Você está na página 1de 49

1

TERMO DE
RESPONSABILIDADE

Esse livro é voltado para pessoas que sejam


iniciantes, profissionais ou entusiastas na área de
informática, mais especificamente eletrônica
aplicada na informática.

Não nos responsabilizamos por qualquer dano


causado por mau uso das informações
compartilhadas aqui.

Apesar de compartilhar algumas informações


técnicas de nível intermediário e avançado o livro
serve como auxílio e guia para pessoas que querem
iniciar ou se profissionalizar, de nada adianta a
utilização desse guia se não houver DEDICAÇÃO e
estudo até mesmo em outras plataformas, lembre-se
que o livro é parte do caminho para um aprendizado
eficaz e que traga resultado.

2
As estratégias e informações aqui presentes
são para todos, mas não são para qualquer um. Você
precisa estar disposto.

Além disso sua situação particular pode não se


adequar perfeitamente aos métodos e técnicas
ensinados neste guia. Assim, você deverá utiliza-lo
ajustando as informações de acordo com sua
necessidade específica e, por essa razão, os
resultados podem variar de pessoa para pessoa. Não
existe qualquer garantia, já somente a experiência e
o depoimento de milhares de clientes com seus
equipamentos reparados.

3
SOBRE O AUTOR
Meu nome é para comprar era TV a
Getúlio Menezes, nasci em cores. Devido ao alto preço
1987, em uma cidade desses equipamentos
chamada Pires do Rio - GO, novos, meu pai que já havia
como podem imaginar é estudado bastante sobre
uma cidade pequena no eletrônica montou uma
interior de Goiás. empresa de reparo em TV,
Rádio, Minisystem 3 in 1,
Meus pais já
ferro de passar roupa,
tinham minha irmã e
vídeo cassete,
alguns anos depois tiveram
comummente chamado de
meu irmão caçula, meus
oficina.
pais sempre lutaram muito
para nos dar uma vida Confesso que
melhor. nunca fui uma pessoa que
se dedicava a escola, por
Desde que me
essa causa eventualmente
lembro das coisas, meu pai
eu tirava algumas notas
sempre trabalhou com
ruins (quem nunca). Meu
reparo de equipamentos
pai tinha a seguinte
eletrônicos, claro que na
filosofia “Se vai para a
época não era diferente, as
escola e não tira nota boa,
coisas mais tecnológicas
você deve trabalhar” ou
que tínhamos disponíveis
seja, sempre que tirava

4
nota ruim eu deveria COLORIDO e com o recente
passar semanas Windows 95 instalado.
trabalhando com ele, Claro que naquele
consertando as coisas mais momento via um
simples, como ferro de computador apenas para
passar roupa, limpar jogos, Doom, Sim City, Age
cabeçote de vídeo cassete, of Empires, Prince of
desmontar, desmagnetizar Persia, Tomb Raider, DUKE
TV, eram ensinamentos NUKEM 3D como eu amava
valiosos que na época esse jogo.
apenas odiava executar,
Na minha cidade
mal sabia eu o bem que
existiam dois lugares que
isso me traria.
trabalhavam com reparo
Após cumprir de computadores, na
algumas exigências que realidade faziam apenas
meu pai propôs referente formatação e troca de
as minhas notas ele, peças, mas aquilo já era
prometeu me presentear algo muito espetacular, aos
com um computador, em 12 anos eu intercalava o
meados de 1996. Então, meu tempo livre nessas
com 9 anos de idade ganhei duas empresas, ajudando
meu primeiro computador, os técnicos e aprendendo,
Pentium 133Mhz com sugando o máximo de
botão de turbo para informação que podia.
166Mhz, monitor 14”

