Você está na página 1de 4

AULÃO DE LITERATURA - LIVROS VESTIBULAR UFSC/ UDESC/ ACAFE/ CEFET

PROFESSORES: CLÁUDIA R. SILVEIRA (claudinhalit@yahoo.com.br)


SÉRGIO M. MACHADO (ciavanguarda@yahoo.com.br)

OBRA: HOMENS E ALGAS ( ) As obras de Machado possuíam duas fases:


AUTOR: OTHON GAMA D’EÇA (1892-1965) uma romântica e outra realista; a obra “Contos”
ESCOLA LITERÁRIA: MODERNISMO - LITERATURA possui contos dessas duas fases.
CATARINENSE ( ) “Frei Simão” é um conto pertencente à fase
ANO DE PUBLICAÇÃO: 1957 romântica de Machado de Assis.
GÊNERO: NARRATIVO - CONTOS ( ) No conto Aurora sem Dia vemos o Jovem
TEMAS: DOR, MISÉRIA, MORTE, DOENÇA, TRISTEZA Anastácio que queria ser grande, importante. Por isso
DIVISÃO DA OBRA: 5 PARTES: 42 CONTOS CURTOS , entrou no colégio Ateneu e namorou a jovem Mélica,
LOCAL: FLORIANÓPOLIS – PRAIA DE COQUEIROS filha do sr. Aristarco.
NARRAÇÃO: 1ª E 3ª PESSOAS ( ) Luis Tinoco era um jovem funcionário do foro e
largou tudo por um sonho. Primeiro ser poeta, depois
( ) Este livro é uma obra de contos dividido em cinco político e por fim lavrador.
partes: Pescadores, Vidas Insossas,Velhos Temas, Ao mar ( ) É no Conto “A Cartomante” que vemos Rita,
largo,Praias. Camilo e Vilela formando um triângulo amoroso com
( ) Os personagens que aparecem nos contos são reais. final trágico. Camilo mata seu amigo Vilela e sua
Isto quer dizer que Othon os conheceu durante sua vida , esposa Rita por traição.
principalmente em Coqueiros. ( ) Os Contos Missa do Galo e Uns Braços,
( ) Em A penhora de João Saibro, o pobre João ficou muito vemos a mesma temática sobre a iniciação sexual
doente com Sezão (Hepatite) e teve que comprar fiado. Como dos jovens Nogueira e Inácio respectivamente.
demorou a melhorar sua esposa Marcília e seu filho ( ) Na Chinela Turca, Machado trabalha um tópico
Ricardinho ficam passando fome. Por não pagar as dívidas o da nossa literatura clássica, a Cartarse, defendida por
sr. Ludovino levou seus pertences. Aristóteles, ou seja, o envolvimento do leitor com a
( ) Em “Malheita”, Lauro Maneta recebe esse apelido obra, a ponto de não saber o que é realidade e o que
porque uma cocoroca mordeu seu dedo e a ferida cresceu é ficção.
tanto que ele teve de amputar o braço. ( ) Em O Enfermeiro é fácil detectar que nosso
( ) No conto O Pica-pau,ele e sua esposa Clarinda, foram protagonista, o jovem Pilar, não tinha intenção de
