Você está na página 1de 30

Mangue de Pedra: situação de fato vs situação jurídica

mangue sem rio e sem lama, um dos últimos manguezais de Búzios


Situação de fato
● Ecossistema raríssimo, apenas 3 no mundo. 11 espécies de
cetáceos marinhos (golfinhos e baleias) e 13 de tartarugas.
● Não é hidricamente abastecido por rios
● Aquífero Mangue de Pedra. Nascentes de água doce ocorrem
nas rochas
● Infiltração pluvial nas encostas. Vegetação é endêmica. Portanto APP
segundo Código Florestal Brasileiro.
● APP- topo de morro, nascentes, vegetação endêmica, FPM, restingas
Áreas de Preservação Permanente – segundo o
Código Florestal Brasileiro lei 12.651/12
Código Ambiental

● Manguezais

● Nascentes

● Topo de Morro

● Vegetação endêmica
Dinâmica do Aquífero e abastecimento
hídrico do mangue
Situação de fato
● Vários peixes e crustáceos marinhos desovam no mangue,
pois é um ambiente seguro de predadores (as raízes
protegem os animais menores) e com muito alimento, por
isso é considerado um verdadeiro berçário marinho.

● Existem ainda várias espécies de plantas e animais


endêmicas dos mangues.
Manejo Inadequado
Manejo Inadequado
Escoamento superficial e importância da
vegetação em encostas
Poços Artesianos e sua dinâmica no
aquífero do Mangue de Pedra
Manejo Inadequado
● Desmatamento
● Queimadas
● Construções irregulares
● Impermeabilização do solo/aumento do
escoamento superficial e erosão
● Perfuração de poços artesianos!
Manejo Inadequado
Situação Jurídica
● Demanda populacional por preservação
● Decreto Municipal 1.059/2018
● Criação da Área de Proteção Ambiental do
Mangue de Pedra.
● Parâmetros jurídicos
Conjunto de Leis que Governam o

Ordenamento Jurídico dessa Região


Plano Diretor e LUSO – LC’s 13/06 e 27/10
Código Ambiental – lei
complementar municipal 19-2007
Plano Diretor-lei complementar 27/2010 – mapa das
áreas de especial interesse social e ambiental
Lei federal 9985/2000 - SNUC
● Sistema Nacional de Unidades de Conservação
● Conjunto de UC’s federais, estaduais e municipais

Unidades de Proteção Integral
Unidades de Uso Sustentável – art 14º

Uso Sustentável APA não prevê desapropriação – realidade do local


Áreas de Especial Interesse Ambiental e Social
Plano Diretor Municipal-Anexo 07
Vista aérea e comparação de imagens
Delimitação no Decreto Municipal 1059/2018
Próximos passos, segundo legislação federal,

no Conselho Municipal de Meio Ambiente.


Lei 9985/00 – Unidades de Conservação
Decreto 4340/2002 – regulamenta lei 9985/00
Decreto 4340/02 - Conselho da Unidade de Conservação - APA
Ecoturismo e Turismo de Aventura – cerca de 12
milhões de viajantes em 2018 (ICMBio)
Decreto 4340/02 - Plano de Manejo
Decreto Municipal 1059/18 – cria a APA do Mangue de Pedra
Conselho Municipal de Meio Ambiente e Pesca

CMMA, em setembro estabeleceu acordo com Prefeitura de Búzios: para ativação do


Fundo Municipal de Meio Ambiente.

Instrumentaliza as ações do CMMA na APA do Mangue de Pedra.

Ações como educação ambiental, demarcação de trilhas, conservação, reposição de


vegetação suprimida, proteção, formações de guias mirins junto às escolas e
preparação para Ecoturismo e Turismo de aventura