Você está na página 1de 18
CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. RESOLUGAO EDITALICIA N°. 07 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2019. Dispde sobre 0 Edital do Processo de Escolha Suplementar dos membros do Consetho Tutelar Suplente do Municipio de Santa Maria de Itabira IMG, referente ao mandato 2020/2024. / Q CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANGA E DO ADOLESCENTE (cM MUNICIPIO DE SANTA MARIA DE ITABIRA /MG, no uso de suas atribuigées legais, considerando as disposicdes da Lei Federal n° 8.069/90 — Estatuto da Crianca e do Adolescente, da Lei Municipal n°. 1613/2019 e a Resolugéo CONANDA n° 170/204, torna publico © Processo de Escolha Suplementar para membros Suplentes do Conselho Tutelar do Municipio de Santa Maria de Itabira /MG, para o exe: io do mandato 2020/2024, mediante as condigdes estabelecidas neste Edital 4. DAS DISPOSIGOES GERAIS 1.1. O processo de escolha dos membros Suplentes do Conselho Tutelar do Municipio de Santa Maria de Itabira/MG, para o mandato 2020/2024, é regido por este edital aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de Itabira (MG, em conformidade com as disposigdes do Estatuto da Crianga e do Adolescente, da Lei Municipal n°1613/2019, e da Resolugéo CONANDA n° 170/2014. 1.2. A Comiss&o Especial designada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente, composta paritariamente dentre os membros da sociedade civil e dos representantes governamentais do aludido Conselho, conforme Resolucdo N° 20/2019, é a responsavel por toda a conducao do processo de escolha 1.2.1, $80 impedidos de participar da mesma Comisséo Especial os cénjuges, companheiros, mesmo que em uniao homoafetiva, ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até 0 terceiro grau, inclusive, estendendo-se esse impedimento ao membro da Comissao Especial em relagao aos candidatos ao cargo de conselheiro tutelar suplente. 1.3. Todo 0 provesso de escolha dos conselheiros tutelares suplentes sera realizado sob a fiscalizag&o do Minisiério Publico, o qual tera ciéncia de todos os atos praticados pela Comissao Especial para garantir a fiel execugdo da Lei e deste edital 1.4. O processo destina-se a escolha de membros suplentes, para composi¢éo do Conselho Tutelar, para o mandato de 04 (quatro) anos, permitidas recondugdes, mediante novos processos de escolha (art. 132, ECA, conforme redacao da Lei Federal n? 13.824/2019). 1.5. Das atribuig6es do Conselho Tutelar: 1.5.1. O Conselho Tutelar € érgao permanente e auténomo, nao jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da Crianga e do Adolescente, cumprindo as atribuigdes previstas, especialmente, no Estatuto da Crianga e do Adolescente, artigos 95 136, dentre outras normas de tutela da infancia e juventude. z ‘Conseiho Municipal dos Direltos da Crianga e do Adolescente de Sania Maria de habira MG ) Rua Cas ro Andrade 2 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. fe X 1.6. Da Remuneracao e dos Direitos Sociais: if 20 | J 1.6.1. O conselheiro tutelar faz jus ao recebimento pecuniario ménsal no valor de tum salario minimo fixado pela lei municipal e sendo-Ihe assegurados os dieitos socials previstos na Lei Federal n° 8.069/90 e na Lei Municipal n°1613/2019. 1.6.2. Se 0 servidor municipal for eleito para o Conselho Tutelar, poderé optar entre © valor da remuneracao do cargo de conselheiro ou o valor de seus vencimentos incorporados, ficando-Ihe garantidos: 1-0 retorno ao cargo, emprego ou fungao que exercia, assim que findo 0 seu mandato; | - A contagem do tempo de servigo para todos os efeitos legais, exceto para promocao Por merecimento. 1.7. Da Fungao e Carga Horaria: 1.7.1. A jornada de trabalho do conselheiro tutelar ¢ de 44 (quarenta e quatro) horas semanais, sendo 30 (trinta) horas cumpridas na sede do Conselho Tutelar, durante os dias Uteis semanais e ainda ao menos, uma prontiddo de 14 (quatorze) horas por semana, conforme definido no artigo 52 na Lei Municipal n° 1316/2019. 1.7.2. A fungao de conselheiro tutelar 6 de dedicagao exclusiva, sendo incompativel io de outra funeao publica ou privada. 1.7.3. © exercicio da fung&o de conselheiro tutelar n&o configura vinculo empregaticio ou estatutério com 0 municipio. 2. DOS REQUISITOS PARA A CANDIDATURA 2.1. © cidadao que desejar candidatar-se @ fun¢o de conselheiro tutelar devera atender as seguintes condigdes: | - ser pessoa de reconhecida idoneidade moral, comprovada por folhas e certidées de antecedentes civeis e criminais expedidas pela Justica Estadual e atestado de antecedentes “nada consta” fornecido pela Secretaria de Seguranca Publica do Estado de Minas Gerais; Il - ter idade superior a vinte € um anos, comprovada por meio da apresentacaio do documento de identidade ou por outro documento oficial de identificagao; lll = residir no municipio ha pelo menos 2 anos, comprovado por meio da apresentaco de conta de gua, luz ou telefone fixo, evidenciando 0 periodo exigido, com prazo de vencimento nao superior a trés meses; IV - comprovar, por meio da apresentagao de Diploma, Histérico Escolar ou Declaragéo de Conclusdo de Curso, emitido por entidade oficial de ensino, ter concluido 0 ensino médio, no ato da inscrigao, 1 Conselho Municipal dos Direitos da Crianca e do Adolescente de Santa Maria de Wabira MG. ) Ru Casemiro Andrade, 0°27 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. V - comprovar experiéncia de no minimo 1(um) ano de atuacéo em atividades ligadas 4 promogo, defesa e atendimento dos direitos da crianga e do adolescente em declaragao firmada pelo candidato, por meio de formulario préprio, em que conste a atividade desenvolvida, 0 tomador do servico (pessoa fisica ou juridica) & © periodo de atuagao, conforme modelo disponibilizado pelo CMDCA. 