Você está na página 1de 51

Curso

De
Baral
hoCigan
o
Facilitador: Sonie Sony – Oraculista & Espiritualista.
E-mail:merlo.merlo2014@gmail.com
 INTRODUÇÃO: O BARALHO CIGANO

As cartas ciganas mais conhecidas aqui no Brasil por essa


nomenclatura, vem de meados do século XVIII da cidade
francesa de Alençon uma comuna cidade denominada, Norman
onde nascia Mademoiselle Marie-Anne-Adelaïde Le
Normand, em 27 de maio de 1772, onde mais tarde ficaria mais
conhecida por, Mlle. Lenormand.
Mlle. Marie Anne, filha de uma família bastarda, e mais 3 filhos
e de poucas posses materiais, filha de um comerciante de roupas
chamado: Jean Louis Antoine Le Normand e Marie Anne Le
Normand. Seu pai comerciante
de roupa francês, morre
Mlle. Lenormand
quando Marie Anne estava com um
ano de idade, após esse fato fatídico da morte de seu bastardo
pai, sua bastarda mãe, Marie Anne Le Normand, se encontrava
em situações precárias devido a morte de seu atual marido, e
com poucas promissões financeiras e relevante a condição
financeira tanto social e insustentável na época, logo também
veio a falecer. Contudo, Marie Anne, com seus cinco anos e
órfã, com seus demais 3 irmãos (bastardos) e contudo, como a
legislação e procedimentos da época francesa, onde determinava
onde crianças sem vínculos familiares ou órfãos sem a custodia Johann K. Hetchel
(pais) eram encaminhadas e educada por um colégio de freiras ou convento beneditino local.
Assim sobre a custodia da madre superiora do convento beneditino, Marie Anne passa a ter
suas faculdades mediúnica (dons) aflorados e acentuados, a madre pasma começa a questiona lá
e a reprimi-la de suas vidências e faculdades (dons).
Marie Anne, com seus onze anos, narrava a orientava todos do convento onde causou maior
alarme interno devido a orientação precisa e direta que ela citava os fatos e acontecimento na
vida das irmãs (feira) do local e de seus internos ali, A madre Superiora, imparcial com toda a
rebeldia da jovem Marie Anne devido seu alarme interno do convento beneditino e imparcial
com tudo desde já, resolve entregar a custodia da jovem a um modista parisiense da época.
Ali Marie Anne começa a querer explorar mais o mundo das ciências divinatórias e holísticas
explorando diversos recursos, e continuava a suas previsões e ciências holísticas a qual atendia
na região parisiense, isso deixaria seu atual tutor (modista) irritadiço e relutante aquelas crenças
e previsões no qual aquela jovem instruía as pessoas e suas clientelas. Assim, Marie Anne,
começava a tender as pessoas com uma baralho épico local denominado: Petit Etteilla, um
baralho desenvolvida por Jean Baptiste Alliette, um oraculista parisiense da época, que
difundia um jogo de cartas uma espécie de tarô, onde tinha imagens impressas ali com a visão
holística das estrelas. Contudo ambos, como Marie Anne sofria as repudias e revelias do
modista, que invejava ela devida a proporção no qual ela começou a destacar se ali, e ganhando

2
maior proporção de clientela parisiense do que ele de costume, um ano se passa e ambos
resolvem seguir suas vidas.
Marie Anne, começa desde então sua longa jornada individual viajando e aprimorando mais
conhecimentos oraculares e holísticos, sendo assim membros de algumas ordens secretas e
instituições esotéricas em algumas diversas artes tais como: astrologia, numerologia, cristais,
dadomancia e cafeomancia quiromancia, cartomancia e vidência. Onde continuou sendo muito
requisitada por altas sociedades, e até mesmo previsões e consultorias a nobreza, onde era a
convidada primordial a realeza devida sua alta popularidade e precisão nas suas previsões, onde
dentro delas foi convocada por Napoleão Bonaparte, onde teria previsto sua ascensão e queda,
onde fez diversas previsões a atual esposa de Napoleão Bonaparte, Josefina de Beauharnais.
Marie Anne, ficou ativa até o início do século XIX (1812) na arte da cartomancia, onde sua
clientela era sempre numerosa e presente devida assertividade e acertos de suas consultas e
vidências.
Maria Anne, não foi a percursora das cartas tradicionais conhecida atualmente; após a sua
morte em meados do século XIX (1843).
Por questão de marketing pessoal no qual seu nome levava como honraria por suas fantásticas e
assertivas previsões, adivinhações e com seus conhecimentos de algumas ciências ocultas e
exatas em correlação a sua fantástica vidência e força mediúnica passou ser um ícone de sua
época como premeditadora do destino das pessoas e vidente da nobreza real.
Após sua morte, e como essa herança que seu nome era na época e por toda Europa, um
comerciante, empresário e protagonista de jogos de salões da época popularmente denominado,
Johann Kasper Hetchel (1771-1799).

Onde no decorrer desses anos após a morte da Mlle. Lenormand (1843) e como era muito
influente nacionalmente internacionalmente, após a premeditação da sorte da esposa de
Napoleão Bonaparte, Joséphine de Beauharnais e assertividade de dados e informações a qual
foi certeira sua carreira decolou. Com isso e renome social e nos palacetes da nobreza, Johann
usou esses atributo para assim comercializa seu novo protótipo de jogo, no qual denominava se:
“Das Spiel der Hoffnung” (Jogo da Esperança) um grande tabuleiro de cartas que se
vinculava se a um jogo portátil e lúdico para divertimento e
entretenimento pessoal, com isso associou o renome da Mlle.
Lenormand ao seu novo jogo no qual de forma de comercializa lo,
onde virou um sucesso comercial, no decorrer dos anos vindouros
passaram a associar as cartas que era de um jogo lúdico e de
entretenimento passou a ser usada as cartas que advinham de um
jogo, e começaram a associa las aos povo ciganos povo nômade e
de cultura muito predominantes nas ruas e vielas parisiense,
portanto enriquecedor de suas ciências, culturas e mancias a qual
somente as mulheres desse clã cigano poderiam através de seus
conhecimentos adquiridos desde pequenas por uma matriarca mais

Jogo da Esperança. 6x6

3
velha da família, a qual detinha todo conhecimento, ciência e vivencia passava pra toda geração
de mulheres do mesmo grupo (família). Contudo, de um jogo lúdico e entretenimento pessoal,
passou a ser utilizado como oráculo divinatório e de aconselhamentos para todos os setores da
vida do indivíduo.
Desde então o baralho a qual se vinculava em outrora a um jogo de diversão e entretenimento
pessoal de somente acesso as classes mais favoráveis da nobreza detinha dessa metodologia
lúdica, pois na época era de total restrição ao povo.
Daí vários esotérico e membros de algumas ciências puseram suas
impressões e simbologias as imagens mais rusticas da época a forma
mais vivaz, simbologias e correlações a qual se mantinha vínculos
literários ou de suas filosofias de vida. No decorrer de
todo o processo e evolução da humanidade, as cartas no qual era
maiores numerações de suas catas atuais épicas que eram 52 cartas
criadas em 1828 fazendo assim, menção as 52
Le Petit Lenormand cartas do baralho comum passaram a ser
reduzidas a uma numeração mais significativa
e compactáveis atualmente por 36 cartas.
Contudo, sofrendo alterações em toda sua estrutura seja ela física como
inserção de outras vertentes de símbolos e numerações para que assim
ficasse de fácil acesso sua memorização correspondente ao elementos
empregados a seus desenhos e numerologia atribuídas as 36 cartas ali
expressas e associação aos naipes expressos por volta de 1890 fazendo
alusão as 52 cartas do baralho comum. Assim sua nomenclatura
2. As Pedras Taro Cigano.
passou a sofrer alterações de seu layout atual para como é mais
André Mantovanni
conhecido nos demais países europeus e entre outros como: Le
Petit Lenormand (O pequeno Lenormand) como marca impressa e datilografada
In Memoriam – Mlle. Marie-Anne- Adelaïde - Le Normand.

4
1. ESCOLAS: BRASILEIRAS & EUROPEIAS

Dentro de algumas instituições de ensinos cartomantico há essas diversas vertentes de estudos,


metodologias e impressões de leituras diferenciáveis. As mais conhecidas são: Brasileira, no
qual engloba toda sua nacionalidade brasileira e associações das cartas ciganas que aqui no
Brasil muito a chamam de forma errônea de: Tarô Cigano, pois gostaria de fixar aqui que taro
não é baralho cigano e nem baralho cigano é tarô, pois ambos seguem Layout diferenciáveis,
métodos, quantidades de cartas e leituras.
Algumas cartas tais como as cartas mais comuns as cartas: 02. Trevo, que dentro dessa vertente
de ensino brasileiro se reporta a carta de pequenos obstáculos e desafios superáveis a qual o
indivíduo deverá passar, mas conseguira sobressair devido sua força, persistência e fé. Já dentro
da vertente da escola europeias que engloba todo esse continente europeu, tem a forma
diferencial de leitura e analise, pois a carta, 02. O Trevo, e associado a esse estudo aplicado é
associado ao histórico cultural do festival de: St. Patrick Day (Dia de S.
Patrício) nesse pais e demais no qual ele abrange que acontece em, 17 de
Março de todo ano dentro dos países onde o idioma oficial e o inglês. Um
símbolo histórico de um padroeiro irlandês, no qual na sua época e
sociedade esse ícone do folclore irlandês veio de uma cultura e família
devotos do cristianismo épico mais rustico a doutrinação e evangelização
dos ensinos cristãos e da santa trindade, onde o símbolo mais usáveis era
um trevo de três folhas (Trifolium) sendo símbolo representativo da santa
trindade cristã (pai-filho-espírito santo) assim passou a ser um ícone de
afortunamento e sorte entre eles, contudo o trevo passou a ser símbolo de
sorte e conquistas entre esses povos europeus e irlandeses.
2. Trevo Le Petit Lenormand
Já as cartas 12 (pássaros) onde dentro dessas vertentes de estudos e
análises, também são vistos de formas diferenciáveis, vejamos alguns delas: A carta 12 (Pássaros)
aqui no Brasil é vista como comunicação, entrosamentos, parcerias e expressões de todas as formas em
geral. Nas escola europeia, a carta 12 (Corujas /Pássaros) e vista como conflitos,
tristezas, pequenas confusões e estresses. Essas são as cartas que dentro dessas escolas
mencionadas aqui causam certas divergências entre demais aprendizes ou oraculista
mesmo de tempo de vivencias e estudos. Por isso é necessário
procura a escola a qual se afinca e simpatiza se para que assim
possa estudar mais suas metodologias, estudos e análises que
compactua a sua forma de leitura e aconselhamentos.

12. Pássaros.
Petit Lenormand 12. Corujas
Mystical Lenormand

5
2. CONSAGRAÇÃO DO BARALHO

Dentro da formação do universo é constituído por 4 pilares


fundamentais dentro elas estão destacadas os 4 símbolos elementais
(Fogo, Terra, Ar e Água). Esses símbolos alquímicos e elementos
naturais falara dos 4 planos que forma e equilibra o indivíduo, vamos
conhecer eles:

 Fogo – Energia / Calor (Velas)


 Terra – Estruturas (Cristais)
 Ar – Intuição (Incensos / Punhais)
Consagração do Baralho Cigano.  Água – Emoções (Taça de Água)
Baralho Cigano & Magia. Blog
A presença desses quatro elementos em sua
mesa tanto como você comprar seu baralho, mas porque devo consagra lo (limpa lo)
antes de usa lo?
Bem tudo no mundo é energia, e tudo que energia cria um densidades e impressão
seja ela em um objeto ou ambiente que se vibra. Imagine, que antes de você compra
lo várias pessoas pegou o, e isso deixará impresso em suas cartas energias sejam elas
positivas ou negativas. É o mesmo que você comer uma fruta, antes de come lá é
necessário lava lá, para que as bactérias ou fungos ali no ar ou das mãos das outras
pessoas, que a tocaram antes de você. A formação de como irá consagra lo ou
montar seu altar energético para “limpar” as energias nocivas que ficam empregadas
em cada carta de seu baralho e possa ali por suas energias positivas e equilibradas
para suas análises e consultorias pessoais ou interpessoais.

6
3. OS ELEMENTOS:

 PAUS – ESPIRITUALIDADE / ENERGIAS / ESFORÇOS


FOGO
Os naipes de paus correspondem a simbologia do elemental
fogo. Dentro desse contexto faz menção algumas atribuições
dentro do contexto da cartomancia tradicional, dentro delas
denotam: Esforços, Empenho, Dedicação, Força, Conflitos,
Espiritualidade, Agilidade, Criatividade, e Dispersão.

 OURO – ESTRUTURAS / MATERIAL / CORPO


TERRA

Os naipes de ouros correspondem a simbologia do elemental terra. Dentro desse


contexto faz menção algumas atribuições dentro do contexto da cartomancia
tradicional, dentro delas denotam: Praticidade, Estruturas, Solidez, Bens
Materiais, Corpo Físico, Segurança, Limitações, Racionalidade, Criação e
Prosperidade.

