Você está na página 1de 12

c   



           


      
  
    



   ! 
 "
  
#

   


      


!  
 
  


$
    

  
   
 !    

  %

    
$
$
 

 
 
 ‘

¦ 
 

  ‘

Pode-se classificar os resíduos da biomassa segundo a sua origem : ‘

Resíduos Sólidos Urbanos; Resíduos Animais; Resíduos Vegetais; Resíduos Industriais; Resíduos Florestais; ‘

G 
  
   ‘

cs resíduos sólidos urbanos podem ser utilizados como combustível por queima direta após a separação dos
componentes metálicos e trituração da matéria orgânica. Esta aplicação já é comumente utilizada em países
desenvolvidos. Considera-se também o aproveitamento dos resíduos urbanos através da pirólise e do tratamento
biológico. Pode-se observar que entre matéria orgânica, papel e papelão, trapo, couro e borracha, plásticos e madeira,
o lixo constitui-se em mais de 705 de materiais com potencial uso energético, após devidamente tratados. ‘

G 
  ‘

c método mais efetivo para a utilização dos resíduos animais, bem como dos resíduos humanos, é a digestão
anaeróbia. Isto se deve principalmente ao alto teor de umidade que varia em média de 60 a 85 %. Como regra geral
pode-se considerar que o rendimento da digestão anaeróbia varia de 0,26 a 0,30 m3 de metano por Kg de substância
orgânica.‘

G 
    ‘

cs resíduos vegetais, ou agrícolas, são compostos fundamentalmente de celulose e podem ser preparados de forma
relativamente fácil para a obtenção de energia devido a pouca umidade e a facilidade de serem pré-processados. ‘

Alguns desses usos são: matéria-prima para obtenção de papel; fertilizante (melhora características físicas do solo e a
capacidade de retenção de umidade); aglomerados para compensados; complemento para a ração de animais; ‘

Para aplicações energéticas, onde se requer a disponibilidade contínua da biomassa é preciso levar-se em conta que
os resíduos vegetais se caracterizam por sua disponibilidade sazonal e precisariam de armazenamento por longos
períodos. Isso pode torná-los onerosos e alterar suas características devido a processos de fermentação que
normalmente ocorrem devido a estocagem. ‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘
     ‘ ‘ 
‘‘   ‘

‘‘

c Brasil é um grande produtor de produtos agrícolas, os quais geram uma grande quantidade de resíduos. Estes
resíduos podem, e muitas vezes são, utilizados como fonte energética. ‘

cutra maneira de demonstrar o potencial do uso de resíduos de biomassa para fins energéticos é estimar-se a
quantidade de terra necessária para ser cultivada para prover toda necessidade energética de um país. No Brasil,
algumas indústrias importantes utilizam biomassa para fins energéticos, estas são: ‘

Usinas de açúcar e destilarias de álcool: que queimam o bagaço gerado no processamento da cana para a produção
de vapor e eletricidade, inclusive gerando excedentes que algumas vezes são vendidos;‘

Cerâmicas e claria: utilizam lenha ( eucalipto, e outros ) para a secagem e cozimento d os produtos; ‘

Fundições e siderúrgicas: utilizam-se de coque de carvão vegetal produzido pela pirólise da lenha; ‘

Fábricas de papel e celulose: complementam os seus requerimentos energéticos com resíduos de processo; ‘

Fábricas de suco concentrado de laranja: compram bagaço de cana-de-açúcar para a produção de vapor; ‘

Fábricas que geram vapor de processo ( têxtil, indústrias de alimentos ) e Instituições de Serviços (hospitais): poderiam
utilizar biomassa para a produção de vapor; ‘

Transporte: alguma biomassa na forma de lenha pode ser utilizada em veículos a vapor tais como locomotivas e
barcaças para navegação fluvial ou em gasogênios para motores de combustão interna. ‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘
º ‘ ºº‘‘ 
‘ º ‘

