Você está na página 1de 59

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

EDITAL DE LICITAÇÃO
MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 057/2019

PROCESSO CPL-E Nº 057/2019

OBJETO:
CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA O FORNECIMENTO
DE BERÇOS, COLCHÕES E CAMINHAS EMPILHÁVEIS
PARA ATENDIMENTO DAS DEMANDAS E MANUTENÇÃO
DOS CMEIS - CENTROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO
INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CARUARU,
CONFORME AS ESPECIFICAÇÕES, QUANTIDADES E
CONDIÇÕES ESTABELECIDAS NO ANEXO I - TERMO DE
REFERÊNCIA DESTE EDITAL.

TIPO DE LICITAÇÃO: Menor Preço Por ITEM

REGIME DE EXECUÇÃO: Indireta/ Por Preço Unitário.

VALOR ESTIMADO: R$ 1.128.274,00 (Um milhão, cento e vinte e oito mil, duzentos e setenta e quatro
reais).

PRAZO DE FORNECIMENTO: 12 meses

DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ELETRÔNICO


DIA: 13/11/2019

HORÁRIO: 09h00min (horário de Brasília/DF)


Endereço Eletrônico: www.comprasgovernamentais.gov.br
UASG: 982381

TELEFONES: (81) 3724-7667

E-MAIL: cpl-edu@hotmail.com

1/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 057/2019

SUMÁRIO
ITEM ASSUNTO

1 – DO COMUNICADO

2 – DO OBJETO

3 – DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NA LICITAÇÃO

4 – DO CREDENCIAMENTO

5 – DA OPÇÃO PELO TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO

6 – DO ENVIO DA PROPOSTA DE PREÇOS

7 – DA SESSÃO PÚBLICA

8 – DA FORMULAÇÃO DOS LANCES

9 – DA NEGOCIAÇÃO

10 – DA ACEITABILIDADE DA PROPOSTA

11 – DO JULGAMENTO DA PROPOSTA

12 – DA HABILITAÇÃO

13 – DA QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

14 – DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

15 – DO ENCAMINHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO

16 – DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

17 – DA IMPUGNAÇÃO E DO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO

18 – DOS RECURSOS

19 – DO PREGOEIRO E DO SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO

20 – DA VIGÊNCIA

21 – DA FORMALIZAÇÃO DO INSTRUMENTO CONTRATUAL

22 – DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS

2/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

23 – DO PRAZO, CONDIÇÕES DE ENTREGA E RECEBIMENTO

24 – DO LOCAL DE ENTREGA

25 – DOS PAGAMENTOS

26 – DAS PENALIDADES

27 – PENALIDADES REGULAMENTADAS PELO DECRETO MUNICIPAL 96 DE 13 DE SETEMBRO DE 2019

28 – DAS DILIGÊNCIAS

29 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

30 – FORO

3/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

EDITAL (NOVA DATA)

PROCESSO DE LICITAÇÃO CPL-E Nº 057/2019


PREGÃO ELETRÔNICO Nº 057/2019

1. DO COMUNICADO

1.1. O Município de Caruaru, Estado de Pernambuco, através de seu Pregoeiro, Sr. Edivanilson Carvalho
Ferreira, designado pela Portaria GP nº 108/2019 torna público, que realizará licitação na modalidade Pregão
Eletrônico, do tipo Menor Preço Por Item, objetivando a aquisição indicada no item 02 deste Edital.

1.2. A licitação será regida pela Lei Federal nº 10.520 de 17 de julho de 2002; pelos Decretos Federais nº 3.555,
de 8 de agosto de 2000 e suas alterações posteriores, e nº 5.450, de 31 de maio de 2005; pelo Decreto Municipal
nº 108 de 29 de novembro de 2017; pelas IN’s MARE nº 5, de 21 de julho de 1995, e nº 08 de 04 de dezembro de
1998; pela Lei 8.666/93 e respectivas alterações; pela LC nº 123 de 14 de dezembro de 2006 e suas alterações,
pela LC n° 147 de 07 de agosto de 2014 e suas alterações e pelo estabelecido neste Edital.

1.3. A sessão pública para processamento desta licitação será realizada no dia 13 (treze) de novembro de 2019
às 09h00min (horário de Brasília/DF); no Endereço Eletrônico: www.comprasgovernamentais.gov.br. UASG:
982381

1.4. Esta licitação NÃO está reservada exclusivamente à participação de microempresa e empresa de
pequeno porte.

2. DO OBJETO

2.1. Contratação de empresas para o fornecimento de BERÇOS, COLCHÕES E CAMINHAS EMPILHÁVEIS para
atendimento das demandas e manutenção dos CMEIs - Centros Municipais de Educação Infantil da rede municipal
de ensino de Caruaru, conforme especificações e quantidades indicadas no termo de referência – Anexo I deste
Edital.

2.1.1. Os itens com a descrição, quantitativos e valores estimados, estão assim relacionados e
especificados:

VALOR VALOR
ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.
UNITÁRIO TOTAL
BERÇO INFANTIL SIMPLES, COM PINTURA EM UV NA
COR BRANCA, COM MATERIAL EM MADEIRA MDF E
GRADES FIXAS EM MADEIRA MDF. O BERÇO DEVE
CONTER SUPORTE PARA MOSQUITEIRO EM FERRO
DE 5 MM REVESTIDO COM PLÁSTICO. MEDIDAS:
1 UND 2000 R$369,67 R$739.340,00
FRENTE: 1334 MM; ALTURA: 605 MM;
PROFUNDIDADE: 680 MM. PARA COLCHÃO DE
1300MM X600MMX120MM. ACEITANDO VARIAÇÕES
DAS MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR CENTO)
PARA MAIS OU MENOS.
COLCHÃO PARA BERÇO, MEDINDO 1300 MM X 600
MM, COM DUAS FACES ( FACE A 100 % DE
2 UND 2000 R$98,67 R$197.340,00
POLIETILENO E FACE B 100 % DE POLIÉSTER) E
ALTURA MINIMA DE 120 MM (DENSIDADE MINIMA 18

4/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

E MAXIMA 20) ACEITANDO VARIAÇÕES DAS


MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR CENTO) PARA
MAIS OU MENOS.
CAMA EMPILHÁVEL – 1 CAMA - AS DUAS
CABECEIRAS DEVEM SER INTEIRIÇAS, FORMADAS
POR UMA ÚNICA PEÇA, PRODUZIDAS EM
POLIPROPILENO. O PRODUTO DEVERÁ SER
ATÓXICO, COM ADITIVO ANTIBACTERIANO, EFICAZ
PARA CEPAS GRAN-POSITIVAS E GRAN-NEGATIVAS,
APRESENTAR EXCELENTE ACABAMENTO, SEM
REBARBAS E BORDAS CORTANTES. AS DUAS
ESTRUTURAS LATERAIS DEVEM SER EM TUBOS DE
ALUMÍNIO COM ESPESSURA MÍNIMA DE 1,59MM DE
ALTA QUALIDADE DE ACABAMENTO, ALÉM DE
ÓTIMA RESISTÊNCIA A CORROSÃO EM GERAL,
INCLUINDO CORROSÃO POR TENSÃO, UMIDADE E
SALINIDADE. DEVERÁ AINDA, SER LEVE E
RESISTENTE. A ÁREA DE REPOUSO DEVE SER
COMPOSTA POR UM LEITO DE REDE VAZADA, 100%
POLIÉSTER EMPASTADO EM PVC, COM ESPESSURA
MÍNIMA DE 0,51MM E GRAMATURA MÍNIMA DE
310G/M2, COM ANTI FUNGO, ANTIUV, ANTI
OXIDANTE, ANTI CHAMA, ISENTO DE FTALATOS,
ANTITRANSPIRANTE E LAVÁVEL. AS LATERAIS
DEVEM SER SOLDADAS DE MANEIRA UNIFORME E
RESISTENTE A TRAÇÃO MANUAL. ALTA
RESISTÊNCIA A PESO, SUPORTANDO ATÉ 50 KG.
3 UND 1300 R$147,38 R$191.594,00
APRESENTAR EM ANEXO A PROPOSTA LAUDO QUE
ATESTE A EFICÁCIA ANTI CHAMAS, LAUDO QUE
ATESTE A AUSÊNCIA DE F-TALATOS E LAUDO
ANTIBACTERIANO EFICAZ PARA CEPAS GRAN-
POSITIVAS EGRAN-NEGATIVAS. PONTEIRAS DE
BORRACHA ANTIDERRAPANTE PARA QUE A
CAMINHA NÃO DESLIZE, PERMITINDO QUE A
CRIANÇA POSSA SE MOVIMENTAR DE FORMA
SEGURA DURANTE O SONO. DEVE SER FIXADA DE
MANEIRA QUE NÃO SE SOLTE FACILMENTE. TODO
O CONJUNTO DEVE ESTAR BEM MONTADO, DE
FORMA SEGURA, FIRME E BEM TENCIONADO, SEM
IMPERFEIÇÕES COMO ONDA NO LEITO OU AINDA O
EFEITO DE "BARRIGA" NO CENTRO DA CAMINHA.
SEM VELCRO E SEM PARAFUSOS. A CAMA NÃO
DEVE CONTER PEQUENAS PEÇAS QUE POSSAM SE
SOLTAR FACILMENTE, PODENDO PASSAR POR
AVALIAÇÃO SE O CONJUNTO É SEGURO. A CAMA
DEVERÁ SER ENTREGUE MONTADA. A CAMA
EMPILHÁVEL É COMPOSTA POR MÓDULOS, ESTE
SISTEMA PERMITE QUE TODOS OS SEUS
COMPONENTES SEJAM REPOSTOS. MEDIDAS
MÍNIMAS: 135 CM COMPRIMENTO X 60 CM LARGURA
X 15 CM ALTURA. GARANTIA DE 18 MESES.

5/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5%


(CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.

Valor Total Geral: R$ 1.128.274,00 (Um milhão, cento e vinte e oito mil, duzentos e setenta e quatro reais).

2.2. O objeto desta licitação está dividido da seguinte forma:

2.2.1. ITENS - EXCLUSIVO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE (artigo 48,
III da Lei 123/2006)

VALOR VALOR
ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.
UNITÁRIO TOTAL
BERÇO INFANTIL SIMPLES, COM PINTURA EM UV NA
COR BRANCA, COM MATERIAL EM MADEIRA MDF E
GRADES FIXAS EM MADEIRA MDF. O BERÇO DEVE
CONTER SUPORTE PARA MOSQUITEIRO EM FERRO DE
1 5 MM REVESTIDO COM PLÁSTICO. MEDIDAS: FRENTE: UND 216 R$369,67 R$79.848,72
1334 MM; ALTURA: 605 MM; PROFUNDIDADE: 680 MM.
PARA COLCHÃO DE 1300MM X600MMX120MM.
ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5%
(CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.
COLCHÃO PARA BERÇO, MEDINDO 1300 MM X 600 MM,
COM DUAS FACES ( FACE A 100 % DE POLIETILENO E
FACE B 100 % DE POLIÉSTER) E ALTURA MINIMA DE 120
2 UND 810 R$98,67 R$79.922,70
MM (DENSIDADE MINIMA 18 E MAXIMA 20) ACEITANDO
VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR
CENTO) PARA MAIS OU MENOS.
CAMA EMPILHÁVEL – 1 CAMA - AS DUAS CABECEIRAS
DEVEM SER INTEIRIÇAS, FORMADAS POR UMA ÚNICA
PEÇA, PRODUZIDAS EM POLIPROPILENO. O PRODUTO
DEVERÁ SER ATÓXICO, COM ADITIVO
ANTIBACTERIANO, EFICAZ PARA CEPAS GRAN-
POSITIVAS E GRAN-NEGATIVAS, APRESENTAR
EXCELENTE ACABAMENTO, SEM REBARBAS E BORDAS
CORTANTES. AS DUAS ESTRUTURAS LATERAIS DEVEM
SER EM TUBOS DE ALUMÍNIO COM ESPESSURA MÍNIMA
DE 1,59MM DE ALTA QUALIDADE DE ACABAMENTO,
ALÉM DE ÓTIMA RESISTÊNCIA A CORROSÃO EM GERAL,
3 INCLUINDO CORROSÃO POR TENSÃO, UMIDADE E UND 542 R$147,38 R$79.879,96
SALINIDADE. DEVERÁ AINDA, SER LEVE E RESISTENTE.
A ÁREA DE REPOUSO DEVE SER COMPOSTA POR UM
LEITO DE REDE VAZADA, 100% POLIÉSTER EMPASTADO
EM PVC, COM ESPESSURA MÍNIMA DE 0,51MM E
GRAMATURA MÍNIMA DE 310G/M2, COM ANTI FUNGO,
ANTIUV, ANTI OXIDANTE, ANTI CHAMA, ISENTO DE
FTALATOS, ANTITRANSPIRANTE E LAVÁVEL. AS
LATERAIS DEVEM SER SOLDADAS DE MANEIRA
UNIFORME E RESISTENTE A TRAÇÃO MANUAL. ALTA
RESISTÊNCIA A PESO, SUPORTANDO ATÉ 50 KG.
APRESENTAR EM ANEXO A PROPOSTA LAUDO QUE

6/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

ATESTE A EFICÁCIA ANTI CHAMAS, LAUDO QUE ATESTE


A AUSÊNCIA DE F-TALATOS E LAUDO ANTIBACTERIANO
EFICAZ PARA CEPAS GRAN-POSITIVAS EGRAN-
NEGATIVAS. PONTEIRAS DE BORRACHA
ANTIDERRAPANTE PARA QUE A CAMINHA NÃO DESLIZE,
PERMITINDO QUE A CRIANÇA POSSA SE MOVIMENTAR
DE FORMA SEGURA DURANTE O SONO. DEVE SER
FIXADA DE MANEIRA QUE NÃO SE SOLTE FACILMENTE.
TODO O CONJUNTO DEVE ESTAR BEM MONTADO, DE
FORMA SEGURA, FIRME E BEM TENCIONADO, SEM
IMPERFEIÇÕES COMO ONDA NO LEITO OU AINDA O
EFEITO DE "BARRIGA" NO CENTRO DA CAMINHA. SEM
VELCRO E SEM PARAFUSOS. A CAMA NÃO DEVE
CONTER PEQUENAS PEÇAS QUE POSSAM SE SOLTAR
FACILMENTE, PODENDO PASSAR POR AVALIAÇÃO SE O
CONJUNTO É SEGURO. A CAMA DEVERÁ SER
ENTREGUE MONTADA. A CAMA EMPILHÁVEL É
COMPOSTA POR MÓDULOS, ESTE SISTEMA PERMITE
QUE TODOS OS SEUS COMPONENTES SEJAM
REPOSTOS. MEDIDAS MÍNIMAS: 135 CM COMPRIMENTO
X 60 CM LARGURA X 15 CM ALTURA. GARANTIA DE 18
MESES. ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ
5% (CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.

Valor Total: R$ 239.651,38 (Duzentos e trinta e nove mil, seiscentos e cinquenta e um reais e trinta e oito
centavos).

2.2.2. ITEM - LIVRE CONCORRÊNCIA

VALOR VALOR
ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.
UNITÁRIO TOTAL
BERÇO INFANTIL SIMPLES, COM PINTURA EM UV NA
COR BRANCA, COM MATERIAL EM MADEIRA MDF E
GRADES FIXAS EM MADEIRA MDF. O BERÇO DEVE
CONTER SUPORTE PARA MOSQUITEIRO EM FERRO DE
4 5 MM REVESTIDO COM PLÁSTICO. MEDIDAS: FRENTE: UND 1784 R$369,67 R$659.491,28
1334 MM; ALTURA: 605 MM; PROFUNDIDADE: 680 MM.
PARA COLCHÃO DE 1300MM X600MMX120MM.
ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5%
(CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.
COLCHÃO PARA BERÇO, MEDINDO 1300 MM X 600 MM,
COM DUAS FACES ( FACE A 100 % DE POLIETILENO E
FACE B 100 % DE POLIÉSTER) E ALTURA MINIMA DE
5 UND 1190 R$98,67 R$117.417,30
120 MM (DENSIDADE MINIMA 18 E MAXIMA 20)
ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5%
(CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.

7/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

CAMA EMPILHÁVEL – 1 CAMA - AS DUAS CABECEIRAS


DEVEM SER INTEIRIÇAS, FORMADAS POR UMA ÚNICA
PEÇA, PRODUZIDAS EM POLIPROPILENO. O PRODUTO
DEVERÁ SER ATÓXICO, COM ADITIVO
ANTIBACTERIANO, EFICAZ PARA CEPAS GRAN-
POSITIVAS E GRAN-NEGATIVAS, APRESENTAR
EXCELENTE ACABAMENTO, SEM REBARBAS E BORDAS
CORTANTES. AS DUAS ESTRUTURAS LATERAIS DEVEM
SER EM TUBOS DE ALUMÍNIO COM ESPESSURA MÍNIMA
DE 1,59MM DE ALTA QUALIDADE DE ACABAMENTO,
ALÉM DE ÓTIMA RESISTÊNCIA A CORROSÃO EM
GERAL, INCLUINDO CORROSÃO POR TENSÃO,
UMIDADE E SALINIDADE. DEVERÁ AINDA, SER LEVE E
RESISTENTE. A ÁREA DE REPOUSO DEVE SER
COMPOSTA POR UM LEITO DE REDE VAZADA, 100%
POLIÉSTER EMPASTADO EM PVC, COM ESPESSURA
MÍNIMA DE 0,51MM E GRAMATURA MÍNIMA DE 310G/M2,
COM ANTI FUNGO, ANTIUV, ANTI OXIDANTE, ANTI
CHAMA, ISENTO DE FTALATOS, ANTITRANSPIRANTE E
LAVÁVEL. AS LATERAIS DEVEM SER SOLDADAS DE
MANEIRA UNIFORME E RESISTENTE A TRAÇÃO
MANUAL. ALTA RESISTÊNCIA A PESO, SUPORTANDO
ATÉ 50 KG. APRESENTAR EM ANEXO A PROPOSTA
6 LAUDO QUE ATESTE A EFICÁCIA ANTI CHAMAS, LAUDO UND 758 R$147,38 R$111.714,04
QUE ATESTE A AUSÊNCIA DE F-TALATOS E LAUDO
ANTIBACTERIANO EFICAZ PARA CEPAS GRAN-
POSITIVAS EGRAN-NEGATIVAS. PONTEIRAS DE
BORRACHA ANTIDERRAPANTE PARA QUE A CAMINHA
NÃO DESLIZE, PERMITINDO QUE A CRIANÇA POSSA SE
MOVIMENTAR DE FORMA SEGURA DURANTE O SONO.
DEVE SER FIXADA DE MANEIRA QUE NÃO SE SOLTE
FACILMENTE. TODO O CONJUNTO DEVE ESTAR BEM
MONTADO, DE FORMA SEGURA, FIRME E BEM
TENCIONADO, SEM IMPERFEIÇÕES COMO ONDA NO
LEITO OU AINDA O EFEITO DE "BARRIGA" NO CENTRO
DA CAMINHA. SEM VELCRO E SEM PARAFUSOS. A
CAMA NÃO DEVE CONTER PEQUENAS PEÇAS QUE
POSSAM SE SOLTAR FACILMENTE, PODENDO PASSAR
POR AVALIAÇÃO SE O CONJUNTO É SEGURO. A CAMA
DEVERÁ SER ENTREGUE MONTADA. A CAMA
EMPILHÁVEL É COMPOSTA POR MÓDULOS, ESTE
SISTEMA PERMITE QUE TODOS OS SEUS
COMPONENTES SEJAM REPOSTOS. MEDIDAS MÍNIMAS:
135 CM COMPRIMENTO X 60 CM LARGURA X 15 CM
ALTURA. GARANTIA DE 18 MESES. ACEITANDO
VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR
CENTO) PARA MAIS OU MENOS.