5
Graças à essa mini isso em 2006 vim morar em
bagagem que fui Goiânia.
adquirindo, em 2002 já era
Naquela altura
bem conhecido na minha
toda minha família já
cidade como “o rapaz do
estava morando em
computador” e por isso fui
Goiânia também, meu pai
chamado para trabalhar de
ainda trabalhava com
suporte técnico em um
eletrônica e tinha uma
provedor de internet
oficina, fui trabalhar com
discada recém-inaugurado
ele, trabalhando também
na cidade, mas a empresa
com eletrônica, porém,
acabou fechando pouco
voltado na área de
tempo depois.
informática, em
Mesmo com as aproximadamente em
coisas indo bem em Pires 2010 meu pai decidiu
do Rio, não me sentia aposentar, desacelerar um
verdadeiramente feliz pouco, já que ele sempre
naquela cidade e sempre foi muito agitado,
tive vontade de vir morar trabalhador.
em Goiânia – GO, na
Finalmente em
realidade eu queria ser
2011 assumi a empresa
desafiado, sensação que
sozinho, eu fui proprietário
NUNCA iria ter em uma
de uma lan house em 2004,
cidade tão pequena, por
então entendia um pouco

6
sobre administração e - Conseguir clientes
como gerir uma empresa,
- Aprovar os
sabia que aquele trabalho
reparos
não seria fácil e o
crescimento conseguiria - Ter sucesso na
depois muito suor, sangue grande maioria dos reparos
e choro.
Se você tiver 70%
A primeira coisa de sucesso nesses pilares, o
que fiz foi definir os pilares crescimento é certo.
da sustentabilidade da Conseguir clientes não é
minha empresa, muitas tão complicado
pessoas acabam atualmente, ainda mais
trabalhando anos, décadas com o advento da internet,
com assistência e até hoje onde divulgação pode ser
nunca definiram os pilares, feita por qualquer pessoa.
por isso vou dar uma dica
Aprovar os
muito importante e que
orçamentos não é tão
pode servir para você que
complicado também, já
está querendo ingressar
que é completamente
nesse mundo de cabeça,
relacionado a honestidade,
como eu fiz, uma empresa
ter uma boa índole e
que presta manutenção em
transparente faz essa parte
carros, caminhões, aviões,
ser muito fácil também.
eletrônicos, entre outros,
são regidas por três pilares

7
AGORA TEMOS O nada, mas acabam se
PROBLEMA.... dizendo técnicos, enfim,
esse pilar, é de longe o mais
O mais complicado
complexo de ser atingido.
desses itens é o terceiro,
em uma área que a Muito se ensina
reposição de peças não sobre componentes
existe (ao menos dos eletrônicos e o que eles
fabricantes), muitos fazem, essa informação
equipamentos já passaram tem aos quilos na internet,
por assistências que não mas ter sucesso em reparo
valorizam seus clientes e não depende apenas disso,
mais estragaram do que por esse motivo decidi criar
consertaram, existe um esse guia como
problema chamado SOLDA complemento de estudo.
BGA, que nunca temos Reparo de equipamentos é
100% de certeza que irá dar feito de pequenos detalhes
certo até fazer, muitas no diagnóstico e alguns
pessoas não se deles vou ensinar em
especializam ou estudam breve.

8
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO....................................................................... 11

1. Um passo a mais ............................................................ 13


2. Assine meu canal no YouTube ....................................... 13
3. Curtas as páginas da Getech Informática no Facebook 14
4. Siga os perfis no Instagram ............................................ 14

FERRAMENTAS E INFORMAÇÕES BÁSICAS........ 15

1. Equipamento funciona, porém, some a imagem,


apresenta tela azul, reinicia ou desliga. ........................... 17
2. Liga, mas não apresenta imagem.............................. 21
2.1. Passe o mouse sobre Databases e seleciona VGA BIOS
COLLECTION ............................................................................ 24
2.2. Em GPU Brand escolha o fabricante, nesse caso
iremos exemplificar com NVIDIA ........................................... 25

2.3. Em Card Vendor iremos exemplificar com Gigabyte 25


2.4. Em Card Model iremos exemplificar com GTX 680... 26
2.5. Seleciona a BIOS que corresponde a sua placa com o
tamanho exato de memória................................................... 27

2.6. Vá em Downloads ...................................................... 29

9
2.7. Clique em NVIDIA NVFlash ........................................ 29
3. Equipamento funciona, mas pisca a tela (quando
não informa que vídeo parou e se recuperou). .............. 33
4. Equipamento funciona, mas apresenta erro 43 ao
instalar o driver. ...................................................................... 35
5. Não permite que a máquina ligue. ............................. 37

MÃOS À OBRA! .................................................................... 49

10
INTRODUÇÃO
Eu acredito que este guia será útil para muita
gente.

Por um lado, ele serve para quem já trabalha


nessa área de reparos e quer aumentar o
conhecimento, mesmo que básico. Por outro, ele
serve para quem não tem negócio e quer apenas uma
possibilidade de reparar sua VGA em casa.

