Você está na página 1de 22

Por uma vida ambientalmente correta!

ÍNDICE
Se você baixou o ebook de terceiros, clique aqui para baixar a versão mais atualizada

Página
1. Introdução............................................................................. 03
2. Fazendo o seu creme natural.................................................. 04
3. Materiais necessários............................................................. 05
4. Emulsão................................................................................ 06
5. Construindo cada fase............................................................ 07
6. Entenda cada ingrediente....................................................... 08
7. Fase aquosa.......................................................................... 09
8. Fase oleosa............................................................................ 11
9. Fase termolábil....................................................................... 13
10.Formulação básica de creme de cabelo.................................. 15
11.Informações sobre alguns ingredientes................................... 16
12.Passo a passo em vídeo......................................................... 18
13.BRINDE: Conversor de medidas.............................................. 19
14.Indicação de curso de cosmetologia natural online................. 20
15.Idealizadora.......................................................................... 21
Introdução
Com esse ebook você entenderá o processo de como se faz um
creme ou loção base que pode ir adaptando para um produto de
corpo, rosto, cabelo, condicionador etc... O que vai mudar na
realidade são alguns detalhes e ativos de tratamentos.

É importante dizer que aqui é apenas o ponto de partida, e um


resumo de como é feito. Mas, fique a vontade para se aventurar
criar o quanto quiser!
Fazendo o seu creme natural
Se você está aqui é porque de alguma forma está aderindo à
cosmetologia natural. E, sério, isso é muito divertido! Hoje é um grande
dia porque você terá uma boa noção vai ver de como fazer seus
cremes naturais em casa.

Aprender a fazer seus produtinhos não é uma tarefa difícil, porém antes
de começar, você precisar entender sobre os ingredientes que irá
utilizar, quais são suas propriedades, finalidades e se divertir com o
processo.
Se você simplesmente pular essa parte, pode ter muitos resultados
indesejados, desperdício de produto e no fim das contas, poderá ficar
frustrado e querer desistir.
Então, anote as informações desse ebook e salve-o para que você não
perca esse conteúdo que vale ouro!
MATERIAIS NECESSÁRIOS:
Precisaremos de alguns itens para a preparação das receitas. De modo
geral, o que mais uso são os listados abaixo. Porém, com o tempo,
conforme você for evoluindo nas receitas, você irá precisar de alguns
outros acessórios, que provavelmente já tem em sua cozinha como
batedeira, peneiras, copos medidores etc.

• Panela para banho-maria;


• Becker de vidro, ou tigelas comuns;
• Colher ou espátula (não use plástico);
• Bastão batedor de vidro (opcional, mas eu gosto);
• Balança culinária de previsão;
• Medidor de ph (Tiras ou laser);
• Termômetro culinário;
• Liquidificador ou Mixer (Eu uso o mixer);
• Recipientes para os produtos prontos.
Emulsão
Um creme ou loção é o resultado do sucesso de uma emulsão!

Emulsão é uma mistura de dois líquidos imiscíveis (que não se misturam). O líquido
que está em maior quantidade é o dispergente e o líquido que encontra-se em
menor quantidade é o disperso. Na maioria das emulsões, os dois líquidos
envolvidos são água e óleo.

Essas manipulações em grandes indústrias são divididas em pelo menos 3 partes. E,


a nossa não será diferente. O que mudaremos no processo será apenas os
ingredientes que usaremos, no caso, os naturais ao invés de sintéticos.

As fases são:

Aquosa, oleosa e termolábil. Ou Fase A, B e C.

Cada fase tem matérias primas específicas que são compostas por alguns
componentes necessários para o sucesso da emulsão.
VAMOS CONSTRUIR CADA FASE:
Fase Aquosa – Composta por água e componentes solúveis em água

• Veículo – Será onde sua formulação será diluída, um exemplo simples: Água;
• Umectante – Evita o ressecamento da formulação;
• Espessante – Aumenta a viscosidade de um produto.

