Você está na página 1de 1

PÓ a história verídica de uma das maiores injustiças e maldades contra uma mãe que a

medicina, a justiça e a mídia cometeram no Brasil. Através de um relato comovente,


Daniele Toledo conta o seu drama, sobre ter sido acusada injustamente de matar sua filha
Victória, de 1 ano e 3 meses, com cocaína na mamadeira. Uma mentira que a levou à
prisão e deixou marcas profundas para o resto de sua vida. Os depoimentos de Daniele,
são repletos de emoção do começo ao fim do livro, e revela o retrato de um lado sórdido e
obscuro da história, trazendo à tona os detalhes cruéis do que ocorreu, levando o leitor a
uma reflexão sobre os valore