Além disso, as estratégias que apresento aqui


servem para uma infinidade de tipos de
equipamentos eletrônicos, marcas e modelos. Por
isso, tenho diversos vídeos de reparos de variados
equipamentos eletrônicos, como VGA, servidores,
placa mãe desktop, iMac, Macbook Pro e Air, e
muitos outros.

Vou ficar muito feliz se você terminar este guia


conseguindo enxergar as múltiplas oportunidades de
aplicações de pequenas metodologias.

11
COMO USAR ESSE GUIA

O livro deve ser usado como um guia para um


início a ser estudado e desenvolvido diariamente, a
parte teórica de qualquer assunto técnico deve ser
praticada pois é dessa forma que aumentamos o
leque de conhecimento e aplicações.

É muito complicado colocar em palavras


procedimentos técnicos, esses procedimentos
envolvem basicamente linhas de raciocínio, o que irei
explicar aqui é uma das infinitas linhas de raciocínio
que podemos aplicar na eletrônica, ela não é melhor
ou pior do que qualquer outra, cabe ao leitor
aprender a técnica e a partir daí usar as variações que
são possíveis nessa área.

Como existem vários tipos de segmentos da


eletrônica precisamos estabelecer uma linha de
raciocínio baseada em um equipamento único,
sempre irá existir variações para cada engenharia,
mas o básico e o que esse livro irá ensinar pode ser
usada em todas as plataformas, com pequenas

12
variações. Para facilitar iremos embasar esse guia na
parte mais fácil da eletrônica aplicada em
informática, PLACA DE VÍDEO. Devem estar se
perguntando o porquê estou dizendo que é a parte
mais fácil, e a resposta é bem simples, placa de vídeo,
na sua grande maioria, não existe várias unidades de
processamento, não existem fonte geradora de
tensão e menos, bem menos, componentes.

Nesse guia, gostaria de compartilhar com


vocês algumas dicas para facilitar o reparo do seu
equipamento nesse universo dos reparos:

1. Um passo a mais

Assista aos vídeos complementares que estão


no canal da Getech informática para expandir
seus conhecimentos. Neles, eu conto um
pouco da minha história e o que me trouxe até
aqui.

2. Assine meu canal no YouTube

13
https://www.youtube.com/getechinformatic
a

Muitas dicas e técnicas sobre reparo e


eletrônica são passadas nos vídeos.

3. Curtas as páginas da Getech Informática


no Facebook

https://www.facebook.com/getechinf/ - Setor
Vila Nova

https://www.facebook.com/getechinf2/ -
Setor Bueno

4. Siga os perfis no Instagram

https://www.instagram.com/getechinf/ -
Setor Vila Nova

https://www.instagram.com/getechinf2 -
Setor Bueno

14
FERRAMENTAS E
INFORMAÇÕES BÁSICAS

Essa parte depende muito de qual aplicação


irá usar o conhecimento que irá adquirir nesse guia,
para facilitar irei listar as ferramentas necessárias
para fazer o reparo em casa.

1x Multímetro CAT II
ou CAT III já serve
1x Chave de fenda
1x Chave de philips
EXTREMAMENTE 1x Alicate de corte
IMPORTANTE 1x Alicate de bico
1x estação de solda, ou
ferro de solda e
estação de ar quente
separados
1x Estanho o carretel
pequeno
1x malha dessoldadora
(hikari de preferência)
1x Limpa contato
1x Pincel macio

15
Muitas pessoas se preocupam com sucata,
colocando o fato de ter ou não sucata como
prioridade no reparo de equipamentos eletrônicos,
aqui iremos fazer diferente, sucata não serve para
nada se as peças contidas nela não forem úteis, antes
de pensar em sucata precisamos saber qual o
problema que mais encontramos e depois disso, ir
atrás de peça ou sucata para comprar e ter como
fonte de fornecimento de peças.

