Você está na página 1de 10

PlayStation Portable

A Evolução dos Jogos em Sistemas Embarcados

Allan Chbane Bosso


allan.bosso@gmail.com

Alessandro Cristian Fernandes


cristianfrnd@gmail.com

Rafael Ferraz
rafasgtusp@gmail.com

Sinopse - Este trabalho tem como objetivo apresentar o maior e mais pesado [3] e por isso também é conhecido
PlayStation Portable, ou PSP: o console portátil de jogos da como “PSP Fat”.
Sony. Primeiramente o console será apresentado de maneira Com o surgimento do PSP 1000, o mercado dos
geral e posteriormente cada versão deste será detalhada com videogames portáteis que estava relativamente dormente
ênfase em seu hardware. há algum tempo, ficou novamente aquecido. A idéia de ter
no bolso um PlayStation 2 para levar em qualquer lugar foi
Palavras chave – PSP; memória; processador; hardware, o grande marco que causou impacto durante o surgimento
design;
e lançamento do PSP 1000. Porém, o mercado também
estaria sendo aquecido pela concorrência não muito menos
I. INTRODUÇÃO importante, a Nintendo, que lançou o Nintendo DS.
Tendo seu lançamento anunciado durante a Electronic Enquanto a Nintendo focava nas suas duas telas sensíveis
Entertainment Expo (E3) [1], realizada no Los Angeles ao toque, o PSP 1000 FAT tinha como principal
Convention Center em 2003, PlayStation Portable (ou característica o investimento em funções multimídia com
PSP) é uma plataforma portátil de entretenimento uma tela widescreen excelente.
produzida pela Sony Computer Entertainment Inc (SCEI).
Segundo a Sony, o objetivo principal do PSP é
expandir, para fora de casa, o entretenimento que seus
consoles da época proporcionavam apenas para dentro de
casa.
Além do suporte aos videojogos, ao longo de sua
história o PSP tentou se firmar como uma plataforma all-
in-one, dando suporte a diversas outras atividades como
conexão Wi-Fi, Bluetooth, reprodução de vídeos, mp3 e
outros.
Com o tempo, modificações tanto no hardware quanto
no firmware do console foram se tornando necessárias
para acompanhar consoles portáteis concorrentes (como o Figura 01. Imagem frontal do PSP-1000 (FAT). Fonte:
Nintendo DS) e a exigência dos consumidores. Portanto, http://cgamersbrasil.blogspot.com/2010/08/psp-volta-ao-primeiro-
lugar-nos_21.html
este trabalho está dividido em: Introdução, uma parte para
cada uma das quatro versões do console, comparação com
seu maior concorrente (Nintendo DS) e Conclusão. As A. Dimensões, peso e display
versões do console serão principalmente estudadas a partir As dimensões do console são: 17cm x 7.4cm x 2.3cm
das modificações em seu hardware em comparação à (largura, altura, profundidade), com uma tela de LCD de
versão anterior. 11cm de comprimento em widescreen 16:9, resolução de
II. PRIMEIRA VERSÃO: PSP-1000 480x272px e 16.770.000 cores.
Seu peso é de aproximadamente 280g com a bateria.
O PSP-1000 é a primeira versão do PlayStation
Portable lançada pela Sony, chegando primeiramente ao B. Bateria
Japão em Dezembro de 2004 [2]. Na época em que foi Com uma bateria recarregável de íon-lítio de 1800
lançado, era considerado o console portátil de jogos mais mAh, é possível jogar por volta de 7 horas sem precisar
poderoso em termos de processamento, mas também o recarregar.
anteriores (inicialmente 100 MHz). No entando, para isso
C. Áudio foi necessário reduzir as memórias cache a 8 KB cada. A
Alto-falantes estéreo embutidos com som 3D, alta velocidade de clock também foi atingida graças à
sintetizador e equalizador garantem uma ótima qualidade técnica de segmentação profunda. Posteriormente foram
de som ao jogador. Ainda há suporte aos formatos WMA, lançadas outras versões do R4000 com pequenas
ATRAC3 plus, AAC e, claro, MP3. diferenças.
Diversas extensões estão disponíveis para o R4000,
D. In put/Output incluindo MIPS-3D que é um conjunto simples de
O PSP-1000 possui suporte a Wireless LAN 802.11b, instruções de ponto flutuante SIMD dedicadas às tarefas
tornando possível que os usuários se conectem a redes sem 3D comuns, o que aumenta a capacidade do processador
fio. Contava com o inovador (para a época) USB 2.0 e para o processamento de gráficos (muito útil para o PSP
entrada para cartões de memória flash do tipo Memory por exemplo, que requer elevada carga de processamento
stick PRO duo, além da pouco utilizada comunicação via gráfico).
infravermelho (IrDA). As suas instruções tem à disposição um conjunto de
