Você está na página 1de 18

Desenvolvimento como liberdade

Amartya Sen,
Indiano Nascido em 1933, economista e filósofo
Prêmio Nobel de economia de 1998
A priori o desenvolvimento de um país está ligado ao crescimento econômico
Utilizando das variáveis :

- PIB

- Renda Per capita

- Industrialização

- Avanço tecnológico
IDH- Índice de desenvolvimento Humano

 A ONU Começa a Utilizar o Conceito de IDH


para avaliar a capacidade de vida eu
desenvolvimento econômico de uma população
Usando 3 Variáveis
 Saúde
 Educação
 Renda
Amartya Sen
Elabora uma teoria para analisar o
desenvolvimento.
Sob viés diferenciado do papel do
desenvolvimento, em contraposição ao viés
restritivo do crescimento econômico
Sen, diz que o crescimento econômico não pode
ser um fim em si mesmo.
O desenvolvimento tem que estar relacionado
sobretudo com a melhora de vida dos
indivíduos e com o fortalecimento de suas
liberdades
As pessoas conseguem realizar e influenciar por
oportunidades econômicas , liberdades
políticas, poderes sociais e por condições
habilitadoras como :
Saude ; educação; habitação
1-Liberdades políticas
2- Dispositivos econômicos
3- Oportunidades sociais
4- Garantias de transparência
5- Previdência Social
Capacidades das pessoas de levarem a vida
que elas valorizam
O desenvolvimento,para que seja usufruído em
sua plenitude, requer que se removam,
“principais fontes de privação de liberdade”
São elas:
pobreza e tirania,carência de oportunidades
econômicas e destruição social sistemática,
negligência dos serviços públicos e intolerância
ou interferência excessiva de Estados
opressivos
Concebendo o desenvolvimento como um
processo de expansão de liberdades que as
pessoas gozam, Sem considerar que o
alargamento da liberdade deve ser encarado
simultaneamente como
 (1) o fim primeiro e
 (2) o principal meio de desenvolvimento.
Os papéis constitutivo e instrumental da
liberdade
A liberdade é considerada
 (1) o fim primordial e
 (2) o principal meio do desenvolvimento.
Respectivamente, papel constitutivo e papel
instrumental da liberdade.
 Papel constitutivo: importância das liberdades
substantivas (condições de evitar privações de
fome, subnutrição, morbidez evitável e morte
prematura), bem como liberdades associadas
de saber ler, fazer cálculos, ter participação
política e liberdade de expressão.
Papel instrumental:
Diferentes tipos de liberdade apresentam inter-
relação entre si, e um tipo de liberdade pode
contribuir para promover liberdades de outros
tipos.
 Democracia e incentivos políticos
A liberdade política na forma de disposições
democráticas ajuda a salvaguardar a liberdade
econômica (especialmente a liberdade de não
passar fome extrema) e a liberdade de
sobreviver (à morte pela fome).
 Pobreza como privação de capacidades
A pobreza deve ser vista como a privação das
capacidades básicas em vez de meramente
como baixo nível de renda, que é critério
tradicional de identificação da pobreza.
 É fundamental compreender que a expansão
das capacidades e das liberdades das pessoas
constitui-se no fim primordial do processo de
desenvolvimento.
O desenvolvimento é essencialmente um
processo de expansão das liberdades de que
as pessoas desfrutam.