Outra coisa que não devem se preocupar a


princípio é o que cada componente faz
individualmente, irei ensinar o que pode ou não
apresentar curto circuito e é basicamente nisso que
precisamos nos focar.

16
1. Equipamento funciona, porém,
some a imagem, apresenta tela
azul, reinicia ou desliga.
A hipótese que iremos trabalhar para esse
problema é o superaquecimento. Antes de sair
limpando a placa de vídeo sem ter certeza que é esse
mesmo o problema precisamos fazer alguns testes e
garantir que a temperatura é a causadora desse
problema.

Aproveitando que o erro está acontecendo


precisamos ter algumas métricas e as melhores são,
tempo ou aplicação.
Métrica do tempo é quando existe um tempo padrão (ou
sempre próximo) que o defeito apresenta, ou seja, você liga o
seu computador, ele funciona sempre por 10-20 minutos e o
defeito aparece, anote esse intervalo de tempo para garantir
que existe ou não um padrão.

Métrica da aplicação é quando existe um padrão em


apresentar o defeito SEMPRE que abre o jogo ou aplicativo X
ou Y, ou seja, independente do tempo que está utilizando o
equipamento, o defeito só aparece quando abre o jogo X ou Y.

17
Existem outras métricas, mas essas são as
principais, até para apresentar um defeito existe um
certo padrão e isso é de extrema importante ser
observado para ter uma análise mais precisa.

Apresenta erro depois de um tempo certo?

_________________________________________________
____________

Apresenta erro depois de abrir o jogo ou aplicação X?

_________________________________________________
____________

*Não tem importância se apresentar defeito em ambas as


situações, isso também pode acontecer, apenas informe isso
na linha, para ajudar no diagnóstico.

Agora que temos um padrão e sabemos o


momento que o defeito aparece precisamos iniciar o
teste e para isso vamos praticamente ANULAR o
efeito tempo e aplicação, agora vou ensinar como
faremos isso.

Precisamos entender que uma placa de vídeo


é projetada para funcionar em 0% (existe uma carga,

18
mas é quase insignificante) até 100% do seu nível de
processamento, aplicando essa informação na
prática, onde podemos supor que a placa de vídeo
não é usada além desses 0%?!? E a resposta é bem
simples: Basic Input/Output System ou BIOS.

Sim a BIOS ou UEFI é um sistema com


pouquíssimo processamento unitário ou gráfico e
graças a isso é o lugar ideal para anularmos o fator
tempo e aplicação, o problema de superaquecimento
ocorre porque a placa de vídeo não tem dissipação
necessária da temperatura justamente porque
aquece muito sendo usada além de 30%-50% do seu
nível de processamento.

Agora que já entendeu que usaremos a BIOS


para efetuarmos o teste, deve estar se perguntando:
Mas Getúlio, já estou na BIOS, mas não achei teste
nenhum relacionado a minha placa de vídeo, onde
fica isso? ABIGUINHO, o teste é apenas entrar na
BIOS e ficar lá, lembra que você fez o teste de tempo
e aplicação? Vamos supor que a sua placa apresentou

19
erro em aproximadamente 10 minutos funcionando,
entre na BIOS e aguarde 20 minutos, se o
equipamento não travar, não ficar com a tela preta
ou não reiniciar já teremos a informação que
precisamos, PROVAVELMENTE APENAS UMA
LIMPEZA VAI RESOLVER O PROBLEMA DA SUA PLACA
DE VÍDEO.
OBS: O teste de aplicação já é automático nesse caso, afinal,
na BIOS não carregamos nenhum jogo ou aplicação.

20
2. Liga, mas não apresenta imagem.
Nessa aplicação iremos usar uma parte um
pouco mais avançada de diagnóstico, mas tentando
consertar de forma simples.

