Você está na página 1de 71

ATOS dos Apóstolos

(Ver nota preambular de Hebreus, em boa parte ela também se aplica ao presente livro)

Atos 1

1 ¶ Na verdade, ó Teófilo, fiz o primeiro tratado a respeito de tudo o que Jesus começou tanto
a fazer como a ensinar,

2 Até ao dia em que Ele foi recebido em cima, já havendo Ele, através do Espírito Santo, dado
mandamentos aos apóstolos que antes escolheu;

3 Aos quais também, depois de Ele ter padecido, em muitas provas infalíveis apresentou a Si
mesmo vivendo, sendo visto por eles durante quarenta dias, e falando das coisas concernentes
ao reinar de Deus.

4 E Ele, estando reunido juntamente com eles {#}, lhes determinou não se ausentarem para
longe de Jerusalém, mas (disse Ele:)

"Esperarem a promessa do Pai, a qual ouvistes de Mim. {# Beza 1582, 1589, 1598}

5 Porque, na verdade, João submergiu dentro da água, mas vós sereis submersos dentro do
Espírito Santo, não muito depois destes dias."

6 ¶ Portanto, na verdade, aqueles havendo-se reunido Lhe perguntavam, dizendo: "Ó Senhor,
restauras Tu neste tempo o reinar a Israel?"

7 E Ele lhes disse:

"Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu em Sua própria
autoridade.

8 Mas recebereis poder quando havendo vindo sobre vós o Espírito Santo; e ser-Me-eis
testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia, e em Samaria, e até aos confins da
terra."

9 ¶ E Ele, havendo dito isto e estando eles (os apóstolos) vendo-O, foi tomado para o alto, e
uma nuvem O recebeu para longe dos olhos deles.

10 E, enquanto eles estavam fitando os olhos para o céu enquanto Ele estava subindo, eis que
dois varões também tinham-se postado junto a eles, em vestimentA brancA.

11 Os quais também lhes disseram:


"Ó varões galileus, por que vos tendes postado olhando para dentro do céu? Esse mesmo
Jesus, Aquele proveniente- de- junto- de vós e havendo sido recebido- no- alto e para- dentro-
do céu, virá na mesma maneira como vós O vistes indo para dentro do céu."

12 ¶ Então eles voltaram para Jerusalém, provenientes- de- junto- do monte sendo chamado
das Oliveiras, o qual está perto de Jerusalém, dela distando uma jornada de sábado {*}. {*
Cerca de 900m}

13 E, quando eles entraram, subiram para dentro do salão do andar superior, onde estavam se
hospedando tanto Pedro e Tiago, como João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus,
Tiago (filho de Alfeu), e Simão (o zelote), e Judas (irmão de Tiago ).

14 Todos estes estavam firmemente continuando em uma mesma harmonia em oração e


súplica, juntamente- com as mulheres, e juntamente- com Maria a mãe de Jesus, e
juntamente- com os irmãos dEle (de Jesus) {*}. {* Notas Mt 13:55; Mc 6:3}

15 ¶ E, naqueles dias, Pedro, havendo se levantado no meio dos discípulos (e o número de


nomes juntos sendo de quase cento e vinte), disse:

16 "Ó varões irmãos, era necessário ser cumprida a Escritura que o Espírito Santo predisse por
meio da boca de Davi, a respeito de Judas, aquele havendo-se tornado o guia daqueles
havendo prendido Jesus.

17 Porque ele (Judas) estava tendo- sido- contado juntamente- conosco e alcançou a sua parte
deste encargo- de servir.

18 Ora, na verdade este possuiu um campo proveniente- de- dentro- do salário da sua
iniqüidade; e, havendo-se precipitado de cabeça para baixo {*}, rebentou pelo meio, e todas as
suas entranhas foram derramadas para fora; {* Nota Mt 27:5}

19 E isto foi notório a todos aqueles habitando em Jerusalém, de maneira a, na própria língua
deles, esse campo ser chamado Aceldama, isto é, Campo de Sangue.

20 Porque no livro dos Salmos tem sido escrito: ‘Torne-se deserta a sua habitação, e não haja
ninguém habitando nela’; e ‘que um diferente homem tome o seu pastorado-
superintendência {*}’. Sl 69:25; Sl 109:8 . {* Nota 1Tm 3:2}

21 É necessário, pois, que, destes varões havendo convivido conosco durante todo o tempo
em que o Senhor Jesus entrou e saiu de entre nós

22 (Havendo começado desde a Sua submersão por João até ao mesmo dia em que,
proveniente- de- junto- de nós, Ele foi recebido em cima), um deles, juntamente- conosco, se
torne testemunha da Sua ressurreição."

23 ¶ E apresentaram dois varões: José (sendo chamado Barsabás, cognominado o Justo) e


Matias.

24 E (os discípulos), havendo orado, disseram:


"Tu, ó Senhor, conhecedor dos corações de todos, mostra, de entre estes dois, um a quem Tu
escolheste,

25 Para tomar parte neste encargo- de servir e apostolado, para fora do qual Judas se desviou
para ir para o seu próprio lugar."

26 E (os discípulos) lançaram as suas sortes {*}, e caiu a sorte {*} sobre Matias. E ele, por- voto-
em- comum- de- todos,- foi- contado juntamente- com os onze apóstolos. {* "Sorte" é um
pedaço de madeira ou pedra ou cerâmica, usado para votar (uma cor significando sim, outra
não) ou para escolher- ao- acaso. Neste verso, tivemos uma escolha por votação anônima e
unânime}

Atos 2

1 ¶ E, em o cumprir-se o dia do Pentecostes, estavam todos em- uma- mesma- harmonia no


mesmo lugar;

2 E, de repente, veio um som proveniente- de- dentro- do céu, como que de um vento
carregando a todos e violento, e encheu toda a casa onde eles estavam assentando.

3 E foram vistas por eles línguas como que de fogo, sendo distribuídas, e isto pousou sobre
cada um deles.

4 E todos foram enchidos do Espírito Santo, e começaram a falar em línguas diferentes ,


exatamente- conforme o Espírito Santo lhes concedia falar.

5 ¶ E em Jerusalém estavam habitando judeus, varões dedicados (no servir a Deus),


provenientes- de- junto- de todas as nações daquelas que estão debaixo do céu.

6 E, havendo surgido o rumor disto, a multidão (da cidade) ajuntou-se, e eles estavam
confundidos, porque cada um os ouvia falar no dialeto dele próprio (do ouvinte).

7 E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros:

"Vede! Não são galileus todos esses varões que estão falando?

8 Como, pois, os estamos ouvindo, cada um, no nosso próprio dialeto em que fomos nascidos?

9 Partos, e medos, e elamitas e aqueles que estão habitando na Mesopotâmia, e na Judéia, e


na Capadócia, no Ponto e na Ásia,

10 Tanto na Frígia como na Panfília, no Egito e nas partes da Líbia que estão junto a Cirene, e
os romanos aqui peregrinando, tanto judeus como prosélitos,

11 Cretenses e árabes, todos nós os estamos ouvindo em nossas próprias línguas, falando as
grandezas de Deus."

12 ¶ E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: "Que quer
isto dizer?"
13 E outros, zombando, diziam: "Eles estão tendo- sido- enchidos de suco de uva {*}." {*
"Gleukos" = suco de uvas recém esmagadas; quádrupla zombaria: glutões, bêbados, cedo de
manhã, com suco!}

14 Mas Pedro, havendo-se postado de pé juntamente- com os onze, levantou a sua voz, e lhes
disse:

"Ó varões judeus, e todos aqueles habitando em Jerusalém, seja-vos isto notório, e dai ouvidos
às minhas palavras.

15 Porque estes varões não estão embriagados (como vós supondes), porque é (apenas) a
terceira hora {*} do dia. {* Hora judaica: 6+3 = 9 horas}

16 Mas isto é aquilo tendo sido dito através do profeta Joel:

17 ‘E acontecerá’ nos últimos dias , diz Deus, que ‘derramarei proveniente- de- junto- do Meu
Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, e os vossos varões
jovens verão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos;’

18 ‘E também derramarei proveniente- de- junto- do Meu Espírito sobre os Meus servos e
sobre as Minhas servas naqueles dias,’ e profetizarão;

19 ‘E concederei aparecer prodígios no céu acima,’ e sinais ‘sobre a terra abaixo: sangue, e
fogo, e vapor de fumaça.

20 O sol será tornado em treva, e a lua em sangue, antes de’ ‘chegar o grande e notável’ ‘dia
do Senhor.’

21 ‘E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.’ Jl 2:28-32

22 ¶ Ó varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus, o nazareno (o varão proveniente- de-
junto- de Deus e tendo sido aprovado entre vós por maravilhas e prodígios e sinais, os quais
Deus por meio dEle fez no meio de vós, como vós mesmos também bem tendes sabido),

23 A Ele, Aquele entregue pelo conselho tendo sido determinado e pelo preconhecimento de
Deus, vós O matastes, havendo-O tomado através de mãos desprezadoras da lei, e havendo-O
crucificado.

24 Ao Qual Deus ressuscitou, havendo quebrado as dores da Sua morte, pois não era possível
Ele (Jesus) ser retido debaixo dela.

25 Porque Davi diz a respeito dEle (do Cristo):

'Eu de antemão via o Senhor sempre diante de Mim, porque Ele está à Minha direita, para que
Eu não seja abalado.

26 Por causa disso, o Meu coração se alegrou e a Minha língua exultou; e ainda a Minha carne
também fixará moradia (apoiada) sobre esperança,

27 Porque não deixarás a Minha alma para o inferno {*}, nem permitirás o Teu Santo ver a
corrupção. {* Hades: notas Mt 5:22; 11:23 e, principalmente, Lc 16:23}
28 Fizeste-Me conhecidos os caminhos da vida; com a Tua face Me encherás de júbilo'. Sl 16:8-
11.

29 ¶ Ó varões irmãos, está sendo lícito vos falar com liberdade a respeito do patriarca Davi:
Que ele tanto morreu como foi sepultado, e a sua sepultura até este presente dia está entre
nós.

30 Portanto, sendo ele (Davi) profeta e tendo sabido que Deus lhe jurou com juramento haver
de levantar o Cristo proveniente- de- dentro- do fruto (segundo a carne) dos lombos dele (de
Davi) , para O assentar sobre o trono dele (de Davi), Sl 132:11

31 Havendo (Davi) de antemão visto, disse a respeito da ressurreição do Cristo, que 'a Sua
alma não foi deixada para o inferno {*}, nem a Sua carne viu corrupção'. Sl 16:10 {* Hades:
notas Mt 5:22; 11:23 e, principalmente, Lc 16:23}

32 Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas.

33 Portanto Ele (Jesus), havendo sido exaltado pela destra de Deus e havendo recebido,
proveniente- de- ao- lado- do Pai, a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora
vedes e ouvis.

34 Porque Davi não subiu para dentro dos céus, mas ele próprio diz:

'O Senhor disse ao meu Senhor: Assenta-Te à Minha direita,

35 Até que Eu ponha os Teus inimigos por estrado dos Teus pés'. Sl 110:1

36 Com segurança, pois, saiba toda a casa de Israel que, a esse mesmo Jesus a Quem vós
crucificastes, Deus O fez tanto Senhor como Cristo."

37 ¶ E eles, havendo ouvido isto, foram traspassados em seus corações, e perguntaram a


Pedro e aos demais apóstolos: "Ó varões irmãos, que faremos?"

38 E Pedro lhes dizia:

"Arrependei-vos, e sede submersos cada um de vós (apoiados) sobre o nome de Jesus Cristo,
em conseqüência da {*} remissão dos pecados. Então recebereis o dom- gratuito (que é
propriedade) do Espírito Santo; {* Nota Mt 3:11}

39 Porque a promessa é para vós, e para os vossos filhos, e para todos aqueles que estão
longe, para tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar."

40 E com muitas outras palavras (Pedro) plenamente testificava, e os exortava, dizendo: "Sede
salvos para longe desta geração perversa."

41 Portanto, aqueles na verdade havendo de muito bom grado recebido a palavra dele (de
Pedro), foram submersos. E, naquele mesmo dia, quase três mil almas foram adicionadas (à
assembléia) ;

42 E eles (todos os crentes) estavam firmemente continuando na doutrina dos apóstolos, e na


comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
43 ¶ E sobreveio temor sobre toda a alma, e muitas maravilhas e sinais eram feitos através dos
apóstolos.

44 E todos aqueles que estavam crendo estavam juntos, e tinham tudo em comum.

45 E vendiam as suas propriedades e os seus bens, e os repartiam entre todos, segundo cada
um tinha necessidade.

46 E eles, firmemente continuando em uma mesma harmonia todos os dias no templo, e


partindo pão de casa em casa, participavam do alimento em alegria e singeleza de coração,

47 Louvando a Deus e tendo graça em direção a todo o povo . E todos os dias o Senhor
adicionava à assembléia {*} aqueles que estavam sendo salvos. {* Grupo local biblicamente
organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

Atos 3

1 ¶ E Pedro e João subiam juntos para dentro do templo à hora da oração, a nona hora {*}. {*
Hora judaica: 6+9 = 15 horas}

2 E era carregado um certo homem sendo destituído- de- pés desde o ventre de sua mãe, o
qual todos os dias colocavam à porta do templo, aquela sendo chamada Formosa, para ele
pedir esmolA da parte daqueles que estão entrando para o templo.

3 O qual, havendo visto Pedro e João estando prestes a entrar para o templo, pedia-lhes para
receber uma esmola deles.

4 E Pedro (juntamente- com João), havendo fixado os olhos para ele, disse: "Olha para nós."

5 E ele atentava para eles, esperando receber alguma coisa da parte deles.

6 E Pedro disse: "Prata e ouro não há comigo; mas, o que tenho, isso te dou: No nome de Jesus
Cristo, o nazareno, levanta-te e anda."

7 ¶ E (Pedro), havendo-o tomado pela mão direita, o levantou. E imediatamente os seus pés e
os ossos dos seus tornozelos receberam corpo sólido.

8 E ele, saltando, pôs-se em pé, e andava, e entrou para o templo juntamente- com eles,
andando, e saltando, e louvando a Deus.

9 E todo o povo o viu andando e louvando a Deus.

10 E eles o reconheciam, que era ele quem esteve assentando ao Portão Formoso do templo,
para pedir esmolA; e foram enchidos de pasmo e assombro a respeito daquilo tendo
acontecido a ele.

11 E enquanto o destituído- de- pés (aquele havendo sido curado) estava retendo em suas
mãos a Pedro e a João, (então) todo o povo correu atônito para junto deles, ao alpendre sendo
chamado de Pórtico de Salomão.
12 E Pedro, tendo visto isto, respondeu ao povo:

"Ó varões israelitas, por que vos maravilhais a respeito disto? Ou, por que fitais os olhos sobre
nós, como se por nosso próprio poder ou santidade tendo nós feito andar este homem?

13 O Deus de Abraão e de Isaque e de Jacó, o Deus dos nossos pais, glorificou o Seu Filho
Jesus, a Quem vós entregastes e, perante a face de Pilatos, O negastes, havendo ele (Pilatos)
determinado soltá-Lo.

14 Mas vós negastes o Santo e Justo, e pedistes vos ser dado um varão homicida.

15 E matastes o Autor {*} da vida, ao Qual Deus ressuscitou para- fora- de- entre os mortos, do
que nós somos testemunhas. {* Ou Príncipe, ou Capitão- chefe, ou Líder}

16 E, (apoiado) sobre a fé no Seu nome, o Seu nome deu corpo sólido a este homem que vós
vedes e tendes conhecido. Sim, a fé que é através dEle (de Cristo) deu a este (homem), na
presença de todos vós, esta perfeição corporal.

17 E agora, ó irmãos, eu tenho conhecido que fizestes isto {*} segundo a vossa ignorância,
como também o fizeram os vossos chefes. {* “Isto” refere-se ao assassinato do Autor da vida}

18 Mas Deus desta maneira cumpriu o que de antemão Ele anunciou pela boca de todos os
Seus profetas: 'O Cristo haver de padecer'.

19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para serem apagados os vossos pecados, de modo


que tempos de refrigério venham provenientes- de- junto- da presença do Senhor,

20 E de modo que Ele (Deus) envie Jesus Cristo, Aquele já dantes vos tendo sido pregado.

21 Ao Qual, na verdade, é necessário o céu conter até aos tempos da restauração de todas as
coisas, das quais (coisas) Deus falou através da boca de todos os Seus santos profetas, desde o
princípio do mundo.

22 Porque Moisés na verdade disse aos pais:

'Proveniente- de- entre vossos irmãos, o Senhor vosso Deus vos levantará um profeta
semelhante a Mim; a Ele ouvireis segundo tudo quanto Ele vos disser.

23 E acontecerá que toda a alma que não escutar Esse profeta será exterminada de entre o
povo.' Dt 18:15-16,19

24 Sim, e todos os profetas (desde Samuel e aqueles subseqüentes), tantos quantos falaram,
também predisseram estes dias.

25 Vós sois os filhos dos profetas e da aliança que Deus determinou aos nossos pais, dizendo a
Abraão: 'E na tua Semente {*} serão benditas todas as famílias da terra'. Gn 22:18 {*
"Semente" refere-se ao Cristo}

26 Havendo Deus ressuscitado o Seu Filho Jesus , O enviou primeiramente a vós, nisso vos
abençoando: No (Ele) converter, a cada um de vós, para longe das vossas iniqüidades."
Atos 4

1 ¶ E, ainda estando eles (Pedro e João) falando ao povo, sobrevieram-lhes os sacerdotes, e o


capitão do templo, e os saduceus,

2 Doendo-se muito em razão de (Pedro e João) ensinarem ao povo, e anunciarem em Jesus a


ressurreição, aquela para- fora- de- entre os mortos.

3 E lançaram as mãos sobre eles (sobre Pedro e João), e os puseram para dentro da prisão até
o dia seguinte, pois já era a tardinha.

4 Mas muitos daqueles havendo ouvido a Palavra creram, e chegou o número desses varões a
quase cinco mil.

5 ¶ E, no dia seguinte, aconteceu serem reunidos para dentro de Jerusalém os seus (dos
habitantes de Jerusalém) principais, e anciãos, e escribas,

6 E Anás (o sumo sacerdote), e Caifás, e João {*}, e Alexandre, e todos quantos eram
provenientes- de- dentro- da linhagem do sumo sacerdote. {* Este é outro João, não o
apóstolo}

7 E, havendo posto eles (Pedro, João o apóstolo, e o curado) no meio deles, perguntavam: "Em
que poder ou em nome de Quem fizestes vós isto?"

8 Então Pedro, havendo sido enchido do Espírito Santo, lhes disse:

"Ó principais do povo, e ó anciãos de Israel:

9 Uma vez que hoje somos interrogados a respeito de benefício feito a um homem enfermo,
em que modo ele tem sido curado,

10 Seja conhecido de todos vós, e de todo o povo de Israel, que no nome de Jesus Cristo (o
nazareno, a Quem vós crucificastes e Aquele a Quem Deus ressuscitou para- fora- de- entre os
mortos), em nome dEle é que este (varão) tem se postado são diante de vós.

11 Este (Jesus) é a Pedra, aquela (Pedra) havendo sido rejeitada por vós os que estão
edificando, aquela havendo vindo para ser cabeça de esquina. Sl 118:22

12 E não há a salvação em nenhum outro {*}, porque também debaixo do céu nenhum
diferente {**} nome há, tendo sido dado entre os homens, em que nos é necessário ser
salvos." {* "Allos" = "outro, de tipo talvez ou aparentemente semelhante" (mas é outro,
portanto é impossível que salve).} {** "Heteros" = "outro, de tipo bastante diferente."}

13 ¶ Então eles, vendo a ousadia de Pedro e de João, e havendo percebido que são varões sem
instrução e plebeus, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado juntamente-
com Jesus.

14 E, estando eles vendo o homem (aquele tendo sido curado) tendo-se postado juntamente-
com eles, nada tinham para contradizer.
15 Todavia, havendo-os ordenado ir para fora do Sinédrio, conferenciaram uns com os outros,

16 Dizendo:

"Que faremos a estes homens? Porque, na verdade, é manifesto, a todos aqueles habitando
em Jerusalém, que um sinal notório tem sido feito através deles, e não o podemos negar;

17 Mas, para que isto não se divulgue mais para o povo, os ameacemos com uma firme
ameaça, a fim de não mais falarem (apoiados) sobre Esse nome (de Jesus) a homem nenhum."

18 E, havendo-os chamado, lhes ordenaram de modo nenhum falarem, nem ensinarem,


(apoiados) sobre o nome de Jesus.

19 Mas Pedro e João disseram, havendo-lhes respondido:

"Se é justo (diante de Deus) ouvir muito mais a vós do que a Deus, julgai vós.

20 Porque nós não podemos não falar do que havemos visto e havemos ouvido."

21 Mas eles, havendo ainda mais os ameaçado, e nada achando como motivo para os castigar,
os deixaram ir, por causa do povo; porque todos glorificavam a Deus (apoiados) sobre aquilo
tendo acontecido.

22 Pois era de mais de quarenta anos o homem sobre quem tinha sido feito aquele milagre de
cura.

23 ¶ E, depois de havendo eles (Pedro e João) sido soltos, foram para os seus próprios
companheiros, e lhes contaram tudo o que lhes disseram os principais dos sacerdotes e os
anciãos.

24 E, havendo eles ouvido isto, em uma mesma harmonia levantaram a voz a Deus, e
disseram:

"Ó Dono- e- Senhor, Tu és o Deus, Aquele havendo feito o céu, e a terra, e o mar, e tudo o que
neles há; Ex 20:11

25 És Aquele havendo dito através da boca de Davi , o Teu servo:

'Por que os gentios resfolegaram de furor, e os povos imaginaram coisas vãs? {# Stephen 1550}

26 Levantaram-se os reis da terra, e os príncipes foram ajuntados à uma, contra o Senhor e


contra o Seu Cristo'. Sl 2:1,2

27 Porque, por verdade, tanto Herodes (Antipas) como Pôncio Pilatos foram ajuntados
juntamente- com os gentios e com os povos de Israel, contra o Teu santo Filho , Jesus, que Tu
ungiste,

28 Para fazerem tudo o que a Tua mão e o Teu conselho predeterminaram ser feito.

29 E agora, ó Senhor, olha para as ameaças deles, e concede aos Teus servos falarem a Tua
Palavra com toda a ousadia,
30 No estenderes a Tua mão para curar, e para serem feitos sinais e prodígios através do nome
do Teu santo Filho {*}, Jesus." {* Nota v. 27}

31 E, havendo eles orado, o lugar em que estavam tendo- sido- reunidos foi sacudido. Então
todos foram enchidos do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a Palavra de Deus.

32 E era um só o coração e a alma da multidão daqueles havendo crido, e ninguém (dentre


eles) dizia coisa nenhuma (daquilo que ele está possuindo) ser sua própria, mas todas as coisas
lhes eram em comum.

33 ¶ E, com grande poder, os apóstolos davam o testemunho da ressurreição do Senhor Jesus,


e havia abundante graça (de Deus) sobre todos eles.