Valor Total: R$ 888.622,62 (Oitocentos e oitenta e oito mil, seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e dois
centavos).

8/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

2.3. As quantidades estimadas não implicam em obrigatoriedade de contratação pela Administração, servindo
apenas como referencial para a elaboração das propostas dos licitantes.

2.4. A quantidade inicialmente contratada poderá ser acrescida ou suprimida dentro dos limites previstos no
parágrafo primeiro do artigo 65 da Lei nº 8.666/93.

2.5. Integram este Edital, dele fazendo parte como se transcritos em seu corpo, os seguintes anexos:

 Anexo I Termo de Referência


 Anexo II Minuta de Contrato

3. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NA LICITAÇÃO

3.1. A participação no Pregão Eletrônico dá-se por meio da utilização da senha privativa da licitante.

3.2. Poderão participar deste Pregão Eletrônico:

3.2.1. Empresas que explorem ramo de atividade compatível com o objeto desta licitação;

3.2.2. Empresas que atendam as condições deste Edital e apresentem os documentos nele exigidos,
em original ou qualquer processo de cópia autenticada por Cartório de Notas;

3.2.3. Empresas que possuam registro cadastral atualizado no Sistema de Cadastramento Unificado de
Fornecedores (SICAF);

3.2.4. As empresas não cadastradas no SICAF e que tiverem interesse em participar do presente
Pregão Eletrônico, deverão providenciar o seu cadastramento e sua habilitação junto a qualquer Unidade
Cadastradora do Órgão da Administração Pública, até o terceiro dia útil anterior à data do recebimento das
propostas (parágrafo único, Art. 3º do Decreto nº 3.722/2001);

3.2.5. Empresas que estejam devidamente credenciadas na Secretária de Logística E Tecnologia da


Informação (SLTI), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio do sitio
www.comprasgovernamentais.gov.br, para acesso ao sistema eletrônico;

3.2.6. Empresa em Recuperação Judicial desde que apresente certidão emitida pela instância judicial
competente, que certifique que a interessada está apta econômica e financeiramente a participar de procedimento
licitatório nos termos da Lei 8.666/93. (Acórdão n° 8.271/2011 - TCU - 2ª Câmara).

3.3. Não poderão participar deste Pregão Eletrônico:

3.3.1. Empresa que não explore ramo de atividade compatível com o objeto desta licitação;

3.3.2. Empresas sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação;

3.3.3. Empresas que estejam suspensas do direito de licitar e contratar com a Administração Pública do
município de Caruaru/PE.

3.3.4. Empresas que estejam reunidas em consórcio e sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias
entre si;

9/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

3.3.5. Empresas constituídos sob forma de Consórcio;

3.3.6. Sociedades integrantes de um mesmo grupo econômico; assim entendidas aquelas que tenham
diretores, sócios ou representantes legais comuns, ou que utilizem recursos materiais, tecnológicos ou humanos
em comum, exceto se demonstrado que não agem representando interesse econômico em comum;

3.3.7. Tenham em seu quadro, empregados menores de 18 (dezoito) anos efetuando trabalho noturno,
perigoso ou insalubre ou ainda empregado com idade inferior a 16 (dezesseis) anos efetuando qualquer trabalho,
salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos;

3.3.8. Empresa, pessoa jurídica cujos sócios; diretores ou responsáveis técnicos sejam servidores ou
dirigentes da Prefeitura de Caruaru;

3.3.9. Pessoas contempladas no artigo 9º Incisos I, II e III da Lei 8.666/93.

3.4. O cadastramento no SICAF poderá ser realizado pelo interessado em qualquer unidade de cadastramento
dos órgãos ou entidades da Presidência da República, dos Ministérios, das Autarquias e das Fundações que
participam do Sistema Integrado de Serviços Gerais - SIASG, localizados nas Unidades da Federação.

3.5. Para ter acesso ao sistema eletrônico, os interessados em participar deste Pregão deverão dispor de chave
de identificação e senha pessoais, obtidas junto ao provedor do sistema, no qual também deverão informar-se a
respeito do seu funcionamento, regulamento e receber instruções detalhadas para sua correta utilização.

3.6. Como requisito para participação neste Pregão a Licitante deverá declarar, em campo próprio do sistema
eletrônico, que está ciente e concorda com as condições contidas neste Edital e que cumpre plenamente os
requisitos de habilitação definidos no item 12 deste edital.

3.7. A declaração falsa relativa ao cumprimento dos requisitos de habilitação e proposta sujeitará a licitante às
sanções previstas neste Edital.

4. DO CREDENCIAMENTO

4.1. Conforme determina o art. 3º § 1º do Decreto nº 5.450/2005:

4.1.1. A licitante e seu representante legal deverão estar previamente credenciados junto ao órgão
provedor, no prazo de 03 (três) dias úteis antes da data da realização do pregão, de acordo com o § 1º, artigo 4º, da
Instrução Normativa nº 02/2010 da SLTI/MPOG.

4.1.2. O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e de senha pessoal e


intransferível, para acesso ao sistema eletrônico no sitio www.comprasgovernamentais.gov.br;

4.1.3. O credenciamento da licitante dependerá de registro cadastral atualizado no Sistema de


Cadastramento Unificado de Fornecedores – SICAF, o qual também será requisito obrigatório para fins de
habilitação.

4.1.4. O credenciamento junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal da licitante ou de


seu representante legal e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao pregão
eletrônico (§ 6º, Art. 3º do Decreto nº 5.450/2005).

4.1.5. As licitantes que optarem pelo tratamento diferenciado e favorecido instituído pela Lei Complementar
nº 123/2006 deverão, no ato do envio de sua proposta, em campo próprio do sistema, declarar que atendem aos

10/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

requisitos da art. 3º para fazer jus aos benefícios previstos na referida Lei, bem como apresentar, quando solicitado
pelo Pregoeiro, o Termo de Opção, conforme modelo do Anexo V;

4.1.6. O uso da senha de acesso pela licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer
transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou a Prefeitura
Municipal de Caruaru, responsabilidade por eventuais danos decorrentes do uso indevido da senha, ainda que por
terceiros;

4.1.7. A perda da senha ou a quebra de sigilo deverão ser comunicadas ao provedor do sistema para
imediato bloqueio de acesso.

5. DA OPÇÃO PELO TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO

5.1. As licitantes que optarem pelo tratamento diferenciado e favorecido e instituído pela Lei Complementar nº
123/2006, deverão apresentar, juntamente com documentação necessária a habilitação, o Termo de Opção, conforme
modelo constante do Anexo V, acompanhado da documentação comprobatória de seu enquadramento como
Microempresa-ME ou Empresa de Pequeno Porte-EPP.

5.2. Nos termos do art. 3º da LC nº 123/2006 e LC nº 155/2016, são consideradas microempresas ou empresas
de pequeno porte, a sociedade empresária, a sociedade simples e o empresário a que se refere o art. 966, da Lei
nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002, devidamente registrados no Registro de Empresas Mercantis ou no Registro
Civil de Pessoas Jurídicas, conforme o caso, desde que:

5.2.1. No caso das microempresas, o empresário, a pessoa jurídica, ou a ela equiparada, aufira, em
cada ano-calendário, receita bruta igual ou inferior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais);

5.2.2. No caso das empresas de pequeno porte, o empresário, a pessoa jurídica, ou a ela
equiparada, aufira, em cada ano-calendário, receita bruta superior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil
reais) e igual ou inferior a R$ 4.800.000,00 (quatro milhões e oitocentos mil reais).

5.3. Nos termos do parágrafo 1º, do art. 3º, da Lei Complementar nº 123/2006, considera-se receita bruta o
produto da venda de bens e serviços nas operações de conta própria, o preço dos serviços prestados e o
resultado nas operações em conta alheia, não incluídas as vendas canceladas e os descontos
incondicionais concedidos.

5.4. As licitantes deverão comprovar que a receita bruta auferida no ano-calendário corrente não ultrapassou os
limites previstos no art. 3º, da LC nº 123/2006.

5.5. No caso de início de atividade no próprio ano-calendário, o limite de valor para fins de enquadramento será
proporcional ao número de meses em que a microempresa ou a empresa de pequeno porte houver exercido
atividade, inclusive as frações de meses (parágrafo 2º, do art. 3º, da LC 123/2006).

5.6. Para fins de determinação da receita bruta, poderá ser considerado o regime de competência ou de caixa,
mantido o critério para todo o ano-calendário (art. 4º, parágrafo 2º, da Instrução Normativa SRF nº 608, de 09 de
janeiro de 2006).

5.7. Não se inclui no regime diferenciado e favorecido previsto na LC 123/2006, para quaisquer efeitos legais, a
pessoa jurídica (parágrafo 4º do art. 3º, da LC nº 123/2006):

5.7.1. De cujo capital participe outra pessoa jurídica;

11/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

5.7.2. Que seja filial, sucursal, agência ou representação no país, de pessoa jurídica com sede no
exterior;

5.7.3. De cujo capital participe pessoa física que seja inscrita como empresário ou seja sócio de outra
empresa que receba tratamento jurídico diferenciado nos termos da LC nº 123/2006, desde que a receita bruta
global ultrapasse o limite de que trata o inciso II do art. 3º daquela norma;

5.7.4. De cujo titular ou sócio participe com mais de 10% (dez por cento) do capital de outra empresa
não beneficiada pela LC nº 123/2006, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de que trata o inciso II do
art. 3º daquela norma alterada pela LC 155/2016;

5.7.5. De cujo sócio ou titular seja administrador ou equiparado de outra pessoa jurídica com fins
lucrativos, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de que trata o inciso II do art. 3º, da LC nº 123/2006
alterada pela LC 155/2016;

5.7.6. Empresa constituída sob a forma de cooperativa, salva as de consumo;

5.7.7. Empresa que participe do capital de outra pessoa jurídica;

5.7.8. Que exerça atividade de banco comercial, de investimentos e de desenvolvimento, de caixa


econômica, de sociedade de crédito, financiamento e investimento ou de crédito imobiliário, de corretora ou de
distribuidora de títulos, valores mobiliários e câmbio, de empresa de arrendamento mercantil, de seguros privados
e de capitalização ou de previdência complementar;

5.7.9. Resultante ou remanescente de cisão ou qualquer outra forma de desmembramento de pessoa


jurídica que tenha ocorrido em um dos 5 (cinco) anos-calendário anteriores;

5.7.10. Constituída sob a forma de sociedade por ações;

5.7.11. Cujos titulares ou sócios guardem, cumulativamente, com o contratante do serviço, relação de
pessoalidade, subordinação ou habitualidade.

5.8. O enquadramento do empresário ou da sociedade simples ou empresária como microempresa ou empresa


de pequeno porte, bem como o seu desmembramento não implicará alteração, denúncia ou qualquer restrição em
relação a contratos por elas anteriormente firmados (parágrafo 3º do art. 3º, da LC nº 123/2006).

6. DO ENVIO DA PROPOSTA DE PREÇOS

6.1. Na Proposta Eletrônica deverão constar as seguintes condições:

6.1.1. A participação no Pregão Eletrônico dá-se por meio da utilização da senha privativa da licitante e
subsequente cadastramento da proposta com a descrição do objeto ofertado e o preço, com valores unitários e
totais, até a data e horários estipulado nesse Edital para abertura da sessão (horário de Brasília/DF),
exclusivamente por meio de sistema eletrônico, quando então encerrará automaticamente a fase de recebimento
de propostas;

6.1.2. Até a data de abertura da sessão, a licitante poderá retirar ou substituir a proposta anteriormente
registrada;

6.1.3. Não serão aceitas as propostas de preços sem detalhamento da descrição do objeto ou contendo
apenas a redação “conforme descrito no edital” ou expressão equivalente.

12/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

6.2. A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico
assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances, inclusive os atos praticados diretamente ou por
seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao órgão promotor da licitação responsabilidade por
eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros.

6.3. Incumbirá à licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante o processo licitatório, ficando
responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens
emitidas pelo sistema ou de sua desconexão.

6.4. Como requisito para a participação no Pregão Eletrônico a licitante deverá manifestar, em campo próprio do
sistema eletrônico, que cumpre plenamente os requisitos de habilitação e que sua proposta está em conformidade
com as exigências do instrumento convocatório.

6.5. Na Proposta Comercial deverão constar as seguintes condições:

6.5.1. Prazo de validade de 120 (cento e vinte) dias, a contar da data de sua apresentação;

6.5.2. Preço unitário e total do item cotado, de acordo com os preços praticados no mercado, conforme
estabelece o art. 43, inciso IV da Lei n. º 8.666/93, em algarismos arábicos e por extenso (total), expresso em
moeda corrente nacional, considerando as quantidades constantes da Planilha Orçamentária do presente Edital;

6.5.2.1. No preço cotado, deverão estar incluídos todos os insumos que os compõem, tais como as
despesas com impostos, taxas, fretes, seguros e quaisquer outros que incidam direta ou indiretamente na
aquisição do objeto desta Licitação;

6.5.3. Indicar o número desta licitação e conter o nome comercial da licitante, o CNPJ, o número de
telefone e de fax, e-mail, se houver, e o respectivo endereço com CEP;

6.5.4. Ser emitida por processo mecânico, com identificação do proponente, sem emendas, rasuras,
entrelinhas ou ressalvas, datada e assinada e, ainda, rubricada em todas as folhas pelo proponente ou por seu
representante legal;

6.5.5. Descrever detalhadamente todas as características do produto ofertado, de acordo com as


especificações contidas nos anexos deste edital.

6.5.6. Deverá ser apresentado catálogo dos produtos que serão adquiridos contendo todas as
especificações técnicas pertinentes aos objetos, anexado a proposta de preços;

6.6. A Licitante deve cotar os itens definidos no objeto do Edital, conforme especificado na Planilha Orçamentária.

6.7. Não será aceita a proposta que oferecer quantidade inferior a 100% do que foi solicitado.

6.8. A apresentação da proposta implicará em plena aceitação, por parte do proponente, das condições
estabelecidas neste Edital e seus Anexos.

6.9. Serão desclassificadas as propostas que não atenderem as exigências do presente Edital e seus Anexos,
que sejam omissas ou apresentem irregularidades insanáveis.

6.10. Após apresentação da Proposta não caberá desistência, salvo por motivo justo decorrente de fato
superveniente e aceito pelo Pregoeiro.

13/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

6.11. Nenhuma indenização será devida às licitantes pela elaboração de proposta ou apresentação de documentos
relativos a esta licitação.

6.12. Não serão admitidas ofertas de produtos com especificação diferente do que foi solicitado.

6.13. O licitante deverá obedecer rigorosamente aos termos deste Edital e seus anexos. E em caso de
discordância entre as especificações deste objeto descritas no COMPRASNET - CATMAT e as especificações
constantes do Anexo I - Termo de Referência deste Edital, prevalecerão os do EDITAL.

6.14. As propostas deverão mencionar a especificação completa, de acordo com o edital, e o nome do fabricante
(marca) do produto, que não poderá ser alterada quando do seu fornecimento.

7. DA SESSÃO PÚBLICA

7.1. A partir do horário previsto no PREÂMBULO deste Edital e, em conformidade com o subitem 7.1.2. deste
Edital, terá início a sessão pública do Pregão Eletrônico, com a divulgação das propostas de preços recebidas.

7.1.1. A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no
sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances.

7.1.2. A participação no pregão dar-se-á por meio da digitação da senha privativa do licitante e
subsequente encaminhamento do valor global por item cotado, em campo próprio, exclusivamente por meio do
sistema eletrônico (inciso IV, Art. 7º, Decreto 3.697/2000).

7.1.3. Como requisito para a participação no Pregão Eletrônico, a licitante deverá manifestar, em
campo próprio do sistema eletrônico, o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação previstas
neste Edital.

7.1.4. O pregoeiro analisará o objeto, junto com a unidade solicitante, e o(s) preço(s) ofertado(s) e
avaliará a conformidade das propostas com os requisitos estabelecidos neste edital. Caso constate irregularidade,
promoverá a exclusão da proposta. Uma vez executado este procedimento, o pregoeiro fará a divulgação das
propostas aceitas.

7.1.5. Independentemente de declaração expressa, a simples apresentação da proposta implica


submissão a todas as condições estipuladas neste Edital e seus Anexos, sem prejuízo da estrita observância das
normas contidas na legislação mencionada no preâmbulo deste Edital.

