504. Horas nor-
937493599, 222773455
(12.610c)
SERPENTINA, gelado em
balde, serra-ossos, churras-
Ao lado do BAMA/Paragem da Mutamba
VIVENDA T4, no Alvalade em 14.500.000.00 Akz. Telefs:
bom estado. Obs: Dispensa- mais de expediente. queira a gás, banho-maria
924348222, 936056777,
(12059) para buffet, mesa Inox. Ter-
mos intermediários. Telef: 922125446 (12.407a)
minais telefs: 922799624, Telefone 912 242 898
938865788. (12.696) (12.628)
917747359 (12.408b)
CASAS evolutivas condomí-
nio fechado Viana 2.500.000,
ALUGA-SE
entrada 500.000. Telefone:
939542254, 925354487 HYUNDAI County, aluga-se
para empresas ou colégio. MÁQUINA gelado, churras-
(12725)
Telefs: 915923773, 923606200. queira carvão, forno, exaustor, OFERTA DE EMPREGO
CASAS evolutivas T3 Zango PORSCHE CAYENNE, turbo, (12507) tostadeira, pipocas, algodão.
(2) 1.750.000, entrada Akz motor V8, 42.000 Km, Telf: 937493599, 222773455 MÁQUINA de gelado, picolé,
(12.610b) Empresa: Colégio Primário Privado Império da Aprendizagem
500.000.00 Telfs.: 923724939, 21.000.000.00 Akz. Telefs: algodão-doce, fritadeira,
Tipo contrato: Por definir
912627682 (12725a) 924348222, 936056777, chapa de hambúrguer, fiam-
922125446 (12.407c) breira e tostadeira. Telefones: Oferta aberta até: 30/09/2019
936196882, 917747359 Descrição/ Cargo: Técnico de Frio e Climatização
CASAS T3 condomínio fe- Número de vagas: 2
(12.408c)
chado Via Expressa Akz
7.500.000, entrada 2.500.000,
991070128, 923601219
DIVERSOS VENDEMOS betão português
28.000,00Kzs, placas, pavi-
Descrição da função:
• Executar a montagem de equipamentos mecânicos de frio, ar condicionado e ven-
(12725b) mento, demolimos, murros, tilação;
CARRINHO de picolé, M. de casas. Telefones: 993409384 • Testar e ensaiar os equipamentos, corrigindo as deficiências;
CASAS evolutivas condomí- sumos, chapa de hambúrguer, (12.669a) • Diagnosticar e reparar avarias dos sistemas de aquecimento, ventilação, ar condi-
nio fechado Viana 4.500.000.
Telef: 994443863/923157381.
JAGUAR XF-R, branco pérola,
motor V8, supercharger, VENDE-SE batedeira, mesa inox. Telfs:
937493599, 222773455 COLCHÕES Kamaflex-Cama,
cionado e refrigeração;
• Realizar planos de manutenção preventiva dos equipamentos de refrigeração ou afins.
(12725c) 25.000 Km, 21.000.000 Akz. (12.610a) estrados, bases, berços, almo-
fa d a s , l e n ço i s , ta p ete s ,
Telefs: 924348222, 936056777, Experiência exigida:
T3 SEQUELE, com todos os R.Maianga. telef: 938910826.
922125446 (12.407b) Experiência mínima de 3 anos na manutenção de sistemas de climatização;
documentos para finacia- (12701)
mento, 10.000.000 Akz. Te- TOYOTA HILUX, 65.000Km, Aptidões necessárias:
lefs: 923284235, 991357597, por Akz: 9.000.000,00. Tele-
925500073 (12732) fones: 994748758, 937978828 NEGÓCIOS • Formação Técnico Profissional na área de frio, frio industrial, climatização, AVAC.
• Experiência em sistemas VRV e/ou Multi-Splits;
(9405) • Instalação e manutenção de equipamentos;
PROJECTO fechado T3, Vila INSTALAÇÃO e manutenção • Experiência em sistemas de frio industrial (câmaras de conservação / congelação).
Vitória, Via Expressa, Akz HYUNDAI TUCSON 2.4 GDI, VIVEIRO de Xadrez, tem todo GERADOR Perkins, segunda de câmaras de vídeo-vigilân- • Carta de Condução de Ligeiros.
4.000.000. Telfs: 925500073, 0Km, por Akz: 15.500.000. o tipo de material de Xadrez. mão, 150Kva, a 3.700.000Kz, cia, motor de portão e cercas
993500073, 991357597 Te l e f o n e s : 9 9 4 7 4 8 7 5 8 , Telfs.: 948079478, 911841393. n o C a m a m a . Te l e f o n e : eléctricas. Telf: 923574054, Contacto: +244 935 660 139
(12732a) 937978828. (9405b) (11.867) 924388930. (12.593) 990574054 (12.604) (500.197)
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 15
PUBLICIDADE

(501.194)
ABANDONO DE EMPREGO
Contribuinte: 5410002270

A AUTO PECHINCHA, com o Contribuinte ABANDONO DE TRABALHO Caro Gestor!


n.º 5401144253, com sede em Luanda, na A RIS, Lda. comunica ao senhor abaixo mencionado, que o Face às reformas fiscais, como são os casos de ac-
Rua Ernesto Marecos, n.º 63, Vila Alice, Mu- mesmo se encontra em situação de Abandono de Trabalho, tualizações de diplomas legais e a inclusão, às por-
pelo facto de estar ausente do seu local de trabalho há mais de
tas, do IVA, que vão sendo levadas a cabo pelo
nicípio do Rangel. 15 (quinze) dias, sem qualquer justificação para o efeito.
Executivo, urge a necessidade da contratação de pe-
Mais informa que, nos termos do disposto no artigo 229.º, da Lei ritos em consultoria fiscal, devidamente credenciados
Geral do Trabalho, dispõe de (5) dias úteis a contar da data da pela Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas
Solicita o comparecimento do funcionário publicação do presente anúncio para justificar documentalmente de Angola (OCPCA). Trabalhamos há mais de 8 anos
a sua ausência, bem como a impossibilidade de ter cumprido a
Rodino Chitue, no prazo de (3) três dias, obrigação da informação e justificação da ausência nos prazos
no mercado nacional, prestando os serviços de:
previstos.
para prestar esclarecimento sobre a sua au- - Consultoria Fiscal
sência que ocorre desde o dia 15 de Junho A não justificação atempada valerá como rescisão do contrato - Contabilidade - Fecho de Conta, Recuperação
de trabalho com o senhor Custódio Vicente, sem justa causa e de Exercícios
de 2019. O seu não comparecimento carac- sem aviso prévio, com as inerentes consequências legais. - Estudo de Viabilidade Económica
terizará Abandono de Emprego. - Custódio Vicente
- Auditoria
- Recursos Humanos
Luanda, aos 12 de Setembro de 2019.
Luanda, 12 de Setembro de 2019. www.veritascontas.com geral@veritascontas.com
Departamento de RH Telefones: (+244) 222 714 007 – (+244) 912 364 361
RIS - REP. SERV. C. IND. LDA
(12.607) (12.590) (12.591)

Local Training Center - LTC


CURSOS NEBOSH & IOSH
Certificações Internacionais em HSE
(Segurança e Saúde Ocupacional)
NEBOSH IGC, 100% em Português, em Luanda
De 14 a 25/10/2019
IOSH Managing Safely, em Inglês, em Luanda
(12445)

Inscrições abertas
(12.183)

Rua da Missão n.º 123, (Prédio da TAAG) 3.º Andar à esquerda.


Contactos: 937063187 / 997943636 / 928710193
Email: info@ltcangola.com Site: www.ltc-angola.com
16 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

VAGAS DE EMPREGO
ALGOA CABINDA FABRICATION SERVICES - SERVIÇOS PETROLÍFEROS, LDA.

Os candidatos que reúnem requisitos das posições abaixo, são convidados a apresentarem as suas candidaturas, com envio de um Curriculum Vitae abrangente e
actualizado para o email: jobs@algoa.li.

Para fins administrativos, por favor, usa o número de referência da posição que estás a candidatar-se, como assunto do seu e-mail.
Certifique-se, que os teus contactos estejam actualizados e corretos, especialmente números de telefone e endereços de e-mail.

POR FAVOR NOTE QUE ESTAS VAGAS ESTÃO SITUADAS EM CABINDA.

O prazo de recebimento das candidaturas é até 30 de Setembro de 2019.

Os candidatos, que não receberem uma resposta (Feedback) sobre a sua candidatura no prazo de um mês, pode considerar que não obteve êxitos.

ACA-2019-009 Inspetor de Usinagem Sénior Requisitos (cont):

Experiência: Experiência e conhecimento dediferentes técnicas de revestimento de conexão, tais como


Experiência demonstrável de no mínimo dez anos em uma função de Inspetor de controle fosfatização (Parkerizing), revestimento de cobre etc. e validação desses processos.
de qualidade (Usinagem) no sector de petróleo e gás.
Experiência e conhecimento deoperações de usinagem / desagregação e seus requisitos
Qualificações: de qualidade com uma máquina de “torque”.
Habilitações académicas ou profissionais ao nível de Ensino Secundário. (Diploma de En-
sino Secundário) Certificação avançada relacionada à carreira.
Experiência e conhecimento de recebimento, inspecção em processo e final em Ferramen-
Treinamento certificado ou certificação do sector em várias disciplinas preferidas.
tas BHA e Tubulares de Campo Petrolífero (X-OverSubs, Estabilizadores, Articulações de
As certificações NDT de nível II seriam vantajosas.
Filhotes, Tubos de Perfuração, Colares de Perfuração etc.)
Requisitos:
Conhecimento profundo das normas de qualidade internacionais aplicáveis. Experiência e conhecimento de DS-1 & API RP 7G requisitos de inspecção
Experiência e conhecimento de API SPEC 7-1 conexões, como IF, REG & FH. Experiência e conhecimento dedocumentação relacionada ao controle de qualidade, como
Experiência e conhecimento de API 5B conexões, como NUE, EUE & BUTTRESS. preparação de COCs, certificados de conclusão do trabalho, relatórios de não conformi-
Experiência e conhecimento de API 6A produtos como flanges, válvulas, “risers”, dade, acção correctiva etc.
bombas etc.
Experiência e conhecimento de várias conexões Premium como Tenaris, VAM, Grant Pri- Capaz de comunicar conceitos técnicos a partir do intermediário ao complexo em Inglês,
deco, Hunting etc. e conhecimentos da terminologia de materiais da indústria de petróleo em Inglês. Capaz
Experiência e conhecimento de calibração de todas as medições manuais de inspecção, de entender a mensagem geral ao ouvir Inglês na velocidade nativa. Capaz de ler e en-
incluindo, sem limitação; micrômetros, medidores de rosca, indicadores de discagem, pa- tender informações relevantes, e entender instruções detalhadas ou conselhos. Capaz
químetro, medidores de altura, medidores de rosca interna e externa, microfones ID / OD, de fazer anotações enquanto alguém fala e escreva um e-mail incluindo solicitações
medidores de furo e etc. não padronizadas.
(12597)

TERCEIRA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Luanda e Bengo)

AVISO DE APREENSÃO Nº 33

A Terceira Região Tributária avisa aos importadores abaixo indicados, que nos termos do artigo 509.º, n.º 1, alínea b), conjugado com
os artigos 512.º e 481.º todos do Código Aduaneiro procedeu à apreensão das mercadorias demoradas abaixo indicadas:

TERMINAL DA SANTIBRAGA

LOTE CONTENTOR TIPO MERCADORIA IMPORTADOR BL DATA PROVENIÊNCIA DU

03/19 MEDU395934/7 20 UMA VIATURA TOYOTA RAV MIGUEL PAULO MEDUHB003794 13/01/2019 MARIEL AGUARDA
4 ACIDENTADO + MERCA- LIQUIDAÇÃO
DORIA DIVERSA

04/19 BMOU654511/8 40 FRALDAS DESCARTÁVEIS LUCHAWI - LDA MEDUL0053008 13/01/2019 SINES AGUARDA
DODOT LIQUIDAÇÃO

O prazo para a interposição do recurso hierárquico com fundamento na não susceptibilidade do confisco das mercadorias apreendidas
é de dez dias úteis, contados da data da publicação do presente aviso, conforme preceitua o artigo 514.º do Código Aduaneiro.

As mercadorias apreendidas estão sujeitas a confisco, no caso de não ser interposto, no prazo fixado o recurso a que se refere o pará-
grafo anterior.

Terceira Região Tributária, aos 4 de Setembro de 2019

A DIRECTORA REGIONAL
Eurídice Cristina Barber A. Alves (12680)
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 17
PUBLICIDADE

República de Angola
▬▬▬■■■■■▬▬▬
MINISTÉRIO DA ECONOMIA E PLANEAMENTO
PROJECTO DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO
SECTOR PRIVADO

PEDIDO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE


(EMPRESAS DE CONSULTORIA)

REFORÇO DAS CAPACIDADES DAS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS E


DOS FORMADORES, ATRAVÉS DE SOLUÇÕES DE MELHORIA DA SUA COMPETITI-
VIDADE, BASEADA NA TEORIA DE CONSTRAINTS, LEAN AND SIX SIGMA (TLS) E
BODY KNOWLEDGE EM ANGOLA

Referência do Acordo de Crédito: Banco Africano de Desenvolvimento

Número do Projecto: P-AO-K00-0006

senvolvimento (BAD), para co-financiar os custos do Projecto de Capacitação Institu-


O Governo de Angola (Governo) contraiu um empréstimo junto do Banco Africano de De-

cional para o Desenvolvimento do Sector Privado (PCIDSP) e pretende utilizar parte


deste crédito para o pagamento de serviços de uma empresa, visando o reforço das ca-
pacidades das micro, pequenas e médias empresas e dos formadores, através de soluções
de melhoria da sua competitividade, baseada na teoria de constraints, leanandsix sigma
(tls) e body knowledge em Angola.

O objectivo geral desta consultoria prende-se com (i) A realização de acções de formação
sobre a Theory of Constraints, Leanandsix Sigma (TLS), técnicas de melhoria de compe-
titividade para 150 formadores de formação (ToT), oriundos de MSMEs seleccionadas,
prestadores de serviços de formação e INAPEM - Instituto Nacional de Apoio às Peque-
nas e Médias Empresas em Angola; (ii) O seguimento da formação teórica sobre TLS e
ToT, realização de diagnósticos empresariais e análise das cadeias de valor, visando a
identificação dos pontos de estrangulamento e formulação de propostas de promoção
de oportunidades de negócios para 75 empresas angolanas, as quais serão seleciona-
das pelo INAPEM, tendo por base as cadeias de valor mais promissoras, fora dos sec-
tores petrolífero e diamantífero em Angola e; (iii) A implementação de soluções holísticas,
através de formação prática em exercício, baseada na Theory of Constraints, Leanand-
six Sigma and ToTs, virada para 150 empresas, visando a melhoria da sua produtividade
e competitividade.