Fase Oleosa – Tudo que tiver óleo

• Emulsionante – Permite que o óleo se misture com a água;


• Emoliente – Melhora o deslizamento e lubrificação da pele/cabelo.

Fase Termolábil – Tudo que não pode ser aquecido

Se aquecer pode danificar e perder suas propriedades

• Conservante – Evita a proliferação de fungos, bactérias e microrganismos;


• Antioxidante – Impede a oxidação dos componentes, rancificação
(decomposição) e mudança de cor;
• Fragrância – Responsável por acrescentar cheiro nos produtos;
• Ativos – Acrescenta tratamento nos cosméticos.
ENTENDA OS INGREDIENTES
Agora, por fases, vamos entender cada componente e a porcentagem usada
nas manipulações.

Atenção: Toda vez que eu falar de alguma formulação, irei falar em


porcentagem porque o certo é sempre formular em porcentagem (%)
e depois converter para gramas. Nesse meio não usamos medidas de
colher, copo ou xícara. Então, se eu tenho um creme de 100 gramas,
e nessa formulação foi usada 70% de água, pese 70 gramas de água
(Sim, em gramas porque são todos pesados na mesma unidade de
medida). 10% de óleo vegetal de 100 gramas de produto, então
serão 10gr de óleo vegetal.
FASE AQUOSA
Veículo

Aqui colocaremos tudo que for solúvel em água. A água não pode ser da
torneira e nem filtrada porque tem grande quantidade de elementos químicos e
minerais, e isso afeta a qualidade final do cosmético. O ideal são águas que têm
o PH 7, que é neutro.

Exemplos:

• Água destilada;
• Água deionizada.
Umectante

Serve para evitar o ressecamento em uma formulação, pois cria


uma camada protetora na pele e evita que percamos água para a
atmosfera. Mantendo a pele umedecida e hidratada.

Exemplo comum de umectante:

• Glicerina vegetal;

Espessante

Goma xantana e goma guar são exemplos de espessantes naturais


que engrossarão uma loção. Quanto mais espessante colocar, mais
viscoso o creme fica. E, quanto menos espessante, mais fluído. Se
você quiser fazer uma loção líquida, não use espessante.
FASE OLEOSA
Emulsionante

O emulsionante em uma loção é primordial para o sucesso da receita. Sabemos que óleo e água não se
misturam, então esse é o ingrediente responsável por misturar os dois. Você simplesmente precisa dele se
não quiser que sua loção vire bifásica - Quando o óleo se separa da água e forma duas partes no creme.

Exemplos de emulsionantes naturais:

• Olivem 1000
• BTMS (Metossulfato de Behetrimonio & Alcool Cetoestearilico )

Emoliente – Óleos, manteigas e ceras vegetais

A quantidade de emoliente dependerá do tipo da sua pele e do toque desejado. Se você tiver a pele
muito oleosa, talvez seja melhor não passar dos 5%. Mas, se o intuito é um creme de tratamento capilar,
pode ser usado até 35%.
Óleos vegetais:

Têm muitos óleos para você se aventurar nas escolhas. Cada um com uma propriedade específica que
irá influenciar grandemente na sua formulação.
Óleos mais leves como óleo de jojoba e óleo de semente de uva são mais fluídos e de fácil absorção.
Indicados para peles mistas ou oleosas.
Já os óleos de buriti e abacate são mais densos e gordurosos. Indicados para cremes mais nutritivos e
pesados.

Manteigas vegetais:

Manteigas certamente farão uma grande diferença na fórmula, além de terem grandes propriedades.

Ceras vegetais:

As ceras vegetais, além de suas propriedades, serão primordiais para solidificar alguns produtos e criar
consistência em muitas formulações, como por exemplo, batons, balms, pomadas, etc. Porém, a
quantidade a ser usada vai depender da textura que você deseja.
Em casos de cremes/loções use ceras de cadeia longa, como álcoois graxos.