Apesar das vantagens citadas, a utilização da biomassa em larga escala também requer alguns cuidados que devem
ser lembrados, nas décadas de 1980 e 1990 a expansão explosiva da indústria do álcool no Brasil evidenciou isto.
Empreendimentos para utilização de biomassa em larga escala podem ter impactos ambientais preocupantes. ‘

c resultado pode ser destruição de faunas e floras com extinção de espécies, contaminação do solo e mananciais de
água por uso de adubos e defensivos e manejo inadequado. c respeito à diversidade e a preocupação ambiental deve
reger todo e qualquer projeto de utilização de biomassa. ‘

A abundante vida vegetal do nosso planeta é armazenadora da energia solar e de substâncias químicas, sendo um
recurso renovável que chamamos de BIc ASSA. Assim, todos os organismos biológicos que podem ser aproveitados
como fontes de energia, são chamados de Biomassa: a cana-de-açúcar, o eucalipto, a beterraba (dos quais se extrai
álcool), o biogás (produzido pela biodegradação anaeróbica existente no lixo e dejetos orgânicos), lenha e carvão v As
principais fontes de energia do século XXI provavelmente serão de origem biológica, produzidas a partir da
biotecnologia. Atualmente, responde por 1% da energia elétrica mundial, mas calcula-se que daqui a vinte anos cerca
de 30% do total de energia consumido pela humanidade será proveniente da biomassa. Além de agrupar várias opções
como queima de madeira, carvão vegetal e o processamento industrial de celulose e bagaço de cana-de-açúcar, inclui
o uso do álcool como combustível. Vegetal, alguns óleos vegetais (amendoim, soja, dendê), etc. ‘

 ‘ Aproveita restos, reduzindo o desperdício. c álcool tem eficiência equivalente à da gasolina como
combustível para automóveis. ‘

  : o uso em larga escala na geração de energia da biomassa esbarra nos limites da
sazonalidade. A produção de energia cai no período de entressafra. Dependendo de como se queima, pode ser muito
poluente.‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘
Լ
  ‘‘     ‘‘‘   ‘‘  ‘ ‘
 ‘

Garantir a disponibilidade de energia nos próximos séculos ‘


c lixo que é inevitável, pode se tornar útil; ‘
A bioenergia pode contribuir para a redução do Cc2 na atmosfera e
consequentemente a redução do efeito estufa. ‘
Do ponto de vista econômico, a bioenergia se revela mais interessante do que
outra fontes renováveis de energia; ‘
A bioenergia pode se tornar prática muito rapidamente por poder gerar
combustíveis tanto sólidos, líquidos, quanto gasosos e por poder usar parte da
tecnologia criada para os combustíveis fósseis;‘
Redução da importação de energia já que a biomassa geralmente é local. ‘

‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
¦  ‘‘
‘

‘ ‘‘‘   ‘

ƒ Combustão ‘

ƒ Gaseificação ‘

ƒ Fermentação ‘
c emprego da biomassa e do lixo para gerar energia está passando por várias modificações. ‘
Atualmente está focada principalmente no aproveitamento de sobras de produção e lixo, na tentativa de recuperar o
máximo de energia possível. Pensa-se que num futuro próximo a usinas de carvão começarão a operar também com
biomassa, para que gradualmente possa ir substituindo o carvão como produto principal. ‘

E mais para frente com o avanço das tecnologias usinas de biomassa com alto rendimento e geração de energia e gas,
deixarão de ser um sonho. ‘


‘ ‘
Combustão da biomassa libera calor que pode gerar eletricidade. Então podemos ter: ‘

Coprodução de eletricidade através de combustão de biomassa em usinas de carvão; ‘

Combustão de restos de madeira para geração simultânea de eletricidade e calor, ambos aproveitáveis nas indústrias
de madeira; ‘

Combustão é a técnica mais desenvolvida, a biomassa já é co-consumida em muitas usinas de carvão no EUA, onde
as usinas de calor tamém estão partindo para a biomassa. ‘

U  ‘‘

Gaseificação é a conversão de biomassa em combustível gasoso. cs principais produtos são hidrogênio e monóxido
de carbono. São usados tanto na geração de energia quanto na indústria química. A maioria das técnicas ainda está
em estágio de desenvolvimento. ‘

