Você está na página 1de 4

JOSÉ HUMBERTO MELO DE ARRUDA FILHO - Matrícula: 201509827811

EXCELENTÍSSIMO JUÍZ DE DIREITO PERTENCENTE À VARA DO TRABALHO Nº xx


DA CIDADE xxxx/xx

RECURSO ADESIVO

PROCESSO Nº : xxxx

O Sr. Mauro Matias, microempresário, já qualificado nos autos do processo em


epígrafe, vem, mui respeitosamente, através de seu advogado XXXX com procuração
anexa nos autos, à presença de Vossa Excelência, tendo em vista a apelação interposta
pela parte contrária, com arrimo no art. 997 do CPC e pela Súmula nº 293 do TST,
apresentar este RECURSO ADESIVO pelas razões anexas.

Requer seja recebido o presente recurso nos seus regulares efeitos devolutivo e
suspensivo, com posterior remessa ao Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de XXXX.

Requer a juntada da inclusa guia de preparo devidamente recolhida.

Termos em que pede recebimento.


Cidade, xx/xx/xxxx.
_______________________________
Advogado
OAB/UF Nº xxxx
RAZÕES DE RECURSO ADESIVO

ORIGEM: xx VARA DO TRABALHO DA COMARCA DE xxxx/xx.

PROCESSO Nº : xxx.xxx.xxx.xx

RECORRENTE: Sr. Mauro Matias

RECORRIDO: Ex-empregada xxxx

EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA Xª REGIÃO

I. DA TEMPESTIVIDADE E DO CABIMENTO

De acordo com os autos, em xx/xx/xxxx o reclamado foi intimada a se manifestar


sobre a interposição de recurso ordinário do reclamante, e protocolou este recurso
adesivo em xx/xx/xxxx, portanto dentro do prazo de 8 (oito) dias previstos. Tratando-se de
sentença na qual houve sucumbência recíproca, cabível o recurso adesivo autorizado
pelo art. 997 do CPC e pela Súmula nº 283 do TST.

Súmula 283 - O recurso adesivo é compatível com o


processo do trabalho, onde cabe, no prazo de 8 dias,
nas hipóteses de interposição de recurso ordinário, de
agravo de petição, de revista e de embargos, sendo
desnecessário que a matéria nele veiculada esteja
relacionada com a do recurso interposto pela parte
contrária.
II. DAS RAZÕES RECURSAIS

O Sr. Mauro Matias, microempresário, indignado com o ajuizamento da reclamação


trabalhista de uma ex-empregada, postulando o pagamento de horas extras e do adicional
de periculosidade calculado sobre a remuneração paga ao empregado, resolve
comparecer pessoalmente, sem advogado, à audiência de uma ação em que aduz
simplesmente nada dever a empregada. Encerrada a instrução, sem produção de outras
provas, sob a alegação de falta de contestação específica dos fatos, o juiz julga
procedente o pedido, com condenação do empregador apenas ao pagamento do
adicional de periculosidade, calculado sobre a remuneração do empregado.

Embora o reclamado tenha sido intimado da sentença e com ela não concordasse
optou por não contestá-la. Entretanto, dia xx/xx/xxxx, o reclamado foi novamente intimado
a se manifestar acerca de Recurso Ordinário interposto pela reclamante, pleiteando a
revisão da decisão no tocante ao pagamento de horas extras, que o Douto Juízo singular
considerou improcedente.

Por isso, considerando que o julgamento do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho


pode ampliar a condenação, presta-se este Recurso Adesivo na tentativa de rever a
decisão singular, escorado nas razões de direito a seguir expostas.
…….

III. DO PEDIDO

Isto posto requer:

a) Tendo em vista o preenchimento dos requisitos de admissibilidade recursais, seja


admitido o recurso de apelação;

b) Seja recebida a apelação nos seus regulares efeitos devolutivo e suspensivo;

c) Ao final, seja dado o provimento para o fim de invalidar a respeitável sentença de


folhas…;
d) A intimação do apelado para que, em querendo, apresente as contrarrazões no prazo
de 15 dias;

Termos em que pede provimento.

Cidade, xx/xx/xxxx.
_______________________________
Advogado
OAB/UF Nº xxxx

Você também pode gostar