Exemplos de ceras vegetais:

• Álcool cetílico;
• Álcool cetearílico;
FASE TERMOLÁBIL
Tudo que não poder ser aquecido – Se aquecer perderá as propriedades.
Conservante

Tudo que houver água na formulação aumentará a proliferação de fungos, bactérias, bolores e microrganismos. Portanto, para que você
tenha uma durabilidade maior nos seus produtos é essencial que use um conservante. Mas claro, livre de Parabenos e Formaldeídos.

Exemplo de conservante natural:

• Conservante “Preservative free” /Spectrastast (autorizado pela ECOCERT).

Antioxidantes

É um aditivo bem utilizado para os cosméticos naturais, que vão evitar a oxidação e ranço (decomposição) em tudo que houver óleos e
manteigas vegetais, aumentando a durabilidade. Conservantes e antioxidantes são diferentes. Um é para a água e o outro para os óleos.

• Oleoresina de alecrim 0,2%


• Vitamina E 1%
Ativos e fragrâncias

Sempre que você ler em um rótulo dizendo “anti-queda, anti-sinais, etc”


provém dos ativos: substâncias que adicionam tratamentos nos produtos.

Como estamos falando de cosméticos naturais, todos os nossos


ingredientes têm alguma propriedade de tratamento. Mas, daremos
atenção aos óleos essenciais como princípios ativos e responsáveis pelas
fragrâncias também.
Óleos essenciais são as maiores extrações possíveis de uma planta,
sendo riquíssimo em compostos químicos.

Mas cuidado: Uma única gota têm mais de 400 compostos químicos.
Então, sem exageros!
QUE TAL UMA FORMULAÇÃO?
Abaixo dividirei com vocês uma formulação do meu creme de cabelo. É com ele que desembaraço e defino os cachos. Note
como é uma formulação bem simples comparada a muitos que você ainda verá pela frente

Ingrediente Porcentagem / Quantidade

Fase aquosa ( Fase A ) • Usei ácido lático porque serve como regulador
de pH, hidratante e umectante;

Água destilada 72,0% = 216 gramas • Usei o emulsionante BTMS porque também é
Ácido Lático 4,0% = 12 gramas agente de condicionamento e tem efeito
desembaraçante para os cabelos.
Fase oleosa ( Fase B )

Óleo de pracaxi 5,0% = 15 gramas


Manteiga de cupuaçu 5,0% = 15 gramas
Emulsionante BTMS 7,0% = 21 gramas
Álcool Cetílico 4,0% = 12 gramas

Fase termolábil ( Fase C )

Conservante livre 1,0% = 3 gramas


Vitamina E 1,0% = 3 gramas
Óleo essencial ( A escolher ) 1,0% = 3 gramas

Total: 100% = 300 gramas


INFORMAÇÕES SOBRE ALGUNS INGREDIENTES:
Dentro da cosmetologia natural têm as matérias primas como óleos e ceras vegetais que podemos usar de forma bruta,
como realmente são. Mas, também temos os ingredientes que passaram por procedimentos de laboratórios através de
biotecnologia. Então, muitos ingredientes foram extraídos diretamente de óleos vegetais, onde é feita uma reação
diferente para obtermos diferentes características e assim usar de diferentes formas.

Segue os exemplos:

Ácido lático: Não utilizar puro sobre a pele! Metossulfato de Behetrimonio & Alcool Cetoestearilico

Origem: Vegetal, extraído do bagaço da cana-de-açúcar Origem: Cera auto-emulsificante e quaternária catiônica de
origem natural, composta de Álcool Cetoestearílico
Propriedades: Ácido Láctico é um alfa-hidroxiácido que (é produzido a partir dos óleos vegetais de coco ou de palmiste) e
ocorre naturalmente na pele e é conhecido pelo seu alto Metossulfato de Behentrimônio (derivado do óleo de colza da
poder umectante. Aplicado na pele, o ácido láctico e seus planta natural Colza - também conhecido como óleo de canola)
sais (lactatos) atuam como agente antimicrobiano, regulador
de pH, hidratante, umectante, agente rejuvenescedor e Propriedades
clareador da pele. Agente de condicionamento.
Excelente capacidade de espessamento e amaciamento.
Aplicações: Tratamento de acnes, verrugas,rugas,pele Excelente efeito desembaraçante para os cabelos.
foto-envelhecida, tratamento para retenção hídrica da pele,
dermatite atópica e como redutor de pH. Aplicações: Todos os tipos de condicionadores de cabelo,
produtos para volume e desembaraçantes, cremes e loções para o
Dosagem aplicação: 0,50% a 15,00% cuidado da pele, emulsões protetoras com silicone e colorantes
para cabelo.
Dosagem aplicação: 1 a 10%
Álcool Cetílico