despejados por falta de pagamento do aluguel. matar o velho Policarpo.
( ) A chupa –ostra era uma velha feia e resmungona. Um ( ) Frei Simão era fransciscano e sofreu até sua
dia apareceu no mar morta, provavelmente afogada. morte com a perda de seu grande amor. Este conto
( ) Apesar do mar matar muitos dos pescadores, os traz o tema do amor proibido entre Simão e Helena.
habitantes da região não o culpam. Mas culpam as ( ) A temática da metafísica e de como ludibriar as
tormentas, a verdadeira assassina. pessoas estão presentes no conto O Segredo do
( ) Este livro é muito empolgante. Os temas são bem Bonzo.
variados, morte, miséria, tristeza, morte, miséria e tristeza. ( ) No conto “O Espelho” percebemos o quanto
Bem tipinho do Othon. Machado trabalha os rótulos sociais, onde vemos as
( ) Homens e Algas é uma obra triste e melancólica. Seus duas almas, a interna e a externa. A interna é nosso
personagens são pobres e pescadores. próprio eu e a externa é o que a sociedade nos
( ) Vemos a presença do folclore ilhéu – o boi-de-mamão e impõe.
a Bernúncia. ( ) O Conto “Cantiga dos Esponsais” vemos o
mestre Simão tentando compor sua cantiga desde
jovem e lhe faltava inspiração. Até que um dia uma
OBRA: CONTOS jovem recém casada canta nos braços de seu amor
AUTOR: MACHADO DE ASSIS a dita canção.
ESCOLA LITERÁRIA: REALISMO
ANO DE PUBLICAÇÃO: DE 1870 A 1906 (ANTOLOGIA)
GÊNERO: NARRATIVO - CONTOS OBRA: O ATENEU
DIVISÃO DA OBRA: 22 CONTOS AUTOR: RAUL POMPÉIA
LOCAL: RIO DE JANEIRO ESCOLA LITERÁRIA: NATURALISMO
ANO DE PUBLICAÇÃO: 1888
( ) 1908 é o ano do centenário do nascimento de Machado GÊNERO: ROMANCE MEMORIALISTA
de Assis, o Presidente Perpétuo da Academia Brasileira de TEMA: A CORRUPÇÃO NO INTERNATO
Letras. DIVISÃO DA OBRA: 12 CAPÍTULOS
( ) Adultério, ciúme, mulher demoníaca, ingenuidade e LOCAL: RIO DE JANEIRO
humor são temáticas freqüentes na obra de Machado de NARRAÇÃO: 1ª PESSOA – SÉRGIO
Assis. (PERSONAGEM-NARRADOR)
( ) Os contos “Uns braços” e “A missa do galo” possuem a
mesma temática: o amor entre um jovem e uma mulher ( ) Sérgio é o protagonista da obra O Ateneu,
experiente. apesar de termos várias histórias dentro da Crônica
das Saudades.
AULÃO DE LITERATURA - LIVROS VESTIBULAR UFSC/ UDESC/ ACAFE/ CEFET
PROFESSORES: CLÁUDIA R. SILVEIRA (claudinhalit@yahoo.com.br)
SÉRGIO M. MACHADO (ciavanguarda@yahoo.com.br)