Assim sendo, o PCIDSP vem, por esta via, convidar os consultores elegíveis a manifesta-
rem o seu interesse na prestação desses serviços. Os consultores interessados deverão
facultar informações, indicando que são qualificados para a execução destes trabalhos
(brochuras, descrição de serviços similares, experiência em condições similares, disponi-
bilidade de conhecimentos adequados entre a equipa, através de CVs, etc.). Os Gabinetes
de Consultoria poderão associar-se em joint-ventures, por forma a reforçar as suas chan-
ces de qualificação. Só gabinetes de consultoria de países membros do Banco Africano

dos países-membro está disponível no seguinte site: http://www.afdb.org/en/about-


de Desenvolvimento são elegíveis para submeterem manifestações de interesse (a lista

us/corporate-information/members/).

Os critérios de elegibilidade, o estabelecimento da lista restrita e os procedimentos de se-


lecção deverão estar de acordo com as “Regras e Procedimentos para o Recrutamento

vista em Julho de 2012, disponível no site do Banco (http://www.afdb.org).


de Consultores” do Banco Africano de Desenvolvimento, edição de Maio de 2008 e re-

As empresas interessadas poderão obter informações adicionais na Unidade de Ges-

11.º andar, Luanda, Angola, durante as horas normais de expediente (das 8h00
tão do Projecto, sita na Avenida do 1.º Congresso do MPLA, Edifício CIF Luanda One,

às16h00 locais).

submetidas, electronicamente, até às 15h00 do dia 30 de Setembro de 2019, o mais tar-


As Manifestações de Interesse deverão ser entregues no endereço abaixo indicado ou

dar e, deverão indicar o seguinte:

Reforço das capacidades das micro, pequenas e médias empresas e dos formado-
res, através de soluções de melhoria da sua competitividade, baseada na teoria de
constraints, leanandsix sigma (tls) e body knowledge em Angola”

Attn: Nunes Pires, Coordenador do Projecto

Projecto de Capacitação Institucional para o Desenvolvimento do Sector Privado


(PCIDSP), Avenida do 1.º Congresso do MPLA, Edifício CIF Luanda One, 11.º andar,
Luanda, Angola,
E-mail: projetodecapacitacao@mep.gov.ao.
Tel:+244/940-645-495
Luanda, 6 de Setembro de 2019.

O Coordenador do Projecto
Nunes Pires
(501.173) (501.164)
18 NECROLOGIA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

FALECEU FALECEU FALECEU FALECEU

SHAKIRA RENATA PEDRO AUGUSTO JOÃO MANUEL JOSÉ PEDRO CABANDA JUZENILTON RENATO DE SOUSA PAULO
TAVARES (Ny)

Lázaro Mendes Tavares Manuel (pai), Jóia Bernardo, Florinda Bernardo, Teresa Maria Isabel (Tia Bela), Carolina Ruth Mary de Sousa, João de Sousa (pais), Bucha, Macha, Larissa, Lúcio, Enzo (irmãos),
Palmira Cândido Lourenço Pedro (mãe), Bernardo, Oliveira Bernardo, Elizabeth Ber- (Tia Carol) (irmãs), filhos, sobrinhos e Júlio Gamboa, Noémia Campos, Cadú, Minnie, Lissa (primos) e demais familiares
Bernardo dos Passos Lourenço Pedro, nardo (irmãos), João Manuel, Cláudio, Con- demais familiares comunicam o fale- cumprem o doloroso dever de comunicar o falecimento de seu ente querido JUZENILTON
Assunção Pedro, Graziela do Carmo ceição, Genito, Nelson, Joe, Nelinho, Nelma, cimento de JOSÉ PEDRO CABANDA, RENATO DE SOUSA PAULO (Ny), ocorrido dia 16, segunda-feira, por doença. O funeral
Lourenço Pedro (tios), avós, irmãos e Mónica, Mário, Mimosa, Shakira, Gisela
ocorrido dia 17/9/2019,por doença. O realiza-se hoje, quinta-feira, dia 19 de Setembro de 2019, saindo de sua residência,
primos comunicam o falecimento da (filhos), sobrinhos, genros e noras comunicam
o falecimento de AUGUSTO JOÃO MANUEL, funeral realizar-se-á em data a anunciar no Valódia, às 10h00, para o cemitério de Sant´Ana. (12.702)
sua querida SHAKIRA RENATA PEDRO
TAVARES, ocorrido na terça-feira, ocorrido dia 16/9/19. O funeral realiza-se oportunamente. (12.720)
17/09/2019, por doença. Mais informam dia 20/9/19, no cemitério do Benfica, às
que o funeral se realizará em data a anun- 10h00, antecedido de velório, hoje, no
ciar oportunamente. (12.758) Quartel de Bombeiros, às 18h00. (12.745)

CONDOLÊNCIAS FALECEU CONDOLÊNCIAS MISSA

LUVUALU MICHEL ANTÓNIO LUMBO JOAQUINA ISILDA LIMA RAÚL MANUEL JOÃO NETO
(Pombal)
É com profunda dor, que a Direcção da Irmãos, sobrinhos, netos e demais A Direcção da CLínica Sagrada Esperança Maria Ondina Neto Pelinganga, Branca Neto do Espírito Santo, João M. Maria, Pombal
Empresa Nacional de Pontes comunica familiares comunicam o falecimento de cumpre o doloroso dever de comunicar Maria, Jaime Neto, Anica Neto Troso, Costa J. Neto e Emílio Neto (filhos), sobrinhos,
o falecimento do seu colega, chefe de seu ente querido, ANTÓNIO LUMBO, o falecimento de JOAQUINA ISILDA netos e demais familiares comunicam que será rezada Missa do 30.º Dia, em memória
Departamento de Contabilidade e Finan- ocorrido dia 15/9/2019, por doença. LIMA RAÚL, ocorrido dia 17/09/2019. de MANUEL JOÃO NETO (Pombal), amanhã, sexta-feira, 20 de Setembro de 2019, na
ças, Sr. LUVUALU MICHEL, ocorrido dia O funeral realiza-se hoje, quinta-feira, O funeral será realizado em data a anun- Igreja São José de Aquino, Urbanização Nova Vida, Rua 70. (12.697)
14 /9/2019, sábado, em Luanda. O óbito dia 19 de Setembro 2019, pelas 10h00, ciar. Nesta hora de dor e luto, a Direcção
decorre em sua residência, no Golf, frente no cemitério do Benfica. (12.735) da Clínica Sagrada Esperança e o
à Igreja Tocoísta. O funeral será realizado seu colectivo de trabalhadores endereçam
em data a anunciar oportunamente. à família enlutada os mais sentidos
(12.736) pêsames. (12.739)

PUBLICIDADE
RECORDAÇÃO FALECEU

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
2.ª SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA

ANÚNCIO 1.ª Publicação

O DOUTOR SÍLVIO SILVA, JUIZ DE DIREITO DA SEGUNDA SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA DO TRIBUNAL PRO-
ISABEL FERNANDO ISABEL CLARA PINTO VINCIAL DE LUANDA.
SAMBINGO (Mana Belita)
FAZ SABER QUE, por este Tribunal e nos autos de Divórcio Litigioso em que é requerente VEMBA MAVACALA, casado,
residente em Luanda, no Bairro Comandante Valódia, Avenida Hoji-ya- Henda, n.º 29, 4.º Andar, Apartamento 18, e ré
Mãe, minha Isabelita, que saudades Maria da Conceição Esteves (mãe), Morais
GODELINA NDIMU ZOLA, casada, ausente, em parte incerta, correm éditos de TRINTA DIAS, a partir da data da segunda
mamã. Sete longos meses se passaram, Pinto David, Nazaré Augusta Esteves, Ana e última publicação, citando a Requerida, para no prazo de TRINTA DIAS, findo o dos éditos, contestar, querendo,
as saudades só aumentam, tanta falta Cristina, Feleciano Mateus, Rui Jorge o pedido formulado pelo requerido na referida acção, conforme a petição inicial, cujo duplicado se acha patente no Cartório
nos fazes mamã. Que a terra te seja leve, Mateus, Sara Márcia (irmãos) e demais desta Secção, sito na Rua número Cinquenta e Quatro, Projecto Nova Vida, Primeiro Andar, Edifício Alves Monteiro,
minha mãe, olhai por nós teus filhos, familiares comunicam o falecimento de em Luanda.
sobrinhos, netos e bisnetos. (12.742) sua querida, ISABEL CLARA PINTO (Mana
Belita), ocorrido dia 16 de Setembro de Luanda, 28 de Junho de 2019.-
2019. O funeral realiza-se hoje, dia
19/9/2019, no cemitério de Sant'Ana, às O JUIZ DE DIREITOA AJUDANTE DE ESCRIVÃ DE DIREITO
/Dr. SÍLVIO SILVA/ /MARISA DE FÁTIMA/
10h00. (12.676) (12.706)

FALECEU CONDOLÊNCIAS

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO
INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA
DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO UÍGE

EDITAL N.º42/019
PROCESSO DE CONCESSÃO N.º 62-UE-019
MADALENA MARIA ANTÓNIA MANUEL DOS
Tendo, o Senhor MANUEL AFONSO, requerido a Concessão por Direito de Superfície de uma parcela de Terreno rural, com uma área
SANTOS TORRES BENJAMIM de 3 hectares (três hectares) para fins de exploração Agrícola, sito na área da Aldeia Quimaquila, Município do Uíge, Província do Uíge,
feita a Demarcação Provisória, a mesma ficou com as seguintes confrontações: Norte: Com Terrenos de Terceiros não Cadastrados,
Muluta Prata, Caty Muluta Pacelly e Bela Foi com profunda consternação que os Sul: Com a Picada que liga a Aldeia Quimaquila, Este: Com o Rio Paco, Oeste: Com Terrenos de Terceiros não Cadastrados.
Muluta (filhos) cumprem o doloroso primos Anttenor Vieira Dias, Dina, Gira,
dever de comunicar o falecimento da Novinha, Walter, Nininha, Mimosa, Batocas, São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se julgarem com direitos sobre o mesmo terreno, a virem comprová-lo neste De-
partamento Provincial do Instituto Geográfico e Cadastral de Angola, no prazo de Trinta (30) dias a contar da data da publicação
sua querida, MADALENA MARIA, ocorrido Filipito e Fernandinho tomaram conhe-
deste Edital.
no dia 18 de Setembro de 2019, no Hospital cimento do passamento físico de sua
Central de Benguela, por doença. querida ANTÓNIA MANUEL DOS SANTOS DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA, NO UÍGE, AOS 03 DE JUNHO DE 2019
O funeral realizar-se-á em data a anunciar TORRES BENJAMIM, ocorrido dia 13/9/2019,
na Cidade de Benguela. e endereçam as mais sentidas condolências O CHEFE DO DEPARTAMENTO PROVINCIAL
(12.748) às irmãs, filhos: Sequeira, Mizé, Edgar, JUSTINO LOURENÇO KUIASSANA
Lay, Jú e Clementina. (12.673R) Geógrafo (12703)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 8H ÀS 14H
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 19
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DE RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS
MINISTÉRIO DE RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS
DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS
EDITAL N.º 18/DNRM/2018
EDITAL N.º 17/DNRM/2018 2.º AVISO
2.º AVISO
Em conformidade com o estipulado no artigo 104.º do Código Mineiro, e tendo em conta que a
Em conformidade com o estipulado no artigo 104.º do Código Mineiro e tendo em conta que a Em-
Empresa EDM - CORPORATION BUSINESS INVEST, LDA. requereu os direitos mineiros para
presa EDM-CORPORATION BUSINESS INVEST, LDA. requereu os direitos mineiros para a pros-
pecção de Granito, numa superfície de 50 ha, situada na localidade de Tchintchilo/Tchiquatite,
a prospecção de Granito, numa superfície de 50 ha, situada na localidade da Chibemba,
Comuna da Capunda e Cavilongo, Município da Chibia, Província da Huíla, com as coordenadas Comuna da Chibemba, Município dos Gambos, Província da Huíla, com as coordenadas geo-
geográficas a seguir discriminadas, são notificadas todas as pessoas singulares ou colectivas gráficas a seguir discriminadas; são notificadas todas as pessoas singulares ou colectivas para
para junto à Direcção Nacional dos Recursos Minerais fazerem valer os seus direitos, sob pena de junto à Direcção Nacional dos Recursos Minerais fazerem valer os seus direitos, sob pena de
preclusão do direito à reclamação, no prazo de 15 (Quinze) dias, a contar da data da publicação preclusão do direito à reclamação, no prazo de 15 (Quinze) dias, a contar da data da publicação
deste Edital. deste Edital.
Vértice Latitude Longitude
Vértice Latitude Longitude
A 15º 13´ 22´´S 14º 05´46´´E A 15º 41´ 54´´S 14º 03´05´´E
B 15º 13´ 28´´S 14º 05´27´´E B 15º 41´ 54´´S 14º 03´45´´E
C 15º 13´ 15´´S 14º 05´22´´E C 15º 42´ 06´´S 14º 03´05´´E
D 15º 13´ 09´´S 14º 05´40´´E D 15º 42´ 06´´S 14º 03´45´´E

DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS, em Luanda, aos 26 de Junho de 2018.


DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS, em Luanda, aos 26 de Junho de 2018.
O DIRECTOR NACIONAL
O DIRECTOR NACIONAL
André Francisco Buta Neto André Francisco Buta Neto
(12514a) (12.514b)

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DE RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS
DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS
ABANDONO DE TRABALHO
EDITAL N.º 19/DNRM/2018 TEST ANGOLA - TECNOLOGIA E SERVIÇOS PETROLÍFEROS, LIMITADA, socie-
2.º AVISO dade comercial constituída de acordo com as leis de Angola vem, pela presente, co-
municar ao trabalhador LUÍS KUMANDA TATI, que se encontra em situação de
Em conformidade com o estipulado no artigo 104.º do Código Mineiro e tendo em conta que a Em- abandono do trabalho, pelo facto de estar ausente do seu local de trabalho desde o
presa EDM-CORPORATION BUSINESS INVEST, LDA, requereu os direitos mineiros para a pros-
dia 21 de Julho de 2019.
pecção de Granito, numa superfície de 50 ha, situada na localidade daTulunga, Comuna da Quihita,
Município da Chibia, Província da Huíla, com as coordenadas geográficas a seguir discriminadas,
Mais informa que, nos termos do disposto no artigo 229.º, n.º 4, da Lei Geral do Tra-
são notificadas todas as pessoas singulares ou colectivas para junto à Direcção Nacional dos Re-
cursos Minerais fazerem valer os seus direitos, sob pena de preclusão do direito à reclamação, no
balho – (“LGT”), aprovada pela Lei n.º 7/15, de 15 de Junho, dispõe o referido traba-
prazo de 15 (Quinze) dias, a contar da data da publicação deste Edital. lhador de 5 (cinco) dias úteis a contar da data da publicação do presente anúncio
para justificar documentalmente a sua ausência e a impossibilidade de ter cumprido
Vértice Latitude Longitude a obrigação de informação e justificação da ausência nos prazos previstos no artigo
A 15º 21´ 08´´S 13º 50´18´´E 144.º do mesmo diploma legal.
B 15º 21´ 29´´S 13º 50´43´´E
C 15º 21´ 41´´S 13º 50´32´´E A não justificação atempada valerá como rescisão do contrato de trabalho com a
TEST ANGOLA, sem justa causa e sem aviso prévio, com as inerentes consequên-
D 15º 21´ 22´´S 13º 50´08´´E
cias legais.
DIRECÇÃO NACIONAL DE RECURSOS MINERAIS, em Luanda, aos 26 de Junho de 2018.
Luanda, aos 13 de Setembro de 2019.
O DIRECTOR NACIONAL
André Francisco Buta Neto A Gerência
(12514c) (12.603)