7.2. Após a abertura, o Pregoeiro verificará as propostas apresentadas, desclassificando aquelas que não
apresentarem conformidade com os requisitos estabelecidos neste edital.

7.2.1. Serão desclassificadas as propostas:

a) Que não atendam às exigências do ato convocatório ou que apresentem dispositivos contrários lei e à
regulamentação vigente;

b) Que contiverem preço ou materiais condicionados a prazos, vantagens de qualquer natureza ou


descontos não previstos neste pregão, inclusive financiamentos subsidiados ou a fundo perdido;

c) Que forem omissas, vagas, apresentarem irregularidades ou defeitos capazes de dificultar o


julgamento, bem como as que apresentarem preços ou vantagens baseadas nas ofertas de outras

14/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

licitantes;

d) Que ofertem preços superiores aos praticados no mercado ou manifestamente inexequíveis, assim
considerados aqueles irrisórios ou de valor zero ou que não venham a ter sua viabilidade demonstrada
através de documentação que comprove que o custo dos produtos é coerente com o de mercado;

e) Das empresas que se identificarem quando do lançamento da proposta e/ou anexos no envio
eletrônico.

7.3. A desclassificação da proposta será fundamentada e registrada no sistema, com acompanhamento em tempo
real por todos os participantes.

7.4. As propostas de preços contendo a descrição do objeto, do valor e dos eventuais anexos estarão disponíveis
na internet.

7.5. A comunicação entre o Pregoeiro e as licitantes ocorrerá mediante troca de mensagens, em campo próprio
do sistema eletrônico.

7.6. Não havendo expediente ou ocorrendo qualquer fato superveniente que impeça a realização do certame na
data marcada, a sessão será automaticamente transferida para o primeiro dia útil subsequente, no mesmo horário
anteriormente estabelecido, desde que não haja comunicação do Pregoeiro em contrário.

7.7. A indicação do lance vencedor, a classificação dos lances apresentados e demais informações relativas à
sessão pública deste pregão constarão de ata divulgada no sistema eletrônico.

7.8. Para o encaminhamento da proposta de preços dos materiais, objeto desta licitação, será exigido o
preenchimento do campo DESCRIÇÃO DETALHADA DO OBJETO OFERTADO, com as especificações do objeto
de maneira que seja possível analisar a conformidade do objeto ofertado com as exigências do Edital.

8. DA FORMULAÇÃO DOS LANCES

8.1. Classificadas as propostas, será iniciada a etapa competitiva, quando então as licitantes poderão encaminhar
lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sendo a licitante imediatamente informada do seu
recebimento e valor consignado no registro.

8.2. Incumbirá ainda à licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do
Pregão, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer
mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão.

8.3. A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema
eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances.

8.4. As licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observando o horário fixado e as regras estabelecidas no
edital.

8.5. O intervalo entre os lances enviados pelo mesmo licitante não poderá ser inferior a 20 segundos.

8.6. Somente serão aceitos os lances cujos valores forem inferiores ao último lance que tenha sido anteriormente
registrado no sistema pelo próprio licitante.

8.7. Não serão aceitos dois ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado

15/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

em primeiro lugar.

8.8. Durante o transcurso da sessão pública, as licitantes serão informadas, em tempo real do valor do menor
lance registrado, vedado à identificação do licitante.

8.9. A etapa de lances da sessão pública será encerrada mediante aviso de fechamento iminente dos lances,
emitido pelo sistema eletrônico às licitantes, após o que transcorrerá período de 01 (um) até 30 (trinta) minutos,
aleatoriamente determinado também pelo sistema eletrônico, findo o qual será automaticamente encerrada a
recepção de lances.

8.10. No caso de desconexão com o pregoeiro, no decorrer da etapa competitiva do pregão, o sistema eletrônico
poderá permanecer acessível às licitantes para a recepção dos lances, retomando o pregoeiro, quando possível,
sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados.

8.11. Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do Pregão será suspensa, e
terá reinício somente após comunicação do Pregoeiro aos participantes; no endereço eletrônico utilizado para
divulgação.

8.12. Durante a sessão pública a comunicação do Pregoeiro com as licitantes dará única e exclusivamente via
sistema eletrônico.

9. DA NEGOCIAÇÃO

9.1. Após o encerramento da etapa de lances, o Pregoeiro poderá encaminhar pelo sistema eletrônico
contraproposta diretamente à licitante que tenha apresentado o lance mais vantajoso, para que seja obtida melhor
proposta, observando o critério de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas
no edital.

9.2. A negociação será realizada por meio do sistema, com agendamento através do chat, podendo ser
acompanhada pelos demais licitantes.

10. DA ACEITABILIDADE DA PROPOSTA

10.1. Encerrada a etapa de lances e concluída a negociação, quando houver, o pregoeiro examinará a proposta
classificada em primeiro lugar quanto à compatibilidade do preço em relação ao valor estimado para aquisição.

10.2. Não se considerará qualquer oferta de vantagem não prevista neste Edital, inclusive financiamentos
subsidiados ou a fundo perdido.

10.3. Será rejeitada a proposta que apresentar valores irrisórios ou valor dos encargos, exceto quando se
referirem a materiais e instalações de propriedade da licitante, para as quais ela renuncie à parcela ou a totalidade
da remuneração.

10.4. O Pregoeiro poderá solicitar pareceres de técnicos pertencentes ao quadro pessoal da Secretaria Municipal
de Educação de Caruaru ou, ainda, de pessoas físicas estranhas a ele, para orientar sua decisão.

10.5. Se a proposta não for aceitável ou se a amostra for rejeitada ou, ainda, se a licitante não atender as
exigências habilitatórias, o Pregoeiro examinará a proposta subsequente e, assim, sucessivamente na ordem de
classificação, até apuração de uma proposta que atenda a este Edital.

10.6. O desatendimento de exigências formais não essenciais não importará no afastamento da licitante, desde

16/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

que sejam possíveis as aferições das suas qualificações e as exatas compreensões da sua proposta, durante a
realização da sessão pública do Pregão.

11. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

11.1. O Pregoeiro efetuará o julgamento das Propostas avaliando os preços obtidos e analisando o parecer técnico
do solicitante sobre o produto oferecido.

11.2. O julgamento será efetuado pelo MENOR PREÇO POR ITEM;

11.2.1. No caso de agrupamento de itens, cada grupo será considerado Lote.

11.3. Analisada a aceitabilidade dos preços obtidos e a qualidade do produto, o Pregoeiro divulgará o resultado do
julgamento das propostas.

11.4. Caso a proposta classificada em primeiro lugar não tenha sido apresentada por Microempresa ou Empresa
de Pequeno Porte (art. 45, parágrafo 2º, da LC nº 123/2006), adotar-se-á o seguinte procedimento:

11.4.1. Será assegurada como critério de desempate, a preferência de contratação para as


microempresas e empresas de pequeno porte;

11.4.2. Será considerado empate no caso de haver proposta de licitante qualificado como Microempresa
ou Empresa de Pequeno Porte de valor igual ou até 5% (cinco por cento) superior à proposta classificada em
primeiro lugar.

11.5. Para efeito do disposto no item 11.4.1 deste edital, ocorrendo o empate, proceder-se-á da seguinte forma:

11.5.1. Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte mais bem classificada poderá apresentar, no
prazo de 5 (cinco) minutos controlados pelo sistema, proposta de preço inferior àquela considerada
vencedora do certame, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado (art. 44, parágrafo 2º e art.
45, I, da LC nº 123/2006);

11.5.2. Não ocorrendo à contratação da Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, na forma do item
anterior, serão convocadas as Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte remanescente que porventura se
enquadrem no limite estabelecido no subitem 11.4.2, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito
(art. 45, II, da LC nº 123/2006);

11.5.3. No caso de equivalência dos valores apresentados pela Microempresa ou Empresa de Pequeno
Porte que se encontrem no intervalo estabelecido no item 11.4.2, será realizado sorteio entre elas para que se
identifique àquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta (art. 45, III, da LC nº 123/2006).

11.5.4. Caso não haja vencedora para a cota reservada (25%) esta poderá ser adjudicada ao vencedor
da cota principal (75%), ou diante da sua recusa, às licitantes remanescentes, desde que pratiquem o preço da
primeira colocada.

11.5.5. Se a mesma empresa vencer a cota reservada e a cota principal, a contratação deverá ocorrer
pela de menor preço, igualando o preço de ambas as cotas.

11.5.6. Cota Reservada - corresponde a até 25% (vinte e cinco por cento) do valor do item e destina-se
exclusivamente à participação de microempresas e empresas de pequeno porte.

17/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

11.5.7. Cota Principal - corresponde a até 75% (setenta e cinco por cento) do valor do item, e destina-se
à participação de todas as empresas, inclusive as microempresas e empresas de pequeno porte.

11.6. Não ocorrendo à hipótese descrita no item 11.4, o objeto licitado será adjudicado em favor da proposta
originalmente vencedora do certame (art. 45, parágrafo 1º, da LC nº 123/2006).

12. DA HABILITAÇÃO

12.1. A habilitação da licitante vencedora será verificada “via on-line” no SICAF, CADIN, CNDT, CNIA e CEIS,
após a análise e julgamento da Proposta de Preço e por meio da documentação complementar especificada neste
edital, facultada a consulta aos documentos de habilitação descrito nos Artigos 27 a 33 da Lei 8.666/93.

12.2. A licitante detentora da melhor oferta deverá comprovar a situação de regularidade no prazo de 05 (CINCO)
DIAS ÚTEIS, a contar do encerramento da fase de lances, com o encaminhamento da Proposta Comercial e o
original ou cópia autenticada dos seguintes documentos:

12.2.1. Certidão negativa de falência ou concordata ou, se for o caso Certidão de Recuperação
judicial, expedida pelo Cartório Distribuidor da sede da pessoa jurídica e Processos Judiciais Eletrônicos –PJE (1º
e 2º Graus), ou Certidão Integralizada com os Processos Judiciais Físicos e Eletrônicos;

12.2.2. Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social, já exigíveis e


apresentados na forma da lei, juntamente com seus termos de abertura e encerramento, que comprovem a boa
situação financeira da empresa, conforme previsto no item 13.2;

12.2.3. Atestado de capacidade técnica, expedido em nome da licitante, por pessoas jurídicas de
direito público ou privado, compatível com as características do objeto deste edital, conforme os incisos I e II do
art. 30 da lei nº 8.666/93, como descrito no item 14 deste Edital;

12.2.4. Catálogo dos produtos que serão adquiridos contendo todas as especificações técnicas
pertinentes aos objetos, anexado a proposta de preços;

12.3. Caso nos registros cadastrais e na comprovação de regularidade fiscal conste algum documento ou certidão
vencida, a licitante deverá encaminhar comprovante idêntico, com o respectivo prazo atualizado, sob pena de
inabilitação.

12.4. A comprovação de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte;

12.4.1. As microempresas e empresa de pequeno porte deverão apresentar toda a documentação


exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição;

12.4.2. Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal ou trabalhista, será


assegurado o prazo de 05 (cinco) dias úteis, prorrogáveis por igual período, a critério da administração pública,
cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame ou
parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa;

12.4.3. A não regularização da documentação, no prazo previsto no item 12.4.2, implicará decadência
do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 7 da Lei Nº 10.520/02 sendo facultado a
Secretaria de Educação convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura do
contrato, ou revogar a licitação.

12.5. Os documentos necessários à habilitação poderão ser apresentados em original ou em cópia autenticada em

18/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

cartório competente ou publicação em órgão da imprensa oficial ou em cópias simples, desde que acompanhadas
dos originais para conferência pelo Pregoeiro;

12.5.1. O Pregoeiro reserva-se o direito de solicitar o original de qualquer documento, sempre que tiver
dúvida e julgar necessário.

12.6. Não serão aceitos “protocolos de entrega” ou “solicitação de documento” em substituição aos documentos
requeridos no presente Edital e seus Anexos, exceto aqueles previstos em legislação específica.

12.7. Sob pena de inabilitação, todos os documentos apresentados para habilitação deverão estar:

12.7.1. Em nome da licitante, preferencialmente, com número do CNPJ e com endereço receptivo;

a) Se a licitante for a matriz todos os documentos deverão estar em nome da matriz ou;
b) Se a licitante for a filial, todos os documentos deverão estar em nome da filial, exceto
aqueles documentos que pela própria natureza, comprovadamente, forem emitidos somente
em nome da matriz.

12.8. Documentos apresentados com validade expirada acarretarão a inabilitação do proponente.

12.8.1. A validade das certidões corresponderá ao prazo fixado nos próprios documentos. Caso as
mesmas não contenham expressamente o prazo de validade, a Prefeitura de Caruaru convenciona o prazo com
sendo de 90 (noventa) dias, a contar da data de sua expedição, ressalvada a hipótese da licitante comprovar que
o documento tem prazo de validade superior ao antes convencionado, mediante juntada de norma legal pertinente.

12.9. A empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no país deverá apresentar também, o decreto ou
ato de registro de autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade exigir.

12.10. Como condição para retirada da nota de empenho, o licitante vencedor deverá manter as mesmas
condições de habilitação.

13. QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

13.1. Certidão Negativa de Falência expedida pelo Distribuidor da sede da pessoa jurídica emitida há menos de 90
(noventa) dias da data designada no item 1.3, supramencionada no item 15.2.5.

13.2. Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na
forma da lei, juntamente com seus termos de abertura e encerramento, que comprovem a boa situação financeira da
empresa, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios para aquelas que já completaram o seu
primeiro exercício. As empresas constituídas durante o ano corrente deverão, obrigatoriamente, apresentar o Balanço
inicial ou de abertura. O Balanço poderá ser atualizado por índices oficiais, quando encerrado há mais de 03 (três)
meses da data de apresentação da proposta Artigo 31, I da Lei 8.666/93.

a) As Microempresas ou as Empresas que trabalham sob regime de lucro presumido deverão


também apresentar, obrigatoriamente, o Balanço Patrimonial na forma aqui exigida, não
podendo o mesmo ser substituído por nenhum outro documento.

13.3. Serão considerados e aceitos como na forma da lei, o balanço patrimonial e demonstrações contábeis assim
apresentados:

19/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

13.3.1. Sociedades regidas pela Lei 6.404 de 15 de dezembro de 1976 – Lei das Sociedades Anônimas:
a) Publicados em Diário Oficial; ou
b) Publicados em jornal de grande circulação; ou
c) Por fotocópia registrada ou autenticada na Junta Comercial da sede da licitante.

13.3.2. Sociedade por cota de responsabilidade limitada (Ltda.):


a) Por fotocópia do livro Diário, juntamente com os Termos de Abertura e de Encerramento
que deverão estar devidamente autenticados na Junta Comercial da sede da licitante ou em
outro órgão equivalente; ou
b) Fotocópia do balanço e das demonstrações contábeis devidamente registrados e
autenticados na Junta Comercial da sede da licitante.

13.3.3. Sociedade criada no exercício em curso:

a) Fotocópias do balanço de abertura, devidamente registrado ou autenticado na Junta Comercial


da sede da licitante.

13.4. O balanço patrimonial e as demonstrações contábeis deverão estar assinados por contador ou por outro
profissional equivalente, devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade.

13.5. Com base nos dados extraídos do balanço patrimonial será avaliada a capacidade financeira da empresa.

13.6. Para comprovar a boa situação financeira a empresa deverá apresentar os seguintes índices contábeis,
extraídos do último Balanço Patrimonial:

LG = Liquidez Geral – igual ou superior a 1


SG = Solvência Geral – igual ou superior a 1
LC = Liquidez Corrente – igual ou superior a 1

Sendo:

LG = (AC + RLP) / (PC + ELP)


SG = AT / (PC + ELP)
LC = AC / PC

Onde:
AC = Ativo Circulante
RLP = Realizável a Longo Prazo
PC = Passivo Circulante
ELP = Exigível a Longo Prazo
AT = Ativo Total

a) Os índices acima descritos poderão ser demonstrados, em folha própria, fazendo-se constar os dados do
balanço que lhes deram origem; e
b) As licitantes que obtiverem em seus balanços índices inferiores a 1 (um inteiro), deverão comprovar um
Capital Social ou Patrimônio Líquido de 10% (dez por cento) do valor, da proposta de preços

20/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

apresentada. A comprovação deverá ser feita relativamente à data da apresentação da proposta, admitida a
atualização para esta data por meio de índices oficiais;
c) As licitantes cujos balanços apresentarem índices de LG, SG e LC iguais ou superiores a 1 (um inteiro)
serão considerados em boa situação econômico financeira, para efeito desta licitação;
d) As fórmulas deverão estar devidamente aplicadas em memorial de cálculos junto ao Balanço Patrimonial;
e) Caso o memorial não seja apresentado, a Comissão Permanente de Licitações reserva-se o direito de
efetuar os cálculos;
f) Os balanços emitidos via sistema público de escrituração fiscal digital - SPED Fiscal serão aceitos
devidamente autenticados, mediante recibo de entrega emitido pelo SPED, conforme autoriza o art. 78 - A,
§ 1º e 2º do Decreto nº 1800/1996, alterado pelo Decreto nº 8.683/2016.

14. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

14.1. A Comprovação de aptidão para execução do serviço licitado deverá ser mediante atestado (s) ou declaração
(ões), fornecido (s) por pessoa (s) jurídica (s) de Direito Público e/ou Privado, declarando que a licitante executa ou
forneceu o produto de acordo com cada item da presente licitação em pelo menos 10% (dez por cento) do
quantitativo, admitindo-se o somatório de atestados/declarações, pertinentes e compatíveis ao objeto desta
licitação, demonstrando experiência para o desempenho do objeto;

14.2. Forma de apresentação do(s) atestado(s) ou declaração(ões): O(s) atestado(s) ou declaração(ões) de


capacidade técnica deve(m) ser fornecidos por pessoa jurídica de direito público ou privado, com a identificação da
empresa ou do órgão fornecedor, emitido sem rasuras, acréscimos ou entrelinhas e assinados por quem tenha
competência para expedi-los. O(s) atestado(s) deverá(ão) ser datado(s) e assinado(s) e deverá conter informações
que permitam a identificação correta do contratante e do fornecedor, tais como:

a) Nome, CNPJ, endereço e telefone do emitente do documento;


b) Nome, CNPJ e endereço da empresa que forneceu ao emitente;
c) Identificação do signatário (nome, cargo ou função que exerce junto à emitente).