34 Porque não havia entre eles necessitado algum; porque todos os que eram proprietários de
campos ou de casas, vendendo-os, traziam os valores daquilo que estava sendo vendido, e os
depositavam ao lado dos pés dos apóstolos,

35 E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.

36 Então José, aquele havendo sido cognominado pelos apóstolos como Barnabé (que, sendo
traduzido, é "filho da consolação"), levita, Cipriota por nascimento,

37 Um campo sendo seu, havendo-o vendido, trouxe o dinheiro, e o depositou ao lado dos pés
dos apóstolos.

Atos 5

1 ¶ Mas um certo varão por nome de Ananias, juntamente- com Safira, a sua esposa, vendeu
uma propriedade

2 E reteve parte proveniente- de- junto- do preço (a sua esposa também tendo sabido disto) e,
havendo trazido uma certa parte, a depositou ao lado dos pés dos apóstolos.

3 Mas Pedro disse:

"Ó Ananias, por que Satanás encheu o teu coração, para tu mentires ao Espírito Santo, e
reteres parte proveniente- de- junto- do preço do campo?

4 Enquanto (o campo) permanecendo contigo, porventura não permanecia para ti? E, havendo
(o campo) sido vendido, não estava ele (o dinheiro da venda) dentro de tua própria
autoridade? Por que puseste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas ao
Deus."

5 E, Ananias, ainda estando ouvindo estas palavras, havendo caído, expirou. E um grande
temor veio sobre todos aqueles estando ouvindo estas coisas.

6 E, havendo-se levantado os varões mais moços, o enrolaram- com- panos e, havendo-o


transportado para fora, o sepultaram.
7 E, quase três horas depois, sucedeu que a esposa dele também entrou, não tendo sabido
daquilo tendo acontecido.

8 E Pedro lhe respondeu: "Dize-me se vós (ambos) vendestes o campo por tanto." E ela disse:
"Sim, por tanto."

9 Então Pedro lhe disse: "Por que é que entre vós entrastes em acordo para tentar o Espírito
do Senhor? Eis aí à porta os pés daqueles havendo sepultado o teu marido, e eles também te
carregarão para fora."

10 E imediatamente ela caiu ao lado dos pés dele (de Pedro), e expirou. E, havendo os moços
entrado, a acharam morta e, havendo-a carregado para fora, a sepultaram junto ao marido
dela.

11 E veio um grande temor sobre toda a assembléia {*}, e sobre todos os que estavam ouvindo
estas coisas. {* Grupo local biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt
16:18}

12 ¶ E muitos sinais e prodígios foram feitos entre o povo através das mãos dos apóstolos

(e estavam todos em uma mesma harmonia no Alpendre de Salomão,

13 E, dos restantes, ninguém ousava ajuntar-se a eles; mas o povo os magnificava- em-
louvores;

14 E muito mais aqueles que ficaram crendo eram adicionados ao Senhor, multidões tanto de
varões quanto de mulheres),

15 De forma a eles (do povo) transportarem para fora os enfermos, ao longo de todas as ruas
largas, e os colocarem sobre leitos e macas, para que ao menos a sombra de Pedro, quando
estivesse passando, sombreasse sobre alguns deles.

16 E, até das cidades circunvizinhas, a multidão juntamente vinha para Jerusalém, carregando
enfermos e aqueles sendo atormentados por espíritos imundos, os quais eram todos curados.

17 E, havendo-se levantado o sumo sacerdote e todos os que estavam juntamente- com ele
(aqueles sendo da seita dos saduceus), encheram-se de inveja,

18 E lançaram as suas mãos sobre os apóstolos, e os puseram na prisão pública.

19 Mas, durante a noite, um anjo do Senhor abriu as portas da prisão e, havendo-os tirado
para fora, disse:

20 "Ide e, havendo-se postado no templo, dizei ao povo todas as palavras desta Vida".

21 E, havendo eles os apóstolos) ouvido isto, de manhã bem cedo entraram para o templo e
ensinavam. ¶ E o sumo sacerdote e aqueles que estavam juntamente- com ele, havendo
chegado, convocaram o Sinédrio e todo o conselho de anciãos dos filhos de Israel, e enviaram
(mensageiros) ao cárcere, para (os apóstolos) serem trazidos.
22 Mas os servidores, havendo ido lá, não os acharam na prisão; e, havendo voltado, relataram
isto,

23 Dizendo: "Realmente achamos o cárcere havendo sido fechado em toda a segurança, e os


guardas tendo sido postados do lado de fora diante das portas. Mas nós, havendo aberto as
portas, a ninguém achamos do lado de dentro."

24 E, quando ouviram estas palavras, tanto o sumo sacerdote como o capitão do templo e os
chefes dos sacerdotes estavam perplexos a respeito deles (dos apóstolos) e do que isto venha
a ser.

25 Então um certo homem, havendo chegado, lhes anunciou, dizendo: "Eis que os varões, os
quais pusestes na prisão, estão no templo, tendo-se postado de pé e estando ensinando o
povo."

26 Então o capitão (havendo ido juntamente- com os servidores) os trouxe não com violência
(porque (capitão e servidores) temiam o povo, para que (capitão e servidores) não fossem
apedrejados).

27 E eles (capitão e servidores), havendo-os trazido, os postaram no Sinédrio. E o sumo


sacerdote os interrogou,

28 Dizendo: "Porventura não, já no passado, vos ordenamos expressamente, por uma firme-
ordem, não ensinardes (apoiados) sobre esse nome (de Jesus)? E eis que tendes enchido
Jerusalém com a vossa doutrina, e tendes o propósito de trazer sobre nós o sangue desse
varão."

29 Mas Pedro e os outros apóstolos disseram, havendo respondido:

"Muito mais é necessário obedecer a Deus do que aos homens.

30 O Deus dos nossos pais ressuscitou Jesus, ao Qual vós dantes matastes, havendo-O
suspendido sobre um madeiro.

31 Deus com a Sua destra O exaltou a Príncipe {*} e Salvador, para dar a Israel o
arrependimento e a remissão dos pecados. {* Ou Autor, ou Capitão- chefe, ou Líder}

32 E nós somos testemunhas dEle (de Cristo) a respeito destas palavras, nós e também o
Espírito Santo, o Qual Deus deu àqueles que estão crendo- obedecendo a Ele (a Jesus) ".

33 ¶ E eles (sacerdotes, Sinédrio, conselheiros), havendo ouvido isto, de raiva eram como que
serrados ao meio, e deliberavam matá-los.

34 Mas, havendo-se levantado no Sinédrio um certo homem, fariseu, por nome de Gamaliel,
professor- doutor- da- lei, bem reputado por todo o povo, ordenou levarem para fora os
apóstolos, por um pouco de tempo,

35 E disse a eles (aos sacerdotes, Sinédrio, conselheiros):

"Ó varões israelitas, acautelai-vos a respeito do que vós estais para fazer a estes varões,
36 Porque antes destes dias levantou-se Teudas, dizendo ele próprio ser alguém (grande e
profeta); a quem foi ajuntado o número de cerca de quatrocentos varões; o qual (Teudas) foi
morto, e todos quantos estavam crendo nele foram dispersos e foram tornados em nada.

37 Depois deste, nos dias do alistamento, levantou-se Judas, o Galileu, e levou muito povo
após si. Mas também este se fez perecer, e todos quantos eram persuadidos por ele foram
dispersos.

38 E agora vos digo: Afastai-vos destes varões (os apóstolos), e deixai-os ir! Porque, caso este
conselho ou esta obra seja proveniente- de- junto- de homens, será desfeita;

39 Mas, se é proveniente- de- dentro- de Deus, vós não a podeis desfazer. Para que não
aconteça serdes também achados combatedores contra Deus."

40 E eles (sacerdotes, e conselheiros do Sinédrio) foram persuadidos por ele (por Gamaliel). E
eles, havendo chamado os apóstolos e havendo-os açoitado, ordenaram a estes não falarem
(apoiados) sobre o nome de Jesus. E os deixaram ir.

41 Por isso, na verdade eles (os apóstolos) se retiravam para longe da presença do Sinédrio,
regozijando de terem sido julgados dignos de padecer afronta para- benefício- do nome dEle
(de Jesus).

42 E todos os dias, no templo e nas casas, eles (os apóstolos) não cessavam ensinando e
pregando- as- boas- novas (o Evangelho): Jesus, o Cristo.

Atos 6

1 ¶ E, naqueles dias, multiplicando-se o número dos discípulos, surgiu uma murmuração dos
(discípulos cristãos de fala dos) gregos contra os (discípulos cristãos) hebreus, porque as viúvas
deles (dos discípulos cristãos de fala dos gregos) eram desprezadas na ação- de servir
cotidiana.

2 E os doze (apóstolos), havendo convocado a multidão dos discípulos, disseram:

"Não é razoável nós, havendo deixado de lado a Palavra de Deus, servirmos às mesas.

3 Selecionai, pois, de entre vós mesmos, ó irmãos, sete varões sendo bem testificados, cheios
do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituiremos sobre esta necessidade.

4 Mas nós firmemente- continuaremos na oração e no encargo- de- servir através da Palavra."

5 E esta palavra foi agradável diante de toda a multidão. E elegeram Estêvão (varão cheio de fé
e do Espírito Santo), e Filipe, e Prócoro, e Nicanor, e Timão, e Parmenas, e Nicolau (prosélito
de Antioquia),

6 Aos quais apresentaram ante os apóstolos. E estes, havendo orado, lhes impuseram as mãos.

7 ¶ E a Palavra de Deus crescia, e, em Jerusalém, o número dos discípulos era muito


multiplicado e grande multidão dos sacerdotes obedecia à fé.
8 E Estêvão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.

9 E levantaram-se alguns daqueles que eram provenientes- de- dentro- da sinagoga (aquela
que está sendo chamada Sinagoga dos Libertados), e da sinagoga dos cireneus, e da sinagoga
dos alexandrinos, e da sinagoga de aqueles que são da Cilícia e da Ásia, disputando com
Estêvão.

10 E não podiam resistir à sabedoria e ao espírito com que ele falava.

11 Então eles subornaram alguns varões, dizendo estes varões: "Temos-lhe ouvido proferindo
palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus."

12 E eles (das sinagogas) agitaram o povo, e os anciãos, e os escribas. E, havendo investido


contra ele, o arrebataram e o trouxeram ao Sinédrio.

13 E levantaram falsas testemunhas, dizendo elas:

"Este varão não cessa proferindo palavras blasfemas contra este santo lugar e contra a lei;

14 Porque o temos ouvido dizendo que esse Jesus, o nazareno, destruirá este lugar e mudará
os costumes que Moisés nos entregou."

15 Então todos aqueles que estavam assentando no Sinédrio, havendo fixado os olhos para ele
(para Estêvão), viram o seu rosto como o rosto de um anjo.

Atos 7

1 ¶ E o sumo sacerdote perguntou (Estêvão): "São então estas coisas deste modo?"

2 E ele (Estêvão) dizia:

"Ó varões irmãos, e pais, ouvi: O Deus da glória apareceu ao nosso pai Abraão (estando este na
Mesopotâmia, antes dele habitar em Harã),

3 E lhe disse: 'Sai tu de dentro da tua terra e de entre a tua parentela, e vem para dentro da
terra que Eu te mostrarei'. Gn 12:1

4 Então (Abraão), havendo saído proveniente- de- dentro- da terra dos caldeus, habitou em
Harã. E dali, depois do seu pai falecer, Deus o removeu para dentro desta terra em que vós
agora habitais.

5 Mas não lhe deu herança nela, nem mesmo o espaço de um pé. No entanto, prometeu dá-la
por possessão a ele e à sua semente depois dele, ainda não tendo ele filho. Gn 17:8

6 E Deus falou assim, que:

'A semente dele (de Abraão) será peregrina em terra estrangeira, e a (semente) sujeitarão à
escravidão, e a maltratarão por quatrocentos anos. Gn 15:13
7 E,' disse Deus, 'Eu julgarei a nação que os tiver escravizado; e, depois disto, sairão e
prestarão culto a Mim, neste lugar.' Gn 15:14; Ex 3:12

8 ¶ E (Deus) deu a ele (a Abraão) a aliança da circuncisão; e, deste modo, ele (Abraão) gerou
Isaque e o circuncidou ao oitavo dia; e Isaque gerou Jacó; e Jacó gerou os doze patriarcas.

9 E os patriarcas, havendo fervido de inveja a José, o venderam para dentro do Egito. Mas
Deus era com ele,

10 E o livrou para fora de todas as suas aflições, e lhe deu graça e sabedoria diante de Faraó,
rei do Egito, e este o constituiu governante sobre o Egito e sobre toda a sua casa.

11 Então veio fome sobre toda a terra do Egito e de Canaã, e grande aflição. E os nossos pais
não achavam mantimentos.

12 Mas Jacó, havendo ouvido que no Egito está havendo trigo, enviou para ali os nossos pais, a
primeira vez.

13 E, na segunda vez, José se fez conhecer aos seus irmãos, e a família de José se fez manifesta
a Faraó.

14 E José, havendo enviado (mensageiro), chamou- para- vir seu pai Jacó e toda a sua
parentela, que era em setenta e cinco almas. Gn 46:27

15 E Jacó desceu para dentro do Egito e ali morreu, ele e os nossos pais;

16 E foram transportados para Siquém, e foram depositados na sepultura que Abraão antes
comprou, por certa soma de dinheiro, junto aos filhos de Emor, pai de Siquém.

17 ¶ Mas, quando chegava vizinho o tempo da promessa que Deus antes jurou a Abraão, o
povo cresceu e foi multiplicado no Egito,

18 Até que se levantou outro rei, que não tinha conhecido a José. Ex 1:8

19 Esse (rei), havendo agido traiçoeiramente contra a nossa linhagem, maltratou os nossos
pais, a ponto de os fazer lançar fora os seus bebês, para não sobreviverem.

20 Em qual tempo Moisés foi nascido, e era apropriado- agradável- belo mediante (o operar
de) Deus , e foi criado três meses na casa do seu pai.

21 E, sendo ele lançado fora, a filha de Faraó o tomou e o criou para ela mesma, para ser seu
filho.

22 E Moisés foi instruído- corrigido em toda a ciência dos egípcios, e era poderoso em suas
palavras e em suas obras.

23 E, quando lhe era completado um período de quarenta anos de idade, veio sobre o seu
coração olhar- cuidar pelos seus irmãos, os filhos de Israel.

24 E, havendo visto um certo deles sendo ferido, ele o defendeu e, havendo golpeado- matado
o egípcio, fez a vingança daquele que estava sendo afligido.
25 Porque ele (Moisés) supunha os seus irmãos entenderem que Deus lhes dá libertação
através da mão dele (de Moisés); mas eles não entenderam.

26 E, no dia se seguindo, ele se mostrou a eles enquanto (dois dentre eles) estão pelejando, e
os exortou à união para a paz, havendo dito: 'Ó varões, vós sois irmãos; por que vos feris um
ao outro?'

27 Mas aquele que está ferindo o seu próximo o repeliu, havendo dito:

'Quem te constituiu príncipe e juiz sobre nós?

28 Não queres tu matar-me, como ontem mataste o egípcio'? Ex 2:14

29 Então, nesta palavra, Moisés fugiu. E ‘tornou-se forasteiro {*} na terra de Midiã’, onde
gerou dois filhos. {* Forasteiro: Mora numa cidade, mas não é nem aceita ser filho e cidadão
dela} Ex 2:15-22

30 E, havendo sido completados quarenta anos depois disso, O Anjo do Senhor lhe apareceu
no deserto do monte Sinai, numa chamA de fogo no meio de uma sarça.

31 Então Moisés, havendo visto isto, se maravilhou da visão. E, em aproximando-se ele para
observar aquilo, a voz do Senhor veio até ele,

32 Dizendo: 'Eu sou o Deus dos teus pais, o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de
Jacó.' E Moisés, havendo-se tornado trêmulo, não ousava olhar. Ex 3:6,15

33 E o Senhor lhe disse:

'Tira os sapatos dos teus pés, porque o lugar no qual tens te postado é terra santa.

34 Havendo visto, Eu vi a aflição do Meu povo que está no Egito, e ouvi os seus gemidos, e
desci a livrá-los para fora (do Egito). Agora, pois, vem, e te enviarei para dentro do Egito'. Ex
3:5,7,8a,10a

35 ¶ A este Moisés, ao qual rejeitaram havendo dito 'Quem te constituiu príncipe e juiz?', a
ele, na mão do Anjo {*} havendo- lhe aparecido na sarça, Deus enviou como príncipe e
libertador. {* Cristofania}

36 Este (Moisés) os conduziu para fora (do Egito), havendo feito prodígios e sinais na terra do
Egito, e no Mar Vermelho, e no deserto, durante quarenta anos.

37 Este é o Moisés, aquele havendo dito aos filhos de Israel: 'O Senhor vosso Deus vos
levantará, de entre os vossos irmãos, um profeta semelhante a mim'; a Ele ouvireis . Dt 18:15

38 Este (Moisés) é aquele havendo estado (na assembléia no deserto) com O Anjo o Qual
(Anjo), no monte Sinai, está falando a ele e aos nossos pais; o qual (Moisés) recebeu as
palavras que estão vivendo, para no-las dar.

39 Ao qual (Moisés) os nossos pais não quiseram ser submissos, mas o rejeitaram e, em seus
corações, se tornaram de volta para dentro do Egito,
40 Havendo dito a Arão: 'Faze-nos deuses que irão adiante de nós; porque a esse Moisés, que
nos tirou para fora da terra do Egito, não temos sabido o que lhe tem acontecido.' Ex 32:1

41 E naqueles dias fizeram o bezerro, e ofereceram sacrifícios ao ídolo, e se alegravam nas


obras das suas próprias mãos.

42 Mas Deus voltou-lhes as costas e os abandonou para prestarem culto ao exército do céu,
como tem sido escrito no livro dos profetas:

'Porventura Me oferecestes vítimas e sacrifícios no deserto, por quarenta anos, ó casa de


Israel?

43 Mas tomastes o tabernáculo de Moloque, e a estrela do vosso deus Renfan {*}, as figuras
que vós fizestes para as adorar. Eu vos transferirei, pois, para além da Babilônia.' Am 5:25-27
{* "Renphan" literalmente significa "encolhido (por não ter vida)". Sua estrela é a estrela de 6
pontas, que Hitler reinventou, mentirosamente a chamou de "Estrela de Davi", e a moderna
Israel absurdamente adotou na bandeira}

44 ¶ O tabernáculo do testemunho estava entre os nossos pais no deserto, como antes


ordenou Aquele (Deus) que esteve dizendo a Moisés para o fazer segundo o modelo que tinha
visto,

45 O qual (tabernáculo) também os nossos pais trouxeram com Josué, havendo-o recebido por
sucessão (no tomar posse dos gentios que Deus lançou para fora, para longe da face dos
nossos pais) até aos dias de Davi,

46 O qual achou graça diante de Deus, e pediu que ele pudesse achar um tabernáculo {*} para
o Deus de Jacó. {* Achar um lugar para a melhor e definitiva morada de Deus em Israel, o
Templo. Dt 16:2; Sl 132:3}

47 E Salomão edificou casa a Ele (a Deus);

48 Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:

49 'Diz o Senhor: O céu é cadeira- trono para Mim, e a terra é o estrado dos Meus pés. Que
casa Me edificareis? Ou qual é o lugar do Meu repouso?

50 Porventura a Minha mão não fez todas estas coisas?' Is 66:1, 2

51 Ó homens de pescoço duro, e incircuncisos no coração e nos ouvidos! Vós sempre resistis
ao Espírito Santo. Como fizeram os vossos pais, do mesmo modo fazeis vós.

52 A qual dos profetas os vossos pais não perseguiram? Até mataram aqueles havendo
preanunciando a respeito da vinda do Justo, do Qual vós agora tendes vos tornado traidores e
homicidas;

53 Vós, que recebestes a lei em conseqüência das instrumentalidades dos mensageiros {*}, e
não a guardastes." {* "Aggelos" pode ser traduzido por "anjo" ou por "mensageiro". Comp. De
33:2; Ac 7:53; He 2:2,5 }
54 ¶ E eles, estando ouvindo isto, de raiva eram como que serrados ao meio nos seus
corações, e rangiam os seus dentes contra ele (contra Estêvão).

55 Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, havendo fixado os olhos para dentro do céu, viu a
glória de Deus, e Jesus tendo se postado à direita de Deus.

56 E ele (Estevão) disse: "Eis que vejo os céus tendo sido abertos, e o Filho do homem tendo-se
postado à mão direita de Deus."

57 Mas eles, havendo gritado com uma grande voz, taparam os ouvidos deles mesmos, e
arremeteram em uma mesma harmonia contra ele.

58 E, havendo-o lançado para fora da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as


suas capas ao lado dos pés de um jovem- varão sendo chamado Saulo.

59 E apedrejavam Estêvão, o qual está invocando a Deus e dizendo: "Ó Senhor Jesus, recebe o
meu espírito."

60 E ele, havendo-se posto de joelhos, clamou com grande voz: "Ó Senhor, não lhes imputes
este pecado." E ele, havendo dito isto, foi adormecido.

Atos 8

1 ¶ E Saulo estava consentindo na morte dele (de Estevão). E, naquele dia, fez-se uma grande
perseguição contra a assembléia {*} que estava em Jerusalém; e todos (desta assembléia)
foram dispersos por todas as regiões da Judéia e da Samaria, exceto os apóstolos. {* Grupo
local biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

2 E alguns varões dedicados (no servir a Deus) levaram- para- enterrar- a Estevão , e fizeram
sobre ele um grande pranto.

3 E Saulo assolava a assembléia (de Jerusalém), entrando por todas as casas (de Jerusalém). E,
arrastando varões e mulheres, os entregava à prisão.

4 Portanto, na verdade, aqueles (crentes de Jerusalém) que haviam sido dispersos foram- por-
toda- a- parte, pregando- as- boas- novas (o Evangelho): A Palavra {*}. {*A Palavra" inclui tanto
a Palavra ESCRITA (a Bíblia) como a Palavra VIVA (Deus Filho)}

5 E Filipe, havendo descido à cidade de Samaria, lhes pregava o Cristo.

6 E as multidões em- uma- mesma- harmonia prestavam atenção às coisas sendo faladas por
Filipe, em eles o ouvirem e verem os sinais que ele fazia;

7 Porque de muitos, daqueles que estavam possuindo espíritos imundos, estes (espíritos
imundos) saíam clamando em alta voz; e muitos (dantes) tendo sido paralisados e muitos
destituídos- de- pés foram curados.

8 E houve grande alegria naquela cidade.


9 E um certo varão (por nome Simão) já- de- antes estava naquela mesma cidade praticando
magia e fascinando o povo de Samaria, dizendo ele mesmo ser alguma grande personagem.

10 Ao qual todos davam ouvidos, desde o menor até ao maior, dizendo: "Este homem é o
grande poder de Deus."

11 E todos davam ouvidos a ele, por já desde muito tempo ele os ter fascinado com as suas
magias.

12 Mas quando creram em Filipe, que estava pregando- as- boas- novas (o Evangelho) (as
coisas concernentes ao reinar de Deus e a respeito do nome de Jesus Cristo), eram submersos,
tanto varões como mulheres.