 ESPADAS – INTELIGÊNCIA / RAZÃO / INTERFERENCIAS


AR

Os naipes de espadas correspondem a simbologia do elemental Ar. Dentro desse


contexto faz menção algumas atribuições dentro do contexto da cartomancia
tradicional, dentro delas denotam: Divisões, Cortes, Interferências, Mental,
Pensamentos, Tristezas, Agressões, Amarguras, Pragas (Verbais), Racionalidade,
Clareza, Justiça e Frieza.

 COPAS – INTELIGÊNCIA / RAZÃO / INTERFERENCIAS


AGUA
Os naipes de copas correspondem a simbologia do elemental água. Dentro desse
contexto faz menção algumas atribuições dentro do contexto da cartomancia
tradicional, dentro delas denotam: Emoções, Sensibilidade, Amor, Lealdade,
Companheirismo. Romantismo, Assistência, Domesticidade, Desejos, Sonhos,
Ideais e Sinceridade.

7
Os 4 elementos presentes dentro dos naipes, onde em alguns baralhos inserem
essas simbologias falaram daquela energia ativada dentro do jogo, mostrando
numa leitura. Vamos conhecer essas suas vertentes e suas atribuições nessa tabela
abaixo:

 Paus – Espiritualidade, Energias e Trabalho Árduo – Fogo.

 Ouros – Concretização, Realização e Prosperidade – Terra.

 Espadas – Inspiração, Inteligência, Interferências e Rupturas – Ar

 Copas - Emoções, Intimidades Família e Receptividade - Água.

Assim resultante na equação de 9 (cartas) x 4 (elementos)

8
4. LAYOUT DAS CARTAS CIGANAS:

As cartas ciganas (Lenormand) com o passar do tempo adquiriu se diferentes layout (estruturas).
De todas as informações que compõe as cartas, as que são obrigatórios alguns itens:
 Numeração
 Ilustração / Emblema
 Naipe
 Nomenclatura (nome)
Vejamos alguns modelos de cartas que existentes:

Numeração
Naipe Alemão
Naipe Frances

Emblema / Ilustração

09.Buquê. 31. Sol. 32. Lua.


Blue Owl Gilded Reverie The New Classic
Lenormand Lenormand Lenormand

9
5. NUANCES DAS CARTAS CIGANAS – SONIE SONY

 Numeral: 01
 Nomenclatura: Cavaleiro
 Palavra Chave: Iniciativa
 Naipe: 9 de Copas – Satisfação Pessoal

 Descrição: O cavaleiro é uma carta de iniciativa, arrojo, abertura, essa


carta pede mais movimentação, dinamismo, criatividade, inesperados,
desbravamento e automação. É uma das cartas que indica caminhos
abertos para se prosseguir, mas decidido e consciente, que tudo está a seu
favor, mas é necessário arregaçar a manga e pôr a sua força e persistência
nos inicios, e aprender a finaliza los também.

 Naipe: nove de copas, fala de satisfação total e integral de seus


sentimentos alcançados pelo seus objetivos com prazer e plenitude
das realizações e alegrias conquistadas de seu bel-prazer.

 Conselho: Aja com sabedoria e maturidade em sua vida, as portas das


possibilidades estão abertas a você, basta seguir com prudência e
objetividade e sua nova jornada.

 Temporariedade: 1 semana.
 Orixá: Exu. (Mensageiro / Caminhos)
 Saúde: Membros (Pernas / Braços), Sistema Circulatório e Cabeça.
 Espiritualidade: Proteção, Orientação e Fluidez.
 Profissional: Novas Possibilidades, Crescimento, Mudanças favoráveis e
Expansão. Continue, mas com prudência, objetividade e inovações.
 Mental: Ansiedade, Impulsividades, Nervosismos e Fadigas.
 Relacionamentos: Novos pretendentes, Flertes, Propostas e Sensualidade.
 Cristais: Granada – Vigor.
 Objetos & Áreas: Cavalos, Meios de Transportes, Estradas, Rodovias,
Áreas Rurais e Correios.
 Música: Almir Sater – Ando devagar.

9
 Numeral: 02
 Nomenclatura: Trevo.
 Palavra Chave: Superações.
 Naipe: 6 de Ouros – Generosidade.

 Descrição: A carta do trevo ou em alguns baralhos é denominada com


obstáculos. Mas, o trevo é uma carta que fala de flexibilidade, ajustamento
e superações perante as diversidades e conflitos a qual esteja a passar. Não
desanime, continue mantenha seus objetivos e forças a cada dia e momento
renovados, se possível recicle os. Lembra se do antigo dito: “Quem não se
arrisca, não petisca.”
Essa carta mostra pequenas oportunidades, golpes de sorte, pois mostra
gestos de doação e compatibilidade para as boas mudanças em sua vida,
lembra se que o trevo e uma carta de proporções, e tudo lhe será
compartilhada a e renumerado, a partir de sua parte também para que isso
concretize em sua vida. Aliás, é dando que se recebe.

 Naipe: seis de ouros, e uma carta que representa generosidade, doação


e compartilha, associada a esta carta fala que é preciso se doar mais e
ser mais acessível as novas possibilidades. Seja perseverante e
mantenha seu equilíbrio em tudo.

 Conselho: Mantenha se em equilibro em todos os aspectos de sua


vida, milagres não existem, pois somos capazes de mudar e a superar
todos momentos eu a vida nos testa. Se abre mais as possibilidades,
somente assim estará acessível e receptiva ao universo.

 Temporariedade: 28 dias.
 Orixá: não há.
 Saúde: Pressão, Angústias, Obstruções e Artérias.
 Espiritualidade: Necessita mais de cuidado, e banhos de purificações.
 Profissional: busque soluções e clareza, pequenas alterações e situações
estão passando por mudanças, então aprenda com elas. Seja Flexível.
 Mental: Impaciência, Stress, Fadiga mental e Conflitos internas.
 Relacionamentos: Segunda Chances, Reconciliação, Curtições e Diversão.
 Cristais: Turquesa – Não desistir da Caminhada.
 Objetos & Áreas: Bijuterias, Amuletos, Bilheterias, Lotéricas e Campos.
 Música: Sandy & Tiago Iorc – Me Espera.

10
 Numeral: 03
 Nomenclatura: Navio.
 Palavra Chave: Direcionamento.
 Naipe: 10 de Espada – Fim da Escuridão.

 Descrição: A carta do Navio mostra mudanças, aventuras, comercialização e


expansão. O navio, numa leitura mostrará reencontros, alterações, viagens,
distanciamento, saudades e foco. O navio é um meio de transporte marítimo
muito comercializado como uns dos recursos logísticos antigamente, onde na
época do mercantilismo era um recurso muito valorizado por demandar
grandes containers e contingência de mercadorias e pessoas em seu interior,
para fazer suas transações exteriores e interiores de quaisquer local e países.
Pois, quando essa carta (navio) lhe sai numa leitura pede que seja proativo,
flexível e busque meios favoráveis e coletivos em prol, de si e de outros, que
poderão favorecer com essa nova empreitada.

 Naipe: Dez de espadas, é uma carta que fala de finalizações e términos, de


muita vezes ficamos acorrentados e presos a escuridão de nossa própria
ignorância e apego de situações caóticas e passadas, que só nos trouxe
tormenta e desespero. É uma carta que fala de libertação e conscientização.

 Conselho: Mantenha se em equilibro em todos os aspectos de sua vida,


milagres não existem, pois somos capazes de mudar e a superar todos
momentos eu a vida nos testa. Se abre mais as possibilidades, somente
assim estará acessível e receptiva ao universo.

 Temporariedade: 3 meses.
 Orixá: Iemanjá.
 Saúde: Fígado, Trato Urinário, Bexiga, Sistema Circulatório e Diarreias.
 Espiritualidade: Boa energias, Proteção, Receptividade, Mediunidade.
 Profissional: Busque meios de gratificações e qualificações em seu meio
profissional, chegou a hora de inovações. Mudanças favoráveis e
objetividade.
 Mental: Distúrbios, Dispersão, Carências hipersensibilidade emocional.
 Relacionamentos: Pretendentes, Romances, Amores Virtuais e
Reascendimento da Paixão.
 Cristais: Esmeralda – Reequilíbrio Energético, Físico, Emocional e
Eliminação da Negatividade.
 Objetos & Áreas: Portos, Píer, Donativos, Liquidações e Rh.
 Música: Lulu Santos – Como uma onda no mar.

11
 Numeral: 04
 Nomenclatura: Casa.
 Palavra Chave: Estruturamento.
 Naipe: Rei de Copas – O Receptivo.

 Descrição: A carta da casa mostra estruturas, fortalecimentos e


hereditariedade. É uma carta que fala de intimidades, harmonias e respeito.
A Leitura dessa carta fala também de heranças deixados por nossas
ancestralidade e tradições mantidas. Quando se retrata a uma personalidade,
aconchega a pessoa procurar mais equilíbrio, paz e reflexão em si mesmo.
A casa fala de nossas bases e raízes essências da nossa primeira fase de vida,
para que aprendemos ver e enxergar a simplicidade das coisas e jamais
esquecermos de nossas raízes e dos momentos que vivenciamos a primeiras
alegrias ao lado de ente queridos (pessoas importantes).

 Naipe: O rei de copas, é uma carta que fala muito da energia paterna,
aconchego, preservação e conservadorismo. Aqui mostra pessoas muito
influentes em nosso meio particular ou que possuímos vínculos com elas
tais podendo ser: irmãos, filhos, tios e avós. Jamais, esqueça daqueles
que te auxiliaram e lhe trouxeram a essa existência atual.

 Conselho: Não se isole demais em uma carapaça como um caranguejo


inseguro e melindroso com seu mundo externo de sua carapaça.
Busque força e Confiança em si mesmo. Lembre se que a força vem
dentro de você. Mantenha se firme e bem alicerçado em seus potencias e
fé, para que com os destemperes do dia a dia não venha arruinar se.

 Temporariedade: 4 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: Coluna, Fraturas, Estrutura Esquelética e Problemas Emocionais.
 Espiritualidade: Forças Mediúnicas, Conexão e cuidados da sua proteção.
 Profissional: no âmbito profissional essa carta pede planejamento,
organização e reconhecimento pessoal. Conservadorismo e Estabilidade.
 Mental: Equilíbrio, Racionalidade, Sensatez, Assertividade e
Conservadorismo.
 Relacionamentos: Estabilidades, Aconchego, Romantismo e Crescimento.
 Cristais: Jade - Harmonia, Pureza, Serenidade e Libertação dos Pensamentos
Negativos.
 Objetos & Áreas: Imobiliária, Designer, Websites, Antiquários, Constelação
Familiar e Home Office.
 Música: Victor & Leo – Vida Boa.

12
 Numeral: 05
 Nomenclatura: Árvore.
 Palavra Chave: Crescimento.
 Naipe: 7 de Copas – Idealizações.

 Descrição: A carta da arvore é uma carta de progresso, expansão, lentidão e


paciência. A Sabedoria, que essa carta expressa, foi a semeadura de outrora
que ali plantou se e no decorrer do seus ciclos foi germinando até ser o que e
hoje. Essa carta evoca maturidade, paciência, reflexão e projeções de
frutificações daquilo que você traz em sua essência. Essa carta (arvore) fala
de durabilidade, comprometimentos e solidez. Contudo, é uma das cartas que
fala de extrações, pois antigamente era símbolo de seringueiros, industrias e
instituições seja ela filantrópicas como medicinais. A arvore, sempre foi vista
no decorrer da história humana como ícone simbólico de vitalidade, tais como
nas ordem esotéricas como: Cabala, Hermetismo e povos paganismo, sendo
assim símbolo dentro das leituras do baralho cigano como campo energético e
físico (saúde), por suas raízes estar diretamente ligadas a terra e sua cópula ao
céus.

 Naipe: Sete de copas, fala de idealizações, fantasias e muito de


devaneios, que queremos conquistar, e assim projetamos para um futuro
longínquo, pois precisaremos de tempo e respeito o ciclo natural das
coisas criarem formas e estruturas para seu amadurecimentos futuro.

 Conselho: Mantenha se em equilibro em todos os aspectos de sua vida,


milagres não existem, pois somos capazes de mudar e a superar todos
momentos eu a vida nos testa. Se abre mais as possibilidades, somente
assim estará acessível e receptiva ao universo.

 Temporariedade: 5 meses.
 Orixá: Oxóssi (Fartura / Caça)
 Saúde: Estruturamento, Equilíbrio (geral), Fazer Check Up e Tratamento
fitoterápicos e naturais, busque recursos de medicinas alternativas.
 Espiritualidade: Boa energias, Afloramento Mediúnico, Mediunidade de
Cura.
 Profissional: Investimentos, Organogramas, Ramificações, Alteração do
Quadro de Colaboradores e Durabilidades e Expansão Crescente.
 Mental: Idealizações, Ansiedades, Meditações e Insônias.
 Relacionamentos: Fidelidade, Almas Gêmeas, Harmonia, Serenidade e
Noivados.
 Cristais: Aventurina (Ansiedade, Insônias, Stress Emocional, auto cura)
 Objetos & Áreas: Arvore Genealógica, Organograma, Florestas,
Constelação Familiar e Aromatizadores (carro).
 Música: Armandinho – Semente.