Existem vários fatores que causam esse


problema de ligar, mas não apresentar imagem, se
fosse listar todos eles aqui, com certeza seria uma
leitura muito grande, então iremos trabalhar com
uma única linha de raciocínio para facilitar a aplicação
desse reparo.

Muitas vezes a placa de vídeo que liga, mas


não dá imagem, o problema é causado pela BIOS,
NÃO, NÃO É A BIOS DA PLACA MÃE, com certeza se a
BIOS da placa mãe estiver com defeito, também não
irá funcionar a placa de vídeo, mas não iremos
aprofundar nessa parte nesse texto e sim apenas no
auxílio do reparo da placa de vídeo.

Para resolver esse problema precisamos de


uma placa mãe que tenha vídeo onboard,
praticamente, todas as placas mãe atuais tem vídeo

21
onboard, então não creio ser um grande problema no
auxílio desse problema.

Antes de mais nada é necessário retirar a placa


de vídeo do seu computador e ligar o cabo do
monitor saída onboard da sua placa de vídeo, na
placa mãe e acessar a BIOS da placa mãe.

Já na BIOS da placa mãe você precisa


encontrar a categoria onde podemos escolher em
qual placa de vídeo o equipamento irá iniciar,
normalmente essa categoria está em alguma
subcategoria do modo avançado da BIOS (Advanced
Mode), listar aqui, onde em qual setor fica essa
categoria para cada BIOS seria uma prática muito
complexa e também vasta, por isso é necessário você
navegar até encontrar e não se preocupe, navegar
nas opções da BIOS não causa nenhum problema,
apenas fique alerta para não mudar nada sem querer
e encontrar o menu certo que precisa ser alterado.
Após encontrar o menu onde podemos escolher qual
placa de vídeo deve ser iniciada primeiro, selecione a

22
placa de vídeo onboard, o nome pode variar entre
“Integrated Graphics, Onboard Vídeo” entre outros.

Após a alteração na BIOS da placa mãe


podemos encaixar e ligar a placa de vídeo novamente
no seu equipamento e dessa vez, mantenha o cabo
do monitor na placa de vídeo onboard para gerar
imagem e entrarmos no sistema para finalmente
começar a atualização de BIOS.

Agora que temos um computador que


apresenta imagem, mesmo não sendo na placa de
vídeo off board, podemos checar se a sua placa de
vídeo off board está ao menos, sendo reconhecida
pelo computador e para isso basta seguir o seguinte
passo:

Painel de Controle\Sistema e

Segurança\Sistema ou

E clique em Gerenciador de Dispositivos, vai


abrir uma nova janela.

23
Procure em Adaptadores de Vídeo se existem
duas placas de vídeo.
Caso exista apenas uma placa de vídeo (com certeza será a
placa de vídeo onboard), significa que sua placa de vídeo off
board está com um problema um pouco mais sério, mas não
se preocupe, no último tópico iremos abordar isso.

Caso existam duas placas de vídeo iremos fazer a atualização


da BIOS da sua placa de vídeo para tentar resolver o
problema.

Antes de atualizarmos ou mudarmos a BIOS da


sua placa de vídeo, antes, precisamos encontrar uma
nova BIOS e para isso iremos usar o site
https://www.techpowerup.com/ o Techpowerup é
um site com uma base de dados de BIOS e programas
muito extensa e que tem uma grande chance de
encontrarmos a BIOS correta da sua placa nele, para
isso siga os passos a seguir.

2.1. Passe o mouse sobre Databases e


seleciona VGA BIOS COLLECTION

24
2.2. Em GPU Brand escolha o
fabricante, nesse caso iremos
exemplificar com NVIDIA

2.3. Em Card Vendor iremos


exemplificar com Gigabyte

25
2.4. Em Card Model iremos
exemplificar com GTX 680

26
2.5. Seleciona a BIOS que corresponde
a sua placa com o tamanho exato
de memória

27
Uma observação que devo colocar é que o
importante é TROCARMOS a BIOS, independente se
é um modelo mais recente ou antigo, esse tipo de
reparo consiste em alterar a BIOS atual apenas, e se
esse for o problema, sendo uma BIOS antiga ou atual,
não faz muita diferença.