13 E Simão, ele próprio, também creu {*}; e, havendo sido submerso, ele estava firmemente
continuando com Filipe. E, vendo os sinais e as grandes maravilhas sendo feitas, estava
atônito. {* Comp. Tg 2:19}

14 ¶ E os apóstolos que estavam em Jerusalém, havendo ouvido que Samaria tinha recebido a
Palavra de Deus , enviaram Pedro e João a eles (aos Samaritanos crentes).

15 Os quais (Pedro e João), havendo descido, oraram concernentes a eles, para que
recebessem o Espírito Santo

16 (Porque Ele (o Espírito Santo) ainda não estava tendo- sido- descido sobre nenhum deles,
mas eles somente estavam tendo- sido- submersos para dentro do nome do Senhor Jesus).

17 Então (Pedro e João) impunham as suas mãos sobre eles, e eles recebiam o Espírito Santo.

18 E Simão, havendo visto que através da imposição das mãos dos apóstolos é dado o Espírito
Santo, ofereceu dinheiro a eles (a Pedro e João),

19 Dizendo: "Dai-me também essa autoridade, para que, quemquer que sobre ele eu puser as
mãos, ele receba o Espírito Santo."

20 Mas Pedro lhe disse:

"O teu dinheiro seja juntamente- contigo para dentro da perdição, pois supuseste o dom-
gratuito de Deus ser comprado através de dinheiro.

21 Tu não tens parte nem quinhão neste assunto, porque o teu coração não é reto diante de
Deus.

22 Arrepende-te, pois, para longe dessa tua iniqüidade, e ora a Deus, se talvez te será
perdoado o pensamento do teu coração.

23 Pois vejo-te estando em fel de amargura e em laço de iniqüidade."

24 Então Simão disse, havendo respondido: "Orai vós ao Senhor em favor de mim, para que
nada do que tendes dito venha sobre mim."
25 Eles, então, na verdade havendo plenamente testificado e havendo pregado a Palavra do
Senhor, voltaram para Jerusalém e pregaram- as- boas- novas (o Evangelho) a muitas aldeias
dos samaritanos.

26 ¶ E um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: "Levanta-te e vai para o lado do sul, sobre o
caminho, aquele descendo proveniente- de- junto- de Jerusalém para dentro de Gaza. O
mesmo está deserto."

27 E ele (Filipe), havendo-se levantado, partiu. E eis um varão etíope, um eunuco poderoso sob
Candace (a rainha dos etíopes), o qual era sobre todos os tesouros dela, o qual tinha vindo a
Jerusalém indo adorar,

28 E estava regressando, e estava assentando sobre a sua carruagem, e lia o profeta Isaías.

29 E o Espírito Santo disse a Filipe: "Chega-te, e sê tu colado a essa carruagem."

30 E Filipe, havendo corrido até ele, o ouviu lendo o profeta Isaías, e disse: "Então? Entendes
tu o que lês?"

31 E ele disse: "Não, porque como é que eu possa entender, se alguém não me guiar?" E rogou
a Filipe para este, havendo subido, se assentar juntamente- com ele.

32 E o conteúdo da Escritura que lia era este:

"Ele foi levado como uma ovelha para matança; e, como um cordeiro está mudo diante
daquele que o está tosquiando, assim Ele não abre a Sua boca.

33 Na Sua humilhação, o Seu julgamento foi retirado; e quem declarará a Sua geração? Porque
a Sua vida é tirada para longe da terra." Is 53:7,8

34 E o eunuco disse a Filipe, havendo respondido: "Rogo-te (dizer-me), o profeta diz isto a
respeito de quem? A respeito de si mesmo, ou a respeito de alguém diferente?"

35 Então Filipe, havendo aberto a sua boca e havendo começado a- partir- desta mesma
Escritura, lhe pregou- as- boas- novas (o Evangelho): Jesus.

36 E, enquanto iam ao longo do caminho deles, eles chegaram (a um local) acima de certa
água, e o eunuco diz: "Vê, aqui há água. Que me impede de ser submerso?"

37 E Filipe disse: "É lícito, se crês proveniente- de- dentro- de todo o teu coração." E ele disse,
havendo respondido: "Eu creio Jesus Cristo ser o Filho de Deus."

38 E ele (Filipe) ordenou parar a carruagem, e desceram ambos para dentro da água, tanto
Filipe como o eunuco, e Filipe o submergiu.

39 E, quando vieram- para- cima, para fora da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e o
eunuco não mais o viu; porque (o eunuco), jubilando, continuava o seu caminho.

40 E (imediatamente) Filipe se achou em Azoto e, enquanto está passando- através (daquela


região), pregava- as- boas- novas (o Evangelho) a todas as cidades, até ele chegar a Cesaréia.
Atos 9

1 ¶ E Saulo, respirando ainda ameaças e matanças contra os discípulos do Senhor, havendo


vindo ao sumo sacerdote,

2 Pediu da parte dele cartas para Damasco, para as sinagogas de lá, a fim de que, se ele (Saulo)
(ali) encontrasse alguns sendo deste Caminho (do Cristo) (quer varões, quer mulheres), os
conduzisse a Jerusalém, tendo sido acorrentados.

3 E, durante o ir- a- caminho, aconteceu ele chegar perto de Damasco, e subitamente uma luz
proveniente- de- junto- do céu resplandeceu- ao- redor dele.

4 E ele, havendo caído sobre a terra, ouviu- entendendo uma voz lhe dizendo: "Saulo, Saulo,
por que Me persegues?"

5 E ele (Saulo) disse: "Ó Senhor, Quem és?" E o Senhor disse: "EU SOU Jesus, a Quem tu
persegues. Duro é para ti escoicear- com- o calcanhar contra os aguilhões."

6 E ele (Saulo), tremendo e estando- atônito, disse: "Ó Senhor, que desejas que eu vá fazer?" E
o Senhor lhe disse : "Levanta-te e entra para a cidade, e lá te será dito o que te é necessário
fazer."

7 E os varões viajando com ele (com Saulo) tinham parado emudecidos, na verdade ouvindo
(sem necessariamente entender) a voz, mas não vendo ninguém.

8 E Saulo levantou-se proveniente- de- junto- da terra, e, tendo sido abertos os seus olhos, não
enxergava ninguém. E o conduziram para dentro de Damasco, guiando-o pela mão.

9 E ele estava três dias nada vendo, e (durante este tempo) não comeu nem bebeu.

10 E em Damasco havia um certo discípulo (um cristão) chamado Ananias. E o Senhor lhe disse
em uma visão: "Ó Ananias!" E ele respondeu: "Eis-me aqui, ó Senhor."

11 E o Senhor lhe disse:

"Havendo-te levantado, vai à rua que está sendo chamada de Direita e, em casa de Judas,
pergunta por um homem chamado Saulo, de Tarso; pois eis, ele ora,

12 E, numa visão, ele viu um varão, chamado Ananias, havendo entrado e havendo posto a
mão sobre ele, para que novamente visse."

13 E Ananias respondeu:

"Ó Senhor, proveniente- de- dentro- de muitas pessoas tenho ouvido a respeito deste varão,
quantos males fez aos Teus santos em Jerusalém.

14 E aqui tem autoridade da parte dos principais dos sacerdotes para acorrentar a todos os
que estão invocando o Teu nome."
15 Porém o Senhor lhe disse:

"Vai, porque este varão é para Mim um vaso escolhido para levar o Meu nome diante dos
gentios, e dos reis, e dos filhos de Israel.

16 Porque Eu lhe mostrarei quão grandes coisas é necessário ele padecer em benefício do Meu
nome."

17 ¶ E Ananias foi, e entrou para a casa (de Judas, hospedador de Saulo), e, havendo imposto
sobre ele as suas mãos, disse: "Ó irmão Saulo, o Senhor (Jesus, Aquele havendo-te aparecido
no caminho em que vinhas) me tem enviado para que novamente vejas e para que sejas
enchido do Espírito Santo."

18 E como que umas escamas imediatamente caíram para longe dos olhos dele (de Saulo), e
instantaneamente viu de novo. E, havendo-se levantado (e saído) , foi submerso.

19 E, havendo recebido alimento, foi fortalecido. E Saulo esteve alguns dias com os discípulos
que estavam em Damasco.

20 E imediatamente, nas sinagogas, ele pregava o Cristo, (pregando) que Este é o Filho de
Deus.

21 E todos aqueles que o estavam ouvindo estavam atônitos, e diziam: "Não é este aquele em
Jerusalém havendo destruído aqueles invocando este nome (de Jesus), e que para isso tinha
vindo aqui, (a saber,) para que os levasse (tendo- sido- acorrentados) aos principais dos
sacerdotes?!"

22 Mas Saulo muito mais era enchido em poder, e confundia os judeus que estavam habitando
em Damasco, provando-lhes que Aquele (Jesus) é o Cristo.

23 ¶ E, quando muitos dias eram cumpridos, os judeus tomaram conselho entre si para o
matarem:

24 Mas a maquinação (para- emboscada) deles foi conhecida por Saulo. E eles guardavam os
portões (da cidade), tanto de dia como de noite, para que o matassem;

25 Mas os discípulos, havendo-o tomado de noite, o desceram através do muro, havendo-o


baixado em um cestão (de carregar mantimentos).

26 E Saulo, havendo chegado a Jerusalém, procurava ser colado aos discípulos, mas todos o
temiam, não crendo que é um discípulo.

27 Então Barnabé, havendo-o tomado consigo, o trouxe aos apóstolos. E ele (Saulo) lhes
contou como no caminho viu o Senhor e Este lhe falou, e como, em Damasco, (Saulo) pregou
ousadamente, no nome de Jesus.

28 E (Saulo) estava com eles em Jerusalém, entrando e saindo.

29 E, falando ousadamente no nome do Senhor Jesus , falava e disputava também contra os


(judeus de fala dos) gregos ). Mas eles (os judeus de fala dos gregos) procuravam matá-lo.
30 Mas, havendo sabido isto, os irmãos (os cristãos) o trouxeram para Cesaréia, e o enviaram a
Tarso.

31 Assim, na verdade, as assembléias (através de toda a Judéia, e Galiléia e Samaria) tinham


paz, sendo edificadas; e, andando no temor do Senhor e na consolação do Espírito Santo, eram
multiplicadas.

32 ¶ E, havendo Pedro passado por todas as partes, aconteceu também descer aos santos que
estavam habitando em Lida.

33 E achou ali certo homem, chamado Enéias, jazendo sobre uma pequena cama desde oito
anos atrás, o qual era tendo- sido- paralisado.

34 E Pedro lhe disse: "Ó Enéias! Jesus, o Cristo, te cura. Levanta-te e arruma tu (mesmo) a tua
cama." E imediatamente ele (Enéias) se levantou.

35 E viram a ele (a Enéias) todos os que habitavam em Lida e na Planície de Sarona, os quais
então se converteram ao Senhor.

36 E havia em Jope certa discípula chamada Tabita (que, sendo traduzido, é chamada de
Dorcas {*}). Esta estava plena de boas obras e de esmolas que fazia. {* “Tabita (aramaico) e
"Dorcas" (grego) significam "Gazela"}

37 E, naqueles dias, havendo (ela) enfermado, aconteceu ela morrer. E, havendo-a banhado-
todo- o- corpo, a colocaram num salão- do- andar- superior.

38 E, sendo Lida perto de Jope, havendo os discípulos ouvido que Pedro está nela (em Lida),
enviaram dois varões para junto dele, rogando-lhe não se demorar em passar até eles.

39 E Pedro, havendo-se levantado, foi com eles; os quais, havendo ele chegado, o trouxeram
para dentro do salão- do- andar- superior. E todas as viúvas o rodearam, chorando e
mostrando as túnicas e roupas que Dorcas lhes fazia quando dantes estando com elas.

40 Mas Pedro, havendo feito sair a todos, e havendo dobrado os seus joelhos, orou. E,
havendo-se voltado para o corpo, disse: "Tabita, levanta-te." E ela abriu os seus olhos, e,
havendo visto Pedro, assentou-se.

41 E ele, havendo-lhe dado a sua mão, a levantou e, havendo chamado os santos e as viúvas, a
apresentou vivendo.

42 E isto foi conhecido por toda cidade de Jope, e muitos creram no Senhor.

43 E aconteceu (Pedro) permanecer muitos dias em Jope, ao lado de um certo Simão, um


curtidor.

Atos 10
1 ¶ E havia em Cesaréia um varão por nome Cornélio (centurião proveniente- de- dentro- da
coorte {*} que está sendo chamada de A Coorte Italiana), {* "Coorte", a décima parte de uma
legião, tem cerca de 600 soldados}

2 Um varão dedicado (no servir a Deus) e temendo a Deus juntamente- com toda a sua casa,
tanto fazendo muitas esmolas ao povo, como continuamente orando a Deus.

3 Este, quase à hora nona {*} do dia, claramente viu numa visão um anjo de Deus, havendo
vindo para ele e lhe dizendo: "Ó Cornélio." {* Hora judaica: 6+9 = 15 horas}

4 E este (Cornélio), havendo fixado- os- olhos nele (no anjo), e havendo-se tornado muito-
atemorizado, disse: "Ó Senhor, que é (isto)?" E ele lhe disse:

"As tuas orações e as tuas esmolas subiram para serem um memorial diante de Deus.

5 E, agora, envia tu varões a Jope, e envia- a- chamar Simão, o qual tem por sobrenome Pedro.

6 Este está sendo hospedado por um certo Simão, um curtidor, cuja casa está ao lado do mar.
Ele (Simão) te dirá o que te é necessário fazer ."

7 E, quando o anjo que está falando a Cornélio se retirou, então, havendo este chamado dois
dos seus criados e um soldado dedicado (no servir a Deus) de entre aqueles continuamente o
servindo (a Cornélio),

8 E, havendo-lhes contado tudo, os enviou a Jope.

9 ¶ E, no dia seguinte, indo eles a caminho e chegando vizinho da cidade, Pedro subiu sobre a
cobertura da casa, para orar, quase à hora sexta. {* Hora judaica: 6+6 = 12 horas}

10 E tornou-se muito faminto, e desejava comer. E, enquanto eles (os anfitriões) estão
preparando comida, caiu sobre ele (sobre Pedro) um arrebatamento de sentidos.

11 E vê o céu tendo sido aberto, e descendo sobre si (sobre Pedro) um certo pano de vela (de
barco), como- se- fosse um grande lençol, tendo sido atado pelas quatro pontas e sendo
baixado sobre a terra.

12 No qual (pano de vela) havia de todos os tipos dos animais quadrúpedes (e das feras
selvagens e dos répteis) da terra, e das aves do ar.

13 E veio uma voz dirigida a ele: "Ó Pedro! Havendo-te levantado, mata e come."

14 Mas Pedro disse: "De modo nenhum, ó Senhor! Porque nunca comi coisa nenhuma comum
ou não purificada."

15 E novamente uma voz falou para ele, por uma segunda vez: "Não chames tu de comum ao
que Deus purificou."

16 E aconteceu isto por três vezes; e, então, o pano de vela (de barco) novamente foi tomado-
para- cima, para dentro do céu.
17 ¶ E, como Pedro duvidava em si mesmo a respeito do que seja aquela visão que ele viu, eis
que também os varões tendo sido enviados provenientes- de- junto- de Cornélio, havendo
inquirido a respeito da casa de Simão, pararam diante do portão.

18 E, havendo chamado, perguntavam se Simão, aquele tendo por sobrenome Pedro,


hospeda-se ali.

19 E, ainda pensando Pedro a respeito daquela visão, o Espírito lhe disse:

"Eis que três varões te buscam.

20 Portanto, havendo-te levantado, desce tu e vai juntamente- com eles, não duvidando;
porque Eu os tenho enviado."

21 E Pedro, havendo descido para junto dos varões (aqueles tendo-lhe sido enviados
provenientes- de- junto- de Cornélio), disse: "Eis, sou eu a quem procurais. Qual é a causa pela
qual estais aqui?"

22 E eles disseram: "Cornélio (um centurião, varão justo e temendo a Deus, e sendo bem
testificado por toda a nação dos judeus), através de um santo anjo foi advertido por Deus para
te chamar para dentro da casa dele e para ouvir palavras da tua parte."

23 ¶ Então Pedro, havendo-os chamado para dentro, os hospedou. E, no dia seguinte, Pedro
partiu juntamente- com eles. E alguns dos irmãos (aqueles provenientes- de- junto- de Jope)
foram com ele.

24 E, no dia imediato, eles entraram para Cesaréia. E Cornélio os estava esperando, já havendo
reunido os seus parentes e os seus amigos mais íntimos.

25 E, quando Pedro foi feito entrar, então Cornélio, havendo-se levantado para recebê-lo e
havendo-se prostrado diante dos pés dele, o adorou.

26 Mas Pedro o levantou, dizendo: "Levanta-te! Porque eu também, eu mesmo, sou um


homem!"

27 E (Pedro), enquanto falando com ele, entrou, e achou muitas pessoas já tendo sido
ajuntadas ali.

28 E (Pedro) lhes dizia:

"Vós bem sabeis como não é lícito a um varão, um judeu, ser colado a (ou até mesmo
aproximar-se de) alguém de outra nação. Mas Deus mostrou-me a nenhum homem eu chamar
de comum ou de imundo.

29 Por causa disso, mesmo eu, havendo sido chamado, sem objeções vim a vós. Pergunto,
pois: Por que razão vós enviastes- a- chamar-me?"

30 E Cornélio dizia:

"Quatro dias atrás, eu estava jejuando até esta hora; e, à hora nona {*}, eu estava orando, em
minha casa, {* Hora judaica: 6+9 = 15 horas}
31 E eis que um varão em vestes resplandecentes se postou diante de mim, e diz:

'Ó Cornélio, a tua oração foi ouvida, e as tuas esmolas foram lembradas diante de Deus.

32 Portanto, envia (emissários) a Jope e chama para cá Simão, que tem por sobrenome Pedro
(este se hospeda em casa de Simão o curtidor, ao lado do mar); o qual (Pedro), (depois de)
havendo vindo, falará a ti.'

33 Portanto, imediatamente enviei- a- chamar-te, e tu bem fizeste, em havendo vindo. Agora,


pois, todos nós estamos aqui presentes diante de Deus, para ouvir todas as coisas tendo-te
sido ordenadas por Deus."

34 ¶ E Pedro, havendo aberto a sua boca, disse:

"Reconheço por verdade que Deus não é aceitador- de- aparência- de- pessoas;

35 Mas que Lhe é aceitável aquele, em toda nação, que O está temendo e está praticando
justiça.

36 A Palavra que Ele (Deus) enviou aos filhos de Israel, pregando- as- boas- novas (o
Evangelho) da paz através de Jesus Cristo (Este é o Senhor de todos),

37 Esta Palavra vós bem tendes conhecido (havendo ela vindo através de toda a Judéia,
havendo começado proveniente- de- junto- da Galiléia depois da submersão que João pregou):

38 Como Deus O ungiu (a Jesus, Aquele proveniente- de- junto- de Nazaré) com o Espírito
Santo e com poder; o Qual (Jesus) andou- através- de- toda- parte fazendo bem e curando
todos que estão sendo oprimidos sob o Diabo; porque Deus era com Ele (com Jesus).

39 E nós somos testemunhas de todas as coisas que Ele fez, tanto na terra dos Judeus como
em Jerusalém; ao Qual mataram, havendo-O pendurado sobre um madeiro.

40 Deus ressuscitou a Este (Jesus) depois do {*} terceiro dia, e Lhe concedeu ser manifesto; {*
Nota Lc 9:22 }

41 Não a todo o povo, mas às testemunhas tendo sido previamente- escolhidas- pelo-
estender- da- mão, por Deus: A nós, que, no passado, comemos e bebemos juntamente com
Ele, depois de Ele ressuscitar para- fora- de- entre os mortos.

42 E nos ordenou pregar ao povo e plenamente testificar que Ele (Jesus) é Aquele tendo sido
determinado por Deus para ser juiz daqueles que estão vivendo, e dos mortos.

43 Todos os profetas dão testemunho a Este (Jesus): Através do Seu nome, receber remissão
dos pecados todo aquele que está crendo nEle." {Nota Jo 3:15}

44 ¶ E, ainda dizendo Pedro estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos aqueles que
estão ouvindo- aceitando a Palavra .

45 E os crentes provenientes- de- dentro- da circuncisão, tantos quantos vieram com Pedro, se
maravilharam de que o dom- gratuito do Espírito Santo também se tinha derramado sobre os
gentios.
46 Porque os ouviam falando línguas estrangeiras {*}, e magnificando a Deus. {* Nota At 2:4}

47 Então Pedro respondeu: "Porventura pode alguém recusar a água para não serem
submersos estes que, do- mesmo- modo- como nós, também receberam o Espírito Santo?"

48 E lhes ordenou serem submersos no nome do Senhor. Então rogaram a ele (a Pedro) para
permanecer junto a eles por alguns dias.

Atos 11

1 ¶ E os apóstolos e os irmãos (aqueles estando na Judéia) ouviram a notícia que os gentios


também receberam a Palavra de Deus.

2 E, quando Pedro subiu a Jerusalém, aqueles (crentes) provenientes- de- dentro- da


circuncisão disputavam consigo,

3 Dizendo: "Por que entraste tu para casa de varões tendo incircuncisão, e comeste com eles?"

4 Mas Pedro, havendo começado, lhes fazia exposição por ordem, dizendo:

5 "Eu estava orando na cidade de Jope e, num arrebatamento dos sentidos, vi uma visão: Via
um certo pano- de- vela (de barco) descendo proveniente- de- dentro- do céu como- se- fosse
um grande lençol sendo baixado pelas quatro pontas, e ele chegou até junto de mim.

6 E eu, havendo fixado os olhos sobre ele, considerava, e vi os animais quadrúpedes (e as feras
selvagens e os répteis) da terra, e as aves do ar.

7 E ouvi uma voz me dizendo: 'Ó Pedro, havendo-te levantado, mata e come.'

8 Mas eu disse: 'De maneira nenhuma, ó Senhor; pois nunca coisa nenhuma comum ou não
purificada veio para dentro da minha boca.'

9 Mas a voz segunda vez me respondeu proveniente- de- dentro- do céu: 'Não chames tu de
comum ao que Deus purificou.'

10 E isto sucedeu por três vezes; e novamente tudo foi recolhido para cima, para dentro do
céu.

11 E eis que, naquela mesma hora, três varões se postaram diante da casa em que eu estava,
tendo eles sido enviados a mim provenientes- de- junto- de Cesaréia.

12 E o Espírito me ordenou ir com eles, nada duvidando. E estes seis irmãos também foram
juntamente- comigo, então entramos para a casa daquele varão (Cornélio).

13 E ele nos contou como viu o anjo, havendo (o anjo) se postado na sua casa e havendo-lhe
dito:

'Envia varões a Jope, e envia a chamar Simão, aquele tendo por sobrenome Pedro,
14 O qual te dirá palavras nas quais tu serás salvo. E- semelhantemente toda a tua casa {*}.' {*
Nota 16:31}

15 E, no meu começar a falar, caiu sobre eles (sobre Cornélio e os seus) o Espírito Santo, tanto
quanto também caiu sobre nós no princípio .

16 E eu me lembrei da palavra do Senhor, como Ele dizia: 'João na verdade submergiu dentro
da água; mas vós sereis submersos dentro do Espírito Santo.'

