Você está na página 1de 3

PROCEDIMENTO Código: POP ENF 3.

21
OPERACIONAL PADRÃO Data da Emissão: 09/12/2016
Versão: 02

UTI-NEONATAL Data de Revisão:09/12/2018


Próxima Revisão:09/12/2020

MANEJO DA BOMBA DE INFUSÃO VOLUMÉTRICA LF SMART LIFEMED®

Responsável pela elaboração do POP: Aprovado por:


Enfermeira Franciane Dantas de Lima Enf. Sandra de Souza Lima Rocha (DIEN)
Enf. Maria Helena de Souza Praça Amaral
Responsável pela REVISÃO do POP: (Educação Continuada de Enfermagem)
Enfermeira Maria Helena de S. P. Amaral
Enfermeira Claudia Cruz da Silva
Enfermeira Stella Mares Gomes Renault

1. DEFINIÇÃO
É o manuseio sistematizado de uma bomba infusora, para a administração controlada de uma
solução e/ ou medicação, com controle de volume e tempo de infusão determinado.

2. OBJETIVOS
Controlar o gotejamento e infundir soluções (drogas entre outros) no paciente de forma precisa.

3. INDICAÇÃO
Todos os pacientes que necessitam de controle rigoroso da infusão do gotejamento dos
medicamentos prescritos por via parenteral ou enteral.

4. PESSOAS E PROFISSIONAIS QUE IRÃO REALIZAR O PROCEDIMENTO


 Equipe de Enfermagem.

5. MATERIAL A SER UTILIZADO


 01 bomba de infusão volumétrica;
 01 suporte para bomba;
 01 equipo próprio para bomba;
 Medicação conforme solicitação médica

6. DESCREVER DETALHADAMENTE AS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS


1. Higienizar as mãos;
2. Verificar se todo o material necessário para o preparo de bomba e das medicações estão
próximas ao paciente;
3. Realizar inspeção rigorosa do equipamento;
4. Fixar a bomba de forma segura no suporte de soro de modo a proporcionar boa visualização
para a equipe;
5. Conectar o cabo de força à rede elétrica (110V);
6. Verificar a existência de bateria na bomba;
7. Preencher o equipo conforme:

Preenchimento manual do equipo:


1. Higienização das mãos;
2. Fechar a pinça rolete;
3. Pressionar manualmente a microcâmara até que seja preenchida pela metade com a
hidratação intravenosa;
4. Abrir a pinça rolete e preencher todo o equipo com a hidratação tendo o cuidado para que
não entre ar.

Preenchimento do equipo pela bomba:


1. Higienização das mãos;
2. Abrir a pinça corta-fluxo e selecionar a tela do menu principal : Infusão , selecionar a tecla >
, a tecla ˅ preencher equipo > bolus (manter pressionada a tecla bolus até que o equipo
seja preenchido). Quando terminar, selecionar a tecla ˂ até retornar a tela do menu
principal;
3. Encaixar equipo solicitado na bomba, de forma adequada:

Instalação do Equipo:
1. Higienização das mãos;
2. Fechar a pinça rolete;
3. Pressionar a trava do CLAMP corta-fluxo até ouvir o “clic”;
4. Abrir a porta da bomba, puxando-a pela trava;
5. Inserir o conector no canal de entrada da bomba;
6. Inserir o CLAMP corta fluxo no local indicado na bomba. Passar o sensor de bolhas de
ar, fixando o equipo no canal de saída da bomba;
7. Fechar a porta da bomba elevando a trava da mesma, empurrando-a firmemente na
direção do equipamento. Ao final do curso da porta, empurrar a trava para baixo;
finalizando o fechamento da mesma;
8. Abrir a pinça rolete;
9. Ligar a bomba e iniciar a programação via teclado;
10. Programar a bomba de acordo com a necessidade;

Programar a Infusão:
1. No menu principal da infusão ˃ programar;
2. Pressionar novamente o ˃ e escolher o tipo de paciente: adulto ou neonato;
3. A tela de programação de infusão é exibida, com opção para programação de volume, fluxo
de infusão ou tempo de infusão;
4. Devem ser inseridos apenas dois valores, o terceiro parâmetro será calculado. O parâmetro
calculado deverá ser passado com zero na tela de programação;
5. Através das teclas ˅ e ˄ é possível inserir no campo que está piscando, valores de 0 a 9 no
dígito selecionado. Para navegar entre os dígitos utilizar as teclas ˃ e ˂ . Ao pressionar a
tecla ˂ quando o primeiro dígito do parâmetro volume estiver selecionado o menu anterior
volta a ser exibido. Para confirmar o valor e passar ao próximo parâmetro de programação
pressionar ˿ ;
6. Após todos os valores serem confirmados ( lembrando que em parâmetro deve ser passado
com zero), a tela de confirmação de início de infusão é exibida;
7. Confirmar se o valor calculado é o esperado, selecionar através das teclas ˃ e ˂ e confirmar
através da tecla ˿ para iniciar a infusão com os valores programados;
8. Conectar o equipo a venóclise;
9. Iniciar a infusão pressionando a tecla “Start” (iniciar).

Bolus:
1. Pressionar a tecla “Bolus”;
2. O equipamento ira abrir a opção para ajustar o volume do bolus e após o ajuste, vai informar
a opção de aplicar ou não o bolus imediatamente;
3. A função bolus estará ativa enquanto a tecla “Bolus” permanecer pressionada;

Final da infusão:
1. Quando o tempo programado para infusão está terminando, é exibida uma tela com aviso
juntamente com aviso sonoro;
2. Ao finalizar a infusão, a bomba informa através de mensagem e alarme visual e sonoro;
3. A bomba entra automaticamente em KVO para manutenção da veia, o que é mostrado no
rodapé da mensagem de alarme;
4. Pressionar a tecla “KVO” ou a tecla ˿ para silenciar o alarme sonoro ou pressionar a tecla ˿,
a bomba vai oferecer a opção para repetir a sesssão de infusão, responder rapidamente a
mensagem sobre repetir a ultima sessão (sim ou não).

Dieta Enteral

1. Na tela menu principal , infusão → acessar funções especiais, selecionar medicamentos,


nutrição Enteral e confirmar a opção.

7. ATENÇÃO A PONTOS IMPORTANTES E POSSÍVEIS RISCOS


 Nunca conectar o equipo de infusão ao paciente enquanto estiver sendo preenchido;
 Durante a infusão ao pressionar a tecla ˿, o menu de opções durante a infusão é exibido,
basta navegar no menu e fazer a opção desejada;
 O modo enteral deve ser utilizado com cuidado, já que não é desativado automaticamente
após um tempo como modo transporte. Ficar atento à mensagem no display que indica
modo enteral ativo quando estiver infundindo.

8. RESULTADOS ESPERADOS
Mínimo conhecimento do operador sobre o equipamento que está sendo utilizado acarretando em
diminuição dos erros operacionais e maior segurança para os pacientes e usuários.

9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

http://www.enfermagemnovidade.com.br/2015/01/bomba-de-infusao-e-os-cuidados-de.html

http://www.portaldaenfermagem.com.br/protocolos_read.asp?id=352

Você também pode gostar