(FED/2017/389-710)
FUNDO DE APOIO SOCIAL
PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO LOCAL – PDL (Ang-87730-IBRD)
N.º 08-C/FAS-PDL-DG/17
SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA CONTRATAÇÃO DE UM
SUBVENÇÕES FRESAN ESPECIALISTA EM SALVAGUARDAS AMBIENTAIS E SOCIAIS

O Governo da República de Angola recebeu um financiamento do Banco Mundial, ao abrigo do acordo de crédito
O Camões, I.P. convida as organizações da sociedade civil a candidatarem-se, no período N.º 87730-IBRD, para custear o Projecto de Desenvolvimento Local (PDL), a ser implementado pelo FAS no período
que decorre entre às 9h00 do dia 15 de Agosto de 2019 e às 24h00 do dia 14 de Outubro de 2011 a 2022 que tem como finalidade melhorar o acesso das populações a serviços sociais básicos e oportunidades
de 2019, hora de Lisboa, ao co-financiamento dos seus projectos, através de contratos de económicas, bem como aumentar as capacidades de planeamento e de gestão do desenvolvimento local dos Municí-
pios alvo. O referido projecto compreende três componentes chave de entre as quais se destaca o Ciclo de Investimento
subvenção, para a execução de acções no âmbito do FRESAN - Fortalecimento da Resi- Participativo e Desenvolvimento Local, que está a ser implementada em Setenta Municípios das 18 Províncias do País.
liência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (Huíla, Namibe ou Cunene), nas Para o efeito, o Fundo de Apoio Social pretende contratar um Especialista em Salvaguardas Ambientais e Sociais,
seguintes áreas: com as seguintes qualificações:
i. Licenciatura em Desenvolvimento Rural ou Gestão de Recursos Naturais;
ii. 5 Anos de experiência em aquisições em projectos financiados pelo Banco mundial e outras entidades multilaterais.
1. Projectos com foco no acesso à água iii. Conhecimento das Políticas de Salvaguardas e dos procedimentos e normas do Banco Mundial.
2. Projectos de promoção de segurança alimentar e nutricional iv. Inclusão de Género e grupos vulneráveis;
3. Pequenas iniciativas de transformação e comercialização v. Fluência oral e escrita nas línguas Portuguesa e Inglesa
Os consultores serão seleccionados de acordo com os procedimentos contidos nas Directrizes do Banco Mundial: Se-
lecção e Contratação de Consultores [em Empréstimos BIRD e Créditos AID & Garantias] pelos Mutuários do Banco
O montante total disponível para co-financiamento é 12.337.500,00 Euros. Mundial (publicado em Janeiro de 2011, revisadas em Julho de 2014).
Para mais informações, consultar: www.instituto-camoes.pt ou os seguintes e-mail (de Os interessados deverão obter informações adicionais no endereço abaixo indicado das 8:30h às 15:30h e as mani-
acordo com o convite a que se candidata): convite1fresan@camoes.mne.pt; convite2fre- festações de interesse acompanhadas do Curriculum Vitae, devem ser entregues no mesmo endereço até ao dia 12
de Outubro de 2019.
san@camoes.mne.pt; convite3fresan@camoes.mne.pt
FUNDO DE APOIO SOCIAL
O Projecto FRESAN é uma Acção financiada pela União Europeia e gerida pelo Camões, IP. Projecto de Desenvolvimento Local-PDL
Attn: Eng.º André Jerónimo Romeu
Rua do IFAL, Edifício do ENAPP, 3.º andar - Talatona
Luanda-Angola
Tel. 923 483 873
E-mail: romeuandre@yahoo.com.br

O DIRECTOR GERAL
Acção financiada pela UE Acção gerida pelo Camões, IP (11.581) BELARMINO JELEMBI (12589)
20 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

(Continua na pág 21)


Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 21
PUBLICIDADE

(Continua na pág. 22)


22 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

(501209)

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
3.ª SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA

ANÚNCIO 2.ª PUBLICAÇÃO


Habilite-se a uma vaga de emprego fazendo um curso de Culinária no
Pelo Tribunal Provincial de Luanda, Terceira Secção da Sala de Família, e nos autos de Regu-
Centro de Formação Profissional ARIKAVIC lação do Exercício Único da Autoridade Paternal, sob n.º 1099/18-A, que corre seus termos
nesta Secção, em que é Autora a digna curadora de menores e requeridos Conceição Domin-
gos Manuel, residente nesta cidade e Neckuman Spencer Célio Silvestre, residente em parte
incerta, é este citado, para no prazo de 30 (trinta) dias, com a dilação de 30 (trinta) dias, a contar
Há Vagas Para Professores da segunda e última publicação deste anúncio, contestar, querendo, o pedido formulado pela
Autora, e comunicamos-lhe que a falta de contestação, não importa a confissão dos factos ar-
ticulados na petição inicial, cujo duplicado se encontra no Cartório deste Tribunal, sito no Projecto
Endereço: Bairro Benfica Zona Verde 3, Rua 21 Nova Vida, rua 53, sala 24, 1.º andar, para lhe ser entregue.

Luanda, 15 de Agosto de 2019.


CONTACTOS: 222 013 129 / 932 233 939
A Juíza de Direito A Escrivã de Direito
E-mail: arikavicinvest@hotmail.com Dr.ª Maria Aldina Mendes de Carvalho Delfina Malesso Joaquim Jaime
(12.481) (12.542)

RECRUTAMENTO
ELIMY METAL (SU), LDA, empresa de direito angolano, com sede social no pólo Industrial e Viana
Zona nº 1, Município de Viana, Província de Luanda, exercendo actividade de fabricação de pro-
dutos metálicos, esta contratar quadros nacionais para preencher as seguintes vagas:
5 (Cinco) Engenheiro de fornos. GRANITOS, MÁRMORE E OUTROS
Requisitos: Estamos a Recrutar:
- Formação superior e engenharia industrial;
- Experiencia 5 anos no sector de transformação de aluminios;
- Conhecimento sólido em informática na óptica do utilizador * Canteiro (Com Experiência em Transformação de Pedra)
- Bom nível na língua Inglesa e francesa.
* Administrativo (3 anos de experiência):
9 (Nove) Mestres de fornos.
Conhecimento Programa de Facturação Primavera;
Requisitos:
- Formação Média ou superior e engenharia industrial;
* Marketing/Vendas (Estratégias de ampliação de Vendas)
- Experiencia 5 anos no sector de transformação de aluminios;
- Conhecimento sólido em informática na óptica do utilizador ENDEREÇO:
- Bom nível na língua Inglesa e francesa.
Estrada de Viana, Km 25
Submissão de Candidaturas: Os candidatos poderãso remeter os seus respectivos curriculum para o
endereço electrónico elimymetalrh@gmail.com, ate o limite de 10 dias a contar do presente anúncio. Tel.: (+244) 946600163 / 938422420 - Email: tm.ladystone@gmail.com
(12734) (12394a)
REGIÕES Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 23
GOVERNADOR AUSCULTA ALTA AUTORIDADE TRADICIONAL DENÚNCIA DA POLÍCIA NO BIÉ
NICOLAU VASCO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Garimpeiros actuam
na calada da noite
Mário de Carvalho | Cuito a Polícia na denúncia daqueles
que realizam acções ilegais,
Vários grupos de cidadãos principalmente no período noc-
angolanos, que anteriormente turno. Precisamos do apoio
trabalhavam para empresas nesta vertente, quer das auto-
diamantíferas estrangeiras, ridades tradicionais quer dos
estão a garimpar diamante habitantes das localidades dia-
em várias regiões da província mantíferas,” realçou.
do Bié. A informação foi pres- No âmbito da “Operação
tada à imprensa pelo porta- “Transparência”, que visa o
voz do Comando Provincial combate à imigração ilegal,
da Polícia, super intendente exploração ilícita de diamantes
-chefe António Hossi. e o contrabando de combus-
“Estes elementos, apro- tíveis, as forças da ordem rea-
veitam-se da ausência das lizaram três micro -operações
autoridades policiais na calada nos municípios do Cuito,
da noite para garimpar. Entre- Andulo e Nharêa, que resul-
tanto, a Polícia está no encalço taram na detenção de 10 pes-
destes marginais, com a rea- soas implicadas no tráfico de
lização de micro -operações dentes de rinoceronte, quatro
, cujos resultados têm sido quilos de ouro e quatro pedras
positivos”, frisou António de diamante. Por outro lado,
Hossi, sem dar detalhes de o porta-voz da Polícia infor-
tais resultados. mou que, no âmbito do Pro-
O oficial superior da cor- grama de Desarmamento da
poração angolana apela a popu- População, foram destruídos
lação das áreas diamantíferas centenas de projécteis, várias
na província a denunciar as minas anti-tanque em estado
“movimentações estranhas” obsoleto e milhares de muni-
de estrangeiros. “Pensamos ções, recolhidos em várias
que todos devem colaborar com regiões da província.

UÍGE
JOAQUIM JÚNIOR | EDIÇÕES NOVEMVBRO

Rei Mwene Vunongue VIII abordou com o governador Júlio Bessa a estiagem que assola várias zonas do Cuando Cubango

Rei de Menongue quer mais


apoio para os camponeses
A alta autoridade tradicional pediu ao governador para que se crie um sistema
Centenas de crianças foram retiradas de escolas precárias
célere para a distribuição de imputes agrícolas aos camponeses da província

Weza Pascoal | Menongue

O rei de Menongue, Mwene


cia, com realce para as
sementes de milho, feijão,
massango, massambala, os
efeitos da seca o mais rápido
possível”, frisou.
O rei disse ao governador
O Jornal de Angola apurou
que os meios recolhidos estão
a ser transportados por uma
750 alunos deixam
Vunongue VIII, entronizado
recentemente no cargo, soli-
citou, ontem, ao governador
adubos e charruas, de formas
a evitar-se que, no próximo
ano, as pessoas sejam nova-
que, as estradas debilitadas
impedem o escoamento dos
produtos do campo para os
aeronave missionária da UIEA
para as referidas localidades.
O vice-presidente regional
de estudar ao relento
da província do Cuando mente afectadas pela seca”. diversos mercados da pro- das Igrejas Evangélicas do Joaquim Júnior | Uíge cárias . Hoje compensamos
Cubango, Júlio Bessa, maior víncia.“A questão das estradas Cuando Cubango, pastor estes prejuízos erguendo um
celeridade na distribuição também já consta das preo- Augusto Job, disse que a direc- Umtotal de 750 alunos da loca- edifício com melhores con-
dos imputes agrícolas, “para cupações do nosso governador ção da UIEA mobilizou fiéis lidade do Gombe, município dições e mais espaçoso”, disse.
permitir aos camponeses das “Decidimos fazer mas devemos ter um pouco em todo o país para acudir, de do Bungo, província do Uíge, Pinda Simão sublinhou que
diferentes localidades do inte- uma contribuição de paciência porque a situação alguma forma, as dificuldades deixou, desde ontem, de estudar um dos grandes inimigos no
rior da província identifica- deste género, tendo de construção de estradas é dos afectados pela estiagem em condições provisórias, com processo de ensino e apren-
rem novas zonas de cultivo em conta as de âmbito nacional e não na região Leste da província a inauguração de uma escola dizagem é a interrupção das
junto aos rios, riacho ou pra- possibilidades dos local”, explicou o rei à saída do Cuando Cubango. com sete salas, pelo governador aulas, porque retarda o apro-
darias para fazer face a uma nossos fiéis, da audiência. “Decidimos fazer uma con- do Uíge, Pinda Simão. veitamento escolar. “A criança
eventual escassez de chuvas”. para acudir tribuição deste género, tendo O empreendimento, que que vai à escola deve terminar
Durante a audiência que urgentemente os Igrejas Evangélicas em conta as possibilidades dos comporta uma área para os ser- cada ciclo e sair com conhe-
lhe foi concedida pelo gover- irmãos vítimas da fazem doação nossos fiéis, para acudir urgen- viços administrativos, pedagó- cimentos sem interromper o
nador , o rei Mwene Vunongue seca” A União das Igrejas Evangélicas temente os irmãos vítimas da gicos e de higiene, foi construído ano lectivo. Daí foram tomadas
VIII pediu a criação de equipas de Angola (UIEA) doou, ontem, seca”, sublinhou, acrescen- emapenas110dias,dadaaurgên- medidas urgentes para repor
especializadas para ajudarem na cidade de Menongue, cerca tando que “a população que cia que se impunha, já que os as condições necessárias para
os camponeses da região na de três toneladas de bens diver- está a receber ajuda deve guar- alunos da comunidade estuda- motivar os alunos a permane-
escolha dos solos férteis, “para O Rei considerou necessário sos para apoiar às vítimas da dar um pouco dos produtos vam ao relento e outros estavam cerem no sistema de ensino”,
facilitar a produção de ali- incentivar a população, sobre- seca dos municípios do Cuan- para utilizar como sementes confinados numa estrutura feita referiu. O governador apelou
mentos com fartura, sob pena tudo as que vivem nas zonas gar, Calai, Dirico, Rivungo e na próxima campanha agrícola, de chapas de zinco. a comunidade do Gombe a
de, no próximo ano, voltarem ribeirinhas, para não esperarem Mavinga, localidades mais caso haja chuva. É uma forma Pinda Simão disse que conservar o estabelecimento
a acontecer episódios tristes pelas chuvas, e “começarem atingidas na região por este de prevenir eventuais casos estão criadas as condições escolar , “como forma de poupar
de pessoas a morrerem por já a cultivar” para minimizar fenómeno natural. como este”. para melhor acomodação de recursos” e permitir que o
falta de comida”. a carência de alimentos. “Deve- Constam do donativo milho, A alta autoridade tradicional alunos e professores, e para mesmo sirva gerações vindou-
“Actualmente”, disse a mos incentivar os que residem massango,bombó, fuba de disse que pediu ao governador uma aprendizagem de qua- ras. “Estão criadas as condições
alta autoridade tradicional, próximo dos rios para come- milho, feijão-frade, macunde, para manter a divulgação da lidade. “Em Fevereiro passado para proporcionar boas práticas
“a população está a sofrer por çarem imediatamente a cul- entre outros produtos, arre- cultura da provincia, como , por conta das chuvas, a estru- pedagógicas e melhores opor-
falta de alimentos, razão pela tivar.Temos de lhes entregar cadados através de uma cam- a realização sistemática dos tura escolar antiga ficou des- tunidades de assimilação de
qual deve-se distribuir impu- sementes, incluindo as de hor- panha de solidariedade rituais de dança e sessões cul- truída e os alunos ficaram a conhecimentos, cuidem bem
tes agrícolas com antecedên- taliças, com vista a mitigar os desencadeada por fiéis da igreja. turais com palhaços. estudar em condições pre- deste bem público”, aconselhou.
24 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