13
 Numeral: 06
 Nomenclatura: Nuvens.
 Palavra Chave: Conflitos.
 Naipe: Rei de Paus – Entusiasmo.

 Descrição: A carta da nuvens, mostra momentos de instabilidades,


interferências, depreciação incertezas, maledicência e desilusões. As nuvens
são cartas que sempre remetem conturbações, imprevistos, ocultações e
sobrecargas. Vejamos um dia de chuva que se formam no céu anunciando as
famosas “Cúmulo-Nimbus” denotando, que qualquer momento inesperado
anunciará chuvas ou tormentas que se formam seu interior acopladas. Mas,
contudo, são mal presságios temporários e momentâneos no decorrer daquele
momento. Em certos casos e situações, são atuações de terceiros conspirando
e tramando a sua costa, que poderá apunha lo a qualquer momento.

 Naipe: O rei de paus, mostra clareza, motivação e estratégia perante as


dificuldades e adversidades da carta nuvens, mostra que nada poderá ficar
fixo, conflitante e as escondidas tramando sem sua percepção e visão
coerente e lúcida. Contudo, é um naipe da corte que pode em certo casos
representar um homem maduro, experiente com forte poder de atuação em
diversos planos do indivíduo, uma figura muito forte e persuasiva em sua
vida, que esteja atuante.

 Conselho: Mantenha se em equilibro em todos os aspectos de sua vida,


milagres não existem, pois somos capazes de mudar e a superar todos
momentos eu a vida nos testa. Se abre mais as possibilidades, somente
assim estará acessível e receptiva ao universo.

 Temporariedade: Inesperado. / Passageiro.


 Orixá: Iansã (Tempestades / Mudanças)
 Saúde: Saúde Mental, Nervosismo, Irritabilidade, Problemas Respiratórios,
Pulmões, Melancolia e Depressão.
 Espiritualidade: Distúrbio Mediúnico, Ataques Energéticos, Influencias
Nocivas (Invejas, maldições e negatividade de terceiros) e Eguns (Espíritos).
 Profissional: Fofocas, Intrigas, Invejas, Interferências de Terceiros, Inimigos
Ocultos, Desânimo, Ambiente desagradável e depreciativo.
 Mental: Transtornos, Síndrome do Pânico, Incertezas, Bipolaridade.
 Relacionamentos: Nebulosidade, Incertezas, Crise Passageira, Amantes,
Crises Conjugais e Esfriamento / Separação Momentânea.
 Cristais: Obsidiana Negra (neutralização de energias nocivas e reequilibro
áurico)
 Objetos & Áreas: Fumaça, Incensos, Narguilé, Ventilador, Umidificador,
Perfumes (odor) e Meteorologia.
 Música: Roberta Miranda – Nuvens de Lágrima.

14
 Numeral: 07
 Nomenclatura: Serpente.
 Palavra Chave: Sedução.
 Naipe: Rainha de Paus – Persuasão (Convencimento).

 Descrição: A carta da serpente demostra uma alerta, rivalidades, vigilância,


sabedoria, bajulações, traições, falsidades e armadilhas. A serpente, contudo é
uma carta ambígua, que deve ser esclarecida antes de consolidarem ou
acercarem de preocupações ou perante a hipocrisias. No entanto, dentre
algumas culturas da antiguidade é símbolo de Sabedoria e hierarquia nobreza
elevada. Contudo, alguns associam a elas ao símbolo tradicional da medicina
por ter duas serpentes enlaçando o caduceu de Hermes, onde representa na
cultura ocidental como longevidade. Quando indica uma personalidade pode
representar uma pessoa: Sinuosa (Escorregadia), Sedutora, Inteligência
Racional, Perspicaz e Flexível.

 Naipe: A Rainha de paus, remete uma personificação das grandes e atuantes


mulheres épica de seu tempo. Um arquetípico que mostra o cordialidade,
perseverança, sinceridade e comprometimento com seus deves e
responsabilidades. Alguns Cartomante denomina a Rainha de paus, a Amélia
uma mulher conservadora, leal e caseira, onde por fins tinha uma vida árdua
no conservadorismo e organização de suas casas e família.

 Conselho: Mantenha se em equilibro em todos os aspectos de sua vida,


milagres não existem, pois somos capazes de mudar e a superar todos
momentos da vida. Se abre mais as possibilidades, somente assim estará
acessível e receptiva ao universo. Trabalhe seu poder de atuação e
magnetismo pessoal, para trazer para si suas realizações e prosperidades.

 Temporariedade: 3 a 15 dias.
 Orixá: Oxumaré (Arco íris, Fartura e Prosperidade).
 Saúde: Profissional de Medicina, Constipação Intestinal (diarreias), Doenças
Venéreas (sexuais), Doenças Repentinas (sem causa aparentes), Órgão
Reprodutores e Sistema Digestivo.
 Espiritualidade: Invejas, Olho Gordo, Negatividades, Emboscada
Espirituais, Larvas Astrais (Miasmas) e Demandas (Terceiros)
 Profissional: Contratempo, Traições, Complicações, Fofocas, Sabotagens,
Mal Investimentos, Abuso de Confiança, ilegalidade profissional.
 Mental: Insegurança, Ciúmes, Possessividade, Irritabilidade, Ansiedade
excessivas e Auto Sabotagem.
 Relacionamentos: Infidelidade, Traições, Amantes, Rivalidades,
Sexualidade Reprimida, Sedução, Decepções e Ciúmes.
 Cristais: Serpentina (Ativação Kundalini, Purifica os Chacras e Reequilíbrio)
 Objetos & Áreas: Encanamentos, Braceletes, Sexólogo, Zootécnico e
Cordas.
 Música: Rita Lee – Erva Venenosa

15
 Numeral: 08
 Nomenclatura: Caixão.
 Palavra Chave: Transformação.
 Naipe: 9 de Ouros – A Colheita.

 Descrição: A carta da morte fala de um processo de transformação. A


carta da morte, não representa a morte física de pessoas, e sim um
processo de finalização daquela fase na vida da pessoa e não morte física.
A carta da morte representa transformações e da necessidade de libertação
e paz interior pessoal consigo mesmo. O caixão, é uma carta muito temível
por negligencia de conhecimento das pessoas e preguiça de se aprofundar
se. Essa simbologia está muito associado ao signo solar, de escorpião pôr o
caixão é um arquétipo que faz correlação as água profundas e obscuras da
alma humana. Aqui vemos muitos profissionais como: Psicólogos,
Psicanalistas, Médiuns, Esotéricos, Perito Forense (Criminal), Sexólogos e
Arqueólogo.

 Naipe: A carta de 9 de ouros reporta as conquistas e colheitas daquilo que


plantamos. Dentro do âmbito numerologico, o nove vem com finalizador e
recompensador de todo um ciclo vivenciado durante seus 9 anos. Essa
carta reporta o momento que precisamos transcender dentro de nós para
que possamos assim aproveitarmos esse momento de estadia de nossos
júbilos. Contudo, essa carta convida a libertar se do fardo, passado e de
velha amarras que lhe prende, saia desse sarcófago, e vá ao encontro de
sua felicidade, alegrias, e prosperidade, pois até mesmo o sol no seu
período cede espaço a lua, pois sabe que tudo é mutável.

 Conselho: Enterre seu passado, aprenda finaliza lo! Há uma velho dito
cientifico que diz: “Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se
transforma se.”

 Temporariedade: Finalizações, Fim de Ciclos, Términos.


 Orixá: Não há Orixá. Mas, há uma energia de Eguns (Espíritos sem Luz)
 Saúde: Doenças Sérias, Depressão, Síndrome Pânico, Tendências Suicídios,
Crônicas e Busca de auxílio médico profissional.
 Espiritualidade: Obsessões, Magos Negros, Magias / Feitiços (Cemitérios)
 Profissional: Desemprego, Falências, Acomodações, Quebra de Contratos,
Workholic (Viciado em Trabalho) e Ruína Financeira.
 Mental: Depreciação, Baixa Estima, Desânimo, Exaustão Mental, Dramas
Emocionais e, Hipocondria (mania doenças) e Nostalgia.
 Relacionamentos: Relacionamento Mórbido, Doloroso, Ressentimentos,
Luto (amor passado), Apego, Separação e Divórcios.
 Cristais: Turmalina Rosa (Libertação Passado / Aumento Criatividade)
 Objetos & Áreas: Cofres, Caixas, Cama, Porões, Armários, Câmaras
Fotográficas e Sarcófagos.
 Música: Luka – Porta Aberta.

16
 Numeral: 09
 Nomenclatura: Ramalhete.
 Palavra Chave: Transformação.
 Naipe: Rainha de Espadas – Severidade.

 Descrição: A carta do ramalhete, no baralho cigano remete muito as:


alegrias, recompensas, estética, narcisismo, perfeccionismo, gratificações,
altruísmo, felicitações, sabedoria, otimismo, fertilidade, maturidade e dom.
O ramalhete, qualifica a sua vaidade feminismo e sensualidade natural,
que exala é um arquétipo de embelezamento e conservadorismo, entre
alguns casos pode representar uma mulher: viúva ou divorciada.

 Naipe: A Rainha de Espadas, remete a uma mulher, independente,


comunicativa, assertiva e que não costuma agir por impulsos emocionais e
sim por sua clareza e objetividade lógica e estrategista. Seus aspectos são:
Sabedoria e Conservadorismo. Em alguns aspectos remete uma pessoa
vaidosa, narcisista e muito moralista, um gênio forte e implacável.

 Conselho: Busque alegria, embelezamento e otimismo e


compartilhamento em sua vida, procure um ato aleatório de bondade.
Procure gratificações em sua vida. Busque inovações e seja mais parcial
com situações do seu dia a dia. Uma carta, que representa amor,
generosidade e respeito mútuo.

 Temporariedade: 7 Meses.
 Orixá: Nanã Buruquê (Sabedoria / Ancestralidade)
 Saúde: reumatismo, artrose, doenças emocionais, mágoas, reumatismo e
sistema nervoso.
 Espiritualidade: reciclagem da energias, firmamentos e conexão ancestral.
 Profissional: feeling profissional, planejamento, promoções, bonificação,
contrato vitalício, ética, propostas, reconhecimento profissional, comprometida
e muito experiente.
 Mental: inteligência, criativa, inventiva, perseverança, intuitivas, criativas,
objetivas e sinceras.
 Relacionamentos: harmonia, amadurecimentos, declarações, romances,
noivados, alteração do estado civil, sinergia, galanteios e companheirismo.
 Cristais: fluorita verde (fortalecimento ósseos) / aventurina (sistema.
Imunológico)
 Objetos & Áreas: Buquês, cartão de namorados, maquiagens, adornos.
presentes, vaso de flores, enfeites, quadros, artes e artesanatos.
 Música: Luan Santana – 1977.

17
 Numeral: 10
 Nomenclatura: Foice.
 Palavra Chave: Seletividade.
 Naipe: Valete de Ouros – Provedor.

 Descrição: A carta da foice é muito temível pôr as pessoas ter uma descrição
primordial desta – Corte. A carta da foice, é uma carta seletividade,
ajustamentos, afinação, colheita, aberturas, suprimentos, aprofundamentos,
trabalho braçal, advertências, influências e imediatismo.

 Naipe: O valete de ouros, geralmente são mensageiros, auxiliares e


iniciadores numa determinada questão. O valete de ouros, fala de
semeadura, investimentos, acessibilidade, exposição e propostas. Sendo
uma carta representativa do naipe de ouro, pode representar pequenos
investimentos, bonificações, partilha, aplicações, fertilidade e valorização.
Essa carta reporta a você como que você valoriza seus bens matérias,
economia e seu corpo físico, pois é uma carta de ouros, que reporta a nossa
estrutura corpórea, pode para que fazemos inovações, ajustamento e
valorização do nosso corpo de forma respeitosa e inovadora, tais como:
cortes (cabelo), estética (loções e cremes) e boa forma física e emocional.

 Conselho: Busque alegria, embelezamento e otimismo e compartilhamento


em sua vida, procure um ato aleatório de bondade. Procure gratificações em
sua vida. Busque inovações e seja mais parcial com situações do seu dia a
dia. Uma carta, que representa amor, generosidade e respeito mútuo.

 Temporariedade: Imediato.
 Orixá: Obaluaiê (Transformações / Cura)
 Saúde: cirurgias, cortes, pele, osteoporose, rompimentos, oscilação saúde,
pequenas incisão, dentes, e carência de vitamina.
 Espiritualidade: Interferências, Firmamentos, limpezas, dedicação.
 Profissional: ajustamentos, investimentos, partilhas, rescisão, dedicação,
desfalques, corte (custo) e planejamento detalhado.
 Mental: inteligência, perspicácia, sinceridade, racionalidade, inovação,
criatividade, objetivas e flexibilidade.
 Relacionamentos: términos, separações, frieza, curtição, rompimentos
dolorosos, inovações, crescimento, libertação passado (luto) e seletividade.
 Cristais: Âmbar (síndrome de fadiga crônica) olho de tigre (esgotamento).
 Objetos & Áreas: facas, tesoureiro, foice, cutelo, seringas, agulhas,
jardinagem, costura e clínico geral.
 Música: Pitty – Na sua estante.

