Você está na página 1de 3

Há várias formas de representar o gênero feminino e a essência da mulher.

Delicadeza, beleza,
fertilidade e receptividade são apenas alguns dos atributos que refletem a sua simbologia.
Vejamos as principais delas em épocas e culturas variadas.
Símbolo de Vênus

Este é o símbolo que melhor representa o sexo feminino. Não só na Biologia como na
Astrologia, ele é utilizado cotidianamente quando pretendemos distinguir os gêneros, sendo
esta a sua representação mais eficaz.
Uma vez que a deusa Vênus representa, entre outros, o nascimento e a fertilidade - que são
características que identificam a mulher - ela está associada à feminilidade.
---------------------------
“As novas mulheres libertas e fortalecidas dando apoio umas às outras (na Paradise Island.,
Ilha Paraíso) desenvolveram um enorme poder físico e mental. (…) Um grande movimento
agora em curso – o crescimento do poder das mulheres.”, William Moulton Marston, em 1941,
sobre o subtexto da origem da Mulher Maravilha e sobre a história de seu quadrinho.
--------------------------------------------------------
Marston era Ph.D. em psicologia e um estudioso do movimento feminista e em 1941 junto à
solidificação desse ele nos apresenta Diana, guerreira amazona: mulher forte, corajosa e livre
que estabelece por sua personalidade a autoconfiança e consolida o padrão da feminilidade na
queda dos paradigmas de que a mulher é sexo frágil, como o que é encontrado nas histórias
das amazonas.
No âmbito social, Marston tenta trazer à tona o fato e a comprovação de que meninas de todo
o mundo podem e devem lutar pelo que acreditam e almejam e, assim, estabelecer suas
conquistas em determinados espaços que até então eram dominados por homens. E para a
criação dessa narrativa ele buscou nos movimentos que lutavam pela libertação das mulheres
as influências necessárias para a construção do cenário que tornaria isso possível.
Simplificação: índices, ícones e signos ligados aos objetos e ideais
A história e ambientação: feminismo, movimento do sufrágio e de controle conceptivos,
mitologia das amazonas.
As formas como a Mulher Maravilha era mantida quando capturada: prática
de Bondage.
A personalidade da personagem: suas duas esposas Elisabeth Holloway e Olive Byrnes.
A força da personagem: construção de caráter social na libertação de ideais e
empoderamento das mulheres ao redor do mundo.
Os braceletes: adornos que Byrnes usava no lugar da aliança.
Laço da verdade: a curiosidade de Marston em detrimento dos segredos das outras
pessoas.
A roupa: símbolo da liberdade, patriotismo americano.

1.
pessoa do sexo feminino depois da puberdade, pessoa adulta do sexo feminino
2.
mamífero primata, fêmea, bípede, sociável, que, tal como o homem, se distingue de todos os o
utros animais pela faculdade da linguagem verbal e pelo superior desenvolvimento intelectual
e se distingue do homem pela capacidade de engravidar; ser humano do sexo feminino
3.
cônjuge do sexo feminino; esposa
4.
coloquial companheira sentimental, namorada ou amante
5.
conjunto das pessoas do sexo feminino
mulher de armas
mulher enérgica, com vigor; mulher corajosa
pejorativo mulher de má vida
prostituta
pejorativo mulher de mão esquerda
mulher que é amante de um homem casado
antiquado mulher de virtude
bruxa, feiticeira, benzedeira
mulher durázia
mulher de idade avançada
mulher fatal
mulher sedutora e sensual, tida como capaz de exercer atração perigosa
mulher feita
pessoa do sexo feminino que atingiu o seu pleno desenvolvimento, adulta
ver a mulher do padeiro
não saber ou não ser capaz; não ter êxito

Do latim mulĭer, uma mulher é uma pessoa do sexo feminino. Trata-se de um termo que se
utiliza em contraste a homem, conceito que nomeia o ser humano do sexo masculino.
O uso mais específico da palavra mulher está vinculado à pessoa do sexo feminino que já
tenho chegado à sua puberdade ou à idade adulta. Por conseguinte, a menina (ou rapariga)
passa a ser mulher, de acordo com os padrões culturais, a partir da sua primeira menstruação.
O papel social da mulher foi evoluindo ao longo da história. Durante séculos, a sociedade
considerava que a mulher devia limitar-se a cumprir com as suas funções de esposa e mãe.
Com o tempo, as mulheres começaram a desempenhar funções socais mais relevantes em
diversas áreas, tanto no mundo do trabalho, dos negócios, como na política.
Actualmente, é hábito ver-se mulheres exercendo a presidência de um país (como Michelle
Bachelet no Chile e Cristina Fernández na Argentina) ou dirigindo grandes empresas (como
Carol Bartz na Yahoo!).
A igualdade de género, apesar de tudo, ainda não alcançou a sua plenitude. É usual o homem
receber uma remuneração superior do que a mulher por um trabalho de idênticas
responsabilidades, por exemplo.
O feminismo é a corrente ideológica que luta pela igualdade de oportunidades e que se opõe
ao machismo. Certas práticas e costumes sociais, no entanto, ainda perduram: a partir do
momento em que uma mulher se casa, passa a ser “a mulher” do homem em questão. Já o
mesmo raramente acontece ao contrário, no que diz respeito ao marido. Não hábito ser
alcunhado de “o homem” da esposa.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Acreditar que é possível é motivo suficiente para não desistir.
Ânimo! Quando você acredita tudo se torna possível.
Sei que Deus me ouve e quando lhe peço o impossível Ele torna
possível o que é melhor para mim.
A ingratidão demonstra um caráter pobre e um possível futuro de solidão.
Acreditar é o primeiro requisito para seu sonho se tornar possível de
realizar.
Bom dia! Você tem toda a capacidade de ser tão incrível quanto as
pessoas que lhe inspiram. Acredite em você!
Tudo é possível. O impossível apenas demora mais...
Tenha fé, pois acreditar que é possível é essencial para qualquer
conquista.
Com a vida aprendi que não importa quantos dizem que não, se eu
disser que sim e fizer por isso tudo é possível!
Se podes?, disse Jesus. Tudo é possível àquele que crê.

Às vezes só há uma resposta possível: o silêncio!

''A Bahia está com o Top Model''