OFERTA DE EMPREGO N.º____ Setembro de 2019


GESTOR DO PROGRAMA DA BACIA DO OKAVANGO
REPÚBLICA DE ANGOLA
A ACADIR (Associação de Conservação de Ambiente e Desenvolvimento Integral Rural) foi MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E FLORESTAS
fundada em 2001 como organização não-governamental, sendo a maior parte das suas actividades Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística
concentrada na Província do Cuando Cubango, onde opera há mais de 15 anos. O principal mandato
da ACADIR é a protecção e conservação dos recursos ambientais e o desenvolvimento sustentável Anúncio de Abertura de Procedimento de Concurso Público
das comunidades, nos termos dos seus Estatutos, da Lei Constitucional da República de Angola e
de qualquer outra legislação em vigor. A ACADIR está a colaborar com The Nature Conservancy CONCURSO PÚBLICO N.º 001/GEPE/MINAGRIF/2019
(TNC) para desenvolver e levar à prática acções especificamente bem orientadas na Província do
Cuando Cubango. O Ministério da Agricultura e Florestas vem tornar público, nos termos do disposto no n.°
1 do artigo 69.° e do Anexo VI, da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho - Lei dos Contratos Públi-
TNC é uma das maiores organizações de conservação do mundo, cuja missão é de proteger as terras
cos, que está aberto o Concurso Público para Fiscalização da Empreitada do Projecto
e as águas de que toda a vida depende. TNC tem programas em 72 países e tem ao seu serviço al-
de Construção de Infra-estruturas para a Irrigação e Fornecimento de Equipamentos de
guns dos mais eminentes cientistas do mundo em matéria de conservação, e encarna algumas das
Quizenga - Província de Malanje.
melhores capacidades de resolver questões de conservação na devida escala e criar parcerias com
vista ao alcance do desenvolvimento sustentável. No âmbito desta colaboração, a ACADIR está a
proceder ao recrutamento de um técnico para o posto de “Gestor do Programa da Bacia do Oka- 1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)
vango”, que vai estar em função a partir de Luanda. O referido técnico (ou a referida técnica) será o
chefe (ou a chefe) da equipa e o gestor (ou a gestora) do trabalho emergente de TNC no curso supe- 1.1 Designação (UO/OD): Ministério da Agricultura e Florestas
rior da Bacia do Okavango em Angola, em parceria com a ACADIR. 1.2 Endereço: Largo António Jacinto “largo dos Ministérios” Edifício B, 2.º andar, Gabinete
de Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE), Luanda - Angola
A pessoa que será recrutada responsabilizar-se-á pela coordenação, planificação e implementação 1.3 Telefone: 00244 22 2321943
da Estratégia de TNC no Okavango e pelo desenvolvimento de parcerias com o governo, a sociedade 1.4 E-mail: gepe.minagrif19cp@gmail.com
civil e parceiros na comunidade local, com vista a uma implementação eficaz e harmoniosa da estra- 1.5 Tipo de Entidade contratante e suas principais actividades: A entidade Contra-
tégia de TNC de protecção das águas das nascentes na parte angolana da bacia. Guiar-se-á pelas
tante é uma pessoa colectiva de direito público, que integra a Administração do Estado,
Estratégias de The Nature Conservancy ao nível da Região África e do Mundo. Os candidatos inte-
que goza de personalidade e capacidade jurídica e é de autonomia administrativa, patri-
ressados devem fazer chegar uma carta de motivação e o seu currículo vitae ao endereço abaixo in-
monial e financeira.
dicado, bem como dirigir os seus pedidos para termos de referência mais detalhados:
1.6 A EPC está a contratar por conta de outas entidades? Não
Sr. António Chipita, através do correio electrónico antoniochipita2012@gmail.com ou pelo terminal
telefónico +244 931 379 906 2. Informações Relativas ao Contrato
2.1 Local da realização da Fiscalização: Quizenga – Província de Malanje
Associação de Conservação do Ambiente e Desenvolvimento Integrado Rural 2.2 O concurso implica a celebração de um contrato público: Sim
Rua 1.º de Maio de Menongue, entre os edifícios do MAPESS e MINARS 2.3 O Concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras: Não
C. P. 34 - Menongue, Cuando Cubango, Angola, Telefax: +244 -2492 -82021 2.4 Breve descrição de prestações objecto do Concurso: Fiscalização da Empreitada
e-mail: aacadir@yahoo.com.br do Projecto de Construção de Infra-estruturas para a Irrigação e Fornecimento de Equi-
pamentos de Quizenga – Província de Malanje.
Data de encerramento das candidaturas: 23 de Setembro de 2019.
(12.311)
2.5 Prazo de Execusão: 36 (Trinta e Seis) meses

3. Informações Relativas aos Concorrentes e às Propostas


3.1 Documentos de Habilitação:
a. Registo Comercial de Constituição e de alteração do Pacto Social;
b. Cópia da Publicação do Pacto Social no Diário da República;
c. Cópia do Cartão de Contribuinte;
COMUNICADO d. Certificado do Registo Estatístico;
e. Certidão Contribuitiva original ou cópia autenticada – emitida pelo Instituto Nacional
AUTO DE ABANDONO de Segurança Social (INSS);
f. Alvará emitido pelo Instituto Regulador da Construção Civil e Obras Públicas;
g. Álvará Comercial;
A Angola Telecom, E.P. serve-se do presente para convocar os senhores
h. Comprovativo da Titularidade de Habilitação Profissional;
GERSON JOÃO MANUEL, DULCE OLIVEIRA SANTOS BASTOS, i. Comprovativo de entrega da Declaração fiscal mais recente.
CARLOTA MANUEL JOÃO MODIZ, MÉRCIA PAULO CAMATI, CIPRIANO 3.2 Admissão de propostas variantes: Não
3.3 Exigências de caução provisória: Não
MBIZI MENO, MIRNA CECÍLIA SEPÚLVEDA, MANGAKA JÚNIOR
DOMINGOS, BRUNO PONTES VIGÁRIO E JUDICE, MIGUEL ANTÓNIO 4. Critério de adjudicação: Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta
JOÃO ISABEL, HERATA HELENA DA SILVA, JOAQUIM BATALHA JÚNIOR os factores enunciados nas peças do procedimento.

e AUGUSTO DA SILVA SACHONHA , para no prazo de 5 (cinco) dias úteis 5. Processos:


após a presente publicação, provarem documentalmente as razões das suas 5.1 Condições para a obtenção das peças do procedimento: Pagamento de
ausências e a falta de comunicação, nos termos do artigo 144.º da LGT, visto 100.000,00 kz (Cem Mil Kwanzas) não reembolsáveis.
5.2 As peças do procedimento e os documentos estarão disponíveis a partir da data de
não terem regressado ao seu posto de trabalho, após terem solicitado suspen- publicação do presente anúncio, dia 18 de Setembro de 2019, das 8h00 as 15h30.
são jurídico-laboral e licença sem remuneração. 5.3 Prazo para apresentação de Propostas: 9 de Outubro de 2019, até às 15h00.

6. Informações complementares:
Caso não justifiquem a ausência no prazo referido, a empresa deverá consi- 6.1 Endereço e ponto de contacto onde podem ser obtidas as informações adicionais, as
derar a sua conduta como efectivo abandono do posto de trabalho, cessando peças do procedimento e enviadas as propostas: Gabinete de Estudos, Planeamento e
Estatística (GEPE) Ministério da Agricultura e Florestas Edifício B, 2.º andar
a responsabilidade com a entidade empregadora e concomitantemente o seu
6.2 Designação Oficial: Ministério da Agricultura e Florestas
vínculo laboral, nos termos da alínea c) do n.º 5 do artigo 229.º da lei supra 6.3 Endereço: Largo António Jacinto “ largo dos Ministérios” Edifício B, 2.º andar, Gabi-
mencionada. nete de Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE), Luanda – Angola
6.4Telefone: 00244 222 321943
6.5 E-mail:gepe.minagrif19cp@gmail.com
Direcção de Comunicação Institucional da Angola Telecom, em Luanda,
aos 18 de Setembro de 2019. Gabinete de Estudos Planeamento e Estatística do Ministério da Agricultura e
Florestas, em Luanda, aos 18 de Setembro de 2019.

Angola Telecom O DIRECTOR


Um toque amigo ANDERSON RENATO DE BRITO JERÓNIMO
(12522) (12577)
Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 25
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DOS RECURSOS MINERAIS E PETRÓLEOS
INSTITUTO REGULADOR DOS DERIVADOS DO PETRÓLEO
IRDP

AVISO N.º 01/2019


de 12 de Setembro

CONCURSO PÚBLICO n.º 01/2019, de 12 de Setembro

O Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo (IRDP) vem tornar público, nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho - Lei dos
Contratos Públicos, que está aberto o Concurso Público para aquisição de Software de Gestão do Sistema do Sector de Derivados do Petróleo.

1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC)

1.1. Designação (UO / OD): Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo.


1.2. Endereço: Rua João de Deus, N.º 55, Vila Alice, Distrito Urbano do Rangel.
1.3. Localidade: Luanda.
1.4. Província: Luanda.
1.5. Telefone/Fax: +244 - 936 715 058 - 936 715 027.
1.6. Correio electrónico / Endereço internet (URL): informe@irdp.gov.ao.
1.7. Tipo de Entidade Contratante e suas principais actividades: Instituto Público do sector económico-produtivo, responsável pela regulamentação do Sector dos Derivados do
Petróleo.
1.8. A EPC está a contratar por conta de outras entidades? Sim X Não
2. Informações relativas ao contrato

2.1. Designação dada ao contrato pela EPC: Aquisição de Software de Gestão do Sistema do Sector de Derivados do Petróleo.

2.2. Tipo de contrato: Empreitada de obras públicas


Aquisição de bens móveis
Aquisição de serviços
Serviço de consultoria
Locação de bens móveis
Concessão de obras públicas
Concessão de serviços públicos
Outro Qual: Bem de Capital – Bem Intangível X
2.3. Local da realização das obras, da entrega dos bens ou da prestação dos serviços: Rua João de Deus, N.º 55, Vila Alice, Distrito Urbano do Rangel – Província de Luanda.

2.4. O concurso implica a celebração de um contrato: X Sim Não

2.5. O concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras: Sim X Não

2.6. Breve descrição das prestações objecto do contrato: Aquisição de Software de Gestão do Sistema do Sector de Derivados do Petróleo.
2.7. Prazo de execução do contrato:12 (Doze) Meses

3. Informações relativas aos concorrentes e às propostas

3.1. Documentos de habilitação: Conforme estabelecido no n.º 1 do artigo 58.º da LCP.

3.2. Admissão de propostas variantes: Sim X Não

3.3. Exigência de caução provisória: Sim X Não

4. Critério de adjudicação

Preço mais baixo;


Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta os factores enunciados nas peças do procedimento. X
5. Processo

5.1. Condições para obtenção das peças do procedimento: Gratuito.


5.1.1. Prazo para recepção de pedidos das peças do procedimento ou para aceder aos documentos:
Data: 30 de Setembro de 2019 Hora: 14h30
5.2 Prazo para a apresentação das propostas:
Data: 28 de Outubro de 2019 Hora: 09h00_14h30.

6. Informações Complementares

6.1. Endereço e ponto de contacto onde podem ser obtidas as informações adicionais, as peças do procedimento e enviadas as propostas:
61.1. Designação oficial: Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo.
6.1.2. Endereço: Rua João de Deus, N.º 55, Vila Alice, Distrito Urbano do Rangel.
6.1.3. Localidade: Luanda.
6.1.4. Província: Luanda.
6.1.5. Telefone/Fax: +244 936 715 058 – 936 715 027.
6.1.6. Correio electrónico/Endereço internet (URL): informe@irdp.gov.ao.

INSTITUTO REGULADOR DOS DERIVADOS DO PETRÓLEO, em Luanda, aos 12 de Setembro de 2019.

O DIRECTOR GERAL,
ALBINO FERREIRA
(501.210)
26 SOCIEDADE Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

CRIMINALIDADE IGREJA METODISTA UNIDA DE ANGOLA


MARIA AUGUSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Bispo defende extensão


geral do Acordo-Quadro
César Esteves dade angolano e de todas as
instituições existentes no
país, que têm o dever moral
A Igreja Metodista Unidadede de auxiliar o Estado em áreas
Angola quer ver reconhecidos como, por exemplo, do ensino
juridicamente os casamentos superior. A mais alta entidade
celebrados naquela congre- da Igreja Metodista Unida em
gação religiosa, a exemplo da Angola disse, por outro lado,
Católica que viu ratificada esta que a instituição tem também,
acção, através do Acordo-Qua- em quase todas as províncias
dro rubricado entre o Governo do país, muitas infra-estru-
angolano e o Vaticano. turas destruídas no período
O desejo foi manifestado de guerra, que carecem de
pelo bispo da Igreja Metodista reparação.
Unida em Angola, Gaspar João Admitiu que muitas infra-
Domingos, à margem da con- estruturas, no quadro da Igreja
ferência conjunta das asso- Católica e do movimento das
ciações africanas das insti- igrejas protestantes, foram já
tuições de ensino da referida reabilitadas, mas, apesar disso,
igreja, referindo que tais bene- ainda existem muitas outras
fícios não deviam ser uma que carecem de reparação.
exclusividade da Igreja Cató- De acordo com o bispo Gas-
lica, mas sim extensivos a par João Domingos, boa parte
outras denominação religiosas destas infra-estruturas ser-
que operam no país. viram muitos dos filhos desta
“Temos que deixar um terra que hoje estão no aparelho
pouco de lado a questão da do Estado. Acrescentou que
relação entre Estados, para as mesmas mereceram a aten-
vermos às instituições que ção do Estado, no sentido de
temos no nosso país, que tam- continuarem a servir a Nação
Peças de vestuário no valor de 600 mil kwanzas foram roubadas numa boutique no bairro Mártires de Kifangondo bém são merecedoras de rea- e a sociedade como um todo.
lizar casamentos e baptismos”, O Acordo-Quadro, assi-
frisou o religioso. nado no Vaticano entre Go-