17 Portanto, uma vez que {*} Deus lhes deu o mesmo dom- gratuito como também a nós
(aqueles desde anteriormente havendo crido no Senhor Jesus Cristo), então eu, quem era eu
para ser capaz de resistir a Deus?" {* Nota Jo 1:25}

18 E eles {*}, havendo ouvido estas coisas, se apaziguaram e glorificavam a Deus, dizendo:
"Logo, até aos gentios Deus concedeu o arrependimento para a vida!" {* Os crentes
provenientes- de- dentro- da circuncisão e que estavam em Jerusalém, v. 2}

19 ¶ Mas, na verdade, aqueles havendo sido dispersos provenientes- de- junto- da perseguição
havendo ocorrido por causa de Estêvão, se espalharam até à Fenícia e ao Chipre e à Antioquia,
a ninguém anunciando a Palavra, exceto somente aos judeus.

20 E havia, provenientes- de- entre eles (esses cristãos), alguns varões cíprios e cirenenses, os
quais, havendo entrado para Antioquia, falavam aos (judeus de fala dos) gregos {*}, pregando-
as- boas- novas (o Evangelho): O Senhor Jesus. {* Nota 9:29}

21 E a mão do Senhor era com eles, e um grande número (daqueles em Antioquia), havendo
crido, converteu-se ao Senhor.

22 E a notícia a respeito deles fez-se ouvida aos ouvidos da assembléia que estava em
Jerusalém. E eles (os crentes de Jerusalém) enviaram Barnabé para percorrer as regiões até tão
longe quanto Antioquia.

23 O qual (Barnabé), havendo chegado, e havendo visto a graça de Deus, se alegrou. E


exortava a todos para permanecerem no Senhor, com propósito do coraçãO.

24 Porque (Barnabé) era varão bom, e cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente foi
adicionada ao Senhor.

25 E Barnabé partiu para Tarso, para buscar Saulo. E, havendo-o achado, o trouxe para
Antioquia.

26 E, durante todo um ano, sucedeu deles (Barnabé e Saulo) se reunirem juntamente naquela
assembléia (de Antioquia), e ensinarem a muita gente. E, em Antioquia, os discípulos, pela-
primeira- vez, serem chamados de cristãos.

27 ¶ E, naqueles dias, profetas provenientes- de- junto- de Jerusalém desceram para


Antioquia.
28 E, havendo-se levantado um de entre eles, por nome Ágabo, deu a entender, através (da
revelação) do Espírito, uma grande fome estar indo haver em todo o mundo, a qual também
aconteceu sob (o tempo de) Cláudio, o César.

29 E os discípulos (de Antioquia) (cada um deles exatamente- conforme podia- preparar)


determinaram enviar socorro {*} aos irmãos que estão habitando na Judéia. {* Nota Gl 2:10}

30 O que eles, com efeito, fizeram, havendo-o enviado aos presbíteros {*} através da mão de
Barnabé e de Saulo. {* Das assembléias na Judéia}

Atos 12

1 ¶ E, ao longo daquele mesmo tempo, o rei Herodes (Agripa I) estendeu as suas mãos sobre
alguns daqueles provenientes- de- junto- da assembléia {*}, para os maltratar; {* Grupo local
biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

2 E matou à espada Tiago, o irmão de João.

3 E ele (Herodes), havendo visto que isso é agradável aos judeus, foi além para também
prender Pedro (e eram os dias dos pães ázimos),

4 A quem também, havendo-o prendido, colocou na prisão, havendo-o entregue a quatro


quaternos de soldados {*} para o guardarem, intencionando apresentá-lo ao povo depois da
páscoa . {* 1 quaterno (grupo de quatro) para cada 1 das 4 vigílias da noite. De cada quaterno,
2 soldados ficavam dentro da cela com o prisioneiro e 2 ficavam fora, à porta}

5 ¶ Pedro, pois, era na verdade guardado na prisão. Mas fervente- e- incessante oração a Deus
estava sendo feita pela assembléia em benefício dele (de Pedro).

6 E, quando Herodes estava para o fazer comparecer (para ser julgado), nessa mesma noite
estava Pedro dormindo entre dois soldados, tendo sido acorrentado com duas correntes. E
guardas, diante da sua porta, guardavam a prisão.

7 E eis que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz resplandeceu no prédio- da- prisão. E ele
(o anjo), havendo batido no lado do tórax de Pedro, o despertou, dizendo: "Levanta-te em
pressa." E as correntes dele (de Pedro) caíram para fora das suas mãos.

8 E o anjo lhe disse: "Cinge-te, e ata as tuas sandálias." E ele assim o fez. E (o anjo) lhe diz mais:
"Lança a tua capa ao teu redor, e segue-me."

9 E (Pedro), havendo saído, o seguia. E não tinha sabido que é real aquilo sendo feito através
do anjo, mas supunha ver uma visão.

10 E eles (o anjo e Pedro), havendo passado através da primeira e da segunda guarda,


chegaram ao portão de ferro (aquele dando entrada à cidade), o qual se lhes abriu por si
mesmo. E eles, havendo saído, foram adiante através de uma rua e, imediatamente depois, o
anjo se apartou para longe dele (de Pedro).
11 E Pedro, havendo tornado a si, disse: "Agora, verdadeiramente tenho reconhecido que o
Senhor enviou um anjo dEle, e me livrou para fora da mão de Herodes e de toda a expectativa
do povo dos judeus."

12 E ele (Pedro), havendo considerado isto, foi à casa de Maria, a mãe de João (aquele tendo
por sobrenome Marcos), onde muitos estavam tendo- sido- reunidos, e estavam orando.

13 E, havendo Pedro batido ao portão do portal, uma jovem- criada com nome de Rode veio
para escutar.

14 E ela, havendo reconhecido a voz de Pedro, por- causa- do gozo dela não abriu o portal,
mas, havendo corrido para dentro, anunciou Pedro ter se postado diante do portal.

15 E eles (os muitos reunidos) disseram-lhe (a ela): "Estás fora de ti." Mas ela firmemente
afirmava assim ser. E eles diziam: "É o mensageiro {*} dele." {* "Aggelos" pode ser traduzido
por "anjo" ou por "mensageiro"}

16 Mas Pedro perseverava batendo- no- portão. E eles, havendo aberto (o portão), o viram, e
se espantaram.

17 E ele, havendo-lhes feito sinal com a mão para se calarem, lhes contou como o Senhor o
tirou de dentro da prisão. E ele (Pedro) disse: "Anunciai estas coisas a Tiago e aos irmãos." E
ele (Pedro), havendo saído, partiu para outro lugar.

18 ¶ E, já havendo chegado o dia, havia não pouco alvoroço entre os soldados sobre o que
aconteceu a Pedro.

19 E Herodes, havendo-o procurado e não o havendo achado, então, havendo investigado-


examinado os guardas, ordenou serem eles justiçados- por- morte. E (Pedro), havendo descido
de junto da Judéia para dentro da Cesaréia, ficava ali.

20 E Herodes estava amargamente hostilizando contra os Tiroenses e os Sidônios. Mas estes


(habitantes de Tiro e de Sidon) em uma mesma harmonia vinham ter com ele. E, havendo
obtido a amizade de Blasto (que era sobre os camareiros do rei), pediam paz, em razão de o
ser o país deles abastecido proveniente- de- junto- do país do rei.

21 E, num dia designado, Herodes, havendo vestido as vestes reais e havendo-se assentado
sobre a cadeira- de- juiz (sobre- plataforma), fazia-lhes um discurso.

22 E o povo clamava: "Voz de um deus, e não de um homem."

23 E, no mesmo instante, um anjo do Senhor o feriu, porque ele não deu a glória a Deus. E ele,
havendo sido comido de vermes, expirou.

24 ¶ Mas a Palavra de Deus crescia e era multiplicada.

25 E Barnabé e Saulo, havendo completado a ação- de- servir deles {*}, voltaram provenientes-
de- dentro- de Jerusalém, também havendo levado consigo a João, aquele tendo por
sobrenome Marcos. {* Compare 11:29-30}
Atos 13

1 ¶ E, na assembléia {*} estando em Antioquia, havia alguns profetas e professores- mestres, a


saber: Ambos Barnabé e Simeão (aquele sendo chamado Níger), e Lúcio (o cireneu), e Manaém
(o irmão de leite de Herodes (Antipas), o tetrarca {**}), e Saulo. {* Grupo local biblicamente
organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18} {** Nota Mt 14:1}

2 E, prestando eles culto ao Senhor, e jejuando, o Espírito Santo lhes disse: "Em verdade,
separai-Me tanto Barnabé como Saulo, para a obra para a qual os tenho chamado."

3 Então eles (da assembléia), havendo jejuado e havendo orado, e havendo imposto as mãos
sobre eles (Barnabé e Saulo), os despediram.

4 Portanto, estes (Barnabé e Saulo), na verdade havendo sido enviados sob o Espírito Santo,
desceram à Selêucia e dali navegaram para o Chipre.

5 E eles, havendo chegado em Salamina, anunciavam a Palavra de Deus nas sinagogas dos
judeus. E também tinham João (João Marcos) como um servidor (deles).

6 E eles, havendo atravessado a ilha até Pafos, acharam um certo judeu feiticeiro, falso
profeta, cujo nome era Barjesus,

7 O qual estava juntamente- com o procônsul Sérgio Paulo, varão prudente. Este (Sérgio
Paulo), havendo chamado a si Barnabé e Saulo, muito desejou ouvir a Palavra de Deus.

8 Mas Elimas, o feiticeiro (porque assim (feiticeiro) é traduzido o seu nome (Elimas) {*}), lhes
resistia, procurando afastar o procônsul para longe da fé. {* "Barjesus", hebraico, significa
"Filho de Josué"; "Elimas", nome arábico, significa "sábio", talvez no sentido de mago, portanto
"avançado em ocultismo"}

9 Todavia Saulo (o qual também é chamado de Paulo), havendo sido enchido do Espírito Santo
e havendo fixado os olhos sobre ele (sobre Elimas),

10 Disse:

"Ó filho do Diabo, cheio de toda a enganosa- maquinação e de toda a malignidade, inimigo de
toda a justiça: Não cessarás (de estar) torcendo os retos caminhos do Senhor?

11 E agora eis aqui: A mão do Senhor é sobre ti, e estarás cego, não vendo o sol, por algum
tempo."

E, no mesmo instante, névoa e treva caíram sobre si (sobre Elimas) e ele, andando à roda,
buscava algum guiador- pela- mão.

12 Então o procônsul, havendo visto aquilo tendo acontecido, creu, sendo maravilhado quanto
à doutrina do Senhor.
13 ¶ E, havendo zarpado para longe de Pafos, Paulo com aqueles ao redor dele chegaram a
Perge, da Panfília. Mas João (João Marcos), havendo-se apartado para longe deles, voltou para
Jerusalém.

14 E eles, havendo passado através, provenientes- de- junto- de Perge, chegaram a Antioquia
da Pisídia. E, havendo eles entrado para a sinagoga no dia do sábado, se assentaram,

15 E, depois da leitura da lei e dos profetas, os principais da sinagoga enviaram (palavra) até
eles, dizendo: "Ó varões irmãos, se entre vós há alguma palavra de consolação para o povo,
falai ."

16 E Paulo, havendo-se levantado e havendo feito um sinal com a sua mão (para silêncio),
disse:

"Ó varões israelitas, e aqueles estando temendo a Deus, ouvi:

17 O Deus deste povo de Israel escolheu os nossos pais, e exaltou o povo, durante o morarem-
como- estrangeiros na terra do Egito. E, com braço poderoso, Deus os tirou proveniente- de-
dentro- dela.

18 E suportou as (más) maneiras deles (dos israelitas) no deserto, por espaço de quase
quarenta anos. Dt 1:31

19 E (Deus), havendo destruído sete nações na terra de Canaã, dividiu a terra delas (das
nações) a eles (aos Israelitas), por herança. Dt 7:1

20 E, depois disto, lhes deu juízes por quase quatrocentos e cinqüenta anos {*}, até o tempo
do profeta Samuel. {* Nota 1Rs 6:1}

21 E, depois, (os israelitas) pediram para ter um rei; e, por quarenta anos, Deus lhes deu Saul,
filho de Quis, varão proveniente- de- dentro- da tribo de Benjamim.

22 E Deus, havendo-o retirado (a Saul), levantou-lhes Davi para ser rei deles, do qual também
disse, havendo dado testemunho: 'Achei a Davi’ (o filho de Jessé), ‘um varão conforme o Meu
próprio coração, o qual executará toda a Minha vontade.’ 1Sm 13:14; Sl 89:20

23 Proveniente- de- junto- da semente deste varão, conforme a promessa, Deus levantou um
Salvador para Israel, Jesus;

24 Primeiramente, antes da vinda dEle (de Jesus), João (o submersor) havendo pregado a
submersão do arrependimento a todo o povo de Israel.

25 Mas João, quando completava a sua carreira, dizia: 'Quem pensais vós ser eu? Eu não sou
Ele (o Cristo). Mas eis que após mim vem Aquele do Qual eu não sou digno de desatar os
sapatos dos Seus pés.' Jo 1:27

26 Ó varões irmãos, ó filhos da linhagem de Abraão, e (todos) aqueles de entre vós que estão
temendo a Deus: A vós foi enviada a palavra desta salvação.
27 Porque aqueles habitando em Jerusalém (e os seus chefes), não havendo conhecido a Este
(o Cristo), nem ainda havendo conhecido as vozes dos profetas que estão sendo lidos- em-
voz- alta através de todos os sábados, as cumpriram, em havendo-O condenado.

28 E, embora nEle não havendo achado nenhuma causa de morte, rogaram a Pilatos ser Ele
morto.

29 E, quando eles {*} cumpriram todas as coisas tendo sido escritas a respeito dEle, então
crentes, havendo-O descido para longe do madeiro, O puseram para dentro da sepultura. {*
descrentes habitantes de Jerusalém, e seus chefes, ver v. 27}

30 Mas Deus O ressuscitou para- fora- de- entre os mortos.

31 O Qual (o Cristo ressurreto), por muitos dias, foi visto por aqueles havendo subido
juntamente com Ele provenientes- de- junto- da Galiléia para dentro de Jerusalém, os quais
são Suas testemunhas para com o povo.

32 E nós vos estamos pregando- as- boas- novas (o Evangelho): Que a promessa havendo sido
feita aos pais, esta mesma Deus tem cumprido para nós, os filhos deles (dos pais), em havendo
ressuscitado Jesus;

33 Como também tem sido escrito no Salmo segundo: 'Tu és o Meu filho; Eu, hoje, Te tenho
gerado.' Sl 2:7

34 E que Ele (Deus) O ressuscitou para- fora- de- entre os mortos, para nunca mais Este estar
indo retornar à corrupção, assim Ele (Deus) tem dito isto: 'Eu vos darei as seguras
misericórdias (da aliança) de Davi.' Is 55:3

35 Por isso também, em outro Salmo, ele (Davi) diz: 'Não permitirás ao Teu Santo ver
corrupção'. Sl 16:10

36 Porque Davi, na verdade havendo servido à sua própria geração conforme o desígnio de
Deus, foi adormecido, e foi adicionado aos seus pais, e viu a corrupção. 1Rs 2:10

37 Mas Aquele (Cristo) a Quem Deus ressuscitou não viu corrupção.

38 Notório, pois, seja isto a vós, ó varões irmãos: Que, através dEste (através do Cristo), vos é
anunciada a remissão dos pecados.

39 E, de todas as coisas para longe das quais vós não pudestes ser declarados justos na lei de
Moisés, nEle (em Cristo) todo aquele que está crendo {*} é declarado justo. {* Nota Jo 3:15}

40 Atentai, pois, para que não venha sobre vós aquilo tendo sido dito nos profetas:

41 'Vede, ó vós desprezadores, e espantai-vos, e perecei; porque Eu opero uma obra nos
vossos dias, obra tal que de modo nenhum creiais, caso alguém vos conte'." Hc 1:5

42 ¶ E, havendo eles partido para fora da sinagoga dos judeus , os gentios {*} rogavam estas
mesmas palavras lhes serem faladas no sábado seguinte. {* ”Gentios” refere-se aos prosélitos,
isto é, aos gentios que haviam se convertido ao judaísmo.}
43 E, havendo a sinagoga sido despedida, muitos dos judeus e dos prosélitos que estão
adorando (Deus) seguiram Paulo e Barnabé; os quais, falando-lhes, os persuadiam a
continuarem na graça de Deus .

44 E, em chegando o sábado, quase toda a cidade foi ajuntada para ouvir a Palavra de Deus.

45 Mas os judeus, havendo visto as multidões, foram enchidos de inveja, e contradiziam as


coisas faladas por Paulo, contradizendo e blasfemando.

46 Mas Paulo e Barnabé, havendo falado ousadamente, disseram:

"Era necessário a Palavra de Deus ser primeiramente pregada a vós; mas, uma vez que a
rejeitais e não vos julgais dignos da vida eterna {*}, eis que estamos sendo voltados para os
gentios; {* Ironia repreendedora}

47 Porque o Senhor nos tem ordenado assim, dizendo: 'Eu tenho-te posto para seres tu luz dos
gentios, para o seres tu (instrumento) para (levar) salvação até aos confins da terra' ." Is 49:6

48 E os gentios , ouvindo isto, alegravam-se, e glorificavam a Palavra do Senhor. E creram


todos quantos estavam tendo- sido ordenados para a vida eterna.

49 E a Palavra do Senhor era divulgada através de toda aquela província.

50 ¶ Mas os judeus incitaram as mulheres que estão adorando (Deus) e (que são) honoráveis,
e os principais- homens da cidade, e levantaram perseguição contra Paulo e Barnabé, e os
lançaram fora para longe dos seus termos.

51 Mas estes (Paulo e Barnabé), contra eles havendo sacudido- para- fora o pó dos seus pés,
vieram para Icônio.

52 E os discípulos estavam enchidos de alegria e do Espírito Santo.

Atos 14

1 ¶ E, em Icônio, aconteceu entrarem ambos (Paulo e Barnabé) juntos para a sinagoga dos
judeus, e falarem de tal modo a crer uma grande multidão, não somente de judeus como
também de (gentios de fala dos) gregos .

2 Mas os judeus que estão descrendo- desobedecendo incitaram e influenciaram- para- o- mal
as mentes dos gentios contra os irmãos.

3 Na verdade, pois, (Paulo e Barnabé) ali permaneceram muito tempo, falando ousadamente
(apoiados) sobre o Senhor, o Qual é Aquele dando testemunho à Palavra da Sua graça, e
permitindo serem feitos sinais e prodígios através das mãos deles.

4 E a multidão da cidade foi dividida; e, na verdade, alguns estavam juntamente- com os


judeus, e outros juntamente- com os apóstolos.
5 E, quando houve um movimento- de- ataque, tanto dos gentios como dos judeus
juntamente- com os seus principais, para os ultrajarem e apedrejarem (a Paulo e a Barnabé),

6 Havendo-o percebido, eles (Paulo e Barnabé) fugiram para Listra e Derbe (as cidades da
Licaônia), e para a província circunvizinha.

7 E ali estavam (Paulo e Barnabé) pregando- as- boas- novas (o Evangelho).

8 ¶ E, em Listra, estava assentado um certo varão sem nenhuma capacidade nos seus pés,
aleijado- de- pés desde dentro do ventre da sua mãe, o qual nunca tinha andado.

9 Este mesmo varão ouvia Paulo falando, o qual (Paulo), havendo intentamente fixado os olhos
sobre ele, e havendo visto que ele tem fé para ser curado,

10 Disse-lhe em alta voz: "Levanta-te direito sobre os teus pés." E ele saltava e andava.

11 E as multidões, havendo visto o que Paulo fez, levantaram as suas vozes, dizendo em
(idioma) Licaônio: "Os deuses desceram até nós, havendo-se feito semelhantes a varões!"

12 E, na verdade, chamavam Barnabé de Zeus; e chamavam Paulo de Hermes, porque este


(Paulo) era aquele liderando em (uso de) a palavra.

13 E o sacerdote de Zeus, aquele estando diante da cidade deles, havendo trazido touros e
grinaldas aos portões da cidade, juntamente- com a multidão queria sacrificar para eles (para
Paulo e Barnabé).

14 Mas os apóstolos Barnabé e Paulo , havendo ouvido isto e havendo rasgado as suas vestes,
saltaram para- dentro da multidão, clamando,

15 E dizendo:

"Ó varões, por que fazeis essas coisas? Nós também somos homens como vós, sujeitos às
mesmas paixões, vos pregando- as- boas- novas (o Evangelho) para vos converterdes para
longe dessas vaidades, (apoiados) sobre o Deus que está vivendo, que fez o céu, e a terra, e o
mar, e tudo quanto neles há. Ex 20:11

16 O Qual (Deus), nas gerações passadas, suportou todas as nações andarem nos próprios
caminhos delas.

17 E contudo, não deixou a Si mesmo sem testemunho, fazendo o bem desde o céu, estando
nos dando chuvas e tempos frutíferos, enchendo os nossos corações de mantimento e de
alegria."

18 E (Paulo e Barnabé), dizendo isto, com dificuldade impediram as multidões de sacrificarem


para eles.

19 ¶ Mas sobrevieram uns judeus provenientes- de- junto- de Antioquia e de Icônio, e,


havendo persuadido as multidões e havendo apedrejado Paulo, eles o arrastavam para fora da
cidade, havendo-o suposto ter morrido.
20 Mas, em havendo os discípulos se postado em redor dele, então ele (Paulo), havendo-se
levantado, entrou para a cidade. E, no dia seguinte, (Paulo) partiu para Derbe, juntamente-
com Barnabé.

21 E (Paulo e Barnabé), havendo pregado- as- boas- novas (o Evangelho) àquela cidade e
havendo ensinado- e- feito- discípulos a muitos, voltaram para Listra, e Icônio, e Antioquia,

22 Firmando as almas dos discípulos, exortando-os a permanecerem na fé , e (ensinando-os)


que através de muitas aflições nos importa entrar para o reinar de Deus.

23 E (Paulo e Barnabé), havendo-lhes eleito- em- votação- por- erguer- de- mãos presbíteros
{*} em cada assembléia, então, havendo orado com jejuns, (os discípulos) nos confiaram ao
Senhor em Quem tinham crido. {* Nota 11:30}

24 ¶ E (Paulo e Barnabé), havendo passado através de Pisídia, chegaram a Panfília.

25 E, havendo pregado a Palavra em Perge, desceram para dentro de Atália.

26 E dali navegaram para Antioquia, provenientes de onde estavam tendo- sido- confiados à
graça de Deus, para a obra que cumpriram.

27 E, havendo chegado e havendo reunido a assembléia {*}, relataram quão grandes coisas
Deus fez (acompanhando) com eles, e como Ele abriu aos gentios a porta da fé. {* Grupo local
biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

28 E (Paulo e Barnabé) permaneciam ali não pouco tempo, juntamente- com os discípulos.

Atos 15

1 ¶ Então certos homens, havendo descido provenientes- de- junto- da Judéia, ensinavam
assim aos irmãos: "Se não fordes circuncidados conforme a maneira (prescrita) de Moisés,
então não podeis ser salvos."