18
 Numeral: 11
 Nomenclatura: Chicote.
 Palavra Chave: Contrariedades.
 Naipe: Valete de Paus – O Entusiasmo.

 Descrição: A aqueles que não olhe para essa carta (chicote) e vê a imagem
de acoite e de tortura (geral). Contudo, porem o chicote e uma carta de
força, intensidade, paixão, esporte, verbalização (fala), abuso, poder,
repetição, sexualidade, perturbações, magias e contendas. Porém, o chicote
fala de manipulações, magnetismo pessoal, autoridades e vícios. Em tempos
medievais o símbolo do chicote ou açoite era visto como demandas, feitiços
e perturbações psicológicas e espirituais de atuações de energias nocivas a
qual envolvia suas vítima como forma obsessiva e torturante.

 Naipe: O valete de paus é uma carta de entusiasmo, aventuras e


explorações. Geralmente a imagem representativa de um jovem
inteligente, esperto, fiel e de conhecimentos místicos e espirituais. Esse
naipe entrelaçado a carta do chicote remete que temos a força necessária
para assumir nossa vida resolver quaisquer problema. Há um velho
ditado que diz assim: “quem não sabe obedecer, não sabe comandar”

 Conselho: Pare de vitimaz se e torturar se por contratempos. Procure


expandir sua visão e saia desse vicio mental de inferiodade, aprende a
erguer sua cabeça e buscar soluções, pois você tem grandes poderes e
habilidades consigo, pare de repressões e regalias; pois você é o grande
imperador e senhor de sua vida e escolha. Tome as rédeas de seus
caminhos.

 Temporariedade: 1 semana (7 dias)


 Orixá: Caboclos (Magia/Curas)
 Saúde: dores, febres, obsessões, órgãos masculinos (reprodução), distensão
muscular, enxaquecas, dores de cabeça e vermelhões.
 Espiritualidade: Interferências, feitiços, obsessores, manipulações,
demandas espirituais e cobrança (espiritual).
 Profissional: cuidado com gastos desnecessários, tensão financeira, seja
responsável, turbulências profissional, intrigas e abuso de autoridade.
 Mental: racionalidade, determinação, ansiedade, preocupações, cobranças,
impulsividade e invejas.
 Relacionamentos: tensões, amarrações, ciúmes, cobranças, desgastes,
possessividades, sensualidade, magnetismo e imposições.
 Cristais: Sodalita (reduzir raiva) quartzo rosa (redução pressão).
 Objetos & Áreas: vara (pesca), cinto (roupa), vassoura, varetas, paus e
régua.
 Música: Valesca Popozuda – Beijinho no Ombro.

19
 Numeral: 12
 Nomenclatura: Pássaros.
 Palavra Chave: Liberdade.
 Naipe: 7 de Ouros – Planejamento.

 Descrição: A carta dos pássaros, é uma carta que traz em sua essência alguns de
seus simbólicos significados: parcerias, entrosamentos, auxilio, sociabilidade,
negociação, comunicação, entrevistas, conexões e aconselhamentos. Em algumas
escolas tradicionais, acarta dos pássaros é representada por um casal de corujas,
mostrando a percepção, prudência, sabedoria e algumas das vezes contendas e
fofocas. Essa carta fala de: esperanças, liberdade e expressões. Os pássaros são
aves graciosas pelo seu canto e encanto de sua doces melodias, que é uma forma
de expressar suas habilidades vocais e liberdade pessoal, mas se prendemos eles
ficam melindroso e seu estado de espirito se entristece e suas melodias são tristes
e solitárias.

 Naipe: O sete de ouros dessa carta mostra momento de ponderação,


amadurecimento e gestação (geral). Muitas das vezes seu resultados e frutos
são demorados para chegarem, mas quando chegam são dóceis e bem
acolhedores. O sete traz como essência numerologica um ciclo de
interiorização e paciência. O sete de ouros, é uma carta de colheita daquilo
que se vem plantando desde então.

 Conselho: é preciso trabalhar a ansiedade, impulsos e seus limites entre a


liberdade e o trabalho coletivo. Para aqueles que são muito dependentes e
sensíveis é preciso ser mais ousados e independentes. Só cuidado para não
exaurir suas energias na ânsia de realizar tudo de forma impulsiva e
inconsequente.
 Temporariedade: 3 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: estresse, baixa imunidade, ansiedade, garganta, amigdalites e cordas
vocais, fadigas, sopros e tiroide.
 Espiritualidade: amparo, sincronicidade, conscientização e altruísmo.
 Profissional: parcerias, financiamento, comunicação, reposição mercado
comercial, multinacionais, atualização, divulgações, negociações, ampliação e
intercâmbios.
 Mental: Ansiedade, Preocupações, Conflitos e Fadiga (mental).
 Relacionamentos: cortejamentos, flertes, cumplicidade, doação, declaração,
conversas intimas e encontros românticos.
 Cristais: calcita laranja (confiança) quartzo lavanda (redução estresse emocional).
 Objetos & Áreas: wifi, telefone, alto-falante, Dj, ninho, internet e artes.
 Música: Chimarruts – Saber Voar.

20
 Numeral: 13
 Nomenclatura: Criança.
 Palavra Chave: Inocência.
 Naipe: Valete de Espadas – Impetuosidade.

 Descrição: A carta da criança no contexto do baralho cigano, nos remete a
doçura, inocência, sinceridade, começos, imaturidade, alegrias, confiança,
simpatia, espontaneidade, doação, divertimentos, excursões, divertimento,
despreocupações e inovações. É uma carta que reporta muito a reencontros, flash
backs de situações e reaparecimentos de pessoas no qual fizeram grande
significância em nossas vida. Uma carta que fala de viver a vida de forma
inusitada e festeira, sem nos torturar com coisas desnecessárias e supérfluas.
Talvez seu passado esteja interferindo de forma direta em seu tempo presente, e
deixando sem os pés no chão.

 Naipe: valete de espadas, dessa carta descreve um jovem impetuoso,


desbravador, impulsivo e destemível. Um arquétipo que fala de ações
impulsivas e inconsequentes, por tomar decisões sem embasamentos e
prudência, seria o mesmo de botar as mãos em vespeiro sem traje corretos. O
valete de espadas, alerta a sermos mais cautelosos, estratégicos e vigilantes
antes de qualquer ação impulsiva.

 Conselho: e tempos de inovações, nascimentos e maturidades para sabermos


enfrentar as situações e adversidades recorrentes no dia a dia. Essa carta
aconselha a procurarmos pessoas mais experientes e maduras para auxiliarmos
perante as situações e adversidades. Seja prudente, matuto e estratégico, e
evite os dramas emocionais.

 Temporariedade: 15 dias.
 Orixá: Erês. (Alegria / Otimismo)
 Saúde: baixa imunidade, gravidez, saúde frágil, bexigas, inicios doenças,
resfriados. Microrganismos, vacinas e infantilismo.
 Espiritualidade: exploração, sensibilidade, clarividência, intuição e conhecimento
(espiritualidade).
 Profissional: estágios, inexperiência, entrevistas, negligencia profissional,
inovações, terceirização e meio expediente.
 Mental: curiosidade, ingenuidade, imaturidade, inconsequente e astucia.
 Relacionamentos: chantagens emocionais, imaturidade, amores joviais, doação,
espontaneidade, novos relacionamentos e paixões efervescentes.
 Cristais: cornalina (diminuir timidez) ametista (acalmar medo).
 Objetos & Áreas: brinquedos, pediatria, recreação, creches e orfanatos.
 Música: Giuseppe Povia – Quando as crianças fazem uau.

21
 Numeral: 14
 Nomenclatura: Raposa.
 Palavra Chave: Astúcia.
 Naipe: 9 de Paus – Insegurança.

 Descrição: A carta da raposa fala de: vigilância, sagacidade, emboscada,
inteligência, observação, camuflagem, investigação, chantagem e
sensualidade. A raposa é ardilosa, astuta e facínora. Contudo, é uma carta
que fala de prudência e inteligência racional. Essa carta alerta a: intrigas,
emboscadas, conspirações e ocultações. Aqui, temos pessoas metalistas que
leem todos seus gestos, passos e atitudes, normalmente teremos pessoas
muito sensuais, habilidosas, sagaz e observadoras, que pode estar ao seu
encalço apenas te analisando para quando menos esperar te agarrar. A
Raposa, e uma dos animais mais família, por ela se dedica arduamente a
proteger seus e alimentos e família.

 Naipe: 9 de paus fala muito de inseguranças, receios, carências,


defensivas, onde possamos estar sobre uma “torre de observação”
analisando tudo e a todos, de prontidão a qualquer gesto e atitude
inesperável. Esse naipe fala pra não se prendemos demais nessa
armadura defensiva que nos mantemos, pois podemos ficarmos presos ao
mundo sombrio e ilusório.

 Conselho: tome cuidado com aqueles próximos de você que sinaliza


com amigos, mas pelas suas costas artimanha as mais mirabolantes
situações e falsidades para te prender a ela. Na dúvida, ouve sua intuição,
somente ela te mostrará com clareza tudo que está encoberto por esse
véu de ilusões e falsidades.

 Temporariedade: 2 meses.
 Orixá: Pomba-gira.
 Saúde: exames, visão, ouvidos, déficit atenção, procurar especialista e rever
seus exames com mais atenção.
 Espiritualidade: emboscadas, invejas, sabotagens, manipulações e vícios.
 Profissional: estágios, inexperiência, entrevistas, negligencia profissional,
inovações, terceirização e meio expediente.
 Mental: agilidade, trapaças, inteligência, maquiavélico e sabotagens.
 Relacionamentos: chantagens emocionais, imaturidade, amores joviais,
doação, espontaneidade, novos relacionamentos e paixões efervescentes.
 Cristais: cornalina (diminuir timidez) ametista (acalmar medo).
 Objetos & Áreas: brinquedos, pediatria, recreação, creches e orfanatos.
 Música: Oswaldo Montenegro - Sexo.

22
 Numeral: 15
 Nomenclatura: Urso.
 Palavra Chave: Possessividades.
 Naipe: 10 de Paus – Exaustão.

 Descrição: A carta do urso no baralho cigano nos fala de uma grande e forte
energia, que nos envolve entre elas as de: chefia, maternal, poder, virilidade,
possessividades, administração, proteção, hibernação, autoridade, invejas,
ciúmes e acúmulos. A carta do urso nos remete a acúmulos, peso e controle,
mas o urso é um trabalhador árduo e comprometido em suas funções e
diretrizes. Quando essa carta sai em uma jogada ela convida a se em ponderar
de suas habilidades e estratégias para que possa alavancar seus propósitos e
realiza lo em sua vida.

 Naipe: 10 de paus, fala muito de excessos, exaustão, acúmulos e


sobrecargas. Muitas das vezes sobrecarregamos nossas energias pela falta de
delegações de nossas funções e trabalho, de modo excessivo e corrosivo
refletindo toda essa demanda nas áreas nossas da: saúde, emocional e
energética.

 Conselho: Procure pondera os excessos e sobrecargas de sua vida. Essa


carta pode representar uma figura masculina atuante na sua vida atual.
Modere sua alimentação, faça exercícios físicos, para que os alimentos não
sedimenta em seu organismo e deixe sua estruture física e energética pesada.

 Temporariedade: 3 / 6 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: obesidade, fígado, pâncreas, tiroide e busque profissional (experiente).
 Espiritualidade: demandas, magias, cobranças (espirituais), banhos
(purificação).
 Profissional: estabilidade, negócios lucrativos, gerenciamento e planejamento.
 Mental: sobrecarga, tensão, pressão, inveja, ciúmes e possessividades.
 Relacionamentos: possessividades, ciúmes, controle, obsessão e restrições.
 Cristais: cornalina (diminuir timidez) ametista (acalmar medo).
 Objetos & Áreas: restaurantes, cozinha, banco, cofres, sala de jantar e quarto.
 Música: Rita Lee – Reza.

23
 Numeral: 16
 Nomenclatura: Estrela.
 Palavra Chave: Destino.
 Naipe: 6 de Copas – Nostalgia.

 Descrição: A carta da estrela, prenuncia novos horizontes, internet, desejos,


espiritualidade, fama, orientação, passado, sonhos, esperanças e intuição. As
estrelas eram em tempos remotos símbolos de orientação e previsão, dentro de
algumas ciências toda os corpos celestes atuam, diretamente nos traços de
personalidades, eventualidades e destino das pessoas. Contudo, as estrelas são
arquétipos de previsão, vidência, aconselhamentos e de projeções de sonhos e
esperança futuras.