14.3. Os atestados referir-se-ão a contratos já concluídos ou já decorrido no mínimo um ano do início de sua
execução, exceto se houver sido firmado para ser executado em prazo inferior;

14.4. Os atestados deverão referir-se a fornecimentos prestados no âmbito de sua atividade econômica principal
ou secundária especificadas no contrato social vigente.

15. DO ENCAMINHAMENTO DA DOCUMENTAÇÃO

15.1. A proposta ajustada ao lance final da licitante vencedora e os documentos exigidos para habilitação
(item 12) que não estejam contemplados no SICAF, inclusive quando houver necessidade de envio de anexos,
deverá ser enviado por meio da opção “Enviar Anexo” do sistema Comprasnet, no prazo de até 24 (vinte e quatro)
horas, a partir da solicitação do pregoeiro no sistema eletrônico, para envio de documentos de habilitação
complementares pelo ANEXO, conforme IN (SLTI/MP) nº 01 de 26/03/2014.” CASO O LICITANTE NÃO ATENDA
O PRAZO, ENVIANDO SUA PROPOSTA/HABILITAÇÃO, SERÁ CONSIDERADO DESCLASSIFICADO.

15.1.1. No caso de desclassificação ou inabilitação do vencedor, os próximos classificados terão prazos


estabelecidos pelo Pregoeiro quando da convocação através do Portal de Compras do Governo Federal;

15.1.2. O pregoeiro poderá consultar sítios oficiais de órgãos e entidades emissores de certidões, para
verificar as condições de habilitação das licitantes;

21/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

15.1.3. Os documentos remetidos por meio da opção “Enviar Anexo” do sistema Comprasnet
deverão ser encaminhados em original ou por cópia autenticada, no prazo de 05 (CINCO) DIAS ÚTEIS,
conforme item 12.2 deste edital;

15.1.4. Os originais ou cópias autenticadas, caso sejam solicitados, deverão ser encaminhados à
Comissão Permanente de Licitação - Educação, situada à Avenida José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, CEP
55.026-675, Caruaru/PE.

15.2. Todos os documentos emitidos em língua estrangeira deverão ser entregues acompanhados da tradução
para a língua portuguesa, efetuada por tradutor juramentado e também devidamente consularizados e registrado
Cartório de Títulos e Documentos.

15.3. Documentos de procedência estrangeira, mas emitidos em língua portuguesa, também deverão ser
apresentados devidamente consularizados ou registrados no Cartório de Títulos e Documentos.

16. DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

16.1. A adjudicação do objeto do presente certame aos fornecedores cujos preços estejam aptos a serem
contratados será viabilizada pelo Pregoeiro, sempre que não houver recurso, e ficará sujeito a homologação do
Secretário Municipal de Administração.

16.2. No caso de haver recurso, o Secretário Municipal de Administração realizará a adjudicação e a homologação
do item em questão.

16.3. A homologação do resultado desta licitação não implicará em direito à aquisição do objeto pela
Administração.

16.4. A Adjudicatária é obrigada a substituir às suas expensas, no total ou em parte, o objeto do contrato em que
se verificarem vícios, defeitos ou incorreções.

16.5. A Adjudicatária é responsável pelos danos causados diretamente à Administração ou a terceiros,


decorrentes de sua culpa ou dolo na execução do objeto, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a
fiscalização ou a acompanhamento pelo órgão interessado.

17. DA IMPUGNAÇÃO E DO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO

17.1. Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para Abertura da sessão, qualquer pessoa poderá impugnar o
ato convocatório deste Pregão, mediante o envio de petição formal com o timbre da empresa, assinada por sócio,
dirigente, proprietário ou procurador da licitante e digitalizada, para o endereço eletrônico cpl-edu@hotmail.com
e/ou protocolada no endereço da Comissão Permanente de Licitação - Educação.

17.2. Caberá ao Pregoeiro, auxiliado pelo setor responsável pela solicitação, decidir sobre a petição no prazo de
24(vinte e quatro) horas.

17.3. Procedentes as razões da impugnação contra o ato convocatório, será disponibilizado novo edital e, caso a
alteração comprometa a formulação da Proposta, definida e publicada nova data para a realização do certame.

17.4. Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados ao pregoeiro até 03
(três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública através de solicitação formal com o
timbre da empresa, assinada por sócio, dirigente, proprietário ou procurador da licitante e digitalizada, para o

22/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

endereço eletrônico: cpl-edu@hotmail.com.

17.5. O Pregoeiro ou a Equipe de Apoio, auxiliados pelo setor responsável pela solicitação, esclarecera as dúvidas
até 01 (um) dia antes da abertura da sessão.

18. DOS RECURSOS

18.1. Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá no prazo máximo de 30 (trinta) minutos, na sessão pública,
de forma imediata e motivada, em campo próprio do sistema, manifestar sua intenção de recorrer, quando lhe será
concedido o prazo de até 03 (três) dias úteis para apresentar as razões de recurso, ficando os demais licitantes,
desde logo, intimados para, querendo, apresentarem contra razões em igual prazo, que começará a contar do
término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata aos elementos indispensáveis à defesa de
seus interesses.

18.2. A falta de manifestação imediata e motivada do licitante quanto à intenção de recorrer, nos termos do item
18.1, importará na decadência desse direito, ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto ao licitante
declarado vencedor.

18.3. A decisão do Pregoeiro deverá ser motivada e submetida à apreciação da autoridade responsável pela
licitação.

18.4. O acolhimento do recurso implica tão somente na invalidação daqueles atos que não sejam passíveis de
aproveitamento.

18.5. O recurso contra decisão do Pregoeiro terá efeito suspensivo, conforme o art. 109 §2º da lei 8.666/93.

18.6. Decididos os recursos e constada à regularidade dos atos praticados, a autoridade competente adjudicará o
objeto e homologará o procedimento licitatório.

18.7. Não serão conhecidos os recursos interpostos após os respectivos prazos legais, bem como, os que não
forem registrados no Sistema.

18.8. Os autos do processo permanecerão à disposição dos interessados, na Comissão Permanente de Licitação -
Educação, localizada na Avenida José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, CEP: 55.026-675, Caruaru/PE.

19. DO PREGOEIRO E DO SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO

19.1. Caberá ao Pregoeiro as atribuições dispostas no art. 11, do Decreto nº 5.450/2005.

19.2.Ao Secretário de Administração caberá:

19.2.1. Adjudicar o objeto deste Pregão à licitante vencedora, se houver interposição de recurso;

19.2.2. Homologar o resultado;

19.2.3. Promover a contratação correspondente a este Pregão, em conjunto com o Secretário de


Educação;

19.2.4. Anular este Pregão por ilegalidade, de ofício ou por provocação de qualquer pessoa, mediante
ato escrito e fundamentado;

23/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

19.2.5. Revogar este Pregão se for considerado inoportuno ou inconveniente ao interesse público, por
motivo de fato superveniente devidamente comprovado.

19.3. O Pregoeiro juntamente com a Equipe de Apoio poderá relevar simples falhas, omissões ou inobservância
de alguma exigência do Pregão, quando não interferirem ou influírem na habilitação e julgamento das propostas, e
é vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originariamente na proposta.

19.4. O Pregoeiro ou autoridade superior buscarão subsídios em pareceres emitidos por técnicos ou especialistas
no assunto do objeto desta licitação.

20. DA VIGÊNCIA

20.1. O prazo de validade dos Contratos serão de 12 (doze) meses contados a partir de sua assinatura, período
no qual a Contratada se obriga a garantir o objeto e os preços contratados.

20.2. Será obrigatório o Termo de Contrato nos casos previstos na Lei 8.666/1993, quando o fornecedor será
convocado para assinar o respectivo instrumento, dentro do prazo e condições estabelecidos, sob pena de recair o
direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas na Lei nº 8.666/1993, e subsequentes alterações.

20.3. Para assinatura do contrato, a contratada deverá efetuar, no protocolo da Secretaria da Fazenda, o
pagamento da taxa de serviços administrativos, instituída pelo Código Tributário Municipal, nos moldes da tabela a
seguir:

CONTRATOS COM O MUNICÍPIO (EMISSÃO, RENOVAÇÃO


TAXA CORRESPONDENTE
E/OU ADITIVOS)
Até R$ 2.000,00 UFM s 20
De R$ 2.000,01 até 5.000,00 UFM s 30
De R$ 5.000,01 até 10.000,00 UFM s 50
De R$ 10.000,01 até 20.000,00 UFM s 100
De R$ 20.000,01 até 50.000,00 UFM s 200
De R$ 50.000,01 até 100.000,00 UFM s 300
De R$ 100.000,00 UFM s 500
*Cada UFM tem o valor de R$ 2,69

21. DA FORMALIZAÇÃO DO INSTRUMENTO CONTRATUAL

21.1. O instrumento contratual dar-se-á quando da solicitação do fornecimento nos quantitativos necessários a
atender a necessidade da secretaria.

21.2. A detentora terá o prazo máximo de 03 (três) dias úteis, a contar do recebimento da convocação, para
assinatura do contrato podendo o prazo ser prorrogado uma vez, por igual período, quando solicitado pelo
fornecedor e desde que ocorra motivo justificado aceito pela administração.

21.3. A Secretaria convocará formalmente os fornecedores, informando o local, dia e hora para a assinatura do
contrato.

21.4. A recusa injustificada do fornecedor em assinar o Contrato dentro do prazo estabelecido sujeitará, ainda, o
concorrente à aplicação da penalidade de suspensão temporária pelo prazo estabelecido pela administração
Pública.

24/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

21.5. No ato da contratação, a empresa DENTENTORA deverá apresentar documento de procuração devidamente
reconhecido em cartório, que habilite o seu representante a assinar o Contrato em nome da empresa.

21.6. O contrato implicará compromisso de fornecimento nas condições estabelecidas, após cumpridos os
requisitos de publicidade.

21.7.A assinatura do contrato está condicionada à verificação da regularidade fiscal da licitante vencedora.

22. DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS

22.1. As despesas decorrentes deste certame correrão por conta dos recursos consignados nos orçamentos
vigentes no exercício e a seguir especificados:

32000 – Secretaria de Educação


32002 – FUNDEB
12.365.1206.1.188 – Construção, reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para rede física de ensino
infantil
4.4.90.52.00 – Equipamentos e Material Permanente
Fonte de Recurso: 5 - FUNDEB 40% - 0.1.19

23. DO PRAZO, CONDIÇÕES DE ENTREGA E RECEBIMENTO

23.1. O objeto desta licitação será executado PARCELADAMENTE, de acordo com as necessidades da
Secretaria de Educação, conforme Ordens de Fornecimentos de acordo com cronograma fornecido pela Secretaria
de Educação.

23.2. Todas as entregas devem ser realizadas em dias úteis, das 08h às 13h;

23.3 O prazo de entrega será de no máximo 15 (quinze) dias úteis, contados a partir da emissão da ordem de
fornecimento, emitida pela SEDUC, a partir da autorização por escrito por parte da Secretaria de Educação do
Município, logo após a assinatura do contrato.

23.4. Os materiais deverão ser entregues: na Avenida José Marques Fontes, nº 21, bairro Indianópolis, Caruaru/PE,
CEP: 55026-675.

23.5. Os objetos serão recebidos da seguinte forma:

a) Provisoriamente – Os bens serão recebidos provisoriamente no prazo de 02 (dois) dias úteis, pelo
responsável pelo acompanhamento e fiscalização do contrato, para efeito de posterior verificação de
conformidade com as especificações constantes no Termo de Referência, proposta e no contrato.

b) Definitivamente – Em até 05 (cinco) dias úteis, após o recebimento provisório; mediante “ATESTO” na
nota fiscal/fatura; após, a comprovada adequação aos termos da proposta e do contrato, desde que não
se verifiquem defeitos ou imperfeições.

23.6. Os bens poderão ser rejeitados, no todo ou em parte, quando em desacordo com as especificações,
quantidade e exigências constantes no Termo de Referência e na proposta, devendo ser substituídos no prazo
máximo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da notificação a Contratada, às suas custas, sem prejuízo à aplicação de

25/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

penalidades.

23.7. Na hipótese de a verificação do subitem 23.5 não ser realizada dentro do prazo fixado, reputar-se-á como
realizada, consumando-se o recebimento definitivo no dia do esgotamento do prazo.

23.8. O recebimento provisório ou definitivo do objeto não exclui a responsabilidade da Contratada pelos prejuízos
resultantes da incorreta execução do contrato.

23.9. O prazo de garantia do material informado pelo fabricante na embalagem, não poderá ser inferior a 12 (doze)
meses, contado do recebimento definitivo dos produtos;

23.10. Os bens serão recebidos de modo imediato e definitivo, sendo de responsabilidade do fornecedor
beneficiário os padrões adequados de segurança e qualidade, cabendo-lhe sanar quaisquer irregularidades
detectadas quando da utilização dos mesmos;

23.11. O produto ofertado deverá ser acondicionado conforme praxe do fabricante, garantindo sua total integridade
até o uso. Rotulado conforme legislação vigente. O produto ofertado deverá atender aos dispositivos da lei n°
8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor) e às demais legislações vigentes.

23.12. Só serão recebidos materiais cujas marcas confiram com aquelas constantes das Propostas de Preços.
Será facultado a SEDUC, a seu critério, aceitar outras marcas, desde que isso represente vantagem para a
Administração.

23.13. O transporte, carga e a descarga dos materiais correrão por conta do(s) licitante(s) vencedor(es), sem
qualquer custo adicional solicitado posteriormente a SEDUC;

23.14. Os produtos definidos no anexo deste Termo de Referência deverão ser novos e originais, livres de
defeitos, imperfeições e outros vícios, em embalagens originais dos fabricantes, adequadas para proteger seu
conteúdo contra danos durante o transporte até o local de entrega;

24. DO LOCAL DE ENTREGA

24.1. O local da entrega deverá ser na sede da Secretaria de Educação – SEDUC, localizado na Avenida José
Marques Fontes, nº 21 – Bairro Indianópolis – Caruaru – PE, CEP: 55026-675.

25. DOS PAGAMENTOS

25.1. Os pagamentos serão efetuados mediante crédito em conta-corrente da contratada, por ordem bancária, em
até 30 (trinta) dias consecutivos, a contar do recebimento definitivo, quando mantidas as mesmas condições
iniciais de habilitação e caso não haja fato impeditivo para o qual tenha concorrido à contratada.

25.1.1. Os pagamentos serão realizados integralmente, em correspondência com os produtos


efetivamente entregues no mês anterior ao do pagamento.

25.1.2. A nota fiscal devidamente atestada deverá ser apresentada na Secretaria de Educação do
Município de Caruaru/PE, Localizada na Avenida José Marques Fontes, n° 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP:
55.026-675.

25.2. Por ocasião do pagamento a contratada deverá apresentar:

26/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

a) Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, comprovando regularidade com o FGTS;


b) Certidão Negativa de Débitos Relativos a Tributos Federais, Dívida Ativa da União, e INSS expedida
pela Secretaria da Receita Federal do Brasil;
c) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT, expedida pela Justiça do Trabalho, comprovando
a inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho;
d) Prova de regularidade com as Fazendas Estadual e Municipal do domicílio ou sede da contratada.

25.3. O pagamento será realizado, após a apresentação pela Contratada da nota fiscal devidamente preenchida e
indicação do banco, agência e conta bancária da empresa que receberá o valor do objeto.

25.4.Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado.

25.5. Nenhum pagamento será efetuado à adjudicatária enquanto pendente de liquidação qualquer obrigação.
Esse fato não será gerador de direito a reajustamento de preços ou à atualização monetária.

25.6. A nota fiscal que for apresentada com erro, ou observada qualquer circunstância que desaconselhe o
pagamento, será devolvida à contratada para correção e nesse caso o prazo previsto no sub-item 25.1 será
interrompido. A contagem do prazo previsto para pagamento será iniciada a partir da respectiva regularização.

25.7.Eventuais atrasos nos pagamentos imputáveis à contratada não gerarão direito a qualquer atualização.

25.8.A adjudicatária não poderá apresentar nota fiscal/fatura com CNPJ/MF diverso do registrado no Contrato.

25.9.Não será concedido reajuste ou correção monetária ao valor do Contrato.

25.9.1. Fica assegurado o re-equilíbrio econômico-financeiro inicial do Contrato, mediante a


superveniência de fato imprevisível nos termos e forma estabelecida no artigo 65, inciso II, d da
Lei 8.666/93 mediante provocação da contratada, cuja pretensão deverá estar suficientemente
comprovada através de documento (s).

25.10. Deverão estar inclusos nos preços apresentados todos os gastos do frete, embalagem e todos e
quaisquer tributos, sejam eles sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais, comerciais ou de qualquer outra
natureza resultantes da execução do contrato.

25.11. Atualização Monetária:

25.11.1 Ocorrendo atraso no pagamento, e desde que para tanto, a contratada não tenha concorrido de
alguma forma; haverá incidência de atualização monetária sobre o valor devido, pela variação
acumulada do IPCA/IBGE ocorrida entre a data final prevista para o pagamento e a data de sua
efetiva realização.