Uma grande inovação do console, que foi mantida por 32 registradores para realizar as operações, mas alguns
diversas versões, é seu leitor de Universal Media Disc destes registradores não podem ser usados por
(UMD), que é uma mídia em formato de disco ótico programadores, pois são usados pela própria máquina para
desenvolvida pela Sony especificamente para o uso no armazenar informações úteis.
PlayStation Portable. Um disco UMD suporta até 1.8
gigabytes de dados, que podem incluir jogos, filmes, 2. MIPS
músicas e outros tipos de arquivos. Sua diferença para a MIPS (Microprocessor without interlocked pipeline
tecnologia “Minidisc”, outro formato muito parecido stages) é uma arquitetura de microprocessadores RISC
desenvolvido pela Sony, é que não são comercializadas (Reduced Instruction Set Computer - ou seja,
mídias virgens para evitar a pirataria (o que não adiantou Computadores com Conjunto de Instruções Reduzidas)
muito, pois é possível colocar jogos pirateados no cartão desenvolvida pela MIPS Computer Systems, a mesma
de memória flash). desenvolvedora da série de microprocessadores R4000.
Isso significa que existe um conjunto bastante pequeno de
E. Microprocessador instruções que o processador sabe fazer, mas combinando
Todos os modelos de PSP são equipados com o este pequeno número, podemos criar todas as demais
mesmo microprocessador, o que é uma boa estratégia para operações e assim o processador possui um melhor
que os jogos funcionem perfeitamente em qualquer versão desempenho.
do console.
Pela sua elegância e simplicidade, processadores MIPS
O microprocessador principal é conhecido como
“Allegrex”, com 32 bits e arquitetura MIPS são bastante usados em cursos de arquiteturas de muitas
(Microprocessor wihout Interlocked Pipeline Stages) do universidades. Ele é considerado um processador bastante
tipo RISC (Reduced Instruction Set Computer). Sua CPU didático. Projetos MIPS são atualmente bastante usados
é baseada na arquitetura do processador Rabbit 4000 em muitos sistemas embarcados como dispositivos
(Little Endian), contendo uma unidade de ponto flutuante e Windows CE, roteadores Cisco e video-games como o
um vetor de unidade de ponto flutuante. Este Nintendo 64, Playstation, Playstation 2 e o próprio
microprocessador possui a frequencia de 333 MHz, porém Playstation Portable como citado. Abaixo é apresentado
inicialmente era forçado a trabalhar a apenas 222 MHz por um diagrama do sistema lógico do PSP-1000 FAT.
razões desconhecidas. Em 2007 a Sony removeu esta
limitação.
Há ainda um microprocessador secundário, este mais
responsável pelo tratamento das mídias. É equivalente ao
primário, a não ser pela falta de uma unidade processadora
de vídeo e pela presença de um hardware para
decodificação multimídia. Ambos possuem 16 KB de
memória cache.
1. Série R4000
A série de processadores R4000 foi desenvolvida
pela MIPS Computer Systems e comercializada
inicialmente em 1991. O R4000 estendeu o conjunto de
instruções dos MIPS a uma arquitetura de 64 bits (apesar
da versão para PSP ser de 32 bits) e se diferenciou por ter
seu FPU (Floating Point Unit) no mesmo circuito, assim Figura 02. Diagrama do System Chip Block do PSP-1000
foi possível criar um sistema de chip único operando a
uma velocidade de clock superior à de seus processadores
3. Processadores Superpipeline, utilizados no Apesar do grande potencial de arquiteturas pipeline e
PSP superescalares, algumas limitações impedem a exploração
Num Processador Superpipeline, os estágios do agressiva destas técnicas, na forma de pipelines mais
processador pipeline são divididos em subestágios. O grau profundos e muitas vias de execução. A seguir são
de superpipeline é medido pelo número de subestágios em discutidas estas limitações.
que é dividido um estágio. No exemplo o estágio é
dividido em dois subestágios, portanto o grau de Tempo do ciclo de clock:
superpipeline é dois. quanto mais estágios, menor o tempo de ciclo e,
portanto, menor é o tempo em que as unidades
devem operar;
quanto mais estágios, mais paradas por
dependência irão ocorrer (>CPI), até um ponto
em o desempenho começa a diminuir;
quanto mais estágios, mais tempo é gasto no
gerenciamento do pipeline.
Taxa de busca e despacho:
essa limitação é conhecida como gargalo de
Flynn;
consiste na impossibilidade de busca e despacho
de múltiplas instruções em um mesmo ciclo de
clock.