 Naipe: O naipe de 6 de copas, são símbolo de nostalgias, infância e reencontros,


contudo as cartas das estrelas acopladas a esse símbolo prediz reencontros, elos
espirituais e prescritas pelas estrelas (destino). Um naipe que nos remete a
harmonia, felicidades e reconhecimentos. Acredite em seus sonhos, jamais
desanime!

 Conselho: mantenha se firme e direcionada a seus objetivos e sonhos a qual


tenha projetado, é o momento de auto valorização e manter se otimista e
autoestima. Essa carta demarca período de êxito, alegrias e satisfações, se há algo
em pendencia de seu passado, procure resolver.

 Temporariedade: 16 dias.
 Orixá: Orunmila (Profecias / Destino).
 Saúde: sistema circulatório, infecções, visão, insônias e auto cura.
 Espiritualidade: Guia (espiritual), proteção, reiki, clarividência e mediunidade.
 Profissional: orientação, promoção, êxito, gratificação, especialização e auxílio.
 Mental: nostalgia, planejamento, inspiração, clareza e intuição.
 Relacionamentos: conexão, sinergia, confiança, amor platônico e satisfação.
 Cristais: selenita azul (desequilíbrios hormonais) lápis lazuli (meditação)
 Objetos & Áreas GPS, glamour, fama, astrologia, wifi, internet, eletricidade,
constelação familiar e cristais.
 Música: Ivo Pessoa – Quando eu te vi...

24
 Numeral: 17
 Nomenclatura: Cegonha.
 Palavra Chave: Mudanças.
 Naipe: Rainha de Copas – Sentimentos Profundos.

 Descrição: A carta da cegonha, remete ajustamentos, inesperados, longa


viagens, entrega, transferência, nascimento, feedback, gravidez,
maternidade, mudanças, rotina e maternidade. Esse é um arquétipo de
anuncia bons agouros futuros. Essa carta anuncia a quebra da rotina
diária e pede que se arrisque mais e ouse mais. Ressalta ao fato de que
devemos viver um dia de cada vez, sem pressa ou atropelamentos.

 Naipe: Rainha de Copas, fala de uma mulher dócil, generosa,


intuitiva e muito sensível. Em alguns casos essa carta remete a
viagens de longa viagem e nascimento de algo novo
(situações / gravidez).
A rainha de Copas, pede que se volta mais para dentro e procura ouvir
sua intuição e valorizar seu lado sensível, feminismo e sentimentos. O
poder de suas realizações está nas realizações e aplicações de amor e
dedicação naquilo que se preza.

 Conselho: Procure ser flexível e inova se a todo instante.


É momento de se empenhar e investir se em algo, que lhe dê um
feedback. Alce voo mais altos, e busque ouvir sua intuição e
percepção instintiva.

 Temporariedade: 8 semanas.
 Orixá: não há.
 Saúde: problemas (gravidez), ovários, útero, ventre, pernas e varizes.
 Espiritualidade: boas energias, espirito materno (protege) e mentora.
 Profissional: melhoria continua, promoções, ajustamentos e novas
possibilidades (emprego).
 Mental: ansiedades, ilusões, imprevisões, foco e objetividade
 Relacionamentos: inovações, novos romances, cumplicidades, ternura e
doação.
 Cristais: cornalina (diminuir timidez) ametista (acalmar medo).
 Objetos & Áreas: enfermaria, enxoval (bebes), fraldaria, Ginecologista,
neonatologista (especialista bebes) escada e aviões cargueiros.
 Música: Thaeme Mariôto - Rotina.

25
 Numeral: 18
 Nomenclatura: Cão.
 Palavra Chave: Companheirismo.
 Naipe: 10 de Copas – Felicidade Compartilhada.

 Descrição: A carta do cão remete a: lealdade, amizade, confiança,
nobreza, devoção, alma gêmea, fidelidade e amante. A carta do cão,
remete contudo, mostra uma certa durabilidade e respeito reciproco.
A carta do cão, remete uma forte ligação com laços familiares, amizades
e trabalhos no qual se doamos e ali findamos nossas raízes. O cão, é uma
carta que remete a nossos ciclos de amizades ou pessoas no qual
mantemos laços íntimos. Seja cauteloso e prudente em quem você dedica
seus sentimentos e segredos.

 Naipe: 10 de copas, remete a realizações plena e felicidades


concretizadas. Essa é uma carta que demostra satisfação em estarmos
rodeados de pessoas e situações que nos traz satisfação, intimidades e
felicidades reciprocas. Representa a pureza e extensão no meio
familiar (gravidez).

 Conselho: ouve sua intuição e confie em si mesmo. Ajude o próximo


auxilie os mais desfavoráveis e inexperientes. Se não estiver nos
melhores momentos de sua vida, fique tranquilo e mantenha se
otimista, pois ventos favoráveis vem ao encontro de você.
Se oriente mais.

 Temporariedade: 9 semanas.
 Orixá: não há.
 Saúde: problemas (pele), alergias, renites, dentes, língua, procure
especialista (medico).
 Espiritualidade: boas energias, guias (espirituais) e dedicação (fé).
 Profissional: auxílio, assistente, segurança, trabalhos voluntários.
 Mental: intuição, cumplicidade, criatividade, harmonia e vigilância.
 Relacionamentos: alma gêmea (soul mate), confiança, harmonia,
companheirismo, fidelidade, equilíbrio e vigilância.
 Cristais: citrino (alegria) quartzo transparente (sistema imunológico).
 Objetos & Áreas: vigilância, detetive, bichos (pelúcia), alarmes e
cães de caça.
 Música: Milton Nascimento – Canção da América.

26
 Numeral: 19
 Nomenclatura: Torre.
 Palavra Chave: Reflexão.
 Naipe: 6 de Espadas – Trégua.

 Descrição: A carta torre mostra aquele momento onde precisamos


ficarmos em paz com nos mesmo. Lembro muito do conto da carochinha
sobre uma jovem órfã de grande e invejáveis cabelos, onde ficou por
dezesseis longos anos confinado a uma gigantesca e sombria torre
isolada de todos e menos de si mesma (Cinderela). A torre fala de
reflexão, restruturamento, introspecção, saudades, melancolia, defesas e
proteção forte.

 Naipe: O naipe de 6 de espadas fala daquele momento onde


precisamos ultrapassar momentos turbulentos e conflituosos para
aprendemos com ele, e assim isolarmos um pouco dentro de nós
mesmo, mas até de tudo sem fugirmos dele. Não se foge dos
problemas, mas se aprende a enfrenta los de forma clara e otimista,
sabendo que tudo passará.

 Conselho: Tire um momento para se reconectar se consigo mesmo, é


hora de trégua e paz dentro de si mesmo. Lembro de uma passagem
de um dito oriental que diz muito ao cenário dessa carta:
“Mate o mal que há em você, para que nenhum mal do mundo
possa lhe ferir mais”

 Temporariedade: 10 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: internação, repouso, recuperação lenta, isolamentos e stress.
 Espiritualidade: mediunidade, otimismo (falta), equilíbrio e reconexão.
 Profissional: hierarquia, grandes incorporações (empresas), disciplina,
organização, sinergia equipe, objetividade, administração e planejamento.
 Mental: depressão, isolamento, melancolia, estabilidade e esquizofrenia.
 Relacionamentos: distanciamento, esfriamento, estabilidade, oficialização
e reconciliações.
 Cristais: Sugilita (aliviar sofrimento) cristal branco (revitalização).
 Objetos & Áreas: escritório, arranha-céus, condomínios, universidades e
telescópios.
 Música: Joanna – Tô fazendo falta.

27
 Numeral: 20
 Nomenclatura: Jardim.
 Palavra Chave: Colheita.
 Naipe: 8 de Espadas – Enclausuramento.

 Descrição: A carta do jardim, é uma carta que nos fala de: festejos,
alegrias, reuniões, encontros, networking, entretenimentos, audiências,
relações públicas e sociedade. O jardim, é uma carta de colheita, pois
nesse onde despojamos nossas sementes do passadas e no futuro próximo
colhemos esses frutos. Contudo, é uma das cartas carmica, falando onde
tudo que se lança, cria raízes e perpetua ao encontro nosso outra vez.

 Naipe: O naipe de 8 de espadas fala de auto sabotarmos e


aprisionarmos em nos mesmo numa espécie de auto prisão mental.
Essa carta aconselha a procurar nossas mentes com pensamentos e
atitudes sadias e mais otimistas para que assim não nos auto
martirizamos e ilusões. Saia do vitimismo seja mais independe.

 Conselho: é tempo de colheitas e renovações. Não se lastime com


seus frutos, pois eles são as sementes plantadas no seu jardim de
outrora. Busque mais o calor de novas pessoas, respire e relaxe, saia
das neuroses neuropsicose que você mesmo as cria.

 Temporariedade: 21 dias.
 Orixá: Ossain (Cura / Axé / Ervas).
 Saúde: tratamentos naturais, homeopatia, fitoterápicos, recuperação e
longevidade.
 Espiritualidade: cura (mediunidade), reiki, purificação (banhos),
reequilíbrio, e Ancestralidade (gratidão).
 Profissional: ampliação, contratações, comunicação, êxito profissional,
produtividade e casamentos (parcerias comerciais).
 Mental: tranquilidade, reflexão, alegria, paz, empatia e sociabilidade.
 Relacionamentos: pegação, flertes, romantismo, encontros e satisfação.
 Cristais: Sodalita (comunicação) Ágata Verde (amizade).
 Objetos & Áreas: Jardins, paisagismo, praça (alimentação), artes (geral),
chat (bate papos) e shopping centers.
 Música: Ronnie Von – A Praça.

28
 Numeral: 21
 Nomenclatura: Montanha.
 Palavra Chave: Bloqueios.
 Naipe: 8 de Paus – O Inesperado.

 Descrição: A carta da montanha fala muito de: barreiras, bloqueios,


esfriamentos, frieza, lentidão, atrasos, obstáculos e justiça. Uma carta
que fala que é preciso perseverança, convicção e fé para superar seus
maiores desafios e bloqueios em sua vida. A montanha, fala de escalarem
e esforço físico para que possa alcançar o topo da montanha, pois no
cume mais alto dela estará todo os esforços e extensão de sua vitória.

 Naipe: O naipe de 8 de paus, fala muito de movimentos e inesperados


vindo ao encontro a seus objetivos. Algo está pra acontecer em sua
vida, aguarde e tenha paciência. O destino, flui naturalmente para
grande movimentações, pois é como a água num córrego que fluem
livremente sem importar se com os obstáculos a sua frente.

 Conselho: preserve sua fé e esforço para lutar continuamente pelos


seus objetivos sem fraquejar, somente com melhoria continua e
esforço para superação de seus objetivos e metas á quais queira
alcançar. Lembre se que não é necessário escalar a montanha, só basta
contorna lá.

 Temporariedade: 3 anos.
 Orixá: Xangô (Justiça / Ordem)
 Saúde: bloqueios energeticos, doenças crônicas, gorduras (sangue),
coração, cabeça e rigidez.
 Espiritualidade: bloqueios, interferência, cobranças (espirituais) e
mediunidade reprimida.
 Profissional: estagnação, frustação, conflitos profissionais, novo
emprego, desmotivação (reconhecimento) e problemas com hierarquia
 Mental: bloqueios, preocupação, restrição, culpas, remorsos e estagnação.
 Relacionamento: dificuldades, maturidade, bloqueios, distanciamento,
esfriamento, estabilidade e durabilidade.
 Cristais: Ágata Dendrita (afastar dificuldades) Crisocola (Confiança).
 Objetos & Áreas: montanha-russa, retiro (religioso), refrigerador,
cartórios, empresas (publicas), dispensas e ONG’s.
 Música: Roberto Carlos – A Montanha.

29
 Numeral: 22
 Nomenclatura: Caminhos.
 Palavra Chave: Direção.
 Naipe: Rainha de Ouros – Planejamento.

 Descrição: A carta dos caminhos, fala de: escolhas, direcionamentos, livre


arbítrio, objetividade, dúvidas, incertezas, bifurcação, bissexualidade e rota. Os
caminhos, é uma carta de responsabilidade, comprometimento e
amadurecimento onde, precisamos seguir com mais experiências e maturidade
em nosso destino e metas sem dispersarmos.

 Naipe: O naipe da Rainha de ouro, pede planejamento e administração,


onde precisamos responsabilizar e comprometer com mais maturidade e
prudência antes de qualquer situação ou pessoa. Siga sua intuição, e evite
pegar atalhos nos caminhos.

 Conselho: tome as rédeas da sua vida, em meio as dúvidas e incertezas ouve


sua intuição. Procure agir mais com prudência e responsabilidade em sua
vida.

 Temporariedade: 3 anos.
 Orixá: Xangô (Justiça / Ordem)
 Saúde: bloqueios energeticos, doenças crônicas, gorduras (sangue), coração,
cabeça e rigidez.
 Espiritualidade: bloqueios, interferência, cobranças (espirituais) e mediunidade
reprimida.
 Profissional: estagnação, frustação, conflitos profissionais, novo
emprego, desmotivação (reconhecimento) e problemas com hierarquia.
 Mental: indecisão, insegurança, oscilação (mental), esclarecimento.
 Relacionamentos: extraconjugal (relação), infidelidades, dúvidas e incertezas.
 Cristais: ágata dendrita (afastar dificuldades) crisocola (confiança).
 Objetos & Áreas: montanha-russa, retiro (religioso), refrigerador, cartórios,
empresas (publicas), dispensas e ONG’s.
 Música: Ana Carolina – Encostar na Tua.