( ) Franco era o Bode Expiatório entre os alunos. Vivia ( ) Em: “Procuro a palavra fóssil./ A palavra antes
sempre de castigo, andando de joelhos ou cheirando as da palavra.”, temos a presença de metalinguagem.
paredes. ( ) Os poemas de “O código da águas” são
( ) D. Ema, secretária do colégio vivia flertando com os narrados em primeira pessoa e tem sempre como
rapazes do Ateneu. personagens elementos voltados para a água.
( ) O prof. Cláudio representa na obra as idéia de Raul
Pompéia, anarquista, republicano. Foi ele quem criou o
Grêmio Literário Amor ao outros. OBRA: CHICA PELEGA – A GUERREIRA DE
( ) O livro é dividido em dois anos . O primeiro vemos TAQUARUÇU
Sérgio inserido no Colégio e o segundo , o mesmo aproveita AUTOR: A. SANFORD DE VASCONCELLOS
o que a vida tem de melhor. ESCOLA LITERÁRIA: LIT. CONTEMPORÂNEA -
( ) Sanches e Bento Alves eram parceiros para tentar tirar SC
proveito de Sérgio. Por isso os dois tentam namorá-lo. ANO DE PUBLICAÇÃO: 2000
( ) Por causa de Barbalho, Malheiro e Bento Alves brigam, GÊNERO: ROMANCE
pois o último precisava provocar Sérgio para vingar o TEMA: GUERRA DO CONTESTADO
Barbalho de uma briga sem sucesso no passado. DIVISÃO DA OBRA: 24 CAPÍTULOS
( ) O Jardineiro espanhol por ciúme acaba assassinando o LOCAL: SANTA CATARINA: IRANI, TAQUARUÇU,
cozinheiro da escola. Neste episódio Bento Alves consegue CARAGUATÁ
prender o jardineiro e torna-se herói em todo colégio. NARRAÇÃO: 1ª PESSOA – PEDRO DA SILVA -
( ) Egbert e Sérgio foram namorados , logo depois que JORNALISTA
Bento Alves foi enviado para uma universidade pública perto
do Ateneu. ( ) Chica Pelega é uma guerreira que conseguiu
( ) O final da história se dá através do incêndio do Ateneu derrota o exército do governo no segundo conflito em
causado pelo aluno Américo. Um final metafórico, onde Taquaruçu.
vemos a destruição da monarquia e o surgimento da ( ) Zico e Francisca Roberta estavam apaixonados,
República. porém ele não queria construir sua casa na gleba de
Zinho.
( ) Chiquinha teve sua filha Francisca sozinha junto
OBRA: O CÓDIGO DAS ÁGUAS de uma fonte de água.
AUTOR: LINDOLF BELL ( ) Bocudo e Dilzão eram os responsáveis em abrir
ESCOLA LITERÁRIA: LIT. CONTEMPORÂNEA – SANTA caminho para a ferrovia de Percival Farquar.
CATARINA ( ) Ninica, a irmã de Zeromi, foi morta por Bocudo,
ANO DE PUBLICAÇÃO: 1984 após estuprá-la.
GÊNERO: POESIA ( ) Zé Biriva (O bom de laço) e Jerônimo ( o bom
TEMAS: A MORTE, O TEMPO, A ETERNIDADE, O RIO, A da faca) são bem amigos. Jerônimo vinga sua irmã
INFÂNCIA, A POESIA carneando Bocudo e libertando uma jovem que este
DIVISÃO DA OBRA: 34 POEMAS EM CINCO PARTES: tinha como rapitada.
Poemas, Desterro, Minifúndio, Poema do Andarilho e ( ) O final é bem trágico, todos são mortos em
Poemas Finais Taquaruçu, só fica Chiquinha chorando abraçada em
sua filha.
( ) Lindolf Bell foi o criador do Movimento de Catequese ( ) Zé-do-Burro foi morto em Irani pelas tropas do
Poética na década de 60 em Santa Catarina. Paraná.
( ) Temos na obra 34 poemas divididos em cinco partes: ( ) Coronel Palhares era o pau mandado do
Poemas, Desterro, Minifúndio, Poema do Andarilho, Poemas americanos em SC. E o Coronel Francisco
finais. Albuquerque tinha uma coleção de orelhas de seus
( ) Os temas são a morte, o tempo, a eternidade, o rio, a rivais.
infância. Não há uma continuidade na obra. ( ) José Maria queria instaurar a monarquia do
( ) Vemos a presença da metalinguagem principalmente Império Caboclo Meridional. Ele era o ressureto de
na primeira parte. São Sebastião.
( ) No poema “Procuro a Palavra” vemos o eu-lírico
procurar desesperadamente a origem da palavra.
( ) Em “Não é a palavra fácil / que procuro./ Nem a difícil
sentença[...]”, os termos grifados indicam que há uma figura
de linguagem chamada prosopopéia.
( ) No fragmento: “O ribeirão dorme / sob entulho,/ num
embrulho/ de crueldade.”, temos uma personificação.
( ) Em: “Um inseto de Lagoa Santa/ sobreviveu três mil
anos/ fora do destino comum/ Fora do destino comum / e
dentro da solidão.”, os termos sublinhados indicam uma
antítese.
AULÃO DE LITERATURA - LIVROS VESTIBULAR UFSC/ UDESC/ ACAFE/ CEFET
PROFESSORES: CLÁUDIA R. SILVEIRA (claudinhalit@yahoo.com.br)
SÉRGIO M. MACHADO (ciavanguarda@yahoo.com.br)

