Você está na página 1de 16

Cópia não autorizada

03.039
FUSrVEIS DE PEOUENO PORTE
NBR 5372
Erpecifica@a
ABRIL11983

sUMARl0

1 Objetivo
2 Normas e/w documentof complementares
3 Defini@s
4 Condi@es gerais
5 IlISP@

6 Forma& da amostra
7 Ensaios
8 Condi+s erpecificas
9 Aceita@a e reieitio
ANEXO A - Folhar de especificag%
ANEXO B - Correla& entre as folhas de especifica@es data Norma corn as folhas de especificaq6esdas normasmn
sultadas

.I OBJJTIVO
1.1 Esta Norma ten por objetivo:

a) estabelecer requisites uniformes para fusiveis de pequeno porte, de mod0

a proteger aparelhos ou partes destes, da maneira mais conveniente;

b) determinar o desempenho dos fusrveis, de modo a servir de guia nos proje -


tos de aparelhos e equipamentos eletricos ou eletronicos e assegurar a
reposi& dos fusiveis por outros corn dimensoes e caracter;sticas sew2-
I hates;

c) determinar dados necessaries para ensaios.

1.2 Esta Norma refere-se a fusyveis de pequeno porte destinados a prote&o de

aparelhos e equipamentos eletricos e eletronicos previstos para operarem em am


-
bientes protegidos. Nao se aplica a fusiveis para aparelhos previstos para supor
-
tar condi@es especiais, tais coma atmosferas corrosivas ou explosivas.

Oriaem: ABNT~3:32.01-001/1982
C&3 - Comit6 Brasileiro de Eletricidade
CE.3:32.01 - Comissdo de Estudo de Fusiveis de Pqueno Porte
Esta Norma substitui a NBR 5372i77
Esta Norma foi baseada na IEC 127/1971

SISTEMA NACIONAL OE ABNT - ASSOCIACAO ERASILEIRA


METROLOGIA, NORMALlZAPfO DE NORMAS T&NICAS
E QUALIDADE INDUSTRIAL c

Palavachave: fusiv&

CDU: 621.316923 Tcdm OS direitor resewados 36 *ginas


Cópia não autorizada

2 NBR 537211983

2 NORMAS E/OU DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

Na apl ica& desta Norma ‘it necessario consul tar:

NBR 5425 - Guia para inspeGao por amostragem no controle e certificagk da


qua1 idade - Procedimento;

NBR 7860 - Fusiveis de pequeno Porte - Metodo de ensaio.

3 DEFINl@ES

Para 05 fins desta Norma sao adotadas as defini@es de 3.1 a 3.17.


3.1 Dispositivo Fusz'vel

Dispositivo de prot@o, que opera pela fusao de “ma ou mais de suas partes cons-
tituintes apropriadas, interrompendo a corrente do circuit0 no qua1 ele esta in-
serido, quando esta ultrapassar urn valor especificado, por urn terto tempo especi
-
ficado. 0 conjunto fusivel subentende todas as partes que formam o dispositivo
de prote+.

3.2 Fusivel

Parte do dispositivo fusivel. que requer substi tui$% (ou recupera~$) a$5 a opg
ra& deste.

3.3 Ehncnti fusivel

Parte do fusivel que deve fundir quando o dispositivo fusivel opera.

3.4 Contuto do fusivel

Parte condutora do fusivel destinada a permitir sua liga@~ elgtrica.

3.5 Fusivd corn etement~ pxtegido

Fusivel no qua1 o element0 fusivel es& totaimente envolto e que foi projetado ’
para el imi nar qualquer efei to externo danoso durante a sua opera~ao dentrp das
especificaG6es.

Nota: Sk considerados efeitos danosos: arco externo, libera~ao de gases e eje-


$0 de chama ou particulas.

3.6 Fu&Je~ cartucho

Fus;vel corn element0 protegido que se cornpoe de urn tubo isolante (corpo) provide
de contatos cilindricos (capacetes) nas was extremidades.