Salve essa BIOS em uma pasta porque agora


precisamos do programa que permite essa
atualização, lembrando que existe tutoriais na
internet de como atualizar a BIOS de placa de vídeo,
tanto para Nvidia quanto para AMD e nesse caso irei
explicar apenas para atualização em placas Nvidia.

28
Agora que temos a BIOS precisamos do
programa de atualização que também é encontrado
no TechPowerUp

2.6. Vá em Downloads

1. Vá em BIOS Flashing

2.7. Clique em NVIDIA NVFlash

29
Faça o download da última versão

Extraia o arquivo em uma pasta e copie a BIOS


que baixamos para dentro da pasta do NVFlash para
facilitar o processo.

A atualização de BIOS de placa de vídeo Nvidia


é feita através do CMD e por causa da política de
segurança do Windows é necessário que execute o
CMD em modo administrativo para que tudo
funcione.

30
Já no modo administrador do CMD, acesse a
pasta onde está contém o NVFlash e também a BIOS
que baixamos, após acessar essa pasta digite o
comando

Nvflash64.exe -6 NOMEDABIOS.EXTENSÃO

31
Confirme com Y se tiver certeza que pode
atualizar e PRONTO, temos uma BIOS atualizada e
pronta para ser testada, agora mande reiniciar o
computador, entre na BIOS da PLACA MÃE
novamente e altere a ordem de inicialização de vídeo,
colocando novamente em modo automático, não
esqueça de voltar o cabo do monitor para sua placa
de vídeo off board e TORÇA para dar vídeo ao
reiniciar.
OBS: Se o arquivo de BIOS foi errado para sua placa de vídeo,
normalmente ele apresenta um erro ao tentar atualizar, então
será necessário baixar outra BIOS correta que seja
correspondente a sua placa de vídeo.

32
3. Equipamento funciona, mas
pisca a tela (quando não informa
que vídeo parou e se recuperou).
Acho que essa é a solução mais simples de
todas porque mal temos que desmontar a placa de
vídeo, claro que por ser a mais simples é a que menos
acontece e quando acontece muitos entusiastas ou
técnicos quebram a cabeça para descobrir, mas na
realidade é MUITO SIMPLES.

Antes de explicar a solução desse problema,


preciso explicar quando NORMALMENTE ele
acontece, esse problema normalmente é causado em
locais úmidos e clima quente, em locais com essa
característica o que costuma acontecer é a
condensação dessa umidade em partes metálicas e
essa condensação deixa sais minerais nesses
contatos causando oxidação, agora vem a pergunta,
onde isso acontece bastante? Se respondeu, nas
conexões você acertou, muitas vezes essa oxidação
nas conexões HDMI, DVI, VGA ou DisplayPort causam

33
um mau contato e por isso a tela pisca (como se
estivesse ligando e desligando o monitor).

A solução para isso é bem simples, aplique


limpa contato nos encaixes da placa de vídeo e fique
“brincando” de tirar e colocar o cabo algumas vezes
(com o equipamento desligado e o cabo sem estar
ligado na outra extremidade) para esse atrito
“limpar” essa oxidação junto com o efeito do limpa
contato.

34
4. Equipamento funciona, mas
apresenta erro 43 ao instalar o
driver.
Esse problema também é muito simples de ser
solucionado, o grande problema é que normalmente
a solução é mais avançada, mas como a tentativa aqui
é economizar no reparo, não custa nada a tentativa.

A maioria dos sistemas operacionais atuais


atualizam os drivers automaticamente, mas o
problema dessa atualização é que muitos drivers
possuem erros e por isso é importante NÃO
ATUALIZAR o driver assim que é lançado, já houve
casos de atualizações onde um erro de programação
estava causando a queima das placas de vídeo pois a
leitura de temperatura estava programada de forma
errada.