Figura 03. Diagrama em blocos de Processadores Superpipeline Além destas limitações, a arquitetura das máquinas atuais
não é adequada para muitas classes de aplicações. Como
Para obter a subdivisão dos estágios, é necessário ter exemplo, pode-se citar a utilização de memórias cache
um relógio funcionando numa freqüência múltipla da
na grande maioria dos computadores. Esta memórias, de
freqüência do estágio de forma a poder lançar a execução
alta velocidade e tamanho restrito, procuram tirar proveito
de uma instrução a cada subestágio. Superpipelines podem
obter resultados mais rapidamente que Superescalares em da concentração de referências existente em muitos
operações simples graças ao fato de obter resultados nos programas. No caso de aplicações científicas, muitas
meios-estágios. Para facilitar o processamento do psp, vezes é necessário o acesso a grandes conjuntos de
seria muito lenta a busca, decodificação, execução e dados (vetores e matrizes), os quais não apresentam esta
escrita de uma só instrução por isso o superpipeline é uma concentração de referências, não havendo nenhum
forma de não deixar os componentes internos do proveito do esquema de cache. Nestes casos, melhores
processador ociosos, para o psp isso é muito importante a resultados são conseguidos através da determinação dos
medida que para o processamento de gráfico as operações padrões de acesso aos dados e a utilização de uma
são muito repetitivas. estrutura pipeline de memória.
A seguir estão alguns exemplos de áreas de aplicação que
Pontos negativos: existe a necessidade de usar, entre os envolvem cálculos com vetores e matrizes:
subestágios, registradores que ajudam a aumentar o ciclo Aerodinâmica
total da instrução. Existe uma necessidade maior de Sismologia
controle que leva a existir um skew do relógio (atraso
Meteorologia
devido ao tempo de comunicação).
Física nuclear
4. SIMD Química molecular
(Single Instruction, Multiple Data), descreve um Dinâmica dos fluídos
método de operação de computadores com várias unidades Tais aplicações necessitam de alta precisão, operam com
operacionais em computação paralela. Neste modo, a grandes matrizes e/ou
mesma instrução é aplicada simultaneamente a diversos vetores, realizam repetitivas operações com dados
dados para produzir mais resultados. O modelo SIMD é representados em ponto flutuante e
adequado para o tratamento de conjuntos regulares de geralmente consistem em problemas envolvendo
dados, como as matrizes e vetores. Esse tipo de máquina modelagem 3D.
opera aplicando uma única instrução a um conjunto de Neste tipo de modelagem, as superfícies são aproximadas
elementos de um vetor. Sendo uma máquina que aplique a por uma malha de pontos (grid) e uma série de equações
n elementos uma determinada instrução e o vetor t
define o comportamento de cada ponto. Geralmente, as
contenha os elementos a serem processados, t terá todos
mesmas equações são utilizadas para operar sobre o
seus elementos calculados n vezes mais rápido que uma
máquina SISD na mesma tarefa. conjunto completo de pontos. Este tipo de característica
pode ser explorada pelas arquiteturas SIMD, uma vez que consideraveis no direcional permitindo melhor controle e
esta permite a operação da mesma instrução sobre um jogabilidade do usuário. Bateria Pandora de 75%. Placas
grande conjunto de dados. TA-085v2 superiores não acessando mais bateria
Uma operação vetorial típica pode operar sobre 2 aumentando sua vida útil, porém funciona ainda com a
conjuntos de n elementos e obter um terceiro conjunto de utilização da bateria de pandora. A placa TA-088v3 não
n elementos como resposta. O trabalho realizado por uma permite a utilização e a placa TA-090 é permite
instrução vetorial corresponde ao trabalho realizado por novamente a utilização.
uma estrutura do tipo laço (looping) em uma arquitetura
escalar.