3.7 corrente nominal do fu.sivel (In)

Corrente eficaz usada na designa+ de urn fusivel, a qua1 ele suporta continua
mente e sem deteriorasao, quando usado no respective suporte padrk de ensaio
(ver NBR 7860) ou em condi@es idkticas de utilizasao.
Cópia não autorizada

NBR 537211983 3

A partir da corrente nominal sao determinadas as condi@es de ensaio e de utili -


za+.

3.8 T'ensa"0
rumrim do fusiucz wni
Tens% eficaz usada na designa+ de urn fusivel, a partlr da qua1 sao determina-
das as condi@es de ensaio e 05 limites de tens& apes a opera+.

3.9 Tmpo de fu&


Tempo decorrido entre o inicio de uma corrente suficientemente grande para causar

ruptura do element0 fusivel e o instante em que se inicia o arco.

3,lD Caractem-stica Tempo/Corrente

S&ie de valores ou curva dando o tempo de fusa”o em fun+ da corrente.

3.11 A&o (tipo de)


Termo usado na designa+ de urn fusivel, relacionado corn a sua caracteristica tern-

po/corrente, simbolizado literalmente coma segue:


SUPER-RETARDADO (TT); RETARDADO (T); SEMI-RETARDADO (M); tiPID0 (F); SUPER-RAPiD

(FF); etc.

Corrente que circularia ~KJ circuit0 se urn fusivel ai situado fosse substituido

por urn condutor de impedsncia desprezivel, 5em qualquer al tera+ no circui to e

na fonte.

3.13 corrcnte presumida de interrup&o


Corrente presumida IX) instante correspondente ao inicio do arco na opera+% de um

fusivel.

3.14 ~en&io de restabelecimento

Ten& que aparece entre 05 terminais de urn fusi’vel , ap& este interromper a COT
-
rente.

Notu: Esta tens% inclui uma eventual componente transi t&ia e, necessariamente,!
ma componente fundamental que e constante para CC e periodica, corn a fre-
qG&ncia de trabalho, para CA. Assim, esta ten& pode ser considerada em
qualquer urn dentre dois intervalos de tempo consecutivos: urn, durante o
qua1 existe componente transitkia e outro, durante o qua1 existe apenas
componente fundamental.

3.15 Capacidade de intermp&o

Maiot corrente presumida de interrup$% que urn fusivel G capaz de inter-romper, 0

perando sob tens% nominal e sob condi@es especificadas.

3.16 Capacidade de intermpga"o nominal


Cópia não autorizada

4 NBR 5372/1983

Capacidade de interrup$% que 6 usada na designask de urn fusivel e que se encon -

tra nas folhas de especifica$oes.


3.17 Resist&&a maxima

Maxima resistencia eletrica a (20 + 2)OC entre os contatos de urn determinado tipo

de fusivel.

no&: Entende-se por resistkcia eletrica a frio aquela obtida par urn process0 de
mediG& que nao venha a aquecer 0 elemento fusivel.

4 CDNDlCdES GERAIS

Neste capitulo sao estabelecidos os requisites de ordem geral que os fusiveis de


vem satisfazer tanto para homologasao corn0 para recebimento; embalagem, acondicio -
namento, protegao, armazenamento e transporte devem set- adequados, e obedecer a

acordo estabelecido entre fornecedor e consumidor.

A conformidade g verificada por simples inspe$o visual.

5 INSPECAD

Na i nspegao, tanto para homologa$k corn0 para recebimento, devem set- observados
os itens 5.1 a 5.5, sendo a conformidade de cada case verificada par inspegao vi-

sual ou par meio de dispositivo auxiliar adequado.

5.1 Acabamentc

0s fusiveis nao devem apresentar defeitos tais coma: vidro ou plastico trincado,

capacete danificado ou oxidados fal ta de identificagao, etc.