2 Portanto, havendo ocorrido uma não pequena discussão e contenda de Paulo e Barnabé
contra eles (os judaizantes), então eles (os crentes de Antioquia) arranjaram para Paulo e
Barnabé, e a alguns outros de entre eles, subirem a Jerusalém, aos apóstolos e aos presbíteros
{*}, a respeito desta questão. {* Nota 11:30}

3 Portanto, na verdade havendo eles sido supridos- e- encaminhados pela assembléia {*},
passavam através da Fenícia e através de Samaria, relatando a conversão dos gentios. E
causavam grande alegria a todos os irmãos. {* Grupo local biblicamente organizado e
reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

4 E eles, havendo chegado a Jerusalém, foram recebidos pela assembléia e pelos apóstolos e
pelos presbíteros {*}, e lhes anunciaram quão grandes coisas Deus fez (acompanhando) com
eles. {* Nota 11:30}
5 Mas alguns provenientes- de- junto- daqueles da seita dos fariseus, tendo crido {*} se
levantaram, dizendo que era necessário circuncidá-los (os gentios) e lhes ordenar
preservarem- e- obedecerem à lei de Moisés. {*”tendo crido”: tempo perfeito, ação completa,
definitiva, de uma vez para sempre}

6 Ajuntaram-se, pois, os apóstolos e os presbíteros {*} para considerarem a respeito deste


assunto. {* Nota 11:30}

7 E, depois de havendo ocorrido grande contenda, então Pedro, havendo-se levantado, lhes
disse:

"Ó varões irmãos, vós bem sabeis que já desde os primeiros dias {*} Deus de entre nós me
escolheu para, através da minha boca, os gentios ouvirem a Palavra do Evangelho (as boas
novas) e crerem {**}. {* Nota 11:15} {** Cornélio e familiares, At 10,11}

8 E o Deus conhecedor- de- corações lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, tanto-
quanto- e- como também (O deu) a nós;

9 E não fez diferença nenhuma entre nós e eles, havendo purificado os seus corações pela fé.

10 Agora, pois, por que vós tentais Deus, em pordes sobre o pescoço dos discípulos um jugo
que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?

11 Mas estamos crendo sermos salvos por meio da graça do Senhor Jesus Cristo , do mesmo
modo que eles também."

12 Então toda a multidão se calou e escutava Barnabé e Paulo relatando quão grandes sinais e
prodígios Deus fez por meio deles entre os gentios.

13 E, depois deles silenciarem, Tiago respondeu, dizendo:

"Ó varões irmãos, ouvi-me:

14 Simeão {*} relatou como primeiramente Deus olhou- com- cuidado os gentios, para deles
tomar para fora um povo para o Seu nome. {* Variação hebraica de Simão, como em 2Pe 1:1}

15 E com isto concordam as palavras dos profetas, como tem sido escrito:

16 'Depois disto Eu voltarei, e reedificarei o tabernáculo de Davi, aquele (tabernáculo) tendo


caído, e reedificarei aquilo tendo sido demolido dele, e o reerguerei. Am 9:11,12

17 Para que o restante dos homens busque ao Senhor, e todos os gentios, sobre os quais o
Meu nome tem sido invocado, diz o Senhor, Aquele que está fazendo todas estas coisas.' Am
9:11,12

18 Conhecidas são a Deus todas as Suas obras , desde o princípio do mundo.

19 Por isso eu julgo que não devemos perturbar aqueles, provenientes- de- junto- dos gentios,
que estão se convertendo para Deus,
20 Mas lhes escrever para se absterem para longe das contaminações dos ídolos, e da
fornicação {*}, e daquilo que foi sufocado, e do sangue {**}. {* "Fornicação" é qualquer pecado
sexual} {** Nota v. 29}

21 Porque Moisés, desde as antigas gerações, em cada cidade tem aqueles que o estão
pregando, a cada sábado sendo ele lido- em- voz- alta nas sinagogas."

22 ¶ Então pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros {*}, juntamente- com toda a
assembléia, havendo eleito varões de entre eles próprios, enviá-los juntamente com Paulo e
Barnabé à Antioquia, a saber: Judas (sendo de sobrenome Barsabás) e Silas, varões principais
entre os irmãos, {* Nota 11:30}

23 Através das mãos deles havendo escrito desta maneira:

"Os apóstolos, e os presbíteros, {*} e os (demais) irmãos, aos irmãos provenientes de entre os
gentios e que estão na Antioquia, e Síria, e Cilícia: Regozijar {**}! {* Nota 11:30}; {** Saudação}

24 Porquanto, já no passado, ouvimos que alguns, havendo saído provenientes de entre nós
{*}, vos perturbaram com palavras, transtornando as vossas almas, dizendo que deveis ser
circuncidados e preservar- e- obedecer à lei (mosaica), aos quais não demos tal mandamento,
{* Comp. 15:1}

25 Pareceu-nos bem, havendo-nos reunido em uma mesma harmonia e havendo escolhido


alguns varões, os enviar a vós juntamente- com os nossos amados Barnabé e Paulo,

26 Homens já tendo exposto as suas vidas em favor do nome do nosso Senhor Jesus Cristo.

27 Portanto, temos enviado Judas e Silas, os quais, através de palavra (de suas próprias bocas),
eles mesmos também estão vos anunciando as mesmas coisas.

28 Porque pareceu bem, ao Espírito Santo e a nós, nenhuma carga maior deitar sobre vós,
exceto estas coisas necessárias:

29 Vos absterdes das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada , e da
fornicação {*}. Bem fareis guardando a vós mesmos para fora das tais coisas. Bem vos vá." {*
"Fornicação" é qualquer pecado sexual}

30 Então, havendo eles (Paulo, Barnabé, Judas e Silas) verdadeiramente sido despedidos,
vieram para Antioquia. E, em havendo ajuntado a multidão, eles lhe entregaram a carta.

31 E eles (os de Antioquia), havendo-a lido- em- voz- alta, regozijaram (apoiados) sobre a
exortação.

32 Judas e Silas, eles mesmos também sendo profetas, exortaram e firmaram os irmãos
através de muitas palavras.

33 E eles (Judas e Silas), havendo permanecido ali algum tempo, foram liberados- para-
voltarem (acompanhados) com paz, provenientes- de- junto- dos irmãos, para os apóstolos;

34 Mas pareceu bem a Silas permanecer ali .


35 ¶ E Paulo e Barnabé (também com muitos outros) permaneciam em Antioquia, ensinando e
pregando- as- boas- novas (o Evangelho): a Palavra do Senhor.

36 E, alguns dias depois, disse Paulo a Barnabé: "Havendo voltado, que na verdade olhemos-
cuidemos por nossos irmãos em todas as cidades em que, já no passado, anunciamos a Palavra
do Senhor, para ver como eles estão."

37 E Barnabé aconselhava tomarem consigo a João, aquele sendo chamado de Marcos.

38 Mas a Paulo não parecia razoável tomar juntamente com eles aquele desde a Panfília
havendo se apartado para longe deles e não os havendo acompanhado para aquela obra.

39 Portanto, ocorreu uma contenção entre eles (entre Paulo e Barnabé), de modo a serem
apartados um para longe do outro, e Barnabé navegar para Chipre, havendo levado Marcos
consigo.

40 Porém Paulo, havendo escolhido a Silas, partiu, havendo sido entregaram pelos irmãos à
graça de Deus;

41 E passava através da Síria e Cilícia, firmando (ainda mais) as assembléias.

Atos 16

1 ¶ E ele (Paulo) chegou a Derbe e Listra. E eis que ali estava um certo discípulo por nome
Timóteo, filho de uma certa mulher judia crente (em Jesus), mas filho de pai (gentio de fala de)
grego {*}; {* Nota 14:1}

2 O qual (Timóteo) era bem testificado pelos irmãos que estavam em Listra e em Icônio.

3 Paulo desejou este (Timóteo) ir juntamente- consigo. E, havendo-o tomado, o circuncidou


por causa dos judeus estando naqueles lugares. Porque todos tinham sabido que seu pai era
(gentio de fala de) grego.

4 ¶ E (Paulo, Silas, Timóteo), quando iam passavam através das cidades, lhes entregavam os
decretos tendo sido ordenados pelos apóstolos e pelos presbíteros {*} que estavam em
Jerusalém, para serem observados. {* Nota 11:30}

5 Assim, na verdade, as assembléias eram firmadas na fé, e cada dia cresciam em número.

6 E (Paulo, Silas, Timóteo), havendo passado através da Frígia e da província da Galácia,


havendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a Palavra na Ásia,

7 Havendo chegado a Mísia, intentavam ir para Bitínia, mas o Espírito não lhes permitiu isto.{#
Erasmo, Complutense, Stephen}

8 E, havendo passado através da Mísia, desceram para Trôade.


9 ¶ E, durante a noite, uma visão foi vista por Paulo: Um certo varão da Macedônia estava
tendo-se- postado- em- pé, rogando-lhe, e dizendo: "(Depois de) Havendo tu cruzado (o mar)
para chegar dentro da Macedônia, ajuda-nos."

10 E depois que ele (Paulo) viu a visão, imediatamente nós {*} procuramos partir para a
Macedônia, concluindo que o Senhor tem nos chamado para lhes pregar- as- boas- novas (o
Evangelho). {* O escritor (Lucas) está acompanhando Paulo}

11 Portanto, havendo zarpado para longe de Trôade, viemos em curso direto para a
Samotrácia e, no dia seguinte, para Neápolis;

12 E, dali, para Filipos, que é a principal cidade desta parte da Macedônia, e é uma colônia . E
estávamos nesta cidade, ali permanecendo alguns dias.

13 E, no dia do sábado, saímos até fora da cidade, e chegamos ao lado do rio, onde era
costumeiro ser feita oração . E, havendo-nos assentado, falávamos às mulheres ali se havendo
ajuntado.

14 E uma certa mulher, por nome Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, que
estava adorando ao Deus {*}, nos ouvia; de quem o Senhor abriu o coração para atentar às
coisas sendo faladas por Paulo {* Nota v.13}.

15 E, quando foi submersa (ela e a sua casa), ela nos rogou, dizendo: "Se vós tendes me
julgado ser fiel ao Senhor, então, havendo vós entrado para a minha casa, permanecei ali." E
nos constrangeu a isso.

16 ¶ E (depois) aconteceu, estando nós indo à oração, nos sair ao encontro uma certa criada
moça possuindo um espírito de adivinhadora , a qual, falando- fora- de- si, dava grande lucro
aos seus senhores (donos- controladores).

17 Esta, havendo seguido a Paulo e a nós, clamava, dizendo: "Estes varões, que nos anunciam
o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo."

18 E ela fazia isto por muitos dias. E Paulo, havendo sido afligido e voltando-se para o espírito,
disse: "No nome de Jesus Cristo, eu te ordeno sair para longe dela." E, na mesma hora, ele
saiu.

19 E, havendo os senhores (donos- controladores) dela visto que a esperança do lucro deles foi
embora, então, havendo agarrado Paulo e Silas, os arrastaram para dentro da praça- de-
mercado, para diante dos governantes.

20 E, havendo-os trazido aos magistrados, disseram:

"Estes varões excedentemente perturbam a nossa cidade, sendo eles judeus,

21 E nos ensinam costumes que não nos é lícito receber nem praticar, sendo nós romanos."

22 E a multidão se levantou- unida contra eles. E os magistrados, havendo rasgado fora as


vestes deles (de Paulo e Silas), ordenavam açoitá-los com varas.
23 E, havendo adicionado muitos açoites sobre eles, os lançaram para dentro da prisão,
havendo ordenado ao carcereiro guardá-los com segurança.

24 O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou para dentro do cárcere interior, e firmemente-
prendeu os pés deles para dentro do tronco.

25 E, perto da meia-noite, Paulo e Silas, orando, cantavam- hinos a Deus, e os outros


prisioneiros- acorrentados os escutavam.

26 E, de repente, sobreveio um grande terremoto, de modo aos alicerces do cárcere serem


movidos. E, imediatamente, todas as portas foram abertas, e as correntes de todos foram
soltas.

27 E o carcereiro, havendo sido acordado para fora do seu sono e havendo visto as portas da
prisão tendo sido abertas, então, havendo sacado a sua espada, estava para matar a si mesmo,
supondo os prisioneiros- acorrentados já terem fugido.

28 Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: "Nenhum mal te faças, porque todos estamos
aqui."

29 E (o carcereiro), havendo pedido por luzes, saltou para dentro (do cárcere) e, havendo-se
tornado trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas.

30 E, havendo-os trazido para fora, dizia: "Ó senhores, que me é necessário fazer para que eu
seja salvo?"

31 E eles disseram: "Crê tu no Senhor Jesus Cristo e tu serás salvo. E- , semelhantemente,


(creia e será salva) a tua família ".

32 E eles pregaram a Palavra do Senhor a ele (ao carcereiro), e a todos os que estavam na sua
casa.

33 E (o carcereiro), havendo-os tomado consigo naquela mesma hora da noite, banhou- todo-
o- corpo deles, (limpando-os daquilo) proveniente- de- junto- dos ferimentos deles. E logo-
depois (o carcereiro) foi submerso, e todos os seus (seus domésticos).{*} {* Todos haviam
crido, verso 34}

34 E, havendo trazido a eles (a Paulo e Silas) para dentro da sua casa, pôs diante deles uma
mesa (com alimentos); e, na sua crença em Deus, exultou, tendo crido em Deus com toda a
sua casa.

35 ¶ E, havendo-se feito dia, os magistrados enviaram oficiais de justiça, dizendo: "Soltai


aqueles varões."

36 E o carcereiro anunciou estas palavras a Paulo, dizendo: "Os magistrados têm enviado
(emissários) para que vós sejais libertados. Agora, pois, havendo saído, ide em paz."

37 Mas Paulo lhes dizia: "Havendo eles nos açoitado publicamente sem havermos sido
julgados- condenados, sendo nós homens romanos, eles nos lançaram para dentro da prisão.
E, agora, encobertamente nos lançam fora? Não será assim; mas que eles mesmos, havendo
vindo, nos tragam para fora."

38 E os oficiais de justiça disseram estas palavras aos magistrados; e eles temeram, havendo
ouvido que (Paulo e Silas) são romanos.

39 E, havendo vindo, lhes dirigiram súplicas. E, havendo-os tirado para fora, lhes pediram para
(Paulo e Silas) saírem da cidade.

40 E eles, havendo vindo para fora da prisão, entraram para a casa de Lídia. E, havendo visto os
irmãos, confortaram a eles (aos irmãos), e (depois) partiram.

Atos 17

1 ¶ E (Paulo, Silas, Timóteo), havendo viajado através de Anfípolis e Apolônia, chegaram a


Tessalônica, onde estava a sinagoga dos judeus.

2 E Paulo, como tendo costumado, entrou para eles; e, por três sábados, de- forma- completa-
argumentava com eles proveniente- de- junto- das Escrituras,

3 Expondo e demonstrando que "era necessário o Cristo padecer e ressuscitar para- fora- de-
entre os mortos." E que "este Jesus, a Quem eu vos prego, é o Cristo."

4 E alguns de entre eles foram creram e associaram-se a Paulo e a Silas; tanto (creu e associou-
se a Paulo e Silas) uma grande multidão de (prosélitos de fala dos) gregos que ficaram
adorando (Deus), como não poucas das mulheres principais.

5 ¶ Mas os judeus que estão descrendo- desobedecendo, havendo sido movidos- de- inveja e
havendo tomado consigo alguns varões perversos de entre os vagabundos- de- mercado, e
havendo ajuntado uma multidão, alvoroçavam a cidade. E, havendo investido contra a casa de
Jasom, procuravam trazê-los (a Paulo e a Silas) para o meio do povo.

6 E, não os havendo achado, arrastavam Jasom e alguns irmãos para diante dos magistrados
da cidade, clamando:

"Aqueles havendo virado o mundo de cabeça para baixo, esses tais também aqui estão
presentes;

7 Aos quais Jasom tem recebido. E todos estes procedem contra os decretos de César, dizendo
haver um rei diferente: Jesus."

8 E alvoroçaram a multidão e os governantes da cidade, ouvindo eles estas coisas.

9 Mas (os magistrados), havendo recebido fiança da parte de Jasom e dos demais, os soltaram.

10 ¶ E logo os irmãos, através da noite, enviaram embora tanto Paulo como Silas, para Beréia;
os quais, lá havendo chegado, iam para dentro da sinagoga dos judeus.
11 Ora, estes (os Bereianos) eram mais nobres do que aqueles que estavam em Tessalônica,
porque com toda a avidez receberam a Palavra, (os Bereianos) cada dia examinando nas
Escrituras caso estas coisas (pregadas por Paulo) sejam (de fato) assim.

12 Portanto, na verdade, muitos de entre eles creram, e também muitas das honoráveis
mulheres (prosélitas de fala das) gregas, e não poucos dos varões (prosélitos de fala dos)
gregos.

13 Mas quando os judeus provenientes- de- dentro- de Tessalônica souberam que a Palavra de
Deus também foi pregada por Paulo em Beréia, foram lá também, agitando as multidões.

14 E então, imediatamente, os irmãos enviaram Paulo embora, para ir como se fosse até ao
mar. Mas tanto Silas quanto Timóteo permaneciam ali.

15 ¶ E aqueles conduzindo Paulo o trouxeram até Atenas. E, havendo recebido (para


transmitir) uma ordem para (ser transmitida a) Silas e Timóteo, para que viessem ter com ele
(com Paulo) o mais depressa possível, partiram.

16 E Paulo, enquanto anelantemente- esperando por eles (por Silas e Timóteo) em Atenas, o
seu espírito era comovido dentro dele, vendo a cidade inteiramente entregue à idolatria.

17 Portanto, na verdade, de- forma- completa- argumentava na sinagoga com os judeus e com
aqueles {*} que estão adorando. E todos os dias, na praça- de- mercado, disputava com
aqueles ali se encontrando. {* gentios convertidos ao judaísmo}

18 E alguns dos filósofos epicureus e estóicos se encontravam com ele. E alguns diziam: "Que
deseja dizer este paroleiro {*}?" E outros diziam: "Parece ser um proclamador de deuses {**}
estranhos;" porque ele lhes pregava- as- boas- novas (o Evangelho): Jesus e a ressurreição.
{*”Paroleiro” literalmente é “falador de tolices, ou mendigador de grãos caídos no chão, ou
pessoa de vil classe”} {** "Daimonion" literalmente é "de demônios"}

19 E eles, havendo-o segurado, o levaram ao Areópago , dizendo:

"Poderemos nós saber que nova doutrina é essa que está sendo falada por ti?

20 Pois trazes aos nossos ouvidos certas coisas sendo- estranhas; queremos, pois, saber o que
isto queira significar"

21 (Pois todos os atenienses, e os estrangeiros ali peregrinando, em nada mais gastavam- seus-
tempos- convenientes, exceto em dizer e ouvir alguma novidade).

22 E Paulo, havendo sido postado no meio do Areópago {*}, dizia:

"Ó varões atenienses, em tudo vos vejo muito tementes- a- deuses- demônios {**} ; {* Nota v.
19} {** "Deisidaimonesteros" literalmente é "muito reverentes- tementes a demônios." A KJV
traduz como "supersticiosos"}

23 Porque, passando eu e vendo os vossos objetos de veneração, achei também um altar em


que tinha sido insculpido- por- cima {*}: 'AO DEUS DESCONHECIDO'. Esse , pois, a Quem vós
adorais não O conhecendo, Ele é Quem eu vos anuncio. {* Nota 2Co 3:3}
24 O Deus havendo feito o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não
habita em lugares- santos feitos- por- mãos (de homens);

25 Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa,
(visto que) Ele está dando a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas; {# Beza 1589, 1598}

26 E, proveniente- de- dentro- de um só sangue , Ele fez todas as nações dos homens, para
habitarem sobre toda a face da terra, havendo determinado os tempos tendo sido de antemão
ordenados, e os limites da habitação deles;

27 Para buscarem ao Senhor, se talvez tateiem à procura dEle e O achem; embora, na verdade,
não estando Ele longe de cada um de nós.

28 Porque nEle estamos vivendo, e somos movidos, e estamos existindo; como também alguns
dentre os vossos próprios poetas têm dito: 'Porque também somos linhagem dEle .'

29 Sendo nós, pois, linhagem de Deus, não devemos pensar a Pessoa- da- Divindade ser
semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra, (isto é) à coisa- esculpida por arte e invenção do
homem.

30 Portanto Deus, na verdade havendo não levado em conta os tempos da nossa ignorância,
ordena agora a todos os homens, e em todo o lugar, se arrependerem;

31 Porquanto Ele determinou um dia em que está para julgar o mundo, em justiça, através
dAquele Varão que ordenou; disto havendo (Deus) dado certeza a todos, havendo-O
ressuscitado para- fora- de- entre os mortos." Sl 9:8

32 Então eles (os atenienses), havendo ouvido falar da ressurreição para fora de entre os
mortos, alguns, na verdade, escarneciam, e outros disseram: "A respeito disso te ouviremos
outra vez."

33 E assim Paulo saiu proveniente- de- dentro- do meio deles.

34 Todavia alguns varões, havendo sido colados a ele, creram; entre os quais também estavam
Dionísio o areopagita {*}, e uma mulher por nome Dâmaris, e outros juntamente- com eles. {*
"Areopagita" = membro do tribunal do Monte de Marte}

Atos 18

1 ¶ E, depois disto, Paulo, havendo partido para fora de Atenas, chegou a Corinto.

2 E, havendo achado um certo judeu por nome Áquila (natural do Ponto, há pouco tendo vindo
proveniente- de- junto- da Itália) e Priscila (sua esposa) (pois Cláudio tinha mandado que todos
os judeus saíssem provenientes- de- dentro- de Roma), ajuntou-se a eles,

3 E (Paulo), em razão de ser do mesmo ofício (deles), permanecia e trabalhava ao lado deles;
pois, por ofício, eles eram fazedores de tendas.
4 E todos os sábados (Paulo) de- forma- completa- argumentava na sinagoga, e persuadia
tanto judeus como (prosélitos de fala dos) gregos.

5 E, quando tanto Silas como Timóteo desceram provenientes- de- junto- da Macedônia, Paulo
foi pressionado no espírito, plenamente - testificando aos judeus Jesus ser o Cristo.

6 Mas, estando eles resistindo e blasfemando, então (Paulo), havendo agitado- sacudido (para
impurezas caírem fora) as vestes dele próprio, disse-lhes: "O vosso sangue seja sobre a vossa
própria cabeça! Eu estou limpo (a este respeito) e, desde agora em diante, irei para os
gentios."

7 ¶ E (Paulo), havendo saído dali, foi para dentro da casa de um certo homem por nome Justo,
o qual estava servindo a Deus, e cuja casa estava sendo- contígua da sinagoga.

8 E Crispo, o principal da sinagoga, creu no Senhor, juntamente- com toda a sua família. E,
ouvindo- atendendo a Paulo, muitos dos coríntios criam e eram submersos.