OBRA: O VÔO DA GUARÁ VERMELHA ( ) A obra pertence à 2ª geração modernista,


AUTORA: MARIA VALÉRIA REZENDE geração que retratou, na prosa, o regionalismo. Érico
ESCOLA LITERÁRIA: LITERATURA CONTEMPORÂNEA Veríssimo foi o único da geração a falar sobre a
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2005 região sul do país.
GÊNERO LITERÁRIO: ROMANCE ( ) Na obra são citados dois escritores gaúchos: o
TEMAS: AMOR, TOLERÂNCIA, SIMPLICIDADE, próprio Érico Veríssimo e Carlos Drummond de
PERSEVERANÇA, VONTADE DE VENCER, MISÉRIA, Andrade.
FOME, AIDS, VIOLÊNCIA, SONHO ( ) Ao final da obra, percebe-se que o autor satiriza
DIVISÃO DA OBRA: 17 CAPÍTULOS uma sociedade bem brasileira: a corrupção continua,
LOCAL: VÁRIAS PARTES DO BRASIL e o povo acaba esquecendo as falcatruas dos
políticos.
( ) Rosálio era um pobre pedreiro e Irene uma prostituta ( ) O forte da contextualização da segunda parte é
com Aids. Ambos se apaixonam após um programa. a presença de Getúlio Vargas que faz com que os
( ) Rosálio era um contador de histórias e foi isso e sua Vacarianos e os Campolargos assinem um tratado de
inocência que encantou Irene. paz.
( ) A melhor amiga de Irene chama-se Anjinha, também ( ) Os sete mortos são: D. Quitéria. Dr. Cícero
prostituta amante de Porfírio. Branco, Maestro Meandrolinda, Sapateiro Barcelona,
( ) Irene tem um filho que está com a assistente social e João Paz , Erotildes de tal e Pudim-de-Cachaça.
seu sonho é viver com ele numa família perfeita. Estes levantaram de seus túmulos na noite seguinte
( ) Rosálio passou por vários problemas na vida. Sua mãe da greve.
se matou , não conhece seu pai, não possuía um nome – ( ) Os próceres de Antares eram usurpadores do
Rosálio é emprestado de uma professora do passado. dinheiro público. Sendo Tibério Vacariano o maior
( ) O sonho de Rosálio era aprender a ler e escrever, e foi articulador das falcatruas.
Anjinha que conseguiu realizar esse sonho . ( ) Pudim-de-Cachaça e Erotildes são as únicas
( ) Cada capítulo possui um nome de cor e está personagens que realmente encontram amigos ao
relacionado com alguma coisa contada no capitulo. voltar da “Ressurreição”.
( ) Rosinha morre ao final da história. ( ) Os ratos invadiram a cidade de Antares após
( ) Este romance apesar de contemporâneo possui serem descobertos numa grande caverna
características também românticas, pois os protagonistas subterrânea próxima de cidade de Babilônia.
vivem uma grande história de amor, infelizmente com final ( ) Durante o episódio do Coreto os mortos-vivos
trágico. denunciaram toda a podridão da cidade de Antares.
( ) Entre as várias histórias contadas por Rosálio temos: A ( ) No passado , os Vacarianos e o Campolargos
do Sultão e da Sherazade, da Missa do Galo, Chinela turca e eram muito amigos, porém após o governo de
o conto da Vara. Este último deixou Anjinha extremamente Juscelino K. ambas famílias lutaram até a morte do
excitada. seu clã.
( ) D. Quitéria ao ir na sua antiga casa encontra
sua família muito triste pela perda da chefe da
OBRA: INCIDENTE EM ANTARES família.
AUTOR: ÉRICO VERÍSSIMO ( ) Tibério e Quitéria são apaixonados e acabam
ESCOLA LITERÁRIA: MODERNISMO – 2ª GERAÇÃO se casando na eternidade, após o enfarto fulminante
ANO DE PUBLICAÇÃO: 1971 de Tibério Vacariano.
GÊNERO: ROMANCE
TEMAS: POLÍTICA, CRÍTICA À SOCIEDADE, INJUSTIÇA,
MISÉRIA, MEDIOCRIDADE OBRA: O PAGADOR DE PROMESSAS
DIVISÃO DA OBRA: 2 PARTES AUTOR: DIAS GOMES
LOCAL: RIO GRANDE DO SUL e RIO DE JANEIRO ESCOLA LITERÁRIA: LITERATURA
NARRAÇÃO: 3ª PESSOA – NARRADOR ONISCIENTE E CONTEMPORÂNEA
ONIPRESENTE ANO DE PUBLICAÇÃO: 1959
GÊNERO LITERÁRIO: DRAMÁTICO
( ) “Incidente em Antares” pode ser classificado como um TEMAS: INTOLERÂNCIA, TRAIÇÃO,
romance político, de Érico Veríssimo. INTRANSIGÊNCIA, AMBIÇÃO, LUXÚRIA,
( ) Temos na obra 187 capítulos divididos em duas partes: RELIGIOSIDADE
Antares e o Incidente. DIVISÃO DA OBRA: 3 ATOS
( ) Na primeira parte do romance, temos a apresentação da DURAÇÃO DA HISTÓRIA: 1 DIA
cidade e os personagens; já na segunda parte, temos a ação LOCAL: SALVADOR – BA
propriamente dita: os defuntos que vêm a terra reivindicar o
direito de serem enterrados e também para denunciar a ( ) O Pagador de Promessas de Dias Gomes
corrupção existente na cidade. vemos o sofrimento de um personagem-protagonista
Zé-do-Burro para realizar sua promessa feita a Iansã,
AULÃO DE LITERATURA - LIVROS VESTIBULAR UFSC/ UDESC/ ACAFE/ CEFET
PROFESSORES: CLÁUDIA R. SILVEIRA (claudinhalit@yahoo.com.br)
SÉRGIO M. MACHADO (ciavanguarda@yahoo.com.br)