Figura 04. Exemplo de Operação vetorial

F. Processador de Gráficos 3-D


Os chips gráficos também são iguais para todos os
modelos de PSP pelo mesmo motivo dos processadores.
Trata-se de um chip com frequencia de 166 MHz em
um barramento de 512 bits, com 2 MB de memória
DRAM renderizando 664 milhões de pixels e 35 milhões Figura 05. Frente e trás de um PSP-2000 branco [4]
de polígonos por segundo.

G. Memória
O sistema possui 32 MB de memória principal (8
vezes mais do que possuía seu maior concorrente na
época, o Nintendo DS), além de 4 MB de memória
eDRAM sendo 2 MB dedicados ao processador de
gráficos e 2 MB dedicados ao processador secundário.
Não há uma unidade de gestão de memória para
qualquer uma das CPUs.
III. SEGUNDA VERSÃO: PSP-2000
Apesar de todo o sucesso de vendas, após alguns anos
a Nintendo investiu mais no Nintendo DS e a Sony não
podia parar. Além disso, com o tempo alguns problemas
com o PSP-1000 foram sendo revelados: pixels “mortos” Figura 06. Imagem ilustrando as diferenças no slot de cartão de
memória. À esquerda, PSP-2000. [4]
no display de LCD, bateria muito curta, “loading” dos
jogos demorando cada vez mais…
Assim, em Setembro de 2007 chegou ao mercado a
segunda versão do PlayStation Portable, o PSP-2000,
mais fino, mais leve e com vários conceitos de hardware
revisados. Essa foi a alternativa para não perder a briga
comercial com o Nintendo DS que havia lançado sua
versão Lite. Com relação ao PSP 1000, versão 2000
apresentou as seguintes alterações além do peso e do
formato mais fino que melhorou bastante sua ergonomia:
Melhor utilização da bateria. Memória RAM de 64MB.
Melhorias na leitura de UMD. Navegador de internet mais
rápido.Melhorias na iluminação do LCD. Passou a
permitir carregar o dispositivo via USB. Melhorias
Figura 08. PSP ligado à televisão. Fonte:
http://www.gamespot.com/users/B-
bad/view_image?id=aYQN5xwm7h6f4h7m

D. Memória
Figura 07. Muitos usuários diziam que o PSP Fat possuía uma aparência
de antigo, sujo. Nota-se o motivo da reclamação na imagem: o Além das alterações no drive UMD, na tentativa de
modelo de cima é o PSP-2000, muito mais visualmente atrativo. minimizar o tempo de “loading” durante os jogos e
[4] também de melhorar o desempenho do console, foram
adicionados 32 MB de memória aos 32 MB já existentes,
A. Dimensões, peso e display somando assim 64 MB de memória principal no PSP-
O console teve suas dimensões revisadas. O PSP-2000 2000.
é 0.4cm menor em altura e 0.5cm menor em comprimento.
Sua largura continuou a mesma, o display também. IV. TERCEIRA VERSÃO: PSP-3000
A maior diferença ficou com o peso:
aproximadamente 90g a menos (33% de diferença). Marcado como um dos maiores pronunciamentos feitos
na “Games Convention” em Leipzig, Alemanha, 2008, a
Sony anunciou o PSP-3000, efetivamente lançado em
B. Bateria Outubro de 2008.
Apesar do peso ter agradado, a bateria é que foi Apesar de toda a propaganda feita, não houveram
sacrificada: ao invés dos 1800mAh anteriores, agora a muitas modificações em relação ao PSP-2000, é apenas
bateria de fábrica possui 1200mAh. “mais do mesmo”. Além disso, as poucas mudanças que
Apesar de um novo sistema para maior eficiência no ocorreram não agradaram, o que pode ser notado em
uso da bateria, já haviam reclamações quanto à duração da diversos fóruns onde a grande maioria dos usuários
bateria e isso apenas aumentou. Porém, para resolver o recomenda o PSP-2000 ao invés do PSP-3000.
problema, a Sony lançou uma bateria de 2200mAh que
poderia ser utilizada em ambos os modelos do console.

C. Input/Output
O PSP-2000 possui uma nova saída de vídeo para
televisão, podendo reproduzir numa resolução máxima de
720x480px. Além disso, o drive UMD foi revisado: os
“loadings” durante os jogos tornaram-se muito mais
curtos.

Figura 09. Pequena mudança no design da parte de trás do console.


