Você está na página 1de 5

EXERCÍCIOS DE FÍSICA - Prof.

EDUARDO

ALUNO(A): _________________________________________________________________ TURMA :________

1) Quando um homem está deitado numa rede


(de massa desprezível), as forcas que esta aplica
na parede formam um ângulo de 30° com a
horizontal, e a intensidade de cada uma é de 90
Kgf. Determine o peso do homem.

2) Dois operários suspendem um balde por meio


de cordas, conforme mostra o esquema a seguir.
Sabe-se que o balde, com seu conteúdo, tem
peso 50N, e que o ângulo formado entre as
partes da corda no ponto de suspensão é 60º. A
corda pode ser considerada como ideal
(inextensível e de massa desprezível). Quando o
balde está suspenso no ar, em equilíbrio, a força
exercida por um operário, medida em Newtons,
vale: cos30º =√3/2e sem 30º= 1/2 

3) Um bloco de peso 6 N está suspenso por um


fio, que se junta a dois outros num ponto P, como
mostra a figura. Determina as trações nos cabos.

4) A mola representada na figura esta em


equilíbrio, na posição horizontal, tem constante
elástica K= 100 N/cm e peso desprezível. O
corpo suspenso pesa 600 N. Determine a
deformação da mola e a intensidade da força
tensora no fio. Resp 3 cm e 300√2

5) Uma das modalidades de ginástica olímpica e


a das argolas. Nessa modalidade, os músculos
mais solicitados são os dos braços, que suportam
as cargas horizontais, e os da região dorsal, que
suportam os esforços verticais. Considerando um
atleta cuja massa e de 90 kg e sendo os
comprimentos indicados na figura H = 3 m; L =
1,5 m e d = 0,5 m, determine a componente
horizontal da tensão em cada corda quando o
atleta estiver com os braços na horizontal.

6) Para o sistema em equilíbrio ao lado,


determine as trações nas cordas A e B sabendo
que o corpo C tem 300,0 N. cos 60 = 0,5 e sen
60 = √3/2
7) Um professor de física pendurou uma pequena
esfera, pelo seu centro de gravidade, ao teto da
sala de aula, conforme a figura. Em um dos fios
que sustentava a esfera ele acoplou um
dinamômetro e verificou que, com o sistema em
equilíbrio, ele marcava 10 N. Determine o peso
da esfera, em Newtons.

8) Na figura, o gancho A da parede vertical é


arrancado quando sujeito a uma força maior que
1000N; B resiste a uma força muitíssimo maior. O
maior valor da massa m que se pode colocar no
prato D sem arrancar o gancho A é de (em kg):

9) Na figura a seguir, o peso P1 é de 500 N e a


corda RS é horizontal. Determine em newtons, os
valores das tensões T1, T2 e T3 e o peso P2.

10) No sistema representado na figura abaixo, as


massas dos blocos são, respectivamente,
mA=5,0kg, mB=10kg e mP=15kg. Suponha que o
bloco P esteja em equilíbrio e que não haja atrito
entre ele e a superfície. Determine o valor da
força normal, em newtons, que atua sobre o
bloco P. considerar sen Ɵ = 0,87 e coss Ɵ = 0,5

11) Os blocos A e B da figura pesam,


respectivamente, 980 N e 196 N. O sistema está
em repouso. Afirma-se que:

12) No sistema representado na figura abaixo, as


duas molas são iguais, têm 1 m de comprimento
e estão relaxadas. Quando o fio é cortado, a
esfera de massa 5,1 kg desce 1 m até parar
momentaneamente. Calcule o valor da constante
elástica k das molas. Resp: 87,8 N/m

13) O corpo A, de massa mA, pode deslizar sem


atrito ao longo de um eixo vertical fixo que passa
pelo seu interior. Prende-se a esse corpo uma
extremidade do fio que passa pela roldana e
suspende, na outra extremidade, o corpo B de
massa mB. O fio e a polia são ideais. O equilíbrio
do sistema ocorre quando o ângulo indicado
na figura é dado por:

a) = arccos (mB/mA). b) = arccos (mA/mB). c) = arcsen (mB/mA).


d) = arcsen (mA/mB). e) = arctg (mA/mB).
14) O sistema mostrado na figura deste problema
está em equilíbrio. Os pesos das roldanas e da 2m 4m
barra, bem como as forças de atrito, são
desprezíveis. Determine o valor do peso P em
Kgf.
P

100 kgf

15) A barra homogênea de peso P = 2 000 N está


em equilíbrio sobre dois apoios. Determine a
força de reação no ponto B vale:

16) Uma barra AB, homogênea e de secção reta


e uniforme, de 80 cm de comprimento e peso
50N, está apoiada num ponto O, como mostra a
figura. O peso Q é de 100 N. Para o equilíbrio
horizontal da barra AB, der quanto deverá ser o
peso suspenso na extremidade A.