Ñ
 ‘
Fermentação é a desintegração da biomassa po uma bactéria anaeróbica para formar uma mistura de metano e
dióxido de carbono. ‘

Esse biogás é usado para a geração de eletricidade A fermentação é muito útil em indústrias, elas aplicam esse
processo no seu lixo e esgoto para purifica-lo. ‘

Pode se conseguir que esse gás atinja a qualidade do gás natural, podendo então ser usado numa infinidade de outras
coisas. ‘

‘
‘
‘
‘
‘
‘

  % !‘
cbs: Favor Acrecentar se possível, pois foi com minhas próprias palavras. ‘

‘ 
 ‘   ‘ ‘   ‘   ‘  ‘
A extração é feita através da coleta
‘  ‘‘‘ 
 ‘
‘‘ ‘‘‘‘


‘
‘
‘ ‘
‘‘‘  ‘
‘
‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘

‘‘
£   ‘
cbs: Favor Acrecentar se possível, pois foi com minhas próprias palavras. ‘

Viabilidade ambiental‘

A energia advinda da biomass é considerada Viavél a partir do momento que em que pode-se através do manejo
correto garantir seu ciclo, por exemplo garantindo o reflorestamento ou replantio. E é renovável no sentido de que toda
a energia obtida da biomassa veio de processos biológicos que aproveitaram a energia solar, essa energia se não
aproveitada pelos humanos acaba retornando ao ambiente através da digestão e da putrefação das plantas. ‘

Viabilidade Financeira.‘

ƒ Bagaço de cana ‘

ƒ Pó de serra ‘
ƒ Papéis já utilizados ‘

ƒ Galhos e folhas decorrente da poda de árvores em cidades ou casas ‘


ƒ Embalagens de papelão descartadas após a aquisição de diversos eletrodomésticos‘

Se obtém através dos recursos naturais, como estercos e lixos crgânicos. ‘

Redução da importação de energia já que a biomassa geralmente é local. ‘


c   

‘
‘

¦ 
 

  ‘
‘

G 
  
   ‘
‘

G 
  ‘
‘

G 
    ‘
‘

 


     ‘
‘‘

º ‘ ºº‘‘ 
‘
 º ‘
‘‘

Լ
  ‘‘     ‘‘
‘‘‘  ‘‘ ‘‘‘  ‘ ‘‘ 
‘

‘‘

¦  
 ‘

‘ ‘‘‘   ‘

ƒ Combustão ‘

ƒ Gaseificação ‘

ƒ Fermentação ‘
‘

O 
O  ‘
G  ‘

‘

   ‘

£   ‘
‘‘

‘‘

 ¦  


  

 O      













Introdução‘

Por biomassa entende-se toda a matéria de origem de vegetal, seja ela a floresta nativa ou
plantada, as culturas agrícolas e seus resíduos, como bagaço de cana, casca de arroz ou de
café, galhos de árvores, óleos vegetais, ou de espécies plantadas, além do lixo urbano e do
esterco de animais. c Brasil é um país naturalmente rico em biomassa. cs processos de
transformação desses recursos em energia, combustíveis e produtos como alimentos e
materiais são inúmeros. Podemos citar: Biodigestão, Gaseificação, etc. A pirólise, também é
chamada de carbonização, pertence a um grupo de processos denominado: Conversão
Termoquímica (Destilação Destrutiva). c processo pode produzir energia e produtos sólidos
(Carvão vegetal), líquidos (Bioóleo ou Alcatrão) e gases (Gases Pobres).‘

A produção de energia elétrica em larga escala a partir da biomassa é um tema que vem sendo
estudado, no últimos anos, com grande interesse em vários países do undo. Esse interesse
deve ser creditado à conjunção de vários fatores (PATTERScN, 1994 e BRIDGWATER, 1994):‘
(i) A produção de eletricidade a partir da biomassa têm um ciclo de Carbono praticamente
fechado, as emissões de Scx são muito pequenas - ou nulas -, têm-se menos cinza residual
de quando do uso de carvão mineral, por exemplo.‘