Abaixo, o PSP 3000 e acima o PSP 2000. [5]
existentes em UMD para a memória, o que causou muita
frustração para usuários antigos.
Por outro lado, o design inovador e o peso muito
reduzido agradaram o mercado, mas a Sony informou que
o PSP-3000 ainda não sairá do mercado.
O novo dispositivo acompanha o software Sony
MediaGo, um aplicativo semelhante ao iTunes da Apple
que permite gerenciar músicas, filmes e jogos.

Figura 10. Diferença na imagem entre PSP-3000 (esquerda) e PSP-2000


(direita). [5]

A. Dimensões, peso e display


As mudanças em suas dimensões e em seu peso foram
mínimas, quase sem alterações. A maior mudança neste
quesito foi em relação ao display: um novo LCD que
exibe o dobro da gama de cores do que sua versão
antecessora, além de cinco vezes mais contraste, com a
tentativa de dar à sua imagem um realismo incomparável Figura 12. PSP-Go e seu design inovador. Fonte:
http://www.portaldasnoticias.com/psp-go-e-uma-das-novidades-
para a época. Não foi o que ocorreu. Ao invés de serem da-sony-na-e3-2009/
alinhados verticalmente, os pixels foram alinhados
horizontalmente, um erro gravíssimo que causa distorções
na imagem e muitos usuários descontentes.

Figura 11. Displays das diferentes versões sob microscópio,


evidenciando o problema.

