Você está na página 1de 12

Disciplina: Fundamentos de bioquímica

Aula 3: Enzimas
Apresentação

As enzimas são os catalisadores do sistema biológico. Participam diretamente nas reações químicas pelas quais matéria e
energia são transformadas nos sistemas biológicos.

Certos tipos de enzimas controlam os níveis de colesterol e triglicerídeos de nosso organismo.

Essas enzimas podem ser alteradas por remédios, pela quantidade de gordura corporal e massa muscular além da prática de
exercícios físicos.

A cinética de reações enzimáticas tem como objetivos principais mediar as velocidades das reações, estabelecer critérios
para otimização do processo e projetar o reator mais adequado para utilização.

Nesta aula estudaremos primeiramente as enzimas, e em seguida a cinética de reações enzimática.

Objetivos

Descrever a estrutura das enzimas, bem como suas funções;

Entender sobre cinética enzimática;

Conhecer o mecanismo de ação das enzimas;

Compreender sobre relações clínicas e metabólicas com as enzimas.


Enzimas

 Enzimas.

Atenção! Aqui existe uma videoaula, acesso pelo conteúdo online

A maioria das enzimas é representada pelas proteínas. Possuem um centro ativo, onde há a entrada do substrato. O substrato,
estando no centro ativo, faz com que as ligações químicas enfraqueçam, facilitando assim a reação química.

Alguns dos pontos positivos da utilização das enzimas como catalisadores, é que, diferente de catalisadores químicos, as
enzimas não se perdem ao término da reação pois são muito especí cas.

São funções enzimáticas:

 
Catálise metabólica Regulação da reação catalítica

Devido a essas funções as enzimas são classi cadas como as unidades fundamentais do metabolismo celular.

O principal mecanismo de ação das enzimas é descrito pelo modelo Chave-Fechadura, onde a enzima possui o sítio especí co
para a ligação do substrato.

Veja o exemplo:

Maltase Maltose
(Enzima) (Substrato)


“Encaixe” entre a enzima e o substrato

A maltose é “quebrada” em 2 glicoses (A


e B)

Molécula de sacarose
(Glicose + frutose)

As enzimas podem ser classi cadas em:

Clique nos botões para ver as informações.


OXIDORREDUTASES 

São enzimas que catalisam reações de transferência de elétrons, ou seja: reações de oxi-redução(se uma molécula se reduz,
tem que haver outra que se oxide).

São as Desidrogenases e as Oxidases.

TRANSFERASES 

São enzimas que catalisam reações de transferência de grupamentos funcionais como grupos amina, fosfato, acil, carboxil,
etc.

Como exemplo temos as Quinases e as Transaminases.

HIDROLASES 

São enzimas que catalisam reações de hidrólise de ligação covalente.

Ex.: as peptidades.
LIASES 

São enzimas que catalisam a quebra de ligações covalentes e a remoção de moléculas de água, amônia e gás carbônico.

As Dehidratases e as Descarboxilases são bons exemplos.

ISOMERASES 

São enzimas que catalisam reações de interconversão entre isômeros ópticos ou geométricos.

As Epimerases são exemplos.


LIGASES 

São enzimas que catalisam reações de formação e novas moléculas a partir da ligação entre duas já existentes, sempre às
custas de energia (ATP).

São as Sintetases.

Cinética enzimática

 Cinética Enzimática.

Atenção! Aqui existe uma videoaula, acesso pelo conteúdo online


A cinética de reações enzimáticas tem como objetivos principais:

Mediar as velocidades das reações Estabelecer critérios para otimização do Projetar o reator mais adequado para
processo utilização

 Cinética enzimática.

Atenção! Aqui existe uma videoaula, acesso pelo conteúdo online

Uma equação muito importante para a análise da cinética enzimática é a Equação de Michaelis e Menten.

Esta equação consiste em duas etapas:

Etapa 1 Etapa 2
Ligação da enzima (E) com um substrato (S), Consiste na formação de um produto (P) a partir do
formando o complexo Enzima-Substrato (ES).  complexo Enzima-Substrato (ES) com recuperação
da forma livre da enzima.

Agora, veja a equação:

Etapa 1 Etapa 2
 
k1 k3

E + S ⇄ ES ES ⇄ E + P
k2 k4
k1 , k2 , k3 e k4 são as constantes de velocidade de cada etapa.

Nesse caso, a da reação (V), ou seja, a velocidade de formação do produto será:

V = k3 [ES] −k4 [E] [P]

A equação de Michaelis e Menten descreve como a velocidade de reação v depende da posição do equilíbrio ligado ao substrato e
da constante de velocidade k2 .