9 E o Senhor disse a Paulo , por meio de uma visão na noite:

"Não temas, mas fala, e que não te cales;

10 Porque Eu sou contigo, e ninguém porá mão sobre ti para te fazer mal, porque Eu tenho
muito povo nesta cidade."

11 E (Paulo) permaneceu ali um ano e seis meses, ensinando a Palavra de Deus entre eles.

12 ¶ Mas, em sendo Gálio procônsul da Acaia, os judeus, em uma mesma harmonia, fizeram
insurreição contra Paulo, e o levaram ante a cadeira- de- juiz (sobre- plataforma),

13 Dizendo: "Este varão persuade os homens a servirem a Deus contra a lei (Mosaica)."

14 E, estando Paulo para abrir a (sua) boca, Gálio disse aos judeus:

"Certamente, ó judeus, se na verdade havia algum agravo ou crime enorme, com razão vos
agüentei,

15 Mas, se a questão é de uma palavra, e de nomes, e da lei que há entre vós, vós mesmos
vereis isto; porque eu não quero ser juiz dessas coisas."

16 E os expulsou para longe da cadeira- de- juiz (sobre- plataforma).

17 Então todos os (gentios de fala dos) gregos {*}, havendo agarrado Sóstenes, principal da
sinagoga, davam- repetidas- bastonadas nele, diante da cadeira- de- juiz (sobre- plataforma).
Mas, a Gálio, nenhuma destas coisas o incomodava. {* Nota 14:1}

18 ¶ E Paulo, ainda havendo permanecido ali muitos dias, depois, havendo-se despedido dos
irmãos, navegava dali para a Síria, havendo tosquiado a cabeça em Cencréia, porque ele tinha
voto . E Priscila e Áquila iam juntamente- com ele.

19 E (Paulo) chegou a Éfeso, e os deixou ali. Mas ele mesmo, havendo entrado para a sinagoga,
então de- forma- completa- argumentou com os judeus.
20 E, rogando eles para (Paulo) permanecer ao lado deles por mais algum tempo, ele não
assentiu.

21 Mas despediu-se deles, havendo dito: "De- qualquer- e- toda- maneira me é necessário
guardar a festa que está vindo para Jerusalém; mas, se Deus estiver querendo, outra vez
voltarei a vós." E zarpou para longe de Éfeso.

22 E (Paulo), havendo desembarcado para dentro de Cesaréia, e depois havendo subido a


Jerusalém e havendo saudado a assembléia {*}, depois desceu para Antioquia. {* Grupo local
biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18}

23 ¶ E (Paulo), depois de havendo permanecido ali algum tempo, partiu, atravessando


sucessivamente toda a província da Galácia e da Frígia, firmando todos os discípulos.

24 E um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, varão eloqüente e sendo poderoso
nas Escrituras, chegou a Éfeso.

25 Este varão estava tendo- sido- instruído no caminho do Senhor. E, sendo fervoroso de
espírito, falava e diligentemente ensinava as coisas do Senhor, mas conhecendo somente a
submersão de João.

26 E ele (Apolo) começou a falar ousadamente na sinagoga. E Priscila e Áquila, depois de


havendo-o ouvido, o levaram consigo e lhe declararam mais precisamente o caminho de Deus.

27 E, querendo ele (Paulo) passar para dentro da Acaia, então os irmãos, havendo-o animado,
escreveram aos discípulos para o receberem; o qual, havendo chegado, foi de muita ajuda para
aqueles tendo crido através da graça.

28 Porque com grande veemência (Paulo) convencia publicamente os judeus, através das
Escrituras mostrando Jesus ser o Cristo.

Atos 19

1 ¶ E, durante estar Apolo em Corinto, sucedeu de Paulo, depois de havendo passado através
de todas as regiões superiores (da Ásia Menor), chegar a Éfeso. E, ali havendo achado alguns
discípulos,

2 Disse-lhes: "Recebestes vós o Espírito Santo, quando havendo crido?" E eles lhe disseram:
"Nós nem ainda, no passado, ouvimos se há um tal Espírito Santo."

3 Então (Paulo) lhes perguntou: "Para dentro de que fostes submersos, pois?" E eles disseram:
"Para dentro da submersão de João."

4 Mas Paulo lhes disse: "João na verdade submergiu (realizando) a submersão do


arrependimento, dizendo ao povo que cresse nAquele estando vindo após si (após João), isto
é, (cresse) no Cristo : Jesus."
5 E eles, depois de havendo ouvido- aceitado isto, foram submersos para dentro do nome do
Senhor Jesus.

6 E, havendo Paulo lhes imposto as mãos, então o Espírito Santo veio sobre eles; e falavam
línguas estrangeiras {*}, e profetizavam. {* Nota 2:4}

7 E todos os varões eram cerca de doze.

8 ¶ E (Paulo), depois de havendo entrado para a sinagoga, ousadamente falava por espaço de
três meses, de- forma- completa- argumentando e persuadindo acerca das coisas do reinar de
Deus.

9 Mas, como alguns deles eram endurecidos e descriam- desobedeciam, falando mal do
Caminho (Jesus) perante a multidão, então (Paulo), havendo-se retirado para longe deles,
separou os discípulos, de- forma- completa- argumentando todos os dias na escola de um
certo Tirano.

10 E sucedeu isto por espaço de dois anos; de tal maneira a todos os que estão habitando na
Ásia ouvirem a Palavra do Senhor Jesus , tanto judeus como (gentios de fala dos) gregos {*}. {*
Nota 14:1}

11 E Deus fazia maravilhas extraordinárias através das mãos de Paulo,

12 De forma a até mesmo os lenços ou aventais provenientes- de- junto- do corpo dele serem
levados àqueles estando enfermos, e as enfermidades serem removidas para longe deles, e os
espíritos malignos saírem para longe deles.

13 E alguns provenientes- de- junto- dos judeus que estão vagabundeando, exorcistas,
puseram-se a invocar o nome do Senhor Jesus sobre aqueles que estavam tendo espíritos
malignos, dizendo: "Estamos vos esconjurando por Jesus, a Quem Paulo prega."

14 E eram certos homens aqueles que estão fazendo aquilo: sete filhos de Ceva, que era um
judeu, sumo sacerdote.

15 Mas o espírito maligno disse, havendo respondido: "Conheço Jesus, e bem sei quem é
Paulo; mas quem sois vós?"

16 E, saltando sobre eles e havendo-se assenhoreado deles todos, o homem em quem estava
o espírito maligno pôde mais do que eles; de tal maneira a eles, nus e tendo sido feridos,
fugirem para fora daquela casa.

17 E isto foi notório a todos os que estão habitando em Éfeso, tanto judeus como (gentios de
fala dos) gregos {*}. E caiu temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era magnificado.
{* Nota 14:1}

18 E muitos daqueles tendo crido vinham, confessando (Jesus) e publicamente declarando as


(más) práticas deles.

19 Também muitos daqueles havendo seguido as artes da má curiosidade {*}, então, havendo
trazido os seus livros, completamente- queimavam-nos na presença de todos. E fizeram a
conta dos preços deles, e acharam que montava a cinco miríades {**} de peças de prata {***}.
{* "Artes da má curiosidade" = curiosidade pelo oculto, pela mágica, pela feitiçaria} {**
"Miríade" é 10.000. Portanto, cinco miríades = 50.000} {*** Provavelmente eram dracmas,
onde 1 dracma = 1 denário = jornal, salário por 1 dia do trabalhador braçal}

20 Assim, a Palavra do Senhor crescia com poder, e prevalecia.

21 ¶ E, quando estas coisas foram cumpridas, Paulo propôs no seu espírito ir a Jerusalém,
depois de havendo passado através da Macedônia e através da Acaia, havendo dito: "Depois
de haver estado ali (em Jerusalém), também me é necessário ver Roma."

22 E (Paulo), depois de havendo enviado dois daqueles que o estão servindo (Timóteo e
Erasto) para a Macedônia, deu atenção à Ásia por mais algum tempo.

23 E, naquele mesmo tempo, houve um não pequeno alvoroço a respeito do Caminho (Jesus),

24 Porque um certo esculpidor da prata, por nome Demétrio, anteriormente fazendo nichos
de prata para Artemis {*}, com isto trazia não pouco lucro aos artífices, {* Artemis, dos gregos,
é a mesma Diana, dos romanos}

25 Aos quais, havendo-os reunido num ajuntamento, e aqueles que eram oficiais de obras de
semelhante tipo, disse:

"Ó varões, vós bem sabeis que temos a nossa prosperidade proveniente- de- dentro- deste
ofício;

26 E bem vedes e ouvis que, não somente em Éfeso mas até quase em toda a Ásia, este Paulo,
havendo persuadido, afastou (de nós) uma grande multidão, dizendo que não são deuses os
que estão sendo feitos através de (nossas) mãos.

27 E não somente isto nos põe em perigo de a nossa profissão ir a descrédito, mas também de
o próprio templo da grande deusa Artemis {*} ser reconhecido como nada, também vindo a
ser destruída a majestade dela, a quem toda a Ásia e o mundo veneram." {* Diana, para os
romanos}

28 E eles (os ourives presentes), havendo ouvido isto e havendo-se tornado cheios de ira,
clamavam, dizendo: "Grande é a Artemis {*} dos efésios." {* Diana, para os romanos}

29 E toda a cidade foi enchida de confusão e eles, em uma mesma harmonia, arremeteram
para dentro do teatro- fórum, havendo arrebatado Gaio e Aristarco (macedônios,
companheiros- de- viagem de Paulo).

30 E, querendo Paulo ir para dentro do povo, os discípulos não lhe permitiam isto.

31 E também alguns dos principais da Ásia, sendo amigos dele, havendo enviado
(mensageiros) a ele, rogavam-lhe não se aventurar para dentro do teatro- fórum.

32 Uns, pois, na verdade clamavam de uma maneira, outros de outra, porque o ajuntamento
estava tendo- sido- tumultuado. E a maioria deles não tinha sabido por que causa eles se
tinham ajuntado.
33 Então tiraram Alexandre proveniente- de- dentro- da multidão, os judeus havendo-o
impelido para diante. E Alexandre, havendo feito um sinal com a mão, queria fazer sua própria
defesa diante do povo.

34 Mas, havendo eles reconhecido que ele é judeu, houve uma só voz proveniente- de-
dentro- de todos, clamando por espaço de quase duas horas: "Grande é a Artemis {*} dos
efésios." {* Diana, para os romanos}

35 Então o escrivão da cidade, já havendo apaziguado a multidão, diz:

"Ó varões efésios, por que isto? Qual homem há que não sabe que a cidade dos efésios é a
guardadora do templo da grande deusa Artemis {*}, e da imagem que desceu de Zeus? {*
"Artemis": os romanos a chamam de "Diana"}

36 Portanto, sendo isto irretrucável, vos é necessário estardes tendo- sido- acalmados e nada
fazerdes precipitadamente.

37 Porque trouxestes aqui estes varões, mesmo não sendo eles saqueadores de templos nem
estando blasfemando da vossa deusa.

38 Portanto, se na verdade Demétrio e os artífices que estão juntamente- com ele têm alguma
palavra contra alguém, audiências são feitas e há procônsules: Que eles se acusem uns aos
outros.

39 E, se intensamente procurais alguma coisa a respeito de outros assuntos, isto será resolvido
na legítima assembléia.

40 Porque também estamos correndo perigo de sermos acusados a respeito da insurreição


deste dia (de hoje), não havendo causa alguma com que poderemos dar razão para este
ajuntamento."

41 E (o escrivão), havendo dito isto, despediu a assembléia.

Atos 20

1 ¶ E, depois do alvoroço haver cessado, então Paulo, havendo chamado- a- si os discípulos e


havendo-os abraçado (em despedida), partiu para ir para a Macedônia.

2 E (Paulo), depois de havendo passado através daquelas partes, e havendo-os {*} exortado
com muitas palavras, veio à Grécia. {* Aos crentes Macedônios}

3 E ele, havendo permanecido ali três meses, e havendo surgido uma maquinação (para-
emboscada) feita pelos judeus contra eles, então, estando ele para zarpar para a Síria, surgiu-
lhe o propósito de voltar através da Macedônia.

4 E o acompanhava, até à Ásia: Sópater, um Bereiano; e, dos Tessalonicenses, Aristarco e


Segundo; e Gaio (de Derbe) e Timóteo (de Listra); e, dos da Ásia, Tíquico e Trófimo.
5 Estes, havendo ido- de- antemão, nos {*} esperavam em Trôade. {* O escritor (Lucas) está
acompanhando Paulo}

6 E, depois dos dias dos pães ázimos, dantes zarpamos- em- navegação para longe de Filipos, e
em cinco dias fomos para junto deles {*}, para Trôade, onde estivemos sete dias. {Os citados
em v. 4}

7 ¶ E, no primeiro dos sete- dias- da- semana , tendo os discípulos sido ajuntados para partir o
pão {*}, Paulo, estando- para- partir (de viagem) no dia seguinte, de- forma- completa-
argumentava com eles; e prolongava a pregação até à meia-noite. {* Celebração da ceia do
Senhor!}

8 E havia muitas lâmpadas no salão do andar superior, onde eles estavam tendo- sido
ajuntados.

9 E um certo jovem- varão, por nome Êutico, estava assentando sobre (a borda de) a janela,
estando sendo tomado de um profundo sono, estando Paulo de- forma- completa-
argumentando durante maior tempo. E, havendo (Êutico) sido tomado de um profundo sono,
caiu proveniente- de- junto- do terceiro andar para abaixo. E foi levantado, já morto.

10 Mas Paulo, havendo descido, inclinou-se sobre ele e, havendo-o abraçado, disse (aos
discípulos): "Não sede vós em tumulto, porque (novamente) a alma dele está nele."

11 E (Paulo) havendo subido de volta, e havendo partido o pão {*}, e havendo comido, e lhes
havendo falado largamente até à alvorada, desta maneira partiu. {* Celebração da ceia do
Senhor?}

12 E levaram o jovem, vivendo, e foram não pouco consolados.

13 ¶ Mas nós, de antemão havendo subido ao navio, zarpamos para Assós, intencionando ali
receber Paulo, porque assim ele (Paulo) estava tendo- sido- ordenado, intencionando ele
mesmo ir a pé.

14 E, quando (Paulo) se ajuntou a nós em Assós, então, havendo-o recebido, fomos a Mitilene.

15 E, havendo navegado dali, no dia se seguindo chegamos defronte de Quios; e, no dia


seguinte, chegamos ao lado de Samos. E, depois de havendo permanecido em Trogílio, no dia
seguinte chegamos a Mileto.

16 Porque Paulo já determinou navegar ao largo de Éfeso, para que não lhe acontecesse gastar
tempo na Ásia. Porque ele se apressava para estar em Jerusalém no dia de Pentecostes, se lhe
era possível.

17 E, proveniente- de- junto- de Mileto havendo enviado (emissários) a Éfeso, Paulo chamou-
para- si os presbíteros {**} daquela assembléia {*}. {* Grupo local biblicamente organizado e
reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18} {** Nota 11:30}

18 E, logo que chegaram junto a ele, (Paulo) lhes disse:


"Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei para a Ásia, como em todo esse tempo
eu fui no meio de vós,

19 Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e provações (aquelas
havendo-me sobrevindo nas maquinações (para-emboscada) dos judeus);

20 Como nada, daquilo sendo proveitoso, deixei de vos anunciar e ensinar, publicamente e em
todas as casas,

21 Plenamente testificando, tanto aos judeus como aos (gentios de fala dos) gregos {*}, o
arrependimento para com Deus, e a fé para com o nosso Senhor Jesus Cristo . {* Nota 14:1}

22 E, agora, eis que eu, tendo sido acorrentado no espírito, estou indo para Jerusalém, não
tendo sabido aquilo indo me acontecer nela,

23 Exceto o que o Espírito Santo em toda cidade plenamente me testifica, dizendo que me
esperam correntes e aflições.

24 Mas de nenhuma dessas coisas eu faço caso, nem em nada tenho a minha vida por preciosa
para mim mesmo, de modo a eu completar com alegria a minha carreira e o encargo- de-
servir que recebi proveniente- de- dentro- do Senhor Jesus, para plenamente testemunhar do
Evangelho (as boas novas) da graça de Deus.

25 E agora, eis que eu sei que todos vós (entre os quais passei pregando o reinar de Deus )
não mais vereis o meu rosto.

26 Portanto, no dia de hoje, solenemente vos protesto que eu estou limpo para longe do
sangue de todos,

27 Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.

28 Olhai (cuidai), pois, por vós mesmos e por todo o rebanho no meio do qual o Espírito Santo
vos constituiu pastores- superintendentes {*}, para apascentardes {**} a assembléia {**} de
Deus, que Ele resgatou por meio do Seu próprio sangue . {* Nota 1Tm 3:2} {** Grupo local
biblicamente organizado e reunindo-se (regularmente). Nota Mt 16:18} {** "Apascentar" =
levar ovelhas ao pasto, ou o pasto às ovelhas, amorosamente nutrindo, supervisionando e
cuidando delas}

29 Porque eu tenho sabido isto: Que, depois da minha partida, entrarão para o meio de vós
lobos cruéis, não poupando o rebanho;

30 E que de entre vós mesmos se levantarão varões que estão falando coisas tendo sido
distorcidas, para atraírem os discípulos após si.

31 Portanto, vigiai, lembrando-vos de que, durante três anos, noite e dia não cessei,
admoestando com lágrimas a cada um de vós.

32 E agora, ó irmãos , entrego-vos a Deus e à Palavra da Sua graça; o Qual (Deus) está sendo
poderoso para vos edificar e dar herança entre todos aqueles tendo sido santificados.
33 Eu de ninguém cobicei a prata, nem o ouro, nem as vestes.

34 Sim, vós mesmos sabeis que, para o que era necessário a mim e àqueles estando comigo,
estas mãos me serviram.

35 Em todas estas coisas eu vos mostrei que, trabalhando assim, é necessário auxiliar aqueles
que estão sendo fracos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, as quais Ele mesmo disse:
'Muito mais bem-aventurada coisa é dar do que receber' ."

36 E (Paulo), havendo dito estas coisas e havendo dobrado os seus joelhos, orou juntamente-
com todos eles.

37 E um grande pranto levantou-se entre todos. E eles, lançando-se sobre o pescoço de Paulo,
muito- e- ternamente- o- beijavam,

38 Entristecendo-se muito, principalmente por causa da palavra que ele tinha dito, que não
mais estão para ver o seu rosto. E eles o acompanhavam até o navio.

Atos 21

1 ¶ E, quando aconteceu nós zarparmos, havendo sido separados para longe deles, então,
havendo vindo em curso direto, chegamos a Cós; e, no dia seguinte, a Rodes; e, dali, a Pátara.

2 E, havendo achado um navio que está atravessando (o mar) para a Fenícia, então, havendo
embarcado nele, zarpamos.

3 E, havendo avistado Chipre, e havendo-a deixado à esquerda, navegávamos para a Síria, e


desembarcamos em Tiro, porque ali o navio estava descarregando a sua carga.

4 E permanecemos ali sete dias, havendo achado os discípulos; os quais, movidos pelo Espírito,
diziam para Paulo não subir a Jerusalém.

5 E, quando aconteceu completarmos nós aqueles dias ali, então, havendo saído,
marchávamos nosso caminho, todos eles nos acompanhando juntamente- com suas esposas e
filhos, até fora da cidade. E nós, havendo posto os joelhos sobre a praia, oramos.

6 E, havendo-nos despedido uns dos outros, subimos para o navio; e eles voltaram para suas
próprias casas.

7 ¶ E nós, havendo concluído a navegação proveniente- de- junto- de Tiro, viemos a


Ptolemaida. E, havendo saudado os irmãos dali, permanecemos um dia ao lado deles.

8 E, no dia seguinte, havendo Paulo (e aqueles estando ao redor dele) partido dali, nós
chegamos a Cesaréia. E, havendo entrado para a casa de Filipe (o evangelista, sendo ele um de
entre os sete (escolhidos em At 6)), permanecemos ao lado dele.

9 E este tinha quatro filhas virgens, que estavam profetizando.


10 E, demorando-nos ali por muitos dos nossos dias, um certo profeta, por nome Ágabo,
chegou proveniente- de- junto- da Judéia.

11 E ele, havendo vindo a nós e havendo tomado a cinta de Paulo e havendo amarrado as suas
próprias (de Ágabo) mãos e os pés, disse: "Isto diz o Espírito Santo: De semelhante modo os
judeus amarrarão em Jerusalém o varão de quem é esta cinta, e o entregarão para as mãos
dos gentios."

12 E, quando nós {*} ouvimos isto, então, tanto nós como os que eram daquele lugar,
rogávamos a ele (a Paulo) não subir a Jerusalém. {* O escritor (Lucas) está acompanhando
Paulo}

13 Mas Paulo respondeu: "Que fazeis vós, chorando e esmagando o meu coração? Porque eu
estou pronto não somente a ser amarrado, mas ainda a morrer em Jerusalém, em benefício do
nome do Senhor Jesus."

14 E, não sendo ele persuadido, nos aquietamos, havendo dito: "Seja feita a vontade do
Senhor!"

15 ¶ E, depois daqueles dias, havendo tomado a nossa bagagem, subíamos a Jerusalém.

16 E alguns dos discípulos provenientes- de- junto- de Cesaréia também foram juntamente-
conosco, levando ao lado deles um certo Mnasom, um cíprio, um antigo discípulo, junto a
quem devíamos ser hospedados.

17 E, em nosso havendo chegado a Jerusalém, os irmãos nos receberam de muito bom grado.

18 E, no dia (imediatamente) se seguindo, Paulo tinha entrado juntamente- conosco para a


casa de Tiago, e todos os presbíteros {*} vieram até ali. {* Nota 11:30}

19 E (Paulo), havendo-os saudado, relatava-lhes, de acordo com cada uma delas, as coisas que
Deus operou entre os gentios através da ação- de- servir dele.

20 E eles, havendo-o ouvido, glorificavam ao Senhor. Mas também disseram a ele (a Paulo):

"Bem vês, ó irmão, quantas miríades {*} de judeus há já tendo crido, e todos são zeladores da
lei (mosaica). {* "Miríade" é 10.000 ou algo inumerável}

21 E já acerca de ti foram informados de que, a todos os judeus que estão entre os gentios, tu
ensinas afastamento para longe (da lei) de Moisés, dizendo para eles não circuncidarem os
seus filhos, nem andarem segundo os costumes (da lei mosaica).

22 Que é isto, pois? Seguramente é necessário a multidão se ajuntar; porque ouvirão que já
tens vindo.

23 Faze, pois, isto que estamos te dizendo: Há conosco quatro varões tendo um voto por-
sobre si próprios;

24 Havendo tomado estes contigo, sê tu purificado juntamente- com eles, e faze sobre eles os
gastos para que rapem a cabeça (com- navalha) , e para que todos saibam que nada há daquilo
de que têm sido informados a respeito de ti, mas que também tu mesmo marchas-
ordenadamente {*}, guardando a lei (mosaica). {* Como um soldado, mantendo a mesma
fileira, o mesmo passo, a homogeneidade}

25 Todavia, a respeito daqueles dentre os gentios já tendo crido, nós, no passado, escrevemos
havendo determinado nenhuma tal coisa eles observarem, exceto guardarem a si mesmos das
coisas oferecidas aos ídolos, e do sangue, e do sufocado, e da fornicação {*}." {* "Fornicação" é
qualquer pecado sexual}

26 Então Paulo, havendo tomado consigo aqueles (quatro) varões e já havendo sido purificado
juntamente- com eles, no dia (imediatamente) se seguindo tinha entrado para o templo,
anunciando a completação dos dias da purificação (dos quatro judeus), (e ficou ali) até que foi
oferecida a oferta em benefício de cada um deles.