V. QUARTA VERSÃO: PSP-GO


Anunciado em Outubro de 2009 durante a Electronic
Entertainment Expo (E3), o PSP-Go, diferentemente do
PSP-3000, chegou ao mercado com grandes alterações Figura 13. Acima, PSP-3000. Abaixo, PSP-Go. Nota-se a grande
diferença entre os designs. [6]
tanto internas quanto externas em relação aos seus
antecessores. A. Dimensões, peso e display
Mas sua recepção pelos usuários não foi perfeita. Suas dimensões foram alteradas completamente.
Muitos reclamam que o console portátil ainda não possui Agora o PSP possui 12.8 x 6.9 x 1.65 cm (largura,
um segundo botão analógico, há muito tempo requisitado. altura, profundidade). O novo peso, de 158g, também
Outro problema é a ausência do drive UMD (será agradou.
comentado posteriormente), o que força a grande maioria A resolução mantém-se a mesma, porém o display foi
dos jogadores a comprar jogos pela própria loja online da reduzido para 3.8”.
Sony (rede Sony PlayStation) e não mais por lojistas. Por
isso muitos países, a princípio, se recusaram a vender o
PSP-Go. Também não é possível transferir os jogos já
B. Bateria é importante, para não sobrecarregar o processador central
Mais uma vez a bateria é sacrificada pelo tamanho e com várias tarefas as quais poderiam estar sendo feitas em
peso. Se a bateria anterior era criticada com 1200 mAh, paralelo. Com design mais ousado, telas maiores e em
esta é ainda mais com apenas 930 mAh, mas ainda é formato Wide, controladores analógicos mais precisos,
superior à de seu concorrente Nintendo DSi. alto-falantes de qualidade industrial e um nome definitivo:
Além da capacidade reduzida, agora a bateria é fixa, ou Nintendo DS. Ao contrário do nome genérico que se
seja, o usuário não pode comprar uma com maior referia ao código de fabricação do produto, agora o nome é
capacidade ou carregar mais de uma para trocar caso em homenagem a “Dual Screens”.
esgote.
C. NintendoDS
C. Input/Output
A Sony desistiu do drive UMD, trocando-o por um
leitor de Memory Stick Micro e removendo o leitor de
Memory Stick PRO Duo. A nova capacidade para a
memória flash é de 16GB, além dos novos 16GB de
memória interna, um ganho enorme para o console.
Outra modificação foi a inclusão da tecnologia
Bluetooth 2.1 EDR.
VI. CONCORRENTE: NINTENDO DS
A. Importância da discussão
Por ser um concorrente direto do PlayStation Portable, a
grande maioria das comparações feita no mercado é entre
ambos. Comparar a qualidade gráfica, de áudio e voz, e as
opções de cada um faz a cada nova versão é importante, Figura 15. Console portátil da Nintendo. Fonte:
afinal a medida que um evolui o outro também tem que http://emuladoreseroms.buscasulfluminense.com/category/emuladore
evoluir para não perder mercado. Isso é interessante pois s/nintendo-ds/
força as duas grandes empresas (Sony e Nintendo) a
desenvolver hardwares, softwares e técnicas para
processamento gráfico mais eficazes e inovadores. Com dois visores (um sensível ao toque), reconhecimento
de voz, rede sem fio de alta velocidade e chat como
atrativos principais, o DS tem um copo montando em
platina de alta resistência e incrível leveza, em formato de
folder. A Nintendo esta desenvolvendo um produto que
para sair da porta de casa, um produto de bolso de alta
qualidade, então investe muito no produto para ter retorno
posteriormente. Os botões controladores de jogo são
sensíveis a diferentes pressões, assim como no Game
Cube, e uma caneta stylus fica escondida na lateral do
aparelho. A Nintendo garante que a malha sensível
utilizada no visor inferior é de extrema resistência, capaz
Figura 14. Nintendo DS fechado. Fonte:
http://ene3.com/archives/014494.html de suportar o mais assíduo gamer. A jogabilidade é
incrível, em Metroid Primer (da própria Nintendo), você
joga em primeira pessoa, controlando a câmera, atirando,
Na acirrada guerra dos games portáteis, duas gigantes recarregando, tudo pela tela touch sensitive. A semelhança
do mundo dos games se enfrentam cara a cara. Enquanto a com um mouse de computador é incrível, e essa é uma
Sony prepara seu gameplay atrás do nome construído com enorme vantagem para a Nintendo, assim concluímos que
o PlayStation com vários consoles de sucesso, tal como os para isso um bom processador é inevitável assim
Playstation 1, 2 e 3, a Nintendo revoluciona e direciona o comumente os processadores risc com instruções
mercado com uma solução inédita e inovadora em reduzidas para aumentar a velocidade e diminuir o
conceitos de design, engenharia e jogos. tamanho do aparelho portátil.
B. Um Pouco sobre a Nintendo D. Dois visores no Nintendo DS
Apenas um dos visores pode executar gráficos 3D, mas
A Nintendo deixou para trás sua imagem de games
cada jogo pode definir se esse visor será o inferior – que
infantis e apresentou a versão definitiva do Nintendo DS
possui um excelente sistema de “touch screen” – ou o
com jogos de alta resolução e gráficos pesados tais como
superior, deixando o sensível livre para mostrar outras
nos consoles, por isso um processador de imagens gráficas
telas do jogo, como mapa, inventário, personagens ou
texto. Isso garante que, em um jogo como Metroid Primer A mídia de armazenamento do DS ainda é um
os gráficos 3D sejam exibidos no visor inferior, onde o cartucho, mas bem diferente da tecnologia utilizada nos
usuário clica e arrasta no cenário, deixando o superior livre antigos “GameBoy”. O novo cartucho é muito mais fino, e
para exibir o mapa do local com, por exemplo, a posição apresenta um tamanho bem menor. Além disso, ao
do jogador. Isto não pode ser feito com o PSP pois não há contrário dos anteriores que armazenavam 256Mb, esses