5.2 Dimens&s

As dimewoes dos fusyveis devem estar de acordo corn as respectivas folhas de espy

cifica&.

5.3 Constm~a"o

0 element0 fusivel deve estar totalmente protegido. OS fusiveis devem ter em cada

extremidade urn capacete, de acordo corn a respectiva folha de especificaqao. Es te

capacete dew ser de metal nao-corrosive1 ou de metal convenientemente protegido

contra corrosao; alcm disso, nao deve estar coberto pr pasta para soldar ou ou-

tra substzncia nao condutora. Recomenda-se 0 use de capacetes de lata”o corn banho

de niquel ou prata come acabamento conveniente. Estes capacetes devem e?.tar Pre
SOS f i rmemente ao corpo do fusivel , de mdo que nao seja possivel destaca-los sem

danificar o fusivel.

Esta Norma presume basicamente que o corpo do fusivel 6 feito de vidro, ceramica

ou material similar. Para outros materiais poderk ser necessaries ensaios adicio -

nais.
Cópia não autorizada

NBR 537211983 5

5.4 Alinhamcnto
OS capacetes e o corpo devem estar em al inhamento razoavel . A conformidade G va-
rificada quando o fusivel passa inteiramente atraves do orificio do gabarito da

Fiy~ra 1, sob 0 proprio peso.

FIGURA 1 - Gabarito

nota: As dimensoes JJ e d do gabarito S~O dadas nas respectivas folhas de especi -


f ica&es.

5.5.1 Cada fus;vel deve vi? marcado, de manei ra faci I mente I egivel , corn:

5.5.1.1 Tips, constando de:

a) simbolo correspondente 2 a$o de acordo corn a respectiva folha de es-


pecifica$So. Este simbolo deve sempre preceder a corrente nominal;

b) corrente nominal em mi I iamp‘eres (m4) para correntes nominais menores


que IA e em amp‘eres (A) pat-a correntes nominais de 1A ou mais;-~

c) tens% nominal em volts (VI.

5.5.1.2 NGmero da respectiva folha de especifica$o precedido da letra C (consi


derar a observa$ao de 4.5.3).

5.5.1.3 Nome do fabricante ou marca de fabrica.

5.5.2 As indica@es acima devem ser impressas tambiim na embalagem, junto cbm a
referkia sobre esta Norma e o c6digo dado na folha de especifica@o correspon -
dente.

5.5.3 Exemplo: Fusivel de 500 m4, 250 V, corn retardo, dime&es 5mo x 20 mm e o
Cópia não autorizada

6 NBR 537211983

bedecendo a folha de especific&o nO 04.

5.5.3.1 Indica&s a niarcar:

T 500 m/I

250 v

CO4(')
Nome ou marca de fabrica

5.5.3.2 lmprimir na embalagem:

T 500 mA

250 v

CO4(')
Nome ou marca de fibrica

NBR 5372 - 04 - 5000

Conforme NBR 5373.

6 FORMAC/iO DA AMOSTRA

Considerar dois cases, conforme 6.1 e 6.2.

0 tximero requerido para a forma+ da amostra 6 de 48 unidades retiradas ao atas

da prod@% normal, das quais 12 sao reservadas para o case de ser necessario re
-
fazer algum dos ensaios.

6.2 Sara recebimento

0 nimero de unidades requerido para a formasao da atwstra deve ser determinado


u
tilizando a norma NBR 5425 corn inspeGa"o normal, nivel de inspe@'o II e NQA = 6,5%.

Outros valores poderao ser adotados median& acordo entre fabricante e consumidor.

Se houver mais de urn late, as unidades da amxtra devem ser retiradas de todos 05
lotes, em quantidades proporcionais ao tamanho de cada urn.

7 ENSAIOS

OS fusiveis devem ser submetidos aos ensaios de 7.1 e 7.2, Segundo os procedimen
-
tos indicados na NBR 7860.