(ii) alguns analistas acreditam que é no uso energético de resíduos que vai ser definido o maior
mercado, nos países desenvolvidos, dessas novas tecnologias de conversão da biomassa.
Esta tendência será tanto mais forte quanto maior for a pressão da sociedade;‘

(iii) à conveniência da redução da dependência de alguns países com relação aos


combustíveis fósseis e, em especial, aos derivados de petróleo, tópico que é sempre lembrado
em associação à uma visão geopolítica estratégica, muito embora o abastecimento e os preços
internacionais do petróleo estejam estáveis há muitos anos. ‘

A restruturação e a crescente competição na indústria elétrica, em todo o undo, colocam forte


pressão para a redução dos custos da eletricidade gerada. Nesse sentido, a geração de
energia elétrica a partir da biomassa, ainda que pesem suas potenciais vantagens ambientais,
precisará ser competitiva com outras alternativas, principalmente com a produção a partir de
gás natural em sistemas de alta eficiência, como os ciclos combinados. Assim, programas
institucionais de P&D vêm sendo organizados e conduzidos pelos governos de vários países,
visando (i) a redução dos custos de capital das novas tecnologias, (ii) elevações significativas
de suas eficiências de conversão, (iii) a produção de biomassa a baixo custo, e (iv) a criação
de mecanismos adequados.‘

‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
‘
c   



           


      ‘

  
    


   ! 
 "

  
#

   

       


!
 
 
  


$
    ‘


   
   
 !    

  %

    
$
$
 

 
 
 ‘

 

 ‘

¦ 
 

  ‘

Pode-se classificar os resíduos da biomassa segundo a sua origem : ‘

Resíduos Sólidos Urbanos; Resíduos Animais; Resíduos Vegetais; Resíduos Industriais; Resíduos Florestais; ‘

G 
  
   ‘

cs resíduos sólidos urbanos podem ser utilizados como combustível por queima direta após a separação dos
componentes metálicos e trituração da matéria orgânica. Esta aplicação já é comumente utilizada em países
desenvolvidos.‘

Considera-se também o aproveitamento dos resíduos urbanos através da pirólise e do tratamento biológico. A
composição do resíduo urbano varia de acordo com o poder aquisitivo, a cultura e o tamanho de cada comunidade.
Considera-se como tamanho mínimo para viabilizar economicamente o aproveitamento energético do resíduo, uma
população de 300 mil habitantes. Pode-se observar que entre matéria orgânica, papel e papelão, trapo, couro e
borracha, plásticos e madeira, o lixo constitui-se em mais de 705 de materiais com potencial uso energético, após
devidamente tratados. ‘

G 
  ‘

c método mais efetivo para a utilização dos resíduos animais, bem como dos resíduos humanos, é a digestão
anaeróbia. Isto se deve principalmente ao alto teor de umidade que varia em média de 60 a 85 %. ‘

Como regra geral pode-se considerar que o rendimento da digestão anaeróbia varia de 0,26 a 0,30 m3 de metano por
Kg de substância orgânica.‘

G 
    ‘

cs resíduos vegetais, ou agrícolas, são compostos fundamentalmente de celulose e podem ser preparados de forma
relativamente fácil para a obtenção de energia devido a pouca umidade e a facilidade de serem pré-processados.
Devido a essa facilidade em serem preparados, os resíduos vegetais prestam -se a outros usos, os quais competem
com o uso energético. Alguns desses usos são: matéria-prima para obtenção de papel; fertilizante (melhora
características físicas do solo e a capacidade de retenção de umidade); aglomerados para compensados;
complemento para a ração de animais; ‘

Para aplicações energéticas, onde se requer a disponibilidade contínua da biomassa é preciso levar-se em conta que
os resíduos vegetais se caracterizam por sua disponibilidade sazonal e precisariam de armazenamento por longos
períodos. Isso pode torná-los onerosos e alterar suas características devido a processos de fermentação que
normalmente ocorrem devido a estocagem. ‘