Agente detido por assaltar Em seu entender, o Estado


angolano deve, no interesse
de fazer justiça, honrar tam-
bém as igrejas protestantes.
“Essa é a natureza da gran-
verno e Vaticano, vai evitar a
dupla cerimónia de casamento
(civil e religioso- católico) e
passará a ter cunho jurídico,
a partir de um processo de

uma boutique em Luanda de parceria que entendemos


que podemos realizar com
o Governo”, realçou, para
acrescentar que o Governo
deve estar aberto para outras
transcrição dos documentos
da Igreja para a conservatória
do registo civil.
Por exemplo, o acordo co-
loca de parte a necessidade
instituições, que são seus de voltar a casar no civil, pois
Depois de três horas, a escolher roupas de marca e já trajado com o fato novo parceiros. a transcrição será feita da Igreja
ali roubado, o marginal retirou uma pistola e ameaçou as três funcionárias O prelado disse estarem para a conservatória. Prevê
ansiosos para ver os sinais ainda, entre outras, isenção
do acordo a produzir um cariz nas taxas aduaneiras em bens
André da Costa cia Nacional vindo numa e outros haveres do cidadão restituída pelo Serviço de Inves- abrangente no seio da socie- doados à Igreja.
viatura de marca Toyota, mo- estrangeiro. tigação Criminal.
delo VXR, cor preta, também Na reacção ao assalto, o
Um agenteda Polícia Nacional apreendida na ocasião pelas cidadão estrangeiro, na ten- Roubo na boutique
foi detido e apresentado, on- autoridades. tativa de desarmar o marginal, Um dia antes de roubar os tele- BENGUELA
tem, à imprensa, em Luanda, Segundo a fonte do SIC, o este efectuou três disparos móveis, o agente tipificado
pelo Serviço de Investigação agente da Polícia Nacional com a arma de fogo, tendo como “perigoso”assaltou a
Criminal (SIC), por assalto
no passado mês de Agosto a
convenceu o cidadão serra
leonense, proprietário dos
um dos projécteis atingido a
mão esquerda da vítima.
boutique “Yaressi”, localizada
no bairro do Golfe, município
Anciã de 70 anos morreu
uma boutique, onde roubou
várias peças de vestuário no
telemóveis, a subir na viatura
com a mercadoria, para supos-
A luta entre o agressor e
a vítima foi de tal intensidade,
do Kilamba Kiaxi, em Luanda,
onde levou várias peças de atropelada na passadeira
valor de 600 mil kwanzas e tamente ir ao encontro dos na qual o cidadão estrangeiro, vestuário, avaliadas em mais
quatro telefones celulares, compradores, tendo sugerido mais forte, conseguiu, por de 600 mil kwanzas. Uma mulher que aparenta director-geral daquela uni-
avaliados em dois milhões e que levasse o Terminal de intermédio do cinto de segu- Nas instalações do SIC, foi ter 70 anos de idade foi atro- dade sanitária, o médico
785 mil kwanzas. Pagamento Automático (TPA), rança, amarrá-lo ao pescoço exibido um vídeo em que pelada mortalmente na Gourgel Bettencourt.
O porta-voz do Serviço de para débito da conta. que, sem alternativa tentou aparece o homem a pedir um manhã de ontem, na Estrada O responsável avançou
Investigação Criminal de a fuga, mas foi logo apanhado fato completo e sapatos, expe- Nacional 100, quando atra- que uma das pacientes, com
Luanda, superintendente Fer- por transeuntes, que por rimentou no local com a ajuda vessava uma passadeira em fractura fechada no fémur
nando de Carvalho, explicou Nas instalações do perto acompanhavam a cena, de funcionárias da boutique, frente ao Hospital da Polícia e úmero direito, foi já trans-
que o agente da Polícia Nacio- SIC, foi exibido um e o entregaram à Polícia bem como toda a acção maca- Nacional, no município da ferida ao Hospital Geral de
nal tentou, no dia 29 do mês vídeo em que Nacional. bra efectuada naquele empre- Catumbela, em Benguela. Benguela para ser observada
passado, roubar quatro tele- aparece o homem a O Toyota VXR usado no endimento comercial. Trata-se de Adélia Naque- pelo médico-cirurgião, en-
móveis da marca Sansung pedir um fato assalto era emprestado e o Depois de três horas dentro lia, que saía de casa no bairro quanto as outras continuam
Galax e Iphone, pertença de completo e sapatos, proprietário, que disse ter da loja, a escolher roupas de da Tata, arredores do muni- internadas na Catumbela.
um cidadão da Serra Leoa. experimentou no apresentado queixa-crime à marca e já trajado com o fato cípio da Catumbela, em di- Acrescentou que a uni-
Fernando de Carvalho es- local com ajuda de Polícia Nacional, esclareceu novo ali roubado, o marginal, recção à lavra, quando foi dade atendeu uma criança
clareceu que o crime acon- funcionárias da que cedeu o meio rolante, ante à distracção do guarda atingida por uma viatura de dois anos de idade que,
teceu quando o agente da Po- boutique porque o amigo lhe havia que estava na parte de fora, ligeira de marca Toyota RAV4, por volta das sete horas, desta
lícia Nacional contactou, por dado garantias de que iria retirou uma pistola e ameaçou após esta ter sido abalroada quarta-feira, foi igualmente
telefone, a vítima, alegando apenas fazer o levantamento as três funcionárias, tran- por uma carrinha de mer- atropelada na Estrada Nacio-
que se encontrava na com- de 17 milhões de kwanzas, cando-as na casa de banho, cadoria que transportava nal 100, entre Lobito e Ben-
panhia de quatro cidadãos Já a bordo da viatura, o fruto de um negócio, no qual tendo se retirado depois com tomate para Luanda e que guela, tendo sofrido ferimen-
libaneses interessados na comerciante foi levado até à precisava de se fazer trans- as sacolas, contendo as peças terá apresentado problemas tos na região frontal. Em de-
compra de aparelhos de tele- rua Major Kanhangulo, na portar numa viatura top de de vestuário. nos travões. clarações à Angop, Verónica
móveis top de gama que este Baixa de Luanda, onde, depois gama, para dar nas vistas, Também foi apresentada O acidente em causa ain- Buimbe, 49 anos, uma das
tinha à venda. de estacionar a viatura, desceu mas desapareceu durante uma associação de malfeitores da provocou o ferimento a vítimas atropeladas na pas-
Interessado no negócio, a e simulou estar a falar com alguns dias sem dar sinais. composta por sete jovens, dos outras três mulheres, na sadeira, conta que uma via-
vítima combinou com o su- os libaneses sobre o negócio O homem, que não revelou quais três já detidos, por cri- faixa etária dos 23 aos 60 tura carregada de tomate que
posto intermediário o local dos telemóveis. a sua identidade, mostrou-se mes de roubos em residências. anos, que também atraves- saía de Benguela terá emba-
do encontro, numa loja loca- No regresso, após tran- surpreendido pela quantidade A Polícia Nacional apreendeu savam a mesma passadei- tido violentamente contra
lizada na rua 13 do bairro Már- car as portas do Toyota VXR, de crimes imputados ao amigo, três metralhadoras do tipo ra, tendo sido assistidas no outros carros que tinham
tires de Kifangondo, Distrito anunciou o assalto, empu- todos eles efectuados com AKM, duas pistolas, três via- Hospital Municipal da Ca- parado para dar prioridade
Urbano da Maianga, em Lu- nhando arma de fogo, tendo recurso a arma de fogo e uso da turas de marca Toyota Hiace tumbela, de acordo com o aos peões na passadeira.
anda, tendo o agente da Polí- recebido os telefones, dinheiro sua viatura, que ontem lhe foi e Corolla e um Land- Rover.
SOCIEDADE Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 27
CUNENE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS
COLISÃO JUNTO À CENTRALIDADE DO 44 FEZ CINCO MORTOS
Impedido
contrabando 12 suicídios durante
de combustível o feriado prolongado Vítimas de acidente vão
na fronteira
Elautério Silipuleni | Ondjiva
Manuela Gomes de cadáveres, presumíveis
vítimas de suicídio por afo-
hoje a enterrar na capital
Doze pessoas morreram por gamento e nove por acidentes
Três mil litros de combustível suicídio e outras nove por de viação. As cinco urnas foram cedidas pelo comando da
foram apreendidos, durante acidentes de viação, durante Faustino Minguês disse Unidade de Protecção de Individualidades Protocolares
a semana passada, ao longo às celebrações do feriado que em Luanda foram regis-
da fronteira entre Angola e nacional, disse ao Jornal de tados três afogamentos, ocor- DR
a Namíbia, por contrabando Angola fonte do Serviço de ridos nos municípios de Viana
para o território do país vizi- Protecção Civil e Bombeiros, e de Belas, seguidos das pro-
nho para ser comercializado, que assinalou ainda o registo víncias da Lunda-Norte, Zaire,
revelou o porta-voz da Polícia de 137 intervenções pré-hos- Namibe, Bengo, Bié, Cuanza-
Nacional no Cunene. pitalares, com destaque para Norte e Huíla.
Dois traficantes, sendo socorro às vítimas de sinis- Luanda registou ainda, no
uma namibiano e outro ango- tralidade rodoviárias, agressão mesmo período, cinco mortos
lano, que foram detidos em física e de patologias. em acidentes de viação, na
flagrante delito, quando ten- Em entrevista ao Jornal de E st rad a Nac i o n a l 2 3 0 ,
tavam passar pela fronteira, Angola, o porta-voz do Ser- enquanto que na Estrada
com destino à República da viço de Protecção Civil e Bom- Nacional 100, no sentido Ben-
Namíbia, tinham em posse beiros disse que, durante o guela-Luanda, morreram
dois mil litros de gasolina e mesmo período, foram regis- quatro pessoas, outros dois
mil de gasóleo, conservados tados ainda 71 ocorrências a no Cuanza-Norte e Zaire, res-
em bidões, transportado numa nível do país, deste número pectivamente, fruto de colisão
carrinha, com matrícula 37 incêndios e 12 remoções entre duas viaturas.
namibiana e uma motorizada
de três rodas.
JARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
SALÁRIO EM FALTA HÁ 5 MESES

Funcionários da Empresa
Edipesca estão em greve
Carla Bumba apelam ao Ministério das Pescas
e do Mar a mudança de direcção
“Estamos em greve por falta e a resolução, imediata, dos
de salários há cinco meses”, problema que os atormenta.
lê-se em vários cartazes exi- “Estamos cansados com a
bidos pelos trabalhadores da esta situação. As nossas famí-
Empresa Distribuidora dos lias estão a passar por momen-
Produtos de Pesca (Edipesca), tos difíceis, inclusive não Acidentes de viação ocorrem, muitas vezes, por desrespeito ao Código de Estrada
que se reuniram, durante o temos como pagar propinas
dia de ontem, ao redor da ins- dos filhos, muitos dos quais
tituição para reivindicarem foram postos fora das salas Alexa Sonhi inicialmente transportada para o Hospital
Combustível adquirido de os seus ordenados em atraso. de aula”, contam. do Capalanca, em Viana, mas, devido à
forma legal e levado para fora Em declarações ao Jornal O atraso salarial, prosse- As cinco pessoas, quatro das quais da gravidade dos ferimentos, foi transferida
de Angola, os funcionários guiram, tem dificultado o des- mesma família, que morreram no aparatoso para o Hospital Américo Boavida, em cuja
O porta-voz do Comando alegam terem mantido encon- locamento dos funcionários acidente de viação ocorrido na noite de unidade sanitária o seu quadro clínico evolui
Provincial da Polícia Nacional tro com a direcção da empresa de casa para o serviço e vice sábado, junto à centralidade do Quilómetro positivamente, depois de ter sido operada.
no Cunene, intendente Nicolau para resolução do problema, versa, por falta de dinheiro 44, município de Icolo e Bengo, em Luanda, Na conversa com o Jornal de Angola,
Tuvecalela, disse que os con- mas, infelizmente, até ao para apanhar táxi. Lembram vão na manhã de hoje a enterrar nos cemi- José Chocolate mencionou, várias vezes,
trabandistas adquirem o com- momento o quadro mantêm- que o pior é que há pessoas térios de Sant’Ana e do Benfica, soube, o motorista do Toyota Land Cruiser como
bustível à luz do dia, nos postos se. Segundo os grevistas, a que vivem distante e, infeliz- ontem, o Jornal de Angola. o causador do acidente de viação, culpa
de combustíveis, sem inter- direcção comprometeu-se, mente, todos os dias têm de No cemitério de Sant’Ana vão ser que atribui ao agente da Polícia por o
ferência das autoridades. no início do mês, em pagar os estar no trabalho, sob pena de enterrados os cadáveres dos quatro mem- carro que conduzia ter ido ao encontro
“A Polícia Nacional interveio salários atrasados e resolver serem sancionados com falta. bros da mesma família - o motorista, o da outra viatura.
apenas quando os traficantes outras situações que os afligem, Acrescentaram que, face seu filho de dois anos e duas sobrinhas,
de combustível tentavam atra- sobretudo a da saúde, mas não as condições desumanas a que uma de 10 anos e outra de cinco, enquanto
vessar a linha divisória entre passou de uma falsa promessa. estão submetidos, a direcção o último corpo, de um amigo, vai ser No Peugeot estavam, afinal,
Angola e a Namíbia, por não “Em função disso, há muito está pouco interessado em sepultado no Benfica. duas jovens, a mulher do
ser ilegal a transportação de que deixamos de acreditar na rever a sua posição, o que, com As cinco pessoas regressavam à centra- motorista e a noiva do amigo
combustível em bidões ou por direcção que não tem o mínimo isso, os levou, como último lidade do Quilómetro 44, onde viviam, e falecido, que ficaram
qualquer outro meio, com o de respeito para com os tra- recurso, a desencadear a greve. perderam a vida na sequência de uma colisão gravemente feridas,
propósito de ser comercializado balhadores, que tudo fazem “Decidimos entrar em frontal entre a viatura Peugeot, modelo 206, encontrando-se uma a
no outro lado da fronteira para manter o funcionamento greve para que às instâncias em que seguiam, no sentido Luanda-Catete, receber assistência médica no
comum”, informou. da empresa. O comportamento superiores tomem conheci- e uma outra, de marca Toyota Land Cruiser, Hospital Américo Boavida e
Nicolau Tuvecalela subli- dos gestores demonstra cla- mento da situação. Vamos que circulava com apenas um farol ligado, outra no Hospital Josina
nhou que a Polícia Nacional, ramente a falta de humanismo continuar aqui até que a situa- no sentido Catete-Luanda. Machel, para onde foi
em coordenação com outros e de reconhecimento pelo que ção se resolva, pois estamos Ao contrário do que noticiámos na também levado o motorista
órgãos que intervém na fron- o pessoal faz “, disseram. Nesta cansados de tantas promes- terça-feira, no Peugeot estavam, afinal, do Toyota Land Cruiser
teira, tem feito diligências perspectiva, os funcionários sas”, lamentaram. duas jovens, a mulher do motorista e a
para travar o tráfico ilícito de noiva do amigo falecido, que ficaram gra-
ALBERTO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
combustível desde os postos vemente feridas, encontrando-se uma
de abastecimento da província a receber assistência médica no Hospital A sobrinha de José Chocolate e o marido
para a República da Namíbia. Américo Boavida e outra no Hospital tinham apenas o filho que faleceu no
No mesmo período, foram Josina Machel, para onde foi também acidente de viação e completaram um
igualmente apreendidos, na levado o motorista do Toyota Land Cruiser, ano de casados no dia 8 de Setembro e
fronteira, 827 mil kwanzas, um agente da Polícia Nacional, que frac- como moradores na centralidade do Qui-
por infracção cambial e diver- turou os membros inferiores. lómetro 44, enquanto o outro casal que
sas mercadorias, como caixas Visivelmente abalado, José Pitra Cho- estava na viatura tinha casamento marcado
de frango, óleo alimentar, colate, tio da jovem que perdeu o marido para o próximo ano.
açúcar, entre outros. e o filho, confirmou, ontem, ao Jornal Num contacto telefónico, a directora
Nicolau Tuvecalela referiu de Angola que as cinco urnas foram cedi- clínica do Hospital Josina Machel, Elisa
que os produtos de menor das pelo comando da Unidade de Pro- Inglês Pinto, informou que é estável o
valor comercial foram entre- tecção de Individualidades Protocolares quadro clínico da jovem que deu entrada
gues aos legítimos proprietários (UPIP), onde funciona o agente que con- na unidade sanitária com “fracturas bila-
e os de maior à Administração duzia o Toyota Land Cruiser. terais – na tíbia e no fémur –“, encon-
Geral Tributaria (AGT), na A sobrinha de José Pitra Chocolate foi trando-se fora de perigo de vida.
localidade de Santa-Clara. Grevistas garantem continuar a lutar pelos seus direitos
28 Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

PUBLICIDADE

TERCEIRA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Luanda e Bengo)

AVISO DE APREENSÃO N.º 34

A Terceira Região Tributária avisa aos importadores abaixo indicados que, nos termos do artigo 509.º, n.º 1, alínea b), conjugado com os artigos 512.º e 481.º todos do Código Aduaneiro, procedeu
à apreensão das mercadorias demoradas abaixo indicadas:

TERMINAL DA MULEMBA
N.º CONTENTOR TIPO MERCADORIA IMPORTADOR B/L DATA DE CHEGADA OBS
LOTE

40 PRODUTOS COSMÉTICOS PARA PELE NKOKO JOÃO ZALUNDA RUA HLCUDUR181205328 2018-12-24 DU 5218
03/19 UACU835880/5 SKIN DOCTOR HERBAL VAL. 26.10.2020, AG.PAGAMENTO
BOLACHAS VAL. 03.12.19

DU 5218
04/19 HLXU523563/2 40 SNACS MAIZ MASTER VAL. 10.2019 NKOKO JOÃO ZALUNDA RUA HLCUDUR181205328 2018-12-24 AG.PAGAMENTO

DU 5218
05/19 HLBU180331/5 40 SNACS MAIZ MASTER VAL. 10.2019 NKOKO JOÃO ZALUNDA RUA HLCUDUR181205328 2018-12-24
AG.PAGAMENTO

06/19 UACU836948/2 40 MATA MOSQUITOS DU 5218


DRAGÃO VAL. 23.11.2020 NKOKO JOÃO ZALUNDA RUA HLCUDUR181205328 2018-12-24 AG.PAGAMENTO

07/19 HLXU517783/4 40 ALGODÃO ABSORVENTE CENTRAL DE COMPRAS HLCUSHA1805KJHJ6 2018-07-24 DU 31726


DE MEDICAMENTOS AG.PAGAMENTO

08/19 TCKU370312/1 20 LANCETAS DE SEGURANÇA CENTRAL DE COMPRAS HLCUTS1180919580 2018-08-15 DU 31978


DE MEDICAMENTOS AG.PAGAMENTO

O prazo para a interposição do recurso hierárquico com fundamento na não susceptibilidade do confisco das mercadorias apreendidas, é de dez dias úteis, contados da data da publicação do
presente aviso, conforme preceitua o artigo 514.º do Código Aduaneiro.