30
 Numeral: 23
 Nomenclatura: Ratos.
 Palavra Chave: Desgastes.
 Naipe: 7 de Paus – Defesa.

 Descrição: A carta dos ratos é uma carta que aborda: desgastes, tráficos ilícitos,
enfraquecimentos, corrosões, doenças, intromissões, vampirismo (astral), roubo,
invejas, demandas (espirituais) parasitas e preocupações. Os ratos, fala de
tumultos, intromissões e coletividade com as mesmas intenções e atitudes
(quadrilhas). Os ratos adverte para que tome muito cuidado e prudência com
quem você compartilha ou conversa, pois os ratos, são cartas de emboscadas, que
na hora certa ele age na surdina (escondidas) para retirar aquilo que você
alcançou.

 Naipe: O 7 de paus, pede que lute com toda sua força e defende seus ideias.
O 7 de paus, mostra as provações e conflitos, que precisa defender, proteger
contra os ataques externos. Pois, o naipe de paus, remete a elemento fogo, que
aborda trabalho árduo e até mesmo influencias espirituais.

 Conselho: procure ficar atento aos detalhes que muitas das vezes passam
desapercebidos. Se valorize mais! Evite os excessos e tome muito cuidado
com aqueles que diz ser seu amigo, pois esse sim será o ladrão de seus bens no
decorrer de sua jornada. Mantenha se sempre e vigia e prudência, pois o
perigo sempre estará nas nossas negligencia e descanso.

 Temporariedade: imediato.
 Orixá: não há.
 Saúde: infecções, desanimo, depressão, debilidades e retorno de doenças.
 Espiritualidade: demandas, interferências, eguns, vampirismo astral e desgastes.
 Profissional: emboscada, prejuízos, exploração, conflitos, competividade e
desgastes.
 Mental: ansiedades, stress, desânimo, alzheimer, culpa, depressão e melancolia.
 Relacionamentos: desgastes, manipulação, obsessão doentia e perversões sexuais.
 Cristais: turmalina negra (afastar negatividade) pedra sol (alegria viver).
 Objetos & Áreas: sarjeta, esquilos, urubus, quarentena e corrosões.
 Música: Sandy & Junior – Desperdiçou.

31
 Numeral: 24
 Nomenclatura: Coração.
 Palavra Chave: Sentimentos.
 Naipe: Valete de Copas – Mensageiro do Amor

 Descrição: A carta do coração é uma carta que reporta: amor, paixão,


afeição, simpatia, reciprocidade, atração, alegrias e intimidade. A carta do
coração, reporta o amor em todos os sentidos e expressões. Pode anunciar a
fase conflitosa a qual estava mostra agora o renascimento de seus ideias e
sonhos outra vez ressurgindo a você! Há um velho dito que diz:
“Onde estará seus pensamentos lá estará seu coração”.
Então, é um arcano que anuncia a dedicação e prazer naquilo que fazemos e
dedicamos, pois quando tudo flui nessa vibração dócil e surreal somos
transportada e acolhidos pela prosperidade pessoal em nossas vidas.

 Naipe: O Valete de Copas, reporta um jovem apaixonado, sensível e amoroso


que se doa de corpo e alma a seus pretendentes. Esse arcano representa a
impetuosidade e jovialidade. Um jovem adolescente imaturo e inconsequente
de intenções e qualidade nobre e leal. O valete de copas, é uma carta de
inovações, notícias frescas, grandes oportunidades e realmente necessária a
sua vida.

 Conselho: Lembre-se que paixões podem gerar desequilíbrio e, portanto, você


deve ter cautela e prudência na hora de tomadas de decisões e escolhas. Trate
seu coração como um jóia rara, onde entregara somente a pessoa certa. Na
dúvida do que escolher o que seu coração quer, concentre se e ouve sua
intuição, ela dará o norte que precisa para continuar.

 Temporariedade: 6 semanas.
 Orixá: não há.
 Saúde: nervosismo, palpitações, problemas cardíacos, angina e artérias.
 Espiritualidade: devoção, oferendas, amparo, dedicação, comprometimento.
 Profissional: filantropia, comprometimento, satisfação profissional e auxilio.
 Mental: sensibilidade, apaixonado, euforia, lealdade, empatia e cordialidade.
 Relacionamentos: sinergia, respeito, doação, tranquilidade e apaixonado.
 Cristais: olho de gato (confiança) olho de tigre (clareza mental).
 Objetos & Áreas: porta jóia, álbum, cardiologista, músculo coronário (coração).
 Música: Ivete Sangalo – Se eu não te amasse tanto assim.

32
 Numeral: 25
 Nomenclatura: Anel.
 Palavra Chave: Parcerias.
 Naipe: Ás de Paus – A Novidade

 Descrição: A carta do anel, mostra todo tipo de: relacionamentos, contratos,


confiança, vínculos, casamentos, aquisições, ciclo vicioso e casais. A carta do
anel mostra todo relacionamento quando temos confiança e certa intimidade
criamos um elo com aquela pessoa, animal ou situação.
O anel, mostra os compromissos as quais aceitamos, e não podermos quebrar
pois fixamos acordo e nossas honrarias para ao cumprimento de uma tarefa,
acordo, serviço ou até mesmo civil (relacionamento).

 Naipe: O Ás de paus, mostra a tocha de motivação, prazer e entusiasmo. O


naipe mostra o estopim inicial e o entrosamento em que findamos nossos reais
e fortes entusiasmo e energia para cumprir um objetivo a qual vinculamos. O
Ás mostra a semente lançada ao solo fértil, pois sabemos que ali renderá frutos
e aproveituosas sombras ao acalento e frescor de todos ali presentes.

 Conselho: procure executar toda suas obrigações e compromissos prestados,
pois o anel ele anuncia um período constante a qual se comprometeu como
também ele aprisiona a situação, caso você não cumpra ou demanda aquilo que
lhe foi proposto e acertado.

 Temporariedade: 7 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: doenças crônicas, check up, tratamento continuo, sistema linfático.
 Espiritualidade: dedicação, comprometimentos, parcerias, pendências e conexão.
 Profissional: acordos, propostas, sociedades, assistência, suporte e promoção.
 Mental: motivação, ansiedades, prisão (mental), inspiração, entusiasmo e domínio.
 Relacionamentos: felicidades, oportunidades, fidelidade, confiança e casamento.
 Cristais: Boji (viver harmonia) calcita laranja (estimula compreensão).
 Objetos & Áreas: porta jóia, álbum, cardiologista, músculo coronário (coração).
 Música: Daniela Mercury – Meu Plano.

33
 Numeral: 26
 Nomenclatura: Livros.
 Palavra Chave: Segredos.
 Naipe: 10 de Ouros – Plenitude Material

 Descrição: A carta dos livros remete a: segredos, conhecimentos,


atualizações, estudos, pesquisas, mestrados, literatura, especializações,
universidades, processos judicial e comunicação visual. O livros, possui uma
temática de serem os guardiões da chave da sabedoria e segredos vedados á
milênio, por isso essa carta remete, que devemos procurar meios, fórmulas e
empenho de mantermos atualizados e sermos mais racionais aos fatos.

 Naipe: O dez de ouros, fala de tradições, riquezas e heranças, que atribuímos


ou somos privilegiados. Seja ela a forma de riqueza material ou até mesmo
daquilo que levamos conosco por toda vida em forma de conhecimento,
sabedoria e experiências vivenciados. Valorize se mais, pois aquilo que
carregas será aquilo que no fim te ajudara a te revelar quem realmente foi
você, e o que deixou para seus...

 Conselho: O momento agora, pede cautela e que estudo todas as


possibilidades e recursos possíveis, antes de qualquer situação ou recurso
impulsivo. Evite se expor demais, revele o essencial! Há um dito cristão que
fala: “Não jogueis pérolas aos porcos...”

 Temporariedade: 2 anos.
 Orixá: não há.
 Saúde: exames, diagnósticos, memória, doenças desconhecidas e visão.
 Espiritualidade: empenho, aplimorações, ritos e amadurecimento.
 Profissional: especialização, promoção, contratos, investimentos e planejamento.
 Mental: razão, memorização, curiosidades, discrição e intelectualidade.
 Relacionamentos: inseguranças, segredos, amadurecimento, infidelidade.
 Cristais: hematita (diplomacia) amazonita (expressão sentimentos).
 Objetos & Áreas: bibliotecas, advogados, juízes, baralhos, escolas, jornal e
notebooks
 Música: Frejat – Segredos.

34
 Numeral: 27
 Nomenclatura: Carta.
 Palavra Chave: Notícias.
 Naipe: 7 de Espadas – Sabotagem

 Descrição: A carta da carta é uma carta que denota: mensagem, insights,


pendências, faturas, telecomunicação, informações, correios eletrônico,
diplomas, arquivos e anúncios, ou quaisquer meio de telecomunicação seja:
verbal, visual ou escrita. A carta é um arquétipo de alerta, pois qualquer
meios de comunicação ou notícias pode estar a caminho a seu encontro.
Muitas das vezes demostra eventos inesperados que são aproveitados
oportunamente. Portanto, fique atento aos sinais e sinalizações que a vida lhe
dá...

 Naipe: O 7 de espadas fala de mantermos sempre alerta e em vigia, pois o


sete por si próprio dentro do contexto numerologico traz uma egrégora
espiritual forte, e por si próprio estar relacionado aos elemento ar (espadas)
denota agilidade mental e perdas irreparáveis. Aja com tato, diplomacia e
prudência, pois é um arcano de imprevistos, situações ilícitas, sabotagens e
lábia. Mantenha se em vigia, por estar sendo posto à prova.

 Conselho: fique a tento as notícias inesperáveis, que estão ao seu caminho,


pois é um arcano que denota tempo presente. Nunca se sabe o teor de uma
notícia, pois ela vem sorrateiramente, contudo mantenha se paciente e
flexível com seu conteúdo, para saber lidar com a situação vindoura.

 Temporariedade: 9 dias.
 Orixá: não há.
 Saúde: receituário, exames, garganta, tiroide, corda vocais e mãos.
 Espiritualidade: pendências (espiritual), insights, intuição, sonhos, mediunidade.
 Profissional: planilhas, propostas, anúncios, currículo, atualização e promoção.
 Mental: razão, sabotagem, enganos, intelecto, dúvidas, clareza e timidez.
 Relacionamentos: declaração, comunicação, assertividade e expressão.
 Cristais: cianita (comunicação) esmeralda (aux. comunicação).
 Objetos & Áreas: correios, designer gráfico, cartão, papelaria e registros.
 Música: LS. Jack - Uma Carta.

35
 Numeral: 28
 Nomenclatura: Homem.
 Palavra Chave: Homem.
 Naipe: Ás de Copas – Amor Incondicional.

 Descrição: A carta do homem, pode indicar uma presença masculina


atuante na vida do indivíduo. A carta do homem pode representar um figura
masculina como: pai, avô tio, irmão mais velho, primos, netos e sobrinhos.
Caso você seja homem, pode representar sua projeção no jogo, caso seja uma
mulher, fique atento a um homem importante que esteja presente em sua vida
e esteja te flertado de longe.

 Naipe: O Ás de Copas, é um naipe de sentimentos transbordante e pleno


fluidez de suas águas profundas. Esse naipe como qualquer outro Áses
mostra o início a mola proporciona que nos direciona em sua maior tensidade
e extensão. Ás de copas denota, amor, sinceridade, sensibilidade, e paixões.

 Conselho: deixe guiar por suas emoções e procure sempre com sabedoria,
amadurecimento e equilíbrio ser menos inflexível. O homem importante
entrara em sua vida caso você seja uma mulher. Caso, seja homem, essa carta
representará você, pedindo para ser mais: maleável, sensível e sincero com
seus sentimentos e expressões, procure expressa lo mais!

 Temporariedade: não há.


 Orixá: não há.
 Saúde: órgãos sexuais (masc.), cérebro (lado esquerdo) médico (figura).
 Espiritualidade: guia, mentor ou espírito ancestral (masc.).
 Profissional: homem influente no seu profissional / Você mesmo (masc.).
 Mental: razão, lógica, engenhosidade, criatividade e objetividade.
 Relacionamentos: amante, namorado, marido ou pretendente (masc.).
 Cristais: unakita (diminuir tensão) jaspe vermelho (equilibrar energia sexual).
 Objetos & Áreas: cueca, ternos e todos os itens masculinos.
 Música: Roberto Carlos – Esse cara sou eu.