º ‘ ºº‘‘ 
‘ º‘
Apesar das vantagens citadas, a utilização da biomassa em larga escala também requer alguns cuidados que devem
ser lembrados, nas décadas de 1980 e 1990 a expansão explosiva da indústria do álcool no Brasil evidenciou isto.
Empreendimentos para utilização de biomassa em larga escala podem ter impactos ambientais preocupantes. ‘
c resultado pode ser destruição de faunas e floras com extinção de espécies, contaminação do solo e mananciais de
água por uso de adubos e defensivos e manejo inadequado. c respeito à diversidade e a preocupação ambiental deve
reger todo e qualquer projeto de utilização de biom assa. ‘

Ñ  www.aondevamos.eng.br‘

 Uº‘‘ º ‘


‘
‘
‘
A abundante vida vegetal do nosso planeta é armazenadora da energia solar e de substâncias químicas, sendo um
recurso renovável que chamamos de BIc ASSA. Assim, todos os organismos biológicos que podem ser aproveitados
como fontes de energia, são chamados de Biomassa: a cana-de-açúcar, o eucalipto, a beterraba (dos quais se extrai
álcool), o biogás (produzido pela biodegradação anaeróbica existente no lixo e dejetos orgânicos), lenha e carvão
vegetal, alguns óleos vegetais (amendoim, soja, dendê), etc. ‘

A Biomassa é formada pela combinação de dióxido de carbono da atmosfera e água na fotossíntese clorofiliana, que
produz os hidratos de carbono - a energia solar é armazenada nas ligações químicas dos componentes estruturais da
biomassa. Se a biomassa for queimada de modo eficiente, há produção de dióxido de carbono e água. Portanto, o
processo é cíclico e dizemos que a biomassa é um recurso renovável.
A composição química da biomassa é: ‘

As principais fontes de energia do século XXI provavelmente serão de origem biológica, produzidas a partir da
biotecnologia. Atualmente, responde por 1% da energia elétrica mundial, mas calcula-se que daqui a vinte anos cerca
de 30% do total de energia consumido pela humanidade será proveniente da biomassa. Além de agrupar várias opções
como queima de madeira, carvão vegetal e o processamento industrial de celulose e bagaço de cana-de-açúcar, inclui
o uso do álcool como combustível. ‘

‘
‘
PRÓ: Aproveita restos, reduzindo o desperdício. c álcool tem eficiência equivalente à da gasolina como combustível
para automóveis. ‘

CcNTRA: o uso em larga escala na geração de energia da biomassa esbarra nos limites da sazonalidade. A produção
de energia cai no período de entressafra. Dependendo de como se queima, pode ser muito poluente. ‘

Através da fotossíntese, as plantas capturam energia do sol e transformam em energia química. Esta energia pode ser
convertida em eletricidade, combustível ou calor. As fontes orgânicas que são usadas para produzir energias usando
este processo são chamadas de biomassa. ‘

cs combustíveis mais comuns da biomassa são os resíduos agrícolas, madeira e plantas como a cana -de-açúcar, que
são colhidos com o objetivo de produzir energia. c lixo municipal pode ser convertido em combustível para o
transporte, indústrias e mesmo residências. ‘

cs recursos renováveis representam cerca de 20% do suprimento total de energia no mundo, sendo 14% proveniente
de biomassa e 6% de fonte hídrica. No Brasil, a proporção da energia total consumida é cerca de 35% de origem
hídrica e 25% de origem em biomassa, significando que os recursos renováveis suprem algo em torno de 2/3 dos
requisitos energéticos do País. ‘

Em condições favoráveis a biomassa pode contribuir de maneira significante para com a produção de energia elétrica.
c pesquisador Hall, através de seus trabalhos, estima que com a recuperação de um terço dos resíduos disponíveis
seria possível o atendimento de 10% do consumo elétrico mundial e que com um programa de plantio de 100 milhões
de hectares de culturas especialmente para esta atividade seria possível atender 30% do consumo. ‘

A produção de energia elétrica a partir da biomassa, atualmente, é muito defendida como uma alternativa importante
para países em desenvolvimento e também outros países. Programas nacionais começaram a ser desenvolvidos
visando o incremento da eficiência de sistemas para a combustão, gaseificação e pirólise da biomassa. Segundo
pesquisadores, entre os programas nacionais bem sucedidos no mundo citam -se: ‘