17) A figura mostra uma barra de massa


desprezível apoiada no ponto “O”. Na
extremidade esquerda da barra existe um corpo
suspenso de massa m = 15 kg, enquanto a
extremidade direita está presa uma mola
distendida de “x”, cuja a constante elástica vale
1.500 N/m. Se a barra está em equilíbrio na
posição indicada, qual é então o valor da
distensão “x” da mola? (Considere a aceleração
da gravidade g= 10m/s²).

18) Um cigarro sem filtro, de 80 mm, foi aceso e


apoiado num cinzeiro, como mostra a figura.
Durante quanto tempo o cigarro ficará sobre o
cinzeiro? Considere que a queima se dá à razão
de 5 mm por minuto e que a cinza sempre se
desprende do cigarro. Resp 6 min

19) Após uma aula sobre o “Princípio das


Alavancas”, alguns estudantes resolveram testar
seus conhecimentos num playground,
determinando a massa de um deles. Para tanto,
quatro sentaram-se estrategicamente na
gangorra homogênea da ilustração, de secção
transversal constante, com o ponto de apoio em
seu centro, e atingiram o equilíbrio quando se
encontravam sentados nas posições indicadas na
figura. Dessa forma, se esses estudantes
assimilaram corretamente o tal princípio,
chegaram à conclusão de que a massa
desconhecida, do estudante sentado próximo à
extremidade B, é:
20) Um menino que pesa 200 N, caminha sobre
uma viga homogênea, de secção constante, peso
de 600 N e apoiada simplesmente nas arestas de
dois corpos prismáticos. Como ele caminha para
a direita, é possível prever que ela rodará em
torno do apoio B. Determine a distância B em que
tal fato acontece, é, em metros.

21) Um garoto deseja mover uma pedra de


massa m = 500 kg. Ele dispõe de uma barra com
3 m de comprimento, sendo que apoiou a mesma
conforme a figura. Determine aproximadamente o
valor da farça F para mexer a pedra se ele apoiar
a barra a 0,5 m da pedra. Obs.: Desprezar a
altura do apoio.

22) A figura mostra um móbile constituído por


duas barras de massas desprezíveis que
sustentam os corpos A, B e C por fios ideais.
Sendo a massa do corpo A 45 g, determine a
massa do corpo C, que mantém o conjunto em
equilíbrio na posição indicada.

23) A barra homogênea AB de seção reta


uniforme está articulada em A e é mantida na
horizontal pelo fio ideal BC. A barra tem peso 100
N e o corpo D pesa 250 N. Determine a tração no
fio. Dados: sen θ = 0,6 e cos θ = 0,8. Resp. T =
500 N.

24) A barra OP, uniforme, cujo peso é 1,0 = 102


N, pode girar livremente em torno de O. Ela
sustenta, na extremidade P, um corpo de peso
2,0 = 102 N. A barra é mantida em equilíbrio, em
posição horizontal, pelo fio de sustentação PQ.
Qual é o valor da força de tração no fio?

25) No sistema da figura abaixo, a barra é


homogênea e de peso 20 N. A polia e o fio são
ideais. Determine a- a intensidade da força F que
deve ser aplicada ao cabo para manter a barra
horizontal. Dados: sen 60 = 0,5 e cós 60 =
√3/2 F = 20√3/3 N

26) Na figura desta questão, um jovem de peso


igual a 600N corre por uma prancha homogênea,
apoiada em A e articulada no apoio B. A prancha
tem o peso de 900N e mede 9,0 m. Ela não está
presa em A e pode girar em torno de B.
Determine a máxima distância que o jovem pode
percorrer, medida a partir de B, sem que a
prancha gire. 2,25 m
27) Na figura a seguir, uma tábua de massa
desprezível e comprimento L = 4,0 m é articulada
em uma de suas extremidades por meio de uma
dobradiça D. Sua outra extremidade está presa (a
uma altura y = 0,20 m acima da dobradiça) a uma
mola ideal, de constante elástica k = 600 N/m (figura
a). Um menino, de peso P = 800 N, partindo da
dobradiça, caminha uma distância x sobre a tábua,
até ela adquirir o equilíbrio, em posição horizontal
(figura b). Suponha que a mola, ao se distender,
tenha se mantido vertical. Determine o valor de x.

28) As polias mostradas na figura abaixo


possuem massas desprezíveis e estão em
equilíbrio. Os módulos das forças P, F e W são,
respectivamente:
a. 10N, 20N e 10 N
b. 20N, 10N e 10 N
c. 20N, 10N e 5 N
d. 10N, 10N e 10 N

29) Três crianças de massas 20 kg, 30 kg e 50 kg estão brincando juntas numa mesma gangorra.
Considerando que a massa dessa gangorra está distribuída uniformemente, as posições em que as
crianças se mantêm em equilíbrio na direção horizontal estão melhor representadas na figura:

Letra b