26. DAS PENALIDADES

26.1. Se o contratado inadimplir as obrigações assumidas, no todo ou em parte, ficará sujeito, assegurado o
contraditório e a ampla defesa, às sanções previstas nos artigos 86 e 87 da lei 8.666/93, e ao pagamento de
multa nos seguintes termos:

26.1.1. Pelo atraso no fornecimento, em relação ao prazo estipulado: 1% (um por cento) do valor do
fornecimento, por dia decorrido, até o limite de 10% (dez por cento) do valor do fornecimento;

26.1.2. Pela recusa em iniciar o fornecimento, caracterizada em cinco dias após o vencimento do

27/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

prazo estipulado: 10% (dez por cento) do valor do fornecimento;

26.1.3. Pela demora em corrigir falhas no fornecimento, a contar do segundo dia da data da
notificação da rejeição: 2% (dois por cento) do valor do fornecimento, por dia decorrido;

26.1.4. Pela recusa da contratada em corrigir falhas no fornecimento, entendendo-se como recusa
no fornecimento não efetivado nos cinco dias que se seguirem à data da rejeição: 10% (dez por cento) do valor
do fornecimento rejeitado;

26.1.5. Pelo não cumprimento de qualquer condição fixada neste Edital e não abrangida nos incisos
anteriores: 1% (um por cento) do valor contratado, para cada evento.

26.2. As multas estabelecidas no subitem anterior podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, ficando o seu
total limitado a 10% (dez por cento) do valor do contrato, sem prejuízo de perdas e danos cabíveis.

26.3. Ficará sujeito a penalidade prevista no art. 7º da Lei Federal nº 10.520/02 (impedimento de licitar e
contratar), sem prejuízo das multas previstas neste Edital, no Contrato e nas demais cominações legais, o
contratante ou licitante que, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, agir em conformidade com
as hipóteses a seguir:

26.3.1. Não celebrar o contrato;

26.3.2. Deixar de entregar ou apresentar documentação falsa em lugar de documentação legítima


exigida para o certame;

26.3.3. Ensejar o retardamento da execução do seu objeto;

26.3.4. Não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato;

26.3.5. Comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal.

26.4. As sanções e penalidades previstas nos itens antecedentes serão aplicadas pelas autoridades competentes,
assegurados ao contratado ou ao adjudicatário, o contraditório e a ampla defesa.

27. PENALIDADES REGULAMENTADAS PELO DECRETO MUNICIPAL 96 DE 13 DE SETEMBRO DE


2019

27.1. Das Penalidades

Art. 3º Será aplicada a penalidade de impedimento de licitar e contratar no âmbito da Administração Pública
Direta e Indireta do Município de Caruaru, de acordo com as disposições contidas neste Decreto Municipal,
sem prejuízo da aplicação de outras penalidades cominadas no instrumento convocatório e/ou no contrato,
quando a licitante ou a contratada:

I - deixar de entregar documentação exigida para o certame:

Penalidade -impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 30 (trinta) dias, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.

28/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

II – deixar de entregar documentação exigida à habilitação no certame promovido pela Administração


Pública Municipal:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 180 (noventa) dias, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.

III – deixar de entregar a documentação exigida à contratação pretendida pela Administração Pública
Municipal:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 12 (doze) meses, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.

IV – recusar-se à celebração do contrato administrativo ou ata de registro de preços, desde que


convocada(o) dentro do prazo de validade de sua proposta:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 18 (dezoito) meses, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.

V - apresentar documentação falsa:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VI - ensejar o retardamento da execução do objeto contratual ou da ata de registro de preços:


Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VII - não manter a proposta formalizada junto à Administração Pública Municipal:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VIII - falhar na execução do ajuste:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

29/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

IX - cometer qualquer espécie de fraude contra a Administração Pública, seja em procedimento


licitatório ou no curso da execução do objeto já contratado, seja o vínculo jurídico decorrente de procedimento
concorrencial ou resultado de contratação direta promovida pela Administração Pública Municipal: Penalidade
– ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 02 (dois) ano.

X - comportar-se de modo inidôneo:

Penalidade – ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 03 (três)
anos.

27.2. Dos Critérios de Dosimetria das Penalidades

Art. 4º As penas previstas nos incisos I a X do caput do art. 3º serão agravadas em50% (cinquenta por cento)
de sua pena-base, para cada agravante, até o limite de 60(sessenta) meses, em decorrência das seguintes
situações:

I - quando restar comprovado que a licitante ou contratada tenha sofrido registro de 3(três) ou mais
penalidades impostas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência
da prática de qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que
antecederam o fato em decorrência do qual será aplicada a penalidade;

II - quando restar comprovado que a licitante tenha sido desclassificada ou inabilitada por não atender
às condições do edital, sendo de notória identificação a impossibilidade de atendimento ao estabelecido;

III - quando a licitante, deliberadamente, não responder às diligências destinadas a esclarecer ou a


complementar a instrução do processo;

IV - quando restar comprovado que a licitante tenha prestado declaração falsa de que é beneficiária do
tratamento diferenciado concedido em legislação específica; ou

V - quando a conduta acarretar prejuízo material grave à Administração Pública.

Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções
administrativas reguladas na legislação Federal e/ou Municipal aplicáveis às licitações e contratações
públicas, também serão majoradas na forma prevista neste artigo.

Art. 5º As penas previstas nos incisos I ao VII do caput do art. 3º serão reduzidas pela metade, uma única
vez, desde que não tenha incidido qualquer agravante do art. 4º, em decorrência de qualquer das seguintes
atenuantes:

I - quando restar comprovado que a licitante ou a contratada não tenha sofrido registro de penalidades
aplicadas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de
qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que antecederam o fato
em decorrência do qual será aplicada a penalidade;

30/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

II - quando a conduta praticada tenha sido, desde que devidamente comprovada, decorrente de falha
de menor repercussão da licitante ou da contratada;

III - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que contenha
vícios ou omissões para os quais não tenha contribuído e que não sejam de fácil identificação, desde que
devidamente comprovada;

IV - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que não atendeu
às exigências do edital, desde que reste evidenciado equívoco em seu encaminhamento e ausência de dolo.

Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, também serão minoradas na forma prevista
neste artigo.

Art. 6º A penalidade prevista no inciso I do caput do art. 3º será afastada quando ocorrer a entrega da
documentação fora dos prazos estabelecidos, desde que não tenha acarretado prejuízos à Administração,
observando-se ainda, cumulativamente:
I - a ausência de dolo na conduta;

II - que o eventual atraso no cumprimento dos prazos não seja superior a sua quarta parte;

III - não tenha ocorrido nenhuma solicitação de prorrogação dos prazos;

IV - que o licitante faltoso não tenha sofrido registro de penalidade imposta pela Administração Pública
Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de qualquer das condutas tipificadas na
presente norma em procedimentos licitatórios ou contratações ocorridos nos 12 (doze) meses que
antecederam o fato em razão do qual será aplicada a penalidade.

Art. 7º Aplicam-se aos processos administrativos instaurados com base neste ato, noque couber, as
disposições contidas na Legislação do Município de Caruaru, bem como - em se verificando omissão nas
normas deste Município - na Lei Federal nº 9.784/1999, devendo prevalecer os prazos e procedimentos
específicos previstos na Lei nº 8.666/1993, na Lei nº 10.520/2002, na Lei 13.303/2016 e na Lei 12.462/2011.

Art. 8º As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções administrativas
reguladas na legislação Federal e ou Municipal aplicáveis aos processos licitatórios e contratações públicas,
não poderão exceder 100 (cem) vezes o valor do salário mínimo nacional vigente.

Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica às hipóteses constantes dos incisos V, VIII, IX e X do
caput do art. 2º deste ato.

Art. 9º A instrução dos processos administrativos instaurados com fundamento neste ato será realizada pela
Secretaria de Administração do Município de Caruaru.

31/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

§ 1º A Comissão Permanente de Licitações e os Gestores ou Fiscais do contrato, a depender do caso,


deverão comunicar formalmente à Secretaria de Administração de Caruaru os fatos e condutas que, em tese,
se amoldam aos tipos previstos no art. 2º deste ato, devendo, ainda, prestar auxílio e esclarecimentos
necessários à instrução do processo administrativo e ao cálculo das multas pecuniárias.

§ 2º Diante da avaliação das circunstâncias do caso concreto, a Comissão Permanente de Licitação poderá
justificar à Secretaria de Administração de Caruaru o afastamento do dever de comunicação de que trata o §
1º deste artigo, quando entender justificada a prática de alguma conduta do art. 2º deste ato ou caso estejam
presentes as circunstâncias previstas no art. 6º deste ato, sem prejuízo de eventual reavaliação da pertinência
da instauração do processo sancionatório por parte da autoridade competente.

Art. 10. Este Decreto Municipal será publicado no Diário Oficial do Município de Caruaru, ficando dispensada
sua inserção como anexo dos Editais das licitações e contratações administrativas promovidas pela
Administração Pública Municipal Direta e Indireta do Município de Caruaru, Estado de Pernambuco, devendo
ser mencionado em tais instrumentos convocatórios e contratuais o número deste decreto como norma
aplicável aos procedimentos instaurados e contratos celebrados.

28. DAS DILIGÊNCIAS

28.1. É facultada ao Pregoeiro, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a
complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria
constar originariamente da PROPOSTA DE PREÇOS ou DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO, bem como
republicar o edital de ofício ou por provocação de terceiros, na forma da lei, adiar ou prorrogar datas de reunião,
desde que comunique formalmente.

28.2. O Pregoeiro verificará o eventual descumprimento das condições de participação, especialmente quanto à
existência de sanção que impeça a participação no certame ou a futura contratação, mediante a consulta aos
seguintes cadastros:

28.2.1. Consulta Consolidada de Pessoa Jurídica (https://certidoes-apf.apps.tcu.gov.br/);


28.2.2. Certidão Negativa de Contas Irregulares (http://www.tce.pe.gov.br/internet/index.php/certidao-
negativa);

28.3. A consulta aos cadastros será realizada em nome da empresa licitante e também de seu sócio majoritário,
por força do artigo 12 da Lei n° 8.429, de 1992, que prevê, dentre as sanções impostas ao responsável pela
prática de ato de improbidade administrativa, a proibição de contratar com o Poder Público, inclusive por
intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário.

28.4. Constatada a existência de sanção, o Pregoeiro considerará o licitante inabilitado, por falta de condição de
participação.
29. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

29.1. Esta Licitação na modalidade de Pregão Eletrônico poderá ser revogada por interesse da Prefeitura
Municipal de Caruaru, em decorrência de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente
para justificar o ato ou anulada por vício ou ilegalidade, a modo próprio ou por provocação de terceiros, sem que
as licitantes tenham direito a qualquer indenização, obedecendo ao disposto no art. 18 do Decreto nº 3.555/2000.

32/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

29.2. Qualquer modificação no presente EDITAL será divulgada pela mesma forma que se divulgou o texto
original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não
afetar a formulação da Proposta.

29.3. Os proponentes são responsáveis pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos
apresentados em qualquer fase da licitação.

29.4. Para fins de aplicação das sanções administrativas previstas no Termo de Referência o lance é considerado
Proposta.

29.5. As normas que disciplinam este Pregão Eletrônico serão sempre interpretadas em favor da ampliação da
disputa entre os interessados, sem comprometimento do interesse da Administração, a finalidade e a segurança da
contratação.

29.6. O edital estará à disposição dos interessados na internet, no endereço eletrônico:


www.comprasgovernamentais.gov.br e http://editais.caruaru.pe.gov.br/.

29.7. Todas as referências de tempo no edital, no aviso e durante a sessão pública observarão obrigatoriamente o
horário de Brasília – DF. Desta forma, serão registradas no sistema eletrônico e na documentação relativa ao
certame.

29.8. Aplicam-se a presente licitação, subsidiariamente, a Lei n. 8.078, de 11 de novembro de 1990 – Código de
Proteção e Defesa do Consumidor, e demais normas legais pertinentes.

29.9. Toda comunicação oficial ocorrerá por e-mail ou publicação, nos termos da legislação.

29.10. Os recebimentos dos produtos serão provisórios até a verificação da sua conformidade com as
especificações do edital e da proposta.

30. FORO

30.1. Para dirimir quaisquer questões decorrentes desse processo de licitação será competente o foro da Comarca
de Caruaru.

Caruaru/PE, 30 de outubro de 2019.

Edivanilson Carvalho Ferreira


Pregoeiro

33/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

ANEXO I

TERMO DE REFERÊNCIA

1. DO OBJETO

1.1. O presente Termo de Referência tem por objeto estabelecer os requisitos mínimos a serem atendidos na
abertura do Processo Licitatório para contratação de empresas para o fornecimento de BERÇOS, COLCHÕES E
CAMINHAS EMPILHÁVEIS para atendimento das demandas e manutenção dos CMEIs - Centros Municipais de
Educação Infantil da rede municipal de ensino de Caruaru, conforme as especificações, quantidades e condições
estabelecidas neste Termo de Referência.

2. DA JUSTIFICATIVA

2.1. A Prefeitura Municipal de Caruaru, priorizando a educação básica e universal tem como objetivo aumentar
o número de CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil), bem como aumentar o número de vagas nos
CMEIS já existentes, afim de atender a crescente demanda do munícipio, para proporcionar o bem estar das
nossas crianças, possibilitando uma melhoria de vida e igualdade de condições entre elas, impulsionando assim o
desenvolvimento das crianças.
Sendo assim, faz-se necessário a aquisição de berços, colchões infantis para berços e caminhas empilháveis para
atender a demanda manifesta.

2.2. É importante ressaltar que o parcelamento do fornecimento é devido à disponibilidade de espaço para
armazenamento nas instalações da SEDUC, bem como economicidade de só comprar o que de fato será utilizado
pelos CMEIs.
3. DAS ESPECIFICAÇÕES E QUANTIDADES

3.1. Os bens a serem adquiridos se classificam como bens de natureza comum, nos termos da Lei 10.520/02;

3.2. O critério de julgamento é o menor preço por item;

3.3. As propostas deverão ser elaboradas conforme especificações em anexo.

3.4. Deverá ser apresentado catálogo dos produtos que serão adquiridos contendo todas as especificações
técnicas pertinentes aos objetos, anexado a proposta de preços;

3.5. Os objetos deverão apresentar a descrição técnica do material;

3.6. Faz parte da presente especificação, no que for aplicável, a norma do fabricante, bem como as normas
pertinentes à ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas e, ainda, ao INMETRO.

34/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

4. DO LOCAL, PRAZO E CONDIÇÕES DE ENTREGA E RECEBIMENTO

4.1. O objeto desta licitação será executado PARCELADAMENTE, de acordo com as necessidades da
Secretaria de Educação, conforme Ordens de Fornecimentos de acordo com cronograma fornecido pela Secretaria
de Educação.

4.2. Todas as entregas devem ser realizadas em dias úteis, das 08h às 13h;

4.3. O prazo de entrega será(ao) de no máximo 15 (quinze) dias úteis, contados a partir da emissão da ordem
de fornecimento, emitida pela SEDUC, a partir da autorização por escrito por parte da Secretaria de Educação do
Município, logo após a assinatura do contrato.

4.4. Os materiais deverão ser entregues na Avenida José Marques Fontes, nº 21, Bairro Indianópolis, Caruaru/PE,
CEP: 55026-675;

4.5. Os objetos serão recebidos da seguinte forma:

a) Provisoriamente – Os bens serão recebidos provisoriamente no prazo de 02 (dois) dias úteis, pelo
responsável pelo acompanhamento e fiscalização do contrato, para efeito de posterior verificação de
conformidade com as especificações constantes no Termo de Referência, proposta e no contrato.

b) Definitivamente – Em até 05 (cinco) dias úteis, após o recebimento provisório; mediante


“ATESTO” na nota fiscal/fatura; após, a comprovada adequação aos termos da proposta e do contrato,
desde que não se verifiquem defeitos ou imperfeições.

4.5. Os bens poderão ser rejeitados, no todo ou em parte, quando em desacordo com as especificações,
quantidade e exigências constantes no Termo de Referência e na proposta, devendo ser substituídos no prazo
máximo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da notificação a Contratada, às suas custas, sem prejuízo à aplicação de
penalidades.
4.6. Na hipótese de a verificação do sub-item 4.3 não ser realizada dentro do prazo fixado, reputar-se-á como
realizada, consumando-se o recebimento definitivo no dia do esgotamento do prazo.
4.7. O recebimento provisório ou definitivo do objeto não exclui a responsabilidade da Contratada pelos prejuízos
resultantes da incorreta execução do contrato.

4.8. O prazo de garantia do material informado pelo fabricante na embalagem, não poderá ser inferior a 12 (doze)
meses, contado do recebimento definitivo dos produtos;

4.9. Os bens serão recebidos de modo imediato e definitivo, sendo de responsabilidade do fornecedor beneficiário
os padrões adequados de segurança e qualidade, cabendo-lhe sanar quaisquer irregularidades detectadas quando
da utilização dos mesmos;

35/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

4.10. O produto ofertado deverá ser acondicionado conforme praxe do fabricante, garantindo sua total integridade
até o uso. Rotulado conforme legislação vigente. O produto ofertado deverá atender aos dispositivos da lei n°
8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor) e às demais legislações vigentes.

4.11. Só serão recebidos materiais cujas marcas confiram com aquelas constantes das Propostas de Preços.
Será facultado a SEDUC, a seu critério, aceitar outras marcas, desde que isso represente vantagem para a
Administração.

4.12. O transporte, carga e a descarga dos materiais correrão por conta do(s) licitante(s) vencedor(es), sem
qualquer custo adicional solicitado posteriormente a SEDUC;
4.13. Os produtos definidos no anexo deste Termo de Referência deverão ser novos e originais, livres de
defeitos, imperfeições e outros vícios, em embalagens originais dos fabricantes, adequadas para proteger seu
conteúdo contra danos durante o transporte até o local de entrega;
5. VALOR REFERENCIAL DA CONTRATAÇÃO E FORMA DE PAGAMENTO

5.1. Valor Referencial

5.1.1. O valor estimado para custeio do objeto contratual a ser pago pela aquisição destes materiais será
informado pela SEDUC através de seu departamento responsável mediante cotações de preços.

5.1.2. O valor estimado constituir-se-á em mera previsão dimensionada, não estando a Secretaria de Educação
obrigada a contratá-la em sua totalidade, e não cabendo à Contratada o direito de pleitear qualquer tipo
de reparação, portanto a SEDUC - se reserva o direito de, a seu critério, utilizar ou não a verba prevista.