7.1 Para homologaqao:

a) queda de tensso maxima sobre o fusivel;

b) vida;

(1) Somente quando destinados a equipamentos profissionais ou quando solicitado


pelo konsumidor.
Cópia não autorizada

NBR 5372/1983 7

c) temperatura elevada; ,

d) caracteristica tempo/corrente;

e) capacidade de i nterrup@;

f) reten+% dos capacetes;

g) solda na junGso;

h) legibilidade \e indelebilidade das indica$Ges marcadas.

7.2 Para recebimento:

a) queda de tensso tixina no fusivel;

b) caracteristica tempo/corrente;

c) reten$o dos capacetes.

Noti: Durante a real izags desses ensaios deve ser comprovado que OS fusiveis fo
ram projetados e construidos de mode a serem seguros e eficientes na opera
-
&To e coerentes no desempenho corn:
a) qualquer corrente, at6 a capacidade de interrupsao nominal inclusive,
b) qualquer tensao, ate a tensso nominal inclusive:
Durante a opera@ do fusivel , 60 deve ser produzido nenhum arco permanen
te, nem faisca externa ou chama capaz de por em perigo o meio adjacente.2
$5 a opera$o, o fusivel nao deve ter sofrido dano algum capaz de impediT
sua substituigao e as indica+es marcadas ainda devem estar legiveis.

8 CONDlCbES ESPECI-FICAS

As condisoes especificas apl icaveis a inspe+o e a cada ensaio sao encontradas


nas respectivas folhas de especifica@o.

9 ACElTA’$iO E REJEICAO

9.1 Homologa&%

Verificar o atendimento aos capitulos 4, 5 e se+Ti 7.1.

3.1.1 Niio se permite falha IX) atendimento ao capitulo 4,salvo acordo entre for -
necedor e usuario.

9.1.2 N%o se permite falha nos ensaios correspondentes 5s se&es 5.1, 5.2, 5.3,
5.4, 5.5, 7.l.a, 7.l.c, 7.l.e, 7.l.f, 7.1.9 e 7.1.h.

9.1.3 Per-mite-se uma falha em cada urn dos ensaios correspondentes is se@s
7.1.b e 7.1.d. Se nestes ensaios ocorrerem duas falhas em qualquer correnta, con
-
sidera-se que OS fusiveis 60 obedecem a esta Norma.
Cópia não autorizada

8 NBR 537211983

No ensaio 7.l.d, todavia, deve ser adotado o seguinte procedimento:

a) se ocorrer uma falha, CJ ensaio deve set- repetido no dobro de annstras, na


mesma corrente e uma segunda falha sera causa de rejeiG;o;

b) se ocorrerem duas falhas, ma5 n%~ ambas no mesmo ensaio (corrente), o fu


-
sivel podera 5er aprovado desde qua nao haja outras falhas ao repetir OS

ensaios no. dobro de amostras;

c) se cxorrerem mais de duas falhas, considera-se que 05 fusiveis Go obede -


cem 5 esta Norm.

9.2 Recebimento

Verificar o atendimento aos capitulos 4, 5.e se@ 7.2.

9.2.1 N% se permite falha no atendimento ao capitulo 4,salvo acordo entre for -

necedor e consumi dor.

9.2.2 OS criterios de aceita@ para o capitulo 5 e sec$io 7.2 devem obedecer 5s

Tabelas da NER 5425 (ver 6.2).

IANEXO A
Cópia não autorizada

NaR 537211983

ANEXO - FOLHAS DE ESPECIFICACAO

DIMENSBES NOMINAIS TIP0 DE A@O: F CAP.DE INTERRUP@O FOLHA DE ESPECIFICA


32~~ x 6,3mm RAPID0 BAIXA CA0 01 -

TENSE0 NOMINAL: 250 V

31,8 +0,8

CONSTRU@O: Corpo-vidro; Capacete-la&; Acabamento-niquelado; CIU de acordo corn


5.3 desta Norma.
ALINHAMENTO: dime&es do gabarito: h = 38mm, d = 6,55 i 0,Ol mm (ver 5.4 desta
Norma).
INDICACnES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo).
Nimero da respectiva folha de especifica$%, precedido da