Michaelis e Menten mostraram que se k2 for bem menor que k − 1 (chamada a aproximação de equilíbrio), pode se obter a
seguinte equação:

Vmax [S]
v =
Km +[S]

O estudo da cinética enzimática é importante por duas razões principais:

1 Ajuda a explicar como as enzimas trabalham.

2 Permite prever o comportamento das enzimas em organismos vivos.

Adaptações metabólicas à atividade física e aspectos


enzimológicos em nível patológico
Certos tipos de enzimas controlam os níveis de colesterol e triglicerídeos de nosso organismo. Essas enzimas podem ser
alteradas por remédios, pela quantidade de gordura corporal e massa muscular, além da prática de exercícios físicos.

Uma enzima denominada hepatolipase (HL) destrói o colesterol bom (HDL), mas nesse processo transforma uma parte em
colesterol ruim (LDL). Quanto mais elevado for o nível da enzima HL, menor será o nível de HDL, o que aumenta o risco de
desenvolvimento de doenças cardíacas, como por exemplo a arteriosclerose.
 LDL (à esquerda) e HDL (à direita) (Fonte: Juan Gaertner / Shutterstock).

Uma outra enzima, denominada lipoproteinolipase, conhecida também como LPL, está localizada nas paredes dos vasos
sangüíneos e no coração, nos depósitos de gordura e nos músculos. Essa enzima destrói os triglicerídeos. Uma terceira enzima
importante, com o longo nome de lecitina colesterolacil transferase (LCAT), captura o colesterol, retirando-o das paredes arteriais.

Colesterol

Artéria normal Aterosclerose leve Aterosclerose média Aterosclerose grave

 Níveis da Aterosclerose. (Fonte: Ching Design / Sebastian Kaulitzki / Shutterstock).


Atividade
1. Marque a alternativa que de ne corretamente as duas funções básicas das enzimas.

a) Desestruturar a organização da glicose e melhorar a visão.


b) Ajudar a reduzir o colesterol e atuar no rejuvenescimento celular.
c) Função catalítica de reações e regulação dessas reações catalíticas.
d) Efeito antioxidante e mediação das velocidades das reações catalíticas.

2. O que pode vir a alterar tipos de enzimas que controlam o nível de colesterol e triglicerídeos de nosso organismo?

Benefícios da prática de exercícios

A prática de exercícios pode alterar a produção das enzimas que controlam


os níveis de gordura do nosso sangue.

 (Fonte: Jacob Lund / Dragon Images / wavebreakmedia / Shutterstock).

A LPL, a enzima que destrói os triglicerídeos e aumenta os níveis de HDL, foi encontrada em quantidades elevadas entre os
praticantes de exercícios aeróbios. Além disso, a perda de gordura corporal irá aumentar a ação da LPL.

O exercício pode diminuir o colesterol total (que é a soma do colesterol HDL com o colesterol LDL) em uma média de 10 mg/dl e
os triglicérides em média de 16 mg/dl.

Porém, o mais importante é o fato de que o nível de colesterol LDL diminuiu e o HDL aumentou, ou seja, apesar da diminuição do
total ser de 10 mg/dl, o corpo ganhou mais HDL e menos LDL. O que é um bom sinal. Algumas enzimas podem provocar
alterações metabólicas que podem estar associadas a patologias.
Atividade
3. Faça uma análise do caso a seguir:

Um homem de 50 anos de idade foi internado no hospital sofrendo de fadiga geral, rigidez no ombro e cefaleia. O paciente media
1,80 m de altura e pesava 84Kg. Sua pressão sanguínea era de 196/98 mmHg (normal abaixo de 140/90 mmHg, sendo a ideal,
120/80 mmHg) e a sua pulsação era de 74. Ele foi diagnosticado como hipertenso. O paciente foi medicado com captopril, um
inibidor da enzima conversora da angiotensina (ECA). Após 5 dias de tratamento, sua pressão sanguínea retornou a um nível
próximo do normal.

4. Qual é o objetivo principal da cinética enzimática?

5. Descreva as etapas da equação de Michaelis e Menten.

Próxima aula

Respiração celular.

Explore mais

Assista aos vídeos:

Las enzimas <http://www.youtube.com/watch?v=IgYqwLVd71Q> ;

Enzymes <http://www.youtube.com/watch?v=E90D4BmaVJM> ;

Praticar execício faz bem pra memória <https://www.youtube.com/watch?v=JvVY91pW3hw> .