36
 Numeral: 29
 Nomenclatura: Mulher.
 Palavra Chave: Mulher.
 Naipe: Ás de Espadas – Perspicácia Mental.

 Descrição: A carta da mulher, pode indicar uma presença feminina atuante


na vida do indivíduo. A carta da mulher pode representar uma figura
feminina como: mãe, avó, tia, irmã mais velha, primas, netas e sobrinhas.
Caso você seja mulher, pode representar sua projeção no jogo, caso seja um
homem pode representar uma mulher atuante presente em sua vida, ou esteja
flertando de longe.

 Naipe: O Ás de Espadas, é um naipe que revela: claridade, retidão, igualdade


e objetividade mental. Essa carta, denota sapiência e criatividade. É um naipe
que não denota sensibilidade e emoção, mas uma certa mentalidade e clareza
mental para alçar um objetivo e assertividade em suas expressões.

 Conselho: busque mais otimismo e alegra para seu momento. A carta da


mulher aconselha a se auto valorizar se mais como seu lado feminismo,
dando mais devida atenção. Ouve mais sua intuição e sensibilidade. Não
seja dura demais consigo mesma.

 Temporariedade: não há.


 Orixá: não há.
 Saúde: órgãos sexuais (fem.), cérebro (lado direito) médica (figura).
 Espiritualidade: guia, mentora ou espírito ancestral (fem.).
 Profissional: mulher influente no seu profissional / Você mesmo (fem.).
 Mental: sensibilidade, lógica, organização, inteligência e prudência.
 Relacionamentos: amante, namorada, mulher ou pretendente (fem.).
 Cristais: calcedônia (autonomia) rodonita (superar medos).
 Objetos & Áreas: calcinhas, saias e todos os itens femininos.
 Música: Leoni – Garotos II.

37
 Numeral: 30
 Nomenclatura: Lírios.
 Palavra Chave: Conservadorismo.
 Naipe: Rei de Espadas – Sábio Estrategista

 Descrição: A carta dos lírios é uma das cartas ciganas que reporta:
sabedoria, tradições, maturidade, tranquilidade, introspecção, tempo,
pureza, otimismo, aposentadoria, serenidade e gestação. Essa carta reporta
a intensidade dos sentimentos puros e nobres, mas contudo, é uma carta
que fala de lentidão pois é associada a paciência e otimismo que somente o
tempo lapida todo a estrutura do indivíduo. A pureza dos lírios está ligado
a sabedoria milenar do rei Salomão e da imaculidade da virgem Maria
(mãe de Jesus). Contudo é uma carta que demostra conservadorismo e
tradição.

 Naipe: O rei de espadas, fala de sua sabedoria e retidão assertiva de suas


palavras e experiências vividas desde então. Esse naipe pede que agimos
com sabedoria, retidão e objetividade fixa em comprimento de nossas
metas e decisão. Honre suas palavras, pois elas são seu caráter social.

 Conselho: busque a respostas dentro de si mesmo. Mantenha sempre sua


fé e perseverança em seus objetivos de vida. Procure um tempo para
desfrutar mais dos momentos da vida e de si mesmo. Pois, é nas
tempestades, que se encontra as oportunidades. Haja com Sabedoria e
Perspicácia.

 Temporariedade: Um ano.
 Orixá: Oxum (N. Sra. Aparecida).
 Saúde: sedentarismo, Alzheimer, senilidade, visão, audição e estrutura óssea.
 Espiritualidade: fé, ancestralidade (espiritual), arcanjo Gabriel e proteção.
 Profissional: contrato vitalício, estabilidade, experiência (profissional) e
aposentadoria.
 Mental: prudência, inteligência, paciência, parcialidade e otimismo.
 Relacionamentos: amadurecimento, confiança, respeito, lealdade e
longevidade.
 Cristais: safira (concentração) calcedônia (melancolia).
 Objetos & Áreas: álbum fotografias, museus, SPA, retiro espiritual e asilos.
 Música: Patu Fu – Sobre o Tempo.

38
 Numeral: 31
 Nomenclatura: Sol.
 Palavra Chave: Consciência.
 Naipe: Ás de Ouros – Investimentos Rentáveis.

 Descrição: A carta do sol vem com algumas palavras-chave: iluminação,


inteligência, criatividade, conscientização, verdade, brilho, ego, clareza,
expansão e calor. O sol, vem como um astro que traz a luz aquilo que era
sombra. Por muitas das vezes essa carta vem associada ao extremismo,
autoritarismo e individualidade típica do signo de leão. Num jogo essa
carta fala que é hora de ampliar seus conhecimentos e procura los expandi-
los para que assim possa compartilha-los á aqueles que precisa deles.
Amplie se e mantenha se sempre atualizado!

 Naipe: o naipe de Ás de ouros mostra investimentos, apoio e bonificações.


Tudo que é multiplicável e investido traz essa conotação com essa carta de
inicios promissores e oportunidades oferecidas. Por todos os “Ases” são n
naipes impulsionadores e de investidas para se concretizar ou atingir uma
meta. Contudo, reporta a novos começos e futuros promissores.

 Conselho: busque sempre atualizar se e procurar ver o ambiente ao seu


redor. Não seja o dono da verdade e de seus conceitos tradicionais. Procure
ouvir mais e falar menos. Lembre se que vivemos numa sociedade para
aprendemos a se sociabilizarmos uns com outros.

 Temporariedade: Período Diurno.


 Orixá: Oxalá (Jesus).
 Saúde: cabeça, recuperação, coração, queimaduras, febres, anemias, sinusites e
pai doente.
 Espiritualidade: proteção, fortalecimento, pai-de-santo, ori cabeça
(respondendo) e iluminação.
 Profissional: hierarquia, amplitude, inovações, realização, compensação e
investimentos.
 Mental: perspicácia, inteligência, criatividade, temperamento forte e assertiva.
 Relacionamentos: felicidade, inovação, amadurecimento, conexão, paixão e
DR (Discutir a Relação).
 Cristais: Pedra do Sol (autoestima) Sodalita (Despertar da Consciência).
 Objetos & Áreas: velas, isqueiros, lanternas, lâmpadas, holofotes e baterias.
 Música: Cidade Negra – Girassol.

39
 Numeral: 32
 Nomenclatura: Lua.
 Palavra Chave: Intuição.
 Naipe: 8 de Copas – Martírio da Alma.

 Descrição: A carta da lua nos reporta muito as emoções mais profundas e


intensas que constituem o ser. Contudo, por estar interligada as emoções e
a alma, ela nos remete o nosso lado sombrio, no qual se mantemos as
escondidas. A lua, ela mexe muito de forma direta com as emoções,
energias e eventos terrestre e humanos, tais como variações climáticas das
mares, ciclo menstrual da mulher e sua fase temperamental e gestacional.
Essa carta fala de: romantismo, galanteios, dons artísticos, sensibilidade,
vidência e intuição. Contudo reporta diretamente ao plano espiritual da
parte magisticas, ritualística e energias atuantes diretamente em nós.

 Naipe: o naipe de 8 de copas, remete muito ao mergulho da alma, quando


precisamos se voltar mos para nós mesmos e fazer uma auto avalição.
Contudo, remete as circunstâncias e pessoas a qual mantemos vínculos
passados (dessa encarnação). Uma carta que descreve auto martírio e
aprisionamento que nós mantemos e apegamos (passado / pessoas).

 Conselho: busque sempre atualizar se e procurar ver o ambiente ao seu


redor. Não seja o dono da verdade e de seus conceitos tradicionais. Procure
ouvir mais e falar menos. Lembre se que vivemos numa sociedade para
aprendemos a se sociabilizarmos uns com outros.

 Temporariedade: Período Noturno.


 Orixá: não há
 Saúde: desequilíbrio emocional e mental, depressão, insônias, fobias, órgão
sexuais femininos, útero, mama, hormônios, TPM e mãe doente.
 Espiritualidade: mãe de santo, mediunidade, clarividência, sensibilidade e
magia.
 Profissional: reconhecimentos, marketing pessoal, oscilação profissional,
propagandas, emboscada profissional e fique atento a distração profissional.
 Mental: preocupação, ansiedades, angustias, magoas, ilusões e carências.
 Relacionamentos: romantismo, atração efêmera, magnetismo pessoal e
oscilação na relação e sensualidade.
 Cristais: Pedra Estrela (auto conexão) Opalina (estabiliza humor).
 Objetos & Áreas: imã, travesseiros, casas noturnas, shows, sala de cinemas.
 Música: Ivete Sangalo – A lua que te dei.

40
 Numeral: 33.
 Nomenclatura: Chave.
 Palavra Chave: Solução.
 Naipe: 8 de Ouros – Melhoria Contínua.

 Descrição: A carta da chave mostra: abertura, soluções, afinidades, livre


arbítrio, intimidades, iniciativa e desvendar. A chave, é uma carta de
iniciativa, movimento e decisão, onde devemos ampliar nossa consciência e
procurar sempre mantermos o foco e rédeas de nossas vida. A chave por ser
um instrumento de conexão e abertura, mas também ela fala de fechamento
quando ela estiver com cartas negativas ao seu redor. Cuidado com a
insegurança e dúvidas, portanto para que isso não acontece seja objetiva e
invista naquilo que você acredita. Ouve mais sua intuição.

 Naipe: o naipe de 8 de ouros reporta a dedicação, empenho e persistência


num determinado objetivo. Esse naipe fala de dedicação de forma detalhada e
comprometimento. Contudo, essa naipe fala quando dedicamos e persistimos
até o fim conseguimos alcançar nossas metas e objetivos.

 Conselho: Tome iniciativa de suas escolhas, procure canais de interpretações


e empenho naquilo que irá exercer! Atualize e procure ser mais independente
e objetivos em seu foco. Chegou a hora de decidir seu rumo. Concentração e
Amor naquilo que faz.

 Temporariedade: 6 dias.
 Orixá: não há
 Saúde: garganta, ouvidos, buscar soluções e busque novos profissionais.
 Espiritualidade: mediunidade, conexão espiritual, proteção e dedicação.
 Profissional: workholic (vício trabalho), comprometimento, networking,
dedicação, inovações, soluções e parcerias interpessoais.
 Mental: soluções, clareza, inteligência, criatividade, inventividade e
impulsividade.
 Relacionamento: almas gêmeas, cumplicidade, laços karmicos, abertura
(coração) e felicidade.
 Cristais: Rutilo (abertura caminho) Jaspe Vermelho (foco).
 Objetos & Áreas: chaveiro, porta-chaves, cadeado, senhas, peças pequenas
(geral). .
 Música: Fábio Jr. – Alma Gêmea.

41
 Numeral: 34.
 Nomenclatura: Peixes.
 Palavra Chave: Fluidez.
 Naipe: Rei de Ouros – Estabilidade Material.

 Descrição: A carta dos peixes, fala de: abundancia, fluidez, sincronicidade,


adaptação, movimento, realização material, prosperidade, fartura e
comercialização. Mas, a carta dos peixes, não são esses apetrechos usuais, e
sim uma carta que reporta multiplicação e lucratividade em todos os sentidos
possíveis. Os peixes por ter seu simbolismo de águas, ela remete também a
memória por estar interligado a esse elemento água e suas profundidades

 Naipe: o naipe de rei ouros reporta a nossas realização e estabilidade


material. Portanto é uma carta que adverte a procurar aquilo que nos motiva e
meios para que conseguimos realizá-lo. O rei de ouros, esse arcano reporta ao
planejamento, bonificação e reconhecimento pessoal e profissional. O rei de
ouros adverte a valorizar se mais, só assim sentira a plenitude de seus
benefícios eles quais forem.

 Conselho: Tome iniciativa de suas escolhas, procure canais de interpretações


e empenho naquilo que irá exercer! Atualize e procure ser mais independente
e objetivos em seu foco. Chegou a hora de decidir seu rumo. Concentração e
Amor naquilo que faz.

 Temporariedade: 7 meses.
 Orixá: não há
 Saúde: ansiedade, má dieta, sistema circulatório, pés vômitos, alcoolismo, rins e
bexigas.
 Espiritualidade: mediunidade, filantropia, compaixão, doação, proteção e fé.
 Profissional: empreendimento, oportunidades, equipe (trabalho), prosperidade,
estabilidade e novas parcerias.
 Mental: preocupações, oscilação humor, dispersão, criatividade e confiança.
 Relacionamento: sincronismo, amor incondicional, fluidez relação, dedicação e
afeto.
 Cristais: Quartzo Rutilado (iluminação alma) Amazonita (ativar dons artísticos e
criatividade).
 Objetos & Áreas: restaurante, praça alimentação, frutos do mar, varejos, aquário,
bares e adegas (armazenamento bebidas)
 Música: Fagner - Borbulhas de Amor.

42
 Numeral: 35.
 Nomenclatura: Âncora.
 Palavra Chave: Estabilidade.
 Naipe: 9 de Espadas – O Remorso.

 Descrição: A carta da âncora é uma das cartas que remete: confiança,


estabilidade, fortalecimento, estagnações, durabilidade, persistência, peso,
aprisionamentos e obstinação. Essa carta remete também aquilo, que não
esquecemos e ficamos aprisionados a uma realidade que jamais irá voltar.
Essa carta traz consigo a necessidade de não confiar em si mesmo e de seguir
em frete, pois ela remete a necessitamos que precisamos para fortalecermos, e
assim prosseguir rumo as novas aventuras vivenciando um “luto” constante.