Ou seja, muitas vezes o famoso erro 43 é


causado por causa de algum driver que o próprio
Windows atualizou sem sua permissão, logo, para
resolver esse problema entre no site do fabricante da

35
placa e procure algumas versões anteriores do
drivers e instale, eu recomendaria ao menos 3
versões anteriores para garantir a integridade do
driver baixado.

36
5. Não permite que a máquina ligue.
Deixei essa parte por último pelo seu grau de
complexidade elevado, nessa parte é onde a criança
chora e a mãe não vê, é onde separamos os meninos
dos homens, as meninas das mulheres, mas
obviamente não é impossível de ser realizado. Esse
reparo é onde as assistências ganham mais dinheiro
pois o diagnóstico e reparo é a parte mais complexa
da eletrônica, ou seja, quer economizar dinheiro?
Execute esses passos e provavelmente você irá
conseguir reparar e economizar.
Uma observação antes de iniciar a explicação, no segundo
tópico eu disse que iria explicar como reparar sua placa caso
ela não estivesse aparecendo em “Gerenciador de
Dispositivos” nesse último tópico e porque, na realidade, a
partir da linha de raciocínio que iremos aplicar nessa análise
ela também pode ser aplicada na situação do segundo
tópico.

Mais uma vez é necessário dizer que iremos


aplicar um tipo de análise única, para facilitar a
explicação e isso significa que o seu problema pode

37
não ser solucionado aqui, pois existem outras
variáveis ou defeitos mais complexos.

A análise de uma placa de vídeo que não


permite que o computador ligue começa
desmontando a placa de vídeo, não precisa olhar, não
precisa testar em outro computador, antes de tudo,
é necessário que a placa de vídeo seja desmontada,
se você for uma pessoa com muita sorte ao
desmontar você vai achar o problema, mas se for
uma pessoa sem sorte iremos usar o multímetro para
encontrar o problema.

Com a placa de vídeo desmontada iremos


começar a análise testando alguns componentes
básicos e garantir que eles tenham continuidade
entre eles, isso significa que são circuitos que DEVEM
apresentar curto circuito de um terminal ao outro.

38
Esses componentes são resistores, fusistores,
fusíveis e indutores existem outros tipos, mas os

39
principais estão na foto acima, não se apegue a essas
letras em cima de cada componentes, mas sim no
formato pois vão existir pequenas variações, mas
decorando esses modelos fica mais fácil analisar
qualquer circuito.
Com o multímetro faça a medição de um terminal ao outro e
veja se estão apresentando curto e se SIM, está correto,
funcionando, mas ao mesmo tempo também podemos
presumir que ela não cumpriu o seu papel de proteger o
circuito (nem todos servem para isso ou são aplicados dessa
forma) e o problema é um pouco mais difícil de ser
encontrados e reparo.

Caso algum desses componentes estejam


abertos, ou seja, medindo de um terminal ao outro
em escala de continuidade, não apresente curto
circuito, significa que ele abriu, cedeu, queimou,
muitas vezes podemos apenas substitui-lo que
resolve, mas em outras significa que existe algum
componente adiante em curto e fez ele queimar, para
sabermos se podemos apenas substitui-lo o teste é
simples. Dessa vez coloque uma ponta de prova do
multímetro no terra (carcaça metálica) e a outra

40
ponta de prova em um dos lados do componente que
está aberto, se não apresentar continuidade no
multímetro mantenha uma ponta de prova no terra
(carcaça metálica) e a outra ponta de prova coloque
no outro terminal do componente que está aberto,
se de ambos os lados não apresentar curto circuito
em relação ao terra basta substituir o componente
que provavelmente você encontrou o problema
OBS: E essa é a explicação para solucionar o tópico 2, devemos
lembrar que esses componentes devem passar alguma
corrente de alimentação e se algum deles estiver aberto essa
corrente não vai alimentar o setor X ou Y da placa e fazer com
que a GPU não seja alimentada ou até mesmo a memória e
por isso não aparece em Adaptadores Gráficos no Gerenciador
de Dispositivos.