1 etra "C".
NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

NBR 5372 01-4001 I F4,OA250V I 4000


NBR 5372 01-5001 F5,OA250V 5000
NBR 5372 01-6001 1 F6,OA250V I 6000
CAPACIDADE DE INTERRUPQiO NOM.: 1OOA ensaiado corn tens% CA (vet- cap. 7 desta
Norma).
CARACTERTSTICA TEMPOKORRENTE : 0 tempo de f&o deve estar compreendido . entre
os limites indicados :
CORRENTE 1,lO In 1,35 In 2,0 In
NOMINAL min max max
101114 a 6~ 4h lh 5s

ENSAIO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860).


Cópia não autorizada

10 NBR 5372/1983

DIMENSUES NOMINAIS TIP0 DE A@O: M CAP.DE IN;$RUP<&O FOLHA DE ESPECIFICA-


32mm x 6,3mm MCDIO (740 02

@ 6,35 k 0,lO
TENSAO NOMINAL: 32 V

Dimensoes em mn

CONSTRUCAO: Corpo-vidro;Capacete-latao; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn 5.3


desta Norma.

ALINHAMENTO: dimensoes do gabarito: h = 38mm, d = 6,55 * 0,Olmm (ver 5.4 desta Nor
ma).

INDICA@ES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo)


NGmero da respectiva folha de especificagk, precedido da la
-
tra "C".
NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

Corrente
CODIGO TIP0 Nominal
A
NBR 5372 02-4001 M4,OA32V 4
NBR 5372 02-5001 M5,OA32V 5
NBR 5372 02-6001 M6,OA32V 6
NBR 5372 02-7001 M7,OA32V
NER 5372 02-7501 M7,5A32V :,5
NBR 5372 02-8001 M8A32V
NBR 5372 02-1002 MlOA32V 10
NBR 5372 02-1502 M15A32V 15
NBR 5572'02-2502 M25A32V 25
NBR 5372 02-3002 M30A32V 30

CARACTERISTICA TEMPO/CORRENTE: 0 tempo de fuss0 deve estar compreendido entre 05


limites indicados:

CORRENTE 1,l I" I I,35 I" ( 2,0 In


NOMINAL ml" max ! n?.ax
4Aa30A 1 4hI lh 1 10s

ENSAIO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860).

(1) Mediante acordo entre fabricante e consumidor.


Cópia não autorizada

NBR 5372/1983 11

DlMENSdES NOMINAIS TIP0 DE ACAO: T CAP. DE INTERRUP@O FOLHA DE ESPECIFI-


32mm x 6,3mm RETARDADO (1) CACAO 03

m 6935 t O,IO
TENS&O NOMINAL: 125 V

31,8 +0,8 Dime&es em mm


r-

CONSTRUCAO: Corpo-vidro; Capacete-la&; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn

5.3 desta Norma.

ALINHAMENTO: dimens& do gabarito: h = 38mm, d = 6,55 ?- 0,Olmm (ver 5.4 desta


Norma).

INDlCACaES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo).

NGmero da respectiva folha de especificaG:o, precedido da le-


tra “C”.

NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

CARACTERTSTICA TEMPO/CORRENTE: Otempo de fusao deve star compreendido entre OS

limits indicados:

CORRENTE 1,l In I,35 In 2,D In


NOM I NAL mln max m,n

lOda5A 4h 1 h 55

ENSAIO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860).