touch screen, apenas botões comuns, e pelo seu formato armazenam até 1Gb de dados contra 1.8 GB do UMD do
essa mesma tarefa seria muito mais difícil. Já em jogos PSP, e 16 GB de cartão de memória.
como Need For Speed (Eletronic Arts) que não utilizam a Segundo a Nintendo a nova mídia tem um custo e
função do visor sensível, os gráficos 3D são exibidos no tempo de fabricação baixos, o que baixam o preço do
superior, deixando o inferior para exibir informações como produto e garante que os games não se atrasem para chegar
a pista, a posição de cada jogador, etc. as lojas. Além disso, os novos cartuchos consomem menos
A diversidade de possíveis combinações entre as telas energia e podem trocar informações rapidamente,
garante ótimo conforto e jogabilidade para todos os tipos diminuindo o tempo de carregamento dos games.
de games. O suporte ao visor inferior aumenta ainda mais
com a capacidade de reconhecer o toque do dedo além da H. Ferramentas
stylus. Em 3D, o DS utiliza ferramentas gráficas da própria
E. Componentes Do Nintendo DS Nintendo, e pode rodar games com até 60 frames por
Os botões são maiores e se destacam, o que aumenta a segundo com uma resposta ultra-rápida de pixels no visor.
jogabilidade. Essa é a mesma qualidade do console Nintendo 64. Já o
O DS, assim como o PSP, vem com um microfone psp contém chip gráfico com frequência de 166 MHz em
embutido. Porém, o microfone do Nintendo DS é capaz de um barramento de 512 bits, com 2 MB de memória
reconhecer e distinguir comandos de voz, o que não há no DRAM renderizando 664 milhões de pixels e 35 milhões
PSP (especulações dizem que esta função estará disponível de polígonos por segundo e ainda possui filtros gráficos .
num suposto sucessor dos PlayStation Portable: o PSP 2, O som é um caso a parte. Dois alto falantes com 16
que será comentado posteriormente). No futuro será canais de som garantem um som perfeito para música ou
possível até controlar movimentos e ações do jogo voz, e, apesar da função estar disponível, o DS não precisa
somente com a voz, e até fazer áudio conferência na de fones de ouvido para reproduzir som estéreo.
internet. Falando em chat, o player da Nintendo possui O desempenho é excepcional. Dois processadores –
rede wi-fi 802.11b, e pode conectar até 16 jogadores ao um ARM9 e um ARM7 – dividem as tarefas e conseguem
mesmo tempo. Além de batalhas massivas multiplayer, gerar respostas rápidas para os cálculos e comandos de
com o software chamado PictureChat é possível escrever jogo.
ou desenhar na tela sensível e fazer um chato com outros O DS possui recursos para economia de energia de
DS, algumas dessas opções já são possíveis, o que é ponta. Dos processadores a mídia utilizada, tudo foi
interessante em relação a computação móvel, esses players projetado para economizar bateria. Além disso, a qualquer
de jogos estão se tornando quase um computador portátil momento do jogo você pode apenas e fechar o DS e ele
com varias utilidades, uma opções interessando nos psps “dorme”. Basta reabri-lo para recomeçar o game de onde
mais recentes é a opção de GPS, porém, o que nos faz parou; essa função lembra muito o instant-on do Mac OS
desconfiar um pouco dessas opções é a bateria, um X. Ou ainda quando você recebe uma mensagem de
desenvolvimento muito grande nessa área é preciso, talvez alguém, o DS pausa o jogo e leva-o até a tela principal, de
inserir duas baterias em um mesmo dispositivo ou levar onde você pode ler a mensagem e retornar ao jogo ou
sempre uma de reserva, isso poderia até ser vendido em simplesmente ignorá-la. Este recurso do DS de poder
conjunto, porém como é um mercado, talvez isso não se simplesmente fechar o dispositivo é muito importante até
torne viável. mesmo para a proteção do equipamento contra choques
mecânicos, nas ultimas versões o psp se assemelha a esse
F. Conexão do DS recurso apresentado pelo DS apresenta a opção de fechar o
A conexão do DS à rede wi-fi é feita pela tecnologia dispositivo através a opção slim, que de fato é importante
IEEE 802.11b, com um protocolo exclusivo da Nintendo, para a proteção e o consumo de energia.
que garante baixo consumo de energia. Além disso, a Outra vantagem do DS é a possibilidade de leitura de
Nintendo mantém servidores na internet para que os DS cartuchos de Gameboy Advance além dos do próprio DS,
possam jogar em redes com infinitos usuários, somente o que faz com que o produto já nasça com várias centenas
barrados pela limitação multiplayer do jogo. Isso significa de jogos disponíveis. Além disso, a porta para cartuchos
que se um jogo resolver oferecer suporte para mil do GBA pode ser usada para adicionar novo hardware,
jogadores simultâneos, mil jogadores poderão jogar pelo expandido as opções do DS sem afetar seu tamanho e
servidor da Nintendo. Isto é surpreendente, pois o PSP não desenho (uma vez que o novo hardware fica “escondido”
conseguiu esta mesma façanha, possuindo uma limitação no slot). O PSP não conta com uma infinidade de jogos
de 6 jogadores em rede, apesar do tipo de conexão ser o como a Nintendo conta, afinal quando entrou no mercado
mesmo. incorporou todos os jogos do GameBoy.
G. Armazenamento
I. Comparações técnicas entre as primeiras versões de
cada console Acessórios Serão divulgados apenas Fone de ouvido com
no lançamento do controle remoto, fone
Nintendo DS PlayStation Portable produto. de ouvido com controle
Nome remoto e microfone,
bateria adicional, case
de carregamento,
Dimensões 148mm x 84mm x 29mm 170mm x 74mm x
câmera USB, gps USB
23mm
e teclado USB.