No mundo real muitas vezes você vai sim


encontrar curto de um terminal do componente em
relação ao terra, então agora iremos medir os
componentes que NÃO PODEM APRESENTAR CURTO
CIRCUITO, OU CONTINUIDADE DE UM TERMINAL ATÉ
O OUTRO, DELE MESMO.

41
Na foto acima temos capacitores de cerâmica,
eletrolítico ou sólido, mosfet simples e mosfet duplo,

42
os capacitores não podem, em hipótese alguma
apresentar curto de um terminal ao outro (uma
pequena observação, os capacitores eletrolíticos ou
sólidos podem apresentar continuidade sim pois
podem estar carregados, então cuidado para não
confundir o armazenamento energético dele com
curto circuito). Os mosfets são na maioria das vezes
os vilões de problemas relacionados a curto circuito
de placas de vídeo, porque eles são alimentados com
a maior tensão disponível em uma placa de vídeo
(12v) e transportam a maior carga em amperagem
(A), graças a isso eles costumam queimar. Ao
contrário de capacitor que tem apenas dois terminais
existem mosfets com até 8 ou mais terminais e uma
forma significativa para testar se estão mesmo
queimados é medindo os terminais que NÃO PODEM
APRESENTAR CURTO CIRCUITO, e são eles, gate (G) e
source (S), para facilitar a explicação irei fazer uma
analogia com um registro de água.

43
Em um registro de água temos 3 pontos
cruciais para o seu funcionamento, o ponto A que irei
chamar de DRENO, o ponto B que irei chamar de
SOURCE, o ponto C que irei chamar de GATE. Em
determinada posição do ponto C o registro permite
que a água corra do ponto A ao ponto B, ou seja, em
determinado momento é comum que tenhamos a
ligação (curto circuito) do ponto A ao ponto B, mas
em hipótese alguma pode haver ligação (curto
circuito) do ponto A ao ponto C.

44
Com essa analogia espero ter deixado um
pouco mais claro onde devemos fazer a medição e
NÃO PODE APRESENTAR CURTO CIRCUITO,
CONTINUIDADE, medindo entre o terminal GATE e o
terminal SOURCE, você não pode encontrar curto
circuito pois o GATE faz apenas a abertura entre o
SOURCE E O DRENO, na foto abaixo podemos
identificar o terminal GATE e SOURCE, para mosfets
de canal simples, ou seja, apenas um canal, o GATE é
sempre o terminal oposto a marcação no CI.

45
Para mosfets de canal duplo também
podemos fazer a medição, para saber se o mosfet é
canal single ou canal duplo basta digitar o nome do
componente + datasheet no google, a maioria está
disponível na internet. Por exemplo 4433 Datasheet
que é um mosfet single

http://www.chipset-ic.com/datasheet/4433-
AO4433.pdf

46
Já em mosfets duplos, como podemos ver na
foto abaixo, também é necessário medir entre GATE
e SOURCE.

Um circuito eletrônico pode enganar até os


técnicos mais experientes, ainda mais se tratando de
placas de vídeo que não temos esquema para
analisar cada setor do circuito, sabendo disso,
mesmo que encontre um curto circuito em algum dos
componentes acima é necessário tirar o mesmo para
fazer a medição com ele fora do circuito e também a
medição dos terminais na placa, se ao retirar o
componente que apresentou curto circuito esse
curto prevalecer no componente, volte a medir os

47
terminais da placa sem o componente, se nos
terminais da placa o curto circuito sumir, apenas
substituía o componente danificado e provavelmente
o seu problema estará resolvido, mas se o curto
circuito não aparecer com o componente fora da
placa e na placa ainda apresentar o curto, significa
que outro componente tem defeito e você precisa
continuar procurando mais curtos nos outros
componentes e repetir esse passo até encontrar o
verdadeiro causador desse problema.

48
MÃOS À OBRA!

Eu sei que não é uma tarefa fácil começar o


diagnóstico e reparo do seu equipamento. Mas,
seguindo esse guia com certeza terá um norte desse
mundo dos reparos e quem sabe pode até ganhar
dinheiro futuramente.

49

Você também pode gostar