(I) Mediante acordo entre fabricante e consumidor


Cópia não autorizada

DIMENSUES NOMINAIS TIP0 DE A@O: T CAP. DE INTFi?xIJP@O FOLHA DE ESPECIFI


32mm x 6,3mm RETARDADO CACAO 03 cont.-

$ 6,35 i- 0,lO
TENSfiO NOMINAL: 125 V

Dimensoes em mm

CONSTRU@O: Corpo-vidro; Capacete-latao; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn


5.3 desta Norma.
ALINHAMENTO: dimens&s do gabarito: h = 38mm, d = 6,55 * 0,Olmm (ver 5.4 desta NO;
ma).
INDICA@ES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo).
Ntimero da respectiva folha de especificafao, precedido da le-
tra “C”.
NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

CARACTERISTICA TEMPOKORRENTE: 0 tempo de fuss0 deve star compreendido entre 05


I imi tes indicados:

CORRENTE 1,l In I,35 In 2,0 In


NOMI NAL mln max mln

1omA a 5A 4h 1 h 55

ENSAIO DE VIOA (de acordo corn NBR 7860).


(1) .Mediante acordo entre fabricante e consumidor.
Cópia não autorizada

NBR5372/1983 *?

DIMENS~ES NOMINAIS TIP0 DE AI$O: T CAP. DE INTERRUPCR 3 1 FOLHA DE ESPECi


2Omr x 5mm RETARDADO FICA@0 04 -

TENS&O NOMINAL: 250 V

DimensGes em mm

CONSTRU@O: Corpo-vidro; Capacete-la&; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn


5.3 desta Norma.
ALINHAMENTO: dime&es do gabarito: h = 30mm; d = 5,38 2 0,Olmm (VW 5.4 desta
Norma).
INDICAc6ES A MARCAR:TlPO (vet- na Tabela abaixo).
Numero da respectiva folha de especificagao, precedido da le
-
tra "C".
NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE F&RICA.

Tensao Max.

,,, L YJL”
I

NBR 5372 04-0400 I


NBR
..-.. 5172 04-0500
__, ~_.~ ,
NBR 5372 04-0630
NBR 5372 04-0800
NBR 5372 04-1000
NBR 5372 0471250
NBR 5372 04-1600
NBR 5372 04-2000
NBR 5372 04-2500
NBR 5372 04-3150
NBR 5372 04-4000
NBR 5372 04-5000

CAPACIDADE DE INTERRUP@O NOM.: 35A ou 10 In (o qua for maior), ensaiado corn ten-
S&J CA (ver cap. 7 desta Norma).
CARACTERISTICA TEMPOKORRENTE : 0 tempo de fusao deve estar sempre compreendidn
entre 05 limites indicados:

CORRENTE 1,l In 2,l In 2,75 In 4,0 In 10 In


NOMINAL ml" max mln max ml" max m,n
32mA a lOOm4 1 h 2 min 200 ms 1 10 5 40 ms ] 3 5 10ms 1 3Es
iood a 2,5~ lh 2 min 600 ms ) IO s 150 ms 1 3 s 20 ms ( 300 ms
ENSAlO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860): 100 ciclos a I,2 In; seguido par 1 h a
1,5 In.
Cópia não autorizada

14 NBR5372/1983

DlMENSdES NOMINAIS TIP0 DE A@O: T CAP.DE lNTERRUP@O FOLHA DE ESPECIFI-


20mm x 5mm RETARDADO BAIXA CAGRn 04 Cont.

m---!-n---I $ 5!2 ‘-,“‘;

TENSE0 NOMINAL: 250 V

Dimensoes em mm

CONSTRU@O: Corpo-vidro; Capacete-la&; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn 5.3


desta Norma.

ALINHAMENTO: dimewoes do gabarito: h = 3Omn, d = 5,38 + 0,Olmm (ver 5.4 desta Nor
-
ma).

lNDlCA@ES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo).


NGmero da respectiva folha de especificagao, precedido da le
-
tra "C".
NOME 00 FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

Corrente Queda de
CbDlGO TIP0 Nominal Tens& &x.
IllV
NBR 5372 04-3151 T3,15A250V 320 100
NBR 5372 04-4001 T4,OA250V 4000 100
NBR 5372 04-5001 T5,OA250V 5000 100
NBR 5372 04-6301 T6,3A250V 6300 100

CAPACIDADE DE INTERRUP@O NOM.; 35 In ou 10 In (0 que for maior) ensaiado corn ten


-
sao CA (ver cap. 7 desta Norma).