Santa Bárbara católica, uma vez que o padre Olavo não o ( ) Belchior , André, Leôncio, Sérgio e Henrique,
permite. queriam Isaura como mulher.
( ) Zé-do-Burro indo pagar sua dívida à santa, caminhando ( ) Rosa morria de inveja de Isaura, pois essa
7 léguas com sua esposa, uma cruz pesada como a de Cristo havia roubado seu senhor , Leôncio.
e com seu burro Nicolau. ( ) Isaura e Álvaro terminam juntos e felizes para
( ) Rosa acaba tendo um caso com o Galego e este ainda sempre.
briga com Minha Tia que também o deseja ardentemente.
( ) Marli e Bonitão são felizes, considerado na trama como
casal 20 e harmoniosos.
( ) Zé-do-Burro fez uma promessa a Iansã , porque não
havia a imagem de Santa Bárbara na igreja da paróquia.
( ) Galego , Minha Tia e Dedé Cospe-Rima são
representantes do folclore nordestino.
( ) Monsenhor Otaviano e Pe. Jerônimo não concordavam
em receber a cruz na igreja de Santa Bárbara.
( ) Sanches e Bento Alves viviam aprontando com Rosa,
pois adoravam seu modelito.
( ) D. Quita, a beata expulsa Zé-do-Burro e Rosa da frente
da igreja.
( ) O sacristão e a Beata são a favor do Padre Olavo.

OBRA: A ESCRAVA ISAURA


AUTOR: BERNARDO DE GUIMARÃES
ESCOLA LITERÁRIA: ROMANTISMO
ANO DE PUBLICAÇÃO: 1875
GÊNERO: ROMANCE REGIONALISTA
TEMAS: ESCRAVIDÃO, AMOR
DIVISÃO DA OBRA: 22 CAPÍTULOS
LOCAL: MUNICÍPIO DE CAMPOS DE GOITACAZES (RJ) E
RECIFE (PE)
NARRAÇÃO: 3ª PESSOA

( ) Isaura, assim como a maioria das personagens


românticas, é branca, bondosa, meiga e amada por todos.
Possui vários admiradores e também, por ser a queridinha da
dona da casa, muitos inimigos na fazenda.
( ) Belchior era um jardineiro e por causa de Isaura mata
com uma faca Henrique por ciúme.
( ) Isaura se mantém virgem (como todas as meninas que
estão aqui no aulão) desde o início o romance até o final –
isso é uma característica bem marcante no Romantismo.
( ) No fundo, Leôncio amava Malvina; queria Isaura apenas
para um passatempo.
( ) Isaura e Miguel fugiram e foram para Recife, refugiar-se
em uma chácara. Lá Isaura encontra Álvaro, o grande amor
de sua vida.
( ) Quem desmascara Isaura é o Dr. Geraldo, homem
mesquinho que estava de olho no resgate oferecido por
Leôncio.
( ) Não vemos a Escravidão como empecilho para subir
na sociedade.
( ) Isaura era filha do Comendador Almeida com a escrava
Juliana.
( ) Leôncio e Malvina se amavam e nada os separaria.
( ) Álvaro compra todos os títulos protestados de Leôncio e
passa a ser dono de tudo, inclusive de Isaura.

Interesses relacionados