Origem: Natural, é produzido a partir dos óleos vegetais de coco ou de palmiste, pertence a uma classe de compostos químicos chamados
álcoois graxos

Aplicações: É usado nas formulações cosméticas para dar textura e consistência aos cremes e emulsões cosméticos.
Devido a sua compatibilidade com a pele, por ser um produto extremamente suave, ele produz emoliência e lubricidade quando usado em
formulações cosméticas e aplicado sobre a pele.

Dosagem aplicação: 2,00 a 5,00%

Conservante Livre de Parabenos & Formaldeídos

Conservante de amplo espectro à base de ácidos orgânicos dissolvidos em álcool benzílico.


Estas misturas suaves são livres de Parabeno e Formaldeído.
Sua forma líquida torna-a muito fácil de manipulação
Ele foi desenvolvido para atender a uma demanda matérias-primas cosméticas leves e ambientais. Este produto é estável até 80° C. No entanto,
a exposição prolongada a temperaturas elevadas, deve ser evitado.

Dosagem de aplicação: 0,6% a 1,2%


PASSO A PASSO EM VÍDEO
Entendido toda a parte teórica, agora partiu para a prática?
Clique na imagem para ser ser direcionado ao vídeo
BRINDE: CONVERSOR DE MEDIDAS

Clique na foto para ser direcionado para o conversor.


Esse conversor foi feito para facilitar a elaboração da formulação
dos cosméticos!
Quando eu iniciei na cosmetologia natural, sempre que eu via alguma receita
na internet em porcentagem, eu ficava muito perdida porque tinha que ficar
fazendo os cálculos na calculadora e isso prolongava um pouco o processo.
Então elaborei esse conversor para facilitar a minha vida.

Espero que gostem!

No vídeo do creme eu explico direitinho como é usado.


QUER CONTINUAR APRENDENDO SOBRE
COSMETOLOGIA NATURAL?
Seu conhecimento não precisa parar por aqui!

Tudo que você precisa saber para iniciar suas formulações de forma segura

Ebook: Guia essencial da cosmetologia natural

Esse Guia foi feito para quem está querendo começar a criar seus próprios produtos naturais do
zero, usando somente ingredientes de origem vegetais, mas que estão totalmente perdidas sem
saber como e por onde começar! Ele veio para suprir a necessidade de informações de
qualidade e formulações que realmente funcionam. Melhor do que ter receitas prontas, é
aprender criar a sua própria receita de forma segura. Para isso você aprenderá a fazer
cremes/loções, shampoos, condicionadores, cremes de tratamento, finalizadores, géis, séruns,
sabonetes líquidos e aprenderá todos os recursos necessários para adaptar conforme a sua
necessidade potencializando com ativos de tratamentos botânicos.

https://refashion.com.br/guia
IDEALIZADORA
Me chamo Amanda Soares e moro no Guarujá – Litoral de SP.
Sou criadora do canal Refashion que tem por objetivo incentivar o consumo
consciente reduzindo o uso de substâncias inadequadas tanto no nosso corpo
quanto no meio ambiente.

Vim preencher uma lacuna que faltava quando eu procurava sobre


cosmetologia natural na internet e não encontrava. Espero contribuir e ajudar
o máximo de pessoas possíveis que buscam uma vida mais leve e natural.

• Canal no youtube: https://www.youtube.com/refashion

• Blog: https://refashion.com.br/ Amanda Soares


Criadora da Refashion
• Instagram: https://www.instagram.com/amandasoares.br/
Por uma vida ambientalmente correta!