27 ¶ E quando os sete dias estavam quase a ser terminados, os judeus proveniente- de- junto-
da Ásia, havendo-o visto no templo, alvoroçavam toda a multidão e lançaram as suas mãos
sobre ele,

28 Clamando: "Ó varões israelitas, acudi! Este é o homem que por todas as partes está
ensinando a todos contra o nosso povo e contra a lei (mosaica), e contra este lugar. E, ademais
disto, também introduziu (gentios de fala dos) gregos {*} para o templo, e tem profanado este
santo lugar. {* Nota 14:1}

29 (Porque estavam previamente tendo visto Trófimo (o Efésio) juntamente- com ele
(juntamente- com Paulo), na cidade, o qual supunham que Paulo introduziu para o templo.)

30 E toda a cidade foi agitada, e houve correria de ajuntamento de povo. E eles, havendo
agarrado Paulo, o arrastavam para fora do templo, e logo as portas foram fechadas.

31 E, procurando eles matá-lo, subiu ao comandante da coorte {*} o relato de que Jerusalém
tem sido em tumulto. {* "Coorte", a décima parte de uma legião, tem cerca de 600 soldados}

32 O qual, imediatamente havendo tomado consigo soldados e centuriões, correu em descida


(da torre- fortaleza) sobre eles. E eles, havendo visto o comandante- de- milhares e os
soldados, cessaram de estar dando- repetidas- bastonadas em Paulo.

33 Então o comandante- de- milhares, havendo chegado vizinho, o prendeu e ordenou ser ele
acorrentado com duas correntes. E (o comandante) perguntou-lhe quem seja ele e o que ele
está tendo- feito.

34 E, na multidão, alguns clamavam uma coisa, alguns clamavam outra; mas (o comandante),
não podendo saber (qual é) a coisa verdadeira, por causa do alvoroço, ordenou ser ele (Paulo)
conduzido para dentro da fortaleza.

35 E, quando (Paulo) chegou sobre os degraus, aconteceu ele ser tomado- sobre- as- mãos- e-
carregado pelos soldados, por causa da violência da multidão.

36 Porque a multidão do povo o seguia, clamando: "Levantai-o {*}!" {* "Levantai-o" tanto


implica "levantai-o para levá-lo embora" como "levantai-o para matá-lo"}
37 ¶ E Paulo, estando para ser introduzido para dentro da fortaleza, diz ao comandante- de-
milhares: "É-me permitido te dizer alguma coisa?" E ele (o comandante) dizia: "Sabes o grego?

38 Porventura não és tu aquele egípcio antes destes dias havendo feito uma sedição e
havendo levado para o deserto os quatro mil varões assassinos?"

39 Mas Paulo lhe disse: "Na verdade eu sou um homem judeu de Tarso, uma cidade na Cilícia,
um cidadão de cidade não pouco célebre. E, rogo-te: Permitas tu a mim falar ao povo."

40 E, havendo (o comandante) permitido isto, Paulo, tendo-se postado sobre os degraus, fez-
sinal com a mão ao povo. E, havendo-se feito grande silêncio, ele lhes falou na língua hebraica
, dizendo:

Atos 22

1 ¶ "Ó varões, ó irmãos e pais, ouvi a minha defesa que faço agora perante vós."

2 (E eles, havendo ouvido que (Paulo) lhes falava na língua hebraica, muito mais silêncio
guardaram.) E ele diz:

3 "Na verdade sou um varão judeu, tendo sido nascido em Tarso da Cilícia e, nesta cidade,
tendo sido criado ao lado dos pés de Gamaliel, tendo sido instruído- corrigido conforme o
perfeito rigor da lei de nossos pais, sendo zeloso para com Deus, como todos vós hoje sois.

4 Eu persegui este Caminho (Jesus) até à morte, acorrentando e entregando para dentro de
prisões tanto varões como mulheres,

5 Como também o sumo sacerdote me dá testemunho, e todo o conselho- dos- anciãos.


Também, havendo eu recebido cartas deles (do conselho dos anciãos) para os irmãos (os
judeus), eu ia a Damasco para também trazer para Jerusalém, tendo- sido- acorrentados,
aqueles (os cristãos) estando lá (em Damasco), a fim de que fossem castigados.

6 E me aconteceu, indo eu já de caminho e já chegando perto de Damasco, ao redor de meio-


dia, de repente, proveniente- de- dentro- do céu, uma grande luz resplandecer- em- volta, ao
redor de mim.

7 E eu caí para o chão, e ouvi uma voz me dizendo: 'Saulo, Saulo, por que Me persegues?'

8 E eu respondi: 'Ó Senhor, Quem és?' E Ele me disse: 'EU SOU Jesus, o nazareno, a Quem tu
persegues.'

9 E aqueles estando juntamente- comigo em verdade viram a luz e se tornaram muito


atemorizados, mas não entenderam a voz dAquele que estava me falando.

10 Então eu disse: 'Ó Senhor, que farei?' E o Senhor me disse: 'Havendo-te levantado, vai para
Damasco, e ali te será dito a respeito de tudo o que te tem sido ordenado fazer.'

11 E, como eu não via, em- conseqüência- do esplendor daquela luz, então, sendo levado pela
mão daqueles estando comigo, cheguei para dentro de Damasco.
12 E um certo Ananias, um varão dedicado (no servir a Deus) conforme a lei (mosaica), sendo
bem testificado por todos os judeus que estão habitando ali,

13 Havendo vindo a mim, e havendo-se postado acima de mim, disse-me: 'Ó irmão Saulo,
recebe visão novamente.' E eu, naquela mesma hora, olhei (já vendo) para cima, para ele.

14 E ele disse:

'O Deus de nossos pais de antemão designou tu conheceres a vontade dEle, e veres Aquele
Justo (Jesus), e ouvires a voz proveniente- de- dentro- da Sua boca.

15 Porque serás testemunha dEle diante de todos os homens, (testemunha) daquilo que tens
visto e que ouviste.

16 E agora, por que te deténs? Havendo-te levantado (e saído) {*}, sê submerso e também
lava- para- longe os teus pecados, (tudo isso depois de) havendo invocado o nome do Senhor .'
{* Nota 9:18}

17 E me aconteceu que, havendo eu voltado para Jerusalém, e durante o meu estar orando no
templo, então estar eu em um arrebatamento- de- sentidos,

18 E ver Ele (Jesus) me dizendo:

'Apressa-te e sai em rapidez para fora de Jerusalém; porque eles não receberão o teu
testemunho a respeito de Mim.'

19 Mas eu disse:

'Ó Senhor, eles mesmos (os judeus em Jerusalém) bem sabem que eu estava lançando na
prisão e açoitando em todas as sinagogas aqueles que estão crendo em Ti.

20 E quando o sangue de Estêvão, Tua testemunha {*}, era derramado, também eu estava
tendo-me postado (ali) e consentindo na morte dele, e guardando as capas daqueles que o
estavam matando.' {* "Testemunha" é tradução correta, mas a palavra deu origem à nossa
"mártir"...}

21 Porém Ele (o Senhor Jesus) disse para mim: 'Vai, porque Eu te enviarei aos gentios que
estão de longe'."

22 ¶ E eles (do conselho dos anciãos) ouviam-no (a Paulo) até esta palavra, e levantaram as
suas vozes, dizendo: "(Ó comandante,) Tira tu para longe da terra um tal homem, porque não
está convindo ele viver."

23 E, clamando eles, e arrojando de si as suas vestes, e lançando pó para o ar,

24 O comandante- de- milhares ordenou ser ele (Paulo) levado para dentro da fortaleza,
havendo mandado ser ele examinado com açoites, para que ele (o comandante) saiba por que
causa assim clamavam contra ele (contra Paulo).

25 E, quando o estavam amarrando- esticando {*} com as correias, Paulo disse ao centurião
tendo-se postado ao lado: "É lícito a vós açoitar um homem que é um romano e está não-
julgado- condenado?" {* Esticando e amarrando a um pilar ou estaca, para receber os açoites}
{ # Complutense, Beza 1589, 1598}

26 E o centurião, havendo ouvido isto, e havendo ido, anunciou isto ao comandante- de-
milhares, dizendo: "Vê tu o que estás para fazer! Porque este homem é um romano."

27 E o comandante- de- milhares, havendo vindo, disse-lhe (a Paulo): "Dize-me tu, és tu um


romano?" E ele (Paulo) dizia: "Sim."

28 E o comandante- de- milhares respondeu: "Eu comprei esta liberdade- por- cidadania com
uma grande soma (de dinheiro)." E Paulo dizia: "Mas eu, contudo, tenho sido nascido livre-
cidadão."

29 Então aqueles estando para o examinar (torturar) imediatamente se apartaram para longe
dele. E até mesmo o comandante- de- milhares temeu, havendo sabido que (Paulo) é um
romano, e porque ele (o comandante) estava (na situação de) tendo-o acorrentado.

30 E, no dia seguinte, querendo (o comandante) saber ao certo a causa por que (Paulo) é
acusado da- parte- dos judeus, soltou-o para longe das correntes. E ordenou virem os
principais dos sacerdotes e todo o Sinédrio deles. E, havendo trazido Paulo, o apresentou
diante deles.

Atos 23

1 ¶ E Paulo, havendo fixado os olhos no Sinédrio, disse: "Ó varões irmãos, até este dia (de
hoje) eu tenho me conduzido diante de Deus com toda a boa consciência."

2 Mas o sumo sacerdote, Ananias, ordenou àqueles tendo-se postado junto dele (de Paulo)
repetidamente- golpearem a sua boca.

3 Então Paulo lhe disse: "Deus está para repetidamente- te- golpear, ó parede tendo sido
branqueada! E tu estás aí assentado (alegadamente) julgando-me conforme a lei (mosaica)?
Mas, contrariando a lei (mosaica), ordenas ser eu repetidamente- golpeado?"

4 E aqueles tendo-se postado junto disseram: "Injurias o sumo sacerdote de Deus?"

5 E Paulo dizia: "Eu não tinha percebido , ó irmãos, que ele é o sumo sacerdote; porque tem
sido escrito: 'Não dirás mal do principal do teu povo.' " Ex 22:28

6 E Paulo, havendo percebido que a uma parte consiste de saduceus e a outra parte consiste
de fariseus, clamou no Sinédrio: "Ó varões irmãos, eu sou fariseu, filho de um fariseu! Eu sou
julgado no tocante à esperança e ressurreição dos mortos!"

7 E, havendo ele dito isto, houve dissensão entre os fariseus e os saduceus; e a multidão foi
dividida.

8 Porque, na verdade, os saduceus dizem não haver ressurreição, nem haver anjo (nem
espírito); mas os fariseus confessam ambas estas coisas.
9 E originou-se um grande clamor. E os escribas que eram da divisão dos fariseus, havendo-se
levantado, completamente contendiam, dizendo: "Nenhum mal estamos achando neste varão.
E, se algum espírito ou anjo lhe falou, então que nós não lutemos contra Deus ."

10 E, havendo surgido uma grande dissensão, o comandante- de- milhares, havendo sido
temeroso de que não fosse Paulo despedaçado por eles, ordenou à tropa, havendo descido,
arrebatá-lo para fora do meio deles, e o levarem para dentro da fortaleza.

11 E, na noite que está (imediatamente) se seguindo, o Senhor (Jesus), havendo-se postado


diante dele (de Paulo), disse : "Tem tu ânimo, ó Paulo! Porque, do- mesmo- modo- como
plenamente- testificaste em Jerusalém a respeito de Mim, assim é necessário tu também em
Roma testificares."

12 ¶ E, havendo-se tornado dia, alguns dos judeus, havendo feito uma coalizão, puseram-se
debaixo de maldição, declarando não comerem nem beberem até que matem Paulo.

13 E eram mais de quarenta aqueles tendo feito este juramento- em- conjunto.

14 Os quais, havendo chegado aos principais dos sacerdotes e dos anciãos, disseram:

"Com maldição (dantes) amaldiçoamos a nós mesmos, nenhuma comida ou bebida provarmos
até que matemos Paulo.

15 Agora, pois, vós mesmos, juntamente- com o Sinédrio, manifestai-vos ao comandante- de-
milhares, para que, amanhã, ele o traga a vós, como que estando vós para examinar mais
acuradamente as coisas a respeito dele. E nós, antes de ele chegar vizinho, estamos prontos
para o matar."

16 E o filho da irmã de Paulo, havendo ouvido acerca desta emboscada, então, havendo-se
aproximado e havendo entrado para a fortaleza, relatou isto a Paulo.

17 E Paulo, havendo chamado a si um só dos centuriões, dizia: "Leva tu este jovem- varão
àquele comandante- de- milhares, porque este (o jovem- varão) tem alguma coisa para relatar
àquele (comandante- de- milhares)."

18 Na verdade, pois, depois de havendo este (o centurião) tomado a ele (ao jovem- varão), o
levou ao comandante- de- milhares, e diz: "O prisioneiro- acorrentado Paulo, havendo-me
chamado a si, rogou-me trazer a ti este jovem- varão, tendo este alguma coisa para te dizer."

19 E o comandante- de- milhares, havendo-o tomado pela sua mão, e havendo-se posto à
parte, perguntava-lhe (em particular): "Que é aquilo que tens para me relatar?"

20 E ele disse:

"Os judeus combinaram rogar-te que amanhã leves Paulo para o Sinédrio, como que estando
eles para mais acuradamente inquirir alguma coisa a respeito dele.

21 Tu, pois, não sejas persuadidos por eles, porque mais de quarenta varões de entre eles
armam emboscada contra ele (Paulo), os quais se obrigaram, sob pena de maldição, a não
comerem nem beberem até que o matem. E já agora estão prontos, esperando a promessa
proveniente- de- junto- de ti."

22 ¶ Então o comandante- de- milhares na verdade despediu o jovem- varão, havendo-lhe


ordenado "a ninguém divulgares que tu me manifestaste estas coisas!"

23 E, havendo chamado certos dois dos seus centuriões, lhes disse: "Aprontai, desde a terceira
hora da noite, duzentos soldados, e setenta cavaleiros, e duzentos lanceiros; para irem até
Cesaréia;"

24 Também lhes disse para aparelharem cavalgaduras, para que, havendo Paulo montado, o
levem salvo a Félix, o governador.

25 Havendo (o comandante) escrito uma carta, tendo ela esta forma:

26 "Cláudio Lísias, a Félix, o mais excelente governador: Regozijar! {*} {* Saudação}

27 Esse varão, havendo sido agarrado pelos judeus e estando para ser morto por eles, então,
havendo eu sobrevindo juntamente- com a tropa, o livrei, depois havendo sabido que ele é um
romano.

28 E, desejando eu saber a causa por que o acusavam, o levei ao Sinédrio deles.

29 A quem encontrei sendo acusado a respeito de algumas questões da lei deles; mas
nenhuma acusação havendo digna de morte ou de correntes.

30 E, havendo-me sido notificado estar prestes a ser posta em ação pelos judeus uma
maquinação (para emboscada) contra este varão, imediatamente o enviei a ti, também
havendo eu ordenado aos acusadores perante ti dizerem o que têm contra ele. Passa bem."

31 ¶ Na verdade, pois, depois de havendo os soldados tomado Paulo conforme tendo-lhes sido
ordenado, através da noite o trouxeram a Antipátride.

32 E, no dia seguinte, havendo deixado os cavaleiros para estes irem juntamente- com ele
(com Paulo), então (os soldados à pé) retornaram para a fortaleza.

33 Os quais (cavaleiros), havendo chegado a Cesaréia e havendo entregue a carta ao


governador, também lhe apresentaram Paulo.

34 E o governador, havendo lido a carta e havendo perguntado proveniente- de- junto- de qual
província ele (Paulo) é, e havendo apurado (por interrogatório) que ele era da Cilícia,

35 Dizia: "Eu te ouvirei até o fim, quando também aqui vierem os teus acusadores." E ordenou
o guardarem (prisioneiro) no salão- de- julgamento, de Herodes (Agripa I).

Atos 24
1 ¶ E, cinco dias depois, o sumo sacerdote Ananias desceu com os anciãos e com um certo
orador (chamado Tértulo), os quais manifestaram acusação contra Paulo perante o
governador.

2 E, havendo ele (Paulo) sido chamado, Tértulo começou a acusá-lo, dizendo:

"Através de ti estando nós obtendo grande paz, e, através da tua providência, estando sendo
feitos excelentes- serviços a esta nação,

3 Então, com toda a toda a gratidão, estamos aceitando isto tanto em toda maneira como em
todo o lugar, ó excelentíssimo Félix.

4 Mas, para que não mais eu te detenha, rogo-te nos ouvir em palavras encurtadas, na tua
clemência.

5 Porque, havendo nós achado este varão ser uma peste, e promovendo ele sedição entre
todos os judeus através de todo o mundo, e sendo o principal defensor da seita dos nazarenos,

6 O qual (Paulo) também tentava profanar o templo, nós também o prendemos e o quisemos
julgar conforme a nossa lei .

7 Mas, havendo sobrevindo o comandante- de- milhares, Lísias, com grande violência o tirou
para fora das nossas mãos,

8 Havendo ordenado aos seus acusadores virem a ti; da parte de quem (de Paulo) tu mesmo,
havendo-o examinado, poderás tomar conhecimento a respeito de todas estas coisas de que o
estamos acusando."

9 E também os judeus concordaram dizendo estas coisas serem assim.

10 ¶ Mas Paulo respondeu, havendo-lhe o governador feito sinal para falar:

"Sabendo eu que desde muitos anos tu estás sendo juiz para esta nação, com melhor ânimo
faço a minha própria defesa das coisas a meu respeito.

11 Podendo tu saberdes que não me há mais de doze dias desde que subi para adorar em
Jerusalém;

12 E não me acharam no templo de- forma- completa- argumentando com alguém, nem me
acharam fazendo um amotinamento de uma multidão não somente nas sinagogas como
também perante a cidade.

13 Nem tampouco eles podem provar as coisas a respeito das quais agora me acusam.

14 Mas confesso isto a ti: Que, conforme aquele Caminho (Jesus) que chamam de heresia,
assim eu presto culto ao Deus dos nossos pais, crendo tudo quanto tendo sido escrito na lei e
nos profetas.

15 Tendo esperança para com Deus (como estes, eles mesmos, também esperam) de que está
para haver uma ressurreição de mortos , tanto de justos como de injustos.
16 E nisto me exercito, para sempre ter uma consciência sem ofensa, tanto para com Deus
como para com os homens.

17 Ora, depois de muitos anos (de minha ausência), vim, vindo trazer esmolas e ofertas {*} à
minha nação. {* Nota Gl 2:10}

18 Em tempo das quais (esmolas e ofertas) uns certos judeus provenientes- de- junto- da Ásia
me acharam já tendo eu sido purificado, no templo, não com multidão, nem com tumulto.

19 Aos quais ainda é necessário comparecerem perante ti e me acusarem, caso tenham


alguma coisa contra mim.

20 Ou, havendo eu me postado perante o conselho, digam estes daqui, eles mesmos, se
acharam em mim alguma iniqüidade,

21 Exceto se for a respeito desta única fala que, tendo-me postado entre eles, clamei: 'Neste
dia, sou julgado por vós a respeito da ressurreição dos mortos'."

22 Então Félix, havendo ouvido estas coisas, mais acuradamente antes já tendo conhecido as
coisas a respeito deste Caminho (Jesus), pôs- adiamento a eles (aos judeus), dizendo: "Quando
o comandante- de- milhares, Lísias, tiver descido, tomarei inteiro conhecimento das coisas a
vosso respeito;"

23 Havendo ordenado ao centurião guardar- em- prisão Paulo, e a deixá-lo ter certa liberdade,
e a ninguém dos seus (parentes e amigos) impedir servi-lo ou vir ter com ele.

24 ¶ E, alguns dias depois, havendo chegado Félix juntamente- com sua mulher Drusila (que
era uma judia), este enviou a chamar Paulo, e o ouviu a respeito da fé em Cristo.

25 E ele (Paulo), de- forma- completa- argumentando a respeito da justiça e da temperança e


do juízo estando- para vir- haver, então Félix, havendo-se tornado espavorido, respondeu: "Por
agora vai tu e, em havendo eu recebido oportunidade, te chamarei."

26 E, ao mesmo tempo, também esperando que lhe serão dadas riquezas por Paulo, para que
o soltasse. Pelo que também (Félix), muitas vezes enviando (mensageiros) a chamá-lo (a
Paulo), conversava com ele.

27 Mas, dois anos havendo sido completados, Félix recebeu por sucessor a Pórcio Festo. E,
querendo Félix acumular graças com os judeus, deixou Paulo tendo sido acorrentado.

Atos 25

1 ¶ Festo, pois, havendo entrado na província, depois de três dias subiu proveniente- de-
junto- de Cesaréia para dentro de Jerusalém.

2 E o sumo sacerdote e os principais dos judeus se manifestaram perante ele contra Paulo, e
lhe rogavam,
3 Pedindo um favor contra ele (contra Paulo): Que (Festo) enviasse (emissários) para o
trazerem para dentro de Jerusalém, (os judeus) fazendo uma emboscada para o matarem no
caminho.

4 Mas Festo, na verdade, respondeu Paulo dever ser guardado em Cesaréia, e ele mesmo
(Festo) estar para em breve partir (para Cesaréia).

5 "Aqueles, pois, de entre vós que estão em poder,” diz (Festo) “então, depois de havendo
descido comigo, se algum crime há neste varão, acusem-no."

6 E (Festo), havendo permanecido entre eles mais de dez dias, (e depois) havendo descido a
Cesaréia, no dia seguinte, havendo-se assentado sobre a cadeira- de- juiz (sobre- plataforma),
ordenou Paulo ser trazido.

7 E, havendo ele (Paulo) chegado, o rodearam os judeus tendo descido provenientes- de-
junto- de Jerusalém, também trazendo contra Paulo muitas e graves acusações que eles não
podiam provar,

8 (Então) ele (Paulo), fazendo a sua própria defesa, disse: "Eu não pequei em coisa nenhuma
contra a lei dos judeus, nem contra o templo, nem contra César."

9 Todavia Festo, querendo acumular graças com os judeus, disse a Paulo, havendo respondido:
"Queres tu, havendo subido a Jerusalém, lá seres julgado perante mim a respeito destas
coisas?"

10 Mas Paulo disse:

"Eu estou tendo-me- postado perante a cadeira- de- juiz (sobre- plataforma) de César, onde
me é necessário ser julgado. Eu não fiz agravo nenhum aos judeus, como tu sabes muito bem.

11 Porque, se na verdade eu faço algum agravo e tenho cometido algo digno de morte, então
eu não recuso morrer. Mas, se nada há das coisas de que estes me acusam, ninguém me pode
entregar a eles: Eu apelo para César."

12 Então Festo, havendo conferenciado com o conselho, respondeu: "Tens apelado para
César? Para César irás."

13 ¶ E, havendo-se passado certos dias, o rei (Herodes) Agripa (II) e Berenice desceram para
Cesaréia, a saudar Festo.