 Naipe: o naipe de 9 de espadas, é um carta que remete a ataques seja eles


espirituais ou de nossas próprias culpas e remorsos de forma subitamente eu
nos assombra na calada da noite. O 9 de espadas, adverte que se deve perdoar
e transcender a barreira do medo e da insegurança que obscura sua alma, para
que assim possa ter sua tão constante paz de espírito. Há uma frase que diz
assim: “Tudo na vida passa, até uvas passas...”

 Conselho: não se culpe mais por aquilo que já vivenciou, seja ela positiva ou
dolorida foi um aprendizado aprendido, pois chegou a hora de sair dessa
penumbra noturna em que vive, e deixar o sol raiar outra vez em sua vida!
Não há nada melhor e satisfatório que nossa paz de espírito.

 Temporariedade: 8 meses.
 Orixá: não há.
 Saúde: doenças (psicossomáticas), desequilíbrio emocional, calcanhares, pés,
estabilidade de saúde, doenças crônicas, depressão, dores agudas.
 Espiritualidade: mediunidade (desequilibrada), obsessão, ancoragem,
fortalecimento e conexão espiritual (fortalecimento fé).
 Profissional: contrato vitalício, comprometimento, e estabilidade profissional.
 Mental: preocupações, fobias, ansiedades, desânimos, opressão e martírio.
 Relacionamento: sincronismo, amor incondicional, fluidez relação, dedicação e
afeto.
 Cristais: Quartzo Rutilado (iluminação alma) Amazonita (ativar dons artísticos e
criatividade).
 Objetos & Áreas: píer, porto (portuárias de embarcações), anzol, correntes, peso
papel e cofres.
 Música: Clara Nunes - Conto de Areia.

43
 Numeral: 36.
 Nomenclatura: Cruz.
v
 Palavra Chave: Destino.
 Naipe: 6 de Paus – A Conquista.

 Descrição: A carta da cruz, fala de: destino, luto, sofrimento, longa jornada,
desafios, espiritualidade, religião e vitórias. A carta da cruz por retratar se da
última carta e sua somatória (36 = 3+6 = 9) na numerologia dá um 9
mostrando a finalização de ciclo desgastante e começará um novo amanhecer.
Contudo, o cruz era um símbolo cristão no qual era o calvário durante a
peleja de Jesus levando, contudo foi associada pela igreja católica ao
martírio, fardo e sofrimento. A cruz, denota a luta persistente, e que durante
todo trajeto se conquista seu ideal objetivo. Na minha visão, ela reporta muito
o contexto religioso, fé e espiritualidade, mostrando como você estaria
lidando com suas forças espirituais e religiosas.

 Naipe: o naipe de 6 de paus, denota vitórias, conquistas e honrarias.


Também, é uma carta arquetípica que fala de abertura de caminhos e
equilíbrio em geral. Por se tratar de um naipe de paus que sinaliza força,
espiritualidade e dedicação, que devemos trabalhar e equilibrar essas forças
atuantes em nossa vida, para que assim as coisas fluem e tenha a prosperidade
em geral.

 Conselho: finalize as coisas e eventos passados de sua vida, aprenda com


eles, não desperdice os, pois eles são seus professores e com cada um deles
uma nova oportunidade a se aprender. Mantenha sua fé, dedicação e claro
faço sua parte. Na vida nada se perde, nada se cria nada se desperdiça, pois
tudo se transforma. Dedique seu tempo hábil para causas filantrópicas a sua
fé ou filosofia se assim estiver, pois a verdadeira caridade vem primeiro
conosco, para depois com o outro.

 Temporariedade: 2 ano.
 Orixá: não há.
 Saúde: dificuldades, envelhecimento precoce, costas, recuperação longa e
estrutura óssea.
 Espiritualidade: limpeza astral, fortalecimento (fé), dedicação, meditação e
auxilio de mentores e guias (linha espiritual sua).
 Profissional: dificuldades, pagamentos atrasados, investimentos precários,
customização empresarial (cortes). Interferências de terceiros (negativamente).
 Mental: isolamento, carências, críticas, bloqueios emocionais, alterações de
humor constante, angustias e ressentimentos.
 Relacionamento: infelicidade, separação, bloqueio (emocional), restrição e luto
(amor passado).
 Cristais: Quartzo Transparente (limpeza áurea) Serpentina (desbloquear
energias).
 Objetos & Áreas: Crucifico, terço, japamala, igrejas, espadas, adoração, símbolo
religioso e oração.
 Música: Gusttavo Lima – Que mal te fiz eu.

44
6. MÉTODOS

Os métodos aqui expressos serão suportes em suas leituras e orientações de algumas tiragens
e métodos, a qual usei e obtive ótimos feedbacks em minhas orientações e analises pessoais e
interpessoais em minhas consultorias.

 TIRAGEM DE 3 CARTAS:

A tiragem de três cartas é a mais usuais dentro do contexto de oraculista e


cartomantes. Essa metodologia, pode se averiguar temporalidade, tais como:
passado, presente e futuro. Portanto, se pode averiguar também eventualidades tais
como: causa, origem e efeito. Vejamos um exemplo com essas duas atuações de três
cartas.

Exemplo: TIRAGEM DE TRÊS CARTAS.

PASSO A PASSO:

o Embaralhe as cartas
o Corte as cartas em 3 montes
o Disponha as cartas como no diagrama abaixo
o Leia as cartas desde a carta 1 á 3
o A carta central (2) mostrará a resposta atual e a situação presente do contexto
o As cartas (1/3) descreveram a situação externa (fatores externos)

1. Pergunta: ELE ME AMA?

1 2 3

A carta central 30. Os lírios, mostra que sim há sentimentos e sensibilidade nessa relação, pois ser
lírio uma carta positiva e passional, mostra a doação e doçura dessa carta fazendo uma conjunção
positiva e assertiva a questão. Juntamente, com as cartas externas (ancora / árvore) mostra a
estabilidade, confiança, equilíbrio, segurança e entrega (35). Já a carta, arvore mostra: progresso,
crescimento, avanço e enraizamento. Contudo, as cartas mostram que sim que há sentimentos
envolvido, e se continuar de forma positiva renderá bons frutos dessa relação futuramente.

45
2. Pergunta: Ele (a) voltará a namorar comigo?

1 2 3

Aqui vemos que terá um reencontro entre os dois sim! Vejamos as cartas nesse contexto temporal
(tempo). A carta central demostrará o tempo atual (presente) aqui, representada pela carta cigana,
30. Os Lírios demostra que no momento há um balanceamento, reflexão, introspecção e
amadurecimento da relação para que com mais amadurecimento e experiente tomar as decisões
precisas e objetivas (30). Já as cartas que rodeiam descreveram a situação do contexto atual. A carta
(1) demostrará o tempo passado ou a causa de toda situação, aqui temos a carta cigana, 35. A
âncora mostrando que havia estabilidade e confiança nessa relação, e contudo essa forma
“aprisionadora e instável” ocasionou a separação momentânea dessa relação de ambos.

Já a carta 30. Os lírios, demostra a situação atual (presente) mostrando o momento onde ambos
deverão repensar, avaliar e amadurecem ponto onde no passado não haviam revistos, e hoje sofrem
a negligencia dessa situação atual. Já a cartas da árvore (5) remete a paciência, progresso e
frutificação da situação, onde cometidos com erros do passados e negligenciando certos pontos (35)
deveram amadurecerem e sanar antigas mágoas e sentimentos não trabalhadas consigo mesmas
(30) contudo, a dor é a forma de aprendizagem e experiência, que se leva para o progresso e
fortalecimento das raízes envolvidas, onde brevemente darão bons e a proveitosos frutos conjugais
(4).

 TIRAGEM DE 5 CARTAS:
A tiragem de cinco cartas, é uma leitura para abordagem mais detalhadas do que a tiragem de três
cartas. Essa metodologia descreverá as ocorrências e dará tendências do resultado seja ele (a)
temporal ou de um evento atual. Vejamos o layout abaixo:

46
2. Pergunta: O QUE PRECISO FAZER PARA MELHORAR MEUS NEGÓCIOS
PROFISSIONAIS?

1 2 3 4 5
Primeiramente analisamos a carta central (3), ela responderá tanto a questão seja ela:
eventualidade, influencias ou temporalidade.

A carta central, 27. A Carta, descreve o que você precisará fazer, aqui a carta 27 a carta pede que se
mantenha se mais atualizado, faça marketing pessoal, divulgue se, comunica se, expressa se. Já as
cartas (1-5) reportarão as influências externas, as cartas (livros – crianças) descrevem a Atualizações
e novos meios de atuações e métodos que lhe possa enriquecer mais suas qualificações
extracurriculares tais como: cursos, estudos, aprimoramentos e técnicas para o mercado pessoal e
comercial. As cartas (2-4) descreveram influencias internas, as cartas (caminhos – raposa) mostram
que apesar de ser uma pessoa objetiva, investigativa é uma ótima profissional, onde sabe usar a
lábia para fins favoráveis, onde precisara desenvolver mais desenvoltura e poder de persuasão para
atrair mais seu público alvo comercial a você.

47
 TIRAGEM MINHA AUTORIA: ESPIRITUALIDADE.
ESPADA DE S. MIGUEL ARCANJO.
O método, “A ESPADA DE SÃO MIGUEL ARCANJO” foi uma inspiração e pesquisas a qual utilizei
juntamente ao plano espiritual + intuição, onde precisaria averiguar o plano astral de meus
consulentes. Contudo, procurei fazer umas experiências comigo e com demais consulentes (clientes)
onde, pude explorar mais a finco sua espiritualidade e como ele (a) estaria lidando com essas
energias atuantes perante sua situação atual.

A Abordagem dessa metodologia está expressa em vídeo participativo em meu canal do YouTube:

- SONIE SONIE – MÉTODO DA ESPADA DE S. MIGUEL ARCANJO. Onde também está exclusiva
reportada a entrevista ao YouTuber e jornalista, José Fernando procriador do canal do YouTube
(Sorte Lenormand).

https://www.youtube.com/watch?v=26jMkHhFzMc&t=14s

OBSEVAÇÃO: ESPIRITUALIDADE, NÃO É RELIGIÃO. O MÉTODO AQUI EXPRESSO É UMA FORMA DE


AVERGUAÇÃO DESSAS ENERGIAS NA VIDA DO CONSULENTE, E COMO ELE (A) ESTARIA
INTERLAÇANDO Á ESSAS ENERGIAS.

 DIAGRAMA DO MÉTODO – ESPADA DE S. MIGUEL ARCANJO P/ SONIE SONY.

1. Seu Espiritual - Como está seu espiritualidade


2. As Influencias - O que está influenciando?
3. Plano Astral - Como estão as energias atuantes?
4. Sua Conexão - Como você está dedicando espiritualmente?
5. Sua Firmeza Espiritual – Como você está a essas energias espirituais?
6. Proteção (Esquerda) – O que te protege?

48
7. Proteção (Direita) – O que te impulsiona?

 Demais exemplos de tiragem e explicação, estão contidas publicamente em meu canal do


YouTube – Sonie Sony.

 A CARTA OCULTA:

A abordagem da carta oculta, é a somatória das cartas que sai em sua jogada, e por fim você
faz a redução do 1 ao 36 pois são embaseadas ás 36 cartas do baralho cigano. As cartas
ocultas, darão um aconselhamento ao seu jogo. Vejamos um esquema abaixo:

Suponhamos que a pergunta ao baralho cigano tenha sido, COMO ESTÁ MEU FINANCEIRO?
Primeiramente lemos a carta central (10. Foice) e depois fazemos as combinação das cartas
espelhos, que assim chamamos de: Cartas Espelhos – Cartas das Pontas, elas descreverá sua
situação externa, seja ela um fator positivo ou negativo isso dependerá das cartas ao redor.
Aqui, a carta da foice (10) mostra uma vida financeira, está passando por ajustes,
ponderações e cortes. As demais cartas pontas (homem – estrelas) descreverá a situação,
que envolve a carta central (10. Foice). Aqui, demostra um homem, ou o consulente, se no
caso for ele que estiver solicitado o jogo, que precisará buscar novas inovações, direções e
pesquisas mais detalhadas. Somando as cartas elas ultrapassaram a numeração das 36
cartas, 28 + 10 + 16 = 54 como ultrapassa a numeração de 36, então reduzo a (5 + 4 = 9).
Contudo, minha carta oculta será 9 (Buquê) essa será minha carta conselho. Vejamos o
esquema abaixo.

49
9. O Buquê / Ramalhete aconselha: é preciso inovar, buscar meios favoráveis e recíprocos
para obter melhores aproveitamentos e resultados. Procure formas, meios e técnicas de:
planejamento, investimentos e organização, para que assim sabendo lidar de forma
objetiva, ponderada, madura e estratégica você possa ser bonificado e ter melhores
aproveitamento e multiplicação em sua vida financeira. Evite desperdícios ou consumos
desnecessários.

50