CARACTERTSTICA TEMPOKORRENTE: 0 tempo de fusk deve estar compreendido entre 05


limites indicados:

CORRENTE I,1 In 2,l In 2775 In 4 In 10 In


NOMINAL ml n max m,n mx ml" max ml" max
2,5A a 6,3A lh 2 min 600 ms 10 5 150 ms 3 s 20 ms 300 nls

ENSAIO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860): 100 ciclos a 1,2 In; seguido par lh 5
1,5 In.
Cópia não autorizada

NBR5372ll983 15

DIMENSOES NOMINAIS TIP0 DE A'$O: F CAP.OE INTERRUP#O FOLHA DE ESPECI-


32mm x 6,3mm RAPID0 BAlXA ,f,lCA@O 05

$ 6,35 f O,IO

TENSE0 NOMINAL: 60 V

Dimewoes em mm

CONSTRUCAO: Corpo-vidro; Capacete-la&o; Acabamento-niquelado; ou de acordo COm

5.3 desta Norma.

ALINHAMENTO: dime&es do gabarito: h = 38mm, d = 6.55 i- 0,Olmm (ver 5.4 desta


Norma).

INDICA@ES A MARCAR: TIP0 (ver na Tabela abaixo).


Nimero da respectiva folha de especificasao, precedido da le-
tra "C".
NOME DO FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

Corrente Queda de
CdDlGO TIP0 Nominal Tensa"o max.
A mV
NBR 5372 05-5001 F5A60V 2,3 200
NBR 5372 05-6301 F6,3A60V 200
NBR 5372 05-8001 F8A60V 8 200
NBR 5372 05-1002 FlOA60V 10 200

CAPACIDADE DE lNTERRUP$/iO NOM.: 35 A ou 10 In (o que for maior) (ver capitulo 7


desta Norma).

CARACTER'TSTICA TEMPO/CORRENTE: 0 tempo de f&o deve estar compreendido entre 05


limites indicados:

CORRENTE 2 In L75 In 4 In 10 In
NOMINAL max mln max mln 1 max max
5A a 10A 20 5. 20 nl5 1,Ss 8ms 400 ms 80 rns .

ENSAlO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860): 100 ciclos a 1,2 In; seguido par 1 h a
1,5 In.
Cópia não autorizada

16 NW537211983

DlMENSdES NOMINAIS TIP0 D; A@O: T CAP.DE INTERRUPcfiO FOLHA DE ESPECIFI


38mm x 1Omn RETARDADO ALTA CA@0 06 -

$ lo,3 f0,4

TENS&O NOMINAL: 250 V 20 +3


-2
38,l +0,8 Dime&es em mm
lE!Y
CONSTRU@O: Corpo-vidro; Capacete-la&o; Acabamento-niquelado; ou de acordo corn
5.3 desta Norma.
ALINHAMENTO: dimen&es do gabarito: h = 40mm, d = 11,O i 0,lmm (ver 5.4 desta Nor-
ma).
INDICACBES A MARCAR: TIP0 (vet- na Tabela abaixo).
Nimero da respectiva folha de especifica@o, precedido da le-
tra "C"
NOME DO'FABRICANTE OU MARCA DE FABRICA.

CAPACIDADE DE lNTERRUP@O NOM.: lO.OOOA, ensaiado corn tens& CC (ver capitulo 7


desta Norma).
CARACTERTSTICA TEMPO/CORRENTE: 0 tempo de fuss0 deve estar compreendido entt-e OS
limites indicados:

CORRENTE 1,35 InI 2,0 In


NOMINAL mx ml n
I
0,lA a 10A I lh 1 12 s

ENSAIO DE VIDA (de acordo corn NBR 7860).