2.2. Para efeito deste edital, consideram-se, como experiéncia de atuagao na area da crianga e do adolescente, as atividades desenvolvidas por: a) professores, especialistas em educagdo (pedagogos), diretores € coordenadores de escola, bibliotecarios e auxiliares de secretaria etc; b) profissionais do Programa Estratégia Saude da Familia, auxiliares de enfermagem etc ©) profissionais da assisténcia social, como assistentes sociais, psicdlogos, educadores sociais e outros que atuam em Projetos, Programas e Servicos voltados ao atendimento de criangas, adolescentes e familias; d) empregados ou voluntarios de entidades que atuam no atendimento de criancas © adolescentes e na defesa dos direitos desse segmento, como por exemplo, Pastoral da Crianga, Pastoral da Juventude, lgrejas, Associagdes de Bairros etc.; 3. DAS ETAPAS DO PROCESSO DE ESCOLHA 3.1. © processo de escolna dos membros do Consetho Tutelar seré realizado em quatro etapas: |) Inscrig&o dos candidates, a partir da analise dos requisitos do iter 2 deste ecital; II) Prova de aferic&o de conhecimento gerais que versara sobre o Estatuto da Crianga_e do Adolescente, legislagéo Municipal, Politicas Publicas, lingua portuguesa € nogdes basicas de informatica \ Ill) Avaliagao psicolégica / iA fous a LD SINSCRIGAO DOS IV) Eleigao dos candidatos por meio de voto. 4. DA 1? ETAPA DO PROCESSO DE ESC CANDIDATOS. 4.1. A inscrig&o do candidato implicaré 0 conhecimento e a tacita aceitacéo das condigdes do processo, tais como se acham definidas neste edital, acerca das quais nao podera alegar desconhecimento. 4.2. Antes de efetuar a inscrigo, 0 candidato deveré conhecer o edital e certificar- se de que preenche todos os requisitos exigidos para a investidura na fung&o de conselheiro tutelar. Conselhio Municipal dos Direitos da Crianga e ;cente de Sania Maria de Kabira/MG, Xf Ri iro Andrade, n Kw Tel: @1)3858-1912 Enlereyo Eletonicesettariaexesuvasmi@emaiLcom CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANGA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 4.3, As inscrigées ficarao abertas no periodo do dia 20/12/2019 ae-dia 03/02/2020 de 7h30 as 12h30minh a 4.4. As inscrigdes serao feitas no enderego: Rua Casimiro Andrade, 279 Centro - Secretaria de Assisténcia Social 4.8. No ato de inscricéo o candidato, pessoalmente ou por meio de procuragao, deverd: 8) preencher requerimento, em modelo préprio que Ihe sera fornecido no local, no qual declare atender as condi¢ées exigidas para inscri¢ao e se submeter as normas deste edital; b) apresentar original e fotocépia de documento de identidade de valor legal no qual conste filiagao, retrato e assinatura; ¢) apresentar os documentos exigidos no item 2.1 deste edital d) em relagao ao item 2.1 |, a critério da Comissao Especial, a comprovagao da idoneidade moral, no ambito pessoal, familiar e profissional, podera ser complementada por meio de informagées coletadas junto a pessoas é instituigoes da comunidade local. 4.6. A auséncia de qualquer dos documentos solicitados acarretaré o indeferimento da inscrigao. 4,7. A qualquer tempo poder-se-d anular as inscrigdes, as provas e/ou nomeagao do candidato, caso se verifique qualquer falsidade nas declaragées e/ ou qualquer irregularidade nas provas e/ou documentos apresentados. 4.8. Das Regras sobre Recondugao e Impedimento para partic Processo de Escolha ~ 2020/2024 par do 4.8.1, Os conselheiros tutelares sao eleitos para o exercicio de mandato de 4 anos, permitidas reconduc&o recondugées, mediante novos processos de escolha (art. 132, ECA, conforme redacao da Lei Federal n® 13.824/2019). 4,9. A relacao nominal dos candidatos, cuja inscrigao for deferida, sera afixada no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria Municipal de Assisténcia Social, com cépia para o Ministério Publico 5. DA 2? ETAPA DO PROCESSO DE ESCOLHA - PROVA DE AFERIGAO DE CONHECIMENTO 5.1. A prova de conhecimentos versara sobre a Lei Federal n°. 8.069/90- Estatuto da Crianga € do Adolescente (ECA), a Lei Municipal n? 1613/2019 que dispée sobre a politica municipal de atendimento dos direitos da crianga e do adolescente e sobre o Regimento Interno do Conselho Tutelar. Conseltto Municipal dos Diteitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de taba MIG. Rua Casemiro Andrade, 0 38-1912 Enderego Fletronico, secretariaexecutivasmi@gmail.eom CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCAE DO, (9 gi y/4 ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRAMG, = 5.2. A prova de aferigéo de conhecimento avaliara a capacidatie de intérpretacao do texto legal. 