As mercadorias apreendidas estão sujeitas a confisco, no caso de não ser interposto, no prazo fixado o recurso a que se refere o parágrafo anterior.

Terceira Região Tributária, aos 23 de Maio de 2019.

A DIRECTORA REGIONAL
Eurídice Cristina F. Bárber A. Alves (12717)

TERCEIRA REGIÃO TRIBUTÁRIA


(Luanda e Bengo)

AVISO DE APREENSÃO Nº 32
A Terceira Região Tributária avisa aos importadores abaixo indicados que, nos termos do artigo 509.º, n.º 1, alínea b), conjugado com os artigos 512.º e 481.ºtodos do Código Aduaneiro, procedeu à
apreensão das mercadorias demoradas abaixo indicadas:

TERMINAL DO CENTRO LOGÍSTICO KM 33 VIANA


LOTE DESCRIÇÃO DA MERCADORIA IMPORTADOR CARTA DE PORTE DATA DE CHEGADA VOLUME

01/DAEP/19 03-Pares de Calçados Sayonara Santos 788807831277 12/12/17 01 Vol


07-Frascos de cosméticos
02/DAEP/19 21-Lenços
Reobote Kingdom Lda. 772831982298 02/08/18 01 Vol
49-Punhos para mangas
03/DAEP/19 01-Válvula Total E.P.Angola 703387085372 29/10/18 01 Vol
04/DAEP/19 10-Caixas com lâmpadas para aeronaves Taag 466817799408 13/02/18 01 Vol
05/DAEP/19 01-Servidor e seus acessórios Silvino Ferraz 784372280480 15/12/18 01 Vol
07/DAEP/19 16-Pincéis p/makup em 2 embalagens; 56- armações de óculos c/lentes;10-fios e 140 pulseiras Cristina Varanda 470957558684 30/05/18 01 Vol
08/DAEP/19 01-Caixa com catálogos Prémio Cote D´ivoir 115531253 30/05/18 01 Vol
09/DAEP/19 01-Documentos BP Angola 2727330476 07/06/18 01 Vol
10/DAEP/19 Placas electrónicas Sap-Angola 5341369902 24/10/18 03 Vol
11/DAEP/19 10-Unidades de peças de microscópio 02 placas electrónicas Unitel 9602187674 21/11/18 02 Vol
15/DAEP/19 10-Unidades de cabelo 03 unidades de fronte laiss Eugénia Mateus 5019960772 04/11/18 01 Vol
16/DAEP/19 01-Switch -Servidor Sapsybase-Angola 1618094726 24/10/18 01 Vol
17/DAEP/19 01-Material de prospecção de minas Sociedade Mineira-Luminas 2703630871 05/07/18 01 Vol
19/DAEP/19 42-Manuais Global Mendes Angola 1108606354 22/03/18 01 Vol

O prazo para a interposição do recurso hierárquico com fundamento na não susceptibilidade do confisco das mercadorias apreendidas, é de dez dias úteis, contados da data da publicação do
presente aviso, conforme preceitua o artigo 514.º do Código Aduaneiro.

As mercadorias apreendidas estão sujeitas a confisco, no caso de não ser interposto, no prazo fixado o recurso a que se refere o parágrafo anterior.

Administração Geral Tributária, aos 14 de Maio de 2019.

A DIRECTORA REGIONAL
Eurídice Cristina F. Bárber A. Alves
(12717a)
CULTURA Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 29
“PONTE DE ARTE” MARCO HISTÓRICO
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Kifangondo recebe mais visitantes


Maiomona Artur | Cacuaco 25 de Maio, do Distrito Urbano incutir, desde cedo, bons hábi-
do Kimakieza, e foi realizada tos neles”, disse.
no âmbito das festividades do
O Marco Histórico de Kifan- 17 de Setembro, Dia do Herói História
gondo recebe, em média, três Nacional, celebrado ontem, EmKifangondo,pontodeencon-
mil visitantes por semana, por todo o país. trodasgrandesestradasdoNorte,
informou, ontem, em Luanda, Além dessas visitas em datas que dista cerca de 18 quilómetros
o director da instituição, Elísio especiais, a direcção do Marco da cidade de Luanda, desenro-
Rodrigues, para quem este Histórico de Kifangondo tem lou-se uma das mais violentas
número significa um reco- feito convites para escolas, e decisivas batalhas da guerra
nhecimento da importância igrejas e quartéis, sedeados de libertação nacional. No local,
cultural do local. no município de Cacuaco, foi estabelecida a linha de con-
Em grupo ou individual- conhecerem esse local histó- tenção das forças invasoras que
mente, os visitantes têm pro- rico. A realização de actividades progrediam aceleradamente
curado saber mais sobre a recreativas e culturais também desde a fronteira Norte, para
história do local, que tem uma tem ajudado a difundir mais impedir que, a 11 de Novembro
biblioteca, embora esta careça o espaço, porém é preciso de 1975, o MPLA proclamasse
de acervo bibliográfico, mesmo maior divulgação. “Ainda exis- a Independência Nacional.
com os doados pela Fundação tem pessoas que desconhecem Em honra aos combatentes
Agostinho Neto. “Contactamos a existência deste espaço”. tombados, foi erguido, no
a Biblioteca Nacional para for- O secretário do Complexo local, o Monumento Histórico
necer livros académicos, de Privado 25 de Maio, António de Kifangondo, cuja primeira
forma que alguns visitantes, Miguel, incentivou, na ocasião, pedra foi lançada a 24 de
em especial os estudantes, as demais escolas a levarem Marco de 1977 pelo primeiro
possam efectuar as pesquisas os alunos a conhecerem os Presidente de Angola, António
Profissionais e docentes universitários nacionais e estrangeiros participaram na conferência com êxito”, disse. locais históricos do país. “É Agostinho Neto, e o de Cuba,
Porém apesar desta pro- uma forma de os educar e Fidel de Castro.
cura, Elísio Rodrigues disse

Especialistas de artes
JOSÉ SOARES | EDIÇÕES NOVEMBRO
estar também preocupado
com a escassez de especialistas
no Marco Histórico de Kifan-
gondo, particularmente de
guias capazes de falar várias

trocam experiências línguas, devido os visitantes


estrangeiros.
A instituição, adiantou, pre-
cisa ainda de especialistas em
museologia, para a recolha de
Mário Cohen disse que os artistas convi- encontro, sobre o “Cultivo de mais informações sobre uma
dados são especialistas em Novas Terras”, a vinda a Angola das batalhas decisivas da guerra
artes plásticas de diversas é uma experiência excepcio- de libertação de Angola. Actual-
Profissionais e docentes uni- áreas, como pintura, escultura, nal, assim como ver a cidade mente, disse, contam apenas
versitários de artes plásticas fotografia e instalação, vindos de Luanda, “um progresso com um antropólogo e dois
das universidades dos Estados de África, Europa, América arquitectónico e cultural”. historiadores. “Muitas das
Unidos, Perú, Israel e Polónia do Norte e do Sul e da Ásia, O criador polaco Tomasz vezes temos de fazer pessoal-
estão em Angola, com o objec- “com a intenção de criar novas Matuszak, experiente em mente o trabalho de pesquisa
tivo de trocar experiências e maiores conexões com os museus, dissertou sobre o tema das fontes escritas e orais”,
com os professores do Instituto profissionais angolanos”. “Construindo a colecção de contou, acrescentando que
Superior de Artes (ISART). “Queremos tirar melhor arte do Museu Sztuki na Poló- querem fazer uma pesquisa
Os especialistas estão no proveito das potencialidades nia”, onde realçou a impor- junto das representações diplo-
país desde o passado dia 11, artísticas e culturais entre os tância da relação entre os máticas do Congo Democrático
informou, ontem, a direc- países e identificar oportu- artistas e os museus. “Actual- e de Cuba para enriquecer o
tora-geral da Fundação Arte nidades de internacionalização mente os museus actuam mais acervo. A última visita que
e Cultura, Naama Margalit, das artes plásticas angolanas, nos aspectos educacional, recebemos, destacou, foi a dos
numa Conferência Interna- assim como assegurar a valo- visando, acima de tudo, for- alunos do Complexo Privado Monumento tem atraído semanalmente centenas de jovens
cional Sobre Artes, realizada rização da criação artística e necer às gerações vindouras
no Teatro Elinga, em Luanda. dos autores”, explicou. conhecimentos sobre a His-
O projecto, denominado O projecto, disse, com- tória”, concluiu.
“Ponte de Arte”, uma inicia- preende três fases. Numa pri- O criador angolano Miguel TEATRO ELINGA
tiva da Fundação Arte e Cul- meira, os artistas nacionais e Sebastião, licenciado em artes AMANHÃ
tura, tem como objectivo estrangeiros vão pintar, juntos, pelo ISART, apresentou, no acto,
principal dar oportunidade
e incentivar os estudantes,
nacionais e estrangeiros, a
à volta de um tema, “O Prato”.
Depois acontece a Conferência
Internacional sobre Artes.
o tema “Mergulhando na minha
poética: saboreando a violência
entre sentidos”, assente na tese
Textos de Shakespeare Festival
explorarem mais a realidade
artístico-cultural de Angola,
Todo o projecto termina com
uma exposição colectiva.
que usou na defesa do curso,
no qual destacou os trabalhos transpostos aos palcos de house
nas defesas de final do curso.
A directora da fundação
Para o artista israelita, Jona-
than Goldman, que falou, no
de António Ole e Francisco Van-
Dúnem “Van”. Roque Silva excertos de pensamentos e
junta DJ
Excertos de textos do poeta
crónicas de William Sha-
kespeare, descobertos por na capital
e dramaturgo inglês William si na Internet.
Shakespeare são apresentados “O objectivo é motivar as Kátia Ramos
LANÇAMENTO amanhã ao público, a partir pessoas a não desistirem dos
das 19h00, no Teatro Elinga, sonhos e objectivos, mesmo Luanda acolheo maior festival
em Luanda, com a estreia da que estes sejam difíceis de de “House e Afro-House”, a
Influência colonial examinada em livro peça “Um dia você aprende”,
do projecto Ochiarte.
O espectáculo, uma adap-
alcançar”, disse, acrescen-
tando que os textos escritos
em séculos passados, foram
partir de amanhã, às 18h00,
no Porto de Luanda, num
projecto organizado pela Mix
Manuel Albano jovens, conheçam mais sobre brutalizar o africano”. “São tação dos textos, é um monó- adaptados à realidade actual. FM e a Unique Beverages.
as consequências e prejuízos fragmentos de uma memória logo, sobre a importância da “Shakespeare escreveu Entre as principais atrac-
“Lusibu, Crónicas de um causados pelo colonialismo colectiva que aborda a ques- motivação, que aborda, para o universo. Por isso é ções do festival constam DJ
reino” é o título do livro de em África, particularmente tão do colonialismo, como ainda, entre outros assuntos, um espectáculo com uma internacionais de renome,
Muána Ngulûngu, apresen- em Angola. forma de prevenção e evitar o papel decisivo da resiliência forte carga pedagógica. A ideia como Mo Black, Roger San-
tado na segunda-feira, na O objectivo, adiantou, é repetir os erros do passado e da perseverança. surgiu depois de ler os textos chez, Enoo Napa, Vibe e o
Galeria Sete e Meio, em ajudar a corrigir alguns erros nesta fase de reconstrução O protagonista do drama, do escritor inglês e ter visto grupo Afrokillerz.
Luanda, para mostrar, através sobre a História do país, de do país”, defendeu. Osvaldo Chisseque, disse ao uma adaptação do brasileiro O elenco artístico con-
de reflexões históricas, o papel forma a incentivar a valorização O autor informou ainda Jornal de Angola que a peça ‘Menestre’”, contou o actor. vidado para esta edição inclui
e influência do colonialismo das etnias e das línguas nacio- que procurou evitar cair nos conta o drama de um sábio, O espectáculo, que volta ainda os DJ angolanos Paulo
e do cristianismo em Angola. nais, como elementos de uni- erros do sensacionalismo cansado de acumular expe- a ser exibido no sábado, no e Ricardo Alves, Kapiro,
O livro, disse o autor ao dade e identidade cultural. ou do regionalismo. Natural riencias de vida e decide mesmo local e hora, tem a Nelasta, Bruno Tuga e Jorge
Jornal de Angola, foi escrito Mais focado na História, o livro de Cabinda, Muána Ngulûngu partilhar o conhecimento duração de 30 minutos e foi Cadete. O festival é garantido
para ser um contributo à His- pretende também, como expli- é docente universitário e com outras pessoas, de forma montado em seis meses por pelos DJ, que prometem agi-
tória do país, de forma que cou, ajudar a corrigir os ele- coordenador do projecto “Os a transmitir esperança e uma equipa de produção da tar a cidade capital com rit-
as pessoas, em particular os mentos que ajudaram “a gritos de Cabinda”(1980). motivação. O espectáculo, qual faz parte o próprio mos inéditos.
explicou, foi montado com Osvaldo Chisseque.
30 DESPORTO Quinta-feira
19 de Setembro de 2019