5.2. Forma de Pagamento


6.2.1. Os pagamentos serão efetuados mediante crédito em conta-corrente da contratada, por ordem
bancária, em até 30 (trinta) dias consecutivos, a contar do recebimento da Nota Fiscal, quando mantidas as
mesmas condições iniciais de habilitação e caso não haja fato impeditivo para o qual tenha concorrido à
contratada.
6.2.2. Os pagamentos serão efetuados integralmente, em correspondência com o produto efetivamente
entregue no mês anterior ao do pagamento.
6.2.3. A nota fiscal devidamente atestada deverá ser apresentada na Secretaria de Educação Municipal,
situada na Avenida José Marques Fontes, nº 21, Bairro Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55026-675
6.2.4. Por ocasião do pagamento a contratada deverá apresentar ainda:
a) Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, comprovando regularidade com o FGTS;

b) Certidão Negativa de Débitos Relativos a Tributos Federais, Dívida Ativa da União, e INSS
expedida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil;

36/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

c) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT, expedida pela Justiça do Trabalho,


comprovando a inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho;

d) Prova de regularidade com as Fazendas Estadual e Municipal do domicílio ou sede da contratada.

6.2.5. Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado.

6.2.6. Nenhum pagamento será efetuado à contratada enquanto pendente de liquidação qualquer
obrigação. Esse fato não será gerador de direito a reajustamento de preços ou à atualização
monetária.

6.2.7. A nota fiscal que for apresentada com erro, ou observada qualquer circunstância que
desaconselhe o pagamento, será devolvida à contratada, para correção e nesse caso o prazo
previsto no sub-item 6.2.1 será interrompido. A contagem do prazo previsto para pagamento será
iniciada a partir da respectiva regularização.
6.2.8. Eventuais atrasos nos pagamentos imputáveis à contratada não gerarão direito a qualquer
atualização.
6.2.9. A adjudicatária não poderá apresentar nota fiscal/fatura com CNPJ/MF diverso do registrado no
Contrato.
6.2.10. Não será concedido reajuste ou correção monetária ao valor do Contrato.
 Fica assegurado o reequilíbrio econômico-financeiro inicial do Contrato, mediante a
superveniência de fato imprevisível nos termos e forma estabelecida no artigo 65, inciso II, d da
Lei 8.666/93 mediante provocação da contratada, cuja pretensão deverá estar suficientemente
comprovada através de documento (s).

6.2.11. Deverão estar inclusos nos preços apresentados todos os gastos do frete, embalagem e todos e
quaisquer tributos, sejam eles sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais, comerciais ou de
qualquer outra natureza resultantes da execução do contrato.

6.2.12. Atualização Monetária:

6.2.13. Ocorrendo atraso no pagamento, e desde que para tanto, a contratada não tenha concorrido de
alguma forma; haverá incidência de atualização monetária sobre o valor devido, pela variação
acumulada do IPCA/IBGE ocorrida entre a data final prevista para o pagamento e a data de sua
efetiva realização.

7. DA GESTÃO DO CONTRATO

7.1. Durante a vigência do contrato, fica designado a servidora Bianca Cavalcante de Barros, Gerente de

37/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Acompanhamento de Rede Física, matrícula 49.011-3, como gestora do contrato, e o servidor Sávio Araújo de
Melo, matrícula 35.195-5, como fiscal, para acompanhar e fiscalizar a entrega dos produtos, anotando em registro
próprio todas as ocorrências relacionadas à execução e determinação, tudo o que for necessário à regularização
de falhas ou defeitos observados;

8. DA VALIDADE DO CONTRATO

8.1. 8.1. O prazo de vigência do(s) Contrato(s) será(ão) de 12 (doze) meses contados a partir de sua
assinatura, período no qual a Contratada se obriga a garantir o objeto e os preços contratados.

9. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

a) Entregar o produto de acordo com o pactuado.

b) Responsabilizar-se por todos os ônus referentes a entrega dos produtos, impostos e todas as despesas
inerentes ao produto;

c) Responsabilizar-se pela troca de produtos, ocasionalmente com falha ou que estejam em desacordo com o
especificado neste termo de referência, efetuando a permuta, no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis, a partir do
conhecimento, que será realizado através de comunicação expedida pelo Departamento de Compras.

d) Na nota fiscal deverá vir informando o lote do produto, o número do pregão a que se refere o produto, bem
como, o número da ordem de compra.

e) Prestar esclarecimentos, sempre que solicitado do Departamento de Compras do Município.

f) A Contratada deve cumprir todas as obrigações constantes neste termo, seus anexos e sua proposta,
assumindo como exclusivamente seus os riscos e as despesas decorrentes da boa e perfeita execução do objeto.

g) Comunicar à Contratante, no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas que antecede a data da entrega, os
motivos que impossibilitem o cumprimento do prazo previsto, com a devida comprovação.

h) Manter, durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as
condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação;

i) Ressarcir a SEDUC do equivalente a todos os danos decorrentes de paralisação ou interrupção do


fornecimento do objeto contratual, exceto quando isso ocorrer por exigência da CONTRATANTE ou ainda por caso
fortuito ou força maior, circunstâncias devidamente comunicadas à contratante no prazo de 48 (quarenta e oito
horas), após a sua ocorrência;

10. DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE

38/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

a) Promover o recebimento do objeto contratual nos prazos fixados para tal, o que em nenhuma hipótese eximirá
a Contratada da responsabilidade civil, administrativa, tributária, trabalhista e penal.

b) Promover o pagamento na forma determinada neste instrumento.

c) Exigir cumprimento de todas as obrigações assumidas pela Contratada, de acordo com as cláusulas
contratuais e os termos de sua proposta.

11. DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DO CONTRATADO

11.1. Comprovação de aptidão para desempenho de atividade pertinente e compatível em características,


quantidades e prazos com o objeto da licitação, mediante atestado (s) fornecido (s) por pessoa jurídica de direito
público ou privado, demonstrando os serviços executados pela licitante. Será(ão) considerado(os) compatível(eis)
com a quantidade o(s) atestado(s) que apresentar no mínimo, 10% (dez) por cento das quantidades estimadas.
11.1.1. Os atestados referir-se-ão a contratos já concluídos ou já decorrido no mínimo um ano do início de
sua execução, exceto se houver sido firmado para ser executado em prazo inferior;
11.1.2. Os atestados deverão referir-se a serviços prestados no âmbito de sua atividade econômica
principal ou secundária especificadas no contrato social vigente.

12. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

12.1. Se o contratado inadimplir as obrigações assumidas, no todo ou em parte, ficará sujeito, assegurado o
contraditório e a ampla defesa, às sanções previstas nos artigos 86 e 87 da lei 8.666/93, e ao pagamento de
multa nos seguintes termos:

12.1.1. Pelo atraso no fornecimento, em relação ao prazo estipulado: 1% (um por cento) do valor do
fornecimento, por dia decorrido, até o limite de 10% (dez por cento) do valor do fornecimento;
12.1.2. Pela recusa em iniciar o fornecimento, caracterizada em cinco dias após o vencimento do prazo
estipulado: 10% (dez por cento) do valor do fornecimento;
12.1.3. Pela demora em corrigir falhas no fornecimento, a contar do segundo dia da data da
notificação da rejeição: 2% (dois por cento) do valor do fornecimento, por dia decorrido;
12.1.4. Pela recusa da contratada em corrigir falhas no fornecimento, entendendo-se como recusa
no fornecimento não efetivado nos cinco dias que se seguirem à data da rejeição: 10% (dez por cento)
do valor do fornecimento rejeitado;
12.1.5. Pelo não cumprimento de qualquer condição fixada neste Edital e não abrangida nos incisos
anteriores: 1% (um por cento) do valor contratado, para cada evento.
12.2. As multas estabelecidas no subitem anterior podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, ficando o seu
total limitado a 10% (dez por cento) do valor do contrato, sem prejuízo de perdas e danos cabíveis.

39/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

12.3. Ficará sujeito a penalidade prevista no art. 7º da Lei Federal nº 10.520/02 (impedimento de licitar e
contratar), sem prejuízo das multas previstas neste Edital, no Contrato e nas demais cominações legais, o
contratante ou licitante que, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, agir em conformidade com
as hipóteses a seguir:
12.3.1. Não celebrar o contrato;
12.3.2. Deixar de entregar ou apresentar documentação falsa em lugar de documentação legítima exigida
para o certame;
12.3.3. Ensejar o retardamento da execução do seu objeto;
12.3.4. Não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato;
12.3.5. Comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal.
12.4. As sanções e penalidades previstas nos itens antecedentes serão aplicadas pelas autoridades competentes,
assegurados ao contratado ou ao adjudicatário, o contraditório e a ampla defesa.

13. PENALIDADES REGULAMENTADAS PELO DECRETO MUNICIPAL 96 DE 13 DE SETEMBRO DE 2019

13.1. Das Penalidades

Art. 3º Será aplicada a penalidade de impedimento de licitar e contratar no âmbito da Administração Pública
Direta e Indireta do Município de Caruaru, de acordo com as disposições contidas neste Decreto Municipal,
sem prejuízo da aplicação de outras penalidades cominadas no instrumento convocatório e/ou no contrato,
quando a licitante ou a contratada:
I - deixar de entregar documentação exigida para o certame:
Penalidade -impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 30 (trinta) dias, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.
II – deixar de entregar documentação exigida à habilitação no certame promovido pela Administração
Pública Municipal:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 180 (noventa) dias, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.
III – deixar de entregar a documentação exigida à contratação pretendida pela Administração Pública
Municipal:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 12 (doze) meses, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.
IV – recusar-se à celebração do contrato administrativo ou ata de registro de preços, desde que
convocada(o) dentro do prazo de validade de sua proposta:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 18 (dezoito) meses, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.
V - apresentar documentação falsa:

40/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.
VI - ensejar o retardamento da execução do objeto contratual ou da ata de registro de preços:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.
VII - não manter a proposta formalizada junto à Administração Pública Municipal:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.
VIII - falhar na execução do ajuste:
Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.
IX - cometer qualquer espécie de fraude contra a Administração Pública, seja em procedimento
licitatório ou no curso da execução do objeto já contratado, seja o vínculo jurídico decorrente de procedimento
concorrencial ou resultado de contratação direta promovida pela Administração Pública Municipal: Penalidade
– ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 02 (dois) ano.
X - comportar-se de modo inidôneo:
Penalidade – ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 03 (três)
anos.

13.2. Dos Critérios de Dosimetria das Penalidades


Art. 4º As penas previstas nos incisos I a X do caput do art. 3º serão agravadas em50% (cinquenta por cento)
de sua pena-base, para cada agravante, até o limite de 60(sessenta) meses, em decorrência das seguintes
situações:
I - quando restar comprovado que a licitante ou contratada tenha sofrido registro de 3(três) ou mais
penalidades impostas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência
da prática de qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que
antecederam o fato em decorrência do qual será aplicada a penalidade;

II - quando restar comprovado que a licitante tenha sido desclassificada ou inabilitada por não atender
às condições do edital, sendo de notória identificação a impossibilidade de atendimento ao estabelecido;
III - quando a licitante, deliberadamente, não responder às diligências destinadas a esclarecer ou a
complementar a instrução do processo;
IV - quando restar comprovado que a licitante tenha prestado declaração falsa de que é beneficiária do
tratamento diferenciado concedido em legislação específica; ou
V - quando a conduta acarretar prejuízo material grave à Administração Pública.
Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções
administrativas reguladas na legislação Federal e/ou Municipal aplicáveis às licitações e contratações
públicas, também serão majoradas na forma prevista neste artigo.

41/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Art. 5º As penas previstas nos incisos I ao VII do caput do art. 3º serão reduzidas pela metade, uma única
vez, desde que não tenha incidido qualquer agravante do art. 4º, em decorrência de qualquer das seguintes
atenuantes:
I - quando restar comprovado que a licitante ou a contratada não tenha sofrido registro de penalidades
aplicadas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de
qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que antecederam o fato
em decorrência do qual será aplicada a penalidade;
II - quando a conduta praticada tenha sido, desde que devidamente comprovada, decorrente de falha
de menor repercussão da licitante ou da contratada;
III - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que contenha
vícios ou omissões para os quais não tenha contribuído e que não sejam de fácil identificação, desde que
devidamente comprovada;
IV - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que não atendeu
às exigências do edital, desde que reste evidenciado equívoco em seu encaminhamento e ausência de dolo.
Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, também serão minoradas na forma prevista
neste artigo.

Art. 6º A penalidade prevista no inciso I do caput do art. 3º será afastada quando ocorrer a entrega da
documentação fora dos prazos estabelecidos, desde que não tenha acarretado prejuízos à Administração,
observando-se ainda, cumulativamente:
I - a ausência de dolo na conduta;
II - que o eventual atraso no cumprimento dos prazos não seja superior a sua quarta parte;
III - não tenha ocorrido nenhuma solicitação de prorrogação dos prazos;
IV - que o licitante faltoso não tenha sofrido registro de penalidade imposta pela Administração Pública
Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de qualquer das condutas tipificadas na
presente norma em procedimentos licitatórios ou contratações ocorridos nos 12 (doze) meses que
antecederam o fato em razão do qual será aplicada a penalidade.

Art. 7º Aplicam-se aos processos administrativos instaurados com base neste ato, noque couber, as
disposições contidas na Legislação do Município de Caruaru, bem como - em se verificando omissão nas
normas deste Município - na Lei Federal nº 9.784/1999, devendo prevalecer os prazos e procedimentos
específicos previstos na Lei nº 8.666/1993, na Lei nº 10.520/2002, na Lei 13.303/2016 e na Lei 12.462/2011.

Art. 8º As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções administrativas
reguladas na legislação Federal e ou Municipal aplicáveis aos processos licitatórios e contratações públicas,
não poderão exceder 100 (cem) vezes o valor do salário mínimo nacional vigente.
Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica às hipóteses constantes dos incisos V, VIII, IX e X do
caput do art. 2º deste ato.

Art. 9º A instrução dos processos administrativos instaurados com fundamento neste ato será realizada pela
Secretaria de Administração do Município de Caruaru.
§ 1º A Comissão Permanente de Licitações e os Gestores ou Fiscais do contrato, a depender do caso,
deverão comunicar formalmente à Secretaria de Administração de Caruaru os fatos e condutas que, em tese,

42/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

se amoldam aos tipos previstos no art. 2º deste ato, devendo, ainda, prestar auxílio e esclarecimentos
necessários à instrução do processo administrativo e ao cálculo das multas pecuniárias.
§ 2º Diante da avaliação das circunstâncias do caso concreto, a Comissão Permanente de Licitação poderá
justificar à Secretaria de Administração de Caruaru o afastamento do dever de comunicação de que trata o §
1º deste artigo, quando entender justificada a prática de alguma conduta do art. 2º deste ato ou caso estejam
presentes as circunstâncias previstas no art. 6º deste ato, sem prejuízo de eventual reavaliação da pertinência
da instauração do processo sancionatório por parte da autoridade competente.

Art. 10. Este Decreto Municipal será publicado no Diário Oficial do Município de Caruaru, ficando dispensada
sua inserção como anexo dos Editais das licitações e contratações administrativas promovidas pela
Administração Pública Municipal Direta e Indireta do Município de Caruaru, Estado de Pernambuco, devendo
ser mencionado em tais instrumentos convocatórios e contratuais o número deste decreto como norma
aplicável aos procedimentos instaurados e contratos celebrados.

14. DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

32000 – Secretaria de Educação


32002 – FUNDEB
12.365.1206.1.188 – Construção, reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para rede física de ensino
infantil
4.4.90.52.00 – Equipamentos e Material Permanente
Fonte de Recurso: 5 - FUNDEB 40% - 0.1.19

15. DAS CONDIÇÕES GERAIS

14.1. A existência de preços registrados não obriga a SEDUC a firmar as contratações que a dele advir,
facultando-se a realização de licitação específica para a contratação pretendida, sendo assegurada ao benefício
do Registro a preferência de fornecimento em igualdade de condições.

16. TAXA DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS


15.1. Para assinatura do contrato, a contratada deverá efetuar, no protocolo da Secretaria de Negócios da
Fazenda, o pagamento da taxa de serviços administrativos, instituída pelo Código Tributário Municipal, nos moldes
da tabela abaixo:
CONTRATOS COM O MUNICÍPIO (EMISSÃO,
TAXA CORRESPONDENTE
RENOVAÇÃO E/OU ADITIVOS)
Até R$ 2.000,00 UFM s 20
De R$ 2.000,01 até 5.000,00 UFM s 30
De R$ 5.000,01 até 10.000,00 UFM s 50
De R$ 10.000,01 até 20.000,00 UFM s 100
De R$ 20.000,01 até 50.000,00 UFM s 200
De R$ 50.000,01 até 100.000,00 UFM s 300

43/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

De R$ 100.000,00 UFM s 500


*Cada UFM tem o valor de R$ 2,69

Caruaru/PE, 30 de outubro de 2019.