5.3. A prova constard de 35 questées de miltipla escolha, com 04 alterativas para cada questo, sendo cada questo no valor de 01 ponto, no total de 35 pontos. 5.4. O candidato tera 03 horas para realizar a prova 5.5. A prova serd realizada no dia 13/02/2020 com inicio as 08 horas no enderego: Rua Casemiro Andrade 279, Centro — Auditério da Secretaria Municipal de Educacao. 5.6. Caso haja necessidade de alterar dia, horério e local de realizacao das provas, a Comisso Especial publicaré as alteragSes no Mural da Prefeitura Municipal e Secretaria municipal de Assisténcia Social, com antecedéncia minima de cinco (05) dias. 5.7. E de responsabilidade do candidato acompanhar nos locais onde o edital for Publicado eventuais alteragdes no que diz respeito ao dia, hordrio e local de realizagéo das Provas. 5.8. Os candidatos deveréo comparecer ao local da prova com antecedéncia minima de 30 (trinta) minutos da hora marcada para o seu inicio, munidos de lapis, borracha, caneta esferografica de tinta azul ou preta, protocolo de inscric&o e de documento oficial de identidade. 5.9, No momento da prova n&o ser permitida consulta a textos legais nem tampouco & doutrina sobre a matéria 5.10. Em hipétese alguma haveré prova fora do local e horario determinados, inclusive segunda chamada. 5.11. Sera excluido do processo de escolha o candidato que, por qualquer motivo, faltar as provas ou, durante a sua realizago, for flagrado comunicando-se com outro candidato ou com pessoas estranhas, por gestos, oralmente, por escrito, por meio eletrénico ou nao. 5.12. Sera automaticamente excluido do processo de escolha 0 candidato que nao devoiver a folha oficial de respostas ou devolvé-la sem assinatura. 5.13. O candidato, com deficiéncia ou nao, que necessitar de qualquer tipo de condicao especial para a realizacdo das provas devera solicita-la, por escrito, no ato da inscric&o, indicando os recursos especiais materiais e humanos necessarios, o qual ser atendido dentro dos critérios de viabilidade e razoabilidade. 5.14. A candidata inscrita em fase de amamentagao que sentir necessidade de amamentar durante o periodo de realizacdo da prova, devera levar um acompanhante, que ficaré com a crianga em sala reservada, determinada pela Comissao Organizadora. Durante 0 processo de amamentagéo a candidata sera acompanhada apenas por uma fiscal, devendo o acompanhante retirar-se da sala. ‘Conselho Municipal dos Direltos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de Habira MG. Rein Tua Casemiro Ancade, n° 279 ‘ Bbc Tel: 31) 3838-1912 Enderepo Elenco. secreariaexeut vail @gmalcom CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCAE DO 5 ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. —_ : eee etre Y 5.14.1, Pela concesso 4 amamentagdo, no seré concedidor Aualquer tempo adicional 4 candidata lactante. £ 5.15. © gabarito seré divulgado pela Comissdo Especial em até 24 horas da realizagéo da prova de conhecimento, sendo afixado no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social 5.16. Serao aprovados aqueles que atingirem no minimo 60% da pontuagdo total atribuida a prova 5.17. A relacéo dos candidatos aprovados sera afixada no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social, e constara o dia, local e horario em que cada candidato sera submetido @ avaliacdo psicolégica, com cépia para o Ministério Publico. 6. DA 3° ETAPA DO PROCESSO DE ESCOLHA - AVALIAGAO PSICOLOGICA 6.1. A avaliagao psicolgica sera realizada por profissional habilitado e visa verificar, mediante 0 uso de instrumentos psicolégicos especificos (testes psicolégicos reconhecidos e aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia), o perfil psicolégico adequado ao exercicio da fungao de conselheiro tutelar. 6.1.1. Deverdo ser avaliadas as condigées psicologicas adequadas do conselheiro para trabalhar com conflitos sociofamiliares atinentes ao cargo e exercer, em sua plenitude, as atribuigdes constantes nos artigos 95 e 136 da Lei Federal n° 8.069/90 e da legislacéo municipal em vigor. 6.1.2. De acordo com a cartilha “Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente e Conselho Tutelar: orientagdes para criagéo e funcionamento’, da Secretaria Especial de Direitos Humanos/Conselho Nacional dos Direitos da Crianga e do Adolescente - CONANDA, ano 2007, os conselheiros devem apresentar as seguintes habilidades: capacidade de escuta, de comunicagao, de buscar e repassar informagées, de interlocucdo, de negociacao, de articulagao, de administrar 0 tempo, de realizar reuniées eficazes ¢ criatividade institucional ¢ comunitaria 6.2. A avaliac&o psicoldgica sera realizada no dia 03/03/2020, no enderego Rua Casemiro Andrade 279, Centro - Auditério da Secretaria Municipal de Educacdo, observando 0 hordrio previamente agendado para cada candidato, conforme mencionado no item 5.17. 6.3. Em hipétese alguma haverd avaliacdo fora do local e horario determinado, inclusive segunda chamada 6.4. Sera excluido do processo de escolha o candidato que, por qualquer motivo, no comparecer a avaliagao no horario e local indicado. 