TORNEIO PRÉ-OLÍMPICO ATLETISMO


DISCIPLINA
VIGAS SDA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Grande Prémio Cuima Irão é suspenso


junta melhores fundistas por pressionar
judoca a perder
Teresa Luís cinador da prova vai premiar
os participantes com valores A Federação Internacional
Três dias após o arranque da monetários, televisores, gera- de Judo (FIJ) suspendeu
época 2019/2020, os fundis- dores, computadores e mate- ontem de todas as compe-
tas nacionais, em ambos os rial escolar. Fonte do Jornal tições a Federação do Irão,
sexos, disputam no sábado, de Angola, próxima ao órgão acusada de pressionar um
a partir das 8h00, o Grande reitor da modalidade, garantiu atleta a perder nos mundiais
Prémio Cuima, na cidade do estarem criadas as condições do Japão, para evitar que
Huambo, num total de dez para o tiro de partida da cor- este combatesse com um
quilómetros, organizado pela rida pedestre. israelita.
Federação Angolana de Atle- “Nesta fase muitos atletas “As acções alegadas são
tismo (FAA). já estão a ensaiar a presença suficientemente sérias para
A corrida abrange os atletas na corrida de fim de ano. Por- considerar a aplicação de
federados, populares, para- tanto, aguardamos por um uma suspensão como me-
límpicos, estudantes univer- bom número de corredores dida de precaução. A comis-
sitários e infantis. Inserido federados, diferente da situa- são nota que acções seme-
na preparação da tradicional ção vivenciada na Taça “Herói lhantes foram observadas
São Silvestre, a organização Nacional”, onde foram ins- no passado (...), e tem fortes
aguarda participação massiva critos apenas seis. Trata-se razões para acreditar que
dos corredores, tendo em uma oportunidade para mos- a Federação iraniana per-
atenção a melhoria das mar- trarem o potencial e melhorar sistirá com essas práticas”,
cas individuais. as performances. Por outro justifica a FIJ.
Os fundistas do Interclube, lado, serve para tirar ilações Saeid Mollaei, campeão
à semelhança dos do 1º de sobre a preparação que está do mundo em título de -81
Agosto e Petro de Luanda, são a ser feita”, disse. Kg, perdeu sucessivamente
à partida candidatos ao triunfo, Afonso Armando, do 1º de nas meias-finais e depois na
apesar de ligeira vantagem Agosto, com 37 minutos e 12 luta pelo terceiro lugar, con-
dos “polícias”, por competi- segundos e Rodé Eduardo, cluindo a prova em quinto.
rem numa província onde do Ferroviário (58:27) foram O judoca de 27 anos expli-
treinam regularmente. os vencedores da Taça “Herói cou que foi pressionado pelas
Além de medalhas, o patro- Nacional”. autoridades do país a evitar
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
lutar com Sagi Muki, israeli-
ta que levaria o ouro no final
de Agosto, em Tóquio.
“Com base nisso, a co-
missão disciplinar da FIJ
suspende provisoriamente
a Federação iraniana de judo
de todas as competições (...)
organizadas sob os seus aus-
Campeãs continentais pretendem confirmar em Dakar presença na cidade de Tóquio pícios, até decisão final da
comissão sobre este caso”,
refere o organismo.
A instituição persa pode

Selecção Nacional prossegue recorrer desta decisão para


o Tribunal Arbitral do Des-
porto (TAS) no prazo de
21 dias.

ensaios para disputa da prova Corredores vão disputar os troféus na cidade do Huambo

Angola e Senegal são candidatas a carimbar o passaporte ABSOLUTO DE GOLFE


para os Jogos Olímpicos com palco na capital do Japão
Victor Marçal conquista nacional
Teresa Luís outro aspecto a ser trabalhado 2015, em Luanda, onde se
pelas campeãs africanas. qualificaram para o Rio'2016. Armindo Pereira deceu os colegas pelo incentivo o campeonato com um total
Ontem, o arranque foi mar- O “sete” nacional mostra- no decorrer da competição, de 218 pancadas.
O ataque planeado domina cado pela alteração do horá- se determinado em manter o que juntou mais de 70 atletas. Na 2ª categoria, o equilí-
hoje, às 17h00, no Pavilhão rio. Inicialmente previsto registo nos Jogos Olímpicos, Com um total de 69 pancadas Apesar de ter dominado brio esteve em maior evi-
Principal da Cidadela, a para as 17h00, o treino come- embora dispute o apuramento em 18 buracos, Victor Marçal afirmou que teve sempre dência, pois houve quatro
segunda sessão de treino da çou uma hora depois, pois o em terreno alheio, cuja selec- “Manucho” arrebatou nesta opositores à altura na pri- jogadores que terminaram
Selecção Nacional sénior recinto estava ocupado. ção ambiciona quebrar o ciclo terça-feira o título de cam- meira jornada. “Na segunda com o mesmo número de
feminina de andebol, visando A selecção privilegiou a de presenças das Pérolas na peão da 1º Categoria do Cam- ronda terminei com 75 pan- pancadas (260). A jovem
a disputa do Torneio Pré- defesa e o contra-ataque. As cimeira desportiva mundial. peonato Nacional Absoluto cadas, as mesmas que o meu promessa Paulo Pedro ficou
Olímpico, a ter lugar no Sene- laterais e pivôs trabalharam Segundo o calendário da de Golfe-Atlântico'2019, ao irmão. Tive de mostrar-lhe com o título, ao passo que
gal de 26 a 29 do corrente, juntas, sob orientação do selec- CAHB, na primeira jornada, cabo de três voltas disputadas quem é o mais velho, e levei Francisco Chagas venceu na
sob a égide da Confederação cionador, ao passo que as Angola defronta os Camarões, em dois dias no Campo do a melhor", disse em tom de terceira e última categoria,
Africana (CAHB). pontas fizeram um treino espe- numa reedição da final dos Resort Mangais, na Barra do brincadeira, após concluir com 291 pancadas.
Duas horas antes, as jogadoras cífico, sob olhar atento do téc- 12º Jogos Africanos de Rabat, Kwanza, em Luanda.
DR
trabalham no ginásio do ex- nico-adjunto, Danilo Júnior. ao passo que Senegal e Congo A performance do atleta do
RI-20. Durante a preparação, Democrático reeditam a meia- Golfe Clube de Luanda esteve
as Pérolas pretendem corrigir final do CAN de 2018. sempre em evidência, em
as falhas técnicas, de modo Segundo o calendário Na segunda ronda, as Pérolas relação aos demais competi-
a evitar situações menos boas da CAHB, na jogam com a RDC, e a anfitriã dores, desde o arranque da
na prova qualificativa para primeira jornada, com a camaronesa. O último dia prova individual "Strokplay".
Tóquio'2020, que conta com Angola defronta os reserva os desafios: Angola- A segunda posição foi ocu-
as participações dos Camarões, Camarões, numa Senegal e Camarões- RDC. pada pelo irmão mais novo
República Democrática do reedição da final dos Teresa Almeida “Bá” e e companheiro de equipa,
Congo (RDC) e Senegal. 12º Jogos Africanos Helena Sousa, Albertina Kas- António Marçal “Toy”, com
A coesão defensiva, em de Rabat, ao passo soma, Liliana Venâncio e 78 pancadas, na jornada der-
situação de inferioridade que Senegal e Congo Ruth João, Claudeth José, radeira. No terceiro posto ficou
numérica, pode merecer aten- Democrático Iracelma Silva, Janeth Santos, o sul-coreano Han Young Dae
ção especial do grupo coman- reeditam a meia- Juliana Machado e Vilma da (federado).
dado por Morten Soubak. Em final do CAN de 2018 Silva(pontas), Helena Paulo, Em declarações à impren-
alguns jogos, costuma ser o Isabel Guialo “Belinha”, Natá- sa, Manucho exteriorizou sa-
calcanhar de Aquiles do com- lia Bernardo, Wuta Dombaxi, tisfação por ser o vencedor da
binado angolano. Com o grupo compenetrado, Aznaide Carlos e Magda edição inaugural da prova
O ataque precipitado, em Soubak e pupilas querem Cazanga são as jogadoras às organizada pela Federação
situações desfavoráveis, é repetir o feito alcançado em ordens de Morten Soubak. Angolana (FAGOLFE), e agra- Luta pelos lugares cimeiros do campeonato foi muito renhida
DESPORTO Quinta-feira
19 de Setembro de 2019 31
LIGA DOS CAMPEÕES RONDA GOLEADORA NO GIRABOLA
EDIÇÕES NOVEMBRO FORA DE JOGO
PSG e City vencem
e mostram
Amândio Clemente
músculos para
esta temporada
A vitória convincente do PSG,
3-0, sobre o Real Madrid, em
Paris é o destaque da conclusão
Mentira de pernas curtas
da primeira jornada da fase de Fico muito triste ao constatar que a denúncia feita pelo
grupos da Liga dos Clubes Cam- internacional angolano Yannik Moreira, sobre o tratamento
peões da UEFA, numa noite menos digno dado aos jogadores da Selecção Nacional
em que o Bayern de Munique sénior masculina de basquetebol, na China, onde disputou
confirmou o favoritismo na o Campeonato do Mundo, afinal não é “mentira”, como
recepção ao Estrela Vermelha nos tentaram impingir num programa televisivo.
de Belgrado, ao vencer pelo Ouvidas as justificações e as ameaças do presidente
mesmo resultado, ao passo do órgão reitor da modalidade na emissora televisiva,
que a Juventus de Cristiano alguém ficou a pensar que a colocação do vídeo nas
Ronaldo deixou-se empatar redes sociais foi uma traquinice do jogador, tido, por
pelo Atlético de Madrid, quando isso, como “altamente indisciplinado” e merecedor de
estava em vantagem de dois Avançado Yano justifica com golos a aposta feita pela direcção liderada por Tomás Faria um “castigo exemplar”.
golos aos 65 minutos, com os Muitos apressaram-se a julgar o jogador a quem foram
golos de Cuadrado, aos 48 e atribuídos vários adjectivos. Mas, como se diz na gíria
Matuidi, mas stefan Savic, aos
70', e Hector Herrera (90') mar-
caram os tentos da igualdade.
O Mancester City foi con-
Petrolíferos evitam empate jornalística, “uma imagem vale mais do que mil palavras”.
Ontem, assisti outro vídeo, onde podemos ver os jogadores
sentados no chão e a comerem uma refeição, a meu ver,
pouco saudável para um atleta.
tundente na deslocação ao ter-
reno do Shakhtar, ao golear
por 3-0, numa partida marcada
frente ao Sagrada Esperança O vídeo que está a circular nas redes sociais vem des-
mentir as afirmações do presidente sobre o sucedido
na China e deixa bem claro que os dirigentes federativos
pela paciência demonstrada não tiveram o respeito que é devido aos atletas, chefes
pela equipa treinada por Guar- Yano apontou o golo solitário dos petrolíferos que enfrentaram de família, nem consideração por quem representa o
diola, para desferir golpes demo- dificuldades na recepção aos diamantíferos talhados para o topo país dentro da quadra, dando o melhor de si para honrar
lidores à formação ucraniana, desportivamente o nome do país, ainda que não tivessem
que apesar da réplica foi incapaz o sucesso esperado e alcançado as metas estabelecidas.
de conter a avalanche ofensiva Honorato Silva das constantes descontinui- gonista no banquete dos golos, Depois do que se passou, custa-me acreditar que o
do conjunto britânico. Mahez dades do plantel, por razões com a vitória (3-1) na recepção “número um” da federação viesse a terreiro dizer que
desfez a resistência dos ucra- A paragem para os compro- administrativas e lesões. ao 1º de Maio de Benguela. não houve nada e que é um “falso” problema, o que me
nianos, aos 24 minutos, para missos dos Palancas Negras A “prova de vida” do Cuca, Guelor (penalti) e Etiene leva a acreditar que o homem perdeu o respeito que
Gundogan, 38', e Gabriel Jesus e as eliminatórias das Afrotaças Recreativo da Caála, no Estádio fizeram os golos dos anfitriões devia aos jogadores.
fecharem a contagem. deu lugar à primeira vitória 22 de Junho, terminou num em casa emprestada, nos Euca- No ponto em que a situação está, resta questionar ao
A vitória mais gorda da noite do Petro de Luanda, no Cam- triunfo (2-0) do Interclube. liptos no Bié, ao passo que Izgon elenco da federação se, face às evidências de que a
europeia pertenceu ao Dínamo peonato Nacional de Futebol, Ficaram expostas, no primeiro descontou para os proletários. denúncia é verdadeira (as imagens estão aí a prová-las),
de Zagreb que recebeu e venceu Girabola, diante do Sagrada tempo, insuficiências da O Sporting de Cabinda ver- terá coragem para dar sequência ao inquérito ao jogador?
os italianos da Atalanta por Esperança, por 1-0, ontem equipa do Huambo, coman- gou o Williet FC de Benguela, Ao invés disso, a direcção da federação devia reconhecer,
humilhantes 4-0, numa goleada no Estádio 11 de Novembro. dante à entrada da ronda, que por 2-0. Glácio Sayombe e Jô primeiro, o fracasso da campanha, apontar as causas e,
iniciada por Mislav Orsic, aos O triunfo pela margem apenas na etapa complemen- Paciência deram expressão à finalmente, admitir que errou; que não se deu o tratamento
10 minutos, completada por mínima, com golo de Yano, tar conseguiu mostrar a força vantagem dos leões, quase devido aos jogadores.
Marin Leovac com um "hat num misto de oportunidade futebolística preparada por espectadores frente à equipa Portanto, senhores da federação, depois de tanta tra-
trick, golos marcados aos 31, e sorte, atesta as dificuldades Hélder Teixeira. benguelense, incapaz de escon- palhada, é hora de parar, pensar, para depois decidir
42 e 68 minutos. dos petrolíferos na discussão No regresso do Desportivo der a falta de robustez compe- se vale a pena continuar. Se houvesse alguma seriedade
DR
dos três pontos. Os pupilos da Huíla à vila de Calulo, o titiva fora dos seus domínios. da vossa parte, há muito se teriam demitido.
do espanhol Antonio Cosano Recreativo do Libolo teve No Buraco, a Académica
voltaram a exibir-se no registo estofo para evitar outra derrota do Lobito travou o assomo de
de desafios recentes, sem em casa, diante dos militares conquista do Progresso Sam-
contundência na finalização. da Região Sul. A formação do bizanga, apanhado a ganhar TORNEIO DE DESENVOLVIMENTO DA UEFA
Dimensionados para a dis- Cuanza-Sul, orientada por ainda na madrugada do jogo,
puta dos lugares cimeiros da André Makanga, superou, por com tento de Nandinho. Dois
tabela classificativa, os dia-
mantíferos comandados pelo
2-1, a equipa às ordens de
Mário Soares.
penaltis convertidos por Már-
cio Luvambu chancelaram o
Sub-17 estão confiantes
português Paulo Torres exi-
giram entrega redobrada aos
O desfecho da época pas-
sada, triunfo (2-1), encheu
triunfo, que coloca os estu-
dantes no comando isolado
num bom desempenho
anfitriões. Femi e Jiresse agi- de confiança os huilanos, que do Girabola.
taram o ataque dos lundas, marcaram logo aos 3 minutos, Nada dado à caridade António Cristóvão conjunto do Rio Seco reco-
que só não festejaram muito por intermédio do avança- esteve o FC Bravos do Maquis, nheceu que desconhece e
por força da segurança do guar- do ghanense Boateng. No se- ao brindar o Santa Rita de A Selecção Nacional Sub-17 não tem informações das
Pepe Guardiola aposta todas da-redes Élber. gundo tempo, o brasileiro Cássia com expressivos 3-1, de Futebol embarcou, ontem, selecções que vai defrontar
as fichas na conquista da prova Sem o calor dos adeptos, Leandro Love restabeleceu a no Luena. Amaro, Doctor Lami confiante num bom desem- no torneio.
algo distanciados da equipa, igualdade e Liliano assinou e Gazeta foram os marcadores penho para a cidade de Istam- “Ainda não temos nenhu-
Equilibrados foram os jogos o Petro de Luanda evitou o a reviravolta. de serviço dos maquisardes, bul, Turquia, onde de 20 a ma informação. Sabemos
Brugge-Galatasaray que termi- aumento do fosso na classi- Bem no espírito festivo do antes de Lucas descontar por 27 deste mês vai competir que são difíceis, mas des-
nou empatado sem golos, tal ficação, numa fase que pro- reatamento da competição, parte da formação que viajou no torneio de desenvolvi- conhecemos os nomes dos
como o desafio entre Olympia- cura estabilizar as exibições quanto ao desempenho dos do Uíge. Foram apontados 16 mento da UEFA, no âmbito adversários", esclareceu.
cos e Tottenham, que se saldou e criar hábitos de vitória, no ataques, o Cuando Cubango tentos, em sete jogos, média da preparação para a disputa Após a chegada à cidade
numa igualdade a dois golos. país e no continente, apesar FC assumiu o papel de prota- de 2,28 por partida. a 18ª edição do Campeonato de Istambul, os Sub-17 efec-
Surpreendido em casa foi do Mundo, a decorrer de 26 tuam amanhã à tarde a pri-
o Bayern de Leverkursen pelos de Outubro a 17 de Novembro, meira sessão de treino, para
moscovitas do Lokomotiv, que “Militares” favoritos na recepção aos “locomotivas” no Brasil. adaptação ao clima e reco-
saíram da Alemanha com va- Zine, do 1º de Agosto e um nhecimento à relva do estádio
lioso triunfo de 1-2, com a ajuda A equipa do 1º de Agosto, favorito, uma vez que joga em a vitória. Dos três jogos reali- dos “alicerces” do sector da partida com a similar da
de Benedikt Howedes, que tetra-campeã nacional, recebe casa e vem de um resultado moti- zados, a equipa de João Pintar intermédio dos Sub-17, disse, Escócia, no domingo, refe-
marcou na própria baliza aos o Ferrovia do Huambo, hoje vador diante o Green Eagles da amealhou apenas um ponto, ao Jornal de Angola, antes rente à primeira jornada do
25 minutos, e os golos de Gre- às 16h00, no Estádio Nacional Zâmbia, por 2-1, disputado em em consequência de um empate da viagem no Aeroporto Grupo 2.
gors Krychowiar, aos 16', e Dimi- 11 de Novembro, no encerra- Lusaka, na primeira”mão” da e duas derrotas. Internacional 4 de Fevereiro, Na segunda jornada, dia
tri Barinov aos 37. mento da quarta jornada do última eliminatória de acesso à Na recepção aos “locomo- que o grupo trabalhou imenso 24, a Selecção Nacional joga
Terça-feira, na abertura da Girabola'2019/20, assumindo fase de grupos da Liga dos Clubes tivas”, o técnico Dragan Jovic para uma excelente partici- frente à similar do Paraguai,
fase de grupos registaram-se total favoritismo na disputa Campeões Africanos de futebol. vai manter o “onze” que utilizou pação na prova. e na terceira e última defronta
os seguintes resultados: Inter dos três pontos. Após o deslize diante do Pro- na deslocação a Lusaka, com “Vamos à Turquia para os Camarões no dia 26.
de Milão-Slavia de Praga (1-1), Depois da vitória, na des- gresso Sambizanga, por 1-0, o Tony Cabaça na baliza. Isaac, melhorar alguns aspectos de Além de Zine, o técnico
Lyon-Zenit (1-1), Chelsea-Valencia locação ao Dundo diante do campeão angolano doravante na direita, e Paizo, na esquerda. jogo. Conversámos bastante Pedro Gonçalves levou os
(0-1), Salsburg-Genk (6-2), Napo- Sagrada Esperança, por 1-0, encara todos os encontros do No centro da defesa, o bósnio sobre a participação no torneio seguintes jogadores: Geovani,
les-Liverpool (2-0), Ajax-Lille (3- a formação militar vai à procura Girabola com o foco na vitória. mantém a habitual dupla: Dani e esperamos dar o máximo. Cambila, André, Domingos,
0), Benfica de Lisboa-Leipzig da segunda consecutiva e a Na deslocação à capital do Massunguna e Bobô. Na inter- Queremos fazer uma óptima Gegê, Pablo, Afonso, Mimo,
(1-2) e Borussia-Barcelona (0- terceira na competição, de país, o “caloiro” Ferrovia do média entram Macaia, Ibukun, figura”, declarou. Porfírio, Tino, Beni, Manilson,
0). A segunda jornada disputa- modo a pressionar o líder do Huambo tem missão difícil, por- Kila e Zito Luvumbo, e no ata- Questionado sobre a qua- Maestro, Pedro Banga, Neli-
se nos dias 1 e 2 de Outubro. Girabola, Recreativo da Caála. quanto defronta um 1º de Agosto que Ary Papel e Mabululu. lidade dos adversários do nho, Cláudio, Netinho, Cacó-
Amândio Clemente O conjunto do Rio Seco é claro motivado e comprometido com António de Brito grupo, o meio-campista do tila, Abdul e David.
PUBLICIDADE