14 E, como ali ficavam muitos dias, Festo expôs ao rei as coisas relativas a Paulo, dizendo:

"Há um certo varão tendo sido deixado por Félix, um prisioneiro- acorrentado.

15 A respeito do qual os principais dos sacerdotes e os anciãos dos judeus, havendo eu estado
em Jerusalém, se manifestaram perante mim, pedindo julgamento contra ele.

16 Aos quais respondi que não é costume dos romanos entregar algum homem à morte, antes
que aquele sendo acusado tenha os acusadores face a face e receba oportunidade de defesa
concernente às acusações.
17 Portanto (depois de alguns dias), havendo eles (os judeus) se ajuntado aqui, no dia seguinte
eu, nenhum adiamento havendo feito, havendo-me assentado sobre a cadeira- de- juiz (sobre-
plataforma), ordenei ser trazido o varão.

18 A respeito do qual, havendo os acusadores se posto de pé, nenhuma acusação traziam


daquelas que eu supunha.

19 Mas tinham contra ele certos debates a respeito da superstição {*} deles próprios, e a
respeito de um tal Jesus tendo sido morto, que Paulo afirmava viver. {* "Deisidaimonia"
literalmente é "sistema de reverência/ temor a um ou mais deuses- demônios"}

20 E eu, estando perplexo quanto ao debate a respeito disto, perguntava se ele (Paulo) queira
ir a Jerusalém, e lá ser julgado a respeito destas coisas.

21 E, havendo Paulo apelado para ser reservado à examinação- decisória de Augusto , ordenei
ser ele guardado até que eu o envie a César.”

22 Então Agripa dizia a Festo: "Eu desejava também, eu mesmo, ouvir esse homem." E (Festo)
diz: "Amanhã o ouvirás."

23 E, no dia seguinte, havendo Agripa e Berenice vindo com grande pompa, e havendo entrado
para o auditório juntamente tanto com os comandantes de milhares como com os varões
estando- em- eminência, da cidade, e Festo havendo ordenado, Paulo foi trazido.

24 E Festo diz:

"Ó rei Agripa, e ó todos os varões estando presentes conosco; aqui vedes este varão a respeito
de quem toda a multidão dos judeus me demandou, tanto em Jerusalém como aqui, clamando
ser necessário ele não mais viver.

25 Mas eu, havendo percebido coisa nenhuma digna de morte ele haver feito, e também
havendo ele mesmo apelado para Augusto {*}, determinei o enviar (para Augusto). {* Nota v.
21}

26 A respeito de quem (de Paulo) eu não tenho coisa nenhuma infalível para escrever ao meu
senhor (Nero), e por isso eu o trouxe perante vós, principalmente perante ti, ó rei Agripa, para
que, havendo ocorrido a investigação- preliminar, eu tenha alguma coisa para escrever.

27 Porque me parece contra a razão, enviando eu um prisioneiro, também não notificar as


acusações contra ele."

Atos 26

1 ¶ Então (Herodes) Agripa (II) dizia a Paulo: "É permitido a ti falar em benefício de ti mesmo."
Então Paulo fazia a sua própria defesa, havendo estendido a sua mão:

2 "Estimo a mim mesmo por feliz, ó rei Agripa, perante ti hoje estando eu para fazer a minha
própria defesa a respeito de todas as coisas de que sou acusado pelos judeus;
3 Mormente tendo eu percebido tu estares sendo um conhecedor não somente de todos os
costumes como também de todos os debates entre os judeus. Por isso rogo-te me ouvires
pacientemente.

4 Na verdade, pois, todos os judeus têm conhecido a minha maneira de vida desde a minha
mocidade, aquela (maneira de vida) havendo sido desde o princípio, entre os da minha própria
nação, em Jerusalém,

5 De antemão conhecendo-me, desde o princípio (se o quiserem testificar), que vivi conforme
a mais severa seita da nossa exteriorização- de- adoração, um fariseu.

6 E agora (aqui) tenho-me postado sendo julgado por causa da esperança da promessa
havendo sido feita por Deus aos nossos pais.

7 À qual (promessa) as nossas doze tribos esperam chegar, em fervor prestando culto (a Deus)
noite e dia. A respeito de qual esperança, ó rei Agripa, eu sou acusado pelos judeus.

8 Pois quê? É julgado coisa incrível junto a vós que Deus ressuscita os mortos?

9 Eu, pois, na verdade imaginei em mim mesmo ter eu que praticar muitos atos contra o nome
de Jesus, o nazareno;

10 O que também fiz em Jerusalém. E eu, havendo recebido autorização de junto dos
principais dos sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e, estando eles sendo
mortos, eu dei o meu voto contra eles.

11 E, castigando-os muitas vezes, em todas as sinagogas, os obrigava a blasfemar {*}. E, sendo


eu demasiadamente enfurecido contra eles, os perseguia até mesmo para dentro das cidades
estrangeiras. {* Blasfemar de Jesus}

12 Em quais ocupações também, estando eu indo a Damasco com autoridade e comissão da


parte dos principais dos sacerdotes,

13 Ao meio-dia, ó rei, vi no caminho uma luz celestial, superior ao resplendor do sol, havendo-
resplandecido- circundando a mim e aos que iam juntamente- comigo.

14 E, havendo todos nós caído à terra, ouvi- entendi uma voz me falando e dizendo na língua
hebraica: 'Saulo, Saulo, por que Me persegues? Dura coisa para ti é escoicear- com- o
calcanhar contra os aguilhões.'

15 E eu disse: 'Ó Senhor, Quem és Tu?' E Ele respondeu:

'EU SOU Jesus, a Quem tu persegues;

16 Mas levanta-te e põe-te sobre os teus pés, porque te apareci para este propósito: Para te
constituir por servidor e testemunha tanto destas coisas que tens visto como daquelas pelas
quais serei manifesto a ti,

17 Livrando-te para fora deste povo e para fora dos gentios, aos quais agora te envio,
18 Para abrires os olhos deles, e os converteres provenientes- de- junto- da treva para dentro
da luz, e provenientes- de- junto- da autoridade de Satanás para Deus, para eles receberem a
remissão de pecados, e herança entre aqueles tendo sido santificados pela fé, a fé em Mim.'

19 Por isso, ó rei Agripa, eu não fui desobediente à visão celestial,

20 Mas anunciava primeiramente aos que estão em Damasco e em Jerusalém, e para toda a
terra da Judéia, e aos gentios, para se arrependerem e se converterem a Deus, fazendo obras
correspondentes ao arrependimento.

21 Por causa disto os judeus, havendo-me agarrado no templo, tentavam me matar.

22 Portanto eu, havendo obtido socorro junto a Deus, ainda tenho permanecido (vivo) até ao
dia de hoje, testemunhando tanto a pequenos como a grandes, não dizendo nada mais do que
tanto os profetas como Moisés falaram como estando para acontecer,

23 Isto é, que o Cristo é para sofrer; e que, sendo o primeiro proveniente- de- dentro- da
ressurreição dos mortos, Ele está para proclamar luz a este povo e aos gentios.”

24 ¶ E, ainda estando (Paulo) dizendo isto em sua defesa, Festo dizia em alta voz: "Ó Paulo,
estás louco! Os muitos escritos te fazem virar para a loucura."

25 Mas ele (Paulo) diz:

"Eu não estou louco, ó excelentíssimo Festo, mas digo palavras de verdade e de sobriedade-
autocontrole.

26 Porque o rei (diante de quem também eu falo, usando- de- ousadia) sabe a respeito destas
coisas. Porque eu estou persuadido a nada destas coisas lhe ocultar. Porque isto não está
tendo- sido- feito em uma qualquer esquina escondida.

27 Crês tu nos profetas, ó rei (Herodes) Agripa (II) ? Bem tenho sabido que crês."

28 E Agripa dizia a Paulo: "Por pouco me persuades a me fazer cristão!"

29 E Paulo disse: "Que eu ore a Deus para, tanto por pouco como por muito, não somente tu
mas também todos quantos neste dia me estão ouvindo, se tornarem tais qual eu também
sou, com exceção destas correntes (de prisão)."

30 E, havendo ele (Paulo) dito isto, levantou-se o rei, e o governador, e também Berenice, e
aqueles que estavam assentando com eles.

31 E, havendo-se apartado dali, falavam uns com os outros, dizendo: "Este homem nada faz
digno de morte ou de correntes."

32 E Agripa dizia a Festo: "Este homem bem podia ter sido solto, se não tinha apelado para
César."

Atos 27
1 ¶ E, quando foi determinado navegarmos nós para a Itália, entregavam tanto Paulo como
certos outros prisioneiros a um centurião por nome Júlio, da coorte {*} de Augusto {**}. {*
"Coorte", a décima parte de uma legião, tem cerca de 600 soldados} {** Nota 25:21}

2 E, havendo nós embarcado em um navio de Adramítio, zarpamos, estando para navegar


pelos lugares ao longo da costa da Ásia, estando juntamente- conosco Aristarco, um
macedônio tessalonicense.

3 E, no dia seguinte, desembarcamos para dentro de Sidom. E Júlio, havendo amavelmente


tratado Paulo, lhe permitiu, havendo (Paulo) ido aos seus amigos, receber o cuidado deles.

4 E dali, (depois de) havendo zarpado, nós {*} navegamos abaixo de Chipre, em razão dos
ventos serem contrários. {* O escritor (Lucas) está acompanhando Paulo}

5 E nós, havendo atravessado o mar ao longo da Cilícia e Panfília, chegamos a Mirra, uma
cidade da Lícia.

6 E o centurião, ali havendo achado um navio de Alexandria estando navegando para a Itália,
nos fez embarcar para dentro dele.

7 E, durante muitos dias navegando vagarosamente e havendo com dificuldade chegado


defronte de Cnido, não nos permitindo o vento ir mais adiante, navegamos abaixo de Creta,
junto a Salmone {*}. {* Salmone, na ilha de Creta}

8 E, com dificuldade a costeando, dantes chegamos a um certo lugar sendo chamado Bons
Portos {*}, perto do qual estava a cidade de Laséia. {* Laséia, na ilha de Creta}

9 ¶ E, havendo se passado muito tempo e sendo já perigosa a navegação em razão de também


o jejum {*} já ter passado, Paulo os admoestava, {* Jejum do décimo dia do sétimo mês judeu,
nosso outubro. Lv 16:29; 23:27-29; Num 29:7}

10 Dizendo-lhes: "Ó varões, percebo que a navegação está para ser com dores e também com
muitos danos não apenas quanto à carga e ao navio, mas também quanto às nossas vidas."

11 Mas o centurião era confiante muito mais no piloto e no dono- do- navio, do que naquilo
sendo falado por Paulo.

12 E, sendo o porto inadequado para se invernar nele, a maioria (dos tripulantes) aconselhou
também zarparem dali, se de alguma maneira eles possam, havendo chegado a Fenice (que é
um porto de Creta olhando para o lado do vento da África {*} e do Coro {**}), ali invernarem.
{* Sudoeste} {** Noroeste}

13 E, o vento Sul havendo brandamente soprado e eles havendo suposto terem obtido o
propósito deles, então, havendo levantado âncora, costeavam bem de perto ao longo de
Creta.

14 Mas não muito depois caiu ao lado dela (de Creta) um vento tempestuoso, sendo chamado
de Euroaquilão {*}. {* "Euroclydon" significa "violenta agitação do vento do Leste"}
15 E, havendo o navio sido arrebatado, e não podendo nós voltar- a- proa- do- navio- contra o
vento, então, havendo dado de mão a tudo, éramos carregados à toa.

16 E, havendo passado sob a proteção de certa pequena- ilha sendo chamada de Clauda,
somente com dificuldade pudemos nos tornar dominadores do barquinho- de- desembarque.

17 Havendo levado este (o barquinho de desembarque) para cima, eles usavam de todos os
meios de socorro, cingindo o navio. E, temendo para não caírem para dentro de Sirte {*},
então, amainadas as velas, assim iam- sendo- carregados (pelo vento, à deriva). {* "Surtis"
significa "bancos de areia, submersos" e fica entre os promontórios de Cefalea e Borea}

18 ¶ E eles, sendo nós violentamente arremessados- por- tempestade (para baixo e para cima,
para um lado e para outro), no dia seguinte faziam um lança- fora- da- carga (do navio).

19 E, ao terceiro dia, com as nossas próprias mãos lançamos fora o equipamento {*} do navio.
{* Mobília, louças, talvez as armas dos soldados (com ordem do centurião), etc., mas não,
ainda, as âncoras, nem a vela e mastro mestres, nem até a última porção dos alimentos}

20 E, já por muitos dias não aparecendo nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não
pequena tempestade, daí em diante era tirada toda a esperança do sermos nós salvos.

21 ¶ E, por longo tempo estando todos sem comer, então Paulo, havendo-se postado no meio
deles, disse:

"Na verdade, ó varões, vos era necessário, havendo atendido a mim, não zarpardes para longe
de Creta, e, assim, não somente haverdes evitado este sofrimento como esta perda.

22 Mas agora vos exorto a serdes de bom ânimo, porque não haverá perda da vida de nenhum
de entre vós, mas somente do navio.

23 Porque esta mesma noite um anjo de Deus (de Quem (de Deus) eu sou e a Quem presto
culto) postou-se ao meu lado,

24 Dizendo: 'Ó Paulo, não temas; é necessário tu serdes postado diante de César. E eis que
Deus te tem concedido (a vida de) todos aqueles que estão navegando contigo.'

25 Portanto, ó varões, tende bom ânimo; porque creio em Deus, que será segundo a maneira
que tem sido dita a mim.

26 Contudo, é necessário cairmos sobre alguma ilha."

27 ¶ E, quando chegou a décima quarta noite, enquanto sendo nós impelidos de um e de


outro lado no mar Adriático, por volta da meia-noite os marinheiros suspeitavam alguma terra
se aproximar deles.

28 E eles, havendo lançado o prumo, acharam vinte braças {*} (de profundidade do mar); e,
havendo (o navio) passado um pouco mais adiante, novamente havendo eles lançado o
prumo, acharam quinze braças {*}. {* "Orguia" é o comprimento entre as pontas dos dedos
médios, com os braços abertos. Cerca de 1,75m?}
29 E, temendo nós que de algum modo talvez caíssemos para dentro de lugares rochosos,
então, havendo eles lançado quatro âncoras para fora da popa, desejavam que viesse o dia. {#
Complutense, Stephen 1546}

30 ¶ E, procurando os marinheiros fugir para fora do navio, e havendo já baixado o barquinho-


de- desembarque (em direção) para o mar, sob disfarce como estando para lançar âncoras
para fora da proa,

31 Paulo disse ao centurião e aos soldados: "Se estes (marinheiros) não permanecerem no
navio, não podereis ser salvos."

32 Então os soldados cortaram para longe os cabos do barquinho- de- desembarque, e o


deixaram cair fora.

33 ¶ E, até que (o amanhecer de) o dia estava para chegar, Paulo exortava todos para
participarem de alimento, dizendo:

"Este dia (de hoje) é o décimo quarto dia em que, esperando, vós continuais sem comer, nada
havendo provado.

34 Portanto, exorto-vos a receberdes algum alimento, pois isto é para a vossa saúde; porque
nem um cabelo cairá para fora da cabeça de nenhum de vós."

35 E (Paulo), havendo dito isto e havendo tomado um pão, expressou toda a gratidão a Deus
na presença de todos; e, havendo-o partido, começou a comê-lo.

36 E, havendo já todos se tornado de bom ânimo, eles mesmos também receberam alimento.

37 E, no navio, éramos ao todo duzentas e setenta e seis almas.

38 E, havendo eles sido saciados com a comida, aliviavam- o- peso do navio, havendo lançado
o trigo para o mar.

39 ¶ E, quando foi dia, eles não reconheciam a terra, mas percebiam uma certa enseada tendo
uma praia, para dentro da qual resolveram, se pudessem, lançar o navio.

40 E, havendo levantado as âncoras, entregavam a si mesmos ao mar, ao mesmo tempo em


que (havendo soltado as amarras do leme e havendo alçado a vela principal ao vento)
dirigiam-se para a praia.

41 Mas, havendo caído- cercados para dentro de um lugar onde- dois- mares- se- encontram
{*}, ali encalharam o navio; e, na verdade, a proa, havendo-se fixado, permaneceu imóvel, mas
a popa era quebrada debaixo da violência das ondas. {* Uma língua de terra/ recife onde as
ondas batem dos dois lados}

42 Então a opinião dos soldados foi que matassem os prisioneiros para que nenhum deles
fugisse, havendo nadado para longe (do navio).
43 Mas o centurião, querendo salvar Paulo, os impediu do intento (deles), e ordenou àqueles
podendo nadar que, uma vez havendo-se lançado fora (no mar), fossem os primeiros a
partirem para a terra;

44 Também os demais (partirem para a terra), alguns na verdade sobre tábuas e outros sobre
algumas coisas provenientes- de- junto- do navio. E assim aconteceu todos serem trazidos para
sobre a terra, a salvo.

Atos 28

1 ¶ E, havendo sido preservados (em vida), então souberam que a ilha é chamada de Malta.

2 E os bárbaros (habitantes de Malta) mostravam para conosco não pequeno amor ao


próximo. Porque, havendo aceso uma grande fogueira, nos acolheram a todos por causa da
chuva, aquela tendo sobrevindo, e por causa do frio.

3 E Paulo, havendo ajuntado uma quantidade de gravetos, e havendo-os posto sobre o fogo,
então uma víbora, havendo vindo para fora do calor, prendeu (os dentes) à sua mão.

4 E quando os bárbaros viram o animal- venenoso pendurando para fora da sua mão, diziam
uns aos outros: "Certamente este homem é um homicida, o qual, havendo sido salvo para fora
do mar, a Justiça {*} não o permitiu viver." {* "Dike", aqui, personifica a deusa Nêmesis ou
Justitia, da justiça + vingança + destino}

5 Mas, na verdade, havendo ele sacudido- para- fora o animal venenoso (para dentro do fogo),
não sofreu nenhum mal.

6 E eles esperavam estar ele (Paulo) para inchar ou para cair morto de repente. Mas,
esperando eles muito tempo e nada sem- lugar (de aceitação) vendo sobrevindo a ele, então,
mudando eles de parecer, diziam ser ele um deus.

7 ¶ E, nas vizinhanças ao redor daquele lugar, havia uns campos de propriedade do principal
homem da ilha, por nome Públio, o qual, havendo-nos recebido, amigavelmente nos hospedou
por três dias.

8 E aconteceu o pai de Públio estar de cama sendo oprimido com febres e disenteria, a quem
Paulo o curou, havendo entrado e havendo orado e havendo posto as suas mãos sobre ele.

9 Isto, pois, havendo sido feito, então os demais na ilha, aqueles que estão tendo
enfermidades, também vinham (a Paulo), e eram curados.

10 Os quais também nos honraram com muitas honras. E, enquanto estando nós zarpando,
depositaram sobre nós as coisas para suprir as nossas necessidades.

11 ¶ E, depois de três meses, zarpamos num navio alexandrino tendo invernado na ilha e
tendo sido marcado com a insígnia dos irmãos- gêmeos {*}. {* "Dioskouroi", os filhos gêmeos
(Castor e Pólux) de Zeus, tidos como deuses padroeiros dos marinheiros}
12 E, havendo nós sido (temporariamente) desembarcados para dentro de Siracusa,
permanecemos ali três dias.

13 A partir de onde, havendo costeado ao redor , chegamos a Régio. E, depois de um dia, um


vento do sul havendo vindo sobre nós, no segundo dia chegamos a Potéoli.

14 Onde, havendo nós achado alguns irmãos, fomos rogados permanecer com eles por sete
dias. E, depois, nos {*} dirigimos para Roma. {* O escritor (Lucas) está acompanhando Paulo}

15 E, desde lá, havendo os irmãos ouvido as notícias a respeito de nós, saíram ao nosso
encontro até a Praça de Ápio, e às Três Tavernas. E Paulo, havendo-os visto e havendo
expresso toda a gratidão a Deus, tomou coragem.

16 ¶ E, logo que chegamos a Roma, o centurião entregou os prisioneiros ao capitão da guarda.


Mas a Paulo foi permitido morar por si mesmo {*}, juntamente- com o soldado que o está
guardando. {* À parte dos demais presos, aonde se agradasse, em casa alugada e paga por ele
v.30, mesmo que acorrentado v. 20.}

17 E aconteceu, depois de três dias, Paulo convocar aqueles sendo dos principais dos judeus. E,
havendo eles se ajuntado, lhes dizia:

"Ó varões irmãos, eu (não havendo feito nada contra o povo ou contra os costumes paternos),
como prisioneiro- acorrentado, proveniente- de- dentro- de Jerusalém, eu fui entregue para as
mãos dos romanos,

18 Os quais, havendo-me examinado, queriam soltar-me, em razão de não haver em mim


nenhuma causa de punição de morte.

19 Mas, por causa dos judeus falando contra isto, fui forçado a apelar para César, não tendo
eu, contudo, nada para acusar a minha nação.

20 Portanto, por esta causa vos chamei, para vos ver e falar; porque por causa da esperança de
Israel é que eu tenho ao meu redor esta corrente (de prisão)."

21 Então eles lhe disseram:

"Nós dantes não recebemos a respeito de ti carta nenhuma proveniente- de- junto- da Judéia,
nem nenhum dos irmãos havendo aqui chegado nos anunciou ou disse algum mal a respeito
de ti.

22 No entanto, estamos- pensando- ser- bom ouvir de ao lado de ti o que pensas, porque,
quanto a esta seita {*}, na verdade nos é notório que em toda a parte se fala contra ela." {*
Cristianismo}

23 E, havendo-lhe eles determinado um dia, muitos vinham para junto dele (de Paulo), para
dentro da sua pousada, aos quais, desde a manhã até à tarde, plenamente- testemunhando,
ele explanava o reinar de Deus, também os persuadindo das coisas a respeito de Jesus, tanto
provenientes- de- junto- da lei de Moisés como provenientes- de- junto- dos profetas.

24 E alguns na verdade criam naquilo que está sendo dito, mas outros não criam.
25 ¶ E, sendo discordes uns para com os outros, despediam-se, havendo Paulo dito uma só
palavra:

"Bem falou o Espírito Santo aos nossos pais através do profeta Isaías,

26 Dizendo:

'Vai tu a este povo, e dize: <De ouvido ouvireis, e que de maneira nenhuma entendas; e,
vendo, vereis, e que de maneira nenhuma percebas.>

27 Porquanto o coração deste povo foi engrossado de gordura, e com os ouvidos ouviram
pesadamente e fecharam os seus olhos, para que nunca vejam com os seus olhos, nem ouçam
com os seus ouvidos, nem entendam com o coração deles, e se convertam, e Eu os cure'. Is
6:9,10

28 Notório, pois, seja-vos que esta salvação de Deus foi enviada aos gentios, e eles a ouvirão."
Cf. Sl 67:2

29 E, havendo ele dito estas palavras, os judeus partiram, tendo grande contenda entre si
mesmos .

30 E Paulo permaneceu dois anos inteiros na sua própria habitação- alugada, e recebia todos
quantos estavam vindo a ele;

31 Pregando o reinar de Deus e, com toda a liberdade, ensinando as coisas a respeito do


Senhor Jesus Cristo, sem proibição (de nenhum homem).

Você também pode gostar