Peso 300g 280g


Produtoras de 120 total, 100 únicas 99 total, 92 únicas
games:
CPU Dois processadores, um Processador único de
ARM9 e um ARM7. formato proprietário da
Máximo de 16 6
Sony.
Jogadores
Simultâneos em
Visor Dois visores megawide Visor único de 4.3 rede
de 3 polegadas cada. polegadas megawide e
Visor inferior sensível ao controle de brilho da
toque. tela

Som Dois alto-falantes Autofalante único VII. CONCLUSÃO


estéreos, conector de estéreo, conector de
fone de ouvido e controle fone de ouvido e Desde o seu lançamento, o PSP fez um grande
de volume. controle de volume. sucesso atingindo exatamente o mercado que desejava.
Com uma arquitetura relativamente simples mas muito
Sem fio Wi-fi 802.11b integrado. IrDA, e Wi-fi 802.11b eficiente, nunca deixou a desejar frente a seus
integrados concorrentes.
Quanto ao futuro, há muitas especulações, como
Com fio Tecnologia proprietária USB 2.0 por exemplo sobre uma nova versão completamente
Nintendo remodelada, chamada “PSP 2”. A especulação já existe há
muito tempo, desde 2006, mas os boatos começam a
Mídia Mini cartuchos de 1Gb Universal Media Disc, tomar forma.
60 mm de diâmetro,
tecnologia proprietária,
1,8Gb.

Cores Prata com detalhes em Preto


preto

Armazenamento Interno Sony Memory StickTM


PRO Duo

Conveniência Case de carregamento, Controle remoto


design “folder” com flip IrDA, microfone.
ativo.

Botões. Direcionais, funções (A, Direcionais, funções


B, X, Y), teclas (bola, quadrado,
superiores (direita e triangulo, cruz)<
esquerda), dois botões style='font-
multifunção e size:8.5pt;font- Figura 16. Possível design inovador do PSP 2, origem desconhecida.
liga/desliga. family:"MS Shell
Dlg"'>, teclas
superiores (direita e Esta nova versão poderá ser lançada em 2011, mas
esquerda), “start”, ainda não há nenhum dado concreto sobre ele. As
“select” e “home”, principalis inovações seriam uma tela touchscreen e a
liga/desliga, controles adição de um novo controle analógico, ambos muito
de brilho e volume e
botão para ativar a rede requisitados há anos.
sem fio. O site Kotaku em 1/11/2010, o PSP 2 poderá rivalizar
com o atual console não-portátil da Microsoft, o Xbox
360, o que causou grandes discussões entre os interessados
no mercado. Caso isso realmente acontecesse, a Microsoft,
que hoje aposta em seu novo dispositivo chamado
“Kinect”, poderia perder uma grande fatia do mercado.
Segundo o mesmo site, o PSP 2 terá 1GB de memória
RAM e processador tão poderoso quanto o Xbox 360.
Como comparação, o Xbox 360 hoje possui um
processador de 3.2 GHz com memória RAM de 512 MB.
Quanto aos discos UMD, a tendência é que o PSP-Go
seja seguido e que os discos não voltem à ativa. A Sony
com a sua PlayStation Store tem lucrado muito mais com a
abolição das pequenas mídias.
A Sony não se pronunciou oficialmente sobre
quaisquer declarações. A política da empresa é de não
comentar rumores ou especulações.
Apesar do seu futuro desconhecido, acompanhando a
história deste magnífico console portátil, é certo que a
Sony lançará algo suficientemente bom o bastante para
continuar no topo do mercado, vendendo milhões de
unidades e se mantendo firme frente à concorrência
encontrada.

Referencias

[1] James Brightman, “E3 2003: PSP Press Release”, Dez. 2003,
http://www.gamedaily.com/games/playstation-portable/psp/game-
news/e3-2003-psp-press-release/4356/3143/.
[2] 1UP Staff, “PSP Japanese Launch Impressions”, Dez. 2004,
http://www.1up.com/news/psp-japanese-launch-impressions.
[3] Niko Silvester,
http://psp.about.com/od/hardwarefirmware/a/pspspecs.htm.
[4] Ago. 2007, http://www.gamespot.com/users/B-
bad/view_album?id=4zM0CUtcLXiORMY
[5] http://www.gametuga.com/psp-3000-vs-psp-2000/
[6] http://otaku-no-ie.blogspot.com/2010/06/resumo-da-e3-2010.html