QUI19SET

NAÇÕES UNIDAS PAI E FILHO

ALTO Angolanos morrem


Número de imigrantes em incêndio no Brasil
Seca
Melhor distribuição
no país supera 600 mil Bebé e pai, de nacionali-
dade angolana, morreram
num incêndio no prédio
mas o fogo se alastrou rá-
pido. “Quando cheguei à
esquina, estava a criança
DR
em que moravam em Higie- e o pai no gradeamento. No
O reconhecimento do secre- Angola teve um aumento nópolis, na zona norte do fogo, vários vizinhos na
tário de Estado do Interior, de 31 mil imigrantes desde Rio de Janeiro, na manhã marquise tentaram abrir”,
Salvador Rodrigues, de que 2017, sendo agora 669,5 de terça-feira. relatou, emocionada, uma
há uma melhor distribuição mil as pessoas nascidas De acordo com o Corpo testemunha.
dos bens alimentares e ma- noutros países, que in- de Bombeiros, agentes do Ainda não há informa-
teriais para a população afec- cluem 71,3 mil refugia- Quartel de Ramos foram ções sobre o que causou o
tada pela seca, na província
do Namibe, demonstra que,,
dos, indica um relatório accionados às 8h40 para o incêndio. A família esta-
aos poucos, as autoridades do departamento de Assun- segundo andar do prédio, va no Brasil há cinco anos.
estão a saber lidar melhor tos Económicos e Sociais que fica na Rua Ubiratã, O casal, que se tinha mu-
com a situação, fruto de uma das Nações Unidas. em frente à Escola Muni- dado há poucos meses para
boa gestão da crise. Além do O documento, citado pe- cipal D. João VI. o apartamento, estava com
envolvimento do Governo, pa- la Lusa, refere que a quase Vizinhos informaram dificuldades financeiras e
ra aliviar o sofrimento das po- totalidade dos imigrantes é que o pai, identificado co- tinha ordem de despejo.
pulações, há que destacar, proveniente da África Sub- mo Marlei, tentou tirar a Este é o terceiro caso de
também, a solidariedade de sariana e a idade média si- criança - Gabriel, de pouco incêndio em imóveis na
instituições e pessoas singu- tua-se nos 33,6 anos. mais de um ano - do apar- Zona Norte em menos de
lares. Namibe é uma das três
províncias do Sul afectadas
O relatório refere ainda tamento pela varanda, mas uma semana. Na tarde de
pela seca, tal como o Cunene que as remessas dos emi- não conseguiu abrir o gra- segunda-feira, bombeiros
Maioria dos imigrantes é proveniente da África Subsahariana
e a Huíla, com efeitos devas- grantes angolanos para o deamento. foram accionados para
tadores para a população. país foram na ordem de Os moradores da região apagar as chamas num
1,5 milhões de dólares em homens e mulheres imi- giados e requerentes de tentaram ajudar antes da imóvel na Rua Carlos de
2018. No entanto, os dados grantes, menos a Guiné asilo (41,7). chegada dos bombeiros, Laet, na Tijuca.
do anterior relatório mos- Equatorial, onde apenas Não existem dados sobre
travam 11 milhões de dóla- 22,9 por cento dos estran- as remessas dos emigran-
res em 2016. geiros são mulheres. Com tes para a Guiné Equato- AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA
BAIXO De acordo com o rela- 888.200 estrangeiros con- rial. São Tomé e Príncipe
tório, o Brasil acolhe 96 mil tabilizados em Portugal, conta actualmente com
refugiados, o maior nú-
mero no universo de nove
o que significa 8,7 por
cento da população e um
2.200 cidadãos de outras
nacionalidades, com 95 Mercado petrolífero
países da Comunidade de aumento de oito mil pes- por cento de probabilida-
Países de Língua Portu-
guesa (CPLP).
soas desde 2017, a ONU
estima que estejam a viver
de que sejam nascidos
noutros países da África
tem reservas suficientes
Portugal recebeu, em também cerca de 1.700 Subsariana. Os números
Vias degradantes 2018, remessas no valor refugiados no país. são praticamente iguais A Agência Internacional de barris de emergência
Obstáculo à economia de 4.773,4 milhões de dó- Cabo Verde recebe 15,7 a 2017, sem nenhum refu- de Energia (AIE) reagiu on- para uso industrial, sufi-
lares dos emigrantes, mui- mil imigrantes, com uma giado registado. O país tem aos ataques de sábado cientes para cobrir a procura
Já neste espaço escrevemos to mais do que qualquer média de 40 anos e, segundo terá recebido 17,1 milhões a duas plataformas pe- mundial durante um mês.
sobre os prejuízos que o es- outro país lusófono. O valor este relatório, não acolhe de dólares dos emigrantes trolíferas da Arábia Sau- As autoridades da AIE
tado degradante das vias pro- terá subido em cerca de refugiados. O número man- em 2018, um milhão mais dita para assegurar que mantêm um contacto per-
voca aos camponeses e, con- 172,5 milhões de euros teve-se quase igual a 2017 do que em 2016. os mercados contam com manente com as autorida-
sequentemente, à economia
do país. Mas, na verdade, tu-
desde 2016. (15,3 mil de pessoas nascidas Timor-Leste tem 8.400 reservas suficientes "neste des sauditas após o ataque
do continua na mesma. Na Desde 2017, o maior au- noutro país). Mais de 87 por pessoas nascidas noutros momento”. de sábado e aplaudiram a
localidade de Lúbia (Nharea), mento de imigrantes foi cento dos migrantes têm países, idade média de 32,4 “Os países membros da decisão do governo de Riade
província do Bié, as autori- verificado em Moçambi- idades entre 20 e 64 anos. anos. Dos cidadãos nasci- AIE têm cerca de 1.550 mi- activar a produção suspensa
dades tradicionais juntaram que, que conta mais 88 mil Em 2018, o país insular dos noutros países, com lhões de barris de emer- após o ataque.
a voz, para dizer que, devido estrangeiros. A Guiné-Bis- recebeu 242,6 milhões de residência em Timor-Leste, gência em agências de re- “Os recentes aconteci-
ao mau estado das estradas, sau é o país com população euros dos emigrantes, um apenas 39,6 por cento são servas controladas por mentos mostram que a
grandes quantidades de pro- imigrante mais jovem, com aumento de 24,6 milhões mulheres, uma descida de governos, o que equivale a segurança do petróleo não
dutos agrícolas apodrecem uma média de 24,7 anos. relativamente a 2016. dez pontos percentuais em 15 dias de procura mundial pode ser dada como garan-
no campo, porque os agri- É também o país lusófono Guiné-Bissau recebe relação a 2017. No ano pas- de petróleo”, indicou a orga- tida, incluindo quando os
cultores não conseguem es-
coá-los. É uma situação que
que registou a maior des- actualmente 26,9 mil pes- sado, recebeu mais 20 mi- nização em comunicado. mercados contam com bom
se verifica um pouco por todo cida das remessas dos emi- soas nascidas noutros paí- lhões de dólares dos emi- Segundo a agência, estas abastecimento e que a ener-
o país. Afinal, não falta pro- grantes desde 2016. ses, quase todas nascidas grantes do que em 2016, reservas podem ser utili- gia é um pilar indispen-
dução; faltam, sim, caminhos Os países têm níveis na África Subsariana, dos indicando 88,5 milhões de zadas de forma colectiva sável da economia global",
para o escoamento. muito próximos entre quais 11,2 mil são refu- dólares para 2018. numa situação de emer- afirmou Fatih Birol, direc-
gência e seriam “mais do tor da agência.
que suficientes para com- O ataque de sábado ao
pensar qualquer alteração maior campo petrolífero
RELATÓRIO MUNDIAL do Dia Mundial da Pessoa com soas com demência em todo significativa no forneci- do mundo, na Arábia Sau-
Doença de Alzheimer, que se o mundo - um número que mento” durante um período dita, reivindicado pelos
assinala a 21 de Setembro. dobrará quase a cada 20 anos. prolongado. rebeldes Huthis do Iémen,
Papa denuncia maus tratos “Vamos orar pela conversão
dos corações, pelas pessoas
Em Maio, a Organização
Mundial da Saúde (OMS)
A AIE afirmou que exis-
tem, ainda, os depósitos
atingiu a produção de 5,7
milhões de barris de petró-
a pessoas com Alzheimer com doença de alzheimer,
pelas famílias e por aqueles
publicou as primeiras direc-
trizes para reduzir o risco,
suplementares obrigató-
rios que os países-membros
leo por dia no país, o equi-
valente a 5 por cento da pro-
que cuidam delas com amor”, incluin-do alimentação sau- têm de manter e incluem dução diária mundial.
O PapaFrancisco pediu, on- Os doentes “são frequen- disse. De acordo com o Rela- dável, actividade física regu- cerca de 650 milhões de Na terça-feira, o minis-
tem, mais apoio às pessoas temente vítimas de violência, tório Mundial de 2018, a cada lar e não fumar. barris que podem ser colo- tro da Energia saudita,
com alzheimer e de- maus tratos e abusos que três segundos uma pessoa Cerca de 5 a 8% das pes- cados no mercado “ime- Abdulaziz bin Salman,
nunciou que estes doentes minam a dignidade”, disse desenvolve demência. soas com mais de 60 anos diatamente” se os governos garantiu que a produção
são frequentemente vítimas o chefe da Igreja Católica, Estima-se que em 2017 têm doença de alzheimer e reduzirem os requisitos de total de petróleo no país
de maus tratos e abusos. numa mensagem por ocasião existiam 50 milhões de pes- outras formas de demência. armazenamento. será retomada até ao final
Há, ainda, 2.900 milhões de Setembro.