Élcio Vital de Melo


Gerente Geral de Planejamento e Monitoramento da Rede Física
Mat. 49.555-7

44/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

ANEXO I
ITEM DESCRIÇÃO UND. QTD.
1. BERÇO INFANTIL SIMPLES, COM PINTURA EM UV NA UND 2000
COR BRANCA, COM MATERIAL EM MADEIRA MDF E
GRADES FIXAS EM MADEIRA MDF. O BERÇO DEVE
CONTER SUPORTE PARA MOSQUITEIRO EM FERRO DE
5 MM REVESTIDO COM PLÁSTICO. MEDIDAS: FRENTE:
1334 MM; ALTURA: 605 MM;
PROFUNDIDADE: 680 MM. PARA COLCHÃO DE 1300MM
X600MMX120MM. ACEITANDO VARIAÇÕES DAS
MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR CENTO) PARA MAIS
OU MENOS.
2. COLCHÃO PARA BERÇO, MEDINDO 1300 MM X 600 MM, UND 2000
COM DUAS FACES ( FACE A 100 % DE POLIETILENO E
FACE B 100 % DE POLIÉSTER) E ALTURA MINIMA DE
120 MM (DENSIDADE MINIMA 18 E MAXIMA 20)
ACEITANDO VARIAÇÕES DAS MEDIDAS DE ATÉ 5%
(CINCO POR CENTO) PARA MAIS OU MENOS.
3. CAMA EMPILHÁVEL – 1 CAMA - AS DUAS CABECEIRAS UND 1300
DEVEM SER INTEIRIÇAS, FORMADAS POR UMA ÚNICA
PEÇA, PRODUZIDAS EM POLIPROPILENO. O PRODUTO
DEVERÁ SER ATÓXICO, COM ADITIVO
ANTIBACTERIANO, EFICAZ PARA CEPAS GRAN-
POSITIVAS E GRAN-NEGATIVAS, APRESENTAR
EXCELENTE ACABAMENTO, SEM REBARBAS E
BORDAS CORTANTES. AS DUAS ESTRUTURAS
LATERAIS DEVEM SER EM TUBOS DE ALUMÍNIO COM
ESPESSURA MÍNIMA DE 1,59MM DE ALTA QUALIDADE
DE ACABAMENTO, ALÉM DE ÓTIMA RESISTÊNCIA A
CORROSÃO EM GERAL, INCLUINDO CORROSÃO POR
TENSÃO, UMIDADE E SALINIDADE. DEVERÁ AINDA,
SER LEVE E RESISTENTE. A ÁREA DE REPOUSO DEVE
SER COMPOSTA POR UM LEITO DE REDE VAZADA,
100% POLIÉSTER EMPASTADO EM PVC, COM
ESPESSURA MÍNIMA DE 0,51MM E GRAMATURA
MÍNIMA DE 310G/M2, COM ANTI FUNGO, ANTIUV, ANTI
OXIDANTE, ANTI CHAMA, ISENTO DE FTALATOS,
ANTITRANSPIRANTE E LAVÁVEL. AS LATERAIS DEVEM
SER SOLDADAS DE MANEIRA UNIFORME E
RESISTENTE A TRAÇÃO MANUAL. ALTA RESISTÊNCIA
A PESO, SUPORTANDO ATÉ 50 KG. APRESENTAR EM
ANEXO A PROPOSTA LAUDO QUE ATESTE A EFICÁCIA
ANTI CHAMAS, LAUDO QUE ATESTE A AUSÊNCIA DE F-
TALATOS E LAUDO ANTIBACTERIANO EFICAZ PARA
CEPAS GRAN-POSITIVAS EGRAN-NEGATIVAS.
PONTEIRAS DE BORRACHA ANTIDERRAPANTE PARA
QUE A CAMINHA NÃO DESLIZE, PERMITINDO QUE A
CRIANÇA POSSA SE MOVIMENTAR DE FORMA SEGURA
DURANTE O SONO. DEVE SER FIXADA DE MANEIRA
QUE NÃO SE SOLTE FACILMENTE. TODO O CONJUNTO

45/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

DEVE ESTAR BEM MONTADO, DE FORMA SEGURA,


FIRME E BEM TENCIONADO, SEM IMPERFEIÇÕES
COMO ONDA NO LEITO OU AINDA O EFEITO DE
"BARRIGA" NO CENTRO DA CAMINHA. SEM VELCRO E
SEM PARAFUSOS. A CAMA NÃO DEVE CONTER
PEQUENAS PEÇAS QUE POSSAM SE SOLTAR
FACILMENTE, PODENDO PASSAR POR AVALIAÇÃO SE
O CONJUNTO É SEGURO. A CAMA DEVERÁ SER
ENTREGUE MONTADA. A CAMA EMPILHÁVEL É
COMPOSTA POR MÓDULOS, ESTE SISTEMA PERMITE
QUE TODOS OS SEUS COMPONENTES SEJAM
REPOSTOS. MEDIDAS MÍNIMAS: 135 CM
COMPRIMENTO X 60 CM LARGURA X 15 CM ALTURA.
GARANTIA DE 18 MESES. ACEITANDO VARIAÇÕES DAS
MEDIDAS DE ATÉ 5% (CINCO POR CENTO) PARA MAIS
OU MENOS.

46/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

ANEXO II

CONTRATO CPL-E Nº ******/2019

TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI


CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CARUARU
ATRAVÉS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E A
EMPRESA ____________ VENCEDORA DA
LICITAÇÃO Nº 057/2019 – PREGÃO ELETRÔNICO
Nº 057/2019.

O MUNICÍPIO DE CARUARU pessoa jurídica de direito público interno, sediado na Praça Senador Teotônio Vilela,
s/n, Centro, Caruaru/PE, inscrito no CNPJ/MF sob nº 10.091.536/0001-13, representado pela SECRETARIA DE
ADMINISTRAÇÃO, pela Secretária, Sra. Ana Maraíza de Sousa Silva, brasileira, casada, residente e domiciliada
na Avenida Joaquim Nabuco, nº 251, Bairro Divinópolis – Caruaru – PE, inscrita no CPF/MF sob nº. 056.317.614-
83 e no Registro Geral/RG sob nº 6.668.455 SDS-PE, e pela SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, pelo Secretário, Sr.
Henrique Cesar Freire de Oliveira, brasileiro, divorciado, advogado, residente e domiciliado na Rua Belmiro
Pereira, nº 206, Mauricio de Nassau – Caruaru – PE, inscrito no CPF/MF sob nº. 025.619.624-90 e no Registro
Geral/RG sob nº. 5.044.014 SSP/PE, e a empresa ___________________________ pessoa jurídica de direito
privado, com sede na ___________________________ inscrita no CNPJ/MF sob nº ______________ doravante
denominada CONTRATADA representada neste ato contratual por (qualificação do representante legal da
contratada) pactuam o presente Contrato, cuja celebração é decorrente do Processo de Licitação nº 057/2019 –
Pregão Eletrônico nº 057/2019 - doravante denominado PROCESSO e que se regerá pela Lei Federal nº 8.666
de 21 de junho de 1993, e modificações subsequentes; pelos termos da proposta vencedora, parte integrante
deste contrato; pelo estabelecido no Edital e seus anexos, pelos preceitos de direito público, aplicando-se-lhes
supletivamente, os princípios da Teoria Geral dos Contratos e as disposições de direito privado; atendidas as
cláusulas, e condições que se enunciam a seguir:

CLÁUSULA PRIMEIRA – DO OBJETO – Contratação de empresa para o fornecimento de BERÇOS, COLCHÕES


E CAMINHAS EMPILHÁVEIS para atendimento das demandas e manutenção dos CMEIs - Centros Municipais de
Educação Infantil da rede municipal de ensino de Caruaru, conforme especificações e quantidades indicadas no
Termo de Referência, Anexo I, do Edital do Pregão.

Parágrafo Primeiro - O presente Contrato não poderá ser objeto de cessão ou transferência, no todo ou em parte.

CLÁUSULA SEGUNDA - DA FINALIDADE – O objeto deste Contrato destina-se ao desenvolvimento das


atividades normais da Secretaria de Educação, através das Escolas e Creches (CMEI).

CLÁUSULA TERCEIRA – DO PRAZO – O presente Contrato vigorará por 12 (doze) meses, contados a partir de
sua assinatura, podendo ser prorrogado, nos termos da legislação pertinente.

CLÁUSULA QUARTA – DO VALOR E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO – Atribui-se a esse Contrato o valor de R$


________( ) referente ao valor total do objeto previsto na Cláusula Primeira, para a totalidade do período
mencionado na Cláusula Terceira, conforme detalhamento a seguir:

47/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Valor Valor
Item Especificação Unid. Quant. Marca
unitário R$ total R$

Parágrafo Primeiro - Os pagamentos serão efetuados mediante crédito em conta-corrente da contratada, por
ordem bancária, em até 30 (trinta) dias consecutivos, a contar do recebimento definitivo, quando mantidas as
mesmas condições iniciais de habilitação e caso não haja fato impeditivo para o qual tenha concorrido à
contratada.

Parágrafo Segundo - Os pagamentos serão realizados integralmente, em correspondência com os produtos


efetivamente entregues no mês anterior ao do pagamento.

Parágrafo Terceiro - A nota fiscal devidamente atestada deverá ser apresentada na Secretaria de Educação do
Município de Caruaru/PE, Localizada na Avenida José Marques Fontes, n° 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP:
55.026-675.

Parágrafo Quarto - Por ocasião do pagamento a contratada deverá apresentar:

a) Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, comprovando regularidade com o FGTS;


b) Certidão Negativa de Débitos Relativos a Tributos Federais, Dívida Ativa da União e INSS, expedida pela
Secretaria da Receita Federal do Brasil;
c) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – CNDT, expedida pela Justiça do Trabalho, comprovando a
inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho;
d) Prova de regularidade com as Fazendas Estadual e Municipal do domicílio ou sede da contratada.

Parágrafo Quinto – O pagamento será realizado, após a apresentação pela Contratada da nota fiscal
devidamente preenchida e indicação do banco, agência e conta bancária da empresa que receberá o valor do
objeto.

Parágrafo Sexto - Não haverá, sob hipótese alguma, pagamento antecipado.

Parágrafo Sétimo - Nenhum pagamento será efetuado à adjudicatária enquanto pendente de liquidação qualquer
obrigação. Esse fato não será gerador de direito a reajustamento de preços ou à atualização monetária.

Parágrafo Oitavo - A nota fiscal que for apresentada com erro, ou observada qualquer circunstância que
desaconselhe o pagamento, será devolvida à contratada, para correção e nesse caso o prazo previsto no
parágrafo primeiro será interrompido. A contagem do prazo previsto para pagamento será iniciada a partir da
respectiva regularização.

Parágrafo Nono - Eventuais atrasos nos pagamentos imputáveis à contratada não gerarão direito a qualquer
atualização.

Parágrafo Décimo - A adjudicatária não poderá apresentar nota fiscal/fatura com CNPJ/MF diverso do registrado
no Contrato.

Parágrafo Décimo Primeiro - Deverão estar inclusos nos preços apresentados todos os gastos do frete,
embalagem e todos e quaisquer tributos, sejam eles sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais, comerciais ou de
qualquer outra natureza resultantes da execução do contrato.

48/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

CLÁUSULA QUINTA – DA ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA - Ocorrendo atraso no pagamento, e desde que para
tanto, a contratada não tenha concorrido de alguma forma; haverá incidência de atualização monetária sobre o
valor devido, pela variação acumulada do IPCA/IBGE ocorrida entre a data final prevista para o pagamento e a
data de sua efetiva realização.

CLÁUSULA SEXTA - DO REAJUSTE – Não será concedido reajuste ou correção monetária ao valor do Contrato.

Parágrafo Único - Fica assegurado o re-equilíbrio econômico-financeiro inicial do Contrato, mediante a


superveniência de fato imprevisível nos termos e forma estabelecida no artigo 65, inciso II, d da Lei 8.666/93
mediante provocação da contratada, cuja pretensão deverá estar suficientemente comprovada através de
documento(s).

CLÁUSULA SETIMA – DA EXECUÇÃO DO OBJETO DO CONTRATO – O fornecimento será efetuado de forma


PARCELADA após a emissão da Ordem de Fornecimento, gerada pelo Setor Responsável da Secretaria de
Educação, e enviada por meio eletrônico ou correio;

Parágrafo Primeiro: Todas as entregas devem ser realizadas em dias úteis, das 08h às 13h;

Parágrafo Segundo: O prazo de entrega será de no máximo 15 (quinze) dias úteis, contados a partir da emissão
da ordem de fornecimento, emitida pela SEDUC, a partir da autorização por escrito por parte da Secretaria de
Educação do Município, logo após a assinatura do contrato.

Parágrafo Terceiro: Os materiais deverão ser entregues: na Avenida José Marques Fontes, nº 21, bairro
Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55026-675.

Parágrafo Quarto: O objeto será recebido da seguinte forma:

a) Provisoriamente – Os bens serão recebidos provisoriamente no prazo de 02 (dois) dias úteis, pelo
responsável pelo acompanhamento e fiscalização do contrato, para efeito de posterior verificação de
conformidade com as especificações constantes no Termo de Referência, proposta e no contrato.

b) Definitivamente – Em até 05 (cinco) dias úteis, após o recebimento provisório; mediante “ATESTO”
na nota fiscal/fatura; após, a comprovada adequação aos termos da proposta e do contrato, desde
que não se verifiquem defeitos ou imperfeições.

Parágrafo Quinto: Os bens poderão ser rejeitados, no todo ou em parte, quando em desacordo com as
especificações, quantidade e exigências constantes no Termo de Referência e na proposta, devendo ser
substituídos no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da notificação a Contratada, às suas custas, sem
prejuízo à aplicação de penalidades.

Parágrafo Sexto – Na hipótese de a verificação do item descrito no Parágrafo Quarto da Cláusula Sétima deste
instrumento, não ser realizada dentro do prazo fixado, reputar-se-á como realizada, consumando-se o recebimento
definitivo no dia do esgotamento do prazo.

Parágrafo Sétimo – O recebimento provisório ou definitivo do objeto não exclui a responsabilidade da Contratada
pelos prejuízos resultantes da incorreta execução do contrato.

Parágrafo Oitavo – O prazo de validade do material informado pelo fabricante na embalagem, não poderá ser

49/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

inferior a 12 (doze) meses, contado do recebimento definitivo dos produtos;

Parágrafo Nono – Os bens serão recebidos de modo imediato e definitivo, sendo de responsabilidade do
fornecedor beneficiário os padrões adequados de segurança e qualidade, cabendo-lhe sanar quaisquer
irregularidades detectadas quando da utilização dos mesmos;

Parágrafo Décimo – O produto ofertado deverá ser acondicionado conforme praxe do fabricante, garantindo sua
total integridade até o uso. Rotulado conforme legislação vigente. O produto ofertado deverá atender aos
dispositivos da lei n° 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor) e às demais legislações vigentes.

Parágrafo Décimo Primeiro – Só serão recebidos materiais cujas marcas confiram com aquelas constantes das
Propostas de Preços. Será facultado a SEDUC, a seu critério, aceitar outras marcas, desde que isso represente
vantagem para a Administração.

Parágrafo Décimo Segundo – O transporte, carga e a descarga dos materiais correrão por conta da Contratada,
sem qualquer custo adicional solicitado posteriormente a SEDUC;

Parágrafo Décimo Terceiro – Os produtos definidos na Cláusula Quarta, deste Contrato, deverão ser novos e
originais, livres de defeitos, imperfeições e outros vícios, em embalagens originais dos fabricantes, adequadas
para proteger seu conteúdo contra danos durante o transporte até o local de entrega;

Parágrafo Décimo Quarto – Será designada a servidora Bianca Cavalcante de Barros, Gerente de
Acompanhamento de Rede Física, matrícula 49.011-3, como GESTORA DO CONTRATO, e o servidor Sávio
Araújo de Melo, matrícula 35.195-5, como FISCAL DO CONTRATO, responsável pelo acompanhamento e
fiscalização da entrega dos produtos, anotando em registro próprio todas as ocorrências relacionadas à execução
e determinação, tudo o que for necessário à regularização de falhas ou defeitos observados na execução do
Contrato.

CLÁUSULA OITAVA – DA SUBCONTRATAÇÃO – A subcontratação depende de autorização prévia da


Contratante, a quem incumbe avaliar se a subcontratação cumpre os requisitos de qualificação técnica, além da
regularidade fiscal e trabalhista necessários à execução do objeto.

Parágrafo Primeiro – A Contratada, na execução do contrato, sem prejuízo das responsabilidades contratuais e
legais, poderá subcontratar parte do objeto deste termo de referência, até o limite máximo de 30%, com prévia
autorização da SEDUC.

Parágrafo Segundo – Em qualquer hipótese de subcontratação, permanece a responsabilidade integral da


Contratada pela perfeita execução contratual, cabendo-lhe realizar a supervisão e coordenação das atividades da
subcontratação, bem como responder perante a Contratante pelo rigoroso cumprimento das obrigações contratuais
correspondentes ao objeto da subcontratação.

CLÁUSULA NONA – DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA – A contratada, além das responsabilidades


resultantes da contratação, do cumprimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações, da Lei nº 9.472/97, e demais
disposições regulamentares pertinentes ao produto a ser ofertado, obriga-se à:

a) Efetuar a entrega dos bens em perfeitas condições, no prazo e local indicados pela Administração, em
estrita observância das especificações do Edital e da Proposta, acompanhado da respectiva Nota Fiscal
constando detalhadamente as indicações da marca, apresentação, acondicionamento, utilização,

50/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

contraindicação e riscos, fabricante, modelo, tipo, procedência e prazo de garantia.

b) Os bens devem estar acompanhados, ainda, de manuais, bulas, cartilhas, notas explicativas, com versão
em português, com todas as informações.

c) Comunicar ao CONTRATANTE, por escrito, qualquer anormalidade referente ao fornecimento de


materiais, bem como atender prontamente as suas observações e exigências e prestar os
esclarecimentos solicitados.

d) Responsabilizar-se pelos vícios e danos decorrentes do produto, de acordo com os Artigos 12, 13, 18 e
26, do Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078, de 1990).

e) O dever previsto na letra “d” implica na obrigação de, a critério da Administração, substituir, reparar,
corrigir, remover, ou reconstruir, às suas expensas, no prazo máximo de 05 (cinco) dias, o produto com
avarias ou defeitos.

f) Atender prontamente a quaisquer exigências da Administração, inerentes ao objeto da licitação.

g) Comunicar à Administração, no prazo máximo de 10 (dez) dias que antecede a data de entrega, os
motivos que impossibilitem o cumprimento do prazo previsto, com a devida comprovação.

h) Manter durante, toda a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as
condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação.

i) Não transferir a terceiros, por qualquer forma, nem mesmo parcialmente, as obrigações assumidas, nem
subcontratar qualquer das prestações a que se está obrigada, exceto nas condições autorizadas no Edital
e seus anexos.

j) Responsabilizar-se pelas despesas dos tributos, encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais,


comerciais, taxas, fretes, seguros, deslocamento de pessoal, prestação de garantia e quaisquer outras
que incidam ou venham a incidir na execução do objeto.

k) Responsabilizar-se pelo ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes
de danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se,
outrossim, por quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros, que lhe
venham a ser exigidas por força da Lei, ligadas ao objeto do presente termo de referência.

l) Responsabilizar-se direta e exclusivamente pela execução do objeto do Termo de Referência e,


consequentemente, responder, civil e criminalmente por todos os danos e prejuízos que, na execução
dele, venha, direta ou indiretamente, a provocar ou causar para a Contratante ou para terceiros.

m) Manter, permanentemente, representante credenciado para atuar em seu nome e representá-lo junto à
Contratante e à Fiscalização, com autoridade para resolver problemas relacionados com o fornecimento
dos materiais ora adquiridos.

51/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

n) Não transferir a outrem, o objeto do Contrato;

o) Emitir Nota Fiscal de venda, onde conste, no mínimo, a marca do produto, nº(s) do(s) lote(s), quantidade
fornecida, valor unitário e valor total. As informações deverão estar dispostas lado a lado, produto a
produto, de modo a viabilizar a conferência.

CLÁUSULA DÉCIMA – DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE – São obrigações do Município:

a) Promover o recebimento do objeto contratual nos prazos fixados para tal, o que em nenhuma hipótese
eximirá a Contratada da responsabilidade civil, administrativa, tributária, trabalhista e penal.

b) Verificar a conformidade dos bens recebidos com as especificações constantes no Termo de


Referência e da proposta para fins de aceitação e recebimento definitivo;

c) Comunicar à Contratada, por escrito, sobre imperfeições, falhas ou irregularidades verificadas no


objeto fornecido para que seja substituído, reparado ou corrigido;

d) Acompanhar e fiscalizar o cumprimento das obrigações da Contratada através de servidor responsável


designado;

e) Exigir cumprimento de todas as obrigações assumidas pela Contratada, de acordo com as cláusulas
contratuais e os termos de sua proposta.

f) Efetuar o pagamento à Contratada no valor correspondente ao fornecimento do objeto, no prazo e


forma estabelecidos neste Contrato;

g) Fornecer atestado de capacidade técnica quando solicitado, desde que atendidas às obrigações
contratuais;

h) A Administração não responderá por quaisquer compromissos assumidos pela Contratada com
terceiros, ainda que vinculadas à execução do contrato, bem como por qualquer dano causado a
terceiros em decorrência de ato da Contratada, de seus empregados, prepostos ou subordinados.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA – DAS PENALIDADES – O descumprimento, total ou parcial, de qualquer das
obrigações ora estabelecidas sujeitará a contratada às sanções previstas na Lei 8.666/93, garantida ampla e
prévia defesa em processo administrativo.

Parágrafo Primeiro – Pelo inadimplemento total ou parcial, no cumprimento das obrigações assumidas, a
contratada fica sujeita às sanções previstas nos artigos 86 e 87 da Lei 8.666/93, e ao pagamento de multa, nos
seguintes termos:

I – Pelo atraso no fornecimento, em relação ao prazo estipulado: 1% (um por cento) do valor do fornecimento,
por dia decorrido, até o limite de 10% (dez por cento) do valor do fornecimento;

II – Pela recusa em iniciar o fornecimento, caracterizado em cinco dias após o vencimento do prazo estipulado:
10% (dez por cento) do valor do fornecimento;

III – Pela demora em corrigir falhas no fornecimento, a contar do segundo dia da data da notificação da
rejeição: 2% (dois por cento) do valor do fornecimento, por dia decorrido;

52/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

IV - Pela recusa da contratada em corrigir falhas no fornecimento, entendendo-se como recusa no


fornecimento não efetivado nos cinco dias que se seguirem à data da rejeição: 10% (dez por cento) do valor do
fornecimento;

V - Pelo não cumprimento de qualquer condição fixadas no Edital, e não abrangida nos incisos anteriores: 1%
(um por cento) do valor contratado, para cada evento.

Parágrafo Segundo - As multas estabelecidas nos incisos anteriores podem ser aplicadas isolada ou
cumulativamente, ficando o seu total limitado a 10% (dez por cento) do valor Contrato, sem prejuízo de perdas e
danos cabíveis.

Parágrafo Terceiro – O contratante poderá descontar, dos pagamentos porventura devidos à contratada as
importâncias alusivas a multas, ou efetuar sua cobrança mediante inscrição em Divida Ativa do Município, ou por
qualquer outra forma prevista em Lei.

Parágrafo Quarto - A autoridade municipal competente, em caso de inadimplemento da contratada, deverá


cancelar a nota de empenho, sem prejuízo das penalidades relacionadas neste acordo.

Parágrafo Quinto - O valor da multa deverá ser recolhido à Tesouraria da Secretaria da Fazenda do Município,
situada na Avenida Rio Branco nº 315, Centro, Caruaru/PE, no prazo de 03 (três) dias, a contar da data da
notificação da penalidade.

Parágrafo Sexto - Qualquer contestação sobre a aplicação de multas deverá ser feita por escrito.

Parágrafo Sétimo - Ficará sujeito a penalidade prevista no art. 7º da Lei Federal nº 10.520/02 (impedimento de
licitar e contratar), sem prejuízo das multas previstas no Edital, no Contrato e nas demais cominações legais, o
contratante ou licitante que, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, agir em conformidade com
as hipóteses a seguir:

a) Não celebrar o contrato;

b) Deixar de entregar ou apresentar documentação falsa em lugar de documentação legítima exigida


para o certame;

c) Ensejar o retardamento da execução do seu objeto;

d) Não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato;

e) Comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal.

Parágrafo Oitavo – As sanções e penalidades previstas nos itens antecedentes serão aplicadas pelas autoridades
competentes, assegurados ao contratado ou ao adjudicatário, o contraditório e a ampla defesa.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA – Penalidades Regulamentadas pelo Decreto Municipal 96 de 13 de


setembro de 2019.

DAS PENALIDADES

53/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Art. 3º Será aplicada a penalidade de impedimento de licitar e contratar no âmbito da Administração Pública
Direta e Indireta do Município de Caruaru, de acordo com as disposições contidas neste Decreto Municipal,
sem prejuízo da aplicação de outras penalidades cominadas no instrumento convocatório e/ou no contrato,
quando a licitante ou a contratada:

I - deixar de entregar documentação exigida para o certame:

Penalidade -impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 30 (trinta) dias, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.

II – deixar de entregar documentação exigida à habilitação no certame promovido pela Administração


Pública Municipal:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 180 (noventa) dias, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.

III – deixar de entregar a documentação exigida à contratação pretendida pela Administração Pública
Municipal:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 12 (doze) meses, contados da data em que se verificar a conclusão do
processo administrativo e imposição da referida sanção.

IV – recusar-se à celebração do contrato administrativo ou ata de registro de preços, desde que


convocada(o) dentro do prazo de validade de sua proposta:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 18 (dezoito) meses, contados da data em que se verificar a conclusão
do processo administrativo e imposição da referida sanção.

V - apresentar documentação falsa:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VI - ensejar o retardamento da execução do objeto contratual ou da ata de registro de preços:


Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VII - não manter a proposta formalizada junto à Administração Pública Municipal:

54/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

VIII - falhar na execução do ajuste:

Penalidade - impedimento do direito de licitar e contratar com a Administração Pública Direta e Indireta do
Município de Caruaru pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, contados da data em que se verificar a
conclusão do processo administrativo e imposição da referida sanção.

IX - cometer qualquer espécie de fraude contra a Administração Pública, seja em procedimento


licitatório ou no curso da execução do objeto já contratado, seja o vínculo jurídico decorrente de procedimento
concorrencial ou resultado de contratação direta promovida pela Administração Pública Municipal: Penalidade
– ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 02 (dois) ano.

X - comportar-se de modo inidôneo:

Penalidade – ser declarada inidônea para contratação com a Administração Pública pelo prazo de 03 (três)
anos.

DOS CRITÉRIOS DE DOSIMETRIA DAS PENALIDADES

Art. 4º As penas previstas nos incisos I a X do caput do art. 3º serão agravadas em50% (cinquenta por cento)
de sua pena-base, para cada agravante, até o limite de 60(sessenta) meses, em decorrência das seguintes
situações:

I - quando restar comprovado que a licitante ou contratada tenha sofrido registro de 3(três) ou mais
penalidades impostas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência
da prática de qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que
antecederam o fato em decorrência do qual será aplicada a penalidade;

II - quando restar comprovado que a licitante tenha sido desclassificada ou inabilitada por não atender
às condições do edital, sendo de notória identificação a impossibilidade de atendimento ao estabelecido;

III - quando a licitante, deliberadamente, não responder às diligências destinadas a esclarecer ou a


complementar a instrução do processo;

IV - quando restar comprovado que a licitante tenha prestado declaração falsa de que é beneficiária do
tratamento diferenciado concedido em legislação específica; ou

V - quando a conduta acarretar prejuízo material grave à Administração Pública.

55/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções
administrativas reguladas na legislação Federal e/ou Municipal aplicáveis às licitações e contratações
públicas, também serão majoradas na forma prevista neste artigo.

Art. 5º As penas previstas nos incisos I ao VII do caput do art. 3º serão reduzidas pela metade, uma única
vez, desde que não tenha incidido qualquer agravante do art. 4º, em decorrência de qualquer das seguintes
atenuantes:

I - quando restar comprovado que a licitante ou a contratada não tenha sofrido registro de penalidades
aplicadas pela Administração Pública Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de
qualquer das condutas tipificadas na presente norma nos 24 (vinte e quatro) meses que antecederam o fato
em decorrência do qual será aplicada a penalidade;

II - quando a conduta praticada tenha sido, desde que devidamente comprovada, decorrente de falha
de menor repercussão da licitante ou da contratada;

III - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que contenha
vícios ou omissões para os quais não tenha contribuído e que não sejam de fácil identificação, desde que
devidamente comprovada;

IV - quando a conduta praticada seja decorrente da apresentação de documentação que não atendeu
às exigências do edital, desde que reste evidenciado equívoco em seu encaminhamento e ausência de dolo.

Parágrafo único. As penalidades de multa previstas no edital, também serão minoradas na forma prevista
neste artigo.

Art. 6º A penalidade prevista no inciso I do caput do art. 3º será afastada quando ocorrer a entrega da
documentação fora dos prazos estabelecidos, desde que não tenha acarretado prejuízos à Administração,
observando-se ainda, cumulativamente:
I - a ausência de dolo na conduta;

II - que o eventual atraso no cumprimento dos prazos não seja superior a sua quarta parte;

III - não tenha ocorrido nenhuma solicitação de prorrogação dos prazos;

IV - que o licitante faltoso não tenha sofrido registro de penalidade imposta pela Administração Pública
Direta ou Indireta do Município de Caruaru em decorrência da prática de qualquer das condutas tipificadas na
presente norma em procedimentos licitatórios ou contratações ocorridos nos 12 (doze) meses que
antecederam o fato em razão do qual será aplicada a penalidade.

Art. 7º Aplicam-se aos processos administrativos instaurados com base neste ato, noque couber, as
disposições contidas na Legislação do Município de Caruaru, bem como - em se verificando omissão nas
normas deste Município - na Lei Federal nº 9.784/1999, devendo prevalecer os prazos e procedimentos
específicos previstos na Lei nº 8.666/1993, na Lei nº 10.520/2002, na Lei 13.303/2016 e na Lei 12.462/2011.

56/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

Art. 8º As penalidades de multa previstas no edital, para fins de aplicação das sanções administrativas
reguladas na legislação Federal e/ou Municipal aplicáveis aos processos licitatórios e contratações públicas,
não poderão exceder 100 (cem) vezes o valor do salário mínimo nacional vigente.

Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica às hipóteses constantes dos incisos V, VIII, IX e X do
caput do art. 2º deste ato.

Art. 9º A instrução dos processos administrativos instaurados com fundamento neste ato será realizada pela
Secretaria de Administração do Município de Caruaru.

§ 1º A Comissão Permanente de Licitações e os Gestores ou Fiscais do contrato, a depender do caso,


deverão comunicar formalmente à Secretaria de Administração de Caruaru os fatos e condutas que, em tese,
se amoldam aos tipos previstos no art. 2º deste ato, devendo, ainda, prestar auxílio e esclarecimentos
necessários à instrução do processo administrativo e ao cálculo das multas pecuniárias.

§ 2º Diante da avaliação das circunstâncias do caso concreto, a Comissão Permanente de Licitação poderá
justificar à Secretaria de Administração de Caruaru o afastamento do dever de comunicação de que trata o §
1º deste artigo, quando entender justificada a prática de alguma conduta do art. 2º deste ato ou caso estejam
presentes as circunstâncias previstas no art. 6º deste ato, sem prejuízo de eventual reavaliação da pertinência
da instauração do processo sancionatório por parte da autoridade competente.

Art. 10. Este Decreto Municipal será publicado no Diário Oficial do Município de Caruaru, ficando dispensada
sua inserção como anexo dos Editais das licitações e contratações administrativas promovidas pela
Administração Pública Municipal Direta e Indireta do Município de Caruaru, Estado de Pernambuco, devendo
ser mencionado em tais instrumentos convocatórios e contratuais o número deste decreto como norma
aplicável aos procedimentos instaurados e contratos celebrados.

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA – DA RESCISÃO – A inexecução total ou parcial do presente Contrato ensejará
a sua rescisão, com as consequências contratuais e as previstas em lei ou regulamento.

Parágrafo Primeiro – Inadimplemento imputável à contratada - O contratante poderá rescindir


administrativamente, o presente Contrato nas hipóteses previstas no artigo 78 I a XII e XVII da Lei 8.666/93 sem
que caiba à contratada direito a qualquer indenização, sem prejuízo das penalidades pertinentes em processo
administrativo regular.

Parágrafo Segundo – O presente Contrato poderá ser rescindido consensualmente, mediante a ocorrência da
hipótese prevista no inciso XVII do artigo 78 da Lei 8.666/93.

Parágrafo Terceiro – O presente Contrato poderá ser rescindido amigavelmente, por acordo entre as partes;
reduzida a termo no processo de licitação, desde que haja conveniência para a Administração. Artigo 79, II da Lei
8.666/93.

Parágrafo Quarto – Este Contrato poderá ser rescindido judicialmente nos termos da legislação processual
vigente. Artigo 79, III da Lei 8.666/93.

Parágrafo Quinto – Quando a rescisão ocorrer com fundamento nos incisos XII a XVII do artigo 78 da Lei

57/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

8.666/93, sem que haja culpa da contratada será esta ressarcida dos prejuízos regularmente comprovados que
houver sofrido. Artigo 79 parágrafo 2º da Lei 8.666/93.

Parágrafo Sexto – A rescisão administrativa ou amigável será precedida de autorização escrita e fundamentada.
Artigo 79 parágrafo 1º da Lei 8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA – DAS DESPESAS DO CONTRATO – Constituirá encargo exclusivo da


contratada o pagamento de tributos, tarifas e despesas decorrentes da execução do objeto deste Contrato.

Parágrafo Único: Serão da contratada todas as despesas decorrentes de encargos trabalhistas, previdenciários,
fiscais e comerciais, decorrentes da execução do Contrato. Artigo 71 da Lei 8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA – DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS – As despesas decorrentes deste


Contrato correrão por conta dos recursos a seguir especificados:

32000 – Secretaria de Educação


32002 – FUNDEB
12.365.1206.1.188 – Construção, reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para rede física de ensino
infantil
4.4.90.52.00 – Equipamentos e Material Permanente
Fonte de Recurso: 5 - FUNDEB 40% - 0.1.19

CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA – DA RESPONSABILIDADE CIVIL – A contratada responderá por perdas e danos
que vier a sofrer o contratante, ou terceiros, em razão de ação ou omissão, dolosa ou culposa, da contratada ou de
seus prepostos, independentemente de outras cominações contratuais ou legais a que estiver sujeita; não
excluindo, ou reduzindo esta responsabilidade, a fiscalização ou o acompanhamento pelo contratante. Artigo 70 da
Lei 8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA - DOS ACRÉSCIMOS E SUPRESSÕES- A quantidade inicialmente contratada


poderá ser acrescida ou suprimida dentro dos limites previstos no parágrafo primeiro do artigo 65 da Lei
nº8.666/93.

CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA - DAS ALTERAÇÕES – As alterações, porventura necessárias, ao bom, e fiel
cumprimento do objeto deste Contrato serão efetivadas na forma do artigo 65 da Lei 8.666/93, através de Termo
Aditivo.

CLÁUSULA DÉCIMA NONA – DA TAXA DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS - Para assinatura do contrato, a


contratada deverá efetuar, na Secretaria de Negócios da Fazenda, situada na Avenida Rio Branco, nº 315, Centro,
Caruaru/PE, o pagamento da taxa de serviços administrativos, instituída pelo Código Tributário Municipal, no valor
de R$ 2,69 (dois reais e sessenta e nove centavos), nos moldes da tabela a seguir:

Contratos com o Município (Emissão, Renovação e/ou Aditivos). Taxa Correspondente


Até R$ 2.000,00 UFM s 20
De R$ 2.000,01 até 5.000,00 UFM s 30
De R$ 5.000,01 até 10.000,00 UFM s 50
De R$ 10.000,01 até 20.000,00 UFM s 100
De R$ 20.000,01 até 50.000,00 UFM s 200
De R$ 50.000,01 até 100.000,00 UFM s 300
De R$ 100.000,01 UFM s 500

58/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667
COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – EDUCAÇÃO

CLÁUSULA VIGÉSIMA – DO FORO – O foro do presente Contrato será o da comarca de Caruaru, excluído
qualquer outro.

E, por estarem justos, e acordados, firmam o presente Contrato em quatro vias de igual teor, e para um só
efeito legal, na presença das testemunhas que também assinam.

Caruaru/PE, _____ de ______________ de 2019.

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO
Ana Maraíza de Sousa Silva
Secretária

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
Henrique Cesar Freire de Oliveira
Secretário

Representante Legal – Sócio/Procurador


CONTRATADA

TESTEMUNHAS:

1.__________________________________________ 2._________________________________________
CPF/MF nº CPF/MF nº

59/59
Av. José Marques Fontes, nº 21, Indianópolis, Caruaru/PE, CEP: 55.026-675
Fone: (81) 3724-7667