Você está na página 1de 3

Universidade Anhembi Morumbi

Disciplina: Resistência dos Materiais Aplicada


Lista 3 – P1 / N1 – 2012-1º
Prof.: Társis Travassos

Nome : R. A. .

1ª Questão – Na treliça da figura, as barras 1 e 2 são constituídas do


mesmo material (E =300.000 kgf/cm²), e têm a mesma seção transversal
(A = 5 cm²). Sabendo-se que seus comprimentos valem L1 = 3 m e L2 = 5
m, calcular:
a) As forças normais N1 e N2 ;
b) O deslocamento do ponto de aplicação da carga;
c) A tensão normal admissível (de tração) necessária para o material da
estrutura.

2 1 2 sen α = 0, 6

cos α = 0,8
α α

B
22.100

2ª Questão – Determine as reações em A e B’ para a haste de aço


mostrada na figura abaixo. Dado: Eaço = 210 GPa e ø = 5 mm.
3ª Questão – Para a viga da Figura abaixo, traçar a curva da distribuição
da tensão de cisalhamento que age na seção a – a.

4ª Questão – Para a viga T da Figura abaixo, traçar a curva da


distribuição da tensão de cisalhamento que age na área da seção transversal
da viga onde o cisalhamento é máximo.
Universidade Anhembi Morumbi
Disciplina: Resistência dos Materiais Aplicada
Lista 3 – P1 / N1 – 2012-1º
Prof.: Társis Travassos

5ª Questão – Determine a força suportada por cada poste se a barra for


submetida a um carregamento uniformemente distribuído de 150 KN/m e
uma variação de temperatura de + 60 º C. Dado: Eaço = 210 GPa,
Ealm = 73,1 GPa, αaço = 12 x 10-6 ºC-1 e αalm = 23 x 10-6 ºC-1

6ª Questão – Um tubo de alumínio com área de seção transversal de 600


mm² é utilizado como luva para um parafuso de aço com área de seção
transversal de 400 mm². Quando a temperatura é T1 = 15° C, a porca
mantém o conjunto em uma posição precisa, de tal modo que a força axial
no parafuso é desprezível. Se a temperatura aumentar para T2 = 80° C,
determine a tensão normal média no parafuso e na luva.