6.5. O resultado final da avaliagao psicolégica do candidato sera divulgado, exclusivamente, como “APTO" ou “INAPTO" ‘Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de ltabira MG Ss" Fel: (61) 3858-1912 Enderego eons, seartariaexccurivasmi@gmeiom ‘ CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DACRIANEAE DO yf 2019 ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. es ext 66. Todas as avaliagdes psicolégicas sero fundamentadas/e os poderao obter cépia de todo o proceso envolvendo sua avaliacdo, indepen requerimento especifico e ainda que 0 candidato tenha sido considerado apto. ‘andidatos lemente de 67. A relacao dos candidatos habilitados para a préxima etapa sera afixada no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social, e constara data, local @ hordrio de reuniéo a ser promovida pela Comissao Especial que autorizara 0 inicio da ‘campanha eleitoral, com cépia para o Ministério Publico 7. DA 4° ETAPA DO PROCESSO DE ESCOLHA - ELEIGAO DOS CANDIDATOS 7.1. Da reuniao que autoriza a campanha eleitoral 7.1.1, Em reuniao propria, a Comisséo Especial devera dar conhecimento formal das regras do processo eleitoral aos candidatos habilitados, que firmarao compromisso de respeita-las, bem como reforcar as disposicées deste edital, no que diz respeito notadamente: a) aos votantes (quem so, documentos necessarios etc.) b) as regras da campanha (proibigdes, penalidades etc.); ¢) a votagao (mesarios, presidentes de mesa, fiscais, prazos para recurso etc.); d) a apresentagao e aprovagao do modelo de cédula a ser utilizado; @) 8 definicao de como o candidato deseja ser identificado na cédula (nome, nome social, codinome ou apelido etc.); f) a definigao do numero de cada candidato; 9) aos critérios de desempate; h) aos impedimentos de servir no mesmo Conselho, nos termos do artigo 140 do ECA, i) a data da posse. 7.1.2. A reuniao seré realizada independentemente do nlmero de candidatos presentes. 7.1.3. © candidato que ndo comparecer & reuniéo acordaré tacitamente com as decisdes tomadas pela Comissao Especial e pelos demais candidatos presentes. 7.1.4, Da reuniéo devera ser lavrada ata, na qual constard a assinatura de todos os presentes. 7.1.5. No primeiro dia til apés a reuniao, sera divulgada a lista definitiva dos candidatos habilitados, constando nome completo de cada um, com indicag3o do respective ‘Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria d Shu Tel: (61) 3858-1912 Emerge Elewone rotariaexecutivasmi@zmail.com ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. numero e do nome, codinome ou apelido que sera utllizado na cédula de no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social. 7.2. Da Candidatura 7.2.1 A candidatura é individual e sem vinculagao a partido politico, grupo religioso ou econémico. 7.2.2. E vedada a formacao de chapas de candidato ou a utilizagao de qualquer outro mecanismo que comprometa a candidatura individual do interessado; 7.3. Dos Votantes 7.3.1. Poderao votar todos os cidadaos maiores de dezesseis anos inscritos como eleitores no municipio; 7.3.2. Para 0 exercicio do voto, a cidadao devera apresentar-se no local de votagao munido de seu titulo de eleitor ou documento oficial de identidade: 7.3.3. Cada eleitor deverd votar em apenas 01 candidato; 7.3.4, Nao sera permitido 0 voto por procuragéo. 7.4. Da Campanha Eleitoral 7.4.1. A campanha eleitoral tera inicio no dia em que for publicada a lista referida no item 7.1.5 deste edital 7.4.2. Os candidatos poderao promover as suas candidaturas junto a eleitores, por meio de debates, entrevistas, distribuicao de panfletos 7.4.3. € livre a distribuicéo de panfletos, desde que nao perturbe a ordem publica ou particular. 7.4.4. As instituices (escola, Camara de Vereadores, CRAS, radio, igrejas etc.) que tenham interesse em promover debates com os candidatos deverao formalizar convite a todos aqueles que estiverem aptos a concorrer ao cargo de conselheiro tutelar. 7.4.8. Os debates deverao ter regulamento proprio devendo ser apresentado pelos organizadores a todos os participantes ¢ ao Conselho Municipal dos Direitos da Crianga ¢ do ‘Adolescente, com pelo menos 24 (vinte e quatro) horas de antecedéncia; 7.4.6. Os debates s6 ocorrerao com a presenga de, no minimo, 02 candidatos € sero supervisionados pelo CMDCA; 7.4.7. Os debates previstos deveréo proporcionar oportunidades iguais aos candidatos nas suas exposigdes € respostas; Conselho Municipal dos Direitos da Crianga ¢ do Adolescente de Santa Maria de Nabira/MG. Rua Casemiro Andrade, n° 279 1912 Enderego EletrOnico. seeretariaexecutivasmi@gmail.com mor Coneti Achat eer Tel (31) 3838-1912 Enderego Eletrnico.secretaiaexecutivasmi@ — i CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANGA E DO b fa sa9/ ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/M( 7.4.8. Os candidatos convidados para debates e entrevistas deveréo dat ciéncia do teor deste edital aos organizadores; 7.49. Caber ao candidato fiscalizar a veiculagéo da sua campanha em estrita obediéncia a este edital. 7.5. Das Proibicées 7.5.1, E vedada qualquer propaganda eleitoral nos veiculos de comunicagao social, ou @ sua afixagao em locais publicos ou particulares, admitindo-se somente a realizagao de debates e entrevistas, em igualdade de condigées. 7.5.2. A divulgacdo das candidaturas sera permitida através da distribuicao de impressos, indicando o nome do candidato bem como suas caracteristicas e propostas, sendo expressamente vedada sua afixagao em prédios publics ou particulares. 7.5.3. E vedada a propaganda feita através de camisetas, bonés e outros meios semelhantes, bem como por alto falante ou assemelhados fixos ou em veiculos. 7.5.4. O periodo licito de propaganda tera inicio a partir da data em que forem homologadas as candidaturas, encerrando-se 02 (dois) dias antes da data marcada para o pleito. 7.5.5. No dia da votago € vedado qualquer tipo de propaganda, sujeitando-se o candidato que promové-la a cassagao de seu registro de candidatura em procedimento a ser apurado perante o Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente. 7.5.6. No processo de escolha dos membros do Conselho tutelar € vedado ao candidato doar, oferecer, prometer ou entregar ao eleitor bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive brindes de pequeno valor (art. 139, § 3%, do Estatuto da Crianga e do Adolescente, conforme redagao dada pela Lei n° 12.696/2012). 7.6. Das Penalidades 7.6.1. O candidato que nao observar os termos deste edital podera ter a sua candidatura impugnada pela Comissao Especial 7.6.2. As dentincias relativas ao descumprimento das regras da campanha eleitoral deverao ser formalizadas, indicando necessariamente os elementos probatérios, junto a referida Comisséo Organizadora e poderao ser apresentadas pelo candidato que se julgue prejudicado ou or qualquer cidado, no prazo maximo de 2 (dois) dias do fato 7.6.3. O prazo sera computado excluindo o dia da concretizagao do fato e incluindo 0 dia do vencimenteo. 7.6.4. Considera-se prorrogado 0 prazo até o primeiro dia util subsequente se o vencimento cair em feriado ou em finais de semana, Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de Itabira MG. smail.com CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANGA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 7.6.5. Sera penalizado com o cancelamento do registro da candidatura ou @ perda do mandato 0 candidato que fizer uso de estrutura publica para reafzacab de-tampanha ou propaganda 7.6.6. A propaganda irreal, insidiosa ou que promova ataque pessoal contra os concorrentes sera analisada pela Comissdo Especial que, entendendo-a irregular, determinara a sua imediata suspensao, 7.7. Da votagao 7.7.1, A votagao ocorrera no dia 03 de abril de 2020, em local e horario definidos por edital da Comissao Especial, a ser divulgado com antecedéncia minima de 20 (vinte) dias, no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social a) As 15h do dia da eleigo sera distribuidas senhas aos presentes que se encontrarem nas filas de votaco, para assegurar-Ihes 0 direito de votar; b) Somente poderdo votar os cidadaos que apresentarem titulo de eleitor € documento oficial de identificacao com foto; ©) Apés a identificagao, 0 votante assinara a lista de presenga e procederé a votacao; d) O votante que nao souber ou nao puder assinar, usaré a impressdo digital como forma de identificagao; @) Os candidatos poderdo fiscalizar ou indicar um fiscal ¢ um suplente para 0 acompanhamento de processo de votagao e apuracdo; f) O nome do fiscal e do suplente deverdo ser indicados a Comissdo Especial com antecedéncia minima de 5 (cinco) dias antes do dia da votacao, 9) No dia da votacao 0 fiscal deverd estar identificado com cracha 7.7.2. Sera utilizado no processo 0 voto com cédula ou eletrénico. 7.7.3. Do processo eletrénico de votacao a) O proceso eletronico de votacao sera realizado pelo CMDCA por meio de urnas eletrénicas, mediante empréstimo da Justiga Eleitoral, observadas as disposig6es das resolucdes aplicéveis expedidas pelo Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral da localidade, ou por meio de votagao online, mediante software especifico a ser desenvolvido. b) Em caso de votagao online, devera ser providenciado software especifico para possibilitar a votacdo pela rede mundial de computadores, devendo ser garantida e comprovada a seguranca do sigilo e da inviolabilidade do voto, bem como condigdes seguras de averiguacdo da identidade dos eleitores. O eleitor deverd se dirigir a0 local de votagdo, onde deverd ser Conselho Municipal dos Direitos da Crian Rua Casemiro Andrade, n® 279 Tel. (31) 3838-1912 Enderego Eletronico: secretariaexecutivasmi@ ‘edo Adolescente de Santa Maria de HabiraMG. smail.com, CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. disponibilizado pelo CMDCA computador com acesso a internet, no qual sera instalado o software que permitira a votagao online. ¢) Em caso de impossibilidade de realizacao do processo eletrénico de votago, seja por meio de umas eletrdnicas ou por meio de votacao online, sero solicitados a Justica Eleitoral 0 empréstimo de urnas comuns e 0 fornecimento das listas de eleitores para facilitar a conducao dos trabalhos e a simples verificagdo do domicilio eleitoral, ocorrendo, neste caso, 2 votago manualmente. 7.7.4, Sera considerado invélido 0 voto: a) cuja cédula contenha mais de 01 (um) candidato assinalado; b) cuja cédula ndo estiver rubricada pelos membros da Comiss&o Organizadora. ¢) cuja cédula nao corresponder ao modelo oficial; 4) em branco; e) que tiver o sigilo violado. 15 cele 7.8. Da mesa de votacao ti 7.8.1. As mesas de votagao sero compostas por membros do CMDCA e/ou servidores municipais, devidamente cadastrados. 7.8.2. Nao podera compor a mesa de votacdo o candidato inscrito ¢ seus parentes: marido e mulher, ascendentes e descendentes (avés, pais, filhos, netos...), sogro e genro ou nora, irmos, cunhados durante 0 cunhadio, tio e sobrinho, padrasto ou madrasta e enteado. 7.8.3. Compete a cada mesa de votagao: a) Solucionar, imediatamente, dificuldade ou divida que ocorra durante a votagao; b) Lavrar a ata de votagdo, anotando eventuais ocorréncias; c) Realizar a apuracao dos votos, lavrando a ata especifica; d) Remeter a documentacdo referente ao processo de escolha a Comissao Especial; 7.9. Da apuracao e da proclamagao dos eleitos 7.9.1. Concluida a votagao e a contagem dos votos de cada secdo, 0s membros da mesa deverdo lavrar a Ata de Votac&o € Apuracao, extraindo 0 respectivo Boletim de Uma e, em seguida, encaminhé-los, sob a responsabilidade do Presidente da Mesa e Comissao Especial. ‘Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adole fe Santa Maria de Habira MG Q\ 4 Rua Casemiro Andrade, n° Ye Tel: (31) 3838-1912 Endcreso Fletonicn secretariaexecutivasmi@ gmail.com J u CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 7.9.2. A Comisso Especial, de posse de todos os Boletins de Uma, fara a contagem final dos votos e, em seguida, afixara, no local onde ocorreu a apuragdo final, o resultado da contagem final dos votos. 7.9.3. O proceso de apuragao ocorrerd sob supervisdo do CMDCA 7.9.4. O resultado final da eleiggo devera ser publicado oficialmente afixado no mural da Prefeitura Municipal e na Secretaria municipal de Assisténcia Social, abrindo prazo para interposi¢ao de recursos, conforme item 9.2 deste edital 7.9.8. Os candidatos eleitos e sero nomeados e empossados como conselheiros tutelares suplentes, observada a ordem decrescente de votacdo. 7.9.6. Na hipétese de empate na votacao, serd considerado eleito 0 candidato que, sucessivamente: 1 - apresentar melhor desempenho na prova de conhecimentos gérais; | - tiver maior idade. / 5 AX IO oe 8. DOS IMPEDIMENTOS 8.1. SAo impedidos de servir no mestho(Consefho Tutelar os cénjuges, companheiros, mesmo que em uniao homoafetiva, ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive. 8.2. Estende-se o impedimento do Conselheiro em relacao a autoridade judiciaria & ao representante do Ministério Publico com atuagao na Justica da Infancia e da Juventude na Comarea, 8.3. Existindo candidatos impedidos de atuar num mesmo Conselho Tutelar, considerar-se-a eleito como suplente aquele que tiver maior vota¢ao. O outro eleito suplente assumira na hipétese de vacancia e desde que nao exista impedimento 9. DOS RECURSOS 9.1, Seré admitido recurso quanto: a) ao deferimento e indeferimento da inscrig&o do candidato. b) & aplicagao e as questées da prova de conhecimento; ) ao resultado da prova de conhecimento; d) a aplicagao da avaliacao psicolégica; €) ao resultado da avaliagao psicologica; ita Maria de Habira MG, Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adole Rusa Casemiro Andrade, n° 279 Tel. (31) 3838-1912 Enderego Eletronico. secretariaenecutivasmil al.com EMD EAS eh CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANGA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. f)a eleic&o dos candidatos; g) ao resultado final, 92. © prazo para interposig&o de recurso sera de 2 (dois) dias apés a concretizagéo do evento que Ihes disser respeito (publicagéo do indeferimento da inscrigdo, icagdo da prova, questées da prova, publicagao do resultado da prova, aplicagao da avaliacdo Psicologica, publicacao do resultado da avaliacdo psicolégica), elei¢ao dos candidatos, publicacao do resultado final) 9.2.1 O prazo seré computado excluindo o dia da concretizacao do evento e incluindo o dia do vencimento. 9.2.2 Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia util subsequente se 0 vencimento cair em feriado ou em finais de semana 8.3, Admiti-se-4 um Unico recurso por candidato, para cada evento referido no item 9.1 deste edital, devidamente fundamentado, sendo desconsiderado recurso de igual teor. 9.4. Os recursos deverao ser entregues, na Secretaria Municipal de Ago Social no enderego Rua Casemiro Andrade 279, Centro no horario de 7:30 as 12:30h, 9.5. O recurso interposto fora do respectivo prazo no sera aceito. 9.6. Nao sero aceitos os recursos interpostos em prazo destinado a evento diverso do questionado, 9.7. Os candidatos deverao enviar 0 recurso em 02 (duas) vias (original e 01 cépia). Os recursos deverao ser digitados. 9.8. Quanto ao recurso referente ao item 9.1, C deve-se observar: cada questao devera ser apresentada em folha separada, identificada conforme modelo a seguir. Conselho Munie al dos Direitos da Crianga edo Adolescente de Santa Mat iMG. I Rua Casemiro Andrade, n° 279 pwe Tel. (31) 3838-1912 Enderega Eletronico: seeretariaexecutivasmi@gmail.com SMDCAS ie CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. Processo de Escolha do Consetho Tutelar do Municipio de Santa Mar Candidate: N°. do Documento de Identidade: IN*. de inserigao: N°. da Questio da prova: (apenas para recursos sobre o item 9.1 “c’) Fundamentagéo: Data: Assinatura 9. Cabe a Comissao Especial deci de 2 (dois) dias com a devida fundamentagao, sobre os recursos no prazo 9.9.1 O prazo seré computado excluindo o dia do recebimento do recurso e incluindo o dia do vencimento. 9.9.2 Considera-se prorrogado 0 prazo até o primeiro vencimento cair em feriado ou em finais de semana. Util subsequente se 0 9.10. Da deciséo da Comissao Especial, caberé recurso ao Plenario do Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente que decidira, com a devida fundamentacdo, em igual prazo. 9.11. O(s) ponto(s) relativo(s) a(s) questo (des) eventualmente anulada(s) ser (Go) atribuido(s) a todos os candidatos presentes a prova, independentemente de formulacao de recurso, 9.12. O gabarito divulgado poderd sera alterado, em fungao dos recursos impetrados, e as provas serao corrigidas de acordo com o gabarito oficial defiritivo. 9.13. Na ocorréncia do disposto nos itens 9.9 € 9.10, poder haver, eventualmente, alteragao da classificagao inicial obtida para uma classificagao superior ou inferior, ou, ainda, podera ocorrer a desclassificaco do candidato que no obtiver a nota minima exigida para a prova 9.14. As decisdes dos recursos seréo dadas a conhecer aos candidatos por meio de divulgagao na sede da Prefeitura Municipal e na sede da Secretaria Municipal de Assisténcia Social no endereco: Rua Casemiro Andrade 279, Centro e ficarao disponibilizados durante todo 0 Periodo da realizagao do processo de escolha 10. DA HOMOLOGACAO, DIPLOMAGAO, NOMEAGAO, POSSE E EXERCICIO. fe do Adolescente de Santa Maria de habira MG, jo Andrade, n° 27 ‘co, seeretariaexecutivasmi@ 7 ‘Conselho Municipal dos Direitos da Cr De ko” Rua Jk Tel. (31) 3838-1912 Endereg ail.eom CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCAEDO)) 5/2) ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 10.1. Decididos os eventuais recursos, a Comissio Especial feverd divulgar 0 resultado final do proceso de escolha com a respectiva homologacao do CMIPCA, no prazo de 2 (dois) dias. 10.2, Apds a homologagao do processo de escolha, o CMDCA devera diplomar os candidatos eleitos e suplentes, no prazo de 03 dias. 10.3. Apés a diplomacao, 0 CMDCA tera 48 (quarenta e oito) horas para comunicar © Prefeito Municipal da referida diplomagao. 10.4. O Prefeito Municipal, apés a comunicago da diplomacao, deveré nomear os candidatos suplentes eleitos de acordo com a necessidade de substituicdo aos Conselheiros Tutelar Titulares em exercicio, observada a ordem decrescente de votago. 10.5. Caberd ao Prefeito Municipal aps nomeacao dar posse aos conselheiros suplentes eleitos em data a ser definida de acordo com a necessidade de substituicéo aos Conselheiros Tutelar Titulares em exercicio, 10.5.1. A convocagao dos conselheiros para a posse sera realizada por meio de edital, a ser publicado no mural da Prefeitura Municipal, com antecedéncia minima de 2 (dois) dias 10.5.2. Os candidatos também sero convocados por oficio, a ser entregue no endereco informado, quando do preenchimento da inscrigao. 10.5.3. A remessa do oficio tem carater meramente supletivo. 10.5.4. O dia, a hora e o local da posse do conselheiro tutelar suplente serao divulgados junto & comunidade local, afixando o convite em todos os locais onde o edital tiver sido afixado, com antecedéncia minima de 2 (dois) dias. 10.6. O candidato eleito que desejar renunciar a sua vaga no Conselho Tutelar devera manifestar, por escrito, sua deciséo 20 CMDCA. 10.7. © candidato eleito que, por qualquer motivo, manifestar a inviabilidade de tomar posse, nesse momento, podera requerer a sua dispensa junto ao CMDCA, por escrito, ‘sendo automaticamente reciassificado como ultimo suplente. 10.8. O candidate eleito que nao for localizado pelo CMDCA automaticamente sera reclassificado como ultimo suplente. 10.9. Se na data da posse o candidato estiver impedido de assumir as fungdes em razBo do cumprimento de obrigagées ou do gozo de direitos decorrentes da sua relaco de trabalho anterior, ou ainda na hipétese de comprovada prescricdo médica, a sua entrada em exercicio sera postergada para o primeiro dia titil subsequente ao término do impedimento scente de Santa Maria de Hiabira MG. Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Ac Rua Casemiro Andrade, n Tel. (31) 3838-1912 Enderego Eletronico. secretariexecutivasmi@gmail.com CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 10.10. No momento da posse, 0 escolhido assinara documento no qual conste declaragdo de que nao exerce outra atividade, além da fungao de conselheiro tutelar e de eiéncia de seus direitos e deveres, observadas as vedacées constitucionais. ) is / |. ISICOES FINAI: Ione 11. DAS DISPOSIC IS Lg we feora Z 11.1, © processo de escolha para o Conselho Tutelar ogtffera com o numero minimo de cinco pretendentes devidamente habilitados. ) 11.2. Caso 0 numero de pretendentes habilitados seja inferior a cinco, o CMDCA Podera suspender 0 tramite do processo de escolha e reabrir 0 prazo para inscrigao de novas candidaturas, sem prejuizo da garantia de posse dos novos conselheiros a0 término do mandato em curso, 11.3. Em qualquer caso 0 CMDCA envidar esforgos para que o numero de candidatos seja o maior possivel, de modo a ampliar as opgdes de escolha pelos eleitores @ obter um numero maior de suplentes, 11.4. Os itens deste edital poderao sofrer eventuais alteragdes, atualizagées ou acréscimos enquanto no consumada a providéncia ou evento que Ihes disser respeito, circunstancia que sera comunicada em ato complementar ao edital a ser afixado no mural da Prefeitura Municipal € na Secretaria Municipal de Assisténcia Social. 11.5. E da inteira responsabilidade do candidato 0 acompanhamento da publicacéo de todos os atos e resultados referentes a este processo de escolha 11.6. A atualizagao do enderego para correspondéncia é de inteira responsabilidade do candidato e devera ser feita, mediante protocolo, no endereco Rua Casemiro Andrade 279, Centro. 11.7. Os documentos apresentados pelo candidato durante todo o processo Poderdo, a qualquer tempo, ser objeto de conferéncia e fiscalizagao da veracidade do seu teor por parte da Comissao Especial, e no caso de constatacdo de irregularidade ou falsidade, a inscric&o sera cancelada independentemente da fase em que se encontre, comunicando o fato ao Ministério Publico para as providéncias legals. 11.8. As ocorréncias nao previstas neste edital, os casos omissos e os casos duvidosos serao resolvidos, com a devida fundamentacdo, pela Comissdo Especial. 11.9, Todas as decisées da Comissao Especial ou do Plenario do CMDCA serao devidamente fundamentadas. 11.10. Os membros escolhidos como conselheiros tutelares suplentes, no primeiro més de exercicio funcional, submeter-se-Ao a estudos sobre a legislagdo especifica, as atribuigdes do cargo € aos treinamentos praticos necessarios, promovidos por uma comisséo ou instituigao publica ou privada, sob a responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente e da Secretaria a qual esta vinculado. ‘Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de MG. Rua Casemiro Andrade, n° 2 Tel: (31) 3838-1912 Fnderego Fletronico: seeretariaexecutivasmi@gmail.com maces Ba CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. 12. Esta Resolugao entra em vigor na data de sua publicacao. Santa Maria de Itabira, 19 de dezembro de 2019. ‘Ana Célia Ferreira Silvério Presidente do CMDCA ‘Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Adolescente de Santa Maria de Habira MG. Rua Casemiro Andrade, n° 279 Tel. (31) 3838-1912 Enderego FletrOnico. seeretariaexecutivasmi@gmail.com CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG. ANEXO I CRONOGRAMA DO PROCESSO DE ESCOLHA SUPLEMENTAR DO CONSELHO TUTELAR DO MUI IPIO DE SANTA MARIA DE ITABIRA/MG PARA MANDATO 2020/2024. Sees ery t i [iy {Bata 7 4 Criacgo da Comissao Especial do Processo de Escolha 18/12/2019 Produg3o da Resolucao e Edital = = 18/12/2019 Publicagao e divulgacao da Resolucao e Edital _ 19/12/2019 Periodo de Inscrigao | 20/12/2019 até 03/2/2020 Divulgagao das inscrigées deferidas e indeferidas = 04/02/2020 | Prazo para Interposigao de Recurso ao deferimento e indeferimento | 6 _| das Inscrigbes peo 05/02/2020 cae z. Analise e divulgag4o do julgamento dos Recursos Inscrigao 06/02/2020 _ 8 | Resultado Pés Andlise Recurso 06/02/2020 9 | Aplicacdo Prova de Conhecimentos 13/02/2020 10_| Resultado da Prova de Conhecimentos 14/02/2020 11_| Prazo para interposigao de Recurso Prova de Conhecimentos 17/02/2020 12 _| Analise Recurso Prova de Conhecimentos __ [18/02/2020 13 _| Resultado Pos Interposigéo Recurso da Prova de Conhecimentos. 18/02/2020 14_| Realizacdo Teste/Avaliacao Psicolégica (03/03/2020 al 15_| Resultado Pos Teste/Avaliagdo Psicolégica (04/03/2020 16_| Prazo para Interposigao de Recurso do Teste/Avaliacao Psicolégica 05/03/2020 17 _| Analise da Interposicao de Recurso do Teste/Avaliagao Psicolégica 05/03/2020 Resultado Pés Interposicao de Recurso do Teste/Avaliagao 18_| Psicolégica ae 06/03/2020 [49 "| Registro Candidatura 09/03/2020 | 20 _| Prazo ImpugnagSo Candidatura 10/03/2020. 21_| Andlise Impugnacao Candidatura 10/03/2020 22 _| Divulgacao Candidatos Pés Analise Impugnacao 11/03/2020 23_| Prazo Campanha Eleitoral [12/03/2019 até 02/04/2020 | 24 | Realizagdo de Eleigao x = 03/04/2020 =| 25 | Divulgacdo Resultado Preliminar Eleicao mn 03/04/2020 | 26 _| Prazo Impugnago Eleicao (06/04/2020 27 _| Analise Impugnacao Eleicao. 06/04/2020 Publicagao do Resultado Final com respectiva homologa¢ao do 28 | proceso 07/04/2020 iil Diplomagao a __ 15/04/2020 Prazo para CMDCA comunicar o prefeito sobre a Diplomagao i 17/04/20: oat | Posse De acordo com a necessidade d eh ‘Ana Célia Ferreira Silverio Presidente do CMDCA Conselho Municipal dos Direitos da Crianga e do Ad Je Santa Maria de Habira MG. Rusa Casemiro Andrade, n° 279 Tel.: (31) 3838-1912 Enderego FletrOnico